Fórum dos Leitores

Participação dos leitores

O Estado de S.Paulo

23 Julho 2016 | 03h00

CORRUPÇÃO

PT colhendo o que plantou

E continua a “saga” de petistas às voltas com a Justiça. O Ministério Público Federal vem de apresentar denúncia contra o ex-presidente Lula, o ex-senador pelo PT Delcídio Amaral, o pecuarista José Carlos Bumlai e outros três da corriola, todos acusados de tentar atrapalhar a Operação Lava Jato. Caso seja aceita na Justiça Federal, Lula virará réu e ficará ainda mais enrolado do que já está. Em outro “front”, o casal de marqueteiros do PT João Santana-Mônica Moura, após confessar ter mentido em depoimento sobre a origem de suas receitas, admitiu ter recebido US$ 4,5 milhões numa conta na Suíça, pagos via caixa 2 da campanha de Dilma Rousseff, em 2010. Segundo Mônica, os depósitos foram feitos pelo doleiro Zwi Skornicki, indicado pelo ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, este também preso e já condenado a 15 anos de reclusão na Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro. Contra todas as evidências, Dilma continua se dizendo muito “honesta” e jura que sempre fez tudo dentro da lei. Em São Paulo, o Ministério Público Estadual acaba de distribuir uma ação civil pública contra o prefeito Fernando Haddad (PT) por ter o alcaide consignado informação errada em sua agenda oficial com o único propósito de fazer uma “pegadinha” (!) com o comentarista Marco Antonio Villa, crítico de sua administração. O promotor de Justiça Nelson Sampaio de Andrade pede, na Justiça paulista, ressarcimento por prejuízos ao erário, a perda da função pública e a suspensão dos direitos políticos de Haddad por até cinco anos. Está ruço para o partido que um dia chegou a convencer os brasileiros de que, com ele, a esperança haveria de vencer o medo.

SILVIO NATAL

silvionatal49@gmail.com

São Paulo

O marqueteiro e a verdade

Ouvido pelo juiz Sergio Moro, em Curitiba, o marqueteiro João Santana assevera que ele e sua mulher, Mônica Moura, foram pagos pelo caixa 2 de campanha de Dilma Rousseff, confessando ter mentido anteriormente. Disse ainda que é necessário acabar com a hipocrisia sobre doações para as campanhas eleitorais. Em resumo, derrubou toda aquela pose de dona da verdade e da ética de dona Dilma. Não pode ela voltar ao poder, mesmo!

JOSÉ CARLOS DE C. CARNEIRO

carneirojc@ig.com.br

São Paulo

Ah, essa não...

Dilma diz que não autorizou ninguém a fazer uso do caixa 2... Ora, isso é tão absurdo quanto seu desinteresse em saber por que e quem doava milhões para bancar sua campanha presidencial. De que ela não sabe se expressar todos estamos cientes, mas continuar abusando da nossa inteligência já é demais!

MARIO COBUCCI JUNIOR

maritocobucci@gmail.com

São Paulo

Cassação do partido

Após ler o depoimento do principal responsável pelo marketing eleitoral das mais recentes campanhas do PT, João Santana, e o de sua esposa, Mônica Moura, torna-se urgente um pronunciamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no que tange à extinção do Partido dos Trabalhadores, à luz da Lei n.º 9.096, de 19 de setembro de 1995. É inadmissível que o TSE não se manifeste depois do depoimento do sr. Santana. Na Lei dos Partidos Políticos está claro que a legenda que usar caixa 2 terá de ser extinta. Afinal, ou vivemos sob o império da legislação nacional ou, então, sob a “lei de Gérson” (“levar vantagem em tudo, certo?”).

ANGELO RAPOSO

angelo.raposo@uol.com.br

Rio de Janeiro

Acima da lei?

