Cartas - 18/09/2010

CASA CIVIL

, O Estado de S.Paulo

18 Setembro 2010 | 00h00

Eleições

A ministra Erenice Guerra se foi, como esperado. Para conseguir manter o plano de poder total o maquiavélico partido não se constrange em jogar aos leões aqueles que foram pegos em flagrante delito. O que importa agora é ganhar as eleições. O mais rápido possível. E não está muito difícil, não: é só negar tudo, não saber de nada e acreditar na boa-fé do povo. Pobre povo!

DOMINGOS CESAR TUCCI

d.ctucci@globo.com

São Paulo

____________________________

Não basta

Não é apenas com o afastamento da ministra da Casa Civil que tudo está resolvido. É necessário esclarecer à Nação para onde foi esse dinheiro desviado, quem são os culpados e puni-los. Desculpem, pensei que estava num país de Primeiro Mundo.

JOÃO ERNESTO VARALLO

jevarallo@hotmail.com

São Paulo

____________________________

Prepotência

Dona Erenice Guerra tinha tanta certeza da impunidade e de suas costas quentes que não se preocupou em tapar os rastros da sua gangue. Caiu por ser mais prepotente que o rei.

LEILA E. LEITÃO

São Paulo

____________________________

Péssima escolha

Foi a sra. Dilma que escolheu a sra. Erenice, pessoa de sua extrema confiança, quando ainda era ministra de Minas e Energia. Investigação exemplar já!

MIRIAN TERESA PEREIRA

mimiteresa@ig.com.br

São Caetano do Sul

____________________________

E assim segue a caravana

Lula, que criou Zé Dirceu, que criou Dilma, que criou Erenice, que criou... Não importa quem, será mais do mesmo. Assim segue a caravana desgovernada, mantida no débito automático na conta dos extorsivos impostos pagos pelos honrados trabalhadores brasileiros, que continuarão financiando esses desmandos, pois 50% do eleitorado brasileiro está curioso em conhecer o fundo do poço.

VAGNER RICCIARDI

vbricci@estadao.com.br

São Paulo

____________________________

Mula sem cabeça

Se Dilma Rousseff, quando era ministra da Casa Civil, sabia das tramoias escusas perpetradas pela família da sua sucessora e braço direito, Erenice Guerra, e se botou a mão, em proveito próprio ou de sua campanha presidencial, em algum dinheiro que tenha sido fruto do asqueroso imbróglio envolvendo corrupção e chantagem com recursos públicos, gestado nos intestinos da Casa Civil, então a sua candidatura (ou a sua eventual diplomação) deverá ser impugnada. E se Dilma não sabia das tais tramoias, ficará evidenciado fragorosamente que ela não teve competência para gerir um Ministério, logo, não terá competência para gerir o Brasil. Acho mais fácil acreditar em mula sem cabeça, saci-pererê, caipora e curupira do que acreditar que Dilma não sabia de nada. E o presidente Lula? É possível acreditar que ele não sabia do que acontecia na Casa Civil, que por definição legal é considerada órgão essencial da Presidência da República?

TÚLLIO MARCO S. CARVALHO

http://www.tulhadotullio.blogspot.com/

Belo Horizonte

____________________________

Déjà vu

As oposições têm a segunda chance de punir o mensalão, coisa de Deus brasileiro. Se no passado tomaram o rumo errado ao apostar na queda do governo por desgaste natural, agora sabem, com certeza, que é preciso atacar de frente, sem hesitação, já que é evidente a ramificação da bandalheira que vaza pelos dedos sujos do governo. É só apertar mais que escapa mais. O governo sentiu o golpe e sabe que qualquer idiota entende que sendo a Erenice a companheira de Dilma desde o Ministério de Minas e Energia, passando pela Casa Civil, praticando crimes sob a barra das saias da amiga, na sala ao lado, não resta ao eleitor mais que enxergar Dilma como igual a Erenice. E, no teorema petista, como atesta Lula com vigor, se Lula é igual a Dilma, Lula é igual a Erenice. C.Q.D.

RONALDO PARISI

rparisi@uol.com.br

São Paulo

____________________________

Omissão

Se as instituições citadas por Dora Kramer em sua coluna de ontem (À deriva, A6) - Congresso, Justiça, Ministério Público, sociedade, cultura, universidade e oposição - não abandonarem a apatia em que estão mergulhadas, e cada uma delas não passar a cumprir as responsabilidades que lhe cabem nos destinos do País, muito em breve poderão vir a se arrepender amargamente da cômoda omissão em que se instalaram, ante a conjuntura política que estamos vivendo.

PAULO BRAUN

paulobraun01@gmail.com

São Paulo

____________________________

Futuro desolador

Parabéns a Dora Kramer! Num futuro próximo e desolador, seu texto À deriva poderá ser sinônimo de Venezuela.

ARNALDO RAVACCI

arnaldoravacci@terra.com.br

Sorocaba

____________________________

Escândalo x petróleo

Desde os primeiros escândalos ocorridos no governo Lula, sempre adotaram a tática de desviar a atenção da imprensa e dos brasileiros anunciando descobertas de petróleo. Pelo fato de, segundo o anunciado, a mais recente "descoberta" ser a maior de toda a História, isso significa que o escândalo da Casa Civil deve ser também o maior de todos...

MASSACAZU MATSUSHITA

masacazu@ykk.com.br

Sorocaba

____________________________

PT NO INTERIOR DE SP

Investimentos sociais

Discordo das afirmações sobre meu governo em Franca publicadas em reportagem especial pelo Estado (Adesão ao PSDB contagia até conterrâneos de Lula, 12/9, A18). Fui prefeito na era FHC, um dos momentos mais difíceis para os municípios. O governo federal sem programas de apoio e as sucessivas crises assolando as finanças das prefeituras dificultaram a ação dos prefeitos da época. Mesmo assim, fizemos um bom trabalho, dando prioridade às áreas sociais de saúde e educação e, como sabemos, investimentos sociais nem sempre são reconhecidos por aqueles que só valorizam as grandes obras e o embelezamento das cidades.

GILMAR DOMINICI (PT), ex-prefeito (1997-2004)

gilmar.dominici@gmail.com

Franca

____________________________

"Abusou e deixou abusarem tanto que nem a blindagem de Lula a segurou no cargo"

MARA MONTEZUMA ASSAF / SÃO PAULO, SOBRE ERENICE GUERRA

montezuma.fassa@gmail.com

"Agora só falta o PT vir a público dizer que o episódio foi "pontual" e em nada afeta a credibilidade do governo"

JAMES F. SUNDERLAND COOK / SÃO PAULO, IDEM

sunderland2008@gmail.com

"A prosperar o hábito de jogar ao mar companheiros "problemáticos", os VIPs do Planalto correm sério risco"

ALEXANDRU SOLOMON / SÃO PAULO, IDEM

asolo@alexandru.com.br

____________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 3.469

TEMA DO DIA

Força de Israel mata o líder militar do Hamas

Líderes palestinos condenam a ação e afirmam que ela coloca as negociações de paz em risco

"Para Hassan Yousef, filho de um dos criadores do Hamas, os árabes são tão culpados pela situação palestina quanto Israel."

