Cartas

AJUDA AO HAITI

, O Estadao de S.Paulo

22 Março 2010 | 00h00

Doações

Sou médico cirurgião do Hospital das Clínicas e coordenador da equipe cirúrgica dos Expedicionários da Saúde (www.expedicionariosdasaude.org.br), Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que trabalha levando assistência médica especializada a populações geograficamente isoladas do Brasil, principalmente na Amazônia. Sobre o artigo Não doe para o Haiti (18/3, A2), minha organização esteve nesse país, eu também estive lá, como médico voluntário, e vivi na pele a necessidade daquelas pessoas. Não sou sociólogo, antropólogo nem político, mas sei o que vi. Não tenho qualificação para discutir os efeitos das doações na economia local, dos vazamentos que possam ocorrer no caminho ou quem lucra com isso. Mas posso assegurar que, enquanto teóricos em escritórios refrigerados discutem esses efeitos sociológicos, pessoas morrem. Os equipamentos médicos e o dinheiro doados à minha instituição foram aproveitados em cada centavo e não consigo imaginar como isso possa "fazer mal" à população haitiana. Nossos planos incluem a construção de uma oficina de próteses no Haiti, ensinando a população local a fabricar e adaptar as próteses aos muitos mutilados do terremoto, promovendo a reintegração desses indivíduos à sociedade. E só poderemos realizar esse trabalho com apoio da sociedade civil, ou seja, de doações. Caso queiram checar os nossos números, nossos registros estão à disposição. Mas adianto que ficariam surpresos ao saber que os membros das três equipes de voluntários dos Expedicionários da Saúde voltaram do Haiti financeiramente mais pobres, mas, do ponto de vista humano, infinitamente mais ricos.

FABIO ATUI, medico cirurgião

fabio.atui@uol.com.br

São Paulo

_____________

POLÍTICA ECONÔMICA

Ajuste do câmbio

As relações de câmbio se manteriam estáveis se as balanças comerciais fossem equilibradas. Acontece que a China resgata da pobreza, incorporando à produção industrial urbana, 30 milhões de cidadãos anualmente, que passam a consumir mais, embora o seu consumo seja modesto. A velocidade do aumento da produção é maior que a do crescimento do mercado interno chinês. Hoje, para a China e para a humanidade, o resgate da pobreza deve ter prioridade sobre o equilíbrio das balanças comerciais. Todavia a China, exportando produtos simples e baratos - por exemplo, sapatos -, exporta "desemprego". Para diminuir o desemprego os EUA, e outros países, precisam reintegrar produções que "terceirizaram" e se empenhar na transformação da matriz energética. Pode ser que então a fabulosa velocidade de urbanização na China se reduza um pouco. É simples assim, mas certamente não é tudo. Porém não requer instituições internacionais impotentes diante da soberania dos países.

HARALD HELLMUTH

hhellmuth@uol.com.br

São Paulo

_____________

LISTA NEGRA DA INTERPOL

Vergonha dupla

Fico envergonhado pela inclusão de um deputado brasileiro na lista negra da Interpol. Duplamente! Pela inclusão e por ter sido solicitada por um promotor americano. Dá a impressão de que os outros cuidam melhor do nosso país. Será verdade? Tomara que se resolva bem.

MANOEL MENDES DE BRITO

voni.brito@itelefonica.com.br

Bertioga

Ele foi prefeito e governador de São Paulo, deputado federal por vários mandatos e recebeu milhares de condecorações como político. Sua atuação causou tanto impacto que deu origem a conhecido verbo (pejorativo). Agora sua carreira chegou ao cúmulo, ou píncaro, de nossos políticos (será uma exceção ou a regra?): sua foto, sob a palavra Wanted e o número 2009/13.608, passou a circular nas 181 representações internacionais da Interpol. Quem será essa destacada "excelência" (sic), que tanto nos deveria envergonhar (se ainda temos vergonha)? Que os eleitores pensem nessa tão depreciativa imagem nas próximas eleições, consultando a lista dos fichas-sujas e não votando mais nelles! O Brasil dos nossos filhos merece políticos melhores!

