Cartas - 04/03/2011

INFLAÇÃO EM ALTA

, O Estado de S.Paulo

04 Abril 2011 | 00h00

Banco Central e juros

O monstro está ressuscitando! Que saudade de Henrique Meirelles... Foi muito criticado em sua gestão, mas nos oito anos do governo Lula, à frente do Banco Central, dominou o terrível monstro que os brasileiros bem conhecem. Talvez por questão de ego, o governo Dilma nunca se alinhou com a política de juros de Meirelles. Quem viver verá.

ANTONIO PEREIRA, contador

antoniopereira2003@yahoo.com.br

Londrina (PR)

___________

Receita

Para baixar preços e conter a inflação a receita é demitir o ministro da Fazenda, o gastador! Antes de conter o povo gastão, o governo precisa dar o exemplo e conter o "dono" do cofre!

BEATRIZ CAMPOS

beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

___________

Gastões

Palocci quer gastar com juro alto (os banqueiros nunca imaginaram que o PT seria o campeão dos juros altos), Mantega e Dilma querem gastar com juro baixo. Mas num ponto eles estão de acordo: todo mundo quer gastar.

LUIZ HENRIQUE PENCHIARI

luiz_penchiari@hotmail.com

Vinhedo

___________

MENSALÃO

Surpreendente

A Polícia Federal afirma que encontrou ligação do PT com o mensalão. Nooooossa, que surpresa! Jamais imaginei isso de Lula, Dirceu, Waldomiro, Delúbio...

ORIVALDO T. DE VASCONCELOS

prof.tenorio@uol.com.br

Monte Alto

___________

A "farsa"

A alegação de Lula de que o mensalão foi uma "farsa" fica insustentável diante do relatório com 332 páginas provando que houve corrupção e foi usado dinheiro público. Agora só falta a Procuradoria-Geral da União desmascarar o chefe da "quadrilha" - que todos sabemos quem é.

EDVALDO ANGELO MILANO

e_milano@msn.com

Limeira

___________

Veredicto

Caro ministro Joaquim Barbosa, está em suas mãos o processo do chamado mensalão. Não o deixe prescrever, faça seu julgamento com sua costumeira imparcialidade, mas faça. Não deixe passar batido. Muitos dos que estão sendo processados devem mesmo ser punidos, e sabemos que há provas suficientes. Acreditamos em seu senso de justiça, imparcialidade e caráter. Ficamos aguardando seu parecer e seu veredicto.

CARLOS E. BARROS RODRIGUES

carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

___________

Delenda mensaleiros

Tivesse incorporado o espírito de Rui Barbosa, o ministro Joaquim Barbosa, indignado com os atos praticados no mensalão, teria pronunciado uma "Oração aos Velhos", unindo-se a toda uma nação ansiosa por justiça. A vergonha de ser homem continuará a macular o espírito nacional, inconformado com o "triunfo das nulidades".

CAIO AUGUSTO BASTOS LUCCHESI

cblucchesi@yahoo.com.br

São Paulo

___________

AINDA A FICHA LIMPA

O ovo e a galinha

O artigo Ficha Limpa não pode ignorar a Constituição(30/3, A2) surpreendeu-nos pelas considerações ali registradas, tendo em vista seu autor. Nele José Nêumanne afirma que o alvo da mobilização festiva e efervescente deveria ser a impunidade generalizada, quando esta é resultado da omissão legislativa de nossos representantes, assim como o citado labirinto da Justiça. Nota-se que é uma situação semelhante à questão do ovo e da galinha. No caso, quem é o primeiro responsável: o Legislativo, na omissão, ou a Justiça, na ilação? Chamar o projeto Ficha Limpa de abaixo-assinado é acintoso com todos os signatários. Em verdade, é um projeto de lei emanado do povo, em face da recorrente omissão de nossos legisladores em tratar o assunto, perfeitamente em harmonia com o Estado de Direito. Concordamos que a mudança da fórmula de um campeonato futebolístico no meio da competição é inaceitável, mas, na verdade, antes de aceitar os times participantes, há pré-requisitos quanto aos que podem participar. E é isso que faz essa lei: cria regras para pretendentes que queiram postular uma candidatura. Em nenhum momento alterou o processo eleitoral, como diz em seu artigo. Por favor, Nêumanne, reavalie esse entendimento do assunto e volte aos belos e lúcidos artigos que sempre nos proporcionou.

HONYLDO R. PEREIRA PINTO

honyldo@temfoto.com.br

Ribeirão Preto

___________

Partidos e moralidade

Legalismo x anseio popular. A Justiça aprovando uma injustiça. Esclarecedor o artigo de José Nêumanne sobre a polêmica decisão do STF. A raiz do problema está realmente nos partidos políticos, que deveriam aprovar apenas candidaturas com ficha limpa; caso contrário, esses partidos deviam merecer a dúvida popular sobre a sua moralidade!

EDUARDO D. MAINZER

plmainzer@hotmail.com

São Paulo

___________

Passa-pé

O sr. José Nêumanne diz que "é definitivamente lamentável que a onda de indignação despertada na sociedade brasileira pela votação do STF que adiou a vigência da Lei da Ficha Limpa para a eleição de 2012 não passe de um tsunami cívico inócuo". Lamentável e inócuo é o seu artigo. O povo brasileiro levou um passa-pé do STF e, além de os corruptos comemorarem, ainda temos de ler opiniões como a dele.

AIRAM JAIR TEIXEIRA

airamjt@gmail.com

São Paulo

___________

Direitos e garantias

Nêumanne esclarece muita coisa. Como diz, "a causa não é sólida e a mobilização é festiva e efervescente". No intuito de tentar acabar com a corrupção, a maioria dos assinantes do projeto, e entre eles me incluo, esqueceu que quem faz as leis são aqueles cujos interesses na maioria das vezes são contrários à lei. O mais importante é preservarmos os direitos e garantias que a Constituição nos assegura. Não há quem não queira que a decência seja parâmetro da vida pública, mas ela deve ser alcançada de acordo com a Constituição, democraticamente votada. E não há democracia sem respeito às instituições.

