Cartas - 20/06/2011

COPA DO MUNDO

, O Estado de S.Paulo

20 Junho 2011 | 00h00

Nação corintiana

O Corinthians diz-se uma nação. Como, então, tal nação não teve capacidade de construir seu estádio em cem anos de existência e quer que o Município lhe dê R$ 450 milhões? Essa nação não diz ter 35 milhões de torcedores? Que tal R$ 20 de cada um para fazer o Itaquerão, sem ônus para o resto da população paulistana?

MILTON PARANHOS

mvp1312@yahoo.com.br

Pedregulho

____________________________

Meu dinheiro no Itaquerão

Acho os corintianos simpáticos e o futebol um esporte interessante, malgrado a corrupção inerente. Entretanto, não posso concordar que meu dinheiro arrecadado nos tributos seja usado para doar um estádio a uma entidade particular. Como muito bem exposto no editorial Quem pagará esse estádio (18/6, A3), os tributos arrecadados pela Prefeitura têm aplicações mais decentes, o mesmo podendo ser dito quanto ao terreno da cidade doado ao clube.

NELSON CARVALHO

nscarv@gmail.com

São Paulo

____________________________

Hospitais e escolas

Foi com satisfação que li o editorial Quem pagará esse estádio. É uma pouca-vergonha o que esses políticos estão fazendo com o Brasil. Fico pensando em quantos hospitais e escolas poderiam ser construídos com o dinheiro que vai ser gasto para termos no Brasil a Copa do Mundo e a Olimpíada. É preciso que nós, brasileiros, dentro dos limites possíveis, acabemos com essa bandalheira. Será que ninguém se sensibiliza com seres humanos deitados no chão de hospitais, esperando por tratamento? O que fazem os dirigentes dos sindicatos de trabalhadores? Absolutamente nada. Só sabem pleitear aumento de salário e viver com os benefícios que o cargo proporciona. Gostaria que a imprensa divulgasse com mais intensidade os problemas da população para ver se alguém procura minimizá-los.

DANTE CARLOS LODOVICO

dclodovico@uol.com.br

São Paulo

____________________________

Perguntar não ofende

Se o prefeito Gilberto Kassab pode doar R$ 420 milhões ao Corinthians, por que não ajuda também o Palmeiras (que está quebrado)? Incentivos fiscais, como os dados ao Corinthians (sem retorno para o povão), fazem bem para todos, principalmente para as Santas Casas de Misericórdia, que estão falidas. Portanto, prefeito Kassab, reveja os seus atos e contribua para a melhoria de vida de quem realmente necessita.

JOSÉ CAETANO

zedobeque@terra.com.br

Santa Fé do Sul

____________________________

RDC

Fosse o Brasil um país decente, o prefeito Kassab teria o seu mandato ameaçado de impeachment, por favorecer com meio bilhão de reais uma entidade privada. Mas não será assim. Ao contrário, em poucos anos teremos em nossas Casas Legislativas a versão bandeirante de Eurico Miranda, o carioca que se notabilizou pela truculência e avidez por verbas públicas, sempre escondido sob o manto do "amor ao Vasco da Gama". Não tardará para Andrés Sánchez contabilizar os votos de milhões de corintianos e se eleger com a ajuda dos reais desviados do RDC - Roubalheira Descaradamente Consentida.

JÚLIO CRUZ LIMA NETO

juliocruzlima@uol.com.br

São Paulo

____________________________

LICITAÇÕES

Mudança ética da lei

Não é de hoje, e muito antes do governo Lula, que administrativistas altamente respeitáveis, a exemplo de Adilson de Abreu Dallari, em monografia especializada, sustentam o imperativo de mudanças na Lei 8.666, de 1993, que cuida das licitações públicas, com tantos detalhes desnecessários que a norma se transforma num entrave às realizações governamentais, em todos os campos. No entanto, é óbvio que a lei não pode ser mudada por medida provisória e qualquer regra que induza ao acobertamento das ações, em prejuízo do princípio da transparência e publicidade dos atos administrativos, é inconstitucional e, pior, estimulante da institucionalização da corrupção, que já consome energias básicas da Nação brasileira.

AMADEU R. GARRIDO DE PAULA

amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

____________________________

MEMÓRIA HISTÓRICA

Sigilo eterno nunca mais

Como historiador, não posso deixar de discordar da preservação ad aeternum do sigilo de assuntos de Estado, que agora se discute entre nós. Que determinados atos sejam preservados por uma quarentena de uma, duas ou três décadas é razoável, porém mais do que isso é desnecessário e até prejudicial ao País. Conhecer os acontecimentos de nosso passado é uma necessidade para que possamos, se for o caso, não repetir no futuro os erros cometidos, nem como farsa.

JOSÉ DE ANCHIETA N. DE ALMEIDA

josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

____________________________

Segredo quebrado

Se Sarney e Collor estão promovendo com tanto afinco o sigilo eterno, é porque, provavelmente, aí tem... E se eles já divulgaram para o mundo que há podres relacionados à Guerra do Paraguai (não aquela para pagar mais uns bilhões ao vizinho pela energia de Itaipu) e à fixação da fronteira oeste que não podem ser revelados, então o sigilo de tais assuntos já foi quebrado - pelos dois.

JULIAN WHITE

julian.white1@yahoo.com

Campinas

____________________________

Culpa no cartório

Para Sarney e Collor serem a favor de que sejam sepultados os documentos sigilosos do governo, é porque devem ter alguma culpa no cartório. Alguma maracutaia do governo da dupla dinâmica deve existir. O pior é que os dois estão fazendo a cabeça da presidente Dilma.

CONRADO DE PAULO

conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

____________________________

MARCHAS

E as outras necessárias?

Com tantas marchas surgindo - dos gays, Marcha da Maconha, Marcha pela Liberdade -, cadê as marchas contra a corrupção, contra a permanência de Cesare Battisti no Brasil, contra a censura, contra a impunidade do mensalão, contra o pagamento ao Paraguai de US$ 360 milhões, contra o perdão de dívidas a outros países, contra a carga tributária...?

ALBERTO NUNES

albertonunes77@hotmail.com

____________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.041

TEMA DO DIA

Morro da Mangueira é ocupado no Rio

Operação para instalar a 18ª UPP mobilizou 750 homens, durou 5 horas e terminou sem confrontos

"É o que se pode chamar de propaganda para inglês ver! O que interessa é a Copa e a Olimpíada."

CARLOS MAGNO

"Espero que o secretário de Segurança mantenha as unidades de UPP e que se estendam por outros bairros."

UBIRATAN SOUZA DA SILVA

"O que adianta ocupar a Mangueira e não educar as pessoas de lá? Eles crescerão sem oportunidade como os seus pais."

