Cartas

ELEIÇÕES 2010

, O Estado de S.Paulo

26 Abril 2010 | 00h00

São Paulo

Seguindo a linha de pensamento do homem que nasceu com o vírus da paz, Marta Suplicy (pré-candidata ao Senado) e Aloizio Mercadante (pré-candidato ao governo paulista) adotaram como lema de campanha: "Em 2010, vamos colocar São Paulo a favor do Brasil." Isso quer dizer o quê? Que São Paulo até hoje jogou contra o Brasil? E Mercadante e Eduardo Suplicy, há tantos anos como nossos representantes no Senado, nada fizeram para que nosso Estado ajudasse o País como um todo? Ora, todos sabem muito bem que São Paulo sempre foi a locomotiva do Brasil. Continuem nessa linha de propaganda, senhores, a oposição agradece.

ANTONIO CARLOS PEREIRA acpereira1939@com4.com.br

Batatais

___________________

Vaga no Senado

Devo ter entendido errado a entrevista do senador Aloizio Mercadante ao Estadão (24/4, A12). O que o PT pretende oferecer aos eleitores paulistas para a vaga no Senado são o cantor Netinho de Paula (PC do B) e Marta Suplicy? Isso seria gozação com os paulistas. Socorro!

PAULO TILELLI DE ALMEIDA ptilelli@gmail.com

Bebedouro

___________________

Governo paulista

O senador Aloizio Mercadante é, no mínimo, uma figura polêmica. Insiste em ser o governador do Estado de São Paulo, mas ele próprio reconhece que São Paulo merece mais.

FLAVIO BASSI flavio-bassi@uol.com.br

São Paulo

___________________

Merece mais

Fui pesquisar sobre a atuação dos senadores do PT por São Paulo, já que Suplicy, ao final deste mandato (2015), terá ficado no Senado por quase 24 anos, e Mercadante completa 8 anos ali. Não encontrei nada proveitoso para o Estado, pelo contrário. Na maior parte de sua atuação, Mercadante alterou leis, projetos e pareceres já existentes. Não defendeu São Paulo - mesmo como deputado - contra a guerra do ICMS, quando Covas já demonstrava as perdas para os envolvidos e o perigo da fuga de empresas para outros Estados, o que talvez explique a tal queda do PIB paulista de que Mercadante fala na entrevista ao Estadão... São Paulo realmente merece mais, sr. Mercadante e sra. Marta.

TANIA TAVARES taniatma@hotmail.com

São Paulo

___________________

PRESIDÊNCIA

"Socialismo capitalista"

A decisão do PSB de detonar a candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República, obedecendo a uma ordem direta do presidente Lula, faz com que os verdadeiros socialistas se revirem nos túmulos. Quem diria que o glorioso PSB se transformaria em mais uma legenda de aluguel. Com essa decisão, o partido se torna pragmático e inaugura o "socialismo capitalista": quem der mais leva!

JOSÉ MILTON GALINDO galindo52@hotmail.com

Eldorado

___________________

Jogo político

Quando Ciro Gomes, percebendo que foi usado como cobaia eleitoral, esbraveja que José Serra tem maiores e melhores condições de comandar a Nação que Dilma Rousseff, é a hipocrisia do jogo político sendo desnudada.

JOSÉ EDUARDO ZAMBON ELIAS zambonelias@estadao.com.br

Marília

___________________

Lobo ferido

O PSDB precisa se acautelar quando um Ciro Gomes desmoralizado pelo desprezo explícito do PT e do PSB faz elogios a Serra. Essa estratégia do ex-governador do Ceará, de tentar recuperar sua imagem em cima do bom momento dos tucanos, é perigo à vista. O ausente deputado federal não tem apego a nenhum partido - já passou por cinco. E, se tivesse juízo, não se aliaria ao PT de Lula. Mais prudente ainda seria o PSDB não se entusiasmar com esse lobo ferido.

