Fórum dos Leitores

LIBERTADORES

O Estado de S.Paulo

06 Julho 2012 | 03h06

Sete meses

4 de dezembro de 2011: Corinthians campeão brasileiro. 4 de julho de 2012: Corinthians campeão da América. Em exatos sete meses, a transformação de um sonho numa realidade histórica. Parabéns, Corinthians!

RODOLFO JESUS FUCIJI

fucijirepresentacao@ig.com.br

São Paulo

Embaixada

A nação corintiana acaba de reivindicar ao governo do Japão a criação de uma embaixada na cidade de Tóquio.

VANDERLEI ZANETTI

vanzanetti@uol.com.br

São Paulo

Campeão dos campeões

Muitas coisas precisam e devem ser debatidas neste espaço sagrado que é o Fórum dos Leitores do Estadão. Porém eu seria uma voz dissonante caso não fizesse coro com a nação corintiana: "Salve o Corinthians, o campeão dos campeões!". De uma são-paulina.

ECILLA BEZERRA

ecillabezerra@gmail.com

Peruíbe

Vai, Timão!

O esporte é uma das grandes alegrias do povo brasileiro. Futebol, então, nem se fala. A despeito do fanatismo, que é inaceitável, pois quase sempre acaba em brigas, é muito bonito ver as torcidas quando o time disputa um campeonato. E a torcida do Corinthians não tem pra ninguém, basta uma pequena frase - "Vai, Corinthians" - que o time e a torcida enlouquecem. Alegria de uns, tristeza de outros, assim é a vida, ora ganhamos, ora perdemos. O que não se pode perder é a energia e a esperança em todos os sentidos, e não apenas no esporte. "Vai, Corinthians, é nóis, Timão"!

IZABEL AVALLONE

izabelavallone@gmail.com

São Paulo

Festa x tragédias

Parabéns ao Corinthians, que pela primeira vez conseguiu consagrar-se campeão da Copa Libertadores. Pena que a festa da comemoração do título se tenha transformado em tragédias: pessoas atropeladas, ônibus depredados...

MARIA CARMEN DEL BEL TUNES

carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

Torcida nota zero

Se o time do Corinthians está de parabéns pela conquista merecida da Libertadores, em contrapartida o comportamento da torcida deixa muito a desejar. Não bastassem os verdadeiros gritos de guerra madrugada adentro, ainda soltavam rojões às portas de hospitais, além, é claro, da tradicional e desnecessária quebra de vidros de agências bancárias. Vale lembrar o velho ditado: não basta saber perder, é preciso também saber vencer.

LUCIANO HARARY

lharary@hotmail.com

São Paulo

Sangue corintiano

Meus cumprimentos a todas as pessoas que torcem pelo Corinthians. E lanço um desafio que denomino "Corinthians tem sangue nas veias": cada louco(a) corintiano(a), em comemoração pela relevante conquista, que calou los hermanos tagarelas", irá doar sangue e, no local de coleta, declarar sua fé corintiana. Assim como ficam desafiados também santistas, são-paulinos, palmeirenses, lusos, etc., a provar que são melhores que os corintianos e tomar a mesma atitude, declarando a fé em seu clube. Duvido que os corintianos sejam superados.

ERALDO B. CIDREIRA REBOUÇAS

real742@yahoo.com.br

São Paulo

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Começou o jogo

Os partidos já podem pôr seu bloco na rua, a campanha eleitoral está liberada. De uma coisa temos certeza: promessas não faltarão.

VIRGÍLIO MELHADO PASSONI

mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

Fundo do poço

Qual será o novo acordo, quem o Lula vai visitar para acrescentar alguns segundos à campanha de Fernando Haddad na TV? Existirá outro político mais envolvido em falcatruas que Paulo Maluf? Lula chegou no fundo do poço!

EUGÊNIO JOSÉ ALATI

eugeniojosealati@yahoo.com.br

Campinas

MERCOSUL

Vergonha

A decisão de Argentina, Brasil e Uruguai de suspender o Paraguai do Mercosul, em razão da destituição do presidente Fernando Lugo, em nome da preservação da democracia pode ser questionada tanto em relação ao mérito e especialmente quanto à forma. Com relação ao mérito, cabe destacar que a destituição se deu segundo as normas constitucionais paraguaias, por ampla maioria dos votos, e foi referendada pela Justiça do país. No tocante à forma da suspensão do bloco, a decisão foi tomada muito rapidamente e sem assegurar ao Paraguai o direito de defesa. Ora, a acusação que se fez ao Congresso paraguaio foi de que o processo de destituição se deu de forma muito rápida e sem assegurar ao ex-presidente o amplo direito de defesa. Independentemente dessas questões de mérito e forma, o ato de suspensão do Paraguai do Mercosul em nome da democracia torna-se inaceitável quando, ato contínuo, se aprovou a entrada da Venezuela, liderada pelo "democrata" Hugo Chávez. Como se sabe, o Paraguai, com seu veto, vinha impedindo o ingresso da Venezuela no Mercosul e a "coincidência" da ausência forçada daquele país na reunião possibilitou o atendimento do pleito venezuelano. Seguramente os "companheiros" Evo Morales e Rafael Correa, tão democratas quanto Chávez, devem ter aplaudido essa decisão, que também deve ter sido abençoada pelo paladino da liberdade e tutor do modelo de democracia que impulsionou muitos governantes latino-americanos. Quanto a mim, como brasileiro, sinto vergonha da posição adotada pelo Brasil nesses episódios, que não faz jus à tradição da política externa do País.

