Cartas - 16/02/2011

MENSALÃO

, O Estado de S.Paulo

16 Fevereiro 2011 | 00h00

Tudo como dantes...

Há um grande movimento, liderado por Lula, afirmando que o mensalão nunca existiu e que foi invenção e conspiração da oposição, com anuência da imprensa. Isso passa pelo esforço dos petistas em reintegrar ao partido Delúbio Soares, que, depois de ter levado toda a culpa, agora deve estar cobrando a sua parte. Com o PT hoje forte dentro do governo Dilma, a comparação com o período Lula é inevitável. O ex-gerente da Caixa Econômica Federal (CEF) que acessou criminosamente o sigilo do caseiro Francenildo foi nomeado pela Casa Civil (Antonio Palocci) como assessor especial de Dilma. Nada mudou, o crime continua compensando dentro do núcleo petista.

MARIA TEREZA MURRAY

terezamurray@hotmail.com

São Paulo

____________

A gratidão e os bodes

A jornalista Helena Chagas contou ao senador Tião Viana que o caseiro Francenildo estava com muito dinheiro no banco. O senador contou ao ministro Palocci, cujo assessor de imprensa, Marcelo Netto, ouvido atento, soltou a língua. Sem nenhum dedinho de prosa com o ministro, o presidente da Caixa Econômica, Jorge Mattoso, solicitou ao gerente Jeter Ribeiro de Souza que acessasse o extrato da conta do caseiro. O ex-ministro ganhou a Casa Civil, o senador virou governador, a jornalista foi nomeada ministra-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência e o gerente da CEF, assessor de Dilma Rousseff. E quem foi punido pela violação? Elementar, meu caro Watson: os dois bodes.

HELENA RODARTE C. VALENTE

helenacv@uol.com.br

Rio de Janeiro

____________

STF

Ministro destemido

Quanto às loas do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), à Lei da Ficha Limpa, tudo bem. Mas nem tanto quanto a "não temer o mensalão", porque o buraco é mais... acima. Lembre-se, Sua Exa., de que é no plenário do STF, onde têm assento oito ministros nomeados por Luiz Inácio, que mora o perigo. Ou será que o ministro não atinou ainda com a urgência de Zé Dirceu em ser julgado?

JOÃO GUILHERME ORTOLAN

guiortolan@gmail.com

Bauru

____________

CONTAS PÚBLICAS

Arrocho

Discute-se o salário mínimo - dizem que com responsabilidade - para conter a inflação, não aumentar o rombo nas contas do governo, etc., o que deveria ser considerado em tudo o que se faz com o dinheiro público. O que não pode é nas eleições, para ganhar e manter popularidade, gastar mais do que se pode e usar a máquina estatal descaradamente, desrespeitando leis e a ética. Agora querem que quem recebe o mínimo pague a conta de gestores irresponsáveis. O arrocho primeiro deve ser na gestão, corrigindo as bondades aéticas e aliviando o povo ao máximo.

NELSON PEREIRA BIZERRA

nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

____________

Teste de Dilma

É questão de honra para a presidente Dilma a aprovação do salário mínimo de R$ 545, e não R$ 580 (nem pensar em R$ 600). Todos deverão colaborar com um salário menor para conter os gastos públicos, certo? Errado, vergonhoso e revoltante. Nenhum comentário sobre o recente e absurdo aumento salarial de 130% para a presidente da República, o vice-presidente e os ministros, e de 62% para congressistas - incidente em cascata sobre os legislativos estaduais e municipais.

JOSÉ CARLOS ALVES

jcalves@jcalves.net

São Paulo

____________

INFLAÇÃO

Legado

A volta da famigerada inflação obrigará o cidadão a apertar o cinto e trabalhar em dobro para honrar seus compromissos financeiros. Esse é o legado deixado aos 80% de brasileiros que acreditaram, cegamente, na política econômica do ex-presidente Lula.

JOSÉ MILLEI

elymillei@hotmail.com

São Paulo

____________

Os brasileiros mais pobres começam a sentir na carne os efeitos danosos das benesses usadas pelo último governo na compra de apoio popular.

