Cartas - 13/09/2010

CORRUPÇÃO

, O Estado de S.Paulo

13 Setembro 2010 | 00h00

Voto facultativo

Governadores presos, outros suspeitos, deputados com dinheiro na meia, na cueca, em contas laranjas, em oração agradecendo aos céus... Céus!!! Que democracia é essa que me obriga a votar nessa gente que passa cem minutos por dia no rádio e na TV usurpando, primeiro, a minha mente e, depois, o meu bolso? Voto facultativo já!

RODOLFO J. FUCIJI

fucijirepresentacao@ig.com.br

São Paulo

_______________________________

Mãos sujas

A Polícia Federal (PF) prende políticos aliados a Lula e Sarney. Corrupção, lavagem de dinheiro, fraudes, quadrilhas, larápios, dissimulações, transgressões de leis, abuso de autoridade... Ouvimos as mesmas notícias há oito anos. Quando este povo mudará isso?

ELAINE NAVARRO

elainenavarro.pa@hotmail.com

São Paulo

_______________________________

E a quadrilha aumenta...

Só os brasileiros não se dão conta de que o governo e seus aloprados vão à frente... Pobres de nós!

RUTH DE S. LIMA E HELLMEISTER

rutellme@terra.com.br

São Paulo

_______________________________

Amnésia brasileira

É uma pena que o nosso povo esqueça tão depressa as coisas que prejudicam o Brasil. Apenas um exemplo: a compra da Vasp quem favoreceu? Vou dar um toque: foi uma mulher.

SONIA MARIA SALZANO GENTIL

soniasalzano@gmail.com

Descalvado

_______________________________

AINDA OS CRIMES FISCAIS

Ninguém se interessa?!

Em entrevista a Fausto Macedo (27/8, A8), o ex-sindicalista Wagner Cinchetto afirmou que, juntamente com Vicentinho, Ricardo Berzoini, Carlos Grana e Luiz Marinho (todos a serviço do PT), esteve envolvido no caso do dossiê de 2002 contra José Serra. E também que esse mesmo grupo de inteligência (ou estupidez?) do PT está por trás das violações do sigilo de tucanos. Disse ainda que gostaria de uma acareação com esse grupo para desmascará-lo. Considerando que as acusações são sérias, consistentes e de natureza pública, onde estão o Ministério Público Federal, os congressistas, a PF, que nada fazem? Não há interesse em esclarecer a verdade? Será que temem o falastrão-mor? E ainda querem que acreditemos nas instituições brasileiras? Fala sério!

JOSÉ ROBERTO DA ROCHA

robertorocha.adv@gmail.com

Cubatão

_______________________________

Dois pesos...

Faço minhas as palavras do leitor sr. Carlos Micheletti (Vazamentos na Receita, 6/9), porque comigo aconteceu o seguinte. Meu pai faleceu em junho de 2009. Eu e meus cinco irmãos demos entrada no inventário, feito em cartório e finalizado em setembro. Para nossa surpresa, meu pai tinha direito à restituição do Imposto de Renda, fato considerado após o preenchimento da declaração, em março de 2010. Como não temos bola de cristal, esse dado não constou da partilha, mas foi inserido à época pelo cartório: "... podendo praticar todos os atos de administração dos bens que possam eventualmente estar fora deste inventário..." Nem a Receita Federal nem o Banco do Brasil aceitaram a partilha, escritura pública lavrada em cartório, com alto custo, que determina os herdeiros legais do falecido, alegando que a palavra restituição não constava do documento final. Resultado: fomos obrigados a constituir advogado para obter um alvará judicial, como se o Judiciário fosse célere, gastar R$ 800 até agora, e não temos a menor ideia de quando e se o alvará será expedido, baseado na documentação encaminhada ao Fórum de Santana. Excesso de zelo da Receita e do banco? Normas impeditivas para evitar abusos e falcatruas? Herdeiros nomeados por escritura pública não são considerados herdeiros legais, tendo de provar e comprovar ad infinitum? Por que é necessário um juiz certificar um documento que já está mais do que certificado? Descaso pela cidadania? O fato é que são dois pesos e duas medidas. Cidadãos corretos são obrigados a seguir as normas e os demais... conseguem tudo por baixo dos panos. Que a Receita abra os olhos e facilite a vida do cidadão honesto que tem seus direitos vilipendiados todos os dias e não tem a quem reclamar. Que Deus nos proteja, mesmo!

ISABEL M. ALVES MEZZALIRA

palamedes@ig.com.br

São Paulo

_______________________________

CENSO 2010

Perda de tempo

Não atendi o Censo 2010. Dados mais importantes encontram-se à disposição na Receita Federal, abertos a quem quiser, e não perderei o meu tempo com perguntas supérfluas.

GUTO PACHECO

daniguto@uol.com.br

São Paulo

_______________________________

Contrassenso

Da série perguntar não ofende: num país cujo (des)governo não respeita o sigilo fiscal do contribuinte, por que o cidadão é obrigado a fornecer ao recenseador do IBGE seu nome completo, endereço e renda?

