Cartas - 24/09/2011

CORRUPÇÃO

O Estado de S.Paulo

24 Setembro 2011 | 03h07

Emendas parlamentares

Negociatas com venda de emendas, promovidas por parlamentares na Assembleia Legislativa de São Paulo, não nos surpreendem muito. O mau exemplo vem de cima. Ninguém ignora que a volúpia de deputados federais por emendas é rito comum na Câmara. A briga pelas ditas é caminho aberto para todo tipo de mau uso do dinheiro público.

FRANCISCO ZARDETTO

fzardetto@uol.com.br

São Paulo

_______

Revelações

As revelações do deputado estadual Roque Barbiere (PTB) não são novidade e, para piorar, o mesmo ocorre na área federal. Nem instituições de caridade escapam da famosa comissão de 20% das emendas parlamentares. Além de roubo, é uma monstruosidade. Quanta safadeza! Apesar de saber o nome de alguns, não posso revelar por não ter provas e quem conhece de verdade o esquema se cala, como fazem prefeitos e vereadores. Lamentável.

SÉRGIO BARBOSA

sergiobarbosa@megasinal.com.br

Batatais

_______

Dedo meio duro

O deputado Roque Barbiere também é conivente ao enunciar que não é dedo-duro. É dedo meio duro. Dedo-duro é, porém só pela metade. Só não tem coragem de defender o interesse público e dar o nome desses bandidos. Estes, os vendilhões, constituem parte dos ratos que infectam o espaço público. Deveria ter mais hombridade, dignidade e fazer o serviço por inteiro. Se o deputado se acovarda, nossa esperança é o repórter investigativo.

JULIO BRANDÃO

julio@brandaoramos.adv.br

São Paulo

_______

Prevaricação

A declaração do deputado Roque Barbiere de que 30% dos colegas da Assembleia de São Paulo enriquecem vendendo emendas me causou surpresa e uma inesperada alegria. Pelos meus cálculos, o número de prevaricadores superava a casa dos 50%!

EDUARDO A. DE CAMPOS PIRES

eacpires@terra.com.br

São Paulo

_______

ADMINISTRAÇÃO KASSAB

Primeira vez

Saiu na imprensa:"É a primeira vez na minha vida, eu, que nasci em São Paulo e sempre morei em Pinheiros, que vou trabalhar de metrô". Agora eu entendi por que nosso ilustre prefeito não conhece os problemas da população que diz governar.

MAURO RIBEIRO GAMERO

mrgamero@ajato.com.br

São Paulo

_______

Lei flex?

A Lei Cidade Limpa é, sem dúvida, um dos maiores - e únicos - avanços urbanísticos de São Paulo. Agora a Câmara e o "prefeito sem partido" dão mais provas de venalidade e descompromisso com o cidadão ao flexibilizá-la, permitindo que, aos poucos, voltemos a ter poluição visual e muita sujeira nas ruas. O mote de seus mandatos deveria ser "vale tudo por dinheiro" - desde que, claro, tudo seja aprovado na calada da noite.

RENATO REA GOLDSCHMIDT

reagold@gmail.com

São Paulo

_______

Cidade suja

Os empresários tiveram enorme despesa para atualizar sua publicidade (que gera empregos) em espaços particulares em prol da cidade limpa e a Prefeitura agora autoriza oficialmente publicidade paga em espaço público...?!

CARLOS JOSE BENATTI

mail cjbenatti@globo.com

São Paulo

_______

O dito pelo não dito

Na democracia, presume-se que governantes e legisladores sejam eleitos para atuar para o bem da população. Mas no Brasil parece que não é assim. Aqui, em São Paulo, nosso grande prefeito Kassab, que vem passando seu mandato liberando construções de prédios em áreas sabidamente saturadas e tornando o trânsito inviável, agora resolveu que a Lei Cidade Limpa, que ele mesmo patrocinou, não serve mais e pretende revogá-la. E ainda quer constituir um novo partido! No âmbito federal, leio que o Ministério da Saúde está negociando emenda de um deputado do Rio Grande do Sul que permitirá a volta do fumo em bares e restaurantes. Ou seja, a maioria do povo brasileiro está hoje nas mãos de grupos de pressão. É de desanimar.

JOSÉ CELIDÔNIO DE M. REIS

jcelid@uol.com.br

São Paulo

_______

Faixa de pedestres

Sem dúvida, não foi esta a intenção de Kassab, que muito provavelmente está mais interessado na arrecadação que as multas trarão. Mas que está educando motoristas e pedestres, está.

ULYSSES F. NUNES JUNIOR

Twitter: @Ulyssesfn

São Paulo

_______

PRIMAVERA

Chuvas e enchentes

A primavera chegou e com ela, as chuvas. É hora de a Prefeitura de São Paulo limpar os bueiros e o governo do Estado desassorear o Tietê. Me engana que eu gosto.

ANGELO ANTONIO MAGLIO

angelo@rancholarimoveis.com.br

Cotia

_______

MEIO AMBIENTE

Desmate na USP

Ao ler sobre a derrubada de árvores, fiquei indignado. Já temos pouco verde e a Secretaria do Verde e Meio Ambiente de São Paulo autoriza a derrubada de 1.328 dentro do câmpus da USP para a construção de museus. Pior é que não é só na capital: a Unicamp, na época das eleições para presidente, derrubou mais de 200 árvores de mais de 40 anos, simplesmente porque um carro foi atingido por um galho. Não levaram em conta a existência de três lagos nas imediações, com nascentes. Parece que os órgãos públicos ambientais facilitam quando fazem parte do mesmo governo, sem se importar muito com a natureza.

ANDERSON APARECIDO

dandersonaparecido@yahoo.com

Hortolândia

_______

CARNAVAL

Patrocinadores

Lula, com sua astúcia e sua ousadia, conseguiu politizar até o carnaval paulista, fazendo a Gaviões escolhê-lo para o "samba-enredo". Na ocasião a diretoria da escola declarou estar à procura de patrocinadores. Não se preocupem, com o "cara" na fita vai chover dinheiro na vossa horta.

ANGELO TONELLI

angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_______

"Virou pirataria, emenda parlamentar é eufemismo de divisão de butim!"

