Cartas - 04/02/2012

STF X CNJ 

O Estado de S.Paulo

04 Fevereiro 2012 | 03h04

Placar da democracia

Soberania da igualdade de direitos 6 x 5 protecionismo com risco de impunidade. Parabéns, Brasil!

LUIZ NUSBAUM

lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

_______

 

Prevaleceu o bom senso

Apesar da votação apertada, 6 x 5, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve o poder do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para investigar magistrados sob suspeita. Prevaleceu o bom senso, pois o CNJ foi criado para dar transparência e trazer luz a todos os casos, sem exceção. Triste é ver que o corporativismo tão criticado nos Poderes Legislativo e Executivo pode ter contaminado as estruturas do Judiciário, Casa que deveria ser a guardiã dos direitos de todos os cidadãos. O maior teste do STF ainda está por vir, será o dia do julgamento do mensalão. Aí, sim, veremos de que lado está a Justiça.

IZABEL AVALLONE

izabelavallone@gmail.com

São Paulo

 

_______

 

 

A grande vencedora

O CNJ deve, sim, ter o poder de abrir processos contra magistrados, tamanho é o escândalo estampado nos jornais. Ora, corregedores dos tribunais sempre fizeram vista grossa aos malfeitos dos togados. Nesse episódio, a grande vencedora é a ministra Eliana Calmon, que deveria estar no lugar de alguma Luluzinha do governo de Dilma Rousseff. É só o Tinhoso piscar os olhos e alguma coisa boa acontece.

JAIR GOMES COELHO

jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

 

_______

 

 

Fim das trevas

Acabou a novela e entre mortos e feridos Eliana Calmon saiu ilesa e muito mais forte em sua saga de investigar a magistratura. O CNJ, de cuja existência poucos sabiam antes desse evento, hoje, e graças às lambanças de alguns ministros do Supremo que deram liminares para calar a corregedora, é reconhecido e o País o aplaude, pela sua importância moralizadora. Louve-se desde o início o apoio implacável de Gilmar Mendes e também da estreante ministra Rosa Weber. Lógico que 6 x 5 é um placar de insatisfeitos. Mas a partir de agora não tem chororô: o CNJ, se havia alguma dúvida, tem plenos poderes de abrir processos contra juízes que praticam ilícitos ou que gostam também de estranhos privilégios...

PAULO PANOSSIAN

paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

 

_______

 

 

 

Justiça e moral

Rosa Weber escolhida ministra do STF, a mídia disse que ela entendia muito de Direito Trabalhista, mas verificamos que também entende muito de moral. Parabéns à ministra e aos que asseguraram poder ao CNJ. Ainda podemos ter esperança neste Brasil.

ROBERTO BANHARA D. CARDOSO

rbdc@terra.com.br

São Paulo

 

_______

 

 

 

GREVE DE POLICIAIS

Na Bahia

Sindicalistas e PT fizeram esse mal à população até chegarem ao poder. Agora, por pura incompetência, estão enfrentando o monstro que criaram. E o povo sempre sofre as consequências.

NELSON PEREIRA BIZERRA

nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

 

_______

 

 

Andar de baixo

Lojas são arrombadas durante a madrugada, diz a polícia em Salvador. Saiu nos jornais! Taí o país que empresta dinheiro, faz agrado de rodízio aos partidos políticos (campeão mundial de troca de ministros), sexta economia do mundo, bola da vez e outras coisinhas! Presidente Dilma, dá uma olhadinha aqui embaixo!

MAURICIO VILLELA

mauricio@dialdata.com.br

São Paulo

 

_______

 

 

 

ANDA O PINHEIRINHO

Estado de Direito

Perfeita a opinião de José Nêumanne (Civilização e barbárie na ocupação do Pinheirinho, 1.º/2, A2). O expediente de que se valem esses "bandos" orquestrados por quem vive da exploração do flagelo social é velho, conhecido e pernicioso. Arrebatam a posse alheia, loteiam o terreno para assentamento de casas rudimentares, socorrem-se de vereadores de momento em busca de serviços públicos (iluminação, transporte, etc.), como se isso bastasse para justificar sua permanência... Ora, um erro (leniência e conveniência das autoridades) não pode justificar outro (negar o direito à propriedade, alçado ao patamar constitucional). Só mesmo no mundo do faz de conta onde nossos políticos vivem, e do qual sobrevivem, se poderia chancelar a pueril crítica ao cumprimento de uma decisão judicial. O que se espera é o cumprimento das nossas leis, ainda que para tanto a paz deva ser molestada! Deixada a lei de ser aplicada, estaremos caminhando para aquelas noites sem lua em que aqui não existiu Estado Democrático de Direito.

GUILHERME ASTA LOPES

guilherme@asta.adv.br

São Paulo

 

_______

 

 

Civilização e barbárie...

Lúcido, corajoso e inteligente o artigo de José Nêumanne a respeito da ocupação do Pinheirinho. Não há nada mais a ser dito. Isso sem falar no uso impecável da nossa maltratada língua nesse texto. Mas ano de eleição é isso, estamos acostumados. Da mesma forma deveríamos estar acostumados com a paixão desenfreada que nossos governantes - os quais preferem "perder o pelo, mas não perdem o vício" - nutrem pela pequena e insignificante ilhota do Caribe. O valor simbólico que ela enseja nos corações e mentes desses tardo-românticos esquerdofrênicos os faz esquecer a diferença entre "civilização e barbárie", tema tão bem explicitado pelo nosso talentoso escritor/articulista.

MARIA LUIZA FEITOSA DE SOUZA

souzamlu@uol.com.br

São Paulo

 

_______

 

 

Antolhos

Desocupação de terras da União com destruição de 450 casas, em Brasília, sob forte esquema de policiais e de outros "repressores", debaixo do nariz do governo, não é barbárie? Como fiel petista, Dilma só vê o que lhe interessa.

