Cartas - 2/11/2010

DILMA PRESIDENTE

, O Estado de S.Paulo

02 Novembro 2010 | 00h00

Democracia e liberdade

Prezada presidente Dilma Rousseff, confesso não ter votado na senhora e até haver criticado bastante sua candidatura. Mas agora a senhora foi eleita legitimamente presidente do Brasil. Como cidadão brasileiro, peço-lhe que não abra mão da democracia e da liberdade de expressão, assim como não permita que aproveitadores, ladrões, corruptos e impunes - os mesmos que, infelizmente, ainda infestam maciçamente a vida pública - participem do seu governo. É o mínimo que esperamos da senhora. Parabéns!

DAVID NETO

drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

__________________________

CORRUPÇÃO E EDUCAÇÃO

Não votei na sra. Dilma, mas também não sou partidário do quanto pior, melhor. Sinceramente, espero que não fique apenas em palavras sua promessa de assegurar a total e irrestrita liberdade de imprensa. Torço também, apesar de não ter muita fé em que isso venha a ocorrer, que ela seja implacável com todos os envolvidos em escândalos de corrupção. Finalmente, não é por meio de Bolsa-Família que este país se tornará uma grande nação. A sra. Dilma precisa fazer da educação sua prioridade número um. Eu e os mais de 40 milhões de eleitores que votaram em José Serra fiscalizaremos a futura presidente.

FÁBIO ZATZ

fzatz@uol.com.br

São Paulo

__________________________

FISCALIZAR E EXIGIR

A certeza de um Brasil melhor independe de vencedores e vencidos nas urnas, mas sim de maior participação política individual de cada brasileiro, diuturnamente. Fiscalizar e exigir! Todo o poder emana do povo! O tempo não para...

RODRIGO A. SODRÉ S. GOUVEIA

rsampaiogouveia@hotmail.com

São Paulo

__________________________

BOM DISCURSO, MAS...

O discurso de Dilma foi bom, conciliador, vai governar para todos, respeitar a imprensa livre, defender a democracia... Mas para ficar perfeito faltou dizer que o governo Lula foi bom porque o anterior o proporcionou, com o Plano Real, etc. E só para lembrar, FHC abriu por três meses, no final de 2002, todo o seu governo para que a equipe de Lula se inteirasse de todos os assuntos governamentais.

ARCANGELO SFORCIN FILHO

arcangelosforcin@gmail.com

São Paulo

__________________________

RESPEITO À DIVERGÊNCIA

Parabéns à nossa presidente Dilma (em quem não votei) pelo discurso de 31/10. Além de linha de ação, espero que sirva para educar politicamente o PT, ajudando-o a fazer política menos apaixonadamente, com mais razoabilidade, autocrítica e respeito às opiniões divergentes.

FREDERICO FERREIRA

fredrfo@gmail.com

São Paulo

__________________________

SERRA HACKEADO

Poucos instantes após o anúncio da vitória de Dilma Rousseff como a nova presidente do Brasil, o website da campanha de José Serra foi hackeado e foram postadas mensagens e imagens contra o candidato. Isso evidencia um comportamento preocupante por parte dos simpatizantes de Dilma, a violência - na forma em que se puder manifestar. E a aversão à convivência com os adversários. Lamentável.

SÉRGIO ECKERMANN PASSOS

sepassos@yahoo.com.br

Porto Feliz

__________________________

EUFORIA PETISTA

Já começam a aparecer sinais de como os movimentos sociais se comportarão com a chegada de Dilma ao poder. Em Borebi, cidade próxima à fazenda da Cutrale invadida e destruída pelo MST em setembro de 2009, o prefeito foi agredido por sem-terra e sofreu traumatismo craniano, após ter escutado dos agressores "agora quem manda somos nós", referindo-se à vitória de Dilma. Será essa uma amostra do que teremos nos próximos quatro anos?

PETER CAZALE

pcazale@uol.com.br

São Paulo

__________________________

SERRA, UM EXEMPLO

Parabéns a José Serra, poucas vezes vi entre nossos políticos alguém com tanta dignidade. Mesmo derrotado nas urnas, comportou-se como um verdadeiro estadista. Em seu discurso após o resultado, deu parabéns à presidente eleita pela vitória. Que sirva de exemplo aos políticos, até do seu partido, pois muitos o deixaram sozinho durante a campanha. Não sou eleitor do PSDB, mas justiça seja feita: José Serra nos dá o exemplo de como viver numa verdadeira democracia.

VIRGÍLIO MELHADO PASSONI

mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

Traição de Minas

Em que pese dizerem que a campanha de Serra foi errônea e por isso perdeu, temos de ver, por outro lado, que sua derrota foi contundente porque Minas Gerais se bandeou para o lado de Dilma. Não é a primeira vez que Minas abandona São Paulo (quem não se lembra da Revolução de 32?) e deixa que o melhor candidato para o Brasil não se eleja. O sr. Aécio Neves espere, que sua vez vai chegar e São Paulo saberá dar o troco. Meu voto ele não terá.

SERGIO BRADASCHIA PENTEADO

penteado.sergio@ig.com.br

São Paulo

__________________________

SILVÉRIO DOS REIS

Sempre votei nos candidatos do PSDB a qualquer cargo. Mas se em 2014 o candidato do partido à Presidência for Aécio Neves, votarei em Marina Silva. Como mineiro, Aécio deve saber quem foi Joaquim Silvério dos Reis.

LEÃO MACHADO NETO

lneto@uol.com.br

São Paulo

__________________________

AÉCIO NEVES

De fato, olhando o mapa da eleição, verificamos que a derrota de Serra está relacionada ao Estado de Minas Gerais. O sr. Aécio Neves deve repensar seu projeto para o futuro, pois, se pretende ser candidato a presidente, deve escolher outro partido. Como paulista, jamais terá meu voto.

