Cartas - 6/08/2011

BOLSAS

, O Estado de S.Paulo

06 Agosto 2011 | 00h00

Quinta-feira negra

O cenário mundial e o endividamento americano refletiram negativamente nos mercados internacionais. O presidente Barack Obama, ao completar 50 anos, e em meio a crise sem precedentes, quase fez a nossa Bolsa derreter ao limite dos 50 mil pontos, não há explicação lógica ou racional para tanto descalabro. Quais seriam os envolvimentos dessa débâcle poucos sabem, mas uma coisa é absolutamente certa e verdadeira: estamos vivendo uma era de incerteza e o prognóstico sombrio da desaceleração do crescimento, isoladamente, não teria o poder de contaminar todos os mercados e os Brics. Que o Brasil, em particular, abra os olhos, pois as nossas reservas, inferiores a US$ 400 bilhões, não poderão desafiar os estertores de uma nova grande depressão. Nuvens negras rondam o capitalismo e, de uma vez por todas, deu sinais de enfraquecimento a globalização, cuja assimetria pede revisão do modelo e urgente intervenção dos bancos centrais mundiais para que o colapso não bata à porta das nações desenvolvidas e, principalmente, das emergentes. Quinta-feira negra que merece ser uma página virada da história dos mercados financeiros mundiais.

CARLOS HENRIQUE ABRÃO

abraoc@uol.com.br

São Paulo

__________________________________

GOVERNO DILMA

Troca de ministros

Saiu mais um ministro, Nelson Jobim. Celso Amorim foi convocado para assumir a pasta da Defesa. Um grande erro da presidente Dilma. Celso Amorim foi ministro das Relações Exteriores e seu desempenho nessa pasta deixou muito a desejar, pois foi muito político no seu trabalho, sem nenhum resultado satisfatório para o Brasil. Com sua tendência para ditador do mundo, talvez Lula se tivesse contentado com o trabalho do seu Zé Piriquito, como carinhosamente o chamava. É necessário salientar ao novo ministro que existe uma grande diferença entre as duas pastas, para que ele não se confunda. Nelson Jobim conseguiu unir as Forças Armadas, para o bem da Nação, e esperamos que Amorim não provoque dissidências nas Três Armas, para o bem de todos nós, pois não vemos nessa figura nenhuma capacidade para exercer essa função para a qual foi designado.

CARLOS E. BARROS RODRIGUES

carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

__________________________________

Fraquinho...

A presidente Dilma disparou um tiro, porém atingiu seus dois pés ao nomear Celso Amorim para a Defesa. Vamos ver quanto tempo a presidente vai suportar o estilo subserviente (e ineficiente) de Amorim. Como diria Nelson Jobim, esse é bem fraquinho.

DAVID BATISTA DO NASCIMENTO

davidbatistadonascimento@hotmail.com

Itapetininga

__________________________________

Amorim na Defesa

Depois das suas atitudes como ministro das Relações Exteriores, o que resta esperar do sr. Celso Luiz Nunes Amorim na sua passagem pelo Ministério da Defesa?

PAULO NATALE PENATTI

paulopenatti@uol.com.br

Ibiúna

__________________________________

Desesperante!

A sola do coturno comandará o capacete das nossas gloriosas Forças militares.

KLAUS REIDER

vemakla@hotmail.com

Guarujá

__________________________________

De deselegância

O ex-presidente Lulla, nosso grande professor de etiqueta, considerou deselegante Nelson Jobim comentar sobre colegas de Ministério. Até quando a mídia dará notícias de um cidadão que no seu governo não fez outra coisa senão ser "deselegante" com todas as instituições democráticas do nosso país?

EDUARDO BIRAL

elbiral@ig.com.br

São Paulo

__________________________________

Dilma, na troca de ministro da Defesa, para alegria de seu antecessor: "Décadence avec élégance".

FREDERICO R. HRDLICKA

frh@techmaster.ind.br

Cotia

__________________________________

Estranho no ninho

Ainda há brasileiro que acredita em conto da carochinha. Quando um empregado não se sente bem numa empresa, começa a procurar cabelo em ovo. E não conseguindo tal intento, quebra os ovos. Aí o patrão, sem mais condições técnicas e políticas para mantê-lo no posto, demite-o. É o caso do ex-ministro Jobim: chutou o pau da barraca e ficou desprotegido das benesses do cargo. Mas, na realidade, ele estava desde o princípio fora do esquema petista de governabilidade, um estranho no ninho. Pelo dito não dito, fez uma reflexão da sua vida política e pessoal, abriu a boca e traduziu ali as suas vocações reais.

ALOISIO ARRUDA DE LUCCA

aloisiodelucca@yahoo.com.br

Limeira

__________________________________

Curriculum vitae

Jobim defendia o País com patriotismo, Amorim defendeu a "democracia" do Irã, da Venezuela e da Bolívia - quando justificou a invasão da Petrobrás por Evo Morales como ato de soberania daquele país. Atrás dessa escolha há nitidamente as digitais de Marco Aurélio top-top Garcia e Lula, já reunindo o velho time para 2014. Lula, como sempre, antecipando-se. Mais prejuízos à vista. Aguardem.

PETER CAZALE

pcazale@uol.com.br

São Paulo

__________________________________

"TUTTY HUMOR"

Dia do Orgulho Hetero

Sou leitor assíduo desse jornal, que aprendi a admirar e respeitar desde a minha juventude, sobretudo pela sobriedade, elegância e lucidez na cobertura dos assuntos de interesse público. Em geral, a coluna de Tutty Vasques é uma brisa diária de bom humor em meio à aridez natural do noticiário - afinal, o que é notícia nem sempre nos deixa alegres. Por isso fiquei surpreso com a agressividade do famoso humorista ao falar do projeto de lei que cria o Dia do Orgulho Hétero, que procuro discutir em alto nível e apresentei para levantar a discussão sobre os privilégios e os excessos praticados pelos gays. Respeito a figura humana do gay e, ainda que o jornalista que assina sob o pseudônimo de Tutty Vasques considere que tenho ideia de jerico, sou um ser humano e é como tal que raciocino. Todos têm o direito de discordar do que penso e expresso, mas bom seria se não faltassem a ninguém respeito e compostura no debate, que deve manter-se sempre em nível elevado.

