Cartas - 03/03/2012

 

O Estado de S.Paulo

03 Março 2012 | 03h07

CORRUPÇÃO

Ferida incurável

A Operação Monte Carlo da Polícia Federal (PF) prendeu 31 pessoas de uma quadrilha que explorava jogos ilegais. Entre os presos, o chefe do bando, Carlinhos Cachoeira, que ficou famoso ao ser flagrado combinando o pagamento de propina com um assessor da Casa Civil no início do governo Lula. Segundo a PF, Cachoeira e seu bando deverão responder pelos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, contrabando, violação de sigilo, peculato, falsidade ideológica e evasão de divisas, além da contravenção penal de exploração de jogo de azar. Crimes que quase todos os auxiliares de Lula cometeram. Mas só precisamos compreender que tudo isso são reflexos de uma herança deixada por um governo que banalizou a corrupção no Brasil. Um governo repleto de agentes nocivos que infectaram o País e que ainda continuam alojados nessa ferida incurável chamada governo Lula, danificando o tecido de um Estado mórbido.

FRANCISCO RIBEIRO MENDES

mendes.basilia@gmail.com

Brasília

 

 

_______

 

 

 

Demorou, mas saiu

A condenação de Waldomiro Diniz, unha e carne com o antigo chefe-mor do poder no País, o grande lobista José Dirceu, por envolvimento em corrupção com o bicheiro Carlinhos Cachoeira (de tanta grana rolando) quando era presidente da Loterj, mostra que a Justiça demora, falha, mas às vezes mostra a sua cara, condenando malfeitores e os que se apropriam de verba pública como se fosse privada. Agora só falta a Justiça seguir nessa reta direção e pegar os tubarões do PT, que conseguiram levar muito dinheiro e até pagar contas de TV a cabo com um "troco" de R$ 50 mil no Banco Rural. Que os ministros do STF cumpram seu dever cívico e cassem definitivamente todos os petistas envolvidos nesse monstruoso pega pra levar a grana do povo otário que votou neles.

ANIBAL VILARI

anibalvilari@bol.com.br

São Paulo

 

 

_______

 

 

Mensalão

O sr. Waldomiro Diniz foi condenado, ficou clara a sua participação na obtenção de fundos para as campanhas do antes ético PT. Até aí, tudo bem, demorou, mas saiu. E seu grande e forte mentor, o sr. José Dirceu, o que vai acontecer com ele, com base nisso? Dirceu foi o Golbery do PT, conseguindo milhões para o partido se tornar o dono do Brasil. O processo do mensalão, em que Dirceu é apontado como chefe, cabeça, tronco e membros, ficará só no noticiário? Com a culpa de Waldomiro, a ponta do iceberg da vergonha do PT no poder precisa aparecer, mesmo com tantos ministros do STF indicados pelo grande orador Lula. Não esqueçamos isso, pois ainda não passamos nem 10% do País a limpo.

ANTONIO JOSÉ G. MARQUES

a.jose@uol.com.br

São Paulo

 

_______

 

 

GOVERNO DILMA

Banco do Brasil

A briga de foice na cúpula dirigente do BB é um exemplo vivo e atualíssimo do tão decantado (por eles, é claro) estilo de governar dos petistas: luta desenfreada e sem quartel por cargos e poder, sem nenhuma preocupação com os prejuízos causados à instituição, aos acionistas minoritários (ao majoritário também, a União Federal) e à imagem internacional do banco, numa reedição do que ocorre com a Petrobrás, o que prova que é uma constante da sua forma de agir quando exercem o poder. Essa disputa intestina nos faz pensar no que é feito da tão falada e elogiada autoridade da presidente, do seu caráter durão, da sua capacidade de enquadrar seus ministros e subordinados em ordem unida. Além de uma discórdia como essa demonstrar que a sua autoridade não é temida a ponto de forçar os subordinados a uma atitude de autopoliciamento e disciplina, como é que, uma vez irrompida, permite que ela se perpetue sem tomar uma medida enérgica e imediata para lhe pôr fim? Acho que a explicação está de novo no estilo petista de governar: enganar todos o tempo todo, o que importa mesmo é cargo e poder.

PAULO AFONSO DE S. AMARAL

drpaulo@uol.com.br

São Paulo

 

 

_______

 

 

Falhas no Enem

O sr. ministro da Educação disse que "o MEC não tem culpa de o Brasil ser tão grande". E de quem será a culpa de os políticos serem tão pequenos, incompetentes, despreparados e corruptos?

MÁRIO RUBENS COSTA

costamar31@terra.com.br

Campinas

 

 

_______

 

 

Brasil culpado...

Em mais uma de suas brilhantes elucubrações mentais, o sr. Mercadante atribui ao tamanho do Brasil as mazelas de sua pasta. Sugestão: doar parte do nosso território a um país vizinho, para que o Brasil fique bem pequeno, de tamanho proporcional à competência do ministro e do governo.

NELSON PENTEADO DE CASTRO

pentecas@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

_______

 

 

 

Sinceridade, enfim!

Surpreende a repentina sinceridade do ministro Aloizio Mercadante ao reconhecer a pequenez dos administradores lulopetistas diante da grandeza do Brasil. Depois de terem presenteado a Bolívia com a refinaria da Petrobrás, seu raciocínio poderia levar à ideia de devolver o Acre para reduzir a dificuldade de conduzir o nosso país, tão imenso e privilegiado, ainda que complexo.

