Cartas - 20/09/2010

EDUCAÇÃO

, O Estado de S.Paulo

20 Setembro 2010 | 00h00

Rumo aos piores

O Brasil tem a maior taxa de abandono escolar no ensino médio dentre os países-membros do Mercosul. É o resultado de oito anos de um governo que pretende continuar nivelando a sociedade pela parte de baixo, distribuindo pão e circo e mantendo a ignorância crônica de seu povo em proveito próprio.

VICTOR GERMANO PEREIRA

victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_____________________________

Analfabetos diplomados

Com a aprovação automática nas escolas, em breve, seremos o país com o maior número de analfabetos diplomados.

ANTONIO C. F. RAINHO

caipiramoderno@ibest.com.br

São Paulo

_____________________________

HERANÇA MALDITA

Vamos ter de engolir

A candidata Dilma Rousseff alega que só soube pela imprensa das peraltices do filhinho de sua principal assessora. Das duas, uma: ou a candidata está fantasiando ou é extremamente desligada. Esta hipótese é mais grave. Contando com um batalhão de assessores dedos-duros, seria quase impossível não saber dos murmúrios que assombravam os corredores da casa, que o fogo amigo propagou para a imprensa. Reconhecemos, contudo, que ela é legítima representante dos eleitores de Lula, o que explica que seguidos escândalos de petistas de carreira nem tenham respingado em sua candidatura, mas certamente consolidam sua péssima imagem entre a população mais esclarecida, que sabe que conhecimento não é um de seus predicados maiores e teme que a nova equipe ministerial seja um aglomerado de mediocridades comandadas no berro. Quanto a nós, vamos ter de engolir essa intragável herança maldita, que será sentida por diversas gerações.

JOÃO HENRIQUE RIEDER

rieder@uol.com.br

São Paulo

_____________________________

Erenice no TCU

Fico imaginando a que nível chegaria a corrupção no governo caso a Erenice Guerra fosse nomeada ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), conforme desejo explícito da Dilma. Com base nisso, o que poderemos esperar do Ministério que será nomeado caso, infelizmente, Dilma seja eleita? Uma coleção de Erenices pendurando a família e agregados, a serviço do crime organizado? Candidatos não faltam, e muitos já devem estar em ação neste desgoverno Lulla. Acorda, Brasil, enquanto é tempo.

FERNANDO FENERICH

ffenerich@gmail.com

São Paulo

_____________________________

Dádivas

Da forma que a coisa vai, a candidata do governo vencendo a eleição, o STF decerto terá uma de suas vagas preenchidas pelo camarada democrata José Dirceu.

JOSÉ G. OLIVEIRA

mandarino-oliveira@uol.com.br

Praia Grande

_____________________________

Promessa duvidosa

O candidato petista ao governo paulista promete, em seus devaneios, acabar com os "caros pedágios" das ótimas estradas do nosso Estado. Seria oportuno fazer ao menos uma coisa de útil em seu final de mandato como senador: acabar com os "pedágios" na Casa Civil e, quem sabe, no próprio Senado. Aquilo que, vergonhosamente, resolveram chamar de "taxa de sucesso" e nós, pobres mortais, chamamos propina.

FLAVIO MARCUS JULIANO

opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

_____________________________

URBANISMO

Barra Funda

Cumprimentos ao Estadão e ao repórter Rodrigo Brancatelli pela matéria, publicada dia 13, enfocando o processo de ocupação da Barra Funda, bairro onde está instalado o Memorial da América Latina, complexo arquitetônico concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer e tombado pelo Condephaat. Cumprimentos também pelo editorial Desordem na Barra Funda (16/9, A3), em que esse prestigioso jornal volta ao assunto e, com muita propriedade, alinha uma série de ponderações e manifesta preocupação - que compartilhamos - com o modelo de ocupação aventado.