JOSÉ CARLOS SALIBA / SÃO PAULO, SOBRE NEGOCIATAS DE PARLAMENTARES

fogueira2@gmail.com

"O tema da Gaviões poderia dar nome ao futuro estádio: Mensalão"

A. FERNANDES / SÃO PAULO, SOBRE O ENREDO DA ESCOLA CORINTIANA PARA O CARNAVAL

standyball@hotmail.com

______

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.028

TEMA DO DIA

Deputado denuncia venda de emendas

Roque Barbiere (PTB) afirma que 30% dos colegas da Assembleia fazem lobby de empreiteiras

"Eles vendem para quem? Quem compra? O Ministério Público tem que descobrir."

JOÃO GERALDO MORSELLI ALVES

"Por que o TSE condena quem compra e vende o voto e não condena quem vende emendas no Legislativo?"

ABRAÃO LINCOLN SALES BASTOS

"Há surpresa? A banalização da nossa Constituição chegou a um ponto que nos perguntamos se ela existe mesmo."

JOÃO PAULO M. DE SOUSA

______ 

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br 

NÃO SE EMENDAM

Deputado estadual de São Paulo, Roque Barbiere (PTB), no seu sexto mandato, em matéria exclusiva do Estadão, afirma que 30% dos membros eleitos pelo povo na Assembléia Legislativa vendem suas emendas parlamentares aos prefeitos, lobby com empreiteiras e se enriquecem. É grave! Mas é a cara da classe política do País. E não dá para duvidar... No Brasil a única coisa que eleitos para o legislativo seja municipal, estadual ou federal não fazem é legislar, a não ser em causa própria. Uma parte destes, infelizmente ainda viram secretários servindo prefeitos e governadores, ou ministro de estado e ainda presidente de estatais, o que não deveria ser permitido porque não foi para isso que se elegeram. Para comprar facilidades ainda são totalmente submissos ao executivo, porque nestes últimos anos raros são os vereadores, deputados estaduais ou federais, assim também senadores que apresentam projetos relevantes para sociedade. E com a troca do amém ao executivo, a cada legislatura buscam aprovar mais e mais polpudas emendas parlamentares que infelizmente sem a transparência necessária vão para o ralo da corrupção. São ONGs fantasmas que recebem estes recursos, ou pequenas obras realizadas com custos excrescentes. Depois destas denuncias, o Ministério Público, e a Polícia Federal precisam investigar estes que cometem crimes contra o erário, e a justiça venha banir esta gente definitivamente da nossa vida pública! Porque, esperar que o próprio legislativo casse o mandato destes vis, é sonhar muito. A maioria é farinha do mesmo saco...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos 

_______ 

VENDA DE EMENDAS PARLAMENTARES

Denúncia do deputado Roque Barbiere aponta que 25% a 30% dos deputados de São Paulo, se enriquecem vendendo emendas. Diz que sabe quem são, mas não vai citar nomes, pois não é dedo-duro. É lamentável o comportamento e desprezível a atitude de V. Excia. O Senhor perdeu a uma grande oportunidade, de ficar com a boca fechada e ser omisso, ou de colaborar para erradicação da vergonhosa corrupção, instalada nos mais variados setores públicos brasileiros, com ênfase total em nossas Casas Legislativas, onde destacamos como hors concours, as sediadas entre o "côncavo e o convexo". O Senhor ainda tem tempo para se redimir! Respeite os votos daqueles que o elegeram! Bote a boca no trombone...Afinal o Sr está há 29 anos na vida pública. Está na hora de encerrar a sua carreira pública com dignidade.

João Batista Piovan jb@reunidaspiovan.com.br

Osasco

_______ 

CORRUPÇÃO NA ASSEMBLEIA PAULISTA

Em primeiro lugar o deputado Roque Barbieri (PTB) de São Paulo, não deve apenas alertar sobre corrupção na Assembléia Paulista. Deve dar nomes, endereços, filmagens e tais, porque senão será apenas uma forma de se autopromover. Não basta mostrar que é honesto, dedurar nesse caso é necessidade e o povo paulista e paulistano precisa saber em quem votou. Nós temos consciência do altíssimo imposto que pagamos. Da água, luz, telefone, até o açúcar de cada dia, temos o ICMS mais alto do país (18%) e se 30 dos 94 deputados são corruptos é caso de polícia e deve ser investigado exaustivamente. Agora, se essa denúncia do deputado Roque Barbieri - PTB tradicional comparsa do governo federal petralha - serve apenas para jogar lama no ventilador do governo estadual (PSDB), aí o deputado deve estar sendo porta voz do "cara", já se preparando para nas eleições 2012 eleger seu candidato "petralhinha"! Queremos nomes deputado, para demonstrar sua independência de motivos!

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

_______ 

'BARBIERIDADE'

Que "barbieridade" essa denúncia de um deputado! A sua afirmação de que a modestíssima parcela de 30% dos coleguinhas vendem emendas e até projetos educacionais e fazem lobby de empreiteiras, pede uma urgente satisfação ao povo. Quem são os subornados e corrompidos, quem são os subornadores e corrompedores? Nomes aos bois, que devem encher uma barrica, só para variar!

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

_______ 

SINAL

O deputado Roque Barbieri (PTB) enviou um sinal à imprensa investigativa avisando: tem corrupção na Assembléia Paulista... se procurarem vão achar! Portanto turma, antes que o governo Dilma resolva colocar mordaça na imprensa, corra lá... material para reportagem não deve faltar e nós, cidadãos estamos ávidos por ver os corruptos sendo faxinados, e os corruptores punidos pela justiça. Será que é sonhar demais?

Mara Montezuma Assaf montezuma.scriba@gmail.com

São Paulo

_______ 

ROQUINHO

O deputado Roque Barbieri não é tão santinho, como se apresenta na reportagem, é só o Estadão ver a vida do parlamentar e verá que o mesmo se encaixa em várias das vertentes da política nacional,pois neste meio não existem anjinhos,mas meio-demônios.Falar e comprovar tudo é o que a sociedade mais deseja,se o nobre deputado sabe de alguma maracutaia deve dar nome dos que estão dentro da mesma,senão será conivente com o crime.Roque Barbieri,diz que na política ficou mais pobre,deve ser uma alma pura,pois é o único em todo o universo que não usa da política para fins pessoais(isto também se refere à laranjas e familiares).Devem ser analisada a sua vida e de seus familiares desde o dia em que foi eleito pela primeira vez até os dias atuais.Depois diremos se esta falando a verdade ou apenas fazendo ilações.

