Cartas 14/07/2010

COPA 2014

, O Estado de S.Paulo

14 Julho 2010 | 00h00

Atraso nas obras

Daqui a exatos três anos a Copa das Confederações, no Brasil, já terá terminado e é esse o evento que testa a estrutura para a Copa do ano seguinte. E o que temos aqui em andamento? Placas do PAC, nada mais. O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, tem razão em suas preocupações, pois para gente séria placas não representam nada e não temos um único canteiro de obras para 2014, nem de um mísero estádio, muito menos de aeroporto. Quero só ver o tamanho do vexame!

PAULO A. NUNES FERREIRA sweetpappa@uol.com.br

São Paulo

___________

Superfaturamento

Considerando que "falta tudo para 2014", segundo a Fifa, que as obras estão "impressionantemente atrasadas", segundo o TCU, e que o PAN de 2004, orçado em R$ 520 milhões, ficou em R$ 4 bilhões, não seria hora de devolvermos a organização da Copa à Fifa com um pedido de desculpas? As obras de infraestrutura necessárias, de que o Brasil tanto precisa independentemente da Copa, poderiam ser feitas com planejamento e sem o superfaturamento que já se tem observado.

JOSÉ CARLOS DEGASPARE degaspare@uol.com.br

São Paulo

___________

Trem-bala

Interessante, o valor da passagem do trem-bala é o mesmo de uma passagem de ida e volta a Buenos Aires. Se São Paulo é a cidade mais cara das Américas e o Rio também está entre elas, por que eu não iria a Buenos Aires?

GERALDO R. BANASKIWITZ grbanas@unimarket.com.br

São Paulo

___________

MÃO DE OBRA

Falta de qualificação

O Brasil precisa importar mão de obra qualificada. As empresas oferecem vagas, trabalhadores candidatam-se, mas não se consegue preenchê-las por falta de qualificação. Os programas do governo FHC, que chegaram a treinar 2 milhões de trabalhadores por ano, foram interrompidos e muito pouco foi posto no lugar. O programa similar tocado pelo Ministério do Trabalho não treina mais que 300 mil pessoas/ano. Bastam dois exemplos para ilustrar a situação. O estaleiro Atlântico Sul (PE) trouxe de volta do Japão 200 soldadores brasileiros; a Thyssen-Krupp, que acabou de inaugurar uma siderúrgica no Rio, mandou 210 empregados estudar na Alemanha, treinou por conta própria 1.700 e "importou" 600 chineses. Isso é o que nos informou o presidente da Força Sindical e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, Miguel Torres.

IRACEMA PALOMBELLO cepalombello@yahoo.com.br

Bragança Paulista

___________

CAMPANHA ELEITORAL

Programa maquiavélico

Li o programa de governo de Dilma registrado no TSE e lamento que se trate só de palavrório, sem definição de projetos e programas específicos que a candidata pretenda aplicar no País - salvo as referências aos PACs 1 e 2, o que não é suficiente, pois sabemos que o cumprimento do PAC 1 deixa muito a desejar. Sobre as tão ambicionadas e debatidas reformas - política, tributária, trabalhista, previdenciária -, nada de concreto e pragmático, só palavras. Com programa feito assim, sem compromissos com o povo, fica fácil depois enfrentar a mídia e as críticas em geral, pois não há o que cobrar. É programa maquiavélico, não diz nada objetivamente, feito para enganar trouxa. Espero que Serra apresente um programa objetivo, desde que o faça antes da eleição...

SERGIO LOPES blackfeet@uol.com.br

São Paulo

___________

Patrimonialismo lulista

O excelente artigo do sr. Ricardo Rodriguez (13/7, A2) faz-nos pensar em até que ponto vale a "democracia" no Brasil, se o único "benefício" é poder votar... E como o voto sério de um cidadão esclarecido, que assume honestamente o "ou ficar a Pátria livre, ou morrer pelo Brasil", vale tanto quanto o do cidadão não esclarecido, que faz parte da imensa maioria de nossa população miserável, ardilosa e criminosamente manipulada pelo lulismo, leva-nos a ficar cada vez mais distantes de uma verdadeira democracia de Primeiro Mundo.

ANTONIO PENTEADO SERRA apserra@uol.com.br

Santana de Parnaíba

___________

ASILO

Clima favorável

A jornalista peruana Vicky Pelaez, condenada à deportação pelos EUA por espionagem, diz querer se estabelecer no Brasil. Por que todo fugitivo, criminoso, condenado, deportado, desertor, terrorista, etc., quando não consegue viver no seu país de origem ou voltar para lá, escolhe o Brasil para se estabelecer? Serão eles atraídos pelo nosso clima? Não falo do nosso clima temperado, com o calor do verão e o frio do inverno, a bonança do outono e as flores da primavera, mas do clima de desordem, indisciplina, impunidade, insegurança, injustiça social, corrupção e bandidagem que se instalou em nosso país de uns tempos para cá e que é muito favorável a esse tipo de gente.

FRANCISCO RIBEIRO MENDES mendes.brasilia@gmail.com

Brasília

___________

ESCLARECIMENTO

Grupo EBX

Recebemos com surpresa o comentário contido no artigo do sociólogo e doutor em Geografia Humana Demétrio Magnoli de 8/7 (A escolha de Serra, A2). O Grupo EBX está desenvolvendo um plano de investimentos estruturantes nas áreas de petróleo, logística, energia, mineração e indústria naval no País entre 2007 e 2012, que somam o equivalente a R$ 33 bilhões ao câmbio atual. Cerca de 15 mil pessoas trabalham na construção dos empreendimentos do grupo e nas suas companhias. Atualmente, três delas têm aprovados financiamentos no valor de R$ 4,2 bilhões para a construção de portos, termoelétricas e para mineração. A operação a que o sr. Magnoli se refere foi uma recompra de ações pertencentes ao BNDES pela LLX, empresa de logística do grupo. Sobre ela o próprio banco já manifestou ter registrado "rentabilidade excepcional", ao responder publicamente a matéria na imprensa, em janeiro, calculando que, até aquele momento, registrava ganho potencial de 241%. O grupo respeita e honra o banco de fomento, que apenas este ano deverá desembolsar perto de R$ 130 bilhões para setores produtivos da economia que investem no crescimento do País.

NILSON BRANDÃO JUNIOR, gerente de Relações com a Imprensa

nilson.brandao@ebx.com.br

Rio de Janeiro

___________

"Após oito anos de governo Lula falta infraestrutura para a Copa do Mundo no Brasil. Então, o PAC é só propaganda?"

