Cartas- 06/08/2010

PUNIÇÃO DO CNJ

, O Estado de S.Paulo

06 de agosto de 2010 | 00h00

Rica aposentadoria

Juízes flagrados vendendo sentenças são exemplarmente punidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Aposentados compulsoriamente, passarão a perceber "apenas" seus míseros salários de cerca de R$ 25 mil. Para a Justiça, é justiça! Para o povo brasileiro, é um acinte!

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

__________

EDUCAÇÃO

Mais promessas vãs?

Assunto que me exaspera é um governante ter chegado aonde chegou porque tem méritos, quando, na verdade, muitas vezes terá sido por demérito dos milhões que, por ignorância, lhe confiaram o voto. Nos 510 anos desde que fomos achados oficialmente, nunca vimos um governante sequer apresentar, com seriedade, um programa para educação de base. Claro que isso não é descuido, mas estratégico e proposital, pois povo educado, esclarecido, culto e saudável é uma tremenda dor de cabeça para nossos medíocres políticos. Terceiro Mundo é muito mais fácil de administrar e ovelhas submissas são mais mansas, cordatas, aceitam qualquer lei, qualquer conversa mole de palanque, qualquer um que as pastoreie, mesmo à custa de uma tosquiada de vez em quando. Gostaria que a educação fosse o tema pilar-mestre - não poste! - dos debates que teremos até outubro. Só assim saberemos quem realmente está comprometido com o futuro das nossas crianças e a preparação dos líderes de amanhã.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

__________

SOBERANIA NACIONAL

"Simplesmente brasileiros"

São, no mínimo, preocupantes as denúncias sobre problema tão grave que o País está vivenciando. Desta vez é o almirante Mario Cesar Flores que a faz, no artigo Somos todos simplesmente brasileiros (31/7, A.2), onde atenta para a política adotada pelo governo petista quanto à adoção de cotas raciais nas universidades, em detrimento do ensino fundamental de qualidade - este, sim, base de uma educação mais justa e democrática -, mais a demarcação de grandes extensões de terras destinadas a índios e quilombolas. Estamos numa época em que todos querem compartilhar as aquisições da tecnologia e o conforto que traz, tanto assim que os povos indígenas abandonaram há muito o nomadismo e não têm mais radical dependência da natureza. Os resultados da divisão entre os povos que compõem a brasilidade já se fazem notar na Raposa-Serra do Sol, "travestida" em "nação indígena", onde já se aventa a possibilidade de sua autodeterminação. Mais preocupante, ainda, é o fato de que problema tão relevante, que põe em risco a soberania nacional, não figure na pauta dos candidatos à Presidência da República, muito menos dos demais setores esclarecidos da sociedade brasileira.

M. Cecília Naclério Homem mcecilianh@gmail.com

São Paulo

__________

AHMADINEJAD

Salvem a iraniana

Tem Greenpeace para salvar baleia e ONG para transformar índio em latifundiário, mas parece que não tem nada nem ninguém que se disponha a peitar aquele Torquemada anão e seus aiatolás para impedir o apedrejamento de Sakineh. Dialogar com um sujeito que vive sonhando com bomba atômica é perda de tempo e só revela frouxidão. Vamos lá, presidente Lula, dê um ultimato ao seu pequeno amigo iraniano e, se não for atendido, corte as relações diplomáticas.

Stanislaw Cordeiro ratles2@hotmail.com

São Paulo

__________

ESCLARECIMENTOS

Inep

Com relação à reportagem Para especialistas, falta competência técnica ao Inep (5/8), gostaríamos de esclarecer que, convidados pelo sr. ministro da Educação, Fernando Haddad, para presidir o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), recebemos carta branca para montar nossas equipes. Em nenhum momento fomos pressionados pelo Ministério da Educação ou por qualquer órgão do governo ou agremiação política para nomear este ou aquele funcionário. Definitivamente, não há aparelhamento político no Inep.

