Cartas - 20/08/2011

PACTO REPUBLICANO

, O Estado de S.Paulo

20 Agosto 2011 | 00h00

Loteamento de cargos

Bom ver a presidenta Dilma Rousseff (PT) ao lado de Fernando Henrique Cardoso e de Geraldo Alckmin (PSDB), no pacto republicano contra a miséria e a desigualdade no País. As pessoas de bem devem se unir e juntar esforços na construção de um Brasil melhor e mais justo, independentemente de siglas ou partidos políticos. O que é inaceitável é o loteamento de cargos no governo, sobretudo pelo PMDB, numa autêntica privatização da coisa pública, a qual deveria ser gerida de forma profissional, técnica e competente. Não podemos continuar reféns de partidos e políticos fisiológicos e oportunistas. O que deveria prevalecer é o interesse nacional, do povo brasileiro, acima de tudo, e não os interesses pessoais e eleitoreiros.

RENATO KHAIR

renatokhair@uol.com.br

São Paulo

___________________________

Chega de dor de cotovelo

Parece que a presidente Dillma se sente à vontade perto da oposição, como aconteceu no lançamento do Brasil sem Miséria, com os governadores do Sudeste (a maioria de oposição), ao contrário do ex-presidente Lulla, que se esquivava e mentia sobre a gestão de FHC, seu antecessor. Será que o Brasil vai finalmente seguir seu rumo com altivez, serenidade e coerência? Porque chega de dor de cotovelo palaciano, em que o complexo de vira-lata falava mais alto do que governar consciente do papel de um presidente republicano, que representa toda a Nação. Ponto positivo para Dillma! Mas é importante também que o governador Alckmin não se esqueça de que em São Paulo há muito tempo programas estaduais lutam contra a miséria, porque daqui a pouco só ficará na mente da população o atual programa Brasil sem Miséria da presidente Dillma. Governador Alckmin, não se esqueça de que este programa copia outros iniciados por São Paulo. Marketing é bom e deve ser aproveitado para não acabar como o Bolsa-Família, que Lulla roubou do governo anterior.

BEATRIZ CAMPOS

beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

___________________________

Não pode parar!

A presidente Dilma disse que "a verdadeira faxina que esse país tem que fazer é a faxina contra a miséria". Concordo com a faxina da miséria e a redução da pobreza, porém a faxina contra os ladrões, corruptos e corruptores que infestam todo o Brasil, em todos os níveis, não pode parar, pois os recursos desviados por eles, daria, quiçá, para erradicar a miséria no mundo!

ALBERTO B. C. DE CARVALHO

albcc@ig.com.br

São Paulo

___________________________

CORRUPÇÃO

Faxina em curso?

Será que Dilma tem mesmo um compromisso tão estrito com a moralidade? Ora, ela não demitiu Wagner Rossi do Ministério da Agricultura - o ex-ministro que optou por sair, exortado, segundo ele, por familiares a não prosseguir no cargo. Ainda não está claro, ao menos na minha visão, que a presidente não compactua com os desmandos de seus aliados do PMDB. Afinal, além de ter declarado apoio total a Rossi alguns dias atrás - mesmo diante das acusações gravíssimas e aparentemente recorrentes que pesam contra seu ex-auxiliar -, Dilma detém o passivo moral de não ter-se insurgido contra esse modelo nefasto de gestão pública implantado por Lula à época em que era a "gerente" do governo anterior. Há uma faxina ética em curso em Brasília? Ainda não me convenci disso.

HENRIQUE BRIGATTE

hbrigatte@yahoo.com.br

Pindamonhangaba

___________________________

O desmonte

Pelo que estamos vislumbrando, Dilma não tem as mesmas características para lidar com o "grupo" montado pelo antecessor no Planalto. Com a tal faxina, aos poucos, vai desmontando a equipe que Lula julgava ser ótima. Será que dessa forma conseguirá ir adiante com seu governo? As pressões são muito grandes, e ela sabe disso, mas permanecer governando com esse bando de corruptos, ao que parece, Dilma não está gostando. Que ela continue esse desmanche, e haja com firmeza. Quem sabe sobra um pouco mais de dinheiro para os investimentos necessários e os desvios de verbas terminem.

CARLOS E. BARROS RODRIGUES

carlosedleiloes@terra.com.br

São Paulo

___________________________

Manifesto

A corrupção no Brasil atinge índices inimagináveis, afirmam em manifesto os delegados da Polícia Federal (PF). As últimas notícias publicadas pela mídia confirmam essa podridão. As críticas ao uso de algemas são inoportunas e impróprias neste momento de tanto descalabro. A PF tem todo o apoio da população em sua árdua tarefa de combater os larápios do erário, uma praga que se está disseminando por todo o Brasil.

FRANCISCO ZARDETTO

fzardetto@uol.com.br

São Paulo

___________________________

Presos e presos...

Advogados, juízes e o ministro da Justiça consideraram as imagens dos presos por surrupiarem verbas públicas ofensivas à dignidade humana. Que Deus os proteja de tomar conhecimento das condições dos presos acusados de furto de "bolsa de feira". Por que só se preocupam com criminosos de colarinho branco? E a galera?