ROBERTO TWIASCHOR / SÃO PAULO, SOBRE A PREOCUPAÇÃO DA FIFA COM AS OBRAS PARA 2014 rtwiaschor@uol.com.br

"Para uma Copa dar certo é preciso primeiro pôr em ordem a cozinha"

MIGUEL POLITI / SÃO PAULO, IDEM miguel.politi@uol.com.br

"O trem-bala do Lula dará maior velocidade a Dilma?"

PAULO DE SOUZA CAVALCANTI / RIBEIRÃO PRETO, SOBRE DIVIDENDOS ELEITORAIS

paulo_souza_cavalcanti@ig.com.br

___________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 2.900

TEMA DO DIA

Governo quer proibir pais de dar palmadas

Projeto de lei prevê punição aos adultos que impuserem qualquer castigo físico a um menor de idade

"Como educador, sempre lutei pela conscientização da importância do diálogo em vez da punição, que faz parte da cultura."

HILSON BRECKENFELD

"Cresci apanhando várias vezes. Talvez por isso tenha conseguido nunca ir a delegacias, roubar, me drogar, brigar na rua."

ELISAMAR MACHADO

"Disciplinar é diferente de espancar: uma é feita de amor para educar o filho; a outra, de ódio para descontar frustrações."

NILO BENTO

___________

Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br

A PALMADA PROIBIDA

O projeto de lei que proíbe a prática de castigos corporais de natureza punitiva nos ambientes domésticos, nas escolas e em abrigos representa um progresso das normas do estatuto das crianças. Entretanto, a conduta disciplinar nas escolas deveria também ter peso na formação da média, condicionando a passagem de ano. Considerando as frequentes notícias de violência contra os professores e entre alunos, um elemento disciplinador seria bem-vindo. Os jovens precisam de adultos dotados de autoridade, assim como de referências de caráter ético, para não acabarem vencidos pelos próprios instintos e pelo desgosto originado por uma realidade que não promete muito. A palavra punição nestes anos tem sido "demonizada" como se fosse uma violência gratuita ou um ato necessariamente danoso, que deveria, entretanto, ser ajustado aos tempos, tornando-se capaz de frear a espiral de violência e cinismo que está levando os jovens a atitudes de rebeldia e desafio que, muitas vezes incompreendidos, podem representar desesperados pedidos de ajuda. Precisamos de justiça, mas também de firmeza para que a nossa geração não seja uma geração traumatizada pelo medo de traumatizar os filhos.

Franco Magrini framagr@ig.com.br

Cachoeira Paulista

__________

LIMITES

Ao ler esta reportagem "Governo quer proibir pai de dar palmada" fiquei assustada. Já foi provado pelos estudiosos de educação que as crianças pedem limites e até umas palmadas na hora certa e no lugar certo, e quando isso não acontece vemos o crescente número de jovens desajustados.

Não sou a favor de espancamentos ou de que crianças sejam acorrentadas.

Até quando o governo nos dirá o que fazer? Será que um dia seremos obrigados a dar drogas a nossos filhos, porque eles querem e não poderemos dizer não?

Será que o governo não deveria preocupar-se mais com a corrupção e com leis mais severas para bandidos do que com projeto de lei sobre uma palmada?

Mara Haddad maracunhahaddad@yahoo.com.br

São Paulo

__________

PALMADAS NO GOVERNO

Um governo corrupto, como nunca antes neste país, não tem a mínima condição moral ou pedagógica para aprovar e sancionar uma lei que determine como os pais devem educar seus filhos.

Uma boa palmada na hora certa é o melhor tratamento disciplinar para uma criança.

Meus filhos, quando constrangidos pelos professores na escola, apanhavam quando chegavam em casa e isso foi ótimo para a educação deles.

José Luiz Tedesco wpalha@terra.com.br

Presidente Epitácio

__________

SERÁ QUE ESSA LEI PEGA?

Tem lei que pega e lei que não pega. Tem criança que leva palmadas e pais que deveriam levar palmadas por não darem, com amor, palmadas nos filhos quando merecem ser castigados. Há um ditado muito conhecido nos EUA que diz: ''spare the rod and spoil the child'', ou seja, ''muito mimo e poucas palmadas estragam a criança''. Seria muito importante que o projeto de lei que proíbe o castigo físico em crianças deixasse bem claro que, para educar, muitas vezes é necessário dar uma boas palmadas no bumbum. Aliás, muitas vezes a criança, pelas ações frente aos mais velhos, está pedindo uma firme ''corretiva'' para entender melhor os limites até onde pode chegar. Caso esses não sejam claros, é comum a criança extrapolar até chegar ao ponto de dominar os mais velhos. O popular programa da TV americana ''Super Nanny'' mostra claramente esse problema. Castigos com abuso, fruto de raiva, não; palmadas educativas aplicados na hora certa por pais responsáveis e amorosos, sim! Será que essa lei pega? Caso não se conscientize melhor sobre o problema e se mostre o valor da palmada, desconfio seriamente que será mais uma para os volumosos arquivos de leis e projetos natimortos!

Silvano Corrêa scorrea@uol.com.br

São Paulo

__________

EPIDEMIA

Nossos governantes deveriam estar mais preocupados com projetos de lei que inibam o uso do crack, até porque em nosso país já virou epidemia.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

__________

CHEGA

Já proibiram xingar nos estádios, já proibiram que os consumidores pegassem os analgésicos que querem nas gôndolas. O ministro da Saúde diz que devemos fazer sexo pelo menos cinco vezes, mas não esclareceu o período. Agora veio a proibição de dar palmadas. Qual será a próxima deste governo de democratas? Chega!

Ronaldo José Neves de Carvalho secretaria@roneadm.com.br

São Paulo

__________

LULA SEMPRE ATRASADO

O projeto de lei que estabelece punição para quem adotar castigo físico como forma pedagógica para crianças e adolescentes, que o presidente Lula vai assinar hoje para marcar os 20 anos de vigência do Estatuto de Criança e do Adolescente (ECA), não é novidade em São Paulo.

Tramita desde 2009 na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 1.452 /2009, de nossa autoria quando deputado estadual, que dispõe sobre as penalidades a serem aplicadas à prática de castigos corporais e outras formas de castigos cruéis e degradantes praticados contra crianças e adolescentes. O projeto prevê de advertência a multa de 3 mil UFESPs (Unidades Fiscais do Estado de São Paulo) para os infratores. A instauração do processo seria de competência do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente. O projeto já foi distribuído à Comissão de Constituição e Justiça e recebeu parecer favorável do relator, deputado Roque Barbiere.