ROGÉRIO AMATO, presidente da Associação Comercial de São Paulo e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo

São Paulo

SOS Brasil

Alguém neste nosso Brasil precisa pegar pesado na política externa. A Nação brasileira está começando a ser malvista pela comunidade internacional ao se alinhar a figuras como Ahmadinejad, Fidel, Morales e outros inimigos da democracia - Lula chegou a chamar Kadafi de irmão e Chávez de grande democrata! Isso não poderia estar acontecendo ao nosso país... Como nos podem levar a sério como país emergente, se nossos políticos e governantes são aliados do baixo clero internacional? E ainda querem que acreditemos na Comissão da Verdade, pautada nos direitos humanos - isso é mais que hipocrisia e cinismo. Essa é a herança do Lula. Se o Brasil continuar trilhando esse tortuoso caminho do atraso, em breve teremos de pedir ajuda ao grande irmão do norte, os EUA.

PAUL FOREST

paulforest@uol.com.br

São Paulo

Cartas selecionadas para o Fórum dos Leitores do portal estadao.com.br

COPA LIBERTADORES

A excelente cobertura que o Estadão fez do final da Libertadores merece os parabéns dos fãs de todos os times de futebol. No entanto, o brilho da cobertura e da vitória inédita do Corinthians, na minha opinião, foi comprometido pela opinião do brilhante corintiano Washington Olivetto. No seu desabafo por ter sofrido o peso de 102 anos sem uma conquista internacional de peso, fez uma afirmação de inaudita arrogância: a Libertadores ganhou importância depois da vitória do Corinthians (capa de 4/7). As palavras não eram exatamente essas, cito de memória, mas o sentido era. Ao comemorar com toda a felicidade (e justiça) o tão ambicionado feito, quis jogar para o ralo as Tri Libertadores do Santos e do São Paulo que, segundo ele deixou entender, nada valeram. Acho que semelhante ponto de vista vem do fundo de um coração, vazio de um Tri Mundial como o do São Paulo, e um Bi Mundial domo o do Santos.

Neil Ferreira neil.ferreira1804@gmail.com

São Paulo

*

TIMÃO

O Corinthians é campeão invicto da Libertadores da América. Um título com todos os méritos! Foi constante em todos os jogos, sem brilhantismo ou estrelismo! O conjunto perfeito! E, "se" existe uma estrela no Corinthians, esta estrela se chama Andre Sanches, ele sim revolucionou o timão! Valeu timão, que venha o título do mundial! (eu sou verde, mas o Corinthians é diferente mesmo).

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Sumaré

*

FESTA NO SISTEMA

Parabéns, "curintianada"! De Tremembé até Bangu Um e Dois, no RJ, passando por presidente Venceslau, na 'tranca', era tudo festa...

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

*

NAÇÂO CORINTIANA

Nós, torcedores corintianos, estamos satisfeitos com todas as explicações táticas, técnicas, filosóficas, metafísicas, eclesiásticas, tanguísticas e gardelianas a respeito de mais uma conquista corintiana. Mas do que mais gostamos são os números. E eles não deixam qualquer dúvida. Campeão invicto e em cima do bicho papão da Libertadores,o Boca.Sabemos que não temos um time de estrelas,mas temos camisa,raça,tradição e, acima de tudo, temos a nós mesmos, esta torcida chamada nação Corintiana. E, convenhamos, um time que tem uma torcida como a nossa sempre precisa realizar metade da tarefa que lhe é imposta. E para os secadores de plantão, já que esta não deu, em dezembro, em Tóquio, vocês terão outra chance. Pena que não é com o Barça.

Mario Miguel mmlimpeza@terra.com.br

Jundiaí

*

DECLARAÇÕES DO TREINADOR DO CORINTHIANS

Tite, treinador do Corinthians, afirmou, antes do jogo com o Boca: "o Corinthians não é o Brasil". E após a conquista da Libertadores: "não foi por acaso, não foi por sorte. Foi competência e merecimento". Não gostei das declarações do técnico. Quer dizer que o time do parque São Jorge é da Espanha, da Armênia e não do Brasil? O homem mais rico do Brasil e 7. ° do mundo, Eike Batista, não foi por acaso que ficou rico. É trabalhador, competente, inteligente, merece ser rico e sabe o que faz, mas se não tivesse sorte, jamais seria milionário. Torci para o Corinthians porque é Brasil e contra a Argentina. O segundo gol, em que o jogador do Boca Junior errou o passe e o Emerson correu e fez o gol, não foi sorte?

Olympio F.A.Cintra Netto ofacnt@yahoo.com.br

São Paulo

*

RIVALIDADE

Por que será que há tanta rivalidade entre as torcidas de times de futebol? Como perguntar não é ofensa, onde será que colocaram as toneladas de rojões que seriam utilizados se o Corinthians perdesse para o Boca Juniors?