Considerando que o Lula cometeu o mesmo crime que o ex-senador Delcídio Amaral, o banqueiro André Esteves, o pecuarista José Carlos Bumlai e mais três acusados, por tentarem atrapalhar a Operação Lava Jato, por que todos foram presos e o ex-presidente, não? O que somente ele tem, que blindagem é essa que tanto o protege e constrange as nossas autoridades?

ARNALDO DE ALMEIDA DOTOLI

arnaldodotoli@uol.com.br

São Paulo

Interpol

Pelas notícias, parece que o sr. Lula é outro político brasileiro que não pode mais viajar para o exterior, está na lista da Interpol e pode ser preso. O grande chefe está no fim da sua carreira.

CELSO DE CARVALHO MELLO

celsosaopauloadv@uol.com.br

São Paulo

TERRORISMO ISLÂMICO

Na Olimpíada

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, tem usado todos os meios de comunicação para, como é óbvio, minimizar a descoberta de uma minicélula de supostos aprendizes de terroristas islâmicos. O ministro está no seu papel, ainda mais considerando que estamos a duas semanas do início dos Jogos Olímpicos. Os sanguinários seguidores do Estado Islâmico só atacam de surpresa, de maneira covarde. Quantos ataques terroristas foram perpetrados com sucesso? Quantos foi possível abortar antes da execução? O aparato militar organizado para proteger os Jogos não aconselha nem o mais empedernido fiel de Maomé a se imolar no Rio de Janeiro.

JAIR GOMES COELHO

jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

Manobra diversionista

Oxalá a Polícia Federal tenha dado bote certeiro ao prender os tais terroristas. As coisas ficariam muito bem encaminhadas para o sucesso da segurança da Olimpíada. É de estranhar, entretanto, que essa gente, profissional desde criancinha, se tenha exposto tão escancaradamente na internet e se deixado apanhar com tal facilidade. Desde Troia os estrategos se valem da conhecida manobra diversionista: arma-se um burburinho no ponto A, o inimigo concentra ali suas defesas, mas o verdadeiro ataque se dá no ponto B, onde, por decorrência, o inimigo está fragilizado. Acho que não custa pensar um pouco sobre isso.

JOAQUIM QUINTINO FILHO

jqf@terra.com.br

Pirassununga

Chamem a Dilma

Desnecessário todo esse aparato e tanta preocupação com possíveis ações terroristas no Rio. Bastava convocar a “genial” Dilma para dialogar com o Estado Islâmico, conforme propagou na ONU, e tudo estaria resolvido.

SERGIO CORTEZ

cortez@lavoremoveis.com

São Paulo

Enquadramento na lei

Se a Lei Antiterrorismo fosse mesmo pra valer, o ex-presidente Lula, Stédile, Rainha e Boulos não deveriam ser enquadrados, por incitar, planejar e promover desordem social e destruição de patrimônio público e privado?

RICARDO C. T. MARTINS

rctmartins@gmail.com

São Paulo

Cartas selecionadas para o Fórum dos Leitores do portal estadao.com.br

CINISMO

 

Confirmado: Dilma realmente sofreu golpe, pois, mesmo sem ter autorizado o caixa 2 em sua campanha, João Santana e sua mulher insistiram em receber propina como pagamento pelos serviços prestados. Agora temos outra dúvida: quando Lula saiu, precisou de vários caminhões para levar o acervo do Palácio. De quantos aviões da FAB Dilma precisará?

 

Carmela Tassi Chaves tassichaves@yahoo.com.br

São Paulo

 

*

DILMA NÃO SABE DE NADA

 

É impressionante a hipocrisia no Brasil dos defensores da indefensável Dilma e de seu corrupto PT. Ela está usando agora o esquema Lula de ser, dizendo não saber de nada. É lamentável que João Santana, seu braço direito e esquerdo, tenha dito que a campanha de 2010 levou ilegalmente mais de US$ 4 milhões. O PT mostrou-se o mais corrupto partido político do Brasil, e ainda continuam dizendo que tudo foi feito dentro da lei? Mas que lei?