SILVANO CORRÊA

scorrea@uol.com.br

São Paulo

_____________

GREVE DOS PROFESSORES

Trololó

O sr. governador demonstrou num comentário o descaso que mantém para com a educação, embora apregoe o contrário. Esta greve dos professores, classificada por ele como política, é definitivamente consequência da falta de diálogo e da intransigência da Secretaria da Educação, por ordem do governo. É de notar, também, que em nenhum momento foi demonstrado pelo sr. governador interesse pela situação dos professores aposentados, que há muito tempo não recebem reajustes. Eles são letra morta! O desrespeito existe, direitos são violados e a paridade dos vencimentos está totalmente esquecida. A greve é um simples trololó! A educação também é trololó? Parece que sim.

CLEONICE NOGUEIRA

lagsn@globo.com

Campinas

_____________

Pedagogia

Bela lição estão dando os professores de São Paulo. Bombaram no exame que fizeram, faltam sem justa causa ao trabalho, descumprem as leis e as decisões judiciais acerca do direito de greve. Que orientação pedagógica terão nossas crianças?!

MARCELO BENIGNO F. DE BARROS

marcelobenigno@globo.com

São Paulo

Não é preciso pesquisar o porquê do baixo nível de ensino, da falta de ética, respeito, urbanidade, civismo dos alunos, atualmente. Basta acompanhar o que os professores da rede estadual de ensino estão fazendo na cidade há duas semanas. Que exemplo ou o que podem ensinar quem faz tanta baixaria?

ROBERTO ARANHA

rcao@globo.com

São Paulo

_____________

CAMPANHA ANTECIPADA

Bagatela

Lula foi multado na bagatela de R$ 5 mil por campanha antecipada de sua pré-candidata Dilma Rousseff. Se toda vez for multado por apenas R$ 5 mil, que mal terá em continuar fazendo o mesmo? Dinheiro para bancar outras multas é o que não falta.

HANS MISFELDT

hans.misfeldt@gmail.com

São Paulo

_____________

"Arruda foi cassado por infidelidade partidária.

O que isso tem que ver com panetones?"

JAMES F. SUNDERLAND COOK / SÃO PAULO, SOBRE AS DENÚNCIAS DE CORRUPÇÃO EM BRASÍLIA

sunderland2008@gmail.com

"Não há país imune à corrupção. Nem corrupção imune ao longo braço da lei"

SERGIO S. DE OLIVEIRA / MONTE SANTO DE MINAS (MG), SOBRE A ENTREVISTA DE DIMITRI VLASSIS, DA ONU (20/3, A12)

ssoliveira@netsite.com.br

"Avanço de Dilma não assusta, diz Serra... Será?"

VIRGÍLIO MELHADO PASSONI / PRAIA GRANDE, SOBRE ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

mmpassoni@gmail.com

_____________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.931

Para o jornal The Times, posições do presidente criam resistência dos EUA e do Reino Unido

TEMA DO DIA

Secretaria-geral da ONU é desejo de Lula

"Seria a primeira vez que um secretário-geral da ONU não fala sequer o inglês."

MARIANO ALVIM

"Impressionante a quantidade de gente que não sabe escrever em português e se preocupa com o inglês do Lula."

VALDIR FIORINI

"Eu apoio essa ideia desde que ele prometa que nunca mais irá se meter em assuntos internos do Brasil."

MARCO MILANEZ

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br

_____________

LULA, A FARSA

Excepcional o artigo do professor Roberto Romano (A "verdade coletiva" de Lula, 20/3, A2). É isso aí, Lula sempre escamoteou, ele é e sempre será um fã dos regimes totalitários. Enganou muitos, inclusive quando foi inserido no movimento ''Diretas Já'', pois a sua luta foi sempre pelo poder e nunca pela democracia. Ele e a "sofisticada quadrilha'' sempre almejaram se apoderar do País para implantar aqui um regime nos moldes do stalinismo, e muitos se enganaram com essa figura e também se encantaram com ele. Parabéns pela coragem, professor Romano, seu texto é o espelho da realidade, nua e crua.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

_____________

RUMO DA NAU

Excelente a análise do professor. Romano. É o que registramos no decorrer do tempo, mas achamos que alguém vai pará-lo. Ocorre que as elites se juntam a ele, quando permitido, levando alguma vantagem, e, embriagados pelos afagos do poder e pelas vantagens, não veem ou não interessa ver o rumo que a nau está tomando. Só chiam quando já são bagaços descartados. E o seu caminho, nos últimos sete anos, está forrado de bagaços.

