Cartas - 07/06/2011

DIREITOS HUMANOS

, O Estado de S.Paulo

07 Junho 2011 | 00h00

Shirin Ebadi

O Estado noticia que nossa presidente não receberá a iraniana Shirin Ebadi, Prêmio Nobel da Paz de 2003 como defensora dos direitos humanos em seu país. Tal recusa contraria as firmes atitudes que a presidente já tomou a favor desses direitos, até sobre o apedrejamento de mulheres, que chamou de ato bárbaro. Registre-se que na lapidação as pedras não podem ser pequenas para não demorar nem muito grandes para que a condenada não morra rapidamente. Não se pode ser indiferente aos que lutam contra isso.

ALLAM CHERÉM SOARES

allamcs@uol.com.br

Rio de Janeiro

________

Na contramão

O governo brasileiro pode e deve se distanciar do governo atual do Irã, não dos iranianos. Dilma deveria receber Shirin Ebadi e discutir direitos humanos, afinal, foi uma promessa sua feita recentemente. Não vejo por que alguns minutos do tempo da presidente Dilma concedidos à advogada iraniana atrapalhariam os negócios com aquele país. Em minha opinião, Marco Aurélio Garcia não representa o Brasil e os brasileiros.

ALVARO SALVI

alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

________

Retrocesso diplomático

A "presidenta" não recebe Shirin Ebadi, mas tem encontro com o colega Hugo Chávez. A diplomacia brasileira começou o ano dando a impressão de que tomaria o rumo certo, mas, depois que se intensificou o uso da linha vermelha Brasília-São Bernardo do Campo, a nossa política externa voltou à estaca zero, um giro de 180º. Agora está faltando o Planalto anunciar a demissão do chanceler Antônio Patriota e o cargo voltar para o gigante Celso Amorim.

HUMBERTO DE L. FREIRE FILHO

hlffilho@gmail.com

São Paulo

________

CASO PALOCCI

"Fuerza!"

Hugo Chávez dando uma "força" ao Palocci? Só aqui, mesmo...

JOSÉ PIACSEK NETO

bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhadava

________

Efeito nefasto

Se vivêssemos num país civilizado, o ministro Palocci seria o primeiro a pôr seu cargo à disposição e a presidente Dilma aceitaria a demissão sem pestanejar. Como somos subdesenvolvidos e devemos muito dessa situação a essa política retrógrada, ficamos assistindo a uma novela de enredo tosco se arrastando, arrastando...

MARCELO SOARES BERTOCCO

marcelobertocco@uol.com.br

São José do Rio Pardo

________

Na marca do pênalti

Palocci, a bola da vez, só espera Lulla apitar o pênalti para Dilma dar o chute e mandar para fora.

AGNES ECKERMANN

agneseck@yahoo.com.br

Porto Feliz

________

Abandonado pelo PT

Elle é especialista em consultoria de alto rendimento, mas não dividiu seu "conhecimento" com a cumpanherada ávida em aprender como se faz. Por isso eles o abandonaram. Pois é, Palocci, tem de dividir...

RICARDO HANNA

ricardohanna@bol.com.br

São Paulo

________

MEIO AMBIENTE

Código capenga

Estarrecedora a denúncia de João Lara Mesquita (Carcinicultura e os mangues, 6/6, A2) sobre a destruição dos nossos manguezais, berço da fauna marinha, pelos criadores de camarão. É triste saber que, além de esses criatórios serem financiados e estimulados pelo governo, os manguezais nem são contemplados no novo Código Florestal. Que classe de políticos pode sancionar por 410 votos contra apenas 63 tal aberração? Surgem-me apenas duas alternativas: ou são completos incompetentes ou lobistas execráveis. Cabe ao Senado abortar esse código Frankenstein e, em último caso, rezar pelo veto presidencial. A nós, por enquanto, cabem apenas revolta e indignação. E não consumir camarões de cativeiro!

ELCIO ESPINDOLA

elcpind@yahoo.com.br

Santana de Parnaíba

________

A presidente Dilma não vai poder fazer como seu iletrado antecessor, dizendo não ter lido o artigo de João Lara Mesquita sobre os carcinicultores e a situação dos mangues no País. Deveria dedicar algum tempo a apreciar essa excrescência que é o novo Código Florestal e, se aprovado, vetá-lo!

