Cartas - 09/09/2010

REFORMA TRIBUTÁRIA

, O Estado de S.Paulo

09 Setembro 2010 | 00h00

Honestidade

O STF poderá em futuro próximo fazer por conta própria verdadeira reforma tributária e, por tabela, obrigar a União a devolver R$ 60 bilhões em impostos arrecadados de forma inconstitucional (8/9, A1). Ora, caso esse julgamento favoreça os contribuintes, a culpa é exclusiva do Poder Executivo, que já deixou confessada, inúmeras vezes, sua incompetência administrativa no que respeita ao devido equilíbrio entre receita e despesa, ao pretender, invariavelmente, sanar o déficit público criando tributos, muitas vezes ilegais, mediante troca de favores com os ilustres membros do Poder Legislativo - que, não obstante seus bem pagos assessores, não conhecem, ou ignoram tacitamente, os princípios constitucionais vigentes, aprovando todo e qualquer projeto de lei que venha a proporcionar, mesmo ilegalmente, aumento de receita que propicie cobrir os gastos públicos. Assim, arrecada-se o malsinado tributo por vários anos e, caso o STF venha a declarar a sua inconstitucionalidade anos mais tarde, já se arrecadou o suficiente - favorecido o governo pelo fato de que a repetição do indébito, no caso dos impostos indiretos, é irrecuperável, fazendo eventual devolução ou compensação ficar para o próximo governo, de preferência da oposição. O mais razoável e correto seria uma reforma constitucional tornando obrigatória a honestidade.

LUIZ H. FREIRE CESAR PESTANA

cpestanadv@aasp.org.br

São Paulo

____________________________________

CRIMES NA RECEITA

Lula na TV

Manchete do Estadão: Lula vai à TV defender Dilma após escândalo (8/9, A1). Como diria Boris Casoy, isso é uma vergonha. Sugiro ao presidente Lula que vá à TV, mas agora para fazer a defesa das garantias individuais dos brasileiros pagadores de impostos. E aos brasileiros que não têm náusea da leitura recomendo ler a coluna Macunaíma, de Dora Kramer (8/9, A6), e fazer uma reflexão.

JOSÉ DA SILVA

jsilvame@hotmail.com

Osasco

____________________________________

Muito estranho

Causou-me estranheza o presidente do Brasil aparecer na TV, em campanha, minimizando assunto tão sério como o da quebra de sigilo na Receita Federal. É estranho por alguns motivos: primeiro, é um assunto de interesse nacional e, portanto, não se trata de questão menor; segundo, estamos falando de um crime, e crime grave; terceiro, ele é presidente de todos os brasileiros e, por isso, deve explicação sobre problema grave na Receita a todos os brasileiros. Sei que outros países não permitem tal incivilidade, que é considerada grave e motivo de muitas quedas de autoridades de seus cargos. Quisera eu ser respeitada assim em meu país.

LUIZA ONHINTU

losonhintuluiza@gmail.com

São Paulo

____________________________________

Brasil x Dilma

Vi a declaração de Lula na TV defendendo Dilma no episódio da quebra de sigilo da filha de Serra e de alguns tucanos e tenho perguntas a fazer. Diante de um crime o presidente do Brasil não deveria defender o País, tomar medidas para que isso não aconteça novamente, lutar pela lei? Por que defender uma pessoa de um partido político que disputa cargo eletivo é mais importante que o Brasil? Dilma é mais importante que o País? Por que o ministro Mantega acha normal o vazamento de informações? Por que o Ministério Público não interpela Mantega sobre isso? Acho que se chama omissão! Alguém precisa explicar a Lula que o Brasil é mais importante que todos os companheiros, de bem ou não.

MÁRIO BRESCANCINI BELLO

mariobbello@uol.com.br

São Paulo

____________________________________

Defender o indefensável

A ida do presidente Lula à TV para defender a candidata do seu partido é uma vergonha nacional. Pois, se ela se diz preparada para exercer o mais alto cargo do País, por que, então, o presidente da República tem de ir a público defendê-la de um escândalo? Afinal, o presidente está aí para governar o Brasil ou para defender o indefensável, isto é, mais um escândalo patrocinado por seus companheiros de partido? Até quando veremos Lula se comportar como bobo da corte, em vez de mandatário-mor desta Nação?

WALTER FRANCISCO BARROS

walterfbarros@yahoo.com.br

Araçatuba

____________________________________

Nunca sabe de nada

Surpreendeu o fato de Lula sair em defesa de Dilma no caso da quebra de sigilo. Afinal, Lula nunca sabe de nada... Não sabia dos dólares na cueca, da quebra de sigilo bancário de Francenildo por Palocci, do caixa 2 no PT, do mensalão e da corrupção de Zé Dirceu. E acredito que ele não saiba nem quem é Dilma. Como podemos acreditar que ela será uma boa governante, se ele não sabe de nada? Infelizmente, o povo está sendo enganado por um homem que atua como lobo, mas se apresenta em pele de cordeiro. Ele até pode ter o mérito de ter mantido a política econômica de FHC. E, por não interferir na economia e apenas fazer turismo pelo mundo, deixou o País crescer. Mas essa história de nunca saber de nada não dá mais para engolir!

