Cartas

Cartas

SAÚDE NO MARANHÃO

, O Estado de S.Paulo

04 Abril 2010 | 00h00

Desamparados

Enquanto o capitão-mor da capitania hereditária maranhense corria para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para submeter-se a uma simples operação no lábio que envolveu quatro insignes médicos, em Imperatriz (MA), crianças morrem por falta de UTI e pais de crianças doentes recorrem à Justiça para conseguir um leito para seus filhos. Nos últimos 15 meses (Estadão, 2/4, A16), 60 crianças morreram no município maranhense por falta de leitos de UTI. Vergonha!

DIVA AZEVEDO A. MAZBOUH

diva.am@uol.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

Êxodo médico

O senador José Sarney e sua família, quando precisam de um bom hospital, vêm para São Paulo. O presidente Lula procura pelo InCor. O mesmo vale para outros políticos. Será que o que fazem pela saúde é de tão péssima qualidade que acabam tendo de recorrer ao Estado com os melhores recursos médicos? Lula deveria se tratar em Brasília, os Sarneys, no Maranhão, e por aí vai. Editar PACs Lula sabe, executar o que está nos programas, nem pensar.

CARLOS E. DE B. RODRIGUES

ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

_______________________________________________________________________

CORRIDA PRESIDENCIAL

Fechem o nariz

Dada a largada para a corrida presidencial, agora é só fechar o nariz e começar a fazer as mais espúrias alianças. Democracia abaixo do Equador é assim.

HUMBERTO DE LUNA F. FILHO

hlffilho@gmail.com

São Paulo

_______________________________________________________________________

Promessas na mesa

Dilma prega continuidade e Serra diz que País "pode mais". As cartas estão na mesa. As promessas, também.

VIRGÍLIO MELHADO PASSONI

mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

_______________________________________________________________________

Direto ao ponto

No adeus ao Palácio dos Bandeirantes, José Serra expressou o mais importante clamor popular: "Aqui não se cultivam escândalos, malfeitos ou roubalheiras." Serra inicia sua caminhada rumo ao Palácio do Planalto consciente de que o atual governo federal pôs em prática, em quase oito anos, o pior dos mundos em matéria de falta de ética. Felizmente, Serra tem autoridade para falar sobre isso, porque sempre trilhou com dignidade sua vida pública. Enquanto Dilma Rousseff pede continuísmo (sabe Deus qual), o governador nos oferece um sopro de esperança.

PAULO PANOSSIAN

paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

_______________________________________________________________________

JUSTIÇA ELEITORAL

Punição e deboche

O presidente da República mais uma vez debocha da Justiça Eleitoral quando diz que "vai ficar pobre de tanto pagar multas", numa demonstração de desrespeito à instituição e à própria democracia. Um péssimo exemplo. Com efeito, se o próprio presidente debocha da Justiça, imaginem os milhares de mal-intencionados que pretendem ingressar na política usando de meios ilícitos, para se locupletarem? Mais do que pagar a conta, a Justiça deveria exigir um pedido de desculpas formal, a ela, em primeiro lugar, e depois ao povo brasileiro.

JOSÉ APARECIDO RIBEIRO

jaribeirobh@gmail.com

Belo Horizonte

_______________________________________________________________________

Discurso do presidente

"Quem quiser me vencer terá de trabalhar mais." Sim, é o "filho do Brasil" candidatando-se a "operário-padrão".