LEILA E. LEITÃO

Itanhaém

 

 

_______

 

 

 

CONQUISTAS SOCIAIS

FGTS

O PDT, em sua propaganda de 2/2 na TV, citou criações que favoreceram os trabalhadores. Deu crédito a Getúlio Vargas pelo fundo de garantia. Suponho que seja o FGTS, criado pelos governos militares em 1966. Desconhecimento ou mentira intencional?

MARIO HELVIO MIOTTO

mhmiotto@ig.com.br

Piracicaba

 

 

_______

 

 

"Para a infelicidade de Calandra & Cia., ainda há juízes em Brasília..."

ARI CESAR PORTILHO / BELO HORIZONTE, SOBRE A DECISÃO DO STF A RESPEITO DO CNJ

ariportilho@yahoo.com.br

"Parabéns, ministra Eliana Calmon, a senhora e a Justiça venceram. Já tenho candidata para as eleições presidenciais de 2014. Após 13 anos voltarei a votar!"

HUMBERTO DE LUNA FREIRE FILHO / SÃO PAULO, IDEM

hlffilho@gmail.com

 

_______

 

 

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TEMA DO DIA

Kassab silencia PT com afago a Lula

Depois da cessão de terreno para instituto, vereadores petistas amenizam críticas ao prefeito

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.805

"Ele pretende ser governador, mas será que queremos um governador tão volúvel como ele se mostra politicamente?"

SERGIO LOPES

"São dirigentes políticos profissionais. Sabem como repartir entre si para manter os privilégios."

JOÃO CARLOS BOTELHO

"O que os políticos não fazem para se manter ou conquistar mais poder."

ROBERTO TEIXEIRA DA SILVA

 

 

 

_______

 

 

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

GILBERTO KASSAB E O INSTITUTO LULA

Pode ser legal, mas é imoral o fato de Gilberto Kassab, sem consultar a sociedade, decidir enviar um projeto de lei à Câmara Municipal prevendo a cessão de uma área da Prefeitura ao Instituto Lula, que também abrigará o Memorial da Democracia, bem no centro de São Paulo definido como Nova Luz. E Kassab faz de conta que em troca dessa adulação ele só exige que o memorial seja aberto à população com acesso gratuito aos estudantes da rede pública (da privada não), quando estamos fartos de saber que o que ele almeja é alavancar ainda mais o seu recém criado PSD. Pergunto: por que nós, paulistanos, temos de aceitar que o Instituto Lula seja feito com o nosso dinheiro? Isso não é prioritário para nossa cidade. Ademais, o dinheiro que Kassab quer investir neste projeto pessoal de Lula/PT poderia muito bem ser usado para construir diversas clínicas de recuperação para os viciados do crack. Eu, como cidadã paulistana, me arrepio com todo este rapapé de Kassab para com Lula justo num ano eleitoral. O projeto Nova Luz está parado por decisão judicial (a pedido daqueles que não suportam ver o centro velho de São Paulo renovado por outros que não eles) sob alegação de que faltou participação popular neste processo. Entretanto, esses "reclamões" serão os primeiros a fazer cair por terra esta imposição judicial, se Kassab fizer sair do papel o projeto do Instituto Lula. Mas o povo também não foi ouvido neste caso, visto que Kassab tomou essa decisão por si... Eu me levanto contra ela, eu não estou de acordo com ajudar a pagar um Instituto Lula porque nunca votei nem votarei nele, nem nunca estive de acordo com sua maneira de ser nem de governar. Como eu disse: pode ser até legal, mas é imoral investir nesse projeto pessoal de Lula, que só alimenta sua egolatria. E de Kassab nunca mais quero saber...

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

_______

 

GLORIFICAÇÃO

Primeiro foi a Roseana Sarney que destinou dinheiro público para a Fundação Sarney, estatizando a mesma. Agora, vem o Gilberto Kassab doar terreno público para a implantação do Instituto Lula. Assim, de assalto em assalto aos cofres públicos, vai o Brasil promovendo a glorificação desses dois personagens polêmicos, Sarney e Lula, ao mesmo tempo em que patrocina o mascaramento do registro do que de mais podre aconteceu na nossa política, desde a nossa descoberta em 1500.

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

 

_______

 

PLÁGIO

Dando prosseguimento à estratégia de nivelamento por baixo vigente na atual conjuntura governamental, a cidade de São Paulo, agora, imita o Maranhão e cede recursos públicos ao instituto de um ex(?)-presidente. Não sei o que me espanta mais: a audácia do Kassab em ceder o terreno, ou a cara de pau do Lulla de aceitar essa barbaridade.

Angela Caracik angelacaracik@terra.com.br

São Paulo

_______

 

MEMORIAL 'LULLA'

Prefeito, o que o Sr. Lulla fez por São Paulo para merecer essa homenagem? Só para citar um ministério, vamos lembrar que para prevenção contra as enchentes aquele ministro da Bahia destinou 60% das verbas para o seu Estado e 3% para São Paulo. O atual ministro, também do Lulla, destinou 90% das verbas para seu Estado, Pernambuco, enquanto aos outros Estados restaram as migalhas, inclusive nosso Estado. Sr. Kassab, me sinto uma verdadeira anta ao ter destinado meu voto ao senhor. Fiquei desmoralizado com minha família quando meu filho falou "pai, foi você que nos convenceu a votar nesse homem".

Wilson Lino wiolino@yahoo.com.br

São Paulo

_______

HOMENAGEM À CRACOLÂNDIA

O prefeito Kassab está de parabéns e mostra a sua visão como político. Ninguém imaginou antes que o melhor lugar do mundo para imortalizar o governo Lula seria na cracolândia . Verdadeiro lugar de droga.