M. CARMEN DEL BEL T. GOULART

carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

__________________________

MUY AMIGO!

O principal responsável pela derrota de José Serra foi ele próprio, por se aliar ao "abominável Aécio das Neves". Amigo assim substitui com folga dez inimigos. Vamos ver o que nos aguarda!

JOSÉ MENDES

josemendesca@ig.com.br

Votorantim

__________________________

"Parabéns, Dilma, que faça um bom governo, mas nunca se esqueça de que 84 milhões de eleitores não votaram em você"

ARY NISENBAUM / SÃO PAULO, SOBRE A ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

aryn@uol.com.br

"A História nos ensina que certas vitórias não devem ser comemoradas mas, antes, temidas..."

PAULO BOCCATO / SÃO CARLOS, IDEM

pofboccato@yahoo.com.br

"Com Dilma eleita presidente, o caso Erenice vai cair no esquecimento?"

CANDIDA L. ALVES DE ALMEIDA / SÃO PAULO, IDEM

almeida.candida@gmail.com

__________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 4.455

TEMA DO DIA

Dilma se reúne para planejar a transição

Encontro com a presidente eleita contou com principais assessores; líderes estrangeiros a saudaram

"Será que agora a reforma fiscal sai? E a reforma política? Lula cansou de prometer. Oito anos não foram suficientes."

TADEU CAMPOS

"O Brasil está entregue ao "caos" do crescimento econômico e da distribuição de renda. É nóis!!!"

REGIS TIOPI

"Pena que prevaleçam o ódio e o preconceito. Dizem que as eleições foram ganhas devido aos que não leem jornal."

FÁBIO OLIVEIRA

__________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

UM PAÍS DIVIDIDO

Nessas eleições, o mapa do Brasil ficou bicolor: o Norte-Nordeste pintado de vermelho e o Sul-Sudeste-Centro-Oeste, de azul. A divisão reflete as posições no raking de Desenvolvimento da Educação (Ideb). Dilma deve sua vitória aos Estados e às regiões com os piores índices educacionais do País. Serra venceu naqueles que recusaram a tutela do pai e da mãe dos brasileiros.

Helena Rodarte Costa Valente helenacv@uol.com.br

Rio de Janeiro

__________________________

O BRASIL VENCE!

Nosso Brasil vence novamente!

Primeiro a esperança venceu o medo e o ódio.

Agora o progresso vence o atraso e o preconceito.

Temos a sra. Dilma como a primeira mulher a ocupar a Presidência do Brasil.

Nosso presidente Lula nos deixou uma trajetória de prosperidade, progresso, desenvolvimento, Copa da Mundo, Jogos das Olimpíadas e, para fechar com chave de ouro, deixa ao nosso povo a certeza da continuidade de seu governo, com a eleição da sra.Dilma Rousseff para a Presidência!

Rogério Azambuja rogerioazambuja1@hotmail.com

Campinas

__________________________

GRANDE VITÓRIA

Desejo parabenizar o ex-candidato José Serra pela grande vitória sobre seus oponentes: Lula, Dilma, Marina Silva, PT, PMDB, ministros, sindicatos, MST, máquina do governo, deputados, senadores, governadores, Justiça Militar (processo com a verdade sobre Dilma no cofre), PSDB, Alckmin, Aécio Neves, falta de panfletos, falta de bandeiras, falta de adesivos e falta de trabalho do PSDB, etc., etc., etc., que juntos conseguiram apenas 56%. Foi, sem dúvida, a maior vitória política dos últimos tempos. Parabéns!

Romão Alves Guimarães mfsg2010@bol.com.br

Caçapava

__________________________

FORÇAS DO MAL

Finalmente as forças do mal foram derrotadas. José Serra sai dessa campanha humilhado, destroçado por uma mulher que nunca foi eleita para nenhum cargo. Aos eleitores de Serra que sempre se manifestam nesse Fórum proferindo bobagens e mesmices, compreendo as cartas de revolta. É realmente difícil quando acreditamos em algo que está muito longe de ser verdadeiro.

Anselmo Fernando Grecco fer.grecco@yahoo.com.br

Votorantim

__________________________

ELEIÇÃO MALDITA

Não suporto assistir à vitória da MENTIRA. Quando vejo o Lula falando, com toda a arrogância que o carcteriza, é como se passado voltasse. Vejo o Fidel Castro assumindo o controle da Nação. É esse o futuro do Brasil. A Dilma vangloria-se de uma vitória que não é dela, e sim do Lula, pois, se fosse de qualquer outro partido, não chegaria a 2% dos votos. Ela não existe. É ele que vai governar. O José Dirceu tem agora dois fantoches para manipular. Vamos ter de conviver mais quatro anos com corrupção, sobre a qual o Poder Judiciário se faz de cego, os parlamentares recebem seus benefícios para assinarem tudo quanto é projeto e a dança da pizza continua. Para mim, presidente que sai em carreata para apoiar alguém não passa de um irresponsável que não respeita o próprio cargo. Tenho vergonha de ser brasileiro quando esse homem fala. Porém ele vai continuar prestigiado pelos miseráveis que continuarão a receber esmolas, pelos vagabundos de todos os níveis, porque a política do Lula favorece esse comportamento, e pelos bilionários, que vão ter liberdade para continuar explorando o povo. A nossa esperança é que, como em toda quadrilha, eles se matem uns aos outros, pois o lema dessa gente é o poder a qualquer custo.

Jurandir Batista de Carvalho jura.idt@terra.com.br

Indaiatuba

__________________________

BÚLGARA?!

Ontem à noite, durante entrevista ao vivo, a presidente eleita, Dilma Rousseff, tratou-se como uma búlgara que teve sucesso fora da Bulgária.

Fiquei com uma dúvida: será que Dilma tem dupla cidadania?

