Cartas - 13/05/2011

POLÍTICA ECONÔMICA

, O Estado de S.Paulo

13 Maio 2011 | 00h00

Debandada industrial

Por causa da alta carga tributária e demais custos, principalmente de energia elétrica, as indústrias estão saindo do Brasil. Dona Dilma vai apagar a luz dos espaços vagos ou tomará coragem e comandará as devidas reformas?

MILTON BULACH

mbulach@gmail.com

Campinas

__________

Cegueira

Já foi fartamente noticiado que empresas brasileiras estão se transferindo para outros países, dado o alto custo da energia, da excessiva tributação, dos encargos trabalhistas. E o governo e os políticos nada fazem para reduzi-los, só metem a mão no nosso bolso. Ah, se fosse num país sério...

CARLOS FERNANDO BRAGA

cafebraga@yahoo.com.br

São Paulo

__________

Aleluia!

Desonerar a folha de pagamento da contribuição ao INSS, transferindo sua incidência para o faturamento, é reconhecer que, atualmente, são punidas as empresas que empregam mais trabalhadores. Mas a cobrança deve incidir também sobre os produtos importados, quando do desembaraço, pois estamos transferindo o valor agregado da mão de obra para países onde ela não é onerada com custos semelhantes aos nossos no que tange à previdência.

NELSON WEINGRILL

nelwein@uol.com.br

São Paulo

__________

Quem não se comunica...

De estarrecer os dados negativos apontados por José Serra em seu artigo de ontem (A2). Ao que parece, estamos fritos. E estamos mesmo: sem estradas, portos, aeroportos e, o que é pior, sem planejamento para corrigir tais distorções. Os residentes em São Paulo, capital e interior, pouco sabem desse Brasil descrito por Serra, pois suas estradas, escolas, seus hospitais, o saneamento básico, etc., são escancaradamente melhores que no restante do País, fazendo do Estado a locomotiva nacional, graças ao trabalho dos paulistas e de governos sucessivos que não se metem muito na vida do povo. Falta mostrar ao Brasil todo a realidade dos fatos. Falta competência à oposição para se comunicar de forma clara e objetiva. O caminho tem de ser descoberto urgentemente, antes que a incompetência ultrapasse a fronteira do tolerável.

LUIZ ANTONIO FESCINA

terrasfescina@terra.com.br

Conchas

__________

"Desenvolvimento adiado"

É pura verdade, todo mundo sabe, todo mundo fica calado. Prevalecem os conceitos ideológicos. Organizar não faz parte das inúmeras qualidades brasileiras. Contudo isso é compensado pelo exímio dom de saber improvisar quando se veem perigos ou erros. A diferença entre o PT de Lula e o NSDAP de Hitler é que este usou os funcionários experientes existentes, enquanto o PT no poder achou por bem preencher os cargos com seus partidários, sem verificar capacidades. Ficou e vai continuar quase tudo emperrado. Lula não devia ter ficado só com o esquema econômico e administrativo aprovado de FHC, mas igualmente com o pessoal aprovado. O problema são a não tão grande maioria dos eleitores que não enxerga e uma oposição mais esclarecida, porém desesperada e desnorteadamente desunida.

GERHARD FINK

gerhardfink@uol.com.br

Atibaia

__________

Incoerência

Por que o Brasil já perdoou mais de US$ 600 milhões de dívidas de outros países? Por que ainda mantém tropas no Haiti? Por que doou parte da Petrobrás ao hermano Evo Morales? Por que quer reajustar a tarifa de energia elétrica de Itaipu para o hermano Lugo? Por que o Brasil se submete humildemente aos caprichos alfandegários dos hermanos argentinos? Se temos 16 milhões de miseráveis, se as favelas explodem, se o ensino é calamitoso, se a saúde está na UTI, se as estradas estão esburacadas, se os portos estão congestionados, se os aeroportos estão saturados, se os trens foram descartados, se a violência está descontrolada, se as fronteiras estão desguarnecidas... Afinal de contas, elegemos nossos políticos no intuito de administrarem o País para o bem do povo brasileiro, e não para fazer benesses a terceiros à custa dos nossos escorchantes impostos!

