Cartas - 07/09/2010

7 DE SETEMBRO

, O Estado de S.Paulo

07 Setembro 2010 | 00h00

Volta atrás

Pelo número de escândalos proliferando por este brasil (minúsculo), pela falta de ética de nossos governantes, a imoralidade e a desonestidade grassando, só nos resta devolver o País a Portugal e pedir desculpas pelos estragos.

MAURICIO TARANDACH

mautaran@gmail.com.br

São Paulo

______________________________

VAZAMENTOS NA RECEITA

À procura do Sigilo

Estava demorando para que nosso especialista em técnicas de linguagem gramsciana soltasse mais uma pérola, transformando substantivo comum em substantivo próprio: "Cadê esse tal de sigilo que não apareceu até agora?" Sugiro que o presidente Lula acione a Polícia Federal, o Ministério Público e a Abin para que continuem procurando pelo Sr. Sigilo lá mesmo, na Receita Federal. E que o encontrem rápido, antes que ele fuja de vez do País...

ANA PRUDENTE

ana_prudente@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Não apareceu porque não encontraram nada de errado. Se encontrassem, aí então seria justificada a quebra do sigilo?

HIBRAIM BUTURI

hibraim.buturi@gmail.com

São Paulo

______________________________

Serragem

Dilma Rousseff diz que não era candidata quando a quebra do sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB ocorreu no interior de Minas Gerais. O presidente do PT de Minas diz que Gilberto Souza Amarante, analista da Receita que vasculhou os dados de Eduardo Jorge, é apenas um filiado "burocrático" do partido. Todos dizem que nada partiu do PT... Falta só Lula dizer que o PT não é dele! Lembra o Paulo Maluf dizendo "esse dinheiro não é meu". Será que toda essa serragem petista caiu dentro dos olhos do eleitor brasileiro?

JOSÉ ALBERTO DE PAIVA

alpai12@yahoo.com.br

São Paulo

______________________________

Funcionário fantasma

Muito estranho saber que o computador da funcionária da Receita Federal em Mauá costuma "ligar sozinho". Justamente aquele usado para bisbilhotar o sigilo fiscal de contribuintes... Será uma assombração ou obra de algum funcionário fantasma?

ANTONIO WUO

wuo.antonio@gmail.com

Mogi das Cruzes

______________________________

O computador ligou sozinho? Pergunte-se a qualquer brasileiro desta geração Y se ele aceitaria tal argumento. Ora, vamos arrumar uma desculpa melhor.

RICIOTI COVESI FILHO

ricioti@uol.com.br

Americana

______________________________

Medo

A Receita Federal sempre manteve uma linha de conduta apreciável e elogiável. É por isso mesmo que, neste momento crucial, se torna imperioso o saneamento de seus quadros funcionais. Não se concebe que violações do sigilo de declarações de renda passem a ser ato rotineiro, porque num verdadeiro regime democrático isso não pode ocorrer. E nunca a Receita Federal se pode transformar em objeto de uso e abuso de partidos políticos ou de governantes de plantão. Não podemos ter medo de ser brasileiros e de viver em nosso país.

JOSÉ CARLOS DE C. CARNEIRO

carneiro@claretianas.com.br

Rio Claro

______________________________

Ainda a liberdade

Primeiro foram os mensaleiros, não ligamos. Depois se deu a quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo, não ligamos. Seguiu-se a quebra do sigilo fiscal do tucano Eduardo Jorge, não ligamos. Agora falsificam uma procuração e devassam dados fiscais da filha de José Serra. Estaremos fadados ao escárnio de poderosos "incomuns", que sustentamos com nossos impostos? Corremos o risco de, nos próximos anos, adaptar o lamento do poeta alemão Bertolt Brecht à realidade brasileira: Então eles vieram e sequestraram a nossa liberdade, e nada mais pudemos fazer...