FÁBIO DUARTE DE ARAÚJO

fabionyube@visualbyte.com.br

São Paulo

____________

TRIBUTOS

Reforma e federalismo

Urge neste país uma revisão total e completa do sistema tributário nacional. Sob o pesar dos alarmantes dados divulgados pelo estudo intitulado Doing Business, do Banco Mundial, vai aos telhados o absurdo da matéria tributária no Brasil. Num emaranhado de proporções universais de leis, decretos, portarias, instruções normativas (estas duas últimas com entrada em vigor na data de sua publicação), o contribuinte vê-se forçado a trabalhar arduamente para compreender e cumprir os mandamentos da legislação tributária. Em vez da assistência necessária, recebe do sistema arrecadador uma implacável fiscalização, visto que os dignos servidores do setor precisam cumprir seu ofício. A insanidade fica ainda mais saliente se considerarmos a verdadeira Torre de Babel formada pelas 27 unidades federativas, que impõem a seus respectivos contribuintes uma legislação diferenciada para cada Estado. Somam-se a esse descalabro as legislações municipais com suas exigências. E, como se não bastasse o trabalho de compreender e aplicar o que manda a lei, sobram ao contribuinte infindáveis obrigações acessórias, muitas delas comungando das mesmas informações e, em alguns casos, até convergentes no prazo de cumprimento. Segundo o estudo do Banco Mundial, o contribuinte brasileiro gasta, em média, 2.600 horas para cumprir com as suas obrigações tributárias. E ainda há o custo dessa parafernália que encarece toda a cadeia produtiva e, por conseguinte, o consumo final. Em alguns casos, a empresa ainda nem recebeu pelo que vendeu, mas já está obrigada a pagar o imposto gerado pela venda. E, então, materializa-se o desvirtuamento da melhor finalidade para os empréstimos bancários: em vez de financiarem investimentos e melhorias que promovam o crescimento sustentável da empresa, são utilizados para pagar tributos. É preciso simplificar esses procedimentos, desburocratizar, haver sinergia e entendimento entre governos federal, estaduais e municipais em prol do contribuinte, e diminuição da carga de impostos. O "país do futuro" precisa de uma justa reforma tributária no presente.

PAULO RENATO MARTINS VIEIRA

paulorenatoguarei@uol.com.br

Guareí

____________

"Lula cavou a volta da inflação com a digital de Dilma e jogou no colo do povo brasileiro. Oposição, que pratão cheio, hein?"

MYRIAN MACEDO / SÃO PAULO, SOBRE A HERANÇA DO GOVERNO LULA E O PAPEL DA OPOSIÇÃO

myrian.macedo@uol.com.br

"Ronaldo engordou pelo hipotireoidismo e Lula inchou pelo hipo-oposicionismo..."

GILBERTO DIB/ SÃO PAULO, IDEM

gilberto@dib.com.br

"Dilma decidiu R$ 545. Ou dá ou desce"

ROBERTO TWIASCHOR / SÃO PAULO, SOBRE OS ALIADOS DO GOVERNO PRESSIONADOS PELA VOTAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO

rtwiaschor@uol.com.br

____________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.604

TEMA DO DIA

Alta de alimentos faz pobreza mundial subir

Índice de preços do Bird cresceu 15% desde outubro; mais 44 mi de pessoas estão na linha da pobreza

"Até que enfim alguém fez uma matéria mostrando que a alta de alimentos é um fenômeno mundial e não nacional."

JULIO LOPES

"As plantações de cana-de-açúcar para fabricar combustível poderiam deixar um pouco de terra para os alimentos, não é?"

FRANCISCO LUIZ

"Não adianta nada aumentar o salário e ao mesmo tempo subir o preço dos alimentos, da condução..."

EDUARDO CARVALHO

____________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

SOLUÇÃO

Dona Dilma, há uma solução para o salário mínimo de menos de R$ 600 ser aceitável: para quem ganha salário mínimo, eliminar todos os impostos da cesta básica, de água e luz, o IPTU das residências que forem taxadas e eliminar o desconto sindical. A senhora acabaria com a pobreza.

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

____________

PRIMEIRO TESTE DE FOGO DE DILMA

A novela do salário mínimo pelo jeito vai continuar por algum tempo. Enquanto o governo bate o pé em R$ 545, as centrais sindicais chamada por lula de oportunistas querem R$ 580 e, o PSDB, R$ 600. Porém, como medida de segurança já há acordo com a oposição fechado em R$ 560. É esperar para ver quem pode mais nesse jogo. Quem continuará perdendo é o trabalhador e os aposentados que dependem desse mínimo miserável para sobrevivência. O planalto quer emplacar um mínimo de apenas R$ 545, o que dentro das atuais circunstâncias dos preços no país não dá para alimentação, moradia, vestuário, condução, etc. Com a desculpa de que um aumento maior produzirá, difícil no INSS. Agora será que as aposentadorias dos políticos e pensões milionárias não geram déficit? Mas o mesmo planalto não se preocupa com os também elevados salários dos servidores que, além da inflação, tiveram aumento de 40% no governo Lula- nem com o consequente déficit das aposentadorias do serviço público, que é maior que do INSS, com dez vezes mais aposentados. Em 2009, o ministro Guido Mantega, disse que o crescimento do país seria positivo e, nesse mesmo ano, deu á caixa o aval para comprar 36% das ações de um banco quebrado. Resumo óbvio da ópera: a inflação vai disparar. Então responda: Como uma família de quatro pessoas vai sobreviver com um mínimo inflacionado de apenas R$ 545 ? Como querem o governo. Resta esperar os últimos capítulos dessa novela.

Turíbio Liberatto turibioliberatto@hotmail.com

São Caetano do Sul

____________

QUESTÃO ESCANCARADA

A presidenta Dilma fechou questão e exige salário mínimo de R$ 545. O Brasil está mesmo precisando de alguém que feche questão e exija respeito. Passamos oito anos em que o palácio do Planalto e a casa da mãe Joana eram a mesma coisa. Só não concordo em fechar questão com o salário mínimo, quando se trata do salário de deputados, senadores, vereadores e ministros, a questão continua escancarada...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

____________

MENSALÃO 2

Dilma, continuando suas prerrogativas de fazer chantagem e para lançar o mensalão 2, disse: quem votar contra o meu salário mínimo (R$ 545) não terá cargos e suas reivindicações (verbas mensais, mensalão disfarçado) atendidas.

