Cartas - 08/08/2011

ECONOMIA

, O Estado de S.Paulo

08 Agosto 2011 | 00h00

Pacote industrial

Dona Dilma lançou o Plano Brasil Maior, conhecido como pacote industrial. Tanto no discurso das autoridades (presidente e ministro) como de industriais, o que mais se ouviu foi "concorrência desleal dos importados". Curioso. Quando a inflação sobe, essas mesmas autoridades apertam os industriais, afirmando que vão incentivar a importação para obrigar a baixar o preço dos produtos daqui. Agora a coisa é desleal. Muitos dizem que o alto preço do carro brasileiro é decorrente dos altos impostos. Estudos recentes mostraram que isso é uma grande falácia, os preços altos são decorrentes dos altos lucros auferidos pela indústria, que, aliás, os usa para equilibrar as contas da matriz, que fica bem longe daqui. Algo está errado neste Brasil atual.

MAURÍCIO LIMA

mapeli@uol.com.br

São Paulo

________

Aerolula

O embrulho do governo regulamentará lei que o obriga a dar preferência a produtos de fabricação nacional. Pena que o embrulho não vigorasse à época em que o copresidente escolheu o seu brinquedinho da Airbus, em detrimento de um produto da Embraer.

FLAVIO MARCUS JULIANO

opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

________

O círculo vicioso

Parece-me clara a controvérsia das medidas do novo programa industrial da equipe de Dilma Rousseff. O aumento dos gastos do governo leva ao aquecimento da demanda interna, aumentando o nível geral dos preços. Para controlar a inflação o Banco Central eleva a taxa de juros, que atrai capitais estrangeiros e aprecia o câmbio. A valorização do real barateia as importações, o que, em tese, reduziria a pressão sobre os preços domésticos. Acontece que o lobby dos industriais e a política protecionista do governo fazem com que se criem subsídios às indústrias (à la Brasil Maior) e, por conseguinte, diminua a arrecadação de impostos. Percebe-se que entramos num círculo vicioso, em que para atender a todos os objetivos de uma só tacada se empurra com a barriga o grande problema do País. Há outra maneira de fazer política industrial: reduzir o chamado custo Brasil (péssima infraestrutura, energia cara, excessiva burocracia, etc.), o que permitiria ao governo fazer uma reforma fiscal digna e reduzir a pressão inflacionária, ensejando a redução da taxa de juros. Mas isso é política de longo prazo, expressão cujo significado é desconhecido pelos políticos.

OCTAVIO PORTOLANO MACHADO

octaviopm@al.insper.edu.br

São Paulo

________

Ponto frágil

Precisamos acordar para o fato de que mais um grupo de trabalho, uma lei, um Ministério não resolvem. O ponto frágil da nossa política industrial é o de sempre e de tudo o mais: onde houver gente suscetível de ser corrompida contando com a impunidade, não há muralha que nos proteja. Aliás, dizem que a grande muralha da China foi inútil porque guardas foram subornados. A prioridade número um do Brasil é o fim da impunidade. Não basta varrer o lixo para debaixo do tapete. Sem uma desratização ampla, geral e irrestrita, não tem jeito que dê jeito.

ANTONIO C. DA MATTA RIBEIRO

antoniodamatta@ig.com.br

Guarulhos

________

Isenção de impostos

Por enquanto só vemos o governo federal correndo para salvar megaempresas: libera recolhimento de INSS aqui, livra a cara do IOF ali... E as pequenas e médias empresas, que empregam 75% dos trabalhadores brasileiros, não merecem atenção e isenção de impostos? Onde está a ministra das Micro e Pequenas Empresas, que até agora só deu emprego no Ministério, mas medidas sólidas para ajudar esse importante setor do empresariado, nada? Como sempre, o governo dá a quem mais chora e os bebês chorões são justamente os que menos precisam ser atendidos. A única coisa que os pequenos e médios empresários têm hoje para seguir na ativa é o pagamento de altíssimos juros aos banqueiros.

BEATRIZ CAMPOS

beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

________

Quem paga

A Fazenda informa que a isenção fiscal do Plano Brasil Maior será compensada, ao menos em parte, com cobrança de IOF sobre compras com cartão de crédito. Traduzindo: nós pagaremos a conta! Não tem jeito, o governo não abre mão de nada. É o fim da picada!

M. CRISTINA ROCHA AZEVEDO

crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

________

ESCLARECIMENTOS

Precatórios

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) informa ao sr. José Renato Nascimento (Nova lista, 29/7) que está procedendo ao levantamento da situação pessoal do leitor, visando a melhor esclarecer seus direitos, o que certamente reafirmará a retidão dos trabalhos do Departamento de Precatórios. O TJ-SP não tem poupado esforços para que os pagamentos sejam efetuados o mais rápido possível. Desde outubro o TJ-SP libera todos os meses lotes de pagamento de precatórios relacionados à Fazenda do Estado atendendo a duas listas separadas: uma, pela ordem crescente de precatórios (do menor para o maior) e a outra, determinada pela ordem cronológica dos credores, na qual são liberados os valores relativos às prioridades, que beneficiam idosos e portadores de doenças graves. O TJ já superou R$ 1,2 bilhão de liberações, que beneficiaram 10.586 credores preferenciais e 13.085 outros. O volume de pagamentos comprova o esforço e a eficiência do tribunal. Contudo a moratória constitucional, é importante relembrar, envolve a quitação integral dos precatórios em 15 anos, e não prontamente, como seria o desejo da Justiça paulista.

ROSANGELA SANCHES, diretora de Comunicação Social

rosangelasanches@tjsp.jus.br

São Paulo

________

Imóveis prejudicados

Com relação à carta do leitor sr. Cyro Queiroz Fiuza (Desonestidade, 30/7), o Metrô esclarece que a construção da Linha 4-Amarela (Vila Sônia-Luz) registrou 1.046 interferências com imóveis, assim solucionadas: 716 foram reparados pelo Consórcio Via Amarela, contratado para a construção dessa linha, 287 foram indenizados pelo mesmo consórcio, 23 estão com ações na Justiça, 8 foram cobertos por seguradora, 5 estão em obras, 5 estão em processo de indenização, 1 está em negociação para indenização e 1 está com vistoria a realizar.

MÁRCIO KERR MARTINS, assessor de Imprensa

omaeda@metrosp.com.br

São Paulo

________

"Está caindo mais ministro do que técnico de futebol"

PEDRO OCTAVIO BEGALLI / PEDREIRA, SOBRE A DEMISSÃO DE NELSON JOBIM

begalli.pedro@hotmail.com

"E, como alguns técnicos de futebol, a presidente preencheu mal a vaga..."

E. PARENTE RAMOS FILHO / SÃO PAULO, SOBRE O NOVO MINISTRO DA DEFESA

e.parenterf@gmail.com

________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 793

TEMA DO DIA

Celso Amorim garante continuidade

Futuro ministro da Defesa diz que não pretende mudar linha de atuação do antecessor, Nelson Jobim

"Parabéns, presidente Dilma, ótima escolha!"