PEDRO VARGAS

pv_pedrovargas@yahoo.com.br

Marília

___________________________

Injustiça e desabuso

Um absurdo as declarações do ministro do STF Marco Aurélio e do ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos defendendo como abuso e humilhação a publicação das fotos dos crápulas que meteram a mão na grana do Ministério do Turismo. Eles só esqueceram que os verdadeiros abuso e humilhação são as imagens do descaso de centenas de coitados nos hospitais públicos jogados em macas pelos corredores por falta de leitos, e até mesmo no chão, cujos médicos e enfermeiros são as latrinas e os ratos que os rodeiam. Sem falar nas escolas! Tudo isso causado por desvios de dinheiro público, que poderia ter sido investido com toda a justiça e desabuso nessas áreas. Concordo com o ministro Marco Aurélio quando disse que o Brasil está sangrando. Realmente, o Brasil está sangrando nos hospitais públicos, nas escolas, dentro das casas, nas favelas e nas prisões por falta de investimento em saúde, educação, segurança, moradia, etc. Enfim, até a juíza Patrícia Acioli, por falta de segurança, sangrou até a morte, com 21 tiros deferidos contra ela.

VALDY CALLADO

valdypinto@hotmail.com

São Paulo

___________________________

"A diferença entre ladrão comum e político

ladrão é que o segundo recebe salário de

governo para roubar"

LAÉRCIO ZANINI / GARÇA, SOBRE

A CORRUPÇÃO

arsene@uol.com.br

"Não gostam de algemas, mas gostam de boa vida, bom divã e de dinheiro

do contribuinte..."

ALBERTO NUNES / ITAPEVI, SOBRE A PRISÃO DE CORRUPTOS

albertonunes77@hotmail.com

___________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.753

TEMA DO DIA

"Show do Itaquerão" pode parar na TV Futuro estádio do Corinthians pode virar atração de programa do canal Discovery Channel

"É um documentário em que as etapas da construção são filmadas e editadas posteriormente."

MARCO ALBERTIN

"Sou são-paulino e não tenho simpatia pelo Corinthians. Mas eles estão fazendo tudo certinho, quer gostem ou não."

PEDRO ARRUDA

"Em vez do programa ser "Megaconstruções", não seria melhor "Megasuperfaturamento"?"

ALVARO CALLEJON EXPOSITO

___________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

LULA E O CENTRO POLÍTICO DO GOVERNO

O molusco cefalópode brasileiro continua a abrir a sua boca e ser verborrágico em suas declarações. Agora Lula diz que o centro político de Dilma Rousseff (sua criatura) continua vazio. Afinal, quem essa figura queria que a presidente Dilma coloca-se para tomar conta da política do governo, o companheiro Zé Dirceu e sua camarilha do mensalão, os aloprados do PT, Cesare Battisti ou os amigos lobistas que tanto fizeram e fazem pelo companheiro ex-mandatário? A corrupção, hoje oxigenada no governo Dilma, começou a ser formada no governo Lula, mas, como ele tinha como calar as boca$ da ba$e aliada, ficou doi$ mandato$. Com o molusco é assim, aos companheiros as bene$$es do poder e que a corrupção assole este Brasil. Parabéns, presidenta Dilma, sempre ao lado da democracia, como na recepção ao ex-presidente FHC e outros líderes da oposição. Afinal, ela é a presidente de todos os brasileiros, e não apenas dos companheiros.

Walter Francisco Barros walterfbarros@yahoo.com.br

Araçatuba

___________________________

QUE VERGONHA, LULA!

Bastou a presidente Dilma começar a mexer na rede fisiológica e corrupta deixada pelo seu governo para você soltar essa declaração maldosa do desempenho dela, que ela está se perdendo por querer fazer articulação política e, ao mesmo tempo, discutir vírgula por vírgula cada projeto. Brizola, que era um bom crítico do caráter das pessoas, dizia que Lula era capaz de pisar no pescoço da própria para manter-se no poder. Dilma que se cuide...

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

___________________________

FAXINA NO CORAÇÃO

A única faxina que a presidente Dilma Rousseff colocou em prática é a do seu "coração". Colocou o ex- presidente Lula para escanteio e agora quem é o dono de todas as atenções é o também ex-presidente Fernando Henrinque Cardoso, as fotos não mentem, Dilma está petrificada por FHC. Sem dúvida, é uma evolução, como se ela trocasse o Mazzaropi pelo Richard Gere.

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

___________________________

AUMENTO

Deveremos reconhecer o crescimento/aumento em vários segmentos no governo Lula, de 2003 a 2010, tais quais: aumento do desmatamento na região amazônica; dos voos cancelados pela Infraero em todos os aeroportos do Brasil; dos acidentes aéreos com mais de 1200 vítimas; do número de ministros - de 12 (doze) para 38 (trinta e oito), com aumento para arrecadação e corporativismo; de novas profissões e atividades - saidinha de banco e - roubo de caixa eletrônico; da corrupção em todos os níveis e setores públicos; da consultoria por parte de ministros, desde econômica até a de vacinação contra febre aftosa; da possibilidade de o Brasil não sair do 3º mundo, face aos gastos públicos; do número de palestras do mesmo assunto cobradas em nível de PHD.

Celso de Carvalho Mello celsosaopauloadv@uol.com.br

São Paulo

___________________________

PETISTAS TEMEROSOS

Gostei da matéria do Estadão de ontem, na página A4, sobre o temor dos petistas em relação ao estigma que a postura da Dilma pode causar na memória do governo Lula. Não que brasileiro tenha memória. Não que a queda dos ministros vá mudar qualquer coisa em 2014. Conservo, ainda assim, minhas esperanças de que todos esses absurdos influenciarão no julgamento do povo um dia.