PAULO PANOSSIAN paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

___________________

JORNAIS

Fundação

Em 2 de abril tive a desagradável surpresa de ler no Estado (B12) que "Adhemar de Barros fundou o jornal O Dia". O Dia foi fundado em 1951 por Chagas Freitas, sem a presença e nunca da propriedade do sr. Adhemar de Barros. O nome O Dia foi uma escolha minha e meu marido acatou a sugestão. E já que estamos falando de O Dia, vamos relembrar a compra de A Notícia. Meu pai, Matheus Martins Noronha, era empreiteiro e banqueiro no Rio de Janeiro, amigo fraternal de Cândido de Campos, proprietário de A Notícia. Na mocidade, papai tivera um jornal, A República - daí a intimidade com os jornalistas e donos de jornais da época. Meu pai era amigo de Júlio Prestes e Cândido de Campos, compadre de Otavio Mangabeira. Ele os ajudara financeiramente quando os dois foram exilados em Paris, após a Revolução de 1930. Quando Cândido de Campos voltou ao Rio, A Notícia foi empastelada, teve a ajuda financeira de meu pai e voltou a circular no Rio como um jornal vespertino. Já idoso, sem filhos, Cândido foi procurar meu pai para oferecer-lhe A Notícia: - Matheus, ela é sua. Meu pai sugeriu o nome do genro, meu marido: Antônio de Pádua Chagas Freitas. E qual a surpresa de meu pai quando Cândido o procurou dizendo que meu marido oferecera sociedade na compra de A Notícia a Adhemar de Barros. Meu pai, furioso, discutiu com meu marido, por ser contra essa sociedade. Eu também me opusera, por ser meu pai o benfeitor. Felizmente, Chagas Freitas acatou as ponderações do amigo e advogado Egberto Miranda Silva, nosso compadre e amigo, e inimigo de Adhemar, que o fez majoritário na sociedade. Para o meu sossego. Adhemar de Barros não frequentava o jornal nem indicara nenhum diretor ou funcionário. O diretor financeiro era meu tio, irmão de minha mãe, o "General Paschoal Marchetti", e o diretor de publicidade, meu irmão Gerson Martins Noronha. Meus três filhos lá trabalharam. Villas-Bôas Corrêa, o grande jornalista, trabalhara em A Notícia no tempo de Cândido de Campos e lá ficou por 50 anos. Trabalhou em O Dia com o Chagas e não se lembra de ter visto Adhemar no jornal. Adhemar entrou com uma ação contra Chagas Freitas, mas a perdeu. A venda de O Dia à revelia da família - mulher e filhos -, às 22 horas na residência do sr. José Luiz Magalhães Lins, deixou-a atônita e triste. O Dia foi vendido a um preço ínfimo. Chagas Freitas iniciara a sua descida, com uma depressão profunda, que o acometeu até a sua morte.

ZOÉ NORONHA CHAGAS FREITAS Rio de Janeiro

___________________

"Ele efetivamente não é de oposição, mas da facção cirogomista"

URIEL VILLAS BOAS / SANTOS, SOBRE CIRO GOMES urielvillasboas@yahoo.com.br

"É, parece que o Ciro está saindo pela culatra..."

CARLOS ALBERTO ROXO / SÃO PAULO, IDEM roxo_7@terra.com.br

"Pelo currículo do mais irrevogável dos políticos brasileiros, sugiro-lhe uma divisa para sua campanha ao governo de São Paulo: "Non duco, ducor""

NELSON PENTEADO DE CASTRO / SÃO PAULO, SOBRE O SENADOR ALOIZIO MERCADANTE

pentecas@uol.com.br

___________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 2.295

TEMA DO DIA

Vereadores contratam empresas "de papel"

Sem controle, parlamentares de SP gastaram R$ 7,5 milhões com empresas que não têm sede real

"O setor público brasileiro tem que ser totalmente reescrito nas áreas federal, estadual e municipal. Nos Três Poderes."

OSWALDO ROBERTO RODRIGUES

"Que vergonha, senhores vereadores. Seus eleitores devem estar morrendo de vergonha. Jogaram seus votos fora."