FERNANDO LEÇA, presidente do Memorial da América Latina

sir.parracruz@yahoo.com.br

São Paulo

_____________________________

São Vito

A Prefeitura iniciou a demolição do Edifício São Vito, projetado em 1959 pelo meu avô, Aron Kogan, juntamente com Waldomiro Zarzur. Muitas vezes o edifício foi lembrado como um símbolo da degradação do centro de São Paulo. Sua demolição, no entanto, deveria ser lembrada como um símbolo do desastre político e urbanístico que as últimas gestões da Prefeitura empurram à cidade. A concepção urbanística do São Vito poderia ainda hoje ser tomada como paradigma. O prédio foi pensado como uma habitação hiperdensa no centro, sobretudo para populações migrantes. Ou seja, desde o começo foi projetado para abrigar pessoas de baixa renda. Com generosas janelas e panôs de vidro, o São Vito oferecia excelente qualidade arquitetônica e, mais importante, habitação próxima do trabalho. A gestão amadora de um edifício grande é muito difícil e o tempo foi implacável por causa disso. Os princípios urbanísticos do São Vito relacionam-se com o principal problema da cidade hoje: habitação. A baixa densidade de São Paulo e o processo de periferização intensificam todas as demais questões. O transporte público torna-se extenso e custoso e os equipamentos precisam ser muito numerosos. A melhora da cidade passa pela ideia de adensamento planejado. A Prefeitura iniciou a demolição sem saber ao certo o que vai pôr no lugar. Especula-se a construção de um estacionamento. Assim, com uma ideia anacrônica de estímulo ao transporte privado, a Prefeitura aprofunda o problema urbano. Por trás da demolição há, na verdade, outra coisa: "revitalização". Quando se fala em "revitalização", fala-se necessariamente em valorização do preço da terra. A consequência certa disso é a expulsão das camadas mais pobres da população, que serão forçadas a morar em periferias distantes. O que se planeja aqui não é a demolição do São Vito, este é apenas uma pedra no meio do caminho. Planeja-se é uma cidade asséptica, limpa, dividida, para poucos. Planeja-se, enfim, uma cidade inviável, sem futuro possível, que derramará seu próprio veneno sobre todos a cada nova chuva, a cada novo congestionamento. A única resposta possível, numa cidade humana e democrática, é a reconstrução do São Vito.

GABRIEL KOGAN, arquiteto e urbanista

gabrielkogan@gmail.com

São Paulo

_____________________________

"É nas mãos da "excepcional gerente", que não gerenciava direito nem sua secretária pessoal e amiga íntima, que Lula quer deixar o "seu povo"? Mau negócio!"

MYRIAN MACEDO / SÃO PAULO, SOBRE EVENTUAL GOVERNO DILMA

myrian.macedo@uol.com.br

"Será que a equipe da Dilma presidente terá a cara da Erenice? Deus nos acuda!"

ADEMAR MONTEIRO DE MORAES / SÃO PAULO, IDEM

ammoraes57@hotmail.com

"Quando eles tiverem a caneta, o cofre e o seu passado nas mãos, será

que você vai ser poupado?

OSCAR ROLIM JÚNIOR / ITAPEVA, IDEM

rolimadvogado@ibest.com.br

_____________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 4.434

TEMA DO DIA

Diretor dos Correios opera esquema

Empresa aérea MTA, envolvida em escândalo, é controlada do exterior por meio de firmas de fachada

"A verdade é que cada dia que passa esse escândalo toma proporções gigantescas."

ANA MARIA SILVA

"Correio de um país é coisa séria. No final, todo o custo da corrupção é repassado no custo das postagens dos usuários."

OSWALDO RODRIGUES

"Parece que todos estão letárgicos ante a todas as denúncias que foram levantadas e comprovadas."

JOSÉ NIVALDO

_____________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

AÇÃO SANEADORA

Mais uma vez a imprensa livre do País presta um inestimável serviço à Nação brasileira. Ao denunciar um nefasto esquema de corrupção e tráfico de influência que operava nos porões da Casa Civil da Presidência da República, ajudou a desbaratar, com provas robustas, uma série de delitos praticados por maus brasileiros vinculados ao setor. A queda da ministra Eurenice Guerra foi inevitável. Além do mais, este importante fato contraria o que afirmou em última entrevista o ex-ministro José Dirceu, quando alegou ser imperioso o exercício de um controle sobre a imprensa. Esses condenáveis fatos poderiam ficar impunes se vivêssemos sob os tacões de um Estado autoritário. Um dos pressupostos básicos de uma democracia avançada é ter instituições que não coíbam a liberdade de expressão, pois liberdade de informar é pressuposto fundamental na defesa dos interesses maiores de um povo.