Joaquim José Soares Neto, professor da UnB, presidente do Inep, e REYNALDO FERNANDES, professor da USP, ex-presidente do Inep imprensa@inep.gov.br

Brasília

__________

RODOANEL

Sobre a matéria Rodoanel terá prova de fogo com mais caminhões (30/7), cabe esclarecer: 1) A via está iluminada e funciona de acordo com normas técnicas desde abril - nas alças, nos acessos e trevos -, e não importa se por gerador ou outro tipo de energia, como já respondido ao Estado em maio. 2) Em relação à sensação de insegurança causada por pontos cegos de telefonia celular, o jornal insiste em que é um problema complicado, quando, na verdade, é uma atribuição das operadoras. A maioria das transportadoras utiliza, além de celular, um sistema de rastreamento de caminhões por GPS, via satélite, com 100% de cobertura. Outra informação que precisa ser ressaltada aos usuários é que não há registro de roubo de carga no Trecho Sul. 3) Quanto às passagens citadas pela reportagem, a Secretaria Estadual dos Transportes informa que já estão bloqueadas. Não existe acesso incompleto no cruzamento da Via Anchieta para quem vem do litoral. O acesso se faz só pela pista norte. Sobre o acesso da Avenida Papa João XXIII, é necessário informar que essa obra não tem relação alguma com o Rodoanel, mas com o Complexo Jacu-Pêssego. Tanto que no final do trecho, em direção a Mauá, há uma placa indicando o final do Trecho Sul. 4) Por fim, o Trecho Sul do Rodoanel é uma via rápida destinada a veículos, e não a pedestres. Ao longo de sua extensão, para ligação entre bairros, existem 48 passagens para pedestres e veículos, entre passarelas e passagens superiores e inferiores.

Patrícia Guedes, Assessoria de Imprensa da secretaria pguedes@sp.gov.br

São Paulo

__________

N. da R. - Se os quatro acessos clandestinos flagrados pela reportagem foram fechados, isso ocorreu depois que a matéria foi publicada. O acesso da Avenida Papa João XXIII, na saída do Rodoanel, que a carta aponta como sendo de outra obra, consta nos informativos e releases do governo estadual como sendo do Lote 1 do Trecho Sul. A iluminação por energia elétrica ainda não foi instalada, apesar de promessa do governo. E a matéria deixa claro que houve registro de cinco tentativas de roubo, nenhuma de carga.

__________

"Quanto tempo vai levar para a multa ser perdoada? O destino da arrecadação das multas é o mesmo dado pelas autoridades paulistas às aplicadas no trânsito?"

ANGELO ANTONIO MAGLIO / COTIA, SOBRE A PUNIÇÃO DA ANAC À GOL

Angelo@rancholarimoveis.com.br

"Anac - leia-se Anarc"

ARTURO ALCORTA / SÃO PAULO, SOBRE O CAOS AÉREO

arturoalcorta@uol.com.br

"Matar a pedradas é coisa de gente da Idade da Pedra, em pleno terceiro milênio"

JOSÉ PIACSEK NETO / AVANHANDAVA, SOBRE A IRANIANA SAKINEH, ACUSADA

DE ADULTÉRIO

bubapiacsek@yahoo.com.br

__________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 2.644

Resultado do CNT/Sensus mostra tendência detectada por outro dois institutos. Marina continua longe

TEMA DO DIA

Dilma lidera com 10 pontos sobre Serra

"As pesquisas sempre estão perto do resultado da eleição. Se não existe fraude nas urnas eletrônicas, elas estão corretas."

JULIO MARTINELLI

"O crescimento da candidatura Dilma se deve ao uso descarado e criminoso da máquina pública em favor da candidata."

FERNANDO AMOEDO

"Cuidado com pesquisas elaboradas sem critério que levam a números falsos. A verdadeira será feita em 3 de outubro."

JOSÉ ANTONIO MICHELETTI

__________

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o estadão.com.br

QUANTA DIFERANÇA

Achei maravilhoso o debate entre os presidenciáveis, pois mostraram a superioridade, o equilíbrio e a firmeza de opiniões de José Serra. Os outros candidatos são realmente muito fracos. Sempre votei no Serra e, mais do que nunca, vou continuar votando.