Delcio da Silva delcio796@terra.com.br

Taubaté

____________

QUEM AVISA ''AMIGO'' É?!

Governo federal ameaça punir quem não votar no valor de R$ 545 para o mínimo. Ameaça do quê? Cortar privilégios? Cortar verbas? Cortar benefícios? Cortar a "mesada"?

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

____________

SÓ R$ 35?

R$ 35 de aumento? Uma vergonha, se for aprovado.

Cícero Sonsim c-sonsim@bol.com.br

Nova Londrina (PR)

____________

TEIMOSIA

Dilma, ser teimosa e querer ser a dona da verdade não é sinal de competência. Seja mais coerente, que seu astral a sua saúde ficarão bem melhores. Menos estresse e mais cortesia.

Clovis Jose Ribeiro leal cj.leal@uol.com.br

São Paulo

____________

SACO DE MALDADES

Tratamento de choque é o que parece estar sendo ministrado por Dilma para conter a maior inflação dos últimos 8 anos, os apagões recorrentes e a freada sofrida pela produção industrial da qual , parece, quase ninguém fala . O reajuste do mínimo no patamar mais baixo; um corte (superficial) nos gastos federais, na verdade um leve arranhão ; o congelamento dos concursos públicos ( o que não anula as contratações por apadrinhamento...), tudo isso para acenar os bons propósitos do governo e também para tentar lancetar rapidamente o tumor inflamado de uma só vez...Um suporte que serve de anestésico importante nesta ação da presidente Dilma são as verdadeiras propagandas do governo veiculadas pelos telejornais de várias emissoras como sendo noticias alvissareiras e de primeira mão...obras e mais obras , construção civil aquecida etc...num claro clima de ufanismo típico do tempo do governo dos militares. Só quando doer no bolso e na mesa do povão eles vão se dar conta da realidade e do tamanho da maldade que está fora do saco....

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

____________

A SETE CHAVES

Fico aqui pensando o que o ministro Guido Mantega deve estar guardando a sete chaves sobre os gastos extras, praticados sob as ordens do ex-presidente Lula. Deve ser de arrepiar, pois competência não foi o principal motivo da continuação de Mantega no Ministério. A bem da verdade, falta vergonha e respeito por aqueles que trabalham duro neste país.

Edivelton Tadeu Mendes etm_mblm@hotmail.com

São Paulo

____________

JUROS

Impecável o comentário do leitor José B. Napoleone Silveira (Fórum dos Leitores, 13/2). Embora falasse genericamente de juros, dissecou com maestria o problema ''juros Selic''. E deixa claro a irresponsabilidade/incompetência do seu Lula e seu império de 8 anos como o x do problema; fatorizado pelos gastos irresponsáveis visando os fundamentos de uma república sindicalista, numa ''numenklatura'' temperada pelo que pior têm os regimes autocráticos. Pois como chamar o sistema político que nos domina considerando que o Congresso e uma boa parte do Judiciário estão aparelhados pelo Executivo e sob o seu domínio? A imprensa e a TV passaram 8 anos desempenhando o papel de porta voz e órgãos de informação, num culto à personalidade do chefinho que só tem paralelo na finada Albânia, na atual Coreia do Norte e na China do Mao. Durante 8 anos o Brasil não teve governo. Apenas um iluminado líder que tudo decidia. Nunca o Governo. Lula disse, Lula decidiu,Lula ameaçou,Lula ironizou, Lula planejou, Lula vai fazer, Lula inaugurou, Lula prometeu... Vivemos num país de grandes mentiras e supremos ridículos. Pequenos homens iludindo uma maioria de idiotas...

Alexandre de Macedo Marques ammarques@uol.com.br

São Paulo

____________

IPTU

Sou aposentado, moro em casa própria no bairro Itaim Bibi há mais de 40 anos.Recebi cobrança de IPTU exercício 2011 com aumento de 30%. Em 2010 paguei também aumento sobre 2009 de 30%. Total de aumentos em dois anos: 69%. Como posso entender tal absurdo, nem mesmo comparando com índices inflacionários? A prefeitura tem obrigação de reparar imediatamente esses equívocos!

Paulo de Castro Rezende paulocastrorezende@gmail.com

São Paulo

____________

FIES PARA ENSINO MÉDIO

O governo recolhe 2% da folha de pagamentos de todas as indústrias do País, empresta para os estudantes cobrando juros, e ainda chama isto de benefício para o ensino médio? Desculpe, eu só queria entender.

Vagner Ricciardi vbricci@estadao.com.br

São Paulo

____________

CARAS DE PAU

Já nem nos surpreendemos mais com a ''esperteza'' dos servidores públicos em Brasília, incluindo os parlamentares, ministros, etc. Desta feita, o Sr. Guilherme Palmeira, aposentado do TCU, não se constrange ao estar ocupando há mais de dois anos ilegalmente um apartamento ''funcional'', que aliás nem deveria existir. Até quando o povo vai suportar tudo isso?