Livia Santo liviasanto@hotmail.com

Santos

___________________________

PULGA ATRÁS DA ORELHA

Com a faxina de Dilma, tem muita gente com a pulga atrás da orelha?

Cícero Sonsim

Nova Londrina (PR)

___________________________

MANCHETE

Estranhei o verbo utilizado na manchete Petistas temem que ''faxina'' de Dilma carimbe gestão de Lula como ''corrupta'' (19/8). Creio que já está na hora de eles terem certeza.

Roberto Castro roberto458@gmail.com

São Paulo

___________________________

DÚVIDA?

Os petistas ainda duvidam? Pois foi nos oito anos do governo Lula que a corrupção recrudesceu e tomou conta deste país, com agravante nos meios políticos. A impunidade sempre presente, seja pelo abrandamento de leis, seja pelo "passar a mão na cabeça" dos "cumpanheiros", atitudes que menosprezaram os valores morais que devem estar presentes na sociedade para o bom convívio de todos. Essa é a herança maldita cujos frutos surgem diariamente na mídia.

José Millei elymillei@hotmail.com

São Paulo

___________________________

CORRUPÇÃO E LULA

Os petistas estão temerosos que a tal faxina que Dilma está fazendo venha a manchar a imagem de Lula... Ora bolas, de há muito ela está manchada, é que muitos ainda não perceberam. Afinal, a maior parte dos que ocupam cargos no Planalto, especialmente os mais altos, vieram do governo Lula, e essas pessoas foram recomendadas por ele. A corrupção correu solta no governo Lula, todos os dias vimos e continuamos a ver os escândalos que ela vem causando. O problema é que Lula negava, inventava artifícios para colocar a culpa do que acontecia em outros e na mídia, dizia que era complô da oposição, ou então, o pior, dizia que de nada sabia, quando os casos ocorriam na sua frente, debaixo de seu nariz. Se agora começam a descobrir que tudo isto vinha ocorrendo desde o seu governo, e com as pessoas por ele recomendadas, isto é manchar a sua imagem? Sua imagem é o que sempre foi, só que muitos não viam ou não queriam ver. Dilma faz bem em querer acabar com isso, pois ou o Brasil acaba com a corrupção ou esta acaba com o Brasil (corrupção é pior do que a saúva).

Carlos E. Barros Rodrigues ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

___________________________

O PT E A CORRUPÇÃO

Petistas temem que ''faxina'' de Dilma carimbe gestão de Lula como ''corrupta''. Temem?

Maurício Lima mapeli@uol.com.br

São Paulo

___________________________

BEM CARIMBADO

Essa de os petistas dizerem que a Dona Dilma vai carimbar o governo do Lula de corrupto é brincadeira, pois o governo do Lula já é de longe o mais corrupto de todos os tempos do Brasil. Desde o mensalão, não vemos outra coisa todos os dias.

Nelson Pereira Bizerra nepebizerra@hotmail.com

São Paulo

___________________________

A POLÍTICA NO MURO DAS LAMENTAÇÕES

A presidente Dilma Rousseff parece religiosamente exprimir com pesar a queda dos companheiros, a cada um que caí (por suspeitas de corrupção). Primeiro, lamentou a queda de Palocci (que já havia caído com Lula no episódio do mensalão), e desta vez caiu sob investigação de denúncias de enriquecimento ilícito; depois, foi a vez dos ''companheiros'' presos pela PF por suspeita de fraudes ligadas ao Ministério do Turismo e cujo episódio das fotos divulgadas da quadrilha foram motim de ''indignação'' oficial; logo em seguida, Wagner Rossi, o último(?) a cair, após diversas denúncias de fraudes e irregularidades na pasta da Agricultura, foi ''digno'' de uma nota da presidente que ficou consternada pelo seu afastamento. Dilma outra vez lamentou! E, enquanto Dilma derrama suas lágrimas, muitos do partido petista temem que a ''faxina'' no governo carimbe a gestão de Lula como ''corrupta'', conforme matéria de Vera Rosa para O Estado de S. Paulo (18/8). O curioso é que até hoje Dilma não voltou à Aparecida para agradecer sua eleição e nem os petistas têm se mostrado assim tão religiosos - mas ironicamente a forma de governa dos ''companheiros'' parece um verdadeiro ''muro das lamentações''.

Emanuel Angelo Nascimento emanuellangelo@yahoo.com.br

Osasco

___________________________

GOVERNO CORRUPTO

Pelo andar da carruagem, até o final deste ano, dos atuais ministros, não sobrará ninguém pra contar história. Neste governo, a corrupção é tamanha, que chega superar os desmandos ocorridos durante o mandato mais corrupto que o Brasil já conheceu: o de Luis Inácio Lula da Silva. Dona Dilma Rousseff, muito cuidado! Pois a bruxa está solta no Palácio do Planalto. É bom não se esquecer de que, por muito menos Collor sofreu impeachment.

Adolfo Zatz dolfizatz@gmail.com

São Paulo

___________________________

MODA TIRIRICA

Embora Dilma Rousseff tenha dito que queria aproveitar o momento e colocar nos ministérios profissionais qualificados e experientes, acaba de nomear Mendes Ribeiro para o Ministério da Agricultura, que ao assumir disse que pretende "aprender muito para ajudar". Ou seja, assumiu à maneira "Tiririca", que pelo jeito nada aprendeu até agora e nada fez, pois simplesmente sumiu. Esperamos que não ocorra o mesmo com o novo ministro.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

___________________________

QUALIDADE DUVIDOSA

Novo ministro na pasta da Agricultura. Será que assume com novas ideias ou já vem com as velhas práticas? Será que investigaram esse cidadão para concluir se ele tem um curriculun ou folha corrida? Sabe como é, né... Tudo o que vem do PMDB tem qualidade muito duvidosa.