ALFREDO MOCELIN JUNIOR

"Sempre haverá atentados contra as negociações de paz. Se as leis permitem a intolerância, ela predominará."

BEATRIZ ASSUMPÇÃO

"Países não podem viver sob a égide das religiões. Quem se acha superior por isso tem de ser punido pelo Estado laico."

EDUARDO FERREIRA

____________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

BIENAL

As fotos da "Série Inimigos", do "artista" Gil Vicente na capa do Estadão de ontem, em que, numa delas, ele mata o ex-presidente FHC com uma pistola e, na outra, degola o Lula com uma faca, são estarrecedoras e de péssimo gosto. Artistas assim nem deveriam poder expor obras que de arte não têm nada.

Károly J. Gombert gombert@terra.com.br

Vinhedo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

GIL VICENTE

Artistas como Gil Vicente são responsáveis por todos os movimentos que suprimiram as liberdades individuais. Sempre que chegamos a extremos como este, o processo foi culminado por conta da provocação de alguém ou de algum grupo que se utilizou de métodos apelativos como os que foram praticados pelo dito "artista".

Como exemplo recente da História, podemos citar o agressivíssimo discurso do deputado Márcio Moreira Alves na Câmaras, que foi a gota d'água para edição do AI-5, em dezembro de 1968.

Os retratos confeccionados por Gil Vicente são uma agressão contra a vida, pois, além de fazerem apologia do crime de assassinato contra dois ocupantes da Presidência da República, incitam o ódio e a intolerância numa população que já está descontente com a classe política em geral.

Gil Vicente deveria ser processado por apologia ao crime e a Justiça deveria proibir a exibição desses retratos de tamanho mau gosto na Bienal.

 

Frederico D'Avila fredericobdavila@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

MAU GOSTO

A obra de Gil Vicente - "Série Inimigos" - a ser exposta na Bienal e retratada na capa do Estadão pode até ser polêmica. Mas é de mau gosto. O autor deveria ter a criatividade de retratar a ingenuidade de um povo que não sabe votar em candidatos competentes. A raiva e a "vontade de matar" que habitam nosso inconsciente, e que são a mensagem que o quadro quer passar, não só não é novidade, como pode ser mal interpretada.

Luciano Harary lharary@hotmail.com

São Paulo

 

 

____________________________

 

 

 

LIBERDADE X RESPONSABILIDADE

 

Ao ver as "obras" do sr. Gil Vicente e saber que a Fundação Bienal manterá sua exposição pela "liberdade de expressão", veio à minha mente: e se fosse alguma pessoa querida, como a mãe, um amigo ou uma pessoa admirada, que estivesse nessas "pinturas"? Admiro a pessoa do papa, respeito Fernando Henrique e, apesar de estar decepcionado com Lula, respeito sua figura, pois é presidente de nosso país.

Acredito que muitos brasileiros e pessoas de todo o mundo compartilhem a mesma opinião e gostaríamos que a Bienal revisse sua decisão: dizia Chesterton que junto à Estátua da Liberdade, nos EUA, deveriam construir a estátua da responsabilidade!

 

 

Hugo Hideo Kunii hugo.kunii@terra.com.br

Campinas

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

PROTESTO

 

 

A Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos vem registrar seu protesto contra a associação entre ateísmo e nazismo feita pelo papa na Grã-Bretanha. Não apenas há diversos registros históricos em que o próprio Führer deixa clara sua rejeição ao ateísmo, como o

nazi-fascismo só poderia ter alcançado amplo apoio popular em países cristãos como Itália e Alemanha com aprovação maciça dos seus fiéis, alimentados por uma tradição secular de oerseguilçao, tortura e assassinato sistemático de judeus empreendida pela Igreja Católica.

 

 

Daniel Sottomaior, atea@atea.org.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

A FALA DO PAPA

 

Quero consignar meu veemente protesto quanto à fala discriminatória do papa Bento XVI, que preconceituosamente e demonstrando desconhecer a História cometeu injúria inominável contra os milhares de ateus do mundo ao vincular o ateísmo ao nazismo. Olvidou-se aquele prelado que, ao contrário de sua afirmação, o que ficou demonstrado por farta prova documental foi a omissão do Vaticano (pra não dizer conivência) ante as barbáries cometidas por Hitler e seus asseclas contra os judeus e outras minorias. Espero que o Estadão, esse importante jornal, faça a ressalva e consigne a verdade dos fatos.

 

 

 

Inajá Guedes Barros drjago@yahoo.com

Campinas

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

PAPA COMPARA ATEÍSMO AO NAZISMO

O papa Bento XVI, um antigo nazista, pois integrou a nefanda Juventude Nazista, fez declarações comparando os ateus aos nazistas, esquecendo que Hitler era cristão católico e exterminou milhões de pessoas, dizendo-se embasado na Bíblia e cristão amoroso, como se lê no artigo abaixo.

"HITLER ERA CRISTÃO E PRATICOU SUAS BARBARIDADES, EXTERMINOU MILHÕES DE PESSOAS EMBASADO NA BÍBLIA -MATEUS, 21:1-13

‘Então Jesus entrou no templo, expulsou todos os que ali vendiam e compravam, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas; e disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a fazeis covil de salteadore’ (Mateus, 21: 1-13).

‘COMO UM CRISTÃO AMOROSO e como um homem, leio a passagem que nos conta como o SENHOR FINALMENTE SE ERGUEU EM SUA FORÇA E APANHOU O AZORRAGUE PARA EXPULSAR DO TEMPLO A RAÇA DE VÍBORAS’ ( Hitler)

A História está sendo distorcida por muitos pregadores religiosos e políticos. Conta-se de forma rotineira de que Hitler era ateu, e com isso condenando de forma rotineira os ateus.

Mas Hitler era um católico, batizado quando era um bebê na Áustria, em uma igreja católica. Ele se tornou um coroinha em uma igreja em sua infância e NA JUVENTUDE, E FOI CONFIRMADO COMO UM ‘SOLDADO DE CRISTO’ em sua Igreja. As piores doutrinas católicas naquela época nunca o deixaram, e elas estavam mergulhadas em sua liturgia, que continha em sua essência litúrgica as seguintes palavras ‘perfidious jew’. E esta declaração odiosa não foi removida ate o ano de 1961. ‘Perfidy’ significa traição’ (O Livro Negro do Cristianismo, de Jacopo Fo).