Carlos Roberto da Silva Calderon crscalderon@hotmail.com

São Paulo

__________________________

VITÓRIA DE DILMA

Venceu o povão. Meus pêsames à direita reacionária tupiniquim.

José Amaro Balbani ja.balbani@hotmail.com

Boituva

__________________________

PESAR

A dignidade foi vencida pela ignorância. Pêsames aos brasileiros.

Elaine Navarro elainenavarro.pa@hotmail.com

São Paulo

__________________________

INTELIGÊNCIA E BURRICE

O que me entristece nos comentários pós-eleição é chamar o povo brasileiro de burro, ou pior, dizer que o Norte e o Nordeste não sabem votar. Felizes fomos nós em termos duas escolhas possíveis, cuja diferença era claramente de posicionamento político. Não foi a inteligência ou a burrice quem venceu, o que estava em jogo eram duas propostas políticas distintas.

Fábio Luiz Alves de Andrade Santos fladas@uol.com.br

São Paulo

__________________________

GOVERNO DE UNIÃO?

Dilma venceu. O Brasil ficou um pouco mais vermelho, cor que nem faz parte da nossa

Bandeira. O norte de Minas Gerais se anexou de vez ao Nordeste para ajudar a definir

o resultado dessa eleição. Agora só falta dividir oficialmente o Estado em do Norte e

do Sul. Apesar do vermelho, ela veio de branco para a festa e o primeiro pronunciamento,

certamente para sinalizar aos vencidos (quase 45%) com paz, conciliação, união, para

comunicar que pretende ser presidente de todos os brasileiros, coisa que Lulla nunca

conseguiu. Será que ela conseguirá apaziguar as animosidades e o sentimento da

oposição de ter sido vítima de golpes rasos e traiçoeiros desferidos não apenas nesta

campanha, mas também na de 2006 e na permanente campanha de desconstrução e

demonização do presidente Fernando Henrique Cardoso e de seu governo, feita por

Lulla, em vez de governar, e baseada numa interminável sequência de mentiras que se

iniciou com o estigma de ''herança maldita'', que considero um verdadeiro crime contra

a consciência nacional? Será? Naquele momento, em 2003, Lulla cavou um fosso político

intransponível com o PSDB e pessoal com FHC, que o havia brindado com uma campanha e

transição dignas, já com vista a iniciar sua obra de desconstrução e seu projeto de poder vitalício,

sendo obrigado a cair no colo do PMDB, dando no que deu. Tendo essa sombra na alma de

seu tutor, terá Dilma a capacidade e a grandeza de transpor o fosso e de governar

para todos, como diz em seu discurso? Será que, após oito anos, começará a valer o

slogan ''um país de todos'', até agora vazio de significado? Vamos aguardar.

Jorge Manuel de Oliveira jmoliv11@hotmail.com

Guarulhos

__________________________

PLACAR

Eleição se ganha e se perde, nesta perdeu a Nação.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

__________________________

POSTE ELEITO

O poste foi eleito, você conseguiu, Lula, pobres de nós!!!

Ana Maria Carmelini carmelini.ana@terra.com.br

São Paulo

__________________________

SORTE SELADA

Concluída a apuração, nova presidente conhecida, eu poderia até estar alegre, mas só se não fosse brasileiro.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

__________________________

DILMA E A OPOSIÇÃO

Durante o seu primeiro pronunciamento como presidente eleita do Brasil, Dilma Rousseff prometeu estender a mão a todos os partidos oposicionistas. A declaração da petista me fez lembrar o nosso presidente, Luiz Inácio, há oito anos, quando chegou ao Palácio do Planalto. Tal como a sua afilhada, ele garantiu respeito aos seus opositores, mas não cumpriu o prometido, vindo posteriormente a persegui-los, na promessa de extirpá-los. A partir do dia 1.º de janeiro, Dilma não mais contará com o carisma de Lula, mas terá o apoio da maioria na Câmara dos Deputados e no Senado. É algo que pode parecer bom, porém muito perigoso. A oposição sai mais do que nunca enfraquecida, perdendo grandes lideranças, como o cearense Tasso Jereissati, o pernambucano Marco Maciel, o amazonense Arthur Virgílio e o piauiense Heráclito Fortes. Se o povo brasileiro acha que predominância governista no poder garantirá mais avanços em áreas importantes como a econômica e a social, então os convido a assistir aos próximos capítulos da nossa sofrida caminhada. Infelizmente, creio que a fiscalização às autoridades se tornará uma atividade restrita à imprensa, que, infelizmente, tem dificuldades de sobreviver ao crescente autoritarismo populista dos nossos governantes.

Thiago C. Andrade thiagocandrade@gmail.com

Recife

__________________________

INTOLERÊNCIA

Ao ler a carta do leitor sr. Laércio Zannini (1.º/11), por ser nordestino e residente em São Paulo desde 1976, senti o quanto uma pequena parcela dos paulistanos nos odeia, sem necessariamente ser um "careca do ABC". Se o sr. Laércio parar um pouco e meditar, verá que o Estado de São Paulo só é uma potência nos dias de hoje por causa dos imigrantes nordestinos. Assim como nos Estados Unidos, aqui, em São Paulo a força produtiva não é nativa, é importada, e do melhor naipe, diga-se de passagem.

Jatiacy Francisco da Silva jatiacy@estadao.com.br

Guarulhos

__________________________

MEDÍOCRES REPROVADOS

A vitória de Dilma representa a vitória do desenvolvimento, do emprego e dos grandes projetos de que nosso país precisa.

Nas urnas o povo, de sabedoria indiscutível, reprovou os governos medíocres do PSDB, tanto com FHC como com Serra, no Estado de São Paulo.

