Cartas - 15/08/2011

CORRUPÇÃO

, O Estado de S.Paulo

15 Agosto 2011 | 00h00

A vergonha política

Impressionante o descaso pela coisa pública. Mesmo quando flagrados pela polícia, nossos políticos fazem cara de que a coisa não é com eles. Depois de escândalos gritantes em seis ministérios - e deve haver mais envolvidos -, a já famosa base aliada do governo faz o mesmo jogo dos funcionários públicos, realizando o que chama de operação-padrão. Ou seja, se já não saía nada de bom do Congresso, agora nem as boas propostas do Executivo vão andar. Afinal, qual o segredo das emendas parlamentares? Pela operação-padrão, deve ser quebra de fluidez financeira no bolso desses incautos. Na iniciativa privada não há operação-padrão, o que existe é empenho. O Brasil está bem, mas com a ética debilitada. E não adianta nos sentirmos enganados, pois nós elegemos essa gente, que cruza conosco depois de eleita sem sequer cumprimentar. Pena que no momento em que temos uma presidenta técnica não aproveitemos. E olhe que não sou petista.

LUIZ ANTONIO ERHARDT

luiz@osom.com.br

São Paulo

_______

Turismo

Parabéns ao Estadão pela reportagem Desvios do Turismo beneficiaram deputada do PMDB, dizem envolvidos (12/8, A4), pois tirar a sujeira debaixo do tapete e mostrar aos eleitores quem, de fato, são os nossos representantes no Congresso é o papel da imprensa. Sei que a primeira pedra do dominó foi derrubada e, consequentemente, logo Estados, prefeituras e ONGs mostrarão o que fazem com as verbas do Ministério do Turismo!

ROSEMARY TRABOLD NICACIO

rosenicacio@gmail.com

Assis

_______

Tantos zeros...

Ao ler a matéria Desvios do Turismo beneficiaram deputada do PMDB..., na qual tantos zeros aparecem, fico pensando: quantas bocas poderiam ser alimentadas no Brasil da fome e da miséria? Quantas vidas poderiam ser salvas no SUS? E quando é que o Brasil de belezas naturais e povo afetivo terá, de fato, investimento no seu turismo?

LEIDE CÉLIA DAINESE CORREIA

dainese.leide@gmail.com

Assis

_______

Cinco-estrelas

Tudo indica que o Ministério do Turismo realmente se especializou só em montar viagens dispendiosas, reservando a primeira classe, em todos os sentidos, aos ladrões de colarinho branco que usufruem infinitamente da roubalheira e da dilapidação do erário. Será que a penitenciária está no roteiro desses criminosos, tal qual os hotéis cinco-estrelas?

DAVID NETO

drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

_______

Superlotação

No Brasil, se somente os honestos fossem presos, estaria resolvido o problema da superlotação dos presídios.

JOÃO HENRIQUE RIEDER

rieder@uol.com.br

São Paulo

_______

Trambiqueiros

Curioso como esses ladrões do erário querem mostrar-se sérios. Ao serem apanhados com a boca na botija, põem logo o seu sigilo bancário, telefônico e fiscal à disposição das autoridades fiscalizadoras. Até as pedras das ruas sabem que nenhum deles faz os trambiques por vias oficiais.

JAIR FREIRE

assim.soja@gmail.com

São Paulo

_______

Me engana que eu gosto

De fato, é interessante como todos os envolvidos em escândalos de corrupção, principalmente os detentores de mandatos eletivos (deputados, senadores) e/ou ocupantes de cargos executivos de relevância, logo se apressam a abrir seu sigilo bancário, telefônico e fiscal. Ora, senhores e senhoras, só a Velhinha de Taubaté acreditaria nos seus "bons propósitos". Ou acham que nós, o povo incrédulo, não sabemos que existem laranjas, familiares, amigos do rei e da rainha que, docemente, oferecem os seus préstimos, ocultando as maracutaias?

LUIZ AUGUSTO GARALDI

gutonatel@uol.com.br

São Paulo

_______

Receita de esperança

Sempre mais perplexa com os descalabros de que dão notícia os órgãos da imprensa confiáveis (como o Estado), só voltarei a acreditar no Brasil quando todos os cargos públicos, sem exceção, nos três Poderes, forem preenchidos por concurso público de provas e títulos do mais alto gabarito, além de exame de sanidade mental, com as bancas examinadoras compostas por membros de capacidade igual ou superior à de Rui Barbosa (difícil!), presididas por outro de igual estatura moral e intelectual e, quiçá, pelo próprio Jesus Cristo (mais difícil ainda!)... Porque, sinceramente, nunca antes neste país foi tão difícil crer no ser humano.

EDMÉA RAMOS DA SILVA

paulameia@terra.com.br

São Paulo

_______

Fichas sujas

Renova a minha esperança saber que, em meio a tanta imundície, há um suspiro de injustiça que mostra que nas próximas eleições será muito difícil achar uma ficha limpa.

ANDREIA MARIA DE SOUZA VIEIRA

andreiasouzavieira_5@hotmail.com

Assis

_______

PODER JUDICIÁRIO

Desvios

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) manifesta estranheza e perplexidade ante o relatório divulgado no editorial A corrupção na Justiça (11/8, A3). Embora reconheça o papel reservado ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de controlar a legalidade dos atos administrativos do Poder Judiciário, a AMB considera que fazer um levantamento e levá-lo à imprensa, exibindo um mapa da corrupção para acusar o Judiciário, é ofender, de forma genérica, todos os juízes brasileiros. Não há dúvidas de que a magistratura é imprescindível à consolidação dos valores democráticos e sociais e presta relevantes serviços à democracia e à sociedade brasileira. Porém, se há desvios, devem ser apurados e os responsáveis, punidos, respeitando sempre o direito à ampla defesa, ao contraditório e ao princípio de presunção de não culpabilidade. Dedo apontado contra irregularidades não julgadas em definitivo pelo CNJ, muito menos pelo Supremo, é uma violação que fragiliza o Estado de Direito.

NELSON CALANDRA, presidente

jornalismoamb@gmail.com

Brasília

_______

"Enquanto Lula sugere que PT e PMDB repactuem a coalizão, nós, brasileiros comuns, pagamos o

"pacto" com a corrupção"

CLODOMIR DE JESUS REDONDO / ARAÇOIABA DA SERRA, SOBRE A "GOVERNABILIDADE"

clodoredondo@bol.com.br

"Tão certo quanto 10-7=4, se Marta pagar o pato, Haddad pega os peixe..."

A. FERNANDES / SÃO PAULO, SOBRE A ARITMÉTICA ELEITORAL

standyball@hotmail.com

_______

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 807

TEMA DO DIA

Ir de ônibus do Brasil ao Peru leva 96 horas

A mais longa linha de ônibus da América do Sul tem 5.917 km e une São Paulo a Lima

"Deve ser uma aventura bem legal. Mas pelo preço, de R$ 468 só pela ida, é melhor ir de avião."

GERSON TEIXEIRA

"Realmente é uma boa viagem para testar a sua paciência e conhecer melhor os Andes."

EMERSON SANTOS

"Obras inacabadas são características negativas de nosso continente e governantes."