Rosemay Maluf Zarif may28@uol.com.br

São Paulo

__________

VERNÁCULO

A declaração de Dilma Rousseff, no primeiro debate de candidatos à Presidência, ''quando for presidenta (sic)'', demonstra que, mesmo tendo sido ''estudanta'' de pós-graduação (apesar de não defender tese), é ''ignoranta'' com relação ao vernáculo.

Célia Prado celprado@uol.com.br

São Paulo

__________

DEBATES

A pergunta que a sociedade brasileira quer ver respondida, objetivamente, pela presidenciável Dilma do Lula é: no tocante à infraestrutura do País, o que foi concebido, planejado, projetado e executado nos 7,5 anos de governo do PT, do qual ela fez parte no mais alto escalão decisório?

Francisco José Sidoti fransidoti@terra.com.br

São Paulo

__________

NADA DE NOVO

Passou da hora de termos um partido de oposição genuíno no País.

A julgar pelo histórico dos presidenciáveis, que estiveram presentes no debate de ontem à noite, nada

de novo no quartel de Abrantes. Senão, vejamos. Dilma, candidata governista, com o maior volume de doações, usando e abusando da máquina federal, sem escrúpulo algum. Marina Silva, até outro dia ministra do Meio Ambiente do governo petista. Seu esposo, Fábio Vaz, é secretário do governador Binho Marques (PT), uma herança da esposa antes de se filiar ao PV. José Serra disse em Pernambuco que votou em Lula para presidente em 1989 (contra Collor) e o camparou a Fernando Henrique Cardoso, dizendo-se amigos de ambos. Plínio, famoso intelectual esquerdista do PSOL, militou durante 25 anos no PT, ajudando nas campanhas de Lula. Que debate se poderia esperar, se são todos farinha do mesmo saco?

Aquiles Alves de Oliveira aquilesdeoliveira@ibest.com.br

Campinas

__________

VAI RESPEITAR?

Que a dona Dilma ''Carabina'' Rousseff e a dona Marina ''da floresta'' Silva prefiram, enquanto possível, governo desarmar ao cidadão honesto (ainda que o Estado seja curiosamente falho em desarmar o bandidão desonesto), todos nós já sabemos!

A questão é saber se José Serra tambem prefere a canoa furada do desarmamento civil, que deixa cidadãos ao léu e sem chance de defesa diante do crime e do criminoso, a exemplo e por afinidade ideológica, assim como fariam Marina Silva e Dilma Rousseff, ou ele respeitaria, democraticamente, o resultado do referendo de armas?

Sessenta e tres por cento das pessoas que votaram no referendo das armas

em 2005 dando a vitória ao ''NÃO'' e, portanto, não proibindo o comércio de armas e munições, e que estão sendo desrespeitadas pelo governo do lulopetismo, gostariam muito de saber...

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

__________

TRANSFORMAÇÃO GERAL

Em tempos de eleições, os candidatos cuidam com todo o esmero do figurino, da silhueta, e haja botox para corrigir imperfeicoes no rosto e lipos para corrigir as gorduras localizadas. A transformação é geral, os candidatos vão ficar bonitos, outros um pouco melhorados, afinal, dinheiro não falta para tais luxos. O que o eleitor não pode descuidar é do discurso desses candidatos. Bem antes do botox e das lipos, a saúde, a educação e a segurança do País vêm amargando internação na UTI e têm sido tema de todo candidato. Para esses servicos considerados essenciais não há cirurgia que dê jeito, visto que os cirurgiões que deveriam cuidar deles estão preocupados com seu visual, sua estética e performance. Acorda, Brasil, por enquanto a mudança é de fachada, mas a atitude, a ética, a transparência e o compromisso com o eleitor não passarao de simples promessas que jamais serão cumpridas. Quem é o culpado por essa indecência? O eleitor, que vota hoje e amanhã esquece em quem votou. Os candidatos agradecem.

