Cartas - 20/05/2011

CASO PALOCCI

, O Estado de S.Paulo

20 Maio 2011 | 00h00

Movimentação atípica

Se o Coaf há seis meses constatou "movimentação atípica" na empresa Projetos, do ministro Antônio Palocci, e enviou relatório à Polícia Federal, por que não foram tomadas as providências cabíveis na ocasião? Felizmente, ainda temos uma imprensa livre, vigilante, que não se deixa intimidar.

JOSÉ MILLEI

elymillei@hotmail.com

São Paulo

_______

Gênio das finanças

O médico Palocci completa 51 anos em outubro. Nos últimos quatro revelou-se um gênio nas suas finanças pessoais, multiplicando por 20 o patrimônio conseguido nos 47 anteriores. Se continuar no governo, pode deixar na rabeira o empresário Eike Batista. Interessante como a política brasileira se tem mostrado pródiga nessas revelações. Arrecadador de fundos de outra campanha presidencial revelou os mesmos pendores do petista. Qualquer semelhança com Paulo César Farias não é mera coincidência.

ERICO L. S. PEREIRA

erico_ooo@yahoo.com.br

Valparaíso

_______

FMI, Nobel...

Para tirar o Brasil da pobreza é só passar a receita do genérico ao ministro da Fazenda. Não devemos perder esta oportunidade única de milagre nos dias de hoje. Talvez o FMI já esteja atrás dele. Se fosse eu, já teria registrado os direitos autorais da fórmula. Vamos aguardar mais uma indicação do Nobel da Economia?!

JOSÉ CARLOS G. DA CUNHA

cunhag@uol.com.br

São Paulo

_______

Perguntar não ofende

Considerando que a Projetos faturou em dois anos R$ 7,5 milhões, o que dá R$ 3.750 milhões/ano, que Palocci transformou a empresa de consultoria em administradora de apenas dois imóveis e ganha R$ 12.500/mês como ministro... Isso é amor ao PT ou amor ao Brasil? Pergunto sem ofender, acreditando em Papai Noel.

DALTON A. S. GABARDO

gabardoadvogado@onda.com.br

Curitiba

_______

Pobres e oprimidos

Pode estar tudo certo com Palocci, mas um membro do PT, partido de esquerda defensor dos pobres e oprimidos, comprar apartamento de R$ 7 milhões é piada. Aliás, uma vergonha. E acontece porque pobre e oprimido neste país não pensa. Enquanto isso, essa gente enriquece cada vez mais. Bem feito para o eleitores do PT.

FRANCISCO C. M. BORGES

frankmartins@hotmail.com

Campinas

_______

Patrimônio e poder

A notícia sobre o aumento do capital de Palocci suscita uma curiosa questão: quantos membros da atual cúpula petista teriam sofrido queda patrimonial após o PT ter chegado ao poder?

ODILON OTÁVIO DOS SANTOS

Marília

_______

Consultoria não é crime?!

Para o procurador-geral, Palocci prestar consultoria não é crime. No ainda vigente Código Penal Brasileiro consta: "Crime de funcionário contra a administração pública. Advocacia administrativa. Art. 321 - Patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de funcionário: Pena - detenção, de 1 a 3 meses, ou multa. § único - Se o interesse é ilegítimo: Pena - detenção, de 3 meses a 1 ano, além da multa". Grife-se: mesmo que indiretamente. No artigo 5.º da Constituição, "todos são iguais perante a lei". Pergunta-se: foi revogado o artigo 321 do Código ou Palocci é portador de imunidade especial?

EDENILSON MEIRA

merojudas@uol.com.br

Itapetininga

_______

Fogo amigo

A quem interessa o eventual afastamento de Palocci do atual governo? As novas denúncias soam estranhas e bastante oportunas para uma conhecida turma do PT muito interessada em usufruir as benesses do poder. Lembram-se do caso do caseiro, que afastou o ministro do governo anterior, permitindo tudo aquilo a que assistimos? Anotem: mais uma vez o tal "fogo amigo" está tentando afastar do governo uma das suas reservas morais, permitindo a volta daqueles "companheiros".

LUIZ ANTONIO ALVES DE SOUZA

zam@uol.com.br

São Paulo

_______

Em outro ninho

O sr. Luiz Azevedo, subchefe de Assuntos Parlamentares da Secretaria de Relações Institucionais, foi demitido por ter feito vazar notícia que, maliciosamente, misturava tucanos com o caso do enriquecimento palocciano. Nesse teatrinho asqueroso, o sr. Azevedo conta que deixou o cargo pois recebeu "convite irrecusável" para assumir a Superintendência da Finep em Brasília. Portanto, agora vai exercer sua incompetência em outro ninho do aparelhamento do Estado brasileiro. E nós pagando por tudo isso. Haja...

NELSON PENTEADO DE CASTRO

pentecas@uol.com.br

São Paulo

_______

NO AMAPÁ

Desvio de dinheiro

Não é o dinheiro dos pobres índios desviado para financiar campanhas eleitorais o que mais choca, isso é corriqueiro nestes confins do Brasil sem leis. Mas, sim, o "inexplicável" silêncio do Ministério Público e da Justiça, que parecem indiferentes aos sucessivos escândalos. Preferem correr atrás de ladrões de galinha a fazer justiça com os crápulas da política. Ganhando igual a um senador, com futuro garantido, regalias e até 14.º salário, é pouco provável que algum promotor ou juiz se queira indispor com os políticos do Amapá. Esta é a democracia brasileira dos "clubes" onde ninguém mexe com ninguém e tudo segue a lógica do tapinha nas costas.

