Cartas - 21/07/2011

CORRUPÇÃO

, O Estado de S.Paulo

21 Julho 2011 | 00h00

Faxina nos Transportes

Será sinal de novos tempos? Corrupção há em todo lugar, mas sua negação cínica é que traz revolta. Saudades dos velhos tempos, quando a corrupção era denunciada, os corruptos ou renunciavam ou o governo os demitia imediatamente a bem do serviço público. Já estávamos cansados de ser governados por caras de pau, justamente os que usavam a estratégia dos batedores de carteiras: roubavam e saíam gritando: pega ladrão! Mesmo para aqueles que eram "flagrados no motel pela esposa com a mulher alheia", ou com a mão na massa, ou com a boca na botija, a ordem era negar sempre. Estratégia de advogado criminalista que prestava consultoria e assistência ao governo. Seria o início do resgate da ética na política? Vamos aguardar para ver... Dona Dilma tem a faca e o queijo na mão. Não precisa sair caçando bruxas. Mas quando a imprensa denunciar, que vá atrás. Não se deixe ser enrolada nem ficar refém de corruptos, nem sequer dos que lhe dão apoio. O preço acaba sendo muito alto.

SEBASTIÃO PEREIRA

jardins@oadministrador.com.br

São Paulo

________

E o nosso dinheiro?

Diariamente temos deparado com novas demissões no Ministério dos Transportes, mais um contrato irregular aqui, outro superfaturado ali, empresa de parente contratada irregularmente, etc... Mas em nenhum momento ninguém do governo se pronuncia a respeito do dinheiro envolvido nessas negociatas. Quando é que o nosso rico dinheirinho vai voltar? Ou vai ficar por isso mesmo e continua o lema "o crime compensa", pois a turma é apanhada com a boca na botija, mas continua com a grana surrupiada?!

LUIZ ROBERTO SAVOLDELLI

savoldelli@uol.com.br

São Bernardo do Campo

________

PORTOS BRASILEIROS

Para que Constituição?

Tendo em vista a recente publicação pelo Estado de reportagem sobre eventual déficit dos terminais brasileiros de contêineres, acreditamos ser fundamental enfatizar que essa discussão deve levar em conta outros pontos importantes, como a segurança jurídica que os atuais marcos regulatórios, editados a partir da Constituição de 88, vêm conferindo aos investimentos privados no setor. É preciso esclarecer que a atividade portuária no Brasil sofreu significativa modernização como resultado de tal estabilidade regulatória e mudar as regras do jogo nos minutos finais do segundo tempo, como muitos pretendem, pode acarretar resultados divorciados dos interesses públicos e nacionais. Entendemos que as melhorias no sistema portuário devem ser realizadas correntemente, tanto pelo poder público quanto pela iniciativa privada. Novos players são bem-vindos, mas que tal inserção ocorra em conformidade com os marcos regulatórios que suportaram o crescimento do comércio exterior brasileiros dentro dos preceitos constitucionais que o sustentam.

MATHEUS MILLER, secretário executivo da Associação Brasileira dos Terminais e Recintos

Alfandegados (ABTRA)

mmiller@abtra.com.br

Santos

________

ELETROPAULO

Multa

Estou indignada com o fato de a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) informar que o processo da multa da Eletropaulo é sigiloso. Como assim? A Eletropaulo é uma concessionária de serviço público! E é o público que paga as contas tanto da concessionária como da própria Arsesp. Portanto, não pode existir sigilo.

TEREZA PENTEADO

edgarsilva@mpc.com.br

Campinas

________

PREFEITURA

Inadimplentes

Sim, o contribuinte que atrasa os pagamentos pune os que pagam em dia seus tributos, como diz o editorial Devedores da Prefeitura (19/7, A3). Como explicar o enorme valor dos atrasos da Prefeitura do Município de São Paulo? Ora, é muito fácil: quem atrasa mais de dois ou três meses entra num turbilhão que multiplica a dívida de maneira quase incontrolável. Os juros e acréscimos financeiros são de tal monta que levam o devedor rapidamente para um buraco sem fundo. A punição excessiva leva a esse caos que o Estado constatou. E por que renegociar as dívidas vencidas até 2009 somente? Por aí se vê como a Prefeitura é intransigente e não reconhece a própria incúria.

ANTONIO DO VALE

adevale@uol.com.br

São Paulo

________

IPTU caro demais

Será que todos esses cidadãos de São Paulo que serão massacrados pela Prefeitura não são um claro sinal de que o IPTU está caro demais? Imóvel que se valorizou não significa melhora na renda pessoal! Prefeito e vereadores são cegos ou só mal-intencionados, precisando de dinheiro para as vindouras e bem-vindas eleições?

RICARDO GUERRINI

ricguerrini@hotmail.com

São Paulo

________

Creches

A Secretaria Municipal de Educação reitera sua posição em relação às reportagens publicadas nos dias 14 e 15/7. Como foi dito ao Estado, a falta de autorização de funcionamento não tem nenhuma relação com a qualidade do atendimento oferecido às crianças nessas unidades. Segurança, higiene e questões pedagógicas são averiguadas mensalmente por supervisores. Entidades que não cumprem as normas de execução dos convênios perdem a administração das creches e são descredenciadas pela secretaria. A maioria das creches conveniadas da cidade de São Paulo não tem autorização de funcionamento, emitida pelas Diretorias Regionais de Educação, por questões burocráticas. Um dos exemplos é a proibição de instalação de escolas em ruas com menos de oito metros de largura. Para sanar o problema a Prefeitura enviará projeto de lei à Câmara Municipal pedindo alterações na legislação urbanística. A secretaria não permite o funcionamento de creches que, de alguma forma, ponham em risco a segurança das crianças e o atendimento de qualidade que lhes deve ser oferecido.

ANDREA PORTELLA, assessora de Comunicação e Imprensa

São Paulo

N. da R. - A reportagem utilizou levantamento do Ministério Público que mostra que menos de 4% das creches conveniadas à Prefeitura de São Paulo têm autorização das Diretorias Regionais de ensino para funcionar, como cita a própria secretaria em sua carta. No texto, o MP reitera que há casos com entraves burocráticos, mas foram registrados também outros que envolvem questões de estrutura e higiene.

________

"Dilma já escolheu o próximo Ministério onde fará faxina?"

ROBERT HALLER / SÃO PAULO, SOBRE A CORRUPÇÃO NO GOVERNO

robelisa1@terra.com.br

"Ninguém, mas ninguém mesmo pode alegar desconhecimento de fatos no Ministério dos Transportes quando se sabe que Valdemar Costa Neto está por perto"

ALCIDES FERRARI NETO / SÃO PAULO, IDEM

ferrari@afn.eng.br

"Cuidado FHC, o Judas está tentando beijá-lo..."

VAGNER RICCIARDI / SÃO PAULO, SOBRE A "PESQUISA" NO iFHC PARA O MEMORIAL DA DEMOCRACIA

vbricci@estadao.com.br

________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.493

TEMA DO DIA

Itaquerão é liberado de pagar R$ 420 milhões

Kassab sancionou lei que concede incentivos fiscais a estádio que pode receber abertura da Copa

"Quantas creches seriam construídas com essa isenção, hein, prefeito?"

ROBINSON ALVES

"Por isso todos amam o homem. Não sabe onde usar o dinheiro público, além de aumentar o salário."

PAULO UBERMENSCH

"Vão liberar de pagar a energia elétrica também? Porque é só o que está faltando."

KAREN ANNE SPETHMANN QUIROGA

________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.