Manoel Mendes de Brito voni.brito@itelefonica.com.br

Bertioga

_____________

RETRATO

O artigo "A "verdade coletiva" de Lula", do professor Roberto Romano, é, para mim, o melhor retrato que alguém até hoje pintou do presidente. Irretorquível, bem embasado, o texto ainda vem embrulhado numa linguagem primorosa, a escrita corretíssima, sucinta e de lógica cristalina. As elegantes linhas por ele traçadas, desnudando o ''filho do Brasil'', transformado em ''pai'' da Nação, dos pobres, e, não bastasse, agora salvador do mundo, são, também, um brinde aos que apreciam a boa (e bela) escrita.

Luiz M. Leitão da Cunha luizmleitao@gmail.com

São Paulo

_____________

A VERDADE DE LULA

No excelente e irreparável artigo ''A "verdade coletiva" de Lula'', o professor Roberto Romano sintetiza tudo o que significa o governo e o poder do PT.

O professor Romano analisa objetivamente a trajetória de Lula e como e por que em pouco tempo ele conquistou o empresariado e todos os que antes o temiam. Estes verdadeiramente nunca se preocuparam com a perda das liberdades que o Brasil conquistou com a saída do governo militar, desde que fossem poupados nos seus bolsos.

Prova é a adesão de grandes empresários, que continuam se locupletando com obras e negócios e com os altos juros praticados durante seu governo.

A continuidade do programa econômico, que fez muito bem ao País, antes tão combatido pelo PT, escondeu o que eles são na sua essência.

O artigo mostra que Lula e seus adeptos, amigos e partidários nunca deixaram de ser o que sempre foram: comunistas que desprezam a democracia.

Realmente o que Lula disse sobre os grevistas de fome de Cuba desvendou aos que ainda estavam enganados pela estabilidade econômica aparente, apoiando-o a real intenção dos petistas que nos governam.

Maria Tereza Murray terezamurray@hotmail.com

São Paulo

_____________

LULA ESTÁ NU

O artigo do professor Roberto Romano (20/3, A2) deve ser recortado e emoldurado: obra-prima de lucidez, desmascara, como raras vezes se viu, o cinismo deletério da canalha petista capitaneada pelo seu guardião, fantasiado de arauto da paz e do amor. Diz o professor Romano que ''os cosméticos tombam da face governamental'' e que ''a lógica de Luiz Inácio da Silva é a mesma desde 1986''. Dá medo imaginar que o País poderá reeleger esse ideário de ódio à democracia em nome dos ideais gramscianos. Dá medo imaginar que os saqueadores do erário poderão continuar agindo impunemente. Dá medo imaginar que o despreparo do eleitorado ratificará a ''lógica'' petista-lulista: a ditadura, desde que não seja de direita, é credora incondicional de genuflexão, flores e beijos.

J. C. Ismael jcismael@ig.com.br

São Paulo

_____________

CUBA, A PRAIA DE LULA

No artigo "A "verdade coletiva" de Lula, Roberto Romano nos mostra como temos que ser gratos a Lula pelo seu involuntário gesto de desmascarar-se em Cuba. Eu entendo por que nosso presidente escorregou... É que lá naquela ilha Lula estava tal e qual um nudista em praia de nudismo, absolutamente à vontade e se sentindo em casa, ele não tinha nada a esconder, muito pelo contrário. Deu no que deu...

Só me incomoda uma coisa: se eu, simples cidadã que sou, nunca me deixei enganar sobre qual era a verdade escondida sob o ideário petista e sobre aquele que se tornou seu líder absoluto, como tanta gente culta e letrada, a grande maioria de nossos intelectuais e artistas, chegou a acreditar nele?

Chego a crer às vezes que até a escolha e/ou aceitação de um líder de âmbito nacional depende de ''modismo''. E aqui, no Brasil, quase todo mundo acabou se vestindo igual.

Moda-uniforme me lembra a China de Mao.

De minha parte, não sonho eleger um mito nem um líder da moda. O País só necessita de um real governante, de um administrador competente que se comprometa a atacar de frente a corrupção que assola o País como nunca dantes se viu.

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

_____________

PISADA NA BOLA

Acho que o filósofo Roberto Romano, em seu artigo ''A ''verdade coletiva'' de Lula'',pisou na bola mais uma vez ao se arvorar em intérprete do inconsciente do presidente Lula. Será que o filósofo virou psicanalista? É uma pena que Romano não consiga perceber a diferença entre o governo Lula e os totalitarismos nazista e stalinista. Quando penso que ele foi meu professor de filosofia moderna, sinto até arrepio!!! Ui!!!

