Fórum dos Leitores

Cartas selecionadas para o Fórum dos Leitores do portal estadao.com.br

Fórum dos Leitores, O Estado de S.Paulo

06 de fevereiro de 2020 | 03h00

Eleições americanas

Trapalhada democrata

Com a economia dos EUA experimentando um bom desempenho, com taxas de desemprego batendo recordes de baixa, normalmente só um desastre tira um segundo mandato presidencial de um incumbente – no caso atual, Donald Trump. Para “ajudar”, o Partido Democrata não consegue sequer apurar os votos da sua primeira eleição primária, supostamente por causa de um aplicativo que ninguém usou. A escolha em novembro será entre o controverso Trump e os incompetentes democratas. Como os pragmáticos americanos votarão?

OSCAR THOMPSON

OSCARTHOMPSON@HOTMAIL.COM

SANTANA DE PARNAÍBA

*

Venezuela

Neobolivarianismo

Quem esperava o renascimento econômico da Venezuela via socialismo bolivariano se enganou, ele começa a dar os primeiros passos pela via, como sempre, do capitalismo. Surpreendeu-me a notícia do Estadão (4/2) de que, aproveitando as tímidas medidas de liberalização aprovadas por Nicolás Maduro, uma empresa fabricante de rum vai lançar ações na bolsa para se capitalizar e investir no aumento de produção, a despeito da hiperinflação e das sanções econômicas de Trump. Esse fato prova a força e vitalidade do capitalismo e a comparação que me vem à mente é com as gramíneas que nascem nos interstícios das lajes que cobrem um pavimento: basta-lhes uma minúscula brecha com um pouquinho de terra para que, embora espremidas, despontem e ganhem vida. Para o bem da sofrida população venezuelana temos de torcer para que esse raio de luz reverta a escuridão em que vive o país.

PAULO AFONSO DE SAMPAIO AMARAL

DRPAULO@UOL.COM.BR

SÃO PAULO

*

Resgate da pobreza

Capitalismo social

Essa abordagem, na Alemanha destruída pela 2.ª Guerra Mundial, deu início ao milagre econômico alemão, sob a denominação “economia de mercado com responsabilidade social”. Acontece que foi aplicado a uma sociedade pobre, porém sem analfabetos e com operariado altamente qualificado. No Brasil essas condições só valem para uma parte da população urbana. A pobreza urbana poderá ser mitigada, mas não a pobreza não urbana. Para esta se aplicaria melhor o método de resgate da pobreza chinês. O fim dos desmatamentos, a ocupação de milhares de famílias em projetos de recuperação florestal, a criação de zonas industriais na costa da Região Norte poderiam resolver simultaneamente o problema do aumento do risco climático no Brasil e mitigariam o problema da geração de ocupação e renda nessa área. Significaria desenvolver um Projeto Regional de Desenvolvimento Sustentável para a Região Norte (vide http://yaliseditora.com.br).

HARALD HELLMUTH

HHELLMUTH@UOL.COM.BR

SÃO PAULO

*

Imposto de Renda

Correção da tabela

Desde os idos do governo de FHC a Tabela do Imposto de Renda praticamente não é corrigida e com isso muitos trabalhadores – que suam a camisa para ganhar o seu salário, o qual, dadas as constantes crises, é cada vez menor – recolhem cada vez mais Imposto de Renda na fonte. Como noticiado no caderno E&N de 4/2, se levasse tão somente em conta os anos de 2018 e 2019, o presidente Jair Bolsonaro, com base em suas promessas de campanha, já deveria ter corrigido a tabela em 7,39%. De promessa em promessa não cumprida, Bolsonaro poder ir dando adeus à sua pretensão de se reeleger em 2022.

BORIS BECKER

BORISBECKER@UOL.COM.BR

SÃO PAULO

*

Saneamento básico

Minha água, minha vida

O que está acontecendo no Rio de Janeiro no tocante à água oferecida à população é uma oportunidade de alerta para grande parcela da população brasileira, que, infelizmente, parece que nada entendeu, nem quis entender. O que estão oferecendo no Rio e em muitas outras cidades não é exatamente água tratada, mas esgoto tratado. Antes do tratamento a água traz impurezas, em geral orgânicas e muito mais fáceis de neutralizar com poucos produtos químicos. Assim chega às residências como água tratada. Já os esgotos são complicados, trazem resíduos de remédios, venenos, maior quantidade de orgânicos nocivos e elementos químicos de difícil detecção. Esse esgoto tratado chega às residências apelidado de água. Você está ciente da sua responsabilidade? Sua cidade está cuidando do saneamento básico?

SÉRGIO BARBOSA

SERGIOBARBOSA19@GMAIL.COM

BATATAIS

*

Cedae

Há anos existe pressão para privatizar essa empresa, mas parece haver resistências intransponíveis. Sacrificam-se milhões de habitantes do Rio de Janeiro para garantir a boquinha de uma minoria. E que se dane a saúde de todos. É realmente uma vergonha!

ALDO BERTOLUCCI

ALDOBERTOLUCCI@GMAIL.COM

SÃO PAULO

*

Epidemia

Coronavírus

Todos os países estão tomando medidas para evitar a entrada de estrangeiros e aglomerações. Aqui foi decretado o estado de emergência em saúde pública. E o carnaval, um caldo de cultura para a propagação de agentes infecciosos, principalmente pelo ar, tudo bem? A entrada de pessoas vindas de todo o mundo para o carnaval também tudo bem?

ORIVALDO T. DE VASCONCELOS

PROFESSORTENORIO@UOL.COM.BR

MONTE ALTO

*

Falta de policiamento

No Vale do Anhangabaú

Por causa das obras o Anhangabaú está cercado de tapumes, o que tem atraído marginais, principalmente à noite. As estreitas e escuras passagens tornam os comerciantes e pedestres alvos fáceis dos ladrões, pois não existe policiamento nesse horário. No último dia 31 eu fui uma das vítimas dos bandidos. Com a palavra, o sr. governador.

HAROLDO SANTOS

AROLDOLS123@YAHOO.COM

SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.