MARIA SALETE DA SILVA AUGUSTO

_______

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

MATO SEM CACHORRO

A oposição iniciou coleta de assinaturas para "tentar" criar a CPI da Corrupção, a fim de investigar escândalos no governo federal, buscando apoio de parlamentares insatisfeitos da base aliada do governo. Xiiiii...o bicho vai pegar para Dilma! Ou ela enfrenta os corruptos "infelizes" de sua coalizão - alguns já disseram que pararão os serviços no Congresso enquanto a presidente não resolver liberar as emendas parlamentares, em outras palavras, enquanto ela não fizer "a paga" por terem-na apoiado até então -, ou, nas palavras do confesso "apavorado" José Dirceu, Dilma não concluirá seu mandato por estar errando no relacionamento com o Congresso e os partidos - coisa em que Lula, vendendo a alma própria e dos brasileiros também, não errava. Ele quis dizer que ela deve entrar mais profundamente no mundo da corrupção, atuando imoralmente, permitindo que se faça do poder público a casa da mãe Joana, como seu antecessor? E, cá entre nós, esses insatisfeitos da base aliada da presidente são tão mau-caráter, que nem disfarçar mais disfarçam e sopram ao vento sua estratégia para desestabilizar o governo, sem pudor algum!

Myrian Macedo myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

________

A GOSMA QUE ESPRAIA

A cada desonestidade e corrupção desvendadas nos escalões menores da administração e dos ministérios uma secreção purulenta respinga sobre agentes importantes da República; desta feita, no Ministério do Turismo, sobre a Deputada Fátima Pelayo e sobre o Presidente do Senado, José Sarney. Se tivessem ocorrido prisões nos casos do Ministério dos Transportes e da Agricultura, os respectivos Ministros não estariam esgrimindo protestos indignados de inocência.

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

________

VAMOS PARANDO POR AÍ

Muito provavelmente a operação Amapá2 vai parar por aí mesmo.

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

________

ALGEMAS DA DISCÓRDIA

A voracidade aos cofres públicos, hoje, em todos os setores do governo chegou a tal ponto que, quando a Polícia Federal procede à prisão de fraudadores do erário, de corruptores dos bons costumes e usa no caso das algemas um instrumento que está dentro dos procedimentos regulamentares da instituição, vem o governo, pela voz da presidente e do vice, aliado maior (PMDB) criticar abertamente o uso de algemas por gatunagem. Não vejo onde está o exagero da polícia. A veemência do governo e aliados chegou ao ponto de o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo se manifestar favorável ao modus operandi, para acalmar a PF.Em Brasília o caldeirão continua em ebulição com substancial combustível fornecido pela eminência parda, José Dirceu. Pior do que está vai ficar.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

________

CORRUPÇÃO

A cada dia, ao ler nosso Estadão, sou surpreendido por novos casos de desvio de dinheiro público por todos os "Poderes" da nação. É inacreditável a quantidade, profundidade e amplitude de tais roubos (não há porque usar outro termo). Mas temos que considerar também a forma como nossas "autoridades" se conduzem em tais casos. Fosse na iniciativa privada, fortes ações já teriam sido tomadas ao primeiro sinal de desonestidade, conflito de interesses ou falta de ética. Já na área pública, o que vemos são nossos "políticos" revoltados com o fato de alguns "cupinchas" serem algemados e a presidente "ofendida" porque a polícia federal cumpriu suas obrigações. Quanto à prisão dos envolvidos e devolução do dinheiro desviado, nem se cogita! Além de tudo, criram-se os "fóruns privilegiados" e "segredos de justiça"! Seria cômico se não fosse trágico. Mas o pior é ver "figurões" políticos com passados extremamente condenáveis, de dedo em riste, defendendo seus apaniguados. É muita cara-de-pau! Agora, a pergunta que não quer calar: qual o interesse de nossos "políticos" em criar mecanismos que acabassem com a mamata ? Para alterarmos esse quadro desolador é necessário, em primeiro lugar, mudar a camarilha que se instalou nos Três Poderes com a renovação do quadro de nossos representantes. Mas isso depende, diretamente, do voto inteligente.

Heleo Pohlmann Braga heleo.braga@hotmail.com

Ribeirão Preto

________

PF TEM DE AVISAR DILMA SOBRE OPERAÇÕES SIGILOSAS?

Exma. presidente Dilma Vana Rossouff Linhares, acho um absurdo pedir ao Ministro da Justiça, que quer ser avisada, e ter informações mínimas sobre as operações da Polícia Federal, como no caso mais recente envolvendo as investigações no Ministério do Turismo. Todos nós sabemos que o fator surpresa é determinante para o êxito de tais operações. Dividir as informações com a Sra. talvez não seria um problema, mas com as pessoas que a cercam (o que fatalmente acabaria acontecendo), com certeza sim. Sugiro, para que a Sra. não seja pega com a "saia nas mãos", faça uma limpeza com "L" maiúsculo, e bote na cadeia toda esta cambada que está tomando de assalto o dinheiro do povo, pago através dos impostos, no bojo desta pesada e quase já insuportável carga tributária.

João Batista Piovan jb@reunidaspiovan.com.br

Osasco

________

POLÍCIA FEDERAL

Se a PF resolver investigar secretamente a presidente, precisará avisá-la antes também?

Luciano Harary lharary@hotmail.com

São Paulo

________

LADRÕES

Depois de oito anos de "governo" do profeta Lulla tem ladrão saindo até pelo ladrão. Me ajuda aí!

Ricardo Marin s1estudio@ig.com.br

Osasco

________

GRATIDÃO

No armazém, a gerentona mandou o subalterno por um guiso no gato. As ratazanas agradecem.

A.Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

________

OPOSIÇÃO E FAXINA

A oposição, tanto de partido político, quanto de entidades de classe está perdendo a oportunidade de participar da faxina da corrupção que assola este país. É bem capaz que a situação ainda venha a se vangloriar de que foi ela que fez a faxina sem ajuda de ninguém.

José Luiz Martin jlmartin@estadao.com.br

São Paulo

________

EPIDEMIA

A corrupção no Brasil é epidêmica. Povo(inho) heróico, bravo e oportunista.

Flavio Langer diretoria@spaal.com.br

São Paulo

________

NOVELA

Na atual novela em cartaz dirigida pela Polícia Federal intitulada "faxina nos ministérios", aguarde em breve novo capítulo protagonizado e realizado no ministério da "Educação".

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

________

AMIGO É PARA ESSAS COISAS

Com relação à crise instalada no Ministério da Agricultura, o senador Blairo Maggi (PR-MT) foi extremamente solidário com o ministro Wagner Rossi (PMDB), ao cobrar do governo o mesmo tratamento especial dispensado ao PR nos Transportes, ou seja, assegurar para que todos os envolvidos no tráfico de influência e corrupção saiam são e salvos do episódio, sem que tenham que devolver um único tostão da vultosa grana pública subtraída e longe do xilindró.

