Cartas - 07/06/2010

FICHA LIMPA

, O Estado de S.Paulo

07 Junho 2010 | 00h00

Sancionado

Foi verdadeiramente maravilhoso ver estampado na primeira página dos jornais do País a notícia de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou sem vetos o projeto de lei Ficha Limpa. Agora, a decisão de validade para as eleições de 2010 está nas mãos dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O clamor do eleitor finalmente chegou ao TSE. Pra frente, Brasil!

LEÔNIDAS MARQUES leo_vr@terra.com.br

Volta Redonda (RJ)

_________________________

Voto distrital

A sanção da lei Ficha Limpa pelo presidente da República vem de encontro a uma grande expectativa da sociedade brasileira: impedir que os partidos políticos ofereçam legenda a candidatos condenados pela Justiça. Se vai valer para as eleições de 2010, entendo que é claro que sim. Houve compromisso de todos os partidos em órgãos de comunicação de que essa iniciativa seria mantida independentemente da lei. É apenas uma questão de bom senso. Não queremos mais candidatos corruptos, especialmente por causa do nosso processo eleitoral, que permite eleger candidatos com votos de outros. Agora só falta o voto distrital.

CARLOS ÁVILA c.avila@modusoperantis.com.br

São Paulo

_________________________

Reforma política

A nova lei tem tudo para ser o início da reforma política de que tanto necessitamos. Urge agora que nós, opinião pública e eleitores, procuremos nos engajar na continuidade do movimento popular que levou à promulgação da profilática legislação e, assim, pressionar nossas lideranças no sentido de efetivarem as outras necessárias reformas para transformar o Brasil.

JOSÉ DE A. NOBRE DE ALMEIDA josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

_________________________

Regras são regras

É lamentável que se veja e não se enxergue a descompostura do espertíssimo presidente Lulla, que aprova o Ficha Limpa sem vetos, mas continua fazendo propaganda política antecipada, mostrando a natureza do brasileiro que leva vantagem em tudo. Difícil perceber atitudes moralizantes de líderes que zombam do povo a todo instante. Políticos que descumprem regras deveriam estar incluídos no Ficha Limpa ou pagar uma multa compatível com o erro. Qualquer companheiro de boa vontade paga pelo chefe R$ 5 mil ou R$ 7 mil, não?

JOSÉ JORGE RIBEIRO DA SILVA jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

_________________________

LEI ELEITORAL

Mais uma

O TSE acaba de aplicar mais uma multa (essa é a 5.ª), no valor de R$ 7.500, ao infrator presidente da República. Ele deve estar preocupadíssimo em como fará para arcar com um valor tão expressivo. A dureza do TSE deixou atônitos os petistas: quase morreram de tanto rir. Êta, Brasil!

ADEMAR MONTEIRO DE MORAES ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

_________________________

Crimes eleitorais

As multas aplicadas pelo TSE comparam-se às multas do Ibama, ou como estas são tratadas: sem a menor consequência e em flagrante desrespeito às autoridades constituídas. No Ibama paga-se a licença, desmata-se inescrupulosamente e, pouco a pouco, criminosamente, desertificam o País. Nesse processo devastador, os beneficiários são uns poucos em relação ao tamanho dos prejuízos que decorrem de um desmatamento inconsequente e hipocritamente consentido por quem deveria coibi-lo nos rigores da lei. Na política, enquanto não conceberem como agravantes as infrações anteriores, conceituadas como crimes eleitorais, agravando-as severamente a cada nova ocorrência e culminando até com o impedimento definitivo do infrator ou seu beneficiário, os mesmos políticos, em todos os escalões e de todas as facções, continuarão a debochar do TSE, em abusivo desrespeito à ordem pública. Isso é próprio de um regime anárquico: cada um faz o que quer e sem dar satisfações a quem quer que seja, muito menos às autoridades.

HILDEBERTO AQUINO hildebertoaquino@yahoo.com.br

Russas (CE)

_________________________

Imaturos

Penas simbólicas não funcionam para pessoas sem senso moral. Por isso a transgressão à lei na esfera política é tão banalizada e até debochada. Segundo Paul Harsey, autoridade mundial em comportamento humano, o castigo ou o incentivo só têm a eficácia pretendida quando são ajustados à maturidade da pessoa atingida. Assim, dependendo dessa singularidade, um mero elogio ou uma multa simbólica, por exemplo, pode atingir em cheio os seus objetivos se o punido ou premiado for uma pessoa de alto grau de maturidade (psicológica ou moral). Pelo visto, não é o caso dos personagens recentemente punidos pelo TSE. A estes a pena - para atingir os seus propósitos - terá de ser mais explícita, sem sutilezas e ajustada aos seus valores. Exemplo: redução do tempo no horário eleitoral do seu partido, com o correspondente acréscimo no horário dos adversários.

