Cartas - 29/04/2011

DROGAS E ARMAS

, O Estado de S.Paulo

29 Abril 2011 | 00h00

Fronteiras desguarnecidas

Oportuníssimo o artigo Armas de destruição em massa (28/4, A2), de José Serra, sobre a entrada de drogas e armas pelas nossas fronteiras desguarnecidas. O descaso com que o assunto vem sendo tratado pelo governo atual está causando a degradação de grande parte dos nossos jovens e favorece a criminalidade, com a agravante do ingresso clandestino de armas. De nada adianta combater esses males no seu destino, se na origem são quase que completamente livres. É sabido que a grande extensão de nossas fronteiras dificulta a fiscalização, mas ela é imprescindível e o que gastarmos nisso pouparemos nos efeitos devastadores que as drogas e armas causam e causarão entre nós.

PAULO BRAUN

paulobraun01@gmail.com

São Paulo

__________________________________

Apagões

Prezado sr. José Serra, os problemas apontados no seu artigo instruem e assustam. Infelizmente, a causa principal dos apagões, isto é, a falta de estrutura e profissionalismo das nossas organizações do Estado (federais, estaduais e municipais) por causa do loteamento político dos cargos de confiança e em comissão, consta somente da preocupação de Fernando Henrique Cardoso, do senhor e de alguns outros. Como envolve mudança da Constituição e da cultura, exigirá tempo, persistência e competência dos partidos, mas estes estão mais preocupados em se assenhorear do butim do Estado do que em aperfeiçoar o processo democrático, confirmando a sigla PPPPP (Partido Pela Predação do Patrimônio Público), proposta pelo João Ubaldo Ribeiro.

DARCY ANDRADE DE ALMEIDA

dalmeida1@uol.com.br

São Paulo

__________________________________

Desarmamento

Um dos assuntos mais discutidos no momento é o desarmamento da população. O que já foi feito anteriormente, mas de pouco ou nada adiantou. As armas continuam circulando e as barbaridades ocorrendo. Nossas autoridades devem entender que essas armas não foram compradas legalmente. São clandestinas e estão em mãos assassinas. De pouco adianta fazer o cidadão pacato entregar sua arma e o psicopata ou assaltante ficar com a dele. Então, o que fazer? Resposta: policiamento dia e noite nas fronteiras e estaremos, ao menos, tentando diminuir a entrada de armas, bem como o tráfico de drogas, etc.

JASMINOR MARIANO TEIXEIRA

jasminormariano@gmail.com

São Paulo

__________________________________

ENERGIA ELÉTRICA

Excrescência consensual

O imposto do cheque (CPMF), criado a pretexto de prover recursos para a saúde pública, repete-se - eternizado - no setor elétrico com o título de Reserva Geral de Reversão (28/4, B8), também cobrado para uma finalidade e desviado para outros usos. Assim o governo, em vez de partir para um estudo sério de racionalização do modelo estrutural do setor, opta por depenar o consumidor com a adoção de excrescências espertamente escondidas na tarifa (há até imposto sobre imposto) que tornam a conta de luz do brasileiro o dobro da dos EUA, ultrapassando França, Suíça, Reino Unido, Japão e Itália. E a nossa oposição se cala, amparando mais esse lance de estelionato.

NILSON OTÁVIO DE OLIVEIRA

noo@uol.com.br

São Paulo

__________________________________

A mais cara

É realmente interessante saber que nossa eletricidade é mais cara que em países desenvolvidos. Já sabíamos que o Paraguai vende mais barato aquela que nós entregamos gratuitamente com "alguns a mais". Assim temos gasolina, carros, aviação, impostos, etc., mais caros que Alemanha, França, EUA, etc. Só o salário do brasileiro e os serviços recebidos, como saúde, educação e segurança, são os piores do mundo. Não é uma maravilha?! E Deus é brasileiro... Alguém tem de nos proteger.

