Cartas - 19/12/2010

FIM DE FESTA

, O Estado de S.Paulo

19 Dezembro 2010 | 00h00

Desalento

Como é desanimador para o cidadão brasileiro (de bem) assistir a tanta desfaçatez e nada poder fazer. É Maluf conseguindo (mais uma vez) burlar a lei; são os parlamentares aumentando os próprios salários em 61,8% (enquanto os aposentados e assalariados ganham merrecas); é o Tiririca, analfabeto, ganhando uma cadeira para "representar" os paulistas na Câmara dos Deputados e com suas palhaçadas faturar 51 salários mínimos por mês (fora as mordomias!); é o Estadão censurado há mais de um ano (506 dias) - e nada acontece. E daí? Daí que o maior culpado por isso tudo é o próprio povo, que faz suas escolhas sem medir as consequências. Dona Dilma toma posse dia 1.º de janeiro. Aí, sim, vamos começar a conviver com a verdadeira "herança maldita".

SERGIO EDUARDO STEMPNIEWSKI

sergueistemp@uol.com.br

São Paulo

A maldita herança

À sua herdeira o presidente da República lega um povo viciado em panis et circenses, capaz de suportar sem reações os golpes de seus legisladores.

HELENA RODARTE C. VALENTE

helenacv@uol.com.br

Rio de Janeiro

Outro legado

A degeneração do Estado nos últimos oito anos e a sujeição vexatória da presidente eleita, Dilma, à malta dos políticos sem compromissos com eleitores, programas e valores morais são legados que o presidente Lula poderia, sem nenhuma contestação, também ter registrado em cartório.

NILSON OTÁVIO DE OLIVEIRA

noo@uol.com.br

São Paulo

Conjunto vazio

A enciclopédia ilulistrada que relata, em oito volumes, os feitos que o seu autor obrou deveria ter sido registrada em cartório de protestos. O Tiririca, que, igualmente sem fazer nada, já é bastante aplaudido e goza de popularidade tão grande quanto, poderia ter assinado o prefácio.

FLAVIO MARCUS JULIANO

opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

Despedidas

De tão banalizado, nem se diz mais que elogio em boca própria é vitupério. E o outrora tão censurado culto da personalidade hoje infla os índices de popularidade. Amanhã será um outro dia.

JAIRO P. GUSMAN

jairogusman@gmail.com

São Paulo

Mudança

É, teve início o caminho de volta às origens.

OSCAR ROLIM JÚNIOR

rolimadvogado@ibest.com.br

Itapeva

Carga pesada

Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, o Brasil subiu quatro posições e ocupa o 14.º lugar no ranking dos países com maior carga tributária. Nós, brasileiros que pagamos todos os impostos em dia, é que recebemos uma herança maldita do governo Lulla. Aproveito para me despedir delle: fora, Lulla!

M. CARMEN DEL BEL T. GOULART

carmen_tunes@yahoo.com.br

Americana

Ficção

O livro do Lula vai ser como o filme dele, ao qual quase ninguém assistiu: um fracasso. Será somente para quem gosta do gênero ficção e tem imaginação fértil.

JOSÉ MENDES

josemendesca@ig.com.br

Votorantim

TREM DA ALEGRIA

Sangue de barata

Na Grécia há repetidos distúrbios para protestar contra medidas de austeridade. No Brasil o Congresso Nacional dá uma demonstração descabida de generosidade em causa própria e não há um cidadão sequer a levantar a voz em protesto! Temos todos sangue de barata!

JOÃO U. STEINBERG

justeinberg@terra.com.br

São Paulo

Combate

Não é com palavras que se combatem aumentos de salário de políticos. Vamos às ruas, sigamos o exemplo de Roma, Londres, etc.

MARIA ISABEL BRANDÃO

rimartil@yahoo.com

São Paulo

Bastilha

Acho que deveríamos fazer uma campanha para arrecadar fundos e confeccionar e mandar para cada congressista um resumo de como começou a Revolução Francesa de 1789. E, de brinde, anexar uma miniatura de guilhotina...