‘Como um Cristão amoroso e como um homem, leio a passagem que nos conta como o Senhor finalmente se ergueu em Sua força e apanhou o azorrague para expulsar do Templo a raça de víboras. Como foi esplêndida a sua luta em defesa do mundo e contra o veneno judeu. Hoje, depois de 2 mil anos, é com muita emoção que reconheço, mais profundamente do que nunca, o fato de que foi em nome disso que Ele teve que derramar Seu sangue na cruz. Como cristão tenho o dever de não me deixar enganar, tenho o dever de lutar pela verdade e pela justiça. E como homem, tenho o dever de zelar para que a sociedade humana não sofra o mesmo colapso catastrófico que sofreu a civilização do mundo antigo 2 mil anos atrás - uma civilização que foi levada a ruína por esse mesmo povo judeu’ (Discurso do Adolf em 12 de abril de 1942, em Munique apud Ceticismo Net)

‘Hitler declara-se católico no Mein Kampf, o livro onde ele anuncia o seu programa político. Também afirma que está convencido ser ele um ‘instrumento de deus’. A Igreja católica nunca colocou no seu Índex o Mein Kampf, mesmo antes da ascensão de Hitler ao poder. Podemos acreditar que o programa anti-semita do futuro chanceler não desagradava à Igreja. HITLER MOSTRARÁ O SEU RECONHECIMENTO TORNANDO OBRIGATÓRIA UMA PRECE A JESUS NAS ESCOLAS PÚBLICAS ALEMÃS E REINTRODUZINDO A FRASE ‘GOTT MIT UNS’ (DEUS ESTÁ CONOSCO) NOS UNIFORMES DO EXÉRCITO ALEMÃO’ (O Livro Negro do Cristianismo)."

Na Alemanha de Hitler, com a união da Igreja com o Estado, os soldados da Wermacht usavam em seus cintos com fivelas com a seguinte inscrição: ‘Gott mit uns’ (Deus está conosco). Suas tropas eram muitas vezes aspergidas com água benta pelos sacerdotes. Foi um verdadeiro cristão, em cujo país os cidadãos foram doutrinados, ou seja, o Estado e a Igreja e seguiu cegamente todas as figuras competentes, política e eclesiástica

Verdade é que os cristãos alemães apoiaram os nazistas porque acreditavam que Adolf Hitler foi um presente de Deus para o povo alemão. Uma espécie de Messias.

‘Acredito hoje que estou agindo de acordo com o Criador Todo-Poderoso. Ao repelir os Judeus estou lutando pelo trabalho do Senhor’ (Adolph Hitler, Discurso, Reichstag, 1936)"

José Boy de Vasconcellos joseboy@superig.com.br

Coronel Fabriciano (MG)

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ISSO É MANIFESTAÇÃO ARTÍSTICA?

Vendo a foto, na primeira página do Estadão de ontem, dos quadros do sr. Gil Vicente, "Série Inimigos", fico em dúvida se isso pode ser chamado de manifestação artística ou mera apologia da violência. Já basta o nosso presidente querer eliminar os adversários políticos. A continuar nessa linha de raciocínio, se todos forem eliminar seus inimigos, não vai sobrar ninguém. Apoio a manifestação da OAB-SP.

 

 

Mario Fausto R. Pinho mnrpinho@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

FUNDAMENTALISMO DISFARÇADO

Uma falta de respeito para com todos os ateus as declarações do papa associando o ateísmo ao nazismo.

O Vaticano espalha por todo o mundo o seu fundamentalismo disfarçado de bom moço, esquecendo todos os crimes já (e ainda) cometidos por eles.

 

Marcos Eugênio Maes marcos.maes@yahoo.com.br

Blumenau (SC)

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

DIPLOMACIA E DIÁLOGO

 

 

Além de ter dado uma aula de diplomacia, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, apontou o caminho para o diálogo entre a Igreja e o Estado, na busca das legítimas soluções para os problemas sociais artigo de David Cameron "Calorosas boas-vindas de Londres ao papa", 16/9, A22).

Considero especialmente feliz a sua frase "a fé é um presente a ser estimado, e não um problema a ser superado", quando questionou os exageros da afirmação de que o papa Bento XVI visitaria um país dito secular.

 

Paulo Oriente Franciulli paulorient@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

BENTO XVI

Precisou um papa, o dobro do king Henry, para tentar pacificar apostólicos romanos e anglicanos.

 

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

TERRA SANTA

 

 

Seria bom que houvesse paz na Terra Santa. Seria um exemplo para o mundo violento. Havendo paz na Terra Santa, o mundo mergulharia numa era de amor. Deus ficará feliz e os homens descobrirão a verdadeira paz e harmonia.

Paulo Dias Neme profpauloneme@terra.com.br

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

 

 

ACORDAMOS?

Será que depois do artigo de Dora Kramer de ontem, no Estadão, vamos acordar?

Lendo "À deriva", senti alguém puxando minha orelha para a necessária participação mais ativa como cidadão. Imagino aqueles cujas obrigações são mais prementes do que as minhas. Afinal, estão nos cargos... no poder e têm o poder. Oposição quase omissa. Sociedade perto da alienação, universidade caladinha, Justiça fazendo o que pode para deixar de ser lenta... e outras omissões.

E o momento é propício. Em poucos dias vamos renovar o quadro de "fiscais" no Legislativo e Executivo. Mas, e os que ficarem? Serão reciclados? Vai ter lugar nos cargos de confiança para outro batalhão de apadrinhados dos novos eleitos (muitos de competência duvidosa)?

Minha preocupação pode terminar dia 4 de outubro, quando os resultados forem confirmados. Eu disse: pode?

 

 

Nivaldo Marangoni, jairo.santos@camarasjc.sp.gov.br

São José dos Campos

____________________________

 

 

 

 

 

 

DORA KRAMER

 

Concordo plenamente com o artigo de Dora Kramer de ontem ("À deriva"), onde ela fala com muita propriedade que o Brasil está assim, todo corroído por um governo corrupto, porque todos estão submissos às vontades de um presidente deslumbrado. Poucos se manifestam, o Congresso realmente nada faz, os universitários ficam calados e outras classes se conformam com o que aí está. E assim estamos caminhando, como diz José Dirceu, para um tipo de governo linha-dura, com o petismo dando todas as cartas. Esse episódio Erenice demonstra muito bem o que ocorre nos bastidores desse governo. Propinas, lobbies, pedágios, comissões, tudo é pretexto para meterem a mão no Tesouro Nacional, e ninguém protesta, só uns poucos que escrevem para os jornais, e alguns jornalistas, como Dora. Lula já deveria ter sido cassado nos tempos do mensalão. Por menos Collor foi obrigado a entregar o boné. Meus cumprimentos à articulista, novamente enfocando o que é realmente necessário no Brasil. Eta, povinho frouxo, que lambe as borradas botas de um grande mentiroso, egoísta e boquirroto presidente, e que acabará elegendo uma figura sem nenhum requisito para ocupar o cargo para a qual foi indicada.