LILIAN FARIAS DE LIMA PEROSA

lmperosa@uol.com.br

São Paulo

______________________________

LULA

"O preço da unanimidade"

O artigo do professor Fábio Ulhoa Coelho com o título acima (1.º/9, A2), na tentativa de alertar para o enorme perigo que corremos com a tal unanimidade do atual presidente da República, acaba por reforçar uma distorção ocorrida à época da criação do PT. Era o início da ditadura do politicamente correto. A intelectualidade que deu origem ao PT, querendo usar um símbolo, um sindicalista, desenvolveu o discurso de que o povo só seria atendido se um deles - entendido como alguém pobre, sem escolaridade e sem chances de melhoria - viesse para um partido político e, tornando-se seu ventríloquo, conquistasse o poder. E assim foram os anos, até que se resolveu dar uma chance ao partido que se arvorava em garantidor da moralidade de que este país tanto precisa. Dessa forma, converteu-se o esperto sindicalista em pai dos pobres e mãe dos tubarões (assim falava minha mãe sobre Getúlio Vargas...). Lula não tem carisma, pois essa palavra não quer dizer mero reconhecimento de iguais. Lula é a cara da população brasileira paupérrima, sem escolaridade, que lhe retira a possibilidade de melhorar de vida se não alcançar patamar mais elevado de educação, que significa ir à escola e lá permanecer até sair em condições de batalhar por um espaço no mercado de trabalho. Lula é o que essa grande maioria pobre e sem educação gostaria de ser: dar-se bem sem ter feito esforço pessoal, mas "dado sorte". E vemos repetir-se, até quase se converter em dogma, que Lula é carismático - que não é a mesma coisa que ser popular, o que ele é - e "sábio", o que ele não é, pois é apenas esperto como pode ser qualquer outra pessoa tão tosca quanto ele. E não tem discurso convincente para cada plateia: é sempre a mesma pessoa chula, mas ao gosto de pessoas como ele, ou que se divertem com pessoas como ele, mas são as beneficiárias das muitas das "boquinhas" multiplicadas em seu (des)governo. Só que não é politicamente correto falar que nosso presidente é motivo de chacota quando estadistas estão longe dele, e que ele continuará no poder por alimentar o imaginário de milhões de pessoas que querem se dar bem sem esforço pessoal. Essa preguiça do atual presidente se espraia por toda a sociedade e em breve estaremos vivendo algo bem pior do que a mexicanização. Por essas e por outras é que nosso herói continuará a ser Macunaíma.

ANA LÚCIA AMARAL

anamaral@uol.com.br

São Paulo

______________________________

"Pelo que as pesquisas estão a indicar, algo errado está acontecendo com minha família: será a única a votar em José Serra?!"

EDUARDO AUGUSTO DE CAMPOS PIRES / SÃO PAULO, SOBRE A ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE

eacpires@terra.com.br

"O jogo acabou. Vamos aguardar o apito final, após o término do tempo

regulamentar, no dia 3"

FRANCISCO ZARDETTO / SÃO PAULO, IDEM

fzardetto@uol.com.br

"Você já parou para pensar nas mãos de quem está colocando o nosso país?"

LAERT PINTO BARBOSA / SÃO PAULO, IDEM

laert_barbosa@ig.com.br

______________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 2.725

TEMA DO DIA

Quércia desiste e dá apoio a Aloysio Nunes

Desistência, por razões de saúde, dobrará tempo de propaganda de candidato tucano

"Quércia, nunca votei em você, mas votaria nesta eleição, pelas opções que nos restaram."

CLOVIS OLIVEIRA

"Desejo pronta recuperação ao Quércia. Ao Aloysio Nunes, desejo que aprenda a lição que as urnas lhe darão."

HELIO FIGUEIREDO

"Ter a Câmara Federal e o Senado para deliberar sobre as mesmas questões é, no mínimo, redundância, portanto inútil."

