Cartas - 05/09/2010

CAMPANHA ELEITORAL

, O Estado de S.Paulo

05 Setembro 2010 | 00h00

Democracia? Onde?

Até quando assistiremos à trágica queda do sistema democrático deste país, ao uso descarado da máquina pública para alcançar objetivos individuais, e não os do coletivo? Nem mesmo as tentativas de reação são levadas a sério, dizendo-se que são infundadas e sem sustentação jurídica. O Brasil hoje me parece um país que foi enfeitiçado pela suave música do flautista que levava os ratos até a morte dentro do rio.

Flávio E. Passos f_e_passos@hotmail.com

São Paulo

________________________

O CANTO DA SEREIA

Sereia: entidade feminina com metade do corpo em forma de pássaro ou de peixe e que, com canto mavioso, mobilizaria a atenção dos marinheiros até largarem o barco e sua rota, naufragando. Uma versão moderna desse ser - metade "paz e amor", metade "guerra e terror" - vem se proclamando aos quatro cantos deste nosso país, com voz que tenta sensibilizar o cérebro de multidões, mobilizando a atenção, até que larguem o "barco da sensatez e sua rota", fazendo naufragar o País num lamaçal da ruína ética e moral. Urge proteger ouvidos e corações desse "canto" enganoso.

Clênio Falcão Lins Caldas clenio.caldas@gmail.com

São Paulo

________________________

"1984"

Big Brother is watching you! Se durante o governo de uma criatura conhecida como "Lulinha paz e amor" acontecem tais absurdos, imaginem o que nos espera sob a égide da sua radical aliada...

Caio Augusto Bastos Lucchesi cblucchesi@yahoo.com.br

São Paulo

________________________

MOMENTO DE TRISTEZA

As eleições são o maior símbolo da democracia e a escolha dos dirigentes de uma nação deveria ser um momento de extrema alegria. Mas o esquema dos dossiês fará com que as eleições no Brasil sejam um momento de extrema tristeza. Que pena!

Clezio Donizete Goulart clezio_goulart@yahoo.com.br

São Paulo

________________________

DIREITOS VIOLADOS

Cordeiros Escarlate

A propósito do editorial O responsável pela bandidagem (3/9, A3), duro é saber que o cidadão médio não vê a responsabilidade última de Lulla em casos como esse do desavergonhado uso político e partidário de instituições do Estado, como a Receita Federal. Aqui, onde milhões confundem Justiça do Trabalho com Ministério do Trabalho e ignoram Marx, Lenin, Gramsci, o que são as Farc ou quais os reais objetivos do MST, não é tarefa simples convencer o cidadão - desinformado e feliz com sua alienante mesadinha - da vilania de espertalhões que, com plásticas, cabelos, sorrisos e trajes bem cortados, se apresentam como republicanos, democratas e salvadores da Pátria, sob a pele de plácidos cordeiros.

Silvio Natal silvionatal49@yahoo.com.br

São Paulo

________________________

BANDIDAGEM

Parabéns pelo oportuno e corajoso editorial O responsável pela bandidagem. Conforta saber que enquanto a maioria da população, acometida por inexplicável torpor, ignora os fatos gravíssimos e suas consequências funestas, ainda temos uma imprensa comprometida com a defesa da cidadania e o respeito à verdade.

José Luiz Rocha jose.belderrain@gmail.com

São José dos Campos

________________________

QUEM É QUEM

Já sabemos quem é e com quem está a Receita Federal. E o Ministério Público? E os TREs da vida? E o TSE? Por onde andam?

M. Eulália Meirelles Buzaglo membuzaglo@bol.com.br

São Paulo

________________________

TAPETÃO

Dilma disse que Serra não ganhará no tapetão. É porque o tapetão será usado por ela, caso ganhe, para esconder embaixo toda a sujeira da campanha do PT!

Marcus Coltro marcuscoltro@hotmail.com

São Paulo

________________________

LADO POSITIVO

Nesse episódio da quebra de sigilo fiscal de pessoas próximas a José Serra, ninguém encontrou nada de importante para prejudicar a sua imagem, o que, por si, não deixa de ser uma boa notícia. O resultado seria o mesmo se fossem olhar os dados da família Lula? Uma boa pergunta, né?

Carlito Sampaio Góes carlitosg@estadao.com.br

São Paulo

________________________

CURIOSA OMISSÃO

Por que ninguém do PT conta pra gente que o Imposto de Renda da filha do Serra estava todo certinho, honesto, correto? Será que o do filhinho do Lula estaria?