PETER GREINER

peter.greiner@aclnet.com.br

São Paulo

 

 

_______

 

 

Incompetência a toda prova

O ministro Mercadante tem toda a razão quando afirma que "o MEC não tem culpa de o Brasil ser tão grande". A culpa é nossa, por elegermos partido tão incompetente para nos governar.

ROBERTO ARANHA

rcao@globo.com

São Paulo

 

 

_______

 

 

 

Só no papo

O loteamento político das nossas organizações de Estado (federais, estaduais e municipais) impede que elas sejam eficazes e eficientes. O ministro não desconhece que as dimensões do País permanecem as mesmas desde o Império. Creio que o MEC não aproveitou o tempo de que dispôs, pela falta de continuidade administrativa, que impede que a competência se desenvolva. Educação é prioritária para que tenhamos distribuição de renda? Com o loteamento e com os parasitas resultantes podemos tirar o cavalinho da chuva, porque a educação continuará prioritária só no papo.

DARCY ANDRADE DE ALMEIDA

dalmeida1@uol.com.br

São Paulo

 

 

_______

 

 

"O MEC não tem culpa de o Brasil ser tão grande?! Ora, Mercadante, quem não tem competência não se estabeleça!"

CLÉA M. G. CORRÊA / SÃO PAULO, SOBRE AS MAZELAS DO ENEM

cleacorrea@uol.com.br

"Ministro Mercadante, não seria o Brasil muito grande para o seu PT?"

MAURÍCIO LIMA / SÃO PAULO, IDEM

mapeli@uol.com.br

 

 

 

______

 

 

 

 

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TEMA DO DIA

Militares endurecem reação ao governo

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.481

Nº de assinaturas em manifesto militar com críticas a ministras da presidente saltou de 98 para 235

"Não vejo por que está havendo reação tão dura. São militares reformados, falam pela entidade, não por uma das Forças."

RAQUEL MONTEIRO

"Não é bom para a Nação a briga entre a presidente Dilma Rousseff e os militares. Eles estão certos: por que mexer com a Lei da Anistia?"

MILDON LOPES DOS SANTOS

"Se não punir, vai virar bagunça. Justiça é para todos."

WARLEY FERREIRA DIAS

______

 

Cartas selecionadas para o fórum dos leitores do portal estadao.com.br

ISCA

O novo ministro da Pesca, bispo Crivella, disse que não sabe colocar a linha em um anzol. Ele não morder a isca é tudo que a sociedade brasileira espera, principalmente aqueles que pagam impostos.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

 

_____

 

PESCARAM A JOGADA?

Com essa "canetada inesperada" da presidente Dilma Rousseff, ao nomear o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) como o novo ministro da Pesca, muito provavelmente o candidato Celso Russomanno (PRB), irá desistir de ser candidato à Prefeitura de São Paulo. Deu para "pescar" essa jogada com o aval do ex-presidente Lula?

Edgard Gobbi edgardgobbi@gmail.com

Campinas

_____

A BATALHA EM SÃO PAULO

A capacidade do governo de provocar a nossa ignomínia não tem limites. A cada dia se tem notícia de uma artimanha, de manobras espúrias que têm como objetivo a perpetuação no poder. A capital de São Paulo torna-se para os petistas a conquista suprema onde jamais ''os fins justificam os meios'' tiveram tamanha confirmação. Para obter apoio dos evangélicos, Dilma, sem a menor elegância, saca Luiz Sérgio, do PT, para nomear para o ministério da Pesca o senador/pastor Marcelo Crivella (PRB-RJ). O desespero tomou conta da petralha com a definição de José Serra, e o governo pretende com essa nomeação ''negociar''os votos da Igreja Universal do Reino de Deus. Nessa eleição para a Prefeitura de São Paulo, que os petistas se preparem para um Armageddon político, porque terão uma prova de que o espírito cívico de 1932 estará de volta nas urnas paulistanas.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

____

PESCADOR

Mudança na Mega Quadrilha, o ministério da Pesca nomeia o terceiro pescador chefe. O novo titular, um pastor, vai deixar de pescar almas, agora vai pescar piaba e... "robalo".

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

_____

SAMBURÁ

Se Crivella não fizer a multiplicação dos peixes pretendida por Dilma será só mais um no pesk-pag lullopetista.

A.Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

_____

FISIOLOGISMO

Já passou por lá Ideli Salvatti, agora o bispo Marcelo Crivella. Está mais que provado que o Ministério da Pesca, pasta com muito dinheiro e pouco resultado, foi criado pelo então presidente Lulla para atender aos distúrbios do fisiologismo do PT e deveria ser extinto. Aliás, não tão somente este ministério.

José Carlos Degaspare degaspare@uol.com.br

São Paulo

____

COALIZÃO

A presidente Dilma diz que demite com grande pesar o ministro da pesca Luiz Sérgio. Foi indicado com grande estratégica o então senador Marcelo Crivella, embora como ele mesmo tenha dito que não sabe colocar minhoca no anzol, mas com um pouquinho de esforço aprenderá rapidamente a fisgar e manipular todo setor evangélico na tentativa de eleger a Prefeitura de São Paulo o incompetente Fernando Haddad, haja vista a grande lambança praticada por ele na pasta da Educação. Quem viver verá... Lamentavelmente...

Benedito Raimundo Moreira br_moreira@terra.com.br

Guarulhos

____

DEUS NOS ACUDA

"Governo leva PRB ao ministério para blindar Haddad de ataque evangélico", "Troca revela declínio da influência católica", "Ajoelhou, resta rezar", "Kassab 'patrocina' caminhada católica na Páscoa", "Petista critica oposição por uso político da religião". A julgar pelos títulos das matérias publicadas pelo Estadão do dia 1/3, as eleições deste ano prometem ser um Deus nos acuda.

