Fórum dos Leitores

Cartas de leitores selecionadas pelo jornal O Estado de S. Paulo

Fórum dos Leitores, O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2021 | 03h00

Petrobras

Mais um reajuste

A Petrobras anunciou mais um aumento de preço dos derivados de petróleo, o que afetará de imediato o custo de vida dos brasileiros, pois impacta no transporte de pessoas e mercadorias e nos preços de commodities, plásticos, tintas e fibras sintéticas, por exemplo. As refinarias da estatal estão operando com capacidade reduzida, sem muita atenção ao abastecimento do mercado interno, como alertou o Tribunal de Contas da União em agosto passado. O resultado é um aumento brutal na importação de derivados de petróleo, de 950% e 541,8% para a gasolina e o óleo diesel, em comparação com 2020. Eis, então, a razão dos sucessivos aumentos dos preços: a estatal está saindo do negócio de refino de petróleo, o déficit está sendo substituído pela importação e o consumidor paga o preço internacional. Enquanto isso, o desgoverno, acionista majoritário da estatal, não toma atitude, pois está ganhando bem, obrigado. Ainda bem que “o petróleo é nosso”.

Omar El Seoud  elseoud.usp@gmail.com

São Paulo

*

Privatização

Guedes defende privatização da Petrobras e diz que estatal não valerá mais nada em 30 anos (Estado, 25/10). O ministro está muito otimista com a Petrobras. Ela terá, isso sim, um assombroso passivo ambiental, equivalente a centenas de bilhões em qualquer moeda, daqui a 30 anos.

Cássio M. de R. e Camargos cassiocam@terra.com.br

São Paulo

*

Economia

Licitação do BNDES

Em relação à reportagem BNDES escolhe fundos ligados a secretário de Guedes (26/10, B6), a sociedade brasileira merece uma equipe econômica de alto nível e que inspire credibilidade em suas palavras e ações, o que aparentemente não é o caso do governo atual, se for verdade o que a reportagem diz. Quais são os critérios usados para a escolha dessas pessoas? O que elas realmente fazem dentro do governo? Quem controla efetivamente isso? Hoje em dia eu, pessoalmente, não acreditaria no ministro da Economia ou em sua equipe nem para saber a hora certa. Tristes trópicos.

Fernando T. H. F. Machado  fthfmachado@hotmail.com

São Paulo

*

Eleição 2022

A bandeira do general

Sou brasileiro, tenho 69 anos, nunca me engajei em qualquer partido político, mas sempre fui partidário do voto consciente, com desejo e esperança de um Brasil melhor para o futuro do povo brasileiro, em particular para os meus filhos e netos. Sou totalmente contra o radicalismo, seja de direita ou de esquerda, fato que me levou, na eleição passada para presidente da República, a votar em Jair Bolsonaro, a fim de não perpetuar a “seita” lulismo, com seus correligionários fanáticos e lunáticos seguidores. Triste e decepcionante opção! Vejo hoje surgir outro radicalismo, outra “seita” igualmente intolerável: o bolsonarismo. Vejo, também, surgir um cenário polarizado entre essas duas alas, com 30% de fiéis seguidores e eleitores de cada lado. Restariam, então, outros 40% de cidadãos brasileiros engajados politicamente ou não para reverter este quadro. Para tanto, nada mais claro que o depoimento publicado no Estado de domingo do general Carlos Alberto Santos Cruz, que em resumo afirma que é imprescindível interromper este maléfico radicalismo e usurpadores do dinheiro público.

Helio Mitsuru Iha iha@uol.com.br

São Paulo

*

Alternativa

Como já há dois candidatos para a disputa da Presidência em 2022, “o homem mais honesto” e, agora, “o homem mais inocente”, urge uma alternativa séria.

Carlos H. W. Flechtmann chwflech@usp.br

Piracicaba

*

Ambiente

‘Uma boa história’

Li com satisfação a matéria Patriarca, a árvore mais antiga do Brasil (26/10, A24), dedicada ao gigantesco jequitibá-rosa (Patriarca) no Parque Estadual Vassununga, em Santa Rita do Passa Quatro. Chamo a atenção, porém, para o uso polêmico da designação “javali” para os porcos-do-mato do parque. Nós não temos javalis no Brasil, salvo invasores provenientes do nordeste da Argentina, originais da Europa, que estão invadindo o Rio Grande do Sul. Examinando os carreiros nas proximidades do Patriarca, creio tratar-se de caititus nativos (Tayassu tajacu).

