Cartas - 06/05/2011

INFLAÇÃO

, O Estado de S.Paulo

06 Maio 2011 | 00h00

Trem da gastança

O ministro Guido Mantega reuniu-se com empresários e pediu-lhes que não aumentem seus preços para (tentar) conter a inflação. Não seria muito mais simples reduzir o pessoal lotado nos órgãos federais, diminuir gastos e salários do governo? Não! A "solução" é sempre deixada no colo da sociedade. E o trem da gastança continua a todo vapor.

LUCIA HELENA FLAQUER

lucia.flaquer@gmail.com

São Paulo

_________

Efeitos colaterais

O editorial A inflação não espera (4/5, A3) devia ser leitura de bolso de todos nós, brasileiras e brasileiros. Um texto que compara a inflação a uma doença grave, que exige cortisona, com seus efeitos colaterais destruidores.

ARCANGELO SFORCIN FILHO

arcangelosforcin@gmail.com

São Paulo

_________

ITAIPU

Presente elétrico

US$ 240 milhões ou 200% a mais por mês é o presente do sr. Lula para o sr. Lugo, do Paraguai. Ação entre amigos, paga (sem aval) pelo contribuinte brasileiro. Como se não bastassem os impostos...

ULYSSES F. NUNES JUNIOR

ulyssesfn@terra.com.br

São Paulo

_________

INTERVENÇÃO NA VALE

Distorcendo os fatos

PT e democracia, definitivamente, não dão liga. As demonstrações são dadas aos montes pelos próprios petistas. Na mais recente, o ministro Mantega afirmou que Lula, generoso que é, não interferiu na gestão da Vale à época em que era comandada por Roger Agnelli simplesmente porque "não quis", o que por si só já configuraria o vasto "apreço" do ex-presidente pelos valores democráticos. Não diga bobagens, ministro! Ora, ao ter considerado, em algum momento, a intervenção do governo numa empresa privada, fica claro que a compreensão lulista de democracia é próxima de zero! A capacidade do PT de distorcer os fatos é comovente...

HENRIQUE BRIGATTE

hbrigatte@yahoo.com.br

Pindamonhangaba

_________

Retaliação

A declaração de Guido Mantega de que o presidente Lula poderia ter retaliado contra a Vale é digna de ministro da Fazenda de uma republiqueta de bananas. É notório e evidente que Mantega não tem capacidade ou gabarito para administrar a economia do Brasil, mas acabou por se credenciar a gerir as reformas econômicas na ilha dos irmãos Castro.

LEÃO MACHADO NETO

lneto@uol.com.br

São Paulo

_________

Ética da maracutaia

Sobre o editorial Mantega e o direito de retaliar (5/5, A3), na minha opinião, o governo não tem o direito de negociar por baixo dos panos com empresas privadas. Se for verdade que o ministro Mantega ofereceu ao Bradesco a renovação da parceria com os Correios, que vence no fim do ano, para continuar administrando o Banco Postal, em troca do afastamento de Roger Agnelli da presidência da Vale, o governo da presidente Dilma Rousseff inaugura a ética da maracutaia na sua gestão.

SERGIO S. DE OLIVEIRA

ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

_________

PASSAPORTES

Os incomuns

O Estadão noticiou (4/5) a não devolução dos passaportes diplomáticos fornecidos à família Lula da Silva, comportamento vergonhoso que obrigará o Ministério Público Federal a tomar uma atitude para poder confiscá-los. São sete passaportes para inexpressivas figuras no cenário nacional. Em contrapartida, o cidadão comum está passando maus bocados para conseguir tirar um passaporte normal. Agendei em fevereiro uma data para abril. Hoje há postos que já estão agendando para novembro. Que calamidade esses governinhos petistas! E a oposição? Continua se esfacelando, discutindo o sexo dos anjos e falando besteiras. Arre!

CARLOS E. BARROS RODRIGUES

ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

_________

Cancelamento

Por que precisam esperar que devolvam tais documentos? Não podem simplesmente cancelar a sua validade, proibindo-os em todas as saídas e entradas do País e enviando os dados à Interpol, ao FBI, à CIA e que tais? Se fosse meu, já teria sido dado como foragido, com certeza.

HILDO MOLINA

molina@cetesbnet.sp.gov.br

São Paulo

_________

Lengalenga

Desde janeiro rola essa lengalenga sobre os passaportes concedidos à família Lula da Silva. De fato, já que os caras de pau não devolveram o documento que não lhes é permitido portar, pois nada fizeram ou acrescentaram ao País, que tal o Itamaraty simplesmente cancelá-los? Não seria o mais lógico, legal e correto? É o que o Brasil espera.

M. HELENA BORGES MARTINS

m.helena.martins@uol.com.br

São Paulo

_________

Devolução

Cá entre nós, será que os filhos, netos e demais apaniguados do Lula terão mesmo de devolver somente os passaportes indevidamente emitidos? Virá à luz um dia a certeza de que não...

L. DUTRA

l.dutradvogado@uol.com.br

Avaré

_________

Difícil desencarnar

Perguntar não ofende: quem é o presidente do Brasil, Lula ou Dilma? Por que os passaportes não foram devolvidos ainda? Será que Dilma não quer magoar seu "professor de maracutaia"? Nem Lula nem sua família conseguem desencarnar da Presidência. E a gente pergunta: qual é o combinado entre eles?

