Cartas - 27/08/2010

DEMOCRACIA EM RISCO

, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2010 | 00h00

Sinais preocupantes

Não consigo entender o torpor que parece assolar o País, a cada dia que vemos mais e mais sinais preocupantes, transmitidos pelo governo federal, de que a democracia no Brasil está em perigo. Vejamos: o silêncio diante de quebras ilegais de sigilo fiscal de adversários políticos (atenção: adversários, não inimigos); as declarações do ministro da Comunicação Social, que evidenciam a disposição de solapar os centros editoriais de órgãos da imprensa; e as lamentações do presidente da República pelo não envio ao Congresso de uma "emendinha" propondo a extensão (inconstitucional) de seu próprio mandato. E isso só pra ficar nos sinais mais recentes - outros não faltam.

HENRIQUE BRIGATTE

hbrigatte@yahoo.com.br

Pindamonhangaba

______________________________

Revolução em marcha

"Uma revolução", ameaçou, "está apenas começando" - Franklin Martins, como porta-voz da gangue comunista (O novo alvo do "grande eleitor", 25/8, A3). Como o brasileiro nunca teve vergonha na cara de fazer a sua própria guerra civil, os comunistas estão cada vez mais perto de fazer sua "revolução comunista". A porta de entrada é o "socialismo do pudê" que estamos engolindo com a cara de palhaços risonhos!

ARIOVALDO BATISTA

arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

______________________________

Subserviência

Não é a primeira vez que esse sr. Franklin Martins (porta-voz do pensamento dos seus chefes), que um dia se escondeu nos "aquários" da mídia, após a anistia que quitou os seus crimes cometidos contra a sociedade e a democracia, ameaça calar a imprensa, a exemplo do que fazem os amigos da corte Hugo Chávez, Rafael Correa, os irmãos Castro e o casal Kirchner. Daí fica a grande indagação: qual a razão de essa mesma imprensa continuar a ser subserviente ao poder central, a endeusar o ocupante do Palácio do Planalto e sua industriada e a manter essa conduta efusiva em prol da candidatura que a calará, que a amordaçará? Eu não encontro a resposta e espero que me deem.

ROBERTO DE DIVITIIS

roberto@divitiis.adv.br

São Paulo

______________________________

Pavlov e o jornalismo

Não é choro de torcida de time que anda atrás no campeonato, mas constatação: o maior cabo eleitoral de Dilma Rousseff é a imprensa brasileira. Uma rápida consulta às manchetes permite contabilizar facilmente o favoritismo da candidata de Lula nas redações: a proporção de notícias sobre Dilma e Lula, muito maior. Quando se fala em José Serra, usa-se o termo "tucano" em lugar de seu nome e as notícias têm aspecto negativo ou insosso. É o resultado de mais de uma década de doutrinação nas escolas de Jornalismo. Quem tem um filho numa delas pode falar de cátedra: os jovens estudantes passam por uma verdadeira tentativa de lavagem cerebral, doutrinados para adotar o gramscismo e mesmo o bolivarianismo escancarado. Toda a formação dada é para formar, antes de tudo, esquerdistas empedernidos. Poucos são os que resistem e menos ainda os que procuram material extracurricular que lhes enriqueça a visão de mundo e os livre da estreiteza da doutrina. É dessas verdadeiras "madrassas de esquerda" que saíram muitos dos nossos jornalistas. E, treinados para obedecer sem pensar ou questionar, atuam agora quase "pavlovianamente", reduzidos a uma massa informe de cabos eleitorais gratuitos. Deprimente!

M. CRISTINA DA ROCHA AZEVEDO

crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

______________________________

Futuro

Ou a mídia consciente se engaja e parte para oposição, ou caminha para o controle e a extinção (vide Argentina, Venezuela...)

TANIA TAVARES

taniatma@hotmail.com

São Paulo

______________________________

Contradição

O candidato ao governo do Rio de Janeiro Fernando Gabeira foi coerente ao dizer que, quando estava na guerrilha, lutava pela ditadura do proletariado. E mais: os que lutavam pela democracia não eram adeptos da luta armada, e sim da resistência política. Disse ainda Gabeira que hoje pensa diferente e por isso deplora o governo cubano e outros que restringem os direitos humanos. Agora, a ex-guerrilheira Dilma Rousseff, José Genoino, José Dirceu, Franklin Martins fazem exatamente o contrário, dizem que na luta armada lutavam pela democracia e hoje não condenam os governos cubano, iraniano, venezuelano e outros menos cotados.