Otavio de Queiroz otavio.solaris@hotmail.com

São Paulo

__________________________

OPOSIÇÃO

Agora que a eleição se foi, a oposição PSDB e DEM, com dez governadores eleitos e 44% dos eleitores para presidente, deve começar a cobrar e investigar as atitudes de Dilma, PT, Lula, Zé Dirceu e outros. Nós, que estamos de fora, sabemos que muitas coisas aconteceram durante os oito anos do Lula e nada foi feito pela oposição.

Wagner Monteiro wagnermon@ig.com.br

São Paulo

__________________________

NÃO ACABE COM ELA!

A presidente eleita, Dilma Rousseff, declarou em entrevista ao Jornal Nacional de ontem que ela deve este momento, o de chegar à Presidência depois da sua comprovada participação na luta armada contra a ditadura, à democracia!

Então, "presidenta" eleita, não acabe com ela, como o presidente Lula e o seu partido estão tentando fazer através do fatídico PNDH-3 (controle dos meios de comunicação, liberação do aborto, fim da propriedade privada e outros), cujos itens fazem parte do seu primeiro programa de governo, aquele que a senhora disse que assinou sem ler, lembra-se?

Lígia Bittencourt ligialbc@uol.com.br

São Bernardo do Campo

__________________________

OPORTUNIDADE ÚNICA

Caiu no colo de Dilma Rousseff neste domingo a grande oportunidade de sua vida. Depois de anos de esquecimento, a antiga revolucionária tem a grande oportunidade de se desvencilhar da suspeita posição de laranja de um apedeuta deslumbrado, ou de pau-mandado de uma esquerda retrógrada e ultrapassada. Dilma Rousseff, o poste desconhecido que foi eleito presidente do Brasil, justamente pela sua trajetória descomprometida, tem a chance de, apoiada por uma população esperançosa, virar a mesa e se desligar completamente desse ranço corrupto e viciado que se aglutinou em torno do seu padrinho Lula. Dilma terá, com inspiração, desprendimento e confiança, a oportunidade de reverter a destruição ética e moral que Lula promoveu na sociedade brasileira e lançar o País unido na trajetória de desenvolvimento e de progresso rumo ao tão esperado futuro.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

__________________________

COMEÇOU CEDO

Quando, em seu primeiro discurso após a vitória, Dilma Rousseff afirma que "não haverá compromisso com o erro, desvio e malfeito", e também que vai valorizar a transparência na administração pública, ela não convence, porque nesses quesitos citados, e até com a ajuda da própria, o governo petista foi uma lástima. Ou seja, critica a si própria e ao seu guru, o Lula.

E ao dizer que vai erradicar a miséria, também prometido pelo atual presidente em janeiro de 2003, só faltou a Dilma declarar que ressuscitaria o desastrado Fome Zero...

Mas, como em palavra de político não há fio de bigode que resista ao tempo, Dilma não escapa do meu descrédito por discursos que só o papel aceita.

Torço para estar equivocado...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

__________________________

PRIMEIRA MULHER PRESIDENTE

Qual a mulher brasileira que vai ter orgulho com uma representante como essa no poder?

As brasileiras não poderiam ter exemplo pior do que uma mulher como essa no poder!

Queira Deus que o passado negro dessa senhora não seja repetido no futuro deste país!

Nunca antes neste país houve tanta baixaria em campanha política. Foi simplesmente vergonhosa e desrespeitosa, para simplificar.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

__________________________

FALSIDADE

Vendo a foto da dona Dilma, acho que ela vale mais que o Lula: a do Lulinha me lembra uma nota de 15 reais e a da dona Dilma, uma nota de 15,25 reais, ou seja, mais falsa que a do criador dela.

Carlos Roberto Gomes Fernandes crgfernandes@uol.com.br

Ourinhos

__________________________

A CARA DO BRASIL

Falando domingo pela manhã sobre o Tiririca, Lulla disse que ele é a cara da sociedade brasileira.

Parabéns, Lulla, os brasileiros do Rio de Janeiro para cima, exceto o Centro-Oeste, mostraram a sua cara de palhaços do presidente.

Aguardem a nova CPMF e a censura à imprensa.

José Saez jsaez2007@gmail.com

Curitiba

__________________________

CARTA ABERTA

À presidente eleita, Dilma Rousseff (e à Nação brasileira): que Deus ilumine o nosso querido Brasil e os nossos governantes!

Sra. presidente eleita, por decisão da maioria, o povo selou seu nome como nossa próxima presidente. Como cidadão brasileiro consciente, fiz a minha parte contra sua candidatura, por não concordar com a forma como se faz política no Brasil, e também por estar convicto de que, embora até prefira uma mulher na Presidência da República, estou certo de que o seu perfil está muito longe de ser o que os brasileiros querem e esperam de quem vá ocupar o mais alto cargo do País.

Assim como não votei em sua candidatura, também não votei na maioria dos candidatos anteriores que foram eleitos... E nunca anulei meu voto! Ocorre que os nomes de minha preferência nunca foram e geralmente não são candidatos, aliás, nem participam da política-partidária... O problema no Brasil é estrutural. É por isso que eu venho defendendo há muito tempo que é preciso mudar urgentemente a forma de se fazer política no Brasil.

A presidente eleita sabe muito bem que foi eleita não por mérito próprio, e sim de um terceiro. E o pior é que esse terceiro que fez sua indicação pode até ter tido mérito para ser nosso presidente, pela esperança que ele representou para o nosso povo. Mesmo não tendo votado nele, cheguei até a admirar sua pessoa por sua garra e determinação. Muito cedo, desde o mensalão, percebi que o seu governo era igual aos anteriores, melhor dizendo, muito pior...

