Cartas - 13/08/2011

CORRUPÇÃO

, O Estado de S.Paulo

13 Agosto 2011 | 00h00

Brasília 52 anos atrás

Brasileiro não é Nostradamus, mas tem visão, e como! Há 52 anos os peões que construíram Brasília deixaram num local chamado caixão perdido diversas mensagens e uma delas é demais: o Brasil seria melhor se todos fossem "dignos de honra". Pena que já naquele tempo a coisa pegava no lado ruim. Infelizmente, isso só cresceu e, pelo andar da carruagem, não vai parar nunca.

ASDRUBAL GOBENATI

asdrubal.gobenati@bol.com.br

Rio de Janeiro

_______

Mensagem do passado

Gostaria de saber como a frase encontrada nas profundezas de Brasília - "Si todos os brazileiros focem diginos de honra e honestidade, teríamos um Brazil bem melhor!" - poderia ajudar a melhorar o Brasil de hoje. Alguém teria alguma ideia?

JOSÉ LUIZ MARTIN

jlmartin@estadao.com.br

São Paulo

_______

Diferenças

O vice-presidente da República, Michel Temer, declarou que está "chocado" com a prisão, pela Polícia Federal (PF), de 35 pessoas suspeitas de fraude ligadas ao Ministério do Turismo, que é comandado pelo seu partido, o PMDB. Essa reação não nos surpreende, pois vem de um político e não poderia ser outra. Todavia essa ação da PF foi muito bem recebida pela população em geral, cansada que está de ser usurpada por tanta corrupção e desvio de dinheiro público.

FRANCISCO ZARDETTO

fzardetto@uol.com.br

São Paulo

_______

Vice "chocado"...

"Chocado" com a ação da PF?! Temer, que se diz um político íntegro, devia estar chocado é com a corrupção e o desvio de dinheiro público entre seus colegas de partido. Deveria ficar ainda mais chocado sabendo que a deputada Fátima Pelaes é forte candidata do PMDB a ministra do Tribunal de Contas da União. Parabéns à PF!

MARCO ANTONIO R. NUNES

nunesmarcelao1@ig.com.br

Pindamonhangaba

_______

Partidos aliados indignados

Acinte e indignação por ver seus amigos algemados? Acinte é o que quase todos os que estão no poder têm desviado há anos! Algemas neles! Quando se trata de ladrão pobre, além de ser algemado, muitos deles não chegam vivos à delegacia ou ao hospital. E se somarmos o que todos os ladrões que estão detidos roubaram, não dá uma pequena parte do que essa corja que está no poder tem desviado, faltando dinheiro para saúde, educação, segurança, saneamento, tratamento de esgoto e tudo o que sabemos que os contribuintes carecem para ter uma vida minimamente digna. Acinte é mandar embora do País esportistas cubanos e ficar com Cesare Battisti; é apoiar Sarney e mantê-lo no poder; é tratar os contribuintes como idiotas, fazendo marketing o tempo todo, levianamente fazendo promessas e nada cumprindo; é o Congresso aumentar seus salários em 64% no início do ano e os bombeiros e policiais militares ganharem o que ganham - e quando reivindicam aumento, vem a choradeira para não aumentar as despesas do governo. Acinte é ver tanta falcatrua e tanto desrespeito à democracia. A lista de acintes, cara presidente, é enorme. Adorei vê-los algemados! Gostaria que a PF não baixasse a cabeça e continuasse com a faxina! Pena que eles são soltos, nada acontece e o nosso dinheiro não volta. Também, não teríamos presídios para tantos...

MARA BASSAN

marabassan@gmail.com

São Paulo

_______

Estoque de escândalos

Impressiona o número de escândalos e roubalheira nos ministérios e outros órgãos públicos. Como todos os crimes, agora desvendados, são fruto de dois a três anos de investigação, a sensação que fica é que tudo já é do conhecimento do governo e de outras autoridades e só é revelado quando convém ao Planalto. A festa começou no Ministério dos Transportes (Dnit, Valec), atingindo o PR. Agora, para contrabalançar o jogo de poder da base aliada, começaram a revelar os podres do PMDB (Conab e Ministério do Turismo-Sarney). Na forma e na velocidade que vai, chegará a hora em que o Planalto terá de cristianizar gente do próprio PT, sob pena de esfacelar a base aliada.

CLAUDIO JUCHEM

cjuchem@gmail.com

São Paulo

_______

"Idiotas de plantão"

Recentemente, o ex-ministro Nelson Jobim citou Nelson Rodrigues ao dizer que antigamente os "idiotas chegavam devagar e ficavam quietos", enquanto hoje eles "perderam a modéstia" e é preciso "tolerá-los". Esse parece ser o caso do sr. Geddel no episódio do Ministério do Turismo: ele disse que os órgãos de controle estão sendo muito rigorosos na apuração! Só mesmo vindo de um representante desse governo tamanho acinte à República! Sr. Geddel, os órgãos de controle estão sendo até brandos demais para eliminar esse bando de ratos deixados pela administração anterior. Que continue a faxina!

JOSÉ R. DOS SANTOS VIEIRA

joseroberto@hidrostudio.com.br

São Paulo

_______

Azia

O ex-presidente falastrão, quando no exercício da Presidência, afirmou que não lia jornais porque lhe davam azia. A podridão do seu governo exala mau cheiro até hoje, causando não só azia, mas náuseas de tanta safadeza. Até quando, só Deus sabe.

ARY MARINO FILHO

arymarino@gmail.com

Garça

_______

TÚNEL

Santos-Guarujá

O nosso Estadão anunciou na edição desta sexta-feira: Túnel vai ligar Santos ao Guarujá em dois minutos (C1). Alguém acredita? Eu não acredito. Nem em dois minutos, nem em tempo algum. Por quê? Porque esse tipo de obra vem sendo anunciado há mais de cinco décadas (como o próprio Estadão nos informa). E olha que tenho a maior admiração pelo nosso governador, Geraldo Alckmin.