Francisco Zardetto fzardetto@uol.com.br

São Paulo

_____________________________

"HISTORIA MAGISTRA VITAE"

As declarações recentes de José Dirceu confirmam a assertiva de Marcus Tulius Cicero - ''Historia Magistra Vitae''. Dirceu classificou Lula como um mero instrumento para viabilizar a conquista do poder pelo núcleo marxista-leninista do PT - é exatamente isso que, há quase um século, os comunistas fazem com os ingênuos ''socialistas'' ou ''social-democratas''. Em 1919, Lenin e Trotsky fundaram a Terceira Internacional Comunista. A Primeira, criada por Marx e Engels em 1864, terminara em 1876. E a Segunda, fundada por Engels em 1889 (Marx morrera em 1883), durara até 1914. Os remanescentes da Segunda Internacional aderiram à Terceira, em 1919. Todavia, por discordarem dos métodos revolucionários de Lenin e Trotsky, cindiram com ele, criando a chamada ''Internacional 2 1/2'', ou de Viena, em 1921 - a conhecida Internacional Socialista, a que se liga o PDT do falecido Leonel Brizola. Todavia, a ideia desses ''socialistas'', ou ''social-democratas'', de chegar ao poder pelo voto, e não pela revolução, e a partir daí implantarem suas ''reformas'', jamais foi aceita pelos seguidores de Lenin. Entretanto, enquanto as ''condições objetivas e subjetivas'' não permitem a tomada do poder, os comunistas se aliam a esses ingênuos - além de outros oportunistas, todos classificados como ''companheiros de viagem'' - e descartam-nos tão logo empalmam o poder. Foi isso que os comunistas integrantes da direção do PT desde 1979 fizeram com Lula - um semianalfabeto com carisma, capaz de arrebanhar as massas de que os comunistas precisavam para seu projeto de poder, mas ignorante e vaidoso demais para entender que, como no apólogo de Machado de Assis, estava apenas servindo de agulha para a linha vermelha. Mais ignorantes ainda são os brasileiros que votaram no PT, sem saber que estavam fazendo o jogo dos retrógrados comunistas do Foro de São Paulo. Ainda há tempo de corrigir isso, até 3 de outubro. Acorda, Brasil! Quem vota no PT elege Dirceu e o MST!

Gil Cordeiro Dias Ferreira gil.ferreira@globo.com

Rio de Janeiro

_____________________________

SE DILMA VENCER, ZÉ DIRCEU VOLTA COM A CORDA TODA

Atolados no pantanal de mentiras e falsidades no qual chafurdam desde que conseguiram colocar Lulla no Palácio do Planalto, os petralhas ficaram estarrecidos com o rasgo de sinceridade do ex-ministro Zé Dirceu quando, durante um discurso em prol da candidatura de Dilma Rousseff, afirmou categoricamente que a eleição de Dilma é mais importante para o PT do que foi a de Lulla. Zé Dirceu está absolutamente certo! Após assumir a Presidência da República, quando todos esperavam que fosse ficar a mercê do PT, Lulla ''deu um nó'' nas lideranças intelectuais do partido, fazendo-as reféns da sua popularidade pessoal. O fato é que numa inesperada declaração, ao dizer a verdade, seja por um ato falho, ou por ter deixado transbordar as mágoas acumuladas nos longos anos de ''exílio político'', Zé Dirceu expôs a trama secretamente urdida pelo PT para assumir, finalmente, e de fato, o poder, através da eleição de Dilma. Bem feito para esses ''ingênuos'' brasileiros que acreditam que ao votar Dilma estão abrindo a possibilidade de continuar sob a ''tutela e proteção'' de Lulla. É como dizem no Nordeste: ''Pra corno, todo castigo é pouco!'' Se elegerem Dilma, os incautos estarão reabrindo as portas do governo para figurinhas carimbadas do PT, tais como Delúbio, Genoino, Waldomiro, Silvinho e, principalmente, Zé Dirceu, não só permitindo que voltem a ''mamar nas tetas da viúva'', como também possibilitando que deem início ao plano visando a ''enquadrar'' Lulla. Alguém tem dúvida de que a vingança dessa camarilha ''sará maligrina''?