Yoshitomo Tsuji y.ts@hotmail.com

São Paulo

________

PROTEÇÃO DE CORRUPTOS

Responsável por deixar uma herança maldita do seu (des)governo para o (des)governo da presidente Dilma, Lula ainda se acha no direito de dar conselhos e indicar ministros inadequados e desastrosos. Agora querem submeter a Polícia Federal ,com o endosso do vice-presidente Michel Temer, a dar satisfação prévia de suas operações, para proteger os corruptos, que tomaram conta e apodreceram o país, para se manterem no poder a qualquer custo. Ainda bem que temos a imprensa livre que, com suas manchetes diárias com novas denúncias, vem em defesa de nossa democracia, porque não podemos esperar nada do Congresso Nacional, tendo em conta que a maioria dos congressistas defende os interesses do governo ao invés dos interesses do povo.

José Wilson de Lima Costa jwlcosta@bol.com.br

São Paulo

________

CHOCADO

Sr. Temer, o sr. ficou chocado com a ação da Polícia Federal. Uma pergunta se faz necessária: o sr. não ficou chocado com a ação do bando que estava operando o Turismo? Isto em relação ao PMDB no Amapá. Agora, em relação à vice-presidência que o sr. ocupa, não fica chocado quando esses abutres que infestam os partidos (não só o seu) desviam dos demais órgãos do governo, altíssimos valores? Isso, sim, é chocante!

Luiz Carlos Tiessi tiessilc@hotmail.com

Cidade Jacarezinho (PR)

________

A DANÇA DAS QUADRILHAS

Parece que a política vai de mal a pior: Já acostumados a ver a velha "dança das cadeiras", agora teremos de nos acostumar com a "dança das quadrilhas".

Carlos Delphim Nogueira da Gama Neto carlosgama@croniquetas.com.br

Santos

________

COPA FURADA

As nossas autoridades só falam em estádios de futebol e obras.

O Rio de Janeiro apesar do intenso e imenso marketing ninguém abre a boca para falar da infraestrutura? Hospitais federais, estaduais e municipais caindo pelas tabelas, sem a mínima condição, segurança zero, continua-se matando mesmo com as UPPs. Trânsito ruim, ônibus, metrô e trens sem comentário? Lagoas e rios totalmente imundos e jogando esgoto nas praias da barra o grande point do Rio. Camelôs, carros e agora bicicletas invadindo as calçadas e os pedestres se virem. Motoristas que adoram buzina e fechar cruzamentos e ninguém cuida ou finge que não vêm.

E para fechar com chave de ouro a zona norte com grafites emporcalhando a cidade e os famosos vendedores de comida(vende-se de tudo),que deixam um rastro de sujeira após o trabalho?Claro fazendo gatos da luz e da água com risco de curtos circuitos. Ia me esquecendo e os famosos bueiros Aires (bueiros voadores). Desejo que Deus, sendo brasileiro, nos abençoe e ilumine as cabeças das otoridades.

Marieta Barugo mbarugo@bol.com.br

São Paulo

________

QUESTÃO DE PRIORIDADES

Ao mesmo tempo em que o prefeito da nossa cidade decide vender vinte grandes áreas municipais, sob a alegação totalmente inconvincente de que será necessário para a construção de 200 creches, que faltam para completar a sua promessa de campanha, o município vai distribuindo bondades à custa do erário público. Além de reter em caixa, verbas da ordem de R$10bilhões, a Prefeitura já destinou R$ 420 milhões em isenções de impostos, para a construção do estádio do Corinthians, objetivando a abertura da Copa do Mundo de Futebol, organizado por entidade particular. Hoje o Caderno Metrópole, em página C4 informa que a prefeitura já admite pagar 1/3 da obra da Nova Luz. A exemplo do estádio para a Copa, que seria totalmente financiado pela iniciativa privada, a Nova Luz também o seria e as construtoras teriam como contra partida o direito de construir e vender os edifícios que construiriam naquela área. Mas agora o Tesouro Municipal poderá ter que bancar pelo menos R$355 milhões para um projeto que sem dúvida será bom para a cidade, mas não ao ponto de ter que vender áreas públicas e prejudicar obras para a contenção de enchentes, intervenção em áreas de risco e as creches utilizadas como desculpa para atender a voracidade das construtoras de espigões por toda a cidade, além incrementar novas áreas verdes para amenizar os malefícios da poluição a seus habitantes, etc. A construção de espigões atingiu uma velocidade incompatível com a infraestrutura colocada a disposição da população e as empresas concessionárias de serviços públicos, como a Eletropaulo, já não conseguem acompanhar a demanda que aumenta, e muito, à medida que residências compostas de casas térreas e sobrados, com grandes quintais, são substituídas pelos edifícios, cada vez mais altos. Já se faz necessária a intervenção firme do Ministério Público para procurar impedir a venda dessas 20 áreas públicas na realidade para que o município empregue quase R$ 1 bilhão em benefício de entidades particulares. Afinal governar é definir prioridades, mas a favor da população e não a grupos particulares como vem sendo feito, enquanto a população é transportada como gado nos transportes públicos e passa horas presos a congestionamentos cada vez maiores.

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

________

REFLEXÃO OPORTUNA

O raciocínio do delegado, Márcio de Castro Nilsson, responsável pela ocorrência das menores que estavam fazendo arrastões e praticando assaltos em São Paulo, que entendeu que as mães devem responder processo por abandono de incapaz, deveria servir como reflexão para uma reforma do nosso judiciário. Claro, não existe isenção de culpa, mas transferência de responsabilidade. Se analisarmos que um cidadão que cometeu um crime, é julgado e condenado, suponhamos a 20 anos de prisão em regime fechado. Essa pena imputada decorre da qualificação da natureza do crime e do grau de crueldade como foi submetido. Portanto, é uma pena justa, segunda a avaliação do Tribunal de Justiça. Ai, passa-se um certo tempo e a pena é reduzida porque o prisioneiro teve bom comportamento, mais adiante ele tema pena reduzida mais ainda e, acaba sendo colocado em liberdade, tendo a pena reduzida em 50%, 60% ou mais. Esse indivíduo não pagou pelo seu crime e nem foi recuperado para a sociedade. Deveria funcionar da seguinte maneira: (A) Comportou-se bem na penitenciária? Parabéns, vai cumprir só os 20 anos da pena! (B) Comportou-se mal na Penitenciária? Que feio! Sua pena será aumentada para 25 anos!

A maioridade penal pode ser qualquer uma, desde que os pais respondam pelos atos dos filhos menores. Se tivéssemos 3 tipos de penitenciárias: Agrícola, fabril e manicomial, teríamos presos trabalhando durante o dia para pagar as despesas de seus sustentos, passando por uma recuperação social e se preparando para voltar ao convívio junto à sociedade. Preso não precisa ir dormir às 18 horas. Depois do trabalho, poderiam ter aulas até às 21:30 horas(Alfabetização, moral e ética, técnico profissionais diversas). Oito horas diárias de sono é saudável para todo e qualquer indivíduo. Todo jovem cidadão brasileiro produtivo, trabalha no mínimo 8 a 9 horas por dia, estuda 5 a 6 horas, gasta em média 2 a 3 horas com refeições e deslocamentos e dorme de 6 a 7 horas por dia. É para refletir ou não é?