ALBERT HENRY HORNETT

hornettalbert@hotmail.com

São Paulo

________

LAN HOUSES

Acessibilidade

Diferentemente do informado no editorial Ameaça às lan houses (6/6, A3), a garantia de acessibilidade a pessoas com deficiência em lan houses, prevista no Projeto de Lei 4.361/04, aprovado na Câmara dos Deputados, não exigirá novos investimentos do empreendedor. A emenda, bastante discutida entre mim e o relator do projeto, deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), estabelece que as lan houses deverão pôr à disposição programas que permitem às pessoas com deficiência visual o uso autônomo do computador, notadamente por meio de softwares (gratuitos) de leitores de tela. Essa simples emenda, quando regulamentada, vai permitir o acesso às lan houses a 15 milhões de brasileiros com deficiência visual. A partir da instalação dos softwares de leitores de tela as lan houses se tornarão centros de propagação de cultura, informação e cidadania também para essas pessoas. Um dos critérios para a apresentação da emenda é justamente não exigir acessibilidade total, pois, ainda que ideal, implicaria custos que tornariam inviável o próprio projeto. Na redação final apresentada pelo relator, a acessibilidade refere-se a "implementos técnicos tais como softwares, hardwares e outros". É esse o contexto da obrigação que vinculará o empreendedor. E para respeitar tal regra bastará boa vontade. No limite será lucrativo adequar-se: um novo público consumidor passará a ser alcançado pelo serviço, trazendo novas receitas. Além desses softwares disponíveis no mercado, temos uma série de ferramentas que oferecem acessibilidade à pessoa com deficiência visual e podem ser baixadas gratuitamente pela internet, como o NVDA e o Dosvox. As lan houses precisam prestar esse tipo de serviço. São medidas simples, mas que garantem a inclusão digital do cidadão com deficiência visual.

MARA GABRILLI, deputada federal (PSDB-SP)

rvendramel@maragabrilli.com.br

São Paulo

________

"Fora os amigos Lula e Hugo Chávez, quem apoia o Palocci hoje?"

PAULO CELSO BIASIOLI / LIMEIRA, SOBRE O MINISTRO

DA CASA CIVIL

pcbiasioli@yahoo.com.br

"É, os porquinhos da Dilma estão engordando e já tem um pronto para o abate"

M. JOSÉ GANDOLFO PADULA / BARRETOS, SOBRE O EDITORIAL "O NEFASTO EFEITO PALOCCI"

ijmjpadula@investnet.com.br

"Eles pega o peixe e nóis paga o pato..."

DOCA RAMOS MELLO / SÃO SEBASTIÃO, SOBRE O LIVRO ADOTADO PELO MEC QUE "ENSINA" QUE 10-7=4

ddramosmello@uol.com.br

________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 984

TEMA DO DIA

Chávez recomenda "fuerza" para Palocci

Presidente venezuelano encontra-se com Dilma e o ministro da Casa Civil em visita oficial ao País

"A "fuerza" que o Palocci necessita é de ter a dignidade de, sem maiores protelações, deixar o governo o mais rápido."

WILSON MENDONÇA

"O dinheiro dele é declarado. Quanto ao uso de influência, até presidente de associação de bairro e síndicos usam."

ARNALDO COSTA

"Precisamos mesmo de muita força para conseguir que o Palocci suma da vida política brasileira."

MARIA TERESA R. DUTRA

________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TUDO DOMINADO!

 

A Procuradoria-Geral da República resolveu arquivar o processo que investigava o enriquecimento meteórico do ministro Palocci. Está tudo dominado! Acho que só nos resta ir protestar na Praça dos Três Poderes, ou melhor dizendo, Praça do Único Poder... Ou melhor ainda, Praça do Lula!

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRISTEZA

Tá tudo dominado! Triste é o país sem esperança.

 

Guto Pacheco daniguto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROCURADORIA-GERAL DE QUEM?

A Procuradoria-Geral da República do PT arquiva processo do enriquecimento de Palocci! E nós, os mortais, e não os "anormais", temos de engolir?

Temos que ir para às ruas! Assim não dá! Que vergonha dos políticos desse país!

Lígia Bittencourt ligialbc@uol.com.br

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALHEIRO

Só no Brasil procurador-geral nunca acha nada particular.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DECISÃO DA PGR

Está explicado! Não foi Lula quem indicou Roberto Gurgel?