Ademar Monteiro de Moraes ammoraes57@hotmail.com

São Paulo

___________________________

DÉJÀ VU NA AGRICULTURA

Nos idos de 1979, Delfim Netto, que havia comandado o ministério da fazenda do milagre econômico nos governos militares, é colocado no Ministério da Agricultura. Na posse, Delfim confessa que nada entende de agricultura e é parodiado por Jô Soares, que cria o personagem Professor Sardinha, ministro da agricultura que ao tentar descascar abacaxis terminava dizendo "meu negócio é números!". Meses depois Delfim salta do trampolim da agricultura e volta ao Ministério do planejamento. Lá se vão 32 anos e a história se repete.

Luiz Henrique Penchiari luiz_penchiari@hotmail.com

Vinhedo

___________________________

A QUEDA

A queda do "exemplar" Wagner Rossi, seja pela viagem de jatinho, seja pelo "jeitinho" de Dilma, mostra que temos muito a fazer para uma completa limpeza no sistema político brasileiro, pois se em apenas oito meses já caíram 3 ministros devido às suspeitas de corrupção, sendo um deles o "braço-direito" da presidente. Somente com instituições sérias, comprometidas com a verdade e livres poderemos eliminar de vez esta praga que aflige o Brasil desde 1500, chamada corrupção, parabéns pelo editorial Quem demitiu o ministro?

Roberto Saraiva Romera robertosaraivabr@gmail.com

São Bernardo do Campo

___________________________

SINISTRO

Mais um ministro renunciou (na verdade foi derrubado). Em oito meses de governo Dilma (PT), quatro ministros caíram (Casa Civil, Transportes, Turismo e Agricultura). O negócio anda sinistro pro lado dos ministros! Quem será o próximo?

Alex Tanner alextanner.sss@hotmail.com

Sumaré

___________________________

A ROCHA IMPLODIDA NO PLANALTO

Em seu discurso de despedida do cargo de ministro da Agricultura, atacando tudo e todos, principalmente a imprensa, já que acusou-a de bisbilhoteira e mentirosa, conforme suas declarações: "Respondi a cada acusação. Com documentos comprobatórios que a imprensa solenemente ignorou. Mesmo rebatida cabalmente, cada acusação era repetida nas notícias dos dias seguintes como se fossem verdades comprovadas. As provas exibidas de sua falsidade nem sequer eram lembradas... Finalmente começam a atacar inocentes, sejam amigos meus, sejam familiares. Todos me estimularam a continuar sendo o primeiro ministro a, com destemor e armado apenas da verdade, enfrentar essa campanha indecente voltada apenas para objetivos políticos, em especial a destituição da aliança de apoio à presidenta Dilma e ao vice-presidente Michel Temer. Uai! como diz um bom mineiro, se o senhor é tudo isso que diz, porque não se sustentou no cargo, já que qualificou-se como "destemido" e "dono da verdade"? Além daquele máxima de quem ri por último ri melhor, pois o senhor declarou em alto e bom som, com uma risada sarcástica, após entrevista, retirando-se do local : "estou firme como uma rocha". Pois é, implodiram a rocha, apesar de levar vários dias, nem a "rocha" Rossi resistiu as bombas de dinamites chamadas "verdades", que foram lançadas pela imprensa.

Agnes Eckermann agneseck@yahoo.com.br

Porto Feliz

___________________________

DILMA ELOGIA MAUS PROFISSIONAIS, QUE FEIO!

Presidente Dilma, seu ministro, Wagner Rossi deixou o ministério porque não aguentaria mais uma chuva de denúncias, agora envolvendo sua família. Ao que se sabe, cooperativas agrícolas que receberam dinheiro da Conab financiaram campanhas de parlamentares, dentre eles o filho do ex-ministro, o deputado Baleia Rossi. Que feio, presidente Dilma, a senhora fazer elogios à figura de seu ex-ministro que tão mal dirigiu o ministério da Agricultura, e que graças ao trabalho da imprensa a sociedade tomou conhecimento dos fatos. Se a senhora não compactua com a sujeira, tenha a coragem de demonstrar isso publicamente, mas elogiar aliados de Michel Temer com medo de retaliação no seu governo é mostrar que seu poder está em mãos dos seus muy amigos.

