Cartas - 07/09/2011

CORRUPÇÃO

, O Estado de S.Paulo

07 Setembro 2011 | 00h00

Independência ou morte

Dom Pedro I por certo não imaginou que, muitos anos depois de ter declarado o Brasil independente de Portugal, nosso país se tornaria refém de si mesmo, perdido na mais sórdida corrupção, cujo jugo talvez seja mais pesado do que qualquer dominação estrangeira. Seu governo aprisionou o Estado de Direito, permitindo escandaloso aparelhamento do Estado por sua base aliada. Passou a deturpar nossas instituições a fim de favorecer interesses pessoais em detrimento do coletivo, pondo em risco a democracia, o respeito e, consequentemente, a própria independência e a autodeterminação de seu povo. Que nossas lideranças políticas libertem nosso país das amarras do autoritarismo e, a exemplo de dom Pedro I, gritem do alto do Planalto Central: independência ou morte!

RICARDO D. DE CAMPOS SALLES

dauntsalles@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

_______________

País livre?

Nosso país comemora hoje mais um ano de independência do jugo da Coroa portuguesa. Mas vivemos mesmo num país livre? Como ser livres se estamos amarrados a um sistema sociopolítico dito democrático, mas eivado de desmandos e falcatruas tais que deixariam corados de vergonha os próceres da nossa independência? Só seremos realmente livres quando nos livrarmos do jugo dos maus políticos, dos administradores públicos relapsos, da ganância desenfreada dos banqueiros, da insegurança em todos os quadrantes nacionais, do atendimento precário do sistema de saúde e da inoperância educacional - do ensino fundamental à universidade. Com bandeirolas verde-amarelas nas mãos, louvamos este país maravilhoso, mas desmoralizado pela falta de ética e amor "paulino" de alguns irresponsáveis incrustados na vida pública.

ALOISIO ARRUDA DE LUCCA

aloisiodelucca@yahoo.com.br

Limeira

_______________

Tudo dominado

Deveríamos neste dia comemorar a nossa independência. Mas não é possível. Estamos ainda presos à dominação da corrupção e do crime organizado, que sob a direção petista atingiu níveis inimagináveis na História deste país. Se na época da ditadura militar o governo da Arena mandava prender e torturar opositores do regime, hoje o governo do PT usa dinheiro público para calar juízes, jornalistas, sindicatos, estudantes, artistas. Do ponto de vista institucional, estamos pior do que 20, 25 anos atrás. Não temos líderes confiáveis nem compromisso das principais entidades (Poder Judiciário principalmente). Dá para perceber que logo, muito logo, nem mesmo o desenvolvimento econômico vai persistir. Que a população tenha muita responsabilidade nas próximas eleições. Precisamos urgentemente de líderes que realmente façam a independência do Brasil.

ANDRÉ LUIS COUTINHO

arcouti@uol.com.br

Campinas

_______________

Brado retumbante

Independência dos corruptos sinistros que desviam os recursos do SUS e causam a morte de inúmeros adultos e crianças em hospitais públicos sucateados, que são verdadeiros açougues infernais. Independência dos corruptos nefastos que desviam os recursos da educação e agravam a mortífera desnutrição de crianças sem merenda e sem futuro em escolas que são antros de violência e caos. Independência dos corruptos execráveis que desviam os recursos da infraestrutura dos transportes e causam milhares de aterradores acidentes nas pavorosas e precárias estradas brasileiras, que são o caminho mais curto para chegar ao cemitério. Enfim, independência dos corruptos abomináveis - "excrescências que se autointitulam excelências" -, que transformam a nobre arte da política no estratagema de servir ao próprio bolso, surrupiando dinheiro público, em vez de servir à coletividade carente de saúde, educação, habitação, saneamento básico e de tudo o mais que confere dignidade e vida aos seres humanos. Que este brado retumbe Brasil afora sem demora: independência ou morte, povo brasileiro!

TÚLLIO MARCO SOARES CARVALHO

tulliocarvalho.advocacia@gmail.com

Belo Horizonte

_______________

Cacique

A presidente Dilma Rousseff disse que os erros e acertos do governo são dela e de Lula. Por que querer dividir a incompetência e a corrupção em geral, se todos sabem que quem manda e dá as cartas é o "cara"?

ANGELO TONELLI

angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_______________

Novos e velhos filiados

Gilberto Carvalho declarou que boa parte dos problemas do PT está na "falta de qualificação" dos novos filiados (2/9, A4). Não seria, por acaso, que o maior dos problemas do PT está, sim, nos "maus hábitos" (corrupção) dos velhos filiados?

CLAUDIO JUCHEM

cjuchem@gmail.com

São Paulo

_______________

Sectarismo

Segundo o cientista político Aldo Fornazieri (4/9, A9), "se o PT insistir em sectarismo, vai dar um passo para trás". A pergunta que se faz: existe espaço para tanto?

RONALD MARTINS DA CUNHA

ronald.cunha@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

_______________

Controle da mídia

Os lulopetistas eram contra a ditadura porque ela não lhes permitia o acesso às chaves dos cofres públicos, como após o fim dos governos militares. O real motivo de serem contra a liberdade de imprensa é que estão contrariados com a exposição diária das falcatruas cometidas por eles e seus sócios, os partidos da base, que lhes dão azia. Tanto que a faxina nem bem começou e a "faxineira" já foi instruída a pará-la. E obedeceu.

MÁRIO A. DENTE

dente28@gmail.com

São Paulo

_______________

CENSURA

Palavra de Dilma

Em nome da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Regional São Paulo, manifestamos grande preocupação com as notícias publicadas pelo Estadão sobre futuras censuras de mídia articuladas por fontes do governo. Lembramos que a própria presidente Dilma, no seu discurso de posse, declarou-se totalmente contra qualquer tipo de censura. E sua história foi de enfrentamento de uma ditadura que mantinha a imprensa muitas vezes sob chicote literal. Acreditamos que a primeira mulher presidente do Brasil não mude sua palavra.

RODOLFO KONDER E JAMES AKEL

jamesakel@estadao.com.br

São Paulo

_______________

"Com tantos escândalos, que tal criarmos o troféu Pau de Galinheiro?"

JOSÉ LUIZ MARTIN / SÃO PAULO, SOBRE A CORRUPÇÃO NO GOVERNO

jlmartin@estadao.com.br

"A corrupção não é um "privilégio" do Brasil. Mas a impunidade nos pertence - e como!"

FILIPE LUIZ RIBEIRO SOUSA / SÃO CARLOS, IDEM

filipelrsousa@yahoo.com.br

_______________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.490

TEMA DO DIA

Governo deve mudar incentivo a carro

Proposta é elevar IPI para carros que não se enquadrarem nas regras do novo regime automotivo

"Mais uma desculpa esfarrapada para poder subir o imposto."