ANGELA CARACIK

angelacaracik@terra.com.br

São Paulo

_______________________________

COPA 2014

Prefeito mutante

Eduardo Paes, o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, que já mudou de partido cinco vezes e deixou a hombridade de lado quando se curvou aos pés de Lula e dona Marisa, pedindo-lhes perdão por tudo o que havia dito quando era deputado da oposição, agora resolveu, segundo suas próprias palavras, dar uma "chinelada na paulistada". Esqueceu-se da solidariedade do governo de São Paulo e de sua gente quando das últimas catástrofes acontecidas no Rio. Mas, principalmente, equivoca-se quando pensa que São Paulo precisa da Copa de 2014. Muito mais correto seria dizer que é a Copa que precisa de uma cidade com tamanha e completa rede hoteleira, ótimos restaurantes e a melhor infraestrutura do País. Os aeroportos, mesmo sendo os melhores e maiores do Brasil, ainda deixam a desejar, mas por pura negligência do governo federal, responsável por eles.

ENI MARIA MARTIN DE CARVALHO

enimartin@uol.com.br

Botucatu

_______________________________

Cariocada

O prefeito do Rio perdeu uma ótima oportunidade de ficar calado. Ao tentar desmerecer a maior cidade do País, apenas mostrou que é provinciano e bairrista.

FRANCISCO DA COSTA OLIVEIRA

fco.paco@uol.com.br

São Paulo

_______________________________

"A Copa de 2014 é de futebol ou de paisagem?"

MAURÍCIO LIMA / SÃO PAULO, SOBRE A "CHINELADA NA PAULISTADA", DE EDUARDO PAES

mapeli@uol.com.br

"As belezas do Rio são só as que a natureza criou, o sr. Paes deveria apresentar estatísticas das mortes por bala perdida, etc. e tal"

ARMANDO GURGEL / SÃO PAULO, IDEM

armandogurgel@yahoo.com.br

"O fato de que o sorteio das eliminatórias da Copa será realizado num Forte não deve ser coincidência..."

LAURESTO COUTO ESHER / SÃO PAULO, IDEM

esher@mackenzie.com.br

_______________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 4.582

TEMA DO DIA

Oposição quer a saída de Erenice Guerra

Ministra da Casa Civil foi acusada de cobrar propina em contratos do governo; Dilma pede apuração

"A Casa Civil é o Palácio do Planalto. Nas barbas do Lula e tão íntima da Dilma? Ela teria de ser demitida, não promovida."

ANA MARIA SILVA

"Se existe um contrato, estipulando uma comissão de assessoria, não há conotação de crime."

DAVID LIRA

"É grave, cada dia mais escândalos! O presidente, que deveria zelar por nossos direitos, se dedica a comícios. Falta seriedade."

ADAMOR NEVES

_______________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

PA(Z)ES OU GUERRA?

O glorioso prefeito do Rio, Cidade Maravilhosa, em evento da Copa na sexta-feira, disse aos jornalistas: ''Mostra a vista, é humilhante, levar o que para São Paulo?'' Concordo 100% com ele, é humilhante ver traficantes invadindo um hotel com fuzis e metralhadoras, em plena luz do dia, é humilhante ver uma foto de um corpo crivado de balas e deixado num carrinho de supermercado, num dos inúmeros morros dominados pelos traficantes. Aliás, prefeito, a vista lá de cima dos morros deve ser uma beleza, pena não poder ser vista, com exceção do Corcovado, até o momento ainda sob domínio da sociedade civil. O Rio merece melhor sorte e melhores governantes, a começar pelo senhor. Ô sujeito infeliz! Pretensão e água benta cada um usa quanto quer, como diz o velho ''deitado''.

Renato Camargo natuscamargo@yahoo.com.br

São Paulo

_______________________________

PREFEITO CARIOCA OFENDE PAULISTANOS

O prefeito do Rio de Janeiro fez gozações contra São Paulo e a vontade paulista de sediar jogos da Copa do Mundo, principalmente sua abertura. Sou paulista e jamais defendi Copa do Mundo no Brasil e principalmente em São Paulo, porque nosso país de norte a sul tem mais é que gastar em obras como escolas, das quais tem uma carência imensa, saneamento básico, segurança e hospitais, principalmente no Rio, onde pacientes morrem jogados em corredores imundos de hospitais em ruínas, fato que o prefeito carioca finge não saber, não vê a feiura dos morros coalhados de barracos de favelas, a violência dos traficantes e a ''hospitalidade'' de seu povo, que adora a lei de Gerson na exploração de turistas. O prefeito, em vez de vir com baixarias contra São Paulo, deveria mais é olhar sua casa, porque sua cidade só é maravilhosa quando vista de cima, porque no nível de suas ruas...

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

São Paulo

_______________________________

PREFEITO VULGAR

Excelentíssimo sr. prefeito do Rio de Janeiro, diz aos paulistas que está dando uma chinelada por conta da Copa do Mundo??

Enquanto os senhores apreciam sua beleza, os paulistas trabalham e pagam as contas do Brasil (e investimentos do BNDES) com os seus impostos.

Sem São Paulo a economia brasileira ainda teria base agrária.

Enquanto os cariocas ficavam admirando o Pão de Açúcar, os paulistas lutavam por uma Constituição contra um governo extremamente autoritário do sr. Getúlio Vargas.

O maior jogador de futebol do mundo, um tal de Pelé, foi formado e só jogou aqui, no Estado de São Paulo.

Bom lembrar, a Semana de Arte Moderna foi feita no Teatro Municipal de São Paulo, não no Rio.