Robert Haller robelisa1@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROCURADOR

E aí, dr. Roberto Gurgel, garantiu o empregão, hein?

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PATO MANCO

 

Depois de devidamente engavetadas pela PGR as acusações contra Palocci, agora só resta esperar a recompensa e que o mandato do engavetador-geral seja devidamente renovado, em sinal de gratidão pelos serviços prestados.

E o ministro continue, para ser o pato manco tutelado pelo PMDB e até usado como moeda de troca por Garotinho. É isto que dá ter na Presidência alguém que não possa tomar decisões sem falar com o chefe.

Márcio M. Carvalho mmcoak@hotmail.com

Bauru

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DECEPCIONANTE

A decisão do PGR é uma das maiores decepções que já tivemos. Por que será que a Justiça protege tanto o tal Palocci? Agora liberou de vez!

Maurílio Pereira mauriliopereira@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ATENÇÃO

 

Não é possível tanto cinismo. Esse procurador está encobrindo escândalo muito maior. Um escândalo de Estado! Fica evidente um envolvimento que não se restringe ao Palocci. Atenção, povo brasileiro.

 

Augusto Francisco Paulo afpaulo@usp.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMPARCIALIDADE

Haveria um cidadão brasileiro sequer que acredite na imparcialidade do julgamento do procurador atual? Penso que não!

Orivaldo Tenorio de Vasconcelos prof.tenorio@uol.com.br

Monte Alto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CASO ARQUIVADO

Eu acredito em tudo o que Palocci disse, acredito no procurador-geral da República, acredito no Lulla, acredito em todos os políticos que defendem o ministro da Casa Civil, acredito também em Papai

Noel, em duendes, em saci-pererê, em mula sem cabeça...

E acredito, sobretudo, em Rui Barbosa, que disse que, "de tanto ver as nulidades, o homem sente

vergonha de ser honesto".

E viva o Brasil, dirigido hoje por amadores.

 

Alvaro Salvi alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALOCCI, AINDA CONSTA

 

Pode não haver crime (e o Ministério Público é o dono da ação penal), mas há inquérito civil para investigação de improbidade administrativa do ministro Palocci, segundo o procurador-geral, Roberto Gurgel. Numa República séria, seria o suficiente para que o presidente da República não nomeasse o investigado enquanto tem curso o inquérito. Imagine-se a propositura de ação cível, com a indisponibilização dos bens do ministro da Casa Civil. Em tal hipótese, que é o desaguadouro natural dos inquéritos civis públicos, a presidente manterá o ministro? Ou os compromissos políticos tornam obrigatório o governo cercado de pessoas, ainda que suspeitas?

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RABO DE PALHA

A presidente Dilma, que já chefiou o balcão de negócios da Nação como ministra-chefe da Casa Civil no governo Lula, agora, sob o comando do PT, entregou o caso Palocci para o Herodes procurador-geral da Republiqueta. Roberto Gurgel, sabedor de que a maioria dos que andaram por lá tem rabo de palha, simplesmente falou: está tudo bem, obrigado - entregando o assunto para o Pilatos representado por dona Dilma, que lavará as mãos para não se queimar perante os seus iludidos eleitores. Brasil, país do carnaval e das palhaçadas.

 

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FUTURO

"Dilma decidirá futuro de Palocci após parecer do procurador-geral" Dilma, não... Lula!

Luciano Harary lharary@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CASA ( CIVIL ) CAIU

Isso que o sr. ministro Palocci está fazendo tem nome: "segurar a bronca sozinho, sem delatar os outros pares". Não pode falar, senão arrasta um monte de gente com ele. E se ficar calado vai ser jogado aos leões. Que situação... A casa (civil) caiu mais uma vez, Zé Dirceu, Erenice, Palocci que o digam.

Gattaz Ganem gattaz@globo.com

Carapicuíba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RENÚNCIA

 

 

Se o ministro Palocci não pode fornecer informação concreta que elimine as dúvidas que pairam sobre sua conduta, ele certamente precisa corresponder à expectativa de seus atuais contratantes, o povo brasileiro, e renunciar ao cargo. Não é possível aceitar que, enquanto deputado federal e coordenador de campanha da atual presidente, Palocci tenha recebido R$ 20 milhões através de sua empresa de consultoria e não ofereça dados concretos que o inocentem. O problema não é o enriquecimento. A questão é a forma como ele aconteceu.

