Fórum dos Leitores

FUNDO PARTIDÁRIO

O Estado de S.Paulo

13 Maio 2014 | 02h08

É dinheiro público

Mais uma nova e grave denúncia: dinheiro do Fundo Partidário pagou advogados que defendem condenados do mensalão. Isso significa que o povo brasileiro pagou tais despesas para o PT e o PR - partidos que entregaram documentos de prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até quando teremos de aceitar tanto abuso e falta de honestidade?

ELIANA FRANÇA LEME

efleme@terra.com.br

São Paulo

Inovaram

Usar o dinheiro do Fundo Partidário para fins escusos, como aumentar a renda dos "proprietários" dos partidos que alugam a sede do próprio partido, já é digno de nojo. Agora o PT inovou de vez: usar o dinheiro público para pagar a defesa daqueles que roubaram o dinheiro público. É o fim do mundo, mesmo!

LUIZ ANTÔNIO BELUZZI

luiz2812@icloud.com

São Paulo

Escravos de Jó

Desvio de dinheiro público resulta em ação penal cujos advogados de defesa são pagos com dinheiro público do Fundo Partidário, reduzindo o dinheiro destinado à campanha eleitoral e obrigando a desviar mais dinheiro, o que resulta em ação penal cujos advogados de defesa são pagos com... Assim, na triste roda, nós, os escravos de Jó, pagamos essas contas, enquanto corruptos com corruptos fazem zigue-zigue-zá. Não é à toa que, com tanta corrupção e tantos escândalos, precisamos ter uma paciência de Jó.

SILVANO CORRÊA

scorrea@uol.com.br

São Paulo

PETROBRÁS

Balanço do 1º trimestre

Dados do último balanço trimestral da outrora joia da coroa Petrobrás: dívida bruta de R$ 308,1 bilhões (era de R$ 129 bilhões no primeiro trimestre de 2011); taxa de alavancagem de 39% (acima do máximo estabelecido pela companhia, de 35%); e prejuízo no setor de abastecimento de R$ 7,4 bilhões (era de R$ 95 milhões no primeiro trimestre de 2011, ou seja, nesse período a variação foi de apenas 7.720%). Isso, sim, é que é comPeTência.

JOSÉ ROBERTO PALMA

palmapai@ig.com.br

São Paulo

E tome propaganda

No primeiro trimestre do ano, o lucro da Petrobrás caiu 29,9% e soma R$ 5,4 bilhões. O resultado foi pressionado pelo Plano de Incentivo à Demissão Voluntária (PIDV) e pela defasagem no preço dos combustíveis em relação ao mercado internacional. Então por que a empresa segue gastando com tanta propaganda institucional enganosa e cara? Querem nos convencer do quê?

LUIZ DIAS

lfd.silva@2me.com.br

São Paulo

De 1953 a 2014

Por volta de 1953 participei das passeatas da campanha do petróleo ("o petróleo é nosso") e hoje assisto à Petrobrás amargar queda de quase 30% no lucro do primeiro trimestre. Não surpreende. Ela é hoje uma empresa parcialmente estatal com alguns coitados acionistas nas mãos dos petralhas, que a administram mal e com um quadro de executivos inchado de inaptos e corruptos. Por isso pergunto: se o petróleo é nosso e a empresa está nas mãos desgovernadas do PT, para que lucro?

RENATO ROVEGNO

renato_rovegno@yahoo.com.br

Vinhedo

Impacto no Petros

Um detalhe que ninguém está analisando: os mais de 8 mil aposentados do PIDV da Petrobrás passarão a receber sua aposentadoria pelo fundo de pensão Petros, cuja rentabilidade é negativa.

VICTOR PENHA

vrpenha@terra.com.br

Uberlândia (MG)

PREVI

Superávits

A propósito da matéria intitulada Fundos de pensão têm déficit recorde e pedem prazo ao governo para se ajustar (11/5, B1), registramos que a Previ vem apresentando sucessivos superávits acumulados e seu principal plano administrado, o Plano 1, encerrou 2013 com cerca de R$ 24 bilhões a mais do que o montante necessário para arcar com todos os compromissos atuais e futuros com seus participantes, conforme relatório anual disponível no site da Previ. Considerando a participação relevante da Previ (possui 25% dos ativos do setor), é importante que os leitores do Estado tenham conhecimento dessa informação.

