Cartas - 16/06/2011

MINISTÉRIO DO TURISMO

, O Estado de S.Paulo

16 Setembro 2011 | 00h00

A fila anda

Demitido o quinto ministro de dona Dilma Rousseff, o seu substituto é Gastão Vieira, apadrinhado do sr. José Sarney e que foi secretário de Educação do governo de Roseane Sarney no Maranhão. Trocaram seis por meia dúzia, pois, com um currículo desses, o que podemos esperar? Como a presidente Dilma exigiu que o PMDB indicasse o novo nome, ela está interrompendo a famosa "faxina" e se algo der errado o PMDB é o culpado. Esse jogo ela aprendeu com o apedeuta...

EDUARDO A. DE CAMPOS PIRES

eacpires@terra.com.br

São Paulo

______

Quinta vitória

O Brasil não perdeu o quinto ministro. Foi a quinta vitória do Brasil na batalha contra a corrupção, a inépcia e a incompetência. Que venha logo o hexa!

ARY NISENBAUM

aryn@uol.com.br

São Paulo

______

Herança maldita

Nunca antes na História deste país se viu tanta corrupção num único governo, e em tão pouco tempo. Em menos de nove meses caíram cinco ministros, quatro suspeitos como corruptos. E, por coincidência, todos com aval do governo anterior. Uma verdadeira herança maldita. Dona Dilma, é aconselhável a senhora continuar com a faxina, pois, caso contrário, as consequências poderão ser funestas. Lembre-se de que Collor, por muito menos, sofreu impeachment.

ADOLFO ZATZ

dolfizatz@gmail.com

São Paulo

______

Teflon

Com tantos servidores remanescentes do governo anterior perdendo o cargo por corrupção, depreende-se que Lula foi omisso e/ou benevolente, daí o apelido de teflon: nada gruda nele.

LUIZ BIANCHI

luizbianchi@uol.com.br

São Paulo

______

Escalação do time

A presidente Dilma Rousseff é o Mano Menezes dessa seleção, só escala novatos para seus ministérios, e a mando de Sarney, o Ricardo Teixeira da política. Requisitos como capacidade técnica, qualificação profissional e ficha limpa ficam apenas no discurso. Pobre Brasil!

IZABEL AVALLONE

izabelavallone@gmail.com

São Paulo

______

Óbvio ululante

A presidente Dilma exigiu que o PMDB indicasse um nome para o Ministério do Turismo que evitasse denúncias de corrupção. Ora, mas precisa pedir uma coisa dessas? Isso não deveria ser, como diria Nelson Rodrigues, óbvio ululante? Surreal...

LUCIANO HARARY

lharary@hotmail.com

São Paulo

______

Gastão, mais um...

Mais um ministro ligado ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-MA), era tudo o que o Brasil não precisava. Agora é torcer para que Gastão Vieira não faça jus ao nome. Ou que, pelo menos, gaste corretamente!

DORIVAL MUNHOZ JUNIOR

junhaomunhoz@terra.com.br

Curitiba

______

Novo titular

Para nós, o povo, não importa o apadrinhamento do novo titular do Ministério do Turismo, mas sim a sua capacidade e a sua honestidade na gerência do cargo que vai ocupar.

ORALINA R. PASQUALINI

linapasq@uol.com.br

Peruíbe

______

TONINHO DO PT

Conchavos escabrosos?

José Nêumanne nos relembra o assassinato de Toninho do PT (14/9, A2). Um crime que nos envergonha não só pela existência de máfias infiltradas no poder público, como também pela ineficácia do Estado brasileiro em desvendar, julgar e punir os seus responsáveis. Quando vejo tucanos cumprimentando petistas, mesmo que discretamente, vem ao meu imaginário a possibilidade de conchavos escabrosos que impedem que verdades venham à tona. Ou realmente a polícia é somente incompetente...

JOSÉ EDUARDO ZAMBON ELIAS

zambonelias@estadao.com.br

Marília

______

Omissão

A atribuição, por José Nêumanne, à Polícia Federal e aos sucessivos ministros da Justiça, incluindo o atual, José Eduardo Martins Cardozo, de omissão no concernente à apuração do homicídio do ex-prefeito de Campinas Toninho do PT não pode ficar sem resposta convincente do titular da pasta, sob pena de ter-se como aplicável o velho brocardo do Direito Romano: "Quem cala nem sempre consente, mas é verdade que não nega". O silêncio só contribuirá para fragilizar as nossas ainda não perfeitamente consolidadas instituições democráticas, o que, declaradamente, não é o escopo do governo da presidente Dilma.

AMADEU R. GARRIDO DE PAULA

amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

______

Máfia do poder

Está cada vez mais claro que há envolvimento de personagens famosas de nossa política e do submundo das grandes negociatas na morte de Toninho e Celso Daniel, como bem levanta o artigo de José Nêumanne, que deve conhecer os fatos mais do que ninguém, apurados na feitura de seu novo livro sobre Lula. Aparentemente contando com a falta de memória do povo, os caciques petistas de então sempre se calam sobre o espinhoso assunto, mas fica claro, sem teorias conspiratórias, que, se as armas não estiveram em suas mãos, estava a determinação de calar aqueles incômodos prefeitos. Na máfia as coisas se resolvem assim, como se sabe.

ROBINSON DAMASCENO DOS REIS

robinsondamasceno@superig.com.br

Belo Horizonte

______

IMIGRANTES

Engavetamento

Segundo um engenheiro de segurança nas estradas, houve um grave erro de projeto na construção da Nova Imigrantes, o que fez a Artesp editar a Portaria n.º 11, proibindo a descida de caminhões por essa via. Desde o início das concessões de rodovias venho tentando denunciar esse fato, sem sucesso. E se esse engavetamento de ontem tivesse acontecido dentro dos túneis, onde existe o problema, teria morrido somente um, ou dezenas?

