Cartas - 29/08/2010

"RECEITAGATE"

, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2010 | 00h00

Venda de dados

O PT não muda, agora quer transformar crime político-eleitoral em crime comum. Ora, a imprensa cansou de noticiar que os camelôs da 25 de Março vendem CDs com dados de milhares de contribuintes. Por que alguém iria pagar mais caro comprando tais dados de servidores da Receita? Isso está cheirando a coisas de "aloprados" petistas!

MARCO ANTONIO GARCIA

garciarepres@yahoo.com.br

São Paulo

________________________________

Quebra de sigilo

O que Lula fez na economia qualquer um poderia ter feito, mas a obra de desmonte e desmoralização das instituições, esta, sim, tem marca indelével daquilo que chamam de lulismo.

MARCO AURÉLIO SPROVIERI

msprovieri@sincoeletrico.com.br

São Paulo

________________________________

De dossiês e reuniões

Antes era só um dossiê contra Eduardo Jorge. Depois apareceram mais três violações de sigilo de tucanos. Esses quatro delitos, bem como o caso Lina Vieira, têm origem no aparelhamento da Receita Federal em defesa dos interesses de cumpanheiros e coligados, candidatos ou não.

CARLOS P. FERNANDES FILHO

c-pacheco-filho@uol.com.br

São Paulo

________________________________

Prenúncio

Como o presidenciável José Serra é o alvo da quebra de sigilo fiscal dos aloprados petistas, tem razão quando, reiteradamente, fala a respeito do aparelhamento do Estado brasileiro na gestão de Lula da Silva. Mas quem acertou no alvo foi Marina Silva, que ainda não foi alvo da baixaria e declarou que "a campanha já é o prenúncio do que se fará no poder".

JOSÉ CARLOS CRUZ

cruz.jc02@gmail.com

Osasco

________________________________

O que se fará no poder

A divisão e distribuição de cargos já anunciada, a certeza de um arrocho fiscal - já discutido - para 2011 e a violação do sigilo fiscal dos tucanos para atingir a candidatura José Serra, realmente, são o prenúncio do que se fará no poder, como diagnosticou a candidata Marina Silva. Só não entendo por que ela ainda dá a entender que está do lado dos petistas aloprados.

MIREL GONÇALVES SOUZA

mirelgsouza@yahoo.com.br

Santos

________________________________

Algo de podre

Depois das eleições, quando vier à tona o descontrole financeiro da Petrobrás, do BNDES, da Eletrobrás, de Furnas, dos Correios e de tantas outras estatais, a porca vai torcer o rabo. Pelo que lemos e ouvimos diariamente, a gastança dessas empresas para eleger a candidata indicada pelo governo Lula é incomensurável. Há algo de podre no reino dos petistas. Acorda, Brasil...

LEÔNIDAS MARQUES

leo_vr@terra.com.br

Volta Redonda (RJ)

________________________________

Estelionato eleitoral

O cinismo crônico dos petistas e de sua candidata Dillma Rousseff ficou explícito neste caso das novas quebras de sigilo fiscal na Receita Federal. O PT debocha sem nenhum pudor dos brasileiros, que parecem hipnotizados com a maior lavagem cerebral já feita na História deste país. O Brasil caminha cegamente para mais um estelionato eleitoral, tal qual o de Fernando Collor, em 1989, só que agora é da esquerda brasileira. Seguindo a trilha dos insensatos e ignorantes, nosso país porá em risco a sua democracia só porque um presidente demagogo e populista quer eleger a sua candidata, custe o que custar. Haja Estado para tantos militantes do PT e do PMDB. Que as urnas nos tragam algum alento de que nem tudo está perdido neste país.

