Cartas - 25/09/2010

FICHA LIMPA

, O Estado de S.Paulo

25 Setembro 2010 | 00h00

A vez do eleitor

O Supremo Tribunal Federal (STF) não decidiu a validade de aplicação imediata da lei de iniciativa popular denominada Lei da Ficha Limpa. Mas a decisão é um recado ao eleitorado. Depois de longas manifestações de juristas que integram o nosso tribunal constitucional, o resultado foi um empate na votação. O eleitor, portanto, é o responsável por dar o voto que faltou para definir o processo. E deve efetivamente assumir essa responsabilidade, escolhendo candidatos sérios, que tenham propostas, mas, sobretudo, prontuários que não os desclassifiquem para os cargos pretendidos. Não se pode mais ficar na dependência de processos judiciais para cassar políticos corruptos, bem como é inaceitável o voto de protesto, nulo ou em branco. O eleitor tem de avaliar que voto não tem preço, tem consequências e repercute em toda a coletividade. Esta é mais uma etapa na busca de uma representatividade popular de alto nível.

URIEL VILLAS BOAS

urielvillasboas@yahoo.com.br

Santos

______________________________

Inacreditável

Como de costume, o STF não decidiu sobre a Lei da Ficha Limpa. Um tribunal que até pouco tempo atrás tinha de julgar brigas de vizinhos dos mais remotos rincões do País, quando chega às importantes decisões, adia, engaveta, empata, briga em plenário, falta ao julgamento. Agora, com esse empate, joga para o povo decidir, no voto, e brasileiro não sabe votar. Os corruptos têm mais cinco defensores.

JOSÉ FRANCISCO PERES FRANÇA

josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

______________________________

ELEIÇÕES

Chutar a santa

Tornou-se um pecado, quase como "chutar a santa", falar no passado de dona Dilma Rousseff. Qualquer menção ou versão que não seja a oficial é "baixaria" ou "apelação". Assim, há um hiato na vida da candidata que não é nem pode ser preenchido, pois a patrulha da reputação alheia assim dispôs. Ora, senhores, não faz sentido ter de esconder fatos relacionados ao passado de um(a) candidato(a) a nada menos que presidente da República. Se esses fatos caracterizam "baixaria", não é por falar neles, só pode ser porque não são abonadores. Não há outro motivo. Por isso mesmo, têm de ser expostos à luz do dia. É mais honesto e justo. Cabe aos eleitores julgar se são relevantes ou não. Se pensarmos como a patrulha da reputação alheia, podemos dizer, então, que o passado de Paulo Maluf ou que a vida pregressa de Renan Calheiros não interessa. É chegada a hora de a imprensa parar de se curvar a exigências descabidas como essa. Aliás, gostaria de saber se já se tornou crime hediondo votar em Serra, Plínio, Marina ou Eymael. Também preciso saber - pois gosto de andar do lado da lei - se ser "de direita" se tornou crime inafiançável. As perguntas se justificam diante das atitudes dos partidários de Lula e Dilma, que atacam com extrema virulência os eleitores de outros candidatos e quem eles consideram "direitistas" e "fascistas". Não fazer parte dos 94% (ou 96%?) dos adoradores de Lula quase dá direito à pena de morte por apedrejamento, mas não me lembro de ter lido nada nos jornais - golpistas! - sobre o tema. Tais crimes já estão tipificados no Código Penal?

M. CRISTINA DA ROCHA AZEVEDO

crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

______________________________

Punto e basta!

Lula mandou votar na Dilma e o povão vai votar nela. O que ela é ou deixa de ser não interessa!

VICTOR GERMANO PEREIRA

victorgermano@uol.com.br

São Paulo

______________________________

Testa de ferro

Pelo andar da carruagem, o Brasil, pela primeira vez em sua frágil democracia, passará a ser governado, a partir de 1.º de janeiro de 2011, por uma testa de ferro.

ERICO LUIS DA SILVA PEREIRA

erico_ooo@yahoo.com.br

Valparaíso

______________________________

Novo Collor

Tenho a impressão de que estamos, mais uma vez, ante um fenômeno das urnas que produzirá um novo ser que imagina estar acima de tudo e de todos, um novo Collor. Mas nem de longe tem a blindagem de seu criador e, para piorar sua situação e colocá-la ainda mais numa eventual berlinda, seu vice, que é do maior partido da Nação (PMDB), na hora em que perceber qualquer deslize, assume o poder e a entrega aos leões famintos da oposição. É, acho que vislumbro um novo Collor, só que mais avermelhado.

PAULO A. NUNES FERREIRA

sweetpappa@uol.com.br

São Paulo

______________________________

A lua do PT

Cadê a estrela do PT? Dilma é a lua do Lula. Satélite não tem luz própria, reflete o brilho do astro... Astro sem brilho, opaco. Chega! Ainda mais agora, com tantos escândalos vindo à tona da Casa Civil. Ser reflexo e distribuir amplexos não é pouco para quem quer ser muito? Stela, stelae, o povo não será enganado pelo falso brilho dos aloprados!

LUIZ FERNANDO D"ÁVILA

lfd_avila@hotmail.com

Rio de Janeiro

______________________________

Ameaça aos mineiros

Nosso presidenti parece estar sofrendo de algum mal grande e preocupante, ao ameaçar os eleitores de Minas Gerais de cortar verbas caso escolham para governador alguém que não seja o seu candidato (Hélio Costa).