ROBERTO SABATO, gerente executivo de Comunicação e Marketing da Previ

betosabato@previ.com.br

Rio de Janeiro

EDUCAÇÃO E CULTURA

O estrago da 'simplificação'

Em entrevista a este jornal (9/5, C7), a escritora Patrícia Engel Secco, autora da "simplificação" da obra O Alienista, de Machado de Assis, seguiu a cartilha do PT e acusou seus críticos de serem contrários a que pessoas com menos escolaridade leiam grandes obras da literatura. O que ela não percebe é que as alterações por ela propostas, sim, afastarão dessas pessoas a verdadeira qualidade da escrita de Machado.

FELIPE ITO ANUATTI

felito.anuatti@gmail.com

Ribeirão Preto

Esperteza e sagacidade

Simplificar as obras de Machado de Assis e José de Alencar, ou quaisquer clássicos da literatura brasileira, a pretexto de "levar boa leitura a quem não lê, a jovens e adultos já alfabetizados que não têm acesso ao livro" é só mais uma prova de como se gasta inútil e maleficamente o dinheiro do contribuinte por meio do Ministério da Cultura. Isso só pode atender à vaidade de quem se propôs a fazê-lo (e não me importa quem seja a autora). Machado é Machado e Alencar é Alencar. No original e com todas as dificuldades de vocabulário que possam conter e que os jovens brasileiros devem aprender. Eu os li aos 14 anos, aos 20 anos, aos 30 anos e isso só fez ampliar minha compreensão e cultura. Ora, os jovens precisam, desde o início da adolescência, saber a diferença entre "sagacidade" e "esperteza". Se Machado ou Alencar usaram o termo "sagaz", a autora não pode mudá-lo para "esperto", porque isso fatalmente altera o sentido do texto. São vocábulos com sentido diferente. Esperta é esta escritora, que oferece leitura de má qualidade ao povo à custa do dinheiro público, e sagazes somos nós, que entendemos a sua intenção. Rebaixar ainda mais o aprendizado de nossa juventude é o que se pretende? Podemos, então, dizer adeus a um Brasil culturalmente organizado e preparado para o futuro.

EDMÉA RAMOS DA SILVA

mbethr@terra.com.br

Santos

*

FUNDO PARTIDÁRIO

Os três escritórios remunerados pelo PT com recursos de origem pública do Fundo Partidário, contratados no período de julgamento do mensalão, 2012 e 2013, afirmam que receberam pagamentos por serviços prestados exclusivamente ao partido. Sobre os serviços privados, dois disseram trabalhar de graça e um "a preços módicos" para os envolvidos nos processos. Está explicado também de onde vieram os recursos instantâneos para quitar o valor das multas aplicadas aos mensaleiros, ou precisa desenhar?

Victor Germano Pereira

victorgermano@uol.com.br

São Paulo

*

DINHEIRO PÚBLICO

O PT tem fixação pelo dinheiro público. Nem o fundo partidário escapou! Caso permaneçam no poder, vão levar o Brasil para casa!

Eugênio José Alati

alatieugenio@gmail.com

Campinas

*

ADVOCACIA POLÍTICO-CRIMINAL

Com o Fundo Partidário, o eleitor já garante o advogado para o político que vai lhe roubar. Segundo um dos defensores, como consolo, foram "a preços módicos" os cobrados.