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

__________

O CRIME ELEITORAL COMPENSA

Li no Estadao (5/8) que o presidente, a sua candidata e o PT receberam mais uma multa cada, por praticarem propaganda antecipada.

Aliás, os ministros do TSE têm de aplicar as leis. É ofício de cada um deles analisá-las e aplicá-las corretamente. A meu ver, o tribunal está sendo complacente ao aplicar somente multas e suspender programas futuros do partido.

Entretanto, está claro, que essas práticas não resolvem: não inibem a reincidência, a ilicitude do processo eleitoral continua. Porque para o PT o crime tem compensado, é só analisar que a dona Dilma há dois anos era pouca conhecida e hoje, segundo os institutos de pesquisa, é conhecida por mais de 70% da população que vota.

Portanto, de que formas e meios ela chegou a esse porcentual? A impressão que se tem é que o crime eleitoral compensa. O que significa uma multa de R$ 5 mil para uma campanha que deverá gastar R$ 150 milhões? Realmente, o TSE não enxerga, ou não quer enxergar? Será que é preciso reinventá-lo?

Francisco Aureny Braz franbraz55@estadao.com.br

Barueri

__________

Pesquisa CNT/Sensus

É certo que os institutos de pesquisa neste país não são dignos de muita credibilidade, basta lembrar o episódio em que Marta Suplicy foi veementemente prejudicada pelo Vox Populi quando disputou o governo do Estado. Porém, considerando o reacionarismo desses órgãos, e sua inevitável tendência em favorecer tucanos, democratas e afins, é de se pensar na pesquisa realizada pelo CNT/Sensus, que aponta uma vitória inevitável da petista Dilma Rousseff. Se o levantamento for verídico, estaremos salvos das garras tucanas, que por décadas asssola São Paulo com uma política lesa-povo jamais vista na História. Por outro lado, tudo indica que Alckmin dará continuidade, no Estado, a tudo de ruim que os paulistas não poderiam mais tolerar. Infelizmente, nosso Estado é composto por pessoas culturalmente atrasadas, pois se isso não fosse um fato o PSDB nem sequer existiria em nossos meios.

ANSELMO FERNANDO GRECCO fer.grecco@yahoo.com.br

Votorantim

__________

DILMA 10 PONTOS À FRENTE

Cada vez que leio sobre a vantagem de Dilma sobre Serra, fico temerosa de que a eleição se resolva já no primeiro turno. Temos assistido ao apoio total e irrestrito de Lula à sua candidata, usando um discurso popular que muda de acordo com o interesse da plateia. Sabemos, também, que a maioria não lê jornais. Então, acho que (por enquanto) ainda dá tempo de Serra rever sua campanha e falar a linguagem que o povo gosta de ouvir. Antes que meu temor se torne realidade.

Maria do Carmo Zaffalon Leme Cardoso mdokrmo@hotmail.com

Bauru

__________

DILMA E A CPMF

A presidenciável Dilma Rousseff declara que os recursos arrecadados pela extinta CPMF fazem falta para a saúde. Esta é uma meia-verdade. O fato é que a candidata, antes de mais nada, deveria ser mais transparente para com o eleitor, demonstrando, frente aos números, quanto do montante total arrecadado ao longo dos anos, efetivamente, foi revertido e utilizado em prol da saúde do Brasil. Da mesma forma, é preciso que Dilma esclareça o quanto do total arrecadado deixou de ser utilizado pela saúde e foi desviado e aplicado sabe-se lá onde. É isso que Dilma tem que nos dizer para que as suas palavras possam ter o mínimo de credibilidade.