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

___________________________

DESONESTIDADE EXPLÍCITA

Enquanto o ministro da Agricultura se encontrava no Palácio do Planalto com a presidente Dilma, "pedindo" demissão do cargo, eu assistia o absurdo depoimento do patético ministro do Turismo às Comissões da Câmara dos Deputados, despejando sandices para os deputados como a de que não tomou conhecimento do oficio enviado pelo TCU sobre a ocorrência de irregularidades em seu ministério porque o funcionário que o recebeu entendeu como um documento sem importância e não o trouxe à sua presença. E agiu corretamente em minha opinião emendou ele. E, pasmem, declarou também que "se houve deslizes, irregularidades, não sei". Ora, uma declaração desse naipe, depois da prisão do seu ex-secretário executivo pela Policia Federal nos permite até pensar que o ministro não está de posse da sua melhor condição mental ou é de uma cara de pau impar, aliada à absoluta certeza da impunidade. Mas nessa sua última frase na verdade entregou o ouro, pois ficou implícito não entender nada de nada e só comparece eventualmente ao serviço, que supomos ser a sua ocupação atual, certo? Enquanto não receber o pontapé com as merecidas honras vai continuar nessa toada e esperamos para as próximas horas a sua exoneração em nome da verdadeira governabilidade, ou a presidente Dilma Rousseff terá muito a nos explicar. Mas o que vem acontecendo em Brasília também é culpa nossa que ficamos inertes só remoendo tantas bandalheiras, sem tomar nenhuma atitude mais contundente ainda que pacífica. Hoje Brasília assistiu à "Marcha das Margaridas", com 100.000 mulheres trabalhadoras da terra, de todas as partes do país, reivindicando uma série providências que a classe precisa, e foram recebidas pela presidente Dilma. Fico imaginando se as nossas lideranças, menos comprometidas com a bandidagem, organizassem marcha semelhante à Brasília, se a casa cairia ou não. Foi o que fizeram os povos do Oriente Médio e os hindus atualmente e conseguiram dobrar os corruptos há anos no poder.

Gilberto Pacini benetazzos@bol.com.br

São Paulo

___________________________

A BORDO

Sr. Wagner Rossi, terá sido a oposição ou a imprensa que andaram por aí a bordo do avião de um fornecedor do ministério?

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

___________________________

MONOCULTURA

Por que o Ministério da Agricultura destina verbas, com tanta ênfase, somente para laranjas? Não há outra coisa para plantar: batatas, por exemplo?

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

___________________________

DENTRO DAS EXPECTATIVAS

Dilma manifestou confiança nos ministros Pedro Novais e Wagner Rossi - antes que se demitisse -, não enfrentando o PMDB, interrompendo a faxina pelo começo. Usando palavras de Reinaldo Azevedo quando conclui que a tarefa moralizadora é tarefa complicada e arriscada, " Dilma tem duas alternativas: ou afasta do governo os que infelicitam o Brasil e os brasileiros ou continua atrelada a eles, sendo sua cúmplice, escolhendo o seu lugar na História". Parece que Dilma optou pelo mesmo lugar na História que Lula - o de cúmplice fiel dos crimes cometidos por seus pares! E quem é cúmplice, acaba sendo autor dos mesmos.

Myrian Macedo myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

___________________________

GOVERNABILIDADE

O mal causado pelos oito anos de Lula na Presidência às instituições brasileiras vai se desnudando... A cada ministro que deixa o governo - com a saída de Wagner Rossi da Agricultura, já foram quatro em menos de oito meses do mandato de Dilma, um recorde -, vemos o quanto está apodrecida a máquina governista instituída por aquele que se autoproclama o maior presidente "da história deste País". Ora, a ideia nefasta de que leniência com corrupção e "governabilidade" são coisas que indissociavelmente se complementam chegou ao paroxismo da mentalidade da cúpula da gestão pública federal durante o governo do ex-presidente. Ninguém se lembra que, dentre outros "feitos", Lula conseguiu segurar Sarney no posto de presidente do Senado - mesmo diante das evidências inquestionáveis que apontavam o envolvimento do coronel maranhense com o escândalo dos atos secretos - a fim de, segundo ele, não paralisar o governo? Insisto: que regime republicano é esse em que tolerância com a corrupção é pré-requisito para a "governabilidade"? O modelo político lulista, infelizmente, condena o Brasil ao atraso.

Henrique Brigatte hbrigatte@yahoo.com.br

Pindamonhangaba

___________________________

PÉ FRIO

Em apenas oito meses do governo Dilma já caiu o 4° ministro. Das duas uma, ou a presidente não soube escolher seu ministério ou ela é pé frio.

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

___________________________

CARLOS LUPI

Sai Wagner Rossi do Ministério da Agricultura sob fortes denuncias de corrupção e no Ministério do Trabalho nada? Só sei que o PDT partidinho do ministro Carlos Lupi, até semana passada usava vários minutos com propaganda política tendo o próprio ministro como garoto propaganda, em horário considerado nobre por ser muito caro, na emissora mais cara do país. Será que nós também estamos pagando por esses minutos? Só falta!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

___________________________

TRADIÇÃO

A troca-da-guarda em Buckingham não é páreo para a troca-de-ministro em Brasília.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

___________________________

LUIZA TRAJANO E O NOVO MINISTÉRIO

Faça a fama e deite na cama. Três cartas de leitores publicadas ontem (19/8) pedem a Dona Luiza que não aceite o ministério, mas estes e tantos outros não sabem que até pouco tempo atrás, todos os empregados do Magazine Luiza eram associados a uma cooperativa para sonegar INSS, entre outros tributos, e tiveram de fazer um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o Ministério Público. Se fosse uma empresa da vida, teria multas que quebrariam o seu negócio, mas fama é fama.

Ronaldo José Neves de Carvalho rone@roneadm.com.br

São Paulo

___________________________

MAU NEGÓCIO

Participo da opinião dos leitores do Estadão para que a Sra. Luiza Trajano não assuma essa secretaria oferecida pela presidente. Acho que a melhor contribuição da Sra. Luiza para o desenvolvimento do País é administrar bem as empresas sob sua responsabilidade. Até hoje, não vi nenhum empresário se sair bem em cargo público. Em alguns casos, acabaram com suas empresas. Cuidado!

Minoru Takahashi minorutakahashi@hotmail.com

Maringá (PR)

___________________________

CONVITE DE GREGO

Maria Luiza Trajano, não aceite! Cara Luiza, a senhora é uma vencedora, dona de uma empresa de porte, líder do mercado. Vai fazer o que como secretária de pequena e média empresa? Não entre nesse antro de cascavéis! Para que sujar o seu nome construído com sacrifício e muita luta, desista e agradeça à "presidenta" pelo convite de "grego"!