GATTAZ GANEM

gattaz@globo.com

São Paulo

______________________________

Mercadante

O sr. Mercadante diz em sua propaganda que "fará por São Paulo o que Lula fez pelo Brasil". Responda-me, por favor, isso é uma promessa ou uma ameaça?

HEITOR DA SILVA SOBRINHO

tiamuru@gmail.com

Cruzeiro

______________________________

URNAS ELETRÔNICAS

Fraude à vista?

Dilma lidera as pesquisas no ritmo de um Corvette e, como "nunca antes na história deste país", agora o governo faz propaganda sobre a segurança da urna eletrônica em doses cavalares. Por que será?

SÉRGIO ECKERMANN PASSOS

sepassos@yahoo.com.br

Porto Feliz

______________________________

Vai dar para confiar no resultado das urnas ou vamos ter mais um golpe do governo Lula?

HELENIR ROBERTA JOSÉ

hrjose@uol.com.br

São Paulo

______________________________

"Para que reconheça ser uma ditadura de fato basta calar a boca da imprensa por decreto"

CONRADO DE PAULO / BRAGANÇA PAULISTA, SOBRE O GOVERNO LULA

conrado.paulo@uol.com.br

"Agora só falta o "cara" ganhar o Oscar"

CARLOS MONTAGNOLI /JUNDIAÍ, SOBRE A INDICAÇÃO DO FILME "LULA, O FILHO DO BRASIL" PARA MELHOR FILME ESTRANGEIRO

carlosmontagnoli@uol.com.br

"Se ela não conta o que foi no passado, o que será no futuro?"

RICARDO GUILHERME/ MONTE ALEGRE DO SUL, SOBRE DILMA

bleblanc@ig.com.br

______________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 3.946

TEMA DO DIA

Supremo adia decisão sobre a Ficha Limpa

Sessão do STF foi suspensa com placar de 5 a 5; atingido pela lei, Roriz desiste da disputa no DF

"O STF perdeu enorme chance de servir ao País. Tal indecisão anima os fichas-sujas e abate quem crê nas instituições. Pena!"

ENEAS FINESSI

"A Constituição proíbe uma lei de retroagir para prejudicar o réu. Cabe ao eleitor aplicar a Ficha Limpa agora, com seu voto."

JOSÉ CONRADO DE SOUZA

"Sabia que o STF ia se esconder atrás de alguma tecnicalidade jurídica, tal o medo de se indispor com os poderosos."

CHARLES MAURICE TALLEYRAND

______________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

 

 

 

 

 

E A TRADIÇÃO?

Desde quando o brasileiro Oswaldo Aranha, em 1947, foi o primeiro orador da primeira sessão especial da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU), essa Assembleia anual, realizada na terceira terça-feira do mês de setembro, é aberta, há mais de sessenta anos, por um presidente brasileiro. Porém, duas vezes no atual governo essa tradição foi quebrada por um semianalfabeto que não sabe redigir um discurso sem usar metáforas futebolísticas, mostra desinteresse por assuntos sérios e tem preguiça de ler os textos elaborados por assessores. Mas desta vez o motivo de sua ausência deve ter sido mesmo falta de coragem para mostrar a cara ao lado do amigo iraniano que ele tanto preza. Luiz Inácio Lula da Silva, onde está você? eu gostaria muito de tê-lo visto aplaudindo Mahmoud Ahmadinejad, no momento em que trinta delegações abandonavam o plenário da ONU, depois de ele ter dito que os atentados de 11 de setembro foram obras do governo americano. Seria uma cena inesquecível, digna da republiqueta de Macunaíma que você criou em oito anos oficialmente no poder e que pretende extraoficialmente dirigir por mais quatro usando um ventríloco, de passado nebuloso, que todas as noites invade nossas casas causando nojo e náuseas em 20% da população.

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

CENSURA JUDICIAL

A demora na satisfação judicial das pretensões do Jornal em assegurar a liberdade de expressão, constitui apenas uma das faces da censura oficial. O Judiciário do Distrito Federal, diante de questão tão relevante, não poderia jamais retardar o julgamento do feito, ainda que fosse julgar contra a pretensão do jornal. A matéria é de relevantíssima questão publica. Não deixa de ser uma forma de censura em época eleitoral. Já basta, as divagações antidemocráticas de nosso mandatário maior e ainda temos que conviver com esta morosidade proposital do Judiciário. Muitos revolucionários deram a vida pela democracia. E agora o que vemos, é um retrocesso e uma volta para o totalitarismo. Este, de esquerda querendo suprimir direitos fundamentais e o outro de direita para a política econômica. Precisamos de uma nova revolução pela democracia.

Julio Cesar Brandão julio@brandaoramos.adv.br

Marília

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

SUBDESENVOLVIMENTO

Ora, convenhamos! Um homem e um grupelho enlouquecidos resolverem rasgar a Constituição de seu país e afrontar suas instituições, pode acontecer. Aconteceu na pequena Honduras e em outros países da América do Sul e da África. O que não pode ocorrer de jeito nenhum, é os homens que foram nomeados para zelar pela ordem e pelas leis destes países, se calarem e deixarem de cumprir a sua função diante do atentado à Democracia e ao estado de Direito cometido debaixo de seus narizes. Isto sim é uma afronta inominável. Isto sim é sinal de atraso e subdesenvolvimento!

 

 

M.Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

A MÍNIMA IDEIA...

