Cartas - 25/06/2011

HACKERS

, O Estado de S.Paulo

25 Junho 2011 | 00h00

Armistício

Notícias divulgadas pela mídia nos dão conta de que os hackers que estão invadindo os sites de vários órgãos do governo brasileiro estão localizados na Itália. Que tal mandarmos lá os srs. Tarso Genro e Lulla para negociarem um armistício?

ERICO L. S. PEREIRA

erico_ooo@yahoo.com.br

Valparaíso

_______________________

CESARE BATTISTI

Aqui se faz...

Nem o STF nem o presidente da República têm o direito de contrariar o clamor da população brasileira, dando guarida a um assassino de quatro pessoas condenado pela Justiça de um país democrático. Prestaram um serviço deplorável do alto de seus cargos, desonraram-no... Espero que a justiça divina lhes venha e ao assassino Battisti, mais rápido do que esperam. Aqui se faz, aqui se paga.

BOB SHARP

bobsharp@uol.com.br

São Paulo

_______________________

AJUFE

Intermediação

Sobre a matéria Lobby de juízes tem ajuda de irmã de senador e de deputado, a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) esclarece que não tem lobista no Congresso Nacional, apenas um assessor parlamentar que acompanha a tramitação dos projetos de interesse dos juízes federais e agenda, circunstancialmente, reuniões entre diretores da entidade, deputados e senadores. Atualmente a Ajufe considera como muito importantes projetos de lei em tramitação no Congresso de interesse da sociedade: o que cria o novo Código de Processo Penal (PL 8.405); o novo Código de Processo Civil (PL 8.406/2010); o que cria 225 cargos de juiz das turmas recursais dos Juizados Especiais Federais visando a atender em especial a população de mais baixa renda, que litiga em processos de até 60 salários mínimos (PL 1.597/2011); o que garante maior segurança aos juízes federais que julgam o narcotráfico internacional e o crime organizado, assim como a população que transita nesses prédios (PL 3/2010); a PEC 544, que cria quatro novos Tribunais Regionais Federais (TRFs) no País visando a levar uma justiça mais rápida à população; e a PEC 438/2001, que visa a combater o trabalho escravo no Brasil. Os encontros com os parlamentares se dão de forma institucional, sempre anunciados em agenda, e têm o objetivo de sensibilizá-los para as necessidades do aprimoramento da Justiça Federal na busca de um Poder Judiciário cada vez mais forte e independente. O deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), assim como praticamente todos os líderes partidários na Câmara e no Senado e os presidentes das duas Casas receberam a Ajufe para tratar dos temas acima citados. O presidente da Ajufe, Gabriel Wedy, acompanhado por mais de dez magistrados e desembargadores federais, reuniu-se em audiência oficial com o governador Sérgio Cabral (RJ) e com o deputado Eduardo Cunha, em audiência no Palácio das Laranjeiras, para expor a necessidade da aprovação do PL 1.597/2011, que atende a população mais carente que litiga nos Juizados Especiais Federais na sua maioria em ações que reivindicam medicamentos, aposentadorias sonegadas na via administrativa e auxílios-doença e saúde, e também apoio político para o projeto de lei que está sendo elaborado pelo Conselho da Justiça Federal que visa a aumentar o número de desembargadores nos TRFs para tornar o julgamento dos recursos mais rápido na Justiça Federal e melhor atender a população. A referida audiência e muitas outras realizadas com parlamentares e governadores foram em sua maioria divulgadas pelos veículos de comunicação. A Ajufe, pela sua dimensão política, e construída ao longo de 40 anos de existência, não necessita de intermediários ou lobistas para audiências, pois é recebida espontaneamente pelas autoridades dos três Poderes da República.

SIMONE CALDAS

simone.caldas@inpresspni.com.br

Brasília

N. da R. - O próprio deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) disse ao Estado ter intermediado um encontro entre a Ajufe e o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). Essa ação mostra que o parlamentar tem atuado para defender interesses da entidade.

