Cartas - 14/06/2010

FICHA LIMPA

, O Estado de S.Paulo

14 Junho 2010 | 00h00

Vitória

A Lei da Ficha Limpa, mesmo que a interpretação pelo TSE venha a acatar a tese de que ela só será aplicada aos que forem condenados após a sua promulgação, já é uma vitória da democracia. Bastará a divulgação dos candidatos que tenham em seu currículo uma condenação por qualquer crime - e a mídia está aí mesmo para isso - para que nós, eleitores, possamos fazer escolhas mais eficazes no sentido de moralizar a carreira política dos nossos representantes.

JOSÉ DE ANCHIETA N. DE ALMEIDA

josedalmeida@globo.com

Rio de Janeiro

Justiça

Na campanha do Projeto Ficha Limpa, o povo assumiu o papel dos Poderes Legislativo e Judiciário, que deveriam ter impedido que chegássemos ao grau de corrupção política a que chegamos. É, pois, mais que hora de esses Poderes sinalizarem que o direito de todos está acima do de uns poucos que, infringindo a lei, vêm mostrando ao País que vale a pena fazê-lo. O desânimo e a descrença semeados por mais contemporização na escolha do caminho certo só está nos encaminhando para um populismo retrógrado, de perigosas tendências totalitárias. Estamos pondo em risco a democracia pela qual tanto lutamos.

ELZA NACLÉRIO HOMEM BAIDER

elzabaider@ig.com.br

Vinhedo

Dúvida

O presidente do TSE está em dúvida quanto à ética, e não quanto ao tempo verbal (texto da lei), conforme declarou no Estadão de sábado. Retroagir punindo é fazer justiça e mostrar ao povo que ficha limpa é exigência em todos os setores: sem ficha limpa eu não consigo emprego nem abrir uma conta em banco. Por que os políticos podem ter ficha suja e estar aptos a ser votados? Isso é que é democracia, ficha limpa para todo mundo. Vamos ser éticos, sr. Ricardo Le-wandowski, o senhor deve essa decisão à democracia brasileira. Estou cansada de anular meus votos por não ter candidatos de ficha limpa em quem votar.

CECILIA MIKLOS DALE

ceciliamdale@hotmail.com

São Paulo

Bom senso

Não se trata de tempo verbal. Trata-se de conceito. O que os brasileiros querem é que somente políticos com ficha limpa possam ser eleitos. Não pode ser entendido como um direito adquirido que os que têm ficha suja possam continuar se candidatando. Os cargos eletivos não podem ser usados para abrigar pessoas desonestas ou criminosas usarem de privilégios. É simples assim. É, acima de tudo, uma questão de bom senso.

CARLOS ÁVILA

c.avila@modusoperantis.com.br

São Paulo

Aplicação da lei

Ricardo Lewandowski, presidente do TSE, caso ainda esteja em dúvida com relação à data inicial da aplicação da Lei da Ficha Limpa, de modo a torná-la ampla, geral e irrestrita, considere-a a partir de 22 de abril de 1500. Por que não?

JOSÉ CARLOS DEGASPARE

degaspare@uol.com.br

São Paulo

________

ELEIÇÕES

PT apoia Roseana

Qual a estranheza? Para quem tem Collor na base de apoio, Sarney é cafezinho. Não é coincidência os dois representarem os Estados mais pobres do "Braziu". Apenas um trailer do que nos espera com o projeto socialista cubano-bolivariano que ameaça o País.

PEDRO GALUCHI

pgaluchi@gmail.com

São Paulo

Sem retorno

Como cidadão e eleitor, gostaria de lembrar ao ex-governador mineiro Aécio Neves que na vida há quatro fatos que não têm volta: a água que move o moinho, a flecha arremessada, a palavra proferida e a oportunidade perdida. E também que, após a oportunidade perdida, não adianta chorar o leite derramado.

FRANCISCO ZARDETTO

fzardetto@uol.com.br

São Paulo

________

POLÍTICA EXTERNA

Equívocos diplomáticos

A diplomacia brasileira cada vez mais envereda por caminhos tortuosos e se perde em seu matagal ideológico. Sem saber, então, para onde ir, o presidente clama aos quatro ventos que "é birra" daqueles que dela discordam e não aplaudem e reverenciam as suas decisões no plano da política externa. Mas na sua miopia geopolítica e pequenez intelectual, ele não percebe, ou finge não perceber, que o caso do Irã é uma questão de Segurança (com maiúscula) para o mundo em que vivemos. Não queremos guerra, sr. presidente. Não queremos a destruição do que já conseguimos até agora. Buscamos a paz apenas, e para isso é necessário que os representantes dos países que se dizem democráticos sejam sensatos, saibam fazer alianças e se afastem dos regimes autoritários e com perfis belicosos. E se é preciso dizer "sim, senhor" em alguns momentos, é melhor fazê-lo para os que melhor do que nós, pela experiência e visão global e histórica, sabem discernir onde se encontra realmente o perigo maior. Diante desses fatos, é impossível não recordar os tempos em que nosso país mostrava ao mundo uma diplomacia exemplar, sem gafes e sem equívocos, e o nome de Celso Lafer, por sua inteligência e invejável sensatez, era garantia de credibilidade e de que o Brasil trilhava um só caminho: o da busca da conciliação e da democracia.