O presidente Lula falando a respeito da crise entre ele, Dilma e, a imprensa em geral, declarou que, "mídia é controlada por nove ou dez famílias, e tem candidato. Nessas famílias esta incluída a família Sarney senhor presidente? Como ele não gosta de ler, ou não sabe ler, não tem a mínima ideia que hoje a mídia e controlada por milhões de pessoas através da Internet. Com certeza o grande amigo de Fidel Castro e Hugo Chávez, ainda é da época em que empastelavam os jornais e revistas de famílias. O Estadão, que além de estar sob censura federal, que bem o diga escrevendo uma reportagem de quantas vezes o jornal foi empastelado, fechado e teve seus proprietários exilados nesta centenária trajetória defendendo sempre a liberdade e a verdadeira democracia.

Roberto Stavale bobstal@dglnet.com.br

São Paulo

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

VIRULÊNCIA

Em face da supressão da antirrábica em agosto, surgiram ataques virulentos contra 11 emas no Zoo Safári e jornais e revistas.

 

Arnaldo Ravacci arnaldoravacci@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

O GOVERNO E O POVO. LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Versos

Tal como existe e deve ser preservada a liberdade de imprensa o mesmo princípio se aplica à liberdade de expressão.

Aproveitando o espaço que esse fórum oferece dedico os versos que se seguem aos detentores do poder e ao povo.

Prazo de vencimento

A estupidez e ignorância

tem prazo de vencimento.

A educação e a inteligência

evoluem permanentemente.

A supremacia e o poder

tem prazo de vencimento.

A humildade e a renúncia

se expandem eternamente.

A corrupção e a mentira

tem prazo de vencimento.

A honestidade e a verdade

brilham constantemente.

O ódio e a vingança

tem prazo de vencimento.

O amor e o perdão

são conquistas perenes do sentimento.

Se a maioria do povo quer ganhar,mesmo que ilicitamente,

com certeza os seus representantes no poder não farão diferente.

Por isso a voz do povo ainda não é a voz de Deus, pois,cada um que vota,na maioria das vezes defende apenas os interesses próprios e dos seus.

Assim mesmo o voto sendo secreto transparece a afirmativa:cada povo tem o governo que merece.

Mario Antonio Marcondes Siqueira dos Reis, marioantonioservidor136@gmail.com

São Paulo

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ÚLTIMA CARTADA

Com as recentes denúncias no Planalto e pelo Manifesto de ontem (22) no Largo São Francisco, em prol de uma autêntica democracia, vamos ver se agora os menos avisados, desinformados ou com pouca visão nacional, se despertam para a realidade dos fatos políticos atuais e comece então a grande virada, como última cartada, na reta final da campanha.

 

 

João Rochael jrochael@ibest.com.br

São Paulo

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CABEÇAS PENSANTES

 

Que emoção ver uma tribuna no Largo S. Francisco com pessoas tão ilustres se manifestando a favor da liberdade da IMPRENSA, um pouco tarde penso eu, mas em tempo. Lamento que as cabeças pensantes sejam minoria. Criamos a cobra e agora está difícil matá-la. Mas podemos fazer tremular a bandeira de Minas Gerais e como os heróis da Independência decretar "LIBERTAS QUAE SERA TAMEM" LIBERDADE MESMO QUE TARDIA !

Ely Berger ely.berger@hotmail.com

Maringá (PR)

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

DESAMPARO DA POPULAÇÃO

Olhando para os três poderes, executivo, legislativo e judiciário não me sito amparado por nenhum deles. Os representantes do povo, depois de eleitos, só pensam em si. Esquecem da população. Me conforta a mídia séria com profissionais do mais alta gabarito que nos ampara, vasculhando as podridões nos três poderes. É por isso que o PT é contra a mídia. Quem não deve, não teme, diz o dito popular.

Clezio D. Goulart clezio_goulart@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

BRASILEIRO FELIZ

 

É muito simples. As pessoas podem não ter formação escolar ou cultura, mas são inteligentes. Somente na véspera de eleição afloram as denúncias, foi assim na eleição passada e nesta pior ainda. Assim, soa falso a "dor", a verdade e a indignação daqueles que denunciam. Até ontem estava tudo bem e o brasileiro feliz por ser brasileiro. De repente, o governante atual é corrupto, comparado a Mussoline, cairia melhor a Berlusconi, mais atual. A comparação com Hitler ninguém entendeu, muita gente pensa que é o Serra,que gdo prefeito queria varrer os mendigos do centro da cidade. Naquela ocasião vários jornais publicaram as denúncias da Igreja Católica. A realidade é que a maioria não lê jornal e os poucos que tem esse hábito está evitando, tal é a chatice, pior que novela.

 

Elizabeth Blassioli eblassioli@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NINGUÉM SABE

Eu acho maravilhoso esse Manifesto em Defesa da Democracia. Mas tanto eu, como a grande maioria dos leitores do Estadão, estamos apenas perdendo tempo ao escrever para este fórum: o "povão", (desculpem-me a expressão) não lê Jornal, a não ser Esportes (talvez) , tão pouco Veja, Época, Exame, Carta Capital ,Folha de S.Paulo...., para dar um exemplo e não ficam sabendo o que acontece ou aconteceu (corrupção,mensalão, Verônica Serra, etc) no governo Lula e quem é a Dilma.

