Cartas - 03/12/2010

FIM DE GOVERNO

, O Estado de S.Paulo

03 Dezembro 2010 | 00h00

Quer porque quer ficar

Com a ajuda da companheirada, Lulla evita tornar-se o lame duck (pato manco) da hora. Criador e criatura, um manda e o outro, digo, a outra faz. Até quando?

ALVARO SALVI

alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

____________________________

Lugar cativo

Ninguém viu, mas na sala onde a futura presidente da República, Dilma Rousseff, vai ficar deverá haver uma mesa e uma cadeira para Lula poder despachar. Depois de tantos maus-tratos à imprensa, o que Lula gostaria mesmo era de ter um jornal e um canal de TV para chamar de seus, pois, como um governante contaminado por autossuficiência e estrelismo, cansou-se de tripudiar sobre a imprensa e os jornalistas que vez por outra lhe faziam perguntas foras do script. Para Lula, deixar o poder é como a alma deixar o corpo. Só com a morte.

IZABEL AVALLONE

izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

____________________________

Trio de apoio

Lula, Sarney e Tiririca, o trio de apoio perfeito para a presidente eleita. Uns dizem: "A lei? Ora, a lei..." Outros nem conseguem ler as leis! Estamos bem arrumados.

JOÃO U. STEINBERG

justeinberg@terra.com.br

São Paulo

____________________________

Encarnação

"Eu sou a encarnação do povo"... lá em Brasília. Para felicidade geral da Nação, desencarnará no fim do mês.

A. FERNANDES

standyball@hotmail.com

São Paulo

____________________________

Autodefinição

Não acho que Lula seja "a encarnação do povo", mas a encarnação da autocracia.

CLÁUDIO MOSCHELLA

arquiteto@claudiomoschella.net

São Paulo

____________________________

Como é mesmo?

Louvor em boca própria é vitupério. Ficaria melhor assim: "Eu sou a enganação do povo."

FLAVIO MARCUS JULIANO

opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

____________________________

Rei Lua

O editorial O povo sou eu (2/12, A3) esqueceu de completar, lembrando Luiz XIV, que Lula da Silva, na verdade, é o Rei Lua tentando clarear a escuridão que seu governo deixa sobre infraestrutura, educação e saúde do País. Um governo que inaugurou até placa de rua para eleger sua sucessora, encarnando não o povo, mas o que há de ruim na política clientelista brasileira, daí sua identificação com a oligarquia Sarney.

FRANCISCO JOSÉ SIDOTI

fransidoti@terra.com.br

São Paulo

____________________________

Luiz XIV

Cada país tem o Luiz XIV que merece. Neste patológico caso, só nos resta pedir: "Pai, perdão, ele não sabe o que faz..." E - com muito constrangimento - fazer de conta que não é conosco!

ANTONIO C. DE S. Q. CARDOSO

acardoso@acardoso.com

São Paulo

____________________________

WIKILEAKS

Defesa do País

O WikiLeaks levanta interessante aspecto relacionado ao papel das Forças Armadas na defesa do País (2/12, A19). Tais forças foram criadas, em todo o mundo, para a guerra, seja atacando outros países ou defendendo o seu território de tais ataques. Entretanto, há muito tais conflitos, pelo menos no caso do Brasil, são coisas do passado. Não vamos declarar guerra a ninguém e nossos vizinhos tampouco o farão contra nós - incluindo a Argentina, preocupação desde o Império. Assim, a aquisição de armas de guerra modernas e caríssimas não mais se justifica. Aviões supersônicos de ataque, mesmo que franceses, jamais terão utilidade prática, o mesmo podendo ser dito de submarinos nucleares, sem nenhuma serventia. Necessitamos é dos Tucanos da Embraer, para defender nossas fronteiras dos contrabandistas de armas e do tráfico de drogas. Nossas costas necessitam de guarda costeira e embarcações ligeiras para os mesmos fins, e não de submarinos nucleares e sucatas de porta-aviões - estes servem bem, entretanto, para apoio à queima de fogos na Cidade Maravilhosa. E as tropas de terra devem estar treinadas e equipadas para a guerra interna, e não externa, como demonstrado no combate ao tráfico e às milícias no Rio, bem como no Haiti. Brasília necessita ser defendida é contra ataques internos, vulgo corrupção, os quais exigem mais que simples supersônicos para serem debelados.