Cláudio Moschella arquiteto@claudiomoschella.net

São Paulo

_____

UMA CONFISSÃO E UMA PROMESSA

Na mesma matéria uma confissão de Dilma que me leva a crer que tem "alguém" nomeando ministros. "Quero agradecer ao Luiz Sérgio. Obrigada, você foi e é um amigo, um parceiro e compreende a natureza que a política, muitas vezes, acaba por nos impor em nome dos interesses do país", palavras de Dilma. E uma promessa simplesmente impossível de ser cumprida. Crivella também afirmou que sua gestão buscará cumprir o conjunto de metas estabelecidas pela Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência para o setor de, até 2022, aumentar a produção anual da aquicultura sustentável em cinco vezes, dobrar o consumo nacional per capita de pescado e gerar mais de 1 milhão de empregos na atividade pesqueira. Este novo ministro, se não for demitido a meio caminho terá um pouco mais de dois anos para trabalhar. Se em todo tempo que o Ministro que sai, tido como competente, não aumentou a produção de peixe nem um quilinho e não gerou emprego nenhum, este que entra, que confessa-se incompetente, vai gerar tudo isso? Veremos!

Odair Picciolli odairpicciolli@moradadoscolibris.com.br

Extrema (MG)

_____

MINISTROS

Curioso ver o interesse da imprensa em geral para as trocas de ministros no governo federal. Cá entre nós: para que serve um ministro? Há décadas, ministros são apenas figuras decorativas, gente inútil, usadas para acomodar apadrinhados políticos, ganhar apoio de partidos e controlar (abafar) o mau uso e desvios de dinheiro público. Talvez haja 6 ou 8 que realmente façam sentido.

Não há um ministro ou secretário sequer que fale algo de importância ou de credibilidade. Trocar ministros virou somente uma atividade esportiva, como um bingo ou sorteio para cobrir "buracos" políticos. Se a presidente Dilma quer realmente fazer uma faxina na administração pública, que comece diminuindo o número de ministérios e secretarias, exigindo cumprimento de metas e ações de interesse nacional. Hoje, os ministérios são apenas perda de dinheiro.

André L. O. Coutinho arcouti@uol.com.br

Campinas

_____

PEIXES

Um bispo comandando o Ministério da Pesca, logo nas proximidades da Semana Santa?

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

_____

MULTIPLICAÇÃO DOS PEIXES

O novo ministro da Pesca tem fama de pescador de almas, será que agora vamos assistir à multiplicação dos peixes? Ou sei lá, do quê? A Universal é famosa em dar nó em pingo d'água. Quem viver verá.

Antonio Jose G. Marques a.jose@uol.com.br

São Paulo

_____

MILAGRE

É coerente. Jesus fez o milagre dos peixes. O Crivella é "assim" com Jesus. Vai daí... Os pescadores não vão precisar nem botar o barco no mar.

Paulo Nogueira paulo.nogueira@cecepsi.com.br

Florianópolis

_____

CRIVELADA, TRIVELADA OU ALKIMADA

Ao nomear seu ministro o bispo da Igreja Universal, a presidenta "crivelou" ou bateu na bola de "trivela" para acertar o não quer ver? Fez o gol ou chutou outra bola pra fora? E a sua proximidade com o governador de São Paulo foi pra pressionar o mediador a enfrentar o irmão Bruno Daniel e dirigir claramente o programa Roda Viva, da TV Cultura, no sentido de isentar o PT da morte do prefeito Celso Daniel? Cuidado, governador, não se iluda com essa gente traiçoeira, pois o tiro poderá sair pela culatra...

José Alberto de Paiva alpai12@yahoo.com.br

São Paulo

_____

O LEVIANO CONTI

Na última segunda-feira, muita gente que assistiu ao programa Roda Viva, da TV Cultura, desligou a televisão revoltada. As manifestações nas redes sociais foram tantas, que o tema "Bruno Daniel" chegou a ocupar os "trending topics" do Twitter por muito tempo. O que se viu ali foi um show de horror. O jornalista Mario Sergio Conti lá estava apenas para tentar desqualificar o entrevistado e, mais tempo houvesse, seria capaz de culpar Bruno Daniel pelo assassinado de seu irmão, Celso Daniel. O Sr. Conti não fez jornalismo, mas sim um trabalho de inquisição, tentando impor o seu ponto de vista. Tentou, durante todo o tempo, fazer com que os fatos se adequassem à sua muito particular versão dos acontecimentos, todos por ele encarados isoladamente, como se não tivessem a menor conexão uns com os outros, o que levaria a conclusão de que Bruno Daniel seria um paranóico e que o ex-prefeito foi morto por acaso. Nunca antes neste país se viu algo parecido, de tamanha vileza e leviandade. E pensar que este senhor é pago com o dinheiro dos paulistas!

M. Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

_____

A JUSTIÇA DO PT

De nada ou quase nada vale a pena pedir justiça, o PT no poder, conseguiu acabar até com a justiça, com a honestidade e com a honra de todos aqueles que entraram nos seus "esquemas" antiéticos e imorais, tudo virou um verdadeiro "negócio", usando o dinheiro do povo. A falta de segurança é tamanha que a criminalidade cresceu tanto, em todos os níveis, roubam, estupram, violentam as pessoas e matam "por nada", ou quase nada, melhor explicando, matam pelo prazer de matar e ninguém fica preso, é isso mesmo, ninguém fica preso, salvo raríssimas exceções, dependendo do delito basta pagar uma fiança e goza da liberdade plena para responder o processo, que pela enorme demora do julgamento, jamais saberemos da condenação, que em regra geral não será nenhuma, devido a prescrição ocorrer antes, que justiça é essa? Após a promulgação da Lei 12.403 referendada pela Presidente Dilma, a prisão ficou abolida em nosso país, mesmo que o infrator tenha sido pego em flagrante. Justiça nenhum cidadão precisaria pedir, deveria ter, mas diante da atual situação é duvidoso, será que estamos nos aproximando de um novo regime... Se nos últimos nove anos tivéssemos no poder um governo responsável e honesto, com certeza já seriamos a primeira economia mundial.

Luiz Dias lfd.silva@bol.com.br

São Paulo

_____

O INTERESSE DE HADDAD POR SÃO PAULO

Fernando Haddad disse que lhe interessa a cidade de São Paulo. Para quê? Para torná-la inviável como fez com a educação quando esteve à frente do Ministério da Educação por nove anos? Senhor Haddad, a cidade de São Paulo não pode esperar por amadores, ela precisa de profissionais que sejam competentes e que resolvam os problemas que ela apresenta e não são poucos. Haddad foi infeliz quando disse que tem interesse no futuro da cidade de São Paulo, e não no futuro do País. Quer dizer que governar São Paulo é fazer um governo a parte? Apenas vencer para encher as repartições de cabides? Estou começando a entender aonde querem chegar os petistas. Dominar tudo na mão grande.

Izabel Avallone izabelavallone@gmail.com

São Paulo

_____

PAGAR PARA VER

Para quem renunciou do cargo de prefeito e abandonou o Governo do Estado de São Paulo para galgar cargos de maior expressão do cenário político nacional, o ex-governador José Serra terá que trabalhar muito para reconquistar a confiança do eleitorado paulistano. Aliás, essa artimanha não é exclusiva do pré-candidato a prefeito e sim, de muitos políticos que são "Useiros e vezeiros" dessa prática e não dão a mínima satisfação a quem os elegeu e paga seus altos salários. Portanto, é "pagar para ver". Ou os eleitores votam em Serra para prefeito e acreditam em suas afirmativas de não mais deixar a prefeitura, pelo menos por enquanto, ou permitem que o (PT) assuma o Governo da Capital e alce voos mais altos na captura do Palácio dos Bandeirantes também.

Sérgio Dafré sergio_dafre@hotmail.com

Jundiaí

_____

CONFUSÃO

O eleitor vai estar confuso para votar em outubro para prefeito na eleição municipal. Fernando Henrique Cardoso (PSDB) declara, em Nova York, que José Serra (PSDB) não será candidato a prefeito. Que a meta dele é 2014, como candidato à presidente. Gilberto Kassab (PDS ) diz que apoia o candidato Fernando Haddad (PT) e também afirma que Serra não vai se apresentar como candidato e o PSDB já tinha 4 candidatos para a prévia. Agora, dois abandonaram as prévias porque Serra resolveu se apresentar.As prévias do PSDB, que eram para serem realizadas em 4 de março, foram adiadas para dia 25, a pedido de José Serra. Kassab, que apoiava Haddad, agora está com José Serra. FHC declara no Estadão que Serra vai sair candidato ,mas está de "olho" em 2014. Manchete do Estadão de 1 de março, na primeira página: Serra afirma que,se eleito, vai cumprir mandato. Como ele vai cumprir mandato se todos os seus companheiros dizem que ele está pensando em disputar a Presidência,apesar ter dito que o sonho "está adormecido". A única coisa certa é que, se eleito prefeito e resolver se candidatar á presidência da república, irá abandonar a prefeitura, mais uma vez. E é por essa razão que o partido precisa escolher um vice em condições de substituí-lo na prefeitura.Tiririca (PR) diz que será candidato a prefeito. Chalita (PMDB) diz que não vai apoiar Fernando Haddad (PT) e não abandonara sua candidatura.Vamos esperar o prazo final para as apresentações das candidaturas e a campanha no rádio e TV porque vai ser um pleito muito complicado.

Olympio F.A.Cintra Netto ofacnt@yahoo.com.br

São Paulo

___

TIRIRICA, PREFEITO DE SAO PAULO?

Mais uma manipulação. Os votos que elegeram o Tiririca Deputado Federal não foram votos de protesto como muitos preconizaram. Os votos refletiram exatamente o nosso nível educacional baixo e a nossa mentalidade política disfuncional. E os canalhas de plantão, se aproveitando disto, continuam impunemente atuando de forma nefasta na política e sempre se utilizando da mesma como um instrumento para garantir a realização dos desejos e das paixões pessoais. E lá vai Tiririca como candidato a prefeito de São Paulo. Não se trata de elitismo ou preconceito querer-se uma melhor representação política. No entanto, a colocação do nome de Tririca para prefeito de São Paulo é a mais clara indicação de que a política brasileira se transformou realmente numa arte circense, literalmente falando. Acho que estamos cada vez mais nos embrenhando pelo caminho da ignorância e do desproposito. Precisamos tanto de bons representantes em áreas como educação, saúde, segurança, desenvolvimento sustentável, combate à corrupção e ao fisiologismo, etc., e será que estamos enxergando toda esta capacidade representativa no Tiririca? Certamente as vozes da impertinência irão dizer que não podemos ser preconceituosos. Mas certamente aqueles que enfrentam ou enfrentaram dificuldades e preconceitos na vida, certamente não estarão livres dos mesmos simplesmente permitindo-lhes que sejam manipulados ou expostos ao ridículo. Cada palhaço no seu galho, chega de se tentar justificar o imponderável.

