Fórum dos Leitores

OPERAÇÃO PORTO SEGURO

O Estado de S.Paulo

28 Novembro 2012 | 02h05

Corrupção e exonerações

Escândalos sucessivos, envolvendo assessores da maior confiança do ex-presidente Lula. O Estado está aparelhado até os dentes. É a "cachorrada magra" divertindo-se com nosso dinheiro. E não vai parar. A "cumpanheirada" está bem posicionada. O projeto de poder do PT é de 20 anos, ainda faltam 10. Pobre Brasil!

SERGIO EDUARDO STEMPNIEWSKI

sergueistemp@uol.com.br

São Paulo

Medo

Lembram-se da Regina Duarte? Houve um linchamento da atriz e dez anos depois eis que ela estava completamente certa! "Tenho medo", disse na época. E hoje vemos que tudo o que está por trás de tudo mostra que devemos mesmo ter medo. Porém é preciso esterilizar o ambiente.

EDSON GOMES

edsoncontec@uol.com.br

Lençóis Paulista

Dúvida pertinente

O PT é um partido político ou uma gangue? Todo dia acompanhamos notícias de falcatruas cometidas por seus integrantes/colaboradores. Quando é que o povo vai acordar e excluir de vez esse "cancro" da política brasileira?

LAERT PINTO BARBOSA

laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

Chame o ladrão!

A obra do Chico Buarque acompanha de perto a revisão do governo Lula. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, versou na denúncia do mensalão: "Dormia a nossa pátria mãe tão distraída/ Sem perceber que era subtraída/ Em tenebrosas transações". Ontem, o editorial do Estadão O dono do escândalo (A3) nos lembrou a personagem do samba que pedia "uma coisa à toa", em referência à "madame Rose", ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, que, desperta pelos agentes da Polícia Federal (PF), telefonou para José Dirceu, Lula e Gilberto Carvalho. Canta Chico: "Acorda amor/ Eu tive um pesadelo agora/ Sonhei que tinha gente lá fora/ Batendo no portão, que aflição/ Era a dura, numa muito escura viatura/ Minha nossa santa criatura/ Chame, chame, chame lá/ Chame, chame o ladrão, chame o ladrão".

LÉO COUTINHO

leo.coutinho@uol.com.br

São Paulo

'O dono do escândalo'

É sempre o mesmo, o coronel populista Lula da Silva. É inexplicável a sociedade brasileira manter-se tão apática diante de uma sucessão de escândalos envolvendo o "dono absoluto do Brasil".

JOÃO PAULO HADDAD RIBAS

jpribas@terra.com.br

São Paulo

Cinema-verdade

Srs. cineastas, que tal a continuação do filme de ficção Lula o Filho do Brasil, mas agora em versão real e no gênero policial?

FÁBIO HADDAD

fabhaddad@ig.com.br

Campinas

Benefícios milagrosos

É pecado falar mal da corrupção. Ela é benéfica e mágica. Toda vez que recrudescem os episódios de corrupção, acontecem milagres como a descoberta de enormes jazidas de petróleo, a iminente concretização de trens de alta velocidade e, agora, a duplicação do império da Petrobrás, que de uma situação de amargos prejuízos, mais uma vez milagrosamente, alcançará grandes realizações.

FRANCO MAGRINI

framagr@ig.com.br

Cachoeira Paulista

Pareceres fajutos

O que aconteceu neste novo escândalo, descoberto pela PF graças à denúncia formulada por um ex-auditor do TCU, nada mais é que o esperado num regime em que os partidos políticos se digladiam para indicar os ocupantes dos chamados "cargos de confiança". De nada adianta a indignação de Dilma Rousseff e sua pronta reação, mandando exonerar os envolvidos, se estes forem trocados por novos apadrinhados - troca de seis por meia dúzia. A solução é uma só: concurso público.

NESTOR R. PEREIRA FILHO

rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

Lamaçal

Presidente Dilma, a Vigilância Sanitária adverte: "respingos" de lama fazem mal à saúde...

ROSALI ASTA SILVA

rosaliasta@yahoo.com.br

São Paulo

Saída triunfal

Logo após o escândalo envolvendo a chefe de gabinete da Presidência em São Paulo, a presidente Dilma demitiu-a do cargo. Mas, ouvindo pedidos de seu guru, vejam como saiu no Diário Oficial da União: "A ministra de Estado chefe da Casa Civil da Presidência da República, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto no art. 1.º do Decreto n.º 4.734, de 11 de junho de 2003, resolve (...) exonerar, a pedido, Rosemary Nóvoa de Noronha, do cargo (...)". Com essa saída triunfal, a quadrilha apronta o que quer dentro do governo e depois volta quando a poeira baixar. Para quem não sabe, faz toda a diferença ser exonerada a pedido e ser exonerada a bem do serviço público. Brasil, um país de tolos!

