Fórum dos leitores

LULOPETISMO

O Estado de S. Paulo

06 Setembro 2015 | 03h00

Festas na Petrobrás

No momento em que o governo tenta criar mais impostos e até ressuscitar o golpe da CPMF - afinal, era para a saúde, mas na época o dinheiro sumiu -, descobre-se que a Petrobrás tem gastos na casa dos bilhões de dólares com festas de confraternização, “aulas de idiomas para autodesenvolvimento”, compra e distribuição de brindes e viagens, entre outros mimos. Só nos próximos quatro anos, US$ 12 bilhões seriam destinados ao item “gastos operacionais”, que também inclui cursos e seminários. Ao mesmo tempo, constata-se que há um rombo a ser preenchido nas contas oficiais, em torno de R$ 60 bilhões. Se apenas a Petrobrás gasta essa montanha de dinheiro em festas, brindes, etc., imagine-se quanto dinheiro deve ir para o ralo em todas as empresas estatais, que se transformaram em trincheiras do aparelhamento político promovido pelo PT na administração pública. Então, ao invés de cortar gastos e eliminar cargos criados apenas para abrigar militantes, o governo prefere aumentar impostos. Em outras palavras, a conta dos apparatchiks vai ser paga por quem trabalha. 

CARLOS TAQUARI

taquari1@hotmail.com

São Paulo

A notícia de que a Petrobrás vai cortar R$ 45 bilhões até 2019 é mais um motivo a explicar por que está indo à falência, junto com o País. Isso representa R$ 11,250 bilhões por ano, R$ 937 milhões por mês, R$ 31 milhões por dia com festas de confraternização, compra e distribuição de brindes, gastos com táxis e carros com motorista e horas extras desnecessárias, entre outras pequenas despesas. Gastos absurdos que não existiriam com uma boa administração. E esperamos que o corte não seja mais uma mentira do governo. Qualquer estudante de Economia sabe que se for feito corte desse tipo também nas despesas do governo, o que é perfeitamente possível e necessário, poderíamos economizar centenas de bilhões de reais e poupar o povo de ter de pagar com impostos essa conta que não é nossa. Também evitaria o vexame do governo ao enviar ao Congresso aquele Orçamento ridículo com déficit de mais de R$ 30 bilhões. Acredito na competência do ministro Levy, mas no meio dessa súcia ele não vai conseguir nada. Caia fora enquanto é tempo.

ANTONIO ROBERTO LORENZON

arlouren@terra.com.br

Jundiaí 

O pior dos mundos

Em solenidade na Paraíba, dona Dilma, em mais um discurso “brilhante”, informou ao distinto público que seu governo não vai reduzir os programas sociais, em meio à atual crise, diga-se, toda ela de responsabilidade da “presidenta”. O ponto focado pela eloquente oradora foi o programa Minha Casa, Minha Vida, que continuará a ser executado. Para ilustrar, declarou: “A casa é uma garantia, pois torna-se um lugar seguro após um dia de trabalho e para os jovens, a volta da escola”. Lugar seguro até a página 2, pois a insegurança pública no Brasil não respeita casa, hospital, igreja, locais públicos, até delegacias de polícia. E esquece a presidenta que só casa não resolve, é preciso comer, vestir, e o atual estágio da economia, agravado por suas pedaladas e mentiras para se eleger, cortou inúmeros postos de trabalho, a inflação já está em dois dígitos, o mensalão, o petrolão e o eletrolão, que começaram no governo de seu padrinho e culminaram no seu desastrado governo, estão levando o Brasil para o pior dos mundos. Quem a “presidenta” quer enganar?

OLAVO F. CAMPOS RODRIGUES

olavo_terceiro@hotmail.com

São Paulo

Dilmês

Que humorista Dilma tenta imitar em seus discursos? Se você quisesse fazer um investimento, aceitaria uma sugestão da Dilma? Que nota tiraria Dilma numa prova de redação do Enem ou do vestibular, com base nos seus discursos? Se Dilma fosse sua médica e lhe fizesse um diagnóstico, você faria o tratamento recomendado? Você assistiria às aulas se Dilma fosse sua professora? Dilma, como atriz, atuaria melhor numa novela mexicana, numa chanchada brasileira ou numa tragicomédia grega? Você compraria um carro usado da presidente Dilma? E, enfim, se Dilma é presidenta, por que Tiradentes não era dentisto?