LEONARDO HOTOTAIN

____________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

FHC, ANIVERSARIANTE

 

 

 

 

 

 

Como modesto admirador, quero cumprimentar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pelo transcurso, no sábado (18/6) do aniversário dos seus profícuos 80 anos, dos quais grande parte, desde sua juventude (ainda é jovem espiritualmente), foi dedicada à nossa Pátria. Como presentes natalícios, destaco as declarações dos políticos contidas em "Força Política" (Estadão, 18/6, A11). No entanto, para mim, o maior presente cívico que o aniversariante recebeu, há poucos dias atrás, foi a carta da presidente Dilma louvando todos os méritos do seu governo, que transformou a herança maldita tão injustamente decantada pelos algozes políticos do PT e pelo ex-presidente Lula, em herança bendita.

Presidente Dilma, há uma máxima latina que enriqueceu sua carta: "Verba volant, scripta manent" - as palavras voam, os escritos permanecem.

 

 

 

 

 

 

 

 

Antonio Brandileone abrandileone@uol.com.br

Assis

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VIVA FHC!

 

 

 

 

 

 

Certos eventos mudam o curso da História da humanidade. Exemplos como os da penicilina e da anestesia, mudaram o da medicina; Einstein, o da física. No caso do Brasil, certamente cabe o governo de Fernando Henrique Cardoso, que conseguiu, contra tudo e contra todos, neutralizar a inflação, modernizar as relações com o mundo e, principalmente, fazer nosso país ser respeitado. Parabéns e vida longa e saudável a FHC.

 

 

 

 

 

 

 

 

Luiz Nusbaum, médico lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O SOCIÓLOGO-PRESIDENTE E A HISTÓRIA

 

 

 

 

 

Como historiador da recente realidade brasileira, na passagem dos 80 anos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso começo, certamente como outros colegas analistas da História de nosso país, a esmiuçar seus atos quando esteve no poder e como político. Somente com a passagem do tempo, que decanta saneando as paixões contra ou a favor que envolvem tais personalidades da vida pública, é que podemos com fria racionalidade analisar e julgar os erros e acertos de tão ilustre personalidade que é o nosso sociólogo-presidente.

 

 

 

 

 

 

 

 

José de Anchieta Nobre de Almeida josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

PARABÉNS, FHC

 

 

 

 

 

Não só desejo cumprimentar o presidente Fernando Henrique Cardoso pela passagem de seu 80.º aniversário, como também agradecer-lhe o grande empenho que teve para fortalecer e consolidar o Brasil, colocando-o no lugar em que sempre mereceu estar. Como bem salientou o Estadão (18/6, A11), seu legado tem sido revisto, até mesmo pela atual presidente, e seu merecido lugar no topo da História republicana brasileira terá de ser reconhecido por todos, inclusive pelo embusteiro Lula, que denominou o grande trabalho desse grande brasileiro como "herança maldita". Essa expressão deve ser usada para o que ele legou a Dilma Rousseff, que já está penando para tentar solucionar os inúmeros problemas, especialmente os financeiros, que deixou, sem contar a institucionalização da corrupção, aliando-se aos que chamava de mais corruptos do Brasil. Caro presidente FHC, o Brasil cumprimenta-o e lhe agradece pelo trabalho que fez, pelo seu legado, e ainda espera que, dos bastidores, oriente esse pessoal da oposição para que siga um caminho semelhante ao seu por muitos anos mais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Eduardo Barros Rodrigues ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

LEGADO VIVO

 

 

 

 

 

 

 

FHC não precisaria ter esperado uma década para ter seu legado de presidente revisto. Se ele não tivesse jogado a toalha, com sua inteligência, seu carisma e sua perspicácia, em três tempos jogaria por terra o "mito Lulla da Silva"! Mas como fez a opção de se afastar e usar sua experiência para algo tremendamente antipopular, como a descriminação das drogas, o Brasil seguiu no rumo de hoje, com uma oposição mambembe, desnorteada, incapaz de fazer uso de uma enxurrada de denúncias contra o atual governo, deixando-o à vontade para apagar nossa História com apenas alguns boatos jogados aos incautos brasileiros. Mesmo assim, parabéns, ex-presidente, pelos 80 anos muito bem vividos. Pelo menos na mente dos conscientes, seu legado jamais se apagou e o mito Lulla jamais nos enganou!

 

 

 

 

 

 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘SINAIS PARTICULARES’

 

 

 

 

 

 

Tenho muito respeito e admiração por FHC, mas THC jamais (18/6, A2).

 

 

 

 

 

 

 

 

Iracema M. Oliveira mandarino-oliveira@uol.com.br

Praia Grande

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

GRATIFICANTE

 

 

 

 

 

 

Parabéns, sr. ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, pelo seu aniversário de 80 anos. Aproveito o ensejo para afirmar que é muito prazeroso, gratificante e cultural vê-lo ou ouvi-lo em qualquer pronunciamento que seja. Já não podemos falar a mesma coisa do ex-presidente Lula, cuja intenção sempre foi a de agredir e alfinetar.

 

 

 

 

 

 

 

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

O LEGADO DE FHC

 

 

 

 

 

A presidente Dilma está se retratando, tentando resgatar a imagem de FHC, tão "desconstruída" ao longo de dez anos, pela ingratidão injusta, beirando mesmo a neurose, do ex-presidente Lula. Afinal, é graças à lei do foro privilegiado (para políticos e autoridades), inexplicavelmente sancionada por FHC no apagar das luzes de seu governo (entre o Natal e o réveillon de 2001), que a impunidade petista grassa (deita e rola), incólume, País afora. Lei a que a família petista penhoradamente deveria ser eternamente grata. Imagem essa (de FHC) que não deveria ser "desconstruída", mas venerada para sempre pelos petistas. Sem tal lei os governantes petistas não teriam reinado leves, livres, soltos e impunes. Legado esse (lei do foro privilegiado) que deveria superar de longe, para o PT, a falada "contribuição de FHC, decisiva para o desenvolvimento do País" (dito por Dilma). Acredito eu, tanto quanto contribuiu o foro privilegiado para a impunidade. Isso jamais se deveria apagar da memória dos petistas e, por razões óbvias, porém inversas, da memória dos eleitores de FHC. Esse, sim, foi o maior "legado" de FHC ao PT e ao País: o foro privilegiado (a maior excrescência dos últimos tempos).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sebastião Pereira jardins@oadministrador.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O ROTO E O ESFARRAPADO

 

 

 

 

 

O ex-presidente FHC disse que o também ex-presidente Lula é mesquinho ao renegar o que houve antes. Ele também é. Quando, ainda no seu primeiro mandato, foi questionado por jornalistas sobre decisões a declarações contrárias ao que dizia antes de se eleger e como senador, simplesmente falou: "Esqueçam o que eu disse". Bem, isso é o quê? A verdade é que os dois não valem nada e ficam aí aparecendo na mídia, jogando para a plateia. Agora ele levanta a bandeira da descriminação das drogas. Quando presidente o que fez nesse sentido?