Toshio Icizuca toshioicizuca@terra.com.br

São Paulo

___________________________

APLAUSO AO TCU

Marcelo Henrique, presidente da Federação Nacional das Entidades dos Servidores dos Tribunais de Contas. A notícia acerca do bloqueio de bens dos envolvidos com desvios de recursos públicos (Ministério do Turismo) determinado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) deve ser motivo de comemoração entre os que desejam um controle externo forte e atuante. Vale salientar que esta Corte de Contas tem sido diligente e presente em relação aos atos e contas sujeitas à sua jurisdição, respaldados em competentes levantamentos técnicos exarados por servidores concursados e de excelente gabarito, os Auditores Federais de Controle, o que orienta e direciona os membros do colegiado (Ministros) a acatar os pareceres da área técnica, suficientemente motivados. Em grande parte dos outros 33 TCs, contudo, tal realidade não é observada in totum, pelo contrário, ainda se tem notícia da descabida, perigosa e deletéria influência político-partidária sobre os julgadores locais que desrespeitam o contido nos relatórios de inspeção/auditoria, diminuindo ou eliminando sanções que, se aplicadas, já teriam eliminado muitos dos ilícitos e expulsado da vida pública aqueles que, ocupantes de cargos ou funções públicas ou eleitorais, insistem em se valer do poder e da autoridade inerente para o locupletamento ilícito e para o atendimento de interesses pessoais ou de suas relações. Que a medida cautelar adotada possa se concretizar no efetivo retorno dos valores irregularmente despendidos para o (já combalido) erário.

Dados do Marcelo Henrique Pereira thais@oficinadapalavra.com

São José (SC)

___________________________

CORRUPTUR

A Operação Voucher da Polícia Federal (PF), desmontando o esquema de desvio do nosso dinheiro, visando a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016, foi um treino para a nossa PF, que aconselho montar um acampamento no Rio de Janeiro, onde vão acontecer os grandes "negócios". Todo ser bem informado sabe que, todo o dinheiro que já rola por este País afora, parte dele tem destino, isto é, o bolso dos corruptos de sempre e dos que colaram grau, nestes últimos oito anos de governo Lula. Com a prisão do braço direito de Dona Marta Suplicy, Sr. Mário Moysés e mentor do mega butim, a senadora, em plenário, chegou às lágrimas e refugiou-se no banheiro para não enfrentar os jornalistas. Realmente, deve ter tido um grande choque, mas aceite um conselho que a senhora mesmo deu ao povo, quando ministra do Turismo, por ocasião do famoso caos aéreo: relaxe e goze!

Eduardo Augusto de Campos Pires eacpires@terra.com.br

São Paulo

___________________________

ALQUIMIA NA CORRUPÇÃO

A Polícia Federal e a Receita Federal desencadearam uma das maiores ações contra a corrupção no país A ''''Operação Alquimia'''' atingiu um dos principais grupos do ramo de produtos químicos e termoplásticos. Esses grupos teriam deixado de pagar R$1 bilhão em impostos. Seus bens bloqueados, logo serão liberados e suas prisões serão relaxadas de imediato. Roubar passou a ser a regra. Algemas só nos furtos de galináceos. A maior ignomínia perpetrada por esses al capones tropicais é a utilização de laranjas para evitarem o recolhimento de impostos. Gente humilde que vive do seu trabalho diário é convocado à Polícia Federal para explicar a movimentação de centenas de milhares de reais. Nenhum país pode sobreviver ao enfrentamento das leis como agora. Prender, soltar. Processos que jamais se concluem. Troca troca de autoridades. Dinheiro que é roubado e que não é devolvido. Que se coloque uma bússola na mão dos governantes em Brasília. Do jeito que está não pode ficar.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ)

___________________________

POLÍCIA FEDERAL

Operação Satiagraha, Operação Voucher, Operação Alquimia... Logo, logo, a Polícia Federal vai ter dificuldade de achar nome para suas operações...

Jorge Zaven Kurkdjian zavida@uol.com.br

São Paulo

___________________________

ANTONIO PATRIOTA E A SÍRIA

Atenção, Demétrio Magnoli (Atenção, Dilma, ele assina em teu nome também, 18/8, A2), ele assina em teu nome, em meu e em nome de todos nós, brasileiros. Antônio Patriota, ao assinar um documento internacional, não é Antônio Patriota, é o ministro das Relações Exteriores do Brasil. Demétrio, ele assina em teu nome e você aprovou o regime sírio. É impressionante como, com essa bandalheira ideológica, já nos esquecemos das funções de nossas instituições republicanas. À mídia responsável caberia o papel de resgatá-las para nosso presente.

Jorge Feffer Janff janff@uol.com.br

São Paulo

___________________________

MASSACRE SÍRIO

O povo brasileiro é sempre acusado de pouco lembrar seu passado; mas no caso do morticínio na Síria, a presidente deve ter esquecido o seu, ou o que é pior, ignorado-o, sendo conivente com a barbárie do ditador Assad.

José G. Oliveira mandarino-oliveira@uol.com.br

São Paulo

___________________________

COM QUEM ANDAS

Aliados do Brasil, sob o PT: Cuba, Irã, Síria e Líbia. Precisa dizer mais?