JOSÉ INÁCIO DE QUEIROZ

zezinhoqueiroz@yahoo.com.br

Andradina

_________

SUS

Cartão

Sobre o editorial A novela do Cartão do SUS (5/5, A3), não custa perguntar: em vez de gastar esses milhões, não seria melhor já inserir as informações no chip do novo RG, o tal do RIC? Se o governo tivesse um pouco mais de respeito aos princípios da eficiência e da economicidade, talvez considerasse essa opção...

RAFAEL N. DEMARCHI COSTA

rafaelneubern@yahoo.com

São Paulo

_________

"Por que será que eu não estou surpreso?"

MARCELO GUTERMAN / SÃO PAULO, SOBRE OS FILHOS E NETOS DE LULA NÃO DEVOLVEREM OS PASSAPORTES DIPLOMÁTICOS

margutbr@gmail.com

"Já que não os devolvem, cabe à Polícia Federal apreendê-los quando forem embarcar para o exterior"

ROBERT HALLER / SÃO PAULO, IDEM

robelisa@click21.com.br

"Quando um cidadão comum recebe ordens para entregar o passaporte e não o faz, o que acontece?"

MARCÍLIO FAUSTINO / SÃO PAULO, IDEM

m_faustino@uol.com.br

_________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.698

TEMA DO DIA

Plebiscito para criar 2 Estados é aprovado

População votará se Pará deve ser desmembrado para a criação dos Estados de Carajás e Tapajós

"Mais dois Estados para aumentar o número de corruptos, corruptores, ladrões, quadrilhas, gangues, milicianos, etc."

RENATO FERRO

"Com certeza, virão mais despesas com a criação de mais dois Estados. São mais alguns deputados e senadores."

ALZIRO RIBEIRO DA SILVA

"Tudo que nós precisamos: mais deputados, senadores e governadores para sustentar...."

LUIS BERTI

_________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOBEL DA PAZ

 

Agora fica claro porque Obama fez jus ao Nobel da Paz. Livrou o mundo de um fanático líder terrorista, desautorizou a publicação das fotos que só alimentariam a sanha revanchista, e transferiu as ações militares no mundo árabe para a Otan. Obama não só é um líder carismático, mas é também comprometido com um futuro pacífico. Viva!

 

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MEDO DE RETALIAÇÕES

 

 

Há pessoas que manifestam medo por retaliações pela morte do facínora terrorista bin Laden e sugerem que sua execução foi um erro. Por esse raciocínio, ladrões, assassinos, traficantes, políticos aéticos e outros criminosos não podem ser enjaulados, porque outros aparecerão, retaliando, para tomar seu lugar; isso levaria à impunidade geral e irrestrita e consequente aumento da criminalidade. Só, o receio da pena desestimula a criminalidade.

 

Mário A, Dente dente28@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O JULGAMENTO DE BIN LADEN

 

 

Informo aos piedosos juristas amadores e americanófobos em geral dados sobre o processo que condenou bin Laden à morte ignominiosa. Processo n.º 9/2011; data, 11 de setembro de 2011; Fórum, Torres Gêmeas, Nova York; Juízes: mais de 2 mil inocentes, criaturas horrorosamente sacrificadas ao fanatismo,covardia e demência do réu. Espero que a piedade manifesta pelo assassino bin Laden seja orientada para as vítimas de Nova York, da Estação de Metrô de Atocha, em Madri, e de outras centenas de vítimas de bin Laden e sua organização criminosa.

 

 

Alexandre de Macedo Marques ammarques@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAIS DO MESMO BIN LADEN

 

 

Eugênio Bucci, em seu artigo Mundo Melhor? (Estadão de 5/5, A2), mencionou que "a justiça é cega às paixões das partes e, só por isso,consegue dimensionar o dano, estipular a pena, serenar o espírito dos que sofreram com o crime e,principalmente, pacificar a sociedade". Pensando assim, o mundo é uma maravilha, pois quando um criminoso é condenado, cessam as dores daqueles que tiveram parentes mortos Pelo bandido, serenam-se os espíritos, todos passam a viver na maior felicidade, só porque houve justiça. Ele deveria ter lido as cartas dos leitores, quando concluiria que a maioria dos brasileiros, a exemplo dos americanos, também apoiou a invasão da fortaleza de Bin Laden. Eu gostaria de lembrá-lo, que a luta contra o terror, na realidade é uma guerra e nela normalmente ganha, quem mais mata. É outro a dizer que o rei dos terrorista estava desarmado. Desarmado dentro de uma fortaleza que até mísseis tinha? Só faltou sugerir, que antes da invasão a secretária de estado Hilary Clinton, deveria ter mantido reunião com Bin Laden, para que fosse combinado o dia e a hora da invasão. Agora se tudo tivesse dado errado e todos os soldados americanos estivessem mortos, certamente nossos cronistas estariam exultantes, despejando todo seu ódio sobre Obama e enaltecendo as qualidades de Bin Laden.