NEIVA PITTA KADOTA

npkadota@terra.com.br

São Paulo

________

COPA DO MUNDO

Amostragem pífia

Enquanto os sul-africanos vibram com o Campeonato Mundial de Futebol em casa, os cinco primeiros jogos decepcionaram pela falta de técnica e gols. A Argentina, com defesa fraca e meio de campo sem pegada, quase empatou com a Nigéria. A Inglaterra, que é tida como uma das favoritas, parou no futebol burocrático dos EUA. A Coreia do Sul foi a única equipe que, ao menos, procurou jogar buscando o gol por 90 minutos. E venceu bem a Grécia. Por esta amostragem, se o Brasil - sendo a única seleção que, na realidade, tem um time de qualidade - entrar em campo por toda a competição sem salto alto, tem tudo para levar o sexto caneco.

PAULO PANOSSIAN

paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

________

"O "cumpanhero" Ahmadinejad pode ficar tranquilo. Quando tiver a

sua bomba atômica, Lula dirá que não sabia e culpará os aloprados iranianos"

EDUARDO HENRY MOREIRA / SÃO PAULO, SOBRE POLÍTICA EXTERNA

henrymoreira@terra.com.br

"Por pior que seja a nossa política externa, ela tem uma meta: o assento no Conselho de Segurança da ONU. Sonhar, mesmo com o impossível, ainda é melhor do que hibernar"

HERMÍNIO SILVA JÚNIOR / SÃO PAULO, IDEM

hsilvajr@terra.com.br

"Já imaginaram quando o petróleo jorrar de verdade?"

VIRGÍLIO MELHADO PASSONI / PRAIA GRANDE, SOBRE A DISPUTA DOS ROYALTIES DO PRÉ-SAL

mmpassoni@gmail.com

________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.981

TEMA DO DIA

Lula diz que seu nome será "Dilma" na cédula

PT realizou convenção para oficializar o nome da ex-ministra como candidata à Presidência

{HEADLINE}

"Se a Dilma quiser seguir carreira política, que comece sendo vereadora ou deputada estadual."

FELIPE SCOLFARO CREMA

"Prova de igualdade dos sexos não é votar em uma mulher, é votar no melhor candidato, independentemente do sexo."

AMARAL MATHEUS

"Vamos Dilma! Para combater a desigualdade social! Pelo fim das desigualdades regionais! Pelo fim do entreguismo."

JULIO LOPES

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br

SONS E CORES DA MÃE ÁFRICA

A Copa do Mundo mostra a África de muitas cores e muitos ritmos.

Um povo belo que fala com a dança! Os tambores balançam os corpos que representam a energia de uma gente forte. A comunicação não é só razão. É ternura e vigor. Os povos da África dançam e vibram com as forças da natureza.

Temos muito que conhecer e respeitar os povos africanos. Mãe África, que mistura sua cor e seu amor aos índios e outras etnias, formando o Brasil.

As raízes africanas estão escondidas no solo brasileiro.

Vendo, ouvindo e sentindo o continente africano conhecemos melhor a nós mesmos, nossos sons, cores e emoções. Viva a África e viva o Brasil!

Paulo Roberto Girão Lessa paulinhogirao@uol.com.br

Fortaleza

_________

Copa 2010

O gol da Argentina, a meu ver, foi ilegal. É que na hora do cruzamento do escanteio o jogador da Nigéria de n.º 19 foi segurado dentro da área pelo Samuel, que o impediu de participar da jogada que resultou em gol.

Certamente muitos outros erros vão acontecer, mas que o empate era um bom resultado para baixar a crista de ''los hermanos'', era.

Uma crítica aos comentaristas de futebol, nacionais e estrangeiros.

Se o Green, goleiro da Inglaterra, tomou um ''frangaço'' no jogo contra os Estados Unidos, e tomou mesmo, fez depois uma defesa histórica, rebateu um chute à ''queima-roupa'', que veio a bater na trave e sair. Não fosse esse feito, a Inglaterra teria, certamente, perdido o jogo.