Júlio Ferreira julioferreira.net@gmail.com

Recife

_____________________________

PERIGO Á VISTA

As últimas declarações de Lulla e de seu grande amigo Zé Dirceu nos deixam de cabelos arrepiados: o primeiro fala em extirpar o DEM, declaração que nos lembra Stalin e seus expurgos; o segundo declara taxativamente que no Brasil o problema é o ''excesso de liberdade e do direito de expressão e de imprensa''. Noutra oportunidade disse que a Dilma é que realmente encarna o pensamento do PT, deixando claro que a fase ''Lulinha, paz e amor'' vai terminar com a eventual vitória da companheira guerrilheira. Já vimos este filme na Venezuela, Argentina, Bolívia e no Equador. O retrocesso nos espera e isto com a aprovação do próprio povo brasileiro que não sabe valorizar o seu voto. ACORDA, BRASIL!

Antonio Carlos Pereira acpereira1939@com4.com.br

Batatais

_____________________________

LIBERDADE DE IMPRENSA

As declarações de José Dirceu em Salvador de que a imprensa deve ser controlada nos remetem à época em que esteve em Cuba fazendo cursos de subversão, guerrilha e terrorismo e, retornando ao Brasil, assaltou, certa vez um cartório em Santo André, subtraindo formulários para a falsificação de nomes -- é comunista, dele só poderíamos esperar isso... ser contra a liberdade de imprensa. Nos EUA é proibido proibir a imprensa, pela Constituição; no entanto, aquele país segue em frente democraticamente, enquanto nos países em que há controle de imprensa a deterioração econômica e social torna-se endêmica. Veja a Venezuela, Cuba e outros. Ele, José Dirceu, para instalar uma ditadura comunista no Brasil sabe que deverá calar a imprensa. Que mande calar a boca dos filhos dele e não a boca de nosso País democrático! Velhaco é velhaco! Tente calar o Brasil!

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

_____________________________

SEMPRE NA MOITA

Muitos dizem que se Dilma for eleita Dirceu voltará com tudo. Mas desde quando Dirceu deixou de estar com tudo? Ele perdeu seu cargo, cassado que foi, mas nunca deixou o poder. Qual eminência parda, ele manipula os cordéis do governo, contata a esquerda internacional e instituições fomentadoras de grupos de agitadores para programar novas ações internas, ganha dinheiro a rodo como lobista fechando contratos milionários com empresas internacionais, ou seja, ele nunca deixou de ser a peça-chave do governo Lula. Ele só vive na sombra, não se expõe, o que acabou sendo uma grande vantagem para esse personagem deletério de caráter... pois age com muito mais liberdade do que no tempo em que ocupava a Casa Civil. Personagens como este me lembram sabe quem? Rasputin...

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

_____________________________

PLÁSTICA NA MENTE

O ex-ministro José Dirceu disse que o problema do Brasil é o monopólio das grandes mídias, o excesso de liberdade e do direito de expressão da imprensa. Na verdade, é um problema para o seu partido, o PT, que não cansa de se meter em maracutaias e conluios de toda espécie. A tal liberdade que ataca é um dos pilares das nações democráticas, nas quais ainda nos inserimos. Além de ter feito plástica no rosto para se ocultar de seus perseguidores, deveria ter feito também, naqueles anos, uma outra, só que na sua mente, já que tais afirmações só nos fazem constatar que esse meio personagem da história política brasileira ainda não aprendeu a lição das consequências nefastas que traz uma ditadura, seja ela de direita ou de esquerda.

José Eduardo Zambon Elias zambonelias@estadao.com.br

Marília

_____________________________

CENSURA

Se continuar como está, logo não restará nem este espaço para nos manifestarmos.