Antonio Favano Neto a.favano.nico@uol.com.br

São Paulo

_______

LULA NA CRACOLÂNDIA

Apoio ao Kassab nessa sua doação de uma área do município na "cracolândia" para o Lula instalar ali seu memorial, afinal, uma droga a mais não fará diferença...

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

_______

TOMA-LÁ, DÁ-CÁ?

Kassab vai ceder área pública na Nova Luz para Instituto Lula: isso faz lembrar Maluf que presenteou jogadores de futebol com automóveis pagos pela prefeitura e que teve que repor os valores aos cofres públicos. Os dois terrenos pertencem à Kassab? Os terrenos em apreço foram desapropriados por que e para que? Kassab quer comprar o apoio de Lula para as eleições? Ou, Kassab quer comprar o apoio de Lula para a famigerada concessão urbanística da Nova Luz? Lula, que tem sido ovacionado no mundo inteiro, está à venda? A opinião dos Vereadores do PT todos contrários ao projeto Nova Luz está à venda?

Suely Mandelbaum, urbanista suely.m@terra.com.br

São Paulo

_______

CINEMASCOPE

O projeto do "Memorial da Democracia" lullopetista pode até ganhar um "Oscar". De preferência, um "niemeyer", prá variar.

A.Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

_______

PROCON DOS POLÍTICOS

Brasileiros que somos, temos a obrigatoriedade do voto. Pois acho que deveria também que haver o Procon dos Políticos, ou seja, o eleito não cumpre o mandato como deve, que seja destituído. Votei no sr. Kassab para prefeito; primeiramente porque não poderia ver Dona Marta no cargo outra vez e segundo porque José Serra o indicou. Mas esse senhor não quer saber de trabalho,tanto que está sendo eleito o "Pior Prefeito" de São Paulo. Ficou articulando a criação do seu Partido de Balcão, fez doação de dinheiro público para a construção de estádio particular e agora vai doar terreno para o Instituto Lula!? Em que esse instituto beneficiará o paulistano? Nesse local não poderia ser projetada uma obra para atender a população ou os viciados do crack? Como pode um sujeito ser tão inconveniente dessa maneira?

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

_______

ATÉ OUTUBRO, KASSAB!

Prezado Senhor Gilberto Kassab, nós, paulistanos, talvez o senhor não saiba, não votamos no PT. Pegue as planilhas e veja o que aconteceu nas últimas eleições. Bem público paulistano deve ter serventia mais digna do que essa doação fora de propósito. Em outubro o senhor terá plena noção da sua atitude. Forte abraço e até lá.

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

_______

CRIMINOSOS

É uma vergonha o que se faz com o patrimônio público para agradar determinados grupos políticos. Não há nada mais espúrio do que Kassab pretender dar área da Prefeitura, no centro da cidade, local mais valorizado, ao Instituto Lula. Qual a justificativa para tal projeto? O que isso irá trazer de benefício ao povo e para São Paulo? Com todo respeito, se os senhores vereadores aprovarem tal projeto devem ser responsabilizados criminalmente por tal ato.

Claudio Mazetto cmazetto@ig.com.br

São Paulo

_______

O QUE VEM POR AÍ EM SÃO PAULO

Já se notou que a campanha eleitoral para a prefeitura de São Paulo começou há muito. Lula foi ao Planalto para homenagear seu escolhido quando este se retirou do ministério da Educação e todos os jornais noticiaram à vontade como se fosse uma notícia importantíssima. Quando houve a reintegração de posse da área do Pinheirinho em São José dos Campos uma grande mobilização da esquerda aconteceu. Aí as mentiras se espalharam e até mortes foram noticiadas. A notícia mentirosa correu o mundo numa fração de segundo, sabendo-se depois que tudo era pura invenção.

Agora vemos a informação de que o PT oficialmente vai explorar a ação e novamente sabe-se que será uma grande exploração. O que os petistas não falam é que reintegrações de posse acontecem pelo Brasil todo muitas vezes. Recentemente ( julho de 2011 ) o governo petista do Acre, obedecendo a uma ordem judicial, executou uma reintegração de um terreno particular que fora invadido, expulsou famílias, houve maus tratos desencadeando até um aborto provocado, segundo relatos, por um chute de um policial na barriga de uma mulher. Alguém aqui foi informado ? Os órgãos de notícias disseram alguma coisa, a notícia correu o mundo? A polícia do governo petista foi acusada de alguma coisa, houve protestos por todo país? Outra: a PM baiana cegou um estudante que participava de uma manifestação. Os petistas protestaram contra a violência da PM baiana? Claro está que o governo tucano paulista será alvo dos mais infames ataques de agora em diante, tudo para eleger um incompetente e desconhecido ex ministro que passou incógnito no último domingo numa famosa pizzaria da cidade, no horário mais concorrido. Ninguém, nem mesmo o garçom que o atendeu sabia quem ele era.

Maria Tereza Murray terezamurray@hotmail.com

São Paulo

_______

IDEOLOGIA OU GANÂNCIA

Assim se pronunciou o presidente do diretório estadual do PT, deputado Edinho Silva: "Se quisermos apresentar um projeto com condições de vitória nós temos de ampliar o campo político no Estado". Quem te viu, quem te vê. Mudou o PT ou mudaram os outros? Do discurso pela ética, contra a corrupção e fisiologismo sobrou tão somente o desejo do poder pelo poder, não importando os meios, mas apenas os fins.

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

______

ACERTANDO AS CONTAS

Em entrevista ao Estadão (3/2), o vice-governador Guilherme Afif Domingos (PSD) declarou que seu partido negocia aliança com o PT. "Temos crédito bastante alto nesta relação. Está na horta de quitÁ-lo. Para gerar mais crédito", afirmou. Nunca vi quitar um crédito.