 

Carlos E. B. Rodrigues ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

"À DERIVA"

A coluna "À deriva", da jornalista Dora Kramer, como sempre, é uma aula; o primeiro parágrafo, então, é antológico.

 

 

 

Pedro Felice Perduca pfperduca@terra.com.br

São Paulo

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

DORA & LULA

A competência, a objetividade e o poder de síntese de Dora Kramer são de admirar, mas ouso acrescentar um item ao seu texto de ontem, mais uma vez primoroso e realista em relação ao atual momento ("É o que dá o Congresso despir-se de suas prerrogativas, a oposição não funcionar, a sociedade se alienar, a Universidade se calar, a Cultura se acovardar e a Justiça demorar a decidir: perde-se a referencia do que é certo e errado."). Acrescento: "O fato de o presidente não ler jornais." Pois, se o presidente Lula lesse jornais diariamente, haveria a probabilidade de perceber sua paranoia e talvez visualizasse o tanto que suas falas criativas - mas desconexas - estão prejudicando nosso país. Pois, com suas frases impactantes, mas fora da realidade, está criando uma massa de seguidores que não pensa. Apenas aplaude, obedece e tira o melhor proveito possível para deleite próprio. presidente Lula, por favor: leia jornais!

Alkíndar de Oliveira alkindar@terra.com.br

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

PERDA DE REFERÊNCIA

Por que me ufano de NÃO SER PETISTA? Dona Dora Kramer, seu comentário dá o que pensar.

Estamos TODOS na lama? Poderes sem maiúscula, um escândalo seguido de outro maior. Nossas marolinhas foram substituídas por tsunamis, com direito a cobrança de porcentual sobre o montante do "avanço". Sempre da mesma parentela, tios, sobrinhos, amigos do peito - todos inocentes, claro! Se os escândalos continuarem subindo (lá vêm Dirceu et caterva) nem há justificativa para "incomodar" o povo com eleição: que se lhes tudo de bandeja e não se fala mais nisso. É até um generoso ato de magnanimidade nos poupar de mais um vexame:

SOMOS NÓS, OS NÃO PETISTAS, OS CULPADOS.

 

 

Flávia de Castro Lima lgcastrolima@uol.com.br

São João da Boa Vista

____________________________

 

 

 

 

 

RIORDAN ROETT

Há uma expressão nada delicada em inglês, tipicamente usada quando alguém diz- ou se faz, ou é - tolo, ou estúpido, ou ridículo: "So-and-so has his head up his ass." A expressão é aplicável à entrevista do Riordan Roett (12/9) e suas afirmações sobre os presidentes brasileiros. (Pensando bem, como ele tem 72 anos, talvez seja um problema de demência, e não a localização da sua cabeça.)

Não posso comentar sobre a ditadura do Getúlio Vargas. Posso, entretanto, comentar sobre as presidências do Juscelino Kubitschek de Oliveira e Luiz Inácio Lula da Silva, bem como a não incluída (pelo Roett) presidência do Fernando Henrique Cardoso.

. JK. A instalação da indústria automobilística no País foi uma conquista importante. Mas com a desastrosa mudança do capital do Brasil a Brasília, motivada pelo interesse dos proprietários dos terrenos de se enriquecerem, foram gastas somas incalculáveis de dinheiro que o país não tinha para construir e manter o governo 1.000 a 2.000 quilômetros de distância dos seus principais locais sócio-econômicos. E foi criada a carcinogênica inflação que incapacitou o país, em maior ou menor grau, até o governo do Fernando Henrique Cardoso.

O motivo de ter construído Brasília, disseram, foi para mudar o epicentro geográfico e demográfico do país. Nisso fracassou, felizmente, porque não é o local do centro de corrupção que determina onde as atividades sócio-econômicas serão realizadas. É a intra-estrutura. Neste aspecto o Governo JK, como todos antes e depois, não fez absolutamente nada.

Se, em vez de gastar bilhões (ou trilhões, se pensar nas moedas que seguiram) para construir Brasília e transportar burocratas do Rio para Brasília, ida e volta, todas as semanas, durante duas décadas, o Governo JK tivesse construído estradas e ferrovias para o centro, o oeste e o norte do País, teria investido dinheiro e não o desperdiçado num projeto absurdo. E não teria dado início à inflação que infernizou a vida do Brasil durante 40 anos. Não incidentalmente, teria evitado o declínio e a decadência do Rio de Janeiro, a segunda maior região metropolitana do País.

. Lula. Quatro artigos recentemente publicados neste jornal, O Estado de São Paulo, resumem o catástrofe social e jurídica que tem sido o Governo Lula:

a) 4-Set-10, Miguel Reale Júnior, "Macunaínas".

b) 8-Set-10, Dora Kramer, "Macunaína".

c) 9-Set-10, e Editorial "Como nunca antes neste país’.

Pode ser que o Roett seja um cínico que pensa: "Corrupção e incapacidade moral são condições inerentes ao Brasil: sempre foi assim e sempre será. Por isso a única coisa que conta, na avaliação de presidentes, é se os pobres avançam economicamente ou não." Como não compartilho tal atitude, acho lastimável a contribuição do Lula ao Brasil - um imenso retrocesso moral.

. FHC. Confirmação da localização da cabeça do Roett é sua não inclusão do FHC no quadro de grandes presidentes. Mas com sua cabeça onde está, Roett não deve ter ideia o que é viver num país hiperinflacionário, sem telecomunicações disponíveis para seu povo, e sem esperança ou perspectiva econômica. E o aumento da renda real de todos os brasileiros - e especialmente os mais pobres - com o fim da inflação? Não importa?

 

 

William W. B. Veale william.veale@williamveale.com

São Paulo

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

DESISTO

Mesmo após as declarações do José Dirceu (liberdade de imprensa) e do Lula (acabar com o DEM) nada mudou na pesquisa. Esse povo está enfeitiçado mesmo. Desisto!