 

 

 

 

 

 

Panayotis Poulis ppoulis46@gmail.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRISTE BRASIL

 

 

 

 

 

 

 

 

Triste viver num país onde a roubalheira impera, nada se faz para contê-la, e pior, decretos são feitos para impedir o controle dos gastos com o nosso dinheiro. Frustrante viver num país onde os bancos em cartel exploram seus clientes, remunerando o dinheiro empregado com taxas invisíveis e cobrando fortunas para emprestar dinheiro, estando eles em situação financeira nunca vista antes. Decepcionante viver num país onde calamidades da natureza acontecem sistematicamente e nada se faz para impedir isso e os flagelados nem são consolados pelas autoridades, que não querem associar sua imagem às desgraças do povo. Revoltante viver num país onde os juristas, apoiados em firulas constitucionais, decepcionam sistematicamente o clamor do povo, aprovando decisões totalmente equivocadas. A liberdade de expressão é sagrada, desde que não toque em certos assuntos, geridos por poderosos. Lastimável ver a corrupção escandalosa comendo feio e autoridades chorando pela saída dos corruptos como se fossem anjos. Absurdo ver as autoridades dando as mãos e fazendo cafunés em todos os presidentes aliados a falcatruas, que estão tornando seus países inabitáveis ao tomarem medidas mais que imorais. Pior que tudo é saber que dentro de um armário existe escondido um ex-presidente, formado apenas em demagogia, saindo toda hora para aconselhar pessoas inexperientes que ousaram a se meter na tarefa mais importante de um país.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Geraldo Siffert Junior siffert18140@uol.com.br

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ERA PT

 

 

 

Durante todo o período de atuação dos governos do PT, só escândalos, corrupção, sigilos fiscais quebrados, falcatruas, medidas provisórias aos borbotões, um STF vendido, ineficiente e tomando medidas descabidas perante toda a população brasileira e mundial.

Tudo isso só tem de nos envergonhar de sermos brasileiros. Lulla se apregoa o melhor dos presidentes que o Brasil já teve, não passa de um engodo. Sua sucessora pegou um rabo de foguete, com uma inflação descontrolada, inchaço da máquina pública, descalabros em todos os níveis do governo federal, imoralidades dentro e fora de seus Ministérios, tentando justificar o injustificável.

O PT monta seus esquemas de falcatruas em várias cidades, como é o caso de Campinas, onde todos, desde o prefeito, o vice e seus assessores diretos, estão envolvidos em desvios de verbas.

Copa do Mundo e Olimpíada só vêm trazer mais corrupção e desvios de verbas prioritárias para a saúde, segurança, instrução, etc., para que se construam elefantes brancos que depois desses eventos ficarão aos quatro ventos, jogados fora, como já ocorreu com os Jogos Pan-Americanos.

Distribuição de livros didáticos com erros enormes de português e matemática em colégios públicos por conta da incompetência do ministro da Educação imposto por Lulla, o qual já demonstrara sua total incompetência nos episódios do Enem em anos anteriores.

Caso Battisti, em que acolhemos um assassino condenado na Itália por ordem de Lulla e do próprio STF.

Intromissão de Lulla em empresa privada (Vale) até a demissão de seu presidente, o qual fez dessa uma empresa extremamente lucrative e bem vista por todo o mundo, mas mantém o presidente da Petrobrás, quel não sabe gerir as contas de sua própria casa até hoje. De autossuficientes em petróleo e etanol passamos a importadores de ambos. Onde estão as enormes jazidas do pré-sal?

Apagões de nergia elétrica a todo momento, prejudicando milhões de brasileiros, indústrias, comércios, residências.

Sarney e Collor aliados de Lulla e Dilma, quem diria...

PMDB cada vez mais fisiológico, sem qualquer identidade, aliado de última hora de quem está no poder, agora o PT.

Esta é a era PT, a era da vergonha mundial e da mentira total, dos votos de cabresto, dos feudos, etc.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Boris Becker borisbecker@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIRCEU, O INJUSTO

 

 

 

 

 

 

 

O Sr. José Dirceu está sendo injusto com a grande mídia, dizendo que ela quer desqualificar os blogs, isso em discurso no 2.º Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas. Desculpe, mas não é verdade! Eu fiquei sabendo por um blog independente, progresssista ou não, que o sr. Dirceu é um dos maiores lobistas junto aos governos do Brasil afora. Não tenho conhecimento de que nenhum veículo da grande mídia tenha afirmado isso. E agora, como ficamos?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eduardo Augusto de Campos Pires eacpires@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PATRONO DA ARRECADAÇÃO

 

 

 

 

 

 

 

Estou pasma! José Dirceu é o novo patrono da Fundação Nemirovsky, detentora de um dos maiores e mais importantes acervos de arte moderna do País. A missão do ex-ministro será captar recursos para a instituição. Ah! Ele é expert em arrecadação!

Aliás, chefão da arrecadação! Chefão do mensalão (ninguém foi preso)! Os herdeiros foram muito coerentes, nao existe maior captador de dinheiro no Brasil, talvez o Palocci chegue perto!

 

 

 

 

Cecilia Miklos Dale ceciliamdale@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AÍ TEM, DUVIDAM?

 

 

 

 

 

O prefeito de Campinas, Dr. Hélio, usando o "estilo" PT - a melhor defesa é o ataque -, diz sofrer perseguição política e acusa a oposição. Nega qualquer tipo de envolvimento nas fraudes em licitações. A sua mulher, Rosely Nassim, é considerada a "chefe da quadrilha". Está tranquilo, afirma ter do seu lado Lula e José Dirceu, que lhe são solidários. Portanto, é só ir fundo nas investigações, que aí tem, duvidam?

 

 

 

 

 

 

M. Teresa Amaral mteresa0409@estadao.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUEM INDICA?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O atual prefeito de Campinas, de nome - e codinome - Hélio de Oliveira Santos (PDT), conseguiu escapar de um processo de cassação. Curiosamente, esse cidadão afirmou em claras palavras que conta com apoio (e confiança) de José Dirceu, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Sortudo, pois dois desses políticos, pelo menos, passaram por calças curtas (da marca mensalão) há alguns anos, e com a experiência adquirida por eles é bem capaz de nada lhe ocorrer.

O mercado de trabalho e a esfera política têm uma mesma característica: o tal QI (quem indica): "Indico você a se livrar das patifarias que fez; basta sentar no meu colinho, agraciar-me com alguns troquinhos e me dar um beijinho no pescoço. Pronto, a sociedade logo esquecerá e você será um dos meus pupilos".