Nei Silveira de Almeida neizao1@yahoo.com.br

Belo Horizonte

________

A QUESTÃO DAS MENORES INIMPUTÁVEIS

Apoio a decisão do delegado Márcio de Castro Nilsson de prender, por abandono de incapaz, 4 das mães das meninas que praticavam assalto por meio de arrastão na Vila Mariana, aterrorizando os comerciantes e os moradores da região. A repreensão que uma das garotas levou de sua mãe: "O que é que você estava fazendo lá? Mas é besta de voltar para o mesmo local da crime?- dá bem a dimensão da crise de valores morais por que passa a sociedade. Mas tem uma coisa: abandono de incapaz também pratica o Estado brasileiro desde que aprovou por inteiro o Estatuto da Criança e do Adolescente, sem analisar direito as consequências da cláusula que diz que os menores , abandonados ou não, tem o direito de ir e vir preservado. Daí por diante o Estado largou mão destas crianças...assim como seus irresponsáveis pais também largaram mão delas...E agora, quem tem peito de processar o Estado pela culpa de ter gerado uma multidão de crianças abandonadas pelo Brasil , entregues às drogas , à prostituição e ao roubo , geralmente sob o domínio de traficantes e assaltantes que as usam em suas ações como "mão de obra" para matar....já que elas são " de menor" e portanto, legalmente inimputáveis, mesmo que tenham 17 anos e 364 dias? A OAB bem poderia tomar a frente...ou não?

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

________

GANGUES

O delegado do Distrito Policial do Paraíso fez muito bem em punir, por abandono de incapaz, as mães das meninas da "gangue" do mesmo bairro. Porém, já passou da hora de revisar o tal ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), pois seus resultados negativos são evidentes. Não raro, adultos usam seus filhos para cometer pequenos crimes, ou fazem vistas grossas a eles por conveniência, escorados na impunidade garantida pelo estatuto. Pior ainda, as crianças, cada dia mais cedo, aprendem que são inimputáveis e, sem boa formação e bons exemplos, entram para o crime. O estado, ao garantir que fiquem impunes, na verdade se torna conivente com esta situação e até quase se pode dizer que a promove. Qualquer mãe sabe que educar é, em parte, reprimir o mau comportamento. No intuito de proteger o menor, nossas leis ajudam a destruí-lo.

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

________

O CASO DAS MENINAS LADRAS DA VILA MARIANA

Quando foi que começamos a temer crianças? Qual foi o momento em que a imagem de uma criança maltrapilha e mal cuidada nos despertou receio no lugar de piedade? Estaremos desejando que, como acontecia em séculos passados, as crianças pudessem ser presas, julgadas sumariamente, condenadas? E por que o espanto tão grande com esse bando de meninas que roubam? Por que são meninas e se espera das mulheres docilidade? Porque os meninos já estão por aí faz tempo. Drogando-se nas ruas, atacando em bandos nos faróis. O fato existe e não pode ser negado. O medo dos comerciantes, dos clientes, dos transeuntes é real e fundamentado.Mas as crianças tem 6, 8, 12 anos como as outras crianças, as nossas crianças. Não vieram de outro planeta, outro país, outra cidade. São fruto do que deixamos acontecer. Perderam a inocência, o brilho no olhar, a possibilidade de um futuro. E nós as estamos condenando a delinquência. Porque as portas permanecem fechadas e elas são devolvidas às ruas onde, muito provavelmente, são manipuladas por adultos sem escrúpulos. É demais esperar que exista algum esquema legal para recolher e amparar essas crianças? Depois de tantos anos e de tantas crianças abandonadas, serviciadas, abusadas e exploradas ninguém conseguiu pensar em nada de forma efetiva? Individualmente, muitas pessoas e entidades se preocupam, agem, ajudam juntando grãos de areias frente a um deserto de necessidades. Mas onde estão os legisladores, os deputados, os que governam? A quem podemos apelar nós que conseguimos ainda enxergar, através do horror, a possibilidade de ternura que uma criança desperta?

Ivany Yara de Medeiros ivanyaram@yahoo.com.br

São Paulo

________

CRIANÇAS BANDIDAS

Diariamente se lê nos jornais que um bando de crianças , principalmente meninas , promovem arrastões na Vila Mariana , ameaçando comerciantes com quebra de vitrines , afugentando os clientes além dos prejuízos materiais pelas mercadorias roubadas .

Presos , alegam que não tem 12 anos e duas horas depois estão de volta na rua. Deve faltar neurônios para os responsáveis da soltura , aceitando piamente a idade alegada por estes bandidos-mirim, sem exigir documentos como certidão de nascimento. Deveriam ficar presos até os (ir)responsáveis deles entregar documentos (original, não xerox!) comprovando a idade deles, porém avisando eles que poderão ficar responsabilizados pelos atos de seus dependentes. No Brasil, a legislação penal só beneficia os bandidos (mata e fica solto mais de 10 anos como aquele jornalista, mata e com a redução da pena a um sexto fica livre depois de 5 anos, mata e tendo menos de 18 anos fica logo solto.

Jacques Pennewaert. jacques.pennewaert@terra.com.br

São Paulo

________

MENOR INFRATOR

Que "Estatuto da Criança e do Adolescente" mais hediondo é o brasileiro. Como pode o Estado deixar a soltas menores que estão nas ruas transgredindo normas, verdadeira escola da bandidagem? Abandonados pelos pais e pelas autoridades esses menores ficam a mercê de criminosos por conta de um "Estatuto" que mais estorva do que ajuda. Até quando?

Leila E. Leitão

São Paulo

________

CRIMINALIDADE

A criminalidade como nunca antes avançou e continua avançar em todo o Brasil de norte a sul de leste a oeste impunemente. A culpa deste descalabro é Poder Legislativo, Senado e Câmara dos Deputados, que se torna assim conivente com o crime. Os representantes eleitos pelo povo estão completamente alheios a este gravíssimo problema nacional: a criminalidade. Vários projetos de lei procurando atualizar o nosso superado Código Penal dos idos de 1940 encontram-se engavetados há anos. Somente quando algum ente querido de algum parlamentar for assassinado brutalmente pelos profissionais do crime então é possível que este senador ou deputado passe a sentir na própria pele aquilo que a maioria dos brasileiros há anos eles vêem sentido; uma total insegurança. Residências passaram a ser protegidas por altos muros com grades e arames farpados. Desamparados pelo poder público cada um procura se proteger como pode. A Polícia correndo risco de morte de seus membros prende os bandidos, mas, a Justiça solta. Por que solta? Porque o juiz tem que cumprir a Lei criada pelo Poder Legislativo. As leis de execuções penais, estas sim, sempre são sempre revistas, não para punir o bandido, mas para amenizar a sua pena: saídas temporárias de fim de ano, Semana Santa, Dia das Mães, Dia dos Pais, etc. por "bom comportamento" (quem é afinal que fornece esse atestado de bom comportamento?) para visitar a família e se "reintegrar na sociedade". As estatísticas demonstram que 70% daqueles que recebem este benefício não retornam a prisão (o diretor do presídio não deve ser o fiador pelo bom comportamento do preso fora da prisão? Não deve ser responsabilizado?). Mas a Lei continua protegendo o criminoso. No Brasil criminalistas, criminologistas, ainda pensam que a prisão deve ter por finalidade recuperar o bandido a fim de torná-lo um cidadão útil a sociedade. Parece que esses intelectuais não vivem no Brasil, que não assistem o noticiário diário transmitido pela televisão onde se vê tão somente violência, agressividade praticada pelos criminosos: assaltos diários a bancos seguidos de latrocínio, assaltos diários nos motoristas nos semáforos, assaltos em residências com latrocínio, arrastões em avenidas de tráfico intenso, etc. Ainda, o nosso ultrapassado Código de Direito Penal considera os menores de 18 anos imputáveis, irresponsáveis pelos seus atos, enquanto nos países do primeiro mundo, principalmente na Europa a média é de 14 anos. Somente na Venezuela, Colômbia, Equador, a Nigéria e o Brasil ainda conservam a responsabilidade tão somente após os 18 anos. Enquanto o nosso ultrapassado Código de Direito Penal e as leis de execuções penais se mantêm ainda em vigor que mais protege o bandido que felizmente representa apenas uma minoria da população brasileira, a grande maioria é de gente honesta e trabalhadora que se vê desprotegida em razão das nossas leis. Que maior calamidade ainda precisa acontecer para que nossos parlamentares acordem, se despertem do seu marasmo?