O primeiro medalhista de ouro da natação, César Cielo, e a primeira medalhista de ouro feminina, Maurren Maggi, são paulistas

O que o Rio de Janeiro fez pelo Brasil, além de disseminar os morros e o poderio dos traficantes?

São Paulo é o berço da cultura, da economia e do esporte brasileiro atual, enquanto o Rio tenta parecer moderno e compromissado.

Pode tentar dar uma chinelada, pois para compensar o que demos em vocês falta muito.

Bruno Malteze Zuffo brumalteze@hotmail.com

São Paulo

_______________________________

MARACANÃ X ESTÁDIO DE ITAQUERA

Cada vez mais admiro a administração Serra/Kassab aqui, em São Paulo. Ambos, com firmeza, se recusaram a colocar dinheiro público em construção ou reforma de estádios de futebol. A pressão exercida por Ricardo Teixeira e seu grupo foi grande, mas não prevaleceu. Comparemos com o que se passa no Maracanã: a reforma desse estádio para a Copa de 2014 custará entre R$ 705 milhões e R$ 880 milhões. Custaria, melhor dizendo, pois se com o Maracanã se repetir o que aconteceu no orçamento do Pan... esses cálculos podem ser multiplicados por dez. Afinal, haja bolsos, ralos, malas e cofres de dinheiro quando esses eventos acontecem. Aqui, em São Paulo, o povo ganhará com a infraestrutura que será necessária para viabilizar o novo estádio. Com ela pronta, ganhará toda a população, e não só os fanáticos frequentadores/torcedores de futebol, os fanáticos investidores, os fanáticos corruptores...

Parabéns, Serra e Kassab! Fica patente neste caso que se pode muito mais quando bem se governa.

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

_______________________________

VIA DUTRA...

A respeito da manchete do caderno de Esportes de 11/9 (E1), acho uma total falta de respeito ao público paulista as palavras do prefeito do Rio, Eduardo Paes. De uma total arrogância, ele ignora um fator decisivo do sucesso no turismo do Rio: são justamente os paulistas que mais frequentam a Cidade Maravilhosa. Aqui, no Estado de São Paulo, até existe uma piada sobre esse bairrismo carioca: ''No dia em que a Via Dutra for interditada, os cariocas morrerão de fome, porque os paulistas não poderão chegar à Cidade Maravilhosa nem eles, cariocas, poderão sair do Rio para ganhar o seu sustento aqui, no território paulista''.

Eugenio de Araujo Silva eugenio-araujo@uol.com.br

São José dos Campos

_______________________________

IRONIA DO "PREFEITINHO"

Lamentável a atitude bairrista do ''prefeitinho'' (que se beneficia de muitas verbas federais) do Rio de Janeiro, no passeio aéreo com o secretário-geral da Fifa, Jerome Valker, ironizando a nossa São Paulo, em face da vista panorâmica de alguns bairros do Rio. No próximo passeio, sugiro ao prefeito acrescentar visitas às ''tranquilas'' favelas, escolas municipais de ''alto nível'', assim como aos hospitais municipais com atendimentos já ''adequados'' ao "padrão Fifa''.

Felizmente, nós, paulistas, não dependemos de Copa do Mundo para nossa sobrevivência.

Gilberto Pires gilberto.gpr@hotmail.com

São Paulo

_______________________________

COPA 2014

Afinal, a Copa será no Brasil ou no Rio de Janeiro? Se a intenção, segundo se apregoou, era divulgar o País, por que a marcação de eventos importantes será na Cidade Maravilhosa, como o sorteio de grupos, em 2011? Esses outros eventos importantes não deveriam ser realizados em Brasília e/ou nas demais capitais? A julgar pelas declarações do prefeito carioca, este é míope e não tem nenhuma visão de grandeza da Nação brasileira.

Paulo Busko paulobusko@terra.com.br

São Paulo

_______________________________

PROVOCAÇÕES

Lamentável o recalque bairrista de Eduardo Paes em relação a São Paulo e seu povo!

Afinal, ele foi eleito prefeito de uma capital de Estado ou síndico de condomínio de terceira categoria?

Eduardo G. egenin@uol.com.br

São Paulo

_______________________________

QUESTÃO DE VISÃO

A última e infeliz declaração do Eduardo Paes sobre essa ''pseudo-superioridade'' só é válida no quesito belezas naturais. Nas mais importantes, como trabalho, responsabilidade, produção, administração..., eles tem muito a aprender. Somos a locomotiva do País, e não é por acaso. Sua postura é reflexo dessa cultura que a cada dia mais cresce no País : ser ''esperto'', ''levar vantagem'', que na realidade não levam a nada. O maior exemplo é a situação de criminalidade em que se encontra aquela cidade.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

_______________________________

A CIDADE PARA SÓ VER...

Não podemos mais permitir que homens públicos, principalmente do Rio de Janeiro,se manifestem de forma pejorativa e desrespeitosa sobre nossa cidade. As lamentáveis declarações do Eduardo Paes, prefeito do Rio, são de um deboche tão grande que ele deve ser, a partir desta data, considerado ''persona non grata'' pelos paulistanos.

Apenas concordo com ele que a sua cidade é só pra ser vista, preferencialmente

bem do alto...