NELSON CARVALHO

nscarv@gmail.com.br

São Paulo

____________________________

Guarda costeira

A respeito de todo o ocorrido no Rio, como leigo, fica claro, na minha modesta opinião, que o Brasil precisa mesmo de uma guarda costeira. Com a vasta costa sem nenhum tipo de vigilância, parece-me óbvio que armas, entorpecentes e sabe-se lá o que mais entram e saem livremente do País. Em vez de a Marinha subir o morro, creio que seria mais sensato colocá-la em embarcações no seu devido lugar, ou seja, no mar! A grande dúvida é se há interesse nesse tipo de patrulhamento.

RENATO CAMARGO

natuscamargo@yahoo.com.br

São Paulo

____________________________

CLUBE DE JUÍZES

Prefeitura contesta

Está errada a reportagem Prefeitura vende clube a juízes por valor menor (18/11). Não há valor menor porque nova avaliação será feita no momento em que o imóvel for alienado. A reportagem do Estado foi informada pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura de que essa nova avaliação é prevista no próprio projeto de lei enviado à Câmara Municipal. Mas a informação foi ignorada.

SÉRGIO RONDINO, assessoria de Imprensa da Prefeitura

agajardoni@prefeitura.sp.gov.br

São Paulo

N. da R. - Não há nenhuma previsão de nova avaliação no projeto aprovado na Câmara. Existe, sim, uma previsão de atualização inflacionária, como mencionado na matéria. O próprio presidente da Apamagis, desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, confirmou à reportagem, em entrevista gravada, que não haverá nova avaliação, apenas a correção da inflação no período pelo IPCA - todos os valores citados por Mascaretti constaram na matéria. Ainda assim, a resposta enviada pela Assessoria de Imprensa constava no texto publicado. A informação, portanto, não foi ignorada.

____________________________

"Só mudou a bolo, as moscas continuam as mesmas..."

MARIA HELENA MARTINS / SÃO PAULO, SOBRE A COMPOSIÇÃO

DO NOVO GOVERNO

m.helena.martins@uol.com.br

"A alegria que Dilma tem demonstrado é sinal de que está feliz com o Ministério que Lula está montando"

JOÃO MENON / SÃO PAULO, IDEM

joaomenon42@gmail.com

"Por escolha de Dilma, até que enfim, um Patriota no governo federal"

MÁRIO A. DENTE / SÃO PAULO, SOBRE O FUTURO MINISTRO

DAS RELAÇÕES EXTERIORES

dente28@gmail.com

____________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 3.185

TEMA DO DIA

Próximas Copas serão na Rússia e no Catar

Eleição para os torneios de 2018 e 2022 foi marcada por escândalos de compra de votos e polêmicas

"Quanto maior o orçamento, melhor. Assim, a Fifa se apossa do futebol mundial. E tem quem ache que isso é coisa séria." HERMES PUGLIA

"É isso aí. A Copa é do mundo e o mundo não é mais só Europa e EUA. Defeitos todos os países têm."

WELLINGTON CHAVES

"A Copa deveria ser na Inglaterra. Eles inventaram o futebol, só tiveram uma Copa e têm o melhor campeonato do mundo."

CARLOS OLIVEIRA

____________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

QUE CONGRESSO É ESTE?

O que podemos esperar de um Congresso, mais especificamente da Câmara dos Deputados, que condecora João Pedro Stédile com a Medalha do Mérito Legislativo? Essa comenda é distribuída a personalidades que carreguem na biografia ''serviços prestados à sociedade''. Pelo que eu sei esse indivíduo não tem nem biografia, ele tem folha corrida, uma capivara. Comanda um amontoado de bandidos, de malfeitores, e até hoje só prestou desserviços à sociedade. Ele não passa de mais um chefe de quadrilha entre as muitas que infestam o país, causando prejuízos à sociedade, porém a serviço dos interesses sujos desse governo.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