ANTONIO LOPES

"Celso Amorim já chega ao governo com o título de ministro mais bem remunerado. Um total de R$ 42.700 mensais."

LAURO JARDIM

"Amorim não se encontra habilitado a reinventar a roda. O Ministério da Defesa, dada sua complexidade, exige mais que um ex-ministro das Relações Exteriores lambão."

AUREO TORRES DE OLIVEIRA JUNIOR

________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

PALPITEIRO

Lulla, em visível campanha política para 2014, não para de dar palpites a toda hora, sobre tudo e sobre todos. Estava mais que na hora dele se calar para sempre pois nos deixou a pior herança que podíamos ter que é a corrupção desvairada em todos os níveis do governo federal, no congresso em geral, na política como um todo e na economia do país. O que me causa maior estranheza é que a oposição, de fato, nada faz para acabar com toda esta falcatrua que vemos todos os dias, não toma uma atitude a altura para exigir a cassação de todos os envolvidos com todas estas roubalheiras e desvios de verbas, alijar Lulla e sua trupe do cenário político brasileiro tapa todo o sempre exilando-o em Alcatraz ou algum lugar semelhante a este. Temos que por m fim no PT e os partidos que apoiam o governo atual pois estamos presenciando o que de pior existe no ser humano que é a mentira, a roubalheira na cara dura, a sem-vergonhice deslavada e estes indivíduos ainda pensam que são os tais. Roubam, enganam o povo que os elegeu, dão palestras para enganarem pseudo-empresários oportunistas de plantão e ainda se vangloriam do que são e fazem. Até quando o País vai ser tocado por este tipinho de gente?

Boris Becker borisbecker@uol.com.br

São Paulo

________

QUEREM QUE ENGULAM?

O ex-presidente Lula disse que não cabe a militar gostar ou não da escolha do novo Ministro da Defesa. Primeiramente, acho que ele não tem que ficar dando palpite, mas eu acho que cabe, sim. Afinal querem o quê? Que engulam? Não deveriam consultar os comandantes sobre um nome para o Ministério? Está certo que é uma atribuição do chefe do Executivo, mas não poderia haver um consenso? E logo quem foram botar? Queriam que ficassem calados com esse nome? Aliás temos visto que nas funções de direção ou comando de ministérios, diretorias, etc., botam qualquer um. Viram este Jucazinho que nem um restaurante soube administrar e faliu? E foi colocado numa direção da Conab? O que querem mais.

Panayotis Poulis ppoulis@yahoo.com.br

Rio de Janeiro

________

ALI BABÁ

Ali Babá na barba e não contém o desejo idiota de destilar um pouco do fel que lhe vai na alma.

Carlos Delphim Nogueira da Gama Neto carlosgama@croniquetas.com.br

Santos

________

EMPRESÁRIOS

Três megaempresários bilionários: Odebrecht, Gerdau e Lula, reunidos em Bogotá, em 4/8, com a intermediação do FMI, só pode significar uma coisa: vai rolar muita grana no páreo.

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

________

CAIU POR QUÊ?

Afinal, Jobim caiu por ter votado contra ou tem algo a ver com famosos "caças Rafale"? Ou ainda porque fez gozação com as ministras (uma veio da pesca outra foi escolhida por mérito próprio ou familiar) que pouco ou nada mostraram até agora? Mas, o que preocupa mais é a volta do ministro que durante 8 anos foi um fracasso total nas relações exteriores. Aqui parece ter prevalecido a vontade de Lula que, pelo jeito, continua a ter voz de comando lá, infelizmente. Que Deus ajude a Dilma. Se ela continuar de ouvidos atentos a Lula, quem vai perder será de novo o Brasil. Uma pena.

Plinio Zabeu pzabeu@uol.com.br

Americana

________

DEMISSÃO DE MINISTROS

Se continuar demitindo ministros, a presidenta Dilma estará dilapidando a herança deixada por Lula.

Vidal dos Santos vidal.santos@yahoo.com.br

São Paulo

________

AMORIM OU AMORIM

Lula afirmou em Bogotá: "Não cabe aos militares gostar ou não gostar de uma indicação da presidente da República". Essa opinião me faz lembrar Henry Ford que dizia que o consumidor podia escolher qualquer cor para seus carros, contanto que fosse preto. Assim, para o ex-presidente (e a atual que aceita), as Forças Armadas não têm escolha, ou é Amorim ou é Amorim, fim de papo! Cadê a civilidade democrática? Cadê o diálogo saudável entre Poderes? Não é de admirar a alta rotatividade do atual ministério!

Silvano Corrêa scorrea@uol.com.br

São Paulo

________

O RETORNO DE AMORIM

Estava demorando para os " Brasilises", voltarem a cortejar o Irã!

Mara Fonseca Chiarelli mara.chiarelli@ig.com.br

Mogi Guaçu

________

NOVA FORMA DE PROTESTO

Sou filósofo e recentemente estive analisando a política nacional e as notícias diárias de corrupção aqui, corrupção ali, desvios de dinheiro, educação e saúde precárias enfim, toda essa gama de horrores da nossa política que se tornou comum para nós. Comecei a me perguntar, porque os caras pintadas não saem mais às ruas? porque a sociedade parece não ligar mais para isso, parece estar anestesiada, enquanto no Chile, na França, na Grécia e em vários outros países o velho e tradicional método de manifestação pública ainda continua vivo. Fazendo um giro pelas páginas do Twitter, visitei a página da UNE União Nacional dos Estudantes o moderado da página escreveu mais ou menos assim: "agora sim, novamente conectados, lutando por um Brasil melhor"! Senhores, nosso governo distribui bolsa família, bolsa alimentação, bolsa escola e um programa nacional de integração digital. Será que o povo brasileiro aderiu ao protesto digital? será que em vez de saírem às ruas e tornar a indignação visível estão protestando via twitter, via facebook etc?! Acredito que em face da atual leitura de nossa sociedade, da nossa política este é um assunto relevante e sugiro este tema para ser analisado e eventualmente publicado com ênfase nacional, como protesto, pois o governo tem muitas cabeças pensando de maneira eficaz pelo menos para esse fim; tornar o povo brasileiro frio e alienado.

Marcos Soares @soares_ma1980

Curitiba

________

CADA MACACO NO SEU GALHO

Quando uma empresa precisa contratar um diretor ou um gerente ele seleciona profissionais que entendem do negócio, tem experiência e conhecem aquilo que vai fazer. Quando um clube Vai contratar um técnico de futebol procura um que tenha experiência e conheça seu trabalho. É sempre assim. Contrata-se o melhor, o mais indicado, aquele que mais conhece. Mas na política a coisa tem que ser diferente. Se precisamos de um Ministro para as Forças Armadas seria lógico uma lista tríplice, com representantes das três forças, Marinha, Exercito e Aeronáutica e a presidente, junto com um grupo político de apoio escolheria o ministro. Agora, colocar um funcionário de carreira diplomática para Ministro das Forças Armadas e procurar encrenca na certa. Já entra "fritando" e vai durar pouco tempo, transformando-se mais em problema que solução. Vamos lá, Dona Dilma. Arroz com feijão e pronto. Saúde, ministro médico;

Forças Armadas, ministro militar; Fazenda, ministro economista. E por aí segue. Não tem como errar, até porque funcionário de carreira, dentro de sua área, é mais respeitado, está mais comprometido e a possibilidade de desvios é bem menor. Já onde se coloca políticos e partidos os resultados todos conhecem.