José Carlos de Castro Rios jc.rios@globo.com

São Paulo

________

VIOLÊNCIA

Neste clima de insegurança em que vivemos, onde se rouba de tudo, bicicletas, fios de cobre, celulares, restaurantes, e até filhotes em pet shops, além da banalidade em que se transformou o latrocínio, não está na hora de alguma providência mais drástica? O ideal seria uma ação igual ao do Coronel Telhada da Rota por dia. Seis eliminados por dia, e talvez em alguns anos estivéssemos livres. Mas isto é utópico. Já que os criminosos, quando são presos, revelam já terem diversas passagens na polícia, pelos mais diversos crimes, e continuam soltos, e se fossem adotadas as tornozeleiras no primeiro crime que cometeram. Será que seriam reincidentes. As tornozeleiras não deveriam servir apenas para os condenados, mas também aos potencialmente condenáveis.

Ricardo Rayes rirayes@uol.com.br

São Paulo

________

INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA

A respeito da internação de viciados, se a cantora Amy Winehouse tivesse sido arrastada pelos cabelos para o rehab (centro de reabilitação) ela estaria viva hoje. Achar que usuários de crack e outras drogas tem vontade própria ou discernimento é um erro, eles farão aquilo que a droga mandar, o que via de regra inclui roubar e matar.

Mário Barilá Filho mariobarila@yahoo.com.br

São Paulo

________

LAMENTÁVEL

Lamentável que o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, defenda a internação compulsória de usuários e dependentes de ''crack''. É mais do que sabido que a internação de dependentes químicos só funciona e tem chances de sucesso se for voluntária. A internação compulsória não apenas fere a lei e o direito de ir e vir da pessoa, como não passa de uma forma de repressão contra os pobres e de uma tentativa de ''esconder o lixo embaixo do tapete''. O Brasil precisa adotar a política pública de redução de danos e oferecer tratamento em clínicas de desintoxicação para a população carente.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

________

CRACK

Quando começou esse debate sobre a internação compulsória dos viciados em drogas que infestam algumas regiões da capital paulista e principalmente a maior, que apelidaram de "cracolândia", muitos criticam a medida lembrando os direitos das pessoas decidirem sobre seu destino. Tais pessoas, vivem no mundo da lua crendo que esse grupo tem cura decidindo sobre si mesmo quando a verdade é uma só: a continuar a situação atual, todos estão condenados a morrer mais rápido e nesse meio tempo, na busca de recursos para manter o vicio cometerão toda espécie de crimes contra cidadãos sem culpa de sua situação. Soluções como oferta de casa, comida, trabalho, tratamento psicológico, etc... só funciona no inicio e o pessoal da "cracolândia" está no fim, restando a eles uma única chance que é o internamento compulsório onde talvez consigam livrar-se do vicio e voltar a viver. Essa intenção do governo já tarda.

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

________

SAIDINHA DE BANCO

A tal saidinha é um crime perigoso. Entra ano e sai ano a história é sempre a mesma. O cidadão vai a agência, saca uma boa quantia de dinheiro e acaba surpreendido por um bandido ao sair. Se reagir, arrisca ser morto. Dezenas de pessoas foram mortos mesmo não reagindo pelo fato de não ter que deixar provas testemunhais. Na menos ruim das hipóteses, sai ileso, mas perde um alto valor, reunido com grande esforço. Quase sempre o bandido lá fora é alertado por algum comparsa dentro do banco. Assim, faz sentido a lei aprovada pela câmara municipal de SP, como de tantas, pelo país, que proíbe o uso de celular dentro das agências bancárias. No começo, a medida deve causar algum desconforto e controvérsia. Ficamos tão acostumados a falar no celular, em qualquer lugar o tempo todo, que alguns minutos sem o telefone já deixam a pessoa aflita, sentindo-se desconectado do mundo. Mas com um pouco de compreensão e bom senso, não há razão para a nova lei não "pegar". É mais lógico impedir que os criminosos passem informação lá de dentro do que colocar mais e mais policiais e seguranças dentro e fora dos bancos. Espera-se agora que o prefeito Gilberto Kassab (PSD) avalia-se, é o caso de sancioná-la claro, se não ferir outra lei. É mais lógico impedir que os criminosos passem informação lá de dentro do que colocar mais policias e seguranças dentro e fora dos bancos. A medida deve ajudar a combater a conhecida "saidinha de banco", mas acabar com esse tipo de crime, que tanto tem incomodado a sociedade - aliás, com qualquer tipo de crime -, é quase impossível. Ainda mais agora na semana do dia dos pais, com a saída de mais de 20 mil detentos dos presídios para comemorar data, os cuidados devem ser redobrados. Por isso, é bom sempre ficar atento e evitar sacar grandes quantias em dinheiro na boca do caixa. Além do mais muitas operações, hoje em dia podem ser feitas pela internet. Mesmo assim, a proibição do celular merece apoio de toda a sociedade. É melhor ficar sem telefone por alguns minutos do que perder muito dinheiro - ou até a vida - em segundos.

Turíbio Liberatto turibioliberatto@hotmail.com

São Caetano do Sul

________

RODEIOS

Os rodeios tem que ser eliminados de uma vez por todas do país. Argumentar que esta barbárie (leia-se a descrição do lançamento de bezerros) é manifestação de tradição e cultura é por si só atestado de subdesenvolvimento e primitivismo. Pedimos a continuada intervenção do Ministério Público, do Tribunal da Justiça, das Delegacias de Crimes Ambientais e de todos os órgãos efetivamente culturais para que esta mancha de atraso, primitivismo e crueldade seja de uma vez eliminada. Quem leu a descrição do divertimento do lançamento de bezerros não pode mais apoiar ou admitir estes espetáculos que são a vergonha para os municípios que nisto baseiam sua fonte de renda.