Por que valorizar as coisas negativas em detrimento das positivas?

Boa copa para todos.

Carlos Benedito Pereira da Silva, santista advcpereira@hotmail.com

Rio Claro

_________

REFORMULAÇÃO GERAL

Nestes primeiros dias da Copa, já dá para perceber que o Brasil precisa urgentemente de uma reformulação total na imprensa esportiva. Não dá mais para aguentar o Galvão Bueno, o Milton Neves, o Neto, o Luciano do Valle, o Juca Kfouri, etc... Socorro, é muito besteirol ao mesmo tempo.

Marcos Oliveira mate3266@gmail.com

São Paulo

_________

FALTA DE LIDERANÇA OU COVARDIA MESMO!

A mídia, particularmente a esportiva, que faz a cobertura da Copa da África do Sul parece estar mendigando informações sobre a seleção brasileira. E quando das raras entrevistas com integrantes da comissão técnica ou jogadores, submete-se a humilhações e ofensas inaceitáveis - por gratuitas e generalizadas -, além de ouvir silente platitudes de toda ordem. O comportamento dos profissionais que a compõem, alguns experientes e reconhecidamente competentes, revela resignação - que beira a covardia -, parceira da subserviência. Suponho que a situação perdure por ausência de profissionalismo, liderança autêntica ou mesmo de coragem desses repórteres, que se apresentam como jornalistas isentos e com liberdade de opinião - talvez esperem que surja algum gaúcho como João Saldanha e tome alguma iniciativa que lhes devolva a altivez!

Noel Gonçalves Cerqueira noelcerqueira@gmail.com

Guarujá

_________

MARADONA, "O CARA"

Maradona, de terno e com a barba aparada, mais parecia uma produção de Duda Mendonça, do tipo "Lulinha paz e amor", e não mais no estilo anão de jardim.

Também semelhantemente ao Lula, não perde uma oportunidade de falar besteira e como "o cara", que tem fixação em se comparar com FHC, ele se compara ao rei Pelé. Só falta mesmo Lula prometer sair pelado na Praça dos Três Poderes se conseguir um acordo dos americanos com o Irã.

É certo que fora de campo todos eles pisam na bola: Pelé e suas previsões futebolísticas furadas e opiniões políticas equivocadas, Maradona com as drogas, Lula no apoio aos ditadores de plantão e FHC com a campanha de liberação das drogas. Certo é que Pelé como craque dentro de campo e FHC como presidente de atitude republicana serão sempre insuperáveis por seus imitadores Maradona e Lula.

Márcio M. Carvalho

Bauru

_________

OBSESSÃO

De fato, lendo as declarações do técnico da seleção argentina nos jornais de sábado, percebe-se a notável semelhança de Maradona e Lula. Por exemplo, primeiro só pensa em Pelé, enquanto que o segundo é obcecado por Fernando Henrique Cardoso. Freud pode explicar...

Sérgio B. da Silva sebabo44@yahoo.com.br

Belo Horizonte

_________

OBRIGAÇÃO DE GANHAR

Vai começar a maior festa do descaso, motivo idiota para enrolação no trabalho,mudaram até o horário dos bancos.Creio ser possível trabalhar e

acompanhar os jogos, futebol não é mais esporte, é comércio puro no grande continente da fome, miséria e corrupção. Aos jogadores que reclamam da bola, minha indignação, inventem outra desculpa, ela é igual para todos, inclusive para

aqueles menos favorecidos de técnica e salário. O sr.Dunganão me causa sentimento algum, a única obrigação dele e dos jogadores (talvez valha a lei do consumidor) é ganhar este campeonato, eles foram para lá, regiamente pagos,somente para isso.

Jogadores,Dungas, comissão técnica,comentaristas,locutores, não se esqueçam, a

única obrigação desse time de futebol verde-amarelo é ganhar, cumpram o mínimo de sua obrigação.

Mauricio Villela mauricio@dialdata.com.br

São Paulo

_________

SELEÇÃO E ELEIÇÃO

Embora seja um patriota nato, pelo bem da sociedade e projetando uma visão mais positiva do futuro, deixo de torcer fervorosamente pela seleção brasileira, justamente pelo fato de estar ciente do que o Brasil ser campeão mundial provocaria no resultado da eleição presidencial. Até isso o presidente Lulla conseguiu tirar de mim! Viva 2014!

