Cartas - 21/06/2010

COPA DO MUNDO

, O Estado de S.Paulo

21 Junho 2010 | 00h00

Brasil 3 x 1 Costa do Marfim

O Brasil no ataque voltou a ser soberano,/ com 3 x 1 de Luis Fabiano e Elano,/ derrotando a Costa do Marfim em solo africano.

ANTONIO BRANDILEONE abrandileone@uol.com.br

Assis

___________

Kaká

Coisa igual em jogo de futebol nunca vi: o treinador expulsar o atleta do time que "administra". Dizendo melhor, se o mudo anão não entendeu: Dunga, você é o responsável pela expulsão do Kaká, por não tê-lo substituído como lhe competia diante dos acontecimentos dos poucos minutos anteriores.

PEDRO L. DE CAMPOS VERGUEIRO pedrover@matrix.com.br

São Paulo

___________

Ao perceber que a Costa do Marfim havia aberto a porta do açougue, o irresponsável Dunga devia ter retirado o Kaká de campo. Deu no que deu.

SERGIO S. DE OLIVEIRA ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

___________

Contra o Brasil, alguns jogadores da Costa do Marfim não foram elefantes, mas perfeitos asnos.

SÉRGIO BARBOSA sergiobarbosa@megasinal.com.br

Batatais

___________

Crise moral

A crise moral que está se perpetuando no País é preocupante. O segundo gol da seleção teve dois toques visíveis de mão do Luis Fabiano. O narrador da emissora líder disse que "foi apenas um toquinho de mão". O comentarista, ex-jogador, observou: "O juiz perguntou se ele colocou a mão na bola e ele apenas sorriu. Numa Copa ele vai dizer que foi mão?" É triste mais essa herança.

GUTO PACHECO daniguto@uol.com.br

São Paulo

___________

Patriotada

Interessante a noção de patriotismo do brasileiro. Quando há Copa do Mundo, o pessoal coloca a Bandeira do Brasil em tudo que é lugar, até pinta as ruas. Mas quando há eleição, sem dúvida o evento mais importante do ano, ninguém sai ostentando nossa Bandeira. O País explode de escândalos, amplamente noticiados, e o povo não se manifesta. Parece que as pessoas perderam a capacidade de se indignar e confundem patriotismo com patriotada.

LUIZ N. COLLAZZO LOUREIRO loureiroefabiana@gmail.com

São José dos Campos

___________

Mito africano

Antes de cada Copa, desde 1982, falam-se maravilhas do futebol africano. Ao término da competição os resultados mostram claramente que isso não passa de um mito e ninguém mais toca no assunto, até a seguinte, quando a ladainha recomeça. Até quando essa falsa teoria, sem nenhuma base na realidade, continuará sendo divulgada? O maior problema é que, por motivos estritamente políticos, o número de vagas para os países da África não para de aumentar. Corremos o risco de que um dia, por causa do cada vez mais reduzido número de participantes de outras partes do mundo, um deles acabe conseguindo um terceiro ou quarto lugar, o que será considerado por muitos prova de que tinham razão. Se alguém ainda acredita nessa bobagem, sugiro que compare o desempenho nesta Copa dos cinco sul-americanos com o dos seis africanos. Até agora, após as partidas de ontem, foram 23 pontos conquistados contra 7.

MARIO SILVIO NUSBAUM mario_silvio@hotmail.com

São Paulo

___________

Nobel de Literatura, 4 x 0

Em tempos de campos de futebol na Copa do Mundo 2010, na África do Sul, é interessante divulgar o escore de uma partida, em outro campo, o da literatura, entre a África e o glorioso país do carnaval e do futebol. A partida acusa um escore de 4 x 0! Vejamos: 1) Prêmio Nobel de Literatura de 1986, Wole Soyinka, nigeriano; 2) 1988, Naguib Mahfouz, egípcio: 3) 1991, Nadine Gordimer, sul-africana; 4) 2003, John Maxwell Coetzee, também sul-africano. A Academia Brasileira de Letras foi fundada em 1897, no Rio de Janeiro, por Machado de Assis. Em 113 anos não produziu um único Nobel de Literatura! Assim, enchendo o peito de brasilidade, grito em alto e bom som: abaixo a tetracampeã africana de literatura! Viva o pentacampeão de futebol! Somos pentacampeões, entendem, srs. africanos? Mais do que vocês! Viva o futuro hexacampeão, Brasil! A Copa do Mundo 2010 é nossa!!!