_______________________

TV GLOBO

Audiência

Não tem base na realidade, nem nos números, a insinuação de Cristina Padiglione na coluna Sem Intervalo (Mudanças no jornalismo da Globo apontam tendência mais popular) publicada em 21/6. Nela a colunista, apegando-se a um empate na quinta-feira passada entre o Bom Dia Brasil e a TV Record, afirma que a saída de Renato Machado da apresentação tem que ver com a "busca pela cobiçada classe C". O Bom Dia Brasil sempre foi e é campeão absoluto de audiência, como demonstram os dados do Ibope: em São Paulo, de janeiro a junho deste ano, o programa teve uma audiência 44% maior que a da concorrência, 9 a 6 pontos; se considerarmos o Painel Nacional de Televisão, a audiência é ainda maior, 9 ante 5, na média. Ou seja, a audiência da Globo é 62% mais alta que a da concorrência. Além disso, quando se pensa em classe C, o perfil de audiência do Bom Dia Brasil é bastante coincidente com o da população em geral, sendo 48% dos seus telespectadores dessa classe, enquanto na população esse índice é de 50%. A coluna Sem Intervalo acerta quando classifica Renato Machado de refinado: de fato, ele é refinado em tudo, da cultura geral às boas maneiras. Como se nota pelos dados acima, contudo, apenas o preconceito pode imaginar que a sofisticação dele o impediu de se comunicar bem; ao contrário, isso sempre o ajudou. Chico Pinheiro é considerado uma substituição natural justamente porque é igualmente refinado, o que, certamente, também vai ajudá-lo na comunicação com todas as classes, porque todos os brasileiros, sem distinções, estão sempre onde a qualidade está. O que mais impressiona é a colunista ver na Globo um movimento na direção do popularesco, quando, na verdade, as últimas movimentações de mercado mostram que essa opção definitivamente não é nem nunca será a da TV Globo.

CARLOS HENRIQUE SCHRODER, diretor-geral de Jornalismo e Esporte da Rede Globo

roberta.margarit@tvglobo.com.br

Rio de Janeiro

N. da R. - Ao traçar diferenças de estilo entre Renato Machado e Chico Pinheiro, âncoras do jornalismo da TV Globo, a colunista não afeta a imagem dos dois profissionais nem os hierarquiza. A intenção foi, tão somente, traçar tais diferenças. Quanto à busca pela classe C na programação, esse movimento foi inclusive exposto pelo diretor-geral da TV Globo, Octavio Florisbal, em recente entrevista. A colunista também esclarece que, ao se referir à busca por esse segmento de público, não quis com isso dizer que a emissora passará a apostar no "popularesco".

_______________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.059

TEMA DO DIA

Fifa volta a criticar obras da Copa 2014

Em discurso, secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, deixou clara a insatisfação com o Brasil

"Todos sabem que as obras estão atrasadas. O que preocupa é que não são mostrados esforços para reverter a situação."

HENRY NASCIMENTO

"O Brasil precisa aperfeiçoar a infraestrutura pensando nos brasileiros, e não para agradar a turistas."

ANSELMO NOGUEIRA

"O que a Fifa esperava de governantes que não têm compromisso nem com o povo nem com seu país?"

CARLOS DOMINGUES

_______________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br                  

 

DEMOCRACIA DÉBIL

 

 

A ONU põe o Brasil na rota da tortura. Vai ter um trabalhão para investigar, porque, para o governo petista, os eternos torturadores são os militares.

A ONU vai encontrar aqui, no Brasil, apartheid, castas, oligarquias que geram miséria, ignorância e direitos humanos só para ricos. Os emissários das Nações Unidas vão pensar que voltaram ao tempo de Hailé Selassié, Idi Amin e Jean-Bedel Bokassa.

 

 

 

José Francisco Peres França joseranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

 

 

 

_______________________

 

 

 

 

 

 

 

 

TORTURA NAS PRISÕES

 

 

Como é que pode o Brasil estar sendo investigado pela Organização das Nações Unidas por tortura nas prisões, se estamos sendo governados há oito anos e meio pelos que dizem ter sido torturados na ditadura militar? Era ou não para estarmos em pé de igualdade com países desenvolvidos onde não existe tortura? Não dá para dizer que a culpa é do governo anterior, pois tiveram tempo suficiente para resolver esses problemas, que sempre foram endêmicos no Brasil. Como tudo por aqui, nossas prisões, com exceção de poucos Estados, estão tão decadentes quanto a educação e a saúde pública! E agora, ex-torturada Dillma Rousseff? Teria algo a nos dizer, já que a segurança pública, responsável pela construção de novas penitenciárias, teve corte de verba de quase R$ 3 bilhões este ano?