Marcos Ferreira marcos@karline.com.br

São Paulo

_________

PÁTRIA DE CHUTEIRAS

Interessante como o brasileiro veste a camisa da seleção, na chamada Pátria de Chuteiras: camisetas verde-amarelas, bandeiras por toda parte, até pintadas no asfalto, rostos pintados, alegria e interesse geral, todos torcendo pela seleção canarinho. Desta feita absurdamente fazendo propaganda deslavada de cervejas, sendo, inclusive, jogadores chamados de ''guerreiros'' de uma determinada marca da bebida. Será que em outubro, quando realmente a Pátria estiver precisando desta torcida, quando os destinos de gerações estarão em jogo, jogo real, haverá esta mesma movimentação? Será que quando nossa linda Bandeira verde e amarela estiver correndo o risco de se transformar numa bandeira vermelha este povo todo estará nas ruas torcendo para o Brasil?

Antonio Carlos Pereira acpereira1939@com4.com.br

Batatais

_________

PATRIOTISMO BRASILEIRO

O patriotismo é um fenômeno que ocorre no Brasil a cada quatro anos, sempre ligado a uma bola.

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

_________

ESPANHA OU PORTUGAL

Minha torcida também é para que o Brasil não ganhe o seu sexto Campeonato Mundial de Futebol. O zé-povinho acreditará que Lula foi o grande protagonista da conquista e, assim sendo, Dilma sobe a rampa do Planalto.

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

_________

FICHA LIMPA

A discussão se a Lei da Ficha Limpa valerá ou não para as eleições deste ano continua, porque os fichas-sujas não querem abandonar o maná que sempre representou um mandato político para políticos corruptos e desonestos neste país. Como a maioria dos políticos candidatos às eleições deste ano é, comprovadamente, do time dos fichas-sujas, é bem provável que o TSE seja pressionado a adiar o início da validade dessa lei para a próxima eleição. Dessa forma, sugiro que a Articulação Brasileira contra a Corrupção e a Impunidade (Abracci), uma das responsáveis pela brilhante campanha que culminou com a aprovação pelo Congresso Nacional da referida lei, inicie, assim que os candidatos forem definidos, uma campanha por todos os meios de comunicação possíveis para informar aos eleitores ignorantes e desavisados quem são os candidatos ficha-suja e que, portanto, não devem ser votados.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_________

AVANÇO DEMOCRÁTICO

Considerando a decisão do TSE, por 6 votos a 1, favorável à vigência da Lei da Ficha Limpa já este ano, gostaria de saber: quem entre os ministros votou contra?

Sergio S. de Oliveira marisanatali@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

_________

DIVISÃO

''Aplicação da ficha Limpa divide Justiça Eleitoral..." A quem será que essa divisão interessa?

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

_________

RECADO

A Lei da Ficha Limpa foi aprovada no Congresso e sancionada pelo presidente da República. E já motiva dúvidas e questionamentos sobre sua validade. Ou seja, é mais uma lei? Ou é uma solução? A iniciativa de várias organizações populares, coletando quase 1,5 milhão de assinaturas, teve uma tramitação congressual relativamente rápida. Mas o eleitor e os partidos políticos devem tomar esse projeto de iniciativa popular apenas como fundamento. Na verdade, foi um recado que deve ser aproveitado tanto em termos de inscrição de candidaturas como o voto consciente, para atingir o nível político que queremos e precisamos. Não se deve ficar apenas elogiando a lei e pensando ser ela a solução.

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

_________

INELEGÍVEL

Se a lei viesse abrangendo condenações morais e outras condutas que

gente decente renega, essa Dilma seria inelegível.

José Benedito Napoleone Silveira nenosilveira@aim.com

Campinas

_________

JÁ QUE PERGUNTAR NÃO OFENDE...

Se a ficha limpa vingar para já, Roseana Sarney estará compatível?

Leila E. Leitão

São Paulo

_________

SERRA LEVANTA A VOZ

Finalmente um discurso de estadista, harmônico com sua carreira de homem público. José Serra, oficializando sua candidatura em Salvador, critica, com sua extensa reserva moral, o governo Lula.

Essa peça de seu discurso foi praticamente um programa de governo. Além de prometer tirar o País do ranking dos menores níveis de investimento, afirma que, em vencendo a eleição, acaba com apadrinhamentos e aparelhamento do Estado. E não facilitará mais a "dolce vita" dos pelegos nos sindicatos.

Lavando a alma de pelo menos 20% dos brasileiros que não apoiam o presidente, Serra disse que jamais se devem "justificar deslizes morais dizendo que está fazendo o mesmo que os outros". Referência direta ao caixa 2, prática corrente no petismo com a alcunha de "mensalão".

Logicamente que somente esse discurso não garante a eleição. O PSDB precisa se organizar, acabando com picuinhas passadas, e entrar de cabeça neste pleito, já que o País não suportaria mais uma legislatura com o PT no poder.