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

*

CORINTHIANS, CAMPEÃO INVICTO E SECADORES

É curioso, estranho e de certa forma uma descabida incoerência que torcedores, orgulhosamente penta campeões - embora já estejamos apenas no 11º lugar no ranking da ojerizada FIFA -, fanáticos pelos seus times, irracionalmente optem por torcer por um time estrangeiro somente pela rivalidade interna entre suas equipes contra outra nacional que, honrosamente, disputa títulos com times estrangeiros. São os tais secadores. Qual o prazer sentido em ver o maior dos nossos adversários - Argentina, em especial - vencer um time brasileiro e a torcida fanática deles pilheriar de todos, indistintamente, já que não se ateriam apenas à torcida do rival abatido, mas ririam de toda a torcida brasileira? O futebol não tem lógica mesmo ou a animosidade de alguns é bem superior do que o lado desportivo a tal ponto de ofuscar o discernimento e agir assim tão tolamente? Uma postura infantil e que atesta o descomprometimento ou até, sem exageros, falta de amor pelo nosso futebol, ainda que fosse um time de várzea, mas que nos estivesse representando. A despeito de tudo, mesmo com a torcida de certos pés frios famosos o "Coringão" venceu meritoriamente! Foi melhor! Foi lá, jogou bem e aqui consolidou a sua inegável superioridade e logo diante de um das mais consagradas equipes argentina - o Boca Junior, para desgosto dos "Maradonas" de lá e daqui. Benfeito! Aos descontentes que lhes sirva a lição e que engulam, a seco, suas incongruências e se acostumem a distinguir rivalidade interna de, e a qualquer custo, esportividade e patriotismo. Cada dos nossos times que dispute internacionalmente estará representando o Brasil e não um punhado de inconformados por seus times não terem, naquele período, a mesma competência para nos representar. Secadores de todo Brasil, pssssssssiiiiuuuuu..., bico calado! Conformem-se, portanto e parabéns à torcida fiel por mais um título invicto, e que título: Libertadores da América!

Hildeberto Aquino hildebertoaquino@yahoo.com.br

Russas (CE)

*

É CAMPEÃO!

Coringão abocanhou a Libertadores!

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

*

AGUENTA CORAÇÃO

Enfim, acabou o pesadelo! Quinta-feira (5/7) vai entrar para a história! A América amanheceu pintada de preto e branco, e 34 milhões de corações, mais que nunca, estavam pulsando de alegria e da redenção de um sonho concretizado, só sabe como é sentir esse fervor, esse calor intenso, o coração saindo de dentro do peito quem é "corintiano". É algo difícil de ser explicado porque não cabe e não reflete em palavras de tão intenso que é a alegria de ter realizado um sonho de mais de cem anos sucumbido e sofrido por essa nação que é formada sim por um "bando de loucos", alguns irresponsáveis, outros beira ao fanatismo, única parte ruim para quem realmente torce para o time do Parque São Jorge, são aqueles que não sabem o que é limite. Foi uma trajetória difícil para o "timão", que bateu o Santos, de Neymar, no caldeirão da Vila mais famosa do planeta; eliminou o excelente Vasco, indo para os dois jogos finais contra um dos times mais tradicional da América e da Libertadores, o Boca da Argentina, é um dos times mais difícil de ser batido, principalmente jogando em La Bombonera. O time de Tite chegou invicto para a final e mostrou ser superior aos "hermanos" que no Pacaembu tremeu diante de uma torcida efervescida e ansiosa pelo título inédito. Na arrogância que sempre caracterizou alguns "hermanos", o astro maior do Boca, teria declarado que não conhecia o Corinthians. Agora conhece. O futebol tem provado que ninguém é absoluto. O Santos de Neymar, que é muito mais jogador que o argentino, também desdenhou o timão. Deu no que deu, morreu na praia. Merecimento não existe no esporte e, especialmente no futebol. O que conta é bola na rede, dizem os pragmáticos, porém, poucos times e poucas torcidas merecem tanto um título como o Corinthians, e a fiel que completou 43 anos da fundação dias antes da conquista da Copa Libertadores da América. Na vida, tudo que fazemos na tem que haver sonho por isso mesmo o corintiano já nasce sonhador e ao mesmo tempo sofredor, esse é o carma e o ópio de ser corintiano "roxo, nato e sofredor", e não ao fanatismo que é mais uma doença quase incurável no torcedor de fato. Esse 5 de Julho, o Brasil amanheceu mais alegre, colorido com as cores to time possivelmente mais querido, e o mais odiado do Brasil. O sofrimento acompanha os corintianos ao longo dos 101 anos de sua história. Basta lembrar o jejum de 23 anos sem títulos, o rebaixamento a série B do Campeonato Brasileiro em 2007, a dolorida gozação de torcedores adversários. Ser derrotado pelo Boca Juniors em um Pacaembu lotado após campanha invicta seria agonizante e sofrível demais, um verdadeiro "Pacaembuzasso". Curiosamente, o título conquistado às 23 horas 56 minutos da quarta feira (4/7), nasceu naquele que pode ser considerado o pior vexame da história corintiana: a derrota no ano passado para o time colombiano Tolima na fase classificatória da Libertadores. Contrariando a praxe perversa do futebol, a diretoria manteve o técnico Tite no cargo, a despeito da pressão imposta pela torcida para demiti-lo. Manteve o grupo e fez contratações cirúrgicas e o resultado está aí para a alegria da fiel. O primeiro resultado da persistência veio ainda em 2011, com o quinto título brasileiro. Após campanha absolutamente impecável, Tite & Cia. Conseguiram, inclusive, mudar a avaliação dos críticos ao estilo de jogo que levou o timão a inédita conquista da América, e ainda por cima invicto. Se antes, o coringão seria facilmente caracterizado como retranqueiro e tecnicamente limitado, hoje virou aplicado, competitivo e disciplinado. Para os corintianos a espera foi longa. Demorou 52 anos, mas a campanha foi invicta, indiscutível, inesquecível. A Taça é nossa. Que venha o bi do mundial interclubes a ser realizado no Japão possivelmente contra o Chelsea da Inglaterra, para consolidar de vez por toda a grandeza do clube que conseguiu conquistar corações e uma torcida maior que a população de dezenas de países. É nós, a América foi pintada em preto e branco neste 5 de Julho de 2012. Resta saber agora, se a torcida que sempre se autodenominou "humilde", vai manter a humildade mesmo depois da conquista do sonhado título, e o sonho de obter sua casa própria, o Itaquerão. Agora, aguenta coração, que mais virá por aí para a fiel torcida!