IZABEL AVALLONE

izabelavallone@gmail.com

São Paulo

Fala logo, Rosemary!

Para o bem da Nação, essa sra. Rosemary Nóvoa de Noronha deveria cumprir de uma vez sua ameaça de "não cair sozinha" e pôr a boca no trombone, contando todos os fatos de que tem conhecimento sobre mais essa vergonha nacional. Tenha coragem e fale tudo, Rosemary!

LÍGIA ALVES DE BASTOS MIQUELIN

ligia.miquelin@hotmail.com

São Paulo

CETESB

Controvertida posição

Controversa a posição de Xico Graziano contra multa imposta pela Cetesb (Multa ambiental, 27/11, A2), pois vai contra as normas estabelecidas para proteção desse bioma (Resolução SMA n.º 64/2009), definidas à época em que o próprio articulista respondia pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado. A Cetesb verifica regularmente as autorizações emitidas por suas agências, principalmente aquelas cuja área de intervenção chamem a atenção. Isso foi o que ocorreu com o Processo 1.414/10, de 2010, último ano da gestão anterior, que acabou tendo sua autorização para supressão da vegetação cancelada, por ficar constatado que se tratava de 174,71 hectares de Cerrado. Deve ser esclarecido, ainda, que os representantes do empreendimento foram recebidos pela direção da Cetesb, ocasião em que foram relatadas as irregularidades encontradas, descrita a ação de controle e facultado o acesso aos autos, garantindo total transparência ao processo.

GERALDO DO AMARAL FILHO, diretor de Controle e Licenciamento Ambiental da Cetesb

gafilho@sp.gov.br

São Paulo

Cartas selecionadas para o Fórum dos Leitores do portal estadao.com.br

AS INDICAÇÕES DE LULA

Não cansamos de nos surpreender. Depois de ter sido comprovado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) que o governo lulopetista institucionalizou a corrupção enquanto prática política, descobrimos que a chefe do gabinete da Presidência da República em São Paulo (nomeada por Lula após trabalhar por 12 anos como secretária de José Dirceu) indicava altos funcionário de agências reguladoras e, junto com o segundo na hierarquia da Advocacia-Geral da União (AGU), montou um próspero balcão de negócios escusos (como já tinham feito, antes dela, Erenice Guerra e Waldomiro Diniz). É impressionante a confusão que eles fazem – a começar pelo chefe-mor – entre partido, governo, Estado e interesses pessoais, amizades, compadrios, etc., sempre em prejuízo da sociedade. E com essa oposição, quando conseguiremos nos livrar do modo lulopetista de governar? É desanimador...

Alexandre E. Mello effmello@hotmail.com

São Paulo

*

PROXIMIDADE

Telefonemas, agendas, reuniões, viagens, despachos... Os detalhes da proximidade de Lula com Rose começam a aparecer, e os custos também. A influência, as nomeações, a incompetência, os desvios estão custando caro ao País e, após a confirmação de que o mensalão não era uma farsa, está na hora de Lula vir a público e mostrar sua cara!

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

*

O SALÃO OVAL DE LULA

A senhora Rosemary Nóvoa de Noronha, ex-chefe do escritório da Presidência em São Paulo, é íntima do ex-presidente Lula. No decorrer das investigações por corrupção, está se tornando uma Monica Lewinsky tupiniquim. Lógico que Luiz Inácio Lula da Silva nunca chegará aos pés de Bill Clinton. Porque Clinton é um estadista de primeira grandeza e Lula, o chefe do mensalão.

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

*

‘O DONO DO ESCÂNDALO’

Brilhante o editorial O dono do escândalo (27/11, A3). Direto ao ponto, sem desvios. Infelizmente, para o Brasil, a sensação é de que teremos, ainda por muito tempo, editoriais tratando desse mesmo assunto. Considerando a enorme PTtização da administração federal, certamente há muitos e muitos casos semelhantes, ainda submersos na lama. Por isso, “o dono do escândalo” não pode reduzir sua agenda de viagens ao exterior, para não correr o risco de estar em solo brasileiro quando o próximo escândalo vier à tona. Se há uma compensação, é a condenação do co-chefe pelo STF. Por essas e por outras, para continuarmos a ver a liberdade raiando no horizonte do Brasil, toda atenção é pouca.

Carlos Barros de Moura carlos@barrosdemoura.com.br

São Paulo

*

AS PUNHALADAS PELAS COSTAS

É muito estranho que uma pessoa tão inteligente (diga-se esperta), que chegou à Presidência duas vezes, não saiba escolher as pessoas que lhe prestam serviços. Ora, novamente, o ex-presidente Lula lamenta ter sido “apunhalado pelas costas”! Faça-me um favor, já estou cansado de ser tratado como idiota. Que a Polícia Federal desvende, de uma vez por todas, as teias que ligam toda essa camarilha que tomou conta de nosso pobre país.