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

DATAFOLHA

 

A pesquisa eleitoral, anunciada quinta-feira pelo Datafolha confirmou os percentuais das três últimas já publicadas. O resultado causou surpresa até entre os jornalistas políticos, pois durante três semanas foram comentados os fatos dos escândalos da Receita Federal e,

agora, com a ministra da Casa Civil em todos o jornais, revistas, rádios e televisão. E o

que mais chamou a atenção foi a rejeição do candidato Serra, que subiu de 27% para 31%. Eu explico assim: os eleitores que tomaram conhecimento das notícias em todos os veículos de comunicação são os que vão votar na Marina (PV) e no Serra (PSDB), assim sendo, como poderia haver mudança na pesquisa?

Olympio F. A. Cintra Netto ofacnt@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

POR QUE SERRA ESTÁ CADA VEZ PIOR NAS PESQUISAS

Sua campanha tem que, supercorrendo, agora lançar na mídia que ele é ex guerrilheiro, sequestrador, aliado das Farc, de Fidel Castro e de Hugo Chávez, que prefere o Armadinejad a acreditar no holocausto e se dizer inimigo número 1 dos Estados Unidos da América, um país patético que prega o horror da liberdade e onde seus cidadãos podem fazer o que querem. A nova cabeça do Brasil é esta, ou as pesquisas estão erradas, ou o povo brasileiro atual não sabe como é triste a falta de liberdade e o quanto se perde ao aceitar corrupção como um detalhe bobo. O importante é que seja " bonzinho", chamar os adversários de ricos, como se eles não estivessem biliardários também, berrar e falar besteiras em discursos, sem respeito ao contrário e, pior, sem respeito ao ouvido dos que pensam. Se a campanha do Serra fizer tudo isso de errado, que hoje, pelo jeito, é certo, até o final da campanha eleitoral empata com a nossa doce candidata petista.

 

Roberto Moreira Da Silva rrobertoms@hotmail.com

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

 

 

EXPLICAÇÕES, PARA QUEM?

Se pensarmos que Dilma precisa "explicar, com que informações, com que critérios e de que forma escolhe e nomeia suas pessoas de confiança", esquece-se que esta explicação tem de ser dada aos jornalistas, pois, segundo pesquisa e resultado Datafolha, a massa ignóbil de eleitores que dá mais de 50% para Dilma não precisa e não quer explicação nenhuma, seja ela qual for e sobre o que for.

 

Marcos Barbosa micabarbosa@gmail.com

Casa Branca

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

PESQUISAS

 

 

Escândalo da Receita afetar a Dilma? Ela está blindada também.

 

 

Cícero Sonsim c-sonsim@bol.com.br

Nova Londrina (PR)

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

OS ALOPRADOS

Ah! Se não houvesse plena liberdade de imprensa, o Brasil estaria entregue aos aloprados do PT. Para o chefe dos mensaleiros, José Dirceu, existe um excesso de liberdade da Imprensa; para o militante petista Celso Schröder, presidente da Federação Nacional dos Jornalistas, ele quer controlar a mídia com a criação da Agência Nacional de Jornalismo. Para Marco Aurélio Garcia, na Venezuela de Chávez existe liberdade de imprensa demais. Ao que tudo indica, pelas pesquisas, o leite já está derramado, não adianta chorar sobre ele, só nos resta esperar que haja bom senso em Dilma e que ela não coloque nos postos-chaves do governo a camarilha dos aloprados.

 

José Carlos de Castro Rios, jc.rios@globo.com

São Paulo

 

____________________________

 

 

 

 

 

OPORTUNIDADE PERDIDA

O retrato de um País cuja imensa maioria se encontra mergulhada no obscurantismo aí está refletido nas pesquisas eleitorais. O somatório porcentual de José Serra e Marina Silva não atinge o porcentual de intenções de votos obtido por Dilma Rousseff.

O discurso dos candidatos no que se refere à educação é exatamente igual e por isso a Dilma leva vantagem. Um discurso inconsistente, que promete escola em tempo integral, valorização do professor, qualidade de ensino (?), substancial aumentos de escolas profissionalizantes (num país que não oferece empregos suficientes e oportunidades aos inexperientes), enfim, uma baboseira que fica apenas nos discursos político-eleitoreiros.

Nenhum candidato fala em mudança de modelo educacional. Nestes últimos 16 anos, 8 anos sob a administração tucana e 8 anos de administração petista, só se fez manter o elevado índice de analfabetismo funcional no País, cujo reflexo, volto a frisar, produziu eleitores sem o devido embasamento, sem a capacidade de avaliação do contexto sociopolítico-econômico nacional.

O PSDB perdeu em seus 8 anos de administração a oportunidade de instituir um novo modelo educacional, que teria produzido nestes 16 anos uma substancial parcela de eleitores com o devido embasamento e que, por isso, não se deixaria levar por discursos demagógico-emocionais e, no mínimo, não estaria correndo o risco de perder o pleito já no primeiro turno.

Nei Silveira de Almeida neizao1@yahoo.com.br

Belo Horizonte

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

URNA ELETRÔNICA - PERIGO!

Recebi um e-mail que me preocupou. Diz que essa votação maciça da Dilma nas pesquisas é uma mentira, uma jogada para que não seja posta em dúvida, na apuração, a falcatrua que já está sendo implantada no software da maioria das urnas eletrônicas por técnicos russos. Nas urnas alteradas, Dilma terá dois terços dos votos! Essa maioria é, realmente, muito estranha. Na minha fábrica (300 empregados), nos clubes e ambientes que frequento nesta pequena cidade e região, não conheço ninguém que vote na Dilma. Porque os EUA, que inventaram o software, nunca usaram urna eletrônica igual à nossa?

Paulo Ferraz Costa Negraes paulonegraes@trident.com.br

Itapuí

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

CHEGANDO LÁ

 

Se continuar caindo nas pesquisas, Serra corre o risco de chegar ao final da corrida eleitoral com um dígito só. Exatamente como alguns de seu próprio partido desejavam...

 

 

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

____________________________

 

 

 

 

 

 

LEI DE GERSON

É impressionante a virada que houve no caso das invasões de privacidade ocorridas na sede da Receita Federal em Santo André. Será que a Adeildda não está recebendo algum dinheiro para assumir a culpa? Mesmo acreditando que ela só burlou os computadores para ganhar os R$ 200, para quem ela fez isso? E o interessado solicitou a pedido de quem? Será que a Polícia Federal está mancomunada com o governo? É um caso de fácil solução, que com certeza levaria a um crime político e está se transformando em crime comum. De qualquer forma, a maioria dos eleitores deve estar cega e/ou indiferente a tudo isso, pois a cada escândalo apresentado aumenta a diferença a favor da Dilma nas pesquisas. A lei de Gerson está tomando dimensões assustadoras.