John Coningham Netto

maria.coningham@gmail.com

Campinas

Cartas selecionadas para o Fórum dos Leitores do portal estadao.com.br

AVENTURAS

O presidente Bolsonaro afirmou que tem confiança absoluta em Paulo Guedes e que não fará “aventuras” na pasta da Economia. Que ótimo! Pena que não tenha evitado as aventuras próprias, as suas, na Presidência da República. Agora, nós, os desventurados do aventureiro-chefe, que sempre joga verde para colher o jamais maduro, mas o próprio imaturo, temos de engolir este presidente deste sistema presidencialista que transforma republicanos em escravos e aventureiros em messias.

Marcelo Gomes Jorge Feres marcelo.gomes.jorge.feres@gmail.com

Rio de Janeiro

*

TETO FURADO

De furo em furo já ficamos sem teto. Logo vamos ficar sem paredes, piso e roupas. Tomara que o próximo inverno não seja muito rigoroso.

Ely Weinstein elyw@terra.com.br

São Paulo

*

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Wagner Moura, ator e diretor de cinema, faz com razão, duras críticas a Jair Bolsonaro, dizendo que o presidente veio do esgoto da história. É mais uma personalidade recriminando Bolsonaro e declarando seu apoio a Lula da Silva. O capitão Nascimento tem todo o direito de votar em quem quiser, mas exaltar o ex-presidente Lula é demonstrar apoio à rapinagem.

J. A. Muller josealcidesmuller@hotmail.com

Avaré

*

2022

A sociedade brasileira está prestes a ingressar num ano que promete ser agitado, no qual vai às urnas a fim de delinear seu destino pela escolha de presidente e de um número significativo de parlamentares. Trata-se de um evento alvissareiro, pois representa mais um passo em direção à consolidação da democracia, o mais periclitante de todos os regimes, posto que é o único que se pode autoaniquilar, apesar de ser o que mais cria progresso e maturidade para o povo que o pratica e o aperfeiçoa. Não por acaso, são cada vez mais frequentes as manifestações a seu favor de parcelas significativas de várias sociedades no sentido de aumentar sua densidade em regimes políticos que não o exibem em quantidade suficiente. Meio que traumatizado pela agressividade de campanhas anteriores onde se viu intoxicado por um número exagerado de pesquisas de intenções de voto, o que o impediu de refletir minimamente sobre a real capacidade e honestidade de propósitos de cada candidato, o eleitor reza para que suas futuras decisões sejam as mais adequadas para a concretização das mudanças que o País tanto implora e necessita. Por outro lado, torce para que os eleitos governem com o objetivo de servir ao povo que os consagrará e não a um paroquial e clientelista esquema de poder.

Paulo Roberto Gotaç prgotac@hotmail.com

Rio de Janeiro

*

TERRORISMO

Com média diária acima de 300 mortes e apenas metade da população totalmente imunizada, o desalmado e irracional presidente da República ainda dissemina inverdades nas suas redes sociais. Passou dos limites da crueldade ao afirmar que a vacina contra covid-19 provoca aids. Utilizando as palavras do relator da CPI: “Isso é terrorismo de Estado e a Justiça precisa frear essa loucura”.

Jorge de Jesus Longato financeiro@cestadecompras.com.br

Mogi-Mirim

*

INTERDIÇÃO JÁ!

Depois de dizer que vacina provoca aids, este louco precisa ser interditado e colocado num hospício. Não sabe o que fala! O mal que causa é incalculável

Cecília Centurion ceciliacenturion.g@gmail.com

São Paulo

*

PULSÃO DE MORTE X VIDA

É preciso ter amor à vida para ser produtivo e desejar realizar coisas boas para si e para os outros. Quem diz que vacina provoca aids em meio a uma pandemia deve viver num mundo imaginário, sentindo prazer onde só há terror e morte. São criaturas cheias de ódio que não descansam enquanto não causarem muita destruição e dor em tudo que estiver ao seu alcance. Triste para quem vive num país assim deste planeta, com um mandatário capaz de causar tanto dano a quem nele ingenuamente acredita!

Eliana França Leme efleme@gmail.com

Campinas

*

ANALFABETISMO POSTURAL

Há alguém no Planalto capaz de orientar pessoalmente o residente quanto ao seu cansativo comportamento destoante? Evidentemente, o mandatário máximo da nação desconhece as condições de ética e etiqueta necessárias à condução do cargo a que ocupa.

Bolsonaro precisa ser alertado de que suas lives não são exclusivas aos ouvidos doutrinados de seu séquito, mas reverberam como poluição sonora em toda a população brasileira, atravessando fronteiras e bestificando o mundo diante de tantas insanidades. Sua última manifestação, às vésperas da votação da CPI da Covid, ultrapassa todos os limites da sanidade, da decência e da coerência.