 

Gabriel dos Anjos Vilardi gabrielvilardi@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMPROMETIMENTO

 

Sr. Palocci, o discurso vazio do óbvio está intrinsecamente ligado ao comprometimento.

 

 

Francisco José Sidoti fransidoti@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EXISTEM MINISTROS E ‘MINISTROS’

 

O principal ministro de Lula foi José Dirceu. O principal ministro de Dilma é, por enquanto, Palocci. O principal ministro de FHC foi Pedro Malan. Eu não me lembro de ver problemas de corrupção com este último, já com os outros dois... Quanta diferença.

 

Carlito Sampaio Góes carlitosg@estadao.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUE DUPLA...

 

Se restava alguma dúvida sobre o comprometimento de Palocci, não resta mais. Chávez o apoia.

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O MILAGRE

 

Se de modo limpo, sob o ponto de vista capitalista, o ministro Palocci aumentou seus rendimentos 20 vezes em 4 anos, coisa que nenhuma empresa do mundo conseguiu até hoje, deveria ser canonizado e contar como conseguiu isso para todos nós, que vivemos de parcos salários ou pequenas empresas. Santificado seja o seu nome.

Carlos Takaoka, sociólogo cy.takaoka@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EMPREGO NOVO

 

Antônio Palocci, o zumbi do Palácio do Planalto, deveria aproveitar a visita de Hugo Chávez ao Brasil para pedir ao tirano um cargo de consultor para assuntos de quebra de sigilo de pessoa humilde ou multiplicação de patrimônio pessoal em tempo recorde. Como na Venezuela não existe imprensa livre, o petista estará livre de explicações inexplicáveis.

 

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRANQUILIDADE

 

 

 

Em meio à crise política que constrange a presidenta e pode derrubá-lo, Palocci tem demonstrado a maior tranquilidade. Não é para menos. Com a divulgação obtida para sua consultoria, ele deve estar doidinho para voltar à ativa.

 

Gilberto Dib www.dib.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RECADO

 

Um recado ao falaz Hugo Chávez: Palocci não necessita de muita força, precisa mesmo é de muita decência.

 

 

Leila E. Leitão

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROEZAS DA VÓ BARBIE

 

Quem diria! A vó Barbie (parodiando um leitor) saiu em defesa de Palocci sobre o imóvel alugado estar em nome de laranjas: "Não dependia dele saber a situação dos proprietários do imóvel. Quando você aluga de alguém, você imagina que está tudo certo na imobiliária, que tem a obrigação de verificar isso". Bravo! Quem elegeu dona Martaxa para senadora deve estar muito contente ao ver seu desempenho no Senado e fazendo defesas do que é indefensável. Para não ficar no esquecimento, o prefeito de Taboão da Serra, doutor Evilásio Cavalcante Farias, licenciou-se do mandato de deputado federal para assumir a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de São Paulo no governo Marta Suplicy e como prefeito de Taboão da Serra tem se dedicado ao "social". O que será que a senadora teria a dizer?

 

 

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LISURA

Ética e lisura são condições imperativas na política. Venho pela presente atestar a lisura do sr. Antônio Palocci, bem como dos srs. Sarney, Renan & Cia. Mais lisura que isso só o bagre de dois quilos que me escapuliu ontem.

Percy de Mello Castanho Junior webmaster@clubedoscompositores.com.br

Guarujá

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOVO SUBTIPO DE DOENÇA SE INSTAURA NO PAÍS

Pois é, as estreitas relações entre Brasil e Venezuela durante a fase lullista começam a se estender ao governo Dilma. Chávez pedir força a Palocci foi o fim da picada, causando grande inveja inclusive ao mosquitinho Aedes aegypti. Esse ser minúsculo, por sinal, não é capaz de contaminar e fazer adoecer tanto a população como as ações do Partido dos Trabalhadores (e esse tal casamento latino-americano pra lá de esquisito).

Campanha contra o Aedes brasiliensis já! E Chávez apenas como Chaves do 8, por favor!

 

Luiz Felipe T. Erdei luizferdei@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESINFECÇÃO

 

A superbactéria que contaminou o palácio foi identificada, mas, por ser de cepa metamorfoseada, está difícil exterminá-la.

Alberto Bastos Cardoso de Carvalho albcc@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CRIME ORGANIZADO

 

 

Alardeiam que existem vários órgãos de combate ao crime organizado.