CLÁUDIO AMARAL

clamaral@uol.com.br

São Paulo

_______

13 DE AGOSTO

Cada qual no seu galho

Neste emblemático 13 do agourento agosto, o ditador Fidel Castro faz 85 anos em liberdade e o povo cubano, 52 na prisão ou no exílio.

MOACYR CASTRO

jequitis@uol.com.br

Ribeirão Preto

_______

"Só falta agora a presidenta também ter azia quando ler os jornais"

EDUARDO HENRY MOREIRA / GUARUJÁ, SOBRE AS AÇÕES DA PF CONTRA CORRUPÇÃO NO GOVERNO

henrymoreira@uol.com.br

"O PMDB é maior em tudo, por que não pode ser o maior em corrupção? Basta mexer no vespeiro"

IZABEL AVALLONE / SÃO PAULO, IDEM

izabelavallone@yahoo.com.br

_______

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.692

TEMA DO DIA

Aldo Rebelo lança candidatura a ministro

Deputado entra na corrida pela vaga no TCU aberta pelo pedido de aposentadoria de Ubiratan Aguiar

"Agora a brincadeira ficou séria. Sem luz no fim do túnel."

PAULO CARDOSO

"Assim, Aldo não precisará mais se preocupar com eleições, o cargo é vitalício. Será que Rebelo possui as qualidades necessárias para ocupar uma cadeira no TCU?"

ALUISIO DE OLIVEIRA BRAGA

"Esse cargo deveria ser preenchido unicamente por concurso público, já que é o cargo mais desejado por qualquer político."

CARLOS ROBERTO MARCEU

_______

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

NO PAPEL

Quer dizer que o senador José Sarney, cidadão acima de qualquer suspeita, como disse o Sr. Luiz Inácio, embolsou R$ 3 milhões e seu projeto continua no papel? E aí, Ministério Público Federal, é permitido ao senador Sarney enganar e ficar impune? Isso não é justo com inúmeros cumpridores de pena em presídios do Brasil!

Edivelton Tadeu Mendes etm_mblm@ig.com.br

São Paulo

_______

DISPARATE

O que faz a presidente da República que não chama às falas o ministro do Turismo depois de descobrir que ele destinou ao Maranhão, seu estado e do seu mentor José Sarney, mais de R$ 66,6 milhões, enquanto que o Rio de Janeiro, porta de entrada dos que visitam o Brasil, sede da Copa do Mundo de futebol de 2014 e das Olimpíadas de 2016, com apenas R$ 4,3 milhões. Além disso, a maior parte da verba destinada ao Maranhão é para financiar obras de infraestrutura prometidas em campanha por Roseana Sarney e nada tem a ver com turismo, que é a razão da existência do ministério.

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

_______

SARNEY, O INSACIÁVEL

Uma coisa é certa no Brasil. Se tem o dedo do José Sarney, mais cedo ou mais tarde a policia federal vai trabalhar.

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

_______

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Esta frase, pelo que me lembro, foi inventada pelo Robertão (Roberto Cardoso Alves), e, depois de Lula, mais do que nunca é usada para manter sua "base" governamental. Como Dilma não está tomando muito conhecimento disso, parece que está querendo governar sem o Congresso, este também não está votando as matérias que ela envia, e o povinho ignaro, que votou nessa gentalha, que hoje ocupa o governo e o Congresso fica a "ver navios". O Congresso faz uma greve branca, O Senado, com Sarney e Marta (presidente e Vice), está de doer, uns poucos se salvam, e na Câmara não se salva ninguém. Enquanto os escândalos sobre corrupção continuam corroendo o Executivo, o Legislativo nada faz. E pagamos muito por isso, por essa turba brasiliense, que só mete a grana no bolso sem prestar nenhum serviço. O Brasil realmente precisa mudar, começando por despejar essa gente de Brasília, que para nada serve.

Carlos E. Barros Rodrigues carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

_______

FIM DO TOUR

E não é que ao terminar o tour, deparam-se com o Sarney quietinho e cochilando, no último banco do ônibus...!

Mara Fonseca Chiarelli mara.chiarelli@ig.com.br

Mogi Guaçu

_______

PERIGO À VISTA

A escuta telefônica da Polícia Federal que apurou o interesse de José Sarney no Projeto de R$ 3 milhões do Ministério do Turismo, sem dúvida, merece ser comentada. Entretanto, não duvidem os leitores que, mais uma vez, o Estadão pode ser censurado, dado que faz mais de dois anos que a censura sobre matéria relacionada com o filho do questionado, Fernando Sarney, perdura implacavelmente, o que se traduz em vergonha nacional e serve de motivo de inconformismo e de protestos da imprensa internacional. Toda a faxina realizada nos Ministérios merece ser noticiada e comentada pela imprensa, porque, se não fosse ela, a sujeirada estaria toda ela sob os tapetes das comodidades e dos acertos políticos. Podem fazer censura, mas aguentem os protestos de todos os brasileiros que cultuam a liberdade e a verdade.

José Carlos de Carvalho Carneiro carneirojc@ig.com.br

Rio Claro

_______

CLEPTOMANIA

São Paulo sempre teve deputados e senadores corruptos, mas perto das oligarquias nordestinas acampadas em Brasília, sob o comando de José Sarney, os flibusteiros paulistas, mais parecem discípulos de São Francisco de Assis.

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

_______

ENTENDI

Ah! Agora deu para entender por que o criador aconselhou a criatura a não "irritar" o PMDB: projeto de interesse do honorável e incomum presidente do Senado recebeu R$ 3 milhões. E não se fala mais nisso, não é?!