SANDRO FERREIRA

sandroferreira94@hotmail.com

Ponta Grossa (PR)

________________________________

A máquina nazista

As últimas do PT lembram o que o Partido Nazista fez na Alemanha nos anos 1930: intimidando os adversários e com uma propaganda enganosa (método de Joseph Goebbels), consegue iludir o povo e com isso está se perpetuando no poder, com a complacência dos setores que deveriam usar as leis do nosso país para punir os responsáveis por suas violações. Já foram os escândalos do mensalão, dos dossiês, da Planan e agora do sigilo da Receita Federal - fora os que ainda estão por debaixo dos tapetes dos Ministérios... Onde está o Poder Judiciário deste Brasil? Ou será que veremos o nazismo tupiniquim implantado após as eleições? E a honrada Polícia Federal, estará ela se tornando uma Gestapo?! Que estas eleições sejam justas, vença quem vencer.

WALTER FRANCISCO BARROS

walterfbarros@yahoo.com.br

Araçatuba

________________________________

"O crime continuado do PT"

O editorial do Estadão de 27/8 (A3) é uma agressão à verdade e uma ofensa ao PT, aos seus dirigentes e à nossa candidata Dilma Rousseff. Ao contrário do que ali se afirma, sem nenhuma base de realidade, nem o PT nem a nossa coligação jamais buscaram, tentaram buscar ou receberam, por meios ilegais, informações sobre políticos e homens de negócios ligados ao candidato da oposição - nem mesmo por interpostas pessoas. Repetir sistematicamente que tais dados tenham "circulado na campanha" ou conformem um dossiê que ninguém viu; repetir sem amparo em fontes, provas, sequer indícios, é mau jornalismo. É uma falsidade continuada contra o PT. O PT não fez, não fará nem autoriza que em seu nome se faça qualquer ação fora da lei. Fomos nós, do PT, que solicitamos inquérito da Polícia Federal para esclarecer os fatos. Da mesma forma que exigimos o esclarecimento da violação dos dados fiscais dos diretores da Petrobrás, objeto de exploração política por parte da oposição em junho do ano passado. A indignação, quando seletiva, é desqualificada. O PT constituiu-se na luta pela redemocratização do País, pela vigência plena do Estado de Direito. São valores incompatíveis com a violação de salvaguardas constitucionais dos cidadãos, não importando o motivo ou o partido de quem o faça. A nós interessa a verdade.

JOSÉ EDUARDO DUTRA, presidente nacional do PT

ricardoamaral58@hotmail.com

São Paulo

N. da R. - Tendo em vista os escândalos do mensalão, dos aloprados e da sistemática perseguição a adversários políticos, que culminou com a ominosa violação do sigilo fiscal do vice-presidente do PSDB e de três outros membros do mesmo partido, devemos concordar com o missivista: de fato, a indignação, quando seletiva, é desqualificada

________________________________

"Aviso aos políticos: não há mais Francenildos como antigamente"

A. FERNANDES / SÃO PAULO, SOBRE A VIOLAÇÃO DE DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS

standyball@hotmail.com

"Com a eleição de Dilma o País caminha célere para uma ditadura partidária muito pior que a ditadura militar entre 1964 e 1980"

VALCIR ANTONIO DONDA / FERNANDÓPOLIS, IDEM

escrsaopaulo@uol.com.br

"É incompreensível a atitude omissa do ex-presidente FHC no atual processo eleitoral"

FRANCISCO JOSÉ SIDOTI / SÃO PAULO, SOBRE A CAMPANHA

fransidoti@terra.com.br

________________________________

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL: 1.536

TEMA DO DIA

Brasileiro está mais gordo, segundo IBGE

Metade da população adulta tem excesso de peso. Destaque para mais ricos e moradores do Sul

"Não é só comer e, sim, comer e não queimar essa energia. Nunca ficamos tantas horas sentados em frente ao PC ou à TV."

ANA CLAUDIA KRUGER

"Nem preciso do IBGE. Basta olhar em volta. Gente se matando de comer porcaria como se nunca tivesse visto comida."

CRISTIANE MACIEL

""Mais da metade da população brasileira está acima do peso": o povo brasileiro vivendo o sonho americano."