MARIA TEREZA MURRAY

terezamurray@hotmail.com

São Paulo

___________

"O alto porcentual de satisfação na pesquisa se deve ao fato de terem tirado o bode da sala"

JOSÉ ROBERTO CICOLIM / CORDEIRÓPOLIS, SOBRE A APROVAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF

jrobcicolim@uol.com.br

"Agora é o palhaço que ri da plateia"

WALTER MENEZES / SÃO ROQUE, SOBRE O DEPUTADO TIRIRICA

wm-menezes@uol.com.br

"Qual a diferença entre Tiririca e os outros 512? Palhaços somos nós!"

PEDRO OCTAVIO BEGALLI / PEDREIRA, IDEM

begalli.pedro@hotmail.com

___________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.848

TEMA DO DIA

Tiririca já paga resort com dinheiro público

Deputado apresentou à Câmara pedido de reembolso de R$ 660 por hospedagem em Fortaleza

"Alguém esperava que ele fosse diferente dos demais? Quando a coisa é para o lado ruim, aprende-se num instante!"

ALZIRO RIBEIRO DA SILVA

"Parem de persegui-lo. Só porque ele foi eleito com milhões de votos. É discriminação!"

VANESSA PASCOVITH

"Acorda, meu povo! Votar por votar, votar por interesses, votar sem critérios, votar por protesto? Dá nisso."

LUIZ NICOLI

___________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

APROVAÇÃO DE DILMA

 

Foi a boa aprovação popular do ex-presidente Lula, que levou Dilma Rousseff ao Planalto. Os brasileiros votaram pela continuidade, mas, agora, parecem estar satisfeitos com a grande diferença nos modos de governar de Dilma e de seu antecessor. Diferente de Lula, nossa presidente não precisa se escorar num discurso populista e demagogo para conquistar a população. Dilma é aprovada por 73% dos brasileiros porque sabe se articular e tem competência para o Executivo. Dilma não está onde está pelo seu modo de discursar, tampouco por mirabolâncias na frente das câmeras; esse não é o seu perfil. Não precisa erguer isopores de cerveja em cima da cabeça nem fazer piadas futebolísticas. O modo como se porta assemelha-se mais ao do ex-presidente FHC, que não hesitou em tomar atitudes em prol do País que lhe custariam votos nas urnas. A diferença é que agora a população está mais madura, exigente. Sem falsa esquerda, sem brincadeiras de mau gosto com o País. Só Dilma pode pôr fim ao desejo de Lula de se perpetuar no poder, mas seremos os primeiros a ir às ruas se ela não conseguir se desvincular dos mensaleiros corruptos, deixados como herança pelo seu padrinho político.

 

 

Thiago C. Andrade thiagocandrade@gmail.com

Recife

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PESQUISA CNI/IBOPE

Está começando tudo de novo, há menos de um mês a avaliação da sra. Dilma estava com 37% de ótimo e bom, em 1.º/4 já atingiu 56%, em breve ultrapassará a 80%. As empresas de pesquisas "encomendadas" pretendem continuar subestimando a opinião pública, entrevistando 2.002 pessoas em 141 municípios. Só pode ser 1.º de abril.

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MUDEZ

Foi apresentado na sexta-feira, pela TV, o resultado das várias pesquisas que fizeram sobre Dilma. Ela bateu tanto Lula como FHC. Bateu Lula na questão de melhor governo. Claro que iria ganhar, pois ela ficou só em seu gabinete, nesses três meses, quieta, apenas pensando nas dívidas e nos encargos que Lula lhe legou, e se iria conseguir dar conta desse maldito legado. Assim, entrou muda e permaneceu calada, e, como diziam os antigos, em boca fechada não entra mosca. Assim, sua mudez lhe garantiu um bom resultado nessas pesquisas. Que não caia na asneira de ficar falando sem parar como Lula, e que, em permanecendo em seu gabinete, consiga fazer um bom planejamento para seu governo.

 

Carlos E. Barros Rodrigues carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

73% DE APROVAÇÃO?!

A presidente Dillma pode até ter 73% de aprovação, recorde dos recordes, mas se ela não enviar ao Congresso uma PEC, medida provisória, o que seja que coloque como inafiançável a corrupção no Brasil, seu governo continua sendo uma farsa. O que escorre de dinheiro público para os bolsos dessa canalhada que a acessa daria para fazer todos os investimentos levando o Brasil à condição de desenvolvido. Mas até agora a saída encontrada por Dillma foi aumento de impostos, e isso não tem perdão, porque mostra que o Brasil caminha em direção a Cuba, não aos países desenvolvidos! Uma parte da população trabalha de sol a sol para sustentar a outra que os "mantém" no poder. Assim não tem ibope que me convença das boas intenções e eficiência da presidente!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NA PRÁTICA A TEORIA FOI OUTRA

Contrariamente às manifestações da presidente Dilma, que, precisamente por seu sentido, alentou as esperanças de um governo marcado pela sobriedade e responsabilidade, os dados revelados pelo Estadão de domingo demonstram que os gastos administrativos, principalmente com pessoal, que incha a máquina pública aparelhada, foram bem maiores do que os destinados aos investimentos, praticamente estagnados. Presidente Dilma, o povo brasileiro não consegue suportar novas decepções. Enxugue a máquina, livre-se da companheirada improdutiva, ainda que este seja seu último governo. Saia, mas entre na História.

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

'QUEM CONHECE APOSTA EM DILMA'...