____________________________

CONDECORAÇÕES DESMORALIZADAS

No governo Lulla, desmoralizaram todas as condecorações que tradicionalmente eram dadas a pessoas que realmente mereciam. Depois que "Erenice Guerra" e dona "Marisa Lula da Silva" receberam a Ordem do Barão de Rio Branco, segue condecorado pela Câmara Federal, João Pedro Stedile notório invasor de terras e depredador de propriedades, pelos excelentes serviços prestados à Sociedade. Não nos assustemos se em breve venham a ser condecorados Fernandinho Beira Mar, Marcola e tantos outros traficantes pelos belos serviços "sociais" prestados ao país. Afinal, eles deram emprego a milhares de jovens que sem perspectiva pela péssima educação fornecida pelo governo, foram empregados pelo narcotráfico. Dizem que apenas no Rio de Janeiro o narcotráfico emprega mais que a Petrobrás. É ou não também um grande serviço social?

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

____________________________

MEDALHA A STÉDILE

A Câmara dos Deputados entregou a medalha do Mérito Legislativo ao Stédile, líder do MST. É um absurdo homenagear este cara. Os políticos estão perdendo a pouca vergonha que têm. Deviam é dar um par de algemas a este bandido que só faz invadir, destruir, saquear, sequestrar e matar. Mas é o tal negócio: o que tem de picareta e bandido na política... só podia dar nisso. Vergonha!

Domingos Cesar Tucci d.ctucci@globo.com

São Paulo

____________________________

UMA OPORTUNIDADE

Interessante as escolhas de Rússia e Qatar pela Fifa para sediarem as Copas do Mundo de 2018 e 2022, respectivamente. A Austrália (Oceania) também merecia sediar uma Copa. É bom ver países como África do Sul, Brasil, China, Rússia, Qatar, etc, sediarem grandes eventos globais como Copa do Mundo e Olimpíadas, numa espécie de nova ordem mundial, mais democrática e inclusiva e não mais limitada ao eixo EUA-Europa ocidental. O Leste Europeu e o Oriente Médio nunca foram sede de uma Copa do Mundo e é ótimo que tenham essa oportunidade.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

____________________________

COPAS DO MUNDO

Rússia e Qatar foram os países escolhidos para sediar as Copas de 2018 e 2022. Poderemos ter a certeza absoluta que será tudo muito bem organizado e funcionará perfeitamente. Mas, por aqui, que será em 2014, as coisas parecem não estar devidamente esclarecidas. Tudo ainda está incerto, parece que ninguém tomou conhecimento.

Estão reformando alguns estádios, mas, em São Paulo, o Itaquerão, nem no papel está. Fora os outros problemas ainda maiores, como aeroportos, portos, estradas, ferrovias, infra-estrutura, transportes.........Será que o Brasil consegue ? Tomara que sim, desde que alguém, com responsabilidade, assuma o que falta, pois os responsáveis, especialmente o Sr. Orlando Silva, estão pouco se lixando para essa Copa.

Carlos E. Barros Rodrigues carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

____________________________

INAFINHO

O Brasil avaliará, finalmente, os níveis de alfabetização de suas crianças de 8 anos. Já estão apelidando a prova de Inafinho. Como se sabe que a maioria das crianças, nessa idade, está precariamente alfabetizada, a homenagem é mais que justa. É a marca de uma era.

Odilon Toledo odilonto@terra.com.br

Belo Horizonte

____________________________

VENDA DE CADASTROS

Há quanto tempo é público e notório que os dados dos contribuintes estão sendo vendidos para empresas que são abertas com esse único fim? Como o Brasil é o país da impunidade o governo federal decidiu abrir uma discussão sobre a proteção de dados pessoais no Brasil. O que se viu durante a campanha presidencial, sobre vazamento de dados na Receita Federal já foi motivo de sobra para criminalizar a prática. Para começar, no comércio ao pagar uma conta com cheque o cliente é obrigado a colocar seus dados no verso do cheque. Esse cheque se roubado vai para mãos de bandidos e consequentemente os dados do cidadão também. A privacidade do cidadão é um direito previsto na Constituição, mas ignorado pelos poderes constituídos. Se nossas leis fossem seguidas à risca, economizar-se-ia com advogados e ações que entopem a justiça. As leis são boas, ruins são aqueles se omitem em aplicá-las em nome do lucro certo.