BRAZ JULIANO bjuliano@uol.com.com.br

São Paulo

___________

Quase igual

A Copa de 2010 tem a Bafana Bafana. A de 2014 terá o Afana Afana. Enquanto a seleção brasileira fatura a Costa do Marfim, os políticos faturam nas costas do Brasil. E a diferença é de goleada!

FLAVIO MARCUS JULIANO opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

___________

TELEFONIA

Blindagem da Oi

É de deixar perplexo e indignado quem lê no Estado de sábado sobre o socorro, travestido de blindagem, à Oi. Muito menos pela receptividade demonstrada pelo presidente Lula ao pleito dos empresários - o que poderíamos esperar dele, que é fã da estatização e, pelo jeito, também do amparo à incompetência privada - e muito mais pela cara de pau de quem pede esse "pequeno favor" a Lula. Afinal, trata-se de uma empresa que desde os tempos em que era Telemar está pouco preocupada com os consumidores, cidadãos brasileiros que a tornaram campeã nas demandas judiciais por serviços mal prestados, título que aparentemente nunca a incomodou, e nos últimos anos vem sucateando a planta de telefonia pública, não dando manutenção aos telefones e muito menos colocando cartões telefônicos à disposição da população nas áreas onde opera. E sem ser molestada pela Anatel, que deveria multá-la, até fechá-la, se fosse o caso. Obviamente, não é interessante para a Oi manter um serviço essencial à população, em especial a de baixa renda, mas pouco rentável em comparação com a telefonia móvel, por exemplo. E é disso que o presidente, que se diz defensor dos pobres do Brasil, deveria ocupar-se, ou seja, que a empresa cumpra primeiro suas obrigações com a população, não socorrer empresas amigas. E viva o livre mercado, a concorrência, quem não tem competência tem de quebrar mesmo. Depois, basta (re)incorporá-la à Telebrás.

EUIZER DOMINGOS FORNER euizer@ig.com.br

Extrema (MG)

___________

"Esse Bolsa-Família que o candidato Serra promete ampliar e fortalecer não

é o mesmo que o PSDB tachou de assistencialista

e eleitoreiro, várias vezes?"

ROGÉRIO PROENÇA RIBEIRO / ARARAS, SOBRE A ELEIÇÃO roger_fani@hotmail.com

"Se Lula já está sondando nomes para o Ministério de Dilma, está mais do que provado que, caso ela vença, é ele que vai governar"

ROBERT HALLER / SÃO PAULO, IDEM robelisa@click21.com.br

"Após decisão do TSE, caiu a ficha do senador Dornelles (PP-RJ). Ainda bem..."

FRANCISCO ZARDETTO / SÃO PAULO, SOBRE A FICHA LIMPA fzardetto@uol.com.br

___________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.634

TEMA DO DIA

Brasil vence Costa do Marfim e se classifica

Seleção fez 3 a 1 com gols de Luís Fabiano e Elano; jogo ficou tenso no final e Kaká foi expulso

"A seleção melhorou como equipe e individualmente. Kaká apanhou sem revidar. Qualquer um ficaria irritado com o juiz."

ANA CLÁUDIA

"Depois do rachão contra a Coreia do Norte, a jabulani foi tratada com carinho pelos nossos jogadores."

PAULO PANOSSIAN

"O gol com toque de mão é gol da sacanagem. É mais gostoso! Coisa de brasileiro, argentino e francês."