Cláudio Moschella arquiteto@claudiomoschella.net

São Paulo

_______

O CARREIRISTA

Finalmente o prefeito Kassab mostrou a que veio. Segundo informou o Estadão, descartou o PSDB e sugeriu aliança ao PT. Ou seja, as lideranças trapalhonas do PSDB, deram asas ao prefeito, na voz de José Serra. Depois o alcaide fundou o PDS e os tucanos se aliaram em São Paulo ao PP, pela s mãos do governador Geraldo Alckmin. Tradicional adversário do PSDB, que lidera há anos o Estado de São Paulo e a prefeitura da capital, não dá para entender essa aliança, a não ser como mais um furo n água. Nas eleições presidenciais cometeram uma injustiça e uma estupidez política, relegando ao ostracismo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso responsável, com sua equipe pela normalização da economia do Brasil através do Plano Real. O candidato Serra chegou ao cúmulo de divulgar fotos dele com o presidente Lula, ganhando o título da alcunha de candidato genérico. Foi uma campanha tão desastrada que depois dela em diante o partido passou a desmilinguir-se. Por seu lado o prefeito criou um partido que não é de Esquerda, nem de Direita e nem de Centro, e completaria eu, muito pelo contrário. Também baliza a sua administração não para atender os anseios da população, mas sim a dos grupos econômicos que o apoiam. Daí a alienação de tantas áreas valorizadas de propriedade do município, que a curto ou médio prazo farão falta para atender a população, como por exemplo, para a criação de parques públicos, para começar a diminuir o déficit de áreas verdes no município. Hoje a manchete do Caderno Metrópole trata da piora do transporte público em São Paulo, aliás, uma situação antevista há muito tempo por urbanistas e mesmo por muitos de nós, leitores do jornal. Sim, porque a cada estação do Metrô inaugurada, cria-se um terminal de ônibus e uma quantidade acima do normal, despejam seus passageiros nas estações dos trens metropolitanos. A Companhia do Metropolitano por sua vez não consegue aumentar a oferta de linhas, ao ritmo do crescimento da demanda e é assim que o povo passa a ser transportado em condições como a estampada na edição de 1/2 do Estadão. Enfim o prefeito é um político carreirista que só visa alcançar cargos públicos cada vez mais elevados na política nacional.

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

_______

NUNCA MAIS

Só custou uma chuvarada pro Kassab se revelar como o maior vira casacas de São Paulo. Paulistanos indignados pela enganação prometemos, aqui, Kassab nunca mais!

Leila E. Leitão

São Paulo

_______

ARITMÉTICA POLÍTICA

Certamente, esta questão não caiu no Enem. Se a aliança do PSD de Kassab - administração péssima - está confirmada com o PT - administração sofrível - prova-se que menos com menos dá muito, mas muito menos. Com isso, a oposição está sendo ajudada na prova e não percebe que pode passar com mérito. Ou ficar no cantinho da sala, de castigo, com as orelhas de burro.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

_______

SEM PRÉVIAS

É bem provável que possa dar "xabu" e ocasionar um estremecimento entre o Lula e a Marta Suplicy para um acordo com a finalidade que ela venha de fato apoiar e participar da campanha do candidato do "cara", o Fernando Haddad, à Prefeitura de São Paulo. Porque, na cabeça dela está a certeza de que venceria pelo PT, se fossem efetuadas as prévias.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_______

VAI FICAR SÓ NA DEMISSÃO?

Mais um ministro demitido e assim Dilma vai esvaziando o "saco de gatos" que Lula deixou e que muitos costumam chamar de Ministério. O duro disto é ler que a Presidenta precisou acertar com os partidos a demissão de um funcionário suspeito de fraudes e incompetente até para gastar verbas que estavam disponibilizadas ao seu Ministério. Enquanto a presidente for refém dos partidos políticos teremos estas aberrações. Ministros indicados para setores em que nunca atuaram, nada entendem e nada querem fazer, a não ser "meter a mão" e usarem as verbas em favor de seus partidos. Enquanto isto, milhões vão sumindo pelos ralos, como os 4 bilhões do Esporte, sem que ninguém devolva um tostão e nem passe um dia se quer na prisão. E a sociedade toda está aceitando passivamente, como se fora pura normalidade. Se deixo de pagar meu Imposto de Renda serei caçado pelos órgãos públicos. Se deixo de recolher o INSS perderei meu direito à aposentadoria. Se deixo de pagar meu IPVA terei meu carro retido. Se deixo de pagar meu IPTU terei meu nome inscrito na Dívida Ativa. Se roubo algum dinheiro da empresa onde trabalho vou para a cadeia. Tudo certo, tudo de acordo com a Lei. Mas que diabo de Lei é esta que não se aplica à políticos e "autoridades". Que Justiça é a nossa que não corta na própria carne, quando fazem farra no "churrasco" recebendo milhões às escondidas? Dona Dilma, a senhora tem a grande chance de ser diferente. Não permita que tudo se acaba apenas em demissões.

Odair Picciolli odairpicciolli@moradadoscolibris.com.br

Extrema (MG)

_______

FIGURA DECORATIVA

Se o novo ministro das Cidades tem pendências e contas a ajustar, conforme noticiado, por que nomeá-lo? É, parece que Dilma-presidente não manda nada mesmo, é apenas uma figura decorativa. Fico pensando nas damas de ferro que já governaram outros países e me sinto cético com relação a nosso país, pelo menos enquanto durar essa fraude de governo.

Alvaro Salvi alvarosalvi@gmail.com

Santo André

_______

VERGONHA

E o novo ministro das Cidades já assume tendo que se defender de acusações de improbidade administrativa. De que adianta a troca? Este país é uma vergonha. E o povo assiste a tudo isso passivamente.

Panayotis Poulis ppoulis46@gmail.com

Rio de Janeiro

_______

PRÓXIMO

Em apenas 12 meses de governo Dilma, oito ministros já pegaram seus bonés e zarparam. Só resta saber qual será o próximo.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

_______

FAXINA

Como a "presidenta " está muito lenta para realizar e terminar a fatídica faxina (a troca dos ministros) acredito que só então começará o governo do poste.