Milton Flávio Marques Lautenschlager epmiltonflavio@yahoo.com.br

São Paulo

__________

DOIS PARADOXOS

Fiquei surpreso ao saber da notícia de que a tal palmadinha pedagógica aplicada pelos pais na educação de seus filhos se tornou crime, apenas aguardando a sanção do presidente Lula, completando assim o ECA. Por outro lado, e a Lei Maria da Penha, vai enquadrar e punir os personagens dos casos Bruno, Mizael e muitos outros por aí?

Arnaldo Luiz de Oliveira Filho arluolf@hotmail.com

Itapeva

__________

BARBÁRIE

Ao que tudo indica, esse crime hediondo cometido pelo goleiro Bruno e

seus capangas vai terminar em pizza, uma vez que o ''di menor'', a

troco de dinheiro, assumiu toda a responsabilidade. É só um tempinho

na Febem e rua! Aliás, o Brasil é o único país do mundo que

considera os menores de 18 anos penalmente inimputáveis. Na ótica do

legislador, o brasileiro menor de 18 anos, assim como o deficiente

mental, é inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito de um

fato. Até quando?

Arsonval Mazzucco Muniz arsonval.muniz@superig.com.br

São Paulo

___________

20 ANOS DO ECA

O Estatuto da Criança e do Adolescente fez 20 anos, mas há muito pouco o que comemorar. De modo geral, a infância e a adolescência continuam desprotegidas, abandonadas e marginalizadas, no Brasil. São frequentes os casos de abuso sexual cometidos contra crianças e adolescentes dentro da própria família, temos no País trabalho e prostituição infantis, há uma nova geração de "meninos de rua" nas grandes cidades e os adolescentes continuam sendo desrespeitados em seus direitos básicos, inclusive com internações abusivas e injustas, numa evidente criminalização de condutas típicas de adolescentes. O ECA é lei moderna e evoluída, mas não é cumprido e seus princípios e normas são diariamente desrespeitados no País.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

__________

MENORES NO CRIME

Ao completar 20 anos, o Estatuto da Criança e do Adolescente tem muito pouco a comemorar. Não foi capaz de reduzir a criminalidade, ao contrário, os menores têm sido requisitados pelos criminosos adultos para praticar crimes em seu lugar. O exemplo mais recente foi a participação do menor J., de 17 anos, que confessou participação no crime contra a modelo Eliza Samudio, a mando de Bruno, segundo as últimas notícias. Sem contar o aumento de menores que foram para o tráfico, há casos em que o menor é o próprio chefe do tráfico. A internação transforma o adolescente numa pessoa revoltada e, quando sai (aqueles que ficam), sai mais revoltado. É preciso aperfeiçoar a lei, pois a falta de punições mais severas facilitou a entrada de menores no crime. Lugar de criança é e sempre foi na escola.

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

__________

JOVENS NA MARGINALIDADE

Segundo estudo encomendado pelo governo, 86% dos 18 mil jovens infratores em 2009 estão reclusos. O jovem infrator não deve ser castigado, e sim seriamente orientado para levar uma vida sadia, digna e produtiva para nunca mais entrar na marginalidade.

Paulo Dias Neme profpauloneme@terra.com.br

São Paulo

__________

MENORES CRIMINOSOS

Há alguns anos houve na Inglaterra um caso envolvendo dois meninos de 11 e 12 anos que mataram outro de apenas 6 anos, somente para verem como era a morte. O nome dos menores assassinos é de conhecimento da população e eles foram condenados a uma pena de 30 anos de prisão. O único benefício será, após cumprir o prazo, receberem nova identidade. O propósito dessa lembrança é sentir a diferença entre lá e aqui, quando nossos menores criminosos são tratados sempre como se tivessem uma aura de inocência e ignorância quanto a valores como não roubar, não matar e por aí afora. Já passa da hora de mudarmos nossa legislação e, então, por que não copiarmos uma Inglaterra, por exemplo, e acabarmos com uma impunidade de menores que abusam dessa prerrogativa?

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

__________

CASO BRUNO

Os antigos ensinavam: tente viver sem precisar de advogados, costumam criar histórias e às vezes dá certo, às vezes errado, o melhor seria viver sempre com a verdade. No caso de Bruno, observamos o silêncio dos principais autores. Calados, seus advogados aguardam os relatos, em cima destes formatarão a defesa, um menor deverá ser incriminado e muito em breve Bruno assinará um belo contrato na Turquia, no Japão ou na Coréia, é só aguardar.

JuliJose de Melo julinho1952@hotmail.com

Sete Lagoas MG

__________

TUTELA

Conforme o editorial "Mais uma tentativa de tutela" (11/7, A3), que informa que a Anvisa, sob justificativas absurdas, quer ditar aos simples cidadãos mortais o que devem comer, essa agência deveria estar preocupada com assuntos mais relevantes para a população, que às vezes mal tem o que colocar na mesa.

Seus burocratas, em vez de baixar resoluções obrigando os produtores de bebidas e alimentos a informar nas embalagens os males causados pelos produtos com alto teor de sal, açúcar e gordura, deveriam sugerir ao governo federal e dar apoio aos empresários para colocarem nas embalagens de todos os produtos a quantidade de impostos embutida em cada um deles.

Tem mal pior do que a voracidade do governo em arrecadar impostos e não reverter para a população? Onde estão nossa educação, saúde e segurança, objeto de deveres constitucionais de nosso tão popular governo federal?

Aliás, a primeira página dessa edição do nosso querido Estadão mostra que a nossa carga tributária de 2009 deve bater o recorde de 2008 e atingir 34,7% do PIB, ou seja, de tudo o que nós, brasileiros, produzimos com muito trabalho o governo ficou com quase 35% e não reverteu quase nada para a população que espantosamente lhe outorga tamanha popularidade.

O pior de tudo é que nosso presidente Lulla elogia a carga elevada de impostos (B4) e defende que esta sempre esteja em patamares elevados... Que absurdo, sr. presidente, ainda mais o senhor, que veio de uma vida simples, que deveria defender os mais humildes. O seu discurso deveria ser diferente, na minha honesta opinião, deveria ser: "Vamos estar sempre em constante trabalho para minimizar a carga tributária sobre os brasileiros e aplicar os recursos de maneira mais eficiente e eficaz." Será que nenhum assessor lhe disse que o senhor mais uma vez pisou na bola?