MANOEL MENDES DE BRITO

voni.brito@itelefonica.com.br

Bertioga

__________________________________

ICMS na conta de luz

Sobre a matéria Brasileiro paga ICMS duas vezes em cada conta de luz (27/4), os paulistas são felizes e não sabem. O ICMS de 25% representa apenas 33% de acréscimo sobre o consumo. Em Minas Gerais, a alíquota de ICMS sobre as faturas de energia é de 30%. Nenhum outro Estado cobra tanto. Considerando o absurdo cálculo "por dentro", os cidadãos mineiros pagam nada menos que 43% só de ICMS. E depois vêm os outros tributos, claro.

LUCIANO NOGUEIRA MARMONTEL

automat_br@ig.com.br

Pouso Alegre (MG)

__________________________________

GESTÃO KASSAB

Pobre São Paulo...

Antes de tudo, confesso que votei em Gilberto Kassab. Não me arrependi porque a alternativa, a meu ver, era (é) péssima. Não esperava muito, mas a decepção é incomensurável. Isso porque, para dizer o mínimo, é triste ver como um político, de boa formação acadêmica, logo no seu primeiro mandato executivo, consegue desperdiçar a oportunidade de mostrar, pelo menos, algum talento para a administração pública. Mas, em vez de se concentrar nos problemas da cidade de São Paulo, complexa em todos os sentidos, Kassab opta pela politicagem mais rasteira, com vista, unicamente, a aumentar seu capital político. Enquanto isso, nós, os cidadãos comuns, cada vez mais mergulhados no mar de problemas, que vão do lixo ao trânsito - afetando a todos, da periferia aos Jardins -, assistimos a um festival sórdido de intrigas de meninos grandes e irresponsáveis. Deveríamos estar acostumados? Ao contrário, devemos cultivar a indignação e o senso crítico contra os desmandos de quem não está nem aí para o cotidiano atormentado do povo da nossa cidade, tão amada, apesar de tudo.

MARIA LUIZA FEITOSA DE SOUZA

souzamlu@uol.com.br

São Paulo

__________________________________

Plano de Metas

Ao lado do plano deve haver um relato de todos os questionamentos, ações e processos protelatórios que a oposição protagonizou. É simplista fazer crer que Kassab não cumprirá metas por serem promessas de campanha superestimadas e por falta de capacidade de gestão. Quem vive em São Paulo já notou que 2012 é agora.

ANA F. CAMPOS

ana-fcampos@hotmail.com

São Paulo

__________________________________

É evidente que Kassab não vai cumprir as metas até 2012. Ele só se dedica ao seu novo partido, visando a colher os benefícios e vantagens que o PSD lhe trará, abandonando a cidade à própria sorte.

ANGELO TONELLI

angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

__________________________________

"José Serra, que sorte, hein? Livrou-se de ser culpado pelo retorno da superinflação"

VAGNER RICCIARDI / SÃO PAULO, SOBRE A VOLTA DO DRAGÃO

vbricci@estadao.com.br

__________________________________

"Ao aumentar o IPTU Kassab cumpriu 100% da meta de seu plano"

ROBERTO TWIASCHOR / SÃO PAULO, SOBRE A LDO DE 2012 E AS OBRAS DEIXADAS PARA A PRÓXIMA ADMINISTRAÇÃO

rtwiaschor@uol.com.br

__________________________________

"Enquanto o povo sofre na zona sul, o subprefeito da região fala em "imprantação de projetos" (sic)! Pois é..."

VINICIUS ZANINI / SÃO PAULO, SOBRE OS CONGESTIONAMENTOS NA ESTRADA DO M"BOI MIRIM

zanix@ig.com.br

__________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.568

TEMA DO DIA

Comando da PM de SP compra carros de luxo

Veículo do comandante custa R$ 92,9 mil e é mais caro que o do governador Geraldo Alckmin

"Tinha de dar essa Captiva para a polícia correr atrás de bandido com um carro decente."

JEFFERSON FERREIRA

"Enquanto isso, cidades do interior com uma dúzia de vereadores têm apenas um carro e três

policiais."

ROSA CLOSE

"Podem andar até de Jaguar desde que a PM funcione e eu não seja assaltado a mão armada aqui na porta de casa."

PEDRO ANDRADE

__________________________________

Cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.