JOÃO FRANCELINO OLIVEIRA JUNIOR

"Quanta estupidez do governo. Imposto não aumenta custo de produção nem afeta a margem de lucro da empresa. Só aumenta o preço para o consumidor e a arrecadação do governo."

FABIO NOGUEIRA

"O governo agora quer brincar de carrinho. Ah, que bom. Estava chato brincar de casinha."

PAULO MELLINGER

_______________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

7 DE SETEMBRO

Independência ou morte! Teria seria muito melhor para o Brasil Dom Pedro ter se calado... Seria maravilhoso o Brasil sem o Congresso Nacional, sem "tudo isso que está aí".

Luiz Ress Erdei gzero@zipmail.com.br

Osasco

_______________

RESPEITO

Nós, brasileiros de bem, poderemos comemorar melhor nossa independência quando formos mais respeitados como cidadãos pelos políticos e governantes de plantão. Quando governantes e a Justiça, observarem e fazerem valer inflexivelmente uma lei como a Lei da Ficha Limpa. Quando os do topo da pirâmide política, empresarial e social forem os mais responsáveis e conscientes das leis em vigor. Quando a carga fiscal cobrada dos que trabalham for contabilizada (sem caixa dois) e houver total prestação de contas de investimentos realizados para o bem estar de todos. Quando os que trabalham e se sacrificam honestamente forem reconhecidos e remunerados de forma justa e correta. Quando os que burlam as leis e a Constituição sofrerem a punição necessária, acabando com a impunidade dos mais influentes. Nosso povo será mais livre quando cumprirmos mais nossos deveres em vez de exigirmos direitos abusivos. Só teremos a verdadeira independência quando a responsabilidade prevalecer sobre os excessos, e for reconhecido que sem lei, sem moral e ética viveremos sempre a mercê dos sem escrúpulos, dos espertos e ambiciosos. Quem sabe um dia, os que trabalham honestamente terão sua cidadania e independência respeitadas de fato. Enquanto isso, com esperança em dias melhores, só podemos desejar um feliz Sete de Setembro a todos!

Silvano Corrêa scorrea@uol.com.br

São Paulo

_______________

É INDEPENDÊNCIA OU MORTE?

Já se passaram muitos anos desde que alguém gritou "independência ou morte". Infelizmente, para a maioria dos brasileiros, ficou apenas a segunda opção, porque logo que nascem os pobres (mortais), eles têm mais probabilidades de morte do que independência, mesmo porque para conseguirem passar da infância relegada a terceiro plano não é fácil. Que país é este em que se fala tanto em independência e se dá mais chance para a morte? Alguns corruptos fazem facilmente a sua independência financeira, enquanto outros milhares de cidadãos honestos vivem a morte da miséria que os rondam. Como podemos celebrar este dia, se vemos todos os dias do ano essa independência ser privilégios de apenas alguns? Vamos mudar o feriado da Independência para Feriado da "Segunda Opção". Quem sabe um dia, quando passar esta utopia de Copa do Mundo e Olimpíada e quando se usar o dinheiro para aplicar na Independência dos que morrem nos hospitais falidos, no descaso com a segurança pública, na falta de dinheiro que vazam pelo ralo da corrupção que parece normal nesta maldita democracia, que no Brasil quer dizer frouxidão, então possamos comemorar o Dia da Independência. Se dos filhos deste solo és mãe, seja gentil, minha Pátria, com todos os filhos, Brasil. Afinal a pergunta que não quer calar pede uma opção: é independência ou morte? Brasileiros, pensem, não se deixem guiar pelo estouro da boiada de que vocês não têm o prazer de saborear o bife. Acorde, boiada.

Manoel José Rodrigues manoel.poeta@hotmail.com

Alvorada do Sul (PR)

_______________

FIM DA IMPUNIDADE, JÁ

A tão criticada apatia da opinião pública sobre a corrupção endêmica entre nós, que os meios de comunicação responsavelmente denunciam diariamente, parece estar terminando.Movimentos variados pelas redes sociais estão sendo programados e a tendência que tal comportamento de repúdio a esse patológico costume antiético entre nós, ganhe as ruas em breve.Como o movimento das Diretas Já, tal onda tende a crescer e para tanto esperemos que mídia não esmoreça em continuar divulgando esses aberrantes comportamentos de grande parte de nossos gestores públicos mancomunados com seus cúmplices da iniciativa privada.

José de Anchieta Nobre de Almeida josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

_______________

PROTESTOS

Ei, o que está fazendo? Pare de reclamar. É melhor reagir. Levante-se da cadeira e vá ao Masp hoje, 7/9, 4ª feira, para o protesto contra corrupção na política e nos governos. Avise seus amigos. Vamos lá!

Fabio Figueiredo fafig3@terra.com.br

São Paulo

_______________

INDEPENDÊNCIA

No dia 7 de setembro, Dia a Independência, precisamos cerrar fileiras no anseio da população e no combate sem tréguas à corrupção. Não podemos dizer que vivemos em pleno Estado Democrático e independente quando a censura à imprensa permanece e os meios de comunicação continuam a ser ameaçados pelo Brasil afora. O retrato do País melhorou e muito,

local e internacionalmente, mas estamos longe de figurar no Primeiro Mundo ou mesmo chegarmos perto, pois a nobre classe política nos impede qualquer avanço mais estratégico. Sem o fim da corrupção, não nos tornaremos uma grande Nação.

Carlos Henrique Abrao abraoc@uol.com.br

São Paulo

_______________

PACIÊNCIA TEM LIMITE

Os movimentos previstos para o 7 de Setembro (4/9, A11) estão sendo articulados na atualizadíssima linguagem das redes sociais e contêm elementos e apelos que estão tirando da letargia os jovens de idade e de espírito. A faxina nos ministérios e a impunidade no óbvio caso Jaqueline Roriz são suficientemente didáticos para que uma parcela mais consciente dessa população, que se mantinha apática, saia às ruas mostrando sua indignação e ganhando espaço na mídia já pautada e atenta. Paciência tem limites que os corruptos, há muito, estão testando...

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

_______________

PROTESTA-SE, MAS O ALVO NEM SEMPRE É O CERTO

Com carradas de razão, o brasileiro que ainda sonha com a ética política teme a prescrição da ação punitiva do Estado contra os réus do mensalão. Essa forma de extinção da punibilidade é de ocorrência provável, mas a responsabilidade não pode ser atribuída ao Supremo Tribunal Federal (STF). Este, em que pese sua conotação política, própria das Cortes Supremas, não pode atropelar o direito e, sobretudo, o lídimo de oferecimento de razões finais pelos acusados. O que não se aponta, amiúde, é que o grande responsável pelo esquema criminoso, o ilustre filho de Garanhuns, foi poupado das investigações e da denúncia, em nome de uma discutível "estabilidade política", sob cujo biombo protetor nossos maiores praticam impunemente toda sorte de "maracutaias".