CARLOS APOLINARIO, vereador

apolinariosp@gmail.com

São Paulo

__________________________________

"No governo do PT

quem fala a verdade merece castigo"

MARIA REGINA ALVES BARBOSA / SÃO PAULO, SOBRE A DEMISSÃO DE NELSON JOBIM

mre_barbosa@hotmail.com

"No devido tempo Lulla mandará Dilma "não querer" ser candidata"

ALVARO SALVI / SANTO ANDRÉ, SOBRE A ELEIÇÃO DE 2014

alvarosalvi@hotmail.com

__________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.785

TEMA DO DIA

Prefeitura do Rio vai monitorar bueiros Empresa contratada inspecionará 10 mil por mês. Explosões na cidade motivaram a medida

"Será que, em vez de monitorar os bueiros, não seria melhor refazer ou melhorar as instalações elétricas?"

ADRIANA CORASSA RODRIGUES

"Surgiu então uma nova profissão no Rio? Fiscal de Bueiro. Aonde chegamos."

ANGELA PUGLIESE GARCIA

"Medida correta que deveria ser desnecessária. A fiscalização tem de ser da concessionária."

ANDRÉ RAJA

__________________________________

 

 

 

 

 

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

CHAPOLIM

 

 

 

 

 

 

"Lulla" escalou Celso Amorim na Defesa. E agora, quem poderá nos defender?

 

 

 

 

A.Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AMORIM NA DEFESA

 

 

 

 

 

 

A escolha de Celso Amorim para o Ministério da Defesa foi uma

das piores escolhas que a presidente Dilma Rousseff poderia ter

feito,pois o outrora ministro da relações Exteriores de Lula,serviu

mais como boneco de ventríloquo, do que Chanceler,pois somente

falava o que Lula pedia.Foi assim com o caso do rã,Cuba, Battisti

e outros tantos que jamais falou o que deveria falar. Esse ministro

será mais um aloprado colocado por Lula no governo Dilma, ou

será que esta virando desgoverno, pois temos a Barbie na Casa

Civil, a outra aloprada na Relações Institucionais, sem falar no

pseudo ministro Passos no Transportes.

 

 

 

 

 

 

 

Walter Francisco Barros walterfbarros@yahoo.com.br

Araçatuba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EFEITO DOMINÓ

 

 

 

 

O ministro Jobim caiu, mais um, como peça de um efeito dominó.

Tudo tem seus motivos porque se um membro de uma equipe não

concorda com seus colegas o melhor mesmo é sair, afinal para

mandar nos outros é preciso ter um mandato popular, isto só a

mulher que tem, se o ministro votou no outro não deveria falar,

porque as verdades ocultas não são mentiras. No caso da senadora

Hoffmann não conhecer Brasília não tem nada a ver com seu

mandato porque ela está na capital Federal para ser uma ministra

e não uma taxista, também a articuladora política ser fraquinha

não quer dizer nada, afinal a presidenta precisa de alguém que

faça articulação e não quebre as articulações das pessoas. Mas

disto tudo ficou bem claro que o ministro Jobim começou a ser

cortado mesmo quando disse que foi Serra, pois ali começou

a sentir o cheiro da fritura. Ex ministro sejamos sinceros que

fritura e mulher é um ótimo prato de saída. Em homenagem ao

grande Tom Jobim vai aí uma musiquinha "Olha que coisa mais

linda, mais cheia de graça, é mais um ministro que passa no doce

balanço do planalto central".

 

 

 

 

 

Manoel José Rodrigues manoel.poeta@hotmail.com

Alvorada do Sul (PR)

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

INTERESSE NACIONAL

 

 

 

 

 

 

Sem querer rimar, mas trocar Jobim pelo Amorim, quem perde

e o Brasil e todos os brasileiros. Jobim, prócer do partido

fisiologista-mor-aliado, sem qualquer escrúpulo, quando se trata

de saquear o butim da viúva (leia-se cofres públicos), ao menos

exibia a dignidade da franqueza de caráter, franco e objetivo.

Pelo menos isso que deixava transparecer. O tempo será o juiz

dessa assertiva. Mas, de toda forma um patriota, que seguindo sua

ótica buscou o melhor para o Brasil. Amorim, tíbio pela busca

de espaço político. Medíocre, na busca dos holofotes. Brasileiro

sem convicção. Embaixador sem pátria, já que nunca defendeu

os interesses do Brasil e dos brasileiros. Defendeu, no exterior,

todas as nações agonizantes do tempero das ditaduras comunistas,

fascistas e ideologicamente superadas pela globalização. Mas,

de toda forma um idiota. D. Dilma, que ameaçou sair do lamaçal

político-ideológico vesgo da era Lula, caiu de cabeça na política

retrograda socio-lulista (dívida os bens dos outros, enquanto os

meus e de meus apaniguados serão poupados). D. Dilma, nunca

se esqueça do ditado popular: povo unido jamais será vencido.

Palavras de um cidadão. Acorda, Brasil!

 

 

 

 

Carlos Benedito Pereira da Silva advcpereira@ig.com.br

Rio Claro

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

JOBIM E A CHINA

 

 

 

 

 

 

O episódio de Jobim e a nova política industrial de Dilma

mostraram a incongruência que existe no próprio governo.

Primeiro um ministro que não votou em Dilma aceita o seu

convite para permanecer na Defesa, depois o governo lança um

plano para dificultar a importação chinesa e beneficiar o setor

têxtil, mas o próprio governo compra farda da China. Ao invés

do ministro Jobim criticar suas colegas de trabalho deveria ter-se

preocupado mais com o seu ministério.

 

 

 

 

 

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CHUMBO GROSSO

 

 

 

 

Como ex-ministro da Defesa vinha provocando e atirando

para todos os lados, agora não seria motivo para demiti-lo, por

ele ter opinado sobre as "poderosas" Ideli e Gleisi, militantes

fervorosas do PT, além de terem costas quentes no partido, mas

foi o momento apropriado para dar o bilhete azul para Jobim.