Carlo Alberto Dastoli dastoli@uol.com.br

Taboão da Serra

_____________

NELSON MOTTA

Para quem quiser entender mais sobre o escândalo do momento - o caso Bancoop - basta ler o excelente artigo de Nelson Motta ''Uma fábula sem moral'' (Caderno2, 19/3): sucinto, objetivo, esclarecedor.

Esgotou o assunto. Parabéns!

José Augusto de Almeida Neto ja.an.1000@hotmail.com

São Paulo

_____________

MENSALÃO

O presidente e demais petistas falam tanto do mensalão do DEM, mas alguns negam ou silenciam diante da existência daquele do PT, cuja dimensão abalou o centro do poder e repercutiu até no exterior, porém sem punição alguma dos supostos envolvidos.

João Rochael jrochael@ibest.com.br

São Paulo

_____________

IRRESISTÍVEL

Marta assume candidatura ao Senado, noticia o Estadão. Como diz o refrão da música de Dominguinhos: ''Quem tá fora quer entrar, quem tá dentro não sai''. A política no Brasil é mesmo sedutora, não é, não?

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

_____________

MARIONETES

Com a indicação das ''marionetes'' Dilma para presidencia e o Mercadante para o governo de São Paulo, o ''cara'' quer continuar manipulando o País.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

_____________

SERRA ENTRA NO JOGO

Na hora certa, sem cantar vitória antecipadamente, porque continua à frente nas pesquisas, e respeitando as regras eleitorais, José Serra dá o pontapé inicial confirmando sua candidatura.

Daqui para a frente, a Dilma do Lula vai ter de mostrar se sabe fazer política e apresentar propostas, ou voltar à vocação de sua juventude, fazendo terror político...

Certamente o governador de São Paulo, que sempre primou pelo respeito às nossas instituições, e seu currículo de administrador público comprova esta afirmação, entra neste jogo para engrandecer o debate, trazendo propostas concretas, promissoras a atingíveis para o futuro do País.

Diferente da gestão atual, e promotora da Dilma Rousseff, que em quase oito anos no Planalto plantou dossiês, superativou a corrupção, jogou no ralo da vergonha a atuação do Itamaraty e quase nada investiu em infraestrutura.

É bom lembrar aos apressadinhos que até o final deste mês o governador vai inaugurar três grandes obras para tirar o fôlego dos petistas...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

_____________

AQUI ELA NÃO SE CRIA

Dona Dilma veio a Santa Catarina. Falou de fatos que desconhecemos, como ''investimentos'' e ''benefícios''. Santa Catarina espera até hoje aquela ajuda para as vítimas das chuvas. Também morremos aos montes na BR-101 Sul, cuja duplicação foi tema de campanha de Lula e da qual fizeram apenas os pedágios, além de desvios e buracos. Nós, que vivíamos em paz, descobrimos a violência dos assaltos e das drogas. Não tem perigo, em Santa Catarina dona Dilma não se cria.

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

_____________

CANDIDATURA DEFINIDA

A informação de que o governador Serra definiu sua candidatura à Presidência da República nas próximas eleições vai mudar seu comportamento? Será que ele já terminou de fazer visitas e inaugurações de maquetes? E o mais curioso é o método de escolha, ou seja, enquanto em outros partidos há a manifestação de filiados em convenções ou outro sistema de escolha, Serra decidiu por ele mesmo o dia e quando vai começar a fazer campanha de forma diferente da atual. É um estilo de democracia diferente, por certo. Quem sabe agora que decidiu que é o candidato da sua coligação, ele defina uma posição em relação ao pré-sal, coisa que até agora não mereceu senão um comentário em relação à situação do Rio de Janeiro.

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

_____________

NARIZ DE PINÓQUIO

Dilma, como presidente do conselho da Petrobrás, inflou os dados de investimentos relativos a 2010 e foi corrigida no dia seguinte, exataMENTE como no seu currículo escolar, que também foi retificado e o site, tirado do ar para correção. Será que seremos enganados também com seu PAC-2 como candidata a presiMENTE ou presidente? Eu a recepcionarei com nariz de Pinóquio, em protesto contra tamanha cara de pau quando vier fazer campanha em São Paulo.