Concordo parcialmente com o que disse Miguel Jorge no seu artigo "Quem conhece aposta em Dilma" (2/4, A2), pois ao começar a leitura tive certeza de que o ex-ministro estava comparando a presidente Dilma a Lula.

Para aqueles que não leram o artigo, vejam o que escreveu: "Ela, afirmativa, direta, incisiva. Ele, evasivo, repetitivo - acima de tudo, e como se estivesse em campanha eleitoral, um bom marqueteiro de si mesmo."

Durante a campanha, todos os que me conhecem viram que fui um crítico contundente da candidata, talvez em função da posição assumida pelo ex-presidente.

Passada a eleição, por ocasião da primeira fala de Dilma como presidente, comentei que, se ela seguisse aquilo que foi dito, seria uma respeitável mandatária; sobre o que, aliás, ela já deu algumas provas, faltando, no entanto, muitas outras atitudes, principalmente quanto à diplomacia brasileira relacionada aos países "mui amigos" (Venezuela, Bolívia, Cuba, Paraguai, inclusive Argentina, no que diz respeito aos assuntos do Mercosul, e outros, como, por exemplo, o Irã).

Voltando ao artigo do ex-ministro Miguel Jorge, devo comentar que atribuir ao presidente Barack Obama os atributos que são de Lula foi um lamentável equívoco. Para encerrar, digo que, se o Brasil não conseguiu obter vitórias em todos os assuntos sobre os quais ele diz que a presidente Dilma corre atrás, foi por culpa da lamentável política de Lula e de seu também ex-ministro Celso Amorim.

 

Ayres A. Monteiro Filho seryamf@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CULTO À PERSONALIDADE

O artigo do ex-ministro Miguel Jorge parece mais um exercício de culto à personalidade de Dilma Rousseff, tantos são os exageros. Por exemplo, quando trata do problema dos aeroportos brasileiros, diz o jornalista que Dilma cumpriu o prometido, em entrevista a um jornal, de exercer "uma forte intervenção" para resolver esse problema, ao criar a Secretaria de Aviação Civil. Ora, sr. ex-ministro, por que abusar assim da nossa paciência? Providência correta seria a publicação de um edital de concorrência para a expansão, recuperação e modernização do Galeão e de Guarulhos! Pelo menos! Isso, sim, mas não a criação de mais um "cabide de empregos"! O que quer o ex-ministro com esse artigo?

Sergio Lopes blackfeet@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TÁ BOM...

Sobre o artigo "Quem conhece aposta em Dilma", do ex-ministro Miguel Jorge: "Me engana que eu gosto!"

 

Flávio José Rodrigues de Aguiar rsd100936@terra.com.br

Resende (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

SITUAÇÃO PERIGOSA

 

O artigo de autoria do exmo. sr. Miguel Jorge vem afirmar que os brasileiros se encontram em boas mãos quanto à coerência e à firmeza demonstradas pela presidente, sra. Dilma Rousseff, quando se trata da defesa dos interesses nacionais. Assim sendo, vimos fazer um apelo, por intermédio de S. As., à "dama de vermelho", confiantes em suas boas intenções. Que se valha das análises lúcidas publicadas no Estadão na mesma data, atentando para a situação perigosa em que se encontra o País: "Mais atenção aos minerais raros" e diversas cartas de leitores: "'Eles' sabem melhor?", "Apetite e ganância", "Etanol" e "Piadas brasileiras".

Nossas homenagens aos analistas pela excelente e oportuna contribuição dada à solução dos problemas nacionais.

 

Maria Cecília Naclério Homem mcecilianh@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

BAGUNÇA

O artigo do ex-ministro do Lula sobre Dilma Rousseff é um libelo para todos os brasileiros. Segundo Miguel Jorge, além de não ter defeitos, nossa presidente está repleta, transbordante de virtudes, capacidade gerencial, bom senso, e por aí vai. O que o ex-ministro não falou é que o gerenciamento da economia brasileira pelos gênios econômicos nomeados pela presidente está uma bagunça, a inflação fora do controle, aperto fiscal e outras ideias de gênios. Também não falou que ela foi a responsável pela pasta de Minas e Energia e construiu e gerenciou essa magnífica e robusta rede de energia elétrica à prova de apagão. E foi ela que nos últimos anos do governo Lula carreou para si a responsabilidade pelo projeto do trem-bala, que ficaria pronto para a Copa de 2014. E tudo isso sem falar no gabarito das nomeações quando ministra e agora como presidente.

 

Roberto Aranha rcao@globo.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIFERENÇA

A diferença, caro ex-ministro de Lula, é que Obama veio aqui com a família de "férias" e Dilma participou do "jantar" como presidente eleita. As palavras que usou para classificar Obama são mais perfeitas para classificar seu ex-chefe Lula, seu "velho conhecido" como homem de RH da VW!

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUEM CONHECE... APOSTA?

Ao ler o artigo do ex-ministro Miguel Jorge, pensei que ele estivesse descrevendo nosso ex-presidente, e não o sr. Obama, pois vejamos: "Ele evasivo, repetitivo, acima de tudo como se estivesse permanentemente em campanha eleitoral, um bom marqueteiro de si mesmo", nos lembra que personagem?

Quanto ao seu artigo, enquanto o Brasil ocupar o 75.º lugar em IDH, 88.º em educação, 3.º em desigualdade social no ranking mundial, respectivamente, e continuarmos nessas desonrosas classificações nestes e em outros índices, com quase metade da população de analfabetos funcionais, não temos nada de que nos orgulhar, seja lá quem for nosso presidente!

Apostaria, sim, em quem assumisse essas mazelas e melhorasse esses números, sem se esconder atrás das propagandas mentirosas do atual governo.

 

Albert Henry Hornett hornettalbert@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VÊM MAIS MINISTÉRIOS AÍ...