João Ernesto Varallo jevarallo@hotmail.com

São Paulo

_______________________________

SEM OPINIÃO

Esse tal de Eduardo Paes, prefeito do Rio, é bom para os cariocas. Aqui, em São Paulo, nem pegaria beira para algum cargo eletivo. Muita conversa e pouca, mas muito pouca ação. Bajula o presidente Lula para tentar ganhar sua confiança hoje em dia, um verdadeiro capacho, e nos tempos do mensalão era o deputado mais exaltado na Câmara Federal contra todos os participantes da roubalheira. Muda como folha seca ao vento. Totalmente sem personalidade.

José Piacsek Neto, bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

_______________________________

IMATURO BAIRRISMO CARIOCA

Vemos mais uma autoridade tipicamente carioca comemorar infantilmente uma suposta vitória sobre São Paulo.

Como sempre, olhando para o próprio umbigo, denigre a imagem urbana desta cidade, enaltecendo as belezas que o Rio possui, mas que foi a natureza ali colocou.

Ignora, como usual, que São Paulo é uma cidade onde a preocupação rotineira é com o trabalho.

Como seu conterrâneo e jurássico presidente da CBF, ao lado na foto publicada no Caderno de Esportes do Estadão de sábado, tenta de todo modo colocar São Paulo pra escanteio nos assuntos da Copa.

Ignora também que não precisamos dela e, muito acertadamente, nossas autoridades não entraram no oba-oba de recursos públicos para apoiá-la.

Ignora ainda que não precisamos do Brasil e muito menos do Rio.

Basta os paulistas se imbuírem um pouco de sua importância e boicotarem a Copa que ela não irá a lugar nenhum.

Se boicotarem também o turismo carioca, ele perderá a maior parte de seu sustento.

Podemos começar com o próximo e os seguintes carnavais.

Depois a Olimpíada e por aí vai.

Alguém tem estômago pra isso?

Edison Ribeiro Pereira edisonribeiro@hotmail.com

São Paulo

_______________________________

O CHINELO É NOSSO

Gostaria que o jornalista João Mellão Neto respondesse ao prefeito do Rio de Janeiro, que disse que a escolha do Rio para o sorteio dos grupos para a Copa do Mundo foi uma ''chinelada na paulistada'', mas deve ter seus afazeres neste momento.

Particularmente, e acredito que todo paulista, o paulista, não esteja nem aí pra Copa ser aqui ou ali, dinheiro nós temos para comparecer a qualquer Estado para assistir ao Mundial. Então, prefeito, faça de tudo para ocultar os altos índices de crimes em sua cidade, faça de tudo para esconder às mazelas e pobrezas das suas favelas, da falta de competência para administrar a nossa Cidade Maravilhosa, que por nós é querida e sempre estamos pronto para ajudá-la. Como Tom Zé dizia, ''porém com todo defeito te carrego no meu peito... em Brasilia é veraneio... Rio é banho de mar... o país todo de férias... aqui é só trabalhar...'' Lembre-se também, seu prefeito, que a chinelada que você dará em São Paulo será com o chinelo confeccionado aqui, pelos mesmos paulistas que sempre estão prontos para ajudá-lo, e se um dia esse seu ''coração amargo'' te trair, os nossos hospitais estarão prontos para atendê-lo. Boa praia!

Jorge Peixoto Frisene jpfrisene@zipmail.com.br

São Paulo

_______________________________

RECADO AO PREFEITO PÉ-DE-CHINELO

O Rio de Janeiro é a segunda cidade de todos os brasileiros.

Então, trate de cuidar melhor da nossa cidade.

Rogerio Belda rbelda@terra.com.br

São Paulo

_______________________________

''CHINELADA NA PAULISTADA''

Agora, até o vira-casaca do Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, se acha no direito de ironizar os paulistas, estes que são os principais emissores de turistas para o Rio e locomotiva do Brasil. Com a sua infeliz e despropositada afirmação ''é chinelada na paulistada'', esse picolé de chuchu carioca passou dos limites. É preciso que os paulistas se levantem e exijam um pedido formal de desculpas, afinal, esse oportunista, que já chegou a ofender o presidente Lula e agora apoia a candidata Dilma, provocou os paulistanos sem nenhuma necessidade. São Paulo precisa mostrar a sua força na eleição presidencial, equilibrando o quadro nacional contra a candidata de Eduardo Paes e calar imbecis como ele.

Sandro Ferreira sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

_______________________________

FLAMENGO

Lamentável! A maior torcida do Brasil, quiçá do mundo, está de luto. Os flamenguistas, que mantêm o time, choram lágrimas vermelhas de tanto desgosto. De nada estão adiando a estrela e o esforço do seu maior ídolo, Zico, o time em campo não deslancha. As onerosas contratações não têm surtido o efeito necessário. Já até se esqueceu de sua última vitória. Todos os torcedores cobram com veemência atitudes mais efetivas da presidente e de toda a diretoria rubro-negra. A nação preto e vermelho aguarda ansiosa alguma esperança, belas jogadas, e, é lógico, vitórias. A Gávea também tem de mostrar a sua raça.

Afinal, as tradições do clube não podem ser tão enxovalhadas assim!