JOEL CARLOS DE ALMEIDA SARAIVA

"Algum político corrupto já devolveu um centavinho sequer? Nem vão, porque a lei está do lado deles. E feita por eles."

SERGIO OLAVO GUIMARÃES

___________________

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br

TRABALHO VEM AÍ

É impressionante como a solidez de Serra na liderança de seguidas pesquisas atordoa os ''ptetas'', que vão perder o acesso ao suprimento de mordomias e benesses proporcionadas pela vaca Brasília (faltou ela na Cow Parade, com as estrelinhas vermelhas). Imagino o que está se passando pela cabeça de um Marco Aurélio Garcia e dos milhares de apaniguados sindicalistas que já não encontram o úbere. Devem ter entrado em desespero quando a senadora Katia Abreu e seu movimento em favor daqueles que produzem, criaram a campanha ''Vamos tirar o Brasil do vermelho - Invasão é crime'', pois é clara a alusão também àqueles que invadiram as estruturas estatais e só fazem esgotar os reservatórios morais do Estado brasileiro, coadunando-se com a impunidade, espalhando teorias de ódio e tentando separar a nação, interna e externamente ao alinhar-se com Chavez, Castro e Ahmadinhejad. Os Ptetas estão desesperados, pois terão que trabalhar. Ali s, o que significa mesmo a sigla do partido?

Juliane Proença julianeproenca@uol.com.br

São Paulo

___________________

CULTURA INDÍGENA

Fala-se muito em preservar a cultura de nossos índios. Artistas brasileiros (e estrangeiros)adoram se apresentar como defensores da cultura dos índios. Nunca sei de que cultura estão falando. A base de qualquer cultura é justamente o trato das crianças. Nenhuma cultura de nenhum povo da humanidade teria sobrevivido se matasse suas crianças. Sacudir chocalhos e pintar a cara não é cultura e fim de papo. Quando isso ficar claro para todos, quem sabe vão começar a se preocupar em preservar a vida dos índios. Em tempo: doar mais terras não significa preservar a vida indígena.

Ageu Barros ab@ageubarros.com.br

São Paulo

___________________

RESERVA RAPOSA-SERRA DO SOL

A passagem do ''cômico e engraçado'' presidente da República pela Reserva Raposa-Serra do Sol, foi um desastre, pois ninguem achou engraçada as suas atitudes e o ambiente não era nada amistoso. Os indígenas tardiamente perceberam o desastre que foi a retirada dos produtores rurais daquela área. Infelizmente os brasileiros também tardiamente irão perceber os prejuízos que esse (des)governo vai legar como herança(essa sim maldita)para esta Nação. O prêço vai ser muito elevado e vamos ter muitos sacrifícios pela frente para pagar a conta que os petralhas nos deixarão.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

___________________

PRIMEIRA-DAMA

A autora do livro "Nunca fui primeira-dama" conta a trajetória de Célia Sanchez companheira de Fidel Castro. Como deverá vir à Flip, caso consiga visto para o Brasil, poderia aproveitar a oportunidade e perguntar à dona Marisa Letícia como tem sido o papel dela no governo Lula como primeira-dama. Garanto que ela ficará surpreendida com o modo de vida da primeira-dama do lado de cá, embora o presidente do Brasil, Lula da Silva insista em apoiar o governo autoritário de Fidel Castro em Cuba.

Luciana Lins lucianavlins@gmail.com

Campinas

___________________

GRÃ CRUZ É BANALIDADE?