MÁRCIO M. CARVALHO

Bauru

______________________________

ENCHENTES NA POMPEIA

Piscinão

A reportagem Pompeia: obra só após a próxima enchente (18/8) constrói cenário pessimista e incorreto sobre a situação. Não é certo afirmar que a Prefeitura desistiu de construir piscinão na Francisco Matarazzo e pagou R$ 551 mil por estudo de drenagem em 2009. Não temos conhecimento de nenhum pagamento nesse valor. O reservatório foi considerado pela Subprefeitura da Lapa no ano passado, de forma preliminar. O terreno não tem dimensões suficientes para o amortecimento de cheias previstas para o verão e poderá, na melhor das hipóteses, ser parte de uma solução mais abrangente que exigiria outras intervenções complementares. Em 2009 a Prefeitura contratou projetos básico e executivo de micro e macrodrenagem das Bacias do Sumaré e do Água Preta, que consideram os estudos anteriores. Esse projeto, cujo desenvolvimento está em curso, avalia cinco opções para a Bacia do Sumaré e seis para a do Água Preta. Uma vez escolhida a melhor alternativa, esta será detalhada no nível de projeto executivo e orçada com precisão para possibilitar o processo de licitação das obras.

VLADIMIR ÁVILA, gerente de Operações Urbanas da SP Urbanismo

marivaldocarvalho@prefeitura.sp.gov.br

São Paulo

N. da R. - O anúncio para a construção do piscinão da Pompeia foi feito em abril de 2009 pela ex-subprefeita da Lapa Soninha, com base em estudo feito pela Walm Engenharia e Tecnologia Ambiental Ltda., pelo valor inicial de R$ 551 mil. A reportagem ateve-se ao resumo financeiro da Operação Urbana Água Branca, disponível no próprio site da Prefeitura. Também ouviu associações de moradores da região, que não entendem por que a Prefeitura precisa gastar mais R$ 4,7 milhões em novo estudo e reclamam que nenhum dinheiro arrecadado das contrapartidas de empreendimentos do bairro (R$ 85 milhões de 21 empreendimentos) foi ainda aplicado em ações antienchentes.

______________________________

"O que acontece com nossos vizinhos argentinos? Estão anestesiados, como o povo brasileiro? Cadê o panelaço? Acorda, Argentina!"

MYRIAN MACEDO / SÃO PAULO, SOBRE A OFENSIVA LIBERTICIDA DOS KIRCHNERS

myrian.macedo@uol.com.br

"Brasil, país de banqueiros!"

JOSÉ PIACSEK NETO / AVANHANDAVA, SOBRE OS PLANOS ECONÔMICOS

bubapiacsek@yahoo.com.br

"Qual é o candidato a presidente dos banqueiros?"

GILBERTO LIMA JUNQUEIRA / RIBEIRÃO PRETO, SOBRE A OPÇÃO DE VOTO POR CATEGORIA

glima@keynet.com.br

______________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 2.802

TEMA DO DIA

Quebra de sigilos põe PT e PSDB em "guerra"

Receita identifica descontrole com senhas de acesso a dados fiscais; sobrou até para Ana Maria Braga

"A quem interessa um escândalo na reta final da eleição? Só aos derrotados. E esconder dados fiscais? Só aos ''ficha-suja''."

LAERTE NASCIMENTO

"Violar sigilo fiscal é crime, mesmo sob suspeita de vários ilícitos. Cabe à Justiça agir. Vamos elevar o nível da campanha!"

JUVENAL MELVINO

"Por que Ana? O PT deve achá-la inimiga, "burguesona" rica e poderia ter dado dinheiro para a campanha do concorrente, né?"

ÁUREO TORRES DE OLIVEIRA JUNIOR

______________________________

cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

VIOLAÇÃO DE SIGILO FISCAL

Como toda sujeira escondida, quando descoberta, sempre mostra mais sujeira, a última notícia é que, além de Eduardo Jorge Caldas Pereira, a violação de sigilo na Receita Federal atingiu mais três tucanos. Com esse aparelhamento de Estado, nada mais nos surpreende. Grande parte do funcionalismo público é ligada a grupelhos do PT e a sindicatos pelegos. Voltemos ao assunto. Se a senha utilizada era de Antonia e foi utilizada no computador de Adeildda, como foi parar lá? Seria empréstimo? Qual seria a razão? Pelo pequeno espaço de tempo usado nos sete acessos ao computador, supõe-se que por uma única pessoa. Às 12h26, da própria Adeildda (só um minuto, para quem não era do grupo PSDB, por quê?); às 12h27, Mendonça de Barros (do governo FHC); às 12h30, Gregório (só um minuto para o cunhado de Serra?); às 12h31, Ricardo Sérgio (caixa da campanha de Serra e diretor do Banco do Brasil no governo FHC); às 12h32, Ronaldo de Souza (foi sócio de Ricardo Sérgio); às 12h43 e 12h43, Eduardo Jorge (vice-presidente do PSDB). Ainda sobre o computador de Ana Maria Caroto, sem outra informação pela Receita. Muito estranho! Segundo informações da imprensa, todas essas informações chegaram aos integrantes da campanha de Dilma, culminando com o desligamento de sua campanha do jornalista Luiz Lanzetta, ligado a Fernando Pimentel. Muito estranho, mesmo! A Receita Federal é órgão público do Estado, e não de governo ou de quem lá trabalha. Coincidentemente, a explicação do acesso às informações sigilosas deverá (ou poderá) ser esclarecida por uma ou mais funcionárias com nomes com inicial A.