CARLOS TULLIO SCHIBUOLA

schibuolact.@ig.com.br

São Paulo

Ação popular

Se com 1,3 milhão de assinaturas se pode conseguir derrubar essa aberração que é o aumento de até 148% nos salários de presidente, vice, ministros, deputados e senadores, equiparando-os aos dos ministros do STF, esta pode ser a primeira das assinaturas.

PAULO CORRÊA LEITE

paulocleite@bol.com.br

São Bernardo do Campo

BOAS-FESTAS

O Estado agradece e retribui os votos de feliz Natal e próspero ano-novo de Antonio Salim Curiati, Carlos Benedito Pereira da Silva, Casillo Advogados, Célio Gurfinkel Marques de Godoy e José Marques de Godoy, Celita Procopio de Carvalho-Fundação Armando Alvares Penteado, Dario A. Passarella, Fernando D"Ávila e família, Gladys e Cristovam Buarque, José Francisco Peres França, José Leonardo Ferraz Monaco, José Ruy Veloso Campos, Laert Pinto Barbosa e família, L. Arthur Conceição, Lojas Marisa, Lucia Helena Flaquer, Luiz Dias, Maria Apparecida Tricta Sallum Neme e Paulo Dias Neme, Maria Tereza Murray, Neuza e Adauto Lusvarghi, Nicole Barros e equipe NB Press, Paul Morin (Paulo Hirano), Paulo Augusto Nunes Ferreira, Paulo de Lacerda, Patricia Salinas, Pedro Ernesto Py-presidente do Conselho Deliberativo Viva Pacaembu por São Paulo, Portal VoIT, RD online-Repórter Diário, Regina Teles, Reinaldo Amaral, Renato Delmanto-Votorantim Participações S.A., Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul, Revista CityPenha, Rubens Colonezi, Rui Falcão, Sadao Nakai, Sangari, Sebastião Bonfá, Singular Arquitetura de Mídia e Tonico Senra Assessoria de Imprensa.

"Salário mínimo de R$ 600 só em 2013, 10% para os aposentados, nem pensar. Em compensação, vêm aí a CPMF e uma centena de novos cargos de confiança"

GUSTAVO GUIMARÃES DA VEIGA / SÃO PAULO, SOBRE O AUMENTO DE SALÁRIO DOS POLÍTICOS

gjgveiga@hotmail.com

"Quero meu voto de volta!"

CELIA PINOTTI / SÃO PAULO, IDEM

celia_pinotti@hotmail.com

"As páginas do "Estadão" são insuficientes para conter toda a indignação dos brasileiros"

LUIGI VERCESI / BOTUCATU, IDEM

luver44@terra.com.br

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL:742

TEMA DO DIA

Sonda chega ao limite do Sistema Solar

Voyager foi lançada há 33 anos e é o objeto feito pelo homem que se encontra mais distante da Terra

"Essas naves são o cume da civilização e eu acompanho essa epopeia desde os meus 13 anos."

LEONARDO KOPPES

"Ela só chegará a outras galáxias se atingir a velocidade da luz - impossível pelas leis de Einstein. Saber o que há entre as galáxias ficará somente na imaginação dos cientistas."

NELSON ALMEIDA

"É incrível que essas sondas ainda funcionem bem."

ROLANDO SILVA

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

DESFAÇATEZ

''Lula dá indenização milionária para UNE construir sede no Rio.'' É isso mesmo, dá!!! Vejam até onde pode ir a desfaçatez de um governo que, além das verbas já entregues, reforça o caixa de uma entidade que frauda, forja orçamentos e não presta contas dos recursos públicos recebidos (18/12, A8). Esse é o apreço que o sr. Luiz Inácio da Silva tem pela educação, mas acabar com a ignorância do nosso povo, jamais! ''Molhar'' a mão dos líderes estudantis pode. E sabem mais? O povo brasileiro merece.