LUIZ CLAUDIO ZABATIERO

zabasim@ig.com.br

São Paulo

____________________________________

Pregando o preconceito

Para Lula, no Brasil há só dois times disputando a eleição, a turma a favor e a do contra, "aquela que torce o nariz contra tudo o que o povo brasileiro conquistou nos últimos anos". Não fossem o Plano Real e a estabilidade da moeda, nada seria possível neste país. E não sejamos hipócritas: como a economia vai bem, pois Lula pegou o País arrumado, o povo quer mais é gastar, ninguém está preocupado com o dia de amanhã. O presidente incita seus ouvintes a acreditar que a queixa da oposição contra a quebra de sigilo é uma baixaria, uma forma de preconceito contra a mulher e contra ele e que a grave invasão dos dados sigilosos da oposição não passa de uma mentira do candidato que está perdendo nas pesquisas. Urge ser desmentido em rede nacional.

IZABEL AVALLONE

izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

____________________________________

Irrelevância

O foco da quebra de sigilo da filha de Serra está sendo diluído com a apuração se o autor pertence ou pertencia ao PT. O importante é quem se beneficia com o crime! Se não foi um petista, foi alguém bem pago, pois esse trabalho não foi feito gratuitamente.

DIONYSIO VECCHIATTI

dio.vecchiatti@terra.com.br

Valinhos

____________________________________

"Presidente, o senhor já achou "o tal do sigilo" ou ele continua desaparecido?"

EDUARDO AUGUSTO DE CAMPOS PIRES / SÃO PAULO, SOBRE O CRIME DE VIOLAÇÃO DE DADOS FISCAIS PELA RECEITA FEDERAL

eacpires@terra.com.br

"A quebra de sigilo será uma arma para calar o povo brasileiro?"

LUIGI VERCESI / BOTUCATU, IDEM

luver44@terra.com.br

"O meu sigilo fiscal não foi vasculhado. Também, pudera, uma mísera aposentadoria..."

JOSÉ PIACSEK NETO / AVANHANDAVA, IDEM

bubapiacsek@yahoo.com.br

____________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 4.903

TEMA DO DIA

Pastor nos EUA insiste em queimar o Alcorão

Ato marcado para 11 de Setembro foi criticado pela Casa Branca que teme represália no Oriente Médio

"Ele precisa ler seu livro sagrado e não falar besteira. Religiões deveriam ser dignas de respeito e culturas, respeitadas."

ISMAEL GAL

"O pastor é doido, mas tem certa razão. Os muçulmanos proíbem igrejas em países islâmicos e divulgam a fé no Ocidente."

ANA OLIVEIRA

"Os homens são responsáveis pela sua sobrevivência. Devemos parar de olhar pro céu e trabalhar unidos pela felicidade."

ROGÉRIO FERREIRA

____________________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

CHEGA DE SOFISMAS

O Ministério Público Eleitoral (MPE) diz que talvez não ofereça denúncia sobre a violação do sigilo Fiscal da família de José Serra porque "não há provas de que o fato tenha prejudicado a candidatura do tucano". Ora, ora! E precisava? Os dados de Eduardo Jorge Caldas Pereira foram oferecidos a um repórter da Folha de S.Paulo para quê? Havia a intenção de prejudicar Serra - na época, franco favorito - e é o que basta. Se nada aconteceu, foi porque o oferecimento dos dados captados ilegalmente foram trazidos à luz e este, sim, virou notícia. O que o MPE diz, na prática, é que, se alguém atirar contra uma pessoa e errar, não cometeu nenhum crime. Se alguém jogar uma bomba em algum lugar e esta não explodir, também não. Afinal, nos dois casos, ninguém saiu ferido. Estamos na era do "estupra, mas não mata"? Chega de sofismas tolos!

 

 

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

 

 

 

____________________________

 

 

SHOW DE HORROR

Nosso momento político é péssimo há alguns anos. A "eleição" só vem corroborar este sentimento. Sigilos quebrados em Mauá, Formiga e sabe lá mais aonde. Desculpas aos montes, "eu nem sabia que o Serra tem filha", "eu estava procurando outro Eduardo Jorge". Uma hora são aloprados. Agora são bandidos, aliás, cujo chefe foi brilhantemente apontado em editorial histórico do Estadão. O que mais podemos esperar? Aos amigos tudo, aos inimigos a "lei". Que show de horror!!! O Brasil vai continuar vivendo sua "democracia" de violações e censura ou voltará a ser realmente um país democráticico após as eleições? Até o "cara" deu as caras pra defender a mãe, madrasta, tia, avó ou sabe-se lá o que do tal do PAC. Como anda este "programa"? Ah, o TCU só "atrapalha". Pobre país, (des)governado por uma enxurrada de "cumpanheros" que não entendem e nem nunca entenderão o que é dignidade, ética, liberdade de expressão, entre outros alicerces democráticos. Queremos isso? Estamos à deriva... no mar de lama dos petralhas!

Renato Camargo natuscamargo@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

____________________________

 

 

CADÊ O TSE?

O que mais surpreende nesta eleição é a total e perigosa omissão das instituições às quais caberia fazer cumprir a lei eleitoral, ante o completo desrespeito demonstrado pelo PT, que age com a maior desenvoltura e certo da impunidade.

Paulo Braun paulobraun01@gmail.com

São Paulo

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

DESENVOLVIMENTO, ÉTICA, MACUNAÍMA

Após ler os artigos publicados ontem nas páginas A2 e A6 do Estadão, percebi um nexo muito forte entre o que pensam os articulistas Ruy Altenfelder e Dora Kramer sobre o importante tema: a ética. Enquanto Dora Kramer faz referências ao abuso de poder, tolerância com atos abomináveis, torpeza dos oportunistas, irresponsabilidade de muitos, covardia dos que se calam com medo das patrulhas e tantos outros comportamentos imorais e amorais, Ruy Altenfelder escreve sobre o principal antídoto contra esses maus costumes que assolam a nossa sociedade, afirmando que o desenvolvimento, para ser alcançado, não pode ser desvinculado da ética, dos bons costumes, da verdade e da caridade. Que bom seria se nossos candidatos, nesta eleição, pensassem e refletissem sobre o impostergável dever de agir, com voluntariedade e firmeza, dentro dos princípios que norteiam a conduta dos homens de bem e do bem.