 

 

 

 

 

 

 

Luiz Felipe T. Erdei luizferdei@gmail.com

São Paulo

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ENTRANHAS DA CORRUPÇÃO

 

 

 

 

 

 

Há uma profunda solidariedade nas entranhas da corrupção! Como dizia meu pai, velho calabrês, "Dio li fa i fra di loro si accoppiano" - Deus os faz e entre eles se ajuntam. Gilberto Carvalho com José Rainha, Lula e José Dirceu com o prefeito de Campinas!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eugênio José Alati eugeniojosealati@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

LULA E CAMPINAS

 

 

 

 

 

 

 

Lula defende Dr. Hélio, assim como defendeu Dirceu, Delúbio, Silvinho, Genoino, os aloprados, etc. Por que será que elle não se preocupou com o ex-prefeito Toninho, que não teve a morte esclarecida até hoje?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Roberto Gomes Fernandes crgfernandes@uol.com.br

Ourinhos

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

CORRUPÇÃO DA GROSSA

 

 

 

 

 

 

José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil durante o governo Lula, teve seu mandato e os direitos políticos cassados sob a acusação de envolvimento com o mensalão petista. Desta vez, José Dirceu está assumindo publicamente a defesa do prefeito de Campinas, Dr. Heio (PDT), cuja administração é alvo de uma grande devassa pela Polícia Federal, que apura minuciosamente acusações de que dona Rosely, mulher do prefeito, controlava um movimento de liciações irregulares com superfaturamento, no qual se envolviam também empesário amigo do Lula, o vice-prefeito, secreários municipais, vereadores e até diretores da Sanasa. Mesmo saindo muita fumaça dessa fogueira, José Dirceu está entrando com tudo na defesa, que, tudo indica, tem corrupção, e da grossa. Interessante é que o José Dirceu, na época presidente do PT, nunca se prontificou a defender os ex-prefeitos petistas Toninho de Campinas e Celso

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Daniel, de Santo André. Por que será?

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

PETISMO RUBRO E ROSA

 

 

 

 

Há uma relação promíscua entre o petismo governante e a Justiça brasileira, via STF. Um caso de safadeza consentida e oficializada que atravessa a alma brasileira de cima a baixo corrói o que sobrou da Constituição enxovalhada. Não restará grão de dignidade ou decência na sociedade pós-implemento dos últimos atos da volúpia desenfreada petista: contratos sem licitação, segredo eterno dos atos públicos, impunidade total, eterna, ampla e irrestrita, ainda com direito a milionárias indenizações (?), sabe-se lá sob qual voto do Supremo!

O Brasil acolhe a maior pirataria oficial, que ainda tenta impor o linguajar chulo de seus líderes, a coroar a miséria cultural e a falência moral desse grupelho ladro e chucro que tomou conta da nossa verba mãe.

Cadê a polícia? Cadê a honra?

Foram todos comprados com notas rosadas ou vermelhas? Ou é a fase do bolsa-mulher que paga igual ou mais? Como se isso mudasse algo...

 

 

 

 

 

 

 

 

Ronaldo Parisi rparisi@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DITADURA PETISTA

 

 

 

 

 

 

 

 

Acho que agora acabou de vez a democracia em nosso país. Afinal, a medida provisória aprovada na Câmara dos Deputados que prevê a manutenção em segredo de orçamentos feitos por órgãos federais, estaduais e municipais para obras da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016 é um absurdo. Quando será que os ditos representantes do povo farão a nossa vontade? Esse dinheiro é do povo e não podem gastar como bem entenderem. Já não chegam os milionários esquemas de corrupção do PT, com a marionete Dilma, Palocci, Lula e José Dirceu? Temos o direito de saber onde é gasto cada centavo de nossos impostos e, se ainda existe Justiça neste país, que se barre isso e o povo se lembre de não reeleger os políticos que votaram a favor dessa medida da marionete!

 

 

 

 

 

 

Luiz Claudio Zabatiero zabasim@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

OBRAS E SIGILO

 

 

 

 

 

 

Eu, assim como muitos outros, já tivemos cartas publicadas no "Fórum" falando que as obras para 2014 estavam atrasadas para que, no apagar das luzes, fosse feito algo em regime de urgência, liberando as licitações, um "jeitinho" para que a sociedade no final perdesse e alguns ganhassem, como tenho certeza que acontecerá.

Teoria da conspiração? Pessimismo? Não! Apenas a constatação de que neste país abençoado por Deus e que dorme em berço esplêndido os políticos sempre acham uma forma de se dar bem.

O butim será imenso com as obras da Copa e da "olim-piada", como serão conhecidos esses jogos caso não haja interesse sério das autoridades, pois tenho certeza que a preocupação maior será para saber em quantas partes o bolo será dividido do que a preparação dos nossos atletas, que depois do evento serão esquecidos, como sempre.

Os nossos políticos são muito previsíveis, talvez porque saibam que no fim das contas o Ministério Público vai abrir processo, haverá discussão, abertura de CPIs, advogados entrarão com recursos, o STF dirá que todos têm direito à liberdade, o tempo passará e a pizza mais uma vez azedará na garganta de quem se importa com esta Nação, que merece políticos melhores.

Outra coisa: achei muito estranha a declaração da presidente defendendo um sigilo indefensável, pois o que deve haver é transparência.

 

 

 

 

 

 

 

 

Alberto Souza Daneu adaneu@gmail.com

Osasco

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ATITUDE VERGONHOSA

 

 

 

 

 

 

 

Vergonhosa a nova postura do PT. Fazem uma declaração e, se não for aceita pelo povo, declaram não terem dito aquilo, mas exatamente o contrário. Aonde essa turma quer chegar com tantos absurdos desse governo tão falso e mentiroso?

 

 

 

 

 

 

 

 

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COPA E COZINHA

 

 

 

 

 

 

Aproveitando a copa, a troupe invade a cozinha e vai aquecendo em banho-maria o caldo das licitações. Um Regime Diverso de Cozedura faz brotar pouco a pouco do fundo da panela, como uma bolha, um novo apêndice.

Um apêndice preposto e maiúsculo: um imenso i.

Um i de imoralidade, o i das ilicitações.

 

 

 

 

 

 

Carlos Delphim Nogueira da Gama Neto carlosgama@croniquetas.com.br

Santos

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMPROMISSO COM A RAZÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não é possível ouvir de autoridades que gastos públicos, cobertos pela arrecadação de impostos, não serão submetidos à apreciação normal, seja pela forma de apreciar licitações, seja pela forma como órgãos fiscalizadores possam e devam apreciar e se manifestarem. "Pior a emenda que o soneto" quando a "pseudopresidente" nos informa pela imprensa que isso tão apenas não ocorrerá para o público, a Nação, ou seja, os contribuintes que custearão o circo que será a Copa e a Olimpíada. Fica claro que veremos o circo, mas não querem que tenhamos chances de saber do "espetáculo do crescimento de fortunas", dos desvios de verbas, da pouca-vergonha e da imoralidade.

Daqui em diante, e com os acontecimentos das últimas semanas, torna-se claro que não há mais instalada no Planalto, nem em nenhum dos Poderes, a mínima condição de consciência moral a conduzir esta Nação. Tal desqualificação vem, pela nula qualificação, pela expressa incompetência e agora pela acintosa forma de possibilitar o desfalque do erário, que, a bem da verdade, já começou pela mitomania de quem se arvorou em imperador do Brasil e trouxe para cá tais jogos, que não passam disto: jogos com cartas marcadas, jogos para o azar da Nação brasileira, que tantas prioridades possui antes dessa patética aventura.