Não fica aí... A pessoa que a indicou e lhe deu total cobertura e sustentação política na campanha o fez de uma maneira nada cidadã: sem os princípios democráticos, éticos e morais que devem nortear as ações de um presidente da República. Usou a ''Presidência da República de todos os brasileiros'', pessoalmente, e toda a máquina administrativa em apoio a uma candidata de sua indicação. Tal ação é indigna e incompatível com o cargo de quem esteja exercendo a Presidência. Isso é democracia? Não, é claro! Vou mais longe: é aético e imoral. Ainda que o ordenamento jurídico possa permitir isso tipo de coisa... e se sabe de sua proibiçao pela nossa legislação, e ninguém faz nada neste país para fazer valer a lei!

Se o mérito é de quem lhe fez a indicação, chega de bravatismo! Os CBCs, melhor dizendo, os cidadãos brasileiros conscientes deste nosso querido Brasil sabem muito bem que quem a indicou passou um terço de seu mandato viajando na maionese, sem saber o que estava acontecendo em seu governo... Reconheço que ele tem um grande mérito: manteve como gerentão do Plano Real alguém afinado com ele.

O governante que sai vive surfando em cima do sucesso do Plano Real... Gasta (e mal) o que tem e o que não tem... A prova está aí: recebeu uma dívida interna de R$ 670 bilhões e ela já está atingindo quase R$ 2 trilhões. Pior: a dívida externa, que se propalou como tendo sido paga, está aí: R$ 240 bilhões. Pode enganar os bolsistas-família e os menos esclarecidos, com seu bravatismo, menos aos cidadãos brasileiros conscientes deste nosso querido Brasil. Ora, bolas!

Reconheço que as ''dívidas'' de vários países - alguns realmente pobres e outros de ''cumpanheros'' - perdoadas pelo governo atual, juntamente com a repercussão internacional de que a nossa dívida externa havia sido paga, lhe renderam bons dividendos no exterior, e até se acenou com a possibilidade de nosso querido Brasil vir a ser a ''bola da vez'' no sentido de atrair investimentos do exterior para ajudar a impulsionar o desenvolvimento econômico e social do País. Os empresários que acompanharam as ''viagens governamentais'' souberam vender muito bem o ''peixe Brasil''.

Todavia, o governo brasileiro não soube e não está sabendo aproveitar a ''possibilidade'' de atração desses investimentos. Dentre outros motivos, destaco:

a) As parcerias ''muy amigas'' com os hermanos latino-americanos, as quais não são bem vistas pelos investidores, incluindo posicionamento do governo favorável a país que explora a energia nuclear com finalidade não recomendável pela comunidade internacional;

b) os problemas crônicos internos, que impedem a vinda desses capitais. Basta trocar ideias com consultorias de negócios e escritórios de advocacia especializados na área internacional para constatar que os altos e escorchantes impostos cobrados em nosso país, somados à indomável burocracia, são fatores inibidores do aporte desses recursos externos, a título de investimentos. As oportunidades estão surgindo e não estão sendo aproveitadas... Os investidores fazem meia volta, volver. Se tivéssemos um governo sério, esses investimentos estariam gerando riquezas, renda e emprego para os mais de 1,2 milhão de jovens que saíram das universidades e estão sem trabalhar (fonte: IBGE). Ao contrário, estão se drogando...

O PAC foi só para campanha política. Temos problemas cruciais a resolver com infraestruturas portuárias, ferroviárias, hidroviárias e rodoviárias, e que são o grande ''gargalo'' para o nosso crescimento econômico. Não se vê nada na direção da solução desses problemas.

É por isso que países emergentes (como o Brasil), especialmente os asiáticos, que, antes, estavam com suas economias atrás da nossa, aproveitaram o cenário internacional favorável e deram uma guinada à frente do Brasil. O governo não soube aproveitar essas oportunidades de modo satisfatório.

Preocupam-me, como cidadão brasileiro consciente, planos do governo do tipo PNDH-3. Querer cercear e/ou controlar o trabalho da imprensa é um retrocesso e um prenúncio de mais autoritarismo, rumo a um regime totalitário, o que é uma afronta à índole do brasileiro. Ademais, enquanto o seu governo pretende controlar a imprensa, eu comungo a ideia de que a imprensa precisa ser, de fato e de direito, um poder privado livre e responsável, conforme ideia inserida no livro "Brasil Ético, Estado Soberano - Uma Revolução Cultural no 3º Milênio". Outra questão relevante: o povo brasileiro é cristão e jamais aceitará o aborto. Portanto, esqueça a pauta do PNDH-3, se quiser ser nossa ilustre governante.

Como democrata que sou, acato a decisão da maioria e, junto com o meu voto de confiança, e para finalizar, desejo à nova presidente eleita do Brasil muito sucesso à frente da Presidência da República, mesmo porque o seu sucesso será o de toda a Nação brasileira.

Com uma ressalva: continuarei sendo um crítico, como fui em todos os governos anteriores. E faço um apelo: é importante ouvir a sociedade organizada e respeitar suas decisões.

Nivaldo Figueiredo, advogado, consultor de negócios advogados.associados.24h@gmail.com

São Paulo

__________________________

PLANO DE GOVERNO

Dilma venceu. Com a maioria no Congresso e a experiência de Lula, vai deitar e rolar: CPMF, PNDH-3, aborto, censura, MST...?

Luigi Vercesi luver44@terra.com.br

Botucatu

__________________________

MARIONETE

Dona Zilda Arns morreu durante missão no Haití.

Dona Ruth Cardoso faleceu de enfarte.

Duas brasileiras que, em diferentes áreas de atuação, representaram o Brasil com tanta dignidade e sabedoria e deram uma contribuição efetiva ao País. Que pena que não chegaram a ser presidentes do Brasil... Eu, como mulher brasileira, teria sentido muito orgulho em ver qualquer uma delas ocupando o mais importante cargo político do Brasil. Duas grandes mulheres. Domingo 54% dos brasileiros elegeram uma ''presidenta'' marionete de um ventríloquo. Ou agora se diz "marioneta"?