Carlos Roberto Gomes Fernandes crgfernandes@uol.com.br

Ourinhos

_______

CORTAR NA PRÓPRIA CARNE

Muito grave as denúncias contra o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sobre a demissão do ex-presidente da Casa da Moeda Luiz Felipe Denucci acusado de lavagem de dinheiro, por receber propina de fornecedores, enriquecimento ilícito etc. Sem contar que a Justiça já vinha investigando Denucci desde 2008, quando foi nomeado para o cargo. O pai da indicação, Guido Mantega precisa vir a público e se explicar. Contando só mentiras é possível dizer a verdade. Apesar dos partidos estarem comedidos quanto a convocar o ministro, e os meios de comunicação sofrerem pressão do governo para ficarem calados, vamos confiar que nem todos se vendem e que ainda temos os guardiões da ética e da transparência, a imprensa, último baluarte que resta ao cidadão. Sem dúvida, a sociedade vai cobrar da presidente Dilma maior rigor nas investigações e punição doa a quem doer. E ai presidente Dilma vai cortar na própria carne ou vai sangrar seu ministro até a morte? Trocar ministros por incompetência é aceitável, mas engoli-los acusados de corrupção é demais!

Izabel Avallone izabelavallone@gmail.com

São Paulo

_______

GUIDO MANTEGA

O que menos importa agora é saber se a indicação de Luiz Felipe Denucci foi do PTB, ou do próprio Mantega. O que o Brasil quer saber é por que, após ter recebido denúncias do envolvimento do seu subordinado com corrupção, em agosto do ano passado, Mantega só decidiu agir agora, após o assunto ter chegado aos jornais.

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

_______

A CRISE DO SISTEMA HABITACIONAL

A Controladoria-Geral da União (CGU) informa que 74% dos investimentos destinados à construção de moradias populares não se concretizam ou atrasam muito, mas mesmo assim fazem parte da "produção" habitacional que os políticos governamentais usam, especialmente em campanha eleitoral. (Estado 30/1) O programa Minha Casa Minha Vida está emperrado e deixa de atender principalmente os trabalhadores de baixa renda. O subsídio é o único meio para garantir a moradia própria à família de baixa renda. E os governos sabem disso. É preciso facilitar o acesso ao realmente necessitado e, na outra ponta do processo, impedir que ele venda ou alugue o imóvel conseguido por meio social. Há que se colocar na sua cabeça que dificilmente encontrará outro lugar melhor para abrigar sua família. Se mesmo assim desejar sair, que abra mão do benefício em favor de outro necessitado. Os governos federal, estaduais e municipais precisam se apressar com a definição de programas habitacionais mais executáveis. Ou, então, terão de continuar convivendo infinitamente com coisas como o Pinheirinho, as moradias nas encostas, os alagadiços e outros pontos insalubres de se morar.

Dirceu Cardoso Gonçalves aspomilpm@terra.com.br

São Paulo

_______

STF MANTÉM PODER DO CNJ

Seis ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) estão de parabéns - e cinco, não, na minha opinião - pela decisão de não blindar componentes do Judiciário, que julgam mas não querem ser julgados quando cometem atos aéticos. Como leigo, acho estranho que no STF haja decisões diferentes quando às leis e os autos são os mesmos. Visando a agilidade no Judiciário, faço uma oportuna sugestão: como já leram os autos, conhecem as leis e têm sua decisão tomada quanto à sentença, dar direito de só ter 3 minutos para lê-la. Isso evitaria que processos levem 10, 20 anos a ter sua sentença definitiva.

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

_______

AGONIA

Que agonia eu sinto vendo o nosso Supremo Tribunal Federal (STF) perdendo dias para julgar se é correto ou não o julgamento dos magistrados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ)! Que barbaridade tal tema ser colocado no Supremo! Tantos processos importantes para ser julgados, estão engavetados na espera da prescrição... O dos mensaleiros é um. Para ser julgado está sendo um dilema. Como conseguir livrar os amigos desse imbróglio? Afinal de contas, o STF está para fazer justiça ou defender os amigos?

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

_______

JABOR FANTÁSTICO

Arnaldo Jabor estava iluminado quando escreveu sua crônica Os canalhas nos ensinam mais (31/1). Trechos para os brasileiros meditarem: "a herança maldita da política de sujas alianças que Lula nos deixou criou uma maré vermelha de horrores. Qualquer gaveta que se abra, qualquer tampa de lata de lixo levantada faz saltar um novo escândalo da pesada". "Canalhas se escandalizam se um técnico foi indicado para um cargo técnico". "Vivemos nossa diplomação na cultura da sacanagem". Lula com seu discurso perfumado (lembra o Cantiflas, artista mexicano) cheio de sofismas e metáforas iludiu nosso povo no segmento Honestidade. Ele fez coisas muito boas para o povo, mas ao dar cobertura aos "cumpanheiros" foi um desastre para o crescimento ético do brasileiro. Não votei na presidente Dilma, mas quero cumprimentá-la por estar pondo a mão num antigo câncer moral que prejudica muito a nossa ética. Presidenta: se os nossos Tribunais de Justiça ajudarem a acabar com o corporativismo entre seus membros e a senhora continuar eliminando os maus servidores nos diversos escalões do Governo, caminharemos para melhores dias amanhã, com certeza. P.S.: Desculpe, presidenta, mas a senhora "amarelou" em Cuba.

Roberto Soares Hungria cardosohungria@gmail.com

Itapetininga

_______

CANALHAS

Parabéns ao Estadão e a Jabor. O jornal sempre esteve na linha de frente, na defesa da democracia, da lei, da ordem, do Brasil e seus jornalistas e articulistas, são provas constantes, como Arnaldo Jabor. Parabéns pelo grito de alerta, desde que os canalhas dominam o País.