Sempre entendi que condecorações são para poucos eleitos. A Ordem do Rio Branco, por exemplo, é uma delas. Os diplomatas, no dia 20 de Abril, Dia dos Diplomatas, outorgam a Grã Cruz do Rio Branco para aqueles que fizeram por se distinguir em serviços meritórios e virtudes cívicas, estimulando a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção. Mudei meu entendimento. Neste dia 20, estes diplomatas estarão oferecendo a tão prestigiosa Grã Cruz para... Marisa Leticia, a primeira dama mais insossa e muda da História do Brasil moderno. E que fez esta senhora pela Pátria para receber esta condecoração? Alguém por favor me dê explicação melhor do que a do nosso insigne Ministro das Relações Exteriores, que disse " que o Lula não seria o mesmo sem a mulher do lado dele". Não entendi bem se isto era um certo elogio a ela ou um descrédito ao nosso popular Presidente, que por vezes (?)extrapola. Bom, como todo diplomata gosta de viajar, deve ser por isso que a Grã Cruz vai para ela. Pois a Pátria nunca pagou tanto passagem e tanta mordomia para uma primeira dama que, me perdoe ela a comparação, fica mais para papagaio de pirata. Oras, já pensaram para quantos lugares esta mulher já viajou por nossa conta? No primeiro mandato, até que ela se conteve um pouco, mas neste segundo mandato, nossa! Onde está o Lula, lá está Marisa Letícia. Acho até que há algum certo "arranjo" entre os jornalistas e o governo, pois nenhum microfone aparece, seja de TV ou de rádio, para tomar alguma palavra da primeira dama. Nenhum! So fotos, fotos, fotos. Sorriso falso, pose estudada. Muita grana usada para torná-la ao menos viável ao lado do presidente mais popular da História. Sim, ela é mulher simples, mas isto não é também o caso da candidata Marina Silva ou da Erundina? Quanto já gastamos com o turismo da primeira dama? Quanto já fez esta mulher pelo Brasil? Brasileiros omissos, vamos carregando esta "cruz"?Tivemos Ruth Cardoso e Roseane Collor. Diferenças à parte, eram atuantes e não meras turistas. Se a primeira dama é excelente dona de casa, fique em casa. Naquela em que ela, há quase oito anos, tentou colocar uma estrela do PT no jardim, lembram? Será que é esta a ação digna e honrosa? Com a palavra os diplomatas. Pelos menos, aqueles que ao contrário da homenageada, tenham algo a nos dizer.

Paulo Roberto de Carvalho sonia_paulo@sppamerica.com.br

São Paulo

___________________

SLOGAN MENTIROSO/CRÍTICA SINCERA

A campanha eleitoral nos brindará com pérolas de indiscutível valor. Mentiras e verdades pela metade não faltarão. Apesar do compromisso assumido com a fidalguia, há razões para desconfiar. Um exemplo trivial: A pré-candidata Dilma Rousseff apelidou seu mais provável oponente de "biruta de aeroporto" pelo apego às metáforas herdado do seu mentor, por convicção íntima, ou por absoluta incapacidade de conviver com uma crítica. Criticar não é sinônimo de desqualificar. Essa confusão pode deixar os defensores numa situação...crítica. Argumentar com objetividade é infinitamente mais tedioso do que insultar quem se atrever a fazer reparos. Na entrevista concedida à Band rebateu com energia a afirmação de ser o PAC uma coleção de projetos. O argumento encontrado veio na forma de um silogismo. O Rodoanel existe, o Rodoanel está no PAC, logo o PAC existe. O fato de o projeto do Rodoanel ser anterior à administração que tirou o Brasil das trevas não parece ter abalado a firmeza de sua argumentação. No entanto, é justamente isso. Colecionar projetos preexistentes e reuni-los sob o guarda-chuva PAC não é muito diferente de uma simples encadernação. Com os projetos da Petrobrás, deu-se o mesmo. Eles existiam havendo ou não PAC. Incluí-los no Plano não faz a menor diferença, mas proporciona uma invejável musculatura a esse programa. Obviamente, a ministra sabe isso, mas é tão fácil sofismar! É claro que há projetos que, ao nascerem, passaram a integrar o PAC, mas para chegar às cifras zilionárias apresentadas ao eleitorado uma ação de rotulagem se impunha. A diferença entre um bom vinho e um vinagre estaria apenas no aspecto do rótulo? A sinceridade é perigosa, muita sinceridade é fatal, dizia Oscar Wilde.