Ana Silvia Fernandes Peixoto Pinheiro Machado anasilviappm@gmail.com

São Paulo

*

LOUCO, BURRO E TEIMOSO

Além de sua perversa loucura e colossal ignorância, o atual presidente do Brasil é teimoso, em sua burrice patológica, por insistir em provar que tem razão, mesmo quando isso prejudica sua obsessão de permanecer no poder. O Brasil é provavelmente o país que mais aderiu entusiasticamente às vacinas, pela índole de seu povo em se adaptar a novas ideias e práticas, mesmo com escassa educação. Mesmo assim o presidente da nação continua contra a vacinação da população, contra o uso de máscaras, contra o distanciamento individual e qualquer dos cuidados recomendados pela ciência médica no mundo todo. Só age por birra, característica de pessoa com graves distúrbios mentais e transtorno de personalidade, como agressividade, indiferença e ressentimento. Ao que parece ninguém entre seus auxiliares tem coragem ou autoridade suficiente para convencê-lo a se tratar e agir como uma pessoa normal, já que por um equívoco histórico foi parar na Presidência do País.

Paulo Sergio Arisi paulo.arisi@gmail.com

Porto Alegre

*

TERCEIRIZANDO

Só está faltando o presidente Bolsonaro afirmar que seu péssimo governo é culpa dos 57 milhões de eleitores que votaram nele.

Luiz Frid fridluiz@gmail.com

São Paulo

*

PALESTRA DE QUEIROGA

Não temos recursos para ajudar quem passa fome, mas o ministro Marcelo Queiroga foi a Portugal fazer uma palestra? Que conhecimento ele colocou em sua atividade como ministro que mereça ser divulgado pelo mundo? Fizeram bem os brasileiros residentes em Portugal em vaiá-lo fragorosamente. Mais um vexame mundial deste governo criminoso que esperamos que uma terceira via possa expulsar em 2022.

Aldo Bertolucci aldobertolucci@gmail.com

*

RELATÓRIO FINAL DA CPI

A lista dos 81 indiciados no relatório final da CPI da Covid inclui Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, Eduardo Pazuello, Onix Lorenzoni, reverendo Hamilton, Nise Yamaguchi, Abraham Weintraub, Luciano Hang, os sócios da VTCLOG, Davati, Precisa, Prevent Senior, Grupo José Alves, entre outras dezenas de nomes. O foro privilegiado é uma bênção nesse tipo de situação. Os parlamentares que têm essa proteção precisam se preocupar apenas com as próximas eleições, para manterem o seguro vigente. Os demais indiciados contam com excelentes advogados, que conhecem as brechas do Código Penal brasileiro. Aguarda-se o posicionamento do Congresso Nacional e do Ministério Público Federal. Muita coisa está em jogo nessa intrincada CPI, até mesmo uma vaga na Suprema Corte. Alea jacta est – a sorte está lançada!

José Carlos Saraiva da Costa jcsdc@uol.com.br

Belo Horizonte

*

SABUJISMO

Os bolorentos e inúteis relatórios paralelos de senadores governistas lidos na CPI da Covid são monumentos ao negacionismo e candentes peças de sabujismo a Bolsonaro.

Vicente Limongi Netto limonginetto@hotmail.com

Brasília

*

NOVA CPI DA COVID

Para completar o circuito da CPI da Covid é, de efeito moral e em atenção aos eleitores, necessário instalar uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito especificamente envolvendo governadores e prefeitos. Significativos recursos foram disponibilizados a eles e há fortes rumores de que nem todos foram destinados ao combate ao coronavírus. Além de punir os culpados, será bom para dirimir as suspeitas e valorizar o conceito e honestidade dos inocentes. É “separar o joio do trigo”.

Humberto Schuwartz Soares hs-soares@uol.com.br

Vila Velha (ES)

*

RAIO DE ESPERANÇA OU RAIO NA CABEÇA!

O simples movimento de Sérgio Moro rumo ao Planalto, se, de um lado, põe em polvorosa tanto o bolsonarismo como lulopetismo, essas duas vias que, aos solavancos, nos pearam os passos; de outro, acende um farol no fim do túnel, nessa intrincada marcha para o progresso e no anseio de um Brasil menos corrupto. Lulopetismo e bolsonarismo, e nem precisa que a bela Cassandra nos veja o futuro para que tenhamos certeza, são ambos raios ferinos sobre nossas cabeças! Mas, para sorte nossa, à contemplação dessas duas vias decrépitas e enlameadas surge-nos no horizonte esta nesga de fé numa terceira via, que nos firma o pé na confiança de desencalharmos o Brasil do atoleiro em que governos corruptos o despencaram! Que o entusiasmo dessa boa constelação se torne realidade, o que faria venturoso o ano do Senhor de 2022!

Antonio B. Camargo bonival@camargoecamargo.adv.br

São Paulo

*

O SUBMINISTRO DA ECONOMIA

O antes superministro da Economia, Paulo Guedes, foi rebaixado a subministro e parece que ainda não lhe caiu a ficha. O antes “Posto Ipiranga” do governo Bolsonaro é, digamos, o menos influente entre os auxiliares do presidente.