Turíbio Liberatto Gasparetto turibioliberatto@hotmail.com

São Caetano do Sul

*

SERÁ MESMO O FIM DO MUNDO?

Com tantas coisas estranhas acontecendo: tsunamis, terremotos, atentados, assassinatos, explosões, secas, inundações, fome, o Corinthians campeão da Libertadores... Só pode ser o fim do mundo!

Rafael Luis Nazar engenharia3@pereiraalvim.com.br

São Paulo

*

LIBERTADORES

O timão é campeãozão, porque neste time tudo tem um "ão" a mais. Mas nada a ver com o "marinzão", que foi uma lei aprovada no apagar das luzes de um equivocado governo Estadual passado para regularizar a situação de apaniguados que entraram pelas portas do fundo. Só que a lei motivou inúmeras ações judiciais propostas pelos funcionários públicos que entraram pela porta da frente, e isto até hoje exaure preciosos recursos indispensáveis à nobre função da Administração Pública do nosso Estado. Enquanto isto a nação corintiana caminhou mais de 40 anos por desertos de incertezas e desmandos em busca do título prometido. Muitos Moisés ficaram pelo caminho e agora alguns Josués conseguem chegar ao termo da exaustiva missão. Este povo fiel espera ainda conquistar o campeonato mundial interclubes no final do ano, para só depois então tomar posse do Itaquerão. Que Deus abençoe este povo!

Luiz Antônio da Silva lastucchii@yahoo.com.br

Ribeirão Preto

*

CORINTHIANS X BOCA JR.

Como são-paulina, na decisão da Taça Libertadores entre o Corinthians e Boca Junior, fiquei entre a cruz e a espada. Torcer a favor do mais ferrenho adversário do meu time, ou torcer a favor dos argentinos, mega adversários dos brasileiros. Nesse entrave, como brasileira, tive que ficar com a cruz, fazer o que? Parabéns corintianos, mas se é para seguir a sina, até o próximo século!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

*

NOVO FERIADO

Vamos dar ao "Corinthians" campeão da Libertadores, mais um memorável título, o qual jamais será esquecido. Sugiro que esqueçam o "rei nu" e usem essa força para deflagrar uma mobilização como a de 4 de julho (data marcante). O título será "o timão que salvou o Brasil e derrotou a corrupção". Mais patriótico, mais moral, impossível. O restante de nós, povo, irá junto, agradecido...

Dulce Bianchi dulcita.bianchi@gmail.com

São Paulo

*

A NAÇÃO COMEMORA

4 de julho é a data comemorada pela maior Nação do mundo, os Estados Unidos da América. Coincidência ou não ,outra nação passou a ser comemorada nessa data . A Nação Corintiana. Parabéns ao técnico Tite ,parabéns aos torcedores e organizadores que com trabalho e dedicação conseguiram levar o Clube ao topo do mundo.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

*

ENTÃO...

O importante não é o Corinthians ter ganho a Libertadores...

O problema é que isso pode ser o aviso do final dos tempos.

Roberto Castro roberto458@gmail.com

São Paulo SP

*

MÁGICA CORINTIANA

No horário do jogo os carros em São Paulo sumiram.

Valter Gali vgali@concili.com.br

São Paulo

*

A MODÉSTIA DE TITE

Nesta final no Pacaembu, em dois momentos o Tite mostrou toda sua "modéstia": a primeira, quando só para provar que ele escala o time e não admite pressões, chateou a Fiel que pedia a entrada do Romarinho para dar mais alegria ao momento e colocou dois "refugos": um vindo do Grêmio, Douglas, que treinando há meses treinando com cara mais de aposentado, até agora não disse a que veio. O segundo "refugo" veio de Portugal, Liedson, que reclamou na mídia por estar na reserva quando não tem direito algum nisso, porque foi regiamente pago pelos gols feitos no passado e continua recebendo pelos não feitos atualmente e está em débito com o clube e a torcida. O segundo momento da "modéstia" do Tite, que elogia muito o espírito de grupo que vive o time no momento, deixou para dar a volta olímpica sozinho unicamente para ser aclamado como o herói do titulo. Ganhar esse titulo não pode servir para esconder a falta de boleiros de qualidade, principalmente em duas posições: a armação de meio campo e um centro-avante. Vencer o Boca Juniors, que desde quando vejo este time jogar, o plantel atual é o mais fracos de todos e até sua tão falada "catimba" não é mais a mesma . Hoje, não passa de um time que merece mais o nome de "Meio Boca Juniors". Não ganhássemos deste timeco em pleno Pacaembu com 99 % ocupado pela Fiel, deixaria para sempre um sentimento de vergonha. Nada de badalar demais o Tite, porque ele é regiamente pago para mostrar serviço e deve ser cobrado por isso, porque só nos esportes e principalmente no futebol é que muitos enganam, porque nas empresas privadas o trabalhador tem que estourar os "bofes" para receber vencimentos milionários.