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

____________________________

IPTU PROGRESSIVO

Decisões do STF podem não ser discutidas, mas nada impede que sejam comentadas. A decisão, unânime, que admitiu a constitucionalidade da progressividade das alíquotas paulistas do IPTU, delirou do princípio, herdado do direito alemão, considerado o mais avançado do mundo, da capacidade contributiva. Não são raras as hipóteses de pessoas que são proprietárias de um imóvel considerado luxuoso e, portanto, sujeito, agora, a alíquotas elevadas, mas que não dispõem de fluxo financeiro para pagar o tributo. A justiça social por meio da justiça tributária se faz por meio do imposto de renda, de caráter pessoal e lógica manifesta. A decisão adotada pode beirar o confisco; nesses casos, o Ministro Relator, Aires Britto, enveredou pela saída cômoda de que o prejudicado (uma viúva idosa, por exemplo) poderá bater às portas da Justiça, invocando as regras da razoabilidade e da proporcionalidade. Tudo simples e fácil quando se fala ''ex cathedra'', do alto olímpico de uma Corte Suprema.

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

____________________________

CARACALA A GUIDO MANTEGA

O Imperador romano Caracala (211d.C. a 217 d.C) era um desenvolvimentista nato. Adorava gastar em obras e aumentar o salário dos funcionários públicos e o soldo dos soldados. Um ano depois de assumir, já com os recursos oriundos da arrecadação de impostos do Império comprometidos, Caracala teve a brilhante ideia de conceder a cidadania romana a todos os habitantes do Império, fato que lhe valeu um lugar na história. A intenção de Caracala porém não era cívica, mas sim aumentar o número de cidadãos que pagassem impostos. Assim, arrecadou mais e gastou mais ainda, de modo que pouco depois, em 215d.C., já com uma tremenda inflação, Caracala mandou desvalorizar a moeda e emitiu nova , com um novo nome ( nós já vimos este filme).

Epílogo : Em 217 d.C., em meio à inflação, carestia , soldos atrasados e descontentamento popular, Caracala foi deposto e assassinado pelo exército, com o apoio dos cidadãos romanos, os antigos e os novos.

Luiz Henrique Penchiari luiz.penchiari@hotmail.com

Vinhedo

____________________________

CONSTRANGEDOR

O vazamento de informações sigilosas da política externa americana pelo site WikiLeaks, são emblemáticas dos tempos globalizados e virtualizados de nosso tempo. .A utilização, segundo o site, do uso da popularidade de Carla Bruni para atrair o Brasil em relacionamentos com a França, também não é novidade. No pesado jogo de interesses comerciais entre nações, nem sempre prevalece as normas tidas como corretas. A História Universal prova isto desde sempre.

José de Anchieta Nobre de Almeida josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

____________________________

WIKIFREAKS

O fenômeno WikiLeaks está mais para WikiFreaks (aberrações) interessado em divulgar as intimidades das grandes potências e das celebridades como se prestasse um grande serviço à humanidade.. Agora está interessado em quebrar o Bank of America! Infelizmente uma grande invenção como a Internet acaba caindo nas mãos de doentes mentais como esse Assange... Piores ainda são os que o apoiam. Xô, Satanás!

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

____________________________

O VISÍVEL ERA TRANSPARENTE

Pela revelação de que não há democracia na Rússia e nem o Brasil aguenta mais Hugo Chávez, o WikilLeak não deveria ser aplaudido nem perseguido. Afinal, revelou um segredo de Polichinelo.

Jairo P. Gusman jairogusman@gmail.com

São Paulo

____________________________

EXPERIÊNCIA

Fica a experiência da magna operação no Complexo da Alemão/RJ. Mais um ensinamento com a fuga pelas galerias do PAC, não prevista pelas forças do Governo e revelada pela mídia entrevistando moradores.

As inteligências de todos os segmentos de Segurança e das Forças Armadas não levantaram esta possibilidade. Para os políticos foi um sucesso na resposta que deviam a sociedade carioca: a retomada do território ao controle do Estado. Mas o êxito Policial com a prisão dos traficantes deixou a desejar. O maior troféu seria a apresentação deles à reprimida sociedade. Talvez a negociação para que não houvesse derramamento de sangue e exposição de inocentes vidas, fosse o maior objetivo. Mas os outros Estados vão sofrer com a migração destes marginais, com a experiência adquirida no Rio, com sua vivacidade, com seu poder de fogo e com o dinheiro do tráfico.