 

 

 

Carlos Rolim Affonso, profrolim@globo.com

São Paulo

____________________________

 

 

 

LULA NÃO É A CARA DO BRASIL

Lula, mais do que "o cara" de Obama, é a cara deste Brasil inaugurado por ele: sarcástico com as leis, justificador da ilegalidade e escudo dos inescrupulosos, Lula criou o paraíso dos contraventores e dos corruptos quando oficializou a ilicitude neste país... que pode ser o dele e dos petistas, mas não é o Brasil de honrados brasileiros. Dora Kramer, em sua coluna "Macunaíma" (8/9, A6), descreve-o como uma criação da condescendência nacional, no que não posso concordar. A meu ver, ele é fruto, isso sim, da nossa impotência diante dos sucessivos golpes que vêm sendo dados por este governo contra a nossa Constituição, garantidos pelo aparelhamento do Estado, que impõe a conivência geral das instituições com este homeopático e constante movimento golpista.

Acorda, Brasil, antes que seja tarde!

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

MACUNAÍMA SOMOS TODOS NÓS

Embora excelente a coluna "Macunaíma", da Dora Kramer, não basta uma voz isolada de uma colunista da imprensa, veemente e posicionada, para denunciar os atos políticos do atual presidente. Este é mais um momento em que a democracia brasileira corre sério risco de fragilizar-se ainda mais, e ninguém que mobilize opiniões estabelece uma linha clara de conduta, tomando posição a favor das instituições e da população. Onde está a imprensa, que não coloca isso todos os dias na primeira página, ou TV? A OAB, o Ministério Público e o Judiciário que não se manifestam e se mantêm acuados? Onde estão as instituições religiosas, em especial o clero católico, tão loquaz na defesa da população carente, os intelectuais e a classe artística? Estamos sendo sufocados e não cabe à minoria do País, que não tem capacidade de mobilização, assumir tal papel! A hora é agora e precisamos de líderes que conclamem a população a participar e, principalmente, a agir. Mas não venham com a história que é o povo, ao votar, quem decide, pois estamos quase todos dormentes e impassíveis ante os desmandos públicos/políticos diários ao longo dos anos e as urnas consagrarão o pão nosso de cada dia. Parabéns, Dora, por ao menos fazer-nos ouvir. Acorda, Brasil, e ouça você a todos nós!

Márcio Augusto Luongo marcioaluongo@gmail.com

São Paulo

 

____________________________

 

 

 

DORA KRAMER

 

Li e reli a coluna de ontem da Dora Kramer e só posso dizer uma coisa: impecável. Foi direto e conclusivo. Parabéns a essa grande jornalista.

 

Alberto Souza Daneu adaneu@gmail.com

Osasco

____________________________

 

 

 

 

LULAÍMA

Cumprimentos à jornalista Dora Kramer pela corajosa e certeira coluna "Macunaíma". Líbelo que resume de forma precisa,sem meias palavras,o retrato fiel deste macunaímico braziu.Merece aplausos, moldura e lugar de destaque na sala. Acorda,Brasil!

J. S. Decol decoljs@globo.com

São Paulo

 

 

 

____________________________

 

 

 

PERMISSIVIDADE GERAL

Irrepreensível, mais uma vez, a coluna de ontem de Dora Kramer. Na verdade, essa permissividade geral é que os fins justificam os meios. Houve uma sangria da ética, um consórcio pró-falcatrua se disseminou nas instituições e contaminou o povo. Agora é preciso coragem para mudar, sabendo, entretanto que a maior preocupação é o silêncio dos bons.

 

 

Anízio Menuchi amenuchi@uol.com.br

Praia Grande

 

 

 

____________________________

 

 

 

HORA DE REAGIR

Gostaria de parabenizar e cumprimentar efusivamente a colunista Dora Kramer. Dora, você se superou. Seu texto descreve perfeitamente as razões por que o APEDEUTA chegou aonde chegou. Que aqueles que concordam com a sua mensagem abram os olhos e comecem a reagir e impeçam o caos anunciado, pelo bem do Brasil e dos brasileiros.

 

Carlos Ney Millen Coutinho cncoutinho@uol.com.br

Rio de Janeiro

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

A NU

A inexcedível coluna "Macunaíma", de Dora Kramer, deveria ser difundida pelo Brasil afora. Corajosa, sem medo das patrulhas, Dora Kramer, ao desnudar o caráter macunaímico de Lula, nada mais faz do que revelar, de corpo e alma, "um personagem sem freios, uma criação coletiva da condescendência nacional".

Walter Gonçalves waltergoncalves@skydome.com.br

Rio de Janeiro

 

 

 

____________________________

 

 

 

QUEBRA DE SIGILO NO RIO GRANDE

Um subordinado direto da governadora Yeda Crusius, do PSDB , dentro do Palácio Piratini, em Porto Alegre, quebrou o sigilo de todo mundo no Rio Grande do Sul... Com a palavra o presidente do PSDB e o sr. José Serra. O sujo falando do mal lavado...

Hilton Leal hl1945@terra.com.br

Rio de Janeiro

 

 

____________________________

 

 

 

 

CAMPANHA MENTIROSA DEMAIS...