ANTÔNIO GUILHERME CAMPOS SANTOS

___________

''''Cartas enviadas ao Fórum dos Leitores, selecionadas para o Estadão.com.br''''

Turcos x curdos

O Estadão (19/6, A20) informou que, no último mês, 120 rebeldes curdos foram mortos pelo exército turco. Sinal de que o portador do vírus da paz, Lula, não conseguiu contaminar o "cumpanhero" Erdogan, muito menos o preso Ocalan. São esperadas manifestações em frente à Embaixada da Turquia, reação firme de ONGs desconhecidas, nota do Itamaraty deixando clara a preocupação de nossas otoridades. Ou nosso protagonismo não vai tão longe?

Alexandru Solomon alex1243@hotmail.com

São Paulo

___________

Dois pesos, duas medidas

Tropas turcas enfrentam militantes curdos, 22 mortos. Ataques aéreos turcos contra população curda, 120 mortes em um mês. Al-Qaeda ataca prisão no Iêmen, 11 mortos. Confrontos étnicos no Quirguistão, resultado oficial, 191 mortos. Extraoficialmente, 2 mil mortos. Manchetes de primeira página em todos os principais jornais do mundo? Convocação extraordinária do Conselho de Segurança da ONU? Editoriais raivosos, alguns racistas, contra o "imperialismo"? Não há motivo. Se Israel não está envolvido, não se justificam medidas intempestivas, parciais e preconceituosas.

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

___________

Matança

Fiquei interessada em saber quantos indignados cidadãos escreveram sobre a matança dos curdos pelo exército turco. A reportagem fala que não há mais disputa de terras, apenas uma luta por direitos e preservação de cultura. Será que uma vida curda vale menos que uma vida turca? Ou a indignação só aparece quando o ''agressor'' é Israel?

Evelina Holender eveholender@hotmail.com

São Paulo

___________

Massacre do Quirguistão

Esta é a civilização do século 21. Não sabemos onde está a vergonha, se no Quirguistão ou no restante omisso do mundo que não se comove para se unir e ajudar aqueles povos perseguidos, velhos, mulheres e crianças massacrados. Nosso país poderia colaborar num amplo protesto mundial e formidável retirando a seleção brasileira dos jogos da Copa do Mundo, em sinal de protesto por essa matança irresponsável. Com isto, chamaria imediatamente o foco das atenções do mundo sobre o problema e daria ao nosso país o brilho que falta e que nunca teve. Salvemos esses povos, eles são a nossa semelhança. Sanções da ONU poderiam acontecer.

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

___________

Cerco a Gaza

É revoltante a atitude patética de um país que utilizou bombas de fragmentação na segunda invasão do Líbano, que bombardeou com artefatos de fósforo branco escolas e hospitais em Gaza e que ostenta um arsenal nuclear estimado em 300 ogivas considerar cimento uma poderosa arma de destruição nas mãos dos palestinos, que querem reconstruir suas casas arrasadas.

Esta lógica perversa só pode estar presente em mentes perigosamente insanas, que acham que o mundo deve estar de acordo com o bloqueio criminoso e desumano a uma população civil de 1,5 milhão de pessoas, composta na sua grande maioria de mulheres e crianças.

Wilson Haddad wilson.haddad@uol.com.br

São Paulo

___________

Jerusalém vestida de negro

É importante distinguir entre os judeus, o Estado de Israel e os ultraortodoxos de extrema direita, que discriminam e excluem e, infelizmente, têm conseguido influir nas desastradas decisões do governo. Jerusalém ficou tingida de negro diante da última manifestação desses radicais que se insurgiram contra decisão da Suprema Corte, proibitiva das distinções, que defendem, entre as judias de origem européia e as judias de origem árabe, nas escolas, onde, segundo seu radicalismo tresloucado, deveriam estar separadas. Vê-se que o mundo somente terá paz e bem-estar quando ficar livre dos extremistas de todos os matizes.