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

_______________

BASTA INVESTIGAR

À notícia de que o Brasil perdeu R$ 40 bilhões para a corrupção, o equivalente ao Produto Interno Bruto (PIB) da Bolívia, entre 2002 a 2008, explica aos brasileiros por qual razão estamos numa sinuca. Um governo que veio para dar vazão à corrupção. Isso explica a posição deste governo em favor de novos impostos, uma nova CPMF e outras extorsões para aliviar o golpe bilionário contra o País. Explica a razão de os hospitais se apresentarem como verdadeiros campos de concentração nazista, porque o povo brasileiro não é atendido dignamente, são tratados como cachorros, como cidadãos de quinta categoria, muitos morrem num simples atendimento em prontos-socorros desses hospitais. Isso explica a condição da educação, da segurança pública, a explosão da bandidagem assaltando e matando cidadãos de bem que não podem ter sua arma, mas a bandidagem tem fuzis e metralhadoras, granadas, e pistolas. Esse governo realmente não sabe explicar a que veio... porque a população já sabe: veio apenas para incentivar o crime de lesa pátria, ao facilitar a corrupção... Afinal, para começar: Lulla poderia nos dizer como seu filho, ex-funcionário do Zoológico de São Paulo há 8 anos, com um salário irrisório e, hoje, está milionário? Para descobrir para onde foi esses R$ 40 bilhões, bastaria investigar todos aqueles que, de 2002 até 2008 apresentaram palpáveis sinais de riqueza. É fácil descobrir! Basta investigar!

Alberto Nunes Alberto albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

_______________

HONESTIDADE

Quando surge um fato raro na política, temos mesmo que nos rejubilar e por isso fez muito bem o leitor Silvio Natal na edição de 1º do corrente mês, em extravasar a sua satisfação na carta publicada nesta coluna sob o título "Que alívio", onde nos informa do ato de grandeza do deputado federal Marco Maia atual presidente da Câmara federal que não se prevaleceu do cargo e ao viajar para o exterior o fez às suas próprias expensas. Realmente temos que reconhecer esse gesto de responsabilidade e que ele continue assim para que possamos continuar vendo luz no fim do túnel. Todavia gostaria de ressaltar que na cidade de São José do Rio Preto (SP), onde residi até 2002 tinha um prefeito (Manuel Antunes) que deu sobejas provas de honestidade, inclusive com atos similares ao do deputado, e reconhecidas até pelos adversários. No entanto se candidatou novamente e não obteve sucesso. Ao saber disso, e não mais morando lá, mesmo assim, fiquei estarrecido não só pela ingratidão, mas principalmente pela não valoração da honestidade, tão rara hoje em dia e principalmente no meio político. Parece que o povo não gosta de políticos sérios e prefere os vendilhões que estão em todas as esquinas.

Celso Figueiroa de Mello dcelsofigueiroa@yahoo.com

Governador Valadares (MG)

_______________

A CORRUPÇÃO E SEUS REFLEXOS

A corrupção causa mortes nos hospitais, nas estradas esburacadas Brasil afora. Mortes no campo por falta da reforma agrária, mortes nas cidades no meio rural por falta de ambulâncias para transportar dos doentes, mata na educação sem qualidade para os jovens. Mata com as drogas sem atendimentos para os dependentes. Corrupção é um cancro que ceifa a sociedade, portanto os corruptos e corruptores devem ser condenados por crime contra a humanidade, e acabar com essa vergonhosa absolvição dessa laia de políticos cara de pau e sem ética. Vamos levantar essa bandeira em prol do Brasil.

Jose Noel Terra jnt@pocos-net.com.br

Poços de Caldas (MG)

_______________

A BANALIZAÇÃO DA DESONESTIDADE

O maior problema da política brasileira é que os políticos desse Brasil Tiririca, de tanto serem envolvidos em escândalos de corrupção, e saírem impunes, perderam a vergonha na cara e o respeito pelos cidadãos, passando a adotar a estratégia de transformar o fato de serem corruptos como se fosse uma característica comum ao desempenho do mandato, até porque acreditam piamente na memória curta dos eleitores, o que lhes dá a certeza de que, nas próximas eleições, poderão ser novamente "enrolados", ou comprados. Certa vez, durante uma entrevista, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) colocou o assunto de forma magistral, ao afirmar que enquanto antigamente os políticos eventualmente eram envolvidos em episódios desonrosos, ficavam "escondidos", passando algum tempo sem aparecer no Congresso, hoje em dia, quando ser desonesto parece ter adquirido "ares de normalidade", algum parlamentar que protagoniza notícias de escândalos, veiculadas pelos principais órgãos de imprensa, faz questão de "desfilar" pelos corredores do Congresso, no mais das vezes acompanhado por um séquito de admiradores, como se fosse um verdadeiro "pop-star". Entendeu o espírito da coisa? O fato é que enquanto antes ser desonesto era vergonhoso, nestes tempos petralhas, quando os fins passaram a justificar os meios, o político que é apontado como corrupto passou a, mais do que tolerado, ganhar a fama de "sujeito esperto". Durma-se com um barulho desses!