 

 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

_______________________

 

 

A ONU E O BRASIL CRUEL

 

As entidades de defesa dos direitos humanos brasileiras concentraram suas forças, ao longo da História mais recente, no drama dos presos políticos, com largas razões, mas simplesmente passando ao largo, salvo exceções tópicas, da ignóbil situação carcerária dos presos comuns. A tortura é habitual, mas, como se trata de bandidos - pouco importa se culpados ou não -, é necessário que a ONU passe sobre nossa soberania e recorde ao governo do PT a ética e o humanismo que já se perderam nas brumas do poder.

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

_______________________

 

 

 

 

 

 

TORTURA NUNCA MAIS. QUANDO?

 

 

Estranha sina. Um governo eivado de membros, companheiros e amigos que foram terroristas, guerrilheiros, assaltantes e outros considerados criminosos e torturados, muitos dos quais recebendo elevadas indenizações, será investigado pela ONU por admitir tortura. Incrível, não? Só que dentre os atuais torturados não se encontram supostos criminosos na categoria anterior, mas simples cidadãos supostamente faltosos com as leis vigentes. Parece, então, que há uma divisão clara ente os que podem e os que não podem ser torturados. Então: "tortura nunca quando"?

Fabio Figueiredo fafig3@terra.com.br

São Paulo

 

 

_______________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TORTURA POLICIAL

 

 

 

É corrente, e isso não terminou com o regime militar, que a polícia brasileira tortura em todas as delegacias do País. Tortura, recebe suborno, é corrupta, mal paga, é obrigada a "bicos" e bate mesmo: espancamentos, pau de arara, choque elétricos, balas de borracha e execuções clandestinas. Pobre País...

Carlos Yoshikazu Takaoka cy.takaoka@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

_______________________

 

 

TESTEMUNHOS

 

Por que a ONU visitará cadeias no Brasil para verificar se há torturas? Basta falar com meia dúzia de bons cidadãos contribuintes de impostos. Esses, que não estão nas cadeias, com certeza testemunharão sobre as torturas diárias que sofrem pelas notícias sobre corrupção consentida, crimes impunes, leis ineficientes, demagogias baratas e pela ignorância crescente que grassa no País, sem perspectivas de mudança...

Gilberto Dib www.dib.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

_______________________

 

 

 

ANOS DE CHUMBO

 

 

Parabéns ao "Estado" e ao jornalista Jamil Chade pela publicação na edição de 22/6 dos documentos secretos da ditadura militar, enviados de Genebra. A matéria, que revela detalhes repugnantes da tortura de crianças, na presença dos pais, por parte de oficiais da Polícia do Exército, chocou a opinião pública e deve ser levada ao conhecimento dos tribunais internacionais, em face da indiferença e mesmo da cumplicidade do Judiciário brasileiro. Veio em momento oportuno, na véspera da promulgação da malsinada lei do "sigilo eterno", que, reforçando o processo de autoanistia aos torturadores, sepultará para sempre a memória de tais fatos.

 

Arsonval Mazzucco Muniz arsonval.muniz@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

_______________________

 

 

 

 

RESGATE DE MEMÓRIA VERGONHOSA

 

 

 

O efeito principal da divulgação de nossos documentos históricos não é o comprometimento de nossas relações com Estados vizinhos, mas o comprometimento da relação do próprio povo brasileiro com os seus governantes. Relatos históricos ufanistas camuflaram políticas que somente trouxeram desvantagens, se considerarmos as consequências advindas. Sem objetivos principais predeterminados, nossos governantes ancestrais cometeram erros irreparáveis. O desinteresse por uma marcha para o oeste rumo ao Oceano Pacífico, a tolerância diante da instalação das Guianas, Inglesa, Francesa e Holandesa, em território limítrofe, o reconhecimento da minúscula República Oriental do Uruguai e a permissão de acesso da Argentina à foz do Rio Iguaçu e do Paraguai às margens do Rio Paraná são intoleráveis se comparados com a política que orientou a expansão dos Estados Unidos no século 19.

 

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

_______________________

 

 

SIGILO ETERNO

 

 

Onde se vê isso? O sujeito é eleito pela população e, ao invés de mostrar a verdade àqueles que o elegeram, vem com essa desfaçatez de sigilo eterno? Deve haver muita sujeira nisso. Até quando veremos esse idoso de fraldas usurpar a verdade dos brasileiros? "Nunca confie num homem de cabelos grisalhos, porque os canalhas também envelhecem".