OSWALDO ROBERTO RODRIGUES

______________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

Dignidade

Por razões humanitárias me solidarizo e desejo sucesso e pronta recuperação ao ex-governador Orestes Quércia na sua luta contra o câncer. Já como cidadão, pergunto: será que só motivos de saúde e estritamente pessoais fazem com que certos políticos abandonem a disputa eleitoral? É triste ver, depois de tantos anos, que Sarney, Temer, Collor, Maluf e Cia.ltda continuam firmes e fortes no cenário político e com grandes chances de serem reeleitos pelo voto popular.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Saúde e poder

O ex-governador de São Paulo Orestes Quércia, de modo inteligente colocou a sua saúde em primeiro plano, pois diagnosticado com câncer na próstata, renunciou a sua candidatura ao Senado pelo PMDB. José Alencar vice-presidente da República acometido de câncer há anos, teimosamente entra e sai dos hospitais, quiçá esperando ser consagrado santo lá pras bandas de Minas Gerais. Outra é a Dilma Rousseff, internada no início de sua apresentação como sucessora de Lula, também vitima de câncer de mama, preferiu continuar na política. Pela dignidade humana, principalmente quando a saúde se apresenta com problemas sérios e na maioria fatais, só os inteligentes fogem das atribulações do dia-a-dia. Outros, mesmo morrendo em pé, querem levar o poder.

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

______________________________

Negócios Políticos

A desistência de Quércia na corrida ao Senado, que por sinal estava praticamente perdida,na tentativa de transferir os seus votos para Aluysio Nunes Ferreira é até uma atitude louvável, mas que deverá custar mais um monte de outros cargos no próximo governo estadual isso sem duvida custará.O muito provável novo governador que deverá ser o Alckim, será refèm do PMDB, tal como Lula está sendo atualmente lá pelas bandas do planalto central.Mas tambèm em política, negócios são negócios.Afinal entre Aluysio e seu agora mais próximo concorrente não há o que se comparar.

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhadava

______________________________

O que fica

Orestes Quercia retirou sua candidatura ao Senado Federal. Por seu problema de saúde desejo breve reestabelecimento. Quanto sua desistência ao senado, ficará a frase que ele eternizou: ''quebrei o Banespa mas elegi meu candidato. Ninguém merece...!

Virgìlio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

______________________________

Valores

Dora Kramer tem razão quando diz que a maioria dá mais valor ao bem estar individual que às garantias da sociedade.Em qualquer País sério, toda a cúpula da Receita Federal teria caído, haveria uma indignação geral do povo, mas aquí é diferente, a maioria acredita que o Presidente continua sem saber o que ocorre à sua volta (como no mensalão) e ainda em comicio trata o povo como imbecil, referindo-se à palavra ''sigilo'', como nome próprio e é aplaudido!E o Ministério Público Federal o que está fazendo!O Procurador Luiz Francisco de Souza(o ''perseguidor dos corruptos"), por onde anda?

M. Augusta F.L. Santiago mafls@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Ética e moral enterradas

Todas as matérias da jornalista Dora Kramer são brilhantes: ''Às favas com os direitos'' (05/09, A7) é uma

aula de ética e cidadania. Não existe mais ética e moral? Foram enterradas mesmo e sem choro como lemos no

seu texto. Gosto de ler fábulas para os alunos do Ensino Fundamental metade dos alunos ouvem com atenção.

Penso na educação e formação das próximas gerações. Parece que devo procurar outros textos para dar início

às aulas.

Valdir Schiochet valdirschio@ig.com.br

São Paulo

______________________________

"Às favas com os direitos"

Ao terminar de ler a coluna da Dora Kramer ''Às favas com os direitos'' de 05 de setembro de 2010, onde ela afirma que a ética foi enterrada como indigente, fiquei estarrecida ao constatar que o país está indo pelo mesmo caminho, com a maioria dos cidadãos fazendo escolhas pelo privado e não pelo bem da sociedade; com o ''público'' sendo usurpado para o uso ''privado''. Me sinto muda, as vezes louca, por fazer parte daqueles que vêem o que está acontecendo ao nosso amado país.