A.Fernandes

standyball@hotmail.com

São Paulo

*

PT ACIMA DAS LEIS

Nunca se viu tanta defesa de pessoas que foram presas, depois de julgadas culpadas por uma Corte Suprema, serem tão defendidas por um partido político com tanta veemência como aos condenados do mensalão do PT. Ao contrário de se fecharem em contrição pela vergonha do criminoso ato que motivou as penas, os companheiros de sigla se juntam para atacar e desacatar os juízes Ministros da Corte do Supremo, principalmente na pessoa de seu presidente, Dr. Joaquim Barbosa. Através de notas se mostram contrários às leis e surpreendentemente se arvoram ao ridículo de discordar publicamente de medidas tomadas com base no cumprimento das mesmas. Se os petistas já estavam insatisfeitos com a proibição de Dirceu trabalhar fora da Papuda antes de cumprir um sexto da pena, imaginemos agora que o seu ex-tesoureiro terá de deixar o trabalho que já estava executando bem depois de José Genoíno voltar à prisão por ser considerado não portador de doença grave. Embora sejam definidas como pessoas que não gozavam da confiança do presidente de honra do PT, Lula da Silva, os demais partidários ainda consideram que, ao alcançar o "status de petista", mesmo infratores, todos estarão acima de tudo, de todos e, sobretudo, acima das leis.

Leila E. Leitão

São Paulo

*

INCONFORMADOS

Será que para o PT e para os PTistas não existem leis? A Constituição existe para que? Se existem, só valem para os outros, para eles não. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, diz que o Ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) foi arbitrário ao negar "trabalho" ao presidiário José Dirceu. É muito estranho. Como ficou provado, quando os condenados da ação penal 470 podiam trabalhar, não trabalhavam, só faziam "trambicagens". Agora presos, querem trabalhar, sem ao menos terem cumprido um sexto das penas. Querem mesmo é tumultuar... Diante da ignorância proposital do presidente nacional do PT, entende-se que, no mínimo, fez uma difamação ao ministro do STF, e por isso também merece uma punição. Além disso, afirmou que o ministro Joaquim Barbosa persegue o partido. É uma afronta o que PT e os PTistas desrespeitam os demais poderes, a Constituição, as leis e o povo. Se estão inconformados, é porque merecem. Mais inconformados estão os verdadeiros, autênticos e decentes cidadãos brasileiros.

Luiz Dias

lfd.silva@2me.com.br

São Paulo

*

PT X BARBOSA

Inacreditável! O presidente do PT, Rui Falcão, diz em nota, que o Ministro do Supremo, Joaquim Barbosa comete arbitrariedade contra o ilustre morador da Papuda, José Dirceu. Advogados ligados ao PT estudam possibilidades jurídicas de pedir afastamento de Barbosa da função de executor das penas dos condenados do mensalão. Como assim? Bem se vê que, neste país de "incomuns", a Justiça é mais justa e aplicada conforme a lei aos três "p"!

Aparecida Dileide Gaziolla

aparecidagaziolla@gmail.com

São Caetano do Sul

*

INGRATIDÃO

O PT critica o Ministro Joaquim Barbosa ao negar ao presidiário José Dirceu que deixasse a prisão para trabalhar. Bem, ele, petralha, que nunca trabalhou na vida, podendo ficar na Papuda, dormindo, e comendo às nossas custas, e ainda tomando banho de sol, quer passar-se por vítima e demagogicamente resolve trampar como todos nós pagadores dos impostos. Como se não bastasse a corrupção, mostram a ingratidão.

Mario Cobucci Junior

maritocobucci@uol.com.br

São Paulo

*

PTCRACIA

Campanha do PT pelo seu presidente prega revolta contra decisões da Justiça e quer criar exceções para os "seus". Ameaçam o presidente do Supremo! Será essa a democracia que querem impor? E, se Genoíno morrer na prisão, prometem indiciar Barbosa por homicídio. É brincadeira! Pelos laudos médicos, parece mais que ele está "se fazendo"!

Décio Antônio Damin

deciodamin@terra.com.br

Porto Alegre

*

ARBITRARIEDADE

PT acusa Barbosa de "arbitrariedade". Que imbecilidade é essa? Que moral tem os integrantes desse partido para fazerem essa acusação, quando tem os seus antigos diretores e figurões cumprindo pena na Papuda? Barbosa está exercendo o que está na lei, o que sempre fez muito bem e com muita propriedade. Que eles cumpram as penas a que foram condenados, como todo e qualquer criminoso, sem privilégios.