Luiz Henrique Chaves d"Avila luiz_davila@terra.com.br

São Paulo

_____________

VAMOS PARA MAIS UM PLEITO COM ENTULHO E IMPROVISO NA LEGISLAÇÃO ELEITORAL

Estamos livres da Lei de Imprensa ( apesar de o jornal O Estado estar sob censura há 232 dias !!!). Agora é a vez de nos libertarmos, de outro entulho autoritário, que é a Lei Federal Nº 4 737, de 15 de julho de 1965, sancionada pelo Presidente da República Gal. Castelo Branco,''nos termos do Ato Institucional Nº 01, de 9 de abril de 1964'' ( além de termos uma Justiça Eleitoral desestruturada, improvisadora e inconsistente quanto à segurança jurídica que deveria inspirar.) Vivemos, nessa área, entre a modernidade das urnas eletrônicas e a obsolescência da sua legislação.

Por essa Lei eleitoral,até hoje em vigor,por exemplo, Roseana Sarney virou governadora do Maranhão. É que, segundo prevê o artigo 224 do Código eleitoral,quando o primeiro colocado nas urnas tem seus votos anulados pela Justiça eleitoral, por caracterização de crime eleitoral, assume o segundo colocado. Para que fossem convocadas novas eleições seriam necessários 50% mais um votos anulados. O que é um absurdo, pois o voto acaba sendo menos importante que uma decisão judicial. E não é o que prevê o artigo 14 da Constituição Federal que diz:'' A soberania popular sera exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos e nos termos da lei''.

No município de Tietê/SP, a Ordem dos Advogados do Brasil local lançou um movimento chamado ''O grito cívico de Tietê'' que levou ao Congresso Nacional a proposta de que quando ocorrer anulação dos votos do primeiro colocado, inviabilizando-lhe a eleição, independentemente do percentual dos votos nulos, deverão ser convocadas novas eleições ( o deputado federal Michel Temer, que é de Tietê e o Senador Romeu Tuma, recentemente agraciado com o título de cidadão tieteense, estão estudando a proposta ). Com isso o voto passaria ocupar o seu valor constitucional e, com ele, a soberania popular.

Como não gostavam de eleições os detentores do poder na época da aprovação da atual Lei Eleitoral!!!E parece que os poderosos de hoje não colocam atenção nisso!!!

Paulo de Souza Alves Filho, presidente, reeleito, da 134ª Subseção da OAB-SP pauloalvesfilho@adv.oabsp.org.br

Tietê

_____________

DESCASO COSTUMEIRO COM O DIREITO DO CONSUMIDOR

Se o presidente não respeita lei alguma quando de seu interesse, imagine se quem ''sustenta o home'' vai respeitar!!

Ariovaldo Batista ariolba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

_____________

R$ 5 MIL DE MULTA?

O TSE aplicou uma multa de R$ 5.000,00 ao presidente Lulla da Silva, por campanha eleitoral no Rio de Janeiro, junto com Dilma Roussef - isto é brincadeira para este senhor, que vai continuar fazendo o que quer, pois não respeita nem atende os outros poderes da República.

Dinheiro também não é problema, para quem gasta com cartão de crédito do governo, 1 milhão por mês, sem TCU, sem dar satisfação à ninguém - sem noção do que é ético ou ilegal.

Celso de Carvalho Mello celsosaopauloadv@uol.com.br

São Paulo

_____________

ROUBO

Gostaria de denunciar um roubo de que minha tia foi vítima. Ela é aposentada há muitos anos e no último recebimento do INSS teve um desconto de 1% a título de contribuição sindical à CUT. Como a CUT pode fazer isso sem nossa ordem? Alguém dentro do INSS trabalha para a CUT e fez vários saques de outros contistas. Gostaria de denunciar esse abuso de autoridade que está acontecendo neste nosso Brasil dito democrático.

Marcelo Loeser mloeser@ig.com.br

São Paulo

_____________

OS PROFESSORES PAULISTAS E OS ÚLTIMOS GOVERNOS DO ESTADO

Formei-me professora na USP, tendo obtido um cargo em nosso Estado, através de concurso público, lecionei durante 25 anos e hoje sou professora aposentada. Nos anos 60, tínhamos uma boa escola, salários razoáveis e o respeito de nossos alunos e da sociedade. Assisti ao desmoronamento de nossa escola pública desde 1979, não passivamente, pois lutamos muito contra ele. Cada governo destruiu, massacrou, torturou aos poucos e cada vez mais o professor e a escola até o descalabro a que assistimos hoje: reajustes só para poucos. Dou um testemunho: 5 anos após eu me aposentar, Mário Covas roubou de mim 50 aulas-mês, que constavam em meu ato de aposentadoria, e até hoje amargo essa perda. Os maiores CULPADOS desta situação insustentável do professor e da escola são os desgovernos pós 1979 até hoje!