Renata Marilia Ribeiro da Luz renatamarilia@gmail.com

São Paulo

________________________

URNAS ELETRÔNICAS

"Não há sistema inviolável", disse o ministro Mantega. A pergunta que não quer calar: então, as urnas também não são seguras? Precisamos e exigimos saber!

Lígia Bittencourt ligialbc@uol.com.br

São Bernardo do Campo

________________________

VAZAMENTO DE DADOS

Sou aposentado e ao menos duas vezes por mês recebo ligações de instituições financeiras oferecendo empréstimos consignados. Quando questiono como conseguiram meu nome, telefone, endereço, CPF e, pasmem, o valor do meu benefício, simplesmente dizem que foi o governo federal. Li que o sr. Mantega diz que sempre houve vazamentos de dados sigilosos. Como o governo não nos respeita, respeite ao menos o corpo de funcionários da Receita, que lhe serve. Que hipocrisia!

Adilson Mencarini adilsonmencarini@uol.com.br

Guarulhos

________________________

RECEITA A LA CARTE

A velhinha de Taubaté confia piamente na garantia de isenção dos Poderes na investigação dos atos fraudulentos cometidos na Receita. A candidata beneficiária afirma que não há ligação político-eleitoral nas criminosas quebras de sigilo fiscal. Parece que quanto mais mentem, mais o povo gosta. Talvez, meio atônitos, estejamos vivendo o fenômeno da evolução da democracia tupiniquim!

Antônio Wuo wuo.antonio@gmail.com

Mogi das Cruzes

________________________

"O que nos está faltando dentro da Receita Federal é um "Garganta Profunda", como no caso Watergate"

TANIA TAVARES / SÃO PAULO, SOBRE OS REITERADOS CRIMES DE VIOLAÇÃO DE SIGILO FISCAL

taniatma@hotmail.com

"Só o lullo-petismo tem a Receita para fritar adversários. Mas nas mãos do chef Lulla a Receita desandou..."

A. FERNANDES / SÃO PAULO, IDEM

standyball@hotmail.com

"Se for eleita, ela será chamada Dilma Duchef?"

G. RUAS / SANTOS, SOBRE A CANDIDATA DO PT

gilruas@uol.com.br

________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.693

TEMA DO DIA

Clube de SP se nega a admitir gay em título

Médico, que é sócio, quis inclusão de companheiro; Clube Paulistano só reconhece casais héteros

"O termo homossexual ainda assusta muita gente. Discordo que a lei no Brasil não dê direito aos gays de se casarem."

MARIANA MOTTA

"Num país livre, cada instituição pode permitir ou não o acesso a seus ambientes. Isso é liberdade. Dá para discordar?"

HAL PO

"Defendo o casamento civil homossexual e, a partir daí, os mesmos direitos de um relacionamento convencional."

GABRIEL PEZZINI

________________________

DEFENSORES OU CÚMPLICES?

Já se sabe que o contador Antonio Carlos Attela agiu a mando da turma de Brasilia, que lhe encomendou cópia do imposto de Renda de Verônica Serra. Até as pedras sabem que não foram os garis da capital federal que fizeram essa encomenda, o pessoal tinha pressa, afirmou o contador. Está óbvio que as razões dessa grave violação constitucional são políticas e que Serra é mais uma vez alvo de um grupo que luta contra a alternância do poder e nele tentará se firmar, nem que seja pela força ou na base do trambique. Quanto ao contador, agora possuidor de segredos que podem comprometer o mais alto escalão da República e a própria candidatura de Dilma, deve ponderar que agora se tornou um arquivo perigosamente vivo, lembrando-se de quanto vale seu silêncio, de quão caro custou a Celso Daniel e ao Toninho do PT falarem o que sabiam. No caso de Celso Daniel, foram sete assassinatos de pessoas ligadas ao caso. Com quatro CPFs diferentes, o contador Attela talvez precise de mais cinco vidas para se garantir nesse perigoso submundo que hoje domina o poder. Quanto ao perigo de uma clara ditadura a caminho, eu me pergunto: será que os juízes da mais alta Corte do País honrarão, neste delicado momento de nossa democracia, seu histórico compromisso com a Constituição, ou serão cúmplices do mais grave atentado contra nossa democracia?

Amâncio Lobo amanciolobo@uol.com.br

São Paulo

________________________

SIGILO FISCAL DA FILHA DE SERRA

A suposta violação do sigilo fiscal da filha de José Serra pela Receita Federal traz uma importante questão: teria a referida cidadã algo a esconder na sua declaração de renda? Quem não deve não teme. As pessoas deveriam ser como livros abertos e não ter nada a esconder sobre a sua situação patrimonial, fiscal, etc. Em nome de certas supostas "garantias", como sigilo fiscal, bancário, etc., inúmeras violações são cometidas em detrimento do Brasil e do povo brasileiro. Portanto, muito mais importante do que a suposta violação ao sigilo fiscal é que se investiguem e se apurem a fundo as informações e os eventuais erros, falhas e omissões existentes.