 

 

João Menon joaomenon42@gmail.com

São Paulo

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CREDIBILIDADE

Para que as pesquisas eleitorais tenham credibilidade a imprensa deve divulgar, além dos percentuais de cada candidato, as regiões, os Estados e indicar quais os municípios que foram visitados pelos pesquisadores, bem como o número de entrevistados em cada um dos municípios. Não creio que o TSE sonegue esses detalhes. É só pedir.

 

 

Carlos Pacheco Fernandes Filho c-pacheco-filho@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

CABO ELEITORAL

 

 

 

Luiz Inácio Lula da Silva deixou de ser o presidente de todos os brasileiros e em viagens através do País sobe em palanques a promover sua candidata, desqualificando acusações gravíssimas contra seu governo e os candidatos da oposição. As últimas pesquisas continuam mostrando o alto grau de aprovação de Lula, mostrando que não se percebe que o presidente de agora, tão presunçoso, se transformou em mero cabo eleitoral de Dilma Rousseff, fazendo maquiavelicamente o que for preciso para eleger sua candidata.

 

Eni Maria Martin de Carvalho enimartin@uol.com.br

Botucatu

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

ALGUÉM PODE ME EXPLICAR?

 

 

A cada novo escândalo do atual governo, a Dilma sobe mais um ponto nas pesquisas presidenciais e continua tudo como dantes no quartel de Abrantes.

Tivemos um sucesso musical no passado, que parece bem atual, que perguntava: "Que país é esse?" Agora, pergunto eu: que eleitor é esse?

José Alberto de Paiva alpai12@yahoo.com.br

São Paulo

 

____________________________

 

 

 

 

DESCONFIANÇA GENERALIZADA

É muito triste notar o nível de desconfiança existente em grande parte da população brasileira. Desconfiança do produtor de brinquedos, de automóveis, de refrigerantes, da água mineral, do leite com excesso de potassa; da pesquisa do IBGE (sabe-se lá pra onde vão os dados), da Receita Federal, da Polícia Federal (que atende à Petrobrás, aquela do pré-sal, que nos dá autossuficiência em petróleo, mas mantém preços inconcebíveis ao consumidor), das urnas eletrônicas (estariam elas já programadas para a vitória da candidata, mesmo com uma chance de segundo turno, só para disfarçar?), do mercado de carbono, da eficiência da vigilância nas fronteiras, das informações dos satélites sobre diminuição de queimadas em nossas florestas e, pasmem, do excesso de liberdade dos veículos de comunicação de nosso país, segundo o ex-ministro do Lula Zé Dirceu. Mas também desconfiam os brasileiros do excesso de liberdade que se dá aos amigos aloprados do Lulla. Muitos brasileiros já não duvidam do excesso de proteção e blindagem que as instituições nacionais dispensam a certos elementos que ora têm características sobre-humanas, indevassáveis, acima de quaisquer suspeitas, mesmo que se diga da importância em se apurar tudo, "doa a quem doer". E como ficamos nós? Desconfiados ou crentes que a sucessão "de tudo que aí está" nos trará mais justiça? Duvide... é o mínimo a fazer!

 

 

José Jorge Ribeiro da Silva jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

‘ERENICEGATE’ E O SEGUNDO TURNO

Quanto mais a Dilma sobe nas pesquisas, principalmente agora, depois do caso "Erenicegate", mais devemos desconfiar dessas pesquisas. Pois, no governo Lulla, o real do FHC está bombando e com isso esses institutos de pesquisas estão caprichando! Outro modo de o PT trabalhar bem a ignorância do povo é espalhar aquela notícia de que a Dilma já ganhou, que ela já é a "presidenta" do Brasil... Ora, ora, quem não conhece a KGB petista, quando espalharam por esse Brasil afora a "herança bendita do FHC" como maldita?! Por essas e outras maracutaias petistas, continuo apostando no segundo turno.

 

 

Ana Maria Gmachl amaeleitora@hotmail.com

São Paulo

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

A FACÇÃO PT

Recentemente, Lula afirmou: "Precisamos extirpar o DEM da política brasileira." E José Dirceu declarou que com a vitória de Dilma o PT será muito mais poderoso do que já é (eufemismo para totalitário), portanto, o PMDB não será mais necessário no círculo do poder. Paralelamente, vemos uma impenetrável blindagem aos executores de crimes tais como o da violação do sigilo fiscal de familiares dos adversários políticos do PT, isto é, os mecanismos de vigilância da democracia estão todos dominados pelos donos do poder.

O PT evoluiu muito desde os velhos tempos da "luta armada", da "ditadura do proletariado", dos discursos raivosos e radicalmente agressivos à situação daquela época. Não deu certo. Atualmente o PT aplica a técnica do judô, que é utilizar a força e o peso do oponente contra o próprio oponente. No caso, o oponente é a democracia, cujos força e peso estão no voto. A se concretizar o que preveem as pesquisas, os velhos objetivos do PT serão alcançados. Com isso a democracia sofrerá uma derrota espetacular e as portas do Brasil estarão abertas ao fascismo petista: "Tudo para o Estado (PT), nada contra o Estado (PT), nada fora do Estado (PT)". Que Deus nos acuda!

 

 

Adalberto Montemagni montemagni@uol.com.br

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

USURPAÇÃO DOS SÍMBOLOS NACIONAIS

Esta semana fui a um evento comercial promovido pelo Banco do Brasil sobre o lançamento de ações da Petrobrás. Na abertura da sessão fomos convidados a ficar em pé para ouvir o Hino Nacional. Estranhei, pois, afinal de contas, tratava-se de um evento puramente comercial. Na sequência, com o fundo musical do Hino, o telão ficou rodando um vídeo comercial do BB.

Este tipo de atitude - de um banco oficial - me fez lembrar os tempos do "ame-o ou deixe-o", ou seja, uma verdadeira usurpação dos símbolos nacionais a serviço dos interesses de um poder central que tudo quer e tudo pode!

Francisco E. Soares f.e.soares@terra.com.br

Campinas

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PORCADA

Tempos atrás, o sr. João Mellão dizia que nada é mais devastador do que soltar uma porcada magra num Batatal.

Pelo que temos lido nos jornais, a porcada está se fartando.

 

 

Aluízio d'Avila puppyb@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

CORREÇÃO

A carta abaixo, publicada ontem, é de autoria da leitora sra. Mara Montezuma Assaf (montezuma.fassa@gmail.com) . Por erro da edição deste Fórum, foi atribuída equivocadamente a outro leitor. Pedimos desculpas a ambos e aos demais leitores.