O PIB que o Brasil precisa fazer crescer primeiro é o da ética, dos bons costumes e respeito às nossas instituições. Neste quesito o Lula esculhambou tudo, pela sua soberba e falta de compromisso com a legalidade, dignidade pública e relações internacionais.

Esta farra de pseudogoverno precisa de um basta a partir de 1.º de janeiro de 2011...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

_________

ELEIÇÕES 2010

A entrevista publicada neste sábado sobre o tema em referência, que era claramente de elevar as qualidades do candidato José Serra a presidente da República, teve o condão de mostrar nas entrelinhas algumas falhas de

caráter e procedimento no relacionamento com correligionários, que o acusaram de estar investigando a vida particular (seria o embrião do dossiê) e envolvido

em ligações perigosas contra oponentes, além de demonstrar falta de confiança e a segurança necessária para ocupar o cargo pretendido.

Vital Ferreira dulceevital@superig.com.br

Santos

_________

PDT

Ao saber dessa convenção nacional do PDT para formalizar o seu apoio a Dilma, fico me perguntando: o que o senador Cristovam Buarque está fazendo metido nesse partido adesista, que tem entre seus expoentes personagens como Carlos Lupi e Paulinho da Força Sindical?

É pena que Brizola não esteja mais vivo para botar ordem na casa e não permitir que o seu PDT se transformasse numa legenda de aluguel por aquele que ele um dia chamou de sapo barbudo e disse que seria capaz de pisar no pescoço da própria mãe para atingir os seus objetivos.

Se ao morrermos vamos para algum lugar, Brizola deve estar por lá se contorcendo e espumando de raiva.

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

_________

DESISTÊNCIA

Lendo a matéria de sábado sobre ter havido uma possível desistência de Serra concorrer à Presidência, fato ocorrido em janeiro deste ano, creio que ele deverias fazer isso agora. Em vez da Presidência, vá para o Senado, para tirar da Martaxa Suplicio a chance de veranear em Brasília. Isso reforçará o Alckmin e puxará uma bancada de deputados federias tucanos. Esperar algo do Trairécio Neves é bobagem. Como em 2002 e 2006, ele vai tirar o corpo fora (junto com o Jereissati, outro traíra tucano). Deixe o Trairécio sair para presidente e nós, paulistas, votaremos em branco. Nada a esperar dos mineiros

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

_________

MÃOS DE FERRO

O Brasil está mesmo é precisando de um presidente que o governe com mãos de ferro, um choque de gestão na segurança pública, e a pessoa mais indicada é a ex-ministra Dilma, dado o seu passado de lutas.

Arnaldo Luiz de Oliveira Filho arluolf@hotmail.com

Itapeva

_________

DESPIDOS DE HOMBRIDADE

Para se defenderem da onda de dossiês, petistas acusam, sem provas concretas, José Serra de ter delatado que havia mais de R$ 1 milhão em dinheiro vivo no escritório de Roseana Sarney (caso Lunus) quando esta aspirava a ser candidata à Presidência da República. O dinheiro realmente foi encontrado e parece que, na mesma proporção em que o clã Sarney se enriqueceu, o Estado do Maranhão, por eles governado há anos, foi para o penúltimo lugar entre os Estados brasileiros no Índice de Desenvolvimento Humano. Mesmo assim, o PT se descalça da hombridade, dobra-se perante o PMDB, abandona antigos e fiéis aliados e subirá ao palanque da governadora. Tudo para eleger Dilma Rousseff.

Eni Maria Martin de Carvalho enimartin@uol.com.br

Botucatu

_________

O "GRANDE IRMÃO" PETISTA

O escritor inglês George Orwell, na sua obra clássica "1984", imaginou uma sociedade totalitária, na qual os seus membros são controlados por um "Grande Irmão" ("Big Brother"), um ente onipresente que, servindo-se do aparelho estatal ao seu dispor, "tudo ouve, tudo vê e tudo sabe", podendo, assim, através do seu séquito de capatazes odientos, esmagar toda tentativa de oposição ao seu espúrio governo. O Partido dos Trabalhadores (PT), que capitaneia o governo Lula, ao usar informações confidenciais dos arquivos estatais, especialmente da Receita Federal, para montar dossiês criminosos e antidemocráticos contra os opositores da sua candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff, visando desta forma a perpetuar-se no poder, tornou real o sinistro enredo orwelliano, 26 anos depois do ano previsto. O "Grande Irmão", pelo visto, usa uma estrela vermelha na lapela.