Brigitte Dagan brigittedagan@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

QUEM ACREDITOU

Há aproximadamente oito anos, senti-me marginalizado por não haver votado naquilo que, para mim, já era uma grande mentira, uma verdadeira "caixa preta". Mas, fiz parte de uma minoria e, democraticamente, tive que aceitar a vontade da maioria. Não podia acreditar em uma mudança tão radical no comportamento de uma pessoa que sempre demonstrara raiva, revolta, agressividade, ironia. Aquela criatura apresentada pelos chamados "marketeiros" era totalmente falsa sendo, enfim, uma mentira. Mas, a maioria acreditou e tive que me consolar. Quatro anos se passaram e eis que, novamente, o povo o mantêm no cargo. Escândalos, negociatas, corrupção, aparelhamento, o "marketing" político transformando mentiras em verdades ocorrem como "nunca antes neste país", desrespeitando, desmoralizando as instituições e, desta forma, ameaçando nossa democracia. A criatura continua cercando-se daqueles anteriormente acusados de serem mentores ou operadores "disso tudo que está aí" e cria sua "força de ataque" através do MST e sindicatos. Usa da fraqueza dos demais poderes em beneficio "da causa". Mas a verdade sempre aparece e eis que a máscara do "Lulinha paz e amor" cai, e ressurge aquele destilando sua raiva contra as instituições, principalmente contra a imprensa livre atacando, agora, um direito fundamental do cidadão que é o de ser informado. Atiça sua "força de ataque" contra qualquer um que ouse discordar ou acusar seus desmandos, e segue o exemplo de outros aprendizes de tiranos da América do Sul. As eleições se aproximam e, novamente, aqueles que vivem das esmolas governamentais ou que "nunca ganharam tanto dinheiro" vendem sua consciência e, pior, pretendem "levar vantagem" a curto prazo sem perceber, talvez, o risco que essa mentira iniciada há oito anos representa.

 

 

Heleo Pohlmann Braga heleo.braga@hotmail.com

Ribeirão Preto

 

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

ANTES TARDE

Li, com grande alegria, o Manifesto em Defesa da Democracia. A dupla Lula e Dilma está com um apetite voraz pelo poder, chega ser aterrorizante. Graças a Deus os nossos juristas estão se mexendo, (embora um pouco tarde) mas, antes tarde do que nunca, ainda há tempo para baixar a bola da dupla. Como lembrou o Sr.Amadeu, O Estado 19/09/2010.Dizia Voltaire: "O povo é gado e o que ele precisa é de canga, uma agulhada e forragem". Não é não, Sr.Presidente e seus companheiros, foi este povo que na sua ingenuidade acreditou e o colocou no "trono". Portanto respeite nosso povo.

Maria José Marer sabbaghmarer@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

ORGIA NO BRASIL

Uma coisa temos que admitir: "Os donos do PT criaram um fantástico know how voltado para a elaboração de planejamentos estratégicos que envolvem mentiras, farsas, produção de escândalos e de corrupção em alta escala, de desvios de recursos, favorecimentos, nepotismo, aparelhamento do Estado, metodologia para a manutenção da impunidade, entre outras estratégias não menos nefastas. São poderosos e ardilosos na tarefa de arregimentar pessoas de outras tendências políticas(?) distribuindo benesses. Conhecem como ninguém a tática de corromper, dominar e comprar a dignidade dos desfavorecidos, transformando-os, totalmente, em dependentes. São experts em realizar e produzir bondades com os bilhões de reais que não lhes pertencem. Contudo, a grande tacada que pretendem dar está por vir. Consiste em dominar e calar a imprensa livre e democrática, a verdadeira "pedra na suas chuteiras", uma vez que, esta imprensa denuncia e demonstra com clareza todas as barbaridades que este inimigos da Nação produzem contra o País e o cidadão. Somente esta, enquanto livre e eterna for a expressão, conseguirá frente às denuncias, à informação e à motivação do exercício pleno da cidadania acabar com toda essa orgia que deixa livres e ricos os bandidos de alta periculosidade que, infelizmente, infestam uma parte da sociedade brasileira.

David Neto drdavidneto@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

BRASIL MAIOR

 

José Dirceu afirma que Lula é maior que o PT, mas após o manifesto de ontem pela Democracia ressurge o Brasil, ainda maior que Lula!

 

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

GENTE HONESTA

Senhor Lulla,agora é a imprensa da "zelite" que está armando mentiras para difamar vossa criação à presidência. Esquece o senhor,que a "zelite’ que tanto ataca,foi a mesma que lhe abrigou e deu suporte quando de épocas mais duras,onde o senhor seus pares lutavam por democracia e direitos.Estas coisas hoje lhe incomodam.Incomodam por que continuam a falar a verdade e a verdade não lhe é favorável no presente momento ou em nenhum outro..Mas tenha certeza senhor Lulla,o alerta serve para seus pares,São Paulo,Estado,é feito de gente honesta de todo Brasil, que trabalha e faz questão que assim permaneça.Não será sua tropa que irá dar uma "chinelada" na "paulistada".São Paulo sempre teve por ideal trabalhar e progredir.Caso o senhor não saiba,produzimos 35% do PIB nacional.Já lutamos em outros tempos por democracia.Não nos subestime.Temos vergonha e brio suficiente.P.S,caso a presente leitura lhe provoque azia,peça para alguém lhe explicar.

 

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

BASTA

O estado de São Paulo é o líder da Federação! São Paulo carrega esse país.

Vamos lá paulistas e paulistanos! Lembremo-nos da Revolução Constitucionalista de 1932. É de São Paulo que vai partir a grande VIRADA! Basta de mentiras, falcatruas e corrupção! NON DUCOR DUCO!