WALTER MENEZES

wm-menezes@uol.com.br

São Roque

__________

METRÔ

Higienópolis

Eta, bairro complicado e enjoado! Dezenas de bairros adorariam ter estações de metrô e lá querem novamente complicar. Não alterem uma vírgula do projeto. A população não pode ser prejudicada. Há anos não queriam o shopping. Agora, o metrô. Não se surpreendam se não permitirem brevemente a circulação de ônibus e outros veículos.

ARIOVALDO J. GERAISSATE

ari.bebidas@terra.com.br

São Paulo

__________

Insegurança

Quem observa a rede metroviária de grandes centros urbanos como Paris, Londres e Nova York não tem como questionar sua eficácia. Nenhuma dessas metrópoles poupou construção de estações em bairros nobres e com São Paulo não deveria ser diferente. O que causa os protestos de entidades representativas do bairro contra a construção da estação em Higienópolis é a incapacidade do Estado de reprimir a criminalidade e o comércio irregular, gerando esse tipo de insegurança.

LUCIANO HARARY

lharary@hotmail.com

São Paulo

__________

Geringonça

O metrô paulistano lembra uma biruta de aeroporto: gira para todos os lados, tendo desfigurado a cidade com horrorosos tapumes cinzentos e sendo símbolo de inoperância. Antes de ficar anunciando novas linhas, entreguem as que estão em construção.

JOSÉ ROBERTO PALMA

palmapai@ig.com.br

São Paulo

__________

PEDÁGIOS

Redução do preço

O governador Geraldo Alckmin assumiu o compromisso de discutir com as concessionárias das rodovias paulistas uma redução no preço dos pedágios. Isso foi feito em 20/8/de 2010, em debate no auditório do Estadão. Alckmin nada fez até agora. No dia 1.º de julho entra em vigor automaticamente uma nova e provavelmente elevada tarifa, baseada no IGP cheio dos últimos 12 meses. Está esperando o quê, governador?!

ANDRÉ GODOY

Campinas

__________

"Comparando com fatos recentes ocorridos no Japão, cabe perguntar por que no Brasil as coisas demoram tanto a acontecer"

GUSTAVO GUIMARÃES DA VEIGA / SÃO PAULO, SOBRE O PAÍS EMPERRADO

gjgveiga@hotmail.com

"Entendi errado ou o governo criou o conselho do conselho?"

RICARDO MARIN / OSASCO, SOBRE A CÂMARA DE POLÍTICA DE GESTÃO, DESEMPENHO E COMPETITIVIDADE

s1estudio@ig.com.br

"Alguma surpresa?!"

PAULO RIBEIRO DE CARVALHO JR. / SÃO PAULO, SOBRE O RELATÓRIO INTERNACIONAL QUE APONTA

A LIGAÇÃO DE CHÁVEZ E CORREA COM OS TERRORISTAS DAS FARC

paulorcc@uol.com.br

__________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 2.028

TEMA DO DIA

Nordestinos são ofendidos no Twitter

OAB irá entrar com notícia crime por xingamentos publicados por dois torcedores do Flamengo

"Somos ignorantes demais e acreditamos que estamos certos ao ofender pessoas por serem simplesmente de outro Estado."

CARINA GONÇALES

"Querem jogar a torcida do Flamengo contra nordestinos. Se alguns maus flamenguistas publicaram ofensas, são minoria."

ALFREDO SOARES FILHO

"Independentemente de ser flamenguista ou de qualquer outro time que seja, deveria e deve ser punido!"

FABIA PAZ

__________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

METRÔ

 

Alguns moradores do bairro de Higienópolis, em São Paulo, fizeram um abaixoassinado para que não seja construída naquele bairro uma estação de metrô, pois, segundo dizem, a chegada do metrô virá junto com a chegada de pobres no bairro, os mesmos pobres que têm de chegar cedo para lavar suas roupas, passar, fazer sua comida, passear com o cachorro e cuidar dos filhos dos endinheirados do bairro. Num bairro onde moram Fernando Henrique Cardoso e Jô Soares não poderia dar um exemplo desse de preconceito.