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

___________

GUERRAS RELIGIOSAS

As três grandes religiões monoteístas, o judaísmo, o cristianismo e o islamismo, têm em Jerusalém sua grande cidade sagrada e admitem que o Deus dos cristãos, Jeová dos judeus e Allah dos muçulmanos constituem uma única divindade. Entretanto, há uma guerra entre eles há pelo menos mil anos. Enquanto não houver paz entre as religiões, a humanidade jamais conhecerá a paz.

Carlos Yoshikazu Takaoka cy.takaoka@hotmail.com

São Paulo

___________

Hexa Brasil

Santa ingenuidade de Kaká ao se deixar expulsar quando quem batia eram os marfinenses!

Ele é que deveria provocar o cartão vermelho no adversário simulando ter sido vítima de um soco na cara.

Os africanos, em campo, chutam qualquer coisa que se mova: bola, pernas, pés. Uma violência absurda, inversamente proporcional ao futebol medíocre que praticam. Uma vergonha! Vamos que vamos, Brasil!

J. S. Decol decoljs@globo.com

São Paulo

___________

Burros

Quem foi mais burro, o Dunga, por saber do perigo de expulsão de Kaká e deixá-lo no time, ou Kaká, que, por vontade de Deus, talvez, assimilou a burrice e caiu na onda de jogadorezinhos africanos?!

Mauricio Villela mauricio@dialdata.com.br

São Paulo

___________

Copa do Mundo

As fracas atuações de França, Itália, Espanha e Inglaterra nesta Copa do Mundo mostram que o alto nível dos campeonatos nacionais desses países se deve essencialmente à qualidade e quantidade de craques estrangeiros que atuam em seus principais clubes.

Flávio José Rodrigues de Aguiar flavio.daguiar@gmail.com

Resende (RJ)

___________

Segundona

Tenho assistido aos jogos desta Copa do Mundo. Pelo que vi, foi a mais fraca, em termos de futebol e também de organização, até o momento. A segundona do Campeonato Paulista é mais emocionante do que esta Copa está sendo. Então me vem a pergunta: será que gastar milhõesde dólares para promover um evento dessa envergadura compensa? O que fará a África do Sul com todos aqueles estádios? E o Brasil, que além da Copa assumiu a realização, dois anos após, de uma Olimpíada, cujos gastos para se promover custam muito mais? Será que o País é tão rico assim? Só um governo, que adora o ''pão e circo'', para assumir a realização dessas duas coisas ciclópicas em intervalo tão curto. E a grana vai rolar aos montes, e o País ficará ainda mais endividado. Vamos dar vivas ao nosso herói nacional, o "noço guia". Ele não merece?

CARLOS EDUARDO DE BARROS RODRIGUES cebr2403@gmail.com

São Paulo

___________

Sem intervalo

É com imenso prazer que leio todos os dias a coluna da jornalista Keila Jimenez, mas estas da Copa estão demais. Parabéns. E que o Tutty se cuide.

José Roberto Palma palmapai@ig.com.br

São Paulo

___________

Técnico de Futebol

Sou palmeirense desde criança, mas não concordo com a contratação do técnico Luiz Felipe Scolari, não por sua competencia, mas pelo alto valor do salário. R$ 700 mil por mês é muita coisa, principalmente aqui, neste país, onde o salário mínimo é de pouco mais de R$ 500. É uma falta de responsabilidade da diretoria, sabendo-se que ela é presidida por um dos maiores economistas deste país. Acho que onde temos um presidente da República que talvez nem tenha o curso primário se deveria fazer uma lei para coibir esses absurdos.

AGOSTINHO LOCCI alocci@itelefonica.com.br

São Paulo

___________

''Teria sido'' está na moda

A Polícia Federal indiciou Fernando Sarney, vice-presidente da CBF, por remessa ilegal de dólares à China. Seria oportuno investigar se parte desses recursos não teria sido desviada dos cofres dessa poderosa entidade.