Eduardo Augusto de Campos Pires eacpires@terra.com.br

São Paullo

_________________________________

DINHEIRO PÚBLICO NO LIXO

A notícia de que o governo federal deu R$ 45 milhões à UNE como indenização é inacreditável. Somos obrigados a concluir que temos um presidente absolutamente irresponsável. Entregar uma fortuna de dinheiro público como aquela nas mãos de soi-disants estudantes, que, na verdade, nunca estudaram nem trabalharam e por isso não sabem dar valor ao dinheiro, porque jamais incorreram em custo para obtê-lo, é crime de responsabilidade. E, ademais, se aquela soma se destina à construção da nova sede do antro de agitadores travestidos de estudantes que sempre foi a UNE, qual a justificativa de creditar de cara na conta da entidade R$ 30 milhões, se este valor não vai ser gasto de uma vez? Somente quem nunca trabalhou de fato, suando para ganhar o pão de cada dia, e sempre viveu à custa de sindicato e de partido, e por isso não tem noção do custo do dinheiro, como os estudantes beneficiados, poderia cometer o desatino de doar R$ 45 milhões do erário a uma entidade que não tem nem nunca teve razão de existir. E pensar que um governador cupincha cometeu o despautério de dizer que o atual (graças Deus por mais 13 dias apenas) presidente é o maior político que o Brasil produziu!

Paulo Afonso de Sampaio Amaral drpaulo@uol.com.br

São Paulo

_________________________________

BRASIL, PAÍS DE ''POUCOS''!

É farra só, com o ''noço'' dinheiro. Primeiro, o generoso aumento dos políticos safados, democraticamente aprovado em tempo relâmpago, em causa própria, pelos ''nobres'' representantes do povo. Um modesto aumento de 61,83% - para o/a presidente 134% e para os ministros 149% -, diante de uma inflação oficial de 20,9% no período. E isso, lógico, sem prejuízo da também generosa verba mensal indenizatória em torno de R$ 15 mil para cada um e outras tantas benesses para custear o aluguel, a gasolina, a alimentação, o telefone, as viagens aéreas (com família e afins), despesas que o cidadão comum paga do salário que recebe. É revoltante, para não dizer coisa pior. E eis que se noticia nova e farta distribuição de grana, desta vez para a UNE. Rapidamente, ainda antes da despedida, o ''noço'' presidente libera uma modesta verba de R$ 45 milhões para uma discutida instituição que se destacou, no passado, por fraudar convênios, forjar orçamentos e não prestar contas sobre dinheiro público recebido. Mas basta ter ''lutado'' bravamente contra a ditadura e a verba indenizatória corre fácil e solta. Não é como no caso de aposentados, por exemplo, que, além de não receberem da Previdência Social aquilo que lhes é devido por terem contribuído, religiosamente, durante todo o período de atividade, ainda têm, após mais de dez anos, descontado a metade ou mais da sua ''generosa'' aposentadoria, para que o nosso exemplar INSS se ressarça de ''prejuízos'' sofridos em razão de irregularidades cometidas pelos seus próprios, com certeza, incompetentes funcionários, na hora de calcular o benefício. Essa é a verdadeira cara do nosso país de hoje, o PAÍS DE ''POUCOS''.

Dietmar Rother rother@teknobank.com.br

SÃO PAULO

_________________________________

MEMÓRIA FRACA

Por que ninguém mais se lembra de que, quando a UNE foi incendiada, em 1964, José Serra era então o seu presidente? Não bastasse o incêndio, mais tarde até o prédio foi demolido. Talvez o Marco Aurélio Garcia ainda se lembre. Ele foi vice-presidente da União Nacional dos Estudantes dois anos antes. Se ele não se lembrar mais, o Arnaldo Jabor deve se lembrar, porque, como responsável pela produção cultural da entidade, tentou salvar do incêndio material do Centro Popular de Cultura.

Rogerio Belda rbelda@terra.com.br

São Paulo

_________________________________

DESPERDÍCIO

Como se não bastassem os desvios de milhões de reais dos cofres públicos para as entidades fantasmas, com o intuito de promover festinhas que nem existiram, agora os milhões adicionais para pagar aos nossos congressistas, e ainda os R$ 45 milhões destinados à sede da UNE coroam essa farra com o nosso dinheiro suado dos impostos escorchantes.

Enquanto isso, o sr. Henrique Prata, digníssimo dirigente do Hospital do Câncer de Barretos, viaja para Brasília e visita diversos canais de televisão para pedir ajuda para o seu tão valioso hospital poder fechar as contas de 2010, com R$ 12 milhões no vermelho.