Marcos Barbosa micabarbosa@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O METRÔ E O POVÃO

 

 

Agora é que vão mesmo crucificar o FHC, dizendo que partiu dele a negativa do bairro Higienópolis (onde reside) não querer uma estação do metrô, já que, pelo PSDB, ele não quer o povão e sim os novos contingentes da classe média.

 

 

Djalma de Melo ddmelo@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAPRICHO POLÍTICO

 

 

Estão comentando que a "população" de Higienópolis,em uma atitude seletiva,está recusando e proibindo uma estação do metrô no bairro.Concordo plenamente,estamos na região central,fartamente servida (péssimo serviço oferecido,é claro) por linhas de ônibus e metrô bem próximas.Isso parece um capricho político ou absoluta falta de coerência por parte de quem pode decidir isso.Regiões hipercarentes e necessárias de benesses políticas,necessitam muito mais do metrô e de transporte básico,os moradores de Higienópolis somente agiram com a razão,se quiserem realmente ajudara o caótico e insuficiente transporte de São Paulo,façam metrô e outros tipos de transporte nas áreas realmente necessitadas,qualquer idiota,mas provido de decência e senso de bem comum,sabe disto.Como morador de Higienópolis eu adoraria metrô na minha porta mas,somente quando a cidade estiver realmente bem servida em transporte.

 

 

Mauricio Villela mauricio@dialdata.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O CONSELHEIRO ACÁCIO

 

O prefeito de São Paulo resolveu incrementar o partido que está formando, à custa do erário público municipal. Está nomeando para os cargos de conselheiros das diversas empresas municipais, políticos aliados de outras cidades e Estados, como ex-senadores, ex-governadores e ex-prefeitos, o que é legal, mas distante de ser moral. Chegou a convidar o ex-presidente da República, Sr. Marco Maciel, que ontem à tarde houve por bem declinar do convite. A quase totalidade reside fora da cidade, mas cada um deles deverá comparecer aqui uma vez por mês para que nos transmitam seus conhecimentos visando aprimorar a gestão das nossas empresas públicas. Como cada empresa remunera seu conselheiro em R$ 6.000,00 por reunião, o prefeito geralmente nomeia o seu apaniguado para duas delas, e receberá assim um total de R$ 12.000,00 mensais. Ontem o Jornal das Dez da Globo News exibiu reportagem sobre esses conselheiros, através da qual ficamos sabendo que custam para a cidade R$ 540.000,00 por mês, cabendo ainda ao município arcar com as despesas de viagem e estadia para aqueles que não residem na cidade. O prefeito entrevistado naquela oportunidade defendeu a sua decisão alegando que são ex-governadores e ex-senadores e referência em gestão pública, sendo este o critério das nomeações. Entretanto a população paulistana está "careca de saber" que o seu objetivo único é catapultar o partido que criou recentemente objetivando a sua candidatura ao cargo de governador do Estado mais rico da Nação e fazer o seu sucessor na Prefeitura de São Paulo. Em que pese a vasta experiência desses senhores em suas atividades anteriores, não é crível que uma vinda à cidade a cada mês, prestará significativa colaboração à administração dessas companhias, principalmente não conhecendo o dia a dia da metrópole. E o prefeito vai mais longe quando encaminha Projeto de Lei à Câmara Municipal para aumentar os vencimentos dos secretários do município, para que tenham um salário condizente com seus cargos e não precisem mais das verbas de conselheiros para complementá-lo. Com isso poderá abrir todas as vagas existentes nas companhias para os seus correligionários migrantes. A Prefeitura de São Paulo corre o risco de ter sem seus quadros a maior concentração de "Conselheiros Acácios" de todos os tempos, em uma adaptação moderna do inesquecível personagem do romance de Eça de Queiros, "O Primo Basílio". E enquanto isso ele continua dando um reajuste anual aos funcionários municipais de 0,01% ao ano, apesar do que determina a Constituição e a própria legislação municipal, isso sem contar a longa fila dos precatórios que andam a passos de cágado.