O remendo proposto pelo governo federal para turbinar o novo programa social, o chamado Auxílio Brasil, demonstra que a pauta econômica nunca foi prioridade. A urgência, de fato, é ser reconduzido à Presidência da República e lá permanecer por mais quatro anos.

Há, contudo, um fator complicador nisso tudo: a inflação. O clima de instabilidade, as trapalhadas no âmbito econômico e o desrespeito à única regra que garante alguma segurança fiscal farão com que esse aumento e esse programa morram antes de chegar ao bolso dos beneficiários. O subministro mostra que, além de não entender nada de política, também é inapto para comandar a economia do País.

Willian Martins martins.willian@yahoo.com.br

 Guararema

*

‘O STF E AS AÇÕES AVENTUREIRAS’

Como mostra o editorial O STF e as ações 'aventureiras' (26/10, B8), no país dos bacharéis a litigação é a norma, e nem a lei, por mais justa que seja, pode mudar essa regra de ouro. Afinal, o Supremo Tribunal Federal não vai permitir. Com essa cultura o “custo Brasil” jamais vai ser reduzido e o futuro vai ser sempre o passado piorado, pois boa parte da riqueza vai continuar circulando nos tribunais!

José Elias Laier joseeliaslaier@gmail.com

São Carlos

*

SP: IPTU SACRIFICA OS APOSENTADOS

O prefeito da cidade de São Paulo, Ricardo Nunes, quer aumentar o IPTU que já é injusto, e com isto expulsa de suas casas os aposentados e pensionistas, ferindo de morte a Constituição, que garante o direito à propriedade, e não cumprindo o juramento de posse de garantir o bem-estar dos munícipes. Por isso, peço que o Ministério Público se pronuncie e tome as devidas providências para defender os direitos do cidadão.

José Carlos Costa policaio@gmail.com

São Paulo

*

PELA CIÊNCIA

Quando o ministro astronauta fará os esperados grandes voos pela ciência?

Marcos Gomes Figueira mgfigueira2@hotmail.com

Brasília 

*

 TAXAS BANCÁRIAS

Todo banco tem seus lucros via diversas taxas, o que é normal e legal. Porém há bancos que abusam de forma ilícita de certas cobranças. Minhas contas nos bancos sempre foram só conta salário, não uso cheques há mais de 20 anos, cartão de crédito, etc. Há mais de 13 anos, a Nossa Caixa começou a descontar R$ 30 da minha conta por alguns meses, procurei a gerente e pedi o estorno; ela não devolveu o dinheiro, mas a cobrança caiu para R$ 5. Há dois anos na Caixa Econômica cobraram mais de R$ 50, procurei o gerente, ele educadamente disse que era a nova política do banco, mas como disse que encerraria a conta, a cobrança caiu pra R$ 9. Atualmente no Santander foi me oferecido um cartão de crédito sem anuidade e mensalidade, porém, conferindo o extrato, estavam cobrando R$ 18,50 de mensalidade. Falei com a linda e atenciosa gerente que imediatamente cancelou o cartão. Enfim, os funcionários de bancos pra vender ou atingir cotas fazem de tudo, e assim as abusivas e ilícitas taxas são cobradas. Se os clientes não reclamarem, as cobranças vão continuar! 

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Nova Odessa

*

TROCANDO DE LEITE PARA PERMANENTE

A troca dentária é sempre um período de grande ansiedade tanto para os pais quanto para as crianças. No final do processo, os dentes de leite são substituídos pela dentição permanente. Curiosamente, no espaço sideral, também está prevista uma mudança de nossa posição da Via Láctea em busca de uma nova localização definitiva para o Sistema Solar. Pois é, segundo a Nasa, duas das maiores galáxias do Grupo Local devem colidir: a Via Láctea e a Galáxia de Andrômeda. O evento deve ocorrer daqui a 4 bilhões de anos. De fato, o que deve colidir serão os campos gravitacionais, permanecendo as estrelas suficientemente distantes umas das outras. Após a colisão, o Sistema Solar, onde estamos, deve passar a fazer parte de um grupo de estrelas de Andrômeda, numa mudança de galáxia dentro do cenário da Lactomeda, resultante de todo este processo. Nosso Pai Celeste e nós as crianças estamos na expectativa. Mas, calma, isso faz parte do processo de amadurecimento sideral de todos os sistemas. É só não se afobar que virá naturalmente. E quando ocorrer o fenômeno do siso, já teremos acumulado uma enorme experiência.

Jorge A. Nurkin jorge.nurkin@gmail.com

São Paulo

*












 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.