Se o governo não quiser obrigar a colocar nas embalagens de todo e qualquer produto a quantidade de impostos embutido, fica a sugestão para que os empresários brasileiros o façam de livre e espontânea vontade. Por favor, coloquem de forma bem visível a quantidade total de impostos neles contidos, informando a todos nós, clientes consumidores... Afinal, estamos em ano de eleição.

Fabio Cardoso fabiocardosofutebol10@uol.com.br

São Paulo

__________

LULA E A COPA 2014

Nosso reizinho pronunciou-se sobre a Copa 2014, que deverá ser sediada pelo Brasil. Disse que já estão nos criticando pelo fato de ainda não termos um planejamento global para o evento, o que é verdade. Disse que todos pensam que ''somos idiotas'' e que não temos meios de fazer as obras necessárias para tal. Disse ainda que perguntam ''cadê os aeroportos, cadê os estádios?'', mas afiançou que o Brasil tem condições de sediar o evento.

A ficha do reizinho ainda não caiu, ele nada fez desde que o Brasil foi o escolhido. Os aeroportos, portos, estradas e ferrovias continuam sucateados. E hotéis para receber os visitantes? Esse governinho mentiroso só quis mostrar a cara para sediar o evento, e mais nada. Teremos eleições este ano e antes de maio do próximo ano nenhuma verba estará disponível para o início das principais obras. O planejamento para o evento não existe. Faltou e sempre faltará competência nesse governo para resolver ou fazer qualquer coisa. Governo voador que gosta de firulas, palanques e viagens, mas gastar o dinheiro público com seriedade ainda não vimos, e temos mais seis meses de Lula.

Carlos E. B. Rodrigues carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

__________

Pode provar?

Alguém já pediu para o presidente Lula apresentar as provas das afirmações que faz? São todas pra inglês ver e é assim que vai engambelar os dirigentes da Fifa que fizeram críticas e cobram as obras da Copa de 2014. É muita leviandade junta numa pessoa só.

Valdeir Celestino de Oliveira vcelestinodeoliveira@yahoo.com

Cotia

__________

GOLPE DE MESTRE

A Fifa disse que faltam totais condições para o Brasil sediar a Copa do

Mundo de 2014. O Tribunal de Contas da União diz que todas as obras

estão atrasadas. Vai se repetir o que aconteceu no PAN de 2007, quando o

governo federal teve de intervir, gastando bilhões a mais,

para que a competição pudesse ser realizada. Este é o golpe de sempre:

os oportunistas deixam o atraso das obras entrar num beco sem saída; depois, quando não tem mais jeito, o dinheiro começa a ser liberado

sem nenhum controle. É a hora do superfaturamento e de todas as

roubalheiras conhecidas, onde o dinheiro dos cofres públicos começa a

jorrar para o bolso dos oportunistas envolvidos nesse golpe de mestre. E O povo, na ânsia de ver tudo pronto, não se importa com o rio de

corrupção que corre à sua frente. O que mais interessa é a realização

do evento. A Copa do Mundo de 2014 virou um caso de orgulho nacional.

Prá frente, Braziuuuuuuuu !

Wilson Gordon Parker wgparker@oi.com.br

Nova Friburgo (RJ)

___________

SEM FISCALIZAÇÃO?!

Preocupante a nota divulgada no Estadão sobre alternativas encontradas pelos legisladores na redação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO/2011), introduzindo alterações que flexibilizam a fiscalização por parte do controle externo, mais especificamente deixando de exigir licitação para as obras de infraestrutura necessárias para as duas maiores competições nacionais que vão ocorrer em nosso país (Copa 2014 e Olimpíada 2016). Vale dizer que os procedimentos licitatórios são minimamente garantidores de princípios como a ampla competição e o fornecimento de propostas mais vantajosas para a administração pública, evitando manobras como o privilégio a certas empresas e o superfaturamento de obras.

Os Tribunais de Contas têm se esmerado em conceber procedimentos de auditoria e fiscalização das obras públicas - consideradas o principal gargalo dos órgãos públicos - justamente para evitar vícios e irregularidades que, não raro, deságuam em desperdícios e mau uso do dinheiro público. Em relação aos gastos com tais competições esportivas, deve ser considerada, também, a utilidade dos bens de longo prazo (estádios e ginásios, bem como malhas rodoviária, ferroviária e aeroportos) que permanecerão após os jogos, evitando-se que tenhamos "elefantes brancos", isto é, instalações que serão descartadas ou subutilizadas.

Marcelo Henrique Pereira (presidente@fenastc.org.br)

São José (SC)

___________

PAC

A África do Sul gastou US$ 3,8 bilhões em reforma e construção de estádios. No Brasil estão previstos gastos de R$ 50 bilhões para reforma e construção de estádios... Então, acredito que agora o PAC (Plano de Aceleração da Corrupção), tão evidente neste governo, começa a funcionar.

Dá-lhe propina e comissões aos lobistas, etc.

Carlos Roberto Gomes Fernandes crgfernandes@uol.com.br

Ourinhos

___________

ABACAXI

A Fifa diz que falta tudo para Copa 2014 e eles nem precisam revelar os motivos, porque falta grana, dinheiro, vulgo dindim! No fundo eles sabem que o governo do falador Lulla não investiu absolutamente nada em infraestrutura, como portos, aeroportos, estradas, hotéis, coisas indispensáveis para sediar uma Copa do Mundo, e agora se mantém em compasso de espera para jogar o abacaxi no colo do próximo presidente, que terá apenas três anos e meio para resolver o impasse. Mesmo que o presidente seja o poste. Lulla não gosta e nunca gostou de resolver "pobrema"!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

__________

PIADA DE MAU GOSTO

A Fifa diz que "falta tudo" para Copa de 2014 e tem toda a razão.

Aliás, eu diria mais: faltam estradas, trens de carga, portos eficientes para escoar a produção brasileira, aeroportos, saneamento básico, hospitais que atendam dignamente a população, segurança, escolas que eduquem decentemente nosso povo e possa lhe dar um futuro com igualdade de oportunidades.

Quanto à segurança, se o cidadão brasileiro não a tem por direito que lhe é devido, que dirá a dos estrangeiros que aqui vierem?

Trens-bala, Piritubões, novos estádios, reformas de outros não passam de desperdício de vultosos recursos preciosos em trambolhos inúteis, que não farão a menor diferença após a festança.