 

 

 

 

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ELE NÃO MERECE

 

 

Desde que foi eleito, Kassab vem mostrando que não merece cargo público: aumentou a passagem de ônibus bem acima da inflação, e como só passeia de helicóptero, não está nem aí para os protestos do povo; instalou a inspeção veicular prometendo devolver a taxa paga pelos motoristas, mas, depois de encher os cofres resolveu mudar de ideia; agora dá uma boquinha para políticos derrotados em outros estados ganharem muito e só terem uma reunião por mês. Será que já não temos políticos demais mamando nos cofres públicos de São Paulo? Precisamos importar mais? Agora nem as bibliotecas estão recebendo jornais diários, pois as assinaturas não são renovadas (o jornal dos concursos não vem há mais de quatro meses...). Vai querer votos em 2012?

 

 

Sérgio Aparecido Nardelli sergio9@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PMDB de cara nova?

 

O PMDB, através de seu mais ilustre representante, o vice-presidente Michel Temer, está querendo alçar voos solo pelo país sonhando voltar ao pódio da presidência e para tanto está atraindo caras novas. Novos políticos de aparentemente "ficha limpa". Que tal começar também a desfiliar os velhos? Para aparecer de cara nova o PMDB precisa defenestrar do partido os Sarneys, Renans, Jader Barbalhos e tantas outras figurinhas carimbadas que nos provoca alergia no partido, representando o velho e corroído coronelismo. Sem esquecer do próprio atual vice-presidente, claro!

 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EMBARALHAMENTO POLÍTICO PARTIDÁRIO

 

 

Em sua essência o embaralhamento político partidário atualmente em andamento, demonstra o vazio de credibilidade, a falta de princípios éticos, o rarefeito conteúdo ideológico e principalmente a falta de programas pessoais dos políticos brasileiros, que enxergam a carreira apenas olhando para o próprio umbigo, umbigos que para a grande maioria já está com hérnia.

 

Francisco José Sidoti fransidoti@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VINGANÇA?

 

Dizem que a vingança é um prato que se come frio. Será que é isto que o Sr Alckmin aguarda? Veremos Serra enfrentando Chalita em 2012?

Ulysses Fernandes Nunes Junior Ulyssesfn@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BRASIL, UM PAÍS SEM OPOSIÇÃO

 

O PT sofreu três derrotas na disputa pela presidência, mas conservou forças para ganhar a eleição em 2002. A partir daí começou a desintegração da atual oposição. O PT se preparou para a vitória, mas o PSDB e o DEM não estavam preparados para a derrota. Lula passou os dois primeiros anos na presidência fazendo um governo igual ao do Fernando Henrique. Com o passar do tempo, foi mudando as coisas, até sentir que estava pisando em terra firme. A cara do PT só apareceu mesmo no segundo mandato. Enquanto isso, a oposição não sabia como se opor ao governo Lula. A oposição não brigava com o governo, ela brigava com ela mesma. E assim continua até os dias de hoje. Muitos "oposicionistas" aproveitaram a indecisão política e resolveram fazer agregações bem vantajosas com o governo petista. A oposição esqueceu que representava os anseios políticos de uma eventual minoria. Seria bom que este pessoal lesse alguma coisa sobre Carlos Lacerda e Leonel Brizola, dois políticos que eram mestres em fazer oposição, mesmo que o adversário tivesse 100% de aprovação popular. Eles sabiam mostrar ao eleitor que existia uma oposição definida, e suas ideias não dependiam do número de supostos admiradores do adversário. Diante disto tudo, o eleitor prefere ficar com quem está no poder. A oposição parou no tempo. Pensam que o eleitor de hoje é o mesmo de tempos atrás. Um triste engano. Hoje em dia existe informação rápida e fácil em qualquer lugar. A oposição não sabe aproveitar esta nova capacidade que o eleitor tem de perceber os fatos que acontecem ao seu redor. Se a oposição não acordar para a realidade, e não se unir, pode preparar o seu caixão. Será o enterro dos oportunistas que levará consigo uma boa parte do povo brasileiro.