A corrupção, que estava deflagrada e constituída, agora foi legalizada. O bom senso nos reporta que o poder foi tomado de assalto, as instituições não existem e perderam seus princípios morais. A sociedade humilha-se na imbecilidade e mediocridade sem se manifestar. Triste penal vivemos. Até quando? "Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado!", disse Rui Barbosa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oswaldo Colombo Filho colomboconsult@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

FESTA DAS EMPREITEIRAS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os ocupantes de cabines de luxo dos transatlânticos Copa do Mundo e Olimpíada estão sussurrando, em ouvidos predestinados, grana à vista, já que o tal RDC (Regime Diferenciado de Contratações) será uma festança no arraial das empreiteiras, um bilhete premiado de são Lula, que permitirá fazer licitações "seletivas" no escurinho dos corredores do poder, driblando as exigências da Lei de Licitações, uma maldade que se praticará contra o povo brasileiro, pelo aumento dos preços do feijão, arroz, farinha, macarrão. Enquanto as elites petista vão se banqueteando, para o povo nem brioches, só vai sobrar pão dormido mesmo, vai levar a mandioca. Mas isso não fica assim, não, vai mudar muito, piorar bem mais, pois nos EUA está sendo cortado o subsídio da gasolina, o que vai encarê-la. O Brasil não tem excedentes exportáveis, mas isso não será problema, pois a Petrobrás certamente irá aumentar, e muito, o preço do produto nacional, gerando cotas para exportações, vai ganhar rios de dinheiro, que empobrecerão o povo, mas irrigarão "projetos políticos" de esquerdistas estrelados, inclusive a campanha presidencial do ex-presidente, isso se Dilma deixar. Na nossa cabine dupla já estão berrando: imposssstos à visssssta!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

João Henrique Rieder rieder@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMO PAGAR EM DÓLAR

 

 

 

 

 

 

 

Dou uma sugestão ao governo, que tem duas vantagens: barateia as obras da Copa e da Olimpíada e eleva o preço do dólar, beneficiando os exportadores e a indústria nacional. Chame insuspeitas empreiteiras internacionais (que serão pagas em dólar) para competir com as nacionais que cresceram e enriqueceram inexplicavelmente mais que certo ministro. Nos países de origem não há conchavos com políticos, porque lá a cana é dura e não há Judiciários para lhes livrar a cara.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

O BÊBADO E A CHAVE DO CARRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não sou vidente, talvez consiga ver o evidente, porque este texto escrevi

assim que o Brasil foi escolhido para ser a sede da olim-piada.

Um bêbado pediu para dirigir um carro. Quem está errado: o bêbado ou quem

entregou a chave do carro ao bêbado? O Brasil, sem a mínima

infraestruturas, sem metas, sem planejamento, sem educação, sem saúde, sem noção, sem

humanidade para com os brasileiros pobres e humilhados, quis sediar a Copa

do Mundo e as Olimpíada. O mundo conhece o Brasil melhor que os

brasileiros, eles sabem do abismo que existe entre a humilhação das favelas das grandes cidades

e o luxo de alguns bilionários deste Brasil de fome. Um país que não

consegue resolver os problemas de distribuição de renda, saneamento

básico, a fome que come a infância dos brasileirinhos nessas periferias,

quer que o mundo volte seus olhos para ele, para ver a barbárie. Querem

gastar bilhões numa Popa e numa Olimpíada, que deveriam ser gastos para

amenizar as desigualdades e os problemas que se arrastam neste país. São

dois brasileiros que mesmo morando no mesmo país vivem em dois mundos,

os que vivem do luxo e os que vivem do lixo. Quem está errado? O bêbado ou

quem entregou a chave para o bêbado dirigir?

Com a palavra quem está com a chave do carrão...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Manoel José Rodrigues criticasdomanoel.blogspot.com

Alvorada do Sul (PR)

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DINHEIRO JOGADO FORA

 

 

 

 

 

 

Só faltava essa! Agora esconderão os custos das obras para a Copa e a Olimpíada, que de início seriam uns R$ 30 bilhões, mas, como de hábito, sabemos que custarão o dobro por baixo, porque a "politicanalha" levará o dela, agora maior que nunca. Queria saber se nesse orçamento, além das verbas para o duplo evento, previram alguma coisa para construir algum hospital e postos de atendimento à saúde nas capitais de realização desses jogos, porque aqueles que mais vibram com esse circo vindouro são os que mais precisam e morrem jogados em macas de hospitais imundos, em ruínas, sem pessoal , médicos e equipamentos necessários para um atendimento decente. Tivéssemos vergonha na cara, desistiríamos dessa palhaçada e gastaríamos essa verba imensa em algo útil: saúde, educação e segurança.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Laércio Zannni arsene@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LICITAÇÕES OBSCURAS

 

 

 

 

 

 

 

Nunca antes na História deste país se viu tamanha afronta ao Tesouro Nacional, como neste caso para facilitar as licitações da Copa 2014. Não tenho dúvidas em afirmar que será o maior assalto aos cofres públicos em toda era republicana. Os cartolas da CBF, da Fifa, o PT, o PMDB, e os comuni$ta$ de Orlando Silva vão se fartar nesse banquete promovido à custa do povo brasileiro. É uma pena que o esporte, essa nobre atividade humana, esteja sendo utilizada para isso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sandro Ferreira sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

SOB SIGNO DO ESCÂNDALO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os governos petistas no poder há mais de oito anos têm sido pródigos em indignar a nossa sociedade. E ao mesmo tempo incapazes de cumprir suas múltiplas promessas. Que não entregam jamais...

Pela incompetência de tocar seus projetos, desde liberação de licença ambiental, licitações duvidosas, etc., têm ameaçado até órgãos importantes da nossa República, como, por exemplo, o TCU, que regularmente identifica superfaturamento nos preços das obras.

E por essas razões citadas, o Lula, cansado de tanta ineficiência de seus camaradas e aliados, porque nada acontece com celeridade, no final de seu mandato enviou ao Congresso um projeto excrescente, pelo qual todas as obras para a Copa e a Olimpíada seriam tocadas e reajustados seus preços conforme conveniência de seus construtores, e sem nenhuma fiscalização. Ou seja, com todos os requisitos sórdidos para farta distribuição de propina! Este "ao deus dará" escandaloso do petismo e com forte apoio de seus aliados, literalmente, significa mandar às favas os mais de 54 milhões de votos que a Dilma recebeu. É tudo na base de o povo que se lixe... Inclusive os pobres do Bolsa-Família...

Esse projeto "engana trouxa" permite inclusive que nos casos de licitação que não ultrapassem o valor de R$ 150 mil para obras, e R$ 80 mil para serviços, fique livre de publicação de edital. Ou seja, o Palácio do Planalto, sob a tutela de Dilma, coloca o nosso País como a "casa da mãe Joana". Uma verdadeira esculhambação...

Este é o PT, hipócrita, soberbo e demagogo, que teve desde a promulgação do Brasil como sede da Copa, em 2007, a oportunidade de tocar as obras com tranquilidade, e nada se fez. E agora que a vaca está indo paro brejo, pelo total atraso dos projetos, infelizmente, e de forma ditatorial, que nem no período militar ou de Getúlio se fez algo parecido, o governo petista nos impõe esse indigesto sequestro de nossas liberdades, porque não quer dar satisfação ao povo de quanto vai gastar de recursos públicos para esses dois importantes eventos esportivos.