ARMANDO G. CAPIBERIBE BORGES

agcborges@gmail.com

Macapá

_______

REFORMA TRIBUTÁRIA

Impostos x corrupção

Com a corrupção de bilhões de reais grassando generosamente nas esferas federal, estadual e municipal (entenda-se Brasília, 27 Estados e mais de 5 mil municípios), está explicado por que não há a mínima vontade política de fazer a tão decantada reforma tributária. A carga de impostos sangra cerca de 40% das veias e artérias do trabalhador brasileiro. Por motivos mais do que óbvios, não há nenhum político interessado em reduzir impostos neste país. Nem que a vaca tussa.

DJALMA DE MELO

ddmelo@terra.com.br

São Paulo

_______

"Novo sinônimo petista: lavanderia agora quer também dizer consultoria... Criatividade é o que não falta!"

ANNA MARIA B. DE MATTOS BARRETTO / SÃO PAULO, SOBRE

O CASO PALOCCI

fmbar@terra.com.br

"Isso tudo contra Palocci seria "fogo amigo" da la perdulária petista?"

JOSÉ EDUARDO ZAMBON ELIAS / MARÍLIA, IDEM

zambonelias@estadao.com.br

"Está na cara que a campanha orquestrada contra o ministro partiu de "companheiros""

OSCAR ROLIM JÚNIOR / ITAPEVA, IDEM

rolimadvogado@ibest.com.br

_______

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.404

TEMA DO DIA

Estudante é morto em assalto na USP

Aluno de Ciências Atuariais, Felipe de Paiva, de 24 anos, foi assassinado com tiro na cabeça

"Nem na escola, que era considerada um local seguro e tranquilo, se tem mais paz e segurança."

LETÍCIA KARLA

"Sugiro a criação de uma delegacia dentro da USP. É uma cidade (universitária), né?"

RENATO SOUZA

"Os alunos fazem greve para a saída da polícia. Aí, quando morre alguém, querem ela de volta. Tenham postura!"

ALEX CAMBRAIA

_______

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

PALOCCI

 

Já que a poderosa chefona deu o caso por encerrado, resta saber se Palocci está em dia com a Receita Federal. Ou seja, se pagou o Imposto de Renda correspondente aos ganhos que lhe permitiram em quatro anos a formidável elevação de seu patrimônio em mais de 2.000 %.

 

 

Flávio José Rodrigues de Aguiar rsd100936@terra.com.br

Resende (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BLINDAGEM

 

 

Blindagem, maldita palavra, tantas vezes usada para salvar o Lula volta para salvar o Palocci. Blindagem, os artifícios do PT para jogar debaixo do tapete as mazelas da corrupção e das falcatruas. Se ao menos o povo entendesse...

 

 

 

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JUSTIFICATIVA

 

 

Impressionante como o governo do PT desde o mensalão só se justifica pelo que os outros fizeram, nunca em defender a ética que tanto pregou antes se assumir o poder, tudo é justificado porque os outros também o fizeram , assim se justificou agora o Ministro Palocci, fazer melhor nem pensar!

 

 

 

Francisco Xavier Fernandez fcoxav@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FALHA GRAVE

 

 

Quando o nosso ministro da Casa Civil justifica-se por enriquecimento anormal alegando que outros ministros e deputados assim fizeram e ainda permanece no cargo é porque nossa Democracia tem alguma falha grave. Certamente essa falha é o nosso sistema eleitoral que permite que um candidato se eleja com votos indiretos, e assim não pode ser claramente identificado com uma base eleitoral a quem deveria prestar contas. Uma vez eleito, o candidato passa a se referenciar na inesgotável fonte do Executivo, dando as costas para os eleitores. O Sr Palocci pode se justificar com qualquer argumento e sair ileso. Para o Brasil ser governado com um mínimo de coerência e ser uma Democracia de fato, precisamos de Voto Distrital. Só assim a opinião pública poderá fazer prevalecer um conceito de ética coerente.

 

 

 

Carlos Avila c.avila@modusoperantis.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TOSCA BLINDAGEM

 

O governo está mergulhando num pântano. As manobras de blindagem de Palloci foram escandalosas: esvaziar os quoruns das comissões e usar até mesmo leões de chácara ("bate-paus", na linguagem do sindicalismo vulgar), para impedir a entrada de Deputados. E praticar o que os militares denominam de "manobra diversionista": convocar simultânea reunião do Plenário, para esvaziar as Comissões. O governo só perde com esse tipo de conduta.

 

 

Amadeu R. Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A DAMA DE FERRO

 

 

Não foi só a Inglaterra que teve uma dama de ferro. Aqui, no Brasil, também temos uma, talvez até com maior força. A nossa presidente Dilma, com sua tropa aliada, faz o que quer ou o que não quer, do nosso Congresso. Até, indiretamente, proibir os parlamentares da oposição de entrarem nas salas das comissões permanentes da Câmara para não darem quórum para decidir assuntos que não são do seu interesse, como no caso do ministro Palocci. A turma de choque do governo, em plenário e nas comissões permanentes, conseguiu impedir que o ministro da Casa Civil, por 266 votos contrários, 72 a favor e 8 abstenções,fosse convocado para prestar esclarecimentos sobre a sua rápida evolução patrimonial, engavetando o pedido. E a oposição? Que oposição? Isso não existe no Congresso Nacional! Dos Três Poderes da nossa República, infelizmente, só existem dois efetivamente: o Executivo e o Judiciário. E o Legislativo? Só existe para justificar o regime democrático, e para aprovar as medidas provisórias que são autênticos projetos de lei emitidos pelo governo. Estas são tão importantes que trancam o andamento de qualquer projeto de lei de iniciativa de qualquer das casas do Parlamento. O Palocci está salvo e o povo, pagando o pato! "Bella roba"

 

 

Antonio Brandileone abrandileone@uol.com.br

Assis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SERRA E PALOCCI

 

 

José Serra sai em defesa de Palocci. Com uma oposição dessas, não precisamos de inimigos. Acorda, PSDB!