O PT quebrou o sigilo bancário da filha do candidato oposicionista juntamente com o de seu genro e agora, numa ação mentirosa, vem a público usando o presidente da República para imputar responsabilidade ao ofendido? E até usar como ardil?! É muita cara de pau, é muita desfaçatez, é falta de vergonha na cara, dá a impressão de desespero em fazer sua sucessora. Parece a nós, alfabetizados, que muita mumunha foi feita nesses fundos de pensão, contas daqui e dali... A alternância do poder sempre é salutar, impede roubos faraônicos de um partido, sabendo vir a seguir uma oposição. O que vai virar este país com essas ações nefastas? Aonde vamos parar?

Julio Jose de Melo julinho1952@hotmail.com

Sete Lagoas (MG)

____________________________

 

 

 

 

PALADINO

Ontem, "aloprados"; hoje, "moça que sofreu". Na defesa do indefensável, a constância na mentira.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

DEBOCHE PRESIDENCIAL

Assistimos novamente à passividade das autoridades no que diz respeito à grave violação de informações confidenciais de natureza fiscal do cidadão por pessoas ligadas ao partido do governo.

Pior que isso é a postura do chefe da Nação, que busca justificar a imoralidade, a desonestidade, a falta de escrúpulos de seus "companheiros" e blindar sua criatura eleitoral.

Onde estão a OAB, a CNBB, o MINISTÉRIO PÚBLICO e tantas outras entidades organizadas que se calam diante deste descalabro que vivemos.

Vai mal o Brasil. Vai mal a República.

A ferramenta para mudar é o voto consciente.

Que cada um faça sua parte, e poderemos mudar o curso (triste) de nossa História.

Luiz Eduardo da Silva

Suzano

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

REPÚBLICA VENTRÍLOQUA

 

Nas vésperas do primeiro turno (se houver) das eleições presidenciais, o ventríloquo presidente Lula deixou a boneca Dilma na prateleira e foi para a rua defender o PT contra a quebra do sigilo do Imposto de Renda da filha do Serra e de outros. No Brasil já tivemos a República Velha e a Nova. A República do Galeão e a dos militares. Agora teremos a República Ventríloqua, peça que, representará a melhor tragicomédia do Circo Brasil! Ingressos nas bilheterias dos locais de votação. É só apresentar o atestado de otário (Título de Eleitor) e escolher o seu lugar preferido.

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

PROTETOR FIEL

Será que os candidatos do PT (Dilma, Mercadante) são tão incompetentes e não têm capacidade de defesa? Será que eles sempre precisam da defesa do mandante? Posso crer que realmente são incompetentes, pois não têm a coragem de defesa na TV, os culpados são sempre os outros, que serão punidos.

Somente nós podemos mudar esta situação, para não sermos tratados como imbecis. Pense bem antes de votar.

Mario Buzzato mbuzzato@uol.com.br

Rio Claro

 

 

____________________________

 

 

 

 

BAIXARIAS

 

 

O dublê de presidente e marqueteiro do poste (mais marqueteiro do que presidente) acusou Serra, no horário eleitoral "gratuito", de "partir para a baixaria" - aonde ele já chegou há muito tempo. Em baixarias ele é POLE POSITION e imbatível, como ficou provado nos mensalões. Mas anunciar medidas, via Polícia Federal e Corregedoria da Receita, para esclarecer as baixarias da sua trupe nos casos de quebra de sigilo e aparelhamento da Receita, fica na moita.

 

 

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

MEMÓRIA

A celeuma criada pelas informações sobre a quebra de sigilo fiscal mostra um oportunismo declarado de candidato que não tem proposta e prefere tentar desmoralizar a adversária vários pontos à sua frente nas pesquisas. É preciso lembrar que no ano 2000 a Polícia Civil prendeu uma quadrilha que tinha disquetes contendo até a declaração do então presidente, o FHC. E também dos apresentadores Silvio Santos e Gugu Liberato. O que aconteceu com os acusados? E que foi feito pelo governo de então para que isso não mais acontecesse? Ou será que pelo fato de não ser época de campanha eleitoral o assunto não teve maior destaque? Quem pode responder?

 

 

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

LULA E A IGNORÂNCIA POPULAR

 

Políticos ruins e de péssimo caráter, infelizmente, não são novidade neste país. Porém nenhum soube se aproveitar tanto da ignorância do povo como Lula. Ao invés de cobatê-la, ele a incentiva. Ardilosamente, utiliza sua formação de poucas letras para criar um clima de conflito

entre os iletrados e os mais instruídos. Sua reação a esse escândalo da Receita Federal é típico. Nos comícios ele tem dito que o que está ocorrendo é uma "baixaria" da oposição, como se seu governo não tivesse nenhuma responsabilidade. Francamente, isso é abusar da ignorância alheia. Sua pupila, então, mostra-se digna do mestre. Outro dia disse na TV que o governo Lula não pode fazer determinada coisa porque estava ocupado com o combate à inflação galopante, como se essa

tarefa não tivesse sido feita por FHC. Isso é incentivar o Alzheimer

Popular.

 

Nestor Rodrigues Pereira Filho rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

LULA MENTE

O sr. Lula mente. Só para variar um pouco. Mente quando diz que os fatos sobre a quebra de sigilo não são algo comprovado como a mando do PT.

Foi, sr. Lula. E o senhor e seus pares, para usar um termo educado e não chamar de quadrilha, sabem que foi algo a mando da direção de campanha.