David Neto drdavidneto@drdavidneto.com.br

São Paulo

__________

GOLPE SUJO

Dilma Rousseff, em seu último pronunciamento antes do debate da Band, quando foi indagada quanto à situação precária e caótica do sistema de saúde no Brasil, defendeu o atual governo, afirmando que tal situação se deve à perda da arrecadação advinda da CPMF. Afirmação totalmente irreal, pois, conforme dados do ''impostômetro'', a arrecadação está totalmente acima do já arrecadado em anos anteriores, em que havia a vigência da CPMF. Isto, sim, é mais um golpe sujo sobre a população, para ela ter argumentos para reimplantar a CPMF, caso venha a vencer as eleições para presidente.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

__________

CLAMOR POPULAR

Sempre que tem oportunidade, Dilma se queixa da perda de R$ 40 bilhões da CPMF para a saúde.

Dilma não entendeu, ou finge não entender, que aquela famigerada CPMF acabou simplesmente por clamor popular, com o povo cansado de ser extorquido por anos a fio, sem que qualquer melhora na saúde tivesse ocorrido.

Acho que a candidata deveria ser mais explícita e declarar com todas as letras se a recriação da CPMF está em seus planos, caso seja eleita.

O eleitor brasileiro merece saber se o seu voto irá promover a volta da CPMF ou não.

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

__________

DERROTA RETUMBANTE

Dilma afirmou que os que reclamam da saúde no Brasil deveriam lembrar-se da responsabilidade da oposição, que tirou bilhões da CPMF que poderiam ser utilizados para essa área. Além de não corresponder à verdade, pois só a oposição não teria número suficiente para derrubar qualquer proposta, o dinheiro não era utilizado, como afirma a candidata, por esse desgoverno para a tão decantada finalidade. Até quando vamos ouvir essa cantilena de quem não aceita essa derrota retumbante do Lula? CPMF, nunca mais, pede o povo.

Leila E. Leitão São Paulo

__________

ESTELIONATO

A candidata Dilma afirmou que foram tirados R$40 bilhões da saúde. Que saúde, companheira? Só se for da saúde do MST, das ONGs, das centrais sindicais e da pelegada que está nesse governo. Nem neste e em nenhum governo a saúde pública andou como deveria, por isso a CPMF foi um estelionato cometido contra o povo brasileiro, seja ele rico ou pobre.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

__________

VERGONHA

Será que alguém no governo tem lido a coluna da Dora Kramer esta semana? Eu, como brasileiro, sinto-me envergonhado com tantas aberrações e falta de bom senso desse desgoverno. Lamentavelmente, o povão não tem acesso a essas informações e dá esse índice patético de aprovação ao presidente. Pobre povo brasileiro!

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

__________

AINDA A ENTREVISTA DE EROS GRAU

Sr. ex-ministro Eros Grau, qual é o grau de seu cinismo? O sr. diz que ''julgar à margem da Constituição e da legalidade é inadmissível'', mas é os senhores que fazem isso. Veja o caso da censura ao Estadão, os senhores atropelaram o nosso direito à informação! Isso é estar à margem da Constituição e da legalidade? O sr. diz que na Ficha Limpa o candidato sujo deve ter o processo transitado em julgado. E quando é que isso acontece? Nunca! Os protegidos jamais têm sentença transitada em julgado, vai tudo para as calendas, para a poeira dos arquivos, para o esquecimento, para dar ao político sujo a continuidade no poder. Jamais vimos um político corrupto ser julgado; são todos da mesma panela, não é sr. ministro? Acha que não sabemos, a farsa há muito é de conhecimento público! Ora, ministro achar que a Ficha Limpa é antidemocrática é o máximo! E, então, os senhores do STF não aceitaram o sr. Toffoli, que deve à Justiça, foi condenado, e agora está no Supremo com suas benesses? Isso, sim, é perigoso para a democracia, é contra a Constituição, que diz que o indicado deve ter reputação ilibada e profundo saber jurídico. Como é que Toffoli tem alto saber jurídico se não passou em dois concursos? Ora, sr. ministro, pare de dizer asneiras, pare de irritar o povo! Vá gozar sua aposentadoria vitalícia de holerite gordo que nós, os trouxas, garantimos!