Alexandru Solomon asolo@alexandru.com.br

São Paulo

___________________

CANDIDATURA CIRO

A candidatura Ciro chega a um epílogo que já se desenhava há bastante tempo e sem dúvida bastante melancólico ao político paulista- cearense. De fato, Ciro fica sem nada, não será candidato a presidente e a nenhum outro cargo executivo, já que a ideia de disputar a governança de SP, o que o levou a transferir seu domicílio eleitoral do Ceará para este Estado em setembro do ano passado, nunca foi levada a sério por ele nem por ninguém. Pior, deixou-o numa posição ridícula quando se analisa o fato a posteriori. Se já não fazia sentido figurar como eleitor e elegível de SP quando da transferência, que sentido faz hoje então quando não é candidato a nada? A quem culpar por esta insólita situação? Primeiro a ele próprio por ter ingenuamente confiado no presidente Lula e nas promessas de apoio que certamente lhe deve ter feito, seja para presidente, caso a candidatura Dilma não emplacasse, seja para vice, o que o alavancaria para uma futura candidatura a presidente, seja para governador de SP, o que serviria ao mesmo propósito. Segundo, o presidente Lula cuja intenção única o tempo todo era tirar Ciro da frente para abrir uma avenida livre para a candidatura Dilma, confiante em que a sua alta popularidade garantiria a eleição da sua ungida que conseguiria transferir-lhe mercê de um empenho maciço em seu favor. Se Ciro estivesse no páreo, como era seu amigo e fora seu ministro, teria de administrar duas candidaturas da base à sua sucessão, um exercício algo complicado que o impediria de envolver-se de corpo e alma na candidatura Dilma, sua cria política e candidata in pectore que sabe por isso poder controlar amanhã no poder, caso eleita, o que não aconteceria com Ciro, que é independente e incontrolável e tem uma carreira política construída por ele próprio. Não é por outra razão que por baixo do pano foi minando a sua candidatura, cortando-lhe todas as possibilidades de alianças partidárias que dessem viabilidade eleitoral à sua pretensão de candidato a presidente, até chegar ao estado atual em que o próprio PSB, partido de Ciro, se viu obrigado a negar a legenda a Ciro. Até aqui o maquiavelismo de Lula deu certo. Continuará dando? Esta é a incógnita, Vamos ver, a basear-se nas pesquisas de intenção de voto até agora, no presente imediato não, a saída de Ciro beneficia mais Serra do que a Dilma e há sempre de se contar com o temperamento explosivo e imprevisível do ex-governador do Ceará. Qual será a sua reação ao perceber que foi enganado e usado pelo presidente?

Paulo Afonso de Sampaio Amaral drpaulo@uol.com.br

São Paulo

___________________

CIRO X PSB

A história do bilhete azul que o PSB deu no Ciro Gomes tem o enredo parecido com a renúncia de Jânio Quadros no século passado. Na realidade, tanto Ciro, quanto o PSB, jogam verde para colher maduro. Esta é a razão da longevidade desta história. Parece o jogo Fazenda Feliz do Orkut. Tal qual Jânio, Ciro espera que os lideres sindicais e estudantis, saiam as ruas para exigir a sua candidatura. Para começar, Ciro não tem cara de quem estudante e trabalhador goste. Outro dia ouvi uma estudante dizer: tem muita pose, pra pouco lero. Nem sei bem o significado real disto, mas acho que ela está certa. Muitos estarão dizendo que uma pessoa para ser eleita não precisa ter uma cara especial, pois o necessário mesmo é ser honesta e competente. Acho que em outros lugares a coisa funciona desta forma. Entretanto, aqui no Brasil o candidato precisa ser gargalhante, estar sempre equilibrado na aresta vertiginosa da esculhambação, e dar a impressão que entende de tudo. Resumindo, ele precisa ter a cara do Lula, o jeito do Lula, falar alto e torto como o Lula, e quando estiver muito entusiasmado, esquecer a educação e falar tudo o que vem na cabeça sem ligar para o tal de protocolo. Este é o candidato que 70% dos eleitores gosta.