Fernanda de Oliveira Santos fernandahematologia@gmail.com

São Paulo

______________________________

Papai Noel

Lendo o artigo de Gaudêncio Torquato (México Distante, 5/9, A3) passei a admirá-lo mais ainda: ele acredita em Papai Noel! Como eu.

Ivan Sérgio de Paula Lima porteslima@uol.com.br

Botucatu

______________________________

Insegurança

Assistindo a uma exposição do Prof.Guilhom Albuquerque percebi o quanto é difícil entender por que a população se apega mais ao bem-estar que se vive hoje e faz pouco caso dos Valores Morais e Éticos.A maioria conseguiu ter emprego,ganhar algum dinheiro,compras mais coisas,que antes era quase impossível.Até porque são mais ou menos 6 milhões de pessoas que fazem Declaração de Renda e a meu ver falta Educação para perceber quão grave ter seus Direitos Violados. Senti-me insegura,apesar de ser uma pobre de classe media pois hoje qualquer um de nos pode ser ''sequestrado'',violentado e até morto.Se você é filiado a um partido,pior ainda,pois até para pegar um empréstimo vem a pergunta

Maria de Mello nina.7mello@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Faltaram Sigilos Quebrados

Se quebraram os sigilos de vários tucanos, incluindo a filha do candidato, desconfio que também quebraram os do Serra e do FHC - de quem o Cara não gosta. Como não acharam nenhuma desonestidade, não deram publicidade. Mas se tivessem achado estaria em toda mídia. Se a "iniciativa" tivesse sido dos tucanos, já que a receita é um balcão de compra e venda, teriam sido quebrados os sigilos dos petralhas. Mas que seria interessante saber os de certos personagens e seus filhos, l á isso seria... Se "não há sistema inviolável" segundo Mantega, o verdito das urnas também será violado ?

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

______________________________

Soldo inflado

Será que alguém conseguiu pesquisar se o contador que através de uma procuração falsa conseguiu informações da filha do candidato Serra, filiado ao PT entre 2.003 e 2.009 contribuío com o percentual de seus ganhos mensais?

L.A.B. Moraes labmoraes@uol.com.br

Santos

______________________________

Enganos

O ministro Mantega querendo desqualificar o ato criminoso na Receita Federal, que veio beneficiar a candidatura de Dilma, de vasamento político para comum, teve o descaramento de afirmar que o sigilo quebrado naquele órgão fiscal, ''na verdade,não foi só o sigilo de algumas pessoas com vinculações partidárias que foi quebrado. Foi um número muito maior'' de outros contribuintes. Por que só os nomes ''de apenas pessoas com ''vinculações com o PSDB'', inclusive o nome de uma filha apolítica do governador Serra, que foram desrespeitados e publicados? e dos demais não? O sigilo das outras vítimas, não veio á público,porque realmente não existiu.Se existiu, o ministro Mantega prevaricou, agiu de má-fé para confundir o eleitorado, com uma desfaçatez enganosa e mal engendrada. Publicou somente o nome dos políticos para confundir os incautos eleitores.Este estado de coisas não tem fim, ainda hoje (05/10) o Estadão na página frontispicial,com destaque,notícia que mais uma violação fiscal foi praticada por um analista da receita da cidade de formiga (mg), teve acesso a dados fiscais dez vezes num único dia (03/04/09) do político Eduardo Jorge. isto também é um caso não político, Sr.Ministro??? O eleitor paulista não é nenhum imbecil.Aqui o canto desarmonioso da sua sereia não atrairá ninguém.

O governador Serra fez muito bem mandando a polícia civil de São Paulo investigar esta vergonhosa fraude.