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

_______________________

 

 

 

 

SARNEY TEME O ALÉM

 

José Sarney, ex-presidente da República, atualmente presidente do Senado e donatário da capitania do Maranhão, teme que a divulgação dos documentos públicos, há muito sob sigilo, possam causar atritos diplomáticos. É possível, sim. Francisco Solano López, presidente paraguaio que autorizou a invasão da província de Mato Grosso há 147 anos, dando início à Guerra do Paraguai, continua pacientemente aguardando melhores informações para denunciar os dirigente brasileiros da época na Corte Internacional de Haia. Por outro lado, a Bolívia de Evo Morales aguarda ansiosa o momento oportuno para devolver ao Estado brasileiro os dois cavalos brancos que há 108 anos lhes foram dados em pagamento pelo atual Estado do Acre. Este país tornou-se uma piada.

 

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

_______________________

 

 

O QUE É MELHOR PARA O POVO?

 

 

O general Rocha Paiva reclama que as Forças Armadas estão desarmadas e desaparelhadas e alerta que poderemos ser dominados por outro país ("Pacífico, mas não desarmado", 21/6, A2). Essa possibilidade me provocou o seguinte pensamento: não seria melhor ser governado por políticos - e ter Judiciário - de Primeiro Mundo do que esse bando de políticos de quinta, aloprados, corruptos e impunes que só nos exploram?

 

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

 

 

_______________________

 

 

 

AINDA BATISTTI

 

Está sendo noticiado que Cesare Batistti já tem até oferta de emprego. Deve ser de assassino de aluguel...

Boris Becker borisbecker@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

_______________________

 

 

O PARAÍSO DA BANDIDAGEM

 

 

Ronald Biggs, inglês, ladrão. Gino Amleto Meneghetti, italiano, ladrão. Josef Rduolf Mengele, alemão, médico, nazista, tido como o "Anjo da Morte". Cesare Batistti, italiano, terrorista, assassino. E a lista prossegue. Isso fora os que vivem clandestinamente e sem serem incomodados em nosso acolhedor Brasil. Logo nós, que, mal vistos e algumas vezes pessimamente tratados no exterior, somos forçados a acolher essa súcia de malfeitores, inclusive sob o manto protetor da Justiça, que os redime e lhes assegura direitos como a qualquer cidadão brasileiro. Isso mesmo contrariando convenções internacionais. E tudo em nome da nossa "soberania" e outros falhos argumentos. Privilegiamos bandidos. Já não nos basta a bandidagem que segue impune e assola nosso país, e nos diversos escalões sociais, inclusive dos nossos Poderes? Pior é que ainda somos induzidos a acreditar que se age na preservação de "perseguidos políticos" ou outras inverdades. É estrangeiro e bandido, tem privilégios. Então, que venham todos, abrimos-lhes os braços em nome da nossa inconsequente hospitalidade e do culto à impunidade.

 

J. Hildeberto Jamacaru de Aquino hildebertoaquino@yahoo.com.br

Russas (CE)

 

_______________________

 

O FIO DA MEADA

 

 

Atrás da corrupção sempre está a máfia, atrás da mafia está o tráfico, atrás do tráfico estão os produtores de drogas, atrás destes se encontram as Farc e outros cartéis, que andam de mãos dadas com o PT. É só puxar o fio da meada e se chega ao Battisti e muitos outros "exilados políticos" no Brasil.

 

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

 

_______________________

 

 

 

FAUNA COMPLETA

 

 

Atenção, sr. ministro da Justiça, atenção, responsáveis pelo Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), foi capturado pela Polícia Federal (PF) Kenneth Craig, um pobre cidadão americano acusado injustamente de pedofilia pela Justiça americana. Coisa de capitalista. Vamos agir, vamos dar andamento a um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF), exigindo a imediata soltura do coitado, assim contaremos com um experiente profissional para, em nome da liberdade de reunião e expressão, comandar a primeira "marcha da pedofilia". Em tempo: estamos de parabéns, o Conselho Nacional de Imigração (CNI) vem de conceder visto de permanência a Cesare Battisti, ídolo inconteste da esquerda e da Justiça brasileira.