A. FERNANDES

standyball@hotmail.com

São Paulo

_______________________________________________________________________

ORIENTE MÉDIO

Ingenuidades

Não será com ingenuidades megalomaníacas que se caminhará para a paz tão desejada no Oriente Médio. O Hamas prega calma na Faixa de Gaza, mas não consegue apaziguar seus terroristas radicais, que por sua vez também se desdobram em outras várias facções. O Fatah perdeu força política, principalmente em razão de denúncias de corrupção. Do lado de Israel, a Resolução da ONU - que determina não mais que o retorno ao Estado anterior à Guerra dos Seis Dias - é considerada uma simples manifestação de vontade do órgão internacional, sem força coativa. Nenhum intermediário mágico fará milagres enquanto o direito internacional for meramente abstrato e declaratório. Os brasileiros, que têm dificuldades para compreender os motivos das guerras territoriais, dada a generosidade espacial de nosso território, precisam entender que, para árabes e palestinos, a recuperação das Colinas de Golã, da Cisjordânia e da Península do Sinai permitirá que seus mortos sejam enterrados e, de Jerusalém, que flua sua plena espiritualidade, sem a qual não conseguem viver. E que o Estado de Israel, se vier a admitir a limitação de sua soberania a seu território originário, não mais poderá continuar a ser alvo de constantes ameaças, como as oriundas, desde sua criação, do Egito, terrivelmente derrotado em 1967.

AMADEU R. GARRIDO DE PAULA

amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

PÓS-CRISE

IV Reich

A bancarrota grega, a pindaíba de Espanha, Portugal, Irlanda, etc., que já formam fila para pedir dinheiro, podem levar à tão sonhada união europeia, mas a capital, em vez de Bruxelas, será Berlim.

LUIZ HENRIQUE PENCHIARI

luiz.penchiari@bericap.com

Vinhedo

_______________________________________________________________________

CIÊNCIA

Big Bang ou pequeno Ping?

A teoria do Big Bang surgiu com a descoberta do astrônomo Hubble de que o espectro luminoso dos astros sofria sempre um desvio para o vermelho. Concluiu-se, então, que eles se estavam afastando (efeito Doppler). Como isso ocorria em todas as direções, o universo todo se estava expandindo. Há 13 bilhões de anos, então, toda a matéria teria surgido num único e explosivo ponto: o Big Bang. Mas Hubble constatou, ainda, que a velocidade da expansão era proporcional à distância. Isto é, quanto mais distante, maior era a velocidade da fuga.

Então, recuando no tempo, a velocidade seria cada vez menor e, no ponto original, a coisa se passaria mais como um lento e prolongado ping do que um big bang. Se assim for, o LHC foi o maior desperdício de tempo, dinheiro e capital intelectual de todos os tempos.

JOSÉ B. FERREIRA MENDES

zecamendes@terra.com.br

Cotia

_______________________________________________________________________

''''''Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br''''''

OAB

Gostaria de deixar registrado meu, veemente, protesto contra o Exame da Ordem da OAB, devido a sua inconstitucionalidade, está na Constituição Federal/1988 em seu artigo 5º, XII: "é livre o exercício de qualquer trabalho, oficio ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer"(cláusula pétrea).

Apenas e tão somente a Carta Magna pode delegar poderes e competências políticas. A qualificação profissional cabe às instituições de ensino e a avaliação do mesmo cabe ao Estado, não a OAB. O artigo 205 da CF/88 tem como uma de suas finalidades a qualificação para o trabalho. O ensino é livre à iniciativa privada e cabem ao Poder Público a autorização para a abertura e o funcionamento dos cursos e a avaliação de sua qualidade. Onde está especificado que a OAB tem o "poder" para contrariar a Lei Maior. Vivemos num país Democrático e de Direitos garantidos, porém não atendidos por força de uma organização que deturpou o fator conhecimento. São cinco anos de faculdade, na maioria das vezes "sofridos", devidos ao alto custo do curso, para, ao final, ver frustrado todo o empenho.

Maria Madalena Marotto mmmarotto@gmail.com

Guaxupé (MG)

_______________________________________________________________________

MORUMBI

Depois que a FIFA aprovou o projeto do estádio do ''Morumbi'' parecia tudo certo. De repente aparece o chefão da CBF, Ricardo Teixeira, com aquela cara de quem não gostou, detonou o Morumbi e disse que não aceita mais mudanças paliativas. Só que não houve mudança. Isto só pode ter mudado na cabeça do Teixeira que está louco para dar essa festa de abertura da copa a algum dos seus amigos que certamente lhe prometera votar na eleição da CBF. Eu não sou torcedor do São Paulo, mas estou vendo esta manobra como uma agressão ao futebol de São Paulo.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