Odair Picciolli pedraseartes@suednet.com.br

Extrema (MG)

________

MAIS UM MINISTÉRIO?

O governo Lula inventou a Secretaria de Pesca, supostamente para desenvolvê-la. Na ocasião, havia 90 mil pescadores registrados, fazendo jus ao auxílio defeso. Sua produção era de 1 milhão de toneladas de pescado por ano. Com a profícua atividade da Secretaria, logo promovida a Ministério, o número de pescadores subiu para cerca de 500 mil. Se tivesse mantido a produtividade por pescador, a produção deveria chegar a 5.555.000 ton/ano. A produção efetiva atingiu míseras 1,250.000 ton., ou seja, 22,5% do potencial. Notícia de 8/5 (A16) informa que "Governo cancela 89.000 registros de pesca." Tudo pescadores de "araque". Consta que é a ponta do iceberg. A conferir.

Mario Helvio Miotto mhmiotto@ig.com.br

Piracicaba

________

FOME E MORTE NA ÁFRICA

É inaceitável - sob todo e qualquer ponto de vista - que dezenas de milhares de pessoas estejam, literalmente, morrendo de fome na Somália e em outros países da África, neste exato momento. Isso, em pleno século 21. Algo precisa ser feita com a máxima urgência. No Brasil e em muitos lugares do mundo, há excesso de produção, abundância e desperdício de alimentos e o problema são justamente as doenças causadas pela obesidade em adultos e crianças. É claramente um problema de distribuição e não de falta de produção. Não se concebe que a comunidade internacional permita que uma tragédia humanitária dessa dimensão aconteça. Num mundo minimamente organizado, racional, justo e ético, isso jamais aconteceria. Como vivemos em um mundo injusto, irracional e baseado na famigerada ótica do lucro capitalista, tragédias totalmente evitáveis e desnecessárias como esta acabam acontecendo, como estamos vendo agora na Somália, Djibuti, Quênia e Etiópia.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

________

A PAZ E O PÃO

A leitura de Do Chifre da África às antigas utopias, de Washington Novaes (A2, 5/8), fez-me lembrar umas palavras de Jacques Leclercq, escritas no pós-guerra: "O homem não vive só de pão, nem o pão é essencial. Vive mais de amor do que de pão, porque o pão não dá o amor, enquanto que o amor dá o pão; e quando o trigo não é cultivado no amor, quando o pão não é cozido nem distribuído no amor, os homens acabam por não tê-lo, como se vê no mundo de hoje; porque o que falta ao mundo não é o pão -- há mais do que os homens podem comer; o que falta é o amor. Dou pão ao pobre que amo; mas o pobre que não é amado não o recebe de ninguém. ( ... ) Os homens andam sempre em luta para satisfazer as suas cobiças, e quando estas estão satisfeitas continuam a sentir-se infelizes; tornam-se maus a serviço das cobiças: guerreiam-se e destroem-se uns aos outros, reduzindo-se mutuamente à escravidão; e quando o escravo , que se queixa dos maus tratos, consegue sacudir o jugo e se torna por sua vez senhor, é tão duro como o outro. Satisfazer as cobiças não resolve nada, se não houver ao mesmo tempo alguma coisa nos corações. Talvez se encontrem homens satisfeitos de viver como porcos bem nutridos, mas isso não dura; porque os homens, quando vivem como os porcos, tornam-se maus, guerreiam-se, porque se tornam imperialistas, o que não sucede com os porcos e por muitos motivos. Aliás, não importam os motivos, basta-nos o fato: a felicidade do porco não é como a do homem, porque o homem tem uma alma. O homem tem necessidade de pureza." Valores cristãos (Jacques Leclercq).

Sueli Caramello Uliano scaramellu@terra.com.br

São Paulo

________

DESUMANIDADE

A situação atual da Somália, agride o mais básico dos sentimentos humanos:amor ao próximo(caridade). As barbaridades perpetradas pelos islâmicos da Al-Qaeda, contra os retirantes somalis,da seca e da fome,respingam em nossas consciências de seres humanos.As crianças,como sempre, são as mais prejudicadas. Essa violência praticada pela Al-Qaeda,roubando ou destruindo víveres doados por ONGs e ONU, deveria ser combatida tal qual a Otan, mais os EUA,praticam na Líbia:bala neles, é a única solução, esses terroristas islâmicos, não conhecem outra linguagem. Mas a Somália não tem petróleo e nem valor estratégico para a OTAN, essa é a questão da não interferência armada.Bilhões de dólares enterrados no Afeganistão,bilhões de euros para salvar economias falidas,bilhões de reais para satisfazer egos tupiniquins,com praças esportivas"elefantadas". Esta é a realidade da nossa desumanidade,os valores que serão cobrados de nós, com certeza não teremos condições de honrá-los.

Aloisio Arruda De Lucca aloisiodelucca@yahoo.com.br

Limeira

________

FOTO

Maravilhosa e ao mesmo tempo trágica a foto da mãe e do filho somalis (Estado, 3/8, capa). À primeira vista pensei que fosse Nossa Senhora e o Menino Jesus. Que Deus ajude essa pobre gente, já que o grupo Al-Shabab não deixa que os alimentos enviados pela ONU cheguem até os famintos. E o resto do mundo fica tão calado! Pensei que só nós, brasileiros, ficássemos calados diante do que se passa em nosso país. Mas a covardia faz parte do ser humano. Infelizmente.

Rosemay Maluf Zarif may28@uol.com.br

São Paulo

________

A NAU DOS INSENSATOS

Dando mostras que vivemos hoje na Era da Ganância, do Materialismo e da Degradação da Natureza e da Vida, o mundo inteiro pode ver a tragédia ao vivo e a cores, que se abate sobre a África, mais precisamente na Somália, onde 25.000 crianças de 0 a 5 anos já perderam a vida nos últimos 3 meses , por desnutrição e falta de acesso a água potável, líquido esse que nos garante a vida. O que vemos sim é uma grande omissão principalmente dos países supostamente ricos que agora também se chafurdam na lama pelas suas crises fiscais e o nosso Brasil na lama da corrupção que semanalmente troca de ministério, e nada acontece para os que roubam e desviam o dinheiro do povo, nossa presidenta enclausurada no Palácio não governa e sim trabalha com uma planilha de demissão dos partidos amigos do governo e da herança maldita do presidente anterior e seus comparsas que ficaram no poder. Mas voltando a África, de lá os países ricos tiram o bônus do petróleo, metais preciosos como ouro, prata e diamante, deixando o ônus da tragédia humanitária que contam também com os maus governantes que navegam pela Nau dos Insensatos, dai as crianças pagam com a própria vida. Lamentavelmente o mundo vive sua grande crise dos valores, geopolítica dos alimentos, ganância, produzimos alimentos, daqui enviamos as commodities para alimentarmos frangos, suínos e bovinos para a China e países ricos e ficamos com o passivo ambiental, no mercado interno produzimos álcool para alimentar veículos e derrubamos nossas florestas, só a Amazônia foi 35% a devastação, segundo os dados do satélite, na terra o número é maior. A África foi dilapidada pelos gananciosos, e por aqui se anuncia uma enorme tragédia ambiental e uma breve desertificação, onde o liquido mais precioso para a vida não mais chegara aos rios. Não são profecias de Nostradamus que está quieto, são, sim, ações do próprio homem em detrimento da Natureza e da Vida. Pela Lei da Causa e Efeito, o pior esta por vir... Assim navega a Nau dos Insensatos pelos quatro cantos do mundo. Com tristeza pelas nossas crianças e pela biodiversidade.