Júlio Ferreira julioferreira.net@gmail.com

Recife

_______________

FAXINA E INDIGNAÇÃO

Quem estava apostando na "faxina" da presidente, pode estar um tanto quanto frustrado, pois ela veio a público para dizer que a faxina que quer fazer é pobreza. E está passando a mão na cabeça de alguns corruptos de plantão que estávamos esperando que ela demitisse. Ora, faxina na pobreza - ou na miséria, como queira - é ótimo para todos. Ou será que ela não está percebendo o que está dizendo? Se ela varrer os corruptos, fichas sujas, a roubalheira diminuirá e os cofres públicos não serão esvaziados, aí então permanecendo os recursos - provenientes dos altos impostos que pagamos - para a saúde, educação, segurança, infraestrutura. Hoje, com a corrupção e a impunidade grassando na "política", a educação está falida - a escola pública paga pouco para os professores, não há manutenção nos prédios escolares e também não há equipamentos e, assim, muitos dos alunos do primeiro e segundo graus têm menos da metade do conteúdo programático repassado a eles; saúde é coisa de rico - ou de políticos, para quem pagamos planos faraônicos -, pois os hospitais também estão desequipados, faltam funcionários, não têm médicos suficientes, atendem mal e as pessoas literalmente morrem na porta, sem atendimento; os policiais também ganham pouco, não existem em número suficiente e a criminalidade vai aumentando substancialmente: os assaltos, raptos, roubos, etc. são cada dia mais numerosos. Então, senhora presidente, a senhora está certa: para faxinar a pobreza, é preciso acabar com os corruptos e fichas sujas. Se eles não estiverem de plantão, "desviando" o dinheiro público, haverá recursos para tudo isso. E o povo terá emprego, terá uma educação decente, terá saneamento, terá serviço de saúde, terá segurança. Os pobres deixarão de ser pobres. Não é à toa que o povo brasileiro está anestesiado, apático, a banalização da corrupção e da impunidade, cada vez mais corriqueiras, parece não despertar mais a indignação de ninguém. Os escândalos de políticos eleitos para nos representarem junto ao poder público se sucedem, a imprensa denuncia, alguns até perdem o cargo, mas continuam seus mandatos, impunes, fichas sujas que tem até o apoio da "justiça". E a roubalheira segue, sem que ninguém devolva, nunca, nenhum centavo do que "desviou". Será que nós, cidadãos brasileiros, não ligamos mais para o caos que está a saúde, a educação, a segurança, a justiça brasileiras? Somos o país que mais paga impostos, no entanto não temos infraestrutura nenhuma, que é um direito que temos e que devemos exigir que seja cumprido. Os impostos elevados que pagamos serve apenas para que os "políticos" se locupletem impunemente, drenando verbas, recursos que deveriam reverter em favor da população? Não temos mais a capacidade de nos indignarmos, de protestarmos contra esse estado de coisas degradante, inaceitável? Então porque o povo se levanta em manifestações contra o presidente da CBF (outro escândalo de corrupção, pra variar), em marchas gays, marchas evangélicas, até em favor da maconha, e não é capaz de protestar contra a apropriação indébita que reina nos poderes públicos? Precisamos nos conscientizar de que estamos sendo roubados descaradamente. Os valores que são desviados dos cofres públicos é o nosso rico dinheirinho, ganho com muito suor e entregue aos governantes em forma de impostos. O dinheiro público é dinheiro que sai do nosso bolso. Somos nós que estamos sendo roubados.

Luiz Carlos Amorim Http://luizcarlosamorim.blogspot.com

São Paulo

_______________

LEITORES EQUIVOCADOS

Tenho lido, com certa apreensão, no Estadão várias cartas de leitores que acreditam piamente que Dilma Rousseff fez ou tentou fazer alguma moralização em seu governo. Verdade seja dita: Dilma não fez faxina nenhuma. Quem mostrou os descalabros e a corrupção no governo do PT foi a imprensa. Quem denunciou as falcatruas de alguns, e muito poucos, ministros desse governo foram os jornalistas e os órgãos de mídia em que militam. Dilma apenas tentou disfarçar e iludir os mais incautos sob a força de nossos veículos de comunicação. A imprensa brasileira é que, de fato, está preocupada com as picaretagens e os desmandos do governo do PT. E é essa mesma imprensa que os membros desse trágico partido querem calar. Lutam, a todo custo, para impedir que qualquer voz contrária às suas idéias se manifeste. A oposição ao governo é pífia, tímida, titubiante, medíocre, burra e quase, com algumas exceções, adesista. Não fosse o árduo trabalho de nossos jornalistas em investigar e trazer os fatos à tona, estaríamos sem saber de nada do se passa no Brasil em termos de roubalheiras e malandragens. Estaríamos sem ter a mais pálida noção das mazelas e das trampolinagens que essa gente que nos governa faz. Nós, leitores do Estadão e de outros veículos que denunciam as vigarices desse governo, temos a obrigação moral de apoiar o sagrado dever de nossa imprensa de relatar claramente a corrupção que se instalou de maneira contundente no Brasil. Essa tal Lei da Mídia é muito boa para países submissos governados por protoditadores como a Venezuela, Bolívia, Argentina ou Equador. Ao lixo com essa lei!

Leão Machado Neto lneto@uol.com.br

São Paulo

_______________

DEVANEIOS

Ou é ingenuidade, devaneio ou é safadeza do PT só para parecer que o partido ainda é ético como nos velhos tempos. Acertar no IV Congresso do PT que no projeto de "Controle da Mídia, um dos itens seria impedir que políticos fossem proprietários dos meios de comunicação como radio e TV é de gargalhar . Vem nos dizer que eles desconhecem que Sarney, Collor, Renan e tantos outros coronéis do atraso não controlam os meios de comunicação em seus estados? Não existe um político no Brasil que não tenha um meio de comunicação para chamar de seu. Uma que essa lei já existe e por isso mesmo que estão todas em nome de laranjas. Como irão procurar e impedir essa prática? De boas intenções o mundo está cheio, mas a prática...

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

_______________

CONGRESSO DO PT

O 4º Congresso Nacional do PT nos comprova que seus integrantes continuam sendo uma massa ignara de fanáticos que ainda sonham em algum dia, instalar o socialismo no Brasil. O partido também continua refratário a qualquer autocrítica, como se fossem um partido acima do bem e do mal. Esquece-se que hoje estão associados e rezam na cartilha de homens públicos da grandeza de um José Sarney, e de outros como Fernando Collor, Renan Calheiros, Romero Jucá, Michel Temer... Quem o PT tinha de bom, já deixou o partido. Restaram as facções corruPTas, as mafiosas e as xiitas.

Sandro Ferreira sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

_______________

TENHO VERGONHA

Não de ser brasileiro. Disso nunca terei. Mas tenho vergonha dos bandidos que nos representam(?) no Congresso e que colocaram outros bandidos (iguais a eles) nas autarquias, nas empresas públicas (Petrobrás, etc.). Os sarneys, os collors, e todos os outros que estão por aí.

Geraldo Roberto Banaskiwitz geraldo.banas@gmail.com

São Bento do Sapucaí

_______________

NÃO SOMOS IDIOTAS

Os que estão hoje no poder e que dizem que lutaram pela democratização do País querem ferir o Estado de Direito e a democracia, desrespeitando a Constituição. Exemplo disso é a tentativa de calar a imprensa e sabe-se lá o que vem depois. Dilma disse há pouco tempo que "prefere o barulho da imprensa do que o silêncio da ditadura". Ela vai manter o que disse ou era só uma

manifestação inconsequente? O PT não quer que se divulguem os seus erros e infrações, para tanto, costumam desvirtuar as coisas dizendo que a mídia é golpista. Quando é que vão adquirir consciência do que certo, legal, verdadeiro e deixar de nos tratar como se fossemos idiotas?

Alvaro Salvi alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

_______________

OBSESSÕES

As obsessões do PT reaparecem nesse último Congresso em Brasília; como principal, o controle dos meios de comunicação, a reforma política com sua roupagem de financiamento público de campanhas e o mais novo deletério: a extinção do Senado. Com todo esse embrião totalitário que essas medidas gestam só nos resta, a oposição e os cidadãos de bem, pôr uma fim nessa maldita compulsão de se instalar uma "Ditadura Legal" no País aos moldes do que se ocupou na vizinha Venezuela. Não podemos deixar que nossa Democracia seja destroçada por homens que só pensam no poder e em seus próprios benefícios. Fiquemos atentos o Brasil deve continuar nas mãos de todos os brasileiros!