João Coelho Vítola jvitola@globo.com

Brasília

_______________________________

FOTOS DE LAMBRANÇAS

Vendo a foto da primeira página do meu Estadão de sábado, recomendo a republicação daquela que era exibida em cartazes no ano de 1964, fixada em postes e portas de bancos. Era a foto em grupo dos "cumpanheros" procurados pela Polícia Federal. Ali se viam os aliados do "chefe", hoje presidente, inclusive da Dilma, candidata. Eram os terroristas que, armados até os dentes, portavam armas contra os mesmos eleitores aos quais pedem votos. Esse é o Brasil que assiste impassível à caminhada para o falido comunismo, onde os apaniguados se divertem com o erário e a ignorância de seu povo.

L. Dutra l.dutradvogado@uol.com.br

Avaré

_______________________________

MOTE

Interessantíssimo o mote de campanha na foto publicada na primeira página do Estadão de 11/9, onde se vê a foto do governador do Amapá, preso por suspeita (?) de corrupção, entre o presidente Lula e sua candidata Dilma: ''O que tá bom vai continuar''. Vade retro!

Adelina Bitelli Dias Campos, procuradora de Justiça aposentada adelinabitelli@uol.com.br

São Paulo

_______________________________

''CUMPANHEIROS'' DO AMAPÁ

Parabéns à corajosa Polícia Federal por prender governador e altas autoridades do Amapá, velhos aliados e "cumpanheiros" de Lula e Sarney, por prática de desenfreada corrupção. Que seja respeitado o slogan da campanha eleitoral desses quadrilheiros, que aparece na foto estampada na primeira página do Estadão de 11/9, "o que tá bom vai continuar", para que continuem presos em cadeia nacional.

Roberto Twiaschor, rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

_______________________________

LULA E SARNEY

Li no Estadão que amigos de Lula e Sarney foram presos no Amapá. E os dois não vão?

Orivaldo Tenorio de Vasconcelos, prof.tenorio@uol.com.br

Monte Alto

_______________________________

NADA DE NOVO NO FRONT

Mais algumas falcatruas reveladas em época estratégica e mais uma vez com o partido do governo no centro das atenções. Políticos aliados presos por corrupção, malandragens institucionais. E para não sair da rotina, ninguém ''com aquilo roxo'' para assumir os crimes cometidos. O mais triste e vergonhoso de tudo isso é que a maioria absoluta da população não toma conhecimento do que se passa. Numa completa alienação, o brasileiro que vai decidir as eleições deste ano não sabe, e não quer saber, para o que realmente serve o seu voto.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_______________________________

ESCÂNDALOS

Repugnantes as ações criminosas praticadas por políticos do alto escalão do Amapá. Pior ainda, quando a imprensa divulga quem são os apoiadores desses traidores do povo. O que a Justiça fará agora? E se fizer, em quanto tempo e em que profundidade? Ou esses criminosos poderão seguir seus caminhos sob a proteção do foro privilegiado e do manto da impunidade, acobertados e protegidos que estão pelos velhos coronéis e pelos mais recentes ''proprietários'' do Brasil? R$ 820 milhões é muito dinheiro.

Dá para dividir com muita gente...

David Neto drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

_______________________________

AVENIDA EUROPA

O governo Lula, com sua política de proteger quadrilhas que assolam os cofres públicos em todo o Brasil, contribuiu para o aumento das vendas de automóveis importados de alto luxo, como podemos verificar no último escândalo de corrupção, no Amapá.

Enzo Ferrari deve ter virado no caixão, dois de seus carros, de amigos de Sarney.

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

_______________________________

MALA CHEIA

De mala em mala, vai aparecendo o dinheiro do povo brasileiro?

Cícero Sonsim c-sonsim@bol.com.br

Nova Londrina (PR)

_______________________________

AMAPÁ

Parabéns aos que saíram na foto, "tudo que é bom deve continuar"! E a falta de vergonha vai continuar mais forte, caso a dona Dilma seja eleita.

Ariovaldo J. Geraissate ari.bebidas@terra.com.br

São Paulo

_______________________________

QUADRILHA UNIDA

As palavras do cartaz estampado na primeira página do Estadão de 11/9) - "O que tá bom vai continuar" - e o riso amplo dos personagens, encabeçados pela notícia de que a PF prendeu políticos aliados de Lula e Sarney, nos dão a dimensão do escracho que se tornou a política, como nunca antes neste país!

Conclui-se que a quadrilha que rouba unida permanece unida! Ou não?

Aparecida Dileide Gaziolla rubishara@uol.com.br

São Bernardo do Campo

_______________________________

ALIADOS

O que precisamos fazer para modificar o caráter dos administradores públicos do Brasil? Pelo voto será impossível! Grande parte do eleitorado não tem uma educação adequada, esclarecimento suficiente para fugir dos políticos corruptos que tomam conta do nosso país e surrupiam os parcos recursos que deveriam atender os serviços públicos em benefício da população.

Espertamente os políticos responsáveis pelo setor educacional não mostram suficiente empenho pelo desenvolvimento intelectual dos brasileiros; pois, isso dificultaria a tapeação na conquista dos votos fáceis dos cidadãos despreparados.

No Amapá, o desvio de verbas públicas, especialmente as reservadas para educação, chega a R$ 820 milhões, investigados pela PF, onde estão envolvidos um governo inteiro, que está atrás das grades. Governador, ex-governador, candidato ao Senado, um grupo de 18 envolvidos por corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de bens, tráfico de influência, fraudes em licitações públicas e formação de quadrilha. E, decepcionadamente, notamos que esse é um grupo apoiado pelo senador José Sarney, pelo presidente Lula e por sua candidata, Dilma Rousseff.