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

__________

ALUCINAÇÃO

Li a entrevista do ministro Eros Grau a respeito da Ficha Limpa. Não concordo com ele: deve estar sonhando. Dizer que a Lei da Ficha Limpa põe em risco o Estado de Direito é, no mínimo, uma alucinação.

Não é correto sustentar que o político só deve ser considerado ficha-suja se condenado definitivamente pelo crime: afinal, muitas outras formas de condenação indicam corrupção e nocividade, exigindo a eliminação dos meios políticos. Ficha-suja tem que ir para cadeia, e não para o Congresso!

"Este país" só será sério quando todos os corruptos estiverem presos!

O Legislativo brasileiro é uma vergonha! Enoja!

sidnei alzidio pinto advocacia.sidnei@uol.com.br

Adamantina

__________

MORALIDADE E PROCESSO CIVILIZATÓRIO.

Por mais que não pareça, o processo civilizatório entre nós caminha. A Lei da Ficha Limpa, sendo pouco a pouco aplicada, e a reação da opinião pública contra o privilégio que gozam os magistrados pegos em atos antiéticos - legislação da época da ditadura, é bom lembrar - são exemplos claros disso. Urge agora que mecanismos existentes ou a serem criados possam aperfeiçoar mais ainda um sistema jurídico e legal que iniba e puna todos, sem distinção de qualquer espécie, infringentes das boas normas da moralidade social.

José de Anchieta Nobre de Almeida josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

__________

QUEM DÁ BOLA É O SANTOS

Em sete meses, dois títulos e mais de 150 gols marcados. Este é o perfil do surpreendente Santos Futebol Clube em 2010.

E os literalmente "meninos da Vila" comprovam que o futebol jogado com irreverência e responsabilidade ganha campeonato, sim!

Esta conquista da Copa Brasil premia também a nova diretoria do Peixe, que sem sacrificar seu orçamento já combalido por outras administrações montou uma equipe a um custo baixo, graças à ótima safra de talentos formados nas categorias de base.

Mas o grande vitorioso, sem dúvida, é o técnico Dorival Jr., ousado, a favor do futebol arte, e sem medo nem frescuras dá oportunidade a atletas inexperientes, mas promissores! E deixa um enorme legado para os principais clubes brasileiros, que contratam a peso de ouro treinadores que só querem medalhões para garantir seus empregos.

E agora quem dá bola mesmo é o Santos! E os não-torcedores do Peixe, como eu, temos mais é que aplaudir os "meninos da famosa Vila".

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

__________

''VOCÊS VÃO TER QUE ME ENGOLIR!''

Chega a ser cruel a perseguição advinda até de profissionais esportivos contra os chamados ''meninos da Vila'', que só não foram campeões do mundo na Copa da África do Sul porque o retranqueiro do Dunga resolveu apostar na velha guarda.

Espero que esse título da Copa Brasil sirva para calar a boca dos invejosos de plantão!

Pedro Pinto da Silva

São Bernardo do Campo

__________

O ESCÁRNIO DOS BOLEIROS SANTISTAS

Noite dessas, alguns boleiros do Santos fizeram uma série de ''gracinhas'' via internet que pegou muito mal e provocou indignação na mídia, em torcedores da equipe e em quem tomou conhecimento via divulgação pela TV. Mas de quem é a culpa dessa palhaçada que fizeram? Começa pela diretoria do clube, que vive passando a mão na cabeça deles como se ainda fossem crianças de colo e não toma a atitude certa, uma punição pesada em seus salários para servir de lição. Segue com o torcedor que bestamente passa horas em locais como aeroportos e estádios à espera para homenagear um porcaria desses para depois ser humilhado pelo mesmo. Tomara que aprendam a lição. Finalmente vem a midia, que basta um golzinho aqui e outro ali, somado a ''dancinhas'' de palhaços, e já são eleitos como ''gênios'' da bola e até heróis nacionais. Os caras sentem-se ''reis da cocada preta'' e não estão nem aí, principalmente porque vivem num país onde o desrespeito a tudo começa lá em cima.