FALTA DE OPÇÃO

Ao que parece, o favoritismo de Marta Suplicy para o Senado deve-se mais às opções apresentadas ao eleitor pelo instituto de pesquisa que fez a consulta do que a seus méritos. Colocada ao lado de nomes como o de Romeu Tuma, que em décadas nunca mostrou a quem veio, de Quércia, hoje um desconhecido dos eleitores mais jovens e de Netinho, que sabe cantar bem, Marta praticamente concorreu sozinha. Os paulistas já deram várias mostras de que não toleram Dona Marta ''Relaxa e Goza'' Suplicy.

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

_______________________________________________________________________

MARTA SUPLICY, SENADORA PAULISTA?

Quando mais se acreditava que o eleitorado paulista estava acima da média do nacional quanto a compreensão da política, educação escolar e informação, é com surpresa que isso não é verdade, basta ver que a Martaxa Suplicio lidera as pesquisas para senadora representando nosso estado. Está certo que ela concorre contra o vento bastando ver seus possíveis adversários até agora. Nulidades. Ficaríamos com 3 petistas no representando mal, basta lembrar o comportamento covarde e omisso dos dois paulistas atuais, Mercadante e Suplicy, com submissão total ao presidente Burla. Será que nosso estado não dispõe de material humano melhor que isso que está aí ? Não precisa ser político.

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

_______________________________________________________________________

DESEMPREGO AQUI E LÁ

A taxa de desemprego nos EUA está em 9,7%, a mais alta desde março de 2007. Obama vê uma luz no fim do túnel, mas sabe que tem um longo caminho a percorrer. No Brasil, as coisas acontecem de maneira diferente, as pessoas perdem emprego cada vez mais e o governo exibe mostrando que a taxa de desemprego caiu. Há Estados no Brasil que chegam perto de 20% de desempregados. Eis o contraste brasileiro, os trabalhadores perdem seus empregos e a popularidade do presidente está em quase 90%. Isso mostra que um país não se faz com trabalhadores, mas com pessoas satisfeitas por comerem apenas uma refeição.

Luciana Lins lucianavlins@hotmail.com

Campinas

_______________________________________________________________________

MEDICINA PAULISTA

Senhor José Sarney,o senhor é oriundo do Estado do Maranhão.É senador pelo Estado do Amapá.

Pergunta, - por que o senhor trata a vossa saúde fora de seus domicílios (currais) eleitorais?

O senhor não confia na tão decantada melhoria no sistema de saúde do Pais? , ou o senhor não confia nos médicos formados nos Estados citados?

Os demais políticos que são usuários da medicina de São Paulo também podem responder.

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

DIFERENCIADOS

Fato curioso. Qualquer problema de saúde de que seja acometido um membro do clã Sarney, imediatamente buscam tratamento em hospitais de São Paulo. São muito bem atendidos, pois recursos não lhes faltam. Mas o que nos deixa perplexos é que ,após tantos anos de domínio do clã no Estado do Maranhão, constata-se que nada fizeram para melhorar o nível de saúde do Estado, que infelizmente, segundo dados, continua em precaríssimas condições.

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

INTACTO

Sarney se recupera da cirurgia que fez na boca ...Pela foto , ele continua com bigodes...

Virgílio Melhado Passoni

Praia Grande

_______________________________________________________________________

MEIRELLES DERRAPA

Como um dos colaboradores mais importantes da gestão Lula, o presidente do BC, Henrique Meirelles vacila. E mesmo decidindo continuar (01/04) no banco, o sensível mercado não digere bem.

Talvez fosse melhor o Meirelles ter deixado o BC depois desta derrapada. Porque qualquer que seja a decisão sobre a próxima reunião do Copom, de aumentar ou não a taxa Selic, a polêmica será grande, e isso não é bom para economia.

O fato também é que no Brasil nunca existiu o interesse de um guardião da moeda no exercício da sua função, fascinado como Henrique Meirelles com as urnas.