Assumiu o governo do Estado do Amapá o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, o desembargador Dôglas Evangelista Ramos, terceiro na linha sucessória e o primeiro nesta sucessão, de acordo com a legislação. Enfim, é mais um grande escândalo no governo Lula, e pior do que isso não poderia ser; com esses políticos recebendo seu apoio, da candidata Dilma Roussef e do presidente do Senado, José Sarney!

Esperamos ainda com muita desilusão que esses bandidos sejam punidos pela Justiça e não queremos mais ouvir o presidente Lula falar que ''não sabia de nada''. Chega de roubos!

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

_______________________________

MEIA QUADRILHA

A Polícia Federal prendeu no Amapá 18 bandidos de uma vasta quadrilha. Os presos são do Executivo estadual. Pergunto: e com o ramo, da mesma ''bandeira'', encastelado no Legislativo federal, mais precisamente, no Senado, nada acontece? Na republiqueta de Macunaíma é muito importante não ser uma pessoa comum.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

_______________________________

SARNEY, AMAPÁ, TSE E PF

Lendo o Estadão de sábado, senti que minha dignidade de brasileiro foi, em parte, resgatada. Está de parabéns o jornal por todas as informações publicadas. Desde há muito tenho protestado contra o fato de o TSE ter aceitado a candidatura do ex-presidente Sarney (presidente por uma imoral manobra política) pelo Estado do Amapá, com o qual não tinha vínculo algum.

Deve-se lembrar que essa candidatura foi feita apenas para que o dito cujo tivesse imunidades parlamentares. Lastimo muito que a Polícia Federal não tenha feito o serviço completo nessa OPERAÇÃO MÃOS LIMPAS, realizada no Amapá, deixando de fora esse oportunista senador desse Estado, que deve ter pago um bom dinheiro para obter essa vaga, tanto aos políticos locais como a seus eleitores (e quiçá a membros do TSE..). Espero que a Polícia Federal passe um pente fino em toda essa corja de políticos corruptos que grassa em todo o Brasil e que vive à custa de nossos impostos. Eleitores: este é um alerta para que se selecionem melhor os candidatos em 3 de outubro.

Raul S. Moreira raulmoreira@mpc.com.br

Campinas

_______________________________

EXPLORAÇÃO

Quebras de sigilo, desvios de verbas, e no Amapá o presidente do TJ local teve de assumir a governança, pois todos foram presos pela PF por esquemas de fraudes, etc. É, pelo visto as continuam explorando o País, só que agora são outras quadrilhas. Até 2002 eram o PSDB com o DEM (na época PFL), agora é com o PT e o PMDB. Vai sobrar algum país para nossos filhos, netos, etc.?

Panayotis Poulis ppoulis@yahoo.com.br

São Paulo

_______________________________

VAI CONTINUAR?

''O QUE TÁ BOM VAI CONTINUAR'', anuncia o cartaz eleitoral em grandes letras. Deus nos livre! ''Tá bom'' para elles, os mesmos. Não tenhamos dúvidas, com elles vai continuar a safadeza, a malandragem, a corrupção, a formação de quadrilha, o assalto aos cofres públicos, a espionagem dos dados sigilosos do cidadão, o dossiê, o mensalão... e por aí vai a ''maracutaia''. É emblemática a imagem em primeira página do Estadão: o atual chefe supremo da Nação e a sua eventual sucessora atestando apoio irrestrito aos quadrilheiros que acabam de marchar para o xadrez, e ainda pedindo o voto para os mesmos. O que mais precisa acontecer ''neçe'' país para que haja uma mudança radical? Já não bastam os oito anos de desmandos e impunidade? Se até o próprio secretário de Segurança (!) do Estado apresenta malas recheadas de dinheiro em espécie, o que esperar ainda do atual regime? Desculpem a minha indignação, mas eu sou apenas um simples aposentado que, recentemente, viu a sua já parca aposentadoria, conquistada com muito trabalho e religiosa contribuição por anos, ser reduzida pela metade(!), devido a ''irregularidades'' cometidas por funcionários da ''Seguradora do Trabalhador Brasileiro'', o INSS, após mais de dez anos da concessão do benefício. Pois é, na República petista do Luiz Inácio nem todos são iguais perante a lei!

Dietmar Rother, rother@teknobank.com.br

São Paulo

_______________________________

PRAGA POLÍTICA

Uma imagem vale por mil palavras. A foto na primeira página do Estadão de sábado, mostrando um cartaz de propaganda de candidatos ao governo do Amapá, o atual governador Pedro Paulo Dias, o ex-governador, Waldez Góez, presos com outros 16 altos funcionários sob acusação de corrupção (desvio de quase R$ 1 bilhão de verbas federais e outros tantos crimes), ao lado do presidente Lula e de Dilma Russef, é muito significativo. No cartaz, a quadrilha seria completa não fosse a ausência do honorável-mor José Sarney, também aliado daqueles candidatos. E, ironicamente, o lema é '' O que tá bom vai continuar'' - bom para elles, bem entendido. A roubalheira hoje no Brasil da era Lula é tanta que não entendo por que o nosso país ainda não quebrou! Como ave de rapina, o olhar deles está mirando uma presa fácil, o eleitor ignorante e idiota, o verdadeiro trouxa.