Walter Francisco Barros walterfbarros@yahoo.com.br

Araçatuba

_______ 

CLAREZA

Homem de vida simples, probo e honesto. Este é o Roquinho Barbiére, deputado estadual pelo PTB/SP, dando clareza à atuação de muitos de seus pares. Desnecessário ter que explicar seus seis mandatos consecutivos. Só não vê quem não quer.

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

_______ 

APONTAR OS CORRUPTOS

Ou o deputado do PTB Roque Barbiere, de São Paulo, nomina os bois corruptos da Assembleia de SP ou pode ficar com a pecha de trabalhar contra o PSDB de São Paulo a mando dos petralhas. Embora as eleições para prefeito esteja há quase um ano para acontecer nós sabemos de velho que o PT não perde tempo e não joga limpo para vencer a qualquer custo até com a prática do velho golpe de falsos dossiês. Dê nome aos bois, senhor deputado, que nos os paulistas e paulistanos pegamos os bois à unha.

Leila E. Leitão

São Paulo

_______ 

VÍCIOS CORRUPTOS

Duas notícias publicadas no Estado de 23/9 vão de encontro aos vícios corruptos manipulados por nossas politicagens. Primeiro, o retrocesso absurdo do governo e querer liberar o fumo em bares e restaurantes. Um lobby milionário das indústrias tabaqueiras matando mais pessoas e deixando outras milionárias; como na manchete da primeira página, onde somos comunicados através do deputado Roque Barbiere, sobre o possível enriquecimento ilícito de vários parlamentares estaduais paulistas, vendendo emendas na Assembleia. Afinal vivemos em uma Republiqueta de bananas, onde a corrupção campeia!

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

_______

QUANTA FATALIDADE!

Na tarde de quinta-feira, 22/9, um fato lamentável chocou toda a população da ilha de prosperidade, a nossa São Caetano do Sul, queridinha do ABC. Um aluno de pouco mais de 10 anos, estudante da escola Alcina Dantas Feijão "exemplo de ensino em São Caetano" e uma das mais conceituadas do Estado de São Paulo, porque não dizer do Brasil, atirou na professora na presença de seus 25 colegas de classe e, como se não bastasse, se matou com um tiro na cabeça, tiro esse fatal. Como isso pode acontecer em uma das escolas da cidade hoje considerada referência para o Brasil em termo de ensino, saúde e por que não dizer segurança? É uma das cidades de São Paulo e do Brasil que mais investe em educação. só podemos considerar esse fato isolado como mera fatalidade e descuido da família com a guarda de arma de fogo em casa já que tinha um filho adolescente, inclusive o pai sendo um agente policial. Esse fato nos faz lembrar de outro episódio semelhante, o de realengo, no Rio de Janeiro. Em abril deste ano, Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, entrou em uma escola municipal e matou 11 crianças por puro prazer doentio, feriu 13 e, em seguida se matou. Ambos os casos nos remete a refletir sobre a falta de segurança nas instituições de ensino do país, sobretudo, as públicas. O caso de Realengo e mistificado pela imprensa durante determinado tempo e serviu de (infeliz) exemplo de como as autoridades precisam urgentemente tomar alguma providência em relação á segurança no ambiente escolar, e dos nossos estudantes. Depois do clamor da sociedade com o episódio de Realengo, já mais imaginaríamos que esse tipo de tragédia se repetiria em curto prazo de tempo. A população sul são-caetanense esta de luto, e clama para que nossas autoridades não assistam a tudo isso inerte, enveredando pela lamentação. Até quando vão ficar de braços cruzados rezando para que novas tragédias não voltem a acontecer? Ao invés de se preocuparem com a troca de partidos e politicagem, por que não tentar inibir esse tipo de violência? Não só nas escolas como também em toda a cidade, orientando, conscientizando as famílias e até mesmo colocando detector de metal na entrada das instituições de ensino. Algo tem de ser feito para que episódios como este de São Caetano, e tantos outros que aconteceram pelo país não voltem a acontecer. Cabe a mim apenas uma coisa: O silêncio pelo ocorrido, e lamentar a dor dos pais e familiares da professora que continua hospitalizada. Que Deus nos proteja!

Turíbio Liberatto turibioliberatto@hotmail.com

São Caetano do Sul

_______

VIOLÊNCIA NA ESCOLA

O mesmo absurdo que é ver aluno atirando em sua professora,e saber como uma criança de apenas 10 anos tem acesso a um revolver e adentra na sala de aula portando essa arma! Muitas críticas que direcionamos a nossas autoridades,nesse caso específico que ocorreu na cidade de São Caetano do Sul (SP), pressuponho que os grandes culpados por essa tragédia são os responsáveis por essa criança (seus pais).

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

_______

SUICÍDIO AOS 10 ANOS

Será que estamos chegando ao fim do mundo? Tenho mais de 70 anos e não me recordo de ter ouvido falar em "suicídio" de uma criança com apenas 10 anos, depois de atirar na sua professora, que tristeza. Será que é o reflexo da impunidade generalizada que nos assola, que nos levará ao caos. É a degradação dos conceitos humanos e dos seus valores. As nossas "autoridades" fazem o que bem entendem, sabendo que jamais serão punidos. Cabe ao Judiciário agilizar os julgamentos, lembrando sempre: "a justiça atrasada não é justiça, senão injustiça, qualificada e manifesta. Porque a dilação ilegal nas mãos do julgador contraria o direito escrito das partes, e assim, as lesa no patrimônio, honra e liberdade" - (Rui Barbosa). Os nossos jovens estão perdendo os referenciais de vida mais importantes: educação e respeito aos seus semelhantes e para com os mais velhos, a hombridade, a moralidade, a dignidade, a civilidade, a urbanidade, a responsabilidade. É preciso amar ao próximo e a si próprio. É chegada a hora de acabarmos com a maioridade penal, a imunidade parlamentar e foro privilegiado, todos somos iguais perante as leis, ou não?

