Cartas - 22/07/2011

ITAQUERÃO

, O Estado de S.Paulo

22 Julho 2011 | 00h00

Só faltava essa!

Depois de ganhar R$ 420 milhões do prefeito Gilberto Kassab para a construção do Itaquerão, fomos surpreendidos com a notícia de que o sr. Geraldo Alckmin, governador do Estado, vai enterrar lá, para completar a lotação exigida pela Fifa para a abertura da Copa de 2014, algo em torno de R$ 70 milhões, a preços de hoje, que certamente chegarão ao dobro, depois de garantir à população paulista que não haveria dinheiro público em estádio particular. Acho que está na hora de o Ministério Público acordar e entrar com ação determinando que nossos governantes devolvam aos cofres públicos esse "nosso" dinheiro, que eles insistem em gastar da forma mais absurda possível.

MAURÍCIO LIMA

mapeli@uol.com.br

São Paulo

________________________________________

Custo do estádio do Timão

Parece que o problema da "grana" foi solucionado. A Prefeitura cedeu o terreno e mais R$ 420 milhões ao Coringão. O BNDES vai entrar com mais R$ 400 milhões. Se não conseguirem construir um estádio desta vez, nunca mais. E, se construírem, que seja para a abertura da Copa mesmo, pois ajuda é o que não está faltando. Falando em Copa, estão construindo um novo estádio na Europa, para a Eurocopa de 2016 (as obras já foram iniciadas), e o contrato assinado, sem direito a reajustes, no nosso dinheiro, é de R$ 320 milhões. Sabe-se que a mão de obra na Europa é muito mais cara que no Brasil e que esse estádio será para 80 mil espectadores. Qual é a diferença, para o estádio de Itaquera ter um custo tão elevado? Ah... A remoção dos tubos da Petrobrás, certamente.

CARLOS E. BARROS RODRIGUES

ceb.rodrigues@hotmail.com

São Paulo

________________________________________

Créditos

Devemos dar os devidos créditos a quem está ajudando o Corinthians a ter o seu estádio. Em setembro de 2009 o Ronaldo, após visita ao então presidente Lula, disse que a maior autoridade do País estava falando com as empreiteiras para ajudarem o clube. Isso se confirma agora, com o esforço que uma delas está fazendo para construir o Itaquerão sem ter garantias de ressarcimento!

MARCOS DE LUCA ROTHEN

marcosrothen@hotmail.com

Goiânia

________________________________________

Isenção de impostos

O prefeito Kassab assinou isenção fiscal para o Itaquerão e Andrés Sánchez chorou. A meu ver, quem deveria chorar é quem paga tantos impostos em nosso país, até porque, com essa isenção, Kassab sabe de que couro vai tirar as correias.

VIRGÍLIO MELHADO PASSONI

mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

________________________________________

Quem vai pagar

Eu sei de onde Kassab vai tirar o dinheiro para cobrir a isenção ao malfadado estádio corintiano e sua máfia: das inúmeras multas aplicadas aos motoristas por causa dos novos radares ultramodernos, aos que entrarem nas faixas de pedestres, etc. Porém os motoqueiros irresponsáveis que passam sinais vermelhos, andam nas calçadas, passam em lombadas eletrônicas acima da velocidade permitida, etc., com certeza, e com o beneplácito da CET e de Kassab, continuarão impunes! O prefeito sabe bem que há outras prioridades em São Paulo, como asfaltamento de vias, creches, saúde, que está decrépita, educação municipal, que é uma vergonha, limpeza pública - para termos verdadeiramente uma cidade limpa falta muito. Jogar para a torcida não vai trazer-lhe votos! Politicamente, Kassab está acabado. Sua traição a quem lhe deu a mão (Serra e PSDB), para agora se aliar ao PT de Dilma e Lulla, não vai passar em branco, terá um alto custo político e todos se vão lembrar de quem foi aliado de Maluf e Pitta e está sendo mau administrador, o pior prefeito que São Paulo jamais teve. Nunca se viu tal desleixo na administração municipal, basta ver o estado em que se encontra a cidade: maltratada, suja, mal iluminada, perigosa, ou seja, um caos total. E Kassab ainda quer candidatar-se ao governo do nosso Estado. Faz-me rir...

BORIS BECKER

borisbecker@uol.com.br

São Paulo

________________________________________

TRANSPORTES

Mão no fogo

Kassab diz que põe a mão no fogo pela família Branco (referindo-se aos contratos com a Prefeitura de uma empresa que pertence à prima do secretário municipal de Transportes, Marcelo Cardinale Branco). Tomara que Kassab entenda que pôr a mão no fogo vai muito além de exemplos anteriores, já que Maluf também prestou igual generosidade a Celso Pitta e, pelo que se viu, nenhum dos dois conseguiu aprender nada...

PIERRE MAGALHÃES

pierre.magalhaes@ibest.com.br

São Bernardo do Campo

________________________________________

Situação normal?

Enquanto as estradas federais estão em petição de miséria e as ruas das principais cidades, esburacadas, assistimos aos mais diversos escândalos, como os recentes no Ministério dos Transportes, e o ministro justifica ser "quase impossível" que não haja problemas no Dnit. Já o secretário municipal de Transportes de São Paulo alega que é uma "situação normal" contratar a empresa de sua prima. Perguntar não ofende: é "impossível" fazer um trabalho decente na área de transportes no País ou será sempre uma "situação normal" ter de se acostumar com buracos, má conservação e ainda pagar pedágio caro?

ROBERTO SARAIVA ROMERA

roberto.saraiva@zf.com

São Bernardo do Campo

________________________________________

CORRUPÇÃO

Chantagem

Depois das demissões no Dnit, o PR agora manda um recado bem claro à presidenta Dilma: deixe-nos continuar roubando em paz ou não terá mais o nosso apoio.

FILADELFO BARBOSA DA CUNHA

filabcunha@hotmail.com

São José dos Campos

________________________________________

Dedetização no PR

Já com muito atraso, a presidente resolveu limpar a área do Dnit, cortando cabeças e - por que não dizer? - os membros de uma malta de espertalhões profissionais desse partido minúsculo. Ao sentirem a higienização, parlamentares e aspones gritam que a presidente está "mexendo com fogo", mas, na verdade, ela está é mexendo com gente indigna de ter cargos públicos, com representantes do naipe de Valdemar Costa Neto, cujo currículo não o recomenda. Esperamos que a dedetização continue, pois o que não falta são ratos e outros roedores do erário. Basta, não aguentamos mais!

JOÃO BATISTA PAZINATO NETO

pazinato51@hotmail.com

Barueri

________________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.672

TEMA DO DIA

Pagot constrói casa de R$ 2,5 mi no MT

Ex-comandante do Dnit ergue imóvel de 614 metros quadrados e três andares em Cuiabá

"Será que os poderes constituídos não têm meios de combater vigorosamente essa impunidade?"

VICTOR GARCIA

"É mais do que hora de medidas realmente severas contra esses espertalhões assaltos aos cofres públicos."

JOAQUIM CARLOS SILVA

"Como é fácil enriquecer, mudar de status econômico nas altas esferas de cargos públicos."

LUCIO GIGLIO

________________________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.