Atrás daqueles sorrisos cínicos e falsos se esconde apenas o interesse em usar, desfrutar e abusar do poder, e nele se perpetuar e enriquecer. Até quando essa praga do mundo político vai continuar existindo no Brasil?

Gilberto Motta da Silva gmottas@yahoo.com.br

Curitiba

_______________________________

FRASE CERTA

A foto estampada na primeira página do Estadão de sábado revela a amplitude das quadrilhas que estão em sintonia com o governo atual e sua candidata. ''O que tá bom vai continuar'' é a frase certa, pois com a candidata petista o que está podre na política nacional vai continuar mesmo, com os dossiês, os aloprados, o dinheiro nas cuecas e calcinhas, as invasões do MST e outros tantos escândalos que jamais foram visto na vida republicana e até na monarquia. Este é o governo mais corrupto da História deste país. E pelo visto vai continuar. Pobre povo (Bolsa-Família) que não lê, apenas se entrega a uma ação de marqueteiros, em vez de ver a verdade jornalísticas estampada nas páginas dos matutinos sérios deste país.

Walter Francisco Barros walterfbarros@yahoo.com.br

Araçatuba

_______________________________

CORRUPÇÃO GENERALIZADA, ELEIÇÕES SUSPENSAS

Diante do quadro de corrupção generalizada no governo, que vem se revelando às vésperas das eleições, malas de dinheiro, Ferraris e Mercedes nas garagens, Lula, Dilma, Sarney & Cia. fazendo cara de constipados para dizer que não sabiam de nada, que ninguém pode ser prejulgado, etc., só resta a quem de direito suspender as eleições até que os últimos e estarrecedores acontecimentos tenham sido esclarecidos.

Mário Barilá Filho mariobarila@yahoo.com.br

São Paulo

_______________________________

A CASA CAIU

Erenice Guerra é mais uma que honra as tradições da escola petista na Casa Civil, iniciadas com o mestre, guru e consultor Zé Dirceu. Já vejo as manchetes: ''Lula declara que não sabia de nada, Dilma completa, eu também não''. E segue o cortejo.

Luiz Henrique Penchiari Jr. luiz.penchiari@bericap.com

Vinhedo

_______________________________

MARACUTAIA

No caso do mensalão, Zé Dirceu estava no centro do escândalo e, como ministro da Casa Civil, era o braço direito de Lulla.

Agora, no escândalo das propinas, Erenice Guerra, ministra da Casa Civil, é o braço direito de Dilma. Afinal, ''aquilo'' virou esconderijo de quadrilha, ou o principal centro das maracutaias do governo petralha?

Collor, perto delles, é ladrão de galinhas... e caiu.

Parece que neste governo a Justiça ficou cega, e o povo também.

Maria Eloiza Rocha Saez m.eloiza@gmail.com

Curitiba

_______________________________

ASSUNTO BATIDO

A revista Veja vem, nesta semana, com uma reportagem bombástica sobre a atuação de Erenice Guerra e seu filho na facilitação de negócios e cobrança de comissão. Prevejo o de sempre: Dilma negando que soubesse de alguma coisa e que a acusação é eleitoral; Lula gritando que tudo é mentira; os dirigentes petistas ''repudiando'' os fatos; os militantes gritando ''golpe!''; Erenice ameaçando processar todo mundo, Dirceu dizendo que ''não há provas''. Os telejornais darão a notícia, tratando de mostrar o ''outro lado'', que negará tudo, e, feita a confusão, ficará o dito pelo não dito. O Ministério Público e a OAB nem sequer se pronunciarão. Em uma semana, o assunto estará morto e enterrado. E Dilma subirá mais ainda nas pesquisas. Alguém tem dúvida? Já vimos esse filme n vezes!

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

_______________________________

JORNALISMO RESPONSÁVEL

Dois assessores montaram um balcão de negócios na Casa Civil. Eles foram nomeados funcionários públicos, mas atuam como lobistas, recebendo ordens do filho de Erenice Guerra. A publicação da reportagem a 20 dias do primeiro turno das eleições fará brotar acusações de que o objetivo é prejudicar a candidata oficial, Dilma Rousseff. São especulações inevitáveis. Mas quais seriam as opções? Não publicar? Só publicar depois das eleições? Essas não são opções válidas no mundo do jornalismo responsável, a atividade dedicada à busca da verdade e sua revelação em benefício do País.

Mauro Silva maurosilva377@gmail.com

São Paulo

_______________________________

MARIA-MOLE MORAL

Do mensalão, o escândalo da compra de votos no Congresso Nacional, à compra de um falso dossiê contra José Serra, então candidato a governador de São Paulo, Lula ficou batendo na tecla de que não sabia de nada. Hoje quanto mais se acumulam as evidências de que o PT é o mentor da devassa na Receita Federal de dados sigilosos de aliados e familiares do candidato presidencial do PSDB, José Serra, o presidente Lula se justifica no cinismo. Nem a bonança econômica, nem dados sociais podem suplantar o hipócrita legado do lulismo. Ninguém mais do que o palanqueiro Lula, com os seus ridículos deboches, há de ter contribuído tanto para a ''maria-mole moral'' em que o País atolou.

Por minar os fundamentos da democracia, Lula se deixou abandonar pelo autoritarismo. E é o retrocesso político da corrupção, e não o carisma de Lula que move para cima a candidatura petista.