 

 

João Henrique Rieder rieder@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ARTIGO DE EUGÊNIO BUCCI

 

 

O articulista demonstrou grande equilíbrio e discernimento, ao analisar - no episódio do assassinato de Bin Laden - as falhas éticas e morais demonstradas pelos pronunciamentos dos principais lideres do pais (ainda) mais poderoso do planeta. E também muita coragem, ao expor opiniões aparentemente incorretas, politicamente, não fazendo coro com a maioria pouco silenciosa das pessoas que aplaudem soluções simplistas e violentas para todos os problemas - mesmo os mais complexos.

 

J. Roberto Whitaker Penteado jrwp@jrwp.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CIRCO E PALHAÇOS

 

Este mundo é mesmo um circo. Quanta bobagem, quanta cretinice está rolando por conta da novela Bin Laden. Pra começo de conversa não existe outro assunto, nem nos noticiários, nem nos palácios, nem na boca do povo, nem nos bastidores mais escondidos e obscuros deste vasto mundo. As opiniões são diversas nos pronunciamentos de analistas, especialistas e dos críticos mundo afora. Não gosto muito do jeito norte-americano de resolver coisas que lhes competem, assim como as que não lhes competem, sobretudo. Mas, venhamos e convenhamos, alguns criticarem a empreitada que culminou com a morte do terrorista Bin Laden e da forma como foi abatido, segundo esses críticos "sem oportunidade de defesa" , chega a ser ridículo se perguntarmos qual a chance de defesa que ele, Bin Laden, deu ás inúmeras vítimas do World Trade Center, no fatídico 11 de setembro de 2001. Mas, um vereador de Anápolis(GO) pedir um minuto de silêncio em homenagem à morte de Bin Laden, e o presidente da câmara conceder o pedido, chega às raias do absurdo e demonstrar-nos a palhaçada de que esses homens públicos brasileiros são capazes de fazer com a carta mais lavada do mundo.

 

Nei Silveira de Almeida neizao1@yahoo.com.br

Belo Horizonte

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

INVASÃO

 

Não se questiona que Osama Bin Laden pudesse merecer o fim que teve. Afinal, foi o mentor de uma atrocidade sem igual em tempos de paz. Contudo, estivesse ele escondido em qualquer outra nação, teria ocorrido semelhante operação? Teriam as forcas norte-americanas ingressado em território estrangeiro, invadido uma residência e eliminado a tiros seus inimigos? Qual a pior incerteza: aquela causada pela ocorrência iminente e em qualquer lugar de um ataque terrorista ou aquela causada pela possibilidade de uma Nação avocar a si o direito de ingressar em qualquer território, a qualquer momento e capturar ou abater quem quer que seja a par dos governos locais?

 

Roberto Izidorio Pereira roberto.izidorio@me.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VIÚVAS DE BIN LADEN

 

 

Quem diria que o governo do Paquistão não seria avisado? Isso já esta sendo posto como crime maior que o 9/11! É possível que o Bin Laden estivesse contando com todos os direitos e regalias agora reclamadas por seus seguidores, amigos e simpatizantes. Prisão confortável, alimentação adequada, um julgamento, ampla defesa e uma bela tribuna para disseminar sua ideologia de ódio. Está claro que agradar a todos é impossível. Os EUA nem deveriam perder tempo em dar satisfações: funeral, fotos, postura discreta e respeitosa..não vai adiantar. Comemorem a remoção do inimigo, e que suas vítimas finalmente repousem em paz! De minha parte, dois alívios: O Osama não estava no Brasil como é tradição para criminosos do tipo. Mais precisamente, não estava em Foz do Iguaçu como cheguei a acreditar. E a diplomacia brasileira não ousou repreender os EUA com lorotas do tipo "insistir no diálogo", limitando-se a remoer declarações confusas e desconexas. Menos vergonhoso para nós brasileiros.

 

 

Antonio Cavalcanti da Matta Ribeiro antoniodamatta@ig.com.br

Guarulhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BANALIZAÇÃO DA TORTURA

 

 

O fato de Bin Laden ser uma unanimidade de rejeição mundial, e ninguém ficar triste com o seu desaparecimento não justifica a banalização da tortura. Tortura foi, é e será o crime mais hediondo dentro de nossa cultura, nada pode justificar esta aberração. Expressões como: "métodos reforçados de interrogatório", usadas pelo diretor da CIA, Leon Panetta, contextualizam ainda mais a gravidade do ato. O presidente Obama, subiu nas pesquisas para as próximas eleições presidenciais, mas caiu como personagem histórico, especialmente quando lembramos que se trata de um premio Nobel da paz.