Éllis A. Oliveira elliscnh@estadao.com.br

Cunha

______________________________

DEMOCRACIA EXIGE SEGURANÇA

O Brasil vive um estado caótico de falta de liberdade de expressão (vide a censura ao Estadão). Não se tem direito ao sigilo de informações fiscais, pois são facilmente violadas a bel-prazer de sabe-se lá qual grupo político.

Os analfabetos funcionais, que vão eleger dona Dilma, para estes tanto faz se a democracia está ou não sendo violada. A real democracia é o primeiro passo para se respeitar o cidadão e dar-lhe todos os requisitos para obter boa educação, excelente saúde e, principalmente, segurança - segurança física e fiscal. Nós elegemos um presidente para garantir todos esses nossos direitos, que, respeitados, nos fazem cidadãos livres!

Cecilia Miklos Dale ceciliamdale@hotmail.com

São Paulo

______________________________

CINISMO A TODA A PROVA

Dona Dilma disse que o PT vai processar o candidato José Serra por calúnia no caso da quebra do sigilo fiscal de membros do PSDB, e que também vai pedir a participação da Polícia Federal para ajudar nas investigações e chegar aos culpados. Alguém na história "destepaiz" já teve o privilégio de ver tamanho cinismo em uma só pessoa?

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

______________________________

DOSSIÊ

É inadmissível a divulgação de dados sigilosos, mas é estranho outros fatos virem à tona só agora, quando o candidato da oposição aparece 20 pontos atrás da concorrente.

Rogerio Proença Ribeiro roger_fani@hotmail.com

Araras

______________________________

TRUQUE VELHO

Cansamos de assistir ao PT, quando pego em flagrante delito, sair gritando ''golpe!'', ''preconceito!'', ''é luta eleitoral!" Há muito se diz que ''a melhor defesa é o ataque'', mas o PT abusa do método. Reparem: agora, quando se descobre algum malfeito de seus membros, o partido ameaça processar quem o denuncia ou quem o comenta. É a tentativa aberta de intimidar e calar a todos. A violação do sigilo de cidadãos foi ilegal e tinha uso político, e quem faria uso dele é o PT, e não os seus oponentes. Ninguém esqueceu - ainda - que, invertendo a culpa e ameaçando todo mundo, o PT tenta ganhar no grito. Ninguém esqueceu - ainda - a casa do Lago Sul, Luiz Lanzzeta, Waldemir Garreta, o ex-delegado Onézimo de Souza e o misterioso empresário Benedito de Oliveira Neto, da Dialog, envolvidos na confecção de um dossiê, com base na quebra dos sigilos. Cabe à sociedade não cair outra vez no velho truque petista.

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

______________________________

RECEITA NA ANA MARIA BRAGA

O Louro José que se cuide, pois sua patroa já sofreu bisbilhotagem. A ''receita'' era outra. Não era de forno e fogão.

José Piacsek Neto bubapiacsek@yahoo.com.br

Avanhandava

______________________________

DITADURA ESQUERDOIDE

Nós, os ''idiotas funcionais'' que achávamos que iríamos conviver com o perigo de uma ditadura esquerdoide com uma possível chegada de dona Dilma ao poder, deparamos com essa mesma ditadura já implantada, com nosso sigilo fiscal nas mãos dos petistas inescrupulosos. Lulalá, lá, junto de seus queridos aloprados se empanturrando com as delícias do poder e o Brasil em plena patuscada democrática. Isto é que é uma verdadeira herança maldita a ser deixada. Parabéns, sr. Luiz Inácio Lulla da Silva, um marco na História democrática do Brasil.

Leila E. leitão

São Paulo

______________________________

BANDALHEIRA GENERALIZADA, O CAOS

Como decorrência natural e esperada da impunidade e do exemplo de burlar a lei ofensivamente, pelo governo, revela-se a fraude montada dentro da Receita Federal, a explorar com fins ainda não esclarecidos por completo, podendo se estender desde o interesse político ao do lucro por outra via. A tolerância, praticada a olhos vistos, a todas as modalidades de crimes já coloca a prática no rol da rotina da população, que sente o aumento da pressão por todos os lados, seja na censura ao Estadão, seja nos decretos em preparação, seja na proteção dos bandidos que hoje vestem todas as roupas e frequentam todas as salas, a começar pelo Palácio do Planalto.