João Coelho Vítola jvitola4@globo.com

Brasília

____________________________

ACORDO TÁCITO

Sem dúvida , a ofensiva do governo sobre os morros do Rio representa um grande golpe no crime semi-organizado, que sofreu grande prejuízo financeiro. O rendimento só não foi melhor devido a uma espécie de acordo tácito, talvez até subconciente que existe entre os soldados, os de verdade e os do tráfico. Não tanto nessa, mas em outras ocasiões o que se observa é um grande número de disparos a esmo de lado a lado, o que ocasiona as tais ''balas perdidas''. Parece que ninguém está muito interessado em acertar o adversário. O observador mais atento, com algum conhecimento de armas, também notará que grande parte das apreensões é constituída de verdadeiras sucatas. Embora o tráfico disponha de bazucas modernas (não aquela apreendida ontem) e granadas auto-propelidas, não me consta que tenham sido utilizadas contra algum ''caveirão''. Então a população envolvida deve ficar atenta, porque aos poucos essa bandidagem procurará voltar às suas origens, afinal ali estão suas raizes, e, nossa justiça é bem mais cega do que as de outros países.

Nestor Rodrigues Pereira Filho rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

____________________________

ESTADO POLICIALESCO

Li nos jornais que Dilma pretende fazer da presença das Forças Armadas uma constanteem todos os Estados, já que ela foi tão bem aceita pela população do Rio de Janeiro neste evento, ops... desculpe, nesta ação contra os traficantes.

Aquilo que se tornou uma apoteose e sem resultadospráticos robustos , ao que me conste , foi uma ajuda emergencial contra o crime organizado justamente porque a ação do Estado , através de suas forças policiais locais, e do governo federal - nas fronteiras - não se fez presente por muitos e muitos anos levando o Rio de Janeiro ao caos social.

Mas porque o povo aplaudiu - e no desespero, quem não aplaudiria - não significa que agora vamos aceitar o Exército, a Marinha e a Aeronáutica exercendo papel de polícia permanentemente nos Estados, pois que, além de este não ser o seu papel, me cheira muito mal esta intenção . Esta a me parecer que esta ação no Rio de Cabral , de grande efeito midiático, teve a intenção precípua de justificar esta pretensão da presidente Dilma Rousseff....ainda mais agora que, ao que tudo indica, a esquerda convive tão harmoniosamente com as Forças Armadas no Brasil... Uma pena : tudo leva a crer que as FFAA estejam hoje mais à serviço de um governo que da Nação Brasileira! Portanto, atenção a todos! Estado policialesco só na antiga União Soviética, na China, em Cuba , na Coreia do Norte e por aí vai.....todos países governados por ditadores!

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

____________________________

TANTO BARULHO PARA NADA

Se pensam que o espetáculo policialesco militar conduzido pelo governo do rio vai resultar em algo positivo está redondamente enganado. Todo mundo sabe que o tráfico de drogas faz parte do triunvirato: produção, distribuição e consumo. Não acredito em nenhuma ação que não combata as três pernas que sustentam o milionário negócio da droga. Estranhamente (eu sei porque) só falam dos traficantes...

Toshio Icizuca toshioicizuca@terra.com.br

Piracicaba

____________________________

O GATO COMEU?

Os bandidos fugiram com o dinheiro, governador? As forças de segurança prenderam grande quantidade de drogas e de armamentos do tráfico, mas... Onde está o movimento... A grana?!

Luiz Fernando Dávila lfd_avila@hotmail.com

Rio de Janeiro

____________________________

FUNÇÃO DO EXÉRCITO

Epa, sr. Misse! Quem lhe disse que o soldado foi feito para matar? Ao menos no Brasil, as Forças Armadas têm por objetivo a defesa do nosso território contra um possível invasor, e internamente, evitar qualquer tentativa de subversão da ordem, onde quer que ela se manifeste. Se ainda usufruímos em nosso país das liberdades democráticas é porque existe uma instituição vigilante para a sua manutenção.

Paulo Braun paulobraun01@gmail.com

São Paulo

____________________________

E MINAS?