Isto posto, misturar política econômica, com a baixaria da política tupiniquim, jamais e em tempo algum dará liga! Só prejuízo...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

_______________________________________________________________________

OBRAS DE SERRA E DILMA

''Obras de Serra não têm placas. Placas de Dilma não têm obras''

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

DISPUTAS MAIORES

Dora Kramer reproduz em sua coluna (02/4/2010) palavras de dona Dilma, que informa ter sido preparada "para coisas mais duras do que disputar uma eleição". Isso todos nós já sabíamos. Foi ,sim, preparada para tomar pela força o poder e implantar com o seu grupelho, o regime de seus sonhos, que prescindia de qualquer consulta popular, a exemplo dos "anos dourados" da antiga União Soviética.

Luiz Carlos G. Pannunzio giotto.pan@gmail.com

São Paulo

_______________________________________________________________________

FOTOGRAFIAS

O Estadão publicou na edição de primeiro de abril, na primeira página,duas fotografias coloridas e destacadas dos dois pré-candidatos à presidência da república, Serra e Dilma, como que, se estivessem em colóquio um com o outro. elas nos levam a uma interpretação visual. Serra com o dedo indicador em riste e apontado para Dilma, dizendo: toma cuidado com o que fala, os viúvos do Brasil só existem em sua cabeça. O Brasil cresceu muito na gestão de FHC: basta citar uma só realização para provar que na gestão de Fernando,nossa pátria sempre se manteve viva, nunca houve ''vivos'',nem medo''. ''aqui não se cultivam escândalos ,malfeitos ou roubalheiras''. Esta realização salvadora que até favoreceu o governo lula, foi o banimento da nefasta inflação que sufocava nosso país. Dilma, também com o mesmo dedo junto ao seu olho esquerdo,e com os lábios comprimidos,responde ao seu adversário: vou continuar o mesmo governo, a mesma política de lula, espera e verá! há um ditado popular que diz: as cartas não mentem jamais, e nas fotografias, quem está com a razão, quem está com as cartas na mão,quem está mais credenciado para ser presidente do Brasil?, serra que foi um grande administrador, quer como ministro da saúde, quer como governador de um grande estado,ou a ministra Dilma,que nunca exerceu um cargo executivo? esperamos para saber!

Antonio Brandileone, abrandileone@uol.com.br

Assis

_______________________________________________________________________

QUE TAL INVESTIGAR?

Dilma terá suas contas pagas pelo PT. Aluguel, jatinhos e um salário de R$17 mil reais, afinal não dá para viver sem esses míseros reais, dado que o cartão corporativo deve ter sido suspenso, ou não? Resta saber se a casa da Dilma será como a casa da Dinda. sabe-se que o patrocínio de tais mordomias tem sido com dinheiro de origem duvidosa. Se o TSE tivesse alguma credibilidade até poderia investigar. Quem se habilita?

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Sábias palavras do senador Cristovam Buarque sobre a exaltação que Lula fez sobre a sua gestão na educação: Creio que ninguém vê essa revolução que o presidente Lula diz ter feito. Em nenhum dos dados da realidade se percebe isso. O senador, que é um especialista em educação e um batalhador pela sua melhoria, mesmo sendo da base do governo, não conseguiu ouvir calado o discurso de Lula.

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

_______________________________________________________________________

ESQUALIDEZ MORAL

O Estadão (A3, 2/4) ressalta a notável anemia moral do governo do qual a candidata Dilma é uma pobre ventríloqua. Citando Gramsci (Escritos políticos, Vol.1 1910-1920, Ed.Civilização Brasileira,2.004)que é adorado por alguns petistas que conseguem, com alguma dificuldade, ler: ''Odeio os indiferentes''... ''Viver é tomar partido''...''A indiferença é o peso morto da história''...''A indiferença...é a matéria bruta que se rebela contra a inteligência e a destroça'', concluo que nós brasileiros, que ainda temos algum ideal não moralmente esquálido, precisamos batalhar muito contra esse ambiente túrbido que gerou esses discursos indecentes no lançamento do PAC2.