 

 

Wilson Gordon Parker wgparker@oi.com.br

Nova Friburgo (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUANTIDADE X QUALIDADE

 

 

O artigo "O PT, o PSDB e o mercado político" (A2, 11/5) foi feliz ao comparar os partidos (empresas) e os candidatos (produtos). A estratégia de FHC é falha por um simples fato: ao escolher como nicho de mercado a classe média e a "zelite", se falássemos de produtos, o lucro seria maior devido ao maior valor agregado. Ocorre que, em política, o voto individual, seja do povão, da classe média ou da zelite só vale uma unidade. É claro que é uma estratégia perdedora sempre, a menos que ocorra uma inversão milagrosa na divisão sócio-economica da população.

 

 

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MERCADO POLÍTICO

 

Quero cumprimentar o autor pelo artigo "O PT, o PSDB e o mercado político", de 11 de maio. Como sou administrador de carteirinha, fiquei maravilhado com a analogia entre "Entidades" - As empresas comerciais em geral e a empresa "Política", bem como suas aplicações estratégicas em cada ambiente específico. Ótimo material para ser explorado em sala de aula em uma turma de administração - "Não vai faltar oportunidade por mim a ser adotado".

Flávio Luiz de Queiroz proflavioqueiroz@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROFESSORES PAULISTAS

 

 

Geraldo Alckmin elevou o salário-base de professor no Estado de São Paulo. Este deverá chegar a R$ 1.894,12, mesmo assim considerado baixo. Por que não o tornou de salário-base, para salário mínimo base do professor, independente de onde o mesmo atua? Existem milhares deles trabalhando nas redes privadas não recebendo nem R$ 1.000,00.

 

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRODUTIVIDADE

 

 

O governador encontrou o caminho do desenvolvimento, elevando o salário-base dos professores, eles merecem, cuidam e dão formação aos nossos jovens, que são o futuro deste País, e melhor ainda, seria conceder aumentos por produtividade, para definitivamente dar qualidade no ensino público.

 

 

Arcangelo Sforcin Filho arcangelosforcin@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SALÁRIOS DIGNOS

 

 

Investir em educação é investir para que uma Nação torne-se diferenciada, educada, produtiva, desenvolvida, ética, etc. Contudo, para que um País possa ser grande, é fundamental que os profissionais da educação sejam respeitados e, claro, sejam remunerados com salários bastante dignos. É isso que o governador Geraldo Alckmin elaborou e está transformando em realidade no Estado de São Paulo. Congratulações! Que sirva de modelo para outros gestores.

 

 

David Neto drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DISPARIDADE

 

 

Enquanto nossos parlamentares se autoconcedem-se 61% de aumento, o governador de São Paulo, o Estado mais rico da Federação, concede um aumento de 42,2% escalonados em quatro anos para os professores. Alguma autoridade neste país tem vergonha na cara?

 

Angelo Antonio Maglio angelo@rancholarimoveis.com.br

Cotia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESINCENTIVO

 

 

Desde que o PSDB assumiu o governo do Estado que a educação foi para o brejo. Quando ingressei na carreira pelos idos de 60, um professor de 2º grau, meu caso, ganhava tanto quanto um juiz de Direito. Éramos respeitados. Posteriormente, com o PSDB deu-se a catástrofe: fomos rebaixados. Criaram faculdades particulares para incrementar a concorrência e rebaixar o ensino,a par de escolas particulares ,para concorrerem com as estatais. Quanto ganha inicialmente um Juiz de Direito ,hoje? E não só eles, começam no mínimo com R$4.000,00 mensais e os professores com R$ 1.600,00 ,dando 44 aulas semanais.. Isto os de hoje,porque os aposentados foram rebaixados.Minha Mulher,professora III, ganha R$1.200,00. E vem o Alckmin com esse aumento ridículo como se resolvesse o problema. .Para ser professor deve-se ter faculdade.Acha que alguém vai querer começar com esse aumento? Absolutamente ninguém, quando há tantas carreiras melhores e que não exigem tanto sacrifício. Um professor deve estudar diariamente,logo não são só 44 aulas diárias: há correções ,estudos diários ,distribuição de apostilas. Alckmin ,no mínimo deveria dar R$4.000,00 ,para alguém querer ser professor.