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

_______

MEU DEUS, QUE COISA TRISTE!

Confesso que nunca uma notícia me abalou tanto como esta do menino de dez anos que atirou na professora, saiu da sala, e se matou no corredor. Tenho certeza que a maioria das pessoas também se sente assim. O meu pensamento se nega a pensar em como algo tão trágico pode acontecer entre um aluno e uma professora. Tragédias muito maiores em quantidade de mortes já aconteceram em várias escolas. Mas esta tragédia que aconteceu em São Caetano do Sul, dentro de uma sala de aula, entre um garoto de dez anos e a professora, explodiu dentro de todos nós e nos deixou atônitos. A única coisa que consigo pensar é num garoto de dez anos, com uma ficha limpa, puxar um revolver, atirar na professora na frente de vinte e cinco colegas, e depois, sair da sala, ir para o corredor, e sozinho, longe dos vinte e cinco colegas, dar um tiro na cabeça. Meu Deus, que coisa triste!

Wilson Gordon Parker wgparker@oi.com.br

Nova Friburgo (RJ)

_______

TIROS NA ESCOLA

O pai do menor que atirou numa professora e depois se suicidou, tem de ser indiciado por crimes, até mesmo pela morte do filho e lesões graves na professora. É inadmissível essa ocorrência, de parentes que possuem armas e negligenciam seu acesso a terceiros, pior ainda a menores. O guarda municipal, possuidor dessa arma pessoal, teria porte ou registro? Estes são necessários para todos, inclusive policiais ,para armas particulares, não sendo valida só apresentação de carteiras de identidade.

Heitor Vianna P. Filho bob@intnet.com.br

Araruama (RJ)

_______

TRAGÉDIA

As vitimas da tragédia, em São Caetano, não guardam nenhuma relação de gravidade entre si, porem, denunciam uma profunda falta de responsabilidade dos políticos que se assenhoram do Estado, e se omitem sempre. As vítimas são uma criança de apenas 10 anos que se matou, a professora que levou o tiro, o pai que precisa fazer bico, para se sustentar, e a família que ficou marcada pela tragédia. No banco dos réus o Estado. As quentões sociais como da educação e da cultura, estão de luto, no lixo. Um Estado sem políticas públicas e claramente definidas com responsabilidade, é um Estado falido. Por aqui os políticos ganham bem e fazem bicos na Assembleia (Estado, 23/9, manchete e A4) no Congresso Nacional (é só consultar varias matérias), nos ministérios e nas prefeituras e nos Tribunais, alguns Magistrados também vendem até sentenças (É só consultar matérias recorrentes). Enquanto isso os pais, os professores e as famílias também se matam (com muito trabalho ou com os tiros de uma criança) e se machucam e se marcam com as tragédias.

Sinésio Müzel de Moura sinesiomdemoura@hotmail.com

Campinas

_______ 

ALERTA AOS PAIS

O infausto e chocante acontecimento em São Caetano do Sul deve servir de alerta a todos, mas principalmente aos pais. A professora, vítima da tragédia, havia já comentado sobre o comportamento do menino que provocou essa tragédia, inclusive tendo já comunicado a seus pais sobre seu comportamento em sala de aula e com os colegas. Quantos pais recebem comunicação sobre o comportamento de seus filhos nas escolas e muitos os ignoram ou se dirigem à escola para "tirar satisfações" com os professores e dirigentes? No passado, e eu fui um desses casos, ao levar um bilhetinho do(a) professor(a), o pai ou a mãe (ou ambos) aplicavam um corretivo na criança (um castigo ou até mesmo umas palmadas). Esse corretivo que meu pai me aplicou, na hora certa, foi determinante para o meu futuro. Devemos resgatar o respeito aos professores, pois esse é um dos sustentáculos da sociedade e do bom desempenho escolar. Não adianta apenas exigir melhores condições de ensino se, mesmo nas melhores escolas, pais negligenciam na educação de seus filhos. Hoje é muito comum os pais "terceirizarem" a educação de seus filhos para as escolas, porém, têm a obrigação essencial de prover educação social e exemplos dentro de seus lares. Fui professor universitário por quase 20 anos e muitas dezenas de alunos se queixavam de que seus pais jamais os incentivaram ou se interessaram pela sua vida escolar, lamentando que, apenas na universidade, alguns professores os motivaram e se interessaram por eles. Vamos tirar lições desse triste episódio e não considera se tratar de um fato isolado.

Edison Roberto Morais ermorais@uol.com.br

São Paulo

_______ 

ABSURDOS

Lendo o jornal de ontem, encontrei duas notícias que são difíceis de digerir. Verdadeiros absurdos: 1) A mais chocante: Criança de 10 anos, repito 10 anos, atira na professora e se suicida. Dá para entender este mundo? 2) A USP vai cortar 1.300 árvores no campus do Butantã. Nota: foi autorizada pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. Vamos fazer um movimento para impedir tal desvario. Não é possível!

Asciudeme Joubert asciudeme@ig.com.br

São Paulo

_______ 

FALTOU PIADA?

Quer dizer que vão cortar 1.328 árvores da USP assim, de graça? É falta de piada? Que o governo contrate o Chico Anísio, o Tom Cavalcante, melhor... Que secretaria de Meio Ambiente é essa que autoriza tamanho desmatamento de árvores adultas, robustas, frondosas? E em troca de 6 mil mudas no local? Mudas que só promoverão benefícios daqui a 20, 30 anos. Quem estará aqui para ver isso? Com certeza, eu não estarei, nem muitos dos senhores. Com tamanho desmatamento, nem daqui a 5, 10 anos restará mais alguém, pois se já não temos ar aqui em Osasco, município vizinho ao bairro do Butantã... Espero que a juventude deste estado se organize por e-mails, nas redes sociais da internet e convoquem um grande ato contra tamanha desfaçatez. Pra que museus a um custo desses? Haverá alguém vivo para visitá-los? Museus sim, mas em áreas condizentes com respeito ao meio-ambiente. Abraços revoltados.

