Cartas

Mais 468 atos secretosSe foi ou não foi De Gaulle, não sei. Mas que não é sério, não é!VICTOR GERMANO PEREIRA victorgermano@uol.com.brSão PauloPiada de salão"O mensalão será esquecido e ainda vai virar piada de salão." Lembram-se? Qualquer semelhança com a situação atual do Senado não é mera coincidência.EDUARDO HENRY MOREIRA henrymoreira@terra.com.brSão PauloPaís do faz de contaDeixem-me ver se estou certo ou não. Quer dizer, faz de conta que... os atos secretos não existiram, que nunca houve apadrinhamentos, que conversas telefônicas são montagens, que emissão de notas frias é invenção, que o presidente do Senado é impoluto, que no Senado só há inocentes... Os culpados somos nós, que os elegemos, e isso não faz de conta, pois a conta nós é que pagamos!ELIAS MUTCHNIK eliasmut@uol.com.brSão PauloEmpadãoO Senado é quase uma empada: redondo por fora, massa podre nas beiradas e miolo de camarão. Não chega a ser empada porque nunca fica corado.PERCY DE MELLO CASTANHO JUNIOR webmaster@clubedoscompositores.com.brGuarujáMarina 2010Em meio à desilusão geral, com o PT, especialmente, do lado da ética, vejo a candidatura de Marina Silva como o ressurgir da esperança. Acho que ela mostrou muita fibra quando ministra, embora tenha sucumbido à força de ruralistas e empreiteiras. O seu trabalho, baseado em agenda séria de proteção à floresta, era torpedeado desde o início e o seu prestígio internacional não lhe garantiu a permanência no cargo. Marina presidente passa uma confiança de que poderemos avançar na questão ambiental, ao contrário do que estamos vendo com Lula. Acompanharei a sua campanha com interesse. Ela tem tudo pra conseguir o meu voto.ALCEU R. DA CRUZ JR. arcruzjr@terra.com.brCampinasMarina Silva, a luz (verde) no fundo do túnel?JORGE ZAVEN KURKDJIAN zavida@uol.com.brSão PauloLimpeza no acampamento: nem tucanos, nem petelhos. Marina Silva na cabeça!ZEFERINO GUERESCHI zeguereschi@itelefonica.com.brSão José do Rio PretoSem problemas a senadora Marina Silva ir para o PV. O difícil é saber que esse partido tem lá um filho do Sarney...TANIA TAVARES taniatma@hotmail.comSão PauloMarina Silva, esta, sim, uma grande biografia!FRANCISCO DA COSTA OLIVEIRA fco.paco@uol.com.brSão PauloJosé Dirceu continua pequeno. Preocupa-se com mandato e poder. No oposto, felizmente, a Senadora (merece maiúscula) Marina Silva agiganta-se ao refletir sobre utopias e necessidades do Brasil. Falta alcance para Dirceu entender a postura da Senadora.HONYLDO ROBERTO PEREIRA PINTO honyldo@temfoto.com.brRibeirão PretoO cara e o mitoLuiz Inácio da Silva, o "cara", está-se descolando de Lula, o mito. O descolamento decorre do insistente e estranho apoio a Sarney, cujo clã tem um poder conhecido em todo o Nordeste. O povo não entende de política, mas entende de coronelismo, que sente na pele. O desencanto poderá aparecer já nas próximas pesquisas. Aliás, onde estão elas?GILBERTO DIB gilberto@dib.com.brSão Paulo?Avestruz-serpente?Concordo totalmente com o artigo de Rolf Kuntz que tem o título acima (13/8, B2). Duvido, infelizmente, salvo situação nova, e que talvez possa acontecer, que a oposição vigente tenha forças para evitar esse tsunami lulista.E. PARENTE RAMOS FILHO e.parenterf@gmail.comSão PauloOposição a quem? No Brasil, qual o significado de "oposição"?FABIO ADAMO fabio.adamo@hotmail.comSão PauloNosso dinheiro, nossa força Duas novas investidas marqueteiras "barbudilmas" chamam a atenção. 