É preciso se indignar, povo brasileiro! Assim não podemos continuar.

João M.Ventura joaomv@terra.com.br

São Paulo

_________________________________

AÇÃO DE GRAÇAS...

Se já não bastassem esses desvios criminosos de verbas parlamentares para entidades fantasmas, nas barbas do Planalto, muito bem denunciadas pelo Estadão, agora, em fim de mandato, o Lula resolve dar um mimo de R$ 45 milhões à UNE. Ou entidade de aluguel do PT...

Para que serve hoje em dia essa União Nacional dos Estudantes?! Na hora do mensalão, dos sanguessugas, dos dossiês da Dilma, da quebra de sigilo do Francenildo e da Receita Federal contra contribuintes, por que se esconderam covardemente e não foram às ruas contra essas mazelas?!

Na realidade, quem não respeita o País é o Lula...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

_________________________________

INDENIZAÇÃO

Por ser pelega, A UNE tem em R$ 44,6milhões para sua sede.

Pela calhordice do projeto, Oscar Niemeyer passa dos 100...

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

_________________________________

A UNE E SUA RIQUEZA

Os bons guerreiros da História são os heróis desapegados de interesses materiais e comprometidos com os ideais que os levam às refregas. Alexandre, o Grande, destinava os despojos de seus confrontos bélicos à Academia de Aristóteles, seu preceptor, em Atenas, fato que despertou a ira dos governantes gregos e provocou o exílio do filósofo, que veio a falecer um ano depois. A UNE receberá mais de R$ 40 milhões como indenização paga pela União Federal pelo incêndio de sua sede durante o bom combate de 1968. Sugestão: seus atuais dirigentes devem dirigir esses expressivos recursos à educação das crianças carentes e excepcionais. Veremos...

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

_________________________________

BARBARIDADE

No calar da noite de seu mandato, Lula prega mais uma na população, destinando uma indenização milionária à UNE de R$ 45 milhões, por perdas na época da ditadura. Vale lembrar que os mesmos já haviam recebido, duranto o mandato do ''cara'', R$ 42,872 milhões. Cada brasileiro deve entender o gesto tão generoso como achar mais conveniente, lembrando apenas que, por período exatamente igual, Fernando Henrique Cardoso destinou R$ 1,137 milhão. Ou seja, mais uma ''barbaridade''.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_________________________________

SUBSERVIÊNCIA

R$ 44 milhões é o preço cobrado pela UNE para ser subserviente ao governo Lulla e se perpetuando no governo Dillma! E pensar que o Collor caiu por causa de um Fiat Elba pela força dos "caras-pintadas" da UNE antiga. Pelos escândalos acontecidos na sala ao lado do presidente Lulla e a UNE nada fez, fica entendida agora a força$$$ do cala-a-boca. Por esse preço irão até a Lua defendendo qualquer governo!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

_________________________________

SEM MAIS ESPERANÇA

Nossa esperança eram os estudantes, contudo, diante de tanta apatia que vejo na classe estudantil, o sentimento é de desesperança. Será que é pelos R$ 45 milhões que o presidente liberou à UNE? Não se esqueçam que eles levaram mais de R$ 2 bilhões na canetada.

Isael Coleone isael.coleone@itelefonica.com.br

Indaiatuba

_________________________________

DIREITOS HUMANOS

Enquanto a população é massacrada diante dos olhos impassíveis do governo, pedófilos a torto e a direita catam nossas crianças e destroem seu futuro, mulheres mortas e agredidas às centenas diariamente, milhares de presos que já cumpriram suas penas abarrotando as cadeias fétidas deste país, e outras mazelas mais, a deputada Maria do Rosário (PT-RS), futura ministra dos Direitos Humanos, nem assumiu e já mostrou a que veio. Disse que vai defender a adoção de crianças por casais homossexuais, quer que as leis que criminalizam a homofobia sejam aprovadas sem passar pelo Congresso e a concessão de aposentadoria e benefícios previdenciários a prostitutas. É por essas e outras que a instituição Direitos Humanos no Brasil não tem a mínima moral perante a população. Queria saber o que mais cabe debaixo do sovaco dela.