Yalu B. Miranda Ybmxx1@hotmail.com

Silver Spring (EUA)

_____

PALHAÇADA SOB ENCOMENDA

Como se não bastassem as manobras políticas, neste país chamadas de "governabilidade", agora lançam a título de desmoralização final, a candidatura a Prefeito, o palhaço Tiririca para a maior capital da América do Sul. O que querem esses senhores, ditos políticos? A tendência da desmoralização política já tingiu os níveis mais baixos e preocupantes que se poderia imaginar. Agora, a palhaçada está sob encomenda. Pobre país!

João Batista Pazinato Neto pazinato51@hotmail.com

Barueri

_____

DEPOIS DE LULA...

Depois que Lula foi eleito presidente do Brasil, qual é o problema de mais um palhaço se eleger para ocupar o cargo de prefeito da cidade da São Paulo? É disso que o povo gosta, é isso que o povo quer! Afinal, seriedade pra quê? Vamos lá, Tiririca, aproveite, você tem um grande futuro neste país!

Iara Moraes iaramoraes1@hotmail.com

Bragança Paulista

_____

KASSAB E A ELEIÇÃO MUNICIPAL

Kassab ajoelhou, mas não consegue rezar.

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

_____

PUBLICIDADE OFICIAL

A publicidade municipal na TV é tão ruim como a gestão Kassab: "Antes não tinha, agora tem". Sugiro o seguinte: buracos nas ruas - antes não tinham tantos, agora tem aos montes; lixo jogado em ruas e praças - antes não tinha tanta sujeira, agora tem; mato nas praças e calçadas - antes não tinha tanto, agora tem; inspeção veicular para tomar o seu dinheiro - antes não tinha, agora tem (e o ar melhorou?). E por aí vai.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

_____

A SAÚDE NO RIO

De acordo com a pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde, o Rio de Janeiro continua com os piores índices no atendimento a população carente. As filas que se formam nas portas e corredores dos hospitais e clínicas comprovam as péssimas condições de funcionamento: aparelhos, remédios e profissionais. Aliás, não são apenas os pobres que sofrem com o precário sistema de saúde, os trabalhadores que pagam por seus planos de saúde também padecem desse mal. Por essa razão, quando os defensores dos direitos humanos exigem do governo um atendimento VIP para os viciados recolhidos nas ruas, temos que chorar e rir ao mesmo tempo. É ridículo! Desejar para eles o mesmo tratamento que os ricos dão a seus filhos é absurdo e abusivo, pois os contribuintes não suportariam pagar mais essa conta. Tratá-los com decência e respeito sim, com luxo não pode.

Odiléa Mignon cardosomignon@gmail.com

São Paulo

_____

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)

Não deixa de ser positiva a disposição do ministro da saúde de revelar que há insatisfação com o atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) praticamente em todo o País. A mesma disposição não tem o governador de São Paulo e o prefeito Gilberto Kassab. Por aqui, quase tudo já foi terceirizado, de maneira que se os insatisfeitos tiverem de reclamar, que o façam às malfadadas Organizações Sociais. Embora não constem da Constituição como responsáveis pela saúde pública, até porque são privadas, na verdade assumiram essa responsabilidade meio por baixo dos panos e tratam os pacientes a pauladas e nem por isso nosso ministério público deixa de dormir o sono dos que se consideram justos.

Ademir Valezi valezi@uol.com.br

São Paulo

_____

É VERGONHOSA A SAÚDE NO BRASIL

Vergonhosa é a palavra que melhor exprime a situação da área da saúde pública no país. Os índices da avaliação da rede de saúde pública que fazem parte do primeiro "IDSUS" (Índice de Desenvolvimento dos Sistema Único de Saúde), lançado pelo governo recentemente, mostra, o estado de calamidade que se encontra a saúde no país. Numa escala que vai de zero a dez o Rio de Janeiro teve avaliação de 4,33 ficando em último na avaliação, no restante do país a situação não é diferente. Longas filas á espera de atendimento, além de anos aguardando para fazer um exame as vezes simples são mais que normais em todas as regiões brasileiras. Porém, negar atendimento a uma gestante, com gravidez de risco em um trabalho de parto, chega a ser criminoso. Passou da hora de nos atentarmos ao que ocorrem ao nosso redor. O mau atendimento não ocorre só no norte e nordeste, ou por falta de leitos, de médicos e até de medicamentos. em São Paulo por exemplo, um dos hospitais que já foi referência para todo o país, o hospital das clínicas, hoje não é raro, pacientes que aguardam atendimento no pronto-socorro ficarem horas para serem atendidos em macas espalhadas pelo corredor, como mostrou reportagem da folha de São Paulo de 28/02, no pronto-socorro do hospital das clínicas; Alguns pacientes chegam a esperar mais de um dia por um leito, deitados em macas pelos corredores. É vergonhoso para dizer o mínimo. Enquanto são desviados milhões dos cofres públicos para mãos de corruptos, o povo morre sem atendimento digno. Atender bem a população deveria ser um dever do Estado como manda a constituição de 1988. Até quando o povo brasileiro vai passar por carneirinho não reivindicando seus direitos?