Por considerar um êxito absoluto as operações de guerra no ''Complexo do Alemão'', mineiramente, tomo a liberdade de propor aos ilustres Comandantes e guerreiros das Três Armas, a Polícia Civil, a Militar, o BOPE, que se preparem para novo front de batalha. Agora, nos ''Complexos'' da Prado Lopes, da Lagoinha, do São Cristovão, do Cafezal, nos Aglomerados da Serra (da Savassi, do ''JK'', da Praça da Liberdade etc.) Acredito que a ''mineirada'' que continua tão-carente do marzão, ficará (no mínimo) extasiada, com a presença dos blindados de nossa gloriosa Marinha...

Gilberto Araújo gilberto.araujo2077@yahoo.com.br

Belo Horizonte

____________________________

OFERTA E DEMANDA

Se por absurdo a droga entrasse nos cálculos, certamente neste final de ano teríamos uma taxa de inflação de pelo menos 30%. Enquanto existir consumidor, existirá comércio nos morros como fora deles e por conta disto o negócio da droga em particular no Rio de Janeiro deve ser tão grande e consolidado que o que vimos é uma pequena ponta do iceberg. E os traficantes que possuem fazendas, apartamentos, aviões, carrões, motos e armamentos de última geração, existem ou não existem? Afinal, os milhões ou até bilhões de reais que se ouve dizer que envolve o tráfego de droga está representado somente por marginais que moram em favelas? Acho que o negócio de drogas se assemelha mais à Hidra, animal fantástico da mitologia grega. E quando se corta uma cabeça aparecem outras diferentes e mais fortes, isto sim!

Luiz Antonio da Silva lastucchi@yahoo.com.br

Ribeirão Preto

____________________________

SALÁRIO E INCENTIVO

Os vários organismos ligados à segurança pública usados no Morro do Alemão e Vila Cruzeiro no Rio de Janeiro apontam uma situação que deveria ser aproveitada para uma avaliação de especialistas. É a diferença entre os salários dos componentes de cada um desses grupos. Quais os salários pagos aos integrantes das Forças Armadas? E da Policia Federal? E aos militares estaduais? É uma situação que deveria ser levada em consideração para que eles se sentissem estimulados a agir de forma profissional. Quem ganha um salário que supra suas necessidades não vai correr o risco de perde-lo,ao ser cooptado pelo crime. E sem esquecer que no trabalho policial ou nas tarefas das Forças Armadas está em jogo o interesse de milhões de pessoas, que merecem o devido reconhecimento. E por fim, a segurança pública exige muito planejamento e não pode atuar na base do improviso ou para cobrir problemas pontuais. O momento oferece muitas oportunidades de uma avaliação sobre o assunto.

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

____________________________

Sarney respeitado

Todo ser humano merece ser respeitado. Não precisa ser elevado à condição de ''instituição'' para que isso ocorra.

Maria do Carmo Zaffalon Leme Cardoso mdokrmo@hotmail.com

Bauru

____________________________

REINO UNIDO DE SUCUPIRA

O ''Reino Unido de Sucupira, Maranhão e Amapá'' que se tornou o Brasil está em festa com a demonstração pública desta aliança história do tipo político-amorosa entre o chefe do império sindical-pára estatal de Sua Alteza Lula Primeiro ''O çábio'', com o reinado cinquentenário da ideologia de resultados de ''Sir Ney'', Vice-Rei do Maranhão e Amapá e sua legião de vassalos desdentados! Lula e Sarney, mas quanta majestade junta... feitos um para o outro. Já por mim, cansado da metade deste Patropi esmolento onde o relógio possui a façanha de andar para trás eu digo : ''Morram Odoricos !''... (Ah, Glauber Rocha, mas quanta falta você faz !)

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

____________________________

PARA QUE CONCURSO?

Se a Justiça Eleitoral tem considerado inelegíveis apenas os analfabetos absolutos, e não os funcionais (caso típico do Tiririca) para ocupar o cargo de deputado cuja função é legislar, interpretar leis e outras tantas responsabilidades que exigem qualificação superior de conhecimento, ficamos imaginando para quê os concursos públicos para a função de lixeiro exigem que os candidatos tenham o 1º grau? Ser deputado no Brasil é mais fácil e ao mesmo tempo menos trabalhoso do que trabalhar nas ruas correndo e carregando lixo, com todo respeito que imputamos a essa nobre função.