Carlos E. Barros Rodrigues

ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

*

MEDO

O medo do PT já demonstra nitidamente que perder a eleição não é tão preocupante quanto o descobrimento de malfeitos que virão à tona quando quem estiver no poder abrir as gavetas e levantar os tapetes. Aí, sim, estarão totalmente perdidos e afastados da política, de qualquer cargo a que se candidatarem. Diante disso, passarão com todas as forças imaginárias e inimagináveis para não perder estas eleições.

Valdir Sayeg

valdirsayeg@uol.com.br

São Paulo

*

GEPETO E PINÓQUIO

Desfilando um variado rosário de mentiras, o Partido dos Trabalhadores (PT), representado por seu mestre Gepeto (Lula) e sua criatura Pinóquio (Dilma), nessa campanha que para o governo já começou faz tempo, a maior delas é sem dúvida de que a oposição tem como plataforma eleitoral acabar com o Programa Bolsa Família e ainda privatizar a Petrobrás. Mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo, diz o ditado popular. Infelizmente, grande parte dos eleitores desconhece que na verdade a grande empresa criada por Getúlio Vargas há muito já está privatizada pelo Partido dos Trabalhadores, haja visto os sucessivos e bilionários escândalos envolvendo diretores e políticos do governo que aparelharam e lotearam a empresa privatizando-a para o PT. Esperemos que o futebol da Copa não atue como um ópio neutralizador da real situação em que o País se encontra.

Jair Gomes Coelho

jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

*

LULA, DILMA, PETROBRÁS

Em entrevista hoje, o ex-presidente afirma que Dilma irá vencer as eleições por ser mais bem preparada. De fato, concordo, ela demonstra isso na condução do meu país, vejam os casos de Pasadena (duvido que tenha lido o resumo), Petrobrás, Eletrobrás, preço dos estádios, porto em Cuba, contas de luz, e tantos outros, Haja competência.

José Roberto Palma

palmapai@ig.com.br

São Paulo

*

URUBU

O presidente do PT parece que tem um arsenal inesgotável de impropriedades. Então, relativo ao presidente do STF, se supera diariamente. Com respeito a assuntos, de Direito não sabe absolutamente nada. Nem o essencial. Falcão é uma ave da nobreza. Como gosta de defender carniças, seu sobrenome deveria ser urubu. Taí uma boa ideia. Essa mudança estaria bem mais adequada ao seu perfil.

Iria de Sá Dodde

iriadodde@hotmail.com

Rio de Janeiro

*

MONTADORAS

O governo vai socorrer as montadoras com uma MP? Isso é empurrar o problema para debaixo do tapete. A quantidade de impostos que o consumidor brasileiro paga na compra de um veículo aqui no Brasil beira o ridículo. Os nossos carros estão entre os mais caros do mundo e longe de ter a qualidade que se espera. O governo deveria pensar em reduzir a quantidade de impostos que recaem no bolso de quem adquire um veículo. Nem um transporte público de primeira linha justificaria o preço dos automóveis. Mas, afinal, como reduzir os impostos, se temos que sustentar todos os parlamentares e assessores, além do dinheiro desviado dos cofres públicos, não é? Brasil, o País dos impostos.

Felipe da Silva Prado

felipeprado39@gmail.com

São Paulo

*

VIPS DA PAPUDA

Definitivamente, não pode haver tratamento diferenciado nem privilégios que beneficiem os mensaleiros condenados e detidos na Papuda. É preciso acabar de vez com os VIPs - Very Important Presos!

J.S. Decol

decoljs@globo.com

São Paulo

*

EX-MINISTRO MENSALEIRO

O PT reclama que o STF, pelo seu presidente, negou o pedido do Zé Dirceu para trabalhar fora. Oras bolas, se quando ele estava livre não fazia nada, agora que está preso quer trabalhar? Me engana que eu gosto.