ELY WEINSTEIN

elyw@terra.com.br

São Paulo 

Neoglossário petista

Nos últimos quase 13 anos, além de assistirmos a uma destruição sem precedente do nosso país, tivemos de aprender a conviver com o dilmês e algumas palavras do jargão petista que formam um novo dicionário. Doação - Polpuda verba entregue obrigatoriamente a agentes do governo por empresas que executam obras para as estatais. Comissão disfarçada do partido do governo. Mordida explicitada em acordos pré-contrato. Achaque. Pixuleco - Nome dado ao envelope lacrado recheado com muito dinheiro entregue a agentes do governo por baixo da mesa. Palestra - Forma criativa encontrada por político analfabeto para esquentar dinheiro grosso fruto da corrupção. “Palestras motivacionais” é o nome pomposo para dar conotação de legalidade. Atividade largamente aceita como geradora de renda milionária. Consultoria - Forma

QUEM MANDA NO BRASIL?

A reunião de quinta-feira, dia 3/9, trouxe para Brasília, Lula e Luiz Trabuco, do Bradesco. Por aí já se sabe quem governa o Brasil, o banqueiro e Lula, que nunca deixou o cargo. Lula tem todo interesse em que Dilma permaneça, mesmo tendo afundado o Brasil. Se ela ficar, mesmo com um desempenho pífio, Lula não terá de ser questionado sobre sua criatura. Dilma, além de incompetente, é atrapalhada, mentirosa e falsa. Seu criador tem moral para lhe substituir?  O Brasil merece esse castigo?

Izabel Avallone 

izabelavallone@gmail.com

São Paulo

INDECÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Pois é, tanto fizeram que conseguiram quebrar o País! Até o Ciência Sem Fronteiras será congelado por falta de recursos. A quem vão pedir ajuda agora? Para Cuba? O Sr. Lula, ao invés de sair por aí dizendo que vai voltar a voar novamente, deveria arregaçar as mangas e tentar ajudar a consertar o estrago feito ao País nos últimos anos, pelo qual é grande responsável. Mas não. Ele só pensa "naquilo" , só pensa em se reeleger. Só que o País precisa sobreviver até 2018. Se ele chamou a herança de FHC de maldita, o que teria a dizer se viesse a herdar o País de Dilma? Com o dólar encostando-se a R$ 4, o cheiro forte de fritura vindo do gabinete de Joaquim Levy e uma barata tonta na Presidência da Republica, só nos resta uma esperança: a de que Deus seja mesmo brasileiro!

João Manuel F.S.C.Maio 

clinicamaio@terra.com.br

São José dos Campos  

TEMER PRESIDENTE

Primeiro o vice-presidente, Michel Temer, abandonou a coordenação política do governo Dilma Rousseff, sem maiores explicações. Depois afirmou que alguém, naturalmente ele, precisaria reunificar tudo. E agora diz que, sem apoio popular, que na certa vai cair mais, a presidente não resiste. Assim como o apóstolo Pedro negou Jesus por três vezes, Temer negou Dilma. Só que, neste caso, é para se colocar pronto para assumir o lugar dela.

Abel Pires Rodrigues          

abel@knn.com.br

Rio de Janeiro

MUDANDO DE IDEIA

Num encontro com empresários, o vice-presidente, Michel Temer, disse que a presidente Dilma não resiste a mais três anos e meio com a popularidade baixa, como tem sido apresentado nas pesquisas, em torno de 7%, porém disse que não vai mover uma palha para assumir a Presidência no lugar dela. Não, não vai mover uma palha. Vai mover um fardo de palha. Há poucos dias disse que não havia a mínima condição de impeachment da presidente Dilma ou de ela não terminar o mandato. Agora vem com esta declaração?

Panayotis Poulis  

ppoulis46@gmail.com

Rio de Janeiro

RUMO AO PRECIPÍCIO

Sob o desgovernado desgoverno Dilma, o País segue à deriva, caminhando contra o vento sem lenço nem documento, em direção ao precipício. Muda, Brasil! 

J.S. Decol 

decoljs@globo.com

São Paulo

DILMA MIXURUCA

A presidente como administradora ganha o troféu da pior dirigente desde a gestão do Marechal Deodoro da Fonseca. Nos itens competência, ética, humildade e sinceridade deve ser rebaixada para a 5ª divisão.