Turíbio Liberatto Gasparetto turibioliberatto@hotmail.com

São Caetano do Sul

____

CONVÊNIO DA DEFENSORIA PÚBLICA

Cumprimento o Supremo Tribunal Federal (STF) pela decisão justa e corajosa pela inconstitucionalidade da obrigatoriedade do convênio da Defensoria Pública de São Paulo com a OAB/SP. Trata-se de uma decisão histórica, que não apenas fortalece as Defensorias Públicas no país, como também vai na defesa e proteção da cidadania, dos direitos humanos e da inclusão social no Brasil. A justiça, enfim, foi feita. É uma vitória do povo, que beneficiará milhões de pessoas, sobretudo os mais pobres e necessitados, que precisam e querem uma Defensoria forte, atuante e bem estruturada.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

____

OAB

O pobre e massacrado povo brasileiro dependente da Defensoria Pública gratuita, que é uma obrigação do governo oferecer à população carente, nas mãos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), onde quem dela necessita tem de se sujeitar obrigatoriamente a ficar numa fila imensa na calçada sob sol e chuva para tentarem ser atendidos."Vergonha"!

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_____

AS VOLTAS DO MUNDO

Muitos brasileiros, depois de 12 horas de viajem aérea, ao desembarcar na Espanha foram mandados à origem: homens presumidamente desempregados e jovens mulheres presumidamente prostitutas. Fiel à sua lhaneza diplomática, o Brasil, agora, não está a retaliar os espanhóis, mas simplesmente aplicando as mesmas regras, forte no princípio de direito internacional da reciprocidade. A Espanha reclama, porquanto pretende agasalhar seus "parados" no mercado laboral brasileiro. Sem nenhuma razão, o que assevero com alguma tristeza, por carregar nas veias um considerável volume de sangue andaluz.

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

_____

ESPANHA, CHUMBO TROCADO NÃO DÓI

Há alguns anos, em férias, um filho meu aproveitou para fazer um curso de uma semana na Inglaterra e feito esse, usou o resto do tempo para passear na Europa. Com provas de estar empregado aqui, ele andou pela Itália, Holanda, Alemanha, França sem quaisquer problemas, mas quando tentou entrar na Espanha, um funcionário da aduana que deixou passar sem problemas turistas que estavam num ônibus, como japoneses, americanos e outros europeus, bloqueou de forma grosseira e humilhante meu filho e um boliviano, simplesmente por serem latino-americanos. Sempre a Espanha tratou grosseiramente os turistas brasileiros e agora, passando uma crise econômica pesada e que provoca desemprego de mais de 20 %, e com muitos espanhóis querem migrar para trabalhar aqui, o Brasil usa os mesmos critérios que eles para fiscalizar a entrada desses. A Espanha não tem por que reclamar, afinal, chumbo trocado não dói.

Laércio Zannini arsene@uol.com.br

Garça

____

DE IGUAL PARA IGUAL

O Brasil precisa endurecer com países como a Espanha e o Paraguai que tratam muito mal os brasileiros, afinal eles parecem não saber retribuir a gentileza de nosso povo hospitaleiro. Os paraguaios só têm uma luz no fim do túnel graças à Itaipu e mesmo assim querem expulsar os agricultores brasileiros que movimentam aquele país. O governo espanhol também precisa ver que nosso país acolheu de braços abertos aquele povo e tantos outros, quem sabe não estaria na hora de mandar os espanhóis e os paraguaios que vivem aqui e buscar os brasileiros que estão lá. Com as medidas de tratamento igual a Espanha e o Paraguai vão pensar duas vezes antes de maltratar um cidadão brasileiro, afinal o Brasil vive um bom momento apesar de tudo e a Espanha está com "a vestimenta inferior sendo conduzidas pelos membros superiores" mais conhecida com "segurando as calças para não cair". Esta é a opinião de um brasileiro que gosta de igualdade e queria ver os brasileiros sendo tratados como cidadãos americanos, que todos tremem quando dizem "yes, eu sou american", como dizia o futebolista.

Manoel José Rodrigues manoel.poeta@hotmail.com

Alvorada do Sul (PR)

_____

HOPI HARI

Já estava na hora do fechamento do parque. Onde se viu um parque de diversão não ser fechado para vistoria depois de um acidente e principalmente depois de uma morte? Já foi uma falta de respeito do Hopi Hari com a família da jovem, que perdeu uma filha e ver o parque funcionando. A justiça demorou demais, para fazer justiça. Principalmente agora que a gente ficou sabendo que o segurança do parque sabia que havia cadeira com defeito, quem poderá garantir que não haja outro brinquedo com defeito?

Reginaldo de Paula reg.paula@hotmail.com

Campinas

_____

OS DONOS DO PARQUE

Tenho acompanhado através da mídia (rádio, televisão, jornais) a história do acidente ocorrido no parque de diversões Hopi Hari, Vinhedos, São Paulo. Além da vítima fatal foram citados nomes de todos envolvidos, pai, mãe, familiares, parentes, testemunhas, advogados, peritos, funcionários responsáveis, jornalistas, curiosos, etc... Porém somente não ficamos sabendo o nome dos proprietários do tal parque ou o nome do grupo responsável. Só isso. Por quê?

Carlos Laué Junior bibalaue@volny.cz

São Paulo

_____

PERÍCIA

Aparentemente o governador de São Paulo desconhece o ocorrido no Hopi Hari e a consequente perícia realizada. O jornal poderia avisá-lo. Aí, quem sabe, alguém demitiria o diretor do Instituto de Criminalística de Campinas.