 

Se a cada choro dos companheiros sem teto a presidente Dilma resolver criar um Ministério para abrigá-los, estamos fritos. Dilma herdou 37 Ministérios de seu antecessor, o que já era um absurdo, e no mês passado criou a Secretaria de Aviação Civil por medida provisória, ainda sem titular, e acena criar a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, tudo com status de Ministério. Para quê? Para dar abrigo a José Eduardo Dutra, o último dos três porquinhos que trabalhou em sua campanha. Para isso está tentando convencer o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) a assumir a pasta, deixando uma vaga no Senado para

Dutra, sem contar a rasgação de seda de Miguel Jorge em artigo no Estadão de sábado. As pesquisas avaliam o governo Dilma em ótimo e bom com 56% de aprovação. Gostaria de saber se as pessoas que foram pesquisadas acompanham o desenrolar dos fatos e sabem que Dilma está fazendo apenas o que manda seu "lobo": dar emprego aos companheiros. Isso significa mais gastos e quem paga, o cidadão eleitor sabe? Eu sei.

 

 

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

UMA COISA É TER INTENÇÃO...

 

Recebi um e-mail no qual li uma frase de Roberto Campos, economista, diplomata e político: "O mundo não será salvo pelos caridosos, mas pelos eficientes".

Espero que dona Dilma compreenda essa máxima. É louvável a determinação de nossa presidenta de acabar com a miséria no Brasil, porém, percebendo as dificuldades dessa grande "intenção", afirmou que não mais o fará em seus quatro anos de governo, como prometeu. Para acabar com a miséria é fundamental, primeiro, investir pesado em educação, saúde e infraestrutura - o que não foi feito por seu antecessor -, além de acabar com o aparelhamento de nossas instituições públicas com "amigos" ou aliados políticos - o que, infelizmente, também não está sendo feito. Em cargos importantes é imprescindível a presença de gente competente, com conhecimento técnico, preparo. É igualmente fundamental combater a corrupção, fazer com que o dinheiro que vem por meio de altos impostos chegue ao seu destino e não pare nas contas bancárias da maioria dos políticos. É mais do que fundamental cobrar justiça do Judiciário, lealdade à Constituição, exigir independência para atuar, extirpando a nefasta conivência com políticos. Não pode mais fazer vista grossa a tudo isso se realmente pretende acabar com a pobreza em nosso País. Porque, gente, fazer caridade é muito bonito, é lindo. Ter boas intenções, não menos. Mas já dizia não sei quem: "De boas intenções o inferno ‘tá’ cheio"!

 

Myrian Macedo myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VALE

A absurda interferência do governo federal na Vale, em andamento desde os tempos da dupla Lula-Dilma, resultando no afastamento do competente Roger Agnelli do comando da empresa, fez-me lembrar a fábula do escorpião e o sapo. O escorpião, que por não saber nadar atravessava um rio nas costas do sapo, no meio da travessia deu uma picada mortal nas costas do sapo, que antes de morrer e afundar perguntou: "Escorpião, vou morrer, afundar, e você vai morrer também. Por que me ferrou?" O escorpião respondeu: "Não pude me conter. É da minha natureza". A presidente Dilma Rousseff quando jovem era comunista e guerrilheira. Hoje não é mais guerrilheira, mas ainda é comunista. É da natureza dela.

José Sebastião de Paiva j-paiva2@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CALARAM A VOZ!

É mais uma vez a indignação que me faz reportar ao respeitado Estadão. O general Heleno foi impedido de fazer o seu discurso na solenidade de despedida de sua passagem para a reserva. Um brasileiro que serviu à Pátria com dignidade e competência. Não foi por "medo", como citou em sua coluna do Jornal de Brasília e 1.º/4, que o Exército o fez calar, mas por respeito à lei e à hierarquia, fato que a maioria que "gere" o País não tem ou desconhece.

Sr. general Heleno, as portas estão abertas para sua entrada na vida civil, continue a prestar esse serviço aos brasileiros.

Márcia Maria da Silva Leme mmsleme@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REVANCHISMO

Vergonhosa a "censura" que foi feita ao general Heleno, que iria dar uma palestra, cujo tema era "A contrarrevolução que salvou o Brasil", no dia 31/3, quinta-feira passada, no Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, o qual chefiava. Ordem dada ao general Heleno pelo comandante do Exército, general Enzo Peri, que recebeu ordem de censura do Planalto, conforme coluna do jornalista Claudio Humberto.

Assim a sra. Dilma mostra a que veio, numa revanche vergonhosa contra os militares.

Mas, como se comenta já alguns anos, os militares hoje são iguais a uma melancia: verdes por fora e vermelhinhos por dentro. Pobre Brasil, nas mãos de revanchistas perigosos.

 

Agnes Eckermann agneseck@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AUTORITARISMO

O governo não resiste ao seu desejo de controlar! Depois de proibir a fiscalização do imposto sindical, limitar a atuação do TCU, agora quer simplesmente extinguir o TSE! E é o mesmo que, quando na oposição, foi contra o Plano Real, as privatizações e a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas, quando "chegou lá", soube colher os frutos do governo anterior.

Dizer que o TSE só funciona em ano de eleição é como a história do sujo falando do mal lavado.

A democracia pode não precisar de tutor, mas a fiscalização do povo e da imprensa é indispensável.

No ano de 2010 os políticos só pensaram em eleição e a única votação de destaque foi o aumento de R$. 10 mil no próprio salário, sem corte de benefícios. A verba indenizatória era a desculpa por o salário dos políticos não ser equiparado ao dos ministros de Supremo.

Agora que houve equiparação, ela não foi extinta.

É como diz o ditado: Quer conhecer um homem? Dê poder a ele...