 

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

 

_______________________

 

 

E ENTÃO, STF?

 

 

Pois é, foi preso no Rio de Janeiro, onde vivia com documentos falsos, um pedófilo procurado, há muito tempo, nos Estados Unidos, que querem a sua extradição.

Pergunta à Suprema Corte: terá o mesmo destino de Cesare Battisti?

 

Gilberto Martins Costa Filho marcophil@uol.com.br

Santos

 

 

_______________________

 

É REVOLTANTE!

 

Dois cubanos esportistas honestos, com o saco cheio da miséria do comunismo de Fidel, aqui pediram exílio, mas foram rapidamente caçados e mandados de volta por ordem do nosso brilhante ex-presidente Lula. Onde estavam os juízes do nosso STF? Não deram trabalho para eles.

Agora, um criminoso, assassino condenado pela Justiça italiana, que certamente não é composta de idiotas, pelo simples fato de ser comunista, é recebido de braços abertos pela cambada bolchevista liderada por Tarso Genro. Foi negada a sua extradição, liberado para ficar e trabalhar no Brasil, provavelmente em Brasília, com todo o apoio do nosso STF, que deu nosso famoso "jeitinho" para deixar nossos "vermelhinhos" felizes e contentes. Afinal, lugar de bandido onde é?

 

 

Maria Elvira Brandileone mara.brandi@hotmail.com

Assis

 

_______________________

 

POLITICAMENTE INCORRETO

 

Quando se reporta a governo, entende-se nossa presidente, Dilma Rousseff, que parece não querer entrar em sintonia com o pensamento da maior parte do povo brasileiro. Ou estamos sendo ludibriados por uma imprensa mentirosa ou nossa presidente não quer mesmo fazer a vontade da maioria. Agora essa de chancelar a permanência do Battisti no Brasil - permanentemente - vai na contramão do politicamente correto. Quando parece que está dando os passos certos, tem um repique de "companheirismo" e desilude uma massa de possíveis eleitores a serem convertidos. Politicamente não está agindo com inteligência.

 

 

Aloisio Arruda De Lucca aloisiodelucca@yahoo.com.br

Limeira

 

_______________________

 

 

 

AMADORES

 

 

Cesare Battisti ganha direito de viver e trabalhar no País. O

Conselho de Imigração aprovou a permanência do ex-ativista

italiano, por 14 a 2. Com essa decisão ele passa a ter os mesmos

direitos garantidos a todos os brasileiros. Com isso, o governo brasileiro criou um problema com a Itália, não respeitando o acordo de extradição com aquele país, e está criando, também, um problema com o povo brasileiro, indignado

que está com essa atitude.

Temos um governo de amadores.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada pela ONU em 10 de dezembro de 1948, em seu artigo XV diz o seguinte:

"1 - Toda pessoa, vítima de perseguição, tem o direito de procurar

e de gozar asilo em outros países.

2 - Este direito não pode ser invocado em caso de perseguição

legitimamente motivada por crimes de direito comum ou por atos

contrários aos propósitos e princípios das Nações Unidas."

A decisão de Lulla foi puramente ideológica. O presidente de um país tem de ter isenção total e governar para todo o seu povo, e não somente para o seu partido e seus companheiros.

Essa polêmica não poderia ter chegado a isso e não pode continuar

prejudicando a nossa imagem lá fora. Felizmente, a Itália tem

consciência de que esse ato não encontra respaldo entre a população

Brasileira.

 

 

Alvaro Salvi alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

 

_______________________

 

 

 

 

COISAS QUE NINGUÉM EXPLICA

 

O terrorista italiano Cesare Battisti teve seu pedido de imigração aprovado por um conselho de "cumpanheiros". É difícil explicar como alguém que entra no país cometendo falsidade ideológica, com a falsificação do passaporte, e que não é (por decisão do Supremo) asilado político, pode em tempo recorde receber autorização de imigração, enquanto milhares de bolivianos e paraguaios que não cometeram nenhum crime não conseguem e cubanos perseguidos são deportados para sofrer graves penalidades em Cuba.

Como as coisas podem, por motivo ideológico, facilitar a vida para um assassino e mandar deportar um desvalido passando fome em seu país.