Onde estão? Ou querem que acreditemos só na existência do ministro acusado?

As cifras são altas e a camarilha é grande.

 

 

Iracema M. Oliveira mandarino-oliveira@uol.com.br

Praia Grande

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALOCCIGATE

Ante a insustentável 'leveza' de ser ministro, desse beco só resta uma saída: a porta da rua.

J. S. Decol decoljs@globo.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EXORCISMO

 

Dilma, só há uma maneira de exorcizar esse maldito Ministério: tire já o civil da casa.

 

José G. Oliveira mandarino-oliveira@uol.com.br

Praia Grande

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AINDA A ENTREVISTA (EDITADA)

 

Transformando a entrevista numa explicação bem simples para qualquer brasileiro entender: é como alguém jurar que não tem uma amante e por uma questão de respeito não poder revelar o nome dela.

Luiz Ress Erdei gzero@zipmail.com.br

Osasco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

METAMORFOSES PETISTAS

 

Em 2005, em sua famosa entrevista na Europa, Lulla, a "metamorfose ambulante", tentou metamorfosear

o mensalão num simples caso de caixa 2 do PT. Agora a história se repete: Palocci, o Arrecadador Geral do PT desde os tempos de Ribeirão Preto, tenta transformar o caixa 2 do PT - sobras da campanha que elegeu Dilma - em faturamento proveniente de inocentes consultorias. É por isso que seus clientes são irreveláveis: trata-se, na verdade, de uma enorme operação de lavanderia. Sua explicação para o faturamento de R$ 10 milhões no final de 2010 - de que todos os seus clientes anteciparam o pagamento devido à interrupção do contrato por parte da Projeto - é risível e lembra nossas explicações a nossos pais, quando crianças, quando queríamos esconder alguma traquinagem. O PT não tem jeito e continuará aprontando suas falcatruas enquanto Lulla estiver tendo sucesso em lançar fumaça nos olhos da nação para esconder tudo que está por trás de seu sucesso eleitoral e da manutenção do projeto de poder lulo-petista. O que não dá para entender é a demora na demissão de Palocci. D. Dilma, não precisa ter medo, pois ele não vai abrir a boca. Palocci é um Delúbio mais inteligente e sofisticado e sabe que após sua saída do governo, tudo se acalmará e acabará virando piada de salão. E um dia ele retornará a este ou a outro governo petista, com seu jeito bonachão - e com o aplauso da oposição.

 

Jorge Manuel de Oliveira jmoliv11@hotmail.com

Guarulhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BANALIZAÇÃO DA CORRUPÇÃO

 

O episódio Palocci é uma prova da banalização da corrupção, e, da promiscuidade provocada pelo governo.

José Carlos Costa policaio@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OS BOMBEIROS DO RIO

 