Risomar Fasanaro http://cronicadelirio.blogspot.com

Osasco

_______ 

SEM SENTIDO

USP vai cortar 1,3 mil árvores entre elas muitas centenárias no campus do Butantã, com a finalidade de construir um novo museu, quando já tem um no bairro do Ipiranga, onde o mesmo possui espaço para ser ampliado. Esse massacre a natureza da qual pouco nós resta nessa cidade agredida diariamente em todos os sentidos. O pior é que tudo isso de acordo com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente. Perguntamos para que serve esse órgão e qual sua utilidade ou finalidade, além de onerar nossos bolsos.

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

_______ 

JEITO PETISTA NA ONU

Seria o entusiasmo de ser a primeira mulher a abrir uma Assembleia das Nações Unidas ou seria orientação de um ministro do Exterior pouco afeito às políticas internacionais ? Dilma, ao levar a bandeira da Palestina para o reconhecimento como Esta, deu o escorregão que poderia ter evitado, e, deveria ter evitado o constrangimento de mostrar as tendências de seu tempo de terrorista quando do domínio militar. Mostrou o jeito petista de ser. Perdeu uma ótima oportunidade de ficar calada.

Jair Gomes Coelho jairgcoelho@gmail.com

Vassouras (RJ) 

_______ 

SATISFAÇÕES

Até gosto da nossa "presidenta" desfilando na ONU, embora como temos visto, principalmente nos assuntos relativos à Israel, a entidade "não fede nem cheira" - até hoje todas as resoluções da ONU foram ignoradas pelo estado judeu. O que não gostei foi desse primeiro discurso. Acho que esse negócio envolvendo as patentes de medicamentos não é um tema para uma reunião da ONU - trata-se de uma questão doméstica; se o governo brasileiro julgar que deve ignorar uma determinada patente, ignora-a e pronto, não tem que dar satisfação a ninguém.

Nestor Rodrigues Pereira rodrigues-nestor@ig.com.br

São Paulo

_______ 

ECONOMIA NORTE-AMERICANA

O presidente dos EUA, Barack Obama, vai derrubar o que nada derruba, os Estados Unidos da America. Se ele conseguir vencer a batalha de aumento de impostos, irá destruir a economia, entrará no buraco sem fim de aumentos e corrupção, como vemos em todos os países que desembestam para este caminho fácil, como o Brasil e muitos da Europa, que teriam que passar por um período com uma espécie de governo de inspeção, e sanear as contas, as vultosas quantias desperdiçadas, e roubadas nos impostos, na ingerência na corrupção, e impostos aumentam apenas para financiar a inoperância dos governos, os países que andam livres são muito mais eficientes, agora se o presidente Obama quer ir pelo caminho fácil, lamento pela America, espero sinceramente que os republicanos consiga m evitar este triste caminho, fácil na aparência, cômodo, porém é um câncer destrutivo e sem fim depois que começa.

Roberto Moreira da Silva rrobertoms@uol.com.br

Cotia

_______ 

IMPOSTO DOS RICOS

Depois das "confidências" sócio-econômico-financeiras do senhor Warren Edward Buffet, fica difícil aos políticos do Parido Republicano encarar a nova proposta do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que elimina reduções de impostos e deduções de contribuintes de maior renda.

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG) 

_______ 

REPARTIÇÕES PÚBLICAS E OS SEUS TALIBÃS

Em pleno século 21 ainda convivemos com coisas absurdas no nosso país, saúde pública precária, educação aquém do mínimo desejado, ausência de segurança pública, maiorias das cidades convivendo sem esgoto tratado e com dificuldade na captação e tratamento de água potável, enfim, coisas que se esperava não ter de enfrentar após o fim do século 20. O analfabetismo ainda não está erradicado no Brasil, e o que é pior, está formando gerações de semialfabetizados que vão ter inúmeras dificuldades de se estabeleceram profissionalmente a cada dia que avançamos século 21 adentro. O poder público é a razão deste desvio completo de rumo do nosso país, pois não aplicam os trilhões de recursos obtidos com impostos e receitas variadas em ações concretas para que o país possa evoluir e acompanhar os chamados países do primeiro mundo. Neste sentido percebemos que além da corrupção entranhada em todos os segmentos que lidam com dinheiro, poder e vantagens, temos outro grande problema a enfrentar e não é mais fácil de ser resolvido ou erradicado. Trata-se da resistência a mudanças comportamentais e até físicas nas estruturas carcomidas dos nossos setores públicos. A estrutura hierárquica dos setores públicos data de centenas de anos, suas matrizes foram herdadas dos tempos idos da administração pública. Temos mais chefes do que empregados em algumas áreas do serviço público. Cada qual com seu gabinete, sua secretaria, seu mundinho de poder absoluto para quase nada. As salas de chefetes se multiplicam no setor público como se fossem Gremlins personagens de filme de ficção científica e que se multiplicavam com a água e também não gostavam da luz forte. A luz do Sol podia matá-los também. Esta enorme segmentação atrapalha o crescimento profissional dos funcionários interessados em desenvolver suas habilidades. Dificulta o acesso da população as informações e as pessoas dentro das instalações públicas, bem como, beneficia a falta de transparência das ações dos governantes. As informações são truncadas dentro destes feudos que normalmente são verdadeiros Talibãs > movimento fundamentalista islâmico nacionalista que se difundiu no Paquistão e, sobretudo, no Afeganistão a partir de 1994. Os projetos importantes são abortados, na medida em que não são discutidos pelos envolvidos. As chefias ficam isoladas e em salas fechadas e os empregados cerceados de opinarem democraticamente e crescerem profissionalmente. É preciso que a administração pública cresça, derrube suas pontes, dinamite muros e biombos, deixe os ambientes livres, sem salas para chefias, com salas de reuniões para assuntos de sigilo eventuais. É preciso quebrar paradigmas, liberar acesso à informação, priorizar transparência de ações e de comportamento. Não basta informatizar, mas sim é preciso democratizar o espaço e transformar chefes e assessores em parceiros pró-ativos das equipes de trabalho. Formar equipes multidisciplinares desvinculadas de política partidária e outros interesses menores dos responsáveis pelas autarquias, órgãos públicos e diversos setores da administração pública. É preciso ainda que na entrada de cada repartição pública tenha em destaque para qualquer cidadão um organograma do órgão, nome e localização das pessoas por assunto. Quem fica escondido é caramujo e ostra no fundo dos cascos dos navios, funcionário do povo tem de estar sempre à disposição de quem mais precisa de suas informações e serviços.