 

Sérgio Aparecido Nardelli sergio9@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PODERES DO PLANALTO

Em 2005, Lula afirmou que o mensalão foi uma facada nas suas costas. Chamou a cúpula do PT que organizou esse crime contra o erário de aloprados.

Pouco antes de deixar a Presidência, em 2010, assoberbado pela sua popularidade, o Lula triunfalmente disse que fora do governo iria trabalhar para desmentir o mensalão.

Esse foi o homem que dirigiu este país, aconchegou os corruptos e queria ser tutor da farsa de que esse esquema criminoso não existiu.

E sob o comando do único petista que afirmou na época que o tal mensalão era uma realidade, o hoje ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, é que a Polícia Federal entrega seu relatório confirmando detalhadamente que a quadrilha que está indiciada no STF e muitos outros novos nomes se utilizaram do dinheiro sujo, emergido dos cofres do Banco do Brasil e do Banco Rural, que era distribuído pelo do "pombo correio" do PT, Marcos Valério.

Até o amigo inseparável e segurança do Lula, o Freud Godoy, recebeu R$ 98 mil, para pagar os serviços de segurança nas campanhas do presidente. Esse Freud explica tudo... Na PF, conforme o relatório. Tudo publicado na revista Época de 2/4.

Será que a sonolenta oposição, principalmente o PSDB, vai reagir agora?! Até aqui, essa mesma oposição está levando de goleada no jogo político nacional, porque se esconde das suas obrigações institucionais.

Esta é uma bela oportunidade para virar o jogo! O povo nas arquibancadas exige reação...

 

Paulo Panossian paulopanossian@hotmnail.com

São Carlos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O PT NÃO VAI TER COMO CONTESTAR MAIS...

 

Relatório final da Polícia Federal confirma a existência do mensalão no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Depois de seis anos de investigação, a PF concluiu que o Fundo Visanet, com participação do Banco do Brasil, foi uma das principais fontes de financiamento do esquema montado pelo publicitário Marcos Valério, jogando por terra a pretensão do ex-presidente Lula de provar que o mensalão nunca existiu, seria uma farsa montada pela oposição e o esquema de corrupção denunciado na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) era uma 'farsa'.

O relatório da PF demonstra que, dos cerca de R$ 350 milhões recebidos do governo Lula pelas empresas de Valério, os recursos que mais se destinaram aos pagamentos políticos tinham como origem o fundo Visanet. O principal canal de desvio estava no Banco do Brasil.

Diante de um relatório contundente como esse, o PT não vai ter como contestar mais, a título histórico, a existência do mensalão. O mensalão existiu. Foi mais do que demonstrado pelo relatório da Polícia Federal.

Este é, então, o governo bem conceituado, em que não há corrupção, que não se ouve e não se vê. Mas, entretanto, estamos satisfeitos, pois batemos palmas para ele, que saiu do governo do mesmo jeito que entrou. Que ajudou os pobres, um verdadeiro ROBIN HOOD, paladino da justiça. Não temos inflação, não há violência, não existe crack, não existe dívida interna, Somos a quinta economia mundial. Gente, reclamar de quê? Que país maravilhoso! Aprovamos com mais de 70% o seu governo!

 

Antônio Dias Neme antonio.neme@superig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O INOCENTE

Mensalão comprovado, Zé Dirceu inocentado. Aí já é demais! Não?

José Piacsek Neto, bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CULPA DA IMPRENSA

É interessante como agora as coisas estão surgindo às claras, após o presidente Lula sair do governo. No ano passado o mensalão não existia, as estradas brasileiras estavam ótimas, a saúde maravilhosa... A educação, então, nem se fala.

Os órgãos de imprensa não detectavam nadinha de nada. Agora a imprensa mostra o quanto as coisas estão ruins neste nosso país.

O ministro da Saúde admitiu no sábado o caos nos hospitais, a Polícia Federal descobriu que o rombo do mensalão chegou a R$ 55 mil, as escolas não recebem dinheiro, faltam professores, nossas estradas são ruins, encarecem os produtos, além de serem causadoras de vários acidentes, ceifando muitas vidas, a inflação está aí com tudo, viva como nunca, e só agora a mídia resolveu mostrar isso. Enquanto isso, a presidente já atinge 73% de bom governo, imaginem se a situação acima estivesse boa.

 

Mohamed Abdalla Kilsan, kilsanabdalla@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘DETALHE’

Enquanto se empilham milhares de folhas e dezenas de volumes relativos ao mensalão, poucos se dão conta de um episódio muito grave: o de Duda Mendonça. Seus R$ 10,5 milhões depositados em Miami, segundo apurado em janeiro de 2006 por autoridades americanas, provenientes de serviços prestados ao PT, via caixa 2, já seriam o suficiente para anular a eleição presidencial de 2002. Só num país como o nosso a Justiça não percebe esse "detalhe". É evidente que a prestação de contas do PT à Justiça Eleitoral, na época, foi falsa. Há tempos concordo com o general De Gaulle.

 

Roberto Castro roberto458@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A TAL HERANÇA

O Lula só endividou:

foi-se a esperança.

O PAC já empacou:

falta finança.

Inflação já desandou:

desconfiança.

E a Dilma enfim herdou:

maldita herança!

 

 

F. Calil www.loucospornatureza.com.br

Uberaba (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É HORA

A Polícia Federal entregou mais um relatório com provais cabais do mensalão do PT. O ministro Joaquim Barbosa tem material mais que suficiente para fazer seu relatório final. Esperamos, os brasileiros cumpridores das leis, que o STF não postergue o julgamento do caso, dando oportunidade de muitos membros da "sofisticada organização criminosa" se safarem por prescrição do crime de formação de quadrilha, que se dará em agosto. Muitos mensaleiros ilustres já falam da certeza de sua impunidade e absolvição. Muitos anos se passaram. A sociedade brasileira exige o fim desta vergonha. Qualquer adiamento será um tapa na cara de cada cidadão honesto e cumpridor de seus deveres.