Roberto Twiaschor rtwiaschor@uol.com.br

São Paulo

___________

Pacaembu 2014

Sou palmeirense, mas defendo há anos a tese de que o nosso belo, simpático, charmoso e histórico estádio do Pacaembu deve ser cedido em definitivo ao Corinthians. Há boas razões para isso. A mais elementar é de que a Prefeitura de São Paulo, fazendo isso, deixará de arcar e onerar nossos bolsos com o altíssimo custo de sua manutenção. Outra boa razão é que o Corinthians certamente atrairá parceiros interessados em viabilizar uma arena num local de facílimo acesso, com metrô e várias linhas de ônibus nas proximidades. Se implodirem o Tobogã e o velhusco ginásio, dá para se fechar a elipse e construir um estacionamento em caracol, do tipo dos utilizados em shoppings. Para finalizar, uma perguntinha aos experts no assunto: se em 24/5/1942, nos tempos da concha acústica, couberam ali 71.281 pessoas, recorde oficial do estádio, por que não é possível ampliar sua capacidade atual para os 65 mil lugares exigidos pela FIFA? Engordamos tanto assim em 58 anos?

Wilson Roberto Moreira wr.moreira@hotmail.com

São Paulo

___________

Estádio de Futebol

A fronteira entre os estados de sanidade e insanidade não depende somente da estrutura física de nosso cérebro. Depende, e muito, do equilíbrio entre a emoção e a razão que continuamente buscamos ao longo de nossa vida por meio de educação e autoconhecimento. É de esperar que crianças e jovens tumultuem seu juízo pela emoção; como seria natural que pessoas maduras conseguissem discernir sabiamente, sem se deixar enganar pelo seu coração. Há momentos, é claro, em que todos nós podemos e devemos ser crianças e brincar. As disputas acirradas em jogos de futebol de Copa do Mundo oferecem oportunidades mágicas ao povo brasileiro de expressar livremente suas emoções. Infelizmente, nossa elite, especialmente a política, não se manifesta com maturidade e determinação, e deixa claro, como o fizeram o governador Goldman e o prefeito Kassab, em relação a não se despender recursos públicos escassos, direta ou indiretamente, na construção de estádio de futebol que terá capacidade ociosa após a Copa. Muitos preferem explorar a ignorância e ingenuidade de nossa população com objetivos claramente político-eleitorais ao abordar o tema. Outros, simplesmente, racionalizam suas emoções e reúnem toda sorte de argumentos favoráveis à edificação de um elefante branco. Nem sempre o desenvolvimento econômico propicia o desenvolvimento mental, particularmente quando o sistema educacional do País é precário.

Eduardo José Daros daros@transporte.org.br

São Paulo

___________

Paulistano mete a colher no Futebol

É vasto, muito vasto, o campo abrangido pelo tema futebol. Faz bons anos que não tenho o futebol como importante para mim. Já fui fanático: primeiro, pelo esporte, depois, pelo Palmeiras. O comportamento de parte dos torcedores, o profissionalismo exacerbado, os maus tratos aos bons torcedores, a violência dentro do gramado foram algumas das razões que me fizeram cair fora. Hoje só assisto pela TV aos finais dos campeonatos e os jogos da seleção brasileira.

A Fifa lentamente alterou algumas regras, e isso foi bom para o espetáculo. Até concordo que a Fifa não mude as regras com muita constância, que seja conservadora. Mas um excessivo conservadorismo é também nefasto. Entre o que eu gostaria de ver alterado, estão: só seria bola fora, escanteio ou gol se ela, a bola, tocasse no chão. Penso também que o time que faz faltas (refiro-me àquelas que não provocam cobrança de pênaltis) deveria sofrer consequências imediatas, como, por exemplo, a falta ser batida 30 passos adiante, se antes do meio de campo, e 15 ou 20 se cometida depois do meio de campo. Enfim, alguma providência prática e no exato momento visando a desestimular esse monte de faltinhas bestas que acontecem durante as partidas e prejudicam sobremaneira o espetáculo, e o time que foi vítima não tem vantagem alguma do modo como é hoje. É lógico que sendo a falta mais grave continuariam a ser usados os cartões amarelo ou vermelho, o que foi uma boa medida adotada, pois nesses casos há uma punição eficaz contra o time agressor, muito embora ocorram aqueles casos em que o jogador força o recebimento de mais uma amarelo visando as próximas partidas... Esse ponto precisa ser revisto.