José Luiz de Andrade Figueira jlafigueira@hotmail.com

São Paulo

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VOTO COMO ARMA

Em 1964 cursava o último ano de engenharia civil na Escola de Engenharia Mackenzie.No outro lado da Rua Maria Antonia ficava a filosofia da USP, naquela época frequentada por um bando de comunistas.Digo isso porque esse filme de agora vi passar naquela época, a única diferença para essa Gang que ai esta é que essa rouba muito. Não queremos para os nossos filhos e netos que a liberdade seja tolhida como em 1964. No momento a única arma que temos é o voto. Não faço apologia da revolução ,mas já que estavam lá poderiam ter-nos livrado dessa Gang que hoje ai esta.Não sou obrigado pela idade (73) ao voto obrigatório,mas farei com muito gosto para afastar essa Gang.

Hamilton Penalva hpenalva@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

OPORTUNIDADE

Estamos assistindo a uma mobilização da sociedade civil pela redemocratização do nosso País, tendo à frente algumas cabeças esclarecidas e sóbrias e, sobretudo, por pessoas não envolvidas com as vantagens e benesses distribuídas pelo governo federal. Neste movimento, a imprensa se destaca por seu papel firme e corajoso, e, especialmente, alguns colunistas como a senhora. Infelizmente, essa mobilização, ainda incipiente, não terá maior amplitude se não for capitaneada por uma liderança política que represente a esperança de mudança. Assim, me pergunto: Não é hora do José Serra deixar o seu programa morno do horário gratuito e utilizá-lo com pronunciamentos fortes, denunciando o que não está bom e como reconduzir o país? Isto é o que eu gostaria de lhe dizer pessoalmente, porque, como eleitor experimento a angustia de muitos outras que veem a oportunidade de mudança escapar pelos dedos.

 

José Carlos Mesquita Ribeiro lumenmr@uol.com.br

Bebedouro

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REFERÊNCIAS

 

 

O presidente ("da república") reclama da partidarização de alguns veículos de imprensa, mas só dos que falam mal do seu governo, pois parece estar bem satisfeito com a cobertura pra lá de parcial que faz, por exemplo, a revista Carta Capital, que publica verdadeiros panfletos

pró-governo e ganha muito com publicidade das estatais federais. Nesse caso, tudo bem, né Lula?

 

Raquel Lucat raquellucat@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ACORDARAM

Muito me admira que só agora os juristas que lançaram o "Manifesto em Defesa da Democracia", "descobriram", que Lula é o Mussolini tupiniquim, ora, Luiz Inácio é opressor desde quando subiu no pau de arara para chegar à São Paulo. No escândalo do mensalão a única correria de juristas era para defender os ricos mensaleiros .

 

José Francisco Peres França. josefranciscof@uol.com.br

Espírito Santo do Pinhal

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ADORMECIDOS

"Dormia, a nossa pátria mãe tão distraída, sem perceber que era subtraída, em tenebrosas transações". atual a poesia de Chico Buarque. Quantas e quantas quadrilhas (mais descaradamente nos últimos 8 anos) sugando e secando as tetas desta gentil senhora, incentivadas pela impunidade. e tudo em nome da ganância material e do poder.

 

Emerson Luiz Cury, emersoncury@gmail.com

Itu

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MANIFESTO

 

 

Correto o manifesto, feito por pessoas sérias e comprometidas com a verdade, exceto Hélio Bicudo e Evaristo Arns, que muito colaboraram para chegarmos ao caos atual. Bicudo optou por atuar contra a sociedade defendendo guerrilheiros, assassinos, sequestradores e toda turba de marginais, muitos petistas, hoje no poder, como se anjos fossem. Arns subverteu a doutrina cristã, adotando postura duvidosa na defesa de bandidos, em detrimento das pessoas corretas. Agora no crepúsculo de suas vidas, estes decrépitos homens, subscrevem um manifesto como forma de reduzir o peso de suas consciências. Sr. Bicudo, sua consciência, se é que um dia o sr. a teve, ainda vai pesar muito. Sr. Arns, que Deus (se é que o sr. acredita Nele) o perdoe dos pecados propositais do passado.

 

 

Vitor José Bazzo bazzovj@terra.com.br

Presidente Prudente

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

JORNAL NÃO É PARTIDO

É errado dizer que um bom jornal faz a cabeça de seus leitores. Existem aqueles que procuram fazer lavagem cerebral, é fato, mas não são bons jornais e têm pequena circulação. Um jornal, para ser bem sucedido e ter grande circulação precisa buscar e apresentar conteúdo e notícias na forma seus leitores esperam ver. Assim, são os leitores que carregam os jornais e não o contrário. Se os jornais saírem da linha que querem seus leitores, esses os abandonarão e buscarão outros jornais. De modo geral, os jornais de melhor aceitação têm como característica principal manter firme e quase imutável, ao longo do tempo, uma linha editorial, de opiniões e de noticiário. Dessa forma, querer controlar os jornais, como quer o PT e o tal ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, é querer controlar seus leitores. Isso não aceitamos.

Wilson Scarpelli wiscar@estadao.com.br

Cotia

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

LULA ESTÁ CERTO

Assisti à entrevista do presidente Lula no portal Terra e concordo plenamente com seu posicionamento com relação à imprensa brasileira. Liberdade de imprensa no Brasil tem sido confundido com calúnias, difamações e injúrias de todos os gêneros. O presidente está certo quando afirma que os meios de comunicação são controlados por algumas famílias, isso é mais do que evidente. Creio que o papel da imprensa deve, sim, ser reestudado junto à sociedade organizada. O que não pode ser aceito é a continuidade do modelo atual, onde a imprensa cria fatos caluniosos com intuito de defender seu candidato favorito, denegrindo a imagem do opositor e, dessa forma, em nada colaborando com um debate crítico e proveitoso.