Anneliese R. G. Fischer Thom fthom@uol.com.br

São Paulo

________

PEDRA NO PARA-BRISA

Um motorista que não quis se identificar e muito menos ir à delegacia fazer um BO sobre a atitude de dois vândalos que do viaduto Imigrante Nordestino, Marginal Tietê, lhe arremessaram uma pedra com a possível intenção de assaltá-lo. O motorista andou mais uns 400 metros adiante e pediu auxilio a polícia que prestativamente lhe atendeu, prendendo os agressores. Porém, não quis comparecer ao Distrito Policial para que fosse elaborado o BO. Este cidadão precisa entender que com atitude semelhante a sua, a polícia pouco poderá fazer em defesa dos cidadãos e um efetivo combate aos vândalos que colocam as vidas de muitos em risco. É necessário um autodespreendimento e colaboração com as autoridades policiais para solução da segurança e não apenas criticar os policiais.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

________

O GOVERNO E A JUSTIÇA

O Governo de São Paulo, incoerentemente, reduz salários de 12 mil milicianos e pensionistas, cujo montante mensal de 4 milhões de reais é insignificante para os cofres do Estado. Ressaltando que, absurdamente, o cálculo do RETP, amparado por um extenso arcabouço jurídico, vinha sendo pago há 17 anos e foi cortado por uma simples Portaria. Ora, qualquer pessoa de bom senso sabe, perfeitamente, que DECRETO e PARECER não são instrumentos para uma revogação legal, e muito menos por uma PORTARIA.

Por incrível que pareça isso está acontecendo no Estado mais desenvolvido e rico do país. Ouve-se dizer que, caso não fosse cumprido o Parecer da PGE (Procuradoria Geral do Estado), o Comandante Geral seria enquadrado por improbidade administrativa. Ora, nesses 17 anos que foi pago o RETP, como ficam os ex-Comandantes Gerais, Secretários da Fazenda, governadores, deputados estaduais que aprovaram a LDO (Lei de Diretriz Orçamentária) e os conselheiros do Tribunal de Contas que auditaram as contas do Estado? Serão responsabilizados? Por que só agora e só para o atual Comandante? Gostaríamos de ter essas respostas. Espero que a decisão judicial seja técnica, como devem ser sábias as sentenças prolatadas pela Justiça. Como também espero que não haja qualquer arroubo político, que possa levar à facciosidade na interpretação da Lei, por ocasião do julgamento. Desconsiderar a segurança jurídica e o princípio da irredutibilidade de vencimentos, no caso em tela, será um ato que afetará o país, naquilo em que ele mais se orgulha - "O Estado Democrático de Direito". Não se esqueçam que essas famílias há 17 anos contam com essa verba como incorporadas em seu orçamento para o pagamento de escolas, aluguéis, prestação de bens, remédios, etc. Portanto, não é justo que o governo, mais uma vez, venha não reconhecer que o nosso policial, um dos mais mal pagos do país, que serve o Estado que mais arrecada, de forma a ser o mais rico da nação, é desconsiderado na sua dignidade e penalizado dessa forma. Não poderia me calar diante de tamanha injustiça, que se faz aos valorosos integrantes da Polícia Militar, que sacrificam suas próprias vidas em defesa da sociedade paulista.

Luiz Carlos dos Santos marketing@aopm.com.br

São Paulo

________

AMEAÇA REAL E IMEDIATA

A PF está trabalhando, aparentemente, em defesa do bolso do cidadão, contra os abutres que infestam a esplanada dos ministérios. Algumas excelências ficaram abespinhadas por ver seus apaniguados algemados. A presidente, por seu lado, quer ser avisada sobre as operações da PF e, assustada, correu para pedir socorro ao seu criador, o ''noço guia'' que aconselhou à criatura não irritar o PMDB. Dá para imaginar quanta maracutaia ainda está por vir? Dá para imaginar o tamanho das falcatruas nos ministérios a cargo do Partido dos Trambiqueiros? A notícia de que o contrato de aplicação do Enem sofreu aumento de 190% em apenas um ano não seria ameaça real e imediata para minar a possível candidatura à prefeitura de São Paulo do ministro da Educação, colecionador de confusões nas provas dos anos anteriores, e favorito do ex-presidente?

Aparecida Dileide Gaziolla rubishara@uol.com.br

São Bernardo do Campo

________

QUANTA MENTIRA!

Ha uma propaganda da Prefeitura Municipal de São Paulo que diz que escolas estão cada vez melhores,que os pais estão muito satisfeitos,que os professores mais ainda.Fala também que os salários Dobraram de valor.Basta ver um holerite para comprovar que é uma grande inverdade.Será que esse senhor pensa que tapeia quem?É bem certo que isso nada tem de verdadeiro. A fila para crianças que necessitam de creches é enorme,tanto que um prédio está em processo de tombamento para evitar que equipamentos necessários a nossa cidade não sejam destruídos,como quer o alcaide. Qualquer de nos pode exibir o demonstrativo de papamento,mas os mais atingidos são os aposentados.A justiça vai permitir isso?

Maria de Mello nina.7mello@uol.com.br

São Paulo

________

VENDA PATRIMÔNIO DA PREFEITURA NO ITAIM

Só quem chegou da Groenlândia ontem acredita que serão feitas 200 creches. Até porque o custo de manutenção desse tipo de serviço é maior que a construção, todo mundo sabe disso. Pelo Brasil afora se encontram numerosos esqueletos de unidades de saúde, construídas, ou parcialmente construídas, sem equipamento, funcionários, etc . Ou seja, o dinheiro foi gasto, irresponsavelmente, sem resultado para o cidadão comum. Está previsto orçamento para salário de funcionários, alimentação das crianças, limpeza, etc? Na periferia o aluguel é baratíssimo, porque não se alugam imóveis? Resposta: porque o custo de manutenção é, sim, alto. Se uma casa popular se constrói com $ 28000,00, e esse é o salário, MENSAL, de um procurador da prefeitura, e os mesmos estavam ganhando, repito: mensalmente, três vezes esse valor, não é injusto inferir, que se os gastos da prefeitura fossem melhor administrados, já poderiam ter se iniciado a construção das creches, sem venda de patrimônio algum... Ou seja, só não vê quem não quer que isso é mera dilapidação do patrimônio público, cedendo ao interesse financeiro. Ou alguém acredita que uma empresa séria vai gastar uma fortuna para avaliar um terreno correndo o risco de perder dinheiro? O Itaim Bibi, com a construção de tantas torres, se tornou cada vez mais árido, tanto na paisagem, como no clima. É só acompanhar a construção de um edifício, desde o início, para ver que TODAS as árvores do terreno são cortadas, a despeito de todas a promessas em contrário. Comparem os bairros onde predominam casas, ao invés de edifícios, que ainda restam no centro expandido de São Paulo, para notar claramente a diferença na arborização. O Itaim Bibi dispõe de pouquíssimas áreas verdes e MUITO trânsito. Precisamos de serviços para todos. Tanto pobres como ricos. Empurrar todos o pobres para a periferia, a três horas distância do local, sendo que trabalham no centro, não é um projeto de cidade responsável. O açougueiro, o padeiro, os funcionários da lavanderia, os idosos que moram na região, embora hoje vivam de pequena aposentaria... Esse tipo de conduta oriunda de empresas privadas cujo único fim é o lucro eu entendo, mas nunca vindo do poder público. Será que estamos na China?