Quem assistiu pela TV aos acontecimentos referentes à greve dos bombeiros do Rio de Janeiro não pôde deixar de refletir sobre as injustiças salariais que existem no serviço público, em todas as esferas governamentais. Segundo o noticiário, os bombeiros da cidade que vai sediar parte da Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016 recebem um piso salarial mensal de R$ 950 líquidos. Evidentemente, ninguém em sã consciência aprova a invasão do quartel do Corpo dos Bombeiros, principalmente com vandalismo, como alega o governador, pois é um patrimônio público. Também não tem cabimento o Bope proceder à retomada utilizando armamento letal. Tal piso salarial deveria deixar o governador daquele Estado corado de vergonha, e não mandar prendê-los às pencas e vir à televisão chamá-los de vândalos, acenando com aumento salarial até o final do ano. Ainda se vangloriou de que não houve nenhuma vítima de morte, o cara de pau. E o aborto que a esposa de um salva-vidas sofreu, não conta? Como sempre, a arenga foi sobre a herança maldita e os agitadores de partidos oponentes. Mas o governador está no cargo há quatro anos e meio e sempre contou com o apoio do governo federal para resolver os problemas do seu Estado. A reportagem explica que o nó górdio neste imbróglio é o fato de que, se ele desse aumento aos bombeiros, os membros da Policia Militar exigiriam reajuste igual. Só que estes já recebem os salários que os bombeiros ora reivindicam, segundo a reportagem. A alegação de que inimigos políticos seus insuflaram os bombeiros pode até ser verdadeira, porém, se os salários não fossem tão aviltantes, eles não encontrariam guarida para insuflar uma greve dessas proporções. Não adianta agora vir à televisão, irado e transtornado. É evidente que o maior culpado de tudo é ele, que não realizou a imprescindível reforma administrativa para fazer um mínimo de justiça salarial. Apenas para efeito de comparação, uma empregada doméstica, ou mesmo uma faxineira, profissões dignas, mas que não enfrentam tantos perigos quanto a de bombeiro, já exigem, no mínimo, R$1.000 por mês e, como esclareceu uma reportagem publicada pelo Estadão, está cada vez mais difícil encontrar uma, pois também estão insatisfeitas com seus vencimentos. Eu acredito que já passou a hora de acabar com vencimentos tão dispares entre as várias categorias dos servidores públicos, como, por exemplo, o salário de um professor do ensino fundamental de nível superior e um procurador do Estado ou do município. Servidor público, como o próprio termo define, é uma pessoa para servir ao público, não interessa quão importante seja o seu cargo. É seu dever fazê-lo com presteza e competência, além da civilidade devida. Exatamente por isso deveria ser bem remunerado, e reduzindo-se ao mínimo os cargos para aspones e comissionados amigos do cacique da vez. Paralelamente, os ineficientes deveriam ser defenestrados de pronto, resguardados o seu direito de defesa. É preciso acabar de uma vez por todas com a patranha de que funcionário público não pode ser demitido. Pode, sim, e quando merecedor deve, e bem rápido. Mas nossos governantes agem de maneira oposta, fingem que pagam bem e não cobram desempenho como deveriam cobrar, porque não têm moral para tanto, pois até os precatórios são empurrados com a barriga, ao arrepio da lei. E procedendo assim, são bem piores do que vândalos.

 

 

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SALÁRIOS

 

Seria interessante que o governador Sérgio Cabral divulgasse quantos anos do salário de um bombeiro ou de um professor do Rio de Janeiro são gastos em suas frequentes viagens internacionais.

Jair Rosa Duarte jair_rosaduarte@yahoo.com.br

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PUXÃO DE ORELHAS

Gostei do puxão de orelhas que o apresentador de televisão Ratinho deu no governador do Rio de Janeiro com respeito ao tratamento dado aos bombeiros cariocas. Com efeito, o governador deve se lembrar de que o valor do bombeiro somente surge quando a desgraça assola uma comunidade, uma população. Basta lembrarmos os terremotos que assolam o Japão, os maremotos que abalaram a Ásia, os furacões que atingiram os Estados Unidos. O que seriam das populações atingidas sem os valorosos bombeiros?

O bombeiro, sr. governador, não deve ser tratado como um policial comum ou como um soldado de terceira categoria. O bombeiro é nobre, é valente, não se importando com a própria vida quando está em jogo a do próximo. Ele não pode ser preso como se fosse um bandido. Lembre-se disso, governador.

Adherbal Ramon González gonzalezadherbal@ig.com.br

Santa Cruz das Palmeiras

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BRINCANDO COM FOGO

 

Na Cidade Maravilhosa, o sr. Cabral manda prender 439 bombeiros - aqueles que dão a sua vida para salvar a nossa vida - só porque reivindicam reajustes salariais dignos para as suas funções. Se extrapolaram a maneira de pedir, é pela falta de atenção das "autoridades", que só se preocupam com os seus próprios salários. Se o poder público age dessa maneira, o setor privado passa a ter o mesmo direito, afinal, as leis são para todos. Só falta o Poder Judiciário condenar à prisão os bombeiros de dois a dez anos, como ameaçam fazer, justamente no país da impunidade, onde nenhuma "autoridade" é condenada, por mais grave que seja o prejuízo causado ao País. Mais uma "bola fora", sr. Cabral.

Quando as "coisas" não se resolvem por bem, apela-se para o mal, exatamente como aqueles que estão no poder fizeram - será que esqueceram? A grande maioria dos nossos políticos, a cada dia que passa, age para benefício próprio. E para o povo só medidas ordinárias e medíocres. Estão brincando com fogo!

 

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HERÓIS

 

Gostaria de sugerir ao pseudotodo-poderoso governador do Rio, Sérgio Cabral, que mandasse o Bope para os palácios do Legislativo e do Executivo, os resultados com certeza seria melhores. O Rio não tem povo para se solidarizar

com os que são HERÓIS no mundo todo?!