 

 

Anselmo Fernando Grecco fer.grecco@yahoo.com.br

Votorantim

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CORRUPÇÃO

Eu não sei o que é que está acontecendo! Antes de ser governo o Partido dos Trabalhadores (PT), sempre criticaram com muita firmeza a prática de corrupção, principalmente pelos homens que ocupavam cargos públicos e os empresários. Antes do presidente Lula iniciar o 1º mandato, fizeram uma bela propaganda contra a corrupção, inserida na televisão, onde aparecia o presidente Lula, José Dirceu e José Genoino, todos prometendo fazer de tudo para extirpá-la do contexto nacional...E, porque será que não fazem mais propaganda contra a corrupção? Nem a candidata Dilma Rousseff promete lutar contra esse mal. O que foi que aconteceu com o PT?

Benone Augusto de Paiva benonepaiva@yahoo.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A METAMORFOSE BOLIVARIANA

Hugo Chávez não só conseguiu em onze anos de ditadura empobrecer um país rico em petróleo, como exibir seu ódio doentio pela liberdade, golpeando de morte a democracia de seu país, mandando explodir jornais, perseguir jornalistas e assassinar proprietários. Mesmo assim é surpreendente o numero de fãs que o liberticida coleciona, desde cocaleiros e caloteiros, até ex-metalúrgicos. Antes era só um elogio ao déspota, que foi taxado como um grande democrata, mas hoje a exemplo de seu indisfarçável ídolo, Lula revela-se um ditador que tenta calar a imprensa de um Brasil que imagina lhe pertencer, usando inclusive as mesmas frases do déspota venezuelano, como mídia golpista ao atacar nossa imprensa ferozmente. Do jeito que a verdade vai se revelando a poucos dias das eleições, é de se prever que se, a candidata de Lula chegar ao poder, o lema do próximo governo será: PT Pátria ou morte. Será uma ditadura, o sonho de todos brasileiros?

Amâncio Lobo amânciolobo@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEMOCRACIA

Não é a primeira nem a segunda vez neste governo, que corrupção da mais deslavada e ordinária que se tem notícia, acontece nas salas ao lado do gabinete da Presidência da República e como virou método desde o mensalão, o presidente volta a recitar seu refrão de emergência: "eu não sabia de nada". Também pudera, o homem não para nunca em Brasília, onde deveria trabalhar diariamente conforme foi eleito para tal, preferindo discursar pelo Brasil e pelo mundo afora, dia sim e o outro também. Faz mais 30 anos que Lula dedica-se a fazer política 24 horas por dia. Até dormindo o homem deve fazer discurso. Como palanqueiro contumaz, aperfeiçoou-se como ninguém na arte da persuasão, mas agora Lula pensa que pode tudo e até acha-se no direito de acusar a imprensa independente de "golpista", imaginando ter um salvo-conduto com o qual não pode de maneira nenhuma, ser importunado pela imprensa investigativa e por ninguém mais, mesmo quando há provas cabais de crimes reincidentes acontecendo sob seu nariz. Como se aliou aos que antes chamava de "300 picaretas", Lula está livre de uma CPI no Congresso Nacional, portanto, penso ser necessário uma atitude mais forte por parte do Poder Judiciário, para fazer frente aos graves crimes que vem ocorrendo sistematicamente na estrutura do Estado brasileiro, no sentido de se mostrar ao país que a Democracia é regida por Três Poderes e não por um líder partidário que ocupa momentaneamente a Presidência de um deles e que deixa proliferar um verdadeiro balcão de negócios no centro do seu governo. O Poder Judiciário é a última instância da democracia e o silêncio além de incomodar, parece que concente.

 

Sandro Ferreira sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

RÓTULOS E DISTORÇÕES

Uma das facetas de Lula e Dilma que mais geram desconforto em parte dos eleitores está em ambos apostarem no desconhecimento do povo mais humilde para disseminar ideias desconectadas da realidade, criando versões oportunistas, como rotular de elite, os que divergem de seus métodos e condutas. Assim, ser elite virou 'defeito' mesmo que se tenha progredido por mérito pessoal contribuindo para o progresso do país. Mas obter cargos, privilégios e galgar posições por mero apadrinhamento, virou coisa aceitável. Desta forma, Lula foi desfigurando a ética, nutrindo a esperteza e incensando a falta de valores morais e princípios democráticos, manipulando a simplicidade do povo. Agride também perceber que qualquer melhoria é passada como uma outorga e jamais como uma obrigação com que toda pessoa pública de honra deve comprometer-se. Criou a barganha: o voto em troca do benefício. Esta enorme distorção adotada por Dilma ficará como um dos legados da era Lula, que obscureceu, de forma vil, os avanços que tivemos no campo social nestes anos e que foi fruto de um longo processo, conquistado por muitos agentes de transformação social, inclusive pelas organizações não governamentais que tanto têm trabalhado pela melhoria da qualidade de vida do povo brasileiro.

Eliana França Leme efleme@terra.com.br

São Paulo

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ACIMA DO BEM E DO MAL?