ORIVALDO T. DE VASCONCELOS

prof.tenorio@uol.com.br

Monte Alto

______

"Até quando José Sarney vai impor a sua vontade?"

ROBERT HALLER / SÃO PAULO, SOBRE O NOVO MINISTRO DO TURISMO

robelisa1@terra.com.br

"Os casos Toninho e Celso Daniel são "causos" de um sistema judiciário perfeitamente aparelhado"

ARIOVALDO BATISTA / SÃO BERNARDO DO CAMPO, SOBRE O ASSASSINATO DOS PREFEITOS DE CAMPINAS E SANTO ANDRÉ

arioba06@hotmail.com

______

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.335

TEMA DO DIA

Metrô de SP inaugura duas novas estações

Até o final do mês, Luz e República funcionam em horário das 10 às 15 horas, de segunda a sábado

"Agora para ficar bom mesmo só falta triplicar o número de linhas de metrô e trem!"

ANDERSON DE CASTRO

"Já que o número de passageiros triplicou nos últimos 15 anos, se investissem esse valor, triplicariam linhas e trens."

ANDREA PECORARI

"Se o metrô tivesse uma extensão maior, o número de passageiros por estação tenderia a ser menor."

ALEX ROCHA NEVES

______

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

PIADA

Estão de brincadeira com os brasileiros. Demitem um ministro porque gastou o que não podia e não devia. Aí colocam um outro para pôr ordem na casa e veja o nome do cara: Gastão!E ainda para completar o cara parece ser inexperiente para ser ministro do Turismo. Fala sério. Será que no País não temos uma pessoa "ilibada", como dizem, que entenda de turismo e tenha alguma experiência? Aqui na minha querida Extrema temos uma linda moça que cuida de nosso departamento de Turismo, com muita competência e experiência. Tenho certeza de que faria melhor do que este Gastão. É só esperar as gastanças dele para nossa presidente ter suas gasturas. Pobre Dilma. Tem experiência administrativa, é ilibada, ainda entende do que está fazendo, mas tem de aceitar o que quer o Lula e seu PT, de um lado, e o vice e seu PMDB de outro. Assim não dá, assim não dá, assim não dá!

Odair Picciolli pedraseartes@suednet.com.br

Extrema (MG)

______

MINISTRO GASTÃO

Espero que o novo ministro do Turismo, Gastão Vieira, não faça jus a seu nome e saia por aí enviando verba a torto e direito e até onde não existe turismo. Porque na gestão anterior enviaram verba para municípios que não possuem nenhuma atração turística, em vez das cidades tradicionalmente consideradas turísticas e que estão com a infraestrutura em frangalhos para receber o turismo na Copa de 2014. E, principalmente, porque o ministro Gastão é apadrinhado do senador Sarney, o que o coloca desde já numa situação de mais toma lá do que dá cá!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

______

TROCA DE BASTÃO

O interessante é que o então titular da pasta do Ministério do Turismo, do quadro do PMDB do Maranhão, passou o bastão do órgão para um colega do mesmo partido e do mesmo Estado. Tudo leva crer que o homem forte por trás dessa engenharia política é o imortal da Academia Brasileira de Letras.

Aloisio Pedro Novelli celnovelli@terra.com.br

Marília

______

CASTIGO AOS MARANHENSES

Como se não bastasse Pedro Novais ter sido indicado pelo senador José Sarney, seu amigo, para o Ministério do Turismo no começo do mandato da presidente Dilma, ele iniciou mal, promovendo uma festa num motel com dinheiro público, e mesmo assim ainda teve mais chances para mostrar de quem é amigo. As irregularidades continuaram até sair do governo. E Dilma, com tudo ocorrido, ainda aceitou nova indicação de José Sarney, seu também amigo: Gastão Vieira Nascimento, que substitui o festeiro de motel, mesmo no auge dos seus 80 anos. Pobre Maranhão! A culpa pelo povo desse Estado ser o último no IDH é de vocês mesmos, eleitores, que escolhem seus representantes. Experimentem, mudem até acertar.

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

______

ADEUS, MINISTRO

Sr. Pedro Novais, o que "foi ministro sem nunca ter sido" não deixará saudades. Lamento pelo povo do Maranhão que terá que "sustentá-lo" novamente.

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

______

QUE TROCA

Estamos bem arrumados. Sai um corrupto, entra um Gastão.

Benedito Antonio Turssi turssi@ecoxim.com.br

Encanto do Planalto

______

O ''TOMA-LÁ-DÁ-CÁ'' DE DILMA

Dilma pediu ao PMDB um nome de alguém que evitasse novas denúncias de corrupção para comandar a pasta do Turismo. O quê!? Quer dizer que os 80 deputados da legenda não têm ficha limpa e era para escolherem o menos perturbador da ordem? Para ministro de Estado?! Estou chocada! Vim a saber mais tarde que havia entre eles até um suspeito de assassinato! My God! Ainda arrumaram um que já é Gastão no nome? Xi.... começamos bem!