 

 

Luigi Petti luigi.petti@oas.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BARBÁRIE E VIOLAÇÃO DE DIREITOS

 

 

É triste ver que, em pleno século 21, muitos ainda defendam a barbárie, a violação ao direito internacional e dos direitos humanos. O assassinato de Osama Bin Laden pelos EUA e a manutenção da prisão de Guantánamo pelos mesmos é emblemática e um bom retrato da nossa época. Não podemos aceitar o cinismo daqueles que entendem que 'os fins justificam os meios' e que, em nome de um determinado objetivo a ser alcançado, é permitido torturar, matar, trapacear, mentir, invadir países livres e soberanos com suas tropas e por aí vai. Não podemos usar a mesma lógica e os mesmos métodos dos pelos terroristas, sob pena de nos tornarmos iguais a eles. Numa verdadeira civilização, existem certos valores e princípios que estão acima de tudo, bem como prevalece o império da lei. Já na barbárie, o que existe é a lei do mais forte, sem ética, moral nem respeito pela dignidade da pessoa humana. Infelizmente, é preciso reconhecer que ainda somos bárbaros e que estamos muito longe de sermos verdadeiramente humanos e civilizados".

 

 

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EUA E A TORTURA

Desde o fim da inquisição os EUA são o primeiro pais a confessar a tentar justificar a prática da tortura. E para tanto, apontam o sucesso obtido na caçada da Bin Laden. Poderiam dizer pelo menos quantas pessoas foram torturadas, para chegar a essa finalidade, quantas morreram por não saber falar o que os agentes queriam, nestes anos todos. Sabemos que só em Guantánamo, território cubano diga-se de passagem, foram mais de 600 os supliciados. Para eles, só os americanos podem julgar e aplicar tortura. É preciso observar ainda que, além de Bin, da relação de outros caçados pelas forças invencíveis do império, a maioria são todas criaturas que não chegariam aos postos de comando sem ajuda oficial e oficiosa do criador, o estado americano: Sadan Hussein, General Noriega, Mubarak, os muitos ditadores africanos, asiáticos e latino americanos enfim. O fim do terrorismo está na distribuição de renda, justiça, democracia, sustentabilidade, ética, e não de tortura, prisões, invasões etc Sem dúvida, o verniz de civilização que construímos está em risco. Já vimos esse filme quando da queda do Império Romano.

Percival Maricato percivalmaricato@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SILÊNCIO

 

Plagiando o infeliz vereador goiano, proponho "ad cautelam" um século de silêncio sobre Osama bin Laden.

 

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A DEMOCRACIA DO TERROR

 

A história dos Estados Unidos da América nos últimos séculos é a história da farsa. A maior democracia do mundo faz fora o que não é capaz de fazer dentro, em seu território, contra seu povo. Inventam inimigos para ganhar eleições. Financiam e empossam ditadores para escravizar povos e confiscar suas riquezas naturais. Assim é, assim foi, em anos e anos de domínio e desprezo por povos menos desenvolvidos. Até bem pouco tempo, fez da América Latina sua latrina, legando a nós a submissão e as atrocidades de sanguinárias ditaduras que vitimaram, sobretudo, o desenvolvimento de um sentimento de nação, de povo, de Estado. Depois de engordarem e adestrarem Saddan Hussein, em sua eterna luta pelo domínio do Oriente Médio e de seu petróleo, elegeram-no inimigo, viabilizando mais uma eleição para o presidente de olhos miúdos George W. Bush. Tudo, com uma farsa inventada pelos EUA e aprovada pelo servilismo do mundo inteiro, das maiores potências mundiais. Era o início do martírio e do inferno para o pobre povo do Iraque, que com a ajuda das maiores democracia do planeta, viu seus dias de paz mutilados, contando com uma cumplicidade e complacência planetária. Uma escandalosa vergonha mundial! Depois desse episódio, que decepou o sentido de liberdade no Planeta, instaurou-se um lamentável sentimento de constrangimento no mundo. Ainda assim, alguns anos depois, o presidente dos EUA, um negro com nome árabe, viaja o mundo falando em liberdade, em democracia, na autodeterminação dos povos. No Brasil, com desenvoltura de um esgrimista, defendeu isso em todos os canais de comunicação, quando, no outro dia, invadia e matava líbios, tendo a participação de aviões não tripulados. Os EUA são isso, um país que faz guerras enviando aviões não tripulados. Onde tem gente, lançam bombas, sem considerar os que estão ao redor de seus alvos. O êxito das ações de Osama Bin Laden e sua rede de terror só foi possível pelo seu treinamento especial recebido nas trincheiras nebulosas da CIA. Os EUA investiram no dedicado discípulo para bombardear, instabilizar e dominar o mundo árabe. Suas fotos ao lado do líder mundial Bush pai estão aí, publicadas mundo afora. E os EUA mentindo e matando, matando e mentindo. Um, faz o terrorismo de Estado, aprovado e aplaudido por aqueles que defendem a liberdade e a democracia. Um terrorismo oficializado, sem rosto, eufemizado. Outro, faz o terrorismo escancarado, das ruas, do rosto exposto e divulgado mundo afora. A grande diferença entre eles é que são iguais, que matam e mutilam povos, que escravizam corações e mentes, aterrorizam a Humanidade. Se buscarmos nas páginas da memória, encontramos as mais belas lições da História escritas pela luta da independência dos EUA, coisa que orgulha a Humanidade até os dias de hoje. No entanto, o país que ousou lutar e conquistar a liberdade, com seu exército de homens e ideais, hoje é apenas um fantasma, uma sombra, um vulto, que assombra e atormenta o mundo inteiro.