Jose Pedro Naisser jpnaisser@hotmail.com

Curitiba

________

DITADURA PAULISTANA

A Justiça paulista adia julgamento da Nova Luz graças ao Sr. Desembargador Roberto Mac Cracken que solicitou vistas do processo que pretende desapropriar o bairro Santa Ifigênia para a especulação imobiliária incorporar prédios e revender. "Por coincidência" o Presidente da Câmara Municipal, Vereador José Police Neto veio no intervalo desse julgamento conversar com os Desembargadores! Portanto, temos aqui mais uma prova de que aos paulistanos só resta o poder Judiciário para defendê-los da Ditadura instaurada pelos poderes executivo e legislativo que somente atuam em beneficio dos elevados ganhos da desbragada especulação imobiliária que domina a cidade. A Ditadura paulistana requer, como todas as Ditaduras, o impeachment de Kassab e a cassação de Police Neto; esses são atos imprescindíveis para restaurar a Democracia na cidade e restabelecer tanto a cidadania dos paulistanos quanto o seu direito de receber pela Prefeitura serviços públicos municipais adequados e pela Câmara legislação que respeite aos seus direitos humanos.

Suely Mandelbaum suely.m@terra.com.br

São Paulo

________

CRACOLÂNDIA

É muito positiva a proposta da Prefeitura de São Paulo de recolher os usuários de droga da cracolândia e através dos órgãos municipais competentes, realizar um programa de reabilitação. O importante é por em prática de imediato e combater com as armas disponíveis, deixando de lado as soluções ideais e mirabolantes, pois a "Cracolândia" está se tornando um ponto turístico para os visitantes.

José Millei elymillei@hotmail.com

São Paulo

________

VÍCIOS E SEUS EFEITOS

Muitas pessoas se manifestaram em cartas aos jornais e revistas com o argumento que se não houver drogados não haverá traficantes, e todas as consequências nefastas disto. Da mesma forma se pode dizer que se não houver vendas de carros a poluição do ar será melhor, haverá menos atropelamentos e todos os benefícios que isto traria a população além de não alimentar uma indústria de combustíveis que já gerou muitas guerras, mas isto nem pensar, muito menos sair dos carros e exigir transporte público, parece ser preferível ficar de 2 a 4 por dia dentro de um carro a cobrar as autoridades.

Francisco da Costa Oliveira fco.paco@uol.com.br

São Paulo

________

LATROCÍNIOS

Seis assaltos seguidos de morte em menos de 24 horas na grande São Paulo. É este o desarmamento dos poderosos com seus carros blindados e seguranças pagos por nós? Demita-se ''ministro do desarmamento'' Eduardo Cardoso, pois os únicos que lamentar-se-ão serão os bandidos que seguem armados até os dentes! Já os cidadãos de bem, os honestos, aqueles que ainda possuem um revolvinho calibre .38 para a defesa do lar e a quem você é obcecado em continuar desarmando vão é aplaudir! PS: enquanto isto, por mero capricho administrativo ao arrepio da lei e servilismo ao governo do PT, a Polícia Federal transformada em guarda do regime petista, nega o porte de armas a todos que preenchem os requisitos e pior, não concede as licenças para a compra!

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

________

AUMENTO DE DELITOS

O governador de São Paulo Sr. Geraldo Alckmin, diz que o número de homicídios e assaltos a mãos armada no Estado está diminuindo. Hoje ouvi uma reportagem na Radio Jovem Pan,que só nesse trimestre o aumento desse tipo de delito aumentou 20% ! Das duas uma, ou eu não ouvi bem o noticiário da emissora de radio ou a as informações do governador é só trolóló..!

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

________

VIOLÊNCIA NOS SHOPPINGS

A nova e assustadora onda de violência que agora atinge os shoppings cariocas, templos das classe média e elite da sociedade, é emblemática. Prova que as causas profundas socioeconômicas que levam a criminalidade nesse nível de atuação, ainda não estão sendo combatidas. Exclusão econômica, educação,saúde e moradia de péssimas qualidades as camadas mais baixas da sociedade, são entre outras causas, os combustíveis que ajudam a fomentar tal patologia comportamental de tais marginais.Urge que demos um basta a essas vulnerabilidades ou, continuaremos a ver crescer os índices de violência urbana entre nós.

José de Anchieta Nobre de Almeida josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

________

BEBIDA ALCOÓLICA

O governador Geraldo Alckmin acerta e dá um passo importante ao elaborar a lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas a menores. Sem duvida nenhuma que esta iniciativa deve ser seguida por outros Estados da Nação, uma vez que, todos possuem conhecimentos os mais vastos dos enormes problemas que o álcool causa no aspecto social, na saúde e na economia, com incremento da violência e da agressividade, dos acidentes com ou sem mortes e da criminalidade. Em muitas circunstâncias o álcool caminha de mãos dadas aos entorpecentes. Não custa lembrar que o primeiro passo para que pessoas venham consumir drogas, desde a maconha às drogas mais pesadas, tem início com a bebida alcoólica já na infância.

David Neto drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

________

IMPOSTO SOBRE A SAÚDE

O governo federal não cumpre o seu dever constitucional de prover serviços de saúde descentes para os cidadãos brasileiros e, de maneira arrogante, pomposa e demagógica, transfere esse dever para os planos de saúde. São mais 60 procedimentos que estão sendo impostos a esses planos. Os planos de saúde evidentemente vão transferir o custo da realização desses procedimentos para seus associados, não cabendo a estes sequer o direito de decidir se aceitam a inclusão dos novos procedimentos ou se permanecem com o plano original, cujo valor já não é baixo. Já não bastam os elevados valores dos impostos que pagamos e dos quais não temos nenhum retorno. O governo federal disfarçadamente impõe mais um: o Imposto Sobre a Saúde.

Flavio Bassi flavio-bassi@uol.com.br

São Paulo

________

DIA DO ORGULHO HETERO

Todos merecem respeito, cada um com seus problemas, com seus desejos, mas a criação do dia do orgulho hetero, serve para preservar, incentivar, e também, para que, daqui a alguns anos, as maternidades não fechem por falta de cliente e que o mundo não acabe por falte de gente.