"Lula acha que pode adaptar as regras da República à própria conveniência". Frase de Dora Kramer (24/09). É, Lula não só acha que pode, como até então pôde mesmo. Em sua escalada política, ficou fácil tornar-se um "fenômeno": sempre falou o que quis, de quem quis, do jeito que quis, sem preocupar-se em ser, ao menos, razoável; atropelou leis e ofendeu a Constituição mais de uma vez; encontrou centenas de políticos "dispostos" a lhe conceder favores em troca de privilégios, conquistando parceiros importantes, ganhando mais e mais espaço; aparelhou órgãos do governo; estimulou a corrupção e andou lado a lado dela; nos últimos dois anos, tornou-se ferrenho cabo eleitoral, abdicando de suas funções de presidente.Construiu sua alta popularidade em cima destas atitudes. Tudo lhe foi facilitado por sua habilidade política, por seu descaramento atrevido em não respeitar limites ou pela imoralidade que impera entre nossos políticos.E, principalmente, por não ter encontrado obstáculos, de lado nenhum, muito menos da Justiça, que por vezes poderia ter lhe imputado punições severas, mas não o fez. O máximo que teve como cerceamento foram umas multinhas ridículas por não respeitar leis eleitorais, mas ficou só nisso. Finalmente, um Manifesto em Defesa da Democracia veio para mostrar ao nosso presidente que existem normas, que ele não está acima delas, pelo menos, não tanto quanto ele pensa, e para lembrá-lo que "o fenômeno" é mortal.

Myrian Macedo myrian.macedo@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

LULA E A IMPRENSA

Quando Lula diz que a imprensa se coloca acima de Deus, ele está simplesmente pregando a cartilha da revolução russa onde Lenin ensinava "Xingue-os do que você é, e acuse-os do que você faz". José Serra, favor fazer exatamente o contrário,mostre a todos quem você é e acuse-os do que eles fazem (arquivo nas T.Vs., das desgraças do povo, das corrupções, dos apadrinhamentos dos enriquecimentos, tem aos montes é só jogá-las em rede e perguntar aos brasileiros se é a continuidade disso que se deseja, ou se eles querem uma guinada em busca dos mais elementares princípios que se baseiam o progresso de um País, de uma família´,ou seja, honra, dignidade, justiça e o coração totalmente cheio de patriotismo. Concluindo, saibam, os menos avisados, que para os radicais de esquerda, o governo, com Dilma ou sem ela,está em segundo plano, o objetivo maior é o PODER, que vem a ser bem diferente (não há judiciário, nem Legislativo, Forças Armadas sob controle e a imprensa só publicando o que a eles interessam). Passa na mente do eleitor alguma Ilha nessas condições ?. Então vem a pergunta, se eles tem as sindicais na mão, o MST. um punhado de ONGs. fronteiras abertas com os cumpanheiros, o povão com o Lula, e querem o Poder, por que não o tomam? , simplesmente, porque mais uma vez querem entrar como vítimas, e pasmem, em defesa da Democracia, esta democracia que tanto falam e tanto odeiam. Já cutucaram com vara curta, todas nossas Instituições. O golpe com a lança está próximo. Um pequeno aviso, planejamento não existe de um lado só. Não haverá surpresa.

Waldemar Batista Waldemar_Batista@terra.com.br

Indaiatuba

 

 

 

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

VERGONHA NA CARA

Entendo que os ministros do Supremo Tribunal Federal não devem se preocupar muito se tal decisão valerá para esta ou para outras eleições. Quem tem de decidir tirar da política o mau político somos nós, os eleitores, e espero que tenhamos amadurecido com todos os acontecimentos nos bastidores dos Poderes trazidos graças à imprensa, porque na grande maioria nós, cidadãos, só ficamos sabendo através da imprensa o que vários políticos tentam criar meios para que esta não tenha condições de cumprir com seu papel, o qual seja deixar o cidadão a par do que realmente acontece, e quem são os homens que fazem a política de nosso país. Mas espero que nós já tenhamos amadurecido, para não precisarmos de uma decisão judicial, para saber em quem devemos votar, sem que precisamos de que estes por decisão judicial sejam banido da política brasileira, podendo assim nós eleitores colocarmos pessoas decentes, com o verdadeiro fim de fazer política no interesse da população e da nação, sem precisar ter gente e partido a negociando para votar isto ou aquilo, nosso querido e amado Brasil, com a graça de Deus, terá seus eleitores com o esclarecimento e informações que vem recebendo através dos meios de comunicações e só deste, saberá escolher as pessoas certa, para alavancar esta poderosa nação, chegara o dia em que não veremos mais denuncias na imprensa e sim esta mesma imprensa e única que nos mostra os bastidores, podendo divulgar só feitos de políticos , que nos orgulharam de termos escolhidos, e este tipo de político não é através de ficha limpa ou suja, determinado por decisão judicial quem pode concorrer a cargo público ou quem não pode, que votaremos, somos nós, eleitores, que vamos aprender a escolher, homens com vergonha na cara e com honra, para fazer o nosso destino e de nosso pais.