Sai Jobim e entra Amorim, e Dilma como sempre não escolheu,

apenas disse sim à quem governa por baixos dos panos, seu

criador. Pelas repercussões da escolha do ex-chanceler Amorim,

alguns comandantes militares criticaram a indicação do seu

nome porque não consideram um diplomata, pessoa talhahda

para comandar o Ministério da Defesa. Não podemos esquecer

da atuação de Celso Amorim, frente ao Ministério das Relações

Exteriores, durante o governo de Lula. O Brasil ficou mal visto

perante muitos países e na ONU diante de votações desastrosas

que o nosso tomou. Correspondente da rádio CBN, em Brasília,

Roseann Kenedy disse que os comentários feito nos meios

militares hoje, eram desfavoráveis sobre essa escolha, e de forma

jocosa diziam que Dilma poderia ter escolhido um líder do MST

para o lugar de Jobim. O clima é dos piores e pelo visto vem

chumbo grosso por aí.

 

 

 

 

Agnes Eckermann agneseck@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

LA NAVE VA

 

 

 

 

 

 

A saída de cena de um político lembra muito a atitude de roedores

que intuem que o barco está "fazendo água"...

 

 

 

 

 

Carlos Jose Benatti cjbenatti@globo.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

VERDADE E MENTIRA

 

 

 

 

 

 

 

Minha mãe ensinou, fale sempre a verdade, quem fala a verdade

não merece castigo. Acho que a mãe do agora ex-ministro Nelson

Jobim também, mas esqueceu de dizer que, a menos que esteja

a serviço de algum partido político onde roubar pode, dizer a

verdade jamais, nem sob tortura.

 

 

 

 

 

 

Heloisa A. Martinez heloisa_martinez@hotmail.com

Mogi das Cruzes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

SALVATTI

 

 

 

 

E o que disse a especialista em piscicultura, dona Ideli Salvatti? O

peixe morre pela boca.

 

 

 

 

André C. Frohnknecht anchar.fro@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

ATACANTE

 

 

 

 

 

 

 

Ministério da Defesa não comporta atacante.

 

 

 

 

 

 

 

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

O ASSESSOR

 

 

 

 

 

Genoino também deveria sair da Defesa.

 

 

 

 

 

 

 

 

Alvaro Salvi alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘A DEFESA NO SENTIMENTO NACIONAL’

 

 

 

 

 

 

 

 

O almirante Mario Cesar Flores (2/8, A2) ataca,com raro

brilhantismo,um tema que lamentavelmente está às margens da

discussão político-social brasileira. A falta de interesse pelo

assunto realmente decorre dos quatro pontos por ele

elencados,quais sejam o preconceito gerado pelas interveniências

militares na vida nacional ,a falta de espaço no sistema militar

para a cultura clientelista e patrimonialista,o fato de a defesa

nacional não gerar votos e a ausência de ameaça clássica em que

o Brasil tivesse papel protagônico ou ao menos significativo. Sem

negligenciar os demais,o último nos parece ser aquele que mais

pode gerar preocupações,pois, até onde se saiba, não temos um

programa de defesa imediata com alto poder de resposta,ou ao

menos não temos forças armadas prontas e demonstradas ao povo

serem capazes de alto poder de dissuasão. Cremos não ser

possível a construção desta capacidade militar sem que seja

promovida uma reforma que modernize o padrão de

governabilidade do país, iniciando-se pela distinção entre Estado

e governo. O Estado deve ter seu quadro fixo de funcionários que

desenvolvam um planejamento e projetos independentemente de

partidos ou pessoas que estejam à frente do governo. O governo

pode mudar; o Estado não. As orientações políticas das ações

cabem ao governo que em certo momento esteja no poder e ao

Estado cabe desenvolver suas ações,sem que a tecnicidade seja

prejudicada pela colocação de políticos incapazes para a gestão

destes interesses de Estado. O compadrismo partidário,a troca de

vantagens ,está levando o Brasil a esquecer-se de pontos

importantíssimos de seu interesse imediato,sendo um deles a

Defesa Nacional. É bom que se preste bem a atenção

nisto,pois,num futuro não muito distante estaremos exposto à

cobiça internacional,especialmente agora que oferecemos uma

resposta de competência econômica e de realizações ao mundo,se

verdadeiras mesmo,isto é outro caso. Estaríamos falando num

moderno sistema parlamentarista, tema que saiu da pauta das

discussões nacionais?

 

 

 

 

 

 

 

 

Roberto Cursino Benitez benitez.gimenez@hotmail.com

São José dos Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

DESABAFO

 

 

 

 

 

 

 

Além de concordar com o almirante Maria C. Flores, gostaria de

complementar seu texto. a) As Forças Armadas são de longe as

elites mais bem preparadas em qualquer nação em que existam. O

que causa estranheza é que suas lideranças se apresentem como

meros "lambe-botas" dos respectivos regimes políticos,

principalmente ditatoriais, e que se tornem meros "elefantes" que

se soubessem a força que têm, não se submeteriam a serem meras

ferramentas de imoralidades, sejam lá quais forem. Qualquer

sociedade ou é democracia ou é ditadura se as respectivas Forças

Armadas o permitirem, incompreensível que não se

compreendam isso. c) As melhores elites serem mais

desprestigiadas, como é o caso brasileiro dos militares, é mera

consequência do elefante se submeter a ser burro de carga para

aquilo que o domador queira. d) As Forças Armadas até pelo seu

aparato de necessidades e disciplina teriam que andar na frente da

respectiva sociedade como sistema de ensino, de

desenvolvimento científico e tecnológico, de moral e ética, etc.

etc., e ficam para trás quando se tornam meros lambe-botas de

regimes imorais e antiéticos, e não raro se tornam "ferramentas de

destruição do próprio povo", ao invés de ferramentas de

segurança. Os exemplos pululam no Brasil e pelo mundo afora. e)

E quando chegam ao poder, transformam disciplina em

submissão, e se tornam outras ditaduras como aquelas próprias a

que se submetem, exatamente como no feudalismo da Idade

Média pudesse apresentar coisa mais moral tendo como

chefe "supremo e divino", um Papa que se acredita infalível,

mesmo na montanha de besteiras. Ser chefe não significa ser

dono, mas apenas ser responsável, isso está nos princípios de

qualquer sistema administrativo. A salvação de uma nação

começa pela clarividência intelectual, moral e ética de suas

Forças Armadas, e também se perde através das mesmas.

Pessoalmente, a saída para um Brasil como sociedade

democrática, pouco importa a forma de governo, são a elites das

forças de fato entenderem a força que têm, como elites

preparadas para serem morais e ética, antes mesmo de serem

armadas e intelectualmente melhor preparadas. A ditadura

socialista-coronelista da const. de 88 tornou nossas forças

armadas elefantes burros de cargas de uma elite imoral, anti-ética

e além de tudo, burra. Como adesguiano da Esscola Superior de

Guerra (ESG) às vezes fico pensando onde vai parar os princípios

de alto coturno moral e ético que de fato foi ministrado a todas as

elites que galgam postos de alto comando nas Forças Armadas.