 

Márcio M. Carvalho mmcoak@hotmail.com

Bauru

 

 

_______________________

 

 

SURREALISMO

 

 

Battisti, escritor. Lulla, leitor. Nem Dali ousaria imaginar...

 

 

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

_______________________

 

 

DIREITOS

 

"Dê a Cesare o que é de Cesare", agora só falta o governo autorizá-lo e consentir-lhe a naturalização brasileira, filiá-lo ao PT e fazer com que se candidate a uma vaga na nossa política. E o que é pior: por ele ter padrinhos influentes, terá tudo para sair vencedor.

 

 

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_______________________

 

 

A CESARE O QUE É NOSSO?

 

 

A notícia nos chega como um tapa em nossas ventas: "Governo autoriza permanência de Battisti no País, Conselho Nacional de Imigração concedeu visto que permite ao ex-ativista italiano viver e trabalhar no Brasil" (Estadão, 22/6) - leia-se, sob a guarda do advogado petista Luiz Greenhalgh, com direito a casa e comida em seu apartamento em Higienópolis, na capital. E dá-lhe comida!

 

José Jorge Ribeiro da Silva

jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

 

_______________________

 

BOLSA-ESMOLA

 

 

A história ridícula do Battisti, com seu defensor Greenhalgh, com grandes escândalos nas costas, para fechar com chave de ouro, o italiano deverá em breve receber Bolsa-Família/bolsa-esmola. Afinal de contas, está recomeçando a vida...

Toda essa historia nos mostra que no Brasil o poder e a falcatrua caminham juntos e ninguém consegue separá-los.

 

Antonio Jose G. Marques a.jose@uol.com.br

Rio de Janeiro

 

_______________________

 

CASO BATTISTI

 

 

 

Berlusconi anda com a pulga atrás da orelha. Ao mesmo tempo que pretende vender 30 fragatas e cinco navios-tanque à Marinha brasileira, no valor de 6 bilhões de euros, as Forças Armadas italianas querem boicotar os Jogos Militares Mundiais, que começam dia 16 de julho, no Brasil.

 

 

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

 

_______________________

 

 

A QUEM RECORRER?

 

 

O Poder Executivo está refém de alianças e acordos em nome da "governabilidade". O Poder Legislativo, além de legislar em causa própria, faz o que for necessário para continuar dando as cartas, não importando os meios. O Poder Judiciário, que deveria ser o fiel da balança e guardião das leis, chega a pender de um lado para outro, ao sabor, às vezes, de interesses políticos, revogando suas próprias decisões, como no caso Battisti, e chegando ao absurdo de uma decisão de primeira instância se contrapor a uma decisão, por acaso por unanimidade, do STF. A nós, cidadãos comuns, o que resta?

 

 

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

_______________________

 

RENÚNCIA FISCAL

 

Na minha correspondência publicada dia 23 acrescentaram o bairro Vila Nova Conceição onde menciono o campeão da dengue, desacreditando-me, pois, há alguns meses, os jornais infomaram o bairro campeão da dengue: o Itaim-Bibi, onde resido de fato, a 700 metros da Avenida Santo Amaro em direção à Vila Olímpia. Quem transcreveu meu comentário acrescentou Vila Nova Conceição, que sou obrigado a mencionar no meu endereço, pois é isso que consta nos guias de endereçamento postal. Portanto, moro no Itaim-Bibi, que é o que interessa na minha afirmação, relacionando aumento abusivo e injustificado de 67% do IPTU em dois anos (com possibilidade de possivel repique para 2012, segundo o Jornal da Tarde de 1.º de dezembro de 2010) às "piorias" nas condições do bairro, a saber: trânsito caótico, árvores sem poda, asfalto danificado, dengue, semáforos desregulados, estacionamento irregular e até enchente, que jamais ocorrera, enquanto o prefeito repassa nossos escorchantes impostos para a construção de estádios particulares. Quer dizer que estou financiando um clube de futebol?

 

Antonio Carlos Gomes da Silva acarlosgs@uol.com.br

São Paulo

 

_______________________

 

 

 

ESTÁDIO - AINDA!

 

 

Segundo dizem, as dívidas do Corinthians no final de 2011 eram de aproximadamente R$ 122 milhões. Pergunto: qual é a dívida do clube com o governo? Não existe uma lei proibindo empresas devedoras de obter novas benesses do governo quando ainda devedoras (BNDES, incentivos, etc.)? Se não teve competência para pagar o que devia, pagará o que receber agora?