 

Paulo Ribeiro de Carvalho Jr. paulorcc@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A OPOSIÇÃO CONTRA PALOCCI

 

 

Acho que essa oposição tem tanta, mas, tanta coisa para se preocupar e cobrar, vai justamente onde não lhes dão crédito. Pois me parece que o ministro é um sujeito integro e honesto. Agora, se esta modesta opinião chegar ao conhecimento dele e ele rir, o que eu nunca saberei! entao,aí é complicado.

 

 

Isael Coleone isael.coleone@itelefonica.com.br

Indaiatuba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LADRÕES

 

No Brasil, qualquer ladraozinho de galinha, é autuado algemado e levado preso imediatamente, ao contrário dos políticos corruptos, que desviam milhões, bilhões dos cofres públicos, e tem vários processos com provas condenatórias, mofando na Suprema Corte de

nossa Justiça, sem julgamento. Será que o dinheiro Público desviados,já tem o destino certo,na forma da lei?

 

Antonio de Souza D Agrella antoniodagrella@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMBATE À CORRUPÇÃO

 

 

A presidente Dillma lançará em breve projeto rigoroso de combate a corrupção. Não é contraditório quando o principal ministro do seu governo está sob suspeita de corrupção ativa e os próprios governistas estão fazendo o que podem para abafar o caso? Fazendo moeda de troca no Congresso para safar o Ministro Palocci de ser investigado? Com a resposta a presidente!

 

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALOCCI E OS OUTROS

 

Há diferenças fundamentais entre as atividades do senhor Antonio Palocci e a atuação de Fernando Henrique, Pérsio Arida ou Mailson da Nóbrega e outros. As consultorias palocianas foram secretas, como certos atos do Senado e tão secretas que ainda não serão reveladas. Já as atividades de Fernando Henrique e outros são palestras assistidas por centenas de pessoas, registradas pela imprensa.Além disso, os tucanos se localizavam fora do Poder, estavam na Oposição e, portanto, só vendiam informações.

 

Cloder Rivas Martos Clodermartos@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AINDA HÁ ESPERANÇA

 

 

De tanto constatar o triunfo da impunidade no trato irregular da coisa pública,o ministro

descuidou-se,ouvidando a existência de órgãos refratários a uma ´´carteirada´´do Planalto. O Coaf sai engrandecido do vergonhoso episódio,no lugar da nossa omissa presidente.

 

Caio Augusto Bastos Lucchesi cblucchesi@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOVO ALVO

 

 

Ufa! Até que enfim! O fogo amigo em cima do Palocci deu uma folga para o Mantega.Afinal, ninguém é de ferro!

 

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CORRUPTOS IMPUNES

 

Um país, por mais forte que seja, por mais que se faça em todas as direções, por mais que suguem o sangue de seu povo, que é sempre a parte mais fraca, nunca será uma grande nação, que retribua em benefícios o que os impostos cobram. Nosso país será grande para todos quando os grandes forem tratados como os pequenos, que apodrecem em cadeias similares às câmaras nazistas. Que a democracia deixe de ser sinônimo de impunidade para que a corrupção deixe de ser este câncer que está comendo o povo por uma perna. Sejamos um país de gente séria ou vamos continuar como estamos, o povo cordeiro e os vampiros atrás da capa da impunidade.

 

 

Manoel José Rodrigues manoeljos@correios.net.br

Alvorada do Sul (PR)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALOCCI E SEUS PARES

 

 

Além de tudo, ainda é dedo duro, mas quanta imoralidade... e nós temos de nos calar diante da vontade de seus asseclas.

Celia Henriques Guercio Rodrigues celitar@hotmail.com

Avaré

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

'TOLLOS'

 

 

Tudo igual no País da corrupção! Um ministro de governo cujo passado nos mostrou que "laranja" não é mais fruta que dá em árvore, por sua história pregressa em Ribeirão Preto, é pego com a boca na botija e o governo e toda a turma do PT seguem as mesmas etapas de justificativas, sempre apostando que os cidadãos são "tollos" e pouco sabem onde está fundamentada a "neo-ética petista". Tendo em vista o caminho que foi perseguido por todos as demais ilícitos cometidos pela liga do PT, "Pallocci" pode ficar tranquilo pois logo tudo se transformará em "Piada de salão".Nada mais tranquilo do que colocar em prática o velho e muito atual ditado:"quem não deve não teme".Mas o contrário...

 

 

Leila E. Leitão

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUERELINHAS

 

 

O affair Palocci é apenas mais uma dessas querelinhas, dentre tantas que vão impedindo o Congresso de atuar como tal. Nos casos mais graves, a oposição, mormente o PSDB se omitem e fica tudo em casa, digo, na casa do Sarney. O mensalão vai caindo no esquecimento, sem falar em decurso de prazo, e continuamos sem colocar o Lula neste delito absurdo. O nosso solerte Ex-Presidente vai se safando de tudo e ainda ri na nossa cara, com safadagens, como bolsa passaporte diplomático.

 

Ulysses Fernandes Nunes JuniorUlyssesfn@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CRISES

 

 

O Estado de 19/5 traz na primeira página duas manchetes corriqueiras para a nossa republiqueta. Primeiro: o já conhecido Palocci, de diversos escândalos desde a prefeitura de Ribeirão Preto - SP, de lá foi ser ministro do Lula, e acabou saindo pela porta de trás. Agora é o senhor absoluto do balcão de negócios da republiqueta, pois é ministro da Casa Civil. A dona Dilma que o diga! Segundo: a ministra do Desmatamento, aliás, do Meio Ambiente, Isabella Teixeira, cria gabinete da crise, para tentar sanar o problema que chegou com as caravelas de Cabral. Ministra, crise se resolve no local e não em gabinetes com ar condicionado, cafezinhos e outras delícias que Brasília oferece.