Jatiacy Francisco da Silva www.lettersofjatiacy.wordpress.com

Guarulhos

_________________________________

FALTOU AVISAR À CORTE

A Corte Internacional de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) condenou o Brasil por não ter punido os responsáveis pelas mortes e desaparecimentos de 62 pessoas durante o regime militar. Ora, que moral tem essa instituição, dominada por marxistas e bolivarianos, para fazer tal cobrança? E os 100 mil mortos pela família Castro? Está na hora de comunicar à tropa da OEA, que beija as botas de Fidel Castro e recebe ordens de Hugo Chávez, e tambem ao sr. Paulo Vannuchi, que a mais alta Corte de Justiça do País, em abril de 2010, por 7 votos a 2, julgou constitucional a Lei de Anistia e que o Brasil ainda é um país soberano, apesar da falta de caráter e hombridade de alguns dirigentes.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

_________________________________

SOBERANIA ARRANHADA

A recente decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos OEA obrigando a nossa Justiça a acionar as Forças Armadas para localizar os despojos dos subversivos mortos, punir os militares responsáveis pela sua morte e, ainda, indenizar as famílias dos desaparecidos na guerrilha do Araguaia, além de irresponsável, fere os princípios legais da soberania brasileira.

O Supremo Tribunal Federal já se manifestou sobre a matéria, considerando a Lei da Anistia (n.° 6683/79), promulgada pelo governo João Figueiredo, legal e justa para os dois lados da questão, os sublevados e as forças legalistas. Quando tudo parece terminado, vem a eterna ladainha dos perdedores.

Podemos levantar duas premissas que envolvem aspectos de procedimentos de campanha dos militares e outros referentes à defesa interna. Os militares das Forças Armadas são treinados e adestrados para "cumprir ordens". Este é um princípio basilar do funcionamento dessas Forças. Nada é feito aleatoriamente. Nesse cumprimento de ordens estão inclusos a disciplina e a hierarquia. Um combatente quando vai para a guerra só pensa em defender e morrer pela pátria, até a família é relegada a segundo plano. Quando o militar morre em combate, não se culpa ninguém. Quase sempre é promovido ao posto superior e a família recebe a pensão militar, que é dinheiro descontado do próprio soldo do falecido para um fundo administrado pelo governo. É assim que a coisa funciona. Os combates do Araguaia foram guerra de defesa interna, até que se prove o contrário. O resto é lengalenga de revanchistas.

José Batista Pinheiro batistapinheiro30@yahoo.com.br

Fortaleza

_________________________________

CONVERSA FIADA

A OEA condenar o Brasil por impunidade no Araguaia é alarde que não passa de mais um capítulo lacônico vindo desse órgão, que só existe no papel, mas não serve para nada. Igual à ONU. Exemplo: quando da Guerra das Malvinas, a OEA enfiou o rabo entre as pernas e ficou só no discurso, deixando a Argentina órfã de pai e mãe. O mesmo aconteceu com a ONU quando da invasão do Iraque pelos Estados Unidos e aliados. Assim, é um descaso atrás do outro. Outra questão para ser revista com brevidade, por entidades mais confiáveis, é essa conversa fiada de direitos humanos. A maior impunidade está embutida nesses tais direitos, principalmente na maioria das republiquetas de bananas, que compõem a OEA.

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

_________________________________

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Será que agora, depois que a OEA decidiu condenar o Brasil pela impunidade no episódio dos insurgentes do Araguaia, quando foram mortos guerrilheiros que participaram da luta armada e pretendiam tomar o poder para impor ao País uma ditadura comunista, essa organização também vai condenar a Colômbia pelo homicídio, atribuído aos militares daquele país - exatamente como aqui -, de dezenas de insurgentes comunistas, entre eles os notórios Iván Ríos, Negro Acacio, Raúl Reyes e Jorge Briceño, conhecido como "Mono Jojoy" ?

Silvio Natal silvionatal49@yahoo.com.br

São Paulo

_________________________________

ARAGUAIA

Convenientemente, a mesma OEA que condenou o Estado brasileiro por conta da guerrilha do Araguaia "esqueceu" de também condenar responsabilizando ao PC do B e seus dirigentes (que, aliás, até hoje nunca renunciaram a sua ideologia autocrática neandertal) por terem enxaguado os cérebros de jovens universitários cheios de idealismo para, usando armas de guerra, embrenharem-se no mato e lutarem contra soldados do Exército Brasileiro?