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

_____________________________

EXCESSO DE LIBERDADE

Mais uma evidente prova de que o PT pretende é simplesmente o ''cala a boca'' da imprensa brasileira, justamente para tornar mais fáceis as tramoias dos seus filiados. O José Disfarçado, ao declarar que existe no País ''excesso de liberdade e do direito de expressão e de imprensa'', está simplesmente reclamando da divulgação, diga-se corajosa, da IMPRENSA livre, da constante corrupção que sempre grassou no (des)governo Lulla, tais como o mensalão, quebras de sigilo fiscal, dinheiro na cueca e agora a ''facilitação'' praticada pela ''cumpanhera'' da Dilma, Erenice 6%. Calando a imprensa livre, o ''trabalho'' dos ''petralhas'' irá se ampliar comodamente.

Antonio Carlos Delfim acdelfim@hotmail.com

Presidente Prudente

_____________________________

FAROL DOS POVOS

A censura de mais de 400 dias do Estadão vai emendar com pelo menos mais quatro anos de censura.

Zé Dirceu vem aí com suas ideias da década de 50, sua próxima plástica o deixará com a cara de Enver Hoxha, falecido líder supremo da nação mais comunista da História, a Albânia, miserável e atrasada, que se autodenominava "O Farol dos Povos".

Depois do mandato Dilma, vamos ter de dispensar não 500 mil, mas 5 milhões de funcionários públicos!

Luiz Henrique Penchiari Jr. luiz.penchiari@bericap.com

Vinhedo

_____________________________

IMPRENSA LIVRE E DIREITOS HUMANOS

O Zé Mensalão Dirceu declarou que a imprensa tem liberdade demais. Mas não reclamou que criminosos endinheirados e políticos criminosos têm liberdade demais. Só quem pratica atos condenáveis, como muitos governistas lobistas e quebradores de sigilos fiscais (a Caixa será condenada e terá de pagar também pelos mais recentes? Vai quebrar...), costuma reclamar da divulgação dos trambiques pela imprensa. E o Itamaraty, que apoia países violadores dos direitos humanos, dá pouca importância à condenação destes na ONU. A situação tá ficando ruça (ou russa?).

Mário A. Dente dente28@gmail.com

São Paulo

_____________________________

PRENÚNCIO

Lula quer extirpar o DEM e Dirceu quer controlar a mídia. Num misto de Hitler com URSS, se Dilma vencer, caminhamos para uma pseudodemocracia igual à de Cuba, Venezuela e Irã - amigos do PT e de Lula, Dirceu e Dilma -, onde a liberdade de imprensa é nula e quem discorda do governo é caçado. Acorda, Brasil!

Sérgio Eckermann Passos sepassos@yahoo.com.br

Porto Feliz

_____________________________

LIBERDADE.

Viu no que deu o ''excesso de liberdade da imprensa'', sr. José Dirceu?? Menos um, por enquanto, para dividir a pilhagem!

Eduardo Augusto de Campos Pires eacpires@terra.com.br

São Paulo

_____________________________

AMEAÇAS

José Dirceu, o companheiro de armas de Dilma Rousseff, deverá ser, caso ela vença, seu conselheiro ou, quiçá, seu chefe da Casa Civil, caso não caia de seu salto alto, no qual não sabe se equilibrar. Mas para quem gosta de chibatada nas costa será um prato cheio, pois já declarou: "O primeiro ano do governo Dilma será marcado pela política pois, o problema do Brasil é o monopólio das grandes mídias, do excesso de liberdade e do direito de expressão da imprensa" . Portanto, já podemos contar com a permanência de Franklin Martins no governo para tomar as providências cabíveis. Como disse Serra, o povo vai votar num "envelope fechado", e eu completo: cheio de mentiras e promessas vãs.

João Roberto Gullino jrgullino@oi.com.br

Petrópolis (RJ)

_____________________________

QUIETINHO...

Milagre, de repente acabaram as invasões de terras! Por que será? Alguém tem uma explicação? Não tenho a menor ideia de por que isso aconteceu...

Bob Sharp bobsharp@uol.com.br

São Paulo

_____________________________

MEU PROTESTO

Como cidadã, eleitora e frustrada brasileira, gostaria que as minhas palavras de frustração tivessem eco, uma andorinha só não faz verão, mas chega de calar, chegar de achar que é só mais um escândalo. Não sou filiada a nenhum partido, sou apenas uma eleitora/mãe/cidadã que não aguenta mais tanta barbaridade. Por favor, quero que as pessoas saibam o que penso e como me sinto. Mando meu grito de desespero, de revolta, de repulsa com a atual situação política do nosso país.