Será que a presidente Dilma, que de burra não tem nada, faria uma obra particular, contratando uma construtora, sem que soubesse previamente o preço da obra, e ainda oferecesse ao contratado liberdade para reajustar os preços como bem entendesse?! Duvido!

E por que, então, a presidente está entusiasmada em autorizar o andamento dessas obras da Copa e da Olimpíada conforme está sendo aprovado pelo Congresso, que literalmente dá condições de chamar o nosso povo de idiota, otário? No bojo desta indignação certamente a nossa sociedade não ficará silenciosa. E a Dilma, pela sua insensibilidade institucional, corre sério perigo de interromper seu mandato por improbidade administrativa.

A sociedade brasileira está sendo esbulhada por este governo, e também pela conivência estúpida do nosso Congresso, que a cada dia e por conveniência espúria fica de cócoras para o petismo.

Por essas razões, a sociedade precisa dar um basta a essas ondas de crimes contra as nossas instituições e o erário. E o nosso silêncio, que beneficia a atuação desses incompetentes no poder central, interrompe o sonho de um Brasil melhor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

FIM DA LINHA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O deputado Romário afirma que votou a favor do projeto que dá poderes à Fifa e ao COI porque, se o projeto não fosse aprovado, o roubo seria muito maior, seria um assalto! Um deputado federal afirmando que o roubo seria maior?! Então haverá um desvio de verbas, um roubo, e a obrigação do deputado federal, que tem a certeza do fato, é denunciar quem, qual o valor e como será cometido o crime ao Ministério Público, à Polícia Federal e também à presidente Dilma. Uma vez constatado que a denúncia tem fundamento, a presidente Dilma deveria ordenar o imediato cancelamento de todos os contratos e abrir licitação internacional para todas as obras da Copa e da Olimpíada. Aí, eu acordo, olho para os lados e vejo que estou no Brasil e nada disso vai acontecer, porque a vergonha, a decência, a honestidade não fazem mais parte do vocabulário dos políticos e das pessoas ligadas a eles. Senhores e senhoras, podem andar nus à vontade, ninguém vai reparar ou fazer qualquer comentário, pois a índole, o caráter é o que causa a repulsa, não a falta de vestimenta. Vocês venceram, aposentem as cuecas, as bolsas e usem sacolas de supermercados para o transporte da "grana" conquistada com muito suor, nosso! O que estão fazendo com o nosso país é uma covardia nunca antes vista neste planeta, descarada demais, até a repulsa, a indignação foi tirada do povo, aos poucos, sem que ninguém se desse conta. Discurso após discurso, as mentes foram sendo lavadas, as verdades apagadas, as mentiras virando verdade, as promessas virando fato. Os jardins pisoteados e a porta arrombada serviram para que alguém pregasse um prego na parede e pendurasse um retrato... Estamos no Brasil no ano de 2011!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Luiz Ress Erdei gzero@zipmail.com.br

Osasco

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MP 527

 

 

 

 

 

 

 

Essa excrescência chamada de Medida Provisória 527, na prática, significa o seguinte: a partir de agora políticos e empreenteiros malandros, corruptos e safados estão livres para roubar, superfaturar e reajustar preços livremente, que nada será divulgado à sociedade e aos contribuintes otários, que vão pagar a conta da, também absurda, realização de Copa no Brasil. Esse é o jeito petista de governar!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Ribeiro de Carvalho Jr. paulorcc@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

____________________________

 

 

 

 

 

 

 

GASTOS ESPORTIVOS SIGILOSOS

 

 

 

 

 

 

 

Vai-se gastar o que for necessário e desnecessário para

criar a estrutura esportiva para receber em nosso país

a Copa e a Olimpíada. Propõe-se que os orçamentos sejam

sigilosos, caminho fácil para o desvio de dinheiro público.

Enquanto isso, para a saúde, nada. Nossos hospitais seguem

ao abandono, sem condições de atender os pacientes, que

ficam jogados pelos corredores.

Tomara que Deus continue sendo brasileiro e cuide da

população deste país, porque dos políticos nada podemos

Esperar.

 

 

 

 

 

 

 

 

Alvaro Salvi alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ISENÇÃO DE IMPOSTOS MUNICIPAIS PARA O ITAQUERÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Muito estranha a lei a ser votada pela Câmara Municipal de São Paulo que isenta de impostos (IPTU e ISS) por dez anos a construção do Itaquerão. Serão R$ 420 milhões!

As áreas ocupadas por estádios (Morumbi, Palestra Itália, Fazendinha, Canindé, Conde Rodolfo Crespi, do Juventus, etc.) dos clubes de futebol profissional já são isentas de IPTU há muito tempo, desde a época em que Jânio Quadros foi prefeito de São Paulo pela última vez (1985-1988). Jânio Quadros resolveu cobrar o IPTU de todos os clubes de São Paulo. Fui a ele, como vereador e ex- secretário municipal de Esportes da gestão Mario Covas, explicar que a sua atitude seria um absurdo, por dois motivos:

1) Os clubes da periferia, único lazer de grande parte da população mais carente, principalmente de aposentados, mal tinham condições de arcar com as despesas de manutenção, quanto mais começar a pagar o IPTU.

2) O IPTU a ser pago pelos clubes de futebol profissional quebraria TODOS eles. Corinthians, Palmeiras, Portuguesa e Juventus desembolsariam pelo menos o equivalente a seis meses da arrecadação total do ano para pagar esse imposto. O São Paulo, por ser o Morumbi o maior estádio de todos, pagaria o equivalente a nove meses da arrecadação total do ano. Expliquei ao prefeito Jânio Quadro que como ex-secretário municipal de Esportes, tinha consciência de que TODOS os estádios de futebol eram deficitários. A partir do Pacaembu, que com seus, à época, mais de 40 anos de existência, sempre tinha sido deficitário para a Prefeitura. Disse ainda que, modéstia à parte, o Pacaembu só tinha ficado no azul durante o último ano da minha administração à frente da Secretaria Municipal de Esportes (1983-1985), depois de muita luta. Um dos maiores motivos do déficit do Pacaembu era o quebra-quebra que alguns membros mal-educados de torcidas dos times de futebol faziam durante e após os jogos, em banheiros e demais dependências, acarretando um enorme prejuízo ao erário, que tinha de arcar com as despesas de manutenção e recuperação. Com a ajuda do meu grande amigo Januário D’Aléssio, então diretor do Palmeiras e dono de uma corretora de seguros, conseguimos criar junto ao Instituto de Resseguros do Brasil um seguro para estádios de futebol, inexistente na época. Gentilmente, por intermédio da sua corretora, Januário D’Aléssio doou gratuitamente o seguro por um ano para o Pacaembu. Isso ajudou em muito para o Pacaembu ficar no azul. Falei também a Jânio Quadros que, infelizmente, após a minha saída da secretaria, o Pacaembu tinha voltado a ficar no vermelho.

Não foi fácil, mas consegui convencer Jânio Quadros a isentar do IPTU os clubes da periferia e as áreas ocupadas pelos estádios dos clubes de futebol profissional. As demais áreas dos clubes de futebol profissional, como quadras, ginásios, áreas sociais, administração, etc., não foram isentadas do pagamento do IPTU.