 

 

Petrônio Souza Gonçalves petroniosouzagoncalves@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROPAGANDA

 

A declaração da secretária de Estado americana de que a execução de Osama bin Laden foram os trinta e oito minutos mais intenso da sua vida mostra bem que tudo foi programado para ser explorado em termos de propaganda política.E a cada manifestação de uma autoridade da que Governo mostra que prevalece entre eles a ideia de que tudo podem fazer, sem dar satisfações nem aos Governos aliados. Como no caso da invasão do Iraque, desrespeitando a decisão da Onu e causando milhares de mortes de pessoas inocentes. Vem a seguir o sequestro de iraquianos, paquistaneses e afegãos, levados arbitrariamente para Guatanamo, onde são torturados e não submetidos a julgamentos. E agora a ação que culminou com a morte do que eles consideram o principal líder terrorista do mundo. Mas sabe-se que Osama Bin Laden liderava uma organização, mas há mais de uma dúzia delas em vários países, provocando medo de ações ainda piores do que a destruição das Torres Gêmeas. Não se pode defender terrorismo, claro, mas as demais nações não podem ficar inertes esperando decisões e ações de quem se julga dono do mundo. Para garantir uma paz efetiva.

 

 

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A QUEM INTERESSAVA REALMENTE A MORTE DE BIN LADEN?

 

 

Além dos Estados Unidos,interessava também aos países árabes, dirigido por tiranos.Com a permanência dos americanos espalhando o discurso da democracia por lá,e com os atuais levantes do povo pedindo mais liberdade.Era melhor se desfazer da principal motivação, que mantinha os americanos presentes."

 

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FALTOU BRILHO

 

 

 

O deputado André Vargas (PT) lamentou publicamente que a operação GERÔNIMO (terrorista Osama bin Laden) e desencadeada pelas forças de elite norte americanas, ofuscaram "parte do brilho do meritório perdão" que Delubio Soares recebia do petismo-fisiológico. Sugere-se, diante da empáfia do partido que se outorga a fundação do Brasil em 2003, e para tanto busca a mídia incessante e de forma vulgar e sob intelecto medíocre, predicado está que sempre está em seu auge, que notifique a Casa Branca para que antes de qualquer ação ordenada por Obama, que seja consultado o Diretório do PT, inclusive para o nome da operação e que fatalmente nesse caso nem seria GERÔNIMO, mas sim GENOÍNO, ampliando assim a imagem do partido cuja mentalidade e saga fisiológica oxalá pudéssemos embarcar numa caravela e devolver aos mares para que pudesse promover descobertas em outras paragens bem mais distantes.

Oswaldo Colombo Filho colomboconsult@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ERROU

 

Bin Laden era mal informado, pois estaria são e salvo se viesse para o Brasil , paraíso de malfeitor é aqui. O Battisti que o diga.

Roberto Castiglioni rocastiglioni@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MENTIRAS

 

 

Para o mentiroso que não quer admitir que mentiu, a pior consequência a sua quase total impassibilidade de consertar o erro, pois normalmente, para consertar os "furos" deixados após a divulgação da primeira mentira, vê-se na imperiosa necessidade de inventar novas mentiras, esquecendo-se que, tal como acontece normalmente nessas ocasiões, uma mentira puxa outra, depois outra e mais outra, criando um verdadeiro círculo vicioso, que. mais dia menos dia, acabará por desmoralizar a tal versão mentirosamente engendrada. Um exemplo típico dessa situação está sendo vivenciada agora pelo Governo dos EUA que, sabe-se lá movido por quais interesses, criou um "enredo de filme hollywoodiano", para explicar o que seria a operação militar que teria localizado e matado o terrorista Bin Laden. Depois de uma sequência de explicações fantasiosas, muitas das quais absolutamente conflitantes, os EUA conseguiram fazer com que as desconfianças em relação a tal operação venham se acumulando pelo mundo afora. O fato é que, pelo menos até agora, ninguém sabe o que realmente aconteceu naquela casa em Abbottabad, no Paquistão. Talvez a única certeza seja em relação aos fatos, e a de que ninguém pode ter certeza de nada, pelo menos enquanto as autoridades norte-americanas continuarem sonegando informações, apelando descaradamente para mentiras e meias verdades como forma de descrever o episódio. Até quando conseguirão continuar escamoteando a "verdade verdadeira"?

 

Júlio Ferreira julioferreira.net@gmail.com

Recife (PE)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TUDO PELA ELEIÇÃO

 

E o tal Osama Bin Laden assassinou alguns americanos e por isso o tal George Walker Bush se reelegeu. E o tal Barack Hussein Obama Júnior assassinou o tal Osama Bin Laden e por isso será reeleito.

Ney José Pereira neyjosepereira@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SINAL DOS TEMPOS

 

 

Tenho reiterado neste fórum que ainda estamos nos tempos do "caciques e dos pajés", senão, o facínora como Bin Laden sequer teria surgido. E levou-se décadas para "encontrá-lo e decapitá-lo", por que de fato não tinha mais interesse para os caciques. No Brasil, não há terroristas, porque os mesmos já são o poder, ou o "pudê", como queiram. F. Beira Mar comanda seu império do tráfico confortavelmente dentro de cadeia de segurança máxima, junto com outros lideres semelhantes. Temos sorte nesse mundo cão!