Aparecida Dileide Gaziolla rubishara@uol.com.br

São Bernardo do Campo

_______

LADRÕES DE GALINHA

O desvio de R$ 3 milhões do Ibasi, oriundos do Ministério do Turismo, é, quantitativa e relativamente, um nonada, como diria mestre Rosa, comparando-se com os bilhões do Ministério dos Transportes e,muito provavelmente, do Ministério da Agricultura. Principalmente em face do grande número de envolvidos, entre os quais deve ter sido partilhado o butim oriundo de nossos tributos. Também não estão envolvidas na atividade criminosa grandes empresas, mas uma ONG de fachada, que teve de ser orientada pela segunda autoridade do Ministério para ostentar uma mínima aparência de credibilidade vinculada aos fins propostos para surrupiar o dinheiro público. Entretanto, para o direito penal e as concepções éticas, um bilhão, um milhão ou um tostão não fazem diferenças, salvo se se tratar de crime famélico, ou seja, praticado em estado de necessidade. Não parece que seja este o caso do novo episódio de corrupção que estremece e assombra nosso País, como nunca antes em nossa sofrida história.

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

_______

MPB X CORRUPÇÃO

Creio que os leitores conhecem o refrão de um samba popular que diz "se gritar pega ladrão não

fica um meu irmão, se gritar pega ladrão..."

Jose Joaquim Rosa joserosa1903@hotmail.com

São Paulo

_______

DIA DOS PAIS

Neste dia dos pais, será que nossos políticos e administradores públicos, terão coragem de se mostrar aos seus filhos, como exemplos de dignidade, retidão e íntegros de caráter?

Aloisio Arruda De Lucca aloisiodelucca@yahoo.com.br

Limeira

_______

HISTÓRIA DA CAROCHINHA

Fátima Pelaes diz que coloca seu sigilo "à disposição". Gostaria de saber se ela libera - realmente - seus dados bancários à qualquer jornalista ou pessoa interessada. Vai algum repórter pedir dados bancários pra essa madame pra ouvir a resposta. Essa estória de "sigilo à disposição" já está ficando ultrapassada.

Ricardo Marin s1estudio@ig.com.br

Osasco

_______

SE COLAR, COLOU

A deputada Fátima Pelaes (PMDB-PA) pega na maracutaia jura de pés juntos que é inocente e coloca seu sigilo bancário à disposição da PF.Como já sabemos os espertos políticos na arte de roubar são suficientemente espertos também na arte de esconder o produto de seus "trabalhos".Continuam apostando que todos nós somos tolos.Se colar, colou!

Leila E.Leitão

São Paulo

_______

A SEMENTE DO MAL

Os frequentes escândalos de corrupção, irregularidades, loteamento político, desvios éticos em contratos e licitações, que recheiam os oito meses desse governo, sempre descobertos e investigados pela mídia, nunca por iniciativa honesta e íntegra dos governantes, nos faz concluir que a semente do mal está ampla e ràpidamente espalhada pela administração publica brasileira e os frutos que o povo vai colher serão da pior qualidade. E já tem ex-ministro semeando emprego nas vagas disponíveis.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

_______

VICE-PRESIDENTE DO PT DO AMAPÁ

Errolflynn... um cara batizado com o nome de Errolfynn... e vc ainda se admira que as coisas andam assim por aqui?

Fabio Morganti tao2@terra.com.br

São Paulo

_______

PRESIDENTA OU FAXINEIRA?

Que confusão! A Sra. Dilma foi eleita "presidenta"ou faxineira? Nunca li tanto sobre faxina na vida pública como atualmente. O que esses políticos estão fazendo com o Brasil é inaceitável, e o pior é a não reação da sociedade, que só sabe organizar parada gay, marcha a favor da maconha e outras porcarias que entopem a Av. Paulista. Será que não está passando da hora de se organizar manifestações patrióticas nas ruas das grandes cidades do país contra a roubalheira, até porque a "faxineira" está ficando nervosa com tanta sujeira e quer frear a Polícia Federal. Creio que a OAB, a Igreja e outras instituições estão devendo e muito a Nação, com toda essa inércia. O Brasil está adoecido... vamos acudi-lo.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

_______

CARTA À PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF

Estimada presidenta, leio agora, em um jornal aqui da Bahia, que o solo baiano abrigará duas novas universidades federais. Informam-me, ainda, que a Universidade Federal da Bahia e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, na qual me encontro na condição de professor, serão ampliadas. Além disso, nove outros Institutos Federais Tecnológicos serão criados em diversas cidades deste Estado. Aplausos! Há tempos os brasileiros dos quatro cantos desses brasis esperam pela democratização do ensino superior, mediante expansão e regionalização de nossas instituições educativas. Nós, os brasileiros pesadamente tributados, aplaudimos essa decisão de V. Exa. E nossa gratidão vem da certeza de que quem não externaliza nenhum reconhecimento deixa de construir o próprio merecimento. E nós queremos fazer por merecer aqueles tributos que nos consomem aproximadamente 4 (quatro) meses de trabalhos anuais! Entretanto, Sra. Presidenta, esse anúncio se dá em um momento difícil para os professores das Universidades Federais. Como sabe, somos 179 (cento e setenta e nove) mil docentes federais e nos encontramos em um movimento de luta em prol da carreira acadêmica, a qual inclui várias reivindicações perante o Estado brasileiro. Nossa pauta de reivindicações é extensa, mas compatível com nosso compromisso com a educação e com a manutenção do Brasil rumo à grandeza que ele pode alcançar. Ela inclui as solicitações de que: 1 A função social da universidade seja a definidora das políticas das relações de trabalho docente nas Instituições Federais de Ensino (Ifes);