Antonio do Vale adevale@uol.com.br

São Paulo

____________

ILÍCITO NO TJ-SP

O Ministério Público, a Receita Federal e a Justiça irão investigar denúncia de enriquecimento ilícito do ex-presidente do TJ/SP, desembargador Viana Santos, morto no último mês e acusado de ostentar patrimônio bem acima dos seus rendimentos. Em 2010, já como presidente do TJ/SP, teria adquirido um Porsche e dois apartamentos nos Jardins. O mínimo que se espera de juízes e desembargadores é que sejam pessoas 100% íntegras, honestas e que estejam acima de qualquer suspeita. Enfim, que sejam pessoas de bem, justas, imparciais e incorruptíveis. O Judiciário fica com a sua imagem e credibilidade comprometidas quando o próprio ex presidente do TJ/SP é suspeito de ter enriquecido ilicitamente no exercício do cargo.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

____________

COMPARAÇÕES

Divulgaram que após 5 meses à frente do TJSP, Viana na época presidente, comprou um imóvel de R$ 1,4 milhão, incompatível com que ganhava. O que teríamos a dizer então com o filho de Lula, que comprou uma fazenda de gado avaliada em R$ 50 milhões, que por sinal foi a primeira a possuir certificado que a credenciava exportar para determinados países. Vale lembrar que esta aquisição ocorreu quando o ''menino'' era funcionário dos correios em São Bernardo do Campo, ganhando R$ 1.400 mensais. Será que alguém pode esclarecer ?

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

____________

ROLOU GRANA

O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima cassou o mandato do governador Anchieta Junior. Pois é, o povo elege e o TRE cassa e dá posse exatamente ao que não foi eleito pelo voto popular. Sugiro que sejam abolidas no país as caras eleições diretas. Não deixa de ser uma grande contribuição ao pretenso corte do orçamento, proposto pelo governo federal.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

____________

FALCATRUAS

Realmente tem sido motivo de vergonha e constrangimento o comportamento dos vereadores paulistas, notadamente o Sr. Goulart e agora o Sr. Netinho, como mostrado pela imprensa. A imprensa poderia fazer um favor à população e indicar, junto com as matérias, o que poderia ser feito para mudar o estado de coisas que ocorrem na Câmara. Será que não seria o caso de reduzir a dinheirama que os senhores edis têm à disposição e que chega a causar horror? Quanto mais dinheiro à disposição, cerca de R$ 86 mil mensais apenas para contratar assessores, mais falcatruas haverá. Cerca de R$ 15 mil para despesas de correio? Isto é absurdo. O que poderia ser feito? Talvez uma mobilização pelos sites de relacionamento. Estou à disposição, se for o caso, para fazer passeatas, etc. Isto não pode continuar assim.

Paulo Magalhães magalha1960@bol.com.br

São Paulo

____________

PROTESTOS NAS RUAS

As manifestações na Tunísia e no Egito já balançaram o Iêmen, o Irã, Cuba e outras ditaduras pelo mundo afora. Quem sabe o povo do Maranhão também se manifesta. Ou será que eles não sabem o que acontece pelo mundo afora?

Isael Coleone isael.coleone@itelefonica.com.br

Indaiatuba

____________

QUEDA DAS DITADURAS?

Falam de boca cheia da queda da ditadura no Egito, primeiro: Só acredito após as eleições, segundo se as eleições forem para entrar aqueles malucos religiosos que ganham na marra, só piorou, os egípcios que sobreviverem, terão saudades do Mubarac, vide Irã, que ao se livrar de um mega corrupto, entrou no inferno que prevalece até hoje, a democracia melhora quando é verdadeira, o Brasil melhorou por ter continuado aliado dos países certos, mesmo com Lula nos queimando na diplomacia, e o Brasil tendo milhares de políticos a mais de que necessita, nos obrigando a pagar por um péssimo governo e caro, e não sobra dinheiro para o que precisamos de infra estrutura, saúde publica, moradias, e por aí vai um terço de faltas, mas o povo não exige decência paga por isto, basta ver que o Brasil não vai ter cadeira fixa na ONU, por não ser um país confiável, Porque? eles estão errados? R. Não, quem pode ser obrigado a confiar em um país que o povo não tem voz!, o presidente tem o poder de nos representar em situações serias, como aquela que o ex presidente Lula, acolheu o presidente do Irã, e em nosso nome, mesmo com a maioria que sabe que ele é terrorista, nada pode fazer, pagamos mico de malucos, por não haver leis consolidadas, que limitam o poder do presidente, vivemos como no começo do século 20, que um presidente tem o poder de nos colocar em guerra, em regimes de governo que não queremos, ou seja, ao elegermos um presidente vivemos ao prazer da sorte, é o fim, e isto sim tem que mudar, não é apenas dizer OH somos uma democracia!!!! de araque.

Roberto Moreira da Silva rrobertoms@hotmail.com

Cotia

____________

REMANESCENTES

Os ditadores remanescentes mundo afora deveriam organizar fórum de debates e troca de ideias para tentar se manterem agarrados ao poder. O evento seria realizado no Brasil, e o seleto e gabaritado time de palestrantes seriam José Sarney, Ricardo Teixeira, Arthur Nussman, Marco Polo del Nero e Juvenal Juvêncio.