Walter Gastaldi waltergastaldi11@hotmail.com

Londrina (PR)

_______

FRUSTRAÇÃO

Guardada as devidas proporções, os dissidentes cubanos de hoje nada mais são que os dissidentes brasileiros de ontem que combateram o regime militar. Entre eles, como se sabe, a própria presidente Dilma Rousseff. Daí a frustração geral perante o seu silêncio, a não ser que a história de ontem esteja mal contada. Temos motivos para duvidar.

José Carlos Degaspare degaspare@uol.com.br

São Paulo

_______

O POVO BRASILEIRO AGRADECERIA

E que tal se, ao invés de financiamento aos cubanos, o BNDES concedesse a mesma grana para obras de recuperação de Friburgo, Teresópolis e Petrópolis, que estão do mesmo jeito, abandonadas na lama, desde os desmoronamentos e enchentes de 2011? O povo brasileiro agradeceria.

Sergio Lopes blackfeet@uol.com.br

São Paulo

_______

MARIAS QUE VÃO COM AS OUTRAS

É difícil ser lulopetista! O petismo se jactava ser o grande defensor da moralidade pública, hoje está envolvido em todo tipo de corrupção - sete ministros afastados do governo! Ninguém poderia exigir da presidente Dilma que se referisse aos infelizes que morreram nos calabouços daquela ditadura, mas ir a Cuba e sequer receber um único representante daqueles que ela própria foi, uma dissidente, é o cúmulo da desfaçatez! Os lulopetistas deliberadamente aceitaram uma viseira, aquela parte do arreio que os burros levam na cabeça e faz com que não vejam o que está acontecendo! Foram transformados em massas de manobras, perderam suas personalidades, viraram Marias que vão com as outras!

Eugênio José Alati eugeniojosealati@yahoo.com.br

Campinas

_______

DECEPÇÃO

A atitude da presidente Dilma em Cuba, ao ignorar o grave problema dos direitos humanos no trato com os opositores do regime, não me surpreende absolutamente, pois o PT e seu criador só "vêem" o defeito quando ele esta nos "outros" e lhes convém.

Para uma presidente, ex-revolucionária, que foi presa e torturada na ditadura por seus atos e opiniões, o mínimo que se esperava era solidariedade com os cubanos que sofrem na ditadura castrista por crimes de opinião e não a tentativa de relativizar a questão dos direitos humanos como se fosse aceitável a sua inexistência por questões de ideologia!

Ana Maria Carmelini carmelini.ana@terra.com.br

São Paulo

______

MAMÃE NOEL NA ILHA

Dilma deveria ter chegado na ilha de Cuba num trenó puxado por quatro petistas, porque não foi nada mais do que uma Mamãe Noel para os encarquilhados Castro, donatários da ilha. O Brasil vai abrir um crédito de US$ 350 milhões para financiar a compra de alimentos através do Programa de Financiamento à Exportação (Proex), sendo parte de US$ 523 milhões que a presidente trouxe no seu ''trenó''. Dilma se preocupa com o bloqueio econômico imposto pelos Estados Unidos e, por isso, abriu outra linha de crédito de US$ 200 milhões através da Câmara de Comércio Exterior (Camex). Para o programa Mais Alimentos, dos quais já foram liberados US$70 milhões, sem contar a última parcela do financiamento do Porto de Mariel. O ''trenó''de Dilma descarregou um ervanário de US$ 1,37 bilhão. Comunista também é gente. Vá lá. Ocorre que os hospitais são uma calamidade pública; a escalada das drogas assusta; os bandidos estão como ''pinto no lixo''; os níveis educacionais regridem a despeito da propaganda do governo; instalou-se em Pindorama a República Ratatolândia, onde o roubo é regra. Por que os comparsas comunistas de Cuba não socorrem os Castro que insistem num regime que está provado a sua falência ? O Brasil está sendo desgovernado por uma malta que só faz se locupletar. Oposição Curupira, FA sucateada e algemada; povo ignaro manietado por uma profusão de bolsas clientelistas. Plagiando o Chapolim Colorado:''

Quem poderá nos salvar''?

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

______

PONTOS

D. Dilma perdeu um monte deles em Cuba...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_______

DIREITOS HUMANOS

Quem somos nós, e qual o interesse nacional para dar financiamento superior a um bilhão de reais, a um país dirigido por comunistas que, por décadas se beneficiam do sacrifício de um povo pacífico e que ainda não deve ter qualquer direito a coisa alguma. Só comparando, este dinheiro aliviaria bastante, as dores e problemas de boa parte dos flagelados das serras do Rio de Janeiro, sem falar em hospitais, melhores condições a bombeiros e policiais, professores, aperfeiçoar o ensino. Mas não. Nossa presidente imita a ajuda da antiga União Soviética, preferindo beijar as mãos de seus ícones decadentes , ignorar dissidentes , e ainda , com aquela corroída aversão pelos Estados Unidos, menciona Direitos Humanos em Guantánamo, prisão com algumas dezenas de terroristas e assassinos, quando cerca de 10 milhões de cubanos se encontram presos nas próprias casas, dentro do próprio país. É muita hipocrisia para os 23% de brasileiros não ignorantes, que ainda resistem!