 

Antonio Jose G.Marques     a.jose@uol.com.br

São Paulo

 

*

CAIXA 2

 

Dilma afirma desconhecer os pagamentos via caixa 2 para seu marqueteiro na campanha de 2010. Só faltou dizer que não sabia que era candidata à Presidência da República – sobre as declarações de Dilma.

 

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

 

*

SERVIÇOS DE BELEZA

 

Solidarizo-me com a presidiária Mônica Moura. Afinal, ao contrário da ex-presidente, que tem cabeleireiro e maquiador diários pagos com nosso dinheiro, a penitenciária deve ser muito fraca em serviços de beleza.

 

Ricardo C T Martins rctmartins@gmail.com

São Paulo

 

*

A NOVELA TEM DE TERMINAR

 

É um absurdo ver Dilma, apesar de tudo que tem aparecido ultimamente, tentando se fazer vítima de "golpe". Só mesmo uma pessoa como ela para ter essa posição, que só confirma sua incapacidade e ter tomado as decisões inconvenientes e incorretas, como tem feito. Essa novela, que virou esse processo, deve ter seu fim o mais urgente. O Brasil precisa se recuperar e voltar à posição desejada por todos.

 

Laert Pinto Barbosa  laert_barbosa@globo.com

São Paulo

 

*

PENTE FINO ATÉ NA COZINHA

 

Se o estrago (que vem desde Lula) que Dilma fez nas nossas contas públicas não tem registro na história deste País, a ordem do presidente em exercício, Michel Temer, é cortar urgentemente os gastos supérfluos também do Palácio do Planalto!  Neste caso, demonstrando que o PT se lixava para os recursos dos contribuintes, 61 garçons excedentes que se amontoavam pelo Planalto foram dispensados... Ou seja, número esse surpreendente de garçons contratados, talvez para atender à orgia reinante e ininterrupta de como governavam este País...

 

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

 

*

CHUPA CABRAS

 

Para tentar fazer com que os deputados federais compareçam às sessões de votação três vezes por semana em agosto e duas vezes por semana em setembro, o presidente da Casa precisa ameaçar cortar o ponto. Esses folgados só têm mordomia, como passagens semanais para as suas cidades, apartamentos funcionais, auxílio saúde, auxílio paletó, devem ter até auxílio oxigênio e auxílio de aparelhos contra o ar seco. Típico de chupa cabras – ao Brasil nada!

 

Celso de Carvalho Mello celsosaopauloadv@uol.com.br

São Paulo

 

*

LEI DA CLÁUSULA DE BARREIRA JÁ!

 

Conforme notícias de Brasília, o presidente em exercício, Michel Temer, afirmou que seu partido o PMDB irá apoiar no Congresso o projeto Lei da Cláusula de Barreira do PSDB, que exige um porcentual mínimo de votos, que cada partido deverá obter nas eleições, para receber verbas do Fundo Partidário, tempo de TV e por aí vai. Se o projeto for aprovado, os brasileiros mais esclarecidos ficarão na torcida para acabar de vez com os tais partidos nanicos, verdadeiro balcão de negócios, e também vai haver uma consequente diminuição dos atuais 35 partidos. Será que é sonhar demais aplicar essa faxina já nas eleições de 2018? 

 

Edgard  Gobbi  edgardgobbi@gmail.com

Campinas

 

*

FIM DA CORRUPÇÃO

 

Como se sabe, a corrupção - praga extremamente resistente e altamente contagiosa - existe há séculos mundo afora, sendo praticada em maior ou menor grau em inúmeros países, inclusive no Primeiro Mundo. O problema no Brasil, onde está presente desde os primórdios da colonização, foi a sua disseminação no organismo político de forma sistêmica e generalizada, adotada como prática corriqueira e habitual, tendo sido agravada, sobremaneira, nos últimos 13 infelizes anos de desgovernos petistas, que dela fizeram não uma exceção, mas regra instituída. Da erradicação do vírus corrupPTus depende a cura do País. Muda, Brasil!