Sergio Saraiva Ridel sergiosridel@ig.com.br

São Paulo

_____

INEFICIÊNCIA DO MEC

Os problemas do Ministério da Educação (MEC) não estão no tamanho do Brasil como afirmou o senhor "doutô" ministro Mercadante. Os problemas do MEC estão no momento que trocaram gestão por ideologia. Nesses nove anos de gestão petista, pregaram exaustivamente que o professor precisava democraticamente ter "autonomia" em sala de aula, quando sabemos que na pratica quando a educação está em pauta, não é assim que funciona, porque lá na outra ponta está o futuro do Brasil. Precisa existir método de execução. Reverta o processo ministro, que verá um MEC eficiente, rápido, responsável e gestor. Fácil jogar a culpa para o tamanho do Brasil quando o problema está nas cabecinhas jurássicas que comandam hoje a educação no Brasil. Não precisamos de desculpas para mostrar que o governo do PT piorou a educação e muito. Basta olhar os alfabetizados funcionais que essa década construiu.

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

_____

ERRATA

Como o Brasil é um pouco mais antigo que o MEC, a frase do ministro deveria ser (A20, 1/3): "O Brasil não tem culpa de o MEC ser tão pequeno, medíocre, ineficaz e mal conduzido". Afirmação irrevogável.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

_____

'MEC-DONDE?'

"O MEC não tem culpa de o Brasil ser tão grande e diverso. São 140 mil salas, 400 mil pessoas fiscalizando. E tem de ter um sigilo absoluto. O risco logístico sempre haverá" - disse Mercadante sobre o exame, que ele acredita ser um 'critério republicano' de acesso à universidade (agência Globo). Talvez por isso, tantas tentativas de solução "MEC-trefes", ou de tantos "mec-trefes" dando palpites. Com Mercadante no comando, a logística já deve estar devidamente equacionada. "Há dados" e não mais "haddads" para tal suposição?!

José Jorge Ribeiro da Silva jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

_____

'ESTADÃO'

O mundo e principalmente o Brasil tem jeito. Como é bom todos os dias ler a 2ª e a 3ª folhas do Estadão. Tem que dar o sentido certo para a leitura e observar tendo esperança na raça humana. Editoriais quase perfeitos e opiniões de leitores de grande inteligência intelectual e espiritual que mostram que temos gente preparada para "salvar" essa nação e até o planeta, pois não somos o único povo privilegiado nesse campo. Mas nem sempre tudo é alegria. Como o Estadão tem que tentar ser democrático e a verdade absoluta não é de ninguém, as vezes os espaços (editoriais e Fórum dos Leitores) são ocupados por verdadeiros dinossauros humanos. Quando a Terra chegar perto da verdade absoluta seremos mais felizes e tempo para isso não importa. Já fomos muito mais bárbaros. Parabéns, Estadão. Não esmoreça jamais e nunca se venda, pois aí a esperança será assassinada. Atingindo muito próximo a verdade final os editoriais e as opiniões dos leitores terão nota 9.999! Eu não vou ver, mas meus bisnetos e tataranetos provavelmente.

Eduardo Mees eduardomees@terra.com.br

São Bernardo do Campo

_____

AVIÕES TUCANOS

O cancelamento da compra dos aviões tucanos pelo governo americano, por falta de documentação (sic) segundo alegam, facilitou a escolha pela Força Aérea Brasileira (FAB) do substituto dos Mirage. Merci beaucoup, dirão os franceses. Tack så mycket, Obama, responderão os suecos.

Aristeu Teixeira de Mendonça atmendonca@gmail.com

São Paulo

____

VENDA DE AVIÕES DA EMBRAER

Por mais inaceitável que seja o bairrismo americano em recusar a compra dos aviões da Embraer, não dá para deixar de imaginar que isso possa ser vingança (ainda que ninguém admita) pela interminável novela sobre a compra dos 36 caças pela Força Aérea Brasileira. Desde o governo de FHC, os americanos desejam nos vender seus F-18, mas o governo jamais se decide. Agora, nós, brasileiros, estamos tomando o mesmo remédio que demos a eles.

Luciano Nogueira Marmontel automat_br@ig.com.br

Pouso Alegre (MG)

_____

REVIDE

Se a derrota na venda da Embraer à forca aérea norte americana USAF for por motivos políticos em defesa da Beetchcraft, o Brasil poderá revidar na compra dos caças.

Fabio Figueiredo fafig3@terra.com.br

São Paulo

____

CAÇAS

Quando a mídia comenta que Lula poderia ter recebido algum bônus do fabricante do caça francês Rafale - já que a FAB sempre foi favorável a compra dos caças americanos, ou ainda mesmo os suecos, antes dos franceses -, ninguém mais fica nem um pouco indignado. Se o salário do presidente era de R$ 26 mil, como é que ele poderia ter acumulado mais de US$ 2 bilhões em oito anos, segundo auditoria feita pelo Financial Times?