Myrian Macedo myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

______

CAI O 5º MINISTRO

Em oito meses de governo, a presidente Dilma demitiu o 5° ministro, deputado federal Pedro Novais (PMDB-MA), do Turismo. Os motivos são públicos e notórios, repeti-los é perda de tempo, mas são justos. O seu partido, PMDB, está cada vez mais se afundando no mar da corrupção. Agora, para inflacionar e banalizar o elevado cargo, o PMDB indicou para preenchê-lo 80 nomes da mesma legenda, todos deputados federais. Para afundar mais o partido do "toma lá e da cá", o presidente do Senado federal, José Sarney, Talvez por perturbação mental, ou espírito de maligna solidariedade para com o seu co-estaduano, vem a público defende-lo como um verbômano, com uma frase que o desmoraliza bombasticamente dizendo: "É um homem de reputação ilibada. não consta nada que o desabone". Se esta insensata frase não fosse transmitida até com fotografia do seu autor (A4, 9/11) pelo Estadão, eu duvidaria dela pela sua absurdez. O demitido praticou o que os latinos chamam damnum ex delicto (dano resultante de delito).

Antonio Brandileone abrandileone@uol.com.br

Assis

______

REFERÊNCIAS

"Pedro Novais é homem de reputação ilibada. Não consta nada que o desabone". José Sarney, presidente do senado e humorista diletante.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

______

MÃO NO FOGO

Ainda bem que o senador José Sarney não prometeu colocar a mão no fogo pela "ilibada reputação" do Ministro (agora ex) do Turismo, sr. Pedro Novais. A esta hora, estaríamos, todos nós brasileiros de norte à sul, sentindo o forte cheiro de carne assada. Se isto tivesse acontecido, os novos "atos secretos" do senado teriam que ser assinados com a mão esquerda (presume-se que o Sarney seja destro).

Clodomir de Jesus Redondo clodoredondo@bol.com.br

Araçoiaba da Serra

______

SEIS POR MEIA DÚZIA

O problema político que enfrentamos é que quando sai uma meia entra uma cueca.

Francisco José Sidoti fransidoti@gmail.com

São Paulo

______

MINISTÉRIO...

Mais uma vez, foi dada a descarga no Palácio no Planalto: caiu o quinto ministro em 8 meses de governo. A dedetização prossegue e vai, aos poucos, higienizando o Brasil. Xô,gentalha!

J.S. Decol decoljs@globo.com

São Paulo

______

''J''ACCUSE''

Turismo é arte, amor à pátria, aptidão, bom gosto, etiqueta e, sobretudo, técnica de administração especializada nesse tema tão em voga e hodierno. Turismo nada tem que ver com festas de aniversários em... motéis. E por falar em turismo, acabo de ler que "cai o 5º Ministro de Dilma" e que o "PMDB oferece(à presidente) oitenta nomes para a vaga(Estado, 15/9). Entretanto, eu "duvideodó" que um desses oitenta tenha pelo menos um dos atributos que acima eu citei. Agora, para arremedar Zé Dirceu, o "formador de quadrilhas", tenho certeza que qualquer um deles tem forte maneirismo. Como há males que vêm para o bem, eis aí ótima oportunidade para a presidente indicar e convocar, patrioticamente, alguém que tenha sido formado em uma boa faculdade especializada, com mestrado e doutorado profissionais e que seja preferencialmente apartidário, ou que então jogue o jogo dos interesses da nação e não dos bolsos de "A, B ou C" e, até mesmo, de "L". Duvido, também, que dos oitenta deputados federais do PMDB ofertados como mercadorias à presidente Dilma, ao menos trinta não apoiassem esse ato corajoso e de respeito de S. Exia. Acredito, piamente, que toda a oposição aplaudiria a presidente e que, como consequência, ela deixaria de implorar apoios de sua própria bancada e de todos os partidos da situação. Visível e excessivamente perceptível o fato de que Dilma é refém de um Congresso asqueroso e perverso. Essa reação seria uma maneira inteligente e correta de, mais do que de ninguém, livrar-se de Lula e do PT, também. Concretizando-se meu devaneio - estou ciente, sim, que meu desiderato não passa de um oásis imaginário - estaríamos testemunhando o surgimento do "mensalão" do bem, da dignidade e do resgate de nossa hoje vilipendiada nação. Como disse Émile Zola em seu artigo "J''accuse", sobre o caso Dreyfus, em 13 de janeiro de 1898 no jornal francês "L''Aurore", e como digo eu aqui e agora, ainda no meu inocente devaneio: "Mon devoir est de parler, je ne veux pas être complice."( Meu dever é falar, não quero ser cúmplice). Afinal de contas de quem é o ministério? Da presidente da República Federativa do Brasil, dos partidos políticos ou delle?

João Guilherme Ortolan guiortolan@gmail.com

Bauru

______

SAÍDA HONROSA?

Se a honra pode ser expressa como um sentimento de dignidade moral, como é possível aceitar que um ministro de estado envolvido com desmandos e negociatas tenha um adjetivo dessa magnitude associado a sua "saída" do cargo? Mais apropriado seria "saída impune"!

Gabriel Fernandes gabbrieel@uol.com.br

Recife

______

TURISTA

A partir de agora o ex-ministro do Turismo Pedro Novais se dedicará a viagens a conhecer o Brasil, haja vista que motéis o mesmo já conhece.

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

______

DEMISSÕES DE DILMA

Além da corrupção desavergonhada deste governo e do antecessor, as demissões freqüentes de ministros por motivos de atos ilegais, imorais e/ou criminosos, nos comprovam que a Presidente Dilma Rousseff foi novamente inepta ao escolher os membros da sua equipe, afinal, isso já havia sido precipitado quando a mãezona Erenice Guerra teve revelados seus instintos maternos mais sórdidos. Braço direito de Dilma durante sete anos e meio no governo Lula, Erenice foi apenas a ponta do iceberg.

A verdade é que a presidente não tem bagagem política suficiente para estar onde está. E isso vai ficando cada vez mais evidente. Penso que um mandato para Dilma já terá sido muito.