Tanay Jim Bacellar

tanay.jim@gmail.com

São Caetano do Sul

*

OS AMIGOS DA PRESIDENTA

O governo do Ceará é por demais provinciano. A maneira de governar é a mesma dos coronéis que distribuem privilégios para quem é conveniente pedir votos. Diante disso tudo, temos uma hegemonia de interesses para eleger os amigos de Dilma. Não se sabe bem quem subirá no cobiçado palanque da presidenta. Sabemos que o que o governo do PT plantou durante 12 anos ele vai colher. Ou o povo se deixa iludir pelas propagandas falsas, ou teremos durante a Copa a resposta de um povo sofrido que não recebe o que dá em impostos e em créditos aos políticos.

Paulo Roberto Girão Lessa

paulinhogirao@gmail.com

Fortaleza

*

INAUGURAÇÕES

A presidenta Dilma vai andar de vaqueiro depois da caída nas ultimas pesquisas. Pirou de vez. Está inaugurando estádios semiacabados para poder aparecer na mídia? É uma vergonha e uma falta de decoro, pois isso é para tentar enganar alguns ineptos já que não sabem das pesquisas. Dilma, acorda, você já era, assim como o PT. Vocês afundaram a Petrobrás e ainda querem falar dos outros? Além do vergonhoso mensalão, que até na prisão conseguem mostrar a cara de vocês de levar vantagem a todo e a qualquer custo. PT, saudações e até nunca.

Antonio Jose Gomes Marques

a.jose@uol.com.br

São Paulo

*

AJUDARÁ A PRESIDENTE?

Ao contrário do que disse o Lula, se o Brasil ganhar a Copa, tal conquista ajudará e muito a campanha da sua Criatura, assim como será um estímulo imenso àqueles milhões de brasileiros que recebem o bolsa esmola.

Laércio Zannini

arsene@uol.com.br

São Paulo

*

PREÇO NAS NUVENS

Mesmo que o Brasil vença a Copa, qual será o custo real do caneco?

Virgílio Melhado Passoni

mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

*

A COPA NO BRASIL

Vejam como é tudo uma questão de enfoque. Enquanto o empresário Abílio Diniz afirma que a Copa de Mundo é uma das melhores oportunidades de projeção do País, e claro, uma grande vitrine para seus negócios, o especialista esportivo Juca Kfouri afirma que os países do Primeiro Mundo consultam a população antes de levar adiante a ideia de sediar Copas ou Olimpíadas, coisa que nem passou pela cabeça do faraó Lula, haja vista que na Suíça, na Alemanha, e na Suécia, plebiscitos resolveram que essas cidades não deveriam pleitear ser sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, por meio de consulta popular.

Conrado de Paulo

conrado.paulo@uol.com.br

São Paulo

*

COPA DO MUNDO

O ex-presidente Lula disse que é uma honra que o Brasil tenha sido escolhido como sede para a Copa do Mundo, porque o nosso país precisava ser reconhecido mundialmente, mas quem está sentindo vergonha somos nós, povo brasileiro, de tanta ingerência nas atribuições de uma Copa do Mundo. Faltam apenas 30 dias para o início e ainda tem muita coisa a ser feita. Desculpe, Lula, pense antes de falar, hoje já sabemos quem é o simplório Lula da Silva.

Maria José da Fonseca

fonsecamj@ig.com.br

São Paulo

*

AVISO AOS TURISTAS

Imaginem-se junto a sua família num aeroporto embarcando para o Brasil como turista para ver a Copa, porém, no momento de fazer o check-in, recebem uma cartilha com dicas orientando como se comportar durante sua estada, por exemplo: "não reagir para evitar um latrocínio"; "manter seus pertences no campo de visão"; "não manusear dinheiro ou cartões"; "não ostentar objetos de valor"; "evitar andar sozinho"; "sempre se controlar nas piores situações, não reagindo, gritar ou discutir"; "observar sempre se não está sendo seguido por alguém". Obedecendo todas essas regras e normas, lhe desejamos uma feliz estada e volte sempre será sempre um prazer recebê-los.