NILSON OTÁVIO DE OLIVEIRA noo@uol.com.br

São Paulo

_________________________

CORRIDA AO PLANALTO

Dossiês e informações

Felizmente, leitores sensatos sabem diferenciar fantasia eleitoral de fatos reais. Fernando Pimentel é coordenador de uma campanha com todas as expectativas favoráveis e números excelentes em todas as pesquisas eleitorais. Não acredito que o PT seja responsável por uma fantasia como essa história de arapongas convidados por Dilma para montar um dossiê...

MARCO ANTONIO FERNANDES mafradar@hotmail.com

São Paulo

_________________________

A essa altura do campeonato, todos os candidatos ao Planalto devem estar bem informados sobre tudo. Evidentemente, como são tantos os interesses envolvidos, cada partido montou seu próprio serviço secreto. Quando Serra disse que "a principal responsabilidade desse dossiê é de Dilma", ele sabia o que estava dizendo. Por outro lado, Dilma disse que a declaração de Serra "é uma falsidade e que não ficará batendo boca". Será que ela não comparecerá aos debates? Será que um dia ela dirá que não sabia de nada, assim com disse o seu mentor político sobre o mensalão?

JOSÉ CARLOS DEGASPARE degaspare@uol.com.br

São Paulo

_________________________

"Nossos políticos acreditam na morosidade da Justiça"

ANGELO ANTONIO MAGLIO / COTIA, SOBRE A SANÇÃO DO PROJETO FICHA LIMPA

Angelo@rancholarimoveis.com.br

"Como os homens-bomba morrem pela religião, o PT tem seus bois de piranha por Lula/Dilma"

PAULO DE SOUZA CAVALCANTI / SÃO PAULO, SOBRE OS DOSSIÊS EM CAMPANHA ELEITORAL

paulo_souza_cavalcanti@ig.com.br

"Imagino a bronca que os aloprados da vez levaram..."

BEATRIZ CAMPOS / SÃO PAULO, IDEM

beatriz.campos@uol.com.br

_________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 2.003

TEMA DO DIA

Israel rejeita ser investigado por mortes

País não permitiu inquérito internacional e se negou a pedir desculpas à Turquia

"Israel, com seu unilateralismo radical, deve perder apoios importantes e ficar perigosamente isolado."

PAULO PANOSSIAN

"É hora de o Irã reequilibrar a balança do Oriente Médio para que a devida assistência humanitária seja assegurada a Gaza."

RICARDO GF.

"Vai se alardear agora que Israel (quaisquer que sejam as motivações) não tem direito de defender suas águas territoriais?"

LUCIANO DE OLIVEIRA

_________________________

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br

COMPANHEIROS

O Presidente Lula é multado pela quinta vez,mas não se importa,o valor é baixo e os companheiros decerto farão uma conjugação de esforços para ,se for o caso,pagar.O que é primordial dizer diz respeito às sanções a serem aplicadas ao lado da elevação da multa,a perda dos direitos políticos e a impossibilidade de se candidatar a qualquer cargo nos próximos 8 anos,daí provavelmente a companheira Dilma perderá um companheiro militante ativo.

Carlos Henrique Abrao caheabrao@uol.com.br

São Paulo

__________________

ORDEM E PROGRESSO

O autor da frase ''Ordem e Progresso'' que está estampada em nossa bandeira, jamais imaginou que um dia o país seria governado por baderneiros sindicalistas, invasores de terra, políticos corruptos e impatriotas de toda a espécie.

Estamos virando definitivamente uma terra sem lei, haja vista as atitudes frequentes do presidente da República que desafia quando e quantas vezes quiser a Lei Eleitoral.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

__________________

MULTA DO TSE

Lula já foi multado pela quinta vez consecutiva pelo TSE e nem assim ficou com medinho de ''perder a carteira''? É, ''seu'' TSE, não metes mesmo medo em ninguem...