Foram usados "bagrinhos" da base. Eles estão a soldo da direção e o senhor sabe melhor do que ninguém. Para não perder o hábito o senhor tenta desqualificar pessoas sérias. O senhor tenta desqualificar a inteligência de quem não sofre de azia ao ler um jornal. Quem se dispôs a fazer esse "trabalho" sabe que em algum momento terá a devida recompensa. Nenhum de seus aloprados iria para a frente de batalha a soldo zero. Mera coincidência todos estarem ou terem estado filiados ao seu partido?Sabemos que não. A democracia não lhe interessa. Interessa ao senhor a perpetuação de poder. Custe o que custar.

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

 

____________________________

 

 

 

 

CLASSE E DIGNIDADE

Lula pode ser detentor de altíssimo índice de popularidade, pode ter o poder de transgredir as leis à vontade, pode vociferar contra uma oposição que quase não lhe fez oposição de fato, pode ser conivente com a quebra de sigilo de terceiros e pode fazer um sucesso de público estrondoso aqui, no Brasil, e em alguns países latino-americanos. Conseguiu tudo o que quis, até o silêncio de muitos que jamais deveriam calar-se, mas o fizeram. Porém Lula jamais conseguiu ter duas coisas: classe e dignidade! Sabe por quê? Porque ambas são conquistas internas que dependem da capacidade de olhar o outro com cuidado, respeito, delicadeza e generosidade.

 

 

Eliana França Leme efleme@terra.com.br

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

VAZAMENTOS NA RECEITA FEDERAL

Não são necessárias para o Brasil a educação e a cultura, não porque o presidente ache desnecessário, é suficiente ser "malandro". Não há interesse do governo porque permitiriam que mais eleitores entendessem o que fazem o governo e os políticos do PT.

Fabio Figueiredofafig3@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

EXPLICAÇÕES DA RECEITA FEDERAL

Para justificar a quebra do sigilo tributário do concorrente, importantes personeiros do governo em exercício têm apostado na estupidez dos seus eleitores, acreditando convencê-los.

É por isso que nós não somos seus eleitores.

Alejandro Botto alebotto@globo.com

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

OS PSEUDOFILIADOS

 

 

O PT colabora para aperfeiçoar a sociologia jurídica dos partidos políticos ao introduzir uma nova espécie ao gênero dos filiados partidários: o filiado burocrático, não militante ou, como disse o experiente Gilberto Carvalho, filiação "tênue". Belo adjetivo. Os "tênues" é que vulneraram os sigilos. De leve. A condição de filiado não é coisa completamente irrelevante: é pressuposto de elegibilidade. O PT concede legenda aos "filiados tênues"? E como se define a militância efetiva e a meramente burocrática? O PT transformou-se no segundo partido com maior número de filiados no Brasil, depois do governo Lula, após o PMDB (a coligação não foi à toa). Parece que não é bem assim. Uma grande parte é composta de filiados de mentirinha.

Passemos agora ao computador inconformado. Adeildda dos Santos nunca foi auditora da Receita Federal, mas realizava uma gama enorme de atividades, inclusive respondia a ofícios judiciais. Seu computador, inconformado por ser manipulado por uma alienígena, ligava automaticamente. O governo devolveu-a à origem (Serpro), para a qual, se não foi admitida como exercente de cargo de confiança, prestou concurso específico, completamente distinto do que se presta para auditor da Receita. A promiscuidade administrativa do governo atual adiciona algo aos princípios do artigo 37 da Constituição federal: uma estrela vermelha.

 

 

 

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

ILUSÃO

Aonde vamos chegar diante de tantas situações embaraçosas e cada vez mais frequentes que essa candidata nos vem proporcionando? A atuação apelativa de anteontem (7/9) do seu líder na TV foi mais uma atuação digna de novela.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

 

 

____________________________

 

 

 

PREJULGAMENTO & VAIA

Dona Dilma declarou que Serra estava prejulgado, sem provas, no envolvimento do PT com a quebra do sigilo fiscal. Entretanto, Lula declara que Serra está "nervoso" com as pesquisas e que ainda não viu o "tal do sigilo". Já dona Dilma também faz prejulgamento ao declarar que o fato é uma farsa do Serra para envolver o PT. Ora, então, Lula pode debochar e fazer chacota (como faz há oito anos), Dilma pode mentir e fazer prejulgamento, mas Serra não pode se defender porque "ofende" a moral (?) do PT? Acho que quem está nervoso é Lula com a vaia recebida no Rio Grande do Sul e ficou descalibrado. Que ele aprenda que vaia e aplauso são irmãos siameses, portanto, quem gosta de um tem de aceitar o outro. Mas Lula não aceita vaia, fica nervosinho, como ele deve estar nervoso, agora, com a possibilidade de queda gradativa de dona Dilma, pois, para que os "farsantes" pesquisadores não caiam no descrédito total em outubro, devem começar a mostrar a realidade dos fatos.

João Roberto Gullino jrgullino@oi.com.br

Petrópolis (RJ)

____________________________

 

 

 

 

NERVOSO, MELHOR QUE RAIVOSO

Um "cara" afirma: "O povo não gosta de ligar a televisão e ver gente nervosa." Mas pior é ligar a televisão e ver, a toda hora, um cara raivoso.

Mario Helvio Miotto mhmiotto@ig.com.br

Piracicaba

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

REAÇÃO DESMEDIDA

Para quem é atribuída aprovação de 95% e que conta como certa a vitória de sua candidata em primeiro turno, chama a atenção a maneira, no mínimo, exagerada e agressiva de se pronunciar. Saberá ele algo que nós desconhecemos?