Leila E. Leitão

São Paulo

____________________________

TIRIRICA

Então Francisco Everardo Oliveira Silva ( quem? ) mais conhecido por Tiririca foi absolvido pela Justiça Eleitoral?

A próxima meta do aludido cidadão será candidatar-se a membro da Academia Brasileira de Letras.

Henrique Massarelli hermassa@uol.com.br

São Paulo

____________________________

GAROTO-PROPAGANDA

Após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de que Tiririca está apto a exercer mandato de deputado estadual, sugiro que seja também escolhido como garoto-propaganda do Enem. Pela competência demonstrada pelo MEC, o nível é o mesmo.

Claudio Juchem cjuchem@gmail.com

São Paulo

____________________________

FLEXADA

Afinal de contas, temos parlamentares no Congresso Nacional com suficiente honra para defender os interesses nacionais e não apenas o dos políticos? A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou a proposta de emenda, em caso de vacância no cargo da presidência, feita pelo senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA): - Assim o deputado Michel Temer, eleito vice-presidente na chapa da presidente Dilma Rousseff, está levando uma flexada daquelas que costuma dar nos seus eleitores e até no seu próprio partido o PMDB. Lições aprendidas com o Partido dos Trabalhadores que está tentando fazer o mesmo com o povo brasileiro.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

____________________________

IMATURIDADE

É da essência da democracia representativa a vida partidária e, quando um partido, pelo voto, é confirmado novamente no poder, é justo, ético e normal que ministros permaneçam nos seus cargos ou auxiliem o novo governo. É estarrecedora a imaturidade da nossa opinião pública e dos jornais que ironizam a indicação renovada dos auxiliares do Executivo.

Rui Guilherme Granziera ruigg@terra.com.br

São Paulo

____________________________

MAIS UM ''BLOCÃO''?

Depois que o PMDB ameaçou formar seu ''blocão'' para negociar cargos no governo, o PT está formando seu ''blocão'' com aliados fiéis para garantir ampla maioria à presidente eleita no Senado. Parece que teremos vários ''blocões'' disputando espaço e influência em Brasília. Que Dilma Rousseff se prepare. A briga vai ser feia. Ou ela cria logo uma nova UPP - Unidade de Pacificação Política, ou seu governo vai começar mal!

Silvano Corrêa scorrea@uol.com.br

São Paulo

____________________________

QUEM DÁ MAIS?

Quem dá mais? Esse tem sido o parâmetro para indicação de ministros, não mais escolhidos por capacidade, idoneidade e patriotismo, mas segundo ''donativos'' de campanha. Critério infeliz e melancólico para uma gestão que se inicia. O que poderemos esperar? O país que se prepare. Mais surpresas nos aguardam.

Ruth de Souza Lima e Hellmeister rutellme@terra.com.br

São Paulo

____________________________

BOCA NO TROMBONE

À ''briga'' pelo poder,deixa, claro de como a maioria dos nossos políticos estão preocupados com a governabilidade de nosso país,Mesmo antes de tomar posse,o vice-presidente Michel Temer já mostrou há que veio.No dia da ultima eleição, eu deveria estar com amnésia...

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

____________________________

ASPONE

A presidente eleita Dilma Russef escolher Marco Aurelio Garcia (Top-Top) para assessor, eterno aspone do governo é o fim da picada. Nelson Jobim, Fernando Haddad, Antonio Pallocci e Aloizio Mercadante (como consolo) já foram escolhas temerárias, mas o Sr. Marco Aurélio Garcia, mostra que ela não é bra obervadora, este senhor é o símbolo do atraso, deveria ir assessorar o Sr. Hugo Chaves, o democrata.

Celso de Carvalho Mello celsosaopauloadv@uol.com.br

São Paulo

____________________________

POSTE

Está sendo confirmado que o ''poste'' é mesmo o ''poste''. Vamos ver agora se ''a encarnação do povo'' também vai ser o ''poste''.