 

J.S. Decol decoljs@gmail.com

São Paulo

 

*

O PROBLEMA É A CORRUPÇÃO

 

Certamente o povo brasileiro que ama realmente esta pátria amada chamada Brasil gostou de ouvir o novo presidente da Câmara dos Deputados Federal, o  deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), em seu primeiro pronunciamento dizer que vai reorganizar a Casa, retornar o diálogo com o Senado, ampliar os contatos com todos os partidos, inclusive com a oposição. Ele disse ainda que a prioridade do País é com a agenda econômica; a PEC do teto de gastos, renegociação das dívidas dos Estados e a reforma da Previdência. O que o povo não gostou nadinha foi de o presidente ter dito que manteria a anulação das CPIs da UNE, da Lei Rouanet e ter deixado de falar nas 10 Medidas Contra a Corrupção referentes ao PL 4850/2016 de iniciativa popular com o apoio do Ministério Público Federal (MPF). O problema é a corrupção, o resto é o resto. Aproveitamos para deixar registrado aos deputados que vão dar sustentação ao presidente da Câmara a seguinte  afirmativa do juiz Sergio Moro: “Não  há futuro com a corrupção sistêmica que destrói nossa democracia, nosso bem estar econômico e nossa dignidade como País”.

 

Leônidas Marques leo.marquesvr@gmail.com

Volta Redonda (RJ)

 

*

CONTA OUTRA, MAIA!

 

Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, o novo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), repetiu o que declarara no discurso logo após sua eleição, algo sobre apaziguar a Casa. Há aí um grave erro de semântica por parte de Maia: apaziguar não é sinônimo de estabelecer um “acordão”. O primeiro termo refere-se à garantia da discordância, da diversidade, evitando radicalismos; já o segundo trata de negociata. Ao manter a decisão de Waldir Maranhão (PP-MA) de barrar CPI da UNE, reduto do PC do B, Maia atende acordo que ajudou a elegê-lo para a chefia da Câmara. O presidente nega, diz que não há fato determinado para investigação. Quer dizer então que a UNE e os seus líderes não mamaram dos recursos e sinecuras dos governos petistas? Não há qualquer indício de irregularidades? Conta outra, Maia!

 

Elias Natal Lima de Menezes elias.natal@hotmail.com

Nepomuceno (MG)

 

*

CHEGOU A HORA

 

Lula chegou no Supremo Tribunal Federal (STF). Agora é esperar para ver a seriedade e a Justiça que se dará a seu futuro!  

 

Valdir Sayeg valdirsayeg@uol.com.br

São Paulo

 

*

LULA LIDERA PESQUISA ELEITORAL

 

O Datafolha mostra, em pesquisa eleitoral feita nos dias 14 e 15 deste mês para a Presidência da República em 2018, que o ex-presidente Lula ainda consegue bater todos os rivais no primeiro turno e perderia no segundo para Marina Silva por uma diferença de 12%; de 5% para José Serra; e de 2% para Aécio. São porcentuais pequenos que não deixam tranquilos seus rivais, principalmente porque cerca de um quarto do eleitorado está indeciso. Parece que Lula, se nos processos nos quais foi envolvido escapar incólume, será presidente novamente para a infelicidade do País.

 

Laércio Zanini  spettro@uol.com.br

Garça  

 

*

CABEÇA DURA

 

O Fundo Monetário Internacional (FMI) já reconheceu que o Brasil está no caminho correto, vai haver crescimento em 2016/2017. Já estamos tendo investimentos e interesse de estrangeiros. Só a presidente afastada e o seu criador continuam a falar em golpe, após seu afastamento definitivo ela deveria entrar com medida judicial no STF!

 

Celso de Carvalho Mello celsosaopauloadv@uol.com.br

São Paulo

 

*

GERALDO ALCKMIN, NUNCA MAIS!