Ou será que ainda estamos na velha mentira do cacique e do pajé,

do "faça o que eu digo e não faça o que eu faço", que é

simplesmente mentir para governar. Claro que se trata de um

desabafo, e não se pode simplesmente generalizar, mas a questão

são os fatos até mesmo histórico, e é isso que se ressalta.

 

 

 

 

 

 

 

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALEGRIA DE POBRE

 

 

 

 

 

 

 

Alegria de pobre e do pobre cidadão contribuinte brasileiro dura

pouco. Quem acreditou que a faxina era para valer pode tirar seu

cavalo da chuva. A própria presidente encarregou-se de jogar uma

pá de cal na CPI do Ministério dos Transportes, solicitada pela

oposição. Sem comentários.

 

 

 

 

 

 

 

Tereza Sayeg tereza.sayeg@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

27X27

 

 

 

 

 

 

 

Com muito trabalho a oposição conseguiu 27 assinaturas para

abrir a CPI do Ministério dos Transportes, do qual até agora

foram demitidos 27 pessoas da alta administração. Como

num passe de mágica o presidente do Senado, pouco antes da

aprovação do pedido, conseguiu tirar dois nomes e assim, o

senador Alvaro Dias terá que travar outra batalha para conseguir

novamente o número mágico de 27 assinaturas. A pergunta que

nos ocorre é: Se a presidente achou motivo para demitir esse

pessoal, qual o motivo para impedir que eles se manifestem no

Senado ? Quem não deve não teme. E, se Sarney não quer ouvi-

 

los é porque suspeita que outros poderão estar envolvidos nos

escândalos, pertencentes também à base aliada. Ou a presidente

demitiu inocentes. A nossa decantada democracia, cujo nome

adequado é "espertocracia" exige transparência, porque trata-

se de dinheiro público malbaratado, desviado para os bolsos dos

corruptos, em cumprimento do PAC-Programa de Aceleração

da Corrupção, como foi muito bem definido pelo Estadão no

editorial de 30/07/2011.

 

 

 

 

 

 

 

 

Francisco Samuel Fiorese samucafiorese1@yahoo.com.br

Campinas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

LADRÕES

 

 

 

 

 

 

 

 

Engraçado, não? De repente "todo mundo" é ladrão. Só

perceberam agora. Estranho, muito estranho!

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

PARA QUE CPI?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem não quer que os ilícitos apareçam e sejam investigados?

Só pode ser quem está "atolado" até o pescoço de ilicitudes. O

mui ilustre, digno, probo e imortal tetrapresidente do senado,

derrubou o requerimento que pedia a instauração e instalação

da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos transportes.

Será que nós os eleitores que somos os culpados por não haver

oposição e termos nas presidências do senado e câmara, políticos

que só fazem "politicalha", pouco importando o país e os seus

conterrâneos? Este é o Brasil, por pouco tempo, prá que CPI?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

M. Teresa Amaral mteresa0409@estadao.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

VERGONHA NA CARA

 

 

 

 

 

 

 

Retiro o elogio feito a dona Dilma... vejo que a faxina, na

verdade não existiu... o que foi feito foi colocar as cacas em

baixo do tapete. A presidente liderar para abafar a CPI junto com

o "Zé Sarna" é muito para a minha cabeça. O que falta é nós

brasileiros (onde também me incluo) tomar vergonha na cara e

fazer um movimento de Caras Pintadas total para acabar com esta

corrupção generalizada em Brasília e no Brasil?

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Roberto Gomes Fernandes crgfernandes@uol.com.br

Ourinhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

SACRIFÍCIO

 

 

 

 

 

 

 

 

A formação de um governo depois de um processo eleitoral,

desde o município até o governo federal, passa pela negociação

de cargos em Secretarias e Ministérios principalmente. O que em

algumas situações pode levar a constatação de irregularidades

como as que motivaram recentemente a demissão de um ministro

e de dezenas de seus assessores. E a tendência é sacrificar a

presidente, como se ela fosse a única culpada sobre o mau

procedimento desses auxiliares de seu governo. A oposição, por

sua vez, que já deveria ter feito a fiscalização necessária, agora

fica buscando espaço, para aparecer na mídia. Por que CPI? Por

que não acompanhamento das investigações e levantamento das

acusações para a punição de quem efetivamente desviou verbas

públicas? E mais, por que apenas organismos governamentais? A

classe empresarial que participou dos contratos também tem de se

explicar, o que ainda não aconteceu...

 

 

 

 

 

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RECLAMAR DE QUÊ?

 

 

 

 

 

 

 

 

A cada dia que passa, mais me convenço de que este que vemos

é o Brasil real. Encontramos, finalmente, a nossa vocação.

Desde a proclamação da República, tentamos ser o que nunca

fomos, imitar outros países, em termos éticos e morais. Perda

de tempo! Somos e sempre fomos, na verdade, o que vemos

hoje :malandros, corruptos, lenientes, "espertos". Até mesmo

louvamos, outrora, estas "qualidades", nas figuras do "malandro

carioca" e da famosa "lei de Gerson". Não por acaso, os que

elegemos para nos representar são experts na matéria. Reclamar

ou sair ás ruas para quê?

 

 

 

 

 

 

 

 

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

ESTRATÉGIA DE MARKETING

 

 

 

 

 

 

 

Deixa eu ver se entendi direito. Enquanto a presidente Dillma

se posta como "a faxineira da corrupção", a tropa de choque

caminha por trás impedindo abertura de CPIS? Depois que o

segundo senador retirou sua assinatura para a CPI da Corrupção

encabeçada pela oposição fica evidente que essa pecha

de "faxineira" dada a presidente Dillma não passa de estratégia de

marqueteiro. Ela é a continuidade do governo anterior e faz parte

da herança maldita em que a corrupção rolou "como nunca antes

nesse país"! Bom não nos esquecermos disso.