Renato Khair, defensor público renatokhair@uol.com.br

São Paulo

________________________

FORA DO BARALHO

O secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, não será demitido porque não querem ou por que não podem? É melhor testemunha de falcatruas perto e dentro do esquema, para não cair em tentação e contar tudo quando está fora. O PT tem nestes oito anos de poder uma longa lista que vai de marqueteiros recebendo dólares no exterior a testemunhas de dólar enviado pelas Farc para eleger Lulla. Quando a carta fica fora do baralho, pega confiança e conta tudo. No passado alguns dissidentes foram mortos para não abrirem a boca. Hoje estão mais escolados! O que nos espera amanhã? É só ver como a Dillma já se sente a todo-poderosa, sem nem ter sido eleita ainda. Sua postura já mudou! A arrogância da guerrilheira já superou a "mãe do povo"! Acorda, Brasil!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

________________________

PLANO B

A ''historinha'' envolvendo a sra. Verônica, filha de José Serra, está inserida em um plano B dos tucanos para tentar virar as eleições. Creio que o ex-governador, bem como seus ingênuos eleitores, deveria se conformar com mais uma derrota. Isso é a democracia, o direito do povo revidar a ''politicalha'' tucana...

Anselmo Fernando Grecco fer.grecco@yahoo.com.br

Votorantim

________________________

ESPALHAFATO

''Quebra do sigilo da filha do Serra''. Somente o desespero dos marqueteiros que não sabem mais o que fazer para salvar o Serra de uma derrota avassaladora pode justificar, com a ajuda da grade mídia, o espalhafatoso uso dessa notícia. A coisa é tão malfeita e amadora que até pessoas pouco esclarecidas desconfiam.

Valmir Barbosa prof.vbarbosa@bol.com.br

Rio de Janeiro

________________________

PRECEDENTES GRAVES

Líderes petistas mostram-se indignados quando acusados de estar por trás das falcatruas cometidas agora na Receita Federal, como se antes membros do partido já não tivessem usado milhões para comprar dossiê, justamente contra Serra, quando das eleições para governador do Estado. Vale também lembrar o caso Lina Vieira, que acusou Dilma Rousseff de querer influenciá-la a manipular dados da mesma Receita, a favor do clã Sarney. Lula diz que as investigações ficarão a cargo da Polícia Federal, sempre tão eficiente, mas que ainda não conseguiu desvendar de onde teria vindo aquele montão de dinheiro fotografado no caso dos aloprados.

Eni Maria Martin de Carvalho enimartin@uol.com.br

Botucatu

________________________

LENIN E SUA MÁXIMA

Lá vão os petistas, fazendo as habituais confusão e gritaria, que já são nossas velhas conhecidas de outros escândalos envolvendo o partido! Lançam diversas versões, torcem fatos e a vítima acaba sendo culpada. O sigilo de Verônica Serra foi violado em setembro de 2009, quando Dilma ainda era um ''poste'' e Serra aparecia como favorito. Alguns blogs alinhados ao Planalto e ao PT chegaram a ''vazar'' dados sem importância de sua declaração de renda. Mais tarde, houve o ''estouro'' do bunker que campanha, onde Lanzetta, José Carlos Spinoza e seus amigos contrataram o ex-delegado Onézimo de Souza para espionar, de todas as formas possíveis, o candidato e as pessoas de seu entorno, a fim de montar um ''dossiê''. A violação de sigilo da Receita Federal só foi descoberta porque gente do PT ofereceu o material referente a Eduardo Jorge a jornalistas, que denunciaram a manobra. E a violação do sigilo de Verônica apareceu no decurso da investigação da violação de Eduardo Jorge somente depois que a Justiça ordenou que ele tivesse acesso às investigações na íntegra. Eis os fatos. De novo, os petistas gritam ''golpe'', ''tapetão!'', quando quem queria aplicar golpe e ganhar no tapetão eram eles. Os petistas seguem a máxima de Lenin: ''Acuse-os do que você faz, chame-os do que você é''.