João Magro Ventura joaomv@terra.com.br

São Paulo

*

PODER NA REPÚBLICA

O que nos chama mais atenção no caso da Rosemary, ex-funcionária de confiança de Lula, é o espaço que a “mequetrefe” que ocupava com tantos poderes nos meandros da República. Só se justifica o tamanho de seu poderio se acharmos seu mandante, ou talvez, como se expressou o editorial do Estadão de ontem (27/11): O dono do escândalo.

Leila E. Leitão

São Paulo

*

INCRÍVEL

Na maioria dos casos de corrupção revelados pela mídia ou apurados pela Polícia Federal, há sempre a ponta (sic) do dedinho do Lulla. Quando vão prender o chefe da quadrilha?

Antonio Boer toboer@uol.com.br

Americana

*

AVE!

“Fui traído... me apunhalaram pelas costas.” Olha o noço Julio Cesar aí, gente!

A.Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

*

CANONIZADO

Lula vai ser canonizado, ele já levou mais facada nas costas do que São Sebastião levou de flechada.

Ivan Bertazzo bertazzo@nusa.com.br

São Paulo

*

COSTAS E PUNHAIS

“De tanto levar fincadas dos cumpanhêros, meu corpo está qual tauba de tiro ao álvaro” – diz Lulla, parodiando Adoniran Barbosa. Haja costas para tantos punhais! E muitas outras ainda virão por certo.

Adriles Ulhoa Filho adriles@uai.com.br

Belo Horizonte

*

FRUSTRAÇÃO

Lula se diz apunhalado, e talvez Hitler tenha dito o mesmo quando se suicidou, Mussolini foi enforcado e Nero não ficaria atrás quando viu Roma incendiada por ordens suas. A República pelo voto popular é essa lambança de figurinhas que se mostram frustrados quando suas vontades ditatoriais não dão certo.

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

*

DOM LUIZ INÁCIO E SUA CORTE

Na espantosa sequência de maracutaias, um detalhe fica em segundo plano: a destruição da máquina pública. Quando o Grand Seigneur coloca no mesmo saco o público e o particular, inevitavelmente, as cortesãs, as Berenices e as Rosemarys, encontram espaço para o pão nosso de cada dia de sua trupe. E aí, como diria Justo Veríssimo, a tal de meritocracia que “se exploda”.

Helena Rodarte Costa Valente helenacv@uol.com.br

Rio de Janeiro

*

PAI DOS MALFEITOS

Inteligente como é, o ministro Gilberto Carvalho já deve ter chegado à conclusão de quem é o pai dos “malfeitos”. Ou ainda está em dúvida?

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

*

ATROPELADO PELAS COSTAS

No caso de mais uma das “operações”, denunciadas pela Polícia Federal, de indicados por ele para os cargos, Lula alegou que “foi apunhalado pelas costas”. Se foi apunhalado pelas costas, e não nas costas, foi tentativa de suicídio. Chama o SUS ou manda um e-mail reclamando para pt@lheira.gov.br.

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

*

TEFLON

Será que também desta feita o Sr. Teflon vai ficar fora da Operação Porto Seguro, da Polícia Federal? Polícia Federal, não nos decepcione, vá em frente, o povo continua no aguardo.

Celia Henriques Guercio Rodrigues celitar@hotmail.com

Avaré

*

OPERAÇÃO PORTO SEGURO

Também não sabias de nada, cidadão Lula?

Robert Haller robelisa1@terra.com.br

São Paulo

*

CORREÇÃO

O Estadão publicou, na página A6, da edição de ontem, a notícia de que entre março de 2011 e outubro de 2012 a Polícia Federal teria gravado 122 telefonemas entre o ex-presidente e a funcionária demitida Rose, o que daria a média de cinco ligações por dia. A conta está errada. De março de 2011 a outubro de 2012 são cerca de 19 meses, o que perfaz perto de 570 dias. Sendo 122 ligações no período, a média aproximada será uma ligação a cada cinco dias e não cinco ligações por dia. Não estou a defender o Lullarápio, defendo a correção e a verdade. Por mim, que fossem cem telefonemas por dia. De qualquer maneira, o mentiroso dirá que não foi ele, que ele não sabia de nada, como sói acontecer.