MARCO DE TOLEDO

________________________________

cartas enviadas ao fórum dos leitores, selecionadas para o estadão.com.br

O sindicalista militante na Receita Federal

Um atuante sindicalista de Mauá ficava a uma mesa do computador pelo qual foram devassadas as intimidades de vários cidadãos brasileiros. A que título? O que verificamos é absoluta leniência da administração da Receita, de sua Corregedoria interna e da Polícia Federal na investigação desse grave episódio. O direito constitucional e penal à tutela de nossos valores subjetivos está profundamente estremecido. E está mais do que caracterizada a fragilidade de nossa democracia, cuja essência não se compadece com a menor transigência. Como disse Marina Silva (que sabe das coisas, no interior do PT), se isso ocorre antes das eleições, o que nos espera depois de hipotética vitória da senhora em favor da qual esses trânsfugas cometeram tais diatribes? Aliás, as funcionárias da Receita de Mauá negam a espionagem escancarada. O computador 10.58.56.17 é a única coisa certa. Ana Maria Braga passou a integrar o rol de vítimas do Alfa Mais-Mais Mustapha Mound, um dos dez administradores mundiais. Louro José, caso esteja a sofrer de insegurança, envolto em dúvidas, recorra ao soma, ótima droga relaxante, sem efeitos colaterais. Existia no mercado em 1923, quando Huxley lançou sua genial ficção, confirmada em nossa administração tropical quase um século depois.

Amadeu Roberto Garrido de Paula amadeugarridoadv@uol.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

A EXPLICAÇÃO OFICIAL

Em face da nova ''derrama'' de vazamentos da Receita Federal, agora foi criada a explicação ''oficial'' de que eles não foram providos para alimentar dossiês contra os adversários do PT, mas que existe um ''esquema de venda de informações sigilosas'' na delegacia da Receita de Mauá. Ou seja, jogam a culpa em cima de alguns servidores honestos para limpar a cara dos bisbilhoteiros aloprados de sempre. Não sei por que me volta à memória do caso Lina Vieira x Dilma x Família Sarney. A corda sempre rompe do lado mais fraco.

Claudio Juchem cjuchem@gmail.com

São Paulo

__________________________________________________________

Desespero

Acho que não cabe ao sr. Otacílio Cartaxo, da Receita Federal, julgar se a violação seria política ou não - se existem alguns ligados ao candidato Serra e tal quantidade não seria um subterfúgio para mascarar a operação? O fato de, no meio, estarem a sra. Ana Maria Braga e outros tantos mais não prova nada - só prova que seu sigilo foi violado, portanto, quem poderá julgar são os próprios prejudicados. O que não se pode é dar tempo e oportunidade ao PT para processar o PSDB sem qualquer prova, mas baseando-se somente na palavra de quem, nesta altura, não merece crédito. Com tal atitude, torna-se conivente aos olhos do povo, dando chance, inclusive, de dona Dilma acusar, equivocadamente, o candidato Serra de desespero, quando o desespero alucinado é do PT desde há muito, com seu destempero verbal e seus dossiês. Não foi de graça que, no início de mais este escândalo, um dos marqueteiros da campanha do PT foi afastado - ou teria sido desespero?

João Roberto Gullino jrgullino@oi.com.br

Petrópolis (RJ)

__________________________________________________________

Refogado amargo

Ana Maria, convença sua audiência a preferir a receita do José careca, porque há um louro José em Brasília que não explica bem a receita dele.

aVocê deveria ensinar a fazer refogado com o jiló fatiado, pois se jiló quebrado não dá certo na receita, o que faremos? Jogamos a panelinha fora?

Flavio Marcus Juliano opegapulhas@terra.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

Desprezo pela lei

O recente episódio da quebra de sigilo bancário de pessoas ligadas ao PSDB e a do caseiro de Brasília há cerca de cinco anos são amostras de que nunca na história deste país um governo civil mostrou tanto desprezo pelas leis. Se para políticos da estirpe de Sarney, Jáder Barbalho e Renan Calheiros o lema "para os amigos, tudo; para os inimigos, a lei" parece natural (como se os amigos estivessem acima da lei e esta não devesse valer para todos), atualmente o mote parece ser: "para os amigos, tudo; para os inimigos, nem sequer a lei". E para ser inimigo basta pensar de forma divergente - e não necessariamente antagônica - do líder de plantão.

Valter da Cunha Sales dacunhasales@gmail.com

São Paulo

__________________________________________________________

Violação do IR, dossiês, etc.

