Cartas

Aborto e excomunhãoEstupros de crianças em Catanduva (SP) e no Recife (PE). Infâncias destruídas e flores partidas. Nos EUA, crimes como esses levam ao ergástulo e à pena capital. Aqui, a equipe médica que atendeu a vítima é a primeira a ser punida, sendo excomungada, por força da lei canônica. Deus realmente o quer?ARSONVAL MAZZUCCO MUNIZarsonval.muniz@superig.com.brSão PauloÉ realmente revoltante que, em menos de um mês, a Igreja anule a excomunhão do bispo que negou o Holocausto e excomungue os médicos que operaram a menina de 9 anos para proteger sua vida, além de excomungar também a mãe da menina, que foi estuprada pelo padrasto! E os padres pedófilos? Algum foi excomungado? Depois a Igreja Católica fica procurando os motivos de estar perdendo fiéis...LUIZ FERNANDO DE MATTOSlfmattos@terra.com.brSão PauloComo católico praticante, é difícil discutir o caso da menina que foi estuprada, pois, de fato, o necessário seria mesmo salvar a vida dessa criança. Mas em relação à Igreja não podemos discordar, pois, segundo a Bíblia, a Igreja é uma continuação dos ensinamentos de Cristo e estes não podem ser mudados. Quem se moderniza é o mundo, as pessoas, e não a palavra de Deus, pois é uma só. Como há pessoas leigas que não têm fé, não vão à igreja, não comungam, infelizmente também há quem se torne padre forçado pela família, ou por outras razões, e após sua formação acabe fazendo coisas que não condizem com a palavra de Deus. Por isso não devemos só condenar a Igreja pelos padres pedófilos. Esses dois assuntos são muitos complexos e muito difíceis de ser discutidos.JADER FERREIRA DOS SANTOSjader.leo@globo.comBauruOs médicos responsáveis pelo aborto profilático da menina pernambucana de 9 anos estuprada pelo padrasto não devem preocupar-se com a excomunhão. Ignorem o arcebispo José Cardoso Sobrinho. Compareçam à missa. Façam a comunhão. Jesus criou a Fé. O resto é poeira.MARCELO CUNHA NETOSão Sebastião Mais uma vez a Santa Madre Igreja comprova que é mãe dos homens e madrasta das mulheres. O delegado Fleury, que matou muita gente, Hitler e outros da mesma estirpe, nenhum deles foi excomungado - com ou sem alarde. Como sempre, na Igreja valem dois pesos e duas medidas.SILVIA GALVÃO BUENO C. FRANCOscfranco@uol.com.brSão PauloO arcebispo de Olinda e Recife tem sido duramente criticado por causa da excomunhão. Infelizmente, pelo que sei, nenhum colega saiu em defesa dele. Na verdade, o Direito Penal Canônico (cânon 1.398) prescreve a excomunhão automática no caso de aborto. Trata-se de exceção ao princípio do devido processo legal, haja vista a gravidade do delito perpetrado. O arcebispo não moveu uma palha sequer para infligir a pena aos que participaram do aborto. Ele não é responsável pela excomunhão. Está na lei da Igreja.EDSON LUIZ SAMPEL, doutorando em Direito Canônico pela Pontifícia Universidade Lateranense, de Romaesampel@yahoo.com.brSão PauloFaltou explicar por que só o estuprador não foi excomungado.PLÍNIO ZABEU pzabeu@uol.com.brAmericana Por que os médicos de Pernambuco interromperam a gravidez gemelar de uma menina de 9 anos? Por causa da idade? Por causa de sua estrutura física? Ora, a peruana Lina Medina, de estrutura franzina, teve um filho saudável aos 5 anos de idade, por cesariana, em 1939. É a mãe mais jovem já confirmada na história da medicina.CLEOMENES BARROS SIMÕES, obstetracleobazi@hotmail.comGuarulhosTITEmbora não seja tributarista e, portanto, não tenha interesse direto no tema, acredito que a proposta do governo estadual de eliminar a sustentação oral no Tribunal de Impostos e Taxas (TIT) pelos advogados dos