Haveria também uma ''canja'' com Lula, com a Palestra '' Criador e Criatura''.

Luiz Henrique Penchiari luiz_penchiari@hotmail.com

Vinhedo

____________

SARNEY MUBARAK

Caiu Mubarak, vida segue. Agora podemos voltar a pensar em nosso próprio país. E lembrar que temos aqui igualmente uma múmia autoritária. Um político sofrível, que há mais de 50 anos está incrustado no poder censurando jornais, apoiando ditaduras, permitindo apagões e mantendo o povo de seus feudos miserável e analfabeto (inclusive indicando sua filha para sucede-lo, num regime familiar típico da Coreia do Norte). Um sátrapa que acaba de ser reconduzido à Presidência do Senado com o apoio inclusive da oposição de 44 milhões de votos. Onde é a praça Tahrir de Brasília mesmo?

Luiz Augusto Módolo de Paula luaump@yahoo.com.br

São Paulo

____________

QUANDO SARNEY PENDURA AS CHUTEIRAS?

A funcionária do STF que ''tuitou'' o senador deve mesmo ser punida porque errou feio:- êle deveria pendurar as luvas...

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

____________

OBAMA E O BRASIL

Revela-se um hábil diplomata o embaixador Roberto Abdenur, no Estado de 13/2 (A2). Melhor do que ninguém, pois foi representante do Brasil em Washington, sabe ele que não sem motivo vem sendo adiada, desde a sua posse, a visita do presidente norte-americano ao nosso país . Segundo observa o próprio articulista, a postura do governo Lula, opondo-se no Conselho de Segurança da ONU (CSNU) às sanções contra o Irã, em matéria de direitos humanos, ''constituiu fragorosa anomalia''. Mesmo assim, quando noticia toda a mídia que Obama não nos quer com assento permanente no CSNU, desfia Abdenur uma série de argumentos que sem dúvida justificam nossa pretensão. Só não diz que, ''nenhum interesse nacional estando em jogo'', ocorreu uma série de no mínimo desencontros da política externa brasileira, não sendo o maior a nada lúcida atitude em Honduras mas o insucesso de uma intermediação no próprio Irã, fatos estes que descredenciam nosso pleito exatamente junto à Casa Branca. Comenta-se que a presidente Dilma seguiria diversa diretriz do novo comando do Itamaraty, o que se torna pouco crível quando mantém ela a mesma assessoria internacional do governo anterior, de nítida coloração antiamericana. Esperemos, então, a prometida vinda de Obama para sabermos se haverá colheita de bons resultados para ambos os países.

Jairo P. Gusman jairogusman@gmail.com

São Paulo

____________

CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU

O Sr. Roberto Abdenur,diplomata,foi feliz em seu artigo neste jornal.Obama realmente não nos quer no Conselho de Segurança da ONU...Essa posição já era mais do que esperada em vista do que fez o governo Lula em relação ao Irã.Mas o democrata presidente americano(que de democracia nada quer nesse Conselho) deveria entender que o Brasil não é apenas Lula.Até Dilma,pelas declarações que fez,viu que aquela posição complacente a favor do Irã,pelo menos no que se refere aos direitos humanos,não seria mais sustentável.Além disso ,o Brasil foi aliado dos EUA na 2o. Guerra Mundial,participou de missões mundo afora e, agora, está no Haiti cumprindo um significativo papel.Negar a presença do nosso país no cenário mundial atual seria impossível.Na verdade,os EUA só querem países mansos que se alinham automaticamente com suas posições ou, ao contrário,potências militares emergentes que mereçam respeito,possivelmente bajulação.O meio termo,nós,não lhes interessa.Depois reclamam que não conseguem vender suas armas aqui.Mas vão-se os líderes e ficam as nações.Se Lula se foi,Obama e suas posições um dia também irão...

José Eduardo Zambon Elias zambonelias@estadao.com.br

Marília

____________

EUA: ONDE CORTAR DESPESAS?

Chega aos Estados Unidos a velha discussão de corte de despesas, que eles sempre impuseram aos demais países. Onde cortar? Qualquer pessoa com conhecimento razoável de economia sabe que o rombo orçamentário deles está na defesa e segurança. Custo da dominação, onde todo império sempre inicia sua derrocada. Agora é só aguardar. Estados Unidos não tem saída. Sua elite ultraconservadora, mais uma vez, se voltará contra a população e cortará gastos dos programas sociais.

Antonio Negrão de Sá negraosa1@uol.com.br

Rio de Janeiro

____________

DECISÃO INTERNACIONAL EXEMPLAR

Um tribunal equatoriano condenou a Chevron (antiga Texaco) a indenizar em 8 bilhões de dólares populações amazônicas pelo depósito de materiais tóxicos, após dezessete anos de tramitação de um mais dos mais significativos processos do mundo. Cabe recurso do qual, obviamente, se valerá a empresa, o que importa em mais um punhado de anos de processamento da demanda. Procedente ou improcedente, ágil ou não, a ação judicial serve de exemplo para que a Amazônia não seja comprometida por resíduos de energia suja, a ser substituída por fontes limpas o mais rapidamente possível em nosso planeta.