O Itaquerão será enquadrado nessa isenção de IPTU já existente, pois será mais um estádio de um clube de futebol profissional. Será que os vereadores de São Paulo e o prefeito Gilberto Kassab não sabem dessa isenção?

O outro imposto enquadrado nessa isenção é o Imposto Sobre Serviços (ISS). Só que não será o Corinthians o isento, mas sim, a Construtora Odebrecht. A lei é clara e não permite que seja usado dinheiro público para construções particulares!

Não sou contra a construção do Itaquerão, não só pelo Corinthians, que sempre respeitei pela sua pujança e grandeza, como e principalmente pelo motivo de que São Paulo, a maior cidade do País, não poderá ficar sem a abertura da Copa de 2014. Ao contrário, acreditem, torço para que haja sucesso na empreitada, mesmo tendo sido, à época, uma decisão puramente de vendeta política e clubística, da Fifa, da CBF e do governo federal, a eliminação do estádio do Morumbi para a abertura da Copa de 2014.

Mas, se o Corinthians terá o benefício dessa isenção de ISS, por que também não os demais clubes? O Palmeiras está construindo a sua arena, o Canindé, da Portuguesa, está precisando URGENTEMENTE de reformas e manutenção, o Morumbi também precisa de reformas e manutenção, o Conde Rodolfo Crespi, idem.

Quero deixar claro que não sou a favor de se gastar dinheiro público, que pode ser destinado a melhorar a saúde, a educação, o transporte e a segurança, em estádios de futebol particulares, mas não posso aceitar que nesse caso específico o que será para um não seja para TODOS!

A população de São Paulo não é composta só de torcedores do Corinthians.

Portanto, que haja isonomia e, antes de tudo, JUSTIÇA!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Luiz de Andrade Figueira jlafigueira@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUEM PAGARÁ A CONTA?

 

 

 

 

 

 

Excelente o editorial "Quem pagará esse estádio" (18/6, A3). A meu ver, o Estadão deveria repetir em várias edições, como escudo defensor do "assalto ao bolso" do contribuinte. Como um time que se diz "popular" pode permitir, endossar e justificar esse assalto? Será que esse time sempre há de precisar de "la mano de Diós"? Entenda-se: "Diós", neste caso, é a nossa bolsa! Pergunto: será que não cabe "ação popular" em nome das reais necessidades da região, como saúde, escolas, transporte e outras? Por que o Ministério Público se faz omisso diante de tamanho descalabro contra todos os paulistanos? Gostaria que o Estadão desvendasse esse mistério!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Maria de Fátima G; Camargo mariafatima.camargo@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROPOSTA INDECENTE

 

 

 

 

 

 

 

 

A proposta do prefeito Kassab de conceder incentivos fiscais no valor de R$ 420 milhões ao Corinthians é indecente. Proponho uma ação decente, a ser tomada pela população paulista, e não só paulistana: escorraçar o Kassab da Prefeitura, seja por impedimento legal ou na marra mesmo. O negócio é colocar o homem para correr. Fora, Kassab!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sérgio Barbosa sergiobarbosa@megasinal.com.br

Batatais

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

KASSAB

 

 

 

 

 

 

 

Kassab, tenha certeza que farei, falarei, incentivarei e financiarei qualquer tipo de campanha para que você nunca mais se eleja para nada!

 

 

 

 

 

 

 

Fábio Perez fabioperez1@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MUITA SACANAGEM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Interessante como os editorias se interligaram, "A multa em primeiro lugar" e "Quem pagará esse estádio" (18/6, A3). No primeiro, a preocupação é multar mais, somente multar e aumentar a arrecadação, e no segundo a preocupação é conceder beneficios fiscais para a realização de uma obra privada. É muita sacanagem com o dinheiro público, e sempre fica tudo por isso mesmo.

 

 

 

 

 

Arcangelo Sforcin Filho

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"INSTITUTO DO CORAÇÃO, QUE CAMINHO TOMAR?"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Há mais de 30 anos sou paciente do Incor. Sempre fui bem atendido. E pelo SUS/INSS, caso contrário, teria já morrido.

Durante esse tempo, vi passar várias diretorias e acompanhei a evolução desse templo da medicina brasileira e mundial.

Também com apreensão vi os equívocos administrativos que os fundadores, Décourt e Zerbini, quiçá, não teriam cometido.

Em todo caso, aqueles que hoje criticam o Incor por atender pacientes particulares ou de planos de saúde devem lembrar que também eles, em sua maioria, são cidadãos brasileiros que pagam impostos.

Esses mesmos críticos são aqueles que eram contra a ditadura e a corrupção em governos passados e agora, vergonhosamente, se calam diante de toda a corrupção pós-mensalão. Aqui, em Campinas, os amigos de Lula e José Dirceu desviaram,

conforme apurou o Ministério Público, R$ 615 milhões, enquanto faltam remédios nos postos de saúde da cidade que atendem a população

mais carente. Esse dinheiro daria para cobrir as dificuldades do Incor?

Esses críticos do Incor, que defendem "as massas" em suas salas de aulas através de teorias caducas e ultrapassadas que mantêm

a pobreza, ao invés daquelas que criam riquezas com responsabilidade, jamais os vi numa favela ensinando

princípios básicos de higiene; nunca os vi levar uma palavra fraterna e de consolo às vítimas seviciadas ou agredidas pelos

próprios pais; em momento algum os vi levarem alguma cesta básica para saciar a fome dos desesperados ou levar um cobertor

ou roupa para aplacar o frio dos desabrigados. Ao contrário, sempre os vi arrogantes em seus carrões a caminho de suas casas

de campo ou de praia.

Talvez o professor Charles Mady (18/6, A2) - e a diretoria do Incor - devesse (se já não o fazem) voltar a bater às portas de empresas e

pessoas de posses para subsidiar suas despesas do hospital (como fizeram os fundadores). Ao mesmo tempo, pressionar o Congresso

para que aprove lei que permita aos hospitais públicos cobrarem dos planos de saúde pelo atendimento aos seus pacientes, quer estejam

conveniados a esses hospitais ou não, pois, como vimos, a CPMF não resolveu o problema da saúde no País, só aumentou

a corrupção.