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

________________________

CAMUFLAGEM

Depois da violação ou quebra do sigilo, o importante é contestar, disfarçar, encobrir e até acusar as ''vítimas'' de culpadas. O estilo dos PeTralhas é de ameaçar, atacar os adversários, com tantas mentiras, com ações e processos judiciais, com o objetivo de se mostrarem inocentes. Jamais fariam aquilo de que estão sendo acusados, seriam incapazes de cometer o que divulgam, como tudo de que os acusam, disso todos nós temos certeza e acreditamos...Tanto é que todos os aloprados que se envolveram em outras ocorrências, falcatruas, maracutaias e até fatos mais graves foram absolvidos, só falta o Zé do mensalão. Os caras sabem como camuflar!

M. Teresa Amaral mteresa0409@estadao.com.br

São Paulo

________________________

CRIME NA RECEITA E ELEIÇÕES 2010

Ao invés de dar as devidas, embora tardias, explicações ao País e punir os responsáveis pelo crime na Receita Federal, o governo do PT & PMDB S/A e a sua candidata Dilma Rousseff fazem de tudo para abafar a gravidade do caso, que é um duro golpe num dos princípios da democracia, o direito absoluto à integridade do sigilo fiscal físico e/ou jurídico dos contribuintes, que, por sinal, são os que sustentam o pesado e ineficiente Estado brasileiro. E pior, se até o ministro da Fazenda deste país vem a público dizer, todo sorridente, como se nada de muito errado estivesse acontecendo debaixo do seu nariz, que isso é rotina na Receita Federal, então é porque todos os tentáculos do Estado brasileiro já estão severamente contaminados pela militância partidária, a serviço de um projeto de poder de longo prazo, através de muito assinstencialismo, negociatas no Congresso, farta publicidade megalonacionalista e utilização de dados fiscais sigilosos para intimidar e neutralizar toda e qualquer sombra de oposição. Qual será o próximo passo da ''revolução em curso''?

Agora, como se antecipando à decisão soberana da Justiça Eleitoral, os petistas abusam de cinismo ao acusar aqueles que, na verdade, foram as vítimas de um crime gravíssimo, de estarem querendo ganhar a eleição no ''tapetão''. Ora, imaginemos o que não estariam falando Lula e o PT se, num hipotético governo tucano, vazassem os dados fiscais do filho do atual presidente, o neogênio do capitalismo de Estado petista, o Lulinha. O que seria mais surpreendente? A revolta neurótica dos petistas ou a meteórica alavancada dos seus dividendos? Se é que podem ser declaráveis...

Sandro Ferreira sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

________________________

HERANÇA ÉTICA

O papagaio Lulla imitou e copiou o governo FHC (por isso colheu os louros), pena não ter copiado a ética do final do governo FHC...

Carlos Roberto Gomes Fernandes crgfernandes@uol.com.br

Ourinhos

________________________

VIOLABILIDADE DO SISTEMA

Diante das violações conhecidas (e, segundo declarado, ainda são muitas as não conhecidas), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, declarou, em alto e bom som, com palavras precisas e inequívocas para todo o Brasil, que "NÃO HÁ SISTEMA INVIOLÁVEL". Portanto, segundo o ministro, o controle das declarações do Imposto de Renda é vulnerável (inadequado, pois). A extensão da vulnerabilidade não foi indicada pelo ministro, de forma que, por enquanto, a violabilidade se resume ao empréstimo de senhas pelos funcionários indignos das funções que exercem. Mas o pior é que não podemos esquecer que uma eleição eletrônica também é um "sistema". Ora, circulam pela internet dúvidas quanto à lisura das próximas eleições no tocante ao uso das máquinas eletrônicas para votar. Diante da declaração do ministro Guido Mantega, a inviolabilidade do sistema de votação é uma coisa incerta e duvidosa.

Pedro Luís de Campos Vergueiro pedrover@matrix.com.br

São Paulo

________________________

VIOLAÇÃO DE DECLARAÇÕES

O ministro da Fazenda vem a público e afirma que violações de declarações de renda são fato corriqueiro na Receita Federal, que além da filha de José Serra outras tantas pessoas também tiveram suas declarações violadas.

Com isso nós, contribuintes, devemos entender que quando formos notificados e autuados por algum semideus da Receita Federal não temos a obrigação de atender, pois esse órgão não é sério nem tem credibilidade.

O que deveria ser o exemplo de lisura mostra sua cara, funcionários corruptos, secretários que faltam à verdade e o ministro da Fazenda que compactua com toda essa bandalheira e tem esses procedimentos como usuais e normais.

Infelizmente, o Brasil nesses últimos oito anos fez questão de se firmar como o país do jeitinho, da propina, do levar vantagem e de tudo o mais que possa assassinar a ética.