 

José Velocino Passamani Pacheco josevpp@brturbo.com.br

São Francisco de Assis (RS)

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

PASSOS DE TARTARUGA

 

Acompanhei a votação do STF a respeito da aprovação de inelegibilidade de candidatos com falta de escrúpulos, idoneidade e o mínimo de dignidade que temos a obrigação de exigir para se disputar uma cadeira seja no Legislativo, no Executivo, enfim, para qualquer cargo da espécie, cujo nome escolhido, FICHA LIMPA, até agora é motivo de chacota - que o digam os srs. Joaquim Roriz, Paulo Malluf, Antony Garotinho, etc., que estão dando risadas com o encaminhamento da questão. Envergonho-me dos acontecimentos pré-eleitoreiros, cada dia uma nova denúncia, a corrupção com velocidade de vários megabites, em todos os setores do governo (federal, estadual, municipal), conforme vêm sendo amplamente divulgado pela imprensa, e a "Justiça", a passos de tartaruga, colaborando com a impunidade. A minha indignação está se transformando em revolta, nossas "autoridades" estão confundindo ou tentando nos confundir, democracia não é só a permissão que tenho de expor meus pensamentos, mas também obrigações para com a Pátria e os cidadãos que cumprem com seus deveres cívicos e morais.

 

 

Jorge Tomaz de Rezende tomaz.rezende@uol.com.br

Taubaté

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

DÚVIDA

Alguns deveriam entender que, quando uma lei, como a da Ficha Limpa, fortalece de imediato a Constituição e a sociedade, ela deveria também valer de imediato. Dessa maneira, do ponto de vista ético, não seria hierarquicamente superior ao Artigo 16?

 

José Eduardo Zambon Elias

Marília

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

SALTO TRIPLO CARPADO HERMENÊUTICO

 

 

Esse salto triplo carpado hermenêutico que foi usado pelo ministro Ayres Britto para qualificar a dúvida lançada sobre a Lei da Ficha Limpa pelo presidente do STF é uma definição precisa do comportamento alguns ministros daquele tribunal, que se valem de filigranas jurídicas para seguir na contramão dos anseios do povo brasileiro, que deseja para já a aplicação dessa lei altamente popular e necessária para a moralização da vida política em nosso País. No popular, é o mesmo que procurar pelo em ovo, para complicar a aplicação da lei.

 

 

Ronaldo Gomes Ferraz ronferraz@globo.com

Rio de Janeiro

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESTOANDO

Lamentável o voto do ministro do STF Dias Toffoli, contra a aplicação imediata da Lei da Ficha Limpa. Se dependesse de Toffoli, corruptos e bandidos poderiam impunemente disputar as eleições de 2010. É impressionante o conservadorismo e despreparo de Toffoli, com votos que vão seguidamente em total desacordo com os anseios éticos da sociedade brasileira.

 

 

Renato Khair renatokhair@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

O TEMPO PRECISA SER RESPEITADO

 

Memorável o voto do Ministro Gilmar Mendes no Supremo Tribunal Federal, ao tecer profundas lições jurídicas sobre a imperiosidade de respeitar-se o princípio da anterioridade anual para aplicar-se a lei da ficha limpa, por todos desejada; no entanto, não se justifica a mudança das regras do jogo de modo inopinado, estabelecendo-se restrições inopinadas à elegibilidade, que podem ser impulsionadas por motivos bons e maus, às vésperas dos pleitos, se não for observado o freio constante do art. 16 da Constituição da República. A iniciativa popular não está acima dos princípios constitucionais. Na Idade Média, o maior medo do homem era a criação de tributos que apanhavam de surpresa o camponês antes de obter os resultados de sua colheita, em geral estimada em um ano. Assim, como garantia fundamental do cidadão, os constitucionalistas criaram o princípio da anualidade tributária, segundo o qual nenhum tributo pode ser cria do a não ser um ano antes de seu recolhimento, para que os contribuintes possam fazer as respectivas previsões, preparar suas vidas. Do mesmo modo, os candidatos se introduzem no processo eleitoral no momento em que se filiam aos partidos políticos, em que as coligações são feitas, em que as primeiras regras são definidas. Isso ocorre um anos antes das eleições, bem antes das convenções partidárias, e essa "vacatio legis" deve ser observada para que ninguém possa ser surpreendido depois de haver-se preparado para candidatar-se. O fascismo tem diversas faces e, amiúde, invoca regras morais para justificar-se e oprimir as minorias. É preciso muito cuidado com a vontade geral ou a ditadura das maiorias. Para isso temos uma sábia e bem elaborada Constituição Federal, que baliza jacobinos e girondinos. A história não perdoa as precipitações. Os fichas-sujas devem ser banidos definitivamente de nossa vida pública, mas sem arranhadura à Constituição Republicana. Quem tem sessenta anos e sempre esperou pelo melhoramento de nossas instituições, não tem pressa pequeno burguesa, e pode perfeitamente aguardar o período previsto na Constituição para que o novo princípio entre em vigor com respeito à nossa lei maior, produto da Assembleia Nacional Constituinte, que, com certeza, mobilizou muito mais pessoas do que os milhões que subscreveram o presente projeto. Um processo civilizatório tem o seu tempo, que precisa ser respeitado.

 

 

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

 

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

MANDEM O TIRIRICA

Depois da ridícula declaração do presidente do Irã durante a Assembleia da ONU, será que Lula ainda acha que há algo para negociar com este tipo de gente? Se sim, então que mandem o Tiririca.

 

 

Artur Holender arturholender@hotmail.com

São Paulo

 

 

______________________________

 

 

 

 

 

 

 

65ª SESSÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL DA ONU

Especulação sobre a desculpa apresentada pelo presidente Lula para não discursar na abertura da Assembleia-Geral da ONU em Nova York: no momento, estamos mais interessados em preservar a boca livre nacional do que em garantir a paz mundial.

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.