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIGNIDADE E JUSTIÇA

Prezado ministro Joaquim Barbosa, não permita (dentro da lei) que os brasileiros de todas as cores e raças percam a esperança de UM BRASIL MELHOR.

Não dê moleza aos corruptos e corruptores.

Está em suas mãos.

Reacenda a luz da dignidade e justiça a este povo tão sofrido.

Ivan Schwarzenberg navinegro@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARO OU CONTINUO?

 

 

Que belo omelete se fez?

Tem ministro que não fala inglês.

Tem apedeuta com diploma português

Tem camelô vendendo lixo chinês

Industria nacional está sem freguês

Tem verba gorda prá alguém recitar todo mês

Quem achou legal foi só a Inês

A popularidade da presidenta é de setenta e três...

Mesmo calada e que, de importante, nada fez.

Ao menas, discursos sem embriaguez..........

O aposentado não aguenta até o fim do mês

Pois seu aumento foi uma mesquinhez

O Estadão censurado pelos Sarneys

 

Programa de TV que é só estupidez

Cérebro sem lucidez, língua com rapidez

Pergunta com acidez, resposta com fetidez

Internet estragou o encanto da nudez

Políticos sempre esbanjando cupidez.

Quem é do mensalão ,não vai pro xadrez

Será que a justiça sofre de escassez?

Marta falando bobagem mais uma vez.

Cuidado com o alimento japonês!

Com a carne de Chernobyl, churrasco já se fez

Em muitas e belas casas de burguês

O PT quer a Vale e o manganês

O Neymar ofendido por escocês

A oposição esbanjando timidez

A inflação crescendo com rapidez

Amigos do Tiririca, a R$ 8000 por mês

Falta honradez e sensatez, mas sobra avidez

E contra tudo isto, o que foi que você fez?

Continua na surdez e na mudez? Talvez!

 

 

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LULA EMPRESÁRIO

 

Lula começou sua carreira de empresário dando palestra para a LG, empresa que vai faturar alto com a construção do trem-bala. Mera coincidência?

 

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RESORT

 

Tiririca, pagar resort com dinheiro público? E milhões à espera de uma casa...

 

Cícero Sonsim c-sonsim@bol.com.br

Nova Londrina (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRODUTIVIDADE

Dá para ver que o deputado Tiririca já está se ambientando às "normas e jeitinhos" dos deputados na Câmara, com exemplo do pedido de reembolso de resort em Fortaleza. Segundo a sua página no site da Câmara, é possível verificar como ele tem sido "produtivo": projetos relatados - zero, discursos em plenário - zero, projetos de sua autoria - zero.

 

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TIRIRICA

Tiririca já tá fazendo nosso dinheiro virar titica.

Ricardo Marin s1estudio@ig.com.br

Osasco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ASSESSORES

Por acaso existe alguma diferença entre "A Praça é Nossa" e a Câmara dos Deputados?

Robert Haller robelisa@click21.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SEM ORDEM NEM PROGRESSO

O Congresso Nacional está cheio de Tiriricas da vida, de incompetentes, de arrivistas, de bandidos porque os eleitores são muito ignorantes! Por isso o nosso Brasil não tem "Ordem e Progresso". Precisamos de estadistas para "consertar" a nossa democracia. Nossa democracia é uma farsa! Os candidatos são sempre os mesmos...

Fraterno Maria Nunes fraternomarianunes@gmail.com,

Campo Mourão (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CIRCO

O deputado Tiririca contratou humoristas para assessorá-lo em projetos a serem apresentados e uma das ideias dadas é sobre a valorização dos circos. Será, mesmo, que pior do que está não fica? Estão pensando que o importante é dar circo à população sofrida.

 

Alvaro Salvi alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VAMOS RIR?

O deputado Francisco Everardo Oliveira Silva, também conhecido como palhaço Tiririca, está pagando humoristas salários de até R$ 8 mil com dinheiro da Câmara. Ainda é cedo para saber suas intenções, mas, como a alegria de palhaço é ver o circo pegar fogo, quem sabe ele agora consiga esquentar a pauta do Congresso para legislar em nosso benefício, em vez de somente no de seus alegres (sic) integrantes. De qualquer forma, com assessores especialistas no ramo (dele!), poderá nos contar muitas piadas novas. E nós, que pagamos essa "festa", certamente morreremos de rir... para não chorar. Ah, ah, ah!!!

Silvano Corrêa www.silvanocorrea.blogspot.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PICADEIRO

Qual o problema ou o crime que Tiririca está cometendo por empregar humoristas? Afinal de contas, estamos falando de quê, senão de um grande circo que existe há muitas décadas, no qual há um grande picadeiro onde artistas de todas as espécies se apresentam diariamente, na sua maioria teatralizando espetáculos da pior qualidade?

David Neto drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

APRENDIZADO

Quem diria... Até o Tiririca? Eu acreditava que ele iria demorar algum tempo para se adaptar ao sistema, mas em apenas 90 dias já sabe como funcionam as coisas. Pobre Brasil, ou melhor dizendo, pobres de nós.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BRONCA

Não sei o porquê agora dessa bronca contra o Tiririca empregar amigos humoristas a 8 mil pilas mensais. Ele, pelo menos, mete a mão no nosso bolso fazendo graça, enquanto o resto faz a sério. Uma besta quadrada sorridente é o eleitor que votou no tipo pensando em protesto.