Dá para perceber agora a razão da defesa da eleição do Irã. Realmente, se no sindicato já era assim, a democracia iraniana está perfeita e o resto é choro de perdedor. Mas não foi assim que aprendi nos livros. Ora, os livros... Os "eunucos" do poder disseram-lhe que já são ultrapassados. Os eunucos? Não, os livros.

Manoel Mendes de Brito voni.brito@itelefonica.com.br

Bertioga

__________________________________________________________

Nação perplexa e insegura

Quem em sã consciência não guarda certo receio quando se relaciona com a Receita Federal? Não é pelos dentes do leão - seu agressivo e de mau gosto símbolo -, mas porque, além de por força da lei nos obrigar a declarar tudo o que recebemos, pagamos e somos proprietários, agora estamos sujeitos a esse tipo de violação. Por um mínimo descuido somos ferozmente interpelados e punidos. Basta um atraso de um dia ou a omissão, mesmo por descuido, de uma determinada exigência, mínima que seja, e pagamos elevadas multas, seremos até presos se sonegarmos. De repente explode a notícia do mau uso da Receita para bisbilhotar declarações - vidas. Quais foram os pretextos? Coincidentemente, logo de um grupo bem posicionado politicamente e que concorre a um pleito dessa magnitude - eleições presidenciais. E, pasmem, também de alguns dos seus admiradores. Isso é um ultraje à nossa cidadania! Que democracia é essa? Em que se diferencia de um regime ditatorial? A Nação inteira está perplexa e, doravante, insegura! E o pior é que o próprio órgão ao qual caberia zelar pela sua imagem esboça apenas reações tímidas e não compatíveis, objetivando apurar quais os mandantes desse crime imperdoável. Em quem caberia agora o temido crivo (pente-fino) da Receita?

Hildeberto AQUINO hildebertoaquino@yahoo.com.br

Russas (CE)

__________________________________________________________

Entregou o ouro

O corregedor-geral da Receita Federal, Antonio Carlos Costa D"Avila, ao afirmar que existe um esquema de propina e encomenda externa para violação de sigilo fiscal, como ocorreu contra os tucanos, visando a macular a imagem do candidato Serra, entrega o ouro desta esbórnia e indica o endereço dos que praticaram esse crime, porque somente ao PT interessam tais informações. Neste momento, o PSDB deve mostrar sua competência jurídica e acionar o Supremo, para que de uma vez por todas esse Partido dos Trabalhadores seja punido à altura das suas excrescências institucionais. Caso contrário, este país será a terra de ninguém. Ou melhor, do lulismo!

Paulo Panossian paulopanossian@hotmail.com

São Carlos

__________________________________________________________

Órgão independente?

As explicações dadas pela Receita Federal sobre a violação dos sigilos fiscais estão mais para as manhas do PT e do governo do que para um órgão independente que deve estar ao lado do cidadão. Afinal, a quem serve esse órgão, se somos nós que pagamos seus salários? O povo brasileiro precisa urgentemente parar de ser enganado por essa gente. Acorda, Brasil!

Leila E. Leitão

São Paulo

__________________________________________________________

Seu sigilo não vale nada

É de estarrecer! Quer dizer que se quebram os sigilos, barram-se as informações e fica tudo por isso mesmo? A candidata do ''todo-poderoso'' declarou que as acusações sérias feitas pelo candidato da oposição não passam de ''desespero, factoides e notícias requentadas''! Ora, não se trata disso! Houve a quebra de sigilo de várias pessoas e as notícias não são requentadas coisíssima nenhuma! Isto está sendo delatado já faz meses, mas a blindagem desse governo não permite que a mídia tenha acesso e dê ''nome aos bois''! Quem são os verdadeiros interessados? O partido do governo é recorrente em matéria de quebra de sigilos, dados acessados, etc... Portanto, que haja uma explicação plausível para todos os pagadores de impostos deste país! O que está acontecendo, ou será que o desespero é, na realidade, do próprio governo? O que ocorre é crime e, cuidado, a vítima, amanhã, pode ser você, eleitor!