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

__________________

GOLPISTA PROFISSIONAL

O que se deve fazer com um meliante que pela quinta vez frauda a lei ? Qual é a penalidade devida a um consciente fraudador, avisado e multado, que reincide , menosprezando qualquer regra, qualquer lei ? É caso de detenção ? É caso de apreensão com TV aberta ? É caso de prisão com algemas ? É caso de cercar a casa, de abrir o sigilo bancário ? É caso simples , de enviar uma viatura para arrendar o safado ?

Ronaldo Parisi rparisi@uol.com.br

São Paulo

__________________

SERVENTIA DAS ELEIÇÕES

Observando-se a atitude e comportamento dos candidatos à cargos eletivos,

constata-se que as eleições são apenas uma maneira jurídica de conferir

certo verniz de legalidade à um processo que, embora chamado de ''democracia'',

no Brasil resume-se à continuidade e manutenção de um comboio de impunidade

e privilégios dos eleitos, em detrimento de um punhado de direitos dos votantes.

Aqueles, a reduzida parcela dos que pagam a conta.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

__________________

PLEBISCITO

Indiscutivelmente, um plebiscito agora (quando metade dos eleitores são contra, e outra metade a favor), para votação da obrigatoriedade de votar, ou não, seria amplamente favorável a Marina Silva. Taí o porquê de tanto o PT quanto o PSDB execrarem a ideia.

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

__________________

COSTUME PETISTA

Dilma Roussef fingiu-se indignada ao ser acusada por José Serra de ter mandado elaborar dossiês contra ele. Entretanto, quando ministra da Casa Civil tentou incriminar através deles até mesmo nossa competente e ilibada primeira dama Ruth Cardoso e seu exemplar programa Comunidade Solidária. Quando a questão foi a público desculpou-se dizendo que serviria para um banco de dados.

Eni Maria Martin de Carvalho enimartin@uol.com.br

Botucatu

__________________

PLANTAÇÃO DE DINHEIRO

Como a campanha oficialmente não começou, avalio que as autoridades (Justiça e Ministério Público) devem procurar saber onde o PT arruma tanto dinheiro para montar QG em Brasília, contratar arapongas, montar equipes de assessores, alugar carros, jatinhos e equipamentos de informática, além de pagar hotéis e viagens internacionais. Afinal, o PT tem plantação de dinheiro?

Ana F. Campos ana-fcampos@hotmail.com

São Paulo

__________________

SERRA

Pensando bem, o candidato José Serra tem currículo e experiência suficientes para vencer esta eleição presidencial sem Aécio Neves de vice, já que este ''amarelou'', apequenando-se no cenário nacional para manter seu poder estadual.

Para compor a chapa com Serra, sugiro o senador por Goiás, Demóstenes Torres, político respeitado em todo o país e com boa penetração no norte e nordeste, onde Serra ainda patina.

Também espero que a parte pensante deste país, que acredito ser a maioria, não aceite pertencer a um rebanho do presidente Lula, que deseja ver os brasileiros dando um voto de cabresto para sua candidata. Acredito que na hora H, nossa gente vai entender que a democracia plena pressupõe alternância de poder.

Sandro Ferreira sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

__________________

TRÊS RAZÕES BÁSICAS, ENTRE OUTRAS, PARA EU VOTAR EM SERRA:

PRIMEIRA: Lula, seu Governo e o PT têm uma visão ultrapassada sobre o que é viver e praticar o verdadeiro regime democrático, pois, com raras exceções, ACREDITAM: (a) que os fins justificam os meios, quando, na ação política efetiva, do dia à dia, para atingir aqueles fins, declaram que se submetem até ao "diabo" (qualificado como aquele político impostor, mentiroso e que usa a política para enriquecimento pessoal e de seu clã, com dinheiro púbico e trabalho dos outros), aliando-se, portanto, a figuras notórias desse atraso, todas com envolvimentos em processos, tais como: Jader Barbalho, Renan Calheiros, José Sarney, Fernando Collor e Mello, "et "caterva", as quais não se importam à mínima com quem está governando desde que os deixem usufruir como bem pretendem do poder; b) que aqueles fins, justificadores dos meios escusos para atingi-los, são, basicamente: a manutenção do poder nas mãos de uma Partido único, tal como ocorre em Cuba, na China (cuja economia de mercado, os fatos e a sociedade haverão de impor, cedo ou tarde, a liberdade democrática!) e na Coréia do Norte, e que se pretende, por via indireta "canalha", impor-se na Venezuela, no Equador, na Bolívia, na Nicarágua, no Paraguai e, com muita "milonga", na própria Argentina, numa visão "castrista e bolivariana" de Poder, em que os "eleitos" seriam os únicos" capazes" de realizar os anseios populares, desprezando-se o que justifica a segunda razão para votar em Serra:

SEGUNDA: a manutenção das liberdades de maneira ampla e irrestrita, as únicas possíveis de permitirem o julgamento sobre aqueles que devem se alternar no exercício do Poder Político na Nação: de ir e vir; de pensar; de criar; de imprensa; de produzir livremente ciência e tecnologia em prol do interesse comum; de filiação partidária; de religião; de votar; de independência do Poder Executivo, em face do Legislativo e do Judiciário, e vice-versa, e, enfim: liberdade geral que não pode ser diminuída, como, sinistramente, se pretendeu e se pretende, com o Decreto dos Direitos Humanos, agora atenuado por pressão da sociedade, bem como com as tentativas de implantação de um Conselho regulador da imprensa livre; e,

TERCEIRA: que a minha neta, Maria Victória, agora com 14 meses, não venha a viver sob um regime corporativista, sindicalista e de pensamento único, em detrimento da grandiosidade da ampla liberdade de pensamento, de imprensa e de votar.''

Roberto Penteado Masagão rsjq@terra.com.br

São Paulo

__________________

HAJA ESTOMAGO

Em que pese o empate dado pelo Datafolha, onde 50% dos eleitores são favoráveis a obrigatoriedade do voto e outros 50% preferem a opção do voto facultativo, a verdade é que ainda somos obrigados a sustentar esses "pais da pátria". E não me perguntem qual é o partido político que defende com unhas e dentes a tal obrigatoriedade. Depois de se metamorfosearem em zangões do favo do poder, e se lambuzaram a valer, não sonham jamais em "descatravacar" do toco em que se atracaram. Querem continuar por muito mais tempo, atolados nesse melado da República. Faz parte do jogo e assim será jogado. Só não me obriguem a votar. O voto é meu e quem manda nele sou eu!

A salada dos nomes está posta à mesa para ser degustada. Américo de Souza, do PSL, Ivan Pinheiro, do PCB, Mário de Oliveira, do PT do B, Oscar Filho, do PHS, José Maria, do PSTU, José Maria Eymael, do PSDC, Marina da Silva,do PV, Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL, José "Pedágio" Serra do PSDB, e Dilma "Rouchefe" do PT .

O problema alimentar que tal salada poderá causar após degustada, é a eventual congestão àqueles que possuem estômagos mais refinados, acostumados a iguarias idem. Recomenda-se critério rigoroso na leitura ao "menu" e se possível conhecimentos da composição do prato principal, já que, tudo indica, não haverá sobremesa para fazer desaparecer aquele gosto ruim na boca após a degustação.

Qualquer semelhança com a história política em nossa província, não é mera coincidência...

Bom apetite!!!

Nicanor Amaro Silva Neto nicanoramaro@yahoo.com.br

Bauru

__________________

DUNGA

O Poder Executivo federal foi "privatizado" pelos partidos que compõem a base de sustentação do governo Lula, especialmente o Partido dos Trabalhadores (PT). O Senado Federal foi "privatizado" por significativa parte dos seus senadores, especialmente por seu presidente, o senador José Sarney. E a contestada Seleção Brasileira foi "privatizada" pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pelo técnico Dunga, que declarou: "a seleção é minha". Triste país, o Brasil, onde as instituições que deveriam ter um caráter público são avidamente apossadas por aqueles que deveriam ser meros representantes dos interesses da coletividade. Se dependesse desses "privatistas", parte da letra do Hino Nacional provavelmente seria assim: "Dos nossos interesses és mãe gentil, Pátria por nós privatizada, Brasil!"

Túllio Marco Soares Carvalho

Belo Horizonte

__________________

ESTÁ CHEGANDO A HORA!

Para os nossos políticos e autoridades, somos os próprios IDIOTAS, mas pelo menos quando chega a copa do mundo de futebol somos verde/amarelo e verdadeiros PATRIOTAS. Precisamos exercer realmente o nosso patriotismo, jamais um (des)governo como temos, permaneceria por tanto tempo. Se ganharmos o hexa, o ''cara'' vai deitar e rolar, para transformar ''a vitória em votos'' e até o Dunga vai tirar a mão do bolso. A euforia já começou, faltam poucos dias para o 1º jogo do Brasil, vamos torcer, está chegando a hora!