 

 

 

 

 

 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUALQUER UM NÃO ENTENDE NADA

 

 

 

 

 

 

 

Tendo dado ouvidos às denúncias feitas pela imprensa (Veja,

Estadão) a presidente Dilma demitiu muitos dos protagonistas

das falcatruas havidas no Ministério dos Transportes. O que está

faltando é que a PF faça a sua parte, fazendo as investigações

e punindo os culpados de corrupção. Novas denúncias, novo

escândalo. Desta vez envolvendo o Ministério da Agricultura,

feudo do PMDB. Após relato de Veja sobre malfeitos na pasta

o irmão do lider do governo Romero Jucá foi exonerado. Saiu

atirando para muitos lados, fazendo inúmeras outras denúncias,

inclusive algumas envolvendo o ministro Rossi. Aparentando

estar cansada de promover mudanças e limpeza nos ministérios

Dilma resolveu mudar de assunto e nada cobrou de Romero

Jucá e nem do seu ministro nenhuma explicação. Este descartou

haver corrupção na sua pasta mesmo depois de Jucá (irmão) ter

declarado que no Ministério da Agricultura "só tem bandido".

Sendo Jucá lider do governo no Senado e do mesmo partido

(PMDB) do ministro Rossi e do vice-presidente, seu irmão estava

na cota do partido. Este, exonerado, sai acusando seu chefe, nada

menos que o ministro, de ter lhe oferecido propina ao mesmo

tempo que seu irmão, Romero, telefona e diz impropérios para

o vice-presidente. E o ministro nem pensa em processar o Jucá

irmão pela denúncia de corrupção. Em reunião com Dilma Jucá, o

líder do governo, pediu-lhe desculpas. Para quem não tem prática

na política brasiliense o que quer tudo isso dizer?

 

 

 

 

 

 

 

Maria Tereza Murray terezamurray@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NO VENTILADOR

 

 

 

 

 

 

E não é que o ''Irmão Tagarela" Jucazinho jogou tudo no

Ventilador!

 

 

 

 

 

 

 

 

Mara Fonseca Chiarelli mara.chiarelli@ig.com.br

Mogi Guaçu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

CORRUPÇÃO

 

 

 

 

 

 

Conforme já era esperado, a mídia agora começou a noticiar

escândalos e corrupção no Ministério da Agricultura, o qual é

comandado pelo PMDB e PTB. E aí Dona Dillma, será que a

faxina vai continuar ou com esses partidos aliados não se mexe?

Que herança maldita a senhora herdou e que país quebrado vamos

nós brasileiros herdar após o "des"governo do PT.

 

 

 

 

 

 

 

 

Maria Carmen Del

carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

FAXINA COSMÉTICA

 

 

 

 

 

 

 

 

Embora tardia é muito boa a faxina, realizada no Ministério dos

transportes, mas infelizmente é só na extremidade da ponta do

Iceberg. A coisa vem de longe desde a gestão Erundina com

o vice Greenhalgh. Depois das situações de Santo André e

Campinas com as mortes suspeita de seus prefeitos em situações

que apontam para existência de corrupção. Continuando no

mensalão e os desvios da dupla "nunca ninguém viu" Delúbio

e Marcos Valério e os quarenta indiciados, que exceto Silvio

Land Rover, continuam circulando por Brasília e na direção do

Bel Tunes PT. No próprio Ministério dos Transportes a coisa já é antiga

com a mesma equipe agora expurgada, e por fim demonizada

como se o PR, fosse mais corrupto do que o PMDB de Sarney ou

o próprio PT de Dirceu, Palocci, Erenice ou agora com o casal

19,99 (Gleise e Bernardo) e suas relações mais que suspeitas com

a lobista do DENIT e seus clientes e contribuintes de campanha.

 

 

 

 

 

 

Márcio M. Carvalho mmcoak@hotmail.com

Bauru

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALFREDO NASCIMENTO SE EXPLICA

 

 

 

 

 

Lixo é o nascimento de mais um foco imoral de corrupção,

onde o transporte de dinheiro público vai parar nas mãos sujas e

obscenas de políticos corruptos. Lixo é o presidente do Senado e

a presidente do País enterrarem a CPI dos Transportes, jogando a

sujeira para baixo da ponte que, em vez de ser inaugurada, deveria

ser usada para atirarem suas biografias - se é assim que podem ser

Chamadas.

 

 

 

 

 

 

 

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

DNIT ESVAZIADO

 

 

 

 

 

 

 

O último há sair do Departamento Nacional de Infraestrutura dos

Transportes (DNIT), por favor, apague as luzes. Obs: É só para

apagar as luzes. As lâmpadas, tomadas e principalmente a fiação

elétrica, bondade deixar onde está...!

 

 

 

 

 

 

 

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JOSÉ DIRCEU

 

 

 

 

 

 

 

 

Com um cinismo indecente, José Dirceu, num seminário do PT

em São Paulo (31/7), teve o desplante de afirmar que, ao abordar

o conformismo manso do PR e PMDB: "Até porque não é porque

eu fui afastado do governo que Lula estava contra mim e o PT

estava contra mim". Ora bolas, senhor José Dirceu, como se

todos nós não soubéssemos que essa sua saída estratégica, foi

decisão unicamente sua, e muito malandramente engendrada, por

Sinal.

 

 

 

 

 

 

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CINISMO É O SEU NOME

 

 

 

 

 

 

 

O egocentrismo de certos políticos ofende o bom senso. Lula se

atribui a onipotência, pois tudo fez, faz e só ele é capaz de fazer.

Já Zé Dirceu, indiciado como chefe de quadrilha pelo procurador

geral da república, agora diz que o loteamento de cargos, que ele

idealizou e patrocinou, deve ser reduzido. Para afagar os "aliados"

tem a petulância de dizer: "Até porque não é porque eu fui

afastado do governo que o Lula estava contra mim e o PT estava

contra mim".

 

 

 

 

 

 

 

 

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PAC DA SEGURANÇA

 

 

 

 

 

 

 

O Pronasci, apelidado de PAC da Segurança criado pelo ex-

ministro da Justiça, Tarso Genro em 2007 é alvo de denúncias

pelo TCU. De acordo com os auditores o programa é vulnerável,

não tem critérios e infringe a norma legal. Nesse imbróglio está

a ONG Saber Soluções Criativas em Políticas Públicas que é

ligada ao PT no DF. O Pronasci não cumpre metas, tem falhas

de fiscalização e faz uso irregular do dinheiro público. Esses

pequenos detalhes são suficientes para que a presidente Dilma

faça uma faxina no ministério responsável pelo Programa. Pobre

Brasil, é um verdadeiro queijo suíço, onde há dinheiro público,

há corrupção. Será que não é possível encontrar pessoas que

sejam éticas, que tenham caráter e vontade de fazer desse país

uma grande nação? Até quando vamos aturar que falhas dessa

natureza ocorram com o dinheiro público?