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JUSTIÇA

 

 

Barack Obama aparece na mídia solenemente e declara: foi feita a justiça. Um atentado à inteligência humana (excluída a dos americanos, como vimos), suprema corte americana e aos direitos humanos também. O tenente-coronel Ricardo Rocha, da PM de Gois, apontado como o líder do grupo de extermínio do Estado, coleciona mais de 100 mortes, boa parte com ocultação de cadáver, como fez Obama. Segundo ele também, foi feita a justiça. Os direitos humanos agora ficam num dilema: ou condenam Obama ou absolvem Ricardo Rocha. E para completar o pepino dos Direitos Humanos, como fica agora a questão dos guerrilheiros mortos e desaparecidos durante as ditaduras militares, especialmente da A. Latina? Ou seja, os EUA cada vez mais se assemelham às ditaduras da A. Latina e os terroristas da Al Qaeda, aos mortos e torturados daquelas ditaduras. Mas para azar do goleiro Bruno do Flamengo e seus comparsas, esse precedente de Obama não os beneficia ou até os prejudica. Pois, apesar de terem cometido o mesmo crime de Obama, assassinato com ocultação de cadáver, a sua vítima não estava na lista de inimigos públicos.

 

Francisco J. D. Santana franssuzer@gmail.com

Salvador

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OPTANTE DE PRIMEIRA HORA

 

 

Tivesse eu tido parentes vítimas de atentado de qualquer ordem, literalmente assassinados por inescrupulosos terrorristas-assassinos também optaria por torturas qualquer que fossem, para ajuda na busca dos mentores e executores de atos desse tipo.Os que são contra a tortura nesses casos não tiveram parentes mortos em tais circunstâncias.

 

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O FIM DO MONSTRO

As opiniões dos leitores do Estadão publicadas no Fórum dos Leitores do jornal de ontem são, na minha opinião, sínteses perfeitas sobre o fim do monstro chamado Bin Laden! Todo o resto que se escrever ou se falar daqui por diante, tanto faz e pouco adicionará! As favas as leis humanas tão imperfeitas, a hipocrisia humana e aos advogados do diabo. As Leis Morais Divinas, que praticamente não as conhecemos, foram cumpridas! Quanto às leis humanas, por tabela, esse monstro ficou quase dez anos em prisão perpetua própria e agora cumpriu a merecida pena de morte! Ninguém morre sem a permissão do Criador, para os céticos da Causa Primária do Universo que eles não podem ignorar e, a humanidade se livrou do Osama bin Laden! Que as trevas o recebam em festa, aonde não sei e não me interessa!

Eduardo Mees eduardomees@terra.com.br

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GERONIMO

 

Sem querer entrar no mérito da questão, quero crer que cutucaram o diabo com vara curta.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BIN LADENEY

 

O maior absurdo no episódio da espetacular e merecida execução de Osama bin Laden, foi o oligarca José Sarney,condenar o terrorismo. Justo ele e seu clã, que já bem antes da Al-Qaeda, vem cometendo diversos "11 de setembro" no Maranhão, através da corrupção e outras atrocidades, fortalecendo a miséria e consequentemente a morte de milhares de brasileiros. Sarney é sem dúvida o terrorista com a maior longevidade atuando no século 21.

 

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

POBREZA EXTREMA

 

A principal promessa eleitoral da presidente Dilma Rousseff foi a de erradicar a pobreza extrema até 2014. Espero que ela consiga cumprir o prometido. O maior trabalho que ela encontrará pela frente deverá ser o de detectar os ladrões que tentarão desviar as verbas destinadas a melhorar a existência dos brasileiros que vivem na miséria extrema. Os políticos corruptos estarão oferecendo uma vida um pouco melhor aos miseráveis em troca de votos. Esses criminosos são verdadeiros terroristas que deveriam ser eliminados sem nenhuma complacência. E quem são os miseráveis que nascem e vivem equilibrados na aresta vertiginosa que fica entre a miséria absoluta e a pobreza? Eles estão em toda a parte do Brasil. A criança pobre começa a trabalhar cedo. Uma, no meio de milhares, conseguirá estudar numa faculdade, terá um emprego razoável, e levará uma vida digna. Na maioria das vezes, eles vieram ao mundo porque os pais não sabiam o que estavam fazendo. Pai e mãe são também filhos da miséria, que se reproduziram na mesma areia movediça. Todos sofrerão a vida inteira, e seus descendentes terão a pobreza como única herança. A miséria absoluta está em qualquer lugar do Brasil. É só a gente ter coragem de olhar e sentir. Pode ser numa favela em qualquer cidade brasileira, onde uma garotinha brinca com a cabeça de uma boneca. Ao seu lado, um garoto segura a asa de um avião, levando-o em direção aos céus. A ternura dos olhos claros da menina, juntamente com a audácia dos olhos negros do menino, ao lado de uma lixeira coletiva, cheia de ratos e urubus, faz com que uma nuvem escura cubra o sol de vergonha. No interior, a mãe coloca na boca da criança uma mamadeira feita à base do leite de cabra e aguardente. Faz passar a fome e evita o choro. O silêncio de Deus se confunde com a omissão dos homens. Presidente Dilma, tenho certeza que todos desejam o seu sucesso nesta empreitada. Conforme diriam os políticos, este é um assunto suprapartidário.