Sandro Ferreira sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

______

PODE MINISTRO DEBOCHAR DO BRASIL?

O irresponsável PMDB - Pode Ministro Debochar do Brasil? - ouviu do ex-ministro do Turismo, ao deixar o governo, que denúncias são "menores". Como ele. Como pessoa, como cidadão, como político. Como quem o indicou e nomeou. Utilizar funcionário pago com dinheiro público para seu uso particular, durante sete anos, e ninguém perceber, é para fechar a espelunca.

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

______

SÓ COM PRESSÃO

Muito tardiamente, e graças sempre a denuncias da nossa competente imprensa, cai o Ministro do Turismo, Pedro Novais. O mesmo que pagou seu "rendez-vú" em motel de São Luiz, com recursos públicos, e ainda assim foi guindado para um cargo importante pelo partidão, o PMDB, que só tem tamanho... Este deputado federal espinafrado do ministério, se não foi demitido pelo recém escândalo da sua pasta amplamente divulgado, agora com mais uma grave denuncia da imprensa, se confirmou que este servidor público também pagava, e há muito sua empregada doméstica, e o motorista da família com verbas dos contribuintes.

E a presidente Dilma, na sua pseudofaxina demorou demais para tomar esta decisão. Porém, gora resta a Câmara, mandar este parlamentar para o Conselho de Ética, e cassar celeremente seu mandato! E mais uma vez fica provado que não é só a impunidade que permite estas picaretagens. Na realidade está no DNA da maioria destes eleitos pelo povo a gana de desviar recursos públicos... Coisa pura de vocação!

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

______

MAIS UM

Agora é o ministro do Turismo que se vai. Como escrevi anteriormente, do jeito que as coisas vão tomando corpo, até o final do governo Dilma não irá sobrar um ministro sequer para apagar as luzes. Este que agora cai é do partido mais fisiologista da base governista e foi empurrado goela abaixo por Sirney e Temmer.

Boris Becker borisbecker@uol.com.br

São Paulo

______

FOLCLÓRICO

Esse (ex) ministro de turismo Pedro Novais é, no mínimo, folclórico: tem 84 anos, é casado, faz programa em motel (não com a esposa) e paga funcionários pessoais (o motorista Adão, e a governanta Doralice), tudo com dinheiro público. O motorista persistiu nesse engodo durante 7 anos. Novais sempre diz que é honesto (Sarney também diz) e, em sua carta de demissão, afirma estar cumprindo "um dever". Ah, um detalhe, Sarney também é maranhense, aliás foi quem o bancou para esse ministério. Mas o folclore continua: outro maranhense (que praga política), o deputado Francisco Escórcio, tentando contratar o referido motorista, para sua "corte" política. Como disse recentemente um jornalista estrangeiro: "o Brasil é um país curioso; faz passeatas gays com milhões de pessoas; faz passeatas a favor da maconha com muita gente e não se perturba com a corrupção". Viva nós.

Hélio Vasconcellos Lopes hvl@uol.com.br

Santos

______

JÁ VAI TARDE

O ministro Pedro Novais, do Turismo, a vergonha do PMDB, foi sem nunca ter sido. O ancião não aprendeu no auge de seus 80 anos que a honra e o caráter são as melhoras coisas que o indivíduo pode deixar como herança aos seus descendentes, antes aprendeu rápido o caminho das maracutais. Graças ao trabalho incansável da imprensa, essa ferramenta maravilhosa, que tira o sono da bandidagem, a sociedade fica sabendo dos podres. Os jornalistas que revelam tais fatos merecem um Oscar e os denunciados o troféu abacaxi para não dizer outra coisa. A Copa vem aí e não há um nome forte para o ministério. Novais se enforcou com a própria corda, Dilma sai bem na foto porque nem precisou se estressar, o homem era fraquinho mesmo.

Izabel Avallone izabelavallone@gmail.com

São Paulo

______

PAÍS SÉRIO?

As denúncias em série que estão derrubando o 5º ministro de Dilma em pouco mais de oito meses de governo não deveriam surpreender a ninguém. Mesmo antes de tomar posse na pasta do Turismo, o octogenário Sr. Pedro Novais, então deputado federal, já havia sido acusado de debitar, à conta do contribuinte, suas despesas em motel de São Luis (MA), onde seguramente foi consultar suas "bases". O modus operandi de S. Exª se replica, agora, com a denúncia de que Novais utilizou-se também - e por anos - de servidores públicos para fins particulares. Isso ocorre com ninguém menos que o ministro do Turismo do Brasil, país que está em vias de sediar os dois maiores eventos globais - a Copa e a Olimpíada. E, depois, querem nos fazer acreditar que isso aqui é país sério.

Silvio Natal silvionatal49@yahoo.com.br

São Paulo

______

PEDRO NOVAIS

Pedro Javais tarde.

Carlos Montagnoli carlosmontagnoli@gmail.com

Jundiaí

______

AMIZADES

Cai mais um "afilhado" do Sarney, vendo a notícia lembrei do ditado: "Dize-me com quem andas e dir-te-ei quem és". Parece que o Capitão Hereditário do Senado e do Maranhão não escolhe bem suas amizades.

Miriam São Thiago mest@terra.com.br

São Paulo

______

NOTÓRIO SABER

Agora foi a vez do ministro Pedro Novais, do Ministério do Turismo. Já começou muito mal, pois vinha com uma investigação sobre uso da verba indenizatória para pagar motel. Parabéns por ser um octogenário, mas péssimo por usar indevidamente a dita verba. Depois veio a denuncia sobre o uso da secretária parlamentar como sua governante durante sete anos, a qual nunca compareceu na Câmara e para fechar com chave de ouro o uso de chofer do Ministério como motorista particular da Sra. Novais. Não podia ser diferente, afinal foi indicação do grupo do Sr. Sarney, PMDB para variar. A digníssima presidente da República não prometeu que em seu 1º escalão só seriam escolhidos brasileiros de notório saber e reputação ilibada? Com todo respeito aos maranhenses, esse Sr. oriundo de São Luis (MA) tem pelo menos notório saber sobre a área de turismo!