Lígia Bittencourt ligialbc@uol.com.br

São Bernardo do Campo

__________________________________________________________

O PT e o crime

Eu nunca chamei o PT de partido político porque, na minha opinião, não passa de uma quadrilha onde impera o crime e os princípios morais passam longe. Em país de analfabetos e semianalfabetos, votos comprados e depositados em urnas, quem sabe, até viciadas, significa democracia representativa. Infelizmente, é o que acontece no Brasil, onde pobres substratos culturais de moral duvidosa se aglomeram e criam partidos políticos capazes de eleger e dar imunidade aos 80% de bandidos que atualmente circulam livremente no Congresso Nacional, dando respaldo em troca de besesses ao viciado e imoral Poder Executivo. Tudo sob as barbas do Poder Judiciário, que nada faz e ainda os protege. Para onde vamos?

Humberto de Luna Freire Filho hlffilho@gmail.com

São Paulo

__________________________________________________________

DEVASSA ATINGIU ATÉ ANA MARIA BRAGA E FAMÍLIA KLEIN

Quem não deve não teme. ''A declaração de renda é protegida por sigilo constitucional.'' O que alguém pode descobrir numa declaração de Imposto de Renda? Como pode ser montado um dossiê sobre dados que são fornecidos à Receita Federal, que em caso de dúvida, suspeita, seja lá o que for, pode intimar o contribuinte a prestar maiores explicações? É assunto para quem não tem mais o que dizer ou por ter muito a esconder, tem medo da própria sombra.

RONALDO JOSÉ NEVES DE CARVALHO rone@roneadm.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

DISSIMULADO

O sr. José Eduardo Dutra utiliza a tática que diz que a melhor defesa é o ataque. É o que ele está utilizando no caso da quebra de sigilo fiscal de membros do PSDB. Para os seus 12,5 milhões de beneficiados com o Bolsa-Família, o sr. Dutra pode usar esse argumento, mas, para mim e uma grande maioria de brasileiros, medianamente cultos, responda: a quem interessa esse tipo de atitude rasteira, como tantas outras, e sem nenhuma consequência, senão ao seu partido corrupto, o PT, reduto de marginais, aloprados, guerrilheiros, parasitas...?

Hélio José Cury heliocury@datasesmt.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

A desconfiança procede ou não?

Diante das notícias todas sobre violação de sigilo na Receita Federal, poderemos depreender que urnas eletrônicas também poderão ser controladas. Tecnologia para isso, segundo especialistas, existe. Seria a diferença de 20 pontos nas pesquisas a margem de aprovação prevista nos resultados das próximas eleições? Não seria de duvidar que Dilma, a ''mãe'' do Brasil, segundo Lulla, vencesse com a diferença já projetada anteriormente (hoje), se as urnas fossem programadas para tal? Quem não precisa de uma força financeira ou de facilidades futuras, amarrando pesquisas de opinião em maracutaias, para daí auferir as vantagens, e ganhando até prestígio junto às pesquisadoras de opinião? Quando a política se mostra inclinada ao provèrbio ''é dando que se recebe''... fiquemos com nossas barbas de molho.

José Jorge Ribeiro da Silva jjribeiros@yahoo.com.br

Campinas

__________________________________________________________

Isenção

Não punindo os violadores do sigilo fiscal, a Receita isenta os contribuintes da declaração anual do Imposto de Renda.

A. Fernandes standyball@hotmail.com

São Paulo

__________________________________________________________

Limites do intolerável

A violação do sigilo bancário de algumas pessoas é uma espécie de estupro que, se não punido, mais dia, menos dia, acaba redundando em estupros de verdade, como o praticado pelos companheiros das Farc contra a senadora Ingrid Bettancourt. Quando se abre mão da decência, como está acontecendo no Brasil, os limites do intolerável vão se tornando cada vez mais difusos.

José Benedito Napoleone Silveira nenosilveira@aim.com

Campinas

__________________________________________________________

Cheque em branco

As desculpas que aparecem em mais essa quebra de sigilo são uma verdadeira PaTacoada. A agente dizer que não é responsável, confessando que passou sua senha para outras, é um absurdo só digno mesmo deste país. Passar a senha equivale a dar um cheque em branco assinado! A conta é dela, sim, e do chefe dela, e do chefe do chefe, até chegar ao Lula. Basta de enganação, queremos punição!