Antonio Brandileone Abrandileone@uol.com.br

Assis

______________________________

Injustificável

O min. da fazenda sr. Mantega, para justificar o injustificável, confirma que vazamentos da Receita Federal sempre ocorreram, o que é por demais lamentável. Mas por que sempre nas mãos dos PeTralhas e próximos de eleições? É mera coincidência...

M. Teresa Amaral mteresa0409@estadao.com.br

São Paulo

______________________________

Bojo moral

Penso que tenho total imparcialidade para comentar essa questão do sigilo mesmo porque acho que nem Serra nem Dilma tem o devido bojo moral para comandar o país nesse momento. Ao ver, a pouco, na imprensa que o PT pensa em expulsar o membro que quebrou o sigilo do vice do PSDB pergunto se não seria o mesmo caso do Delúbio. Foi expulso mas continua às beiras do partido e parece-me será readmitido. Desculpe as exceções mesmo porque por força de regra elas existem; mas o PT, para mim, hoje, é um partido disfarçado de político mas que na verdade está recheado de bandidos.

Orivaldo Tenorio de Vasconcelos prof.tenorio@uol.com.br

Monte Alto

______________________________

Assunto único

A quebra e violação do sigilo serviu para mudar o foco da campanha eleitoral no horário político e na mídia, para impedir a oposição de divulgar o programa eleitoral e acirrar os ânimos da própria campanha eleitoral, quando sobre esse assunto devem se preocupar em obter uma solução via judicial, mesmo porque é um CRIME que foi cometido pelos ''bandidos'' de plantão, cujos responsáveis devem ser severamente punidos. Prosseguir com a campanha eleitoral mostrando as suas propostas e projetos, no seu estilo responsável, divulgando com grande veemência ao simples e humilde povo brasileiro as falcatruas, maracutaias, desvios do dinheiro público, corrupções e as obras que tanto alardearam que quase nada fizeram, tais como: As emPACadas, ''minha casa, minha vida'', com quase tudo por fazer, o montante extratosférico da dívida brasileira que ultrapassa de 1,5 TRILHÃO, a liberação eleitoreira de empréstimos à população, cuja inadimplência já supera de 50% e que vai se transformar em um verdadeiro ''caos'' ao próprio povo e ao país. Insistir e mostrar a diferença do perfil, carater, dignidade, probidade, experiência, maneira de governar, sem mentiras e passado ilibado em relação ao da candidata do (des)governo, para comparação e avaliação dos eleitores. Enfatizar que governar São Paulo é mais importante do que governar o país, já que o país depende do Estado de São Paulo, que é o maior arrecadador de tributos, sem o devido retorno. Se o país está bem é graças a locomotiva do país, que é o Estado de São Paulo, sem dúvida. Os ''caras'' querem que só falem do sigilo.

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Blindados

O ministro da Fazenda, alem de proteger a direção da Receita Federal ante o crime de quebra de sigilo , afirma que os atos de violação foram muitos mais e constantes . Não diz de quem ou quantos , e, porque. Muito menos, anuncia medidas de correção, punição ou qualquer providencia, como se isto fosse a rotina, aceita oficialmente . Pior, afirma que nenhum sistema é inviolável . Mediante tal asserção, confessando a fragilidade e a violabilidade do sistema, requerem-se medidas urgentes para salvaguarda da cidadania. Se os sigilos são comercializados em numero que não se sabe, com conformismo do Ministro, aonde foram parar os dados sigilosos dos cidadãos ? Quem opera e quem lucra com isto ? Quem os repassa para a campanha da Dilma ? E, as urnas, como fica sua credibilidade ? Se o próprio ministério do governo atesta sua incompetência em preservar o direito, a quem recorrer ? Ao crime organizado ? Teremos de comprar dados no mercado para sobreviver na ditadura da irresponsabilidade coroada pelo ideologismo comunista petista e pela sua corrupção ? Quem paga a conta e os salários deste bando de irresponsáveis que dilapidam os cofres e a moral da nação ? E, ainda, querem que acreditemos em urnas isentas ? Implantar ditadura e fazê-la válida por publicidade , pode ? E , tem que a aceite ? Pobre Brasil , de promessa de grandeza, arrastado a covil de víboras , de país de esperança , jovialidade e criatividade, conduzido, mansamente , a mero regalo da criminalidade generalizada e oficializada , sob a pele da ideologia mutreteira que protege os ladrões ignorantes . Nivelar uma nação pela escoria da cadeia só pode resultar numa festa petista.