1) A propaganda do Banco do Brasil que termina com a singela frase sobre "a força do Brasil agora em São Paulo" - não deveria ser o contrário? 2) O governo Lulla teria liberado mais dinheiro para São Paulo do que para outros Estados, para obras - que eu saiba, esse dinheiro é nosso!MARLY N. PERES lexis@uol.com.brSão Paulo''As duas quadrilhas se associaram para continuar assaltando o povo"Edgard Mourão Filho edgardmourao@terra.com.brSantos Rei do gadoMadoff está se contorcendo na prisão. Deveria ter fugido para o Brasil. Nos EUA não teve a mesma sorte do dono da Boi Gordo: foi preso e condenado. Aqui só vai preso ladrão de galinha; de boi, não. Agora, além dos políticos, também sinto vergonha do Judiciário e dos juízes deste país.SIDNEI GLIBAS abreaitaim@uol.com.brSão PauloA Justiça (?) no Brasil é mesmo uma piada! O tal Paulo Roberto Andrade, da Boi Gordo, deu um golpe bilionário e está livre deser julgado criminalmente. Uma pobre rouba um pacote de manteiga e outra, um xampu e ficam meses, até mais de um ano, atrás das grades. Quem deveria ver o sol quadriculado é esse juiz/ministro (?) que proferiu tão escandalosa decisão.JACQUES PENNEWAERT jacques.pennewaert@terra.com.brSão PauloCriminosos em liberdadeSó mesmo num país hipócrita e com mandantes estúpidos se libertam facínoras em datas estritamente comerciais como o Dia das Mães e o Dia dos Pais. Que o diga a família da pediatra assassinada por um estuprador, ladrão e assassino, no domingo. Alguém iluminado tenha pena de nós!DALMACIA A. DE ARRUDA CAMPOS dalmacia@terra.com.brSão Paulo?Estado? sob censuraA Associação Comercial de São Paulo (ACSP) solidariza-se com O Estado de S. Paulo e repudia qualquer medida restritiva à liberdade de informação, conforme imposta a esse conceituado órgão de imprensa. Enaltece esta entidade a valiosa contribuição que dá esse jornal à Nação, dentro do elevado princípio de formar e informar, atuando com transparência e imparcialidade, sem se curvar a injunções externas. A signatária cumprimenta o Estadão por dar conhecimento ao público da deplorável crise que ocorre no Senado, desnudando situações inconcebíveis, alimentadas com o dinheiro dos contribuintes. O baixo nível de alguns parlamentares da Câmara Alta não só entristece como preocupa a Nação, que vê uma de suas mais importantes instituições achincalhada e enxovalhada por desmandos que vêm ocorrendo ao longo dos anos. Democracia pressupõe a liberdade de informação, in casu não para a restrita plateia do Senado, mas para a grande plateia que compõe toda a Nação, estarrecida com os execráveis acontecimentos no Congresso Nacional, cujos autores são representantes do povo. Há os que contestam o regime democrático, posição que nos deixa temerosos. Se a democracia não é o regime ideal, não se conhece outro melhor e que possa substituí-la sem que os direitos, principalmente individuais, sejam arranhados. A ACSP tem a certeza de que não conseguirão amordaçar o Estadão, pela sua história, pela sua longa tradição de luta em defesa das justas causas. A ACSP conclui citando o filósofo francês Voltaire: "Posso não concordar com todas as palavras que tu dizes, mas defenderei até o fim o teu direito de dizê-las." Isso é liberdade!ALENCAR BURTI, presidenteSão PauloFÓRUM DOS LEITORESENDEREÇOAvenida Eng. Caetano Álvares, 55, 6.º andar, CEP 02598-900FAX:(11) 3856 2920E-MAIL:forum@grupoestado.com.br

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.