Túllio Marco Soares Carvalho

Belo Horizonte

_________

CORRIGINDO INJUSTIÇA

Designar determinados prestadores de serviço para o governo como empresarios é ofender toda a classe empresarial que verdadeiramente atua dentro da ética e dos padrões sociais exigidos para sua denominação.

Valem-se de falcatruas e desvios do erário como forma de se locupletarem, na sua ganância e desespero pelo enriquecimento rápido e ilícito.

São os avessos do avesso, pemitem-se tirar dos pobres para desfilarem na sociedade com suas aparências de bem-sucedidos ''EMPRESÁRIOS'' da malandragem e da esperteza.

Essa classe de empresários, que não se fizeram de barro soprado, mas do lodo fétido, eu designaria como EMPRESITAS, mistura de empresários com parasitas.

Manoel Braga mbbraga@terra.com.br

São Paulo

_________

ENLAMEADOS

Para que o governo Lula chegasse até o final do mandato, após sucessivos escândalos que abalaram a Nação, abriram as portas petistas a todos aqueles que o próprio presidente Lula e seu PT acusavam de corruptos e desonestos, não cumpriu suas principais promessas de campanha; com isto, colocou um silencioso na boca de cada companheiro. O descontentamento e saia-justa dos partidários petistas é marcante, visível a todos que queiram abrir os olhos e ver, sem censura. Na reunião do diretório petista realizada no Maranhão... o caldeirão ferveu! Com os petistas locais atirando sérias acusações de suborno a Cândido Vaccarezza, José Eduardo Dutra, José Genoino (aquele mesmo do dinheiro na cueca). Os petistas locais não se conformam com a aproximação do seu partido com os donos do Maranhão: José Sarney, Fernando "barrica" Sarney e a governadora de plantão, Roseane Sarney. Após a tempestade no Estado mais pobre do Brasil, nota-se que o presidente Lula, o senador José Sarney, PT e PMDB estão irreconhecíveis, envoltos em tanta lama fétida dos esgotos maranhenses.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

_________

SAINDO DO ARMÁRIO

Após o Diretório Nacional do PT, submisso e dócil aos ditames de ''Herr Lula Primeiro'', impor ao seus militantes lá no Maranhão o apoio à ''sinhazinha'' Roseana Sarney (PMDB), filha dileta do ''coronezinho Zé Sarney'' (hoje mais que compadre de primeira hora de Lula, se não seu cúmplice político), seus militantes mais fiéis e históricos começaram a berrar no saguão de entrada da sede nacional do PT, chamando o presidente nacional do partido, José Eduardo Dutra, de "fascista" e "Hitler", e isto pela segunda vez esta semana.

Demorou, mas finalmente o Partido dos Trabalhadores saiu do "armário ideológico" onde sempre se escondeu, enganando ao povo quanto ao seu viés totalitarista... Em outras palavras, ''assumiram''!

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

_________

MENSAGEM AO PT

Sou PETISTA fundador e nunca fui exigir carteirinha. Só que em 82 estava em São Fidélis (RJ) encarando os coronéis da região. Não sou fundamentalista, pois sou pensante. E digo: onde estavam esses que agora fasem coro numa grande grita contra LULA? Quando ele mais precisou, o PARTIDO falhou. Resumindo, se LULA não faz concessões e coligações, já era. A grande verdade é que o partido não soube aproveitar a oportunidade e manter-se sozinho no poder. TENHO DITO.

Nain de Carvalho nain.carvalho@bol.com.br

São Paulo

_________

MINHA CASA, MINHA VIDA

Acabamos de construir na fazenda, Ubiratã (PR) ,uma casa com 42 m² , bem construída e confortável, ao custo aproximado de R$450/m², ou seja R$18.900.

Por que preços tão altos na venda dessas casas populares? Não há algo de errado?

Ou seria NOSSA CASA, NOSSA MINA?

Francisco Azevedo Figueiredo flaviadabus@uol.com.br

Marília

_________

JULGAMENTO POLÍTICO

É impressionante verificarmos uma lei que serve não só para desafiar, como também para provocar a corrupção - já de caráter endêmico em todas as instituições em nosso país. O Tribunal de Contas do Estado (TCE), reprovando as contas de um ex-prefeito em determinado ano de seu mandato, envia o processo para a Câmara Municipal para que seus vereadores deem o veredito final. Nada mais incoerente, na medida em que tanto os princípios quanto as regras impõem de forma arbitrária uma punição pelo suposto ilícito justamente pelos que poderiam render-se ao dinheiro (corrupção ativa e passiva), ou por interesses escusos e eleitoreiros de facções políticos partidárias. É o caso do ex-prefeito de Jaú João Sanzovo Neto (PSDB), refém desta situação quando o TCE deu parecer desfavorável a suas contas de 2006, por culpa de um erro técnico de um simples lançamento contábil, e se encontra sob a espada de Dâmocles, diante de uma Câmara composta por supostos algozes que podem, em seu veredito final, deixá-lo inelegível para disputar as eleições deste ano, quando poderia simplesmente pagar uma multa pelo erro de seus subordinados, uma vez que não implicou nenhuma lesão aos cofres públicos e muito menos má-fé. Um julgamento político é a inversão absoluta de valores e o procedimento do tribunal proporciona inexoravelmente isto.