 

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CASO ENCERRADO

 

 

O caso Palocci esta encerrado. Não se fale mais no assunto. O problema está conosco, eleitores, que aceitam esse sistema eleitoral maluco em que você vota em um candidato e pode eleger outro, e nunca se consegue responsabilizar ninguém por nada, nem denunciá-los, pois a grande maioria corrupta se protege. Precisamos é de eleições diretas majoritárias (vota-se no candidato e ganha o mais votado) para deputados e vereadores, em distritos eleitorais suficientemente pequenos, nos quais os eleitos ficarão vinculados e deverão prestar contas de seus atos, sob pena de perderem seus cargos a qualquer momento por impeachment popular de seu distrito. Mais poder para o cidadão! Diretas já para parlamentares

 

Paulo Eduardo Vieira Rosato rosatop@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VERGONHA

 

 

Para quem tanto "lutou" contra a ditadura, está agindo de forma muito pior. Os militares, não enriqueceram 20 vezes mais nem em todo o período que ficaram no poder. O Sr. Palocci não teve nenhuma vergonha em quebrar o sigilo bancário de um Francenildo, por que tem tanta vergonha em mostrar os seus próprios arquivos?

 

 

Irene Sandke irene@frettes.com.br

Curitiba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DÍVIDAS

 

...Capemi, Delfim, anões, Maluf, mensalão, Palocci, Jaqueline Roriz... No Brasil o corporativismo, as muitas interpretações das leis, aliadas à morosidade da Justiça, fazem valer um velho ditado: as dívidas velhas não precisam ser pagas e as dívidas novas é preciso deixar envelhecer. Acorda, Brasil!

 

Angelo Antonio Maglio angelo@rancholarimoveis.com.br

Cotia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AFASTAMENTO IMPERIOSO

 

Uma vez que a Coaf classificou como suspeita a operação financeira na compra de imóvel feito pela empresa Projeto, pertencente a Palocci, cremos que a atitude correta do ministro seria pedir afastamento do cargo de Chefe da Casa Civil, enquanto as investigações sobre esse negócio nebuloso não forem concluídas. É imperioso que o processo investigatório sobre o caso transcorra livre de pressões e de manobras incompatíveis com os postulados da lei.

 

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MÉDICO CONSULTOR?

 

Há ainda alguns aspectos a serem comentados no caso Palocci. Primeiramente a sua formação universitária, que, como todos sabem, é a de medicina. Ora, senhores, como pode um médico - e tenho em casa um filho que o é - fazer tantas consultorias econômicas e ter conhecimento e gabarito para tal? Sabemos que a profissão de médico é árdua e, mesmo abandonada, como deve ser o caso de Palocci, não proporciona tempo para que tenha tanto prestígio com empresas de nosso país. A não ser que, junto com a consultoria, o ministro também faça exames clínicos em seus "clientes". Em segundo lugar, pode-se estranhar também o fato de um consultor e palestrante ter tantas dificuldades com a fala, como é o caso de Palocci. No mínimo deve ser difícil entender suas palestras, já que, em virtude de seu problema de "língua presa", até nas entrevistas fica complicado entender o que fala. Enfim, são mais dois questionamentos diante de tanta imoralidade que vemos neste caso.

 

 

Maíza Costa Neiva famcostaneiva@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESTINO

 

 

Cada dia temos uma novidade: ou são os corruptos, admitidos ou readmitidos em altos cargos, ou são os "novos " que aprendem depressa esse caminho. E nós, o povo, ficamos de plantão, assistindo, impotentes, à banda passar. Que destino!

 

Ruth de Souza Lima e Hellmeister rutellme@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

'BLINDAGE'

 

Bilhete escrito por parlamentares da base aliada, em "português do povo" - do povo que os elegeu - aprendido nos livros didáticos ora patrocinados pelo MEC e entregue ao ministro Palocci para acalmá-lo: "Num isquenta não, ministro, nóis vai fazê uma brindage qui eles não vai consegui ti convocá di geito nenhum."

 

 

Roberto Bruzadin bobbruza@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CÓDIGO FLORESTAL

 

Com o impasse criado no Congresso Nacional a respeito da votação do novo Código Florestal, tudo nos leva a crer que a demora é para que os apaniguados do governo Lulla, desflorestem o máximo possível sem serem molestados, posteriormente amparados pelo novo código florestal.

Arnaldo Luiz de Oliveira Filho arluolf@hotmail.com

Itapeva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LAPIDAR

 

 

Do "Estado", 17/5, escreve Dora Kramer: "Eis o resultado da celebração da ignorância, que, junto com a banalização do malfeito, vai se confirmando como uma das piores heranças do modo PT de governar", a respeito do "Livro de Leitura", para estudantes aprovado, distribuído para Escolas(!). Agora surge o "caso Palocci". Será preciso dizer mais?