Rafael Moia Filho Twitter: @rafamfilho

Bauru

_______

DOM QUIXOTE

Li com atenção a carta do presidente do TRE Paulista ao Estado (22/9) defendendo seu engajamento na política de cidadania e sustentabilidade do meio ambiente. Louvável sua iniciativa e participação. Infelizmente falta-lhe mais tempo. Como o douto magistrado tem 42 anos de serviço público, sugiro-lhe que se aposente, mantendo seus vencimentos e vantagens integrais inerentes do cargo e função, e, tal como Dom Quixote, saia pelo Brasil em peregrinação, visitando todos os tribunais e cartórios eleitorais espalhados pelo país, espalhando seu bom exemplo de salvar o planeta. Mas atenção, faça isso fora do horário de expediente e as suas custas, não com o dinheiro público.

Mario Napolitano marionapolitano@r7.com

São Paulo

_______

DESESPERANÇA

Quando julgamos que a nossa desanimadora classe política realizou, a despeito de tudo, ao longo das décadas que se iniciaram após a abertura, alguns progressos, tímidos, no campo ético e deu algumas demonstrações, pouquíssimas, de dinheiro público sendo aplicado para o real interesse público; quando julgamos que, com a prática eleitoral, mesmo dentro de um sistema arcaico, a qualidade do nosso homem público saia do melancólico patamar que se encontra e que a substituição dos velhos caciques, devastadores, por uma nova geração de jovens políticos, promova transformações efetivas, quem vemos emergir? Kassab, Cabral, Garotinho, Aécio, etc. Não dá para alimentarmos grandes esperanças.

Paulo Roberto Gotaç prgotac@hotmail.com

Rio de Janeiro

_______

TUDO PLANEJADO

A mãe do governador Eduardo Campos (PE), a deputada federal Ana Arraes, foi eleita ministra do Tribunal de Contas da União (TCU). Como já eleita para o cargo, demonstra que compactua com a filosofia do petismo no poder, que faz de tudo para comprar facilidades, porque afirma sem se ruborizar que, "sai mais barato tocar as obras", mesmo que com as graves irregularidades, normalmente de superfaturamento apontadas pela entidade que vai representar, e a sociedade que se lixe... É cristalino que será uma ministra do TCU, a serviço do PT. Era só o que faltava...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

_______

DESCULPA

Interessante a desculpa esfarrapada apresentada pelo vice-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), evocando preceito do Tribunal de Contas da União (TCU) que não permite aos agentes públicos operarem abaixo do custo, para a cobrança pelos serviços prestados pela CEF a 17 ministérios no repasse de verbas e que demonstra, cabalmente, porque não voltam aos contribuintes os impostos e taxas que arduamente recolhem aos cofres do governo.

Frederico R. Hrdlicka frh@techmaster.ind.br

Cotia

_______

DESVIOS

Estarrecedor o artigo de Fernando Gabeira de 16/9, A2, que informe que a corrupção desviou R$ 40 bilhões em sete anos de governo Lula, sendo R$ 682 milhões no Ministério de Transporte. O povo, cada vez mais incrédulo com a Justiça, percebe que vai acabar em nada. Ninguém será preso e muito menos veremos de volta a cor do dinheiro surrupiado. Só nos resta promover passeatas contra a impunidade dos poderosos, cada vez mais ousados e certos de impunidade. Onde está o PT dos tempos de oposição?

Luiz Bianchi luizbianchi@uol.com.br

São Paulo

______

CORRUPTÔMETRO E ESBANJÔMETRO

Inspirado na medida implantada em São Paulo com o "Impostômetro", para apoiar as manifestações que vem ocorrendo (que podem cair no esquecimento com o tempo, se medidas não forem tomadas) poderiam ser criados novos painéis, pelo menos nas principais cidades do país. Que tal "corruptômetro" com a indicação dos valores desviados dos cofres públicos, em princípio só pelo total apurado em tribunais de contas, ministérios públicos e PF e quando for possível separados por níveis municipal, estadual e federal e poderes executivo, legislativo e judiciário e "esbanjômetro" com os valores resultantes de excesso de cargos comissionados (só o governo federal tem 25.000 quando em países muito mais ricos não ultrapassam 5.000), salários acima dos tetos estabelecidos, aumentos para funções distintas sob o mendaz argumento da "isonomia", benefícios acima dos permitidos legalmente (horas extras, férias, vale alimentação, vale transporte e bonificações natalinas (14º salário) que proliferam também em todos os níveis de governo e de poderes. Este é apenas um pequeno desabafo em razão da extrema deterioração moral e ética que assola nosso país, que aliadas à tibieza de nossas leis e ao desinteresse em alterá-las também explicam o enorme crescimento de todo tipo de crimes contra o patrimônio(tráfico,roubos, furtos, golpistas, falsificadores, receptadores etc.) e e contra a vida (latrocínios,homicídios por motivos fúteis, imprudência no trânsito, abandono de menores etc etc etc).

Pedro Sérgio psmartinez@bbro.com.br

São Paulo

_______

MOVIMENTO

Esse movimento de protesto contra a corrupção que foi promovido através da Internet para as principais cidades do País, foi quase imperceptível. Não teve, por exemplo, a mesma repercussão do movimento pelas Diretas Já, um sucesso na época.

É uma pena, pois só mesmo o povo pode limpar a pátria, já que o vivemos cercados por corruptos. E se depender dos atuais políticos, só piora o quadro.

Habib Saguiah Neto saguiah@mtznet.com.br

Marataízes (ES)

_______

CIRCO

El Gran Circo Federal, de Brasília, continua dando seus espetáculos ao seu (des)respeitado público!

Filipe Luiz Ribeiro Sousa filipelrsousa@yahoo.com.br

São Carlos

_______

NÃO CONFUNDIR

Nunca dá em nada os "malfeitos" e os ilícitos dos nossos políticos, mesmo porque $empre tem jeito (STJ) e $empre tem favor (STF). Não confundir com outras siglas.