Salve-se quem puder. E ainda nem chegou o terceiro mandato.

Ronaldo Parisi rparisi@uol.com.br

São Paulo

______________________________

DENÚNCIAS SUSPEITAS

Em toda eleição é a mesma coisa, o PSDB denuncia "vazamentos"de informações da Receita Federal, ou de outro órgão qualquer, de seus líderes. Isso já está se tornando suspeito. Será obra do PT ou do próprio PSDB, que, prevendo a derrocada de seus candidatos, tenta de forma torpe desviar a atenção de seus eleitores? A derrota de José Serra é evidente há seis anos, não é de hoje, a incapacidade de governar do PSDB é notória, a grande maioria de seus votos vem do antipetismo e do antilulismo, e não dos méritos dos tucanos de bem governar.

Pedro Paulo Custódio ppcustodio@hotmail.com

Birigui

______________________________

BIG BROTHER EM AÇÃO

Quando os próprios órgãos do governo acessam dados "sigilosos" para alimentar dossiês de aloprados contra tucanos, e o caseiro Francenildo tem a vida devassada a pedido de um então ministro, como vamos nos defender da prática dos camelôs que vendem dados de milhões de cidadãos, pondo em risco não só nossa privacidade, mas nossa integridade física?!

E o "Big Brother" ainda quer saber, via IBGE, quantas TVs eu tenho em casa, mas não quer saber se tenho curso superior completo?!

Eis o retrato do desgoverno lulo-petista, que agora tenta nos enfiar goela abaixo

uma caricatura como "presidenta"!

É o Foro de São Paulo cumprindo suas prerrogativas! Salve-se enquanto existe

o aeroporto de Cumbica!

Joana D''Arc Rondine jorondine@estadao.com.br

São Bernardo do Campo

______________________________

UM, QUATRO... OU TODOS NÓS?

O caso da violação de sigilo bancário do caseiro Francenildo já deveria, naquela ocasião, ter-nos servido de alerta de que ''neste país'' agora tudo pode acontecer. Em seguida vieram os aloprados, em 2006, que da mesma forma que apareceram com malas de dinheiro para comprar dossiê contra tucanos também sumiram do noticiário sem que a Polícia Federal finalizasse as investigações do caso. Agora, depois que foi comprovada a violação do Imposto de Renda de Eduardo Jorge, mais três tucanos aparecem como vítimas dessa prática, que teve, mais uma vez, a finalidade de se montar um dossiê para atrapalhar a campanha de José Serra. Em outubro de 2009 três servidoras do Fisco, Ana Maria Caroto Cano, Adeildda Ferreira Leão dos Santos e Antonia Neves Silva, a partir de um único computador (da servidora Adeildda), e sempre usando a senha da servidora Antonia Neves Silva, abriram os dados sigilosos de Eduardo Jorge, Luiz Carlos Mendonça de Barros, Ricardo Sérgio e Gregório Marín Preciado.

Singelamente elas afirmam que não são responsáveis por abrir estes dados., o que tem muita lógica! A ordem por certo veio de cima. Infelizmente, hoje é extremamente desconfortável e inseguro viver no Brasil, sob um governo que não obedece a regras nem leis. Porque hoje o alvo são os tucanos, mas depois seremos todos nós.

Mara Montezuma Assaf montezuma.fassa@gmail.com

São Paulo

______________________________

REPÚBLICA DE BANANAS

Cada país tem o Watergate que merece. O dos EUA derrubou um presidente. Já na nossa república de bananas o escândalo da Receita não vai sequer arranhar uma candidata. Oh, pátria amada...!

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

______________________________

JÁ ESTAMOS NUMA DITADURA?

Será que a Receita Federal violou apenas a declaração dos tucanos? Elles estão no poder há quase oito anos e, conforme divulgado pela imprensam escutas telefônicas sem ordem judicial foram feitas nos três Poderes da Nação. Alguém duvida que nós já estamos numa ditadura de esquerda? Mais quatro anos será o golpe de misericórdia. Nós, cidadãos comuns que não concordamos com este estado de coisa, seremos o próximo alvo. A única pergunta é: como seremos calados? A exemplo de qual ditador amigo de Lulla e Petralhas?

Beatriz Campos beatriz.campos@uol.com.br

São Paulo

______________________________

QUEM COMPRA OS DADOS VENDIDOS ILEGALMENTE?