Leila E. Leitão

São Paulo

_______________

RAZÃO DE SER

A cada dia que passa, mais os petistas mostram sua verdadeira razão de existir. O congresso deles parece aqueles da Rússia Comunista nos anos 80. São chefiados por Lula, que pelo poder faz tudo que é antiético, para afastar os que não têm a mesma opinião dele e de seus comunas. Adoram Cuba, Chávez, Kadafi e outros querem o poder em nome do povo. Adoram a mentira. O povo sofre em Cuba, na Venezuela, na Líbia, e o regime comunista já acabou, e no Brasil onde a miséria continua a mesma. Pelo poder, aceitam corrupção no sistema, quebram sigilo bancário, telefônico e outros, fazem espionagem e dossiês, usam as empresas estatais para empregar partidários, dilapidam o patrimônio público (correios, estradas, hospitais, escolas) e mentem cada vez mais para o povo. E querem calar a imprensa, pois ela denuncia os seus corruptos de plantão. Enfim, eles são tão bons, mas esquecem que quem governa os principais Estados é a oposição. Graças a Deus.

Tiago Homem de Melo de C. e Silva tihmcs@ig.com.br

Campinas

_______________

JOSÉ DIRCEU

O que esperar dos militantes de um partido que ovacionam, aplaudem e idolatram um ex-ministro demitido por comportamento não adequado que foi cassado pelos companheiros do Congresso e que está sendo processado pela justiça por formação de quadrilha?

Marco Antonio Martignoni mmartignoni@ig.com.br

São Paulo

_______________

FUTURO LÍDER

O PT, confirmando sua vocação totalitária incompatível com valores democráticos como a imprensa livre, está preparando o seu verdadeiro líder José Dirceu, à semelhança de um Stálin ou Hitler! Processo que se desenrola ante uma oposição completamente amorfa e incompetente, e da indiferença do cidadão comum, pagador de impostos que tem financiado a corrupção, base de sustentação para a tomada do poder! Eis a fórmula da engenharia política engendrada por esse novo Maquiavel.

Eugênio José Alati eugeniojosealati@yahoo.com.br

Campinas

_______________

ENTRE A CRUZ E A ESPADA

É, pelo visto a presidente Dilma vai ter muito trabalho com o PT. A foto dela (3/9, capa) ao lado do ex-presidente Lula com o ex-deputado José Dirceu, no Congresso do partido, com o semblante carregado, tipo de quem não está gostando ou desconfortável, o ex-presidente e ex-deputado rindo (de quê?) e os congressistas aclamando os dois ex, dá uma ideia de que a presidente está entre a cruz e a espada. Não vai demorar muito terá que tomar uma decisão e se esta decisão passa pela limpeza no governo, afastamento dos corruptos, vai bater de frente, e aí vamos ver quem a apoiará. O PT? O PMDB? Os dois que lhe dão sustentação e estão atolados até o pescoço com a corrupção, salvo um ou outro integrante? Acho difícil. A presidente que se prepare para começar a perder o sono, se já não está.

Panayotis Poulis ppoulis@yahoo.com.br

Rio de Janeiro

_______________

UM EX NADA ARITMÉTICO

O ex-presidente da República poderia ter aprendido algo nesses oito meses em que está fora do governo. A aritmética do ex continua ruim, quando ele discursa no Congresso do PT dizendo que a presidente Dilma está apenas com 10% de seu período cumprido. Não é bem assim, pois se ela deve ficar no governo por oito anos (o ex afirmou isso em seu discurso) ela ainda não cumpriu dez por cento de seu mandato, que seriam 9,6 meses; ela está no comando há apenas oito meses.

Decio Franco de Almeida Filho bdfpartners@uol.com.br

São Paulo

_______________

DIRCEU E DELÚBIO HOMENAGEADOS

O PT é o grande partido que evolui para trás, o próximo passo é adotar um símbolo igual à suástica, porque também gosta de imitar, até na barba.

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

_______________

ALÍVIO

Ainda bem que no congresso lullopetista nenhum engraçadinho gritou "pega ladrão!".

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

_______________

NO CIRCO DO PT

...e o palhaço quem é? "Nóis".

Celia Henriques Guercio Rodrigues celitar@hotmail.com

Avaré

_______________

REUNIDOS

No ano de 1199, na cidade de Kiev, antiga Eslovênia, na madrugada de 24 de junho, as bruxas se reuniam para celebrar o seu sabbat onde seriam apresentadas as novas maldades e reafirmadas as antigas. Essa reunião do mal tornou famoso o Monte Calvo. Atualmente o nosso Monte se instalou em Brasília, onde se realiza o IV Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores. Tendo como pano de fundo a demonização da mídia, ouve-se dos petistas como ''''combater a corrupção sem tréguas''''. No Monte Calvo original havia mais coerência de propósitos, pois o Planalto; e contrário à fertilização do tema, quanto à mordaça da imprensa. O feiticeiro de maiores habilidades arriscou dar uma de Michel de Nostradamus e justificou a turbulência política do Monte Brasília com uma verborrágica e maliciosa sentença: '''' 8 meses é pouco tempo para quem vai ficar 8 anos''''. Depois desse congresso, preparemos nossas lanças e escudos para a grande batalha que se travará entre as forças do bem e do mal. ''''Brasil, mostra a tua cara''''.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

_______________

A HISTÓRIA SEMPRE NOS ENSINA

".... o autor descreve as raízes s filosóficas, ideológicas e culturais alem da destruição deliberada do regime democrático para satisfazer a elite... O autor mostra como ele, uma vez vitorioso, reordenou o estado e a sociedade de modo a coordenar todas as instâncias da vida nacional todas funcionando na direção do .... É a edificação do totalitarismo, tijolo a tijolo sem que houvesse oposição significativa !ninguém percebeu o quão cruéis e determinados eles eram, até que ficou tarde...." Se vocês pensam que essas afirmações são de um livro de mais cientista político ou jornalismo comentando o projeto de poder do PT, estão enganados. São trechos escritos por Marcos Guterman, sobre o livro A chegada do Terceiro Reich, de Richard J. Evans, em entrevista no caderno Sabático de 3/9/2011.