Laércio Zannini arsene@uol.com.br

São Paulo

*

FECHAMENTO DA AVENIDA PAULISTA

Pela enésima vez bloquearam a Av. Paulista, mais uma vez sem qualquer consequência para a saúde das incontáveis velhinhas moribundas, que necessitam do acesso aos hospitais da região! Só em determinados movimentos a mídia martela esta milonga incansavelmente...

Sérgio Luís Salvador sergiosalva@ibest.com.br

Serra Negra

*

ORGANIZAÇÃO ZERO, SEGURANÇA TAMBÉM

Ninguém viu, ninguém falou, mas nesta quarta-feira, durante o jogo do Corinthians contra o Boca Juniors, vários moradores da Rua Angatuba nas proximidades do estádio do Pacaembu, ficaram presos dentro de suas casas sem poder sair e nem ao menos se aproximar das calçadas de suas moradias com medo de serem ofendidos pela torcida, prepotente e atrevida do Boca Juniors. A polícia paulistana conseguiu transformar um trecho da Rua Angatuba, numa "área de detenção temporária" pois a torcida do clube argentino, que não tinha ingressos suficientes para entrar no estádio, foi impossibilitada de se aproximar do campo e permaneceu confinada em um trecho de 500 metros da Rua Angatuba, durante as duas horas que durou o jogo. Algumas residências foram invadidas e viraram banheiro público, calçadas e jardins foram depredados, muita sujeira espalhada e tudo com o consentimento dos passíveis policiais, que por falta de contingente como disseram, não podiam fazer nada e se limitaram a observar os acontecimentos. Será que os famosos torcedores argentinos não estavam sendo esperados pela polícia da cidade? Será que nós moradores das proximidades do tradicional estádio do Pacaembu é que temos que arcar com o amadorismo de uma administração pública que não consegue nem organizar satisfatoriamente um evento desta magnitude? O que dizer de uma Copa do Mundo ou de uma Olimpíada? Nada aconteceu de mais grave na noite desta quarta feira, porque o Timão saiu vencedor do confronto e a torcida corintiana ficou em estado de graça com a campanha de seu time. De outra forma, os nossos policiais poderiam ter observado uma provável batalha campal em plena Rua Angatuba.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

*

CIDADE DE MAO-TSE

Circulando por toda São Paulo ontem tive a impressão de estar na China de Mao, os cidadãos trajando a mesma roupa, ou seja todos com a camisa do Corinthians.

José Geraldo Tavares tavares.geraldo@hotmail.com

São Paulo

*

FALTA DE INTERESSE PELA PÁTRIA?

É impressionante e até comovente verificar a quantidade de pessoas que se anima e se congrega, muitas até com grande sacrifício, para torcer por um time de Futebol tal qual vimos os corintianos na disputa pela taça da Libertadores. O que nos causa inquietação é verificar que esse mesmo povo não tem o menor interesse em se organizar e se reunir em um estádio lotado contra os desmandos e a corrupção dos políticos em geral que lhes roubam todos os dias descaradamente. Como mover essa massa tão vibrante para as coisas da Pátria?

Leila E. Leitão

São Paulo

*

TODOS TORCERAM

Todos torceram, até o Chinfrim. Brasileiro, ele torce prá argentino...

A.Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

*

PM VIOLENTA E DESPREPARADA

Vergonhosa as imagens que acabei de assistir da PM paulista do governo tucano de Geraldo Alckmin sem nenhum preparo e comando para tratar com situações de aglomeração como a de ontem na final da Libertadores no Pacaembu. Uma PM que sempre usa de força desproporcional o que prova que é mal treinada e tenho muita preocupação com o que pode acontecer na abertura da copa com uma PM que só sabe controlar esse tipo de situação com violência. Eu quero ver se eles vão dar tiro de bala de borracha em turistas estrangeiros durante a copa. Que vergonha governador Alckmin e prefeito Kassab. Que vergonha São Paulo de não exigir uma polícia mais bem treinada e menos violenta com o cidadão que a sustenta.

Grima Grimaldi grimagri@terra.com.br

São Paulo

*

POVO PATÉTICO

Se as pessoas tivessem a mesma reação contra essa bandalheira que têm quando o tal do Corinthians ganha, talvez, mas, talvez, eles tivessem um pouco mais de vergonha na cara. Infelizmente somos um povo patético, medíocre e ignorante em todos os sentidos. Eles ganharam, admitam, eles ganharam e nós perdemos.