2 O financiamento público e justo para as Ifes seja estável e compatível com o projeto de expansão com qualidade; 3 As condições de trabalho docente sejam adequadas à observância da regra constitucional que nos pede a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão; 4 A garantia de Carreira Única para todos os docentes das Universidades Federais seja assegurada, evitando-se, assim, que nós, docentes do programa de expansão do ensino superior, venhamos a nos encontrar em uma subclasse em comparação com os professores das universidades que já existiam antes desse programa; 5 A nossa aposentadoria seja integral, pois, nessa fase de nossas vidas, não queremos ter a sensação de que fomos "bons" e "úteis" na ativa, mas descartados como inúteis quando já não podíamos mais trabalhar; 6 Nos seja dada a garantia de condições adequadas para que o conjunto das Ifes cumpra sua responsabilidade de oferecer à sociedade brasileira uma educação pautada na publicidade, gratuidade, pluralidade, democracia, abertura e participação; 7 A contratação do corpo docente pelo Regime Jurídico Único dos servidores federais seja estabelecida como única forma de acesso aos cargos de nossas Ifes; 8 A estabilidade no emprego seja uma regra nos serviços públicos; 9 A isonomia salarial entre cargos públicos compatíveis seja observada com rigor; 10 O caráter público das Universidades Federais e de sua função social evite a sua sistemática privatização e precarização; 11 O Estatuto Jurídico Público para as Universidades Federais seja estabelecido com brevidade; 12 Um sistema de avaliação institucional das Ifes, com caráter autônomo e democrático, seja instituído e de maneira a balizar-se pelo projeto político acadêmico de cada instituição; 13 As condições estruturais e acadêmicas das Ifes sejam garantidas de forma a fazerem frente à função social que deles a sociedade espera; 14 Os Hospitais Universitários mantenham a gratuidade, integralidade e universalidade; 15 Os Restaurantes Universitários e demais setores voltados para o atendimento da comunidade acadêmica e da sociedade sejam realmente públicos, de qualidade e respeitem as diretrizes da democratização do acesso e permanência em nossas instituições; 16 A garantia de destinação de 10% (dez por cento) do Produto Interno Brasileiro (PIB) para a educação seja uma realidade, e não um sonho, uma vez que se trata de recursos dos brasileiros que devem ser revertidos para os brasileiros; 17 O preenchimento de cargos nas Ifes seja feito unicamente pela via do concurso público, evitando-se a precarização da educação superior mediante a contratação de professores substitutos ou de profissionais terceirizados em substituição aos servidores técnico-administrativos de nossas instituições; 18 O congelamento de nossos salários por dez anos seja esquecido, pois nossas necessidades seguem os mesmos cursos das variações conjunturais da economia brasileira e já nos escorcha pesadamente; 19 A criação de Fundações Estatais de Direito Privado seja rechaçada veementemente; 20 A correção de nossos vencimentos seja feita de maneira justa, conforme o PIB e a variação inflacionária, o mais brevemente possível, pois, se ensinamos os caminhos para a justiça cidadã, dela também temos que desfrutar. Senhora Presidenta, ao lado da segurança e da saúde, a educação é uma área estratégia que não merecia o corte de 3 (três) bilhões a que estamos assistindo. A nação brasileira tem o direito de demonstrar o seu repúdio a esse ato. Por fim, ao tempo em que a parabenizamos pelos seus esforços no sentido de garantir a expansão do ensino superior público, pedimos, encarecidamente, que a Sra. considere nossos pedidos de mais essas garantias. Os frutos disso virão mais rápido do que imaginamos. Com eles poderemos consolidar a certeza de que um país grande, sem injustiça e sem miséria, não se faz sem a educação. Como dizia Paulo Freire "Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda".

Nós queremos mudar, Sra. Presidenta!

Wilson Correia wilfc2002@yahoo.com.br

Amargosa (BA)

_______

GREVE BRANCA NA CÂMARA

Parece que o ritmo de trabalho na Câmara anda meio devagar. O plenário da Câmara Federal quase vazio, os poucos deputados presentes, escarrapachados em suas poltronas... mexendo no celular, no tablet...trabalho que é bom, nada. Foi esta a cena que a TV Câmara nos revelou no dia de ontem (11/8), no começo da tarde. Passou-me uma sensação de que a consequência das denúncias de corrupção em ministérios acabou por tirar o ânimo dos senhores deputados, ou pior, que resolveram fazer uma operação tartaruga, uma greve branca, para servir de "sutil" recado à presidente Dilma: ou ela relaxa um pouco na faxina, ou não votarão matéria nenhuma naquela Casa. Ou seja, muitos deputados faltaram... e os que estavam no plenário gazetearam in loco. É o nosso dinheiro que sustenta esses marmanjos, os patrões somos nós... e se valesse a regra americana, onde os eleitores insatisfeitos podem pedir de volta o mandato do mal político... sobrariam pouquíssimos desta safra ruim...

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

_______

PARLAMENTARES EM GREVE

Se os parlamentares cruzaram os braços porque com os casos de corrupção a presidente Dillma fechou o cofre não soltando verba para emenda parlamentar e vendo as denúncias que a deputada Fátima Pelaes (PMDB) foi uma das beneficiadas com a fraude na liberação de verba, chegamos a conclusão que no Congresso não existem apenas 40 ladrões. Mas devem passar de 500! O Plenário ontem parecia época de São João, ninguém votando absolutamente nada apesar do polpudo salário. Alguém já viu em pleno Século XXI, país democrático, parlamentares em greve? Em país sério seria obrigado a entregar o cargo, preso e fichado como "ficha suja"! Eles foram eleitos para votar em troca de dinheiro público? A falta de vergonha na cara é o que restou por causa da impunidade nesse país. Não podemos contar mais nem com o Judiciário. Pobre rico Brasil!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

_______

DESIMPORTANTE

Parlamentares reclamaram sobre algemas em operação, diz Cardozo. Senhor ministro Cardozo, o senhor ainda vai investigar o quê? Não tem trabalho mais importante em seu Ministério? Os parlamentares sintetizam o espelho da sociedade,aquele coitado que roubou a laranja na feira por puro desespero,aparece na televisão execrado e algemado! O senhor e seus colegas de ministérios e parlamentares em geral tem a obrigação de aparecerem algemados sim senhor. O que acontece em desvios de verba, não cumprimento de contratos,favores diversos,obras emergenciais para a Copa do Mundo (quando deveriam estar prontas há anos,para uso do povo),industria de ONG´s,mercado de cargos no governo,tudo isto o senhor sabia antes,quando era oposição,que é crime!O senhor e a Presidente pegaram em armas para manter tudo isto? Parem de nos fazer de palhaços, paus mandados!