Roberto Aranha rcao@globo.com

São Paulo

_______________

DE GEISEL A DILMA ROUSSEFF

Desde que o general Ernesto Geisel tentou fazer média com a democracia, para justificar a tirania militar, criando a paradoxal locução "democracia relativa", um dos setores mais questionados da época era justamente a liberdade de expressão da mídia, com os numerosos - e rumorosos! - casos de cerceamento da mídia, toda ela, de mostrar aos cidadãos todos os fatos acontecidos, muitos nos bastidores! Para exercer seu sagrado dever de zelar pelos direitos de ir e vir dos principais donos do regime tão bem definido por Abraão Lincoln: a Democracia! Naquilo que ela é governo do povo, pelo povo e para o povo! Sob a fiscalização aberta e transparente do Quarto Poder - a Mídia! -, para impedir abusos dos outros três poderes, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário! E é essa a Democracia que vige no Brasil?! Com um grande e tradicional matutino - o Estadão! - com sua liberdade cerceada há centenas de dias?! Com a ameaça de se fazer "lei" para cercear toda a mídia restante?! Com a presidenta Dilma - ou Generala Dilma?! - deixando sob a responsabilidade do Congresso a feitura dessa tirânica "lei"?! Com os "congressistas", como Pilatos no Credo, lavando as mãos e não acusando sua colega de Congresso, a ilustre (?!) deputada Jaqueline Roriz?! Com o PT fazendo ruidosa reunião em Brasília, com Lula a anunciar - ironicamente! - a garantida reeleição de Dilma, para completar os 8 anos de seu mandato, visto que governou, até agora, "apenas" 8 meses! E com a "honrosa" e sorridente presença do Golbery do PT, aquele mesmo Zé Dirceu envolvido no escabroso mensalão! Deus meu! O que ocorre nas mentes de 190 milhões de cidadãos dessa "Democracia Relativa", governada por uma Presidente Generala, com um Golbery de esquerda - é o Zé Dirceu mesmo! -,a impunidade grassando, os impostos consumindo mais de 50% dos ganhos suados dos brasileiros, com os desvios - eufemismo de roubos! - de verbas para construir estádios - e a riqueza de alguns...- para festas plenas de demagogias sociais, como a Copa do Mundo e a Olimpíada?! Jânio, só de ameaçar simpatias a Fidel, ficou "apenas" sete meses em Brasília, indo "residir" em Londres... Jango foi "cuidar" de suas fazendas no Uruguai... e por lá ficou... Fernando, aquele do CollorGate, na metade do mandato, abriu vaga para Itamar Franco... e hoje "convive" muito bem com Sarney, com Lula, com Dilma, foi até no enterro de Itamar, onde recebeu estrondosa vaia em Juiz de Fora! Ora bolas! Perdoem-me tantas interrogações, mas perguntar não ofende... Mas, por favor, ajudem-me! Eu só queria entender!

Sagrado Lamir David david@powerline.com.br

Juiz de Fora (MG)

_______________

ASTÚCIA

Por falta de oposição o PT com sua "astúcia", abre brecha para apóio de rivais em 2012. E desta forma espera que dividindo o bolo, com a condição de sempre o "maior e melhor" pedaço ser sempre dele. Arregimentar e aumentar seus adeptos.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_______________

ALIANÇA COM A OPOSIÇÃO

Não temos visto oposição, ultimamente. Com a brecha criada, pelo menos isso fica regulamentado.

Maria do Carmo Zaffalon Leme Cardoso mdokrmo@hotmail.com.

Bauru

_______________

FHC NO ''ESTADÃO''!

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em artigo ao Estadão (4/9, A2) lamentou-se por argumentar e não ser entendido. Ora, presidente. Realmente nós brasileiros que acreditamos ter sido seu governo quem colocou o Brasil nos trilhos depois dos fracassados governos Sarney e Collor, nos sentimos mais frustrados do que sua excelência, justamente porque deveria ser peça fundamental para a oposição ao atual desgoverno e de repente joga palavras que se não foram mal entendidas, foram indevidas ao sugerir que a oposição apoiasse a presidente no combate a corrupção. Porque numa democracia, oposição é feita para mostrar erros e defeitos do governo em curso e apoiar a presidente no momento não foi uma estratégia de visão de futuro e sim míope, porque como ela mesma afirmou recentemente que o governo dela é de Lulla e de Lulla é o dela, está na cara que esse combate a corrupção não passa de marketing político. Basta ver como já se movimentam as bases do PT para barrar qualquer CPI da Corrupção. Vem dizer que a ordem não partiu do Palácio? Acho que sua excelência não mostrou lógica nos seus argumentos e sim saudosismo de um Brasil que não aconteceu.

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

_______________

ESTRANHO

Existe um pensamento que diz, quando você não pode com o inimigo se alie a ele. Mas se aliar ao PT? É ruim, por outro lado. Antigamente, dizia-se que o brasileiro era lacaio dos norte-americanos, que o brasileiro é burro. Essas ofensas, que só denigrem e que na verdade em nada contribui para o crescimento do ser humano. Agora existe alguém, que inferniza, que enche os pacuá, que atormenta até quem ele colocou no poder! Talvez até a própria Sra., que exerce o cargo mais importante do Brasil e deve estar entre às primeiras do mundo. Superada pelo Barack Obama eu tenho certeza. Esse Sr., que já nos aborreceu 8 (oito) anos. Ele não dá sossego. Um manipulador de emoções da massa, que se diferencia do petismo, não vou escrever mais nada! Lembrei que eu fiz doação ao Fome Zero. Deu-me azia. Desculpem-me, colegas leitores!

Edson Rodrigues e.rodrigues1953@uol.com.br

Santo André

_______________

INTELIGÊNCIA

Gilberto Carvalho diz que os saudosistas de Lula não são inteligentes; A resolução do congresso petista cita o ex-presidente 26 vezes. Pra bom entendedor...

Ricardo Marin s1estudio@ig.com.br

Osasco

_______________

RECUO

Lamentável o recuo da presidente Dilma para incluir o reajuste dos juízes no Orçamento de 2012, após pressão dos integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF). O Brasil não pode ficar refém e nem se dobrar diante do Judiciário, que claramente age em causa própria. Esse reajuste dos magistrados é indevido, irá onerar ainda mais os cofres públicos num momento de grave crise mundial e de austeridade, sem falar no ''efeito cascata'' que provoca em relação a várias outras carreiras públicas. O Judiciário funciona pessimamente no Brasil e custa ao povo muito mais do que nos países desenvolvidos, numa relação custo-benefício altamente desfavorável e negativa. Como se isso não bastasse, até quando os magistrados e promotores de justiça terão privilégios inaceitáveis como 60 dias de férias anuais, etc.?

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

_______________

AUMENTO NO JUDICIÁRIO

Aumento outra vez? O Judiciário pensa que dinheiro dá em árvores? Que tal ganharem por produtividade? Imaginem quanto receberíamos de volta (União e Estados).