Cecília Maria Battista da Silva ceciliashiwa@hotmail.com

Santo André

 

*

RANKING DA FIFA

O "país do futebol", pentacampeão mundial, berço do Rei Pelé - "O atleta do século 20" - e sede da Copa do Mundo de 2014 não tem um único estádio que preste, segundo critério internacional.

Seus campeonatos são deficitários e os clubes estão atolados em dívidas impagáveis. Se já fosse o bastante, o País acaba de deixar o top 10 do ranking da Fifa para ocupar modesto 11.º lugar. É preciso urgentemente "dar um chute no traseiro" dos cartolas do futebol verde-amarelo para criarem vergonha na cara e virar esse jogo. A gloriosa história da Seleção Canarinho não pode ser desonrada impunemente.Brasil bola murcha;quem diria!?

J.S. Decol decoljs@globo.com

São Paulo

*

UM MINI RAIO-X

A edição de 5ª feira (5/7) do nosso Estado de São Paulo deixa poucas dúvidas sobre a qualidade da atual administração federal no Brasil. Na pag. A2, Fórum dos Leitores, denuncia-se o descaso com a educação no País e a inação do governo com a greve nas federais. Um pouco acima, artigo de Roberto Macedo sob o título "A Petrobrás engasgada" explicita números pífios de produção, revelando, ainda, cifras que indicam haver minguado o valor de mercado da estatal tida como "joia da coroa". À pag. A3, "A fantasia de Mantega" verbera a política de miudezas e a falta de visão estratégica do lulo-petismo, que administra o dia-a-dia da conjuntura sem tocar nas questões estruturais que impedem nosso crescimento. Ainda ali, logo abaixo, o editorial "Atraso nos investimentos" desnuda as promessas eleitoreiras irrealistas, deixando claro que o atraso é a regra e apenas 20% das obras prometidas no Plano Plurianual (PPA) foram concluídas. Também o editorial "Fragilidade da siderurgia" mostra que a alta tributação, aliada ao custo da energia elétrica, faz a siderurgia brasileira amargar a última posição no ranking global de competitividade, fato agravado pela abundância de oferta de aço no mercado externo. E pensar que Lula pressionou a Vale a investir em siderurgia... Tivesse a mineradora cedido aos delírios do "noço guia", hoje estaria em palpos de aranha. Na sequência, pag. A4, matéria mostra que a Construtora Delta, malgrado tudo, "ainda é líder em pagamentos do governo (federal)", mas será afastada das obras da transposição do Rio São Francisco, cujo cronograma está atrasadíssimo e seus custos já estão 71% acima dos projetados inicialmente. Lula, em seu tempo, criticava a imprensa por apontar os erros de seu desgoverno. Ora, se mostrando onde estão as mazelas, ainda assim é isso que vemos, que não se dirá se estivesse em vigência a tal "democratização da mídia" - sonho que o partido de Lula acalenta para silenciar os que ousam apontar as chagas abertas da nação ?

Silvio Natal silvionatal49@yahoo.com.br

São Paulo

*

CAVENDISH E PAULO PRETO

Finalmente os parlamentares da CPI aprovaram a convocação de Cavendish, ex-presidente da Delta Construções S.A. para esclarecer pontos obscuros relativos ao esquema de corrupção chefiado por Cachoeira, e que envolve políticos e empresários. Mas o seu amigo Sérgio Cabral ainda está intocável... Além de Cavendish vão convocar Luiz Antonio Pagot e algumas testemunhas, entre as quais Paulo Vieira de Souza (vulgo Paulo Preto) que nada tem a ver com a Delta, mas tem tudo a ver com a Dersa...pois em debate de campanha Dilma Rousseff acusou Paulo Preto de desviar 4 milhões desta empresa para caixa de campanha de José Serra...e agora não é mais discurso de campanha, ela vai ter que provar . Se os governistas de Lula pensam em transformar esta CPI no calvário do PSDB estão enganados, pois na medida em que o anu Paulo Preto abrir o seu bico, o viveiro em peso da tucanada cantará também... E vai saber onde vai dar tanta cantoria...O presidente e o relator da CPI vão aprender que não se cutuca tucano com vara curta , muito menos a mando de "alguém" que a gente sabe bem quem é ! Vai Paulo anu Preto, vai e mostra na CPI quem é que faz desvios de campanha , mas por favor, arregaça bem o seu bico. Enquanto isso, eu, eleitora de José Serra, vou aproveitar o mote corintiano e gritar: Vai, Serra! Vai, Serra! Já é campeão!

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

*

INCOERÊNCIAS

Mediante tudo que já soubemos quanto aos envolvimentos da Delta Construções em corrupções e irregularidades sem fim. A qual atualmente se encontra com todas as obras em atraso e até totalmente paralisadas. Porém a mesma recebeu R$ 2,4 bilhões entre 2009 e 2011, e somente neste ano de 2012 já embolsou mais R$ 226 milhões. E embora tenha sido considerada "inidônea", a construtora ainda é líder em pagamentos efetuados pelo governo atualmente.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

*

A RESPONSABILIDADE DA DELTA

A Construtora Delta foi considerada inidônea e descredenciada para dar seguimento ao cumprimento de contratos descumpridos e a obras inacabadas, como a alusiva à transposição do Rio São Francisco, que já deveria estar encerrada, mas ainda será submetida a uma nova licitação. No entanto, recebeu dos contribuintes brasileiros, por meio da União, até quinta-feira, R$2,4 bilhões. Esse pagamento não pode ser afastado de uma auditoria, verificado se algo se justificou nos exatos termos da lei e respectivos contratos, e promovido o indevido ressarcido ao erário. Sem essa providência, a transparência será informativa, mas não corretiva.