 

 

Wilson Gordon Parker wgparker@oi.com.br

Nova Friburgo (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ERRADICAR A MISÉRIA

 

 

Presidente Dilma. Que tal aumentar a renda familiar dos 16 milhões de brasileiros que vivem em extrema pobreza em R$ 440 por mês sem comprometer nenhum investimento? Como? Simples. Vejamos. Segundo o IBGE o PIB brasileiro chegou a R$ 3,675 trilhões. Segundo a Fiesp o custo da corrupção chega a 2,3% do PIB. Acabando com a corrupção, sobram exatos R$ 84,525 bilhões, que, divididos por 16 milhões, resultam em R$ 5.282,82 por ano para cada um desses 16 milhões e, portanto, R$ 440,23 mensais. Tão certo quanto 2 mais 2 é igual a 4.

 

 

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAUSA

 

Para erradicar a miséria, senhora dona presidenta, basta erradicar a causa: os políticos.

Ela se dissemina onde eles e o Estado são mais atuantes. Quer melhores exemplos do que o Maranhão e Cuba? A senhora conhece a pobreza da Coreia do Norte e Alagoas?

Quando os homens exercem seus podres poderes...

Moacyr Castro jequitis@uol.com.br

Ribeirão Preto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

INVESTIMENTO GARANTIDO

 

 

Senhora presidente, para combater a pobreza, não é dando dinheiro, e sim dando escola e saúde; esse, sim, é um investimento com resultado garantido.

 

 

Fabio Duarte de Araujo fabionyube@visualbyte.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

POBRES APOSENTADOS

 

 

Dilma Rousseff quer erradicar a miséria e pobreza no País. Gostaria de saber qual será a mágica, uma vez que ao continuar esta política de reajuste aos aposentados, com certeza anualmente muitos deles se agregarão aos pobres e miseráveis já existentes, fazendo com que esse contingente aumente ao invés de diminuir.

 

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A CLASSE MÉDIA DO PT

Antes do governo "Burla", uma família considerada classe média era a possuidora de imóvel próprio, carro e renda muito acima dos valores dos dois e poucos salários mínimos de hoje. Lula e seu PT, com essa renda, conseguiu o milagre de criar uma família "classe média" que mal consegue comer o suficiente para suprir suas necessidades básicas, morar em um barraco de favela e se tiver carro, é um daqueles "pau velhos" que andam se arrastando por aí.

Laércio Zannini zanix@hotmail.com

Garça

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ATÉ EU!

Na qualidade de fervoroso militante do PSDB, quero protestar veementemente contra o jogo sujo de cartas marcadas promovido pelo PT e pela Presidente. Que negócio é este de erradicar a miséria?! Gastar dinheiro com essa gentinha, só para aumentar em 16 milhões o número de seus eleitores?! A gente tem de olhar é da classe média para cima, como bem alertou nosso sábio e majestoso FHC. Ganhar eleições assim, até eu!

Isnard Camara de Oliveira ungoa@uol.com.br

Bragança Paulista

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CHAGA VERGONHOSA

É inadmissível que o Brasil abrigue 16 milhões de pessoas vivendo sob estado de extrema pobreza. quando se sabe que a carga tributária do país situa-se como uma das mais elevadas do planeta. Portanto, essa situação perversa é consequência da má distribuição dos recursos públicos, os quais se diluem, como é sabido, nos meandros de uma burocracia estatal caríssima e ineficiente. Some-se a isso, a endêmica corrupção incrustada em vários níveis da administração pública. O que podemos desejar doravante é que a presidente Dilma concretize com sucesso seu plano de erradicar de vez essa chaga que muito nos envergonha e que traz tanto sofrimento a esses brasileiros. Para isso, precisará de pulso firme e determinação, atributos que parecem não lhe faltar.

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ERRADICAÇÃO DA MISÉRIA?

 

 

A presidente Dilma disse que quer erradicar a miséria no Brasil aumentando a quantidade de Bolsa Família e o valor dela. Pode ser que o número miseráveis caiam, mas vai aumentar a leva de desempregados que vivem de favores do governo, principalmente no Nordeste.

 

Toshio Icizuca toshioicizuca@terra.com.br

Piracicaba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AS PALESTRAS DE LULA

 

 