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

_______

CORRUPÇÃO DEIXOU DE SER CRIME?

Dizer o que de um ex-presidente que, ao receber um título de doutor honoris causa, declara a um grupo de jornalistas que políticos têm de ter "casco duro" e não podem temer quando forem alvo de denúncias de corrupção? É o mesmo que tranquilizar um fora da lei no sentido de que não precisa ter receio da justiça, posto que nada lhe acontecerá. Pano rápido!

José Marques seuqram.esoj@bol.com.br

São Paulo

_______

MOTIVO

Lulla recebeu mais um título. Haja causa prá tanta honra.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

_______

SAMBA ENREDO PARA LULA

Como no exterior enxergam o Brasil como o país do carnaval, mulher pelada, tráfico de drogas e futebol, o "cara" não podia faltar no samba enredo da Gaviões da Fiel, afinal ganharam um estádio para todos brasileiros pagarem. Será miraculoso, irá reduzir a mortalidade infantil, a morte por infecções hospitalares, ampliará a verba na saúde, tudo que falta ao país! Lendo a letra do tal samba da Gaviões da Fiel, publicada no portal do Estadão, é indignante e causa nojo: - de que vale apregoar civismo a uma parcela da população de notória consciência sórdida a infectar o futuro do resto da nação. Tantos ignorantes, analfabetos políticos, malfazejos cidadãos, verdadeiros lesas-pátrias louvam publicamente o principal responsável como se fosse um semideus, de pés de barro, um herói que entregou a moral da coisa pública a bandidagem, institucionalizou a corrupção, de tal forma que hoje sequer vale como prova incriminatória uma fita de vídeo, gravações e nem mesmo as investigações sob ordem judicial da Polícia Federal contra um cumpanheiro pego no flagra. Por que não fazem um samba enredo falando do mensalão? Dos assassinatos de Celso Daniel e Toninho do PT? Do enriquecimento da família de Lula? Da humilde figura, que se vangloriava de sua gloriosa ignorância? De fato "o cara é cara do país deles", não do meu país e dos meus filhos e netos, e é por esse país que devemos ficar e lutar e recuperá-lo do estrago que lhe impuseram e pilharam, e não permitir mais esse deboche que essa corja, no meio de nós nos impõe diuturnamente e impunemente.

Oswaldo Colombo Filho colomboconsult@gmail.com

São Paulo

______

DEUS DE LATA

Será que os responsáveis pela Gaviões perguntou se a nação corinthiana responsável aprova o endeusamento do Lula nos seus sambas enredos, Porque as escolas do Rio que são conhecidas internacionalmente não se propõe a essa baixeza de criar um Deus de lata como a Gaviões? Não se esqueçam que lata enferruja e causa doenças como o tétano.

Alcyr Pereira consultor-ap@hotmail.com

Igarapava

_______

GAVIÕES INFIÉIS

Ontem a Gaviões representava o maior patrimônio que um clube pode ter: a sua fiel torcida. Os seus associados sempre tiveram total liberdade para torcer, aplaudir, vaiar, ofender dirigentes e jogadores, "xingar a mãe do juiz", mas colocar a bandeira do meu coração há mais de 60 anos do lado de bandeira política, isso eu não aceito! Dar palanque para demagogos foi a pior jogada que poderiam fazer. "O cara" 10 X 0 Corinthians Paulista. Faço parte de uma minoria que estamos lutando para reunir o maior número de cidadãos para dizer "basta", "chega de tanta roubalheira!" e agora vem a Gaviões homenagear "aquele" que nada sabia? A verdadeira nação corintiana não vai "Lullar".

Rogerio Amir Rizzo rizzomoreno@superig.com.br

São Paulo

_______

FALTA UM

Não há como acusar esta República pelo crime de formação de quadrilha ou bando (art.288, § único do Cód.Penal) porque os poderes constituídos são apenas três: Executivo, Legislativo e Judiciário - qual deles mais corrompido, fica a critério de cada um. Como percebem os leitores, falta, no mínimo, mais um! Já que a imprensa (com "I" maiúsculo mesmo) não participa das mutretas, será que os "homi das capa preta"aceitariam o inclusão de Lula como o quarto poder? Agora - ó dúvida - onde apresentar, para protocolo, a indispensável peça incoativa? Eis que "vivemos tempos indecentes"(sic Roberto Freire, PPS/SP). Meu Deus do céu, até quando perdurará "tudo isso que está aí"?

João Guilherme Ortolan guiortolan@gmail.com

São Paulo

______

PARA DIFICULTAR A CORRUPÇÃO

A independência do Brasil este ano foi marcada por uma série de manifestações contra a corrupção e a impunidade. Na verdade, essas manifestações foram contra a forma como os Poderes da República trabalham, já que são eles que arrecadam, gastam; enfim, que administram os recursos públicos. O pior é que se houvesse vontade política de sanar esses problemas de parte de algum desses Poderes, nada disso aconteceria. Um Poder poderia controlar o outro. Dito isso, infere-se que a corrupção, a malversação e os desvios dos recursos públicos são um efeito provocado pelo mal funcionamento dos Poderes do Estado. Então, por onde começar a combater a corrupção, uma vez que o Legislativo, o Executivo e o Judiciário não cumprem a sua função, em matéria de austeridade financeira, de controlá-la e extirpá-la? Acreditamos que a corrupção tem seu começo no momento em que o candidato se propõe a representar a sociedade. Isso porque não basta o candidato ser competente, ter boas intenções, saber o que vai fazer. O que ele precisa é de recursos para conseguir os votos, para ser conhecido nas ruas, nos bairros, nas cidades. Atualmente, é a propaganda sobre a sua imagem que faz com que ele se torne conhecido, e não o seu plano de trabalho, ou as suas propostas. Para isso, ele precisa de muitas verbas, precisa fazer muitos "acordos", se comprometer com muitas pessoas, entidades, etc. É por aí que começa a corrupção na política. Como acabar com isso? Bem, para começar, precisamos de uma reforma política que altere o formato da propaganda eleitoral. A propaganda eleitoral veiculada pela mídia tradicional (tevê, rádio e jornal) deveria ser apenas do partido. Ou seja, seria o partido quem divulgaria as suas propostas. Quanto aos candidatos, estes somente poderiam fazer a sua propaganda através da internet ou comícios. Dessa forma, todos os eleitores receberiam um informativo, organizado por partidos, em que cada candidato se apresentaria, dizendo quem ele é, o que faz e o que pretende fazer em benefício da sociedade. Os eleitores, em suas casas, iriam, então, decidir em quem votar, lendo as propostas desses candidatos. Mudando o foco da propaganda do indivíduo para o partido, eliminaríamos essa propaganda atual que privilegia quem já está inserido no sistema e possui visibilidade na mídia (tal como vimos ocorrer nas últimas eleições) em detrimento de candidatos com propostas que interessam à sociedade, mas com menos visibilidade midiática; propaganda essa que fomenta uma verdadeira indústria eleitoral por trás de cada candidato. Quem sabe, assim, tivéssemos um voto mais consciente e as coisas na política começassem a se modificar. Em verdade, as coisas não são tão difíceis quando se tem vontade política de mudar. Nos questionamos se o Poder Legislativo proporia essas alterações. O que você acha?