Matéria no Estadão de 20 de agosto revelou o risco a que todos nós estamos expostos quando as bases de dados de empresas telefônicas, bancos e até da Receita Federal são obtidas ilegalmente e vendidas nas ruas do centro de São Paulo. Faltou, no entanto, à reportagem perguntar: quem compra estas bases de dados? Eu utilizo um endereço eletrônico exclusivo para minha comunicação com a Receita Federal e posso, portanto, monitorar quais outros agentes fazem dele uso. Qual não foi a minha surpresa ao perceber que instituições tidas como idôneas, como Wal-Mart, Golden Cross, Amil e até o político Walter Feldman utilizam dados das bases de dados da Receita Federal! Nestes casos, parece, a oportunidade de contatar milhões de pessoas a baixo custo falou mais alto que o discurso ético que esses agentes expressam em público. Em tempo: no endereço que uso exclusivamente para minhas comunicações com o Grupo Estado também recebo centenas de mensagens de spam todos os meses.

Rogério Zingerevitz Cukierman rogerio_cukierman@hotmail.com

São Paulo

______________________________

VENDA DE CPF NAS RUAS DE SÃO PAULO

Ontem o programa ''Manhã Bandeirantes'' divulgou, para quem quisesse ouvir, que o repórter Agostinho Teixeira comprou um segundo CPF. Basta pagar de R$ 200 a R$ 600 para obter um outro CPF diferente do que já tem. Como isso pode acontecer?

Maria de Mello nina.7mello@uol.com.br

São Paulo

______________________________

PAÍS INVADIDO

Se a Bolívia perdeu o Acre para o Brasil, o PT prepara o mesmo invadindo o País.

Invade o erário, saca e paga as contas do partido (exemplo: Duda Mendonça, R$ 10 milhões, etc.) Invade avanços sociais do PSDB e transforma o Bolsa-Escola de FHC em clonada Bolsa-Família, inclusive assumindo autoria, enganando o povo.

Invade a privacidade de opositores, fabricando dossiês falsos, sob orientação de Aloizio Mercadante e Dilma Rousseff.

Invade e desrespeita a maioria dos brasileiros sem instrução, maquiando números do PAC e do Minha Casa, Minha Vida, com objetivo único de se perpetuar no poder.

Invade o sigilo bancário do Francenildo (Antônio Palocci), deixando este pobre trabalhador no ostracismo.

E sem falar do MST, agora o lulismo, para alavancar sua caricata candidata Dilma, vai longe demais e, sob auspícios da Receita Federal, dirigida só por camaradas, invade criminosamente dados fiscais de tucanos históricos, e até de Ana Maria Braga. E nada, absolutamente nada acontece com essa gente!

Será que invadiram também o Judiciário?! Porque o Waldomiro Diniz, Palocci, Genoino, João Paulo Cunha, Delúbio Soares e tantos outros continuam na vida pública, dando as cartas dentro das nossas instituições, fazendo altas negociatas, com a cumplicidade deste indesejável governo Lula.

A nossa privacidade literalmente está indo para saco do autoritarismo...

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

______________________________

CEGUEIRA

O leitor sr. Wanderley F. Rocha dizer neste Fórum, ontem (26/8), que Dilma ''encarou'' (aspas dele) e, entre outros comentários, enaltece-a, bem mostra a faceta suicida da democracia. Dilma esteve anos na clandestinidade, cometeu crimes enquanto o País trabalhava e crescia e nunca exerceu cargo eletivo. A rigor não tem perfil para ser presidente nem de um país pequeno, quanto mais um como o Brasil. Quando ela fala, assusta pela má concatenação de ideias. A cegueira política dos brasileiros é mesmo impressionante.

Bob Sharp bobsharp@uol.com.br

São Paulo

______________________________

PREMONIÇÃO

O presidente Lula assinou decreto que cria um seguro contra catástrofes... Será premonição?

Virgílio Melhado Passoni mmpassoni@gmail.com

Praia Grande

______________________________

DITADURA?

A senhora Mônica Serra diz estar numa ditadura. Não estamos em eleições?

Cicero Sonsim c-sonsim@bol.com.br

Nova Londrina (PR)

______________________________

BRASIL E O PT

O Brasil está sob uma ditadura do PT. Isto vai acabar mal!

Gilberto Lima Junqueira glima@keynet.com.br

Ribeirão Preto

______________________________

AMAZÔNIA

Muito oportuno o alerta do general Rocha Paiva (26/8, A2) sobre as ameaças à soberania na Amazônia, no momento em que tropas americanas, a pretexto de combater o narcotráfico, se instalam na Colômbia, em nossa fronteira. Analisando antecedentes históricos, o ilustre militar adverte contra ''os governos que tomam decisões que comprometem a soberania e a integridade territorial na região, submetendo-se a pressões externas''. A Amazônia brasileira nos pertence, por direito, mas só a ocupação e a integração efetivarão a sua posse. Cabe ao nosso Exército fazê-lo.