Ronaldo Parisi rparisi@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Fatos e Campanhas

Os estrategistas da campanha de José Serra precisavam criar um ''fato novo''. Só assim evitariam a vitória de Dilma Rousseff no primeiro turno. Veio a notícia da quebra de sigilo na Receita Federal e a grande mídia a transformou em grande escândalo. Coincidência?

Valmir Barbosa valnora@ig.com.br

Rio de Janeiro

______________________________

Mantega e a Receita

Tenha coragem Senhor Ministro Mantega. Não minimize fatos relevantes que afrontam a dignidade da cidadania e a inteligência dos brasileiros de bem. Diz V.Exa. em alto e bom som que "vazamentos sempre ocorreram". Se ocorreram, o vazamento só pode ter partido de dentro da Receita Federal para fora (o motivo e a forma são coisas que no momento não interessam). Se V.Exa. sabe da ocorrência desse crime e não representa a respeito, está infringindo o estatuto que disciplina sua atuação. É sua obrigação levar ao conhecimento da autoridade superior "as irregularidades de que tiver ciência em razão do cargo". No seu caso, aliás, o levar não é necessário, pois V.Exa. já é a autoridade superior, a qual, tendo conhecimento do crime, como diz ter, deve representar ao Ministério Público ou a sua Polícia para as apurações cabíveis. Ou seja, "representar" em face do conhecimento dessa ilegalidade. Ao que parece, porém, diante de suas mais recentes declarações, especificamente a de que "vazamentos sempre ocorreram", e diante do fato de que nenhuma providência tomou ou determinou, constata-se então que, por deixar de cumprir suas obrigações funcionais estatutárias, em verdade está tecnicamente prevaricando. Portanto, Senhor Ministro, tenha coragem: se foram tantos como diz, é preciso que nomeie cada um dos contribuintes cujas informações sigilosas vazaram. A dignidade da cidadania agradece. E se poderá saber da existência, ou não, de um esquema sistematizado de corrupção. Se não pretende, nem quer dar essa informação, então compareça à Polícia Federal ou ao Ministério Público Federal para submeter-se ao procedimento administrativo e penal cabível. Ou renuncie ao cargo, pois está demonstrando incompetência e incapacidade para exercê-lo. E sobretudo desrespeitando seus concidadãos de bem.

Pedro Luís de Campos Vergueiro pedrover@matrix.com.br

São Paulo

______________________________

"Cadê o tal sigilo?"

Lula está certo. Que tal Lula e Lulinha, e toda a cúpula Petista, inclusive os aloprados do mensalão apresentarem seus ''sigilos fiscais'', e da mesma forma a cúpula ''tucana-pavoneada'' do PSDB também seus respectivos sigilos fiscais para que a ''nação'' decida? Esqueçam a ''filha de Serra'', se tivesse algo, ELA MESMA JÁ TERIA SE PRONUNCIADO! Com esse exemplo, não seria possível também que o resto dos políticos dos outros partidos fizessem o mesmo, e por fim, TERÍAMOS A PRIMEIRA ELEIÇÃO TRANSPARENTE NO BRASIL? Isto é, estaríamos elegendo os ''ladrões e corruptos'' declaradamente como tal? Claro que os que já estão processados, NÃO PRECISAM SE PREOCUPAR, já estariam fora mesmo, por lei!