Os órgãos organizadores e responsáveis pelos campeonatos deveriam também punir com muito rigor atletas, juízes, técnicos e outras pessoas que têm acesso ao gramado e não entram nele para contribuir com o futebol, mas, sim, para conturbar o espetáculo ou querer ganhar o jogo na marra, no grito, e não na disputa legal.

Osnir Geraldo Santa Rosa osnirsantarosa@bol.com.br

São Paulo

___________

Morte de José Saramago

A partida de Saramago nos deixa órfãos sobre o nosso futuro literário. Vou sentir saudade de seu ateísmo, sua autenticidade, coragem ao fazer críticas. Dá um aperto no coração saber que não o veremos mais entre nós lançando livros. Obrigado, Saramago, por nos ensinar!

Washington Beraldo, professor e escritor beraldowashington@terra.com.br

São Paulo

___________

Desrespeito

O Osservatore Romano desrespeita a memória de Saramago porque sentiu a desconstrução dos seus mitos em ''Caim'', ''Evangelho segundo Jesus Cristo''. Não justifica comentário veiculado por esse informativo, que parece representar o que existe de mais retrógado na Igreja, na religião.

Jáder Marcos Paes Correto da Rocha jmpcr3@hotmail.com

Penápolis

___________

Declaração de amor

Sobre Saramago, não vi nenhuma lembrança nos jornais do seu livro ''Viagem a Portugal'', editado pela Cia. das Letras (e, infelizmente, esgotado na versão completa com fotografias). Apesar de viver longe de Portugal, trata-se da maior declaração de amor do autor pelo seu país.

Jorge Zaven Kurkdjian zavida@uol.com.br

São Paulo

___________

Pêsames

Faleceu o escritor português José Saramago, aos 88 anos, comunista desde sua juventude e o único Prêmio Nobel de Literatura lusitano recebido até os dias de hoje. Além das honras militares de praxe prestadas ao cortejo fúnebre e ao velório, a Santa Madre Igreja portuguesa expressou o seu pesar e as suas condolências ao ateu falecido. A dona Dilma, marxista-leninista convicta, presente ao enterro, fazendo sua campanha política lutuosa em âmbito internacional. O mundo não deverá ficar admirado se ela, com o rosário nas mãos, declarar: "Graças a Deus eu sou comunista." Meus pêsames à literatura de língua portuguesa.

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

___________

Questão de Inteligência

Saramago é um bom exemplo para todos nós. Filho de pais analfabetos, formou-se em mecânica (técnico) e tornou-se um dos mais respeitáveis socialistas e escritores por sua vontade de aprender, ler, saber. O Lula, que se acha um exemplo, só aprendeu a ser esperto (na vida) e dizer que não sabia de nada!

Laert Pinto Barbosa laert_barbosa@ig.com.br

São Paulo

___________

Tristeza

É muito triste ver a sapiência extinguir-se, pois, atualmente, não está havendo substituição. Infelizmente, Saramago teve o seu ponto final.

Elaine Navarro elainenavarro.pa@hotmail.com

São Paulo

___________

A vingança

Os petralhas podem ficar tranquilos, Dilma mostra na Europa que aprendeu direitinho a lição de seu mestre: assassinar a língua portuguesa.

Aproveitando o tour pela Europa, resolveu aparecer no velório de Saramago e saiu com esta pérola: ''Acho que Saramago é o grande escritor português de língua portuguesa dos tempos modernos. Ele é para mim um escritor que reverencio. Eu li o "Evangelho Segundo Jesus Cristo", (Todos os) "Nomes" e "A Jangada de Pedra". Gosto dos três, mas gosto muito do Evangelho."

Um comentarista português do jornal Expresso não se conteve e comentou: ''Esta nem livros de quadradinhos lê, não sabe quem é Camões e vem, com esta palhaçada, ver se ganha uns votos dos portugueses radicados no Brasil.''