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

__________________

LIÇÃO DE CASA

Na matéria de Moacir Assunção, Alunos abrem "Orçamentos Secretos", edição de 04.06.2010, pg A4, desse jornal, mostra claramente de que forma nossas políticas publicas são geridas. A quantidade imensa de municípios que nos últimos anos foram criados e não têm condições de existir, necessitando de receitas estaduais e federais para manter o quadro político mostra-nos a verdadeira face dos currais eleitorais. Alunos pesquisaram apenas 84 municípios de São Paulo.

O que diremos do resto do Brasil Que essa prática de "Lição de casa" continue como alerta para a tão propalada Reforma Eleitoral.

Maria Cecilia de Almeida Barbosa das Eiras m.c.eiras@ig.com.br

São Paulo

__________________

A BOLA DA COPA

Muitos jogadores da "nossa" seleção brasileira afirmaram que a bola oficial da copa (Adidas) é estranha ou esquisita! Todos sabem que o patrocinador oficial de materiais esportivos da CBF é a Nike. Interesses a parte, o jogador Káka, que tem patrocínio da Adidas, disse na entrevista coletiva que tudo é relativo e, posteriormente deu um beijinho na bola. Conclusão: patriotismo é isso, cada um defende a sua pátria ($).

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Sumaré

__________________

FICHA LIMPA

Até que enfim ví o Sr.Luiz Inácio Lula da Silva fazer uma coisa útil. Sancionou a lei do Ficha Limpa, pergunta; quem é contra essa lei? Resposta única: os políticos e os detentores de cargos na administração pública com ficha suja. Haverá prejuizo para a campanha eleitoral da d.Dilma, mas, não será tão grande.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

__________________

DEMOCRACIA?

Lê-se no Estadão de 5/6: "As cinco multas já aplicadas a Lula somam R$37,5 mil"(A1) e " Estado está sob censura há 309 dias" (A6). São duas não-notícias...O presidente da República não jurou cumprir a Constituição? Quantas vezes ele poderá abjurá-la até que algo aconteça? Quanto a inominável censura imposta a esse jornal, até quando teremos de ler esse inacreditável lembrete? A Constituição foi revogada? Estamos numa democracia? Será que ainda leremos algo do tipo "Estado sob censura há 5.000 dias"? Benza Deus!

Nelson Penteado de Castro pentecas@uol.com.br

São Paulo

__________________

EMENDAS E VERBAS

Nas entrevistas de prefeitos, deputados estaduais e federais, o que se fala em emendas parlamentares e verbas, é duma enormidade estelar. São cifras, para para todo gosto, obras, veículos e entidades. Tudo seria justo e perfeito, se não existisse os tais ''20%''. Né, não?

Sérgio Barbosa sergiobarbosa@megasinal.com.br

Batatais

__________________

JOÃO MELÃO

O artigo de João Melão contra um suposto autoritarismo do governo só esquece um ''mero detalhe'': nos governos que ele cita (Vargas e a ditadura militar) havia uma forte censura e controle da imprensa e dos meios de comunicação. Nada se publicava sem passar pelo crivo do censor. Ao mesmo tempo, opositores do regime eram calados, cassados, perseguidos ou presos, muitas vezes na calada da noite. Muitos eram deportados, quando não torturados, às vezes até junto de seus familiares. Além de vários terem sido simplesmente mortos. O governo atual pode ser triunfalista e um tanto exagerado quanto às suas virtudes, mas alguém está impedido de criticá-lo? Alguém sofre perseguições por ter idéias diferentes dele? Pelo contrário, esse governo é muitas vezes atacado até de forma injuriosa. E as pouquíssimas mudanças que propôs em relação à imprensa foram detonadas pelo setor. Acredito que o articulista acha que governo autoritário é aquele que ele não gosta.

Sergio Ribeiro rsergiorib@yahoo.com.br

São Paulo

__________________

VAI ENTENDER

Afortunadamente, eu não tenho nada a ver com essa turma, mas, vendo o

PT e o Mercadante serem submetidos, na escolha do Vice, à pressão de um

tipinho ordinário como esse Paulinho da Força, não posso deixar de

imaginar: ''deve ter muita sujeira envolvida nesta questão''.

José Benedito Napoleone Silveira nenosilveira@aim.com

Campinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.