Maria Helena M. Borges Martins m.helena.martins@uol.com.br

São Paulo

________________________

MINISTRO FORA DE FOCO

Mantega tenta despolitizar o escândalo de quebra de sigilo. Esse ministro é uma gracinha, diria a Hebe! O povo não está preocupado se esse ato criminoso dos camaradas petistas tem função política. O que se exige desses incautos do Palácio do Planalto é que a dignidade pública prevaleça nas nossas instituições. E a garantia absoluta, irrestrita de sigilo fiscal dos contribuintes por parte da Receita Federal. Aqui não é Cuba, Irã e Venezuela.

O que vem acontecendo é ato de vandalismo! Anarquia pura por parte do governo Lula, única e exclusivamente para tentar, e de forma vil, beneficiar a Dilma e seguir por mais quatro anos esculhambando o poder desta Nação.

Chega de tanta picaretagem...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

________________________

DESVIO DO FOCO

A troca de acusações entre o PT e o PSDB sobre vazamentos na Receita Federal, dossiê contra os tucanos e quebra de sigilo é tudo que Lulla e Dilma queriam. Todo mundo sabe que não vai dar em nada e, se der, o resultado sairá depois das eleições. Trata-se de uma mais uma tática para desviar o foco das questões importante, aquelas que realmente poderiam virar o jogo. A base da pirâmide não está nem aí para essas discussões. Acorda, Serra.

José Carlos Degaspare degaspare@uol.com.br

São Paulo

________________________

FRAUDE NAS URNAS?

Diante das declarações irresponsáveis do ministro Mantega de que não há sistema inviolável, devemos ficar com as antenas em pé, pois pode ser um aviso de que as urnas também podem ter o seu sistema violado. Tudo é possível neste mundo-cão em que vive o País da era Lula. Que Deus se compadeça dos justos!

Leila E. Leitão

São Paulo

________________________

"A ESCOLHA DE SERRA, PARTE 2"

Convincente e conclusivo o artigo de Demétrio Magnoli da última quinta-feira (2/9, A2).

Além de toda uma estratégia errada, o PSDB parece sofrer de preguiça!

Paulo Cesar Silva propaulos@gmail.com

São Paulo

________________________

SOMOS TODOS FRANCENILDOS

Já somos todos Francenildos, subjulgados, alienados e apavorados com o

futuro tenebroso, se se confirmarem as pesquisas de voto. Sem defensores

públicos que façam respeitar as leis por quem quer seja, pois todos do

governo se uniram contra os que eles consideram opositores e se valem

de todas as ações mais deploráveis para eliminá-los e se manterem no

poder a qualquer custo, sem respeito aos brasileiros que anseiam por

um Brasil melhor, mais justo, mais honesto e mais democrático,

governado para o povo, sem distinção de classes sociais,

raças ou credos. e não para atender apenas para atender a interesses

escusos de partidos políticos e partidários aliados.

Vagner Ricciardi vbricci@estadao.com.br

São Paulo

________________________

PESQUISAS ELEITORAIS X URNA ELETRÔNICA

Eis a questão: as pesquisas eleitorais são confiáveis? E a urna eletrônica é confiável? Em primeiro lugar, duvido da imparcialidade das pesquisas eleitorais, que, para mim, são tendenciosas, com a finalidade de favorecer um candidato. O número de pesquisados é pequeno em relação ao número de eleitores e, o mais grave, as cidades pesquisadas são na maioria de prefeitos do PT e em bairros mais pobres, onde há mais famílias que recebem o Bolsa-Família. Portanto, as pesquisas eleitorais não são confiáveis e desse modo sou contra qualquer pesquisa eleitoral que influencia o voto do eleitor.

Em segundo lugar, a urna eletrônica também não é de confiança. Confirmando isso, numa entrevista o ministro Guido Mantega, sobre a violação na Receita Federal do sigilo fiscal de pessoas ligadas ao PSDB, disse que não há sistema inviolável. Tanto isso é verdade que anos atrás o computador da Casa Branca, nos Estados Unidos, foi invadido por hackers.

Concluindo, se alguém quiser fraudar votos nas urnas eletrônicas, a favor do preferido ou preferida nas pesquisas, isso é possível e justificado, porque as pesquisas indicavam que tal candidato seria eleito em primeiro turno, não levantando suspeitas. Por isso, se tivesse uma impressão dos votos, através de uma impressora acoplada às urnas eletrônicas, teríamos a possibilidade de conferir os votos no caso de suspeição. Mas, enquanto não há esse recurso, estamos sujeitos a eleger um candidato ou candidata que não foi sufragado pelo povo. Porque nenhum outro país adota o voto em urna eletrônica?