Arcangelo Sforcin Filho arcangelosforcin@gmail.com

São Paulo

________

PRECONCEITO, BASTA!

Tenho 60 anos de idade e nunca me atraiu ou manifestei interesse em manter uma relação homossexual. Devo me orgulhar disso? Torna-me um ser humano melhor?

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

________

NOVOS MODELOS DE FAMÍLIA

A mania de alguns em "bater na tecla" do "casal é macho e fêmea" vale para os animais. Discutir, hoje, família é mais que somente procriar. A educação moral provêm da família, hoje formada por avós, tios, irmãos, pais adotivos, "tias do orfanato", enfim, criou-se, devido a imoralidade de pais, que somente procriam e não criam seus filhos, jogam pelos rios, das janelas, enfim, abandonam crianças! Surgem novos modelos de família, e a mesquinhez de certos senhores, tratam algumas questões como safadeza, sem-vergonhice, etc. Suzane Von Richthofen foi criada por pais heterossexuais e o resultado? A menina Isabella Nardoni foi defenestrada do 6º andar de um prédio por quem mesmo? Tratamos homossexuais como pedófilos, dos homossexuais que você conhece, quantos são pedófilos? Ao falarmos em adoção de crianças por pais homossexuais, já pensamos logo no "bullying" que sofrerá a criança, portanto, questiono: o problema não está então nos agressores? Antes de emitirmos opiniões incoerente e servidos da modinha, pensemos nas características atuais da nossa sociedade, e que modelo estando criando , enquanto ficamos aqui, discutindo "macho e fêmea", crianças estão perguntando quem foram "os machos e as fêmeas" que os criaram e os jogaram no lixo de algum lugar!

Wesley Machado Fucciolo @wesleynarede

São Paulo

________

HUMILDADE

Com referência a matéria divulgada pelo Estadão de 3/8, "Câmara cria Dia do Orgulho Hétero em dezembro" acho completamente aplicável e bem-vinda a frase do advogado Pedro Serrano: "O forte não precisa de orgulho(...), precisa de humildade". Ainda não acredito na falta de capacidade de julgamento do povo brasileiro, em especial os paulistas, e de ajuda aos grupos minoritários. Não faço apologia ao homossexualismo, e acho que, assim como eu, as pessoas não têm informações suficientes sobre o assunto, e por isso mesmo luto contra a injustiça da discriminação e penso que muitos devem ser assim. Creio que a não-aceitação aos homossexuais tem embasamento cultural e preconceituoso, em sua maioria masculino, que sempre foi um grupo historicamente privilegiado. (Basta ver a foto da matéria: de um total de aproximadamente 20 pessoas, apenas 2 são mulheres).

Marilia Cavalheri m_cavalheri@hotmail.com

São Paulo

________

O TRABALHO DOS VEREADORES

Depois dizem que os vereadores paulistanos não trabalham! Imitando o dia do orgulho gay, após polêmica que teve em 2005, a Câmara Municipal aprovou em segunda e definitiva discussão o projeto do vereador evangélico, Carlos Apolinário, que cria o dia do "heterossexual" em São Paulo no 3º domingo de dezembro. Com a tramitação, discussão e aprovação deste relevante projeto para os interesses do município, pode-se ver e entender como nossos edis são dedicados as causas públicas municipais.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

________

REAÇÃO

Pela reação de alguns líderes da LGBT contra a criação do Dia do Orgulho Hétero, das duas uma:ou eles possuem alguma síndrome que os fazem achar que hétero tem mais é que sentir vergonha e não orgulho de sua condição sexual; ou eles sabem com sobras que a normalidade não merece comemoração.O primeiro caso é sinal de pouca afeição pela convivência democrática.O segundo, de uma recusa ideológica ao óbvio ululante por interesses escusos. Espero que haja uma terceira hipótese, pois essas duas são lamentáveis.

Hermínio Silva Júnior hsilvajr@terra.com.br

São Paulo

________

ORGULHO DE MORAR NUMA CIDADE JUSTA

Vereador Carlos Apolinário e correligionários, que bom saber que nossa cidade de São Paulo é modelo em saúde e educação, com médicos e professores municipais bem remunerados, transporte público satisfatório, políticas públicas de assistência a idosos, crianças, desabrigados, animais e inclusão social exemplares, ruas bem pavimentadas e 100% adaptadas a acesso de deficientes físicos, e também repleta de áreas verdes, de lazer e espaços culturais no centro e periferia. Só assim justificaria os senhores vereadores, nossos representantes, gastarem tempo e nosso dinheiro criando projetos estapafúrdios como o Dia do Orgulho Hétero! Longe de mim fazer apologia contra ou a favor a qualquer tipo de bandeira ou religião, só acho que o Senhor Apolinário e os outros trinta vereadores que votaram a favor desta bobagem sem limites deveriam se envergonhar de perder tempo com isso enquanto a cidade de SP carece do básico! Meu medo é que o próximo passo seja a criação do "Dia do Hi, Hitler!"

Thais Seppe thaseppe@gmail.com

São Paulo

________

DIFERENTES

Dia do orgulho hetero? (Hetero vem do grego=diferente) Sejamos diferentes! Nada de paradas! Nada de separações. Nada de guerra!

Com tantos assuntos mais importantes para serem votados, alguns se preocupam em dia do orgulho disso ou daquilo! Vão votar coisa mais importante! Somos seres humanos, devemos ter respeito por todos os seres vivos. Nada de guerras e separações por optar em ser isso ou aquilo. Separamos em dia do orgulho ou consciência de ''raças'', cor, credo, marcha para Deus, ou Jesus, isso tudo é criar mais e mais distância e separação entre seus vizinhos ou entre irmãos. Nossos alimentos, medicamentos, serviços essenciais e atendimentos sejam; em restaurantes, hotéis ou em hospitais é feito por seres humanos. Homens, mulheres, com opções sexuais diferentes com religiões diversas, tons de cútis com todas as cores e filosofias diversas, precisamos de todos. Passeando ou viajando, comendo em restaurantes ou sendo tratados em hospitais será que já pensaram em quem nos serve, ajuda ou nos tem mantido vivos? Heteros? Homo? De cores e ''raças'' diferentes, religiosos, ateus, mais macho ou menos macho? Mais dias ''disso'' ou ''daquilo'' servirá para separar as pessoas e as famílias. Respeitemos e peçamos apenas respeito.

Dia do Hetero pode se tornar mais um fracasso que um sucesso, gente séria não participa desses tipos de segregação seja contra os Héteros, seja contra os LGTB isso é posição homofóbica neonazista. Sou Hetero e minha vida e orientação é essa! Gosto de mulher, quem gostar diferente: não pode me ofender afinal a vida é daquela pessoa, que sigam os seus caminhos. A dita sociedade não pode deixar é que de ''espetáculo'' e festa das paradas, seja certo ou errado, seja um circo para alguns ou que as pessoas que simpatizam com esses eventos, deixem que se transforme em guerra. Esse tipo de divulgação é para que sejamos guiados igual ao gado! Pense por você e não se deixe levar por uma situação de forçar seus pensamentos contra ou a favor, pense e decida sozinho! Não julgues! Eu acredito que um dia, um ser criador tenha o nome que quiserem, vai nos dizer se é certo, errado ou por seu amor infinito ele perdoará a todos nós?!