Teresinha Ferreira Silvério te.silverio@hotmail.com

Limeira

_____________

AFRONTA À CIDADANIA

Lamentável e de uma falta de educação sem igual a atitude dos professores que paralisam a Avenida Paulista, em plena sexta-feira à tarde, a pretexto de protestar. Para nós, cidadãos, fica o exemplo da indecente falta de cidadania dos docentes para com os demais moradores, pedestres e motoristas desta cidade. Diante desta barbárie, o sindicato da categoria deveria ser processado pelo Ministério Público e punido rigorosamente para, quem sabe, com a lei, aprender a respeitar o outro e ter mais educação.

Floriano Pesaro floriano45@gmail.com

São Paulo

_____________

PASSEATA

Senhores professores, justa a reivindicação salarial. Cada um deve procurar aquilo que satisfaça seus interesses. Com referência à paralisação da Avenida Paulista, resta-nos lamentar a atitude dos senhores. Seus direitos se sobrepõem aos dos demais munícipes.

Isto é lamentável vindo de quem deveria dar aula de civilidade e cidadania a uma população tão carente desses conceitos básicos de convivência em sociedade.

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

_____________

BLOCO NA RUA

Para a CUT, montar passeatas ou agressões a adversários políticos é tarefa fácil. Nas suas fileiras não faltam profissionais do ramo.

Helena Rodarte Costa Valente helenacv@uol.com.br

Rio de Janeiro

_____________

GREVE DOS PROFESSORES

PARABÉNS ao Estadão por trazer, de forma imparcial, em sua primeira página o movimento de protesto dos professores estaduais. Uma classe que se encontra esquecida e menosprezada pelo governo estadual e pela própria opinião pública.

Marco Antônio R. Nunes nunesmarcelao@ig.com.br

Pindamonhangaba

_____________

DAMAS DE BRANCO

Cansado de ver, nos piquetes grevistas, Guevaras de araque ostentando em suas boinas estrelas vermelhas e seus ridículos cavanhaques, curvo-me às corajosas mulheres cubanas que estão mostranto ao mundo que ainda existe verdadeira valentia em Cuba. Quem sabe a lendária macheza latina dos homens cubanos não seja, afinal, despertada do seu sono, embalado a charutos, rum e salsa.

Nestor Rodrigues Pereira Filho rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

_____________

SERRA, DESISTA

Sr. governador, depois que presenciei na sexta-feira, na Avenida Paulista, a greve dos professores, desistiria imediatamente da candidatura à Presidência da República. O senhor é odiado por toda a classe do magistério do Estado. E uma frase me chamou a atenção; "Governador que despreza a educação não pode governar uma Nação."

Valdir Sayeg valdirsayeg@uol.com.br

São Paulo

_____________

DIA DE CAOS

Mais uma sexta-feira de caos na região da Av. Paulista, provocada pela manifestação dos professores. Com todo o respeito devido aos mestres e suas justas reivindicações, permito-me lembrar que, além do tumulto causado ao já caótico trânsito da região, a Av. Paulista é um eixo e rota para cerca de mais de uma dezena de hospitais; dessa maneira, é justo alertar para o risco que correm os pacientes, que, nessa hora, necessitarem de um pronto atendimento.

Luiz Antonio Alves de Souza zam@uol.com.br

São Paulo

_____________

SERRA EVITA PROFESSORES PARA NÃO SER VAIADO

O governador de São Paulo e candidato à Presidência teve que cancelar a sua participação numa inauguração na capital para evitar ser vaiado pelos professores de rede de ensino estadual. É mais um bom exemplo de como Serra trata mal os professores, com salários aviltantes, e não valoriza a educação. O legado de Serra nas áreas da educação, saúde e segurança públicas em São Paulo é altamente negativo. É essa a política pública de educação que Serra pretende levar para o governo federal?

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

_____________

CAVALO DE BATALHA

Queria entender qual o problema no fato de o governador José Serra desistir de ir a uma inauguração? Alguém morreu ou ficou ferido?