Gilberto Dib gilberto@dib.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

"O crime continuado do PT"

Será que não há instituição e/ou magistrado não cooPTado que possa pôr um fim nesta interminável série de crimes dessa gentalha?

Até quando?

Guto Pacheco daniguto@uol.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

Ordem de cima

Realmente a Receita precisa blindar seus funcionários. Afinal, eles estão lá a mando de seus chefes. Deve haver um setor especifico só para violar o sigilo fiscal daqueles que incomodam o governo. Tudo começou com a invasão na conta bancaria do caseiro Francenildo e de lá para cá os trabalhos foram aperfeiçoados. Interessante notar que a candidata do governo à Presidência, Dilma Rousseff, disse que o partido vai entrar com duas ações, uma por calúnia e a outra para receber explicações da Policia Federal de "como esses sigilos foram vazados". Responsabilizar e punir funcionários, nem pensar, visto que a ordem vem de cima. A imprensa que se cuide, pois noticiar abusos do governo Lula vira calúnia e o fim, basta recorrer à Venezuela. Como dizia Martin Luther King, "o que mais preocupa é o silencio dos bons".

Izabel Avallone izabelavallone@yahoo.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

Questão de lógica

Sobre senhas e usuários: se existe uma senha para cada servidor da Receita Federal, isso se deve a razões de segurança. Se o servidor ''emprestou'' sua senha, já cometeu um crime. Se a compartilhou com outra pessoa, também agiu de maneira irresponsável e temerária. Por outra, se é prática comum este troca-troca de senhas de segurança na Receita Federal, urge exonerar quem permitiu que o sistema se deteriorasse esse ponto. É questão de lógica, mesmo para o raciocínio mais primário. Dizer que investigações estão em curso é tergiversar, pois a cadeia de responsabilidades existe por si. Em última instância, basta exonerar os agentes daquela unidade da Receita Federal presentes naquele dia. Afinal, se não foi ninguém, foi todo mundo! Um fez, os outros estão coniventes, silenciando e obstruindo as investigações. Quanto aos mandantes e aos fins para que se fez o ''serviço'', diante da exoneração iminente, é certo que os passarinhos comecem a cantar.

M. Cristina da Rocha Azevedo crisrochazevedo@hotmail.com

Florianópolis

__________________________________________________________

Isso está cheirando a Venezuela

Fica o aviso aos senhores apoiadores/financiadores do Lula e sua quadrilha. Quando os senhores acordarem será tarde demais. As nossas liberdades e privacidades estão sob séria ameaça. Não se pode aceitar uma invasão injustificada - do nosso ponto de vista, não do deles -, como fizeram os funcionários da Receita Federal e não haver a contrapartida da explicação. Até quando a quadrilha instalada em todos os escalões irá agir com impunidade? Não quero acreditar que nossos magistrados estejam coniventes.

Antonio Fernando Ferreira rdseg@terra.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

Campanha eleitoral

Dona Marisa Letícia, fiel companheira do presidente Lula em viagens, comícios, inaugurações, festas, principalmente juninas e no dia a dia. Para muitos brasileiros, uma figura enigmática, desconhecida, uma metamorfose ambulante, diferente apenas quanto à loquacidade do presidente. Em recente entrevista afirmou "que o que mais gosta de fazer é participar de campanha política" e, pelo visto, está satisfazendo seus gostos, correndo o Brasil, com ou sem o presidente. Duas questões: quem está bancando o custo da mobilização da primeira-dama com transporte, segurança, assessores, etc.? Terá considerado um elogio ou frustração ter sido confundida com a Marta?