Saramago está vingado. Agora pode descansar em paz!

Maria Eloiza Rocha Saez m.eloiza@gmail.com

Curitiba

___________

Encontro com Deus

José Saramago, consagrado escritor ateu, morreu. As letras dizem adeus a um dos mais brilhantes artesãos seus. Tomara que, no além, um bondoso Ser, cercado de anjos, em um esplendoroso jardim rodeado de ateneus, diga a um pasmo Saramago, com um sorriso: "Muito prazer em tê-lo de volta, querido filho. Eu Sou Deus."

Túllio Marco Soares Carvalho http://www.tulhadotullio.blogspot.com/

Belo Horizonte

___________

Brilhante

O mundo está carente de grandes homens. Para piorar, perdemos José Saramago. O único escritor da língua portuguesa que recebeu o Prêmio Nobel de Literatura. A tristeza é profunda. Descanse em paz, Saramago, você foi brilhante.

Paulo Dias Neme profpauloneme@terra.com.br

São Paulo

___________

BATALHÃO DO PSIU!...

Direito ao silêncio, em especial ao silêncio noturno, é primordial para a saúde e felicidade dos que produzem neste país. No entanto, os desequilibrados e audaciosos, em razão dos seus transtornos psicológicos, são os que só se sentem seguros provocando barulhos, violando o direito de silêncio do trabalhador. O representante político municipal desses incômodos cidadãos não só os defende como também sobrevive de uma boa parte deles, que não oram, mas gritam para que sejam ouvidos por Deus e louvados por outros estouvados; assim sendo, o nobre vereador por São Paulo Carlos Apolinário quer que a fiscalização do silêncio fique sob tutela do Município, onde ele e seus pares mantêm um maior controle, e com isso vão se garantindo com os votos dos dirigidos. Já a Polícia Militar, atuando na fiscalização e por ser uma instituição de baixíssimo índice de corrupção, a Lei será mais vezes aplicada e com isso Deus nos livrará desses pecadores. Basta de farisaísmo, silêncio, descanso e trabalho para todos.

Jaime VIANNA jaimevianna@terra.com.br

São Paulo

___________

Barulho e álcool

O barulho que incomoda as pessoas está muitas vezes associado ao álcool, seja em residências, bares, buffets e afins. Como não basta chamar o síndico ou responsável, que sempre lava suas mãos, é preciso criar uma espécie de agência no âmbito das prefeituras com poderes para, inclusive, autuar pesadamente, seja os condomínios e os imóveis, seja imóveis comerciais onde as pessoas ultrapassam todos os limites e a polícia fica impotente. Só quando dói no bolso o brasileiro entende a importância de saber viver em sociedade.

Tiago Vinícius Matos matostv@hotmail.com

São Paulo

___________

TRÂNSITO EM TRANSE

Já temos um século de leis de trânsito, mas lembro que Roberto Scaringella, na época em que criava a CET, explicou-me que um sério problema de circulação nas cidades brasileiras é não termos uma ''cultura de trânsito''. E ainda não temos: o espaço viário é um espaço de convivência, mas nossos motoristas ainda dirigem como se fosse um espaço a ser conquistado. Enquanto isso, os recursos gerados pelas multas, que deveriam ser aplicados em educação de trânsito, vão para destinações incertas ou descabidas.

Rogerio Belda rbelda@terra.com.br

São Paulo

___________

Cães ferozes

Vira e mexe, pit bull, ou rottweiler, ataca. Até o próprio dono, como foi o caso de 17/6 , ocorrido em Campo Grande (MS). Não satisfeito em matar o próprio dono, devorou partes dele. Está na hora de o poder público proibir a comercialização dessas raças malditas, ou ao menos esterilizar esses cães que já estão à venda. Não existe outra solução senão extinguir essas raças ferozes.

Conrado de Paulo conrado.paulo@uol.com.br

Bragança Paulista

___________

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.