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

____________

AVIAÇÃO - ''BURROCRACIA'' BRASILEIRA

A mensagem do leitor Luiz Henrique C. D´Avila publicada na edição de 11/2 do Estado é a primeira que leio tratando do assunto com objetividade.

É impressionante como o preço dos combustíveis aeronáuticos no Brasil é elevado e cartelizado. Os valores no Brasil citados pelo leitor são reais e os operadores da chamada aviação geral são assaltados diariamente quando são obrigados a abastecer suas aeronaves. Os valores mencionados correspondem, de maneira geral, de 2,2 a 2,8 vezes o preço cobrado nas Américas fora do Brasil. A ''burrocracia'' a que se refere é outra verdade. Lidar com as diferentes Infraero e Anac´s presentes nos diversos aeroportos brasileiros (digo diferentes porque o comportamento de seus funcionários e as regras que seguem variam entre aeroportos) é coisa que exige paciência e tempo. O Febeapa do Stanislaw está mais vivo que nunca na aviação brasileira. O controle de tráfego aéreo é amarrado e sem nenhum compromisso com eficiência. E se alguém reclama, o velho argumento da segurança de voo aparece imediatamente. Como se não fosse possível ter segurança com eficiência. Congonhas hoje opera com algo como um terço dos movimentos por hora que tinha há uns 40 ou 50 anos atrás. E supostamente com mais recursos tecnológicos. Aviões em espera nas chegadas a São Paulo tornaram-se rotina. E ninguém acha estranho. Nem as empresas reclamam do prejuízo. Os métodos e processos utilizados tanto pelo controle de tráfego aéreo como pela Anac são retrógrados. E o usuário fica até mesmo com a impressão que os agentes destas entidades têm um certo prazer em tornar mais difícil sua vida. Os ''buracos negros'' a que se refere continuam existindo (embora negados por ocasião da triste colisão do B737 da Gol com o Legacy). A baixa confiabilidade do sistema de comunicações aeronáuticas levou à adoção da prática de, ao mudar uma aeronave em seu deslocamento de setor de controle, o controlador anunciar sempre no mínimo duas frequências de comunicações para chamada do próximo setor (às vezes até quatro). Para o caso de falha de comunicações. E ninguém acha estranho. A Anac, para revalidar uma habilitação de um piloto que está na ativa, requer até 60 dias para fazê-lo. É bem verdade que muitos casos são resolvidos em menos tempo. Mas a burocracia que adota é de deixar o mais calmo profissional irritado. E alega que está tudo certo. E ninguém reclama. Enfim: cuidar só da expansão dos aeroportos, de que muito se fala hoje, embora necessário não é tudo. Todas as atividades acima necessitam ter seus processos revistos por gente de competência e com coragem de enfrentar e executar as alterações requeridas.

Sergio Mauro Costa

São Paulo

____________

IMAGEM DE CRISTO

Circula na internet que o Presidente Lula teria levado alguns presentes que recebeu enquanto no cargo, para sua casa. (Incluindo uma Imagem de Cristo). Fez me lembra do caso da ''URNA MARAJOARA'' que fez o Sr. Adhemar M. de Barros, (ou A. de Barros como preferia o Estadão) fugir para a Bolívia para não ser preso. Será que a legislação sobre o assunto mudou? Ou será que o Ministério Público é que está mudado?

Walter Coronado Antunescoronadoantunes@uol.com.br

São Paulo

____________

PRAÇA PÚBLICA!

Francamente, teríamos muitos, mas muitos motivos para sair protestando em praça pública, no mais puro estilo egípcio. Só para citar alguns:

- temos Sarney ocupando pela quarta vez a presidência do Senado, o que é uma aberração num país que se pretende democrático;

- temos um dos principais jornais do Brasil sob censura há exatos 564 dias; sabe-se agora que grandes magistrados foram comprados para censurar vários meios de comunicação;

- temos o julgamento do mensalão postergado de forma suspeita por um juiz do STF que alegou não poder trabalhar por problemas de saúde, mas flagrado papeando gostosamente num bar. Mas não se preocupem, os tais crimes, como o de formação de quadrilha, prescrevem já em agosto, todos vão continuar livres e soltos.

- temos o caso Bancoop, um escândalo que choca a quem desejar tomar conhecimento dos pormenores, pela perversidade, pelo dano causado a milhares de mutuários pobres mas que a mídia pouco divulga;

- temos parcela dessa mídia visivelmente domesticada por conveniências que qualquer um percebe a razão;

- temos o muito mal explicado caso do Banco Panamericano e diz-se que a conversa do Silvio Santos com o Lula nas vésperas da eleição foi muito produtiva. Depois de sumirem R$ 4,3 bilhões, saiu sem dever nadinha de nada.

- E quem acha que o Lula só distribuiu dinheiro para tirar pobres da miséria e criar uma classe média, vejam que boa notinha. Os brasileiros de alta renda - uns 150.000 - com mais de R$ 1 milhão aplicados em fundos de investimento, ações, títulos públicos etc, fecharam 2010 com R$ 371 bilhões investidos, diz a Anbima, um aumento de 23% sobre 2009. E FHC ainda fala aquela besteira de que o Brasil não é pobre, é injusto.