 

 

E. Parente Ramos F. e.parenterf@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CARTA AO MINISTRO

 

Excelentíssimo senhor ministro Fernando Haddad, imagine o senhor uma sessão solene do Supremo Tribunal Federal. Nela, os doutos ministros leem um voto sobre uma questão polêmica, e.g. pesquisas sobre células-tronco. Daí, em um determinado momento, um dos ministros solta a seguinte "pérola": - Nós não "acredita" que as células-tronco "é benéfica" à saúde. Porque a língua é construída a partir de um processo de dominação e de seleção natural, tal como acontece na natureza, os falantes mais poderosos sobressaem-se sobre outros menos poderosos. A construção linguística "dominante" é a construção oficial, que rege, dentre outras coisas, a comunicação oficial, a redação dos textos governamentais e a comunicação dos e entre os seres políticos, aqueles que representam a sociedade e que nela vivem. Tendo em vista a divulgação e o lançamento da obra 'Por uma Vida Melhor', da coleção 'Viver, Aprender', adotado pelo Ministério da Educação (MEC) e distribuído pelo Programa Nacional do Livro Didático para a Educação de Jovens e Adultos (PNLD-EJA) a 484.195 alunos de 4.236 escolas, não posso deixar de expressar o meu imenso descontentamento - para dizer o mínimo - com a adoção de tal obra no ensino de jovens e adultos. Eu, como professor de português, recuso-me a acreditar que a citada obra trará benefícios ao estudante, especialmente àquele cujo ensino é tão mal conduzido, objetivando apenas a "aprovação" e o "diploma". O MEC, por meio desta citada obra, traz uma discussão infrutífera, inócua e inoperante ao processo de ensino da língua portuguesa. Abordar o que é "adequado" ou "inadequado" no português não é trabalho do professor: é trabalho da sociedade enquanto receptora de todos nós em nosso convívio. Aprendemos o que é "adequado" ou "inadequado" convivendo, trabalhando, vivendo situações as quais nos pedem uma ou outra construção linguística. A pergunta que resta é: como saberemos o que é "adequado" ou "inadequado" a uma situação ou a outra se não conhecermos a norma-padrão? Resposta: pergunte a um ministro do Supremo como ele sabe o que é "adequado" linguisticamente no exercício do seu ofício. Simples - ele foi apresentado à norma-padrão, estudou-a a fundo e, no momento "adequado", utilizou-a de forma correta. O ex-presidente Lula, em vários discursos, cometeu deslizes crassos com relação ao português oficial. Seguindo a linha de raciocínio, então, Lula não tem capacidade para exercer o cargo que exerceu, já que seu português não é "adequado" ao posto que ocupava. A incoerência resta clara: o que serve para uns não serve para outros - a grande minoria. Somos diuturnamente bombardeados por erros absurdos cometidos por todos os falantes, e os representantes do povo - deputados, senadores, ministros - não se preocupam em mostrar a todos nós o que é certo e o que é errado, para que depois saibamos usar o certo ou errado em um ou outro momento. A variação linguística que a distinta autora Heloísa Ramos pretensamente disfarçou como "adequado" ou "inadequado" na sua obra existe, e muito, nos vários rincões do Brasil. Pedir uma macaxeira frita no Ceará é o mesmo que pedir aipim frito no Sul e no Sudeste. Daí vem a maior crítica: o que é adequado no Ceará pode não ser - e provavelmente não o será no Sul e no Sudeste. Como professor de português, que leciona em Brasília, pergunto-me: o que devo ensinar aos alunos - macaxeira ou aipim? Abro um curso especialmente voltado para aqueles que passarão férias no Nordeste ou para aqueles que vão curtir o frio do sul do país? Quanta bobagem! O certo é que a língua portuguesa vem sido vilipendiada constantemente por medidas e por ações infrutíferas do Governo - tais como a reforma ortográfica e, agora, essa malfadada e infame obra, que não acrescentará nada ao estudante, de qualquer série ou curso. A língua é fruto de um processo histórico-social. Língua não se constrói por decreto, mas se organiza a partir de um. Em um país de dimensões continentais como o nosso (desculpe-me, Ministro, mas não pude evitar o clichê - ou ele vai ser regulado também?), há de se ter uma organização e, mais ainda, há de se propagar, por todo o país, o modo CORRETO de se escrever, para que TODOS os brasileiros tenham chance de construir uma carreira como advogado, até chegar ao ponto máximo dela - ministro do Supremo Tribunal Federal (para ficar no exemplo citado no início desta carta). Variação linguística existe e é um exemplo de como nosso país é plural. Plural, porém, não pode ser o ensino de português - ele tem de ter uma unidade, e a unidade é a norma-padrão. Nas minhas salas de aula, continuarei combatendo o mau uso da língua, aquele que transforma cidadãos humildes em seres humilhados. Porque o que causa preconceito não é o mau uso da língua, mas as condições mínimas de dignidade que sucessivos governos insistem em deixar de dar ao povo brasileiro. Se há um meio pelo qual alguém pode sair dessa condição é a educação. E, convenhamos, Ministro, ninguém chegará a lugar algum falando "nós faz", "nós quer", "nós pega os peixe"! Por isso, em nome daqueles que prezam e que defendem o idioma tal como ele é, natural, seletivo, rico em expressões que foram acrescentadas a ele por meio do uso social, peço para que o senhor recolha esse infame material e invista o dinheiro gasto nesta péssima obra em capacitação dos professores de língua portuguesa, do ensino básico e fundamental dos colégios públicos brasileiros, que mal sabem o que é certo e o que é errado na língua, quanto mais o que é "adequado" ou "inadequado".

 

 

 

Daniel Costa de Faria danielcosta76@gmail.com

Brasília

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RECADO A DORA KRAMER

 

 

Não se apoquente com o projeto educativo pedagógico do PT/MEC. Até porque, como diria um ex-presidente da república, que tem azia quando le, isso é o de menas.

 

 

Maria O. H. Ramalho leticialivros@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUANTA INSENSATEZ!