Carlos Iunes carlosiunes@bol.com.br

Bauru

_______________________________

DISSE QUE NÃO DISSE

E o Fidel Castro aprontou mais uma pegadinha em cima da imprensa livre. Disse, depois disse que não disse, conseguindo o que queria: mais espaço na mídia para pôr em evidência sua figura decadente e suas ideias ultrapassadas e perversas. Na triste América Latina, algumas figuras parecem pairar acima do bem e do mal, acima das leis e instituições, ditando valores e verdades, livres para fazer, dizer que não sabiam ou que não disseram, depois mudar de ideia, tripudiar, pisar em cima e decidir a vida de milhões de pessoas, impunemente. Para essa gente, a lata de lixo da História é muito, merecem apenas o esquecimento.

Antonio Cavalcanti da Matta Ribeiro antoniodamatta@ig.com.br

Guarulhos

_______________________________

FIDEL INCOMPREENDIDO

Fidel disse: "Fui mal interpretado." Já vi esse filme por aqui um monte de vezes nos últimos tempos.

Miguel Pellicciari emepe01@uol.com.br

Jundiaí

_______________________________

FALSO MORALISMO

Os muçulmanos são falsos moralistas! Estão reclamando da falta de respeito com relação às intenções do pastor americano Terry Jones de queimar exemplares do Corão como forma de protesto, quando eles mesmos queimam a bandeira americana por qualquer motivo. É como dia o ditado: ''O sujo falando do mal lavado''. Se os muçulmanos querem respeito, que igualmente respeitem.

Alexandre G. Negri agnegri@gmail.com

São Paulo

_______________________________

COTAÇÃO

Os muçulmamos deveriam cotar a bandeira americana; para queima, quantas delas valem um exemplar do Corão.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

_______________________________

ACIDENTES COM TRENS NO INTERIOR DE SÃO PAULO

O trágico acidente ocorrido na cidade de Americana envolvendo um trem e um ônibus, onde várias pessoas perderam a vida, traz à tona uma questão que as autoridades insistem em querer desconhecer. Desde que as empresas ferroviárias deixaram de transportar passageiros e perderam seu caráter de prestadoras de serviço público, não há nenhuma justificativa para que os trens de carga atravessem centros urbanos. Transportando apenas cargas, algumas vezes tóxicas, outras vezes, inflamáveis, sem horários nem rotinas preestabelecidas, os trens de carga colocam em risco por diferentes razões a segurança da população urbana. As cidades são organismos vivos, com a sua própria dinâmica, e com o número crescente de veículos nas ruas não comportam mais a convivência com trens disputando espaços na malha urbana. O trem, que não presta serviço de transporte de passageiros, é hoje um corpo estranho em muitas cidades do interior de São Paulo, onde os leitos das ferrovias ocupam imensas áreas nobres, totalmente isentas de IPTU. Tanto quanto as rodovias, que foram gradativamente sendo afastadas dos centros urbanos, as ferrovias que não prestam para o transporte público precisam de novos traçados que livrem as cidades de mais este risco. Não se trata, pois, apenas de procurar o culpado pelo acidente de Americana, mas por todos aqueles que têm a obrigação de planejar e administrar os espaços públicos e zelar pelo bem-estar e segurança da população.

Sergio Iatchuk s_iatchuk@yahoo.com.br

Valinhos

_______________________________

MENORES DE RUA

Li a reportagem sobre os menores de rua nas regiões mais abastadas da cidade, concluindo a matéria que a grande maioria sofre de algum distúrbio em razão das agressões verbais, da violência doméstica e social e outras questões relevantes.

Resido na região dos Jardins há mais de três décadas e todos os fins de semana e feriados prolongados dezenas de crianças trazidas pelos familiares dormem pelas calçadas da Rua Augusta e adjacências, e durante o dia perambulam pela Rua Oscar Freire pedindo dinheiro, vendendo objetos, geralmente descalços, enquanto os familiares acampam na esquina da Rua Padre João Manoel x Oscar Freire aguardando para contabilizar a féria do dia.

Essa famílias já estão na terceira geração, residem na zona leste e usam suas crianças para este fim.

O que não se compreende é por que o Ministério Público não toma uma medida para acabar com esse tipo de exploração.

A polícia a tudo assiste e também nada faz.

Eu e meu marido já oferecemos a um dos meninos, Lucas, que se nos mostrasse seu boletim escolar para nos convencer de que estuda lhe daríamos R$ 50. Esperamos por esse boletim há um ano.

Um país que não dá educação a suas crianças não pode se gabar de nada, como vemos diariamente o presidente da República fazer.

De que adianta mostrar que as classes D e E estão consumindo TVs, linha branca, etc., se continuam sem saneamento básico, sem escola para os filhos e o analfabetismo está crescendo.

Parece realmente que o ideal deste governo, que quer perpetuar-se no poder, é que tudo continue assim, e que essas pobres pessoas continuem sem saber o que é sigilo fiscal e democracia. É o que chamamos de pão e circo.

Então, quando publicam essas pesquisas sobre violência infantil, a intenção fica perdida e sem sentido, pois quem deveria tomar as medidas necessárias prefere discutir se o macaco ou a arara sofrerão impacto ambiental com o Rodoanel, pois isso é o que realmente dá os 15 minutos de fama.

Educação não rende voto.

Viva a ignorância!

Maria Helena M. Borges Martins m.helena.martins@uol.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.