Pedro Quina de Siqueira Junior pquina@osite.com.br

São Paulo

______

CONQUISTA

Pedro Novais foi demitido ou pediu demissão. Não importa, o importante é que deixou o Ministério do Turismo. Demorou, mas, antes tarde do que nunca. Não vamos sentir saudades. Se a mídia e a população continuarem unidas, faremos uma grande faxina no Brasil e acabaremos com a herança maldita deixada pelo ex-presidente barbudo. A faxina e nossa, pois dona Dilma apenas demite algum corrupto, após muita pressão de nossa parte. Parabéns à mídia e à população, essa é mais uma conquista nossa.

Maria Carmen Del Bel Tunes Goulart carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

______

GRANDES LADRÕES

Enquanto a sociedade clama contra a corrupção chefiada por grandes ladrões, a presidente joga a turba um pequeno gatuno de R$ 10, para tentar satisfazer a multidão.

Fabio Figueiredo fafig3@terra.com.br

São Paulo

______

MAL CONCRETO

Se a inflação, os juros escorchantes/ Mordomias e grossas maroteiras/ Se as comissões nas obras "relevantes"/ Que nutrem numerosas algibeiras/ Se os gastos colossais, extravagantes/ A agiotagerm que causa quebradeiras/ Se o filhotismo e escândalos constantes/ A corrida do ouro sem barreiras/ Se tudo, enfim, que ameaça e dilacera/ Este país, qual indomável fera/ Recebesse terrífico castigo/ Quanta gente que impunidade goza/ Devolveria ao povo, destitosa/ Os roubados milhões que traz consigo!

Job Milton Figueiredo Pereira cadeca@oi.com.br

Carmo do Rio Claro (MG)

______

É CORRUPÇÃO TAMBÉM

Em baixa, prefeito busca candidato que defenda legado (11/9, A8). Diante de tantos escândalos de corrupção financeira protagonizados por nossos políticos, acabamos nos esquecendo que algumas alianças "partidárias" são tão corruptas quanto. As manobras do atual PSD, flertando com o PT e seus candidatos interioranos de mensalão com o único propósito de atingir o poder mesmo à custa da negação de sua "ideologia", constituem corrupção moral, que é a venda dos valores pétreos e promessas públicas em troca dos interesses de ocasião. Acaso algum eleitor do prefeito Kassab (eu, dentre eles), guindado com o apoio do PDSB, supôs que nosso alcaide daria com os costados no partido opositor? É esse o legado que o senhor quer ver defendido, Sr. Kassab? O de vira-casaca? Não se preocupe com isso! Nós todos vamos nos lembrar!

Renata Di Pierro renata@dipierro.com.br

São Paulo

______

PARTIDOS

PSD do Kassab, PT do Lula, PSDB dos velhos caciques, PMDB do Temer com direito a Sarney, alianças e filiações repulsivas e por aí vão todos os partidos. E todos têm o mesmo número: zero à esquerda.

Fausto Ferraz Filho faustoferrazfilho@hotmail.com

São Paulo

______

DESCONFIANÇA

O discurso de Dilma, após assinar acordo com o governo de São Paulo é tudo o que o Brasil precisa, na prática: união entre o governo federal, os Estados e municípios. Difícil é confiar nos fiadores da presidente - Lula, Dirceu, Palocci e cia. Felizmente parece que Dilma tem vontade de promover mudanças, mas tem as mãos os pés e até o pescoço amarrados na coligação PT-PMDB e os outros partidos cujo objetivo é o desgoverno, o caos na administração pública para facilitar a roubalheira. Pois é, presidente Dilma, o Brasil inteiro vai ficar eternamente na dúvida sobre o que a senhora faria se fosse uma mulher livre...

Luiz Ress Erei gzero@zipmail.com.br

Osasco

______

MENSALÃO DO PT E A CORRUPÇÃO LEGALIZADA

Gostei demais da sugestão de se intensificar as marchas contra a corrupção e fazê-las durar até o julgamento do mensalão, previsto para o próximo ano. Principalmente pelo fato de que o mensalão do PT foi o maior escândalo de corrupção já visto neste país, foi nosso "ataque terrorista do 11 de setembro" , tremendo golpe que chegou a abalar os edifícios do Congresso Nacional, que só não foram abaixo graças à "compreensão" e leniência da oposição que passou a advogar a causa da defesa da governabilidade, o que era tudo que Lula mais queria...e assim salvaram-se todos, inclusive Lula. Portanto, foi só à partir do mensalão que foi legalizada a corrupção e oficializada a impunidade , e está é a herança maior deixada pelo ex-presidente Lula da Silva. Então, se reconhecermos o mensalão do PT como a "pedra fundamental da corrupção legalizada"... é justo que seja sempre lembrado durante as marchas, porque se o PT é o "pai da criança"...reconheçamos-lhe a paternidade! E que estas manifestações sirvam de recado aos ministros togados: serão eles os responsáveis pela justa aplicação da lei contra os réus, podendo fazer justiça verdadeira; ou preferindo julgar através das conhecidas brechas legais, salvando os quadrilheiros da justiça. Que tal não ocorra, pois o Brasil já não suporta mais a impunidade "legalmente" concedida a criminosos...