Laércio Zanini zanix@hotmail.com

Garça

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HONESTIDADE

Não vejo razão para essa chiadeira, essa reclamação pelo fato de o deputado Tiririca ter nomeado dois palhaços como seus assessores com salários de 8 mil cada. Nada de errado. Tem lugar melhor para esses humoristas estarem? O Congresso não passa de um grande circo, logo... Outra choradeira geral é porque Tiririca, sendo deputado por São Paulo, esteve no Ceará, sua terra natal, visitando parentes, hospedou-se em famoso e rico hotel e agora está pedindo o reembolso da despesa. Qual o problema? Ele errou? Com certeza foi ao Ceará resolver algum problema ligado a São Paulo.

Quem imaginava que Tiririca agiria diferente? Ele foi rápido nas lições que certamente recebe na Comissão de Educação - como burlar, enganar. Está tirando nota 10 em malfeitoria! Em pouco tempo o mais votado parlamentar aprendeu os caminhos fáceis da vida pública. Agora não adianta chiar, reclamar, protestar.

Com certeza muitos dos que reclamam votaram nele. Tiririca foi honesto, não enganou ninguém durante a eleição. Agora está aí o resultado. Culpados são os milhões de palhaços de verdade que nele votaram. Os atos de Tiririca não deviam surpreender ninguém.

 

Iranilson Alves da Silva iranilson.iranilson@bol.com.br

Araçatuba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ESTÚPIDO X DESONESTO

O deputado federal Vacarezza chamou o deputado federal Bolsonaro de estúpido. Essa definição dada por esse deputado do PT, partido sem qualquer qualidade de caráter e de moralidade, que vive às voltas com a lei, traz à reflexão o que é melhor para o País: um deputado federal estúpido, mas honesto, que dedicou sua vida à Pátria como militar; ou um deputado eleito pelo partido mais corrupto do Brasil, sem a menor qualificação ética e moral na vida pública, especializado em saquear os cofres públicos, via mensalões, dólares na cueca, reais sem origem para a compra de dossiês, cooperativa de habitação que desviava o dinheiro público e de seus cooperados?

Acorda, Brasil!

Carlos Benedito Pereira da Silva advcpereira@ig.com.br

Rio Claro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FACCIOSISMO

Após quase 40 anos fiéis ao Estadão, estou me decepcionando com o jornal devido ao seu facciosismo na questão homossexual suscitada pelo deputado Jair Bolsonaro. É que o jornal só publica cartas dos leitores favoráveis à prática que a esmagadora maioria do povo brasileiro reprova. Com essa atitude, em vez de serenar os ânimos, o jornal nos irrita profundamente e exacerba nossa repugnância.

Quando o general João Figueiredo disse que preferia o cheiro dos cavalos ao do povo, o jornal entendeu muito bem o que ele quis dizer, ou seja, que era preferível dedicar-se inteiramente à cavalaria, sua paixão, do que assumir as graves responsabilidades de conduzir o povo. Não obstante, o jornal deturpou suas declarações deliberadamente.

Reiteradas vezes o deputado Jair Bolsonaro declarou ter entendido que a sra. Preta Gil lhe perguntara como ele reagiria se um filho seu se relacionasse com um homossexual. Mesmo assim, o jornal insiste em atribuir-lhe uma afirmação de preconceito racial, o que não é verdade. O que está acontecendo com o nosso jornal? Que tipo de pessoas infesta a sua redação?

 

Jaime Manuel da Costa Ferreira jaimemcferreira@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LADRÕES

 

Não tinha nada Preta Gil que colocar a família do deputado Jair Bolsonaro no seio da discussão. Qualquer ofensa a quem quer que seja não é saudável. Mais importante para discutir são os ladrões públicos com dinheiro nas cuecas e outras formas de roubar. Isso, sim, é importante... Porque está matando alguém que precisaria desse dinheiro em hospitais ou para comer. Preta Gil e o deputado têm de se unir para correr atrás dos ladrões políticos, a palavra corrupção está desgastada, vamos falar em roubo e ladrão.

 

 

Jorge Peixoto Frisene jpfrisene@zipmail.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A CRUCIFICAÇÃO DE BOLSONARO

 

Vá lá que o deputado Jair Bolsonaro tenha exagerado em sua opinião a respeito dos homossexuais e seus costumes, mas a reação às suas declarações é o que mais assusta.

Na verdade, o que aconteceu foi que o parlamentar não usou aquela costumeira figura de retórica para suavizar o que quis dizer, e todos pensam, sobre os homossexuais, gays e travestis. E por que ele deveria se atar às entrelinhas para criticar o que é contrário aos costumes e aos princípios morais da sociedade? Por acaso somos obrigados a respeitar todo tipo de safadeza que acontece pelo mundo afora? Essas campanhas para combater preconceito contra travestis, como a que o Ministério da Saúde e a Secretaria de direitos Humanos fazem, com ajuda até para troca de sexo, divulgação de slogans gays por toda parte, cartazes em ônibus, nas entradas das repartições públicas, etc., são atitudes que precisam ser contestadas mesmo. Por que temos de aceitar isso? Tem gente fazendo campanha até para incluir gay nas Forças Armadas. E aí eu pergunto: quem acha que isso está errado não pode se manifestar também? Se ninguém falar nada, com tantos defensores da causa gay tomando decisões em nosso país, logo estarão ensinando essa pouca-vergonha nas escolas e dizendo que faz parte da civilidade. Reações como essas contra alguém que não aceita tal comportamento, não seriam um desestímulo àqueles movimentos de maior importância para combater abusos, como a pedofilia, o estupro e o consumo de drogas entre os jovens? Protestar contra abusos que ultrapassam os limites dos princípios morais da sociedade não é nenhuma ofensa. A não ser que as entidades defensoras dos direitos humanos pensem que a nossa sociedade foi organizada para que todos sejam homossexuais, gays ou travestis. Ninguém acha que seja ofensa o comportamento desses transgênicos desavergonhados desfilando em carro aberto pelas ruas das nossas cidades, aos olhos de nossas crianças e jovens.