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

São Paulo

__________

FALTA MUITO

Essa meninada do Santos acha que pode tudo. Já, já terão que ser duramente repreendidos, senão não vão dar em nada. Há que enquadrá-los. Falta-lhes estrutura psicológica. Não sabem lidar com a fama e o dinheiro. Talvez nem seus familiares. Os dirigentes precisam acordar para a realidade.

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

__________

GARGALHADA SAFADA

É repugnante ver o sr. ricardo teixeira (minúsculas mesmo) gargalhar por ter conseguido excluir o Estádio do Morumbi da Copa de 2014.

Neste país a politicalha sempre vence! Não vou dizer onde ele pode fazer a abertura da Copa porque poderia ser ofensivo.

Gustavo Guimarães da Veiga gjgveiga@hotmail.com

São Paulo

__________

COPA 2014

A reportagem com o Ricardo Teixeira (4/8) mostra duas coisas. Ele insiste em pressionar o governo de São Paulo ao tirar a cidade como sede, por não indicar um estádio, o que não é verdade, pois o governo já indicou o Morumbi, e depois alivia afirmando que a Fifa quer a abertura por aqui, desde que se construa um estádio novo, coisa que o governo já definiu que não vai fazer. Outra coisa que chama a atenção pela foto publicada é como o sr. Ricardo Teixeira se descontrai e se sente feliz rodeado de jornalistas ''amigos''.

Maurício Lima mapeli@uol.com.br

São Paulo

__________

DESAFINADO

Agora o ministro quer o Morumbi, fazendo jus ao nome

do cantor homônimo, deveria ir cantar em outra freguesia.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

__________

MANO NA SELEÇÃO

Se buscarmos nos arquivos de 2006/2007, as reportagens com o Dunga estão agora se repetindo com o novo fantoche do dono da CBF. Eu pensava que o Mano tivesse um pouco mais de personalidade, mas parece que me enganei. Todos têm chances, a seleção está aberta, vamos renovar, etc. O Dunga falou a mesma coisa e quando quis um pouco de seriedade veio o comando e deixou-o na poeira. Já começou onde já dissera que começaria. No primeiro programa que o titular (que é um porta-voz bem pago) se dignou a fazer, trouxe o novo candidato a fantoche. O cara é bom mesmo, deu um passa-moleque em todos, inclusive no Muricy, e saiu de fininho, "low profile". Em julho de 2014, se for campeão, terá os louros, caso contrário, já temos culpado.

Manoel Mendes de Brito brito.voni@terra.com.br

Bertioga

__________

GOL CONTRA

Apesar de faltarem quatro anos para a Copa do Mundo no Brasil, já foi marcado um "gol contra", como se viu no terrível caos que mais uma vez se instalou nos aeroportos brasileiros, transtornando a vida de milhares de passageiros.

O governo Lula, como é de praxe, para insuflar a sua performance e tentar fazer o seu sucessor, fez propaganda enganosa para que o Brasil ganhasse o direito de sediar a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016, sem que o País tenha, ou possa vir a ter em tempo hábil, a mínima infraestrutura para ser anfitrião das maiores competições esportivas do planeta.

"O cara" - que está deixando de ser "o cara" aos olhos de uma boquiaberta comunidade internacional, em decorrência da sua suspeita predileção em travar afáveis amizades com déspotas e tiranos sanguinários - fez a Fifa e o Comitê Olímpico Internacional (COI) levarem gato por lebre.