Maria Andrade andrade.maram@gmail.com

São Paulo

________

ENTREVISTA FERNANDO HADDAD

A entrevista com o Ministro da Educação, Fernando Haddad, publicada na edição de 10/8, cuja íntegra foi disponibilizada no portal "estadão.com.br", traz diversas matérias relevantes. Neste espaço pretendo destacar apenas a questão do necessário enxugamento do currículo do ensino médio. Pragmaticamente deve se considerar que a construção do ENEM, como porta de acesso ao ensino superior (os eventuais equívocos operacionais são irrelevantes) vai impactar definitivamente o currículo do ensino médio. A utilização do ENEM, como processo seletivo, em todos os estados da união (exceto São Paulo) nas universidades mais prestigiadas é o fator relevante. Sobrará cuidar do problema paulista já que, neste estado, os vestibulares das universidades estaduais - USP, UNESP e UNICAMP - são mais impactantes que os das universidades federais. E aqui, pasmem! USP, UNESP e UNICAMP não conseguem sequer definir competências comuns para a 1ª fase, sujeitando o sistema como um todo a acudir exigências consideravelmente díspares. Finalmente quero cumprimentar o Ministro pela firmeza de propósitos.

Arthur Fonseca Filho arthurfilho@uirapuru.edu.br

Sorocaba

________

ENEM, OUTRO ABSURDO

Qual critério foi usado pelo Ministério da Educação para o ENEM 2011, que custará ao Governo Federal a bagatela de R$-372 milhões que serão pagos a Universidade de Brasília (FUB), líder do consorcio para realização de duas ou três edições, contratado "sem licitação". Em 2010 o custo do mesmo programa custou R$-128,5 milhões aos cofres públicos, ou seja por aluno pulou de R$-27,00, para R$-59,00. Vale aqui uma pergunta: as apostilas virão revestidas de ouro para justificar esse aumento abusivo? Com a palavra o ministro Haddad, aquele que quer ser prefeito de São Paulo. Rezemos todos para que Deus que nos livre dele, amém!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

________

A DEMOLIÇÃO DA TV CULTURA

A política de desmonte da TV Cultura levado a cabo pelos últimos governos paulistas, respondem unicamente a lógica de caixa, vale dizer, escola pública, hospital, posto de saúde, delegacia, enfim tudo que for serviço a ser prestado pelo Estado representa prejuízo e merece portanto, ser privatizado ou extinto. A TV Cultura é hoje apenas triste caricatura daquilo que foi um dia, acharam insuficiente prostituí-la entulhando-a com toda a sorte de anúncios de sofás, camas e armários Bartira, optaram também por asfixiá-la até a morte. Parabéns ao jornalista Eugenio Bucci pela lucidez com que descreveu o quadro de franca demolição de um símbolo de todos os paulistas e patrimônio dos brasileiros.

Denis Veiga Junior denisveiga@uol.com.br

São Paulo

________

TV CULTURA

A TV Cultura é realmente uma emissora exemplar. Quero destacar o Jornal da Cultura, que após noticiar uma matéria sempre inclui dois inteligentes convidados para explanar ou explicar sobre o assunto! E o programa Roda Viva, apresentado às segundas-feiras, é algo primoroso, um show! Parabéns, TV Cultura, por nos proporcionar cultura.

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Sumaré

________

NÃO ENTENDO

Cresci assistindo programas como X-Tudo, Castelo Rá-tim-bum entre tantos outros da TV Cultura, que indubitavelmente contribuíram para meu aprendizado. Não consigo entender o por quê de se não investir nesta que é a única alternativa de qualidade entre os canais abertos de televisão. Infelizmente o governo de SP não vê a importância para a formação de bons cidadãos de uma TV de qualidade e o governo Lula resolveu criar um factoide de TV Cultura chamada TV Brasil que é um dos piores canais. Muito bom o artigo O governo paulista é contra a TV Cultura?, de Eugênio Bucci (11/8, A2).

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

________

TV PÚBLICA

Sempre me questionei da necessidade de o Estado possuir TVs públicos. Mas ao ler o artigo do Eugenio Bucci no Estadão, restou provado para mim que só jogamos dinheiro fora ao sustentar tais devaneios. O autor faz uma comparação absurda entre TV pública e Escola, assim como entre a TV Cultura e a BBC inglesa. Cita os EUA, país rico e com dinheiro para gastar em TV pública.Somos uma democracia jovem em um país pobre, sujeita a manipulações políticas nessas TVs, o que já ocorre. Se não conseguimos fiscalizar nem a venda de ingressos, o que diria uma TV pública!

Dirceu Bertin

São Paulo

________

INFORMAÇÃO JORNALÍSTICA

Considero em nosso país o jornalismo extremamente relevante, pois sem os jornalistas diversos fatos permaneceriam obscuros e a corrupção no nosso cresceria de forma absurda, pois os jornalistas são os verdadeiros aliados do povo, auxiliando na justiça, evitando e desvendando, crimes, fraudes, forçando governos, polícias e demais entidades governamentais na sua atuação correta. Leio diversos jornais e concluo sempre a mesma coisa ! Todo Jornal deveria ser mais do que informação de 1ª página e notícias quentes do momento. Os jornais deveriam reservar um espaço, e diariamente, ou pelo menos semanalmente como encarte, publicar uma relação de todos os assuntos, importantes e que foram manchetes, de forma que os leitores possam acompanhar seu início, meio e fim. Como exemplo, temos diversos assuntos badalados e que simplesmente foram esquecidos como se não tivessem sido importantes. Assim, penso que os Jornais poderiam abrir uma planilha de acompanhamento dos diversos assuntos de primeira página e o andamento em que se encontram até serem finalizados, tipo acompanhar processos deste o seu início até ao seu fim. Os assuntos não seriam facilmente esquecidos pelo povo e os casos em aberto estariam constantemente sendo lembrados. Esta planilha poderia, por exemplo, conter: um título que de referência, descrição sucinta do caso (dependendo do caso), data de início, andamento, data de término, se for o caso, com a devida conclusão, os personagens, etc. Completando, penso que os jornais, na era da informática, e com a facilidade de criação de Bancos de Dados, incluindo inclusive imagens, poderiam se tornar cada vez mais um centro de informações, e assim, facilitando cada vez mais ao leitor que precisa buscar informações. Imaginem a economia de tempo, recursos humanos e material decorrente da utilização deste Banco de Dados.

José Augusto Alves Bernacchi joseau@superig.com.br

São Lourenço (MG)

________

TURBULÊNCIA NA ECONOMIA

Acredito que menos de 10% dos leitores do Estadão e menos de 1% da população aplicam em bolsas, principalmente no exterior.

Qual seria então a razão dos meios de comunicação darem tanta ênfase à movimentação das bolsas, tanto para mais como para menos. Aproveito para lembrar os jornalistas que o Sarney é Senador pelo Amapá, o Estado mais turístico do Brasil.

Ronaldo José Neves de Carvalho rone@roneadm.com.br

São Paulo

________

SORRIA, POVINHO!