Não tenho pretensões de aparecer, sou uma pessoa simples, mas tem hora que cansa, e eu juro que estou no meu limite ao ver/constatar tanta coisa errada.

Sou obrigada a eleger quem me represente, cumpro minhas obrigações, mas vejo que os meus direitos não são respeitados, o fato que veio a tona na semana passada, com a sra. ministra da Casa Civil e filhos, me enojou, quero assumir minha culpa e meus medos, e repito, minha repulsa com a máquina governamental que não respeita seus eleitores, BASTA!

Luzenilda Barbosa

Campo Largo (PR)

_____________________________

CENSURA ÉTICA

A punição imposta à sra. Erenice é mais uma afronta aos cidadãos de bem que ainda creditam que de fato existe uma coisa chamada ÉTICA. Mas, infelizmente, é a realidade daquilo que nos faz muita falta: educação básica de verdade. Educação que faça o estudante pensar. A cultura atual do brasileiro é a de ter e ser sob qualquer hipótese. Tanto faz ser lícito ou não. É o espelho do comportamento de nossos representantes. Gente que cria leis visando benesses para delitos futuros, que sabidamente irão cometer. Fazem porque a noção de impunidade é real. Lulla e seus pares nadam de braçada num mar de lama. Sairão dele limpos e saudáveis.

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

_____________________________

CONLUIO

Com a vitória da Dilma, o Brasil vai ser governado por um conluio entre os corruptos, os coniventes e os indiferentes!

Eugênio José Alati eugeniojosealati@yahoo.com.br

Campinas

_____________________________

A FAXINEIRA E A MINISTRA

Imagine que você indica uma pessoa para trabalhar como faxineira na casa de um amigo. Você diz que ela é limpinha e honesta, seu amigo acredita e contrata a faxineira nova. No dia seguinte a tal faxineira rouba a casa toda. Acredito que o seu amigo iria ficar chateado com você por ter indicado uma ladra para trabalhar na casa dele. A Dilma indicou a Erenice para ficar no lugar dela no Ministério, no dia seguinte a Erenice fez o que fez e agora a Dilma vem dizer que não é com ela? Se a Dilma for eleita, ela vai tomar um pedido de impeachment no dia da posse.

Mário Barilá Filho mariobarila@yahoo.com.br

São Paulo

_____________________________

PUPILAS DE LULA

O escândalo Erenice Guerra é a avant-première de um eventual governo Dilma Rousseff. Resultado: ditadura ou impeachment.

José Francisco Peres França josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

_____________________________

LULA IGUAL A DILMA

Assim como Lula não ''sabia'' nada sobre o mensalão, a Dilma nada ''sabia'' das negociatas da família Guerra, bem ali sob suas barbas. O PT é uma tragédia!

Carlito Sampaio Góes carlitosg@estadao.com.br

São Paulo

_____________________________

COZINHA

Vai me dizer que você nunca sentiu o gosto podre da comida preparada diariamente em sua cozinha?

Oscar Rolim Júnior rolimadvogado@ibest.com.br

Itapeva

_____________________________

LULLA NO GUINNESS

O presidente Lulla, ao citar diariamente o filósofo Sócrates, "só sei que nada sei", fatalmente entrará para o Guinness.

José Carlos Degaspare degaspare@uol.com.br

São Paulo

_____________________________

ESCÂNDALO NA CASA SERVIL

Pelo jeito como a facção gerencia a casa de tolerância, onde pais, filhos e parentes prevaricam abertamente, este é o verdadeiro programa Minha Casa Servil, Minha Vida Fácil. Está mais para covil do que para civil. E pode ficar pior, Belchior!

Flávio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

_____________________________

CAUTELA E CANJA DE GALINHA...

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cogita de não nomear o sucessor definitivo de Erenice Guerra. Deve esperar até depois da eleição de 3 de outubro, ou quem sabe, extinguir o cargo...