 

Até a presente data sempre votei em Geraldo Alckmin, pensando que estava fazendo a escolha certa. Ainda este ano comecei a ter sérias dúvidas, ao ver este senhor desunir o partido dele impondo sua vontade referente ao nome de um almofadinha que deve ter acordado certa manhã decidindo caprichosamente que queria ser prefeito de São Paulo.   Li uma entrevista deste poste do Alckmin num blog de Fernando Brito, onde diversas perguntas pertinentes só tinham como resposta “essa informação não pode ser disponibilizada” ou “faturamento não discutimos”.  Ora, para que tanto mistério, especialmente considerando que o governo estadual está se tornando um verdadeiro mercado persa com nomeações para garantir o maior número de minutos de TV durante o horário eleitoral?  Ao nos impor este nome e ainda transformar o Estado no maior balcão do toma lá, dá cá, posso garantir que meu voto Alckmin nunca mais terá. 

 

Candida Almeida almeida.candida@gmail.com

São Paulo

 

*

PINOCKMIN

 

Se Geraldo Alckmin (PSDB) continuar prometendo, após crimes praticados em São Paulo, que “os fatos  serão apurados com rigor  e os responsáveis  serão severamente punidos”,  o nariz do governador vai ficar maior que a luneta da ilustração da Coluna do Estadão desenhada por Kleber Sales.

 

Cláudio Moschella arquiteto@claudiomoschella.net

São Paulo

 

*

ENCONTRO EXPLOSIVO

 

Noticiou-se que alguns dos terroristas potenciais que estariam tramando atentado durante os jogos olímpicos foram conduzidos para a mesma penitenciária de segurança máxima, onde já se encontra Fernandinho Beira Mar. Caso isso ocorra, certamente ficarão em celas incomunicáveis. Caso, porém, tal isolamento for de alguma maneira for rompido, o que não é impossível, pode-se ter uma perigosa associação de centelha com o combustível sensível em ambiente saturado. E aí as consequências serão explosivas, pois se dará o encontro de duas modalidades de crime, o tráfico de drogas e o terrorismo, ansiosos por cooperarem mutuamente, se é que já não o estão.

 

Paulo Roberto Gotaç pgotac@gmail.com

Rio de Janeiro

 

*

TÁ PREPARADO?

 

Há anos o Rio vem-se preparando para a Olimpíada, mas ainda não conseguiu concluir suas obras. Além do problema da poluição da Lagoa Rodrigo de Freitas, dentre tantos outros, nem mesmo os museus da cidade estão aptos para receber os turistas. Valha-me Deus!

 

Júlio Roberto Ayres Brisola jrobrisola@uol.com.br

São Paulo

 

*

OLIMPÍADA 2016

 

Lá atrás, na ocasião da escolha da cidade sede para a Olimpíada 2016, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, perguntou de forma jocosa: “O que São Paulo teria de belo para oferecer ao mundo?”, pretendendo a capital paulista também sediar a Olimpíada. Hoje todo o mundo está vendo o que o Rio de Janeiro tem a oferecer: a imundice fétida da Baía de Guanabara, o terror diante dos altos índices de criminalidade e os riscos de doenças regionais, como a Zika e companhia.

 

Celso Fiorini cvfiorini@gmail.com

São Paulo

 

*

OLIMPÍADA

 

É fácil deduzir por que a maioria dos brasileiros é contra a Olimpíada no País. Primeiro, por causa dos custos astronômicos, depois, dos preços de ingressos para quem tem salários "olímpicos" e, finalmente, se é para ver na TV, não precisaria ser aqui.

 

Luíz Frid luiz.frid@globomail.com

São Paulo

 

*

ISENÇÕES FISCAIS NAS OLIMPÍADAS

 

Pois é, cobrado sobre os custos da Olimpíada, há pouco tempo o prefeito do Rio afirmou que o empresariado é que bancaria as maiores despesas decorrentes de obras e dos serviços necessários aos jogos, como se o grupo fosse generoso! Agora sabemos que quase 800 empresas terão algum tipo de isenção, se inscritas no programa, e daí a pergunta: qual será o prejuízo que o País terá com a tal “isenção”? Certamente nunca saberemos, pois duvido que venhamos algum dia a saber o custo real de promover um evento dessa grandeza.