SUBSTITUTA

Quem disse que depois da saída de Erenice Guerra a pessoa que irá substituir virá para colocar ordem e um mínimo de respeito ao cargo público empossado? Ora, quem está cotada para substituí-la é nada mais que Miriam Belchior, que se enrolou até os olhos no escândalo da Casa Civil, que estava a ponto de se tornar a Casa da Família Guerra. Miriam Belchior, sua provável substituta, foi casada por dez anos com Celso Daniel, prefeito do PT morto em circunstâncias que remetem à ideia de queima de arquivo, por ele ter tentado atrapalhar esquema de uma quadrilha que tomava dinheiro de empresas de ônibus e mantinha um caixa 2 que financiava campanhas do PT. Segundo o irmão de Celso Daniel que acabou buscando refúgio na França por estar sendo ameaçado de morte, Miriam Belchior fazia parte do esquema. Claro que ela negou... Ora, todos eles negam, negam e negam.

Miriam e Gilberto Carvalho, que também trabalhava com Celso Daniel na prefeitura de Santo André, foram, após a sua morte, removidos para a segurança de Brasília, onde ficaram bem acomodados e blindados junto a Lula.

Fico imaginando por que só indivíduos de baixa qualidade foram alçados por Lula à Casa Civil... Zé Dirceu, chefe de quadrilha do mensalão, Dilma, defensora da família Sarney, Erenice, matriarca que labutou só para a saúde financeira sua família, e agora Miriam Belchior, uma possível viúva negra...! Cáspite! Que ellite...

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

NETINHO SENADOR!

O presidente Lula tem a coragem de entrar em milhares de lares brasileiros enaltecendo o cantor pagodeiro Netinho, que irá mudar a cara do Senado!!! Mais uma vez ele tem razão: com certeza ele vai descer o braço em quem passar à sua frente, principalmente mulheres, que são seus alvos preferidos.

M. Helena Borges Martins m.helena.martins@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

TIRIRICA X MERCADANTE

O Mercadante ataca Tiririca (palhaço) e pede que votem em "candidatos sérios". Estou dando risadas até agora. Quais são os candidatos sérios (Collor, Barbalho, Sarney, Calheiros, Genoino, cuecas, maletas, meias, etc.)? Duvido que ele ponha a mão no fogo por pelo menos 25% dos que estão por aí (vereadores, prefeitos, deputados estaduais e federais, senadores e governadores). O Collor foi um exterminador (holocausto) de seres humanos, o Sarney foi o pior presidente do que quer que seja (rei da inflação) e tem vergonha de usar o próprio nome, dos outros todos já sabem. Hoje todos elles, junto com o Lulla, são amigos de infância. Palhaços somos nós, pois não temos em quem votar. Isto é um desabafo, infelizmente só 0,01% da população lê jornais. Só escutam falácias imbecis, nem vou falar de quem estou falando. Sem contar com os Batorés, Mulher Pêra, Netinho (piada) (cadê a Lei Maria da Penha?), Simony, Marcelinho Carioca, Diney... Será que os citados sabem ler ou escrever? Sr. Skaf, saia da política, porque o senhor é honesto e a política não foi feita para pessoas honestas.

 

Gabor Englerth g.englerth@gmail.com

Barueri

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SEXÓLOGA

Marta Suplicy, como sexóloga candidata a senadora e conhecedora da Lei Maria da Penha, como aceita em sua companhia na campanha política o candidato Netinho? Não a constrange pelo que dizem dele?

 

L. A. B. Moraes labmoraes@uol.com.br

Santos

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NETINHO X OBAMA

Lula, que trabalha de viajante mundo afora, está em férias no Brasil, curtindo o que mais gosta: fazer campanha eleitoral. Aparece a maior parte do tempo da propaganda política compartilhando o horário com palhaços (os que fazem palhaçadas e outros que assistem à própria propaganda política), ex-jogadores de futebol, pagodeiros etc. (Haja paciência!) Trabalhar como presidente da República, que nada! A última aparição ao comparar Netinho de Paula a Barack Obama foi demais! Então vamos à biografia de ambos (atividades mais importantes na vida de cada pessoa).

Obama: advogado, doutor em Direito por Harvard em 1991, editor-chefe e supervisor de equipe de 80 editores da revista Harvard Review, senador (dos EUA), professor de Direito Constitucional na escola de Direito da Universidade de Chicago por 12 anos.

Netinho: integrande-célula de organização de pagodeiros denominada Negritude Jr., sucessos na música brasileira, entre eles "Tanajura" e "Cohab City"; apresentador de programas de televisão, "Domingo da Gente" e "Show da Gente", dirigidos à periferia, especialmente aos pobres e negros; espancador de mulheres - acusado de agredir com socos a própria mulher, após uma briga conjugal, impedido pela Justiça de retornar à casa do casal - e espancador de apresentador de TV - por agressão com um soco na orelha de humorista por um trocadilho.

Em comum: a cor! O que não deve ser objeto de comparação.

 

 

José Carlos Alves jc_alves@uol.com.br

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

 

PRESIDÊNCIA

Do jeito que as coisas vão, não demora muito para termos de decidir entre Netinho e Tiririca para presidente do Brasil...

Fabio Morganti tao2@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

LEVA JEITO

Netinho de Paula mostra que tem jeito para a coisa; não vai a debates por ter medo de ser alvo.

Mas quem está na chuva não é pra se molhar?

Se já está fugindo enquanto candidato, imaginem "se" ganhar e for tentado pelo poder...

Sergio Aparecido Nardelli sergio9@ig.com.br

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

INVEROSSÍMEL

O verdadeiro retrato do povo brasileiro. Bateu na mulher, perdeu o programa na televisão por causa do absurdo fato e vai ser senador da República. Isso, realmente, é para poucos. Difícil de acreditar.Uma história para contar aos NETINHOS.

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMO PENSA O MERCADANTE

O candidato a governo do Estado de São Paulo Aloizio Mercadante disse recentemente em entrevista que a candidatura do Tiririca (palhaço candidato a deputado federal) desmoraliza a democracia. Por quê, sr. Mercadante? Porque ele é palhaço? Ou porque ele é franco em dizer que não sabe o que um deputado faz? Ou porque ele banaliza a sordidez de candidatos ditos sérios, cuja única intenção é fazer lobby, aparelhar o Estado e se locupletar assaltando o erário?

Sr. Mercadante, acima de tudo a sua afirmação é preconceituosa. O Tiririca é autêntico, diz o que sabe e o que não sabe, com humor. Agora, se ele é qualificado para exercer o cargo, é outra questão. Mas, infelizmente, não é isso o que o senhor está julgando. O senhor julga o comportamento dele na campanha, e não suas qualificações. Se analisarmos os quadros do Congresso Nacional, sr. Mercadante, qual o porcentual dos que realmente são qualificados para representar os eleitores que os elegeram?