Victor Germano Pereira victorgermano@uol.com.br

São Paulo

_____________________________

JOGO SUJO

Se há violação de sigilo fiscal na Receita, subordinada ao governo atual, a oposição é culpada. Se há negociatas na Casa Civil, próxima à sala do presidente, a oposição é culpada. Além disso, segundo o presidente, a oposição é ''uma elite rabugenta'' e um ''bando de

bichos espertos'' (17/9, A10). É, Lulla continua sendo o mesmo sindicalista raivoso do ABC, quando vociferava impropérios contra os empresários, durante as greves.

Tá louco, ''cumpanhero''? Ou não aceita a recomendação de moderação?

Alvaro Salvi alvarosalvi@hotmail.com

Santo André

_____________________________

ONDE ANDAM OS DEMOCRATAS DO PT?

É significativo o silêncio absoluto da ''inteligentzia'' petista, composta por homens profundamente comprometidos com a liberdade e portadores de cultura sociológica e jurídica invejável - a exemplo dos eminentes professores da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Dalmo de Abreu Dallari e Fábio Konder Comparato e do advogado Márcio Thomaz Bastos - no concernente aos ataques do governo às liberdades (sigilo fiscal) e à ética (tráfico de influência nas entranhas íntimas do poder central). Será que a vinculação partidária teria comprometido o primeiro compromisso desses homens, que é com a própria consciência e suas convicções teóricas expostas em tratados acadêmicos e declarações públicas?

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

_____________________________

CARAS-PINTADAS

Aos companheiros de infortúnio que clamam pelos caras-pintadas devo lembrar que eles estão ocupados mamando em tetas governamentais, daí não haver tempo nem disposição para qualquer movimento. E movimento para quê, nobre colega? O ''cara'' tem 79% e várias tetas distribuídas. Sindicatos, BNDES, Petrobrás, CEF, BB, Bolsa-Família, mensalão (alguém acha que acabou?), e isto sem falar nos ''não sabia''. Claro, está cheio de ex-amigos abatidos no caminho, mas nenhum passando necessidades. Caras-pintadas somos nós, contribuintes excluídos, só pagando a conta. Pintada de palhaço. Às vezes tenho nojo.

Manoel Mendes de Brito voni.brito@itelefonica.com.br

Bertioga

_____________________________

MARTA E SUAS CRIAS

O que ninguém tem falado nessa questão do Francenildo e das quebras de sigilo é que o comando da Caixa na época desse crime estava com uma pessoa que, se não me engano, era uma indicação pessoal de dona Marta Suplicy, o sr. Jorge Matoso. Nesta reta final de campanha, acho que ela precisa receber a cota a que tem direito nesse e em outros episódios deprimentes que tem protagonizado, como o ''relaxa e goza'' e as insinuações contra o Kassab.

José Benedito Napoleone Silveira nenosilveira@aim.com

Campinas

_____________________________

A PROPAGANDA E A POLÍTICA, DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS.

O que se vê pela cidade é a proliferação de propaganda dos políticos, por onde se passa. Nos mais variados lugares, nos mais diversos modos de promoção, panfletos, santinhos, cartazes e acima de tudo os cavaletes, muito deles colocados em locais impróprios.

Não é que a classe política não tenha o direito de se promover, mas e o cidadão comum, aquele que trabalha e precisa expor uma promoção para divulgar o seu produto? Este não pode? É, por exemplo, o meu caso, que trabalho com venda de imóveis e toda e qualquer divulgação em via pública é impedida.

Mauro Furtado da Cunha cunha_mf@yahoo.com.br

São Paulo

_____________________________

VERTICALIZAÇÃO NA GRANJA VIANA

Verticalização? É com uma ponta de desespero que leio as notícias que relatam as tentativas

de justificar uma eventual verticalização da região chamada Granja Viana.

Estas noticias divulgam o que eu já conhecia através de algumas reuniões para elaboração do plano diretor do município de Carapicuíba, às quais participei como suplente dos representantes do bairro chamado Fazendinha.

O Plano Diretor de Carapicuíba é um documento que irá nortear a elaboração de leis de uso e ocupação do solo . Acompanhei o processo de elaboração deste plano e apesar das aparentes boas intenções percebi algumas distorções e contradições que tentarei trazer à tona com a única finalidade de colocar um pouco de ordem num processo que tende a se tornar caótico por pura falta de aplicação de leis constitucionais já existentes.