Luiz Nusbaum lnusbaum@uol.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

CARTÃO CORPORATIVO

Aqui, no Brasil, existe um tal de cartão corporativo exclusivo para o presidente da República, primeira-dama e todos os ministros e ocupantes do primeiro escalão do governo federal. Sabem qual o limite? Não tem limite. Como? Sim, não tem limite. O cara pode gastar o que quiser e não precisa prestar contas nem pra mãe Joana. Pergunto: será que o presidente, depois que sair do cargo, vai dar um cartão destes para os seus empregados? Não!... Ninguém daria. Só com o nosso dinheiro isso é possível. SOCORRO!!!

José Carlos Farina josecarlosfarina@yahoo.com.br

Rolândia

__________________________________________________________

Primeira-dama

A primeira-dama Marisa Letícia nada fez de útil durante os oito anos de mandato do ''cara'', mas agora que é necessário e para interesse próprio, de angariar votos para o PT e seus aliados, para dar continuidade a essa maneira de governar, ''blefando'' com a população brasileira, até em favelas como Heliópolis e Paraisópolis ela esteve fazendo corpo a corpo e tirando fotografias com o povo. Quem te viu e quem te vê, dona Marisa!

Angelo Tonelli angelotonelli@yahoo.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

O papel da primeira-dama

A primeira-dama do Brasil participou na sexta-feira de uma caminhada com o candidato ao governo de São Paulo pelo PT, em Carapicuíba. Não é estranha essa situação?

O País só vê a cara dela na TV quando está viajando com o marido ou, então, com camiseta verde-amarela abraçando jogador, ou com a vermelha abraçando eleitor. Jamais exerceu qualquer tipo de trabalho social, como as outras primeiras-damas fizeram, mas sentar num boteco na Grande São Paulo para fazer campanha para um candidato a governo ela encontrou tempo e disposição.

Não adianta! O ranço de esposa de sindicalista continua nela. Quanto ao cargo de primeira-dama, seu único trabalho foi o canteiro com a estrela vermelha no jardim do palácio.

Que saudade de dona Rute Cardoso.

Maria Eloiza Rocha Saez m.eloiza@gmail.com

Curitiba

__________________________________________________________

Até a sogra, presidente?

Lula, falar mal do pai e da mãe, tudo bem (27/8, C8). Mas da sogra pode, né?

Celso Vicente Fiorini celsofiorini@ig.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

Alienação parental

Com a lei sancionada pelo Lula que passa a punir quem fala mal de pai ou mãe, como fica a psicanálise?

Maria Beatriz Azevedo Silva bap3010@terra.com.br

Santana de Parnaiba

__________________________________________________________

Paraíso comunista

Ainda que eu saiba que esta carta não será publicada, fica aqui o meu recado: ontem (quinta-feira), assistindo ao Fórum dos Direitos Humanos, com mais de 300 pessoas, sem contar as que assistiam pelo Twiter, ficou-me claro que o que o presidente Lula pretende e fazer do Brasil um ''paraíso comunista''. Gente, basta pensar e ler a História que isso não é progresso, é retrocesso! Não vou pactuar e, se depender de mim, muita pessoas também não o farão!

Matilde de Paula Romano mati.paula@yahoo.com.br

São Paulo

__________________________________________________________

Representatividade

Muito interessante o artigo ''Representatividade'' ,de Luis Fernando Verissimo (26/8). A ironia muito bem ponderada de Verissimo me fez refletir sobre as dificuldades que as minorias enfrentam para impor suas ideias e ter seus direitos respeitados. Na política, a representativiadade está cada vez mais em crise. Os governantes, na maioria das vezes, defendem apenas seus próprios interesses, ignorando aqueles que os colocaram no poder.

Lydia Rodrigues Souza sakura.lydia@hotmail.com

Franca

__________________________________________________________

Copa 2014

Acho que foi bom para o São Paulo F. C. a escolha do ''estádio do Corinthians'' para Copa. O projeto menor enviado pelo clube do Morumbi à Fifa, orçado em R$ 260 milhões, endividaria o clube por no mínimo 15 anos. Representaria em cada um dos jogos lá realizados na Copa um prejuízo de R$ 50 milhões por jogo e pouco acrescentariam ao patrimônio do clube as reformas exigidas pela mafiosa Fifa.

Milton Viana Paranhos mvp1312@yahoo.com.br

Pedregulho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.