Só para conhecimento dos críticos, o Incor foi fundado pelos humanistas Euriclydes de Jesus Zerbini e Luiz Décourt para

o desenvolvimento de técnicas que curassem o SER HUMANO doente, independentemente de sua condição socioeconomico-política.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Giovanni Bruno gio7.br@uol.com.br

Campinas

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

'FAMÍLIA BRAZ'

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O bom documentário "Família Braz - Dois Tempos", em cartaz nos cinemas, mostra as transformações na vida de uma família humilde e negra da periferia paulistana, nos últimos dez anos. Compara como eles viviam em 2000 e em 2010. Fica clara a melhora da economia do País na última década. Os quatro filhos do casal melhoraram de vida, estudaram, progrediram em suas carreiras, viajaram, puderam comprar bons carros e outros bens de consumo, além de ampliarem a casa da família, na Vila Brasilândia. É bom ver toda uma geração de brasileiros com um padrão de vida, formação cultural e educacional e acesso a oportunidades superior áqueles que os seus pais tiveram. São os chamados "emergentes" ou a "nova classe C". Por outro lado, vê-se a roda-viva a que as pessoas estão submetidas hoje em dia, com a vida corrida, sem tempo, baseada em trabalho, estudo, consumo e com pouco tempo para a reflexão e para as relações afetivas. É, sem dúvida, uma boa amostra do Brasil urbano do século 21, com os seus prós e contras, ganhos e perdas. Difícil saber se as pessoas estão mais felizes hoje, com a melhoria de sua vida material, mas vivendo num mundo cada vez mais competitivo, consumista e materialista.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MARCHA DA MACONHA

 

 

 

 

 

 

 

 

Acho muito justo que em nome da liberdade de expressão o STF tenha finalmente liberado a Marcha da Maconha. Só não entendo por que o evento foi realizado na Avenida Paulista, quando deveria ser na Cracolândia, onde os objetivos do movimento estão mais próximos de ser alcançados e poderia ter a adesão de consumidores e fornecedores que frequentam a região.

 

 

 

 

 

 

Antonio Cavalcanti da Matta Ribeiro antoniodamatta@ig.com.br

Guarulhos

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MANIFESTAÇÕES

 

 

 

 

 

 

 

Até quando os paulistas vão permitir que as manifestações públicas sempre sejam direcionadas para a Avenida Paulista? Não podemos ter mais um fim de semana, sem que seja perturbado o descanso merecido dos cidadões, moradores do local.

Além de o trânsito ficar totalmente congestionado, o barulho e muitas vezes as ações policiais provocam um verdadeiro caos em todas as ruas adjacentes.

Será que o Ministério Público não pode fazer nada para impedir isso? Se os manifestantes têm seu direito assegurado para se expressarem, os moradores das adjacências também têm o direito de desfrutar seu fim de semana em paz e tranquilidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

João Ernesto Varallo jevarallo@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AS RAZÕES DO SIGILO

 

 

 

 

 

 

O jornalista Ruy Nogueira foi à veia da questão nesse caso de sigilo de documentos do Estado brasileiro tidos como ultrassecretos. Não se quer revelar as falcatruas e negociatas diplomáticas do Itamaraty na construção de Itaipu (Brasil-Paraguai), o programa nuclear Brasil-Alemanha (noticiado na época pela revista Der Spiegel) e atos internacionais da ditadura militar, como, por exemplo (fato não mencionado pelo jornalista), a aborção pelo Brasil de homens da Pide, a famigerada polícia política salazarista, desempregados após a Revolução dos Cravos e que vieram auxiliar seus coleguinhas no DOI-Codi de São Paulo. Quem poderia prever que um governo do PT pretendesse manter em segredo fatos desse tipo? A presidente Dilma não teria de mudar sua posição, mas rejeitar de plano as sugestões indecorosas da dupla Collor-Sarney.

 

 

 

 

 

 

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OS PASCÁCIOS

 

 

 

 

 

 

 

Ponderar que há assuntos ultrassecretos sigilosos, que não devam ser de conhecimento da população, por porem em risco "a soberania nacional", tudo bem. Mas os pascácios que habitam a Câmara e o Senado têm nível, gabarito, honra, inteligência, sabedoria e ética para conhecê-los?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FESTAS JUNINAS

 

 

 

 

 

Estamos vivendo o mês das festas juninas, época ideal para muitos políticos de Brasília debandarem para o Nordeste, que ninguém é de ferro...

 

 

 

 

 

 

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MINISTÉRIO JURÁSSICO

 

 

 

 

A Costa Rica recebe, proporcionalmente, muito mais turistas que o Brasil. Não podia ser diferente, o nosso ministro do Turismo, Pedro Novais, tem 80 anos, seu criador, José Sarney, tem 81 e, como se não bastasse, a Embratur, a principal estatal vinculada ao Ministério do Turismo vai ser comandada por Flávio Dino. Realmente, um Ministério Jurássico.

 

 

 

 

 

 

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

RANKING DA CONFIANÇA

 

 

 

 

 

 

É, no mínimo, curioso o ranking da confiança, publicado no Estadão de sábado (C6.

Dos 18 profissionais ali relacionados, os jornalistas, responsáveis pela divulgação das informações, ficaram

em 7.º lugar. Os juízes, responsáveis pelos julgamentos de supostos criminosos, subiram para a 10.ª colocação. E, permanecendo na última posição, os políticos, (ir)responsáveis pelo destino de toda uma nação.

A quem recorrer, então?

A propósito, os bombeiros ficaram na 1.ª posição. Parabéns! Afinal, na hora de apagar o incêndio, só com eles

Mesmo.

 

 

 

 

 

 

 

 

Mário Issa drmarioissa@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ÓTIMOS ENGENHEIROS OU PÉSSIMOS MATEMÁTICOS?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vi num telejornal, na quinta-feira (16/6) reportagem sobre uma solenidade em que nossa presidente anunciava - contente e sob muitos aplausos - um projeto que construirá 2 milhões de casas para famílias de baixa renda até o ano de 2014. Considerando que faltam 1.294 dias para 31 de dezembro de 2014, ou melhor, 31.056 horas, ou ainda 1.863.360 minutos, o governo pretende construir 1,07 casa por minuto! Isso é fantástico! Ou temos os melhores emprenteiros do mundo ou os piores matemáticos no governo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fábio Rendelucci fabio.rendelucci@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESFAÇATEZ BANCÁRIA

 

 

 

 

 

 

É muita desfaçatez do sr. R. Setubal afirmar em entrevista ao Estadão (18/6, B19), falando das virtudes de seu banco: "Procuramos mostrar ao cliente o que melhor vai lhe servir e não o que é melhor para o banco", quando em obra que administro funcionários que têm conta corrente em seu banco e recebem o piso salarial de R$ 950 tiveram liberados LIS de crédito de R$ 1.000 e cartões de crédito com limites de R$ 1.500, sem nenhuma orientação quanto ao uso dos créditos disponibilizados. Funcionários, em sua totalidade endividados, pagando juros de 9% ao mês, tendo seus salários engolidos pelo banco do sr. R. Setubal. Que tipo de caráter conduz um homem com visibilidade pública a explorar gente humilde e sem instrução dessa forma e descaradamente vir a público afirmar o contrário? A quem ele pensa que engana?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Francisco José Sidoti fransidoti@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

___________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BRASIL FOODS

 

 

 

 

 

 

 

A Brasil Foods, resultado da fusão Sadia-Perdigão, além de se preocupar em ser aprovada pelo Cade, também deveria preocupar-se em melhorar seus produtos. Que tal fazer salsichas com carne suína, em vez daquela mistura em que entram até vísceras de galinha? E os hambúrgueres, que, pelo cheiro e gosto estranho, não devem também conter só carne bovina?

 

 

 

 

 

 

 

 

Nestor Rodrigues Pereira Filho rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.