 

 

Olavo Prícipe Credidio adv.principecredidio@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REAJUSTES DEVIDOS

 

Se o governador Alckmin não determinasse os reajustes dos professores, em breve teríamos o dissabor de ver uma categoria em extinção.

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FALTA SERIEDADE

 

 

Como é que podemos esperar por um Brasil melhor, educado, civilizadamente o suficiente para repudiar as declarações do cantor Caetano Veloso, defendendo a permanência da ministra da Cultura, Ana de Hollanda, mesmo sabendo que ela usou indevidamente dinheiro do Ministério da Cultura na cobrança de diárias, quando em folgas no seu próprio domicílio? Sabedor dos deslizes da ministra Ana, para Caetano, desvio de dinheiro público indevido não é motivo para demissão e ainda defende sua permanência. Para quê? Defender os interesses dos artistas? Pena que a maioria dos eleitores brasileiros não enxerga tamanha irresponsabilidade e falta de seriedade dos administradores no trato com as causas públicas.

 

 

Benone Agusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘ELA ENFRENTA DISPUTA DE PODER’

 

 

Caetano acaba de descobrir que o cubo tem seis lados, para não dizer que descobriu a roda. Desde criancinha o ser humano enfrenta disputa de poder e não seria diferente quando ministro da cultura. O fato que ela está "enfiando os dois pés na jaca". E quer saber mais, a monarquia já foi restaurada no Brasil sim, mas a família entronizada não é a Hollanda e sim os Silva, que não precisam obedecer nada. Nem o Supremo. Ela tem que devolver os "caraminguás" que levou a mais. E só alguns litros de "White Horse" a menos.

 

 

Manoel Mendes de Brito voni.brito@itelefonica.com.br

Bertioga

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O DEFENSOR

 

Por que não vai cantar em outro lugar, Caetano?

Cláudio Moschella arquiteto@claudiomoschella.net

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ASSESSOR DO VDM

 

 

Chico, você que teve a brilhante ideia de sugerir a Lula a contratação de um assessor do "vai dar merda" que o prevenisse de possíveis embaraços futuros causados por ações que, certamente, seriam objeto de muitas críticas, deveria ter feito o mesmo com sua irmã ministra. Alguém deveria tê-la alertado que embolsar diárias indevidas, e destinar uma montanha de dinheiro público para uma sobrinha, só poderia dar merda.

 

 

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A IRMÃ DO CHICO

 

De Chico, a banda passou e a bandalheira ficou.

 

 

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIÁRIAS

 

 

Se uma ministra se apropria do dinheiro público através de diárias indevidas, imaginem o tamanho dos furtos que são realizados por essa gentalha que está no poder deste País. O exemplo ruim se espalhou Brasil afora, pois estão roubando até na merenda escolar nos municípios. Este é mesmo o "Brasil de Todos"? Até quando vamos conviver passivamente com calados com esses absurdos?

 

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O PESCOCINHO DE ANA DE HOLLANDA

 

 

Loredano em sua charge de quinta-feira, 12/05/2011, pergunta quem quer o pescocinho de Ana de Hollanda. Para ajudar o nosso chargista, sem ser maldosa, mas sendo (e muito) arriscaria algumas dezenas de nomes da alcateia de hienas vorazes a habitar o Planalto. Alguém tem ideia melhor?

 

 

Aparecida Dileide Gaziolla rubishara@uol.com.br

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUEIMADA

 

Depois da fritura a que está sendo submetida, por erros que cometeu desde que assumiu o Ministério da Cultura, Anna de Hollanda está queimada o suficiente , não tendo mais clima para continuar ministra. Substituí-la significa preservá-la de mais exposição e mais fritura e preservar a cultura de uma gestora que se mostrou incompetente em tão pouco tempo.

 

Jaime Luiz Leitão Rodrigues jaimeleitaoo@gmail.com

Rio Claro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"FOGO AMIGO"

 

 

À presidente Dilma Rousseff, enquadrou a cúpula do Ministério da Cultura para acabar com o "fogo amigo" de petista contra a ministra Ana de Hollanda. Presidente Dilma,eu acredito que não se trata de "fogo amigo" do PT,e sim, "fogo amigo" de toda a sociedade que já não suporta mais ver tanto dinheiro público indo para a lata de lixo.