 

 

 

 

 

 

 

 

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

'O CNJ E A IMPUNIDADE DOS JUÍZES'

 

 

 

 

 

Felizmente, há luz no fim do túnel. A exemplo dos pareceres de

TCUs, que sempre inocentavam práticas escusas de governadores

e prefeitos, onde estes se protegiam nestes pareceres, dizendo

não terem praticado atos de malversação do erário, chegou a vez,

agora, dos magistrados. Esfera de poder que a sociedade não pode

prescindir, mas, a contar com ideia da classe, dizendo se tratar de

tema para o legislativo deliberar - esperam se proteger no 'guarda-

chuva' dele -, a sociedade precisa estar atentíssima, a fim de que

nenhuma classe predomine sobre ela.

 

 

 

 

 

 

Roberto de Freitas rbtfreitas@ig.com.br

São Caetano do Sul

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

STF INCONSTITUCIONAL

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"A lei dos juízes", de Demétrio Magnoli (4/8, A2) é uma

obra prima de argumentação contra as leis racistas no Brasil.

Seu livro "Uma gota de sangue" já é tão importante para a

sociologia brasileira no século XXI como "Casa grande e

senzala" de Gilberto Freire o foi no século XX. Espero que os

doutos ministros do STF leiam com muita atenção os sábios

ensinamentos do Prof. Magnoli, não só em defesa dos princípios

de igualdade que constam em nossa constituição, como também

para que a distorção racista das cotas em universidades brasileiras

possa ter fim. As cotas são prejudiciais não só para as instituições

como também para a própria dignidade humana, já que as

dimensões de nossa existência são muito mais ricas e complexas

que qualquer rótulo tanto forjado quanto redutivo de raça.

 

 

 

 

 

 

 

Rubens R. Ricciardi, professor titular da FFCLRP-USP

rrrr@usp.br

Ribeirão Preto

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PERPLEXIDADE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Causou-me certa perplexidade o texto assinado pelo Dr. Demétrio

Magnoli. Talvez falha de minha capacidade de compreensão. O

articulista aponta o "apartheid" na África do Sul como o bom

exemplo de multiculturalismo. Mas lembrei de Nelson Mandela,

e do que amigos que estiveram em viagem pela África do Sul

viram e contaram. O que mais me impressionou foi saber que

os "africâners" ainda dominam a economia, de sorte que os negros

ainda se submetem aos patrões brancos. Quanto ao princípio da

igualdade, é antiga a lição ministrada nas faculdades de Direito

segundo a qual, para a aplicação do princípio da igualdade, é

necessário tratar desigualmente os desiguais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ana Lúcia Amaral, procuradora regional da República aposentada

anamaral@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DISPUTA EM SÃO PAULO

 

 

 

 

 

 

 

 

A ganância do PT é algo que não se pode deixar de notar!

Agora, via o ex-presidente, aquele que deixou uma herança mais

que maldita para sua sucessora, quer porque quer emplacar o

senhor Fernando Haddad na prefeitura de São Paulo! Alto lá,

ex-presidentes e "cumpanheiros", aqui, na maior metrópole da

América Latina, um sonoro não! Esse ministro, que nunca deveria

ter sido Ministro da Educação, só o que fez foram trapalhadas

com o ENEM (temo o que está por vir esse ano), aceitou

que livros contivessem "os pega o peixe" da dita linguagem

popular, a publicação de livros de matemática, onde apenas em

seu "mundinho", 10 - 7 = 4, livros estes distribuídos para 300

mil alunos, a custo de R$14 milhões e tiveram de ser recolhidos,

enfim, lambança após lambança! As desculpas....nem "joão sem

braço" daria, de tão ruins! Para o livro de matemática disse que os

300 mil livros distribuídos siginificavam apena 1% da população

de estudantes. Ora, isso é um absurdo! Um senhor que não

consegue ter uma equipe competente, que não consegue gerí-la,

quer ser gestor de uma mega metrópole como São Paulo? De jeito

algum! Haddad, nunca!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lígia Bittencourt ligialbc@uol.com.br

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

MISTÉRIO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O que será que aconteceu no relacionamento que tudo indica

possa estar estremecido entre Lula e Marta Suplicy, que fez

com que ele esteja apoiando desta maneira veemente Fernando

Haddad para sair como candidato à prefeitura de São Paulo pelo

PT. Quando também há interesse total dela em candidatar-se. No

mínimo é um grande mistério, né?

 

 

 

 

 

 

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MALUF?

 

 

 

 

 

 

 

A respeito da reportagem do Estadão que mostra que Paulo

Maluf tem cotas de participação de um prédio que é alugado para

o governo federal, gostaria de registrar que não há ilegalidade

alguma, pois como diz a reportagem foi firmado o contrato

antes da diplomação de Paulo Maluf. Outro aspecto que deve

ser considerado pelo TCU é se deve se rasgar um contrato legal

depois de firmado só por que um de seus sócios virou deputado?

O TCU na minha visão se equivoca em fazer julgamentos que me

parecem políticos em véspera de ano eleitoral.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Alberto H. Haddad albertohadda11@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GALINHAS GORDAS

 

 

 

 

 

 

 

 

O Maluf disse que está pensando em candidatar-se a prefeito nas

próximas eleições. Também pudera, depois de ver o desenrolar

desses quase nove anos, ele deve estar se sentindo um mero pinto

nesse enorme galinheiro, onde galinhas cada vez mais gordas

devoram as minhocas das verbas, sem que o dono do galinheiro

tome conhecimento (o dono anterior até estimulava essa engorda).