Roberto Hungria 

cardosohungria@gmail.com

Itapetininga

GOLPE DE MESTRE

Dilma e o núcleo duro do PT, enviando um orçamento deficitário, tentaram fazer como o Jânio, em sua renúncia, esperando um apoio do Congresso. Esperamos que o Congresso force a renúncia da presidenta, que tenta a última jogada. Que ela caia fora, por  favor!

Sinclair Rocha  

sinclairmalu@uol.com.br

São Paulo 

CORRUPÇÃO DESUMANA

Sinto-me assaltado pelo meu próprio governo quando abro os jornais e só vejo escândalos de corrupções em valores estrondosos em todos os setores e o pior, um governo que se julga do povo! É o marketing corrupto dominando uma nação inteira. Enquanto andam de Ferraris e desviam milhões, deixam pessoas passando fome, doentes e sem recursos básicos para uma sobrevivência digna. É muita imoralidade e falta de dignidade ao mesmo tempo. Só espero que se aqui forem absolvidos, no céu não o  sejam! 

Fábio Passerini 

fabio@jcpasserini.com.br

São Paulo

DÁ A IMPRESSÃO

Não sei quantos neurônios tem a presidente, mas, ao que parece, eles não costumam trabalhar juntos.

Eduardo Augusto Delgado Filho 

e.delgadofilho@gmail.com

Campinas

DECISÃO DE DILMA

Se é para o mal de todos e a infelicidade geral da Nação, diga ao povo que fico! Sobre a obstinação de Dilma em permanecer no governo.

Cláudio Moschella 

arquiteto@claudiomoschella.net

São Paulo

DECISÃO INFAME

Por manobra do PT, o Plenário do Senado, em votação simbólica, aprovou o texto da reforma política que proíbe doação de empresas nas campanhas eleitorais, mas os empresários poderão doar, posição que difere da adotada pela Câmara. É uma infâmia essa aprovação da proposta, visto que as falcatruas, a corrupção e a imoralidade vão continuar, pois, como generosos financiadores de campanha eleitoral, visarão ao lucro para as suas empresas.

José Wilson de Lima Costa 

jwlcosta@bol.com.br

São Paulo

LULA VISITA DILMA

Na quinta-feira à noite (3/9), outra vez e "na moita" como diz o caipira, "Burla" (o presidente de fato) visitou sua preposta para mandá-la diminuir o ajuste fiscal. Malandro como sempre, diz não mandar, para não se responsabilizar por colocar uma incompetente para oficiosamente governar e tirar lucros. Como Dilma vai mal, esconde suas visitas, cujo objetivo é dar ordens para a "mãe do PAC". 

Laércio Zanini 

spettro@uol.com.br

Garça    

PROPAGANDA ENGANOSA  

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) deveria tirar do ar toda propaganda do governo federal. Primeiro o governo está desacreditado e em plena crise devemos cortar gastos, principalmente os supérfluos, como acontece com as publicidades governamentais. As propagandas do Programa Mais Médicos e da criação de novos cursos de medicina estão sendo veiculadas como se fosse possível resolver todas as questões da saúde do povo brasileiro. Não adianta colocar médico em lugares distantes, sem que este tenha o mínimo de estrutura para poder atuar. Há falta de insumos básicos e medicamentos, quanto mais de um simples aparelho de Raio-X. Outra questão importante é que não se cria uma Faculdade Medicina num estalar de dedos ou apenas com uma canetada. Portanto as propagandas veiculadas são completamente mentirosas e enganosas. Outra propaganda mais recente absurda é do www.dialoga, que diz ser possível dialogar com todos... 

Antonio da Ponte 

antoniodaponte@gmail.com

São Paulo

BRASIL ABANDONADO

Tenho vivido 85 anos e alguns meses e sempre assistindo, sem me envolver mentalmente, aos acontecimentos políticos, desde a 2ª Grande Guerra. No Brasil especialmente sempre ouvia, ou lia sem emoções, os comentários que diziam  respeito à falta de competências ou de vergonha, acompanhados de um ou outro elogio. Eram sempre os dois extremos. O pior dos comentários era, e ainda os são, sobre os desvios de dinheiro ou mesmo sobre grandes roubalheiras sem, contudo, chegar-se a um desfecho tal como a condenação pelos atos ilícitos. Após esses anos, venho testemunhando o castigo que tem sido aplicado a alguns que recém praticaram desvios, roubos. Isso é muito pouco. Quantos políticos milionários já falecidos ou ainda em vida que nos assaltaram? Ah! O prazo legal para condenação já foi ultrapassado! Viva o nosso Código de Processo Civil. Enfim! O que eu percebo é o seguinte: todos os políticos são os artistas e nós (a população) somos os críticos de arte. Está cheio de críticos por aí que entendem a arte de governar, mas não existe artista de boa qualidade que saiba desempenhá-la. Em suma. Nós carecemos de um artista (líder), ou seja, um maestro que saiba reger essa orquestra fantástica (Brasil) até hoje em dissonância. Vamos procurá-lo entre os críticos ou então aprimorar a Educação Nacional para a formação de artistas íntegros que tanto nos faltam. 