Claudio O. Brandileone cbrandileone8424@globo.com

Rio de Janeiro

_______

DIA INFELIZ

A presidente Dilma em sua visita a Cuba, pressionada disse que, "direitos humanos não pode ser arma política", e para piorar alfinetou, "quem atira a primeira pedra tem telhado de vidro". À presidente melhor seria o silêncio! Falou, falou e não disse nada! Dilma, surpreende e ressuscita os discursos enfadonhos de Lula... Lamentável! Porque, direitos humanos é sim um tema político dos mais importantes. E sendo Cuba um país que mais desrespeita esta ordem contra seus próprios filhos, a Dilma mais uma vez, e em nome do PT fica de cócoras para este regime totalitário e cruel... A presidente certamente não está representando o pensamento do povo brasileiro... Mas, nos indigna! Que pena que neste evento na terra de Fidel, estivessem ausentes figuras muito queridas do petismo como Ahmadinejad, Bashar Assad da Síria, Chaves, e a turma das Farc...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

_______

DOM QUIXOTE MODERNO

Nossa aprendiz de política ou simplesmente a filha do feiticeiro, nas asas do aero Lula desembarca em havana para visitar seus padrinhos, nada menos que Don Quixote e sei irmão Sancho Pança, dos tempos modernos, que na falta de moinhos de vento, tem sua lança e escudo em direção a figura anti-americana como inimigo. Como se não bastasse foi criticar a falta dos direitos humanos na base de Guantánamo, pelos americanos. Oras esses dois trogloditas que a historia haverá de banir da face da terra no seu devido tempo, como foi banido aqueles que mandaram sacrificar cidadãos na gélida Sibéria. Esses excrementos, que se julgam heróis, deveriam ser coroado como reis dos desrespeitos do direitos humanos. é lógico! Vindo dessas figuras folclóricas tudo pode, com o alvará das nossas autoridades, com a bênção da pajelança petista.

Henoch Dias de Amorim henochamorim@globo.com

São Paulo

_______

VIAGENS

Após recarregar as pilhas com o guru Cubano e um pouco de woodoo Haitiano, agora vai...

Harry Rentel harry@citratus.com.br

Vinhedo

_______

YOANI SÁNCHEZ

A blogueira cubana Yoani Sánchez é tão 'prisioneira' que quando mais jovem saiu de Cuba e, entre idas e vindas, morou na Suíça por 2 anos e ela mesma resolveu voltar. Estranho não, esta "falta de liberdade"?

Judson Clayton Maciel judsonesporte@gmail.com

Rio de Janeiro

_______

INSS - PREVIDÊNCIA SOCIAL

Presidente Dilma diz que não é correto bloqueio econômico para um povo, vai abrir uma linha de crédito para compra de alimentos para Cuba (nada contra). A presidente diz que quer erradicar a pobreza, só que está jogando os velhos aposentados, nesse ritmo, diminuindo cada vez mais suas aposentadorias. Mas quando chega a vez dos aposentados que ganham acima de um salário mínimo, principalmente para aqueles que se aposentaram com quantidade de salário mínimo antes da nova constituição (out.88) e do plano real (01/07/94) salário mínimo R$ 64,79, salário de referência R$ 58,86 - diferença de 10,07%.Sugestão: por que não usar a diferença de menos 10,07% do salário mínimo atual de R$ 622,00 igual R$ 559,37, servindo esse valor para os aposentados que se aposentaram com quantidade de salário mínimo e desse modo, não perderiam parte do seus poderes aquisitivos.

Sergio Lopes P. de Mello slpmello@ig.com.br

São Paulo

______

'O ENTALO DA PETROBRÁS'

Quem lê o artigo O Entalo da Petrobrás de Rogério Werneck, publicado em 3 de fevereiro de 2012, fica com a impressão de que os fabricantes nacionais de equipamentos destinados à exploração e produção de petróleo são verdadeiros nababos, agraciados com "benesses" e se locupletando de uma "política de favorecimento" que ameaça até dilapidar os benefícios do pré-sal. Quem conhece o dia a dia da indústria brasileira (não só a de fabricantes destes equipamentos) sabe que a realidade é bem diferente. Os industriais que ainda não se converteram em importadores batalham diariamente contra um câmbio desfavorável, juros altos, legislação trabalhista arcaica e tributação pesada associada a um sistema arrecadatório de complexidade única no mundo. Flexibilizar as exigências de conteúdo nacional para fornecimento de equipamentos para exploração do pré-sal sem endereçar todos estes problemas será certamente mais um passo rumo à desindustrialização e à conversão do Brasil em país exportador de commodities. Restará então responder se a extração de minério de ferro e de petróleo juntamente com a agricultura serão suficientes para empregar toda a força de trabalho do país.

Eric Tedesco eric@metroval.com.br

Americana

_______

NÃO CHORES POR MIM, ARGENTINA!

Aí está a Argentina, colocando suas manguinhas de fora, dificultando, com bloqueios, as importações, e abrindo crédito para seus produtores venderem seus produtos, internamente e para o exterior! Que o Brasil faça o mesmo!Só não vê quem não quer: o Mercosul está para a economia da América do Sul, assim como o euro está para a economia europeia: ambos, ao despersonalizarem o mercado econômico e financeiro, permitindo manipulações politiqueiras - políticas jamais! -, reacendem o patriotismo anestesiado por ambos em nações que sempre tiveram personalidade e responsabilidade próprias e capazes de assumirem os prejuízos dos próprios erros, assim como os benefícios dos acertos! Roupa suja se lava em casa e não em lavanderias comuns! Ao mesmo tempo, já que roupa suja se lava em casa, fica a pergunta: porque os royalties do petróleo são tão maiores - mesmo que ainda injustos! - do que os ínfimos royalties das toneladas de minérios que "tiram" das montanhas mineiras,constituindo verdadeiras esmolas aos verdadeiros proprietários: os cidadãos das Alterosas?! Eu diria que, quanto ao Mercosul, o Brasil faz o papel da Alemanha com a confusão do euro, fazendo-me supor que tanto o Mercosul quanto o euro - e a União Europeia! -terão seus dias contados, à medida que o Brasil com o real, e a Alemanha, com o marco, e a França - com o franco -com a Inglaterra a tiracolo!, com a libra! - se retirem, e assim permitirão que países tradicionais como Uruguai, Argentina e Chile, de nosso lado sul-americano, e Portugal, Espanha, Itália e Grécia, do lado europeu, lavem suas próprias roupas em casa! O Brasil que vivemos, com sintomas de se tornar uma nação de Primeiro Mundo, com crescimento econômico próprio e aparecimento de uma classe C ambiciosa e se envolvendo com os direitos e deveres de uma nova classe média, com acesso aos bens de consumo, como casa própria e automóveis, lazeres, educação e saúde, devemos já nos colocar como nação líder e independente nessa América Latina, ainda envolvida pelos miasmas ideológicos de políticos arcaicos que ainda se baseiam em emblemas de personalidades tirânicas e incapazes de formular a verdadeira democracia! Como, para bom entendedor, meia palavra basta, deixo a critério de meus argutos leitores colocarem as carapuças naqueles que acharem "merecedores"!