Túllio Marco Soares Carvalho http://www.tulhadotullio.blogspot.com/

Belo Horizonte

__________

OLIMPÍADA 2016

O que o povo tem para comemorar com a realização da Olimpíada aqui, no Brasil? Nada. Os únicos que têm motivo para isso são os políticos e o recém-surgido "estatoempresariado", que nasceu das megaestatais: Petrobrás, Correios, Previ, BNDES; e correndo por fora, o MST e muita ONG, e por aí vai. Esses assim chamados "estatoempresários" faturarão alto com o superfaturamento e desvio de verbas públicas. O Pan no Rio, que estava orçado em R$ 414 milhões, acabou custando R$ 3,7 bilhões. A Olimpíada começou orçada em R$ 26,5 bilhões e em 2016 acabará custando R$ 237 bilhões. Simultaneamente, a Copa começa com um orçamento de R$ 33 bi, dos quais o governo bancará R$ 29 bi, devendo a iniciativa privada entrar com a diferença de somente R$ 4 bi. Como todas as obras estão atrasadas, o governo Lula cobra urgência, e como pressa custa mais caro, a realização da Olimpíada não custará menos de R$ 295 bilhões. A exemplo do estrago que a construção de Brasília causou à economia brasileira, os próximos grandes estragos serão esses dois eventos. Ambas constituirão a maior herança maldita que Lula deixará. Não é à toa que o símbolo da Copa retrata uma pessoa desesperada, que esconde o rosto com as mãos. Talvez de remorso, ou de vergonha.

Iracema Palombello cepalombello@yahoo.com.br

Bragança Paulista

__________

O TORCEDOR ESTÁ MAIS PROTEGIDO?

Entrou em vigor em 27 de julho a Lei n.º 12.299/10, que introduziu alterações no Estatuto do Torcedor, Lei n.º 10.671/03. Dentre as principais inovações está a preocupação com a violência nos estádios, com a exigência de identificação dos membros das torcidas organizadas, a obrigatoriedade da revista pessoal, a proibição de cânticos discriminatórios racistas ou xenófobos e a proibição de ingresso de torcedores nos estádios portando fogos de artifício.

De acordo com a nova lei, a torcida organizada que promover tumulto e praticar ou incitar a violência ficará proibida de comparecer a eventos esportivos pelo prazo de até três anos.

A lei nova também criou os Juizados Especiais nos estádios, denominados Juizados do Torcedor, que, na prática, já existiam, e incumbiu a União, os Estados, o Distrito Federal e os municípios da defesa dos torcedores, mediante a criação de órgãos especializados para esse fim ou mesmo atribuindo essa função aos órgãos já existentes.

Também foram tipificados novos crimes, relacionados às atividades desportivas, tendo sido criminalizada, por exemplo, a atividade dos cambistas.

A impressão que dá é que a nova lei, que está sendo chamada de ''novo Estatuto do Torcedor'', trará mais proteção aos torcedores. Será que isso realmente vai acontecer?

Muito embora a lei tenha sido editada em 2003 e tenha assegurado, desde então, uma série de direitos aos torcedores, como o de se sentar no lugar previamente marcado, o de ter acomodações nos estádios adequadas, com banheiros limpos e transporte adequado, dentre outros, nada disso acontece até hoje.

Os nossos estádios estão caindo aos pedaços. Os lugares marcados nos ingressos não são respeitados. Entram nos jogos muito mais pessoas do que o número de lugares existentes e, a despeito de tudo isso, nada acontece.

Mesmo diante da fiscalização, que já ocorre, dos órgãos de defesa do consumidor, os clubes e as entidades organizadoras dos eventos não vêm cumprindo o Estatuto do Torcedor há muito tempo.

A nova lei acrescentou uma série de direitos aos torcedores, mas, antes de mais nada, precisa haver mudança na mentalidade dos dirigentes desportivos brasileiros. Enquanto isso não acontecer, a efetividade da lei vai depender da fiscalização e das punições aplicadas pelos órgãos de defesa do consumidor, que ainda têm sido tímidas.

A lei já era boa e está ainda melhor. Só falta agora o seu cumprimento. A ênfase da nova lei foi dada ao comportamento do torcedor, mas acreditamos que deva haver mudança também no comportamento dos cartolas. Se for exigido o seu cumprimento rigoroso, teremos mais segurança e dignidade nos estádios.

Arthur Rollo, advogado especialista em Direito do Consumidor priscilasilverio@albertorollo.com.br

São Paulo

__________

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.