Mauricio Villela mauricio@dialdata.com.br

São Paulo

_______

DE DANIEL A DILMA

Os acontecimentos políticos envolvendo a estabilidade da presidente Dilma, ainda no primeiro ato de quatro que protagoniza, começa a dar sinais de inquietude que assombra a chamada ''''base de coalisão''''. Não há nariz, por mais blindado, que suporte a aca que exala dos labirintos desse enorme queijo que em cada buraco se encontra um rato.No século V a.C., na Babilónia, o rei Belshazzar usava e abusava do poder. Bebiam e refestelavam-se,quando surgiu na parede uma inscrição, ''''Mene, Mene, Tequel e Parsim'''', como uma advertência para a ruína do império que se aproximava. O relato do profeta Daniel (5:5-9) pode ser comparado ao ''''império neo-petista'''' que não consegue como comprar mais tapetes diante da sanha dos ''''cumpanheros''''.O que estará se escrevendo nas paredes do Palácio, em Brasília ? Algum aprendiz de profeta que se arrisque. Não é tão difícil.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

_______

HORÁRIO MARCADO

As ações sigilosas da Polícia Federal conforme pedido da Dilma, não poderão ser mais efetuadas. Ela quer ser avisada antes para não ser surpreendida e não surpreender os investigados. Ou seja a Polícia Federal terá que enviar a partir de agora um e-mail com antecipação marcando : hora, dia e mês da sua "operação" ou "intervenção".

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_______

YES, WE CAN!

Na terra do Tio ''Sun'', muitas férias, bastante sol, pouco estresse, 50 anos sem crises! Pelo menos a dos 50. Enquanto isso aqui no Brasil, Eike Batista sorri (Que crise? Vai perguntar para o Zarkozy! Meu sangue está geladérrimo!); Mantega se dá ao luxo... não precisa nem sequer usar o seu colírio anti-crise, e põe seus óculos escuros; Dilma, do Planalto, mostra a carteira de pelo menos R$ 1 trilhão. Mostra o zap e pede logo truco! Desse jeito, até Beckenbauer se rende ao Brasil (mesmo depois do chocolate no último amistoso). E os japoneses? Nos deram a bola toda! Final de partirda para alegria dos mercados de plantão: EUA AA+ ahhh... x BRASIL BBB êeee! Papo na padaria da esquina pra animar a turma: - Desce uma Kaiser geladinha, faz favor? - Yes, we can!

Emanuel Angelo Nascimento emanuellangelo@yahoo.com.br

São Paulo

_______

O MALDITO JOGO ALFANUMÉRICO

Os americanos para salvar as "estrelas" de seus bancos perderam seus "A´s", no final todas as nações são iguais. Para não ir para o jogo da velha basta fazer parte do Time.

Moussa Simhon pacenge@gmail.com

São Paulo

_______

CHEIO DE RAZÃO

Após ouvir as declarações de Guido Mantega sobre o abalozinho (substituto da marolinha) que a crise econômica mundial poderá provocar na economia brasileira, chego à conclusão que ele tem razão. Um país que continua funcionando razoavelmente, apesar de ter que se defender dos Ministros de Estado e dos políticos aliados que são os que mais assaltam os cofres públicos, não deve mesmo se preocupar com uma reles crisezinha econômica mundial.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_______

NERVOS DE AÇO

Atual crise mundial com certeza será mais séria que a de 2008, já que a anterior focava no sub prime ( mercado imobiliário). E nos Estados Unidos. Hoje e bem diferente começou pela Europa liderado por países significativos e agravando ainda mais a maior economia do mundo, Estados Unidos, em face seu endividamento generalizado, alem de um acordo selado entre democratas e republicanos que dificilmente será cumprido, ou seja corte de despesas totalmente apolítico.

Mauro Roberto Ziglio mrziglio@hotmail.com

Ourinhos

_______

EFEITO ORLOFF

Num país onde a impunidade é a mãe da corrupção é um contra censo liberar totalmente de controle a enorme quantidade de obras de vulto, envolvendo fantásticas quantias. O governo é um péssimo administrador. Num passado recente, época de vacas gordas, as despesas fixas inflaram, predominou a malversação e as contas públicas se desestruturam, quando tudo nos favorecia para colocar a casa em ordem. Agora, nos preparativos para a Copa do Mundo e as Olimpíadas, quando praticamente tudo precisa ser feito, foi propositalmente retardado e, na premência do tempo, serão feitas licitações apressadas, cujos resultados todos nós já antevemos. Daí o Brasil caminhar celeremente, após as festas, devidos às dificuldades que advirão, se tornar uma nova Grécia.

Humberto Schuwartz Soares hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES)

_______

INIMIGOS DA SELIC

O editorial econômico de terça-feira, Uma redução de juros exige austeridade, mostra como os mais renomados economistas, como Pérsio Arida, defendem a atitude mais simplista a ser feita que é a redução de juros, mas para se ter eficácia mesmo serão necessárias medidas no sentido de reduzir as despesas públicas e mais do que isso reduzir a ineficiência dos gastos. Não é de hoje que vemos escândalos de corrupção como recentemente nos Transportes e agora na Agricultura, mais do que reduzir gastos temos que gastar com inteligência.