Maria Cristina Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

___________________________

A ZARA E A CHINA

Segundo notícia que ouvi numa rádio, a Zara, marca do grupo espanhol Inditex, foi denunciada pelo Ministério Público do Trabalho por uso de mão de obra escrava, já que seu fornecedor contratava bolivianos para trabalharem costurando - em ambientes exíguos - de 10 a 12 horas por dia, recebendo apenas R$ 2 por peça. Condeno, é óbvio, o trabalho escravo! Mas, afinal, porque responsabilizar a Zara pelo evidente erro de seu fornecedor? Ou a notícia não foi clara...? De qualquer maneira, o governo brasileiro também deveria deixar de comprar todos os produtos chineses, porque lá na China, quem usa do trabalho de operários sem a proteção de leis trabalhistas, de 10 a 12 horas por dia, durante o ano inteiro, é o Estado chinês! Coerência é o mínimo que se espera... ou o Brasil não quer se indispor com a China e vai continuar a comprar tudo o que é produzido com o uso de mão de obra mais do que explorada? Fora que isso está acabando com nosso potencial industrial.

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

___________________________

''PRIVATIZAÇÕES E INTERESSE PÚBLICO''

Prezado professor José Goldemberg, muito esclarecedor o artigo de 15/8 (Privatizações e interesse público, A2)! Infelizmente nós, da sociedade civil (sindicatos, associações de profissionais e empresariais, organizações religiosas, etc., etc..), não fazemos a pressão para a mudança necessária de cultura no longuíssimo... longuíssimo prazo: A nossa Constituição (Título III, Capítulo VII, Seção I, Artigo 37, Itens II e V ) permite a indicação para cargos de confiança e em comissão nas organizações do Estado (federais, estaduais e municipais), o que impede que as mesmas sejam eficazes e eficientes. Escancaramos as portas das organizações para incompetentes e corruptos e queremos que a polícia prenda os corruptos. Não basta as reguladoras serem independentes de indicações políticas, no caso concessões geridas pelo estado e loteadas politicamente o alcance da reguladora podemos deduzir que é negativo. Com base na constituição nossos partidos são estimulados a praticar o loteamento que conhecemos. Nossos partidos selecionam os candidatos, têm propostas de aperfeiçoamento democrático ou têm o comportamento de quadrilhas de chupins?

Darcy Andrade de Almeida dalmeida1@uol.com.br

São Paulo

___________________________

ATROPELAMENTO

O lamentável acidente que levou à morte uma professora no bairro de Santa Cecília, na esquina da Alameda Barros com a Rua São Vicente de Paulo, poderia ter sido evitado. Moro exatamente no local do acidente e posso dizer que trafegar pela Rua São Vicente de Paulo está se tornando um verdadeiro caos. No trecho compreendido entre a Avenida São João e a Alameda Barros, a Rua São Vicente é de duplo sentido de trânsito. A faixa é estreita e, além disso, o estacionamento ali é permitido em ambos os lados da via pública. Para piorar, a rua também é muito escura, contando, ainda, com um estacionamento de ambulâncias. Ademais, como o referido trecho, com duplo sentido, é uma boa saída para quem está na Avenida São João, em direção à Higienópolis, muitos motoristas e motociclistas trafegam pela Rua São Vicente em alta velocidade. Enfim, a insegurança e o perigo são constantes e algo precisa ser feito. Infelizmente, o atropelamento ocorrido nos últimos dias é o resultado da caótica situação daquela região.

Francisco Antonio Bianco Neto franciscoabianco@uol.com.br

São Paulo

___________________________

PEDESTRES

Realmente, a fiscalização nos semáforos (faixa de pedestres) é bastante interessante e necessária. O grande problema é que só é aplicada nas regiões centrais da cidade enquanto na periferia - obviamente que fica quase impossível a fiscalização -, mas as condições são totalmente diferentes com inúmeros pontos onde existem faixas que quando não são quase ilegíveis estão totalmente cobertas por recapeamentos.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

___________________________

ESTÚPIDOS LEGISLADORES

Na semana passada mais de 2.200 veículos foram multados no centro de São Paulo por invasão da faixa de pedestres. Em 1 hora de viagem, domingo, fui ultrapassado por mais de 30 carros que vieram pelo acostamento. São números ridículos e que se repetirão por muito tempo porque as multas são extremamente baixas para essas infrações, como são em geral no País. O acidente de domingo num parque de diversões no Rio, com a morte de uma jovem é a repetição de muitos outros já ocorridos, e muitos que ainda irão acontecer. Esses fatos apenas mostram como o brasileiro é incompetente nas penalidades impostas por crimes ou infrações cometidos. Interessante é notar os turistas voltando do exterior comentando como o trânsito é organizado por lá, como há segurança e responsabilidade. Estúpidos legisladores nós temos.

Fabio Figueiredo fafig3@terra.com.br

São Paulo

___________________________

VELOCIDADE X CAPACIDADE

Também no trânsito, as aparências enganam: Para aumentar a quantidade de carros que passam em uma avenida, deve-se limitar a velocidade dos carros. Quando os veículos circulam em velocidade alta é ncessário, por segurança, manter uma distância maior entre eles: o fluxo torna-se menor porque cai a capacidade da via.