 

 

Jose Roberto Palma palmapai@ig.com.br

São Paulo

 

 

_______________________

 

 

TRICAMPEÃO

 

Como corintiano, parabenizo o Santos pela sua importante conquista. Também me deixou contente o "Fórum dos Leitores" de ontem (24/6), que homenageia esse time, que de certa forma salvou a honra de muitos times decadentes brasileiros, que só pensaram em repatriar jogadores bichados do exterior. Com todo o respeito que lhes devemos. As cartas ontem publicadas apresentam argumentos democráticos consistentes e isso também me fez esquecer aquelas figuras constrangedoras de alguns torcedores alienados que na TV batem no peito com uma expressão bizarra, que só demonstra o absurdo de se fazer de um time de futebol o seu valor pessoal mais absoluto. Enfim, ainda sou daqueles que acreditam que de maneira geral é mais divertido e saudável disputar uma pelada do que assistir a um jogo importante profissional.

 

Luiz Antonio da Silva lastucchi@yahoo.com.br

Ribeirão Preto

_______________________

 

AINDA O SANTOS

 

 

Parabéns ao Santos! Agora é só rezar para que propostas milionárias não desfaçam esse time

e para que Lula continue torcendo contra.

Dessa forma muitas outras glórias virão.

 

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

_______________________

 

TORCIDA CONTRA

 

 

 

Sou palmeirense, mas torci para o Santos nesta final de Libertadores. Afinal de contas, o Santos demonstrou que é um grande time e que joga para a frente. E não é só com Neymar e Ganso, não. Mas que a grande maioria corintiana torceu contra, com certeza torceu. Que o diga o nosso querido leitor sr. Laércio Zanini, da vizinha e bela cidade de Garça. A ele, nossas respeitosas saudações santistas e palmeirenses...

 

 

José Eduardo Zambon Elias zambonelias@estadao.com.br

Marília

_______________________

 

 

 

HIPOCRISIA

 

 

 

Após sair e-mail meu no Fórum dos Leitores online e outro na edição impressa do Estadão, nos quais em um critiquei o Neymar e noutro comentei sobre o Santos, algumas pessoas enviaram e-mails criticando-me pela posição tomada e chamando-me de invejoso, por ser corintiano e não reconhecer a conquista santista. Primeiro, sou torcedor corintiano até o osso e, afora meu Timão, nem para a seleção brasileira eu torço, no máximo, para algum boleiro corintiano se estiver jogando. Não sou hipócrita e todo torcedor de verdade também torceu contra o Santos. Essa de se dizer simpatizante de outras equipes, mas foi santista nessa hora porque é Brasil, é conversa fiada, hipocrisia pura, querendo parecer bonitinho para os demais. Eu sou franco e torci mesmo contra o Santos ou para qualquer outro time brasileiro que enfrentasse o Peñarol.

 

 

 

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

 

 

 

_______________________

 

O SOFRIMENTO É IGUAL!

 

 

O leitor sr. Renato Khair nutre por certa gloriosa agremiação futebolística o mesmo sentimento de Lula em relação a FHC e Maradora em relação a Pelé. Isso, sim, é sofrimento!

 

Jose Eduardo Bandeira de Mello josedumello@bol.com.br

São Paulo

_______________________

 

 

SANTOS TRI

 

 

Um recado ao missivista sr. Panayotis Puolis, do Rio de Janeiro: como são-paulino, permito-me cumprimentar o seu Peixe por ser, também, tri (da paróquia). Quando o Santos conquistar o outro tri, o mundial, e quando ele portar duas medalhas olímpicas, e de ouro, poderemos conversar. O seu time, ainda, equipara-se, nesta lógica, a ser companheiro dos outros, que foram apontados na sua carta ao Estadão.

 

 

 

Ruy de Jesus Marçal Carneiro ruycar88@uol.com.br

Londrina (PR)

 

_______________________

 

 

 

 

HOMENAGEM ALVINEGRA

 

 

O Coringão lança em breve camisa comemorativa aludindo à conquista da Libertadores pelo Santos, seu coirmão alvinegro. Essa camisa encerra a série de três camisas com o tema "Nada a ver": a primeira, natimorta e esdrúxula, de cor roxa forro de caixão; a segunda, grená, homenagem sem pés nem cabeça ao Torino, da Itália; e agora a nova camisa homenageando a conquista santista, esta também sem nada a ver com o Coringão, que nunca chegou nem a uma semifinal de Libertadores. Tudo a ver!