Eduardo Henry Moreira henrymoreira@terra.com.br

São Paulo

____________________________

EMINÊNCIA PARDA

Na época da ditadura era do conhecimento de todos que a ''eminência parda'' do governo militar era o General Golbery do Couto e Silva. Será que o governo Dilma terá alguma ''eminência parda''?. Quem poderia ser...?

Luciano Harary lharary@hotmail.com

São Paulo

____________________________

BRIGA POR MINISTÉRIOS

Pobre Dilma Rousseff. Se pudesse voltar no tempo, garanto que refletiria mais um pouco sobre a sua decisão de se tornar presidente da República. Nem está oficialmente à frente do Brasil e já tem um enorme abacaxi para segurar. Se achava que para chegar ao Planalto bastava fingir simpatia e mudar de ideologias, agora vê que a encrenca é bem maior. De um lado, o PMDB, cobrando o aluguel de sua legenda, como é de praxe. Do outro, o PT, exigindo a sua parcela de ministérios por ser o partido no poder. Sem contar os mensaleiros, loucos para voltar à vida pública, como o companheiro Zé Dirceu. Os seguidores de Luiz Inácio querem permanecer, membros de partidos aliados também. Deputados e senadores que eram oposição cansaram de ser perseguidos, e agora querem desfrutar o poder. Até os que abandonaram os cargos durante os escândalos de corrupção do Governo Lula andam dando as caras por aí, para o desespero da presidente eleita. A briga pelo poder executivo do Brasil esquenta a cada instante. Partidos, amigos, todos se acotovelam e se engalfinham por ministérios, órgãos e secretarias da presidência. Dilma não tem carisma pra despistar, nem para fazer graça com a nossa situação deprimente. E agora, o que se faz diante dessa situação? Previsível: criam-se alguns ministérios para um país que necessita de no máximo 15, aumenta as bolsas e turbina a publicidade.

Thiago C. Andrade thiagocandrade@gmail.com

Recife

____________________________

POVO... E LULA

Depois da doação do ''Maggi-co'', fica a pergunta: quando o BOPE vai subir a ''rampa'' para, pelo menos aliviar o povo de impostos e das maracutaias federais brasilianas?

José Jorge Ribeiro da Silva jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

____________________________

MISTIFICAÇÃO

Encarnou uma mistificação. Megalomaníaco. Arrognorante, já dito por José Nêumanne, e tudo mais. Perfeito. Entretanto, temos de registrar que há uma ''mitificação'' por parte da imprensa (TV, rádio e jornais), seja pelo rabo preso no BNDES, seja por participação no PAC ou por outras vantagens, que até suas bobagens são mostradas como exercício da inteligência e da liderança. Poucos jornais podemos ler sem ânsia. Noticiário de TV e rádio, só com o controle remoto na mão. Dá nojo.

Manoel Mendes de Brito voni.brito@itelefonica.com.br

Bertioga

____________________________

O POVO SOU EU!

Brilhante, a comparação de Lula com Luiz XIV (2/12, A3)! Tem tudo a ver! Realmente, Lula liquidou com uma oposição aristocrata e incompetente a despeito dos escândalos envolvendo o PT!

Eugênio José Alati eugeniojosealati@yahoo.com.br

Campinas

____________________________

LULANDIA

Posso ter errado todos esses anos ao discordar do governo do presidente Burla (eu e quase 20 % população) então, peço desculpas e proponho que o Camabalacho Nacional mude a Constituição e aprove minha sugestão de mudança do nome de Brasil para ''Lulandia'' e a moeda de real para ''luli''.. Creio que minha proposta agradará os mais de 80 % de brasileiros que o adoram. Se o Lula não quiser, pode ser Sarneylandia que dá no mesmo. Essa proposta só tem uma condição: que São Paulo saia da federação tornando-se um estado independente, um país com o nome de Republica Bandeirante. Só isso.

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

____________________________

"RANA RUPTA EST"

Lula, ao afirmar que ele é "a encarnação do povo", lembra-nos a fábula da rã que desejava, por vaidade, ser do tamanho de um boi. Engoliu tanto ar que acabou explodindo. A exemplo da rã, Lula anda engolindo muito ar e já está no pontinho para explodir. Certamente isso ocorrerá ao término do mandato. Vaidade, ó vaidade!

José Roberto Cicolim jrobcicolim@uol.com.br

Cordeirópolis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.