Fernando Henrique Aidar 

fhaidar@terra.com.br

São Paulo

ATÉ TU, JANOT?

Quando os brasileiros pensavam já ter visto de tudo e tudo de tudo! Em terra de mensaleiros, petroleiros e de dirigentes do mesmo naipe, a grandeza moral de Moros e Barbosas é preciosidade rara demais.  

Eunice Marino 

eunicemarino@oi.com.br

Guaxupé (MG)

OPERAÇÃO LAVA JATO

Deus abençoe o juiz Sérgio Moro e a sua valiosa equipe! 

Padre Benedito Carlos Gomes 

pebeneditoitapeva@gmail.com

Itapeva 

LULA NA PAPUDA

2018 vai ser o número de Lula na Papuda.

Eugênio José Alati 

eugeniojalati@gmail.com

Campinas

AVE PREDADORA

Além da crise que estamos passando, ainda temos de nos precaver contra a ave predadora que voltou a voar. Esperamos que, dentro em breve, nossa Justiça a recolha no lugar devido, para que, com os demais "companheiros" voe à vontade sem nos atacar.

João Alcindo Mardegan 

joaoamardegan@gmail.com

São Paulo

CHEFÃO DA CORRUPÇÃO

Todo mundo sabe quem é o chefão de toda essa bandalheira, então porque ninguém da Justiça prendeu essa criatura, que, com tantos países no mundo foi nascer logo no Brasil?

Agostinho Locci 

legustan@gmail.com

São Paulo

ELEIÇÃO DE LULA

É evidente que o PT necessita da eleição de Lula. Se não, quem vai inventar outro Zé Dirceu, outra Dilma?

Artur Topgian 

topgian.advogados@terra.com.br

Itapetininga

São Paulo

BOCA FECHADA

Ser delator premiado na Lava Jato tem duas vertentes distintas. Certamente reduz a pena, mas cria imprevisível animosidade com os delatados. Será que vale a pena correr tal risco? Marcelo Odebrecht não arriscou. Provavelmente o chairman sabe de coisas do arco da velha; quem sabe até de gente que até então não foi arrolada por nenhum delator, o que seria um Deus no acuda e com sérias consequências. Convenhamos, Marcelo foi sensato e esperto, pois Celso Daniel por muito menos foi eliminado. Boca fechada não entra mosca nem formiga.

Humberto Schuwartz Soares 

hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES) 

TRAPALHADAS

Este é o único país do mundo onde o superávit é deficitário!

Luíz Frid 

luiz.frid@globomail.com

São Paulo

PEDALADAS FISCAIS

Depois das descobertas das pedaladas fiscais realizadas em 2014, Dilma, a fim de realizar suas bondades como Bolsa família e Minha Casa Minha Vida e outras mais, com objetivo único de assim poder se reeleger, não pode mais repetir em 2015 a falcatrua feita em 2014, resultado: um déficit orçamentário de trinta bilhões e quinhentos milhões de reais. Com isso ela incorreu no crime da Lei da Responsabilidade Fiscal passível de impeachment e terá com isso de responder pelo seu crime.                                                                                                                        

José Carlos de Castro Rios          

jc.rios@globo.com

São Paulo

GÁS DE COZINHA

Como o povão brasileiro é cordeirinho, analfabeto e indolente! Comprei um botijão hoje e fiz as contas, desde janeiro de 2015 até agora foram 26% de aumento. As pessoas idiotas não percebem que o gás serve para fazer alimentos, pois o ser humano não sobrevive sem comer. E fica indignado com aumento no preço da gasolina, que só serve como combustível para veículos.