Sediar Copa é para países ricos e estruturados. Nós ainda temos um longo caminho à frente.

Vamos tentar ganhar a Copa em campo, seja lá onde ela for, mas que não seja no Brasil.

Marcelo Zarvos Linhares marlin1@uol.com.br

São Paulo

__________

ABOBRINHAS

Depois de um governo de oito anos, além da "herança maldita" com ensaios para desconstrução de uma democracia conquistada a duras penas e uma dívida interna impagável, Lula nos deixa a Copa 2014 sem nunca antes ter se importado com a infraestrutura necessária para o evento. Aeroportos, estradas, portos, estádios, entre outras providências, a única coisa com que se importou foi com os louros de aparecer na mídia por ter "conquistado" a sede da Copa. Não podemos esquecer que não será elle o responsável pelos possíveis transtornos e um gasto exorbitante num Brasil com tantas desigualdades e necessidades, pois estará longe do poder, tanto é que num gesto de impatriotismo desmereceu o País ao falar para a imprensa mundial um monte de "abobrinhas" num discurs o improvisado que nos envergonhou muito. Lulla e seus companheiros sempre se preocuparam em dizer que nunca antes neste país tais e tais coisas foram conseguidas em seu governo, como num ato contínuo para enganar os trouxas, e agora sem pudor mostra ao mundo os seus "méritos" como exemplar administrador. A Fifa tem toda a razão para se preocupar com a irresponsabilidade do boquirroto presidente.

Leila E. Leitão

São Paulo

___________

QUEBRA-GALHO

A Fifa preocupada com a Copa de 2014, ainda NÃO fizeram nada. Mas isso não deve impressionar os organizadores da Copa, pois no Brasil é tudo assim, vive-se de quebra-galho e, claro, tudo na última hora para uns poucos influentes ganharem "muitcho". A declaração do Imposto de Renda é o melhor exemplo desse nosso desleixo.

Se fôssemos normais e organizados já deveríamos ter começado a fazer algo no dia após termos sido eleitos, mas não, fizemos uma tremenda política para uns incompetentes e canastrões faladores levarem vantagem política.

Com um governo tão competente e ético, não devemos nos preocupar, afinal de contas, em eventos desse porte sempre fazemos acordo com traficantes, marginais e outros menos cotados. E também teremos obras supersupersuperfaturadas. Dinheiro só falta para os aposentados, para o resto sobra a rodo.

Espero que o Brasil, sim, ganhe a Copa e esses idiotas travestidos de autoridades "se explodam".

Antonio Jose G. Marques

São Paulo

__________

BOM SENSO?

Se, na visão da Fifa, falta tudo para a Copa de 2014, e considerando os astronômicos recursos que deverão ser despendidos para a realização das obras reclamadas, sem que haja garantias efetivas de que venham a trazer benefícios permanentes à população brasileira, sistematicamente vitimada pela crônica deficiência dos serviços públicos essenciais, como medida de bom senso ainda está em tempo de desistir de sediar o referido evento . Entretanto, diante da vaidade de alguns e dos interesses não confessados de outros, certamente também o bom senso estará faltando para a Copa de 2014.

Odilon Octávio dos Santos

Marília

__________

FALTA VERGONHA...

A Fifa tem razão! Falta tudo para a Copa de 2014 no Brasil. Principalmente falta vergonha na cara da comissão organizadora; falta a descentralização do futebol do Rio de Janeiro para Brasília; dar um jeito no sr. Ricardo Teixeira, para ficar em casa rezando, pois seu reinado já terminou. Os mortos devem ser sepultados! É também de praxe o presidente Lula não misturar a campanha eleitoreira de sua protegida Dilma com bolsas-futebol e bolsas-palpites infelizes.

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

__________

FIASCO 2014

A Fifa está desconfiada de que a Copa 2014 será um fracasso em organização e nós, brasileiros, temos a certeza: será campeã em roubalheira do dinheiro público, ainda mais se o PT continuar no governo.

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal - SP.

__________

NOSSA ALDEIA

A Fifa diz que falta tudo para a Copa de 2014 (estádios, estradas, sistema de telecomunicações e até mesmo de segurança em hotéis). O CNJ revela que 5 mil cartórios maltratam a Constituição federal, ao funcionarem sem concursos públicos, que deveriam ter sido promovidos pelos Tribunais de Justiça dos Estados. E cresce o número de professores sem diploma. São três fatos expostos nos noticiários de 13/12. Podemos aventurar alguma intuição sobre o estado das instituições brasileiras?

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

__________

PRESIDENTE ETERNO

Faltando menos de seis meses para terminar este desgoverno, não satisfeito com os pré-sais,

Copa, Olim-piada e emPACados 1 e 2, o "noço" guia lança o trem-balela e superseguradora, tudo para daqui a xis anos. Perguntaram ao(s) próximo(s) presidente(s) se concorda(m) com planos mirabolantes e caríssimos, quando o atual vai deixar déficits crescentes devido ao custo do aparelhamento e 200 e tantos mil novos funcionários?

Mário A. Dente - dente28@gmail.com

São Paulo

__________

TIRO PELAS COSTAS

Fica claro o "sucesso'' do trem-bala. Com a passagem aérea hoje na faixa de R$ 80 e a dele a R$ 200, isso nos dá a certeza de mais um furo n"água e desperdício do dinheiro público. Mais um tiro pelas costas no povo brasileiro!

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

__________

TREM-BALA

É o PT que está cuidando do trem-bala? Então, haja cueca com bolso, hein? Os srs. Sep e Jérôme que se cuidem. Não vai sobrar nada para ninguém. O de Manaus vai ser pinto.

Manoel de Brito brito.voni@terra.com.br

Bertioga

__________

QUEM PRECISA DE TREM-BALA?

Estou muito preocupado com a absoluta falta de prioridades das pessoas que nos governam; gastam o meu dinheiro sem nenhuma vergonha em obras que são têm nenhuma vantagem para o povo, mas apenas para prestigio pessoal e, pior, para se locupletarem com as famosas ''maracutaias'', que em outros tempos preocupava o nosso presidente. O trem-bala (R$ 34 bilhões) e um novo estádio em São Paulo (R$ 1,5 bilhão) são duas obras megalomaníacas e que não fazem nenhum sentido em face das prioridades que este país tem em saúde, educação, segurança, etc.