Wilson Gordon Parker wgparker@oi.com.br

Nova Friburgo (RS)

___________________

DESISTÊNCIA

Tô com tanta pena do Ciro Gomes... Agora em outubro, terá que deixar as lindas praias do Ceará para exercer seu ato de cidadão e votar, aqui na terra do Serra, digo dos paulistas.Que mico!

Tania Tavares taniatma@hotmail.com

São Paulo

___________________

CIRO GOMES MAGOADO!

Muito me admira que Ciro Gomes esteja magoado com Lulla e PT! É de uma ingenuidade sem limites e Ciro deve estar hoje com saudade do PSDB! É de estarrecer acreditar que o PT faz amigos. Ou que todos os coligados fazem parte dos mesmos sonhos deles. Não dá para esquecer que o mensalão existiu por fazer parte de um método. Não deu certo porque foi denunciado a tempo, senão estariam hoje Ciro e todos os outros comendo aos pés do grande guia. Não por dinheiro, mas por chantagem por receberem a tal "mesada"! O PT tem um sonho e nesse sonho não está incluído ninguém além da cúpula xiita e os adoradores de Che/Fidel. Não existe nada além do PT e muito menos Ciro Gomes, a metralhadora verbal!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

___________________

MEMÓRIA CURTA

O deputado Ciro Gomes tem memória curta, ou não acreditou nas palavras de Leonel Brizolla, que há quase duas décadas disse textualmente que o sr. Luiz Inácio Lula da Silva para conseguir o que quer, pisaria no pescoço da mãe.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

___________________

COPA DO MUNDO

Se ladrões roubaram ''figurinhas'' da Copa do Mundo , da para se ter ideia da roubalheira que irá ocorrer quando a Copa for aqui.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

___________________

PRAÇA ROOSEVELT

Na década de 70, eu ainda menina adorava ir até a praça Roosevelt. Era muito bom aproveitar as delicias do supermercado e dos restaurantes daquela época. e também muitos acontecimentos culturais serviam para deixar o local ainda mais atraente. Havia iluminação, tranquilidade, era limpo, pertinho da tão famosa Rua da Consolação. Em pleno ano de 2010 o cenário é bem outro, o que se vê hoje é uma praça Roosevelt numa situação lamentável. No lugar de um jardim, do colorido das flores e do verde das plantas que cada dia é mais necessário para o planeta, vemos sujeira, abandono e depredação. Como cidadãos não podemos nos calar diante de um descaso deste por falta da competência dos incompetentes que deveriam cuidar disso .Nos impostos que pagamos, já estão embutidas as despesa para este tipo de serviço. É preciso dar vida a este lugar tão esquecido. São Paulo vai agradecer.

Jane Baruque

São Paulo

___________________

PESQUISAS

Moro em São Paulo desde 1961, vim com 17 anos, trabalhei em lojas, bancos,estudei pedagogia, pós graduada em biologia,dei aulas em quase todos os níveis, fiz vários cursos, enfim dei assessorias, fui professora por 36 anos e quero dizer que nunca respondi a nenhuma pesquisa em eleições. Dá para entender?

Maria de Mello nina.7mello@uol.com.br

São Paulo

___________________

SÃO PAULO MERECE MAIS

Mercadante tem razão quando diz que São Paulo merece muito mais. Isso é fato, merece muito mais do que um senador que só se preocupou em defender o PT, a não-divulgação dos cartões corporativos da presidência da republica e que nunca fez nada pelo estado que representa. Tenho inveja do Paraná, Tocantins e Goiás, alguns estados tão bem representados por seus senadores. São Paulo merece muito mais que isso. Ainda bem que seu mandato está chegando ao fim. Venha mesmo tentar se eleger governador aqui em São Paulo para ter uma surpresa com o resultado das urnas.