 

Luiz Nusbaum, lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

____________________________

 

 

 

COMBINAÇÃO FATAL

 

 

Parece que a única coisa que nosso presidente queria era um pretexto para falar mal do candidato Serra. Ao invés de se pautar como presidente e garantir aos cidadãos a privacidade a que têm direito, leva o tema das violações da Receita Federal para o campo político e lança todo tipo de preconceitos de sua pretensa visão de seus opositores, querendo criar o clima de "nós contra eles". Acho que com a nossa falta de crítica às ações do presidente, criamos uma figura popular, oportunista e autoritária: uma combinação fatal.

 

 

Carlos Avila c.avila@modusoperantis.com.br

São Paulo

 

 

____________________________

 

 

 

 

ELEIÇÃO NÃO É PALHAÇADA NEM ÓPERA BUFA

Parece-me que um número absurdo de eleitores ainda ignora que eleição é coisa séria e a escolha de nossos governantes e parlamentares vai ter uma influência fundamental para o futuro do País e na vida de cada um de nós. Não percebem que todas as mazelas que nos afligem são decorrentes de leis mal elaboradas e até viciadas, seja no área da saúde, da segurança e da Justiça, pelos parlamentares e sancionadas ou não pelos Poderes Executivos. O horário eleitoral gratuito é uma piada de muito mau gosto e, lógico, aprovada pelos nossos parlamentares e governantes anteriores. Obviamente ninguém em sã consciência pode negar o direito ao palhaço Tiririca de se candidatar a um cargo eletivo, mas daí a fazer da sua propaganda um escárnio ao cargo que pleiteia, com certeza só é possível num país como o nosso. Até o líder da Nação está envolvido numa espécie de ópera bufa e, a exemplo do personagem do Barbeiro de Sevilha, na base do "tutti mi chiamano, tutti mi vogliono, figaro su, figaro giu", chamado que é por todos os seus correligionários que não conseguiriam se eleger pelas próprias pernas, é obrigado a percorrer o País nos quatro quadrantes, para socorrê-los. E la nave và.

 

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

O BURACO É MAIS EMBAIXO

 

 

A candidata Dillma não convenceu e não precisa responder por si?

Agora tem o futuro ex de se pôr a dar explicação ao público?

Grande gerente será essa candidata! É por essas e outras que se vai medindo a persona que assumirá o cargo de executiva-mor do Brasil.

Isso é tática de guerrilha, lutar escondido, na surdina, mesmo em vantagem na corrida. Pena que muito brasileiro não tem noção da diferença entre guerreira e guerrilheira.

Flávio Cesar Pigari flavio.pigari@gmail.com

Jales

____________________________

 

 

 

 

" A POLÍTICA DO DEBOCHE"

 

 

Com a alma lavada, após a leitura do editorial do Dia da Independência, resta-me lembrar do poema

"Despertar é Preciso", de Vladimir Maiakovski:

"Na primeira noite eles aproximam-se e colhem uma flor do nosso jardim e não dizemos nada.

Na segunda noite, já não se escondem; pisam as flores, matam o nosso cão, e não dizemos nada.

Até que um dia o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a lua e, conhecendo o

nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E porque não dissemos nada, já não podemos dizer

nada."

 

 

Vicente de Paulo de Moraes Machado vpmmachado@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

HORÁRIO POLÍTICO

Vendo o presidente Lula que deveria estar trabalhando para diminuir a violência, para minimizar os efeitos da seca no Nordeste, para acabar com analfabetismo ou com a prostituição em Belém -- na campanha eleitoral da Dilma, dizendo que o povo não quer mais o passado de volta, sou obrigado a concordar. Chega de tentar calar a imprensa, chega de mensalão, chega de quebra de sigilo, de dólares na cueca, de invasão de terras privadas, chega de inflação e de partidos como o PT lutando contra o Plano Real. Queremos a estabilidade deixada pelo FHC e a austeridade no controle de gastos. Uma pena que o marqueteiro do Serra não enxergue nada disso para mostrar no horário político.

Luiz Claudio Zabatiero zabasim@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

CLASSE ESPECIAL

Em 1997 ingressei num cursinho preparatório a fim de prestar concurso para agente vistor (fiscal) da Receita Federal. Qual não foi a minha surpresa quando, no primeiro dia de aula, o diretor proprietário do cursinho (com diversas unidades na cidade de São Paulo) entrou na sala, usando uma boina do tipo Che Guevara com a estrelinha do PT, para a aula inaugural. Achei estranho. Dias depois, com outros dois alunos, meus amigos de longa data, investigamos e descobrimos que, dentre as diversas turmas, havia uma especial, só com gente do PT, que estava sendo mais bem preparada para o concurso. Em outras palavras, os alunos dessa turma é que iriam realmente ter chances de ser aprovados. As demais eram só para arrecadação! Claro que desisti do cursinho. Óbvio que a intenção do PT era a infiltração para a quebra de sigilo. A história se repete desde a fundação do PT. Primeiro, logo após a fundação do partido, os operadores de telex nos distritos policiais, logo após, o sindicato dos bancários, depois, a Receita Federal, e assim por diante. Hoje, o aparelhamento TOTAL de todos os órgãos da administração direta e indireta do governo federal com "cumpanheiros". Sigilo? Não existe mais há muito tempo! Lulla e Dillma ainda têm a cara de pau de dizer que não foram elles e a "tchurma" do PT que quebraram o sigilo fiscal das pessoas do PSDB e da filha do Serra. E a maioria do povo brasileiro ainda acredita nessa CORJA DE MENTIROSOS.

Acorda, Brasil!!!