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

______

MENSALÃO

Sabem por que os juízes do STF não julgaram o mensalão até agora? A resposta é simples: férias demais, salários demais, privilégios demais e vontade de menos!

Ana Maria Carmelini carmelini.ana@terra.com.br

São Paulo

______

CARTA AO MINISTRO

Excelentíssimo senhor ministro Joaquim Barbosa, produzidas todas as alegações finais no processo do mensalão, o povo brasileiro, do qual sou uma insignificante parcela, tem a justa expectativa de que Vossa Excelência, malgrado assoberbado pelo volume de recursos sob sua relatoria, haverá de levar os acusados a julgamento, antes que se opere a prescrição de que possam eles se beneficiar.

Kleber Amancio Costa kleber.amancio@uol.com.br

São Paulo

______

PILHAGEM

A ascensão de Lula e do PT não trouxeram benefício algum para o Brasil. Nunca a corrupção grassou despudoradamente quanto nesses governos. Todos os dias lemos nos jornais, vemos pelos noticiários televisivos, nas revistas, a pilhagem que estão executando desavergonhadamente. Só os desvios no Ministério dos Transportes, anunciados neste fim de semana nos mostram o dimensionamento destas maracutaias. O mensalão, cujo processo se arrasta no STF, foi um caso para que Lula fosse escorraçado, mas isso não aconteceu, e os desvios de verbas, os superfaturamentos, as propinas, continuaram. Segundo li num jornal, em 8 anos foi desviado do erário o PIB da Bolívia. E Lula continua viajando pelo mundo financiado pelas empresas que beneficiou, tentando manter os interesses destas em outros países, e, para tanto, está recebendo US $ 300 mil por "palestra". Esse é o Brasil lulo-petista, do qual como brasileiro tenho vergonha. E elles continuam querendo tomar o único reduto que ainda não conseguiram tomar, o Estado de São Paulo e a Capital. Se nossos eleitores não abrirem os olhos, acabarão conseguindo, e aí será o fim. Já estamos descendo a ladeira e, caso consigam eleger alguém para a Prefeitura de São Paulo e um governador para o nosso Estado, essa descida será muito mais rápida. Não podemos permitir, vamos à luta, essas passeatas mostram que, aos poucos, estamos abrindo os olhos. Chega dessa gente, queremos por um fim na corrupção e no desgoverno.

Carlos E. Barros Rodrigues carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

______

VERGONHA

A mim não importa que o Marcos Valério tenha entregado o Lula como o chefe do mensalão, pois, na época da falcatrua o então presidente disse que o mensalão não existia,era um simples caixa dois, coisa normal, todo mundo tem, estas palavras deu a certeza de que ele estava no meio , agora cabe a justiça fazer um trabalho serio, incluir seu nome e acabar definitivamente este assunto vergonhoso para a população honesta do Brasil.

Jose Mendes josemendesca@ig.com.br

Votorantim

______

PRATOS LIMPOS

Fala-se muito no julgamento dos torturadores do período da ditadura militar. Sem dúvida a tortura é uma prática condenável em qualquer sociedade que se pretende civilizada. "Tortura nunca mais" deveria ser uma meta a ser alcançada por todo ser humano e principalmente pelo pacífico povo brasileiro. Mas não é o que acontece e a tortura cada vez mais é uma solução que se espalha numa humanidade sem paciência. Em todo caso, se a ideia do julgamento dos torturadores é limpar a sujeira do passado e seguir em frente, com uma sociedade limpa e sem remorsos, sugiro na mesma linha de raciocínio e alertado pelo advogado de Marcos Valério, que os participantes do mensalão sejam denunciados e condenados em sua totalidade, inclusive o maior beneficiado, que foi o ex-presidente Lula. Que as deliberações do Congresso, alcançadas pelo governo Lula, através da prática do mensalão, sejam apuradas, denunciadas e anuladas e que esse crime, como o da tortura, não seja prescrito jamais.

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

______

PRINCIPAL BENEFICIADO

Em qualquer investigação de crime, a pergunta é: quem se beneficiaria com ele? No caso do mensalão, é evidente que o principal beneficiário é Luiz Inácio Lula da Silva. É incompreensível que ele tenha ficado fora do processo.

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

______

CADÊ O DESMENTIDO?

Ué? O homem não tinha dito que ia aproveitar esse ano pra desmentir o mensalão? Até agora elle tá tão quietinho...

Ricardo Marin s1estudio@ig.com.br

Osasco

______

QUESTÃO DE EDUCAÇÃO

Não condenando os mensaleiros, vão deixando de fora os que sabem todas as maracutaias do sr. Lula, José Dirceu e Marcos Valério, que agora está acusando o sr Lula?! Chega, srs. políticos, podemos fazer a mesma coisa que os , árabes egípcios fizeram! Ou vocês acham que temos sangue de barata e vamos aguentar essa corrupção deslavada, que dando uma esmola de bolsa família está calando a boca do povo que tem o desplante de dizer que não está nem ai com a corrupção, pois todo mundo rouba! Esse e o pensamento de 85% da população! Povo educado não tolera corrupção. Pois é, quando o nosso povo será educado o suficiente para mudarmos este país e termos orgulho de transformarmos este país num país com pessoas éticas, educadas e honestas?!