Candida L. Alves de Almeida almeida.candida@gmail.com

São Paulo

___________________

DIREITO ADQUIRIDO

Eu estou aposentado pelo INSS desde 1982, quando o governo calculou que eu deveria receber o valor de (X) salários mínimos, atualmente estou recebendo. com 47%, a menos, uma enorme defasagem. Pergunto: Se o governo determinou (X) de salários minimos, em 1982, isso não é um direito adquirido? Sempre soube que ''direito adquirido'' e ''causa julgada'' são inalienáveis. Penso que quando foi mudada a lei, essa seria para aqueles que estavam entrando após aquela data no sistema, nunca com efeito retroativo. Acho que todos os aposentados deste Pais, deveriam ingressar na justiça para solicitar a reparação dessa enorme injustiça. Peço se algum advogado estiver lento este email, e se realmente tenho razão, que abrace esta causa, não só por mim mas para todos os aposentados do INSS.

Agostinho Locci alocci@itelefonica.com.br

São Paulo

___________________

PROMESSA VENCIDA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva esqueceu da sua promessa feita aos aposentados num programa do Silvio Santos, quando em campanha em 1989. Prometeu equiparar as vantagens dos aposentados brasileiros a dos europeus. Não cumpriu e diz que não cumprirá. Os aposentados também diz que não votará na sua candidata.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

___________________

QUEM SABE O QUE É PARANOIA?

A paranoia é a psicose caracterizada por um conceito exagerado de si mesmo que se desenvolve progressivamente sem alucinações, portanto, um mal mais grave que a megalomania. E este é o mal que está atacando Lula com suas últimas declarações. Depois de inúmeros disparates para se projetar como o maior em tudo, vem agora com esta de que "ninguém defende os aposentados mais do que ele". Obviamente, sofre também de amnésia crônica pois já esqueceu de sua promessa de que iria restituir o valor dos vencimentos de cada aposentado. Seu comportamento e estado mental agride, despudoradamente, cada idoso deste país, chegando ao ridículo sua pretensão de praticar mais um imbróglio em cima dos aposentados. E todos aceitam tal falácia com passividade - ninguém o desmente nem lhe cobra nada.

João Roberto Gullino jrgullino@oi.com.br

Petrópolis (RJ)

___________________

REAJUSTE X REJEIÇÃO

O governo mantém, injustamente, o reajuste de 6,14% para os aposentados. E os aposentados mantêm, honrosamente, a rejeição a esse govêrno mórbido. Para tanto, os aposentados elegerão o grande defensor dos frascos e comprimidos.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

___________________

O BRASIL E O FMI

Nada dessas "previsões" econômicas de mau agouro, articulado pelo FMI, afetarão o Brasil se depender do próximo presidente eleito, seja lá quem for, souber manter um paradigma de crescimento interno, investindo em tecnologia no âmbito da educação, aperfeiçoando profissionais e formando futuros jovens em pouco espaço de tempo, ou seja, especializando-os na profissão técnica.

É isso que o país precisa a partir do agora! Mão-de-obra especializada e não fundamentos "teóricos" que só servem para preencher páginas de jornais. O indivíduo com capacidade técnica, demonstrando conhecimento em sua área, tornando-se um excelente profissional, tão logo abrirá uma empresa, paga seus compromissos sociais, gerando empregos e fazendo a moeda corrente circular.

O que atrasa esse país é a concentração de renda nas mãos de poucos e os altos juros bancários nas transações comerciais. É preciso organizar o país, mantendo a circulação dos seus produtos internamente, de maneira que cheguem nas mãos do consumidor conforme o seu poder aquisitivo e este retorne de imediato, comprando um produto. Isso significa meio de circulação da moeda e não dinheiro retido em banco ou Offshore.

Essa articulação do FMI (Instituição em decadência), tentando amedrontar a nação brasileira, no tocante ao crescimento econômico, não passa de mau presságio, querendo obstar o nosso desenvolvimento o qual não será afetado se o próximo dirigente souber conduzir esse imenso continente. Já é hora de os gestores públicos olharem para o seu povo em termo de progresso, "primeiro eu, depois o samba"!

Ricardo Câmara ricardo.camara@bol.com.br

Fortaleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.