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

*

RECORRÊNCIA

Está aí para quem quiser constatar: não se punem os culpados, daí a recorrência intensa de casos de corrupção, um fato desolador no Brasil. O vídeo em que o prefeito petista de Palmas, Raul Filho, expõe a Carlinhos Cachoeira seu projeto de poder sobre o Tocantins e oferece ao contraventor mais essa nefasta oportunidade para mais uma ação de corrupção através do roubo do dinheiro público dá mostras do quão longe estamos de sanar esta grave doença de crime na República de Banânia. Mais um entre milhares de casos recorrentes. A naturalidade com que o petista narra a sua pérfida intenção arrepia, indigna a gente. Age tal qual enorme a cambada de pilantras instalados no governo - pegos uma, duas, três vezes em ações espúrias- mancomunados com empresários não menos pilantras. Esse Raul, mais um que não será punido? Nas falas de Lula, só fez o que todo mundo faz? Mas fez! E foi pego! Tem de pagar por seu crime! Ou será mais um crime sem criminoso? Justiça, tira a venda! Não percebes, não punindo, o mal mortal que fazes ao nosso povo e ao nosso País?

Myrian Macedo myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

*

EVOLUÇÃO, UAI

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, declarou cerca de 80% de seu patrimônio a Receita Federal em nome de sua mulher. As mulheres têm se destacado em todas as atividades humanas, até na política, uai...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

*

EMPREGADOS DO POVO!

Que justiça é essa que aprova a divulgação dos rendimentos individualizados de todos os servidores Federais dos três Poderes e, logo em seguida, um juiz federal dá o deferimento a uma liminar proibindo tal divulgação! Isso é um desrespeito a União e aos cidadãos brasileiros, que tem os seus direitos cassados de forma vergonhosa! Precisamos rever esta Justiça e colocar os servidores públicos em seus devidos lugares, como empregados do povo que são!

José Carlos Costa policaio@gmail.com

São Paulo

*

SUGESTÃO AOS CONGRESSISTAS

O Estadão anunciou ontem a pena máxima imposta ao desembargador/infrator: aposentadoria compulsória, com todos os direitos garantidos, ou seja, vai receber seus proventos sem trabalhar. Os nossos "nobres" congressistas devem estar enciumados. Então, uma sugestão: Por que não estender essa mesma penalidade aos congressistas? É mais do que justo e tenho certeza de aprovação pelo povo, depois que colocou lá em cima um inepto, pai do mensalão.

Ítalo Poli Junior polijau@terra.com.br

Jau

*

FOTO EMBLEMÁTICA!

Que meiga a foto estampada nos jornais de Maluf, num cálido encontro, beijando as mãos da presidente Dillma! Quando paulistas e paulistanos enxergam uma cena como essa saem correndo para segurar a carteira!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

*

BEIJA MÃO

A foto do esperto Maluf beijando a mão da presidenta andar de vaqueiro Dilma é algo que precisa ser guardado para a posteridade.Quem te viu e quem te vê, Dilma?Aprendeu rápido com o mestre Lula o que não pode papagaiar mais? Isso deveria ser postado no Livro dos Recordes,o recorde dos caras de pau e aproveitadores de eleição. Nunca antes neste País o PT foi tão longe,mesmo estando tão perto do Maluf,aquele que diz:Estupra, mas não mata,algo sutil e nojento para uma figura pública, que já deveria estar preso por tantas falcatruas cometidas.

Antonio Jose G.Marques a.jose@uol.com.br

São Paulo

*

MALUF, LULA, DILMA... QUEM SERÁ O PRÓXIMO?

Dilma lutou e dizem até que pegou em armas para combater a ditadura. Maluf, político matreiro, chamado até de "filhote da ditadura" por Brizola, seu antigo mentor político, não satisfeito com a humilhação imposta a Lula e sua comitiva obrigando-os a visitá-lo em casa, aparece em uma cerimônia pública com a presidente e lhe beija a mão. Terá sido a mesma mão que usava nas atividades da militância? Que escreveu seus discursos, seus planos de ação ou até mesmo empunhou uma arma?

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

*

FALTA A ERUNDINA BEIJAR O MALUF

Deputada Erundina, se continuar apoiando Haddad isso dá razão àqueles que dizem que você só condenou a união com o Maluf, porque foi convidada para vice de Haddad via intermediários do PT, enquanto o Burla foi pessoalmente "... ajoelhar no milho..." perante o Maluf. Agora, na seqüência da novela o Maluf beijou a mão da presidente Criatura e só falta você beijar o Maluf quando estiver em palanques junto com ele e o candidato "Coisa nova" do Burla. É hora de deixar de posar de moralista e parar fazer cena para seus eleitores trouxas, porque não existe meio termo e escolha ser Eruluf ou Malundina. Ou dá ou desce!