Eduardo Zago jeduardozago@superig.com.br

Mauá

________

MAIS CENSURA

Como se não bastasse a censura que este jornal sofre há mais de dois anos, há um grupo de pessoas que delatou a campanha da Nissan - "Poneis Malditos"- ao Conar sob a alegação de que ela faz associação de figuras infantis com a palavra "maldito". Um dos mais criativos e inteligentes filmes publicitários da atualidade agora é patrulhado pelos "politicamente corretos". Esta maldição, isto sim, está criando no nosso país um tipo de patrulha inaceitável semelhante aos fanáticos religiosos. Há pouco tempo já tentaram patrulhar as propagandas de biscoitos. Órgãos respeitáveis como o Conar não deveriam se submeter a este tipo de gente que no fundo quer censurar tudo.

Maria Tereza Murray terezamurray@hotmail.com

São Paulo

________

MEGAFONE COMPARADO

O censor alardeia uma justiça seletiva. O arauto proclama a veracidade factual.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

________

CONTROLE DA MÍDIA

Nunca na história desse país, um ex-presidente da República teve uma exposição tão espetacular na mídia como o Lula. Todos o dias tem a foto estampada em nossos principais jornais, acompanhada de surradas frases de efeito e outras baboseiras mais. Cada vez que abre a boca, é um flash. Um dos itens do decálogo do comunista Lênin, para a tomada do poder, diz o seguinte: "infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa". Isso já está ocorrendo em grande parte de nossa imprensa, restando poucas vozes que ainda exercitam um jornalismo corajoso e investigativo. Claro que a mídia independente depende de informações sigilosos e fidedignas para denunciar falcatruas, já que não dispõe dos inócuos serviços secretos do governo, que são passadas por pessoas que não acreditam mais em providencias das autoridades competentes, por saberem que estas também chafurdam na corrupção. Até às outrora democráticas tribunas dos jornais, dedicadas aos leitores, sofrem patrulhamento ideológico, ficando impossibilitadas de postarem opiniões diferentes dos esquerdopatas de plantão.

Sergio Villaça svillaca@terra.com.br

Recife

________

BOLSA EM QUEDA

O que será que o mercado financeiro sabe que nós brasileiros desconhecemos? Porque é impressionante a queda que a Bolsa de Valores está sofrendo neste ano. Já passa de 20% em apenas 7 meses. Somos os campeões empatando até com a Grécia que está quebrada. Concordam que deve ter alguma bomba escondida nos porões palacianos que os investidores sabem e nós não? Precisamos investigar pelo menos para nos defender, porque o governo Dillma está mais perdido que cego em tiroteio!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

________

PERDAS HORROROSAS

Deve estar sendo duro para os investidores da Bovespa, que só este ano perderam um quarto do valor investido, em média, porque muitos perderam 50% ou mais.

Antonio do Vale Adevale@uol.com.br

São Paulo

________

PERDENDO AS CALÇAS

O tombo saiu maior do que a encomenda. Estou perdendo as calças, mas faz parte do jogo. Espero que os Estados Unidos se recuperem e eu também. Parece piada, mas é verdade todos dizem o Brasil está em 7.lugar na economia mundial e a nossa bolsa se afundando? Então caldo de cana e canja de galinha não fazem mal a ninguém isso é para o papagaio manteiga que só escorrega ficar ligado e esperto?

Alvaro Jose neweurope@ig.com.br

São Paulo

________

COMPARAÇÕES NA CRISE

A diferença entre os Estados Unidos e o Brasil para resolverem um impasse ou situação qualquer é da água para o vinho. Pois caso estivesse acontecendo aqui a situação atual deles, com certeza teríamos muitos políticos inescrupulosos e corruptos querendo ver o país afundando cada vez mais. Com a finalidade de levarem vantagens e se aproveitarem da situação. Pois nossos políticos estão no governo única e exclusivamente por interesses e benefícios próprios e não em prol do Brasil e da sua população.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

________

NOVOS TEMORES

Cada vez naus estamos próximos do ''3º crash financeiro'' como os do final do sec. XIX e 1929, cujas soluções foram as duas Grandes Guerras, e é claro que será também a solução deste. A humanidade avança na escada da evolução como lei, a medida que periodicamente regride um ou mais degraus, que são as grandes crises acompanhadas das grandes guerras. O mal de tudo é que parece que ficamos burros à medida que avançamos, o bom de tudo é que depois de nos descobrimos como burros, começamos nova fase de evolução mais acelerada. A burrice é simples, em cada época escolhermos nossos "deuses" onde amarrar nossos burros. No século XIX foi a Revolução Industrial, em 1929 foi a Revolução da Produção em massa, a atual é a Revolução da Informação, e o "deus supremo" é sempre o "dinheiro". Em todas, continuamos a velha administração de caciques e pajés, onde os novos pajés são os ''artistas'' do dinheiro, que encurralaram os religiosos nos seus respectivos mosteiros, mas loucos para voltar à ativa da pajelança de "imperadores divinos", que fazem e desfazem porque são "filhos de deuses"!

Em todas as crises a causa foi excesso de dinheiro nas mãos de elites e governantes imorais e antiéticos, onde o capitalismo cuja origem foi atender as necessidades da sociedade, passou a atender os "interesses das elites", na velha utopia medieval de fazer dinheiro por "mágicas", onde o sistema de informação possibilitou o dinheiro "virtual" que corre mundo à velocidade da luz, fazendo milionários cujo único trabalho é contratar CEOs milagreiros de como tirar do pobre para transferir para o rico, e quando morrerem, largam tudo para os "herdeiros" se perderem no ócio e orgias. Avançamos na ciência e tecnologia, e continuamos patinando na moral e ética, que ainda estão mais próximas dos tempos dos Faraós, do que a sociedade ideal de uma colmeia de abelhas. Quem faz qualquer sociedade humana, são suas elites, que ainda são ancestrais paquidérmicos de imoralidades de "deuses humanos" mais próximos de lixos do que homens propriamente ditos.

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

________

PLANO PARA A INDÚSTRIA

Não basta ter nome pomposo para ser considerado um bom plano, basta nos lembrarmos do Brasil Novo (Plano Collor) ou Plano Cruzado, nem slogan marcante como "Brasil, ame-o ou deixe-o" ou uma boa marca como a vassourinha de Jânio. O que precisamos é de uma política que realmente estimule a competitividade em todos os setores do país e não apenas um punhado de indústrias o que precisamos mesmo é de reformas econômicas como tributária, trabalhista e previdenciária. Parabéns a Celso Ming por seu artigo de hoje "Plano fraco" este é o que deveria ser o nome desta nova Política Industrial do governo Dilma.