José Eduardo Victor je.victor@estadao.com.br

Jaú

_________

PEQUINESES ALIENADOS

O leitor sr. Sérgio Paulo Teixeira Pombo, ao criticar o autor do artigo ''Ave, Lula'' (12/6), certamente está entre os 86% dos brasileiros pequineses alienados que apoiam o presidente Silva nos seus desmandos e atos condenáveis que o tornam um verdadeiro bobo internacional. Os casos Honduras e Irã falam por si sós. Quando ao ''estadista'', o leitor precisa consultar um dicionário, pois estadista não é quem tem uma mulher que pede cidadania estrangeira para os filhos ''para que tenham um futuro melhor'', quem chama de sonegador quem é contra um imposto completamente idiota como a CPMF e quem debocha das leis do país que preside.

Bob Sharp bobsharp@uol.com.br

São Paulo

_________

ESPERAR O QUÊ?

O embaixador Sergio Amaral trouxe para nós, leitores, o contraste entre o poder que pode, mas só age discreta e oportunamente, e o poder que não pode e que em tudo quer se meter ("Itamaraty no improvisa", 12/6, A2). Para quem conhece os antecedentes dessa gente, seria pedir muito que percebessem o Brasil como algo mais que uma federação de sindicatos e o Itamaraty como algo mais que um diretório acadêmico. Em suas cabecinhas presas no século passado, a má vontade com os EUA é tanta que trariam as Olimpíadas de Inverno para o Brasil e mandariam missão tripulada ao Sol se houvesse a certeza de afrontar o Tio Sam. Como já foi dito por um grande brasileiro: trabalhadores que não trabalham, estudantes que não estudam... Esperar o quê?

Antonio Cavalcanti da Matta Ribeiro antoniodamatta@ig.com.br

Guarulhos

_________

LULA E A BOMBA

Se Ahmadinejad e seus aiatolás conseguirem a bomba e com ela causarem uma bastante provável desgraça - os vetores eles já têm -, espero que o mundo entenda que no artefato não estarão as impressões digitais deste país, mas sim as de um presidente falastrão, irresponsável, demagogo e, antes de mais nada, inculto e incapaz que, infeliz e episodicamente, está a nos governar.

João Guilherme Ortolan guiortolan@gmail.com

Bauru

_________

POLÍTICA EXTERNA

Estes sete anos e tanto de governo Lula foram mais do que suficientes para se perceber a linha da política externa adotada. Seja qual for a questão internacional que envolva os EUA, independentemente de quem tenha a razão, a posição do Brasil tem sido e será antiamericana. Essa é a regra primordial e não se discute. Quando se trata de outros países que não os Estados Unidos, a regra é ficar irrestritamente do lado esquerdo, mesmo que se trate de uma ditadura cruel, que neste caso passa a ser uma democracia original. Nas repatriações, o critério é ideologicamente parcial: atletas cubanos dissidentes pedindo asilo são prontamente devolvidos à ditadura de Fidel Castro; assassino comunista Battisti é mantido sob a proteção do governo Lula (agora no limbo), pelo visto, permanentemente. O tradicional comportamento do Itamaraty, um motivo de orgulho para o Brasil pelo bom senso e imparcialidade, não é mais o mesmo.

Paulo Braun paulobraun01@gmail.com

São Paulo

_________

EMPREGO

Se Lula, após deixar o governo, não conseguir um cargo na ONU, certamente conseguirá um cargo como ministro de Fidel, ou de Evo, ou de Hugo Chávez, ou de Ahmadinejad. Desempregado não ficará.

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

_________

A AGONIA DA IMPRENSA NA VENEZUELA

A democracia continua a ser uma planta débil na América Latina. O regime abominável de Hugo Chávez acaba de desferir mais dois duros golpes contra o regime das liberdades. Enquanto o presidente da Globovisíon, Guilhermo Zuloga, era preso em sua casa, o jornalista Francisco Pérez era condenado a três anos e nove meses de prisão por um Poder Judiciário que há muito abdicou de sua independência e se comporta como um carneiro ante seu dono onipotente. Isso em razão de um editorial no qual criticou um prefeito nepotista. Nesse caso, o governo brasileiro opta pelo silêncio, que deveria ter sido adotado em intervenções desastradas ocorridas nos últimos tempos. No campo internacional, a ideologia tem sido o carrasco da razão da diplomacia brasileira.