Boris Spighel boris.spighel@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DERROCADA

 

O governador do Rio, Sérgio Cabral, pode se preparar para a derrocada de sua vida pública, uma vez que os bombeiros contam com o apoio de toda população carioca.

 

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

POBRES BOMBEIROS

 

Ser tratado como marginal quando se reivindica melhores salários - isso com certeza aconteceu após esgotarem todas as possibilidades - é viver num país que não é sério. Os bandidos, presos e pagando pena, têm direito a um salário muito maior adquirido por suas famílias, pois, eles não podem mais "trabalhar" e garantir o sustento da família e deles próprios. Nem por isso foram chamados de inconsequentes e marginais, nem apanharam, só estão recebendo o valor a que têm direito e fim.

Parece que inverteram alguma coisa, pois herói é respeitado, e não maltratado, e bandido é bandido e pronto. Estão batendo em herói. Belo exemplo que o governo do Rio está dando ao País e ao mundo.

Não vai ser no Rio que haverá uma Olimpíada? Não será no Brasil que haverá uma Copa? Belo cartão-postal estamos oferecendo.

Parabéns aos bombeiros e tomara que os outros que estão trabalhando reflitam e ajudem seus colegas

Benedito Pereira bene1753@ig.com.br

Bauru-SP

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MOTIM

Seja qual for a suposta razão, é inadmissível qualquer motim militar. O que os bombeiros do Rio de Janeiro ganham é o mesmo pago nas Forças Armadas e eles ainda estão com direito assegurado de reajuste de 1% ao mês, até 2014 - ninguém tem tal vantagem. Para tentar conseguir algo mais, foi uma atitude contraproducente, uma vez que nenhum governo pode conceder algo em face do motim ou mesmo grave falta disciplinar. Concordar com motins militares é o mesmo que dar aval a golpes de Estado.

Heitor Vianna P. Filho bob@intnet.com.br

Araruama (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUE PAÍS É ESTE?!

Enquanto o governo federal protege um bando de vagabundos conhecidos como sem-terra, mesmo quando eles invadem e depredam prédios públicos ou fazendas produtivas, o governo estadual do Rio manda prender trabalhadores honestos e pais de família apenas porque reivindicam melhores condições de trabalho e melhores salários?

Chega de palhaçada: eu não aguento mais pagar tanto impostos e ter governos tão medíocres.

Maria Carmen Del Bel Tunes Goulart carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ENDEREÇO ERRADO

Infeliz o rótulo de vândalos a parte do efetivo da gloriosa corporação pelo governador Cabral. Vândalos estão agindo impunemente em outras esferas da Nação, e de forma cínica!

Não há mal maior para a Nação do que o vandalismo moral que nos assola: corrupção, propina, mensalões, impunidade, conivência. De forma pontual o Ministério Público prendendo alguns corruptos. Haja cadeia!

Policiais de uma forma geral são mal remunerados neste imenso país com arrecadação exorbitante de impostos.

Dar medalhas a policiais e bombeiros é nobre, mas não resolve.

Em face deste triste cenário nacional, esperamos que parlamentares e magistrados (bem pagos) se sensibilizem com a indignação do povo.

 

 

Paulo Vaz de Lima avacanoeiro@hotmail.com

Limeira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SOCORRO

 

Não é estranho que o competente governador Sérgio Cabral, habitual no pedido de socorro ao governo federal para fatos ocorridos no seu Estado, ainda não o tenha feito em relação à crise com os bombeiros?

Odilon Otávio dos Santos

Marília

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONFRONTO

Nesse país, políticos corruptos e analfabetos recebem R$ 24 mil mensais, fora os "achegos", que são muitos, enquanto um bombeiro, que não pode ser corrupto nem analfabeto e presta enormes serviços à população, mesmo arriscando sua vida, ganha inicialmente um miserável salário menor que R$ 1 mil? É o que está acontecendo no Rio, onde o governador, que adora um marketing, vai gastar bilhões na promoção de Copa do Mundo e Olimpíada, mas não tem dinheiro para melhorar os salários dessa turma, chegando ao ponto de obrigá-los a ir para uma situação de confronto em que perderam a cabeça, mas não a dignidade, e são tratados como bandidos.

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PMDB E PT

 

Essa aliança do PMDB com o PT é "du piru": prendem policiais (bombeiros heróis) no Rio, enquanto blindam meliantes pelo Brasil afora.