Cláudio Eustáquio Duarte claudio_duarte@hotmail.com

Belo Horizonte

*

QUE A VERDADE SEJA DITA

Precisamos acabar com essa história de ficar enfatizando que a culpa pela indicação para cargos importantes desses possíveis vis alojados neste governo petista, é de única e exclusiva responsabilidade de Lula, como no caso da chefe de gabinete da Presidência em São Paulo, Rosemary Nóvoa de Noronha, na Operação Porto Seguro, da Polícia Federal! Oras bolas! Quem é a presidente do Brasil hoje?! Não é a Dilma Rousseff?! Então que se impute a ela toda a responsabilidade! Nestes dois anos de gestão, em que vários ministros foram afastados de seus cargos, alem de outros altos funcionários, e todos por suspeita de corrupção, esses somente poderiam estar exercendo estas funções com a assinatura expressa da presidente. Isso posto, além de outras recentes barbáries administrativas como quebras de contratos no setor elétrico e de uma Petrobrás sendo sucateada, a Dilma está se mostrando tão relapsa com a causa pública, e também desprezando a ética quanto ao seu antecessor Luiz Inácio Lula da Silva... Ou seja, continuamos órfãos de um estadista!

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

*

FRANQUIA LULA-PT

Seja um franqueado da nossa franquia: Corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, fraudes, peculato, “mumunhas” diversas e qualquer tipo de falcatruas. Atuamos em todo o território nacional, ilhas do Caribe e demais paraísos fiscais. Chance de crescimento profissional. Garantimos um excelente retorno do investimento. Tratar com os diretórios, ministros, palácios do governo e com nossos agentes infiltrados em quaisquer órgãos públicos.

Luiz Felipe de Camargo Kastrup lfckastrup@gmail.com

São Paulo

*

MAL DO NOME?

Luis Inácio foi pego envolvido num esquema de corrupção. Não, não estamos falando do ex-presidente, até agora, Teflon, estamos falando do xará de sobrenome Adams. Aliás, a tal da Rose tinha filha na Anac, marido não sei mais onde. Essa é a maneira petista de “trabalhar”. Dilmão vai tomar mais providências ou, tal qual o sucessor, vai dizer que não sabia de nada?! Essa história de dossiês, aloprados, etc. e tal, vocês já ouviram em algum lugar? O grande irmão está nos espionando, afinal temos um “projeto” de (des)governo e precisamos lutar contra os nossos “inimigos” show de horror! Continuamos totalmente à deriva. Estamos até confundindo a OMC com FMI e pleiteando medidas protecionistas, justamente no órgão internacional que trata do julgamento de medidas como o súbito aumento do IPI para carros importados. Aliás, é só uma questão de tempo a retaliação que sofreremos. Intervenção na Vale, nas empresas elétricas. Voltamos aos anos da ex União Soviética? Enquanto isso, nosso ministro lácteo continua intervindo no câmbio, como se isso fosse a salvação da lavoura. E, por focar no ponto errado, continuaremos com pibinho e perdendo mais uma chance histórica de progredir decentemente.

Renato Camargo natuscamargo@yahoo.com.br

São Paulo

*

O ANO DA SERPENTE

Depois de tantas evidências e vidências reveladoras ainda tem gente que acredita na inocência do ex-presidente Lula. Sempre à mesa com seus auxiliares diretos, amigos do peito, como o Sr. José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares e outros, apadrinhava para cargos públicos relevantes gente como o Sr. Paulo Vieira, contrariando pareceres contundentes desfavoráveis, todos afundados no lamaçal da corrupção que se generalizou no País. Nossa esperança se deposita nas previsões de que a bandidagem desses políticos tem seus dias contados: vem aí o ano da “serpente”, que irá engolir todos eles.

Odiléa Mignon cardosomignon@gmail.com

Rio de Janeiro

*

O TRABALHO DE CYONIL

Quanta pressão sofre um funcionário quando atrás dele está alguém interessado em fazer falcatruas. O ex-auditor do Tribunal de Contas da União (TCU), Cyonil Borges de Farias Junior perdeu seu cargo, seu sossego porque denunciou a quadrilha que corrompia qualquer um para conseguir seu intento? Confesso que não entendi, uma pessoa como ele era de suma importância permanecer no órgão em questão. Não fosse a denúncia dele, todos estariam em seus postos gozando das benesses do cargo, pagos com o dinheiro suado do trabalhador. Conte tudo o que você sabe Cyonil. A “mulher de lula”, assim chamada porque tinha perfil de mandona era xerife e comandava os pedidos vindos dos mais diferentes lugares, viajava com Lula, fazia compras no cartão corporativo e também ostentava passaporte especial. Como sua exoneração foi publicada a pedido, daqui alguns anos, a xerife volta a comandar algum posto no governo do PT. É assim que tem sido com os demais que saem, quando a poeira abaixa eles voltam. Que desfaçatez! Dona Dilma, sua herança maldita está difícil de ser debelada. São umas verdadeiras ratazanas que tomaram conta do poder. Se a senhora fizer corpo mole será engolida por eles. Veja que alguns mesmo condenados querem fazer crer à sociedade que o que eles fizeram não foi nada demais. Afinal, todos fazem!

Izabel Avallone izabelavallone@gmail.com

São Paulo

*

QUEM MANDA AQUI?