Sagrado Lamir David david@powerline.com.br

Juiz de Fora (MG)

_______

BRASIL-MÉXICO E O ACORDO AUTOMOTIVO

Depois falamos mal das milongas burocráticas da Argentina! De fato, fomos mais fair, avisamos dentro das regras. Infelizmente - trata-se de verdade apodíctica - é impossível que todos os países tenham simultaneamente saldo positivo na balança comercial. É um fato: Doha a quem doer!

Alexandru Solomon Alex101243@gmail.com

São Paulo

_______

O BRASIL SOB FOGO NA OMC

Realmente preocupante a reação dos países que pressionam o Brasil para eliminar a discriminação contra veículos com menos de 65% de componentes nacionais. Pode ser que a solução tenha sido de aplicação rápida e relativamente simples, como também está sendo a resposta da China. Navios com mais de 300 mil toneladas não atracarão em seus portos. Atinge em cheio a Vale. Retaliação mais rápida acredito que seja impossível.

José Wilson Lopes jwlopes@uol.com.br

Garça

_______

ALTERNATIVA

Ao invés de o Brasil se fechar, que tal reduzir os impostos dos carros nacionais a "zero" e botar as montadoras para concorrer com elas próprias no exterior, inclusive em qualidade e modernidade? E fazer o mesmo com todos os produtos aqui produzidos? É um desafio sobrehumano para os "neguinhos do PT", que ainda estão dogmatizados com um Estado Deus, tão burro como os próprios neguinhos.

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

_______

CORRUPÇÃO E DESEMPREGO

O desemprego no Brasil atingiu 10,5% ou, 2,3 milhões de pessoas. Na zona do euro, em plena crise, está em 10,4%. Porque será que a presidente Dilma acha que "estamos com essa bola toda"? Porque não há manifestações nas ruas? Deveria haver sim, contra a corrupção que graça em todos os poderes. O desemprego poderia ser reduzido pois o "dinheiro" seria gasto em obras e novos investimentos, em vez de ir para o bolso dos políticos, juízes, funcionários...

Fabio Figueiredo fafig3@terra.com.br

São Paulo

_______

AMARELOU

A calada dona Dilma não foi a Davos porque amarelou. Preferiu, Porto Alegre, Havana e Porto Príncipe onde encontraria público bem menos exigente. Sem a impulsividade irresponsável do seu "padrinho", não quis repetir "abobrinhas" para um público composto de pessoas reconhecidamente de peso político e intelectual. Como escreveu o Rolf Kuntz (1/2), "a presidente Dilma Rousseff escolheu a obscuridade e a omissão". Fugiu da rinha para não enfrentar outros chefes de governos, ministros, presidentes de bancos centrais, dirigentes de instituições multilaterais e servidores de primeiro escalão. Pressentiu que era muita areia para o seu caminhãozinho.

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

_______

EUROPA

A situação econômica dos 17 países da zona do euro é preocupante.O desemprego atingiu 10,4% em 2011. Só na Espanha há 22,1% de desempregados! E Brasil continua crescendo economicamente. Dá lição para o mundo e continua recebendo imigrantes. Falta empregados . Graças a Deus.

Paulo Dias Neme profpauloneme@terra.com.br

São Paulo

_______

CORREÇÃO

No Fórum dos Leitores do portal estadão.com.br de quinta-feira (2/2/2012), a carta Cá e Lá, assinada por Delcio da Silva, é na verdade de autoria de Mara Montezuma Assaf. A carta segue reproduzida novamente: Aqui, no Brasil do PT, em novembro de 2011 a presidente Dilma sancionou a lei que instituiu a Comissão da Verdade. Para a presidente, que diz ter sido torturada durante o governo militar, a sanção dessa lei colocou o país num patamar em que o Estado deve subordinar-se aos direitos humanos, deixando claro, também, que tal lei garante o direito à memória, à verdade e à cidadania, não se tratando de uma revanche histórica. Tudo muito lindo! Lá na Cuba de Fidel Castro, a presidente Dilma evitou encontrar-se com representantes das famosas Damas de Branco, que lutam para conseguir a liberdade ou um mínimo de respeito para os prisioneiros políticos, que suportam estoicamente um tratamento tão desumano que chegam a morrer para que o povo cubano consiga recuperar sua liberdade de consciência. Dilma não só evitou encontrar-se com as dissidentes, como ainda ignorou o terror imposto pelo governo na ilha de Fidel, dizendo que "problemas de direitos humanos todos os países tem". Ah... é? Tanta complacência de Dilma para com o regime de Fidel faz com que fique desacreditada a sinceridade do PT na sua busca da verdade histórica em território brasileiro, ficando claro que o discurso petista nunca passou de um blá-blá-blá ideológico a disfarçar um mero e sedento desejo de vingança. Observação: Se a ditadura militar tivesse tratado os terroristas como Fidel trata os seus presos... nenhum político que hoje ocupa altos cargos neste governo teria sobrevivido para os usufruir, inclusive a presidente Dilma. Que sorte a dela...

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.