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ORGULHO

Os bombeiros, não só os do Rio de Janeiro, são o orgulho de todos nós, brasileiros. São heróis. O mesmo não podemos dizer do Bope nem do governador do Rio, que nas invasões dos morros não prenderam nenhum chefão do tráfico.

José Mendes josemendesca@ig.com.br

Votorantim

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PEC 300

Está tramitando no Congresso proposta de emenda constitucional (PEC 300) que estabelece que a remuneração dos policiais militares dos Estados não poderá ser inferior à da Polícia Militar do Distrito Federal, aplicando-se também aos integrantes do Corpo de Bombeiros, militares e inativos. O salário de um coronel no Distrito Federal é de R$ 15.000 e o de um soldado, R$ 4.200. A diferença salarial será paga pela União, como já ocorre no Distrito Federal.

As Polícias Militares de todos os Estados deveriam ser federalizadas, como ocorre em outros países, a exemplo de Portugal que tem a Guarda Nacional Republicana, que é uma força de segurança de natureza militar com jurisdição em todo o território nacional.

A Polícia Civil permanece com as atribuições no âmbito estadual, por ser uma polícia judiciária, e certamente os policiais civis teriam os seus vencimentos reajustados dignamente, em face da transferência da Polícia Militar para o governo federal.

 

Luiz Henrique Vaz Oliva vazoliva@gmail.com

Barra do Ribeira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESABAFO

 

Domingo fui roubado, no Bairro do Tatuapé. Levaram meu carro recém-comprado e meus pertences. Sem falar no trauma de meu filho de 11 anos e de minha esposa.

Sempre comemorei, mas a partir de agora com mais intensidade: sempre que souber que algum assaltante foi morto, a comemoração será maior.

 

Ricardo Rayes rirayes@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ACIDENTE PÕE TECNOLOGIA EM XEQUE

Com profundo e doloroso pesar, manifesto-me em incondicional defesa dos pilotos do voo 447. São seres humanos que sentiram impotência nos segundos de pânico. Aqui não vale se embicaram para cima ou para baixo. O pânico em segundos não permitiu outra ação diante do escuro da eletrônica (4 minutos e 23 segundos). Sobrou um acúmulo sequencial de surpresas!

Sim, uma eletrônica não amadurecida para as surpresas da natureza. Até um interfone caseiro "claudica". Você perde o contato com a recepção do prédio e sofre um "arrastão de facínoras"!

Esta chamada eletrônica avançada embarcada, que despreza os valores humanos por qualquer "tostão" (ganância), não é projetada com os conhecimentos da devastação repentina que a natureza oferece, hoje furiosa. Ela não respeita a ciência da Nasa e de outras entidades que pesquisam o espaço e os seus fenômenos.

Ela elimina os conhecimentos e os princípios básicos de dirigibilidade de Santos Dumont, ou seja, pilotar um avião com mecanismos dominados pelo homem (piloto) sem induzi-lo a exclamar "não estou entendendo nada", para dominar a emergência.

Recordo que a Airbus é a principal responsável pelo acidente. Desde a sua fundação (década de 1980) ela disputa o mercado com eletrônica embarcada, para concorrer ferozmente com a Boeing (EUA).

Nunca chegará ao nível da Boeing, cuja especialidade também é a militar e a espacial há longos anos.

Atravessei o Atlântico, dezenas de vezes, com o Boeing 747 Jumbo e os seus pilotos dominaram o avião diante da natureza, seguindo a cartilha de Santos Dumont, entendendo tudo.

Considero que os cinco aviões que supostamente se desviaram do núcleo das nuvens deveriam ter tido um código de alerta entre si, precavendo todos os pilotos sobre a área de turbulência. O "weather radar" é comprovadamente insuficiente!

Depois do acidente não adianta ser inteligente, porém aprofundar as pesquisas científicas para aprimorar a eletrônica e toda a ciência que envolve a construção dos aviões, evitando desastres induzidos, com máquinas mortíferas.

Recomendo que representantes brasileiros participem das investigações e da elaboração dos relatórios e estou em total desacordo com a apresentação "fantástica" do programa da TV Globo em 29/5, que nos induz a acreditar em fatos em investigação.

Jürgen Detlev Vageler vatra_ind@yahoo.com.br

Campinas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.