contribuintes, a pretexto de acelerar os julgamentos, além de autoritária, é claramente arrecadatória. Não bastasse a carga tributária escorchante a que somos submetidos, agora querem subtrair o nosso direito de defesa.RICARDO SALLESras@casmf.com.brSão PauloParadigma?Um primor o artigo Um prodígio do ?padim? Cícero do Juazeiro (4/3, A2), do jornalista José Nêumanne. Esse governo é o antiparadigma do que deveria ser um governo. Governar não é fazer discursos, tampouco viajar pelo País e pelo mundo, nem mesmo executar obras, se é que foram ou serão executadas, ou distribuir a mancheias camisinhas ao povo. Governar é dar governo, rumo, norte seguro, confiável. É, acima de tudo, dar exemplo de conduta, honradez e civilidade, é punir quem do rumo se desvia, pois, quando não há punição, o desvio se torna o rumo. Não pode esse governo ser paradigma de nada que se possa parecer com governo. Continuamos a perpetuar nossos erros e a adiar nossos anseios.MARCO AURELIO R. SPROVIERImsprovieri@sincoeletrico.com.brSão PauloFundo de pensãoComo brasileiro e contribuinte do INSS, considero injusto que, quando pagamos impostos e serviços, obrigatoriamente estamos contribuindo para fundos de empregados e aposentados de estatais e empresas públicas. São mais de 190 milhões de brasileiros contribuindo para o privilégio de alguns milhares. A forma como estamos discutindo o assunto fundos de pensão está equivocada. Diante da solidez e estabilidade desses fundos, já é hora de essas entidades deixarem de nos assaltar nas contas de energia, combustíveis, água, esgoto e taxas bancárias para repassar contribuições a esses fundos. Nossos políticos perderam, definitivamente, o foco do que interessa ao povo, em detrimento de uma minoria privilegiada. Ali, ao contrário do nosso alquebrado INSS, podem tirar proveito. Desperta, povo brasileiro! HONYLDO ROBERTO PEREIRA PINTOhonyldo@temfoto.com.brRibeirão PretoPor que será, que o presidente Lula não autorizou a mudança dos dirigentes do fundo de pensão dos funcionários de Furnas e Eletronuclear, que o PMDB tanto queria, para colocar membros do próprio partido na direção? Provavelmente, para que em futuro próximo possa requerer esse fundo para membros do PT e, com isso, agregá-lo aos seis dos dez maiores fundos de pensão que o partido já domina, "apadrinhados" pelos ex-ministros Dirceu e Gushiken.ANGELO TONELLIangelotonelli@yahoo.com.brSão Paulo Em defesa da educaçãoSobre a matéria Lula aumenta repasse para UNE em 20 vezes (5/3), a UNE valoriza o fato de o jornalista Guilherme Scarance ter feito questão de visitar a sede da entidade, conversar com a presidente e ter tido acesso a todos os relatórios técnicos e prestações de contas, que lá estão disponíveis, como é o dever de qualquer instituição de interesse público. Vale ressaltar que a UNE promove uma série de atividades de interesse dos estudantes e da sociedade, como a Caravana da UNE: Saúde, Educação e Cultura, que levou a mais de 40 universidades ações como o teste rápido de HIV, a campanha de imunização contra a rubéola, numa iniciativa inédita que passou pelos 27 Estados, e a 6.ª Bienal de Cultura, que reuniu em janeiro mais de 15 mil estudantes. Convidamos o conjunto da sociedade a participar das atividades da UNE e ficar à vontade para conhecer a sede, os projetos e relatórios de prestações de contas.LÚCIA STUMPF, presidente da UNESão Paulo FÓRUM DOS LEITORESENDEREÇOAvenida Eng. Caetano Álvares, 55, 6.º andar, CEP 02598-900FAX:(11) 3856-2920E-MAIL:forum@grupoestado.com.br

, O Estadao de S.Paulo

06 de março de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.