Se alguém ainda não percebeu porque o PT vive pedindo “o controle dos órgãos da mídia”, isto é, censura da imprensa, o mais novo caso de corrupção que assolou o governo federal confirma o porquê dessa vontade de silenciar a todos. A quantidade de “malfeitos”, como angelicalmente se refere a presidente aos atos de roubalheira desenfreada dos cofres públicos, é tão grande e está espalhada por toda a administração pública federal. Com o grau do loteamento da administração como nunca se viu igual é óbvio que muitos mais escândalos vão aparecer. O que não dá para aceitar é que se demita meia dúzia de corruptos e fique tudo como antes. Não foi isso que aconteceu no caso dos ministros? Não dá para aceitar que quem dirige o Brasil venha dizer que está fazendo a limpeza se ela não só participou do governo anterior como aceitou a continuidade da situação convivendo com eles. Ou não teria nunca aceitado que representasse a Presidência em São Paulo essa senhora independentemente das ligações com o ex-presidente. Assim continua Lula a mandar e desmandar e todos nós, a pagar.

Maria Tereza Murray terezamurray@hotmail.com

São Paulo

*

CORRUPTORES

A presidente Dilma tomou uma atitude correta e imediata diante das denúncias de uso do cargo público em São Paulo, para atender interesses pessoais. Mas o fato em si chama a atenção por outros aspectos. Um deles, a eficiência das investigações por parte da Polícia Federal, que as fez mesmo se tratando de organismo ligado ao Palácio do Planalto. Outro ponto a ser destacado é que a presidente anuncia a possibilidade de ser desativado esse organismo. Mas por fim, há um ponto que não tem merecido o mesmo destaque, ou seja, por parte de funcionários públicos é a corrupção. E os corruptores, que destaque vão merecer?

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

*

CORRUPÇÃO

A presidente Dilma exonerou oito ministros indicados pelo Lula, por corrupção. O STF condenou vários assessores diretos do ex-presidente por corrupção, inclusive ministros e políticos mais próximos e mais influentes no seu governo. A Polícia Federal indiciou secretária da presidência, nomeada pelo Lula, por corrupção. O que faz com que a imprensa ou o povo brasileiro, ou ainda os poderes constituídos, apenas se limitem a manifestações tímidas sobre isso? Não dá mais para aceitar que um presidente tenha sido tão corrupto e continue influenciando na política, nos esportes (inclusive conseguindo benesses para seu clube de coração com dinheiro público e influenciando nas nomeações da CBF) e ma vida dos brasileiros. Não consigo me calar e não é possível ficar aqui aceitando essa passividade geral. Será que estou errado? Será que não pertenço a este mundo? Não vejo respostas (convincentes) para essas dúvidas. Infelizmente, sou obrigado a concordar que este país é o reflexo do seu povo. Se aqueles que não concordam comigo acham que tudo acima é uma grande besteira, entendo se disserem que estamos no país das maravilhas.

Vanderley Jordão vanjord@gmail.com

São João da Boa Vista

*

HERANÇA MALDITA

Dona Dilma, diga-me com quem andas e te direi quem és!

Jorge Carletti Copelli jcopelli@arktur.com.br

Jundiaí

*

SENHA DO MEC

Se qualquer um pode ter acesso à senha do Ministério da Educação (MEC) para fraudar dados de faculdades fajutas como fez Paulo Rodrigues Vieira para salvar faculdade da família, adivinha quantos alunos dessas mesmas faculdades não tiveram alteradas suas “provas” no Enem, Prouni, etc.? Podemos avaliar que o mesmo deve ser praxe nos concursos públicos nacionais, onde qualquer funcionário minimamente influente empregue toda a gangue familiar, alterando resultado dos concursos. O Brasil está podre e nossa única esperança é que o STF cumpra com rigor o julgamento do mensalão para que sirva de jurisprudência para outros delitos tão ou mais graves ainda.

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

*

‘MADAME ROSE’

A ex-chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo, a tal Rosemary Nóvoa de Noronha – “madame Rose”, como gostava de ser tratada –, disse, após ser pega com a boca na botija pela Operação Porto Seguro, que “não vai cair sozinha”. A sociedade brasileira aguarda ansiosamente que cumpra com a palavra e dê nome aos bois e vacas envolvidos em mais uma trapalhada do governo petista. É uma atrás da outra, numa sequência sem fim de malfeitorias. Já chega!

J. S. Decol decoljs@globo.com

São Paulo

*

FALA DE UMA VEZ, ROSEMARY!

Para o bem da Nação, essa senhora Rosemary Noronha deveria cumprir duma vez sua ameaça de “não cair sozinha” e por a boca no trombone contando todos os fatos de que tem conhecimento sobre mais essa vergonha nacional. Tenha coragem e fale tudo, Rosemary!