 

 

 

 

 

 

 

 

Nestor Rodrigues Pereira Filho rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VEREADORES E SALÁRIOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resido na região de Presidente Prudente. Vejo, com grande

indignação o caso de aumento do número de vereadores bem

como aumento dos salários, divulgado na imprensa local de R$

4.000,00 para R$ 10.000,00. A esperança é que população está

se manifestando através de abaixo-assinado, até a presidente

da câmara de Pres. Prudente alegou ser contra tais aumentos,

conforme reportagem de 30/7/2011 - TV Fronteira, afiliada da

Rede Globo. Sugiro, nesse veículo de grande prestígio: efetuar

pesquisa nos municípios paulistas e divulgar o que a população

entrevistada acha; mostrar como é feita representação do poder

legislativo municipal em países desenvolvidos; apresentar

proposta para que em municípios com até 100.000 habitantes os

vereadores sejam eleitos e representem instituições do município:

associações religiosas, comerciais, educacionais, sindicatos,

moradores e seus vencimentos sejam pagos por essas entidades,

não pelo contribuinte. Em municípios com população acima de

100.000 habitantes, os vereadores sejam indicados, primeiramente

por entidades reconhecidas nos municípios para depois concorrer

às eleições, terem seus vencimentos custeados pelo contribuinte,

mas limitado ao teto de R$ 5.000,00.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Tadeu Maioli maioli@icenet.com.br

Pirapozinho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

FUKUSHIMA X TERESÓPOLIS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Província japonesa de Fukushima, 11 de março de 2011. Um

terremoto seguido de tsunami culminou com acidente nuclear.

Cerca de 45.000 pessoas foram afetadas por ordens de evacuação.

Foi o maior sismo dos últimos 100 anos num balanço de vítimas

que contabilizou mais de 300 mortes. Região Serrana do Rio

de Janeiro, 11 de janeiro de 2011. A maior tragédia climática

da história do Brasil provocou mais de 900 mortes. A infra-

estrutura da região foi atingida com severidade. Houve falta de

luz, telefone e transporte. Nova Friburgo e Teresópolis foram as

cidades mais atingidas pelas intensas chuvas. O plano de ação das

autoridades japonesas e brasileiras, para reconstruir as cidades

afetadas, sofre críticas das duas populações. Mas, as recentes

denúncias de corrupção envolvendo desvio de dinheiros públicos

destinados as vítimas fluminenses envergonha e entristece

demonstrando que, até no caos, governantes inescrupulosos

privilegiam os interesses particulares em detrimento ao interesse

Público.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gabriel Fernandes gabbrieel@uol.com.br

Recife

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A COPA E A ‘NAÇÃO DE CHUTEIRAS’

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desde já prevalecem dois tipos de torcedores brasileiros em

relação à Copa. Os que acham um "ótimo negócio"; e os que não

querem ver as contas públicas espoliadas, pedagiadas pela

corrupção e no favorecimento de um seleto grupo de "amigos da

república". No primeiro grupo assenta-se a ignorância do mínimo

saber o que representará a magnitude desses gastos e sem óbvia

contrapartida socioeconômica. Sem qualquer preparo ou

dispensando-se de analogia que facilmente obteriam na leitura de

um bom jornal, não atinam para que dois fabricantes chineses de

automóveis (além de tratores e caminhões) irão instalar duas

unidades produtivas aqui no Brasil, e que juntos investirão R$ 1,6

bilhão; gerarão 7.200 empregos perenes e diretos em dois turnos

de produção. Tal qual os estádios da Copa, a primeira planta

industrial será inaugurada em 2013 e a segunda em 2014. Nem é

preciso aludir qual a importância e diferença do caráter

socioeconômico se os gestores públicos de São Paulo se valessem

de pelo menos 1/3 das doações, a título de incentivos fiscais

concedidas ao Itaquerão fossem utilizadas para atraí-las ao estado

e quiçá a Itaquera. Em nome da Copa, que é da Fifa, o dispêndio

da erário público nacional brindando até entidades privadas está

apenas previsto em valor maior do que as três últimas Copas

juntas e onde foram construídos 27 estádios e reformados outros

15. É a aritmética do Ministro Haddad fazendo efeito; onde

sujeitos idiotizados aceitam que o "menos do Brasil vale mais"

daquele ocorrido nos três últimos eventos juntos. Comprova-se

mais uma vez:- seremos os maiores do mundo em gastos e

desperdícios e antes mesmo do pontapé inicial, a "bola já está

rolando"- entenda-se em sentido pejorativo. Nas manifestações

que tenho lido em favor da Copa há duas vertentes na "nação de

chuteiras" como colocava Nelson Rodrigues; mui provavelmente

se estivesse entre nós, trocaria as chuteiras por ferraduras.

Alguns formados em "tudologia" e filósofos da boçalidade,

crêem que possa existir contrapartida socioeconômica a tamanho

volume de recursos públicos empregados. Outros; aqui

exemplificarei na posição de um senhor que agradeceu

publicamente "as generosas contribuições espontâneas de

torcedores de outros times", ao seu (corinthians). Talvez seu

espírito piadista faça jus e fama junto aos fregueses de botequins,

e que ali se unem a cada jogo, fantasiados com as camisas de seus

times para encher a cara e a paciência da vizinhança. Padecendo

de postura ética e concebendo-se ser astuto, além de engraçado,

escarneceu o espírito de cidadania e evidenciou que a lei de

Gerson está no DNA dos medíocres em caráter, princípios e

educação. Montesquieu, disse há mais de dois séculos: -

"Raramente a corrupção começa pelo povo." Estava enganado,

pois no Brasil ela começa pelo povo, estão ai os escândalos na

gestão pública tão apenas pelos desígnios de milhões de eleitores-

cúmplices; e agora, na mesma trilha caminham os fãs do futebol-

idiota e que até publicamente se manifestam. Não é por outro

motivo que aqui se elegem e reelegem palhaços e corruptos. Não

é por outro motivo que sempre seremos o país do futuro, e que

jamais chegará enquanto os brasileiros dormirem em berço

esplêndido. De fato não há algo mais perverso para a

prosperidade de uma nação do que a ignorância ativa estimulada

pela cidadania esmorecida e indiferente que não busca exterminar

o hipotético conhecimento dos apedeutas e o plagiário vulgar e

charlatão da prostituição política nacional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oswaldo Colombo Filho colomboconsult@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

NOVELA SEM FIM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Qual será afinal o fim dessa Copa? A última é do Iphan que acaba

de interditar a reforma do Maracanã considerado Patrimônio

Histórico. Isso é apenas o início de uma novela sem fim.

Imaginem a quanto vai chegar a conta final, se é que algum dia

Saberemos!