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

_______

''O BRASIL E A CRISE: ESTRESSE, NÃO CATÁSTROFE''

O ex-governador e ex-candidado à Presidência José Serra (A2, 11/8) está chamando burrice de "estresse". Os senhores feudais donos do dinheiro, e que pululam em todos os governos, descobriram duas "alquimias" de transformar tudo em "ouro". Os bancos e as bolsas. Colocam seu dinheiro nos bancos para que se encarreguem de produzir "lucros". Os bancos fazem o milagre de "emprestar" esse dinheiro para "usuários e empresários" por juros duas ou quatro vezes maior do que pagam aos "capitalistas", SEM Risco algum porque sempre haverá governos fajutos para garantir as burrices com dinheiro do povo, sem contar que os banqueiros são também os capitalistas, tudo em casa! A outra fonte são as bolsas, onde montanhas de dinheiro rolam sem produzir nem sequer um alfinete, na contramão do sistema capitalista que é sistema de produção e não cassino de jogos. E novamente estão os governos fajutos atrás de tudo, porque os grandes investidores no cassino não podem falir, até que um crash estoure de vez, e aí ficamos esperando uma grande guerra, porque os pajés da economia só sabem manusear números estatísticos feitos em cima dos joelhos, quem resolve crises, são guerras mesmo. E o Brasil que sempre anda "puxado" pelos que vão lá na frente, quando "parados", fica como barco sem motor e sem leme, torcendo para não trombar com o comboio e afundar de vez! Caro ex-governador a lei gravidade funciona de maneira simples. Tudo cai puxado por ela, sem trabalho, nem sequer as coisas ficam onde estão, e as elites feudais ainda medievais continuam fazendo o milagre de contrariar a gravidade tomando whyisk e fumando charuto refestelados em mordomias dos Faraós, porque sempre há o estado que esfola o povo para sustentar a elite podre, imoral e anti-ética. quer dizer, em plena era capitalista, ainda estamos na era faraônica de administração e governos, e outro guru de araque chamado Marx, chamou isso de "regime capitalista" e sequer existia capitalismo na época dos Farós! As elites são como o criminosos que usam a faca como arma, e não como ferramenta de cozinha! E o "ex" chama isso de "estresse".

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

_______

TRIBUTAÇÃO DESUMANA

Outro dia, fiquei chocado com o sarcasmo do Joeimir Beting ao comentar, no Jornal da Band, sobre a diferença de alíquota de imposto incidente sobre medicamentos humanos e veterinários: "se entrar na farmácia, latindo, paga menos imposto, se entrar, falando, paga mais".

Sergio S. de oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

_______

CONSUMO

A presidente Dilma pede aos brasileiros para consumir mais. Entretanto, a elevação da taxa Selic para 12,25% foi justamente para controlar o consumo. Quem irá consumir com os juros neste patamar? Sra. Dilma, baixe a Selic que o consumo retornará.

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

_______

APAGÃO NA MEMÓRIA

Em 1995 ninguém me contou nada, eu estava no auditório da empresa em que trabalhava e assisti a uma palestra com a participação de tucanos ilustres que defendiam a privatização das empresas do setor elétrico paulista (Cesp, CPFL, Eletropaulo). Entre os palestrantes estavam David Zilberstein, o atual presidente da CPFL Wilson Ferreira Júnior e Eduardo Bernini que foi Presidente da Eletropaulo. Naquela ocasião David Zilberstein era Secretário de Energia e eles diziam coisas incríveis sobre o que seria o país pós- privatizações tucanas no setor elétrico. Uma das coisas mais interessantes é que o consumidor poderia escolher a empresa que lhe serviria energia elétrica. Tudo seria modernizado, melhorado e ampliado pela iniciativa privada, visto que o papel do Estado não era cuidar daquilo e sim de Educação, Saúde, Segurança e Habitação por exemplo. Segundo eles ainda, o setor privado teria recursos para investir em novas tecnologias, dar manutenção ao sistema e ampliar a oferta de energia para que SP não entrasse em colapso. Os demais assistiam entusiasmados, não foram poucos que depois daquelas palestras votaram no PSDB, imaginando que eles falavam mesmo a verdade. Sonhavam por alguns instantes com um futuro maravilhoso para nosso Estado e o país. As privatizações chegaram e eles foram vendendo as empresas uma a uma, exceto a Cesp que teve de ser cindida em cinco partes, sendo uma Distribuidora que virou Electro nas mãos de um grupo americano. A geração dividida em três partes Tietê vendida para a AES, Paranapanema vendida para a Duke Energy ambas americanas, restando apenas a Geração Paraná atual Cesp que ainda não foi vendida. A quinta parte foi a Cteep Transmissão Paulista que foi vendida em 2006 as vésperas das eleições para uma estatal colombiana chamada ISA. Não podíamos ter estatais, mas podíamos vender para estatais, isso só tucano entende. A Eletropaulo também foi retalhada e vendida em postas, apenas a CPFL foi vendida inteira e para um grupo formado pelas empresas de Antônio Ermírio e do Bradesco. Hoje decorridos dezesseis anos desta estória macabra da venda por migalhas de todo setor elétrico paulista, único Estado a se desfazer de suas empresas do setor, temos apagões acontecendo quase que diariamente em SP. A culpa é óbvia, da falta de manutenção, investimento e seriedade das empresas que compraram as antigas estatais. Nenhuma fiação está por debaixo do solo como nos países de primeiro mundo. Não houve crescimento da oferta de energia nem no patamar de 15% exigido nos editais de venda. As empresas têm lucros altíssimos e os enviam para o exterior para gozo de suas matrizes que estão felizes com o negócio feito com os tucanos paulistas. Não há possibilidade alguma de um consumidor escolher a empresa que quer fornecendo energia elétrica em sua fábrica ou residência, isso é utopia, propaganda enganosa. Não há manutenção sendo realizada, motivo dos apagões constantes. Eles agora culpam ANEEL, agência criada por eles e que jamais multou, fiscalizou ou até regulamentou o setor como deveria ter feito nestes 16 anos.

O atual secretario de energia José Aníbal e o governador Geraldo Alckmin tiveram um tremendo apagão de suas memórias e esqueceram tudo isso acima citado. Eles agora tem vergonha de assumir tudo que disseram e fizeram no passado recente. Espero que os eleitores e consumidores do sistema saibam dar seus votos sem serem acometidos por um apagão na hora de votar novamente em SP.