Em primeiro lugar, o fato do Plano Diretor ser chamado de "participativo" esconde a tentativa da prefeitura municipal de dar um aval popular à um documento extremamente complexo, impossível de ser compreendido por um habitante típico da região e, além disso, elaborado por técnicos que tem em vista uma visão predominantemente coletiva do problema habitacional do Município, o que não seria um problema se esta visão coletiva não fosse

extremamente parcial. Explico: além do Município de Carapicuíba ser tratado como uma região onde o adensamento seria a principal solução para o déficit habitacional, está embutida na discussão desse plano diretor a pretensão de dar um viés de sustentabilidade ao processo, ao mesmo tempo em que qualquer técnico por mais limitado que fosse, compreenderia que adensamento e sustentabilidade estão em posições diametralmente opostas. Há possibilidade

de conciliar estes dois parâmetros mas para isso é necessário que haja projetos competentes e uma orientação técnica da qual os técnicos responsáveis pela elaboração do já mencionado Plano Diretor não dispõe.

O que acaba acontecendo é que, em nome de interesses econômicos pontuais, mais especificamente três grandes áreas lindeiras ao Município de Cotia ainda não ocupadas, de propriedade de fortes empreendedores lobistas locais, está sendo aprovado um lamentável projeto de ocupação dessas áreas. Como lamentável consequência, projetos de verticalização que poderiam ser interessantes para as outras regiões de Carapicuíba são tratados da mesma

forma que projetos pontuais que acabarão se tornando um transtorno para a região da Granja Viana que, além de já sofrer com uma total falta de infraestrutura é a última reserva de áreas verdes que potencialmente poderiam ser usadas em benefício de uma coletividade ainda maior que a coletividade que supostamente irá se beneficiar ao ocupar as unidades habitacionais que eventualmente irão ser geradas.

Não sou contra a verticalização em determinadas áreas. Muito pelo contrário, acho que uma verticalização promovida a partir de projetos competentes, em áreas específicas, atenderia aos anseio de toda a coletividade. Para embasar este argumento bastaria que respeitássemos as leis já existentes que exigem estudos de impacto ambiental.

Da forma como este assunto vem sendo tratado percebo o desrespeito ao bom senso e principalmente percebo a tentativa de favorecimento de grupos isolados que não só se beneficiarão com o uso indevido dos terrenos que possuem, mas deixarão para o poder público o ônus das melhorias de infraestrutura da região que irão ocupar, agravando já graves problemas existentes e criando problemas que ainda não existem, a saber:

1- aumento do tráfego local

2- aumento da demanda de transporte público

3- geração de uma imensa quantidade de lixo e esgotos.

4- aumento da necessidade de um contingente policial para garantir segurança à população que já vive no local e também à população que irá ocupar as novas habitações.

5- aumento da demanda de energia elétrica.

6- aumento da demanda por já escassos recursos hídricos.

7- aumento da demanda de serviços públicos e particulares de saúde. Para que não admitamos o favorecimento de uns poucos em detrimento de uma população carente que será alocada em habitações que não irão dispor das mínimas condições de infraestrutura, urge que a população e os representantes responsáveis do setor público EXIJAM que, ANTES de emitir alvarás para obras que impactam determinadas regiões, sejam REALIZADAS e CONCLUÍDAS TODAS AS OBRAS NECESSÁRIAS, embasadas em projetos que atendam a estudos OBRIGATÓRIOS de impacto ambiental.

Já passamos da hora de discutir se há elitismo ou não na questão da verticalização da Granja Viana. Essa discussão só convém aos que querem usar a discussão como uma perniciosa e maléfica panfletagem política. Vamos usas o bom senso e exigir que todos as OBRAS que solucionarão os problemas gerados pela eventual verticalização sejam INICIADAS, CONCLUÍDAS E CUSTEADAS pelos empreendedores que se beneficiarão com essa verticalização, tudo isso embasado em estudos competentes de impacto ambiental, de acordo com os 07(sete) itens que apontei pouco acima.

Claudio Leozz

São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.