 

Laércio Zanini spettro@uol.com.br

Garça 

 

*

TERROR NA OLIMPÍADA

 

Vamos torcer para que fiquemos só na simulação de ataques terroristas. Nas simulações, tudo tem dado certo e a segurança parece perfeita, o socorro é impecável. O planeta Terra ficou muito pequeno e não duvido nada que o Comando Vermelho e o PCC já não estejam alinhados ao Estado Islâmico, visando a mostrar sua força é ousadia aqui no Brasil.

 

José Roberto Iglesias rzeiglesias@gmail.com

São Paulo

 

*

TOCHA E BAGUNÇA

 

A Tocha Olímpica percorrendo o País deveria ser um símbolo de união, mas a grande vontade de todos os brasileiros que sofrem no trânsito é tentar apagá-la. Não foi diferente em Osasco, no dia 20, véspera do "desfile do fogaréu". Fecharam avenidas principais e montaram um enorme palco para a grande festa. Resumindo, um percurso de 10 minutos não pôde ser feito, travou a zona norte da cidade. Lugar de festa deste tipo é em Brasília, onde sobra tempo e espaço e os funcionários ociosos estão loucos por uma festa. O Brasil que trabalha e paga imposto quer que tudo isso se acabe logo e que nossa a volte ao normal.

 

Luiz Ress Erdei gzero@zipmail.com.br

São Paulo

 

*

OS LOBOS DE LULA

 

É chocante que, no exato momento em que se divulga a conclamação do Estado Islâmico para que seus seguidores atuem como “lobos solitários” e assombrem os Jogos Olímpicos do Rio, um legítimo filho da terra, certamente por motivo fútil (discussão em festa), deu cabo de Marcio Rubio Lima Gomes,   vulgo “Pernão”, sobrinho de Lula, o presidente responsável por trazer a Olimpíada – e atrair o terror islâmico – para o território brasileiro. A tragédia aconteceu no dia 20/7 em Vicente de Carvalho, no Guarujá. Com cerca de 160 homicídios (dolosos) por dia causados por nossos próprios “lobos solitários” – caso do assassinato de “Pernão” – a tragédia do Guarujá apenas confirma um cotidiano que faz do Brasil um dos países mais violentos do mundo. Num clima assim de "salve-se quem puder" tudo o que precisávamos era de mais paz e segurança, e não de gente cujo único interesse reside em se martirizar em nome de Alá, contribuindo para elevar as estatísticas de nosso cruento cotidiano, particularmente num momento em que o Rio está literalmente falido e o País vendendo almoço para comprar jantar.

 

Silvio Natal silvionatal49@gmail.com

São Paulo

 

*

OS HUMILDES

 

Não só a sra. Melania Trump, mulher de Donald Trump, plagiou o discurso de Michele Obama, mas o próprio Trump plagiou (sic)  nosso megalomaníaco Lula da Silva:   "Eu serei o melhor presidente que Deus alguma vez já criou".  Será que não sabem que, conforme nos revelou Jesus, “bem-aventurados serão os humildes, pois herdarão o mundo”?

 

Silvano Corrêa scorrea@uol.com.br

São Paulo

 

*

USP EM BAIXA

 

A notícia sobre a queda do ranking da USP entre universidades dos países formadores dos Brics é decepcionante, embora não surpreendente. Ultimamente a USP tem aparecido na mídia mais pelo desentendimento, por brigas entre reitores e casos policiais envolvendo a falta de segurança de alunos, do que por méritos de gestão. Orgulho dos paulistas, por ser a mais importante universidade brasileira, os resultados alcançados no momento são ruins. É inconcebível decair em momento em que a educação neste país deveria preponderar.

 

Sergio Holl Lara jrmholl.idt@terra.com.br

Indaiatuba 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.