Assim é fácil fazer ''justiça''...

Paulo Boccato pofboccato@yahoo.com.br

São Carlos

_________________________________

E OS SOLDADOS?

Se os facínoras da esquerda devem receber uma indenização pelas atrocidades cometidas, conforme determina a OEA, também como ex-soldado, que combateu esses terroristas e guerrilheiros que queriam implantar um regime do tipo maoísta, leninista, stanilista, castrista em nosso país, pervertendo a democracia (que hoje desfrutamos), e muitos desses guerrilheiros fazem parte do poder, legitimamente eleitos, e não colocados no poder através de sangue de inocentes, como nos regimes que eles tanto admiravam; pela nossa luta pela democracia pura, ex-soldados das Forças Armadas deveriam receber também uma indenização por pressão psicológica que sofremos quando dos telefonemas desses terroristas com ameaças. Indenização não milionária como as que estão sendo pagas a esses, mas algo para dar condições melhores a muitos ex-soldados das Forças Armadas que hoje vivem somente com os proventos minguados do INSS. Se é para fazer Justiça, que seja ampla, geral e irrestrita.

Walter Francisco Barros walterfbarros@yahoo.com.br

Araçatuba

_________________________________

CAOS AÉREO

Desde o fatídico acidente da Gol e depois o da TAM, o governo vem empurrando com a barriga a solução dos aeroportos. De lá para cá os problemas só aumentaram. No auge da crise do apagão aéreo, muitas promessas foram feitas, mas nada saiu do papel. A Anac, agência que foi criada para regular o setor e fiscalizar as empresas aéreas, mudou de função e passou a protegê-las, deixando o passageiro refém das companhias. Em véspera de mais um final de ano, os aeronautas sinalizam com uma greve. Segundo o sindicato, desde setembro as propostas foram encaminhadas às companhias aéreas. Pelo visto, os passageiros pagarão o pato da incompetência e do modelo de gestão retrógado e demagogo. Por seu lado, o governo enaltece o fato de mais pessoas terem acesso às viagens aéreas, mas o sistema está falido. Funcionários sobrecarregados em suas funções, recebendo salários aviltantes, enquanto as companhias enriquecem. O novo governo deixará tudo igual, pois nem as moscas foram trocadas.

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

_________________________________

APAGÃO

A Fentac decretou mais que um estado de greve, a partir de 23/12, determinou a oficialização de uma chantagem, tendo em vista estarmos no período do ano com maior incidência de férias coletivas, acordada pelas empresas juntos aos sindicatos. Definitivamente, os usuários da aviação civil neste país não sofrem só com a abandonada infraestrutura aeroportuária, mas também com a leniência do governo petista a toda e qualquer manifestação sindical, mesmo quando o dano de um apagão aéreo ponha em risco outros trabalhadores, que cumpriram suas obrigações e no gozo merecido de suas férias fiquem abandonados nos aeroportos.

Francisco José Sidoti fransidoti@terra.com.br

São Paulo

_________________________________

TUDO DE NOVO

Aeroviários convocam greve geral para 23/12. Reivindicam melhores salários. Deveriam reivindicar melhores condições de trabalho. Políticos é que reivindicam e se dão polpudos aumentos aos seus ótimos salários. Aeroviários trabalham mais do que devem e em condições precárias de equipamentos e instalações. Descobriu-se isso no final de 2006, com a queda do avião da Gol. Hoje, ao chegar a um aeroporto, o caos começa na hora de estacionar o carro. Não há vagas, as circulações são subdimensionadas, as distâncias a percorrer são enormes e os valores cobrados são exorbitantes. Com a Copa e a Olimpíada pela frente, os políticos, aqueles que já ganham bem, vão retardar as reformas de todo o sistema de transportes do País até a véspera dos eventos e, com os prazos estourando, vão justificar os aditivos estratosféricos aos contratos firmados com a distribuição farta de propinas a todos os "cumpanheiros" envolvidos. Lula, enquanto isso, registra as ações de seu governo em cartório...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_________________________________