 

 

José Luiz de Andrade Figueira jlafigueira@hotmail.com

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

 

VIOLADOR DE IR CONCURSADO

Cursinhos para exames de concurso público federal já anunciam cursos preparatórios especiais com foco nas vagas que serão abertas no governo Dilma, como violador de Imposto de Renda, preparador de dossiês sênior, técnico em TI Informática especializado em computadores que ligam sozinhos, censores Boi Barrica, etc.

Haverá cotas para amigos e correligionários.

Luiz Henrique Penchiari Jr. luiz.penchiari@bericap.com

Vinhedo

 

 

 

____________________________

 

 

 

RESOLVI!

Sou profissional de curso superior, graduado em época em que não existiam ainda os computadores, e não aprendi a usá-los.

Tenho um, mas que nunca funciona: não consigo ligá-lo direito. Mas agora RESOLVI! Vou tentar comprar aquele computador daquela funcionária da Receita, em Mauá, que liga sozinho! Assim, resolvo o meu problema - e ainda sou capaz de ganhar uma promoção!

Gilvan de M. Guedes Pereira gilguepe@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

POVO PAGA CAMPANHA DO PT

Até quando vamos pagar a campanha do PT? Isso o presidente LULLA não fala, mas ele não trabalha mais e continua recebendo seu salário, que é pago com o nosso dinheiro através dos impostos, taxas, etc... E sai pelo Brasil afora com o avião que nós pagamos, em horário em que deveria estar no palácio, em Brasília. Ora, LULLA, ora, PT, chega de enganar o povo com essas palavras, que a DILLMA vai fazer melhor. Por que vai fazer melhor, por que você não teve a competência de fazer nada? Saia da campanha e vamos ver como ela se sai sozinha, pois ela vai dirigir sem o LULLA se ganhar. Quero ver como vai ser o Ibope se o LULLA sair de cena e parar de falar que ella é a melhor para o Brasil.

Melhor para o Brasil é quem tem conhecimento, competência, já fez várias coisas, como o SERRA. A DILMA nunca fez nada, só ocupou posto e ganhou seu rico salário.

Brasileiros, está mais do que na hora de acordar antes do dia 3 de outubro, pois depois desse dia não poderemos sequer escrever neste Fórum, ou na internet, pois em guerrilha tudo é proibido.

 

 

Sandra Maguetas sandra.maguetas@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

ATÉ O FAXINEIRO PODE BISBILHOTAR?

Houve, e provavelmente ainda haverá, comentários relacionados com a quebra de sigilo das declarações de renda de pessoas ligadas à oposição, ou de seus familiares, por parte de funcionários da Receita Federal. Todavia não tomei conhecimento de comentário que se insurgisse contra a liberdade e desenvoltura daqueles para acessar os referidos dados na ausência de razões legitimas para tal, ou seja, para fins de fiscalização e respeitada a circunscrição territorial do contribuinte. Mais ainda, ninguém aparentemente se insurgiu quanto ao fato de um repórter ter solicitado a agentes da Receita Federal acesso aos registros de certos contribuintes, que pretendia comentar em livro em elaboração. E, mais surpreendente ainda, ninguém ter sugerido ao ministro da Fazenda, já que ele aparentemente não estranhou o fato, a sumária demissão do funcionário que aparentemente atendeu a esse pedido para divulgação de informação sigilosa a terceiros (ao repórter e subsequentemente ao público quando da publicação do livro que ele alegou estar escrevendo), a qual tinha a obrigação funcional de manter inacessível.

Ao que parece, os funcionários das agências da Receita Federal por este Brasil afora devem possuir chave-mestre (senha) para abertura de registro de qualquer contribuinte, residente em outras cidades ou até mesmo em outros Estados, para fins outros que não os relacionados com a abertura de revisão fiscal de declaração de renda, não sendo necessário sequer respeitar a circunscrição territorial do contribuinte. Assim, um funcionário na cidade de Formiga, em Minas Gerais, tem plena liberdade para acessar registro de um contribuinte com residência em outro Estado (Eduardo Jorge Caldas Pereira, vice-presidente do PSDB). Outros agentes, em Mauá e em São Bernardo do Campo, também tiveram plena liberdade, sem razão funcional, para acessar registro de contribuintes residentes em outras cidades.

Essa liberdade funcional é deveras preocupante, uma vez que o acesso ao registro fiscal de um contribuinte somente seria admissível no caso de revisão para determinar possível necessidade de abertura de processo de fiscalização, evento que demandaria as seguintes medidas cautelares para resguardar o sigilo: 1) relação nominativa dos contribuintes a serem investigados, indicando inclusive o ano-base a ser revisado e 2) determinação de uma senha temporária, individual e especifica, para permitir acesso aos registros ali relacionados. Em outras palavras, não deveria ser permitida a nenhum funcionário da Receita Federal a indiscriminada liberdade de acessar registro de contribuinte sem que houvesse necessidade de serviço para tal.

Para finalizar, é incompreensível que as situações subjacentes às quebras de sigilo recentemente divulgadas indiquem não haver sistema de controle interno para salvaguardar o sigilo dos registros dos contribuintes mantidos pela Receita Federal, e que até mesmo o encarregado da limpeza da agência de Mauá poderia acessar os ditos registros, graças à irresponsabilidade da funcionária que mantém sua senha anotada na agenda em sua mesa de trabalho, acessível a quantos resolverem bisbilhotar.

Paulo Adolpho Santi pasanti@terra.com.br

São Paulo

 

 

____________________________

 

 

 

 

SÓ DOS OUTROS?

 

Nada justifica a violação dos direitos do cidadão, afinal, estamos numa democracia. Ou não...?