Nelson Piffer Jr. 

pifferjr86@gmail.com

São Paulo 

LEVY

No início do ano, Joaquim Levy era um homem bem-intencionado, depois foi um homem isolado e hoje é mais um dos "ministros-zumbi" do governo federal. Não é possível que, num país com a carga como a nossa, a escolha do governo seja aumentar tributos ao invés de cortar gastos. Levy não tem mais autoridade e nenhum apoio popular para implementar qualquer tipo de medida. A única saída para o Brasil é o corte sistemático de gastos e o resgate da eficiência da máquina pública.

Frederico d'Avila  

fredericobdavila@hotmail.com

São Paulo

PREPARE A CARTEIRA

A inflação não dá trégua, o dólar dispara e, em seu rastro, a inflação, mas o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu manter a taxa Selic em 14,25% na reunião do dia 2/9. A explicação parece residir no medo de que mais juros num contexto em que a dívida nominal do setor público já flerta com absurdos 9% eleve ainda mais o endividamento bruto do Brasil, o que definiria o rebaixamento da nota de crédito do País para o nível "especulativo". Ocorrendo isso, haveria: a) menor procura pelos títulos brasileiros, b) mais desvalorização cambial e c) novas pressões inflacionárias.  Com pouco espaço na área monetária, o governo deveria reduzir seus gastos para empatar despesa e receita,  mas isso tampouco consegue fazer. Típica "sinuca de bico" cuja solução, ao fim e ao cabo, é aquela que, como dizia Cháves, personagem do imortal Roberto Bolaños, "suspeitávamos desde o início": o Planalto vai inventar/exumar/aumentar impostos porque alguém vai pagar essa conta. Você, cidadão, que não contava com a astúcia do governo, prepare desde já sua carteira!  

Silvio Natal   

silvionatal49@gmail.com

São Paulo

EXEMPLO A SER SEGUIDO

Quem diria que, um dia, a Guatemala poderia servir de exemplo ao Brasil. Preste atenção, Dilma! Renuncie também!

Felicio Tadeo Zambom 

financeiro@transmotor.com.br

São Paulo

SE A MODA PEGAR

Guatemala! Ahhh!  E se a moda pega?

José Piacsek Neto 

bubanetopiacsek@gmail.com

Avanhandava

TREZE ANOS DE CORRUPÇÃO

Na Guatemala, um pixulequinho de nada derrubou o presidente, aqui o PT está pixulecando há 13 anos e não acontece nada! Como disse um nobre corrupto da Petrobrás: "Que país é esse?"

José Roberto Iglesias 

rzeiglesias@gmail.com

São Paulo 

DESABAFO 

É incrível notar o tamanho da comoção mundial diante da foto do menino Aylan Kurdi. Seria inspirador escrever sobre este assunto, contudo o foco é: chegamos a esse ponto sem fazer absolutamente nada? Até quando a humanidade vai precisar de tragédias para sair do comodismo?  Ao ver a situação daqui de dentro (Brasil) vejo o quanto somos ignorantes e tolos ao reclamar do nosso governo. Isto não significa que apoio a realidade brasileira e sim o quão necessário precisamos melhorar como ser humano a cada dia. As pessoas precisam saber que têm forças, e a inspiração para agir não deve vir somente de corpos carregados de esperanças, agora perdidas nas profundezas do mundo e que hoje estão nos jornais e de nada lhes adiantaram. 

Tamires Tavoni 

tamirestavoni84@gmail.com

São Paulo

TRAGÉDIA HUMANA

Por que motivo somente a Europa está sendo obrigada a aceitar os refugiados do Isis, Assad e companhia? Onde está o resto do mundo, os países muçulmanos, e principalmente as colônias sírio-libanesas que vieram refugiados ao Brasil no século passado e em outros países do mundo? Vamos continuar assistindo a esse massacre? Não lembramos o que aconteceu na  Segunda Guerra, onde milhões foram mortos pelos nazistas, principalmente  6 milhões de judeus? Acorda, mundo!

Gregório Zolko

gzolko@terra.com.br

São Paulo

FALCATRUAS

A Controladoria-Geral do Município (CGM) identificou falhas e sobrepreços na prestação de contas da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação (Seme) de São Paulo. Se forem a fundo descobrirão falcatruas também em ciclovias, pontos de ônibus, merenda escolar, transportes e etc.

Angelo Tonelli 

angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

REFUGIADOS URBANOS

Vamos imaginar levas de favelados fugindo da guerra entre traficantes nos morros da cidade do Rio de Janeiro, invadindo zonas residenciais de classes B e C, em busca de segurança. Como abrigá-los?

Sergio S. de Oliveira 

ssoliveira@netsite.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.