Rafael Moia Filho Twitter: @rafamfilho

Bauru

_______

PEDESTRES

O jornal O Estado de S. Paulo de 9/8 anuncia no Metrópole: ''Multa por desrespeito ao pedestre começa a ser aplicada. Ótima medida porém insuficiente e mesquinha porque esquece-se dos ciclistas. Digo isso porque temos visto e lido, quase quotidianamente, notícias sobre atropelamentos e mortes de ciclistas nas ruas de São Paulo, nos cruzamentos, nas faixas para pedestres, no leito de vias públicas, à noite e à luz do dia. Daí minha pergunta: E os ciclistas, por onde devem atravessar? Ciclistas são pedestres ou veículos?

Maria Lucia Sá Pacheco e Silva pacheco@bol.com.br

São Paulo

_______

PARAR NA FAIXA OU ESTAR NELA

Os agentes que vão multar os cidadãos com o carro na faixa de pedestres levam em consideração a diferença entre "parar na faixa" e, ter o azar de "estar na faixa" quando o farol fecha em local com engarrafamento? Notem que a diferença é enorme pois prever o futuro é para Nostradamus.

Ricardo M. Guerrini irgguerrini@uol.com.br

São Paulo

_______

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

Tenho lido quase todo o dia o Estado de São Paulo, que considero o melhor jornal do Brasil. Há tempos tenho visto matérias sobre campanha para prevenir acidentes com pedestres, multas e semelhantes. Não deu para enviar esta mensagem antes, mas o assunto ainda é atual. O arquivo está em anexo. Grato pela atenção e sucesso no trabalho de vocês.

Luiz Mezzalira lmezzalira@terra.com.br

São Paulo

_______

LEI INCOMPLETA

A lei de prioridade de pedestres, apesar de ser uma ótima iniciativa, servirá mais uma vez para sustentar a indústria de multas. Os governantes agradecem em nome da cidadania. A tese de que as pessoas respeitam a lei quando sentem no bolso também deve ser usada para educar pedestres a atravessarem nas faixas e quando existirem semáforos de pedestres, quando estes estiverem verdes. Os que desrespeitam a sinalização de pedestres também deveriam ser multados. Como ficou, a lei é incompleta.

Eduardo Biral elbiral@ig.com.br

São Paulo

_______

NOME DE RUA

Simpática e eleitoreira a homenagem que o prefeito Kassab pretende fazer dando o nome de Vitor Gurman, a um dos logradouros de São Paulo. Por que não realizar a homenagem com o nome dos primos "assassinados" sobre a faixa de segurança próxima ao Shopping SP Market, na semana passada?

É elementar, eles eram pobres, anônimos e não atrairiam os holofotes da mídia sobre tão nobre político.

Maximo Perez pmaximo@uol.com.br

São Paulo

_______

TETO SALARIAL

Desde 7/8, o Estado vem publicando matérias sobre os salários na Prefeitura de São Paulo. O chamado teto salarial foi estabelecido pelo constituinte de 88, que excluiu de sua aplicação as verbas pessoais e as recebidas pela natureza e local de trabalho. Pelo Brasil, milhares de pessoas obtiveram vitórias no Poder Judiciário, que definiu a correta forma de pagamento. De lá pra cá, duas emendas constitucionais foram aprovadas modificando o texto original. Hoje, para que seja feito o desconto de teto, necessariamente, a administração deverá preservar o direito adquirido e a coisa julgada. Perfeita a posição da Prefeitura de São Paulo em analisar individual e criteriosamente cada caso, antes de diminuir ilegalmente os salários de seus servidores.

Marcelo Gatti Reis Lobo falecom@marcelolobo.com.br

São Paulo

_______

ATÉ NO ÔNIBUS

Quase que todo dia se tem notícias de desvio de dinheiro público vindo de toda parte do Brasil e o meu filho assistindo pela televisão ao sequestro de um ônibus no Rio de Janeiro falou : nossa pai ! Será que até dentro do ônibus os políticos estão roubando? Infelizmente é essa a nossa triste realidade.

Edgard Gobbi edgardgobbi@gmail.com

Campinas

_______

RIO DE JANEIRO

O Rio de Janeiro continua lindo, mas a sua polícia... Essa precisa melhorar, e muito. Não é a primeira vez que a polícia despreparada e sem noção faz lambança. Atirar nos marginais dentro do ônibus com passageiros é no mínimo estupidez, para não dizer outra coisa. Mas como estamos na pré Copa, pré Olimpíada, vale tudo e a grana rola. Logo, logo isso se esquece até a próxima e vamos empurrando com a barriga a insegurança que assola a cidade. Parabéns às nossas otoridades, pois eles têm segurança demais e carros blindados.

Marieta Barugo mbarugo@bol.com.br

São Paulo

_______

CIDADE MARAVILHOSA

Comentário do comandante da PM do Rio de Janeiro para as autoridades. Não se preocupem nada vai dar certo? Só rindo pois um dia a operação foi correta no outro desculpas? Que mais podemos dizer? Nada...