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

________

CORREIOS

Para tornar eficiente os Correios, é necessário que os deputados e senadores criem com extrema urgência uma lei que exija que os Correios devolvam em valores triplicados as correspondências não entregues, e em valores dobrados as correspondências não entregues em tempo hábil nos casos de contas a pagar, e ainda arque com os juros cobrados aos cidadãos. O que vem acontecendo é que depois que o dinheiro entra no caixa, não existe empenho em entregar as correspondências; uma reles borboleta pousada em sua caixa postal pode ser motivo para você não receber suas cartas. A continuar assim, é melhor que os Correios sejam apenas revendedores de jogos e apostas.

Nélio Alves Gomes raytomonelio@hotmail.com

Curitiba

________

CÓDIGO FLORESTAL E PRODUTIVIDADE

A reunião dos ex-ministros, os estudiosos e os cientistas e ambientalistas serão os mais beneficiados se conseguirem convencer que o papel do Estado não é queimar o dinheiro do contribuinte somente nas demandas de saneamento básico, além da saúde e da educação, a preservação ambiental tornou-se demanda de prioridade igual ou maior, logo, os recursos ainda que escassos devem sinalizar para investir nesta reversão. O Estado não pode impor somente pela lei, sem compensação alguma, penalizando todos os produtores. A Política Agrícola que contém este código florestal deveria indenizar os lucros cessantes, ou pelo menos minimizar, afinal haverá redução da área plantada, e, neste local reflorestamento. Poderá ocorrer redução nas exportações. Como produzir mais em menor espaço sem incentivo, por exemplo, anistia de dívidas de empréstimos, em face de quebra de safra. Há dezenas de medidas que poderiam estimular o grande produtor, médio e pequeno, a crescer na produtividade e no reflorestamento. Impondo multas, penalidades não é o caminho do consenso e sim da divergência. Política Agrícola Preservacionista custa caro sim, e não é dinheiro público jogado fora. Achar que pode conter e reverter toda esta situação caótica punindo e não pondo um centavo do dinheiro público é uma falácia. Dinheiro Público só vai para a construção de Usinas hidrelétricas, Usina Termo Nuclear, Petrobrás com o Pré-sal, todos são estratégicos, a Política Agrícola não é estratégica? Talvez mais que todas, porque se o Brasil conseguir fazer reverter o aumento da temperatura anual, os extremos de seca e chuva, ele, Brasil, estará não só dando um grande passo como nação responsável, como também estará sendo referência para muitas outras nações serem precionadas a fazerem o mesmo, mas somente não fazem porque não acreditam ser possível.

Fábio André Balthazar fabioandrebaltazar@hotmail.com

São Paulo

________

MANIFESTO DE UMA MÉDICA AO ESTADO DO RIO

Sabe, governador, somos contemporâneos, quase da mesma idade, mas vivemos em mundos bem diferentes. Sou classe média, bem média, médica, pediatra,deprimida e indignada com as canalhices que estão acontecendo. Não conheço bem a sua história pessoal e certamente o senhor não sabe nada da minha também. Fiz um vestibular bastante disputado e com grande empenho tive a oportunidade de frequentar a Universidade do Estado do Rio de Janeiro, hoje esquartejada pela omissão e politiquices do poder público estadual. Fiz treinamento no Hospital Pedro Ernesto, hoje vivendo de esmolas emergenciais em troca de leitos da dengue. Parece-me que o senhor desconhece esta realidade. O seu terceiro grau não foi tão suado assim, em universidade sem muito prestígio, curso na época pouco disputado, turma de meninos Zona Sul... Aprendi medicina em hospital de pobre, trabalhei muito sem remuneração em troca de aprendizado. Ao final do curso nova seleção, agora para residência. Mais trabalho com pouco dinheiro e pacientes pobres, o povo. Sempre fui doutrinada a fazer o máximo com o mínimo.

Muitas noites sem dormir, e lhe garanto que não foram em salinhas refrigeradas costurando coligações e acordos para o povo que o senhor nem conhece o cheiro ou choro em momento de dor... No início da década de noventa fui aprovada num concurso para ser médica da Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. A melhor decisão da minha vida, da qual hoje mais do que nunca não me arrependo, foi abandonar este cargo. Não se pode querer ser Dom Quixote, herói ou justiceiro. Dói assistir a morte por falta de recursos. Dói, como mãe de quatro filhos, ver outros filhos de outras mães não serem salvos por falta de condições de trabalho. Fingir que trabalha, fingir que é médico, estar cara-a-cara com o paciente como representante de um sistema de saúde ridículo, ter a possibilidade de se contaminar e se acostumar com uma pseudo-medicina é doloroso, aviltante e uma enorme frustração. Aprendi em muitas daquelas noites insones tudo o que sei fazer e gosto muito do que eu faço. Sou médica porque gosto. Sou pediatra por opção e com convicção. Não me arrependo. Prometi a mim mesma fazer o melhor de mim.

É um deboche numa cidade como o Rio de Janeiro, num estado como o nosso assistir políticos como o senhor discursarem com a cara mais lavada que este é o momento de deixar de lenga-lenga para salvar vidas. Que vidas, senhor governador? Nas UPAS? Tudo de fachada para engabelar o povão! Por amor ao povo o senhor trabalharia pelo que o senhor paga ao médico? Os médicos não criaram os mosquitos. Os hospitais não estão com problema somente agora. Não faltam especialistas. O que falta é quem queira se sujeitar a triste realidade do médico da SES para tentar resolver emergencialmente a omissão de anos. A mídia planta terrorismo no coração das mães que desesperadas correm a qualquer sintoma inespecífico para as urgências... Não há pediatra neste momento que não esteja sobrecarregado. Mesmo na medicina privada há uma grande dificuldade em administrar uma demanda absurda de atendimentos em clínicas, consultórios ou telefones. Todos em pânico. E aí vem o senhor com a história do lenga-lenga. Acorde, governador! Hoje o senhor é poder executivo. Esqueça um pouco das fotos com o presidente e com a mãe do PAC, esqueça a escolha do prefeito, esqueça a carinha de bom moço consternado na televisão. Faça a mudança. Execute.

"Lenga-lenga" é não mudar os hospitais e os salários. Quem sabe o senhor poderia trabalhar como voluntário também. Chame a sua família. Venha sentir o stress de uma mãe, não daquelas de pracinha com babá, que o senhor bem conhece, mas daquelas que nem podem faltar ao trabalho para cuidar de um filho doente. Venha preparado porque as pessoas estão armadas, com pouca tolerância, em pânico. Quem sabe entra no seu nariz o cheiro do pobre, do povo e o senhor tenta virar o jogo. A responsabilidade é sua, governador. Afinal, quem é, ou são, os vagabundos, governador?