Cleiton Rezende de Almeida cleiton_rezende@uol.com.br

Araraquara

________________________

DESISTIR PARA NÃO COMPACTUAR

Como em casos passados, de nada adiantará acusar os comandados de Lula, também neste caso, em que ele não sabe de nada, para variar, de espionagem de correligionários e até de familiares de José Serra. Além de tudo, o candidato ainda é acusado por Lula e Dilma de querer ganhar no tapetão, porque já perdeu nas urnas. O Brasil virou isso que está aí. E não merece que ninguém de bom senso compactue com mais essa sujeira do PT. O mensalão não existiu, Waldomiro Diniz nunca existiu, Celso Daniel nunca existiu, os aloprados nunca existiram. Ponto final. Serra deveria desistir da candidatura e dizer que também não quer existir.

Paulo Serodio pserodio@uol.com.br

São Paulo

________________________

POLÍTICA E MAQUIAGEM

Moça feia, supermaquiada, arranjou casamento. Na data, um meu amigo comentou: o noivo somente a conhecerá bem na segunda-feira cedo (sem maquiagem). Semelhantes são algumas figuras espalhadas na política: rostos prenhes de botox, com massa corrida e pincel à vontade. Óculos estilizados e sorrisos onde, antes, havia carrancas. Pior que a física é a maquiagem moral: corações pervertidos, ávidos de poder, vazios de amor. Envolvidos nesta batalha estão falsários, ladrões de cofres, mentirosos, assassinos, palhaços, sequestradores, semianalfabetos, sem leis e sem limites, e por aí vai, num amálgama de podridão. Certo mesmo é que, após a eleição, cada um de nós conhecerá sua segunda-feira cedo.

José Roberto cicolim jrobcicolim@uol.com.br

Cordeirópolis

________________________

NOVILÍNGUA

No seu desespero, a oposição fala coisas estranhas, menciona um tal de ''ovo da serpente''. Bobagem. De acordo com a Novabiologia, a serpente é mamífero. Nada de ovo, vamos para o debate de ''alto nível''!

Alexandru Solomon asolo@alexandru.com.br

São Paulo

________________________

É ESCÂNDALO PRA TODO O LADO

É o fim da picada! Já não bastasse o caso de quebra do sigilo fiscal de tucanos ocorrida na unidade de Mauá da Receita Federal, agravada por acesso a dados da apresentadora global Ana Maria Braga e outros endinheirados, agora a Receita tem de lidar com o novo episódio envolvendo a filha do presidenciável José Serra. Nada como o período eleitoral para que toda a sujeira saia de baixo do tapete, toda sorte de denúncias e "esqueletos no armário" venha à tona. Há ainda a agravante nesse crime de que, para acessar os dados da filha do ex-governador, foi usada procuração falsa em nome de Verônica Serra. Enquanto as investigações estão sendo feitas em banho-maria, a mídia explora o caso com grande afinco. Nem poderia ser diferente. Por outro lado, Serra tem aproveitado bem o fato para bater firmemente no governo e tentar barrar o crescimento de sua principal adversária nas pesquisas, a petista Dilma Rousseff. Já Lula e o PT estão preocupados com a repercussão do escândalo na campanha da petista, inclusive mandaram fazer uma nova pesquisa para ver o quanto a imagem da candidata foi abalada. Uma coisa é certa: ninguém quer ver seus dados sigilosos escancarados a preço de banana na Rua 25 de Março em bancas de camelôs. E não é de hoje que essa história se repete sem que nada tenha sido feito para punir com rigor os criminosos. Por enquanto, os nomes que aparecem são apenas dos chamados boi de piranha, queremos e exigimos saber é quem são os mandantes desse crime repugnante, que vai contra a democracia. Não há duvida que nessa história deve ter muito peixe grande para ser engaiolado.

Turíbio Liberatto turibioliberatto@hotmail.com

São Caetano do Sul

________________________

INFORMAÇÕES CABOCLAS

Tenho certeza que todos os órgãos repressores do regime militar (SNI, serviços de informação das très Armas, Dops, etc., ET.c,) ficariam invejosos da qualidade operacional e capacidade dos''cumpanheiros'', que não são bons, mas ótimos.

Estão e continuarão tranquilos, jamais serão apontados à Justiça, a não ser os prepostos e''laranjas''.