Lígia Alves de Bastos Miquelin ligia.miquelin@hotmail.com

São Paulo

*

DIGNO

Num célebre filme francês de 1977, Simone Signoret encarnou brilhantemente “Madame Rose”, uma prostituta judia sobrevivente de Auschwitz. Nesse caso, o título “madame” lhe cabia muito bem, porque o personagem era humanitário e digno.

João Paulo Haddad Ribas jpribas@terra.com.br

São Paulo

*

BLINDAGEM SUSPEITA

Até quando os brasileiros continuarão com a sensação de que seu pobre dinheirinho é surrupiado por gangues orquestradas por um senhor que não houve e não vê e ainda se julga traído, quando vem a tona suas obras que tanto envergonham os cidadãos honestos, “como nunca antes neste país”? Será que a justiça também não houve e não vê? Ou a blindagem que se promove a cada descoberta tem que ver com os respingos desta lama nos ternos caríssimos e até em algumas togas? Coragem e determinação é o que os brasileiros esperam da justiça, diante das intimidações impostas por esse bando de marginais travestidos de executivos e políticos que já não convencem a população com explicação inexplicáveis!

Zario Divino Goncalves zario.repet@ig.com.br

São Paulo

*

ATÉ QUANDO?

Até quando teremos de ver gente envolvida em crimes de corrupção ativa, passiva, que fazem parte dos quadros de confiança do PT, lesando o povo, lesando a nação e ainda se passando por heróis, sendo defendidos pelo chefão Lula e não serem punidos. Temos de ver os mensaleiros condenados fazendo manifestações contra a justiça. Agora entendo o crescimento da violência em São Paulo, afinal, ela só interessa ao PT, que dá o exemplo e quer ver o País inteiro num completo caos jurídico. Cadeia para todos estes criminosos que tomaram o poder no Brasil!

Luiz Claudio Zabatiero zabasim@ig.com.br

São Paulo

*

SAÚVAS

Será que ao ver, no noticiário da TV, com frequência as cenas de tanta mortalidade da criação nas regiões assoladas pela seca que há mais de um ano assola o Nordeste, Lula e seus cumpanheros não chegam a sentir algum remorso? O orçamento das obras da transposição do “Velho Chico”, inicialmente de R$ 4 bilhões, já dobrou e ainda falta muito para acabar! E, para melhorar, vem mais um causo escabroso, em São Paulo, no Gabinete da Presidência... Até quando poderá o Brasil suportar? E, lembrando a famosa frase da saúva: ou o Brasil acaba com essa praga ou...

Newton Castagnolli ncastagnolli@gmail.com

Jaboticabal

*

INCOMPETÊNCIA GERENCIAL

Analisando os resultados dos vários programas governamentais como os pomposos, PAC 1 e PAC 2, observa-se a incompetência gerencial generalizada pelos atrasos, perdas de bilhões e ainda processos muitas vezes viciados nas mãos dos mesmos parceiros de sempre do governo. Basta olharmos para a transposição de águas do Rio São Francisco em região tão carente desses recursos hídricos, até mesmo para a subsistência humana, além de inibir o progresso do povo dessa região. Nossa infraestrutura aérea, ferroviária, dos portos e de logística inexistente nos transportes, nos remetem ao atraso sistemático, além de não utilizarmos nossa capacidade de executar obras que tragam o desenvolvimento e ativação efetiva de toda cadeia produtiva, valorizando o conjunto. Por que será que os governos em todos os seus níveis, federal, estadual e municipal, não contratam os bons e sérios executivos reconhecidamente capazes em suas empresas para tornar o Brasil um país melhor, no lugar de “figuras” indicadas, na maioria das vezes de forma incompreensíveis ou inconfessáveis? Fica a resposta pendente para aqueles que nos comandam.

João Batista Pazinato Neto pazinato51@hotmail.com

Barueri

*

A BANDIDAGEM NO SÃO FRANCISCO

Após assistir o então presidente Lula no replay do Jornal Nacional falando sobre as novas datas de inauguração das obras da transposição do Rio São Francisco, seguida da declaração do atual cidadão Lula de que “não comentará problemas administrativos do atual governo” (!), pergunto-lhe diretamente: caro cidadão sem honoris causa, quanto desses R$8,2 bilhões inflados pelos seus comparsas que fazem de tudo para não terminar essa obra estão no seu bolso? Que irresponsável, quanta bandidagem! Inacreditável!

Antonio Carlos de Souza Queiroz Cardoso acardoso@acardoso.com

São Paulo

*

A TRANSPOSIÇÃO DO LULA

É quase impossível quantificar o volume de dinheiro que o Brasil desperdiça em projetos eleitoreiros. A transposição do São Francisco é o maior exemplo – depois de toda a verba gasta a obra está em grande parte paralisada. A ministra Mirian Belchior admitiu candidamente na TV que na verdade não havia nem um projeto para a realização da obra – tudo foi feito mais ou menos “a olho” –, daí a desistência de várias empreiteiras. Agora ela promete novas licitações para reinício das obras, o que significa que antes das águas do “Velho Chico”, veremos rios de dinheiro rolando pelos sertões.