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

__________________________

NO BICO

Dilma elegeu-se e devemos isso a três fatos fundamentais, a meu ver:

1) A demora no lançamento da candidatura Serra, ocasionada a fatos internos do partido, onde o EGO de alguns é

sempre (ou muitas vezes), responsável pelas derrotas que já sofreram. Espero que tenham aprendido algo, e foi o que o segundo turno nos fez entender. Aí eles se uniram para uma virada, praticamente impossível... Foi tarde.

2) O uso indecente da máquina pública pelo do governo nessa campanha, na qual, antes de se iniciar, Lula já ia com sua candidata pelo Brasil, elogiando-a em excesso e continuando a falar mal do governo FHC. E nenhum do partido foi capaz de se levantar para dizer o que realmente foi o governo desse tucano, nem mesmo ele... Ou seja, Lula falou, ninguém respondeu, o povão ignaro, a plebe rude, mendigos do erário, aceitaram como verdade.

3) A campanha do PSDB foi muito mal elaborada. Serra nunca revidou as acusações que sofreu, e quando o fez

foi de forma muito acanhada. Tinha material suficiente para mostrar, tanto assim que obteve, com essa campanha mixuruca, 50 milhões de votos, o que prova que Lula, mesmo popular, não tem 82% de aprovação. Serra preferiu ficar na retaguarda, dando uma de bonzinho. Deveria ter mostrado, e teve tempo para isso, as mazelas do governo Lula, que desperdiçou muito dinheiro com nada. Pergunto: qual o resultado positivo do governo Lula? As bolsas eleitoreiras, que nada de positivo representam para a população. Educação (no sentido amplo), saúde, política habitacional ficaram muito a desejar. E o restante, como obras viárias, aeroportos, portos, nulo. E ainda deixa um enorme rombo no Tesouro. Será que a eleita saberá administrar essas contas, ou aumentará ainda mais esse déficit?

Mas, vox populi, vox Dei... O nosso deus brasileiro deu o cargo a Dilma. Que ela não erre tanto quanto Lula, este, sim, um grande falastrão e canastrão que levou o povo brasileiro simplório no bico.

Carlos E. Barros Rodrigues carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

__________________________

LULA E MICHELLE

Lula vai para seu terceiro mandato, após oito anos de campanha nas ruas, carreatas e TV. Lembra a anedota do italiano Michelle. Conhecidíssimo em toda parte, topou uma aposta com um amigo dizendo que era muito conhecido do papa. O amigo, certo de que isso seria impossível, apostou. Foram à praça do Vaticano, na famosa bênção papal de domingo. Em meio à multidão, Michelle desapareceu. O amigo, feliz, certo de ter ganho a aposta, olhou para a sacada papal e quem viu lá ao lado do papa? Ele, Michelle. Estupefato, perguntou a um cidadão ao seu lado: "Conhece aquela pessoa lá na sacada?" Ao que o cidadão respondeu: "Aquele de branco e de crucifixo no peito não conheço, mas do lado dele é o Michelle... Hei, Michelle!" Se perguntassem a alguém quem era aquela senhora de vermelho no palanque, ninguém saberia dizer... Mas do lado dela era o Lula! Oooi, Lula!

Ari Giorgi arigiorgi@hotmail.com

São Paulo

__________________________

QUEM PERDE, QUEM GANHA

Em primeiro lugar, a maior vítima desta eleição foi a quase recém-nascida democracia brasileira. Ficou patente que temos legislação demais engessando as campanhas e legislação de menos quanto, por exemplo, a punição para o uso da máquina pública, ou para campanha fora de época, ou para utilização do cargo em inaugurações, anúncios de jazidas petrolíferas, manipulados para fins eleitorais.

Quem perde é o PT, que se dizia no passado melhor que os outros e fazia política de outra forma, mas em 2006 se viu que era como os outros e em 2010, que pode ser ainda pior, utilizando polícia e até a Receita Federal com fins eleitorais.

Perde Lula a possibilidade de passar para a História como o presidente que consolidou a democracia brasileira e lançou as bases do Brasil potência, ao invés de transformar o presidente de todos os brasileiros em cabo eleitoral, derrubando o decoro da posição de magistrado da Presidência, base para a alternância no poder e esta para a plenitude democrática.

Quem ganha são os partidários do partido único, do controle social da imprensa, os pasquins disfarçados de imprensa que se vendem por publicidade estatal. E os déspotas bolivarianos ou

neossocialistas, que agora têm defensor no maior país do continente.

Ganham também os adeptos do quanto pior, melhor, os marqueteiros de plantão que defendem a tese de que podem inventar um Pigmaleão até para presidente da Republica e que defendem até que se dispute a eleição sem nem mesmo um plano de governo, assim se pode prometer a cada um no sistema "a la carte", dizendo o que cada um quer ouvir, como determinado na pesquisa qualitativa.

Márcio M. Carvalho

Bauru

__________________________

AGORA AGUENTEM!

Esta mensagem vai para milhões de eleitores de classes econômicas menos favorecidas que votaram na Dilma, agradecendo ao Lula com a seguinte justificativa: agora nós temos TV, temos carro e podemos viajar de avião.

Pois bem, a sua segurança pública é desastrosa, os seus transportes públicos e estradas são um caos, a educação pública dos seus filhos é uma vergonha e a sua saúde pública é uma catástrofe.

Mas tudo bem, não é? Afinal, agora vocês têm TV, carro e podem viajar de avião.

Oito anos se passaram e vocês não aprenderam nada. Foram comprados com brinquedinhos.

Agora aguentem e não reclamem se nada mudar.

Leandro Spett spett@hotmail.com

São Paulo

__________________________

QUEM MATOU CELSO DANIEL?