Quantos dos quase 200 milhões de brasileiros vão usar o trem-bala? Quem tem dinheiro para pagar R$ 200 por uma passagem? Que outras vantagens pode tamanho investimento trazer ao País? Com muito menos dinheiro se poderia modernizar a Central do Brasil e permitir que essa viagem (São Paulo-Rio) possa ser feita em um pouco mais de tempo, mas muito mais barata. Por outro lado, com quatro estádios em São Paulo, alguns como o Parque Antártica e o Morumbi que podem, com investimentos bem reduzidos, perfeitamente assumir o compromisso da abertura da Copa, são relegados

porque o controle do investimento seria particular, sem condições de permitir os famosos desvios de verba, superfaturamentos, etc. - vide o PAN no Rio, que de R$ 500 milhões acabou custando R$ 4 bilhões, sem que, até agora, alguém tenha sido apanhado em crime. Eu lembro que a Alemanha

fez a Copa do Mundo só reformando estádios, alguns com mais de 50 anos. O dinheiro a ser gasto na Copa deveria ser em obras públicas como metrôs, em serviços, assistência médica, comunicações, etc., que ficariam como um bem perpétuo para a população, e não se transformar em elefantes brancos, como está acontecendo com os pobres estádios sul-africanos. É vital, para um sucesso brasileiro na Copa de 2014, que o sr. Ricardo Teixeira seja afastado da organização dela.

Fernando Jose Alves, engenheiro ferclea@uol.com.br

São Paulo

__________

VOCAÇÃO PRA CAPACHO

É incrível a subserviência dos paulistas à Infraero. O Jornal da Band mostrou ontem a vergonhosa situação do estacionamento do Aeroporto de Guarulhos. O projeto de completação de Guarulhos é o original, com quatro terminais iguais, dos quais apenas dois foram construídos. Basta repetir um projeto que está pronto e atualizá-lo tecnologicamente. Em três anos a capacidade duplica. É o que o governo federal se recusa a fazer, complica, e não deixa ninguém fazer. São Paulo tem alguma liderança que mereça o nome?

Sylvio Gama sngama@gmail.com

Rio de Janeiro

__________

O PAÍS DO PECADO

O grupo Al-Shabab, filial do Al-Qaeda, atacou um clube em Kampala no dia da final da Copa do Mundo, matando 74 pessoas. Segundo divulgado, o motivo é que estavam assistindo ao futebol, o que, de acordo com o grupo, consiste num ''ato anti-islâmico, pois envolve apostas, um comportamento pecaminoso (?) e um divertimento desnecessário (?)'' (13/7, A14). Depois, quem não presta é Israel... Olhos abertos para 2014, gente, somos o país do pecado aos olhos desses fanáticos islâmicos.

Sérgio Eckermann Passos sepassos@yahoo.com.br

Porto Feliz

__________

PRESOS POLÍTICOS CUBANOS

A imprensa mundial mostrou a chegada a Madrid, na Espanha, dos primeiros presos políticos libertados pelo governo ditatorial cubano dos irmãos Castro, após um acordo celebrado com a Igreja Católica de Cubana, mediado pela Santa Sé, com o respaldo do governo Zapatero. Segundo o acordo, ao todo serão libertados 72 cidadãos que estavam apodrecendo nas masmorras comunistas de Cuba sem acusação formal e cujo único crime seria lutarem por liberdade e democracia naquela ilha que mais se parece um presídio. O jornalista Farinas, que estava em greve de fome por mais de três meses, também foi libertado e recebe tratamento médico. O governo chileno e o norte-americano já se ofereceram para receber outros prisioneiros que quiserem asilar-se nesses países, num gesto de solidariedade e amor ao próximo. E nosso presidente Viajando Lulla da Silva? Nenhuma palavra, nenhum gesto, nenhuma nota, nada!

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, um títere de Lulla, não emitiu nenhuma nota, nem sequer ofereceu asilo aos cubanos. Claro, é um ministro inútil, sem autoridade, sem capacidade nem mesmo para pedir demissão do cargo que exerce sob o tacão de Marco Aurélio Garcia, este, sim, o verdadeiro ministro (Amorim é o genérico). A posição adotada pelo Itamaraty neste triste episódio da história do sofrido povo cubano, que vive há mais de 50 anos debaixo de uma ditadura sanguinária, envergonha o Brasil. Lulla tem especial predileção em apoiar ditadores. Antes do término da Copa, em vez de visitar democracias sólidas e perenes, o presidente fez questão de ir a países com os piores e mais longevos ditadores africanos. E Celso Amorim argumentava, como um verdadeiro cão sabujo, que Lulla priorizava os negócios do Brasil. Negócios com esses países miseráveis?! Na Guiné Equatorial o ditador está no poder só há 31 anos! Perto de Fidel Castro, são poucos anos...

Lulla perdeu uma grande oportunidade de fazer História e deixar um legado importante não só para o Brasil, mas para o mundo. Vejam Mandela, aos 91 anos aplaudido por milhares de pessoas e admirado pelo mundo. Certamente Mandela nunca receberia nem visitaria Fidel Castro da forma como Lulla o faz. Mas nem vamos comparar. Mandela é Mandela e Lulla...

O presidente Lulla tira da boca do povo brasileiro milhões e milhões de dólares e envia para Cuba, onde constrói portos, estradas e dá total apoio à ditadura. Assim como constrói estradas na Bolívia, no Equador, na Venezuela, etc. Enquanto nossas estradas todo mundo sabe como estão. Lulla poderia cobrar de Fidel e Raúl Castro uma posição sobre os presos políticos, cobrar de forma veemente o respeito às liberdades, à vida e à lei. Lulla seria lembrado pela História como alguém que derrotou o autoritarismo e a ditadura cubana. Castro não teria como recusar uma cobrança do presidente brasileiro. Mas Lulla silencia diante da tragédia desses cidadãos cubanos perseguidos pelo regime de Havana e insiste nessa política que envergonha o Brasil e os brasileiros, ao unir-se ao que de pior existe no mundo em matéria de ditadores, como Castro, Chávez, Armadinejad e outros do mesmo nivel rasteiro. É uma vergonha que mancha o Itamaraty o posicionamento do Brasil acerca de Cuba e seus prisioneiros políticos. Os charutos que Fidel manda para Lulla pagam muito bem essa amizade e esse silêncio. Um silêncio criminoso.