Alvaro Jose neweurope@ig.com.br

São Paulo

_______

A REPRESENTAÇÃO DA SEGURIDADE SOCIAL NO CONGRESSO

O Executivo enviará ao Congresso um projeto que amplia os limites de faturamento bruto em 50% para as pequenas e microempresas. Como o limite da aptidão instalada no governo é o de apenas conceder renúncias, o país segue surfando na marola da incompetência. A decisão será fatalmente referendada, afinal existe no Congresso uma expressiva representação que assevera interesses para tal. Trata-se da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, presidida pelo deputado Pepe Vargas (PT) que congrega 258 deputados e 26 senadores - praticamente metade do Congresso atua em prol da causa que congrega cinco milhões de empresas. A "renúncia fiscal" será de R$ 4,8 bilhões em tributos federais e mais R$ 2 bilhões aos cofres estaduais e municipais. Total R$ 6,8 bilhões anuais. O segmento merece um regime tributário próprio, e menos incidente. Isto é inquestionável e largamente adotado nas economias desenvoltas. Contudo, o que não existe em canto algum do planeta são as "renúncias previdenciárias" aqui concedidas. Trata-se do outro lado da moeda ou da inépcia instalada e que aflige diretamente os segurados do subsistema Urbano do RGPS (nexo contributivo). Questiona-se, não só pela concessão às ME''s, mas pelo valor que emerge a questão. Na LDO, e onde sequer se configura este novo balizamento ora concedido pela Fazenda, portanto em projeção subestimada, as renúncias (previdenciárias) para 2011 estão previstas em R$ 12,6 bilhões, o equivalente a 5% da arrecadação total do RGPS (0,3% do PIB). Neste contexto a abdicação das ME''s a arrecadação à Seguridade Social será de R$ 53,5 bilhões entre 2011 a 2014. Em comparação anual, as "renúncias previdenciárias" concedidas as ME''s são maiores em 50% que as fiscais. -Está certo o Ministro Garibaldi Alves em pleitear essa transferência para o Tesouro, pois não se trata de mera "questão contábil", e sim de respeito a normas orçamentárias. Tais renúncias tem fundo fiscal e não previdenciário; já que as ME''s não são entidades filantrópicas! A Seguridade Social brasileira não possui representação parlamentar, e o governo sequer divulga desde 2008 os efetivos dados alcançados pelas "renúncias previdenciárias" e que são evidentemente superiores às lançados na LDO. Um ato desrespeitoso aos segurados que custeiam essa manifesta cessão de direitos a tamanho "altruísmo" governamental. Se tais valores fossem divulgados, inevitavelmente seria mais uma demonstração da imoralidade do decantado déficit da previdência e da desavergonhada inércia parlamentar em não legislar em prol de mais de 65 milhões contribuintes e ex-contribuintes do RGPS, e que evidentemente apenas possuem uma reles e hipócrita representatividade na época das eleições. Lamentavelmente estão a mingua, e assim lançados pelo governo em manifesta falta de zelo à razão da mínima dignidade que merecem.

Oswaldo Colombo Filho colomboconsult@gmail.com

São Paulo

_______

WALTER ABRAHÃO

Fiquei muito triste, quando soube do falecimento do ex- locutor esportivo Walter Abrahão. Como locutor esportivo foi um inovador. Ficou popular após criar palavras como "oxo" para referir ao placar de 0 X 0. Deve-se a Ele a idéia de escolher o melhor jogador de cada partida e o "replay". Como locutor esportivo Walter Abrahão foi um gigante, um gênio.

Paulo Dias Neme profpauloneme@terra.com.br

São Paulo

_______

BRASIL-ALEMANHA

Pós derrota para a Alemanha, os comentários esportivos em jornais e emissoras de TV passa a impressão que o Brasil não empatou o jogo em 2 X 2, porque o André Santos falhou feio no terceiro gol. Não há como discordar dessa falha e também que ele foi mal o tempo todo mas, do resto dos elenco quem jogou bem ? Ninguém ! O time todo foi mal e jogar como que a culpa pela derrota em cima do André é pura sacanagem. Um desses "expert" do alto de sua sabedoria, disparou que o Léo do Santos é dez vezes melhor que o André, esquecido da diferença entre estar jogando aqui contra a mediocridade geral e enfrentar uma Alemanha em seu campo. Ai vem a conversa do porque não ter começado com o Ganso ? Ora bolas, o Ganso anda jogando alguma coisa no campeonato brasileiro ? Sempre quando criticam o André Santos lembram do Marcelo para seu lugar,´porque segundo essa mesma turma arrebenta no Real Madri. A essa turma falta assistir o Real Madri no campeonato espanhol para constatar que o ponto mais fraco de sua zaga é justamente o Marcelo, que gosta de apoiar e aparecer atacando contra times pequenos mas, quando enfrenta grandes como um Barcelona, desaparece!

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

_______

ALEMANHA 3X2 BRASIL

E ainda dizem que futebol não tem lógica.

Cláudio Moschella arquiteto@claudiomoschella.net

São Paulo

_______

CONTRADIÇÃO

Mais uma vez a Seleção Brasileira não apresentou o esperado por todos torcedores o que dela se esperava e realmente pode produzir... Mano Menezes está devendo e muito, explicações justificáveis de tão baixo índice dos jogadores sob seu comando técnico. Má apresentação na Copa América, amistosos e mais uma vez decepcionou ao enfrentar a Alemanha, nem tanto pela derrota, mas pelo mau futebol praticado e contradição na sua escalação dos jogadores. Para que foi que ele convocou o Paulo Henrique (Ganso), para desfalcar o Santos ou para jogar pela seleção? Seus próprios atos lhe contradizem.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

_______

VAIDADE

A vaidade das "estrelas" está acabando com o futebol da seleção do país.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

_______

SEGUNDA DIVISÃO

Se as seleções mundiais de futebol fossem divididas em divisões como as de tênis são para disputa da Copa Davis (que é o mundial de seleções do tênis), a seleção do Mano já estaria na segundona faz tempo.

Luiz Henrique Penchiari luiz_penchiari@hotmail.com

Vinhedo

_______

DESU(MANO)

Logo o coro geral será pela volta de Zagalo ao comando da Seleção.A forma de dirgi-la pelo atual técnico é desuMANO e inqualificável,com derrotas e desclassificações seguidas.O pior na história toda é que a CBF sempre apóia e confirma a manutenção no cargo,que de tão importante deveria ser escolhido por um processo de votação,porquanto os últimos fracassos nas Copas que eles não mais se repitam na tragédia de 50 no Maracanã.

Carlos Henrique Abrao abraoc@uol.com.br

São Paulo

_______

DERROTAS CIRCUNSTANCIAIS

A seleção brasileira perde a Copa América do fraco Paraguai, e o Mano continua, o Brasil perde da Alemanha e a CBF, em nota, garante que o projeto de 2014 não será mudado devido a "derrotas circunstanciais", é mas de derrota em derrota circunstancial que o time não passa sequer da primeira fase na próxima Copa.

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.