Jonas de Matos marcia@jonasdematos.com.br

São Paulo

_______________

MUITA GRANA POUCO RESULTADO

Se estudar o tempo todo for justificativa para altos salários, muitos há que estão financeiramente defasados. Ministros da Justiça, julgando em causa própria como se insensíveis às necessidades dos populacho, ou achando que os altos salários é que os tornam invulneráveis à tentação do escambo, deixa-me assustado. Não ceder a pressões ou às tentações do enriquecimento ilícito é parte da moral e da ética que se constrói em casa, com os familiares que nos dão o bom exemplo, independentemente do nível salarial dos pais, que nutrem nos filhos o amor ao próximo, à justiça e à distância que se deve manter da cobiça pelo alheio. Julgados fossem todos os escândalos de corrupção e desvio de verbas, mais juízes teríamos; ricos em ética e abundantes bons exemplos aos cidadãos que pagam pelo que ainda não têm.

José Jorge Ribeiro da Silva jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

_______________

AUMENTOS, SÓ POR RESULTADOS

O STF quer um aumento de 14,79% e mais 4,8%; os salários dos magistrados iriam para R$ 32.000,00 - ou 52 salários mínimos - (o Congresso só aprova se for igualmente beneficiado; o recente aumento de 52% não os satisfaz). Isso levaria a uma série de aumentos nos demais escalões do Judiciário e outros funcionários públicos, Legislativo e Executivo. Proponho que os aumentos fiquem sujeitos: a) sentenças finais em processos enviados há menos de 2 anos; b) no Congresso, aumentos só por dias trabalhados, de 2a. a 6a., com máquina de ponto por impressão digital e projetos de lei aprovados ou recusados, em menos de 2 anos. Nos dois Poderes, férias de só 30 dias, como as dos contribuintes.

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

_______________

AGRADO AO JUDICIÁRIO

Corte no aumento dos integrantes do Poder Judiciário? Sra. presidente, isto nem pensar! R$7 bilhões pode ser recuperado em cima dos aposentados que ganham acima do salário mínimo, quem mandou eles serem idiotas de trabalhar e pagar altos valores que lhes garantisse o direito ao teto? Direito constitucional dos aposentados não preocupa quem está governando, esses aposentados são uns chorões, como disse o ex-presidente Fernando Henrique: nhenhenhenhe. Lembram-se?

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

_______________

PIRULITO DE CRIANÇA

Com a proximidade do julgamento do mensalão e com tantos desmandos acontecendo, torna-se "mamão com açúcar" o Judiciário e o MP forçarem um aumento de salário que nos custará R$ 7,7 bi. É como tirar pirulito de criança!

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

_______________

''INFELIZ DA GERAÇÃO CUJOS JUÍZES MERECEM SER JULGADOS''

Ao pronunciar a mentira: - "eu não sabia", Lula da Silva inaugurava uma nova fase da historieta republicana brasileira. Demonstrou sua viva aptidão política; como bem assinala Nêumanne Pinto em seu livro - O que sei de Lula. Primeiramente fazer política não significa trilhar o precário caminho de Lula, que furtou a confiança de milhões, pois quem rouba a confiança é o maior dos ladrões, diz o ditado. Mostrou ao que veio, e sem pudor retirou a camuflagem pela qual foi eleito e aprofundou suas alianças com o mais espúrio fisiologismo da política brasileira. De pronto, e para se sustentar no Poder, mudou seu discurso em relação a Sarney; Collor; Calheiros e Barbalho; enquanto a oposição apaniguava:- "tudo pela governabilidade" (FHC), provavelmente pensando ser astuta para tirar alguma casquinha e deu-se mal, muito mal; e por incrível que pareça quer repetir a dose. Zé Dirceu, agora até se manifesta nos portais, é homenageado (?); leitores retrucam indignadamente. Recentemente, e depois da sessão em vassalagem a Jacqueline Roriz, as manifestações tomaram rumo mais direto; trata-se de um novo estágio onde as expressões e até o uso de vocábulos está mais apropriado aos crápulas; certamente a desgosto e pudor do Senador Humberto Costa. Aquela noite estará para sempre na parede da memória dos homens decentes deste país. Poder-se-ia gravar num monólito a ser ficado na Praça dos Três Poderes "a caterva unida jamais será vencida - Brasília 30/8/2011". É a verdade eleitoral, é a nossa atual verdade republicana e contra a qual devemos nos insurgir. Não há mais espaço para as duas coisas. A moral não cabe onde a imoralidade domina. O Parlamento; após a era lula, tornou-se o maior entreposto de interesses escusos deste país; o maior mercado negro onde estão em leilão os desígnios de milhões de famílias. A força do direito deve superar o direito da força (Rui Barbosa). Ou são eles, ou somos nós. O Poder Judiciário que pelos desserviços morais que impõe à nação, e apesar de ser o mais caro do planeta, exige melhores salários. Querem mais R$7,7 bilhões de reais /ano. Pressionaram a pseudopresidente - isto já virou moda, qualquer corrupto; seja senador; deputado; ministro - algemados ou não, e agora chegou a vez dos togados! Aperta que sai! - grita um no fim da fila! E os aposentados, que queriam e merecem apenas 1/3 disso. Algum resto de consciência suspira aos demais? A resposta vem em coro: "Eles que se lixem...!" - Afinal é necessário que as Excelências satisfaçam "la dolce vita, nel dolce far niente". Afinal reter os processos: mensalão, poupanças, aposentadorias, tudo a serviço da república petista tem seu custo. No "pós-lula" - tudo é negociável. Está é a politicalha do lulopetismo espalha-se como metástase por todos os Poderes da República onde tudo se faz por conveniência tal qual a prática da gestão pública decorre apenas pela conveniência ou melhor lance dado aos seus operadores. Há algum opositor? Não; pois as consciências que por isso aguardam já estão em debandadas; - os que podem e que se sintam dignos a esta missão que alcem voo antes que seja tarde demais.

Oswaldo Colombo Filho colomboconsult@gmail.com

São Paulo

_______________

REAJUSTES SALARIAIS

Prevendo cortes no Orçamento, a "presidenta" Dilma Rousseff vetou aumento para aposentados que recebem acima do salário mínimo,já para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) parece não haver problemas orçamentários, até porque os salários dessa categoria poderá chegar a R$32 mil mensais. Creio que os ministros tem todo o direito de serem bem renumerados, porem os contribuintes que por décadas contribuíram com o teto máximo junto a Previdência também tem direito há reajustes,até por que, com essa política que foi implantada na Previdência Social, a curto prazo, aposentados do INSS não terão como comprar medicamentos que se faz tão necessário nessa fase da vida. Presidenta, "a senhora poderia olhar para os idosos que passaram a vida toda trabalhando para o engrandecimento da Nação.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

_______________

ORÇAMENTO DO JUDICIÁRIO

O presidente do STF e seus pares precisam ser lembrados de que os componentes do Poder Judiciário não são eleitos pela população. E cabe a ela decidir o que e quanto deve ser gasto pelo Poder Público. E o faz por intermédio dos congressistas e dos eleitos no Poder Executivo.