Ninguém entende que seja ofensa quando a televisão mostra, quase que diariamente, cenas de casais gays trocando carícias, como se fosse um exemplo de bons costumes. Ninguém vê ofensa nessas campanhas promovidas pelo Ministério da Saúde em favor dos travestis, financiadas com dinheiro público, enquanto nos hospitais falta remédio para a população que sofre com outras doenças que não a da pouca-vergonha.

Esse mal que ninguém tem coragem de diagnosticar como pernicioso à sociedade, mas que vem aumentando a cada dia com o contágio das autoridades. Quanto às declarações racistas, o deputado foi infeliz, mas ao dizer que é contra a apologia do homossexualismo, ele só condenou a falta de respeito e a imoralidade que parecem tomar conta da sociedade brasileira.

Francisco Ribeiro Mendes mendes.brasilia@gmail.com

Brasília

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SOBRE A LIBERDADE DE EXPRESSÃO

O deputado Bolsonaro foi preconceituoso ou politicamente incorreto?

Sergio S. de Oliveira marisanatali@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

15 MINUTOS

O pastor Terry Jones segue a mesma cartilha do deputado Jair Bolsonaro. Que não é a Bíblia dos cristãos, mas a profecia de Andy Warhol. Envergonham e põem em risco a sociedade com atitudes inconsequentes e incontinências verbais, em troca de vergonhosos quinze minutos de fama.

Armando Conceição da Serra Negra a.serranegra@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DECLARAÇÕES PRECONCEITUOSAS

Deploro as declarações preconceituosas do deputado Jair Bolsonaro dirigidas a figura conhecida do meio artístico nacional. O que me causa espécie, mas não me surpreende é que os parlamentares "atingidos" e que de forma veemente exigem sua cassação são aqueles mesmos envolvidos nas "maracutaias" sobejamente conhecidas e encerradas em "pizzas" monumentais..."Atire a primeira pedra aquele que não tenha pecado"...

Ernesto Almeida ernestojmalmeida@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CHEGA DE HIPOCRISIAS

Em consequência da grande polêmica que se formou com o pronunciamento do deputado Jair Bolsonaro, e em nome do politicamente correto, vamos fincar três cruzes na Esplanada dos Ministérios e nelas crucificaremos: primeiro, Luiz Inácio Lula da Silva, que há não muito tempo classificou a cidade de Pelotas (RS) como sendo polo exportador de veados; na segunda, a sra. Marta Suplicy, que pôs em dúvida a masculinidade do prefeito Gilberto Kassab; e na terceira cruz, o próprio deputado, que, na minha opinião, usou seu direito da livre expressão, garantida na Constituição. Todos nós temos o dever de respeitar ideias, crenças e escolhas do semelhante, mas não temos a obrigação de concordar e muito menos de calar. Ou o KIT-PT não permite? Vamos parar com tanta hipocrisia. Vamos ser um país sério.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMUNIDADE PARLAMENTAR

Embora discorde veementemente da maioria das posições do deputado Jair Bolsonaro, tenho de concordar com ele quando se "justifica" ao dizer que a imunidade parlamentar se aplica ao que é falado em plenário ou no exercício do cargo, e não a crimes comuns como roubo, desvio de dinheiro, assassinato e outros.

Assim, casos como o mensalão e diversos outros de corrupção, de qual partido forem, antes ou durante o exercício do mandato, não podem ser incluídos sob a égide da imunidade parlamentar.

A instituição da imunidade parlamentar foi no sentido de que se garanta aos parlamentares o livre uso da palavra ao expressar suas ideias, sejam estas ofensivas ou não a pessoas, grupos ou até mesmo à sociedade em geral.

Neste caso, e apenas neste, os eleitores serão os verdadeiros juízes, e não, como a defesa de muitos acusados de corrupção e de crimes vem sustentando, que, quando reeleitos, foram absolvidos pelo voto popular.

Não há em nossa legislação criminal ou cível a delegação ao povo para exercer o poder judiciário.

O poder do povo se manifesta nas urnas para escolher candidatos, e não para julgá-los pelos seus atos.

Assim, o povo clama pela justiça que é aplicada aos cidadãos comuns e também deve ser aplicada aos parlamentares e demais membros do governo, para que seja realmente exercida a democracia em sua plenitude.

 

Edison Roberto Morais ermorais@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A PRAÇA É NOSSA

O Brasil que já se transformou numa "praça é nossa" com Tiririca no Congresso e o SBT no Palácio do Planalto, mostra que, como na velha piada, "na vida duas coisas podem acontecer". Assim, na política brasileira duas coisas podem acontecer - "você ser Lula ou não ser Lula". Se você for Lula, nada acontece, mas se não for, tudo pode acontecer. O jornalista Cláudio Humberto nos lembra que Lula, em campanha por Pelotas em 2002, declarou que "lá era uma cidade exportadora de veados", e nada aconteceu. Em Florianópolis disse que o DEM deveria ser extinto, e nada aconteceu. Externando seu preconceito, desmereceu os "olhos azuis" do País, e nada aconteceu. Chamou os paulistas de porcos, e nada aconteceu. Agora, o deputado Bolsonaro e o general Heleno, como não são "Lulas", tudo pode acontecer. Eta, paizinho hipócrita, deslavado e sem vergonha.

João Roberto Gullino jrgullino@oi.com.br

Petrópolis (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NA MOSCA

 

Tutty Vasques, com bom humor, acerta na mosca: Bolsonaro, descontados os seus exageros retóricos, apenas vocaliza o que pensa uma parcela importante da população. A militância quer nos fazer crer que metade da população é gay e a outra metade gostaria de ser. Simplesmente não é verdade, e Bolsonaro não está na Câmara há seis legislaturas à toa.

 

Marcelo Guterman margutbr@gmail.com

São Paulo

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.