Rogerio Belda rbelda@terra.com.br

São Paulo

___________________________

AUTOESCOLAS

Trânsito caótico, trânsito assassino... Além das cartas de motorista "tiradas pelo correio" temos outro agravante. Quem está ensinando a população a dirigir? Moro em Guarulhos/SP e temos várias auto-escolas na região. Muitos futuros motoristas desfilam pela rua em que moro "aprontando". Mas ontem foi por demais da conta. Em uma via de mão dupla, o instrutor ensinou o futuro motorista a fazer o retorno em plena via, parando o trânsito nos dois sentidos. Além disso, os instrutores, pasmem, nem sempre usam o cinto de segurança e esquecem de mostrar ao futuro motorista aquela peça importante que aciona o famigerado "pisca-pisca".

Jatiacy Francisco da Silva www.lettersofjatiacy.wordpress.com

Guarulhos

___________________________

PELO VOTO OU PELO DINHEIRO

Gostaria de deixar minha opinião sobre algumas leis novas. Primeiro, que cretinice isso de quererem impor o uso de bicicletas em São Paulo, essa cidade não comporta ciclistas dividindo espaço com autos. Se já de moto é uma barbaridade, agora vêm esses oportunistas por votos querer criar ciclovias. Não tem como, em São Paulo, andar de bike só nos feriados ou nos parques. Outra coisa, daqui a pouco vamos ter vergonha e esconder o fato de sermos heterossexuais e de sermos brancos ou pardos, pois são tantas as leis e tudo agora é preconceito. Assim vamos aumentando o curral de votos desses políticos corruptos. Ah, sim, isso do Kassab de agora multar quem não para na faixa para pedestres atravessarem, esse negócio de abanar mãozinha e temos que parar: a maioria dos pedestres é muito folgada, ninguém tem culpa se eles não querem ou não podem ter carros, já temos sinais, congestionamentos, etc. Essa história de multa é só para arrecadar mais ainda, é a indústria da multa funcionando a todo vapor.

Luciana Cosmelli lu.cosmelli@hotmail.com

Osasco

___________________________

DE MÃOS DADAS

Felizmente, a boa nova do governo Alckmin é o programa de erradicação da miséria que por aqui grassa. Em conjunto com o governo federal, o programa será implantado. Isso é ótimo, PT e PSDB unidos pelo bem comum. É a maturidade dos governos, federal e estadual, atingindo nobres objetivos.

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

___________________________

ORQUESTRA SINFÔNICA BRASILEIRA (OSB)

Li com muita atenção o artigo do Sr. João Marcos Coelho sobre o concerto efetuado na Sala São Paulo pela OSB no ultimo dia 14. Concordo com ele quanto ao magnetismo do Maestro Lorin Maazel, porem discordo enfaticamente sobre a suas indelicadas palavras sobre a OSB. Este foi sim! O primeiro concerto em São Paulo e deu para ver claramente que estamos na frente de uma Orquestra renovada e onde pode-se apreciar com meridiana claridade o trabalho do Maestro Roberto Minczuk, quem foi quase que crucificado pelo seu intento de renovação desta legendaria Orquestra. O problema criado no Rio pela decisão de submeter aos músicos a uma prova de qualidade, acabou virando assunto internacional! Não acredito que seja o momento de iniciar uma nova discussão sobre este lamentável episodio, mas alguém tem reconhecer as qualidades do Minczuck que claramente foram comprovadas vendo a grande mudança que pode-se claramente notar na OSB e seu desempenho neste concerto.Afinal quem estava presente viu uma demonstração inequívoca por parte do publico lá presente.

Alberto Ramon Rios betorios@uol.com.br

São Paulo

___________________________

JUVETUDE CATÓLICA

Lendo a reportagem sobre a jornada mundial da juventude que está sendo realizada na Espanha, recorri à memória e pude retratar em minha mente o movimento dirigido aos jovens dos anos setenta, chamava-se TLC-Treinamento de liderança cristã que sem muita certeza teve sua origem nos pátios religiosos da igreja romana espanhola por um padre de nome desconhecido. Uma das intenções era de orientar e instruir jovens ao desprezo às drogas, contra a desagregação familiar e o convite ao comunitarismo católico - ingresso ao conhecimento cristão. Diferente do protestantismo no qual a pessoa ou elemento decide-se naturalmente pela opção religiosa protestante - ou seja de modelo subjetivo. Esse movimento curiosamente não alcançou muitos jovens pertencentes à classe média baixa. A Espanha, historicamente considerada a milícia romana, embora relativamente à margem da ordem papal que privilegia seus súditos mais próximos que consideram o chefe da igreja rei, é ponta de lança no domínio ultramarino. O desequilíbrio econômico traz consigo a decadência e a violência as quais implicam em uma preocupação na projeção de uma harmonia estética e mística reservada para poucos. Quem de fato mantém os alicerces do imperialismo é o povo em geral, inclusive através de tributos. Sua política brasileira através das comunidades eclesiais de base, embora não pareça, favorece os preservadores da mesma disposição, os quais atuam nas categorias ou classes das mais baixas aos mais nobres, ou seja são os mesmo defensores da moral e disseminadores da pobreza e imoralidade. Essa condução em banho-maria somente ilude e não conduz a nada. Difícil é saber onde há credibilidade e personalidades de maior probidade.

Dulce Matheus dmdulcematheus@gmail.com

São Paulo

___________________________

MARACANÃ

Os operários da reforma do Maracanã cruzaram os braços. Reivindicam melhores salários. Vão aproveitar a urgência da obra para obter êxito. Não deixam de ter razão. Se veem que a corrupção no país está em todos os cantos, a reforma do estádio é mais cara que se construíssem um estádio novo, não vão pedir melhores salário por quê?

Panayotis Poulis ppoulis@yahoo.com.br

Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.