Macmiller José Ribeiro macmilleribeiro@gmail.com

São Paulo

_____________

PRÉ-SAL

Acabaram-se as férias dos cariocas com a retirada dos royalties; o governador do Rio de Janeiro chorou porque vai ter que plantar e colher para que o barco não afunde. Eu estive olhando o mapa do Rio e não vi nenhum indício de poços de petróleo, eles ficam fora da divisa, logo, eles pertencem à Nação e o petróleo também, e que haja distribuição dos lucros. Governador, R$ 7 bilhões?! É muita moleza, vamos trabalhar e deixe a praia para janeiro.

Jorge Peixoto Frisene jpfrisene@zipmail.com.br

São Paulo

_____________

GOVERNADOR CHORÃO

Vergonhoso e ultrajante o choro do governador do RJ diante das câmeras de TV em razão dos royalties do petróleo. Deveria chorar pela calamidade da segurança e da saúde em seu Estado.

Financiar o carnaval, Olimpíada e Copa do Mundo com esse dinheiro, e herdar daí os louros e os investimentos públicos federais, é muito fácil. Com todo esse dinheiro "dado" qualquer município brasileiro realizaria esses eventos, e de modo mais transparente, talvez.

Além de outras fontes, a prospecção e a exploração do petróleo são feitas com dinheiro público, oriundo dos impostos dos brasileiros de todo o País, mais vultosamente dos paulistas. Por que, então, direcionar o dinheiro dos royalties somente ao Estado onde está sendo explorado?

O chorão escancarou o quanto ele se preocupa com o estado de penúria dos brasileiros de tantos outros lugares. Reconheço que ele deva fazer cortesia aos seus eleitores, mas não com os chapéus dos outros.

Nós, de São Paulo, não nos manifestamos favoráveis ao chorão porque consideramos o petróleo de todos os brasileiros, não somente de cariocas ou paulistas.

Ana Maria Pace ampace@terra.com.br

Rio Claro

_____________

LULA E CABRAL

Uma armação sem limites para alavancar as eleições de 2010 vai acontecer hoje no Rio de Janeiro entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador Sérgio Cabral. Vão alinhavar como mandam os figurinos da Câmara e do Senado. Com certeza, nem o presidente nem o governador estão alheios ao que vai acontecer com os royalties do petróleo no Congresso, a partir desta segunda-feira. É tudo programado com antecedência entre eles, para acontecer do jeitinho que eles querem. Está provado, nos meios políticos, só as moscas mudam. É só aguardar pra ver.

Leônidas Marques leo_vr@terra.com.br

Volta Redonda (RJ)

_____________

RAFALE X GRIPEN

O Ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse que o caça Rafale (Dassault da França) é melhor que os outros dois tipos oferecidos ao Brasil para realizar as funções previstas na Estratégia Nacional de Defesa de nosso espaço aéreo ao dizer que ''está à frente do Gripen NG (SAAB da Suécia) e do F-18 S H ( Boeing do EUA) em transferência de tecnologia, capacitação da indústria nacional e redução de dependência de fornecedores estrangeiros. E que o relatório do Comando da Aeronáutica somente tratou da questão operacional dos três caças. Coincidentemente, ou não, o Presidente Lula antecipou sua escolha do caça Rafale e informou Sarkozy a respeito disso por ocasião de sua visita ao Brasil, no último 7 de Setembro. Posteriormente, houve desmentidos, afirmando-se que ainda se aguardava o relatório de avaliação da aeronáutica, ressalvando-se, contudo, que a escolha final seria do Presidente Lula. Para quem leu os excelentes artigos publicados em nossos jornais sobre isso, a escolha do Rafale para nós cidadãos comuns parece extremamente confusa e controvertida, parecendo até suspeita para os mais desconfiados como eu. Ao afirmar que o Comando da Aeronáutica somente examinou o aspecto operacional dos três tipos de caças, o Ministro Jobim torna a avaliação feita incompleta e, com isso, anula a conclusão de que a proposta da Saab (Caça Gripen) é a melhor segundo os oficiais da aeronáutica. Ficam no ar duas perguntas: 1. quem examinou os outros três itens acima apontados por Jobim e omitidos no exame feito pelo Comando da Aeronáutica a ponto de levá-lo a inverter a avaliação desse Comando que considerou a proposta da Dassault (Caça Rafale) como a pior? 2. Por que não pediu ao Comando da Aeronáutica que examinasse também as três questões apontadas, tendo em vista a larga experiência da aeronáutica no desenvolvimento da EMBRAER, recentemente privatizada, e considerando que em seus quadros se encontram os maiores especialistas em tecnologia aérea e sua transferência para o País? Vou reunir textos que publiquei em http://ejdaros.blogspot.com/ sobre esse assunto para o Deputado Federal em quem votei - felizmente eleito - e pedir-lhe que me ajude a esclarecer o que está acontecendo. É o que posso fazer para merecer o título de cidadão brasileiro que me deram quando nasci.