Cecilia Miklos Dale ceciliamdale@hotmail.com

São Paulo

______

FORÇAS ARMADAS DO DIRCEU

Ultimamente José Dirceu tem falado muito que o Brasil precisa reequipar suas forças armadas, para poder defender nosso território contra inimigos, cuidar de nossas fronteiras. Será que ele foi acometido de inédito sentimento patriótico nunca antes demonstrado? Possivelmente não. Vocês lembram que o ex-presidente Lula queria comprar sem concorrência os jatos Rafale do seu amigo Sarkosy? Pois é, o negócio gorou, a presidente Dilma não comprou, mas não desistiu, certamente vai abrir concorrência com o sueco Gripen, o americano F-16 Falcon americano, o jato mais testado em combate no mundo. Tem ainda o exército com seus tanques pré-históricos e a marinha com seus museus submersos e flutuantes. São bilhões de dólares, que o "consultor'' Zé Dirceu já deve ter detectado, não vai ficar de fora de jeito nenhum, já deve estar trabalhando no assunto, armando suas forças.

João Henrique Rieder rieder@uol.com.br

São Paulo

______

PROTEÇÃO

Qual seria a intenção de José Dirceu ao cobrar mais investimentos nas Forças Armadas? Alega ele que é para o país ter uma defesa própria regional do Atlântico Sul para proteger nossas riquezas. Proteger de quem se os bandos e quadrilhas estão sediados no Brasil?

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

______

EM QUEM CONFIAR?

Aconteceu aquilo que todos imaginavam. Foi confirmado o que todos já sabiam mas não queriam acreditar: ou seja, havia policiais envolvidos na morte da juíza Patrícia Acioli. Em 11 de agosto ao chegar em sua casa no Rio de Janeiro, foi encurralada por três meliantes assassinos que disparou em sua direção dezenas de vezes deixando seu carro perfurado como uma peneira. Os três assassinos trabalhavam no grupo de ações táticas do 7°BPM, em São Gonçalo, coincidência ou não mas os "policiais" já estão atrás das grades pelo assassinato de um rapaz de 18 anos. Qual a motivação do homicídio? No cumprimento da lei a juíza teria decretado a prisão desses policiais poucas horas antes de ser morta, pelo assassinato do jovem, agora ficou mais que claro que esses policiais são os executores do jovem. A advogada de um dos militares recebeu de Patrícia a informação de que seriam incluídos no processo, e lhe passou a informação. Como já vinham trabalhando com a possibilidade de matá-la havia um mês, foi a gota d''água que faltava, foi só seguir a juíza na saída do trabalho e cometer o crime, na expectativa de que não tivessem as prisões decretadas. Só esquecerão que não existe crime perfeito, quando a polícia quer ela descobre. Porém, o que se espera agora é que sejam julgados e condenados pelos crimes que cometeram, que apodreçam numa cela imunda de um presídio da cidade "maravilhosa". Como podemos confiar na polícia, que tem entre suas premissas guardar a vida dos cidadãos, diante desse fato? Esses são os verdadeiros policiais canalhas e bandidos, que para encobrir um crime, comete-se outro, esses animais são capazes de tirarem a vida das próprias mães. Apesar de saber que casos como o de Patrícia são pontuais e que a maioria dos policiais é honesto e busca sobreviver com um mísero salário, colocando a vida em risco diariamente, esse assassinato da juíza denigre, sim, a imagem da corporação. Além disso, faz com que a população desacredite cada vez mais na atuação dos militares e na justiça, visto que agora, os magistrados, além de temerem os criminosos, precisam tomar cuidado com a polícia. era só o que faltava para que a impunidade continue prevalecendo no país.

Turíbio Liberatto turibioliberatto@hotmail.com

São Caetano do Sul

______

POLICIAMENTO SOB SUSPEITA

Em Curitiba e região metropolitana está havendo muitas mortes de bandidos que estão sendo executados pela policia com o pretexto sempre de ter havido "troca de tiros", e "auto de resistência", muitas, e na sua maioria das vezes policiais com o instinto criminal forjam "confronto" para esconder suas vocações homicidas. Nestes casos cadê a Justiça, o Ministério público que não investigam estes constantes e desconfiáveis casos, que viraram rotina na grande Curitiba? Pois se depender dos Comandos das Policias nunca haverá investigação e tão pouco punição alguma. No Rio de janeiro, uma competente e brilhante magistrada Patricia Acioli daquele estado f oi executada por este tipo de marginal, um dos piores diga-se de passagem, que são os bandidos travestidos de policia, que usam instrumentos e aparelhamento do estado para cometer crimes.Após treze dias de haver um "confronto" na favela do salgueiro, executaram sumariamente um jovem a juíza decretou a prisão dos mesmos e tão logo foi morta. Até quando a Justiça do Paraná vai se omitir a tanta carnificina que são praticados pelas milícias da força publica que existe sim em Curitiba e região, policias que usam a estrutura da segurança publica do privilegio de captar informações, de seus treinamentos na segurança publica, em academias, pagos pelo poder publico para com o pior instinto, cometem barbáries contra cidadãos que deveriam sim serem, atuados e não executados! Muitas execuções nas vilas de Curitiba grupos poderosamente armados e com capuz chegam se identificando como policiais e atirando a revelia como foi um caso recente no bairro Órleans durante uma churrascada entre amigos, onde a maioria das vitimas eram inocentes e crianças inclusive baleadas por covardes que não mostram a cara. Mais recente ainda um grupo de PMs de folga resolveram mandar bala em um veiculo porque suspeitaram estarem ocupados por bandidos, acertando quase mortalmente em um jovem de quinze anos, inocentes! Quem deve mostrar a cara nestes casos e é para ontem é a Justiça paranaense, as varas criminais que parecem estar sedadas aos fatos monstruosos que ocorrem nas caladas das noites de nossas cidades. Justiça!