Nelson Penteado de Castro pentecas@uol.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

ELEIÇÃO 2010

As candidaturas foram postas, os currículos são demasiadamente conhecidos,os cargos ocupados também, agora precisamos ouvir as promessas dos candidatos, de seus governos, parem de falar do atual governo, este conhecemos demais, sabemos o que realmente cresceu, Henrique Meirelles não topou? Por que será? Nosso presidente mais uma vez blasfema em público sobre multas atribuídas a si, proferindo mais uma mentira, ''terei de trabalhar mais para pagar as multas'' fora os 18 meses consignados em sua CTPS não me recordo de outro trabalho, portanto aguardamos as promessas, perfis de ministros, pessoas sérias como Meirelles,falar do atual governo já tá ficando sem graça, afinal nem o PAC vale a pena, empacado, falta-lhe decência nos orçamentos e planejamento

Julio Jose de Melo julinho1952@hotmail.com

Sete Lagoas (MG)

_______________________________________________________________________

LÁ SE VÃO

O navio está soçobrando. Os Ratos começam a abandonar os porões.

Adeus era Lulla.

Helio De Almeida Catojo xandy_poggi@hotmail.com

Laranjal Paulista

_______________________________________________________________________

O IRÔNICO E DEBOCHADO LULA

Gostaríamos de saber onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer chegar com os deboches e provocações que, diuturnamente através da imprensa , ele tem derramado em cima das pessoas que criticam o seu governo e de toda e qualquer decisão do Poder Judiciário, principalmente do TSE. Isso ficou claro antes de iniciar o discurso preparado para a Primeira Conferencia Nacional de Educação. Assistimos pela TV uma doze de ironia tomar conta do espetáculo , certamente esperada pelos capachos que não faltam uma só palestra do ''mestre'' onde quer que ela aconteça. São pagos para isso e, provavelmente com o dinheiro do povo. Alguma coisa está errada nesse país. Acorda povo brasileiro.

Leônidas Marques leo_vr@terra.com.br

Volta Redonda (RJ)

_______________________________________________________________________

IRONIAS

Veja a atitude do presidente ironizando as multas determinadas pelo Tribunal Superior Eleitoral, de ações protocoladas pela propaganda eleitoral antecipada de sua candidata à presidência Dilma Rousseff pré-candidata à sucessão presidencial pelo PT. Isso vem demonstrar o quanto o PT é desafiador, porquanto o presidente chegou mesmo a se pronunciar "Vai quebrar a cara quem acha que vou ser ex-presidente. Vou continuar andando por esse país" - disse.

Aquino Junior aquino.junior@ig.com.br

São Paulo

_______________________________________________________________________

LULA TRANSGRIDE

Demonstrando não ter nenhum apreço por nossas combalidas instituições, Lula debocha mais uma vez das irrisórias multas que lhes foram aplicadas por desrespeitar a Lei Eleitoral, ao fazer campanha antecipada para a ex-terrorista Dilma Roussef. Anteriormente já havia atropelado as recomendações do TCU, mandando seguir as obras suspeitas de superfaturamento. Além do péssimo exemplo que passa para a Nação, como transgressor assumido, o presidente achincalha a Presidência da Republica. Defensor do partido único, característica principal da esquerda arcaica, sempre saudosa dos regimes totalitaristas, sejam nazistas, fascistas, socialistas ou comunistas, o presidente conseguiu ''fechar'' o Congresso sem maiores alarde e caminha celeremente para calar o que resta da imprensa. E o Poder Judiciário ? Infelizmente todos estamos assistindo o que está acontecendo. Será que o crédito de confiança dado por 84% dos brasileiros, permite que o Lula cometa toda a sorte de arbitrariedades ? Acredito que a ficha cairá durante o ano de 2010, quando o povo desautorizará este tipo de comportamento nas urnas.

Sergio Villaça svillaca@terra.com.br

RECIFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.