Angelo Tonelli

angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

*

O LEGADO DA COPA

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, defendeu o legado que o torneio deixará para o Brasil. Como assim? O principal legado será a inflação e os elefantes brancos que sorverão o dinheiro público com suas manutenções. Quem deve se pronunciar sobre esse assunto é o ex-presidente Lula que foi o responsável pela realização desta orgia e gastança imoral da Copa. Lula critica tanto a elite, mas age contraditoriamente às suas palavras. O preço para assistir aos jogos eliminam a possibilidade de haver a presença do povo. Só quem pode arcar com os custos é justamente a elite. Duvido que Lula não vá assistir aos jogos junto à classe que ele odeia. E pior, deverá abusar mais uma vez de sua condição de ex-presidente para ir aos estádios e comportar-se como já fez, após deixar o governo usando a suíte presidencial em uma unidade do Exército no Guarujá. Que tristeza ver estampadas nos jornais as incongruências diárias de um homem que se diz estadista. Ufa.

Mário Negrão Borgonovi

marionegrao.borgonovi@gmail.com

Rio de Janeiro

*

FHC, MENSALÃO E CPTM

Fernando Henrique Cardoso fez algumas declarações na matéria "Lula não é garantia de vitória" ("Estadão", A6, 12/04/14) que merecem alguns comentários. É certo que existiram os mensalões do PSDB, DEM e PT, sendo Eduardo Azeredo, ex-presidente do PSDB, o descobridor de Marcos Valério. O mensalão do PT só foi julgado graças aos Procuradores Gerais Antonio Fernando de Sousa e Roberto Gurgel, nomeados por Lula e Dilma, que também indicaram oito dos 11 ministros que atuaram na ação. Em contrapartida, FHC, em proveito próprio e do PSDB, nomeou Geraldo Brindeiro como Procurador Geral, que arquivou mais de 550 ações criminais, inclusive a da "Compra de Votos para Reeleição" e ficou conhecido como "Engavetador" Geral da República. Assim como Lula diz que o mensalão do PT não existiu, FHC, candidamente, afirma que não há provas que o PSDB tenha se beneficiado do cartel de trens e Metrô de São Paulo. Há farta documentação que o contradiz, como por exemplo, o depósito de US$ 1 milhão, depositado pela Alstom em banco suíço na conta de Robson Marinho, coordenador da campanha e ex-secretário da Casa Civil de Mario Covas. Devido a sua "honestidade", Robson Marinho foi nomeado por Covas conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Com raríssimas e honrosas exceções é incontestável que os políticos do PT e do PSDB são corruptos e FHC tem razão quando afirma que "não são farinha do mesmo saco", pois enquanto os petistas desonestos guardam os dólares roubados na cueca, os tucanos corruptos os têm depositado em bancos suíços.

Wilson Haddad

wilson.haddad@uol.com.br

São Paulo

*

TUCANOS

A Suíça, através do Tribunal Penal de Bellinzona, confirma em 28 páginas um depósito irregular em conta de Robson Marinho que é integrante do Tribunal de Contas no Estado de São Paulo e foi Chefe da Casa Civil do então governador Mário Covas. Essa é uma função que exige de seu ocupante uma reputação ilibada. Por que ele não se afasta do cargo e prova que nada deve, que está sendo acusado injustamente? Ou serão suas ligações com os "tucanos", ao qual era filiado, que impedem uma atitude mais drástica contra ele? E como fica ele nas avaliações das contas dos prefeitos do Estado?

Uriel Villas Boas

urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

*

DEMOCRACIA: UMA PLANTA DÉBIL

Uma democracia, ainda imperfeita, como a brasileira, é como uma pequena aldeia situada num vale, periodicamente assustada por lobos que descem as montanhas. Uma tríade de fatores históricos sempre a ameaçou: um povo esbulhado de direitos básicos, com uma maioria revoltada e instrumentalizada por extremistas de esquerda e de direita. A prevenção consiste numa reforma política profunda, como disse FHC em entrevista ao "Estado", mas trata-se de um enfrentamento complexo, posto que os lobos mais ferozes e oportunistas integram suas próprias instituições. Esperemos que a melhor imprensa e democratas autênticos e éticos se armem de archotes eficazes para espantar essas feras.