Arsonval Mazzucco Muniz arsonval.muniz@ig.com.br

São Paulo

______________________________

"GOVERNOS SUBMISSOS, NAÇÃO CONIVENTE"

O general e professor Luiz Eduardo Rocha Paiva está certo no varejo, mas equivocado no atacado. Nação cujas Forças Armadas se submetem a ser meros aparelhos de ditaduras, É NORMAL QUE SEJA SUBMISSA. Nossas Forças Armadas ainda são ''lambe-botas'' de ditaduras, sejam lá quais forem.

ESSE É O PROBLEMA NO ATACADO.

Ariovaldo Batista arioba06@hotmail.com

São Bernardo do Campo

______________________________

CAMARADAS

Lula diz que chamaria os militares de ''camaradas'' se tivesse mais um mandato. Essa expressão foi usada no comunismo-stalinista-leninista na URSS. Isso mostra a tendência iminente de Lula por esse regime que não deu certo em lugar nenhum do mundo. Resta saber o que os militares dizem disso, uma vez que se mostram cumpridores da Constituição democrática do Brasil.

Alberto Nunes albertonunes77@hotmail.com

Itapevi

______________________________

O RISCO DE UM PRI

É sintomático que o editorial ''O risco de um PRI brasileiro'', sofrido lamento de quem vê o naufrágio retumbante do candidato para o qual a mídia ''imparcial e objetiva'' do Brasil tanto torce, se dirija a uma possibilidade futura de ''ditadura perfeita'' via PT e PMDB, e não tenha reservado uma escassa palavra sobre a realidade que o Estado de São Paulo já vive há 16 anos, encaminhando-se para 20: a dominação da máquina pública e dos (de)formadores de opinião pelo tucanato galopante e seus nefastos efeitos na educação pública e na extorsão legalizada dos pedágios, para ficar só em dois exemplos. O PSDB/PRI paulista é, de fato, a mexicanização já vigente.

Paulo Hebmüller pauloeh@uol.com.br

São Paulo

______________________________

INTERESSANTES DETALHES A OBSERVAR

As pesquisas (???) ultimamente mostram a candidata do PT à Presidência à frente dos demais candidatos, mas o que observamos no horário eleitoral é interessante: os candidatos preferem colar sua imagem à de Lula, ''o todo-poderoso'', e raramente citam o nome da candidata! Reparem bem, pois Lula não fez muita coisa em oito anos, principalmente em termos de saúde (preferiu culpar a oposição pela perda da CPMF), educação, segurança e saneamento básico! Distribuiu bolsas para todos os gostos e lados e se popularizou! O PAC está empacado na maior parte do Brasil, mas sua popularidade não cai, e é muito simples de explicar: ele continua enganando o povo e nem candidato é! Quem garante que a candidata ''continuará'' o que está aí? Essa é a ''continuidade'' que o PT tanto alardeia? Temos de acordar, caso contrário, o resultado pode levar este país para um futuro nada alentador! Um país construído em cima de mentiras, trapaças e corrupção um dia desaba!

Lígia Bittencourt ligialbc@uol.com.br

São Bernardo do Campo

______________________________

RELEMBRANDO...

O momento que vivemos nos faz relembrar uma das mais conhecidas e célebres frases do imortal Rui Barbosa, que espelha a nossa realidade e o sentimento de muitos brasileiros: ''De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Senado Federal, RJ. Obras Completas, Rui Barbosa. v. 41, t. 3, 1914, p. 86). Pouco importa o resultado das pesquisas, que traduzem a expectativa de cidadãos que pouco ou quase nada conhecem da verdade, estão correspondendo à ajuda eleitoreira que recebem, que alguns chamam de ''estelionato eleitoral''. E fica por isso mesmo? Esse é o Estado Democrático de Direito que temos e que queremos? Será que vamos ter de comer o ''pão que o diabo amassou''? Para muitos, ao País pouco importa o que estão prestigiando.

Luiz Dias lfd.silva@uol.com.br

São Paulo

______________________________

''UNA-SE À MUDANÇA''

Quem sabe o slogan de campanha de Sebastián Piñera, eleito presidente do Chile, possa ser reutilizado na campanha de José Serra para presidente, em 2022, depois de a desgastada coalizão de centro-esquerda PMDB-PT ficar 20 anos no poder.