Nestor Rodrigues Pereira Filho rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

*

APERTEM OS CINTOS

“O tem-bala vai ligar Curitiba a São Paulo e Rio de Janeiro.” O anúncio foi feito na esteira do escândalo envolvendo venda de vantagens no governo e outras falcatruas por gente muito próxima a Lula, Dilma e Zé Dirceu, etc. O argumento é novo. O responsável pelo achado merece congratulações. A próxima etapa será anunciar a ligação Chuí-Oiapoque, com escala em Ushuaia e Vladvostok (calma, é apenas o início da viagem...). Até há pouco, a cada crise no front político – e sempre tendo como estopim um funcionário de alto escalão flagrado com a boca na botija da corrupção –, o governo Lula-Dilma anunciava uma descoberta fenomenal, apocalíptica, armagedônica no pré-sal. O argumento se esgotou, o pré-sal está virando salmoura e a Petrobrás afunda no vinagre, vítima da egolatria e da falta de compromissos com a realidade de seus (ir)responsáveis. Então, já que o petróleo demora a jorrar, vamos de trem-bala, cambada! E piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Apertem os cintos, que o show está começando!

José Antonio Pedriali josepedriali@gmail.com

Londrina

*

MEGALOMANIA

Agora o trem-bala poderá ligar São Paulo a Curitiba, Brasília a Belo-Horizonte. Além do primitivo trajeto Rio-Campinas. Megalomania mitológica cruzando as terras dos tupiniquins. Tem-se a impressão de que, para fugir do ramerrão da formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, peculato e tudo o mais, algo de grandioso, imaginário e desconcertante deva atrair as atenções, um anestésico tecnológico fantástico capaz de soterrar o atroz no mais recôndito buraco negro da consciência política brasileira. Em alta velocidade. Ave!

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

*

RENOVAÇÃO

Andrés Sanches sai da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) dizendo que Felipão está apalavrado para assumir o comando da Seleção Brasileira em fevereiro. Deve ser o plano de renovação da CBF para a Copa de 2014, como se já não bastasse o “fiascão” do Felipão no Verdão.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

*

AGORA VAI!

Depois do “parmeira”, o PT e o bando de “cumpanheiros”, agora é a Seleção que vai para o beleléu...

L. Dutra ldutradv@msn.com

Avaré

*

CATEDRÁTICOS

Nada de diferente poderia se esperar do atual presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin com atitudes tomadas nos bastidores, como foi com Luiz Felipe Scolari, como novo técnico da Seleção Brasileira, conforme declarou Andrés Sanchez ao renunciar ao cargo, que tudo já estava determinado sem ele ter sido ao menos consultado, da mesma forma ocorreu com a demissão de Mano Menezes. O que ele poderia esperar se José Maria Marin, que fez escola com Ricardo Teixeira, que por sua vez fez escola com João Havelange? Ou seja, isso não é só uma “escola”, é, sim, uma “faculdade”, com pós-graduação e mestrado! São malandros catedráticos.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

*

CBF, DE MAL A PIOR

Quem diria que teríamos saudades do Sr. Ricardo Teixeira? O falso Sr. Marin (diz uma coisa e faz outra) prejudica o planejamento bem focado de nossa Seleção, puxa (em parceria com o indiciado Sr. Del Nero – nome bem apropriado, aliás) o tapete do Sr. Mano e o justifica tolamente, eis que o treinador sempre foi um vencedor.

André C. Frohnknecht anchar.fro@hotmail.com

São Paulo

*

ENGANO

Parece que houve um engano. Quem deveria ter sido demitida é a cúpula da CBF e não Mano Menezes.

Luciano Harary lharary@hotmail.com

São Paulo

*

PREVISÕES PARA A COPA

Pelo andar da carruagem, a Copa 2014 vai ser um vexame. Além do absurdo que está se gastando na construção/reformas dos estádios, a situação dos aeroportos, estradas, transportes... o afastamento do Mano e possível substituição pelo Felipão é mais uma mancada. Além de superado, o máximo que ele pode fazer é levar a Seleção para uma derrocada – exemplo ocorrido com o Palmeiras. E, o pior de tudo, boa parte dos brasileiros não terão condições financeiras de acompanhar in loco as partidas, pois o custo vai estar bem acima das posses do povão.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