 

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANA É UM ANJO

 

 

Dilma, assim como Lula, passou a mão na cabeça de quem fez algo de errado ao afirmar "Fica firme, Ana" para a ministra da Cultura alvo de severas críticas pela utilização indevida de verba pública para pagamento de diárias em finais de semanas. Dilma poderia ter complementado a frase: Fica firme, Ana, neste país de mensaleiros, sanguessugas, desvio de verba em merenda escolar, escândalo do cartão corporativo, superfaturamento de obras, entre tantos outros erros o que é uma diária a mais uma a menos? Fica firme, Ana, se o Delúbio é inocente e Genoino é condecorado, você é um anjo...

 

 

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O ENIGMA DOS PASSAPORTES

 

 

Os quatro filhos já passaram dos 24 e os três netos têm arrimo dos pais. Não há comprovação de incapacidade física ou mental. As façanhas e talentos do septeto estão circunscritos ao espaço familiar. Na palavra patriotada (sem pudor) está a chave do mistério.

 

 

Helena Rodarte Costa Valente helenacv@uol.com.br

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PASSAPORTES INDECENTES

 

 

O presidente Burla, sim, porque a criatura apenas "esquenta banco" até sua volta oficial, não devolve os passaportes de sua prole porque ele manda e todos obedecem. Quanto a opinião publica ele está se lixando para ela, porque essa é menor que a cambada de seus eleitores cuja maioria nem sabe o significado da palavra passaporte diplomático.

 

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ERROU

 

 

Ao não reconhecer decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) no que tange à união homoafetiva, a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realmente comete grave erro. Afinal, Deus ama todos, e a essência do cristianismo é o amor ao próximo sem distinção alguma.

 

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LIBIDO

 

"CNBB critica STF por aval à união gay". Bispos são tarados pelo sexo dos anjos.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HOMOFOBIA

 

 

Estão de parabéns os parlamentares evangélicos que barraram a aprovação da lei contra a alegada "homofobia". Agiram como autênticos políticos cristãos. Não se pode promulgar uma norma jurídica que decerto coibirá os padres e os pastores de ensinarem que a heterossexualidade é o único meio salubre de vivenciar o sexo. Com efeito, é óbvio que ao exporem a doutrina cristã sobre a sexualidade, esses ministros religiosos, mesmo sem querer, eventualmente ferirão a suscetibilidade dos homossexuais, e isso não pode ser tipificado como delito, porquanto é o exercício do direito de expressão, albergado no artigo 5.º, inciso IV da Constituição federal.

Edson Luiz Sampel, doutor em Direito Canônico pela Pontifícia Universidade Lateranense, do Vaticano esampel@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OS PODEROSOS GAYS

 

 

 

Pelo andar da carruagem, em breve deverá ser instituída uma taxa para melhorar a felicidade dos homossexuais. Além disso, certamente, exigirão que o ministério público emita uma ordem para que os infelizes heterossexuais sejam obrigados a fazer uma respeitosa reverência toda vez que encontrarem alguém da privilegiada casta. Outro projeto que deverá ser aprovado pelos políticos é o de considerá-los como semideuses mortais com poderes sobrenaturais. Nós os perseguidos pedimos que, diante de tantas vitórias, esses poderosos pelo menos nos poupem das vergonhosas paradas gay que, na verdade, só servem para aumentar as restrições que se fazem contra eles.

 

 

Geraldo de Paula e Silva geraldodepaula@ibest.com.br

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ÓDIO HETEROFÓBICO

 

Abaixo a ditadura gay! Não ao ódio e a discriminação heterofóbicos!!

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SUPREMO ABSURDO

 

 

Argumentação inconteste, discordando da "interpretação" falaciosa da unanimidade dos senhores e senhoras Ministros do STF. A Constituição Federal e o Código Civil foram rasgados! Por essas e outras é que perdeu-se completamente a credibilidade das decisões daquela Casa. De lá, agora, pode sair tudo. Até a declaração de que o mensalão não existiu! De que nós todos somos os reais culpados dos desvios de recursos federais para os políticos corruptos "deffste Paíffs". Tudo e qualquer coisa pode sair daquelas cabeças! O pior é que a partir das decisões daqueles senhores, barbaridades sem controle poderão acontecer e não haverá mais a quem recorrer! Triste país!