Salézio Dagostim salezio@dagostim.com.br

Porto Alegre

_______

CORRUPÇÃO

"Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando o dinheiro fluir para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que nossa sociedade está condenada". Frase da filósofa russa-americana Ayn Rand (1902-1982

Filadelfo Barbosa da Cunha fbcunha@petrobras.com.br

São José dos Campos

_______

RIO DE DINHEIRO

Vejo nosso dinheiro como um grande rio, que desemboca no lago de Brasília, onde as piranhas o devoram em instantes; não esquecer as afluentes menores (municipais) e principais (estaduais). Vez por outra, uma piranha é apanhada.

André C. Frohnknecht anchar.fro@hotmail.com

São Paulo

_______

POLÍTICA SEM POLÍTICA

No artigo publicado no sábado, 17 de setembro de 2011, o estimado professor Marco Antonio Villa discorre com muita perfeição sobre o estagio de corrupção que assola a nossa política.

Talvez um ponto que ouso a fazer um reparo, refere se ao papel da oposição. Muito tem se falado que a oposição não se articula, e vive de competições internas sem imprimir uma atuação mais coordenada e consistente num momento que aparentemente seria muito oportuno para realmente se fazer uma Faxina Ética. Meu reparo se da nesse ponto, não deixo de concordar sim de que falta a oposição falta de coordenação, mas não me parece esse o fato que implica em sua inércia. No meu ponto de vista o que de fato ocorre , e que a oposição também tem culpa no cartório, usando de um jargão bem popular . Se não, voltemos aos tempos de mensalão, a oposição foi leniente, pois o nosso senador Eduardo Azeredo do PSDB , foi flagrado com um mensalinho em MG, suficiente para o governo do PT sair ileso , em momento em que se tinha claramente o deposito nas contas do amigo Duda Mendonça comprovado com caixa 2 . O PSDB se calou, e no final nosso amigo também Jose Dirceu, ou mesmo o ex-presidente Lula se vangloriam de que vão provar que o mensalão foi ilação da oposição. Esse aspecto e reforçado quando notamos da própria base do governo os movimentos de Pedro Simon e Jarbas Vasconcelos, tentarem levantar a bandeira da faxina e serem massacrados, senhores como esses sim, talvez não carreguem a pecha de corrupto e muito pouco tem a perder ao defender uma causa justa em nome do expropriado contribuinte brasileiro. Resumindo, em nome da governabilidade, posição e oposição se sintonizam perfeitamente, um finge que governa e o outro finge que se opõe, enquanto o povo paga a conta.

Lourival Santos Flor lourival@goldenquimica.com.br

São Paulo

_______

CORRUPTOS

O sol nasceu para todos; as cadeias nem tanto...!

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Jandaia do Sul (PR)

_______

O DIREITO DE GREVE E O GREVISMO PROFISSIONAL

A greve deve ser o último recurso de uma classe na tentativa de fazer ouvidas suas reivindicações ou evitar perdas e represálias trabalhistas. O pais já experimentou greves de todos os naipes. Algumas deram certo, outros nem tanto. Significativas foram as greves do ABC, no fim dos anos 70, de onde o metalúrgico Lula emergiu como liderança nacional, ativista, perseguido, fundador de partido, parlamentar e, finalmente, presidente da República por dois mandatos. Ainda vigorava o regime militar e aquela insurreição fez parte do processo de redemocratização. Mas, depois da abertura, as greves perderam seu charme e até os objetivos. Muitas delas se alongam por meses e não oferecem qualquer vantagem às categorias. Em muitos casos, cita-se como vitória o não desconto dos dias parados. Já ocorreram, inclusive, paralisações que serviram para os patrões terem a certeza de que não necessitavam de determinados empregados e demití-los na primeira oportunidade. Temos vivenciado greves de bancários, carteiros, médicos, professores, motoristas e uma imensa gama de categorias. Tudo pilotado pelos "greveiros" profissionais, que dedicam todo o seu tempo para a montagem das paralisações. Isso é inadmissível. O direito de greve deve ser protegido, respeitado e exercido pelos trabalhadores. O ativismo paredista profissional tem de ser combatido exemplarmente. Carecemos de uma ampla reforma trabalhista. O trabalhador deve ser o principal destinatário dessa mudança. O direito de greve precisa ser fortalecido e resgatado das mãos dos usurpadores para que fique exclusivamente à disposição dos trabalhadores, como arma e instrumento forte de negociação e busca do seus direitos. Greve política ou profissional tem de ser capitulada como crime. Atende apenas aos interesses do seu executor, não aos do trabalhador...

Dirceu Cardoso Gonçalves aspomilpm@terra.com.br

São Paulo

_______

MONOPÓLIOS

As "vantagens" de monopolizar serviços como os Correios é que a população vai padecer por não haver alternativa, mas sobretudo porque os cargos mais importantes serão loteados politicamente, tão a favor da população quanto a falta de serviço devido a greve. Estatais nunca primaram pelos bons serviços, mas por boas greves.

Francisco Xavier Fernandez fcoxav@gmail.com

São Paulo

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.