 

 

 

Luiz Henrique Penchiari luiz_penchiari@hotmail.com

Vinhedo

_______________________

 

 

 

PALMEIRAS

 

 

Receita para o rebaixamento, conforme o caderno de Esportes do Estadão: crise administrativa e financeira, brigas políticas, negociatas obscuras, violência da torcida e uma constante dança de cadeiras de técnicos. Acrescento: diretoria medíocre e desrespeito às tradições.

O texto era sobre o River Plate. Mas poderia perfeitamente ser sobre o Palmeiras.

 

 

 

Luiz Alberto Desio desio2@itelefonica.com.br

Santos

 

 

 

_______________________

 

 

 

 

MAESTRO CARLOS GOMES

 

 

 

A falta de zelo com a História de nosso país é um fato real.

Outro dia, observando o busto do maestro Carlos Gomes em frente ao Teatro Municipal do Rio de Janeiro, observei que não havia escrito naquela estátua o nome do compositor da ópera "O Guarany". Figura ilustre do Império e da Velha República, de origem humilde, referência nacional até nossos dias, um popstar brasileiro do século 19, está se tornando um anônimo aos olhos do populacho. O mesmo acontece com a placa da Rua Graça Aranha, no centro do Rio de Janeiro, com alusão à casa do maestro Villa-Lobos, outro popstar brasileiro do século 20.

Talvez fosse melhor postar o busto do atleta Neymar, do Santos Futebol Clube, naquele ponto, o que atenderia melhor ao propósito de guardar a memória culta do País.

 

 

 

 

Mario Negro Borgonovi marionegrao.borgonovi@gmail.com

Rio de Janeiro

 

_______________________

 

 

 

SANTOS E PEÑAROL

 

 

A briga protagonizada por jogadores depois do jogo Santos x Peñarol,

no Pacaembu, faz lembrar o promotor Paulo Sérgio de Castilho em seu

livro "Ações Práticas e Propostas Legislativas de Combate à Violência

no Futebol" (F.P.F., 2010, págs. 125-127), quando mostra que nem todas as

encrencas se devem às tão criticadas torcidas organizadas.

As confusões são, às vezes, incentivadas também por dirigentes de

clubes, por jogadores e até por órgãos tendenciosos de imprensa. Certo

é que nessa confusão da final da Libertadores um torcedor comum está

sendo acusado de ter iniciado a briga a que boa parte dos jogadores

deu prosseguimento.

Como quer que seja, é preciso haver punições severas para todos os envolvidos,

de acordo com o grau de participação desses indivíduos. Pegar só um

pobre coitado feito bode expiatório para livrar a cara de outros mais

famosos, como parece ter sido feito depois da batalha campal de 1995

no mesmo estádio, além de ser injustiça, é maldosa palhaçada.

 

 

 

Vanderlei de Lima contatosvanderlei@gmail.com

Amparo

 

 

 

_______________________

 

 

 

 

 

BRASILEIRÃO

 

 

 

 

Joel fez muito sucesso no Rio de Janeiro em campeonatos estaduais, vejo que ele talvez tenha sucesso no Campeonato Mineiro, por ser ainda mais fraco que o do Rio. Agora, no Brasileirão, só se ele mudar o seu jeitão malandro, pois hoje para ser campeão brasileiro precisará de muita competência profissional, e isso é difícil para um técnico que só usa as manhas cariocas como ponto forte em treinamentos e preleções. Desejo boa sorte a ele, mas só sorte não resolve.

 

 

 

Marco Antonio Fernandes maf.radar@terra.com.br

General Salgado

 

_______________________

 

 

 

BANANAS

 

 

 

 

O jogador de futebol Roberto Carlos recebeu uma

banana em campo, por estes dias, na Rússia. Há tempos, numa

Copa do Mundo, mandou uma sonora banana ao Brasil

todo, amarrando as sapatilhas num lance ultraperigoso, em que deveria estar a postos e em total

posição de defesa. Todos continuaram a vida e o trabalho!

 

Mauricio Villela mauricio@dialdata.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.