Iranilson Alves da Silva iranilson.iranilson@bol.com.br

Araçatuba

__________

PÁTRIA OU MORTE

Na disputa pelo poder, em evento recente, a candidata petista adotou o lema "Pátria Mãe", "Pátria "Mulher", etc., apelando à sensibilidade feminina de tantos milhões de brasileiras, que adorariam ver na criatura uma boa mãe, boa esposa e, portanto uma boa presidente. A dúvida é que a candidata representa outra pessoa, que simpatiza com regimes autoritários, que em nada lembram o amor materno, ao contrário, condenam à morte mulheres por apedrejamento, como no Irã de Ahmadinejad, ou as humilham, perseguindo-as por protestarem contra a prisão injusta de seus filhos, como na eterna Cuba da família Castro. Indo mais longe me pergunto: a exemplo de seu criador, a criatura também concorda com uma Pátria Madastra, onde a falta de liberdade e o espancamento de Damas de Branco são fatos corriqueiros ordenados por uma família cujo lema é "pátria ou morte"?

Amâncio Lobo amanciolobo@uol.com.br

São Paulo

__________

ALVORADA

Lulla, Amorim e Garcia vão ter que engolir essa.

Apesar do Chico, em Cuba serão outros dias.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

__________

AVESTRUZES DE ESQUERDA

Por que não se pronunciam publicamente os eternos defensores e admiradores de Cuba, Chico Buarque, Marieta Severo, Zé Dirceu, Dilma Rousseff, Lula e seus ''cumpanheros'' do PT, PC, PCdoB e tantos outros, agora que o mundo todo aplaude de pé a chegada à Espanha do primeiro grupo de cubanos ''presos de consciência''?

Por que esses retrógrados defensores da obsoleta esquerda festiva agora imitam os avestruzes, escondem-se enfiando a cabeça em buracos, quando são parabenizados e festejados todos os setores da sociedade mundial e governos democráticos que apoiaram essa gente cubana corajosa na sua luta pela liberdade e contra o regime opressor de Castro, que os encarcerou?

Não creio que os petralhas esquerdistas estejam arrependidos ou envergonhados, nem que aprovem essa liberdade. Não se manifestam porque são oportunistas! Os políticos não querem perder votos. Os artistas não desejam ter sua imagem e seu prestígio arranhados!

E os jornalistas, por que não vão atrás desses nossos esquerdistas famosos e os entrevistam sobre o assunto? Isso é pauta! Infelizmente, muitos setores da nossa imprensa são chapa-branca, venderam-se a Lula e aos sindicalistas que estão no ''pudê''! Vide dona Lili Marinho e Ana Maria Braga, dentre outros, recepcionando a ex-guerrilheira Dilma!

Alguém acredita na sinceridade desses encontros e dessa gente?

Triste, muito triste!

Maria Alice Maluf central@majmaluf.com.br

São Paulo

__________

ÍNFIMA

Mulher iraniana condenada por adultério pela Suprema Corte. Sentença: morte por apedrejamento. Em pleno século 21, valha-me Deus! Esta é a Ínfima Corte do Irã.

José Eduardo Victor je.victor@estadao.com.br

Jaú

__________

EXILADOS

Parece que Cuba de fato passa por momentos críticos por conta da teimosia dos irmãos Castro, que não sabem o que fazer. Sem a URSS o encanto acabou. A União Europeia pressionou e mais presos políticos devem se exilar na Espanha.

Mas não podemos esquecer que nosso ex-ministro pró-linha dura de Cuba, Tarso Genro, com a anuência do presidente Lula, caçou e mandou para a ilha de Fidel dois cidadãos que apenas queriam liberdade. Parece que os ''heróis'' do PT que fizeram parte da luta armada não lutavam por democracia ou liberdades individuais, e sim por uma ditadura tão cruel ou mais que a dos militares. Será que os brasileiros vão eleger essa gente para governá-los, Dilma e Tarso Genro no RS?

Francisco da Costa Oliveira fco.paco@uol.com.br

São Paulo

__________

VIVA A LIBERDADE

Finalmente o primeiro grupo de presos de consciência de Cuba chegou a Madri para reiniciar a vida, sem abandonar a luta contra o regime que os oprimiu e encarcerou pelo único motivo de pregarem a liberdade. Sem dúvida, outros virão e poderão então cantar para todo o mundo livre os belos versos escritos por Violeta Parra: "Gracias a la vida, que me ha dado tanto..." A Zapata, Fariñas, às Damas de Branco, ao governo espanhol, à Igreja Católica e tantos outros anônimos que participaram desta vitória, felicitações. Aos que se esconderam atrás de mentiras, conchavos, indiferença, cinismo, adesismo, como Lula, Garcia, Amorim, Chávez, repúdio.

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

__________

GUANTÁNAMO

O governo cubano acaba de liberar a primeira leva de prisioneiros políticos, que seguiram para a Espanha. Foi uma negociação com representantes espanhóis da Igreja Católica. Por que não se discute também a liberação dos prisioneiros que os norte-americanos sequestraram no Afeganistão, o Paquistão e no Iraque há vários anos? Eles estão sendo torturados e tratados como animais em Guantánamo, que é uma área ocupada em Cuba.. E mais, que direito os norte-americanos têm de julgá-los? O assunto deveria ser motivo de aplicação de sanções por parte da ONU.

Uriel Villas Boas urielvillasboas@yahoo.com.b

Santos

__________

ILHA-MARMORRA

O ditador cruel assassino covarde Fidel Castro liberta de suas masmorras 52 presos políticos, mas e a população da ilha vai ser também libertada?

Paulo Francisco Siqueira dos Santos paulosiqueirasantos@hotmail.com

Santa Rita do Passa Quadro

__________

ALÔ, ITAMARATY

O Tribunal Penal Internacional (TPI) acaba de emitir novo mandato de prisão contra o ditador sudanês Omar al-Bashir, acusado de crime contra a humanidade, um genocídio que resultou em 300 mil mortes. Está na hora de o grande Celso Amorim pôr em campo a tropa de choque defensora de bandidos. Um dos membros da escória internacional com assento permanente no Itamaraty corre perigo. Afinal, não é por estar em fim de mandato que o sr. Luiz Inácio Lula da Silva vai abandonar seus amigos. Aviso aos interessados: o pré-requisito para participar desse seleto grupo internacional, que bate ponto e faz a festa no nosso Ministério de Relações Exteriores, é ter mais de 20 anos como ditador e, no mínimo, 5 mil assassinatos.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

__________

Multa do TSE

A Sra Dilma recebeu mais uma multa do TSE por propaganda eleitoral antecipada. A quarta. Na minha opinião a reincidência tresloucada e debochada já caracterizou, dentre outros, crime de usurpação, resistência, desobediência e desacato (Art. 328 a 331 do nosso Código Penal). O TSE deveria nestes casos cassar a candidatura de quem simplesmente ri a cada multa que recebe...