Amadeu R. Garrido de Paula

amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

*

COPA X DENGUE

O governo brasileiro tem a obrigação moral de informar os milhões de estrangeiros que virão assistir à Copa do Mundo que o País está enfrentando um grande surto de dengue. Sem informação, os estrangeiros que contraírem a doença poderão tomar os remédios contra-indicados, o que agravará o problema e poderá levar a mortes. É hora de deixar de lado a demagogia eleitoreira e fazer o que tem que ser feito para evitar o pior.

Mário Barilá Filho

mariobarila@yahoo.com.br

São Paulo

*

DENGUE EM PLENO FRIO

Impressionante como são inúteis e caros os governos de hoje em dia, não bastasse existirem para atrasar o País. Afinal, o Brasil tem governo na verdade para empobrecer o País, atrasá-lo, mas não é o assunto de agora. Agora é a dengue nos lixos próximos a pontos de ônibus, nas piscinas abandonadas em reforma, nos estacionamentos, nos automóveis abandonados e nos pneus. Eu pergunto: não temos hoje em dia governos muito melhores que nos anos 70? Resposta: é o que dizem, só que nos anos 70 eu via um caminhão que borrifava veneno, não via nem moscas, nem pernilongos ou baratas. Ah, é antiecológico? Então tá, precisamos fazer um plebiscito, bem a cara do fim do mundo! Tema: matamos pernilongos ou deixamos morrer a população. Para matar pernilongo tecle um, para matar humanos tecle dois. Ou é isso ou é muita incompetência.

Roberto Moreira Da Silva

rrobertoms@uol.com.br

São Paulo

*

E O AQUÍFERO GUARANI?

Nada li ou ouvi sobre eventuais possibilidades de se aproveitar água do Aquífero Garani para compensar total ou parcialmente a baixa do reservatório Cantareira. Alguém sabe algo a respeito?

Milton Bonassi

mbonassi@uol.com.br

São Paulo

*

ESTIAGEM

Os adeptos do governo federal criticam o paulista pela possível falta de água em São Paulo. E os nordestinos que estão morrendo, tal como seus animais, porque os desgovernos Lula/Dilma não construíram poços artesianos nem a famosa (no mau sentido) transposição do São Francisco?

Mário A. Dente

dente28@gmail.com

São Paulo

*

GRITO AFOGADO

O Sr. Padilha está tentando ganhar em cima da seca que judia de São Paulo, deixando o reservatório da Cantareira em níveis preocupantes. Agora, Padilha, você não faz frente ao governador de SP, não. Sabe por quê? No aquário da vida você ainda é um mero guaru. E ainda passa uma ideia errada para a população. Formou-se médico, virou ministro, agora tenta ser político para não ficar esquecido no bonde da história.

Joao Camargo

democracia.com@estadao.com.br

São Paulo

*

A POLÍCIA E SEU TRATAMENTO.

A polícia, seja a civil ou a militar, como integrantes das forças de segurança nacional, merece tratamento adequado pela mídia, não sendo elogiável a conduta de certos órgãos de imprensa quando imprimem críticas a alguns de seus integrantes. Os seus direitos humanos merecem ser respeitados, porque o policial é um cidadão que cumpre uma árdua missão, devendo merecer compreensão em muitos casos em que a mídia realiza ataques homéricos e perfeitamente dispensáveis. Determinadas formas de tratamento midiático desestimulam os policiais e suas ações no combate ao crime, o que não é conveniente para os cidadãos desse país.

José Carlos de Carvalho Carneiro

carneirojc@ig.com.br

Rio Claro

*

POLÍCIA

Desejar uma polícia melhor é legítimo. Ser contra a polícia não é.

Renato Gentile Rocha

rerocha65@gmail.com

São Paulo

*

ABSURDO

Algo absurdo está se perpetuando: ao arrepio da lei, baderneiros de todo tipo destroem bens públicos e privados, fecham vias e rodovias, picham, agridem policiais, etc., e não são detidos, presos e processados. Falta pulso a diversos governantes, que privilegiam evitar desgaste, pensando somente em votos. À maioria da sociedade, é evidente que tais políticos não merecem voto algum. Falta demonstrá-lo.