Sergio S. de Oliveira ssoliveira@netsite.com.br

Monte Santo de Minas (MG)

______________________________

OPOSIÇÃO CHINFRIM

A preparação para o embate eleitoral de outubro está mostrando quem é quem no circo em que se transformou o cenário político brasileiro. Boa parte do eleitorado que conhece e abomina a bandalheira que corre solta, que se revolta contra "financiamentos" milionários a governos estrangeiros, em vez de se investir massiçamente nos nossos sucateados serviços públicos, e que se envergonha do papel ridículo da nossa diplomacia de segunda classe - tudo sob a batuta petista - esperava uma oposição corajosa que mostrasse, sem "papas na língua", ao povo brasileiro como somos governados. Mas não! O que vemos é uma oposição chinfrim, pusilânime, que prefere ficar "em cima do muro", que se submete a bitolados e ridículos debates nos quais se vomitam estatísticas mentirosas e enxurradas de promessas que, em boa parte, certamente não serão cumpridas. Se temem a derrota nas urnas, é preferível que ela seja honrosa! É preferível cair de pé, ereto, e não curvado com o "rabo entre as pernas".

Arnaldo Amado Ferreira Filho amadofilho@terra.com.br

São Paulo

______________________________

CAMPANHAS ELEITORAIS

Estou curioso em saber qual é o máximo de palavras que a sra. Dilma fala sem citar o já quase ex-presidente Lula da Silva. Será que o Lula será ''ex'' ou a sra. Dilma é candidata a rainha e o ''parlamentarismo petista'' estará finalmente institucionalizado por baixo dos panos? Quem viu e quem vê...

Paulo Tonholo paulotonholo@gmail.com

Fagersta, Suécia

______________________________

DIFERENÇA DILMA x SERRA

A diferença entre votar em Serra ou em Dilma é que, votando no primeiro, estamos votando no candidato com seus programas; votando em Dilma, estamos votando em Lula, que nem sequer é candidato.

Reynaldo C. Palma rcpalma@uol.com.br

São Manuel

______________________________

OUTRA DIFERENÇA

A diferença entre ella e o Tiririca é que ambos não sabem o que o governo faz, mas o Tiririca vai saber.

Victor Hugo

São Paulo

______________________________

A DESCONSIDERAÇÃO DA CRIATURA

Ao verificar que seu balão de ensaio, maquiado como uma marionete, decolou, Lula manifesta arrependimento por não haver tentado, mediante um golpe constitucional, o terceiro mandato. Revela que sua criatura foi um simples instrumento. Na hipótese de ser mal-sucedida a candidatura, o ônus seria dela, que seria acusada de incapacidade de assimilar a transferência dos votos do aiatolá. Um pouco de dignidade seria esperável da senhora que pretende se investir no cargo de mandatária suprema da Nação brasileira.

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

______________________________

EMENDA DE LULLA

O "grande líder" lamenta não ter enviado uma "emendinha" para alterar a Constituição. Deveria ter enviado, sr. "grande líder". Seria mais uma afronta às nossas leis. Fato que não causaria estranheza, visto o senhor ser um notório não respeitador das mesmas. O mais estarrecedor é que o senhor fala uma besteira desse quilate com a maior naturalidade e desfaçatez possível. Fala com a certeza de que ninguém irá fazer consigo o que fez o digno rei Juan Carlos com seu parceiro bolivariano. As palavras de Pelé continuam atuais. Ele estava coberto de razão ao afirmar que o povo não sabia votar. Vida longa ao "grande líder".

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

______________________________

EMENDINHA

Pra que emendinha? Desde que foi eleito na primeira vez até hoje, o que o presidente fez foi discurso e viagens. Governar que é bom, nada. A continuar da carruagem continuará fazendo discursos e viagens! Pra que emendinha? Melhor vai ser a partir de janeiro, sem cargo oficial que o responsabilize do que não viu, ouviu ou não fez! A responsabilidade será só do poste! P.S.: Não cabe ação de improbidade administrativa, com cassação de mandato, de um funcionário do governo ficar viajando para fazer campanha eleitoral, ao invés de trabalhar nas suas funções?

Ricardo M. Disessa rmd757@gmail.com

São Paulo

______________________________

DILMA, EVASIVA

A imprensa observa que a candidata do PT à Presidência da República é evasiva em relação a temas polêmicos. Ora, ora, mas por que ela se preocuparia em externar seu ponto de vista sobre, por exemplo, aborto, liberdade de imprensa, propriedade privada, sindicalização da República, CPMF, empréstimos seletivos do BNDES, direito ambiental, quando empresários, industriais, banqueiros estão todos felizes e ''dilmando''? A candidata do PT saiu à imagem e semelhança de seu criador, ou seja, apresenta-se também como uma ''metamorfose ambulante'' que não tem ''aquela velha opinião formada sobre tudo''.

Joel Samways Neto joelsamways@uol.com.br

Curitiba

______________________________

QUEM TE VIU, QUEM TE VÊ...

Dona Dilma agora conta com Celso Kamura e Alexandre Herchcovitch, respectivamente"hair" e "personal stylist". Pergunto ao presidente Lula: "é nóis, intão, qui samu zelite"?