O que me causa espanto é a "pura coincidência" de só o sigilo de pessoas ligadas ao PSDB ser violado "sem querer". Pergunto: por que, também sem querer, não é violado o sigilo de alguém ligado ao atual governo? Como sugestão, quem sabe o do filho-mor "Lulinha"?

Márcia Maria da Silva Leme mmsleme@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

SIGILOS

 

Como cidadão brasileiro, sou a favor da liberação automática do sigilo bancário, fiscal e telefônico de todos os servidores públicos, principalmente nos casos de investigações por fraudes em desvios do dinheiro público.

 

 

Antonio de Souza D'Agrella antoniodagrella@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

É UM ACINTE!!!

Vendo o horroroso horário eleitoral, o PT tem a audácia e o acinte de dizer que o P de partido agora virou P de paulistas. Ora, senhores petralhas, isso é uma ofensa para nós, paulistas, querendo assim ganhar votos para seus candidatos, na terra de gente honrada e vacinada contra essa praga. Nós, paulistas, honramos nossos valores e, como diz aquela propaganda, aqui não, nem a pau, Juvenal .

 

 

Agnes Eckermann agneseck@yahoo.com.br

Porto Feliz

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

REAJAM, BRASILEIROS!

 

 

Ouvindo que ontem, na TV Gazeta, teríamos o confronto dos candidatos à Presidência do nosso Brasil, não pude deixar de me lembrar de certos fatos, de candidatos e políticos atuais.

Um deles foi um artigo publicado num jornal de São Paulo com o título "REAGE, BRASIL", que me tocou bastante. Fica-se estarrecido ao se falar sobre corrupção e desvio de recursos públicos, bem como das atividades governamentais. O artigo mostrava que havia um PODER PARALELO que se entranhava no Congresso, no Executivo e até no Judiciário. Sugere que essas mudanças, tão grandes são as barbáries, só a mobilização, armada pelos votos populares, poderá mudar.

Concordo, é preciso haver uma REAÇÃO POPULAR de fora para dentro, objetivando reconstruir um Estado (nosso Brasil!) voltado para a REAL democracia.

Leio e concordo também com uma colunista do Estadão que afirma que o presidente Lula é um personagem perigoso, sem freios, uma criação coletiva da condescendência nacional.

Vemos em Dilma Rousseff um quadro negro, de escola, com um professor lhe ensinando um "programa de construção dessa personagem" que hoje assombra o País.

Construção de "valeriodutos", não dutos de água ou eletricidade, aqueles que eram construídos antigamente, mas, agora, de passagem de dinheiro para os bolsos dos impunes espertalhões, e o povo do norte, do sul, do leste e oeste sofrendo com todo tipo de intempéries; e nosso governante querendo ajudar o Irã, lá ficando com toda a sua equipe governamental e o povo, aqui, SOFRENDO.

Comenta-se que no Equador os jovens se revoltaram contra as falcatruas e mentiras dos governantes e seus assessores, e tudo aceito pelo então presidente, entraram no palácio e tiraram seu titular, levando-o para o aeroporto. Se não me engano, escolheu o Brasil para seu asilo político.

Termino dizendo: ou acabamos com Dilma, não se aceitando o "blá, blá, blá" de nosso presidente, antes que ela venha acabar com o Brasil "dilma vez"

Esse é o nosso recado ao Povo do Brasil. Caso contrário!.....

 

 

Américo Magalhães Vaz americomvaz@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

ALERTA!

ATENÇÃO, "elites" e outros desavisados!

Restam poucos dias, depois tudo ficará muito mais difícil.

Se Lula conseguir emplacar sua farsa, o Brasil terá referendado nas urnas o enorme descalabro que é o lulo-petismo.

Assim, com tudo definitivamente DOMINADO, vocês serão descartados, como alguns outros já foram. Quem pensa que também vai poder se locupletar se engana. Primeiro, porque o pote estará quebrado, segundo, a disputa pelas migalhas será feroz e quem não é da turma, além de não conseguir levar nada, muito provavelmente, vai ter de abrir mão do que já tem.

Daí será tarde demais, direitos, garantias, leis, instituições e cidadania estarão definitivamente fora de contexto e vocês estarão sós, sem Justiça, sem voz e sem coragem.

Aqueles que hoje recebem as esmolas que degradam também perderão a boquinha. Para sobreviverem só restarão as invasões -- estas, sim, serão permitidas; terras, fábricas, comércio prédios, tudo

liberado.

Reajam! Ajudem a conter este tsunami! Senão, POBRE BRASIL!

Carlos Eduardo Stamato dadostamato@mdbrasil.com.br

Bebedouro

____________________________

 

 

 

 

 

RÁDIOS

Durante a transmissão do horário eleitoral pelo rádio, observei que há uma porção de emissoras em São Paulo que não o transmitem, mas veiculam anúncios nesse horário. São piratas, "comunitárias", etc.? Onde estão os órgãos fiscalizadores? E as outras emissoras, por que aceitam isso passivamente?

J. Paschoal falecom@acelik.com.br

Santo André

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

FREI TITO

 

 

O Canal Brasil apresentou terça-feira, em horário nobre, o filme "Batismo de Sangue", que lembra o martírio do dominicano Frei Tito, torturado e morto pelos esbirros da Operação Condor, durante a ditadura militar.

As cenas de tortura, mostradas com brutal realismo, chocaram a comunidade católica, até porque os algozes não sofreram qualquer punição. Cristo disse: "Pai, perdoamos porque eles não sabem o que

fazem". Nós dizemos: não perdoai, porque eles souberam o que fizeram.

 

 

Arsonval Mazzucco Muniz arsonval.muniz@superig.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.