- Bem, seria infindável a lista dos motivos que teríamos para sair em alguma de nossas ''praças Tahrir'', mas também todos sabemos de antemão que não sairemos porque já os jornais impressos e televisivos andam mostrando com grande ênfase quanto os brasileiros andam bem de vida, quanto emprego sobrando e quanto consumo à espera para ser consumido.

- Quanto aos cortes que estão sendo preparados com previsão de alta de impostos, vão ser pagos por nós, naturalmente, mesmo que os motivos sejam os super gastos criados para eleger a qualquer custo a herdeira do rei. Seremos convocados para pagar a conta, sim, a maioria sorrindo, elogiando o quanto ela é diferente, tem virtudes que sequer ela mesma conhecia, como gostar de arte e literatura, esquecendo-se que durante a campanha sequer conseguia responder qual o livro que acabara de ler, pois é evidente que também não é afeita à leitura. Mas a já estão transformando numa intelectual, ainda que se expresse tão mal que não consegue, sem ter um discurso pronto às mãos, dar sentido nem terminar as frases que inicia. Talvez seu mérito, por enquanto, seja o de permanecer o mais discretamente possível.

- Enfim, são tantos os motivos que teríamos, mas acho mais fácil o povo cubano acordar primeiro do que nós, adormecidos que estamos em ''berço esplêndido''. Mas para quem já despertou, sinceramente, a impressão que se tem é a de estar ainda vivendo em meio a um pesadelo sem nenhuma praça onde desafogar e poder gritar tanta revolta, rodeado por gentes de brio e grupos de pertinência.

Eliana França Leme efleme@terra.com.br

São Paulo

____________

BRASIL PEDE SOCORRO

O Brasil está pedindo socorro ao mundo e diz aos políticos: me maltratem que eu gosto...Como pode um cidadão governar este país por 8 anos e dizer que não sabia de nada? E a responsabilidade fiscal, como é que fica? Lula somente foi bem avaliado por interessados nos cargos e por aqueles que não sabem o que estão fazendo. Não sabem que foi entregue de bandeja parte da Petrobrás à Bolívia, arruinou o contrato de Itaipu e mais tantos atos de cordialidade com países interesseiros. A nenhum presidente é permitido praticar atos contra os interesses nacionalis...Seus inimigos de ontem são hoje seus escudeiros, independentemente dos seus comportamentos serem publicamente reprovados e até envolvidos em graves acusações contra os interesses do país: Sarney, envolvido em muitas acusações, Renan Calheiros, Collor, Jucá, Barbalho, Temer e tantos outros; sem falar em Suplicy, que até hoje, com mais de duas décadas no Senado não sabemos o que fez em benefício de São Paulo e do Brasil. Por isto, nenhum desses políticos tem interesse no desenvolvimento educacional do povo brasileiro, principalmente aqueles mais necessitados, os embrenhados no sertão nordestino e de outras regiões pobres, de onde saiu o ex presidente Lula e durante o seu mandato não lembrou dos seus conterrâneos para lhes ajudarem com fornecimento de água e a indispensável educação que poderia lhes amparar para sempre e saber se defender dos maus políticos.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

____________

TROFÉUS

Criaram o troféu ''Ambientalista de Ouro'' para Aldo Rebelo. O próximo passo será o Oscar de Honestidade para Silvinho, Valdomiro, Delúbio, Marcos Valério, Zé Dirceu e cia! Deve aparecer também o troféu ''O Democrata do Século'' para Ahmadinejad, que o dividirá com Fidel Castro e Hosni Mubarack. E assim caminharemos rumo a... ao quê mesmo?

Regina Helena de Paiva Ramos reginahpaiva@uol.com.br

São Paulo

____________

AGROINDÚSTRIA

O seguro de renda subsidiado pelo governo do Estado de S. Paulo - Geraldo Alckmin - ao produtor agrícola, garantindo o preço de venda futuro da sua safra é um enorme avanço, propiciando, motivação, investimento, desenvolvimento e crescimento no setor da agroindústria, tão vital ao nosso país. Tomara a atitude de S. Paulo sirva de exemplo e escola para os demais estados da Nação, bem como para o governo federal que possui recursos de sobra para investir pesado neste segmento.

David Neto drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

____________

PROFESSORES

O governo do Estado vai convocar 25 mil novos professores este ano, mas para lecionar somente em 2012. Segundo o governador Alckmin (PSDB), há mais vagas do que alunos nas escolas estaduais. O número de vagas sobrando no ensino público se deve a ineficiência (pouco se aprende), assim sendo as escolas particulares se sobressaem! O "ensino" no estado mais rico da nação é uma enganação! E os professores que estiverem "gordinhos" que se cuidem para não serem reprovados, recentemente algumas educadoras foram descriminadas e reprovadas por estar acima do peso! A capacidade de um educador não deixa de existir pelo excesso de peso, a exceção cabe somente aos educadores de educação física! Enfim, estes seres denominados professores estão mais abandonados e descriminados do que nunca! A coisa tá tão feia que nem alunos do pré-primário respeitam mais os educadores! Dados revelam que 30% dos professores já sofreram agressões! Os outros 70% é só questão de tempo!