Eduardo José Daros daros@transporte.org.br

São Paulo

_____________

...E O VENTO LEVOU

Sarkozi é o cabo eleitoral de Lulla, que almeja o cargo de secretário-geral da ONU (mesmo sem saber falar sua própria língua).

Para entender este ''desinteressado'' apoio do presidente francês, vale lembrar que os caça Rafale, negociados por Lulla em vez de serem negociados pela FAB, custam U$4 bilhões a mais do que os concorrentes. Não é fácil entender por que aos olhos do mundo interesseiro, LuLLa é ''o cara''?

Se não me falha a memória, como falha a dele, depois que deixasse a Presidência, em vez de ficar viajando como ''certos ex-presidentes'', afirmou com todas as letras que ficaria em São Bernardo.

Por que será que tudo o que ele diz o vento leva?

Maria Eloiza Rocha Saez m.eloiza@gmail.com

Curitiba

_____________

LULA PENSA EM COMANDAR A ONU

Se a ONU estiver preparada para conviver com um secretário-geral que não para no seu gabinete, nunca sabe de nada, tem Fidel, Ahmadinejad e Chávez como modelos de estadistas modernos, então, boa sorte à ONU...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_____________

O "CARA" NA ONU

Pra vender seus empacados Rafale, Sarcozy mostra que levou De Gaulle ao pé da letra e, já que este não é um pais sério, vamos avacalhar de vez. O que seria mais avacalhante do que criar uma candidatura hilária, como diria Hilary Clinton, de Lula para secretário-geral da ONU?

Chances reais não existem, mas que vai deixar o "cara" embriagado sem cachaça, isso vai, sim. Ele e a turba toda, de Dirceu, Dilma, Marco (guru exterior) Aurélio, Celso Amorim -- e garantidos os votos amigos de Fidel, Kadafi, Ahmadinejad, Chávez, Correa, Morales e talvez da Coreia de Norte. Pensando bem, se o número de malucos no mundo continuar a crescer, talvez até um dia tenha chance.

Mas se esqueceram de que os americanos e ingleses ainda têm poder de veto e o companheiro Obama pode ter mudado de opinião sobre o "cara" depois de tantas asneiras cometidas.

Márcio M. Carvalho mmcoak@hotmail.com

Bauru

_____________

DIPLOMACIA AMADORA

Lula é um monoglota político querendo ser poliglota diplomático, com uma assessoria: Por qué no te callas?

Roberto Castro roberto458@gmail.com

São Paulo

_____________

NAZISTAS DENTRO DE MUSEU JUDAICO

É lamentável a decisão da Justiça argentina de ''punir'' dois neonazistas que picharam o lado de fora do Museu do Holocausto em Buenos Aires com frases antissemitas com 50 horas de serviço comunitário DENTRO do museu. É impossível aceitar uma decisão da Corte que impõe a presença de agressores odiosos dentro da casa da vítima. Essa decisão é mais antissemita que a agressão. Conclamo as instituições judaicas argentinas e o Museu do Holocausto a que não obedeçam a essa decisão judicial absurda e não permitam nazistas dentro do Museu do Holocausto.

José Roitberg roitberg@gmail.com

Rio de Janeiro

_____________

CELSO AMORIM NA SÍRIA

No islamismo, o ato de mostrar a sola do sapato é considerado uma ofensa grave.

Na foto publicada na página A15 de 19/3 do Estadão, enquanto fala com o presidente sírio, o ministro Celso Amorim aparece mostrando a sola do sapato.

Silvio Itamar Souza silviosouza@estadao.com.br

Franca

_____________

EXPANSIONISMO X PAZ

O anúncio por Israel da construção de 1.600 novas moradias em

Jerusalém Oriental mostra quem é que realmente impede a paz

no Oriente Médio.

Jorge Manuel de Oliveira jmoliv11@hotmail.com

Guarulhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.