Sempre às vésperas de eleições essa pergunta aparece nas páginas do Estadão, escrita por adversários do PT, que não poupam esforços em atribuir responsabilidade na morte do prefeito de Santo André a membros do partido. Desta vez um missivista procura inculpar o presidente Lula pelo não esclarecimento do crime. Quero lembrar que as investigações sobre o caso foram feitas pela Polícia Civil paulista, que há décadas vem sendo comandada pelos tucanos. Se população até hoje não sabe quem matou e por que Celso Daniel foi assassinado, é por incompetência ou conveniência política dos dirigentes tucanos.

Potiguar Bloch de Farias potiguarbloch@hotmail.com

Guarulhos

__________________________

VISTA GROSSA

Tem razão o artista plástico Mário Lopomo, no Fórum dos Leitores: quem matou Celso Daniel? O PT tergiversou, enrolou e, passados quase nove anos do ocorrido, não manifestou nenhum interesse em elucidar a questão.

Agora, com o resultado das urnas, essa ''vista grossa'' vai se alongar por mais alguns anos e os personagens do ''fogo amigo'' que abateu Celso Daniel continuarão protegidos e impunes.

Décio José Balles telasballes@bol.com.br

São José dos Campos

__________________________

CONTRADITÓRIO

Enquanto a família do ex-prefeito de Santo André foge para não ser eliminada pelos assassinos do Celso Daniel, o Lulla e o PT protegem e deixam ficar entre nós mais um assassino de seu bando, o Cesare Battisti.

Paulo Francisco Siqueira dos Santos paulosiqueirasantos@hotmail.com

Santa Rita do Passa Quatro

__________________________

O QUE ESPERAMOS DA JUSTIÇA

A pergunta que nós, eleitores que não compactuamos com a mentira chamada Lula, é se a Justiça vai se decidir a ir até o fim nos vários processos abertos contra o governo atual, mas mofando nas gavetas dos togados e passando a impressão de não tomarem atitude por medo da sua popularidade. Também queremos saber como ficará o processo contra Erenice Guerra e que fatalmente envolverá sua protetora, a ''criatura'' que será a futura presidente do País. Também há outro caso que até hoje não engolimos, que é o assassinato de Celso Daniel, que, da forma como ocorreu, contraria tudo o que a polícia justificou para encerrar a sua parte. Ainda não esquecemos que faz mais de um ano que esperamos uma solução para esse absurdo da censura imposta ao Estadão. Enfim, queremos da Justiça que exerça todo seu poder não só contra ''ladrão de galinha'', que vai de imediato para a cadeia, mas também contra milionários capazes de pagar advogados caríssimos para escapar da prisão e sair flanando numa boa, e também contra a chusma de políticos que roubam o erário e estão aí soltinhos gozando da condição de inimputáveis.

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

__________________________

LULA E A IGREJA CATÓLICA

No Estadão deste sábado Lula, comentando de maneira sarcástica a carta que Bento XVI enviou aos bispos do Brasil, em especial aos do Nordeste, na qual insiste sobre o maior dos direitos que temos, o direito à vida, saiu-se com mais uma de suas jóias, cujo efeito é contrário ao que ele pretendeu, ou seja, é motivo de orgulho para os católicos de verdade. Ele afirma que há 2 mil anos a Igreja Católica prega a mesma coisa sobre esse assunto, Isso prova que desde sua fundação, por Jesus, o Espírito Santo prometido está com ela, ou seja, tem valores canônicos que não mudam nunca.

No mesmo jornal aparecem comentários da CNBB nos quais confirma o que venho dizendo: em relação à eleição presidencial, lavaram as mãos como Pilatos, deixando à consciência dos eleitores a decisão, sem apontar a mãe do PNDH-3, que é um conjunto de barbaridades, como indigna do voto dos católicos. Depois que não venham lamentar as consequências. Aliás, não seria de estranhar se houvesse um mártir no Brasil, vítima dos petistas. Já houve vários, como Celso Daniel, cujos implicados estão sendo processados, dentre eles o chefe de gabinete do presidente da República, Gilberto Carvalho.

Francisco Samuel Fiorese samucafiorese1@yahoo.com.br

Campinas

__________________________

RACISMO?!

É absurdo o veto do Conselho Nacional de Educação (CNE) a livro infantil de Monteiro Lobato nas escolas, por suposto racismo. Lobato não só não era racista, como foi um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos. Sua memorável obra "Sítio do Picapau Amarelo" inspirou e encantou a infância e adolescência de várias gerações de brasileiros ao longo de décadas. A atitude do CNE revela desconhecimento de arte, da boa literatura infantil, além de trazer de volta a ameaça odiosa da censura ao País, em nome do "politicamente correto". Se prevalecesse tal entendimento obtuso, Mark Twain, Shakespeare e outros grandes autores da literatura mundial também seriam proibidos e censurados.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

__________________________

MONTEIRO LOBATO

Faço coro aos defensores do grande escritor Monteiro Lobato, sobre um possível veto ao livro "Caçadas de Pedrinho" em discussão no Conselho Nacional de Educação. Incrível como nosso país está atrasado em relação à educação, quando temas muito mais importantes deveriam vir à tona, eis que se discute o conteúdo histórico da obra de Lobato, que tantas magias e diversões provocaram na cabeça das crianças, hoje homens, deste imenso Brasil. Será possível creditar ao livro o preconceito ou o desvio de caráter próprio de uma educação deficiente, cujo preconceito está na alma daquele que deveria ser o responsável pela formação do cidadão?

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

__________________________

REESCREVENDO A HISTÓRIA

Quando os cérebros, donos do poder, reescreverem a História do Brasil, dividindo-a entre a. L. - e no princípio era o caos- e d. L. - "nunca antes neste país" -, outras barbaridades poderão engrossar a nova enciclopédia. A mais recente é a sugestão de exclusão da obra-prima ''Caçadas de Pedrinho'', de autoria de Monteiro Lobato, da lista de leitura infantil, por ter conteúdo racista. A inteligente integrante do MEC que sugeriu, sem levar em conta o período em que a obra foi escrita, certamente, reescreverá a obra com a Tia Nastácia loira de olhos azuis, Tio Barnabé surfista de novela e o Saci sueco. Esquece a obtusa que os três personagens, queridos por todos os moradores do Sítio e por todos os milhões de leitores de pelo menos três gerações, nunca foram diminuídos ou humilhados por causa da sua cor. Tomara que 56 % dos eleitores do Brasil tivessem a oportunidade de ler todas as obras de Monteiro Lobato. O Brasil seria melhor, muito melhor!