 

 

 

 

 

 

 

 

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AS FINANÇAS SUPORTARÃO?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com os gastos que o PT impôs, utilizando-se da maquina

pública, corrupta, para se manter no poder em 2010. Com os

gastos até 2014 Brasil afora, dos investimentos para a Copa do

Mundo, de antemão já superfaturados. Com os gastos até 2016,

dos investimentos para as olimpíadas, que também já estão

acontecendo, (com o desperdício, de não estarem aproveitando o

gastos acima do previsto, que ocorreram no Pan até 2007). Será

que as finanças, que o povo brasileiro, proporcionou ao país,

com seus próprios esforços nos anos 80 e 90, suportarão tantos

desaforos? Não teria sido tudo isto um enorme exagero? Uma

irresponsabilidade? Um passo maior que a perna? Uma gestão

descompromissada com o esforço do povo? Eu penso que é tudo

isto junto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

PADRÃO DE MORTE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Barack Obama livrou sua pele temporariamente com o recente

acordo implorado ao Congresso do seu país, mas a supremacia

mundial da economia americana está com os dias contados.

A bomba relógio continua ligada. O governo dos EUA não

pode continuar se endividando indefinidamente para manter

o utópico "american way of life" do seu povo quando um

quinto da humanidade já está vivendo na extrema pobreza.

Uma providencia de imediata urgência tem que ser tomada pela

humanidade como um todo, antes que esse 1,1 bilhão de pessoas

se armem de paus e pedras e tentem mudar à força o seu padrão

de morte...

 

 

 

 

 

 

 

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

EUA NÃO SÃO LIXO

 

 

 

 

 

 

 

 

Como, apesar da sua colossal dívida, os fundamentos econômicos

e financeiros dos EUA continuam muito fortes, fica preservada a

sua nota máxima, AAA, concedida pelas agencias especializadas

que avaliam o risco de crédito do país.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

CRISE

 

 

 

 

 

 

 

 

A grande problema da crise da economia global neoliberal é,

o ressurgimento dos radicais fundamentalistas tanto na Europa

como nos EUA. No velho continente a tragédia da Noruega foi

o sintoma mais pungente. Na grande nação americana a facção

radical Tea Party do Partido Republicano, ameaça explodir a

macroeconomia planetária com seu radicalismo de concentração

de renda. Quanto a nós neste canto de mundo só nos resta

pressionar que nossas lideranças governamentais e privadas

unidas, saibam administrar o atual momento da geopolítica,

para que, passemos com menores prejuízos possíveis a atual

turbulência que o mundo vivencia.

 

 

 

 

 

 

 

 

José de Anchieta Nobre de Almeida josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

CAINDO A MÁSCARA

 

 

 

 

 

 

 

 

Está caindo a máscara da falsa expectativa em Barack Obama.

Não porque Obama fosse incapaz de reequilibrar as finanças,mas

sim porque o fardo era pesado demais a quem fosse pega-

lo.Era praticamente inevitável o caos financeiro.A simpatia,o

jeito simples e a origem humilde,apenas serviram para desviar

a atenção da opinião pública 'a terrível situação. O presidente

americano continuará servindo de 'boi de piranha' a todo este

crítico e crônico estágio em que vive a economia americana. E

claro,já tenho visto seus hipotéticos adversários políticos em

2012, aproveitando a ameaça da inédita moratória, para minar

o resto da força de Obama. Parece que não é só no Brasil que

este tipo de tática funciona. Como se vê, a prática da política a

qualquer custo, é igual em todo o lugar do mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Filipe Luiz Ribeiro Sousa fabricioharket@yahoo.com.br

São Carlos

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BOLSAS

 

 

 

 

 

 

 

Vendo a queda da Bolsa e o desabamento do mercado, nesta

quarta feira, lembrei-me da advertência de Marx: "Tudo que é

sólido desmanchará no ar". Parece que o velho tinha razão!

 

 

 

 

 

 

 

 

Arsonval Mazzucco Muniz arsonval.muniz@superig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRIBUTAR OS RICOS

 

 

 

 

 

 

 

 

Não se trata de marxismo extemporâneo ou igualitarismo

demagógico. Cuida-se de enfrentar uma crise sem soluções

aparentes no horizonte. A tributação dos muito ricos é o único

caminho para a superação da recessão e evitar penalização da

maioria das famílias americanas. É possível que essa solução

sobrevenha; pragmáticos, os abastados e o Partido Republicano se

convencerão de que dar os anéis e preservar os dedos é inevitável

em momentos especialmente críticos. Como propõe o Presidente

Obama.

 

 

 

 

 

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘HOMEM DE LOMBROSO’

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando na Universidade de Direito, estudamos "O homem

de Lombroso". Césare Lombroso, médico e advogado

criminalista italiano, ( 1.836- 1.991 ) estudou por vários anos

antropologia criminal. Sua principal obra: "O crime, suas causas

e conseqüencias". Lombroso chegou à conclusão de que o

homicida nato, já nasce com características próprias, tanto físicas

como psíquicas. Lendo o Estadão na semana passada, demos

com o matador norueguês, que matou mais de 70 pessoas a tiro,

e mais uma dezena com bomba lançada em uma multidão. O

dito norueguês atirou um explosivo em direção a uma reunião

de pessoas indefesas, e quando matou a tiro, usou arma com

mira especial, (telescópica) e bala "dundum " que explode

quando atinge o alvo, e acertando sempre o tórax ou a cabeça

das vítimas, nunca dando chance de alguém sair com vida.

Acredito, senhor redator, ser o norueguês o verdadeiro "Homem

de Lombroso", se de fato existiu. Estou certo?

 

 

 

 

 

Adherbal Ramon González Gonzalezadherbal@.com.br

Santa Cruz das Palmeiras

 

 

 

_________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ÍTALO ROSSI

 

 

 

 

 

 

Um grande ator nos deixou, Ítalo Rossi. Ítalo, como poucos,

sabia encarnar muito bem os personagens que interpretou, tanto

no teatro como na televisão. Lembro-me dele, ainda na década

de 50, no TBC, quando interpretou o papel de Sakini, na famosa

pela "A casa de chá ao luar de agosto". Na época bateu um

recorde de permanência em cartaz, e foi a partir desta peça que

Ítalo ficou famoso e reconheceram os talentos que tinha. Adeus meu caro,

descanse em paz.

 

 

 

 

 

 

 

Carlos E. Barros Rodrigues ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.