 

 

A maneira inculta de falar de uma pessoa pode ser um obstáculo a suas aspirações. Muito admira que a professora Heloísa Ramos defenda a aceitação de desvios de padrões gramaticais: " Nosso livro é direcionado para aquele que pode ter sido discriminado por falar errado". Então, em sua concepção, deve-se reafirmar o erro. Esta pessoa que fala errado e continuará falando com esse super-método, se distanciará cada vez mais da "elite" que sempre foi à escola - e que, portanto, tem fala mais culta - e viverá infeliz para sempre no seu mundo discriminado e esquecido por Deus. Não entendo, qual a lógica disso? Quem aprende um bom português, aprende junto História, Geografia, adquire cultura, porque conhecimento chama conhecimento. Não seria o caso, então, de promover nas bases uma educação pesada para que pessoas com menos oportunidades não precisem de cotas em universidades, nem de apoios demagogos como esse que pretendem dar aos incultos, nivelando por baixo? Aliar-se à ignorância é de uma ignorância atroz! Uma vez validados e institucionalizados os maus costumes e a falta de ética no Brasil, agora é a vez de validar a ignorância, criando raiz mais profunda dela. Sem falar que a língua de um povo é um patrimônio seu, uma identidade, não pode ficar à mercê de ideologias que pretendem emburrecer em vez de elevar o grau de cultura das pessoas. E a origem latina de nossa língua, simplesmente esquecemos tudo? É, a gente somos inútil mesmo!

 

 

 

 

Myrian Macedo myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

INDECENTE

 

Nem docente nem discente, o MEC é indecente.

 

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

'POBREMA'

 

Certamente, o Lula estudou com livro, por uma vida melhor, de autoria da professora Heloisa Ramos. "Sem pobrema"...

 

Edward Brunieri ebsolucao@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESEDUCAÇÃO

 

Brilhante o artigo de Rolf Kuntz (18/5, B8) sobre o trabalho de desqualificação de milhões de brasileiros, promovido pelo Ministério da Educação, com as propostas do livro ¨Por uma vida melhor ¨. Ele me fez lembrar de um antigo prefeito de Mauá. O prefeito, que não era corrupto, bloqueava, sistematicamente, projetos e empresários que tentassem lotear terrenos ou construir prédios, por melhores que fossem os projetos, naquela cidade. Para os amigos, depois de algumas doses de cachaça, ele dizia: ¨Esse pessoal quer lotear e construir em Mauá para trazer para cá gente ¨estudada ¨. Se isso acontecer eu não ganho mais eleição nenhuma.

¨ O ¨Ministério da Desigualdade ¨, com outro instrumento, copia o velho prefeito de Mauá, de forma mais eficiente e pragmática.

 

 

 

 

Decio Pedroso dapedros@uol.com.br

Mauá

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O TRIUNFO DO SOLECISMO

 

Ensina o Houaiss (ou seria encina) que o solecismo é intromissão, na norma culta de uma língua, de construções sintáticas alheias à mesma,geralmente por parte de pessoas que não dominam inteiramente suas regras (p.ex., os chamados erros de concordância, de regência, de colocação, a má construção de um período composto etc.). Mas para que regras? Para que tanta celeuma se os menino pega o peixe. Fica apenas a dúvida se os menino pegaram um ou mais, já que o peixe tanto pode ser um, ou vários ou até o glorioso Santos F.C. Norma culta já era! Quem se insurgiu contra o tal manual estaria - segundo os defensores da obra - atingido por uma estranha moléstia: o desejo de falar corretamente, é obviamente da seqüela: "o preconceito lingüístico". O professor que corrigiria um "nóis vai" estaria, em última análise assediando moralmente o autor da pérola. Há quase meio milhão de obras que contém: "Os livro ilustrado mais interessante estão emprestado", possivelmente para acalmar os 'afoito interessado' , aos quais restará esperar até que "os livro seja devolvido". No entanto, além do MEC que aprovou o tal livro, há quem o defenda ardorosamente. Do alto do seu doutorado, o professor Marcos Bagno ensina: "Já no governo FHC, sob a gestão do ministro Paulo Renato, os livros didáticos de português avaliados pelo MEC começavam a abordar os fenômenos da variação linguística, o caráter inevitavelmente heterogêneo de qualquer língua viva falada no mundo, a mudança irreprimível que transformou, tem transformado, transforma e transformará qualquer idioma usado por uma comunidade humana. Somente com uma abordagem assim as alunas e os alunos provenientes das chamadas "classes populares" poderão se reconhecer no material didático e não se sentir alvo de zombaria e preconceito. E, é claro, com a chegada ao magistério de docentes provenientes cada vez mais dessas mesmas "classes populares", esses mesmos profissionais entenderão que seu modo de falar, e o de seus aprendizes, não é feio, nem errado, nem tosco, é apenas uma língua diferente daquela - devidamente fossilizada e conservada em formol - que a tradição normativa tenta preservar a ferro e fogo, principalmente nos últimos tempos, com a chegada aos novos meios de comunicação de pseudoespecialistas que, amparados em tecnologias inovadoras, tentam vender um peixe gramatiqueiro para lá de podre". Parece a continuação de um outro texto erudito, versando sobre as variedades lingüísticas, cuja tradução aproximada segue: " O pior, senhorita, é que alguns, por exemplo, em um Latim que supõem ser Espanhol, dizem: "Sofro dos meus dois fígados ao mesmo tempo" dirigindo-se a um francês, que não sabe uma palavra de Espanhol; no entanto esse o entende como se fosse seu próprio idioma. Até acredita que seja sua própria língua. E o francês responderá, em Francês: "Eu também, senhor, sofro dos meus fígados", e será perfeitamente entendido pelo espanhol que terá a certeza de ter sido em puro Espanhol que lhe foi respondido, e que a conversa se dá em Espanhol... quando, na verdade, não se trata nem de Espanhol nem de Francês, e , sim, de Latim â moda neo-espanhola....".(E. Ionesco in La Leçon- não cabe traduzir o título, já que a Zelite domina o Francês). Mantido artificialmente no formol, o Português escorreito pode evoluir tranquilamente para um idioma ex-correto. Por que não? É a Revolução Cultural em marcha. Pelo jeito, quanto mais inculta, mais bela ficará a última flor do Lácio.