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

_________

NÃO MAIS DAVI CONTRA GOLIAS

O artigo ''Esses judeus problemáticos'', de Charles Krauthammer (9/6, A15), deflagrou uma enxurrada de cartas, longas cartas, a este Fórum, quase todas favoráveis a Israel em sua interceptação da flotilha humanitária que se dirigia a Gaza, resultando em nove mortos, todos do lado dos ativistas.

Chama a atenção o fato de que os missivistas parecem não perceber nenhum erro não só nesta, mas em qualquer ação israelense, e não fazem nenhum reparo a essas ações, dando a impressão de que Israel está inteiramente certo e o outro lado do conflito, o dos palestinos, inteiramente errado. Ora, isso não existe, um ter toda a razão e o outro, nenhuma razão. Evidentemente, é inegável o direito de Israel de se defender, e até de forma ofensiva, se necessário. O que não se pode aceitar é o

grau de ofensividade aplicado, considerado grandemente desproporcional não só ao poder do inimigo, mas também ao que as situações concretas de conflito justificariam. O resultado disso é o absurdo de cem mortos do lado palestino para um do lado israelense, como na operação em Gaza há um ano e

meio. É isso que o restante da humanidade classifica de imoral e inaceitável. Como é também inaceitável - inominável - derrubar casas com escavadeiras com os ocupantes dentro, matando indiscriminadamente todos, homens, mulheres, crianças, velhos, com a presunção de culpa coletiva e sem o menor traço de compaixão. Com esse tipo de ação, com o levantamento do medieval muro

na Cisjordânia, com o sempre retomado expansionismo dos assentamentos em território palestino e com muitos outros horrores que vêm sendo perpetrados há décadas, Israel conseguiu reverter a incrível simpatia de que gozava por parte do mundo não-árabe por antipatia e condenação quase generalizadas. Agora não mais cabe em Israel e no povo judeu o figurino de vítima, que os missivistas

insistem em vestir. Não se trata mais da mesma luta de Davi contra Golias de 50 anos atrás, como apropriadamente diz Daniel Kurtzer em seu artigo no Estadão (11/6, A16): ''Israel precisa mudar seu discurso.'' Mais do que o discurso, precisa mudar suas práticas e negociar, usar a diplomacia, e não as armas, se quiser conquistar os corações e mentes que vem inexoravelmente perdendo, e cujo

apoio é indispensável para que o povo judeu possa viver em paz, juntamente com seus irmãos árabes e palestinos, na Terra Prometida que finalmente lhe foi concedida pela ONU.

Jorge Manuel de Oliveira jmoliv11@hotmail.com

Guarulhos

_________

REAJUSTES

Os planos de saúde tiveram reajuste de 6,76% em 2009, os aposentados tiveram 5,92%.

Em 2010 os planos serão reajustados em 6,73% e o Lula quer vetar o reajuste dos aposentados. Assim fica difícil.

Gustavo Guimarães da Veiga gjgveiga@hotmail.com

São Paulo

_________

MAIS APOLOGIA À MAGREZA ESQUELÉTICA

O setor da moda continua fazendo apologia à magreza esquelética das meninas modelos. Nesta edição da SPFW não foi diferente. Eu gostaria muito de saber quem foi o infeliz que estabeleceu essa regra, pela qual a magreza esquelética é bonita e por isso deva ser usada como símbolo em todos os desfiles. Talvez tenhamos que presenciar mais mortes decorrentes de inanição para que este assunto volte a ser discutido e a falsa beleza oriunda da subnutição-anorexia-bulimia volte a ser contestada. Será que os senhores da moda não percebem que a magreza esquelética é horrorosa e não agrada a ninguém?

Antonio Roberto Testa antonio@testa.adv.br

São Paulo

_________

TELEFÔNICA-NEXTEL

A Telefônica consta frequentemente, na grande imprensa, como uma das piores prestadoras de serviço ao consumidor. Estes dias publiquei carta neste espaço afirmando que a Nextel, pelo andar da carruagem, seria uma Telefônica piorada. Alguns dias após, pelos protocolos que abri durante a semana para a solução de problemas, posso afirmar que a Nextel é uma Telefônica muuuuuuiiiinnnnto piorada.

Orivaldo Tenorio de Vasconcelos prof.tenorio@uol.com.br

Monte Alto

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.