Assusta um candidato ao governo do Estado mais rico da Nação desconhecer (ou ignorar) um dos princípios mais elementares da democracia, que é o exercício da liberdade de expressão. Ora, ora, mas isso o PT já deu todas as dicas de que a imprensa anda com liberdade demais! Meu Deus, como uma gente dessa estirpe ousa falar sobre democracia?

Uma das belezas da democracia, sr. Mercadante, é justamente o fato de as pessoas terem liberdade de agir, contanto que seja dentro da lei e sem prejudicar terceiros. Mas na democracia do PT tudo o que atenta contra as obscenidades cometidas pelo partido, ou que faça escárnio de seus personagens gosmento, é tido como desmoralizador. Um Congresso variado, abrangente, com opiniões diversas e, acima de tudo, tolerante forma a base da democracia.

Mas, não. O PT quer um Congresso formado "pelos seus", aquela gentalha sórdida, invejosa, que nunca teve qualquer expressão na vida e vê nos cargos públicos a chance de enriquecer e criar um Estado de apadrinhamento político e altamente aparelhado.

O que, então, ilustríssimo sr. Mercadante, dignifica a democracia? A sra. Erenice Guerra e seus filhos ladrões? É isso o que o senhor chama de moralizar a democracia, sr. Mercadante? Bastaram alguns meses dessa senhora no poder para, da forma mais vergonhosa, escandalosa e escancarada, ela literalmente roubar o País. É essa a base da democracia que o senhor defende, caríssimo Mercadante? O senhor me dá náuseas.

A eleição do Tiririca para deputado seria, até hoje, a que mais espelharia e representaria de forma genuína o povo brasileiro no Congresso. Pois, como qualquer brasileiro minimamente informado sabe, sr. Mercadante, temos sido tratados nesses últimos oito anos como verdadeiros palhaços.

 

Luis Bernardo Vilaça lbvilaca@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

AUTENTICIDADE

Entre o Aloizio Mercadante (PT) e o palhaço Tiririca (PR), fico com o Tiririca, pois ele é mais autêntico e certamente não será mais um pau-mandado do governo federal.

José Millei elymillei@hotmail.com

São Paulo

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

CONHECIMENTO

"Vote em Tiririca. Pior que está não fica."

Dissociando-se do aliado, Mercadante atesta que fica.

 

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

CACARECOS

Em outubro de 1958 estreei como eleitor, votando em Cacareco para vereador de São Paulo. Cacareco era uma simpática rinoceronte fêmea do Zoológico de São Paulo e a ideia de lançar a sua candidatura foi do jornalista do Estadão Itaboraí Martins, em protesto contra o mar de lama em que boiava a Câmara Municipal de então e o baixo nível dos demais candidatos. Foi eleito com cerca de 100 mil votos, superando até o partido mais bem votado no pleito, tornando-se o mais famoso caso de voto de protesto na História do País. Obviamente, a paquiderme não pôde tomar posse, servindo, entretanto, para desmoralizar a classe política da época. Pois bem, decorrido quase meio século, o panorama da política nacional não sofreu grandes alte rações e o que se vê são prefeitos, governadores e parlamentares trancafiados em prisões por se apoderarem do erário. Aparentemente, a população atual do Estado de São Paulo escolheu o candidato Tiririca como voto de protesto, idêntico ao que demos ao Cacareco, ainda mais se atentarmos para o fato de que tiririca é uma erva daninha. Segundo reportagem do Estadão (14/9), ele deverá ser o candidato a deputado federal mais votado do País. Mas como é um cidadão com seus direitos políticos em dia, vai tomar posse e elegerá, com seus votos, mais três deputados federais correligionários deles. E assim , com esse "protesto" e outros assemelhados, muitos dos mesmos políticos que vêm desgraçando este pobre Brasil continuarão no poder pelo menos por mais quatro ou oito anos

 

 

 

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

PIOR FICA, SIM

Às vésperas de uma eleição tão importante como a que se aproxima, eu, uma estudante de Medicina "casada" com os estudos, relativamente alheia à política, resolvi escrever para manifestar o tamanho da minha indignação com a situação atual do Brasil.

Primeiramente, custa-me a entender como, diante de tantos escândalos envolvendo o governo atual e até mesmo a própria candidata da situação, o PT continua liderando todas as pesquisas com uma vantagem considerável. Como é possível que a grande maioria da população seja tão alheia ao que se passa no cenário da política nacional? "Vender o voto" em troca de medidas populistas que não fazem nada além de mascarar o caos social em que o País vive?

Enfim, o problema da corrupção e das medidas populistas é revoltante, mas é algo que já estamos enfrentando há algum tempo. O que motivou essa carta foram os absurdos que eu fui obrigada a ouvir no programa eleitoral. Com os políticos declaradamente corruptos ("rouba, mas faz!") e com os pagodeiros, jogadores de futebol e celebridades instantâneas que resolvem tentar a sorte na política nós já estamos nos acostumando (por pior que isso seja), mas desta vez há candidatos ainda mais absurdos fazendo campanha. A que ponto chegamos?!

É, Tiririca, do jeito que as coisas estão indo, tudo me leva a crer que podem ficar piores, sim. Só que os palhaços dessa história seremos nós!

Natalia Teixeira nat_teixeira90@hotmail.com

São Paulo

____________________________

 

 

 

 

 

NEYMAR, O FUTURO LULA?

 

É inaceitável que Neymar esteja agindo de maneira lulista ao ofender colegas, adversários e até o técnico a quem deve obediência. Como Lula, ele não teve a educação necessária e age certo de que obterá sempre o apoio dos puxa-sacos, bajuladores e ignorantes como ele. O técnico Dorival Jr., em vez de pensar em sair do Santos F. C., deveria exigir que Neymar recebesse educação e fosse obrigado a estudar pelo menos até completar o curso elementar - ou o médio, que talvez seja demais para a inteligência dele - antes de sair xingando todo mundo.

 

Antonio do Vale adevale@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

CONSELHOS DO MESTRE

O Neymar não precisa se consultar com psicóloga. Ele precisa conversar com o Pelé.

Gilberto Lima Junqueira glima@keynet.com.br

Ribeirão Preto

 

 

____________________________

 

 

 

DE CASA

 

 

O comportamento do jogador Neymar, ultimamente, pode ser resumido numa frase curta: falta de educação. E não é o clube que tem de dar isso ao jogador. O clube tem de dar outras coisas. Educação tem que vir de casa.

 

Panayotis Poulis ppoulis@yahoo.com.br

Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.