André C. Frohnknecht

caxumba888@gmail.com

São Paulo

*

DESIGUALDADES

As desigualdades existem desde a criação do mundo. Há desigualdade na função do homem e da mulher; na linguagem entre Nações e até no próprio País; há desigualdade na força do trabalho, uns produzem riqueza e outros apenas usufruem e nada fazem; há desigualdade na condução de vida de cada pessoa, alguns enriquecem através do esforço e trabalho, os outros da corrupção e furto. Enquanto muitos trabalham para alcançar a prosperidade, outros almejam a mesma "prosperidade" somente com as benesses que os governos populistas oferecem. Os invejosos querem ter toda riqueza que se produz, sem fazer qualquer força, isso é, sem merecimento. Nunca se poderá atingir a igualdade distribuindo o dinheiro dos ricos para os pobres, criaríamos apenas mais miséria. O progresso exige mais do que isso: o trabalho!

Odiléa Mignon

cardosomignon@gmail.com

Rio de Janeiro

*

GÊNESE DOS NOSSOS PROBLEMAS

A magnitude de nossos atuais problemas que vão das mazelas do cotidiano, como a violência urbana e as grandes deficiências de infra-estrutura em educação e saúde, são emblemáticas. A gênese dessas tragédias está em grande parte pela miopia de parte de nossas elites, que veem a gestão pública com a visão da época da escravidão, em que os privilégios dessa minoria de "senhores de engenho" do terceiro milênio prevalecem sobre os interesses da maioria da população. Espera-se que a partir de agora com as denúncias que a mídia faz sobre tais aberrações possamos corrigir paulatinamente tais trágicas realidades.

José de Anchieta Nobre de Almeida

josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

*

FUNDOS DE PENSÃO

Outra anomalia está para vir a público e vão mostrar que os Fundos de Pensão também estão em situação de penúria, causada por gestão incompetente, para dizer o mínimo. Não é segredo que os petistas também dominaram esses fundos, e logicamente o resultado disso vai ser sempre péssimo, como eles fizeram com a Petrobrás, Eletrobrás, etc. Mas o pior é a conta que vai sobrar para o contribuinte pagar. Até quando vamos continuar assistindo a esses desmandos de maneira passiva? Acordemos, brasileiros!

Ademar Monteiro de Moraes

ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

*

VENEZUELA LIVRE

Quer dizer que as autoridades venezuelanas libertaram ontem 208 dos 243 jovens, detidos em manifestações contra o governo de Maduro? Étimo! Tomara que retornem às ruas e se mobilizem para lutar pela liberdade dos outros 35. Principalmente agora, depois que a Comissão da Internacional Socialista, reunida na República Dominicana, exigiu do governo venezuelano que liberte "todos os estudantes e presos políticos e pare com a perseguição aos opositores", não há mais acordo. Que a luta continue! Fora, Maduro!

Sergio S. de Oliveira

ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

*

ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA

Neste 13 de maio, comemoramos os 126 anos da Abolição da Escravidão no Brasil. Demorou. É uma mancha e uma chaga na nossa história termos sido o último País das Américas - e um dos últimos do mundo - a abolir a odiosa escravidão. Passados 126 anos, devemos lutar por direitos iguais e igualdade de oportunidades para todos, independente da cor da pele. Somos todos seres humanos. Temos de lutar por educação pública e gratuita de qualidade para todos. O Brasil é uma grande mistura de negros, brancos e índios, numa enorme miscigenação, algo que só melhorou e aprimorou a "raça e a civilização brasileira". Os negros não devem nada a ninguém e não precisam de cotas raciais ou esmolas, Hoje, as cotas não passam de medida demagógica e eleitoreira. O Movimento Negro deveria ser o primeiro a combatê-la, pois fere a igualdade racial e cria privilégios inaceitáveis, que vão contra a tão desejada meritocracia no País.

Renato Khair

renatokhair@uol.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.