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

*

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Depois de tantos "tiros no pé" (CPI do Cachoeira, chantagem a Gilmar Mendes, apoio do Maluf) na campanha do Haddad, quem é que agora vai chamar o Lula de aloprado?A presidenta?O ex-ministro da Justiça?O presidente do PT?

Edmir Netto de Araujo edmir.netto@hotmail.com.br

São Paulo

*

PÉROLA DO LULLA

Lulla o grande orador presidente, preocupado com o péssimo desempenho do seu parasita candidato, diz em alto e bom som uma das suas mais novas perolas: Muita hora nessa Calma Haddad o Maluf vai te ajudar? Que Papai Noel não nos ouça!

 

Antonio Jose G.Marques a.jose@uol.com.br

São Paulo

*

SÓ LEVANDO VANTAGENS

Graças às fotos do Estadão, os vereadores foram descobertos fraudando suas presenças na Câmara cedendo suas senhas a terceiros para tal.Face a isso agora se dizem favoráveis em comprová-la mediante a utilização da "digital" ou da "íris".Com certeza já devem ter descoberto outras maneiras para nós burlar

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

*

FRAUDE NO PAINEL

Face a tantas denúncias em quase todos os níveis, deve estar sendo difícil para o professor brasileiro ensinar a seus alunos qual deve ser o trabalho dos políticos e, principalmente, ensinar o que é integridade moral.

Maria do Carmo Zaffalon Leme Cardoso mdokrmo@hotmail.com

Bauru

*

CASA DA MÃE JOANA

É vergonhoso e indescritível o que ocorre na Câmara Municipal de São Paulo. Na qual temos nos deparados com salários absurdos de até R$ 11 mil mensais,pagos para : "auxiliares de copeira", "encanador", "chaveiro", "operador de Xerox", "lavador de carros" e etc. Podemos compará-la a "casa da mãe Joana", a qual é manipulada pelos vereadores em conluio com o prefeito.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

*

PODIA IR CANTAR EM OUTRA FREGUESIA

Como não toca outro apito que não seja do seu interesse,

Agnaldo Timóteo poderia bem cantar em outra freguesia.

A.Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

*

EXPLICAÇÕES POLÍTICAS

A avaliação histórica do sociólogo Demétrio Magnoli sobre as alianças espúrias para a eleição na cidade de São Paulo ("Nada a declarar", Opinião, 5/7) deixa uma pergunta: escondido pode? Quando o PSDB e Serra se valeram do apoio de Maluf em eleições passadas, mas não "avalizavam publicamente" sua figura, então era plausível? Agora que visivelmente foi determinado o apoio do representante-mor do PP, o ato passa a ser "a morte da crítica de esquerda", nas palavras do sociólogo? Não sei o que é mais confuso: os atos políticos ou suas explicações.

Adilson Roberto Gonçalves priadi@uol.com.br

Lorena

*

RELIGIÃO E VASSALAGEM

Ciro Gomes é um fervoroso fiel do "venha a nós", afinal, tão logo eleito Lula da Silva no primeiro mandato, não só foi "ao reino deles" na qualidade de ministro, como ainda foi fantasiado com uma providencial barbicha aos moldes do figurino da chefia.

Doca Ramos Mello ddramosmello@uol.com.br

São Sebastião

*

UMA QUARTA-FEIRA MEMORÁVEL

Não só a comunidade científica, mas a humanidade como um todo tem motivos para erigir essa quarta-feira como o dia mais marcante na história da ciência com a comprovação da existência dos bósons de Higgs, depois de muitos esforços e investimentos de meio século. As declarações são extremamente sérias, como é próprio da física: probabilidade de erro de um em um milhão. Trata-se da partícula energizada em ordem a gerar a massa de todas as demais. Como muito bem qualificada, a partícula de Deus, a substância da causa inicial. E não se trata de algo que ficará confinado ao meio acadêmico, sem repercussões práticas, porquanto o próprio ser humano quântico e a sociedade poderão ser explicados a partir desse ponto; e do esclarecimento, como se sabe, nasce à luz.

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

*

SECA NO NORDESTE

Em dias de campanha eleitoral, ninguém fala em seca. Mas, nos anos de seca, o nordestino sofre mais. A dependência do governo é maior e nem sempre o que é prometido em campanha é o que acontece na vida real. Os açudes secam e os carros-pipa trazem água imprópria para o consumo humano. A falta de água é um aperreio! Doenças decorrentes da água de má qualidade são frequentes. Uma parte da população migra para a cidade grande e vai passar dificuldades de moradia e sustento. O governo deve preparar-se para um ano de seca. Depois da eleição, não adianta pedir aos políticos. Já passou a eleição e eles estão surdos. Que Deus proteja o povo nordestino que sofre periodicamente com as secas.

Paulo Roberto Girão Lessa paulinhogirao@uol.com.br

Fortaleza

*

HOMOSSEXUALIDADE

A questão do preconceito contra os homossexuais é entendida como a necessidade de tratar todas as pessoas de forma igual. Isso não quer dizer que toda a sociedade tem que apoiar as bandeiras do movimento gay. Uma coisa é não ter preconceito, outra coisa é apoiar o movimento. Eu não apoio, mas respeito a causa!

Paulo Roberto Girão Lessa paulinhogirao@uol.com.br

Fortaleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.