João Machado joaomachado2009@bol.com.br

Curitiba

______

EDMUNDO

Até que enfim terminou o dilema do ex-jogador Edmundo. Com tantos infratores, cujas irregularidades não foram menores da que a dele, continuam por aí, como se nada tivesse acontecido. Ele errou? Errou. Mas e as mães dessas moças que estavam com ele? Não erraram também não? Para punir Edmundo, teriam que punir também: Alexandre Pires, Malu Mader, Felipe Camargo, Stephan Nercesian, o filho do ex-ministro Odacir Klein e tantos e tantos outros. Agora, parem de falar do Edmundo. Ele já deixou de ser

global há muito tempo.

Sebastião Paschoal s_paschoal@hotmail.com

Rio de Janeiro

______

FÉ E PÁTRIA

Li o artigo escrito pelo Dom Odilo P. Scherer Ter fé em Deus é bom para a Pátria?, em que o mesmo diz que a "fé em Deus e amor à Pátria não se excluem" e que "um bom cristão deve ser também um bom cidadão". Embora Dom Odilo tenha o direito de expressar seu ponto de vista, ele foi tendencioso ao dizer que para ser um bom cidadão; demonstrar amor à pátria; práticas de respeito, justiça, honestidade para o convívio em sociedade; ações de caridade, compaixão e solidariedade; importância, dignidade, direitos, liberdade e sentido de nossas vidas; bases sólidas para valores e virtudes que servem com guia de nossas vidas nas esferas pública e privada são exclusivos de pessoas cristãs e que crêem em deus. Dom Odilo deveria levar em consideração que o Brasil é um país multicultural e que há cidadãos que exercem diferentes credos e que acreditam em diferentes deuses; cidadãos que não seguem religião alguma e cidadãos que não crêem em deuses; e que possuir crenças, ideologias e filosofias diferentes do cristianismo não faz esses brasileiros serem menos cidadãos e amarem a pátria menos. Um cidadão brasileiro que não é cristão e que não acredita no deus cristão não significa que ele não seja capaz de praticar respeito, justiça e honestidade para conviver em sociedade; que ele não seja capaz de fazer ações de caridade e de demonstrar compaixão e solidariedade; que este cidadão não tenha importância, dignidade, direitos, liberdade e sentido em sua vida e que ele não tenha bases sólidas para valores e virtudes para guiar sua vida nas esferas públicas e privadas. Ateus, agnósticos e não-cristãos não são cidadãos de segunda categoria e jamais deveriam ser tratados como tal por não pertencerem à maioria religiosa deste país.

Michelle Araújo Silva michelle.asilva@gmail.com

Ouro Branco (MG)

______

REALIDADE E TESE RELIGIOSA

Ao afirmar em seu artigo que "ter fé em deus" é bom para a pátria, o cardeal-arcebispo de São Paulo também está dizendo, inescapavelmente, que os indivíduos sem a mesma fé não são tão bons para a pátria quanto os demais - isso se não são maus. Mas a realidade, como sempre, desmente a tese religiosa. Afinal de contas, como é possível que os cristianíssimos países de terceiro mundo como o nosso estejam em lamentável situação, enquanto países tão cheios de descrença como França, Bélgica e Alemanha, cheios de ateus, estejam em posição tão melhor? Com seu preconceito aberto, Scherer consegue de uma vez só alienar metade da humanidade que não comunga do cristianismo e nem do islamismo, sentenciando-nos à condição de cidadãos de segunda categoria. Se é um ultraje dizer que "não ser judeu é bom para a pátria", como pode ser aceitável afirmar que "não ser ateu é bom para a pátria"?

Daniel Sottomaior, presidente Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos atea@atea.org.br

São Paulo

______

SEM RELIGIÃO

Sou Jonas Erik, desenvolvedor web e não tenho religião, sou um humanista secular. Li o artigo com o título "Ter fé em Deus é bom para a Pátria?" e não fiquei muito feliz. Vejo o site do estadão num todo, como um importante meio de informação. Dessa forma fica difícil assimilar tal artigo. Está certo que foi publicado na sessão de opinião, mas ele não é informativo e muito menos jornalístico. Um cardeal não tem condições de dar um parecer como uma verdade, nem mesmo a ciência tem. Como ele pode ser tão determinista nesse assunto sobre estado e religião, sem base antropológica. Ele só tem como defender, e de forma partidária, a sua visão de mundo. As pessoas que não tem religião ou simplesmente não acreditam em divindades estão sendo excluídas desse ''artigo'', ou melhor, não estão sendo excluídas, mas implicitamente estão sendo citadas como algo ou prática que não é bom.

Jonas Erik Barreto thejohnnyerik@gmail.com

Santo André

______

NÃO CONCORDEI

Considerei altamente tendencioso o artigo, visto que foi escrito por um teísta de uma religião específica e o mesmo manteve a linha de visão do artigo nessa única visão.

Cláudio Boaventura Braz Lima claudioateu@gmail.com

Taguatinga Norte (DF)

______

VERDADES

Opiniões desse tipo não deveriam ser publicadas com o apoio tão forte de um meio de comunicação em massa, dada a diversidade de crenças e descrenças no Brasil e no mundo. Não estou afirmando que devem ser publicadas apenas documentações, ou que as opiniões de quaisquer um devam ser de tal forma que toda a sociedade concorde. O problema de um texto como aquele é que, se a afirmação "Além de cumprirem os seus deveres cívicos, como os demais cidadãos, as pessoas de fé têm uma contribuição própria a dar para o bem da Pátria" é tida como verdadeira, também é verdadeiro que "as pessoas que não tem fé não tem uma contribuição própria para dar ao bem da Pátria". Uma ofensa a todos os não-cristãos (isto por que o texto fala apenas de cristãos). Esse exemplo dado pode se repercutir por todo o texto.

Leandro Viana Braga leandroviana88@hotmail.com

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.