Li que o ex-presidente está faturando alto com palestras. O que me causa espanto não é o que ele ganha, mas o que ele tem para ensinar que o mundo político, empresarial e científico já não saiba. Quais serão os interesses dos que pagam para ouvi-lo? Será um arranjo dos companheiros para que ele se sinta envaidecido por ombrear-se a FHC? Suponho que ele se reporte a técnicas de dissimulação (não vi, não sabia, assinei sem ler), a como vencer na vida sem fazer força, e a livrar-se do desconforto da azia não lendo nem escrevendo, etc.. Já que ele está ganhando tanto dinheiro, podia dispensar o "bolsa ditadura". Para quem não sabe, esclareço. Lula esteve preso uns dias por defender exclusivamente os interesses dos metalúrgicos, não os do povo em geral, nem os do Brasil em particular. E por ser quem é, e por aleivosia, deram-lhe uma pensão que hoje deve estar em torno de R$6 mil mensais. Quando anunciaram este mimo, pensei: se Lula é realmente um socialista ortodoxo vai recusar sob pretexto de milhões de brasileiros, após trinta e cinco anos de trabalho e de contribuição, receberem dois ou três salários mínimos de aposentadoria. E que, portanto, não é justo que ele seja privilegiado, mas que nada, Lula segurou o bilhete premiado com as duas mãos e nem ficou ruborizado. Lula e outros sanguessugas da Pátria venderam as medalhas e os diplomas de Honra ao Mérito nos brechós dos indigentes.

 

Jaime Manuel da Costa Ferreira jaimemcferreira@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MUDA, BRASIL!

 

 

O Brasil realmente mudou.Temos uma presidenta que não aparece nos noticiários. Um ex-presidente que colhe agora os frutos do marketing encomendado durante o seu governo, com (palestras) pelo mundo a troco de alguns milhares de dólares. A oposição, que vivia seus estertores, foi cruelmente assassinada pelo hábil e ágil prefeito de São Paulo, que com um tiro só e certeiro angaria caciques em vários Estados para o seu PSD (onde foi parar o B?). No PT, Delúbio defenestrado em época eleitoral é agora ungido aos quadros do partido ( sob sursis ). Na Polícia, a Rota anda de Hilux e PM de Captiva, tudo em nome da segurança e melhor desempenho de suas funções. No esporte, o senhor ministro sugere mudanças na Lei de Licitações e o ex-presidente da Fifa, perdão da dívida dos clubes. Na Economia, temos um bilionário virtual , inflação a galope, bancos cada vez mais em menor número, mas com lucros trimestrais aviltantes. Só não muda o salário do trabalhador, a avassaladora volúpia na arrecadação da Receita Federal, o calote dos precatórios, a cara de pau dos políticos, a corrupção e os 16 milhões de brasileiros em completa miséria.

Muda, Brasil!

 

Renato Queiroz Telles Arruda rqtarruda@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUERO SER EX

 

Lula vai receber US$ 500 mil da LG para uma só palestra na Coreia. Quanto era mesmo o salário dele quando presidente? O grande negócio é ser ex-presidente. Nem FHC, quando ex, recebeu cachês como este. Ou "o cara" realmente tem muito a dizer ou os coreanos não sabem ouvir. Mas que 500 verdinhas é muita grana, ah isso é!

Odair Picciolli pedraseartes@suednet.com.br

Extrema (MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RECOMEÇAR

 

Um país cujo presidente termina seu mandato e depois de alguns dias o mesmo faz palestra a US$ 500 mil deve pensar em recomeçar tudo e novo. Apodreceu!

 

Orivaldo Tenorio de Vasconcelos prof.tenorio@uol.com.br

Monte Alto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GHOST WRITER

 

A pergunta que não quer calar: Quem é a pessoa que escreve as palestras que o ex presidente Lula anda fazendo? O cara não sabe nem falar, imagina escrever.

 

Carlito Sampaio Góes carlitosg@estadao.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A DEMOCRACIA DO PT

 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou durante audiência na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado que Luis Inácio Lula da Silva havia demonstrado sua insatisfação com o ex-presidente da Vale e que ele, Roger Agnelli, "simplesmente ignorou e continuou fazendo o que achava necessário". Mas é lógico, a Vale é uma empresa privada e o seu presidente está lá para fazer o que é melhor para a empresa com o aval dos acionistas. Desde quando o presidente de uma empresa privada tem que dar satisfações para essa quadrilha que tomou conta do país? Não faz muito tempo que o mesmo ex- presidente da república reclamou que os médicos só querem trabalhar na região da Av.Paulista em uma clara tentativa de interferir na vida de um profissional liberal. Sou médico, não estou em Cuba nem na Venezuela. Trabalho onde me der vontade, não preciso de governo, não devo satisfação a nenhum deles e jamais aceitaria imposição, muito menos desse, que além de extremamente corrupto, menospreza os princípios básicos da democracia.

 

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GUIDO MANTEGA E AS RETALIAÇÕES

 

A figura cândida e leve de Guido Mantega contrasta com a fisionomia impenetrável e cortante de Muammar AL Kadaf. No entanto, pelo menos num ponto, ambos falam a mesma linguagem; que também é própria de Hugo Chávez. O governo pode retaliar empresas privadas, quando estas não rezam sua cartilha. Puro Hobbes e seu Leviatã. O poder seduz, corrompe ideias e ideais, descaracteriza homens de boa formação. Antes de assumir qualquer cargo de proa em regimes democráticos, os agentes deveriam ser obrigados a ler Isaiah Berlim, Karl Popper e Mário Vargas Llosa. E a Constituição, é claro. Pelo menos.

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CARINHO

Mantega diz ser "democrático" retaliação de empresas que desagradam o Governo. A incompetência lullopetista exerce seu autoritarismo exigindo o absurdo cafuné.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.