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

__________________________

CENSURA

Acompanho, consternada, a tentativa de censura a obras infantis de Monteiro Lobato, em nome do politicamente correto. Li todos os livros das aventuras no Sítio do Pica-Pau Amarelo em minha infância e eles em nada alteraram a formação de meu caráter, além de me estimularem a ser uma leitora voraz e ter capacidade crítica. Vejo nesta absurda necessidade de proteção à criança uma tentativa de cercear a sua formação e o seu contato com as diversas colorações da vida. Esta tentativa maniqueísta de estabelecer qual é o certo e qual é o errado ataca um escritor talentoso que não está mais aqui para defender sua obra. Diante do absurdo de tentar esconder os fatos da vida das crianças, surge a pergunta: qual a finalidade? Será a de formar mentes servis, sem capacidade de contestação, preparadas para ter um Estado tutor que tudo lhes provê, desde o alimento do corpo ao do espírito? Os preconceituosos veem preconceito em tudo, mas os de alma pura veem apenas diversão e estímulo à curiosidade e busca de conhecimento . Assim são as crianças e se alguma se interessar pelos fatos questionados pelos santarrões, por que não estimular o debate e discutir as diferenças entre o hoje e o ontem e prepará-las para o que sempre irão enfrentar na vida? Qualquer professor minimamente qualificado estará em condições de conduzi-las a um mundo onde são muitas as diferenças e orientá-las para discernir o que é melhor para a convivência entre as pessoas.

Permitir que estas censuras se concretizem dará abertura para que se revisite a História e se apaguem de seus registros fatos relevantes que levam o País ao que se tornará. Quem sabe em poucos anos os livros de História contarão como o Brasil foi fundado em 2003, quando um iluminado subiu ao poder e conseguiu destruir todos os dragões que destruíam a Nação... É claro que mensalões e propinas cobradas na Casa Civil serão convenientemente apagados e o povo, novamente, bestializado, marchará para um novo regime de exceção.

Lizete Galves Maturana lizete.galves@terra.com.br

Jundiaí

__________________________

LOBATO RACISTA?

Notícias de jornal informam que o Conselho Nacional de Educação quer banir de todas as escolas públicas do Brasil o livro infantil "Caçadas de Pedrinho" de Monteiro Lobato, por ter conteúdo racista. Ora, dá-se!, como dizia o meu avô. Para provar o oposto basta mencionar o seu romance de 1926 "O Presidente Negro", no qual denuncia o racismo estadunidense numa eleição no futuro ano de 2228.

Roldão Simas Filho rsimas@aos2.com.br

Brasília

__________________________

ANAC

A propósito dos "Planos da ANAC", publicado na edição de 31 do outubro, não seja o Estadão tão crítico em relação à ANAC. Afinal, essa agência já mostrou a que veio: ela já conseguiu adotar uma tabela com 350 tarifas de serviços, que varia de R$ 14,50 até - por favor não se espantem - R$ 4.466.989,09. "Nunca antes neste país" se conseguiu tanto!!! Que saudade do DAC.

Aristeu Teixeira de Mendonça atmendonca@gmail.com

São Paulo

__________________________

ADORNO DESNECESSÁRIO

Com a devida vênia de quem pensa de forma diversa, efemeridade não condiz com obra de arte. Esta, a verdadeira obra de arte, é feita para durar "ad aeternum". Colar adesivos no prédio do MASP para, diz a autora do projeto, imitar um "céu azul ficcional", é total e absolutamente desnecessário para dar à edificação qualquer destaque: como idealizado pela arquiteta Lina Bo Bardi, o prédio sobressai e impressiona pelo arrojo de sua forma. O projeto em execução destoa totalmente da grandeza da obra da arquiteta que, penso, jamais admitiria cedê-lo para esse projeto de colagem (será que as normas de seu tombamento permitem tal modificação do seu visual?). Seria o caso de indagar ao Oscar Niemeyer se ele gostaria de ter um de seus alvos prédios, como o auditório do Parque do Ibirapuera, objeto de um trabalho de colagem dessa natureza. Transformar o prédio do MASP numa "caixa bordada" não é manifestação de carinho; ao revés, é aviltar o vigor, a majestade, a imponência da edificação. Céu? Para que? Quem levanta os olhos para admirar o edifício tem ao fundo o céu verdadeiro, com ou sem nuvens, por moldura. Melhor seria que o patrocínio e o custo das despesas correspondentes fossem direcionados para a realização de um cuidadoso trabalho de manutenção e conservação do edifício que não é, decididamente, uma obra efêmera. Enfim, é duvidoso que essa transformação do visual externo vá impulsionar o conhecimento interno do museu.

Pedro Luís de Campos Vergueiro pedrover@matrix.com.br

São Paulo

__________________________

ESTRADAS

O final do ano está próximo, as férias escolares também e as obras pelas nossas estradas nunca se acabam, tornando-se riscos brutais e sem fim para os condutores de veículos que circulam pelas grandes rodovias brasileiras, principalmente a Régis Bittencourt, uma das mais violentas em termos de acidentes. É preciso que as autoridades e as concessionárias se apressem, tornando viáveis os percursos, com menos interrupção, menos tempo e transtonos para que vidas humanas não sejam sacrificadas.

Antonio Rochael Jr. antoniorochael@gmail.com

Iguape

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.