A AMEAÇADA GREVE

Como é sabido, o funcionamento de nossos aeroportos, sobretudo nos finais de ano, deixa muito a desejar. Cancelar e/ou adiar voos tem-se tornado rotina em nosso país. Tal situação, por si angustiosa, tende a se agravar com a aunciada greve de aeroviários para as vésperas de Natal. Reguladas por lei, tais paralisações por certo não deveriam perturbar quem não lhes deu causa. Os passageiros, por exemplo, que já andam à mercê de Deus, esperando partidas que se postergam, estarão sujeitos agora a maiores transtornos. Em lugar de com a família comemorar o final de um ano, aguardando melhores dias no próximo, preparem-se para encontrar sem ninguém os balcões das aerovias. Será que os organizadores dessas paredes não colocarão a mão na consciência, pelo menos adiando um pouco suas reivindicações?

Jairo P. Gusman jairogusman@gmail.com

São Paulo

_________________________________

"GOVERNO POR COTAS"

Parabéns ao almirante Mario Cesar Flores pela lucidez e objetividade da sua análise da nossa realidade política (18/12, A2). Esse texto deveria ser enviado a todas as nossas escolas e, principalmente, debatido em nossas universidades. Parabéns também ao Estadão por proporcionar aos seus leitores essa aula de ética, que deveria existir, na conduta da política e do governo brasileiro.

Marco Antonio R. Nunes nunesmarcelao1@ig.com.br

Pindamonhangaba

_________________________________

APROVAÇÃO DE LULA

"Taxa de desemprego cai para 5,7%", noticiou o Estadão. Atingimos o pleno emprego, comentou Celso Ming em sua coluna. Ao mesmo tempo, a venda de carros disparou em dezembro e o comércio espera o melhor Natal da década. Enquanto países na Europa quebram e recorrem ao FMI, aqui a coisa vai indo muito bem, obrigado. Enquanto isso, neste Fórum dos Leitores, vários cidadãos não entendem por que Lula tem 87% de provação. Para eles, quem aprova o presidente seriam os brasileiros ignorantes, desonestos, recebedores do Bolsa-Família... Queria deixar bem claro a essas pessoas que nós, que aprovamos o governo, não somos nada disso. Vocês é que são um bando de chatos, eternamente ranzinzas e mal-humorados.

Walter José Galindo Decker arq.walter@ibest.com.br

Santos

_________________________________

CÍRCULO VICIOSO

É o óbvio ululante dizer que a culpa da má qualidade dos políticos que temos é do povo que os elegeu. Mas é preciso lembrar sempre que o despreparo cultural do povo é conseqüência direta da quantidade de verba que os políticos destinam à Educação. E que eles são os maiores beneficiados por esse círculo vicioso.

Hermínio Silva Júnior hsilvajr@terra.com.br

São Paulo

_________________________________

FORBES INFORMA

A revista Forbes, que, com precisão, indica as grandes fortunas mundiais, informa que José Serra está entre as 15 celebridades mundiais no Twitter, fato apurado pela metodologia de análise "índice Klout", que usa 25 varáveis para medir a influência no segmento, ficando atrás somente do presidente Barack Obama. Tal fato diz muito para uma grande parte dos brasileiros, até para os adversários de Serra, mesmo que não confessem nem aceitem, pois o Twitter não é um espaço na internet destinado a analfabetos. Portanto, muito valor teve o "até logo" dado por Serra após as eleições.

João Roberto Gullino jrgullino@oi.com.br

Petrópolis (RJ)

_________________________________

LEGIÃO ESTRANGEIRA

Parabéns à Internazionale de Milão, campeã mundial interclubes de 2010, em Abu-Dhabi, após bater a "zebra" africana Mazembe, por 3 x 0, na grande final. A Inter conquistou merecidamente o seu tri mundial, tendo os brasileiros Julio Cesar, Maicon, Lúcio e Tiago Motta como titulares. Vale destacar a globalização do futebol, onde a Inter levou o título mundial para a Itália tendo no elenco uma verdadeira "legião estrangeira", e não teve nenhum jogador italiano em campo. Até mesmo o seu treinador é espanhol.

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.