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Sumaré

____________

ERROS

A administração Gilberto Kassab à frente da Prefeitura paulistano tem uma característica ímpar: admitir seus erros como ocorreu na lista de parques concluídos publicada no site Agenda 2012. O comum é esconder ou varrer para debaixo do tapete a falha. Como cidadão, prefiro uma administração transparente que assume suas deficiências no lugar daquelas que procuraram justificar os erros. É triste quando uma administração tenta se justificar perante a população no lugar de se explicar.

Tiago Vinícius Matos matostv@hotmail.com

São Paulo

____________

OPERAÇÃO GUILHOTINA

O presidente da Adepol-RJ solicitou, através de carta, ao governador Sergio Cabral, a exoneração do secretário de segurança pública. Em sua carta cita os abusos praticados pela Operação Guilhotina e a espetaculosidade do secretário frente a secretaria, entre outras acusações. Tudo bem. Que esteja havendo espetáculo. Mas se não for asim não se consegue nada, além da operação ter respaldo legal. Ele quer como? Que se oficie da busca ou operação que será feita? Quando chegarem lá não encontrarão nada. Os HD''s dos computadores estarão todos limpos e ainda serão gozados. Como agir legalmente com quem só age ilegalmente e ainda tem a seu favor a lei? Se houve denúncia anônima é porque há algo de podre e é justo que o denunciante se resguarde. Apurem e depois falem. Como presidente de uma associação e homem da lei, deveria estar mais preocupado, neste momento, em ver isto apurado, pois denigri a imagem da policia civil.

Panayotis Poulis ppoulis@ig.com.br

Rio de Janeiro

____________

DIFÍCIL MISSÃO

Como combater o trafico de drogas, de armas e o envolvimento de policiais, quando o estrago maior esta na presidência da Republica, onde nos últimos oito anos autoridades acusadas se sentem cada vez mais estimuladas a fazer o que bem entendem, pois os fatos nunca são apurados? Se nada de ruim acontece aos que estão no poder incentivados pelo chefe maior e num claro flagrante, quando da posse da presidente Dilma, esta abraçou publicamente a a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra, demitida porque membros da sua família faziam negócios na área comandada por ela, cuja sindicância concluiu que nada de errado

aconteceu. Se la em cima eles podem, por que não os que vivem no andar de baixo? Em quem se espelhar quando se olha para o alto e se vê que as instituições estão corrompidas? So nos resta rezar, pois ao fundo do poco já chegamos, agora e ver como se sai de lá.

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

____________

A NOVA SANTA IFIGÊNIA

Apoiamos integralmente a manifestação da colega arquiteta urbanista Suely Mandelbaum (Fórum dos Leitores, 12/2) contra valores aventados para desapropriações e ainda o desprezo democrático não deixando alternativa dos proprietários e usuários em tratar do negócio imobiliário. Mais ainda, ali é um ''cluster'' eletrônico, tal qual o ''cluster'' madeireiro - Rua do Gazômetro, outro - comércio de roupas na 25 de Março e tantos enfim, são fenômenos sócio-econômicos a emprestar qualidade de serviço/comércio típicos da qualidade metropolitana que não podemos fazer desaparecer. Os ''urbanistas de plantão'' e ''empreendedores imobiliários'' de sempre não conseguem assim avaliar - interessa sim desapropriações, alterar o uso e construir negócios imobiliários nem sempre casados aos interesses da cidade.

Raymundo De Paschoal depaschoal@uol.com.br

São Paulo

____________

CHUTEIRAS PENDURADAS

É triste, é melancólico, mas é a realidade ver em ''Sinais Particulares'' do Estadão (15/2, A2) um simbolismo que faz o futebol brasileiro e seus amantes chorarem. É o número 9 de um dos maiores futebolistas do mundo, servindo de cabide para pendurar um par de chuteiras que calçou os pés de um jogador cuja velocidade em campo e dribles na área do gol jamais foram vencidos. Era um verdadeiro fenômeno! Adeus, Ronaldo. Suas jogadas nunca serão penduradas, estarão sempre na nossa lembrança.

Antonio Brandileone abrandileone@uol.com.br

Assis

____________

REMÉDIO LIBERADO PELA FIFA

Com quem Ronaldo aprendeu a mentir? Coisa feia, Ronaldo!

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

____________

DESPEDIDAS

Agora que o senhor Ronaldo se aposentou do futebol,com excelente serviço prestado,ele bem que poderia esclarecer o que houve naquela final de Copa do Mundo,em que ele apagou.Fenômeno que não foi explicado,tampouco esclarecido para cidadãos comuns,sustentáculos do esporte,o torcedor.Aproveite e peça ao Lulla também explicar porque apagou de vez quando o

Collor,naquele fatídico debate igual à uma final de Copa do Mundo também,fez um singelo comentário sobre o aparelho de som que tinha visto na ''casa'' de Lulla! Dois simples fatos nunca explicados e esclarecidos. 3

Mauricio Villela mauricio@dialdata.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.