*

FULECO

A Fifa anunciou, após eleição que Fuleco será o nome do mascote da Copa do Mundo de Futebol de 2014.Torcedores pilheriaram traduzindo esse nome para uma junção das palavras “fuleiro” + “timeco”. Possuidor de uma fauna enormemente diversificada, com animais mais lindos uns que os outros em cada espécie. Os eleitores, por certo numa tremenda carraspana resolveram escolher o nosso tatu-bola para mascote da Copa do Mundo de Futebol 2014. O gênios da comunicação justificaram o Fuleco como uma junção de “futebol” e “ecologia”. Pior ainda foram as duas outras sugestões: Zuzeco e Amijubi. Diz um ditado popular que “tudo o que começa mal, ordinariamente não acaba bem”. Para o brasileiro, só interessa ser campeão. Ser vice-campeão é ser o primeiro dos últimos. Escolhemos um símbolo para o campeonato que a qualquer perigo se esconde.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

*

FRACASSO

O novo nome escolhido para o mascote da Copa vai ser um fracasso. O povo já havia batizado de tatu-bola, muito mais característico e simpático do que o outro nome recém-escolhido. Parece que queriam batizá-lo com nome parecido com a “vuvuzela” da África, mas não pegou. Não dá para entender o motivo de fugir daquilo que o povo já adotou. O começo, meio e fim de tudo são as pessoas elegeram o futebol como seu esporte preferido. Um dia os cartolas vão entender isso e não vão mais lutar contra a maré! Até o próprio futebol que conquistou a população brasileira, tem que obedecer a este critério. São os torcedores, que admiram o esporte que pagam tudo. Sem estes consumidores, nem os vultosos patrocínios existiriam. Tecnicamente pode-se dizer que é resultado da mercadologia, estudo de mercado ou marketing!

João Coelho Vítola jvitola@globo.com

Brasília

*

TATU-BOLA

O tatu-bola, adotado como mascote da Copa 2014, existe somente na Caatinga e no Cerrado brasileiros, e é facilmente reconhecido pela capacidade de fechar-se em forma de bola. Por isso seria mais adequado ser batizado de Tatu-Bola, e não Fuleco, nome escolhido em concurso nacional, que não deixa claro ao povo que se trata de uma composição de futebol+ecologia e também não evidencia as características naturais do simpático bichinho.

Cláudio Moschella arquiteto@claudiomoschella.net

São Paulo

*

MASCOTE

Coisa feia esse tal de Fuleco! Não ficaria mais coerente com o atual governo e o gasto absurdo nos estádios chamá-lo de Fulero?

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

Santos

*

FÓRMULA 1

Parabéns a Sebastian Vettel, pelo campeonato, ano difícil, mas conseguiu vencer. O Sr. Fernando Alonso, mesmo lutando pelo título, ajudado pelo Massa, não conseguiu. Ponha uma coisa na cabeça, equipe que usa o segundo carro para fazer campeonatos nem sempre dá certo, e os nossos brasileiros sempre de pires na mão concordam com isto... é de lascar!

Maria José da Fonseca fonsecamj@ig.com.br

São Paulo

*

PROVA EMOCIONANTE

O GP do Brasil, certamente, foi a prova mais emocionante deste ano na Fórmula 1. A chuva que teimava em cair e depois parava repentinamente deu um tempero a mais na disputa, forçando equipes e pilotos a arriscarem muito. Felipe Massa foi muito bem e só não ficou em segundo para ajudar Alonso.

José Ribamar Pinheiro Filho pinheirinhosb@gmail.com

Brasília

*

MORTE NA ESCOLA

Com relação ao lamentável acidente que vitimou uma criança na piscina de uma escola particular de São Paulo, os nossos nobres vereadores deveriam aprovar uma lei tornando obrigatório a presença de salva-vidas em todas as escolas com piscina da capital.

Paulo de Tarso Abrão ptabrao@uol.com.br

São Paulo

*

DECEPÇÃO

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de representar a numerosa classe dos que labutam na aplicação do Direito em todas as instâncias da Justiça, é importante devido ao posicionamento nas questões relacionadas a aspetos da sociedade civil, e à permanente vigilância constitucional dos atos que influenciam a vida dos cidadãos. É, portanto, instrumento essencial para o bom funcionamento do regime democrático que, para ser aperfeiçoado, segundo muitos pontos de vista, deveria adotar o voto facultativo para cargos eletivos. Assim, foi com surpresa, pois não tinha conhecimento do fato, que soube pelo noticiário da última eleição para a presidência da OAB-RJ, que o voto lá era obrigatório; misto de decepção e perplexidade.

Paulo Roberto Gotaç prgotac@hotmail.com

Rio de Janeiro

*

PLANOS ECONÔMICOS

A quem interessa este enorme silêncio sobre a devolução dos rendimentos dos planos econômicos Bresser, Verão e Collor ? É muito estranho que nem a mídia, nem o Supremo, nem os parlamentares, nem os Procons ou entidades de classe, falem sobre o assunto. E os banqueiros, é claro, estão rindo à toa com a situação. E os poupadores prejudicados? Estes não sabem mais a quem recorrer.

Elias Skaf eskaf@hotmail.com

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.