 

 

Alexandru Solomon alex101243@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CULTURA EM TRANSE

 

Assim como a denominação do Programa Nacional do Livro Didático deveria ser "Nem lendo, nem aprendendo", não se sabe por que mantida a sigla MEC, já que a cultura, além de alojada (mal) em outro ministério , ainda tem saudades do tempo do Gustavo Capanema, que virou nome do prédio.

 

 

Jairo P. Gusman jairogusman@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O PT E AS CENTRAIS SINDICAIS

 

 

Não é preciso ter olhos de lince para ver o que o pessoal do PT e das Centrais Sindicais e seus filiados que recebem dinheiro fácil do governo, estão preparando para o Brasil. Acredite quem quiser, estou vendo esse pessoal trabalhando para induzir o povo a levar nos braços de volta ao Palácio do Planalto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva , antes mesmo do término do mandato de Dilma Roussef. Como dizia o ex-deputado Ulysses Guimarães:

"O tempo é o senhor da razão. Quem viver verá". Acorda Brasil.

Leônidas Marques leo_vr@terra.com.br

Volta Redonda (RJ)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRAGÉDIA ANUNCIADA

 

 

A admiração dos nossos políticos por Pilatos dissemina-se em alta velocidade. Uma recente manifestação pela adesão é a do governador Alckmin ao falar sobre o indesculpável assassinato do aluno Felipe de Paiva. Ao afirmar que a USP tem autonomia e que a PM não pode entrar sem ser chamada, confessou que há um Estado dentro do Estado. Há muito tempo as dependências da Cidade Universitária são cenários de inúmeros assaltos, estupros, abusos no trânsito e alguns assassinatos. E a desculpa da autonomia universitária é recorrente. Diversos reitores usam o escudo da lei como justificativa da ausência de policiamento ostensivo, que se faz necessário. A vocação de político tucano é insofismável: até em assuntos de segurança pública, o governador permanece em cima do muro. Lamentável!

Renato Consolmagno consolmagno@terra.com.br

Belo Horizonte

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FUTURO E SEGURANÇA

 

 

Venho externar meu profundo sentimento de pesar pelo fato ocorrido anteontem (a morte de um estudante com um tiro na testa). Tenho um filho estudando nesta conceituada universidade, e me causa um grande medo quando ouço noticias como esta que não são raras. Gostaria de saber o que V.Sas. estão fazendo para cuidar da vida do maior patrimônio que nós, pais, temos. Seria incabível receber uma notícia como esta sabendo que meu filho está aí para estudar e, como tal, está fazendo exemplarmente seu papel, e como ele, muitos com sonhos de serem grandes profissionais e tentarem mudar este caos instalado no Brasil onde só se houve falar em roubalheira e morte. Será que posso contar com V.Sas. para melhorar pelo menos a segurança nesta conceituada instituição, que deveria ser conhecida pela plena segurança de quem está aí para ser uma pessoa melhor e poder contribuir com este país no futuro? Tenham a certeza de que meu filho é um espelho do que tem de melhor em termos morais e éticos, assim como a maioria dos que se dedicaram para entrar na USP e, por favor, deem a eles a chance de estudar sem a preocupação de serem mortos ao voltarem para casa. Vocês que também têm filhos sabem do que estou falando. Gostaria de receber notícias sobre o que está sendo feito para melhorar esta situação e, se de alguma maneira puder ajudar, coloco-me a disposição.

 

 

Paulo Roberto Corrêa prc1958@gmail.com

Joinville (SC)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ASSASSINATO NA USP

 

 

Apesar dos protestos dos alunos, o problema da segurança na USP não tem solução, porque os "xiitas" não aceitam maior participação da PM no campus, como se ainda estivéssemos nos anos de chumbo da ditadura. Vigilância desermada, como a exercida pela Guarda Universitária é absolutamente inútil nos dias de hoje.

 

Nestor Rodrigues Pereira Filho rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

USP

 

O trânsito de veículos dentro do campus deve se restringir somente àqueles que tem vínculo com a instituição: alunos, professores e funcionários. Quaisquer outros, só mediante credencial. O campus é lugar de silêncio e de tranquilidade, os quais favorecem a concentração para melhor qualidade do estudo. Por ser um espaço público, não justifica que suas ruas sejam utilizadas indiscriminadamente por milhares de automóveis, porque entre outros inconvenientes, favorece a quem vai lá com o intuito de depredar, assaltar e matar.

 

 

Jaime Manuel da Costa Ferreira jaimemcferreira@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SEGURANÇA É UMA FARSA

 

São indignantes os comentários referentes à notícia da morte do aluno da USP. É inacreditável que pessoas aparentemente mostrem se divertir com o acontecimento, em nome de que os alunos não querem a Polícia Militar dentro do Campus. A questão da Polícia Militar é controversa há um tempo, porém a decisão de uma minoria apoiada pelo Sindicato de Funcionários impede que ocorra uma mudança. É importante dizer que a segurança no Campus é uma farsa; o controle de acesso ao Campus ocorre em dias aleatórios em apenas uma das portarias (P1) enquanto acessos de pedestres permanecem sem guardas principalmente no período noturno.

 

Malena D'Elia Otero malena.otero@usp.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PLANO PARA AS UNIVERSIDADES

 

Tantas verbas indo para as nossas universidades, Unicamp, USP e a Unesp e assim mesmo ocorrem crimes dentro delas. Agora foi um aluno da Faculdade de Economia e Administração (FEA) da USP. Mas só para lembrar, este ano também aconteceu um assalto a mão armada na Faculdade de Engenharia de Alimento Unicamp, que poderia também ter tido vítimas fatais, como aconteceu na USP. Será que os reitores que são escolhidos pelo governador do Estado de São Paulo, não conseguem implementar um plano de segurança para evitar tantos crimes?