"Sempre seremos um país AAA" , disse Obama. No Brasil, com o governo, Congresso e ministros que temos, sempre seremos um país AH! AH! AH!.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

________

ORNITOLOGIA COMPORTAMENTAL

Enquanto a "Águia AAA++" implementa uma ação autêntica de segurança de vôo, a "Sabiá Laranjeira BBB" faz a faxina dos piolhos do ninho...!

Mara Fonseca Chiarelli mara.chiarelli@ig.com.br

Mogi Guaçu

________

UM PAÍS DE TODOS

Somos 190 milhões de brasileiro vivendo em um país com uma das maiores extensão territorial do mundo,8.511.965 K2,mas muitos não tem pão na mesa,Temos leis para tudo,porem nos falta justiça.Nosso sistema eleitoral é sem dúvidas um dos mais modernos do mundo,porem elegemos políticos que nem sempre são confiável.Temos ótimos profissionais da saúde,porem pessoas continuam morrendo em macas nos corredores dos hospitais.Fabricamos carros modernos,porem temos o trânsito mais assassino no mundo.Nossos professores são competente,porem somos classificados com o ensino pior avaliado.Temos o maior rebanho bovino do mundo ,porem há brasileiros que almoça e janta sem ver a cor da carne.Estamos construindo trem-bala , porem temos rodovias com milhares de quilômetros esburacados.Nosso sistema odontológico está evoluído,porem há milhares de pessoas que nunca foram ao dentista,só por que lhes falta recursos,Tínhamos um presidente que gastava milhões de reais em propaganda para dizer que este é um país de todos...

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

________

PENSÃO ALIMENTÍCIA

Recentemente o ex-jogador de futebol Zé Elias foi preso por não pagar a pensão alimentícia de dos filhos! O valor da pensão era de R$ 25 mil por mês. Mas por determinação de uma juíza de Barueri o valor da pensão passou para um salário mínimo por filho. O que é justo! Quanto custa criar ou educar um filho? Existe neste país uma injustiça muito grande em relação ao pagamento de pensões, se for jogador de futebol, artista, ou alguém rico, etc. o valor é baseado numa porcentagem dos elevados salários, o que é um erro absurdo! Por isso que lindas mulheres engravidam e ate se casam! Puro negócio, "amor" e garantia financeira. Ta na hora da justiça determinar a pensão alimentícia na média do salário da população, onde as pensões se limitariam no máximo a dois mínimos! Somente assim certas mulheres deixariam de usar o corpo para comércio e prosperidade!

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Sumaré

________

DIREITOS E VALORES HUMANOS

Por que o Brasil pretende tratar apenas de uma parte do problema, quando poderia fazê-lo em sua totalidade, com um custo infinitamente menor? O Conselho Nacional de Educação - CNE está promovendo um debate, em nível nacional, visando inserir a disciplina Direitos Humanos nos currículos escolares do ensino básico e superior. Ocorre que Direitos Humanos é um conhecimento que está implícito na consciência de todas as pessoas. Por que então esses Direitos não são obedecidos por grande parte da população? Isto ocorre porque essas pessoas não aprenderam a vivenciar o respeito, que inclui e ultrapassa os Direitos Humanos, posto que há o respeito por si mesmo, pelos outros, pela vida, pela natureza, pelo meio ambiente, etc. Para que uma nação venha a ser benéfica para todos os seus filhos; para que nela vigorem a honestidade, a ética, a justiça, o respeito, a responsabilidade, a verdade, a não violência, a afetividade, etc,. é imprescindível conduzir a população a vivenciar esses valores que são conhecidos como humanos, e que também incluem os Direitos Humanos. Isto pode ser feito de forma bem simples, passando-se a ensinar esses Valores às novas gerações, por serem as mais acessíveis e por poderem receber esses ensinamentos através dos professores, em sala de aula. Serão mudanças lentas, mas de forma progressiva e estrutural. O aprendizado de Valores Humanos gera transformações interiores, criando alicerces mais sólidos a se refletirem nas atitudes. É recurso único para formar cidadãos que poderão vir a realizar uma sociedade mais pacífica, mais ética, mais justa e mais feliz. O ensino de Valores Humanos em todas as escolas do país, do básico ao superior, será uma ação a frutificar em médio e longo prazo, mas de forma sistemática e progressiva. Não dará mais despesas à nação, e é de fácil implementação pelas escolas, posto que já existem excelentes conteúdos, inteiramente gratuitos (via Internet) para o ensino desses valores em sala de aula. Pensemos na importância das crianças e dos jovens a receberem diuturnamente ensinamentos sobre Valores Humanos, aprendendo também a olhar o outro com um olhar de acolhimento, de paz, que são os fundamentos da não violência, e a admirar e amar a natureza e a vida, em todas as suas expressões. Nosso país está precisando urgentemente dessas mudanças na mentalidade, se quisermos um futuro melhor para nós e para nossos descendentes. Se concorda com o exposto pedimos que colabore da forma como for possível com a disseminação dessa ideia, a fim de que o ensino de Valores Humanos venha a ser incluído nesse debate que o Conselho Nacional de Educação - CNE está realizando para inserir a disciplina Direitos Humanos nos currículos escolares. E mesmo que essa inclusão não venha a acontecer, o que seria lamentável, a disseminação dessa idéia irá sensibilizar diretores de escolas e gestores da educação para incluírem o ensino de Valores Humanos nas suas escolas ou nas de sua ingerência. A sua colaboração pode ser fundamental para que esta campanha iniciante possa vir a se transformar num grande movimento a desencadear um processo de mudanças estruturais em nosso país.

Saara Nousiainen caminhos2008@gmail.com

São Paulo

________

CEF NÃO DÁ RESPOSTA

Desde 1994 estou inscrito na fila da Cohab-Curitiba, agora depois de tantas reclamações junto a Companhia e Prefeitura de Curitiba, fui chamado dia 13 de Maio, 2011 na sede da Cohab em Curitiba para entrega da documentação para envio a CEF para inclusão no programa Minha casa, minha vida. O setor de ação social da Cohab em Ctba me garantiu após a entrega naquela data da documentação o prazo seria de 60 dias , dois Meses para a CEF me chamar para dar resposta sobre meu cadastro e minha (suposta) inclusão no programa Minha casa, minha vida, programa federal do governo. Até a presente data (9/8/2011) não recebi qualquer resposta e ou chamamento pela Caixa econômica federal. O prazo dado pela Cohab em Curitiba já expirou, e fico preocupado, pois sou um cidadão, tenho direito constitucional a casa própria. Estou burocraticamente inscrito ha 17 anos na Companhia de Habitação de Curitiba. Toda documentação solicitada foi categoricamente entregue na Companhia em Curitiba então por que não ha aviso, ou notificação? Questiono a presidenta da república, Sra Dilma Rousseff, a superintendência da Caixa Econômica Federal, e a própria instituição Cohab de Curitiba sobre os procedimentos quanto a política de habitação popular. Ou será que estes programas que o governo federal institui são entregues a deriva as prefeituras para políticas eleitoreiras sem fins sociais e de cumprimento a sagrada justiça social de moradia a quem precisa?

Célio Borba borba.celio@bol.com.br

Curitiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.