Iracema Palombello cepalombello@yahoo.com.br

Bragança Paulista

_____

A PRIVATIZAÇÃO DOS AEROPORTOS

Segundo denúncia feita na tribuna da Câmara Federal, divulgado pela TV Câmara, o Deputado Antonio Carlos Mendes Thame, PSDB-SP, fez diversas denúncias sobre as detestadas privatizações que o Partido dos Trabalhadores sempre fez antes de ser governo; sendo isto, um motivo de grande ataque ao governo anterior de Fernando Henrique. Porém, agora, a lista das privatizações inexplicáveis denunciadas pelo deputado Mendes Thame, é enorme e com cheiro de prejuízo ao cofres públicos. A lista é grande, mas o deputado Thame destacou três das mais incríveis, um verdadeiro passa-moleque nos interesses econômicos do Brasil. Este é o PT que dizia não ser, mas na realidade é, e com a máscara devidamente caída e silenciado pela maioria da nossa imprensa.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

_____

MONITOROLOGIA AEROPORTUÁRIA

Já que prender o bandido ficou inviável, devido à sua cumplicidade com as autoridades do aeroporto, que sejam instalados monitores no trajeto das bagagens e o cidadão que tome conta da sua própria mala...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_____

ESCÂNDALO

Em 27/2/2012, durante entrevista á uma radio, a Dra Mayana Zatz, pro-reitora de Pesquisa, Coordenadora de Pesquisa do Genoma Humano da Universidade de São Paulo (USP) e cientista de renome internacional, declarou que a pesquisa sobre as promissoras células tronco progridem rapidamente nos países desenvolvidos e que estariam mais avançadas na USP se esta não enfrentasse inacreditáveis dificuldades alfandegárias para importar reagentes e outros materiais de pesquisa correlatos. Tais importações somente são liberadas semestralmente, enquanto nos Estados Unidos novas ferramentas de pesquisa são atualizadas semanalmente e disponíveis em 24 horas. Fosse o Brasil um país sério, o burocrata e energúmeno responsável por tal despautério seria demitido imediatamente depois da grave denuncia da Dra Zatz.

José Sebastião de Paiva j-paiva2@hotmail.com

São Paulo

_____

LEI GERAL DA COPA

Como é triste ver o PT outrora o paladino da dignidade e da ética na política se submeter aos caprichos e negócios da FIFA, querendo aprovar a venda de bebidas alcoólicas nos estádios e o autor da matéria dizer que isso e atualização. Será que perderam a noção de dignidade e querem ver o circo pegar fogo? As torcidas já brigam sem nenhum aditivo, para que jogar álcool na fogueira, e depois ninguém poder apagar? A interferência da FIFA não deve ir contra as nossas Leis e afetar nossas instituições, assim como a nossa liberdade de fazer o que quisermos. Querem vender bebidas, que vendam na Suíça, onde é fácil controlar, por ser um cantão, não no Brasil, que é um país de fato e de direito. Sou contra e torço contra isso. PT saudações indigestas.

Antonio Jose Justino anjogoma@yahoo.com.br

Rio de Janeiro

____

O PAÍS DA IMPUNIDADE

Falta pouco para ser aprovada a permissão das bebidas alcoólicas nos estádios. Bem, hoje em dia pilotam-se lanchas, jet skis, automóveis e outros veículos em completo estado de embriaguez e, a rigor, ninguém é penalizado. Nada mais justo do que permitir também bebidas a menores, em escolas, cinemas, festinhas, etc. Desgraça pouca é bobagem.

José Marques seuqram.esoj@bol.com.br

São Paulo

____

LUCRO DA FIFA

Quanto será esse lucro que a FIFA terá com a venda de bebidas alcoólicas durante a Copa do Mundo de 2014, que está provocando essa imensa celeuma? Será que a quantia justifica fazer o Brasil ter que alterar uma de suas leis, e passar recibo de colônia obediente? Não seria o caso do governo avaliar se não seria mais negócio, em vez de sofrer um imenso desgaste, com prejuízo de sua imagem internacional, reembolsar a FIFA pelo lucro presumido com a venda de cervejas?

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

_____

VEXAME E RAIVA

Conforme relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) apenas um dos 12 estádios que sediarão os jogos da Copa de 2014 tem pouco mais de metade das obras executadas. Isso a pouco mais de 2 anos para a abertura do evento. Isso sem contar as obras de infraestrutura, hotéis, restaurantes, vias de acesso, pessoal preparado. Pode-se concluir que de duas uma: vamos passar vexame ou raiva, ou os dois juntos. Vexame pelo Brasil não dar conta do evento e raiva, pela lambança dos superfaturamentos e desvios de dinheiro dos cofres públicos. E ainda por cima o brasileiro "comum" - o pagador de impostos extorsivos - não vai nem conseguir passar perto dos Estádios. Querem apostar?

Aparecida Dileide Gaziolla rubishara@uol.com.br

São Bernardo do Campo

_____

PROCURA-SE UM TÉCNICO

O Mano Menezes está longe de ser o treinador ideal para nossa seleção. Foi contratado para renovar o time, mas depois de quase dois anos de preparação ainda não temos nem um esboço de um time! E na partida contra a Bósnia, o Mano insiste teimosamente com o decadente Ronaldinho Gaucho, preterindo o Ganso como titular. E para piorar, escala três volantes como se um empate fosse um resultado bom! Mais uma vez nesta era Mano vimos um futebol brasileiro acovardado, e sem criatividade. Ou seja, medíocre! E com toda sinceridade esta vitória de 2X1 sobre a Bósnia foi injusta... E com essas e outras, o Brasil vai se aproximando da Copa de 2014 mais para ser coadjuvante do que protagonista! Que pena...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

_____

VIRANDO A CASACA

Agora entendo por que tem brasileiros torcendo por outras seleções, principalmente pela argentina.

Marcelo Stoppa Gomide stoppagomide@gmail.com

Uberlândia (MG)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.