 

 

César Souza cansouza@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O PRINCÍPIO DE PETER E O STF

 

 

Com mais essa polêmica decisão unânime sobre os "casais" homoafetivos, o STF provou o Princípio de Peter que diz: "em toda hierarquia burocrática, os participantes tendem a ser promovidos até atingir seu nível de incompetência"...

 

 

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HOMOSSEXUALIDADE

 

Como evoluímos... O STF aprovou recentemente a união homoafetiva, independentemente dos inúmeros preconceitos ainda existentes, perfeitamente aceitáveis, muito embora seja imprescindível que haja o respeito e discrição mútuos, que a opção sexual seja livre, sem constranger ou obrigar a ninguém. Felizmente evoluimos, porém em Uganda-África, que atraso, está para ser votada e aprovada uma lei que impõe PENA DE MORTE para a homossexualidade. Inclusive há alguns meses o ativista gay David Kato foi brutalmente assassinado. A comunidade gay - LGBT - brasileira e dos demais paises que respeitam os Direitos Humanos, ainda podem se manifestar, para evitar que esse enorme absurdo aconteça, assinando a petição conforme site: http:/www.avaaz.org/po/uganda stop homophobia petition/?ul. O ex-presidente e ex-ministro das relações exteriores mantiveram ótimas relações com paises frontalmente contra aos Direitos Humanos, especialmente contra gays, como Uganda e Irã. É inaceitável, em pleno século XXl, querer implantar em qualquer país do mundo a pena de morte! É obrigação do Estado oferecer toda a segurança para qualquer cidadão, evitando que marginais e bandidos tirem a vida de humanos direitos e inocentes.

 

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E O ESPÍRITO CRISTÃO?

 

 

Muitos dos que estão contra a resolução do STF sobre a união estável dos homossexuais são cristãos, além de terem um pensamento dogmático, esquecem do motivo pela qual Cristo esteve entre nós, o perdão e o amor ao próximo. Não podemos esquecer que por conta de dogmas muita gente morreu em fogueiras e atrasaram a evolução da sociedade.

 

 

Francisco Xavier Fernandez fcoxav@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMO UMA ANOMALIA

 

 

"Uma participante do nosso grupo de corrida de rua, jornalista e homossexual, para nossa surpresa, franca e honestamente, nos revelou: ‘descobri minha homossexualidade aos 7 anos de idade. Garanto a vocês que não sou assim porque quero; nasci assim, houve qualquer distúrbio na fecundação, na definição do sexo, ou lá o que seja, mas que um dia saberemos. O fato é que eu deveria ter nascido homem!’ Se os homossexuais admitissem essa anormalidade com sinceridade, os heteros certamente nos respeitariam, assim como respeitam e se solidarizam com portadores de outras anomalias congênitas. Já percebi que a irritação e o repúdio dos heteros são provocados pela desfaçatez de apresentarmos nosso comportamento sexual como opção ou orientação, eufemismos que na verdade são cínicos". Se é verdade que 10% da população brasileira é homossexual, isso já caracteriza uma epidemia, e já é hora de o Ministério da Saúde tomar providências.

 

 

Jaime Manuel da Costa Ferreira jaimemcferreira@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O DEBATE NAS ESCOLAS

 

 

E não é que o dia inimaginável chegou? Vejo-me obrigado a concordar com o deputado Jair Bolsonaro... Qual será a próxima do governo? Constranger-nos por sermos heterossexuais? Oferecer-nos tratamento psicológico na rede pública para que aceitemos nossa heterossexualidade? E os alunos na escola sujeitos a mais essa... Como diria o Exmo. deputado, parece mesmo uma emboscada às nossas crianças. Que depois não reclamem se a discriminação aumentar...

 

 

Max Toledo max.toledo@hotmail.com

Guarulhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.