José g. Oliveira mandarino-oliveira@uol.com.br

Praia Grande

________________________

LAVAGEM CEREBRAL

Segundo a sra. Dilma, eles querem ganhar no tapetão... E o seu partido quer ganhar como?Fazendo lavagem cerebral nos mais humildes (para depois deixá-los de lado), prometendo erradicar a pobreza (mas os aposentados cada vez mais perdendo seu poder aquisitivo, principalmente aqueles que se aposentaram com determinada quantidade de salários mínimos, antes da Constituição de 1988). E assim poderem colocar seus cumpanheiros em mais cargos, porque já são poucos.

Sergio L.P.de Mello slpmello@ig.com.br

São Paulo

________________________

DESMANCHE DA NOSSA DEMOCRACIA

Quando o povo acordar, a partir de janeiro do próximo ano, já será tarde demais para evitar um estrago maior, este governo petista vem destruindo a nossa democracia. O pior de tudo é que esse desmanche da democracia vem sendo realizado com a ajuda de partidos traidores da Pátria, como PMDB, PDT, PTB, dentre outros partidos aliados, cujos dirigentes fisiológicos apoiaram esta administração corrupta em troca de benesses. Essa corja toda vem tratando os cidadãos como idiotas, que assistem impotentes a todas as falcatruas do governo, às mentiras repetidas várias vezes até se tornarem verdades - que mudaram o País para melhor... E nada aconterce, Até a invasão de privacidade do cidadão para fins eleitoreiros. Enfim, ainda há tempo, ou seja, a única maneira de agir, acabando com essa farsa petista que desmoraliza as nossas instituições de direito, vai depender dos eleitores mais avisados, mudando esse quadro nas eleições de 3 de outubro, votando nos candidatos à Presidência, senadores e deputados da oposição.

José Wilson de Lima Costa jwlcosta@bol.com.br

São Paulo

________________________

RECEITA

Diante dos fatos sob as barbas da Justiça brasileira, aconselho aos eleitores dedicarem mais confiança às receitas de bolo da Ana Maria Braga ou de quaisquer chefs deste país. Nelas não se omitem dados. Receita Federal só está rimando com ''cheira mal''.

José Jorge Ribeiro da Silva jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

________________________

BRASIL MOSTRANDO SUA CARA

Em 1969, diante da cencura imposta à imprensa pelo regime militar, o Estadão'' alertava a Nação: ''As instituições estão em frangalhos''. Estamos em 2010 e as instituições brasileiras continuam em frangalhos, em razão dos últimos acontecimentos no mundo da política. Passaram-se 40 anos e parece que nada aprendemos, pois a desordem institucional continua a imperar no País, especialmente no que diz respeito à impunidade. Estamos vivenciando um quadro desolador.

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

________________________

MUDANÇA DE IMAGEM

Com Dilma a imagem da Receita já começa a mudar. Se antes era identificada com o leão, um animal nobre, forte, confiável, um verdadeiro rei, agora já começa a se parecer mais com uma hiena, um animal sorrateiro, faminto, noturno e que ri ao atacar suas vítimas. É o Brasil continuando a mudança...

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

________________________

IGNORÂNCIA OU CINISMO?

Por certo, dona Dilma não é ignorante, portanto, como pode, para se defender das acusações do candidato Serra de ser ela a responsável pela nova quebra de sigilo fiscal, declarar, para todo o País ouvir, que o fato teve início em setembro de 2009, quando ainda "não era candidata". Então, o que Lula fez, levando-a a tiracolo durante dois anos pelo País adentro? Será que ele estava brincando de Gepeto? É a criatura imitando o criador, que declarou em Sertãozinho (SP), sobre a reivindicação dos médicos: "Daqui a pouco, as pessoas querem ganhar sem trabalhar." Logo ele, que pouco trabalhou, proferir tal heresia. Seriam as duas declarações puro cinismo para engambelar o povo?

João Roberto Gullino jrgullino@oi.com.br

Petrópolis (RJ)

________________________

FORA, TSE!

É com grande indignação que nós, brasileiros de bem, recebemos as sucessivas decisões do TSE e nos decepcionamos cada vez mais com a Justiça no Brasil. Não só pelo último arquivamento do pedido de cassação da candidatura forjada por um partido que se mostra cada vez mais avesso à democracia, mas por todos os episódios ocorridos desde muito antes do início da campanha propriamente dita em que o "noço guia'' burlava acintosamente a Justiça Eleitoral, com a complacêcia da mesma, com a finalidade de promover a figura por ele escolhida, e notoriamente desconhecida até então, a ocupar seu lugar no Palácio do Planalto. Os fins sempre justificando os meios, com ao aval de um tribunal que, lamentavelmente, julga à revelia do povo e da democracia. E la nave và...