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

______________________________

FICHA LIMPA

Assisti a uma cena comovedora na tarde de ontem, numa pequena cidade do interior paulista, onde parei para abastecer meu veículo, num posto situado em frente a uma escola fundamental de primeiro grau. Crianças entre 6 e 10 anos, de mãos dadas, girando em roda, cantavam: "O Maful é ficha-suja, olé, olé olá, ah!, o Maluf é ficha-suja, olé olé, olá, ah!, o seu mandato já não vale nada, olê, olé olá, ah!". Ah! Como me comovi! Renovaram-se em mim as esperanças por dias melhores, não para mim, que sou da geração dos perseguidos pela ditadura Médici e já não valho nada, nem um vintém sequer, pois não peguei em armas, não sequestrei, não assaltei bancos para uma causa própria, assassina e brutal, embora tenha me insurgido, com ideias, opiniões e amor à Pátria, contra os desmandos de então (similares aos de agora, que rolam desavergonhadamente soltos pelo comando do lulismo petista e covardia dos integrantes dos demais Poderes), não sendo, portanto, merecedor das benesses, das recompensas do dinheiro público que jorra a rodo entre os partidários da Dilminha, essa caçulinha engraçadinha, porém insossa, que ousa achar, porque não pensa, que pode nos governar! Ah! Ah! Ah!, gargalhei comigo então, diante do frentista, que, atônito, me confirmou, tranquilamente: "Camarada, eu também tenho família, dispenso o Bolsa-Famíla, minhas filhas lá estão cantando, e seus netos de mão dadas também com elas estão, virtualmente irmanados na fé de que a consciência do povo não se compra com falsidades."

Carlos Leonel Imenes climenes@ig.com.br

São Paulo

______________________________

SÃO LUIS DO PARAITINGA

A cidade histórica que foi coberta pela força das águas numa chuva sem igual, agora está sob a lama da imoralidade que caracteriza nossos governantes. Sete meses depois da tragédia, gostaria de saber o seguinte das nossas autoridades:

1) Quanto foi arrecadado de doações feitas pelo povo brasileiro?

2) Quanto foi destinado de recursos estaduais e federais para recuperar a cidade?

3) É verdade que parte dos recursos doados pelo nosso povo foi desviada para reconstruir a sede da Prefeitura? E os desabrigados carentes?

4) Se a questão anterior for verdadeira, qual a razão de o Ministério Público não ter interferido na cidade e tomado as providências cabíveis?

5) A chuva vem e arrasa a cidade, centenas de pessoa ficam sem teto, o governo federal não constrói nada para ninguém. O estadual, idem, e o municipal desvia o dinheiro de doações do povo em benefício próprio?

Isso não pode ser verdade, alguma autoridade poderia esclarecer, os fatos em nome da decência e da moral? Com a palavra os senhores do poder público.

Rafael Moia Filho rmoiaf@uol.com.br

Bauru

______________________________

O CORINTHIANS ENGANADOR

Nada como um resultado enganador, como os 3 X 0 em cima de um São Paulo caindo de podre, para passar a corintianos ingênuos a impressão de ter um timaço. O jogo contra o Cruzeiro deu um choque de realidade, mostrando que com ''isso'' que está aí o ano do centenário já era. Resultado de uma diretoria sem atitude, como dar uma dura no Ronaldo, que pela fortuna que ganha mensalmente já passa da hora de perder barriga e bunda e voltar a jogar ou, então, se aposente e leve junto a dupla Roberto Carlos e Souza e outros menos famosos. Saindo esse pessoal, o clube economizará uma boa grana para sair atrás de boleiros jovens e em forma física, como fez o Santos com o Keyrrison, o Palmeiras com o Kleber e o Valdivia. O Fluminense levou Deco e Washington e o São Paulo, o Ricardo Oliveira. Outro detalhe do jogo em Minas foi quando do pênalti: quem mandou o Bruno César bater? Bastava ver a fisionomia de medo do rapaz para sentir que falharia. É função do técnico sentir isso, mas o Adilson não percebeu e, quanto a ele, se não serviu para o Cruzeiro, serve para o alvinegro? Acorda, diretoria incompetente!

Laércio Zanini arsene@uol.com.br

Garça

______________________________

ISSO É O CÚMULO

Mário Antônio Couto, presidente da 3.ª Comissão Disciplinar do STJD, ao proferir sentença de julgamento ao técnico Luiz Felipe Scolari, afirmou que o treinador "pegou uma equipe ruim", por isso estava nervoso. "Se você estivesse no Fluminense, não faria tantos gestos assim", ironizou. Parece que o estilo Lula chegou mesmo para ficar. Que pena!

Maria da Glória De Rosa mg-de-rosa@hotmail.com

Agudos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.