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

______________________________

Código Penal

Caros Senhores do MPF, caso lhes interesse, os fatos os atos praticados pela Receita Federal, estão tipificados:

"Art. 325 - REVELAR FATO de que tem ciência EM RAZÃO do CARGO e que deva permanecer em SEGREDO, ou FACILITAR-lhe a revelação:

Pena - detenção, de seis meses a dois anos, ou multa, se o fato não constitui crime mais grave.

§ 1o Nas MESMAS PENAS deste artigo incorre quem:

I - PERMITE ou FACILITA, mediante atribuição, fornecimento e empréstimo de SENHA ou qualquer outra forma, o acesso de PESSOAS NÃO AUTORIZADAS a sistemas de informações ou banco de dados da Administração Pública;

II - se UTILIZA, INDEVIDAMENTE, do ACESSO RESTRITO.

§ 2o Se da AÇÃO OU OMISSÃO resulta DANO à ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ou a OUTREM:

Pena - reclusão, de 2 a 6 anos, e multa."

Será que a corregedoria da receita desconhece esse artigo? Pois bem para os "corregedores" tem esse fato tipico:

Art. 320 - Deixar o funcionário, por indulgência, de responsabilizar subordinado que cometeu infração no exercício do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da autoridade competente:

Pena - detenção, de 15 (quinze) dias a 1 (um) mês, ou multa.

Isto é o que está no Codigo Penal. Quem vai fazer valer a lei? Estamos esperando, senhores!

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

______________________________

Sugestão a Serra

Com essa onda de quebra de sigilo na Receita Federal, uma sugestão ao Serra:Desista dessa campanha podre da corrida presidencial e não mais concorra nesta eleição. Em seu programa eleitoral, que o PSDB faça menções dessa desistência alegando sujeira de partido governista e a favor da ética e decência na política. Essa atitude é um tapa de luva de pelica no seu adversário e quem sabe o povo ou melhor a sociedade inclusive a mídia impressa, falada e televisada, saia dessa anestesia, acorde para a realidade e faça um movimento nacional para acabar com essa sujeira toda na política. Acorda, Brasil!

Celso Nascimento celso@directasa.com.br

São Paulo

______________________________

Computador liga ''sozinho''

Chegamos ao fundo do poço de vez por todas.Como em sã consciência um funcionário que trabalha em uma repartição que lida exclusivamente com computação pode falar uma asneira desse porte.A vergonha na cara era capim e uma tropa de burros esfomeados acabou com ela.O senhor Lula continua a fazer troça perguntando onde está o tal do sigilo.As nossas Leis e os nossos Direitos estão indo para o esgoto e quem deveria defende-la não toma atitude alguma.Os petistas confiam tanto na impunidade de seus atos que perpetuam o sarcasmo ao comentar os fatos.Nossa individualidade não vale um nada.Deus nos proteja,pois quem deveria fazê-lo virou as costas.

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

______________________________

Pergunta que não quer calar

Lulla, chamado de o maior amigo dos tiranos do mundo pelo Jornal Washington Post, tem um filho que ficou milionário da noite para o dia. Pergunta que não quer calar: Por quê o sigilo de sua declaração do IR não foi violado? Por quê só foi violado o sigilo da filha do Serra?

Lulla, o autodenominado homem mais honesto do mundo, precisa dar explicações e mostrar de forma transparente, tanto a sua declaração como a dos seus parentes. O Brasil precisa ser passado a limpo...Já!

José Carlos Costa policaio@gmail.com

São Paulo

______________________________

Receita ou Gestapo?

Receita Federal ou ''Gestapo contábil-nazipetista''? Depois da Polícia Federal completamente dominada pelo petismo sem falar na sucessão de escândalos (ao menos quatro) da Abin, posta em eterna servidão ao presidente e não á República com deveria ser, agora é a também poderosa Receita Federal que se ''desrepublicaniza'' para em devassando criminosamente a vida de cidadãos, calçar a máquina lulopetista em seu projeto de poder perpetuo ?

Sig Heill, Herr Lula, sig heill...

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

______________________________

Deboche

Estou impressionado com a preocupação dos dirigentes do PT quando afirmam que a violação dos dados da Receita Federal em Minas Gerais, realizada pelo petista Gilberto Souza Amarante, choca frontalmente com o código de ética do partido. Pior, a alta cúpula do PT ameaça excluí-lo dos quadros do partido caso as denúncias sejam comprovadas. Quanto deboche! E os dignos representantes da nossa justiça, a OAB, a ABI,as associações representativas de classes, os caras pintadas, a comunidade artística, os professores, os publicitários, os profisionais liberias em geral, os funcionários de carreira da Receita Federal, concursados e dignos do cargo que ocupam, vão todos continuar ignorando os fatos? Será que ainda resta um dedo de dignidade para um protesto, para mostar que nem todos somos lacaios? Não está na hora de uma mobilização nacional imediata a favor da decência?

Flavio Carlos Geraldo madflavio@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Devassa da Receita

A segurança do sistema de informática da União é uma verdadeira lástima. Outrora o sitema da previdência (INSS) permitia que um funcionário o acessasse e ''deletasse'' o débito de qualquer cidadão ou empresa. Agora surge essa violência contra os políticos da oposição pelos servidores da Receita. Os tempos são outros, mas no caso atual, no âmago da questão está a doutrina daqueles que defendem que o interêsse do Estado está acima das garantias individuais. Dizem eles que essas garantias são relativas, mas sempre em prejuizo do cidadão, especialmente quando se opõe aos seus interesses. Pior que vai ficar sem punição; ser expulso do partido não é punição!

Minoru Takahashi minorutakahaahsi@hotmail.com

Maringá (PR)

______________________________

Receita Federal X Sigilo

O Delegado do Sindireceita disse que foram acessado apenas dados cadastrais do tucano Eduardo Jorge em Minas Gerais. Como pode saber? Pensei que acessando uma conta ela fica de alma aberta, com endereço, telefone, bens moveis e imóveis, renda e perdas. Pelo menos é assim que funcionam em todas as empresas, bancos e tais! Você acessa um cliente e se depara com a vida e movimentação dele. Os petralhas estão ficando cansados de desculpar lambanças e contam qualquer lorota para brasileiro ouvir! Eles se esquecem que o Brasil não é quintal do ABC!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Amigos amigos...

Não consigo acreditar que o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, TSE, Joelson Dias, tenha determinado a retirada do ar de propaganda do candidato José Serra em que estava inserida a imagem do ex-presidente Fernando Collor em companhia da também candidata à Presidência Dilma Rousseff, pedindo votos para a candidata do PT. Qual é o objetivo do TSE, cumprir a legislação vigente ou esconder os abraços dos indesejados parlamentares dos eleitores que são momentâneamente interessantes ao presidente Lula, Dilma Rousseff e seu PT? E se tivesse outra mensagem com as imagens do senador José Sarney, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Romeiro Jucá, então, nem pensar! Só mesmo a grande amizade entre eles.

Benone Augusto de Paiva

São Paulo

______________________________

Independência ou morte

A partir do "Grito do Ipiranga" - 07/09/1822 -, os brasileiros deixaram de ser explorados pelos portugueses, mas - 188 anos depois -, o nosso povo continua sendo explorado pelos próprios brasileiros.

Luciano Mendes de Aguiar luciano.mendes@aguiar.com

Santana de Parnaíba

______________________________

Independência

Diante de tantas falcatruas, corrupção, desmandos, derrama e do

momento político que vivemos qual seria a postura dos mártires da

independência e que grito daria Don Pedro I nos dia de hoje? Acorda

Brasil!

Angelo Antonio Maglio Angelo@rancholarimoveis.com.br

Cotia

______________________________

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.