Denise Gorab Leme gorableme@uol.com.br

São Bernardo do Campo

________________________

SAÍDA HONROSA

Considerando a derrota eleitoral prevista na eleição para a Presidência,

motivada pela sua doentia incapacidade de se definir como oposicão e,

ao final, pela ação competente do atual governo em usar

despudoradamente a máquina estatal em apoio de sua candidata, só resta

ao PSDB tomar uma atitude que resultaria benéfica para o País e o planeta.

Refiro-me à renúncia, pelo candidato Serra, à sua candidatura, em

sinal de protesto contra a reiterada ilegalidade da participacão do

nosso presidente e dos órgãos estatais aparelhados pelo seu ParTido,

na campanha e na rotineira confeccão de dossiês pelos aloprados de

sempre, impunemente atuando com sua habitual incompetência.

A renúncia teria o efeito salutar de atrair a atencão do mundo

civilizado, denunciando às nações democráticas o paulatino ingresso do

País no mundo bolivariano, através da democracia sindical, seja o que

for que isso signifique.

O PSDB poderia se redimir prestando esse serviço à Nacão. Ou, então,

sair de cena. Ou ambos.

Nelson Carvalho nscarv@gmail.com

São Paulo

________________________

MASCATES DE PROPINAS

A quebra de sigilo fiscal de pessoas ligadas ao candidato à Presidência José Serra foi só mais um ato de violação, flagrante, do decoro e da moralidade, que ratifica a tendência de um governo para produzir escândalos. Será preciso uma investigação para descobrir quem são os especialistas em quebra de sigilo e na elaboração de dossiê? Os petistas não fizeram outra coisa, como governo, senão aperfeiçoar suas habilidades para espionar adversários políticos, elaborar dossiês, comandar mensalões, defender invasores de terra e proteger terroristas. Mas de que adianta investigar, se não são revelados os culpados? Por acaso revelaram quem financiou o primeiro dossiê, contra o candidato Geraldo Alckmin, e quem elaborou o segundo, contra Fernando Henrique? Quem mandou os dólares de Cuba para Brasília, escondidos em caixas de uísque, para a campanha de Lula? Quem mandou matar o prefeito de Santo André Celso Daniel? Quem foi, de fato, o comandante do mensalão, José Dirceu ou Lula? Não sabemos. Mas sabemos que esses arapongas, que se escondem na hora de responder pelos seus atos, fazem parte deste governo de laranjas. Esses mascates de propinas que aprovam calote contra o povo em nome da moral e da ética. Esses mentirosos que prometem maravilhas em época de eleição sabendo que, em oito anos de mandato, só produziram escândalos.

Francisco Ribeiro Mendes mendes.assare@gmail.com

Brasília

________________________

CRUZAMENTO

Otacílio Cartaxo (secretário da Receita Federal) + Erenice Guerra (ministra-chefe da Casa Civil) = Apogeu do autoritarismo no serviço público brasileiro.

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

________________________

CONTADOR ATELLA

Chocante a fotografia do contador Antônio Carlos Atella, autor do pedido de quebra de sigilo de Verônica Serra, filha do candidato à Presidência José Serra, com procuração falsificada. Não contrataria, em hipótese alguma, um profissional cuja imagem sugere odores tão explícitos.

José Carlos Cruz cruz.jc02@gmail.com

Osasco

________________________

SOLUÇÃO SALOMÔNICA

O presidente Lula disse, em mais de uma ocasião, que o eleitor que votar na candidata Dilma Rousseff estará votando nele. Dilma é o alter ego de Lula. Simbolicamente, a eleição presidencial de 2010 se dará entre Lula e Serra.

Sendo assim, e considerando que a Justiça brasileira caminha a passos de tartaruga (especialmente quando se trata de questões que dizem respeito ao governo Lula), que seja adotada uma "solução salomônica" para o estarrecedor imbróglio envolvendo a quebra do sigilo fiscal de Verônica Serra, filha do candidato José Serra, perpetrada de forma criminosa na Receita Federal, que, ao que tudo indica, tornou-se um aparelho partidário petista, perpetrador de terrorismo de Estado.

Eis a solução: que seja exposta ao público, tal como aconteceu com Verônica, a declaração de rendimentos de Fábio Luís da Silva - o Lulinha -, um dos filhos do presidente Lula, que, ao longo do mandato do pai, passou de monitor de jardim zoológico a sócio de uma das maiores empresas de telefonia do Brasil, a Telemar.

Uma solução à moda antiga, porém rápida, simples e eficaz.

Túllio Marco Soares Carvalho http://www.tulhadotullio.blogspot.com/

Belo Horizonte

________________________

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.