Antonio Roberto Testa antonio@testa.adv.br

São Paulo

__________

MAIS UMA?

Ontem, no lançamento do edital do trem-bala, mais uma vez o Lulla voltou a fazer campanha para Dilma. Pergunto: não existe lei neste país? Até quando esse sujeitinho vai continuar infringindo as leis sem que ninguém faça nada? Multa de R$ 5 mil é ridícula, porque os puxa-sacos pagam por elle. Sinceramente, já está dando nojo desse presidente, que, além de só cometer gafes, mentir e envergonhar o País, vive desrespeitando as leis.

José Saez jsaez2007@gmail.com

Curitiba

__________

TV CULTURA

Desconheço os fatos relativos à demissão do sr. Gabriel Priolli - diretor por uma semana na TV Cultura e que estaria realizando uma matéria sobre os pedágios em São Paulo -, mas minha visão é que, num ano eleitoral, se um veículo de comunicação pretende fazer uma matéria de conteúdo crítico sobre um candidato, deveria fazer o mesmo sobre os demais. Minha sugestão: pedágios de São Paulo e o PAC do governo federal.

Sueli Maria Fonseca Richers sueli.richers@uol.com.br

São Paulo

__________

Descartáveis

Grandes líderes comunistas como Lenin ou Fidel seguiram à risca a receita política de Marx, mas não deu certo! Então, os novos comunistas engendraram uma nova prática: tomar o poder através de eleições, desmoralizar as instituições democráticas e surgirem como os salvadores, vide Hugo Chávez, Evo Morales... O PT já tomou o poder através de eleições, vem desmoralizando as instituições democráticas com o mensalão, o peleguismo, o corporativismo funcional e o MST. Dentre seus líderes, José Dirceu se prepara para ser o salvador e tudo está correndo conforme o combinado! E Lula? Dilma? Ora, ora, são peças-tampão descartáveis!

Eugênio José Alati eugeniojosealati@yahoo.com.br

Campinas

__________

PLANOS DE GOVERNO

Agora que terminou a Copa do Mundo de Futebol, o tema preponderante passa a ser as eleições gerais de 2010.

A novidade atual é a obrigatoriedade da apresentação ao Poder Executivo de planos de governo ao Tribunal Superior Eleitoral pelos candidatos ao Poder Executivo.

Trata-se de uma providência saudável porque arquiva em órgão fiscalizador e disciplinador as promessas dos candidatos. É um bom início para dar consistência às intenções dos candidatos.

Entendo que o importante não é, no momento, a qualidade dos planos, mas sim o começo do exercício de uma responsabilidade que deverá ser aprimorada a cada eleição.

Cada partido político já faz constar dos seus estatutos as premissas pelas quais se expõe ao eleitorado. Na maioria dos casos, os tais escritos são ignorados pela prática. Pouco importa se por conveniência ou por representarem utopias impróprias aos tempos atuais.

Trazendo os planos para a lavra dos candidatos, é de supor que o eleitorado terá melhor condição de avaliar as intenções e pleitear dos candidatos ao parlamento igual comprometimento.

Não se pode esperar muito nessa prática inicial, mas abre um novo horizonte para os comportamentos políticos.

É necessário que se leve em conta que os planos e intenções apresentados pelos candidatos ao Poder Executivo estarão sujeitos à aprovação do Congresso. Mas no regime de presidencialismo imperial vigente no País é bem possível que os eleitos possam ter condições políticas de implementá-los.

A implementação dependerá de aprovação de alterações legais e da programação financeira que ficará representada nos orçamentos anuais e plurianuais.

O exercício de tal procedimento poderá conduzir à alteração do entendimento dos orçamentos públicos, que em lugar de indicativos passem a ser impositivos. Deixando, então, de ser meras peças de ficção e de instrumentos para cooptação de votos no Congresso através da liberação de verbas orçamentárias.

Hélio Mazzolli mazzolli@terra.com.br

Criciúma (SC)

__________

POLÍTICOS HONESTOS

O Brasil está precisando urgentemente de políticos arrojados,

inteligentes e, principalmente, honestos. Pessoas de intelecto

comprovado e capacitadas para exterminar definitivamente a corrupção,

essa praga que nos acompanha há mais de 20 anos, sempre culminando

em assalto ao bolso do contribuinte. Políticos que não tenham

comprometimento com ninguém, que não exerçam o toma lá, da cá, como se

vê atualmente em nosso decadente cenário político. Estamos saturados

de ver tantos parasitas com promessas mirabolantes, que se diluem logo

após as eleições. Temos que lutar para que os maus políticos não se

reelejam e abram vagas para aqueles que têm qualidades e os que

assumam pelos seus atos e atitudes, e que só querem trabalhar em prol

da população, e não se locupletar com desvios de verbas públicas. Vamos

banir aqueles que prometem e não cumprem. Os incapacitados que não nos

deixam progredir e os ladrões que nos roubam todas as esperanças de um

Brasil melhor.

Deborah Farah deborah.farah@gmail.com

Rio de Janeiro

__________

CÃES E CIDADANIA

Moro em Higienópolis há dez anos, um bairro conhecido pela quantidade de cães de estimação.

Ao longo dos anos venho observando um aumento na quantidade de ''donos conscientes'', que retiram as fezes de seus cães das ruas e as jogam nas lixeiras disponíveis, o que é muito gratificante de ver. Pena que ainda existam os que ou deixam as fezes de seus totós ''in natura'' nas calçadas, ou as colocam em saquinhos plásticos e jogam em qualquer lugar!

Gostaria de chamar a atenção daqueles que, cientes de seu dever de cidadãos, recolhem e descartam os ''produtos'' de seus cachorros em sacolas plásticas.

Ao recolhermos os dejetos em sacos plásticos, estamos impedindo a correta decomposição dos mesmos... Estamos ''plastificando'' cocô de cachorros! Além de contribuirmos para a imensidão de sacolinhas plásticas que infesta nosso planeta!

O correto é recolher os cocozinhos com papel higiênico, lenços de papel, jornal, enfim, materiais que se degradam naturalmente e possibilitam a decomposição adequada das fezes caninas.

Fica a sugestão para alguma campanha de conscientização nesse sentido.

Em tempo: sou o feliz proprietário de um cãozinho há três meses!

Demian Topel demian@terranativa.com.br

São Paulo

__________

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.