 

Anderson Aparecido dandersonaparecido@yahoo.com

Hortolândia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MENORES ASSASSINOS

 

Dois garotos de 15 anos de idade assassinaram duas meninas, ambas com 13 anos. Um deles foi mostrado pela mídia rindo ao sair da audiência, certo que pegará só uns 3 anos de cadeia. Nos Estados Unidos, a dupla pegaria uns 30 anos de cana dura.

 

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMPARAÇÕES

 

 

Com a prisão de Dominique Strauss-Kahn, Diretor do FMI por abuso sexual e da maneira que o fato ocorreu, rápido e eficaz. Podemos afirmar que nossa justiça ainda engatinha.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ATESTADO

 

Por mais que sempre apareça a turma da teoria da conspiração, ao renunciar ao cargo de Gerente Geral do FMI, o Sr. Strauss Kahn parece ter assinado o atestado de que realmente tentou abusar da camareira do hotel. Se não fosse culpado, com certeza bateria o pé e seguiria no comando da instituição. Acontece que o Sr. Kahn é francês. Fosse um brasileiro, desses que são flagrados pegando dinheiro vivo, com foto, filmagens, etc e tal, e a resposta seria daquelas a que estamos acostumados "Houve um engano", "O suspeito é parecido comigo, mas não sou eu ...", entre outras pérolas que nos brindam nossos par(a)lamentar-es. Será que um dia vai acabar a cara de pau ?! Sr. Palocci, não seria um exemplo a ser seguido ? Pior é o "presidente" do senado dizer que "elle fez o que todos fazem". A começar pelo senhor, dono do Maranhão, acho que do Brasil, pois haja rabo preso e responsável pela censura ao Estadão, há vergonhosos 658 dias!

 

Renato Camargo natuscamargo@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O PAÍS NÃO É SÉRIO

 

 

O diretor-gerente do FMI foi preso acusado de crime sexual. O ex-médico Abdelmassih, condenado a 278 anos, está solto, sabe-se lá onde. Não usou seu passaporte diplomático, não deu a famosa "carteirada". A família Lula da Silva, ainda não devolveu os passaportes diplomáticos. Quanta diferença.

 

 

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAHMOUD ABBAS

 

Em análise, Jorge Zaverucha mostra para quem não conhece ou já esqueceu ,o que o Estado de Israel já passou tentando por diversas vezes fazer a tão almejada paz ,não só para os palestinos quanto principalmente p/ Israel ,país de primeiro mundo ,não só na saúde ,educação das crianças ,como o mais alto nível de tecnologia , sendo merecedor de diversos prêmios Nobel.Neste artigo é bem lembrado, quantos judeus tiveram de deixar suas casas ou mesmo seus países de origem e infelizmente esses não são fatos recentes como os citados ,mas mesmo antes da criação do Estado Judeu.

 

Sueli Lichewitz lichewitz2@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PALESTINA

 

 

Obama fez o seu discurso sobre o Oriente Médio.Nada de perspectivas reais para findar o conflito israelense-palestino.Na verdade,não há boa vontade ,por parte de Israel ,em criar um Estado palestino.Isso somente acontecerá quando o eleitor norte-americano se sensibilizar com os conflitos que ceifam os direitos humanos dos outros...

 

 

José Eduardo Zambon Elias zambonelias@estadao.com.br

Marília

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O DINHEIRO MANDA

 

O nobre presidente do Corinthians parece papagaio de pirata,fala o que quer sem pensar e depois tem que pedir desculpas? Falou gatos e sapatos da Globo e foi o primeiro a fazer negociata com eles. Deveria isso sim falar o porque da mudança de direção, se a Globo é tão ruim? No Brasil uns ficam ricos em 4 anos sendo políticos,ex-ministros,outros sendo deputados e outros claro presidentes de clubes. Rola tanto dinheiro que é impossível não se receber algo de assessorias? Mas infelizmente os clubes devem até as calças? E ninguém resolve isso até ao INSS em geral são os principais devedores. No Brasil o dinheiro manda,deita e rola,seja em que segmento for veja a reforma do Maracanã.

 

Antonio Jose G.Marques anjogoma@yahoo.com.br

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DIPLOMADA, COM ORGULHO

Muito bom saber que elegemos uma mulher para nos representar no Senado, mais que uma mulher uma mãe!

Hoje tenho 49 anos, muitos anos atrás, no início de meu casamento, eu cursei o curso de jornalismo, vale salientar que cursei com muito orgulho. Foram épocas difíceis, trabalhava durante o dia e fazia faculdade à noite e durante os primeiros anos do curso, tive meus dois primeiros filhos.Chegava em casa, de ônibus, tarde da noite, com um imensa barriga, onde meus filhos partilhavam comigo minha realização de estar à conquista, não só de meu diploma, mas também da realização profissional. Aliás, na época, eu já assistia à senadora nos programas , onde de forma inovadora ao seu tempo, a sra. discursava sobre assuntos relacionados às mulheres.

Hoje estou eu aqui, pedindo que reflita sobre a não obrigatoriedade de meu diploma. Uma conquista, não só minha, como de muitos outros estudantes, dá uma sensação de impotência, de perda...Nem vou falar sobre as questões profissionais que são afetadas com essa atitude, isso a imprensa já o faz, falo aqui de uma pessoa que sempre teve orgulho de sua profissão.Quando ouvi minha filha falar que queria muito seguir minha profissão, mas que agora já não é regulamentada, fiquei muito triste. Sei que me entende, assim como o seu filho, quisesse seguir sua carreira, por ter orgulho dela e alguém, de forma arbitrária, o fizesse a refletir sobre sua decisão...

Triste! Conto com sua atenção, sei que não me decepcionarei.

 

 

Eliana Bueno Peris elianaperis@bol.com.br

São Paulo

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.