Ma. Isabel Lepsch drleonunes@gmail.com

Rio de Janeiro

________

A PRECOCE SAÍDA DA MINISTRA

A culta e sóbria Ministra Ellen Gracie poderia engrandecer a Suprema Corte até 16 de fevereiro de 2018, quando atingiria o marco do afastamento compulsório dos juízes brasileiros. Preferiu antecipar em quase uma década sua aposentadoria. Há motivos. É que uma parte do Colegiado, inflado pela ideologia, assassina da razão, por mais de uma vez arrostou a ciência jurídica. O próximo embate envolverá as cotas raciais. Como bem observou Demétrio Magnoli (O Estado, 4/8), seu resultado previsível será remeter às calendas gregas o princípio da igualdade; interpretado de modo "politicamente correto".

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

________

REPÚBLICA INCOERENTE

Com a aposentadoria de Ellen Gracie, isso então significa que passarão a ser 10 os indicados pelo Poder Executivo, dos 11 ministros que compõem a totalidade do Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte do Poder Judiciário do Brasil? Numa democracia, em que os 3 Poderes deveriam ser independentes, não temos algo muito incoerente aí?

Ana Prudente ana_prudente@uol.com.br

São Paulo

________

OS TORCEDORES BRASILEIROS PELA COPA

Desde já prevalecem dois tipos de torcedores brasileiros em relação à Copa. Os que acham um "ótimo negócio"; e os que não querem ver as contas públicas espoliadas, pedagiadas pela corrupção e no favorecimento de um seleto grupo de "amigos da república". No primeiro grupo assenta-se a ignorância do mínimo saber o que representará a magnitude desses gastos e sem óbvia contrapartida socioeconômica. Sem qualquer preparo ou dispensando-se de analogia que facilmente obteriam na leitura de um bom jornal, não atinam para que dois fabricantes chineses de automóveis (além de tratores e caminhões) irão instalar duas unidades produtivas aqui no Brasil, e que juntos investirão R$ 1,6 bilhão; gerarão 7.200 empregos perenes e diretos em dois turnos de produção. Tal qual os estádios da Copa, a primeira planta industrial será inaugurada em 2013 e a segunda em 2014. Nem é preciso aludir qual a importância e diferença do caráter socioeconômico se os gestores públicos de São Paulo se valessem de pelo menos 1/3 das doações, a título de incentivos fiscais concedidas ao Itaquerão fossem utilizadas para atraí-las ao estado e quiçá a Itaquera. Em nome da Copa, que é da Fifa, o dispêndio da erário público nacional brindando até entidades privadas está apenas previsto em valor maior do que as três últimas Copas juntas e onde foram construídos 27 estádios e reformados outros 15. É a aritmética do Ministro Haddad fazendo efeito; onde sujeitos idiotizados aceitam que o "menos do Brasil vale mais" daquele ocorrido nos três últimos eventos juntos. Comprova-se mais uma vez:- seremos os maiores do mundo em gastos e desperdícios e antes mesmo do pontapé inicial, visto que em sentido pejorativo, a "bola já está rolando". Nas manifestações que tenho lido em favor da Copa há uma subdivisão de atitudes, uns formados em "tudologia" e filósofos da boçalidade, creem que possa existir contrapartida socioeconômica a tamanho volume de recursos públicos empregados. Outros, exemplificarei na posição de um senhor que agradeceu publicamente "as generosas contribuições espontâneas de torcedores de outros times", ao seu (corinthians). Talvez seu espírito piadista faça jus e fama junto aos fregueses de botequins, e que ali se unem a cada jogo, fantasiados com as camisas de seus times para encher a cara e a paciência da vizinhança. Padecendo de postura ética e concebendo-se ser astuto, além de engraçado, escarneceu o espírito de cidadania e evidenciou que a lei de Gerson está no DNA dos medíocres em caráter, princípios e educação. Montesquieu, disse há mais de dois séculos: - "Raramente a corrupção começa pelo povo." Estava enganado, pois no Brasil ela começa pelo povo, estão ai os escândalos na gestão pública tão apenas pelos desígnios de milhões de eleitores-cúmplices; e agora, na mesma trilha caminham os fãs do futebol-idiota e que até publicamente se manifestam. Não é por outro motivo que aqui se elegem e reelegem palhaços e corruptos. Não é por outro motivo que sempre seremos o país do futuro, e que jamais chegará enquanto os brasileiros dormirem em berço esplêndido. De fato não há algo mais perverso para a prosperidade de uma nação do que a ignorância ativa estimulada pela cidadania esmorecida e indiferente que não busca exterminar o hipotético conhecimento dos apedeutas e o plagiário vulgar e charlatão da prostituição política nacional.

Oswaldo Colombo Filho colomboconsult@gmail.com

São Paulo

________

ITAQUERÃO

O custo exacerbado do estádio Itaquerão, é a prova mais concreta de quanto milhares de Reais os governos municipais,estaduais e federais estarão dispostos a desprender,seja em isenções,concessões ou em investimentos diretos, para cada sede da Copa de 2014.Por mais motivos vantajosos que possam existir ao país para a realização deste evento,nada compensará o tamanho esforço e desperdício.Digo isso porque todo o investimento que for feito e exigido,exigirá um alto preço aos cofres públicos.E como estamos no Brasil,tenho quase que convicção que ele virá envolto e emaranhado em subsídios,supervalorização e todo o tipo de negociatas ilegais e fraudulentas.A conta desta"brincadeira" toda, para uma nação com a economia frágil e vulnerável como a nossa, deverá deixar sequelas vitalícias a nossa economia e sociedade.

Filipe Luiz Ribeiro Sousa filipelrsousa@yahoo.com.br

São Carlos

________

ÚTIL E AGRADÁVEL

Os 420 milhões de reais de isenção de IPTU e ISS, concedidos pela Prefeitura de São Paulo ao Corinthians, para a construção de seu estádio em Itaquera, permitiriam o custeio da internação e do tratamento de 2.800 menores viciados em crack, que habitam as cracolândias da cidade, por pelo menos 5 anos. O Prefeito Kassab, que pretende se candidatar ao governo do estado nas próximas eleições, optou por agradar a imensa torcida do Timão, porque, coincidentemente, o estádio deverá ser entregue para o jogo inaugural da copa do mundo de 2014, justamente às vésperas da próxima eleição para governador.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

________

MOICANO NEYMAR

Os organizadores do sorteio das eliminatórias da Copa devem estar brincando como nossa inteligência. Não tem cabimento apresentar Neymar como o jogador que dita a moda, influenciando os garotos quanto ao corte de cabelo (Estadão de 31/7/2011, X6). O corte moicano, que foi introduzindo entre nós pelos punks nos anos 70, há pelo menos cinco anos é febre entre a garotada. Ou seja, bem antes de Neymar ficar conhecido. Ademais, parece que Neymar foi dos últimos a aderir a esse estilo. Pois quanto ele começou no time profissional do Santos, há cerca de dois anos, ele não usava o corte moicano. Pelas fotos dele mais antiga, consta-se o mesmo. Prá que ficar inventando? Já não basta o garoto ser o jogador brasileiro mais sucedido da atualidade?

Geraldo Magela da Silva Xavier gsilvaxavier@bol.com.br

Belo Horizonte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.