Hélio Mazzolli mazzolli@terra.com.br

Criciúma (SC)

_______________

AFLITA

Dona Dilma, respeitosamente, está frita e aflita. Pressionada pelo Supremo Tribunal de Justiça a lhe dar mais verbas, não sabe como atendê-lo, por ouro lado confessa que o Ministério da Saúde precisa do dobra da verba que recebe, mas, premida pela palavra dada antes das eleições de 2010 para a Presidência, premida pelo PT e pelo PMDB, não tem como cortar verbas e combater a corrupção (são bilhões de reais!). Confessou há pouco tempo que já pensou em novos impostos, algo reprovado pela população... Entre outras, há uma solução: nomear outro ministro da Fazenda, talvez do PSDB ou do DEM, criando um novo Plano Real como bem-sucedido do governo Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso, alguém como o senador Aécio Neves. Os ilustres brasileiros Lula da Silva (PT) e Michel Temer do PMDB, certamente não darão apoio com vista às eleições de 2014, pois Dilma precisaria fracassar... Esse é o Brasil de hoje: quem se salvará?

Adinael Carlos Marques Teixeira duquevinte@uol.com.br

São Paulo

_______________

EQUILÍBRIO ORÇAMENTÁRIO

É engraçado quando é para manter privilégios ou não cortar os gastos do seu Poder, Ministério ou Estado sempre se arruma algum princípio legal para isso, no STF dizem que a Constituição deve ser respeitada para manter o "equilíbrio". Agora quando se busca o equilíbrio no orçamento frente a mais uma etapa da crise internacional ninguém quer cortar o seu gasto.

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

_______________

REMEMORANDO A GESTÃO DE MARTA

Se apesar do esforço de Lula Haddad não emplacar na convenção do PT, vai dar Marta. Então, para os de memória curta, eu lembro que Marta , em sua gestão na Prefeitura de São Paulo deixou exemplos de inépcia e amadorismo que sempre resultaram em muita gastança. A ver alguns: 1- O duplamente caro túnel da Rebouças sob a Av. Faria Lima que à primeira chuva após a apressada inauguração começou a ruir e teve que ser refeito. 2- O corredor de ônibus da Av. Vereador José Dinis que teve seu trânsito interrompido e prejudicando o usuário enquanto a prefeitura apresentava 7 sucessivas versões de projetos, todos tecnicamente ruins . E quando a obra começou descobriu-se que nenhum estudo de demanda de usuários e linhas naquele percurso nem sequer havia sido feito. Isto é improviso inadmissível e o resultado é que não demorou nada e os trabalhos tiveram que ser suspensos. O corredor foi retomado com novo projeto por Serra e finalmente entregue à população por Kassab. 3-Outra obra cara e também feita de improviso pela administração Marta Suplicy foi a do túnel da Av.Cidade Jardim que para poder ser entregue antes da sua campanha pela reeleição teve seu projeto "encolhido" e desfigurado para se adequar à data de inauguração da obra e poder servir-lhe de bandeira no palanque. Resultado, o que era para ser uma via de desafogo do tráfego é um embuste, pois aquele que sai do túnel se defronta com um sinal de trânsito que o obriga a parar. A cada vez que fico parada dentro do túnel lembro-me de Marta Suplicy! 4-O Parque dos Cordeiros, com uma das faces dando para a Av. Vicente Rao... e cuja obra acompanhei de perto visto fazer parte da associação de bairro que entrou na Prefeitura com o pedido de uma parque na área. Pois bem, a administração de Marta o fez e o deu por terminado sem ao menos terem feito um sistema de drenagem do terreno e o resultado se viu nas primeiras chuvas, com tudo desbarrancando. Perdeu-se tudo que foi gasto com jardinagem e equipamentos em meio a um mar de lama... e na administração seguinte, de Serra, todo o trabalho teve que ser recomeçado do zero para que a drenagem do terreno fosse feita. Quem hoje passar pelo Parque verá a maravilha que está... mas não graças à Marta. 5-Não poderia deixar passar em branco a proliferação de perueiros-meliantes e baderneiros que , igual à uma praga , quase acabou por dominar São Paulo por se sentirem resguardados das penalidades normalmente impostas a transgressores da lei. Não me refiro aos profissionais devidamente registrados e legalmente trabalhando, mas "àqueles" que estão sempre à espera de poderem aparecer de novo na fita. Lembram-se deles? Periga que voltem... caso... 6- Quem não relaciona o termo martaxa com a extorsiva taxa de lixo que foi criada por ela, quando o certo seria ter incentivado a coleta seletiva? Para finalizar, informo que não sou filiada a nenhum partido político ,sou simples leitora e eleitora, porem absolutamente antipetista sim - e hoje, diante da maré de corrupção que assola todo o País, não preciso nem justificar o porquê de tal rejeição. Mas principalmente sou contra o péssimo trabalho que Marta Suplicy realizou na cidade de São Paulo. Por isso me manifesto como cidadã para que os paulistanos possam se lembrar da qualidade zero das obras viárias entregues pela prefeitura na sua administração.

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

_______________

E COMO OBRA!

A ex-prefeita insiste em ser a candidata "natural" do seu partido por ter obrado demais em São Paulo. Será que o eleitor paulistano se contentaria em ter um desconhecido obrando, ter de novo as mesmas obras mal cheirosas ou eleger um prefeito competente que administre esta cidade com profissionalismo? Vamos incentivar o desmartamento de São Paulo, gente! Não é crime ambiental.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

_______________

PREFEITURA

Dona Marta, a senhora teria alguma chance para a prefeitura

se trocasse de partido.

Ivan Bertazzo bertazzo@nusa.com.br

São Paulo

_______________

80 ANOS DE MALUF

Festa de aniversário de Paulo Maluf reuniu políticos e outros convidados. Ver Michel Temer, Gilberto Kassab, Aldo Rebelo e alguns outros na festa, é compreensível... Agora, Geraldo Alckmin comemorando os 80 anos de Maluf, é inquestionável fim de carreira! Perdeu milhões de votos!

José Carlos Alves jcalves@jcalves.net

São Paulo

_______________

HOMEM DE FESTA

"Definitivamente o ''Cara'' é um homem de Festa mesmo, como foi em toda sua vida, sempre, os trouxas arrumam o dinheiro (neste caso:o povo faz o esforço e paga os impostos, Kassab